RELATÓRIO E CONTAS ABRIL 09 A MARÇO 10

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO E CONTAS ABRIL 09 A MARÇO 10"

Transcrição

1 RELATÓRIO E CONTAS ABRIL 09 A MARÇO 10

2 RELATÓRIO E CONTAS ABRIL 09 A MARÇO 10

3 A Internet abriu a porta. Por ela entraram nas nossas vidas o Youtube, o Facebook, o Twitter, os podcasts, os blogs e milhares de novas plataformas que nascem todos os dias. Com elas ganhámos acesso a tudo. E o poder de fazer tudo. Criar um zoo de animais imaginários. Lançar uma amazon capaz de armazenar lixo para ser usado como matéria-prima. Procurar alguém que não vemos há séculos. É a democracia 2.0. Uma revolução identificada pela primeira vez na capa da revista Time quando, em 2006, escolheu para personalidade do ano You (cada um de nós). Hoje temos o poder de sermos a pessoa que sempre quisemos ser. Power to You.

4 principais indicadores RECEITAS OPERACIONAIS Milhões de Euros , ,0 995, , , , , , , , , , , , , Total das Receitas Operacionais Receitas de Serviços Receita de Serviços sem Tráfego de Entrada QUOTA DE MERCADO DE RECEITAS DE SERVIÇOS MÓVEIS 45% 43% 41% 39% 37% 37,2% 38,8% 39,8% 39,7% 40,1% 40,3% 39,4% 38,9% 35% Quota de Merdado excluindo Programa e-escola Quota de Merdado incluindo Programa e-escola CLASH FLOW OPERACIONAL E MARGEM SOBRE AS RECEITAS DE SERVIÇOS 600 Milhões de Euros 60% ,4 34,9% 471,1 533,2 546,3 545,6 37,4% 39,3% 40,5% 42,6% 50% 40% 30% % % % Cash Flow Operacional Margem de EBITDA Os anos fiscais da Vodafone Portugal referem-se ao período compreendido entre 1 de Abril e 31 de Março do ano seguinte. Relatório e Contas 09 02

5 RESULTADO LÍQUIDO Milhões de Euros ,3 204,4 269,0 275,2 253, NÚMERO DE CLIENTES (CARTÕES SIM) DE SERVIÇOS MÓVEIS REGISTADOS Milhares NÚMERO DE COLABORADORES INVESTIMENTO ANUAL EM ACTIVOS FIXOS Milhões de Euros ,3 186,6 186,8 156,4 190, Os anos fiscais da Vodafone Portugal referem-se ao período compreendido entre 1 de Abril e 31 de Março do ano seguinte. Os gráficos Número de Clientes de Serviços Móveis Registados e Número de Colaboradores reflectem a posição no final de cada ano fiscal. 03 Principais Indicadores

6 índice Mensagem do Chairman 07 Mensagem do CEO 09 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS na Vodafone Portugal Mercado de Telecomunicações Móveis Enquadramento Legal e Regulamentar Resumo da Informação Económica Desempenho Operacional da Vodafone Portugal 25 RELATÓRIO DE ACTIVIDADE 02.1 A Estratégia da Empresa Síntese da Actividade da Empresa O Mercado de Consumo O Mercado Empresarial A Rede de Telecomunicações O Serviço de Apoio a Clientes e a Unidade de Operações A Comunicação Os Canais de Distribuição O Equipamento Terminal Sistemas de Informação Controlo Interno e Gestão da Qualidade Responsabilidade Social Empresarial Recursos Humanos Análise das Contas Política de Investimentos Proposta de Aplicação de Resultados Perspectivas Futuras Agradecimentos 62 RELATÓRIOS E CERTIFICAÇÃO LEGAL 03.1 Órgãos Sociais Lista de Participações dos Accionistas no Capital Participação dos Órgãos de Administração e Fiscalização no Capital Negócios entre a Sociedade e os seus Administradores Certificação Legal das Contas 69 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS E ANEXOS 04.1 Balanço Demonstração dos Resultados por Naturezas Demonstração dos Resultados por Funções Anexo ao Balanço e à Demonstração dos Resultados Demonstração dos Fluxos de Caixa Anexo à Demonstração dos Fluxos de Caixa Índice

7 mensagem do Chairman O ano fiscal 2009/10 na Vodafone Portugal caracterizou-se por três aspectos fundamentais: A passagem de testemunho efectuada em meados do ano do cargo que durante cerca de 20 anos ocupei como Administrador Delegado/Presidente Executivo para o meu colega do Conselho de Administração António Coimbra. A consolidação da posição da Vodafone Portugal como co-líder no mercado de comunicações móveis a par do operador incumbente. A entrada da Empresa no mercado da televisão por subscrição com uma oferta competitiva, assumindo-se, desta forma, como um operador quadruple play (telefonia móvel e fixa, internet, televisão), tendo sido ainda iniciado um investimento significativo em infra-estrutura de fibra óptica até à casa do Cliente. A passagem de testemunho ANTÓNIO CARRAPATOSO Chairman Em 1990 coordenei a finalização e formalização de um consórcio com investidores nacionais e internacionais para concorrer a uma licença de operador móvel GSM, constituindo-se então formalmente a empresa que vim a designar de Telecel. Desde o final de 1990 até ao início de 1991 coordenei a equipa que elaborou a proposta a apresentar a concurso. Essa proposta acabou por ser considerada como a vencedora, face a sete outros concorrentes, pelo respectivo júri em Outubro de Tornei-me então, na prática, o primeiro Colaborador da Empresa, desde logo como seu Presidente Executivo. Durante cerca de 20 anos estive, como líder executivo, intensamente envolvido no projecto Telecel, mais tarde Vodafone Portugal, desde a sua génese e lançamento até à sua maturidade. Durante estes anos a Empresa passou por marcos importantes: o início do serviço ao público em 18 de Outubro de 1992, a entrada em bolsa em 1996, a tomada de uma posição accionista maioritária pelo Grupo Vodafone em 1999, a mudança de marca de Telecel para Vodafone em 2001 e a retirada da Empresa da bolsa em 2003, passando então a totalidade do capital a ser detido pelo Grupo Vodafone. Nos últimos anos o processo de integração no Grupo Vodafone tem vindo a acentuar-se. Atempadamente fomos preparando a minha sucessão de forma a permitir a concretização de uma suave e adequada passagem de testemunho para um novo líder executivo e restante administração executiva, ou seja, para uma equipa de qualidade capaz de garantir, neste enquadramento, o futuro da nossa Empresa. Assim, no ano passado, em Julho de 2009, confirmei, em reunião do Conselho de Administração, a minha intenção de deixar o cargo de Administrador Delegado a partir de 1 de Setembro, permanecendo a partir dessa data como Presidente do Conselho de Administração, não executivo, por acordo com o Accionista. Ao mesmo tempo propus que o meu colega António Coimbra me substituísse como Administrador-Delegado/Presidente Executivo. De seguida foram, com o meu apoio, nomeados como administradores executivos pela Assembleia-geral dois dos mais seniores directores da Empresa, que se vieram a juntar aos já existentes. A nova equipa executiva é assim constituída por António Coimbra, João Couto, João Mendes Dias, Jorge Capelas Fernandes e Mário Vaz. A consolidação da Vodafone Portugal como co-líder do mercado O valor do mercado total de serviços de telecomunicações móveis estima-se em 3,1 mil milhões de euros nos doze meses findos em 31 de Março de 2010, tendo decrescido face ao ano anterior cerca de 4,7%, fruto da redução significativa das tarifas de terminação (expurgando as receitas do tráfego 07 Mensagem do Chairman

8 de entrada a redução teria sido de apenas 1,4%) e da redução das restantes tarifas de retalho apesar do elevado crescimento anual registado nos minutos de voz de saída (cerca de 18%) e do crescimento em 2,4% nos dados (os quais incluem todos os serviços não voz) que já representam 23,2% do mercado. A Vodafone Portugal em 2009/10 consolidou a sua quota de mercado de receitas do serviço móvel. Excluindo o impacto da oferta do programa e-escola (programa governamental onde a Vodafone Portugal tem uma presença marginal), a quota de mercado da Vodafone Portugal em termos da receita de serviços móveis cresceu mesmo para os 40,3% (mais 0,2 pontos percentuais do que no ano anterior). A Vodafone Portugal confirmou, assim, a sua posição de co-líder no mercado de comunicações móveis, facto praticamente único a nível internacional para um segundo operador (que iniciou a sua actividade 4 anos após o operador incumbente). A Vodafone Portugal consolidou também em 2009/10 a sua posição de liderança em segmentos de mercado fundamentais, nomeadamente: empresarial, jovens e dados/smartphones (neste caso no mercado livre, não considerando, portanto, o programa governamental e-escola). Este é um segmento com elevado potencial e significativa taxa de crescimento que confirma a importância dos serviços móveis, não só para a comunicação de voz mas também para a comunicação de dados e acesso à Internet. Todos estes resultados obtidos partiram de um plano estratégico bem elaborado e executado nos últimos 6 anos que permitiu à Empresa passar de uma quota inferior a 34% para mais de 40%. De realçar que tal foi alcançado sem prejuízo da rentabilidade, tendo a margem de EBITDA face às receitas totais de serviços crescido aproximadamente 9 pontos percentuais naquele período para 42,6%. A nossa ambição e visão, a nossa diferenciação em termos de inovação, orientação e qualidade de serviço ao Cliente, a força e consistência da Marca, para além da ênfase que sempre colocámos na formação, desenvolvimento e motivação dos Colaboradores, foram as razões fundamentais para o sucesso obtido. Vodafone Portugal cada vez mais um operador global de comunicações É de salientar finalmente mais um passo importante que a Vodafone Portugal deu em 2009/10 no sentido de se tornar um operador mais global de telecomunicações. Em resultado das propostas continuadas que a Empresa fez junto do seu Accionista para aumentar o envolvimento da Empresa para além da área das comunicações móveis, a Vodafone Portugal passou a oferecer novos serviços baseados na tecnologia ADSL e fibra. Em Julho de 2009 a Vodafone Portugal lançou o serviço de IPTV complementar à oferta já existente de Internet e telefonia fixa. As nossas receitas de serviços na área não móvel têm vindo a crescer nos últimos 3 anos a uma taxa superior a 20%, alcançando em 2009/10 um montante superior a 40 milhões de euros. Concluindo Em 2009/10 consolidámos as nossas já fortes competências e alcançámos, mais uma vez, os principais objectivos a que nos tínhamos comprometido com o nosso Accionista, nomeadamente em termos de quota de mercado, de rentabilidade, de reconhecimento e vitalidade da Marca e de nível de satisfação dos Clientes e dos nossos Colaboradores. Este facto é tanto mais de salientar quanto a situação económica do nosso país se veio a revelar mais gravosa (afectando em particular as famílias e as empresas) do que inicialmente previsto no plano e orçamento anual. Para os anos mais próximos não se perspectiva uma melhoria significativa da situação económica do país. Ao longo da sua existência a Empresa conquistou uma posição única de referência no mundo empresarial e no sector em que actua, tanto a nível nacional e internacional como no Grupo Vodafone. Para o futuro o desafio residirá em não perdermos esta posição de referência, se possível melhorando-a, ao mesmo tempo que nos mantemos como uma Empresa em crescimento. Neste momento em que abandono as minhas funções executivas gostaria de reafirmar o enorme orgulho que sempre tive, e mantenho, nos Colaboradores da Vodafone Portugal, com os quais trabalhei dia-a-dia e lado a lado ao longo destas últimas duas décadas, e em tudo aquilo que em conjunto realizámos. Faço votos para que a Empresa, agora sob a liderança da nova equipa executiva constituída, continue a prosseguir um caminho de sucesso para o qual, com todo o gosto, continuarei a contribuir enquanto seu Presidente do Conselho de Administração (Chairman). Relatório e Contas 09 08

9 mensagem do CEO A Vodafone Portugal teve mais um ano de sucesso em 2009/10 (ano fiscal findo em 31 de Março de 2010): a Empresa liderou na satisfação dos clientes de telecomunicações, aumentou ainda mais os níveis de motivação e empenho dos seus Colaboradores, reforçou a sua quota de mercado (descontando o efeito e-escola) e melhorou os principais indicadores do negócio, designadamente ao nível da margem operacional. O ano 2009/10 fica também assinalado por um facto que deve ser registado neste Relatório: ao fim de dezoito anos à frente dos destinos da Vodafone Portugal, António Carrapatoso decidiu abdicar das funções executivas que desempenhou com reconhecido brilhantismo desde a fundação da Telecel em Mantém, no entanto, a sua ligação à Empresa como Presidente do Conselho de Administração (Chairman) e Presidente da Fundação Vodafone Portugal. ANTÓNIO COIMBRA CEO O processo de transição para a nova Equipa de Gestão (que iniciou funções em 1 de Setembro de 2009) foi cuidadosamente planeado para evitar qualquer eventual impacto operacional na Empresa. Esta nova Equipa de Gestão, que tenho o prazer de liderar, mantém os anteriores administradores João Couto (Área Financeira) e Jorge Capelas Fernandes (Tecnologia) e integra dois novos membros: Mário Vaz (Unidade de Negócios Particulares) e João Mendes Dias (Unidade de Negócios Empresariais). Os dois novos administradores são, também eles, profundos conhecedores da Empresa e do sector, com provas dadas na própria Empresa ao longo das suas carreiras profissionais. A nova administração executiva é, pois, uma equipa de gestão coesa, competente, experiente e competitiva, preparada para alcançar os ambiciosos objectivos traçados para a Vodafone Portugal e ultrapassar os desafios que terá que enfrentar no mercado onde desenvolve a sua actividade. Refira-se que foi adverso o quadro macroeconómico em que a Empresa operou durante o ano fiscal que encerramos. A crise financeira internacional gerou uma profunda crise económica com forte impacto em Portugal, o que explica largamente a contracção do mercado português de telecomunicações em 2,0% nos doze meses findos em 31 de Março de 2010, quando observada a evolução do total das receitas de serviços. O sector das comunicações móveis foi ainda afectado pela pressão contínua sobre as tarifas reguladas de interligação entre operadores, que foram reduzidas em cerca de 26%, em média, e pelo efeito do programa e-escola, que artificialmente alterou as quotas de mercado de banda larga móvel em Portugal. Este efeito afectou particularmente a Vodafone Portugal dada a sua reduzida participação no programa e-escola. A Empresa, porém, ultrapassou mais uma vez os objectivos a que se tinha proposto e com os quais se tinha comprometido com o Accionista para este ano fiscal. Merece destaque o aumento da quota de mercado de 40,1% para 40,3% (não considerando o efeito artificial e-escola) e a manutenção da liderança nos principais indicadores operacionais. A Vodafone Portugal foi, uma vez mais, reconhecida como o operador mais inovador, o operador que oferece mais valor aos seus Clientes e o operador com os Clientes mais satisfeitos, de acordo com estudos de mercado confirmados por um estudo do próprio regulador sectorial, Anacom. O ano 2009/10 manteve coerente a continuidade na estratégia de afirmação da Vodafone Portugal como operador global de telecomunicações. A oferta empresarial de voz e dados fixos foi reforçada, lançou-se a oferta triple play com IPTV para particulares e anunciou-se o investimento em FTTH, cuja oferta de serviços para Clientes se iniciará em Junho de No segmento de Clientes Particulares o ano fiscal caracterizou-se pela manutenção da tendência de crescimento. A crise económica afectou, no entanto, a evolução da receita por Cliente, o que exigiu um esforço suplementar para se tentar garantir o crescimento da quota de receitas através de uma oferta diferenciada de novos serviços móveis (como o Vodafone 360 ou a VitaNet) e do reforço da oferta de serviços para Casa (destaque para os resultados obtidos no IPTV na base de Clientes ADSL). Consolidámos, também, a liderança nas faixas etárias dos 10 aos 24 anos, merecendo as 09 Mensagem do CEO

10 ofertas Yorn especial destaque pela aceitação crescente que têm vindo a registar por parte dos nossos Clientes mais jovens. Quanto ao segmento Empresarial, a Vodafone Portugal reforçou a sua liderança na área móvel, reconhecida por estudos periódicos e independentes realizados pela DataE. Em Março de 2010, a quota de mercado de clientes empresariais da Vodafone Portugal era de 43,9%, sendo a Vodafone Portugal o principal operador utilizado pelas empresas no nosso país. Reforçámos igualmente a nossa posição na vertente dos serviços fixos empresariais, quer através do lançamento de novos serviços, que deram resposta adequada às expectativas e necessidades dos Clientes, quer pela maior adesão de Clientes às soluções propostas. No ano de 2009/10 manteve-se um especial enfoque na melhoria contínua da eficiência operacional, o que permitiu optimizar a estrutura de custos em 6% face ao período homólogo e melhorar a margem operacional (EBITDA sobre a receita de serviços) para 42,6% (aumento de 2,1 pontos percentuais face ao ano anterior), compensando assim a redução de receita observada. No Resultado Líquido registou-se uma diminuição de 7,8% em relação ao ano anterior, o que se deve a uma redução dos resultados financeiros em cerca de 26 milhões de euros na sequência, sobretudo, da distribuição de dividendos efectuada no ano, o que implicou um menor volume de aplicações financeiras. Na área da Sustentabilidade, a Vodafone Portugal e a Fundação Vodafone Portugal continuaram em 2009/10 a promover programas muito importantes para o desenvolvimento da Sociedade de Informação, para o combate à info-exclusão, para a melhoria de acessibilidade de pessoas com necessidades especiais e para o acompanhamento dos impactos ambientais, directos e indirectos, decorrentes do negócio, entre outros. Feita, em síntese, a análise ao ano fiscal 2009/10, quero deixar aqui um profundo agradecimento aos nossos Agentes, parceiros fundamentais no negócio: com o seu empenho profissional e alinhamento com a estratégia da Empresa, eles contribuíram fortemente para os resultados positivos que alcançámos. Do mesmo modo, expresso uma especial palavra de apreço e agradecimento aos nossos Colaboradores, que com entusiasmo, determinação e eficácia souberam actuar e vencer no mercado, apesar do ambiente económico adverso em que se desenvolveu a actividade da Empresa. Este relatório confirma que é perante as grandes adversidades que as melhores empresas sobressaem, revelando-se capazes de ter sucesso nos momentos mais difíceis como é o caso ainda que, para tal, seja imprescindível contar com os melhores Parceiros, Fornecedores e Colaboradores. A todos os que contribuíram de forma determinante para os excelentes resultados apresentados neste Relatório, em nome da Vodafone Portugal, a minha palavra de profundo agradecimento e reconhecimento. Relatório e Contas 09 10

11 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS Quero criar

12 Quero criar

13 Quero criar um zoo imaginário. O maior zoo do mundo. Online. Com todos os animais alguma vez inventados pelo ser humano. A natureza recriada por nós. A fauna do país das maravilhas mentais. Com um exemplar de cada espécie. Ao vivo, em 3D. Unicórnios. Grifos. Cavalos alados. Krakens. King Kong. Ewoks. Grendels. Trolls. Filhos orgânicos da nossa imaginação. Todos no mesmo sítio. Falo com a minha irmã que tem aulas de desenho. Dá-me o contacto do professor que faz animação de jogos. Este mostra-me o software de modulação 3D usado em filmes. Vou a chats de ppl destas apps. Conto a ideia. Chatters curtem. Alinham. Ganhei 6 sócios. Um arquitecto, amigo meu, diz que faz o projecto do Zoo nas horas livres. Um buddy dele é viciado em fantasia e ficção científica. Nomeio-o Chief creatures officer. Dá um business card fixe. Ele adora. Recruta cromos de liceus por mail para o ajudarem a catalogar animais. Já somos 20. Mais 100 mil bichos. Surge a página no Facebook: FantaZoo. Em inglês, porque é cool. Já temos fãs. Mas precisamos de designers gráficos e programadores. Alguém conhece alguém que conhece alguém que traz mais 5. Já somos 25. Mais 3 programadores. E um biólogo. A trabalhar na minha garagem. Por turnos. O zoo fica pronto 6 meses depois. O primeiro a entrar é o unicórnio. Símbolo dos projectos utópicos. Vira ícone do FantaZoo. Um comment no facebook abre portas em NY. Uma produtora de animação 3D quer fazer o zoo. Para mostrar o potencial a Hollywood. Compra-o. Faz-me partner e CEO. Agora tenho um gabinete com vista para o Empire State Building e sou rico. Mas vou ter de sair. Preciso de alimentar o unicórnio.

14 principais acontecimentos NA VODAFONE PORTUGAL ABRIL 2009 Vodafone Portugal, é a operadora com a rede de Banda Larga Móvel mais rápida, de acordo com os testes técnicos efectuados pela ANACOM às redes de Banda Larga (3G) dos operadores móveis. Vodafone Portugal, em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, lança a Rede Sénior, um projecto-piloto que visa proporcionar aos idosos afectados pelo isolamento, uma melhor qualidade de vida. Vodafone Portugal lança o Concurso Apps Vodafone que visa incentivar a criação e o desenvolvimento de pequenas aplicações para telemóvel (Apps) em Portugal. MAIO 2009 Vodafone Portugal realiza mais uma série de Concertos Flash que, de Maio a Setembro, percorrem seis cidades do País. 14 bandas e DJs, onde se incluem Boss AC, Da Weasel, The Gift, Clã e DJs de renome no panorama nacional, fizeram desta iniciativa um enorme sucesso. Vodafone Portugal, no âmbito das iniciativas Take Off, leva um dos seus Clientes mais 4 amigos a Barcelona para assistirem ao vivo ao primeiro concerto da tournée dos U2 de promoção do álbum No Line on the Horizon. Vodafone Portugal introduz, no mercado português, o novo BlackBerry Storm, o primeiro smartphone com ecrã táctil clicável, desenhado em exclusivo para a Vodafone. JUNHO 2009 Vodafone Portugal lança o primeiro serviço de Banda Larga Móvel com taxação por tempo a Vita Net Light, permitindo, com carregamentos de 10 euros, o acesso a 10 horas de utilização, sem qualquer limite de tráfego de dados, durante um período de 6 meses. Vodafone Portugal lança promoção de Verão de Roaming, permitindo aos seus Clientes realizar chamadas ao preço do primeiro minuto do seu tarifário nacional, entre 1 de Julho e 30 de Setembro de Fundação Vodafone Portugal e Hospital Pulido Valente apresentam o Sistema Telemold, um sistema inovador de monitorização dos níveis de oxigénio no sangue e a actividade física de doentes com insuficiência respiratória, medicados com oxigenoterapia de longa duração domiciliária. Vodafone Portugal é o primeiro operador nacional e um dos primeiros do mundo a comercializar serviços baseados na tecnologia HSPA+64QAM que permite triplicar a velocidade máxima do serviço Banda Larga Móvel de 7,2 Mbps para 21,6 Mbps. JULHO 2009 Vodafone Portugal proporciona a alguns dos seus Clientes a oportunidade única e inesquecível de viajar até Espanha, Japão, Canadá e Estados Unidos da América para assistir ao vivo a alguns dos melhores festivais de música a nível mundial. Vodafone Portugal lança o novo HTC Magic, o primeiro smartphone disponível em Portugal com o sistema operativo Google Android. Vodafone Portugal lança o seu novo canal de trânsito em tempo real no Vodafone live!, com mais de 100 câmaras disponíveis, o que o torna no mais completo serviço móvel de trânsito disponível em Portugal Principais Acontecimentos

15 Vodafone Portugal lança o concurso de aplicações App Star dirigido a programadores que pretendam desenvolver Aplicações especificamente para os novos telefones exclusivos do serviço Vodafone 360. Vodafone Portugal lança o serviço de Televisão Digital Vodafone Casa TV que, com mais de 100 canais e dotado das funcionalidades mais avançadas de Televisão, vem reforçar a sua oferta de serviços para a casa. Vodafone Portugal efectua a primeira sessão de dados em Portugal usando a nova tecnologia HSPA+MIMO que permite utilizar a Banda Larga Móvel com uma velocidade máxima teórica de download de 28,8 Mbps. Vodafone Portugal lança promoção inédita ao oferecer aos seus Clientes um bónus de 10 em todos os carregamentos, de 20 ou mais, e ao sortear diariamente, durante 23 dias, 100 Clientes que deixarão de pagar as suas comunicações móveis até ao final do ano. Vodafone Portugal lança o serviço PhotoSharing, um novo serviço de partilha de fotografias, disponível para todos os Clientes no portal Vodafone live!. Vodafone Portugal reduz tarifas na sua Loja de Música e liberta de protecção contra cópias a totalidade do seu catálogo, tornando possível que, faixas adquiridas através de computador ou do telemóvel, possam ser transferidas para qualquer outro suporte digital, como leitores de MP3, CD e PC. OUTUBRO 2009 Vodafone adopta a assinatura power to you dando início a uma nova forma de comunicar, a qual passa por salientar o seu contributo para que os Clientes possam tirar o máximo partido das oportunidades de que dispõem. Vodafone Portugal inaugura o seu novo edifício na cidade do Porto, integrando num único espaço todos os serviços da Empresa, até agora dispersos por vários pontos da cidade. Vodafone Portugal introduz no mercado português o novo iphone 3G S da Apple nas versões de 16GB e 32GB. AGOSTO 2009 Vodafone Portugal lança serviço Última Hora, o primeiro serviço de alertas gratuito que permite aos Clientes receberem por SMS, de forma gratuita, as notícias de maior relevância jornalística em primeira-mão. Vodafone Portugal destaca-se como o operador com os Clientes mais satisfeitos do mercado de telecomunicações, surgindo classificada em primeiro lugar em todos os indicadores apresentados no estudo divulgado pela ANACOM. SETEMBRO 2009 Vodafone Portugal revoluciona a convergência Internet-telemóvel-PC com o lançamento do Vodafone 360 um conjunto de novos e inovadores serviços de Internet para telemóvel e PC que vem proporcionar a primeira experiência de Internet móvel verdadeiramente integrada. NOVEMBRO 2009 Edifício Sede da Vodafone Portugal, é distinguido com o Prémio Valmor e Municipal de Arquitectura 2005, atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa. Vodafone Portugal celebra a 16ª edição dos MTV Music Europe Awards com o lançamento de uma edição especial e exclusiva do Sony Ericsson W715 e com a oferta de viagens para assistir ao vivo, Relatório e Contas 09 16

16 em Berlim, ao espectáculo e aceder à after party. Vodafone Portugal lança um inovador router 3G/HSPA para partilha da ligação de Banda Larga Móvel o Vodafone Hotspot, ideal para partilhar o acesso à Internet via Wi-Fi com membros da família, grupos de trabalho ou de amigos. Vodafone Portugal lança para os seus Clientes Empresariais o serviço Backup and Restore, com o qual é possível armazenar a informação dos seus próprios PCs de forma segura e automática. DEZEMBRO 2009 SMS e MMS, com presença oficial no site do Facebook e disponibilizando-o para todos os seus Clientes de serviços móveis. Vodafone Portugal e Sonaecom celebram acordo destinado a assegurar a colaboração recíproca na área da partilha e acesso a redes de fibra óptica de nova geração (RNG) nos principais centros urbanos. JANEIRO 2010 Vodafone Portugal lança Vodafone Trade, uma nova oferta completa de serviços de voz, Internet e TV dedicada ao segmento de Comércio e Restauração. Vodafone Portugal lança promoção para os seus Clientes particulares em que devolve aos Clientes aderentes dez vezes o montante que gastarem em Dezembro em chamadas nacionais de voz para a rede móvel Vodafone. Vodafone Portugal, em parceria com a Microsoft, lança o serviço de televisão digital Vodafone Casa TV integrado na consola Xbox 360, sendo a primeira vez a nível mundial que um serviço de televisão é integrado numa consola de jogos. Vodafone Portugal, Índigo e Screenvision lançam o Vodafone Sound Experience, uma inovação mundial ao nível do entretenimento e da publicidade que, vivendo exclusivamente do som, desafia a imaginação de cada um convidando-o a fazer parte da história. Vodafone Portugal lança em exclusivo no país o HTC Tattoo, o novo equipamento com o sistema operativo Google Android com aplicações e hardware totalmente personalizáveis. Vodafone Portugal reforça o seu posicionamento como principal operadora fornecedora de soluções BlackBerry com o lançamento do BlackBerry Bold 9700 e do BlackBerry Storm2. Vodafone Portugal realiza a primeira ligação de Banda Larga Móvel com recurso à tecnologia HSPA Dual Carrier 43,2 Mbps. FEVEREIRO 2010 Vodafone Portugal lança, pela primeira vez em Portugal, o serviço Vai passar na TV possibilitando, aos seus Clientes do serviço de Televisão Digital, o acesso exclusivo a emissões de programas de televisão que ainda não foram para o ar. MARÇO 2010 Vodafone Portugal lança serviço de mobile ticketing permitindo aos seus Clientes adquirirem e receberem bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa no telemóvel, proporcionando- -lhes ainda o acesso ao recinto através de uma entrada exclusiva da Vodafone. Vodafone Portugal lança o serviço de Mensagens de Texto do Facebook, tornando-se o primeiro operador do mercado português a lançar este serviço através de Vodafone Portugal tem acordos de roaming com 487 operadores de telecomunicações em 207 países/territórios e acordos de roaming 3G com 150 operadores em 78 países, 43 dos quais disponibilizando a tecnologia 3,5G/HSDPA Principais Acontecimentos

17 Europa O ano de 2009 no sector europeu das telecomunicações móveis ficou significativamente marcado pela deterioração do enquadramento macroeconómico, bem como pela manutenção das fortes pressões regulatórias sobre a receita, que conduziram a uma contracção das receitas de serviços de 2,8%, de acordo com estimativas de analistas de mercado MERCADO DE TELECOMUNICAÇÕES MÓVEIS Com efeito, apesar do forte dinamismo e competitividade do sector europeu das telecomunicações móveis ao longo de 2009, este foi incapaz de passar incólume a uma redução superior a 4% do PIB dos países que compõem a União Europeia e às medidas regulatórias que implicaram importantes reduções das taxas de terminação, bem como do preço das chamadas de voz e dos serviços de dados em roaming. As receitas provenientes dos serviços de voz foram as mais penalizadas, tendo apenas sido parcialmente compensadas pelo crescimento das receitas de dados móveis, impulsionadas pela crescente adopção de smartphones e do acesso à Internet em mobilidade, seja através de placas de dados (dispositivos externos de ligação), seja através de computadores portáteis com placa de dados integrada (embedded data cards). Este é aliás, de acordo com analistas de mercado, um dos grandes desafios que o sector das telecomunicações enfrenta: a tendência para a redução das receitas provenientes dos serviços de voz as quais ainda representam a maior fatia das receitas dos operadores, em simultâneo com o necessário reforço da capacidade da rede de forma a suportar o aumento do tráfego de dados móveis que representam a grande maioria da utilização face à voz. O sector das telecomunicações móveis europeu manteve, todavia, em 2009, um significativo crescimento do número de clientes que no final de Dezembro superava os 500 milhões. Analisando as taxas de penetração do serviço móvel na população constata-se que, à excepção de França, os restantes países constantes do gráfico os quais são responsáveis por mais de 99% dos clientes de serviços móveis na Europa Ocidental, têm taxas superiores a 100%. Este valor, ainda que demonstre bem o estado de evolução do sector das telecomunicações móveis no continente europeu, encontra-se inflacionado por vários factores, nomeadamente pela existência de múltiplos cartões por utilizador, pela coexistência de cartões inactivos ou ainda pela existência de cartões dedicados a diversos tipos de máquinas, equipamentos ou viaturas. Acresce ainda os cartões utilizados em placas de dados de acesso à Internet em mobilidade que têm vindo, sobretudo nos últimos anos, a ganhar expressão. Por estas razões, a taxa real de penetração dos serviços móveis será necessariamente inferior. A taxa de penetração do serviço móvel em Portugal ascendia a cerca de 156% em 31 de Dezembro de 2009, bem acima, portanto, dos 124% estimados para a Europa Ocidental na mesma data, sendo a segunda taxa de penetração mais alta de entre os países europeus constantes do gráfico seguinte. TAXAS DE PENETRAÇÃO DE SERVIÇOS MÓVEIS EM PAÍSES EUROPEUS % 150% 120% 90% 172% 156% 149% 147% 139% 133% 132% 130% 128% 125% Grécia Portugal Luxemburgo Finlândia Itália Áustria Suécia Dinamarca Reino Unido Alemanha Noruega Irlanda Suíça Espanha Holanda Bélgica França 121% 120% 120% 120% 114% 112% 97% 60% 30% 0% Taxa de Penetração Registada Europa Ocidental Fonte: Estimativas de analistas de mercado. Excepção para a taxa de penetração em Portugal, a qual foi calculada a partir da estimativa de clientes de serviços móveis (incluindo clientes de operadores MVNOs) e da população residente em Portugal divulgada pelo INE. Os serviços pós-pagos continuaram, à semelhança dos últimos anos, a representar a maioria das novas activações no mercado, representando cerca de 44% da base total de clientes de serviços móveis na Europa no final de 2009, ou seja, um crescimento anual de cerca de 2 pontos percentuais. Relatório e Contas 09 18

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 INDICADORES ESTATÍSTICOS DO ANO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO... 2 1. PANORAMA GERAL SOBRE O

Leia mais

Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT

Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT Abel M. Mateus Presidente Autoridade da Concorrência Lisboa, de 22 Dezembro de 2006 A decisão Decisão de não oposição acompanhada da

Leia mais

Entendimento do ICP-ANACOM. Originação de chamadas nas redes móveis nacionais

Entendimento do ICP-ANACOM. Originação de chamadas nas redes móveis nacionais Entendimento do ICP-ANACOM Originação de chamadas nas redes móveis nacionais I. Enquadramento Os serviços de originação de chamadas prestados pelos operadores móveis nacionais são definidos como os serviços

Leia mais

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia.

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Bem-vindos à Conferência da ANACOM. Antes de mais gostaria de agradecer

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro. Janeiro 2011. Campanha Colaboradores

Newsletter. Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro. Janeiro 2011. Campanha Colaboradores Newsletter Janeiro 2011 Campanha Colaboradores Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro Principais Vantagens para Associados A Vodafone oferece condições especiais

Leia mais

Aspectos técnicos e regulamentares das redes sem fios

Aspectos técnicos e regulamentares das redes sem fios Aspectos técnicos e regulamentares das redes sem fios Aplicação isentas de licenciamento radioeléctrico Leiria, 27 de Maio de 2009 José Mário Valente & Miguel Azevedo Nunes AGENDA ANACOM QNAF ISENÇÃO DE

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 3.8.2005 COM(2005) 361 final 2005/0147 (COD) Proposta de DIRECTIVA DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que revoga a Directiva 90/544/CEE do Conselho relativa

Leia mais

UM ELEMENTO PARA A VIDA

UM ELEMENTO PARA A VIDA 1 Nasceu o novo MEO. A única marca em Portugal com uma oferta verdadeiramente integrada de telecomunicações e entretenimento: Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel 2 UM ELEMENTO PARA A VIDA TELEVISÃO

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal

Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal IP/08/1397 Bruxelas, 25 de Setembro de 2008 Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal Como é que a UE vai conseguir que todos os europeus

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL

Newsletter. Condições especiais para ASAPOL. Agosto 2012. Campanha ASAPOL Newsletter Agosto 2012 Campanha ASAPOL Condições especiais para ASAPOL Principais Vantagens para Associados Campanha ASAPOL A Vodafone oferece condições especiais de tarifas e de aquisição de equipamentos.

Leia mais

Office. Telefone com central telefónica. Telefone Internet Televisão

Office. Telefone com central telefónica. Telefone Internet Televisão Office Telefone com central telefónica Telefone Internet Televisão A solução de voz mais completa para o escritório com utilização em grupo, que acompanha o crescimento do seu negócio Telefone Telefone

Leia mais

Concurso para a Televisão Digital terrestre POSIÇÃO DA APRITEL

Concurso para a Televisão Digital terrestre POSIÇÃO DA APRITEL Concurso para a Televisão Digital terrestre POSIÇÃO DA APRITEL 1. Introdução Relativamente ao concurso da Televisão Digital Terrestre, a APRITEL apresenta as suas principais preocupações relativamente

Leia mais

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Vodafone Extreme sem mensalidade (disponível para adesão até setembro de 2015) Carregamento mínimo mensal 15 Chamadas Para números da comunidade Extreme,

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 390/XI/1.ª SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA

PROJECTO DE LEI N.º 390/XI/1.ª SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 390/XI/1.ª SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA Exposição de motivos O acesso à internet assume hoje um papel crucial na nossa sociedade, devendo

Leia mais

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADES FORMADORAS ASPECTOS PRINCIPAIS DA MUDANÇA O Sistema de Certificação de Entidades Formadoras, consagrado na Resolução do Conselho de Ministros nº 173/2007, que aprova

Leia mais

DESCONTOS EXCLUSIVOS PARA COLABORADORES

DESCONTOS EXCLUSIVOS PARA COLABORADORES 1 DESCONTOS EXCLUSIVOS PARA COLABORADORES 2 AS MELHORES VANTAGENS ESTÃO NO MEO Mais de 220 canais incluindo os seus favoritos Canais e Aplicações Interativas exclusivas VideoClube com os últimos êxitos

Leia mais

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Ponto de situação em 31 de Outubro de 2007 As listas de consumidores com direito à restituição de caução foram

Leia mais

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses 1. Proposta de Condições Comerciais 1.1 Posicionamento Proposta de condições especiais de tarifas e de

Leia mais

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Vodafone Extreme sem mensalidade (disponível para adesão até setembro de 2015) Carregamento mínimo mensal 15 Chamadas Para números da comunidade Extreme,

Leia mais

DELIBERAÇÃO. Por Deliberação do Conselho de Administração de 24 de Outubro de 2002, foi constituído um Grupo de Trabalho com o seguinte mandato:

DELIBERAÇÃO. Por Deliberação do Conselho de Administração de 24 de Outubro de 2002, foi constituído um Grupo de Trabalho com o seguinte mandato: http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=208342 Deliberação de 6.12.2002 DELIBERAÇÃO I Por Deliberação do Conselho de Administração de 24 de Outubro de 2002, foi constituído um Grupo de Trabalho

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA. Exposição de motivos Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º /X SERVIÇO UNIVERSAL DE ACESSO À INTERNET EM BANDA LARGA Exposição de motivos O enorme atraso na democratização do acesso à internet é um motivo de preocupação para

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites.

Vodafone Negócios. Red é todas as coisas boas para o seu negócio. Sem preocupações, sem limites. Vodafone Negócios Red é todas as coisas boas para o seu negócio Sem preocupações, sem limites. Vodafone Red Pro Chamadas e SMS para todas as redes Número fixo no telemóvel com funcionalidades One Net

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

DECISÃO. i) 2 x 10 MHz na faixa de frequências dos 800 MHz (790-862 MHz);

DECISÃO. i) 2 x 10 MHz na faixa de frequências dos 800 MHz (790-862 MHz); DECISÃO de emissão dos títulos unificados dos direitos de utilização de frequências para serviços de comunicações eletrónicas terrestres, na sequência do leilão 1. Enquadramento Por deliberação de 6 de

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para FENPROF. Agosto 2010. Campanha Colaboradores

Newsletter. Condições especiais para FENPROF. Agosto 2010. Campanha Colaboradores Newsletter Agosto 2010 Campanha Colaboradores Condições especiais para FENPROF Principais Vantagens para Colaboradores A Vodafone oferece condições especiais de tarifas e de aquisição de equipamentos.

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

Seu guia completo para nossos serviços móveis

Seu guia completo para nossos serviços móveis Seu guia completo para nossos serviços móveis Entre na maior comunidade de serviços móveis das Ilhas do Canal Guernsey GRÁTIS www.jtglobal.com Pesquise por Jtsocial A JT oferece mais Custo/benefício A

Leia mais

ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais

ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais 12054/02/PT WP 69 Parecer 1/2003 sobre o armazenamento dos dados de tráfego para efeitos de facturação Adoptado em 29 de Janeiro de 2003 O Grupo de Trabalho

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO. sobre a oferta de linhas alugadas na União Europeia

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO. sobre a oferta de linhas alugadas na União Europeia PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 21.1.2005 C(2005) 103/2 RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO sobre a oferta de linhas alugadas na União Europeia Parte 1 Principais condições de oferta grossista

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Gabinete do Ministro INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Gabinete do Ministro INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng.º Mário Lino por ocasião da Sessão REDES DE NOVA GERAÇÃO 2009 Fundação das Comunicações, 7 Janeiro 2009 (Vale

Leia mais

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT TURISMO: TENDÊNCIAS E SOLUÇÕES Exmos. Senhores Conferencistas, Antes de

Leia mais

EXCLUSIVO PARCERIAS B2B - MAIO 2015

EXCLUSIVO PARCERIAS B2B - MAIO 2015 EXCLUSIVO PARCERIAS UM MUNDO DE SERVIÇOS E FUNCIONALIDADES Novo Interface TV considerado pela Exame Informática como a melhor experiência televisão e o mais rápido do mercado, que permite personalizar

Leia mais

6º Congresso Nacional da Administração Pública

6º Congresso Nacional da Administração Pública 6º Congresso Nacional da Administração Pública João Proença 30/10/08 Desenvolvimento e Competitividade: O Papel da Administração Pública A competitividade é um factor-chave para a melhoria das condições

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

Resposta da Sonaecom Serviços de Comunicações, SA (Sonaecom) à consulta pública sobre o Quadro Nacional de Atribuição de Frequências 2010 (QNAF 2010)

Resposta da Sonaecom Serviços de Comunicações, SA (Sonaecom) à consulta pública sobre o Quadro Nacional de Atribuição de Frequências 2010 (QNAF 2010) Resposta da Sonaecom Serviços de Comunicações, SA (Sonaecom) à consulta pública sobre o Quadro Nacional de Atribuição de Frequências 2010 (QNAF 2010) I. Introdução O espectro radioeléctrico é um recurso

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE 2009

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE 2009 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE Índice 1. Evolução do número de prestadores habilitados para a prestação do Serviço de Acesso à Internet... 3 2. Número de clientes

Leia mais

PUB. Interface. Banca &Seguros

PUB. Interface. Banca &Seguros Interface Banca &Seguros PUB DOSSIER Marketing Bancário: focos em tempo de crise RADAR Sistema financeiro no triângulo estratégico DOSSIER Tecnologias de informação e gestão de fraude Tendências Mobilidade

Leia mais

Legislação Farmacêutica Compilada. Portaria n.º 377/2005, de 4 de Abril. B, de 20 de Maio de 2005. INFARMED - Gabinete Jurídico e Contencioso 59-C

Legislação Farmacêutica Compilada. Portaria n.º 377/2005, de 4 de Abril. B, de 20 de Maio de 2005. INFARMED - Gabinete Jurídico e Contencioso 59-C 1 Estabelece que o custo dos actos relativos aos pedidos previstos no Decreto- Lei n.º 72/91, de 8 de Fevereiro, bem como dos exames laboratoriais e dos demais actos e serviços prestados pelo INFARMED,

Leia mais

Consulta Pública sobre Sistemas de Acesso Fixo Via Rádio ( FWA ) Comentários e Respostas da PT Comunicações às Questões Suscitadas

Consulta Pública sobre Sistemas de Acesso Fixo Via Rádio ( FWA ) Comentários e Respostas da PT Comunicações às Questões Suscitadas Consulta Pública sobre Sistemas de Acesso Fixo Via Rádio ( FWA ) Comentários e Respostas da PT Comunicações às Questões Suscitadas Consulta Pública sobre Sistemas de Acesso Fixo Via Rádio ( FWA ) Comentários

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário Protocolos de Consumo Fenprof Tarifário Quais as vantagens para os Colaboradores? Telemóveis a custo reduzido Tarifário exclusivo mediante vinculação à rede tmn por 24 meses Serviço SOS telemóvel gratuito

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projectos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projectos em que estão envolvidos, interagindo na optimização

Leia mais

Eng.ª Ana Paula Vitorino. por ocasião da

Eng.ª Ana Paula Vitorino. por ocasião da INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES Eng.ª Ana Paula Vitorino por ocasião da Sessão de Encerramento do Colóquio PORTO DE AVEIRO: ESTRATÉGIA E FUTURO, Ílhavo Museu Marítimo

Leia mais

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa PHC dintranet A gestão eficiente dos colaboradores da empresa A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores, por forma a aumentar a sua produtividade.

Leia mais

CENTRO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS INOV.POINT REGULAMENTO INTERNO

CENTRO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS INOV.POINT REGULAMENTO INTERNO CENTRO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EMPRESAS INOV.POINT REGULAMENTO INTERNO I Introdução 1.1 O presente Regulamento destina-se a estabelecer as regras de acesso e de funcionamento do INOV.POINT Centro

Leia mais

Estrutura da Apresentação

Estrutura da Apresentação As políticas nacionais para a Sociedade do Conhecimento: literacia/competências digitais e inclusão social Graça Simões Agência para a Sociedade do Conhecimento UMIC Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

PT Wi-Fi: Internet em Movimento

PT Wi-Fi: Internet em Movimento PT Wi-Fi: Internet em Movimento Clipping de Media (05 a 09 de Dezembro de 2003) Meio: Diário Económico Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 6 Meio: Jornal de Negócios Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 8

Leia mais

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite que a FCT me dirigiu para

Leia mais

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Conteúdo 1. Identificação... 3 2. Serviços... 4 2.1. Serviços de Voz... 4 2.1.1. SIP Trunk /Voip... 4 2.1.2. IPBX... 4 2.1.3.

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 18.10.2007 COM(2007) 619 final 2007/0216 (COD) Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que altera o Regulamento (CE) n. 2252/2004 do Conselho

Leia mais

1. Introdução. 2. O pedido

1. Introdução. 2. O pedido http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=227462 Deliberação de 11.1.2007 FUNDAMENTAÇÃO PARA O SENTIDO PROVÁVEL DE DECISÃO SOBRE A CRIAÇÃO DE CÓDIGOS ESPECÍFICOS NO PLANO NACIONAL DE NUMERAÇÃO PARA

Leia mais

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão 4Pro A oferta mais competitiva, desenhada para empresas e profissionais que lhe garante os melhores resultados 2 cartões de telemóvel com comunicações ilimitadas para todas as redes nacionais, para uma

Leia mais

As necessidades dos utilizadores

As necessidades dos utilizadores As necessidades dos utilizadores Luis Salvador Pisco Comunicações Electrónicas enquanto Serviço Universal As comunicações enquanto SIEG: Integram os SIEG (serviços de interesse económico geral), prestados

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE EMPRESAS PARA UMA REDE DE INOVAÇÃO EM AVEIRO (INOVARIA) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS

ASSOCIAÇÃO DE EMPRESAS PARA UMA REDE DE INOVAÇÃO EM AVEIRO (INOVARIA) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS ASSOCIAÇÃO DE EMPRESAS PARA UMA REDE DE INOVAÇÃO EM AVEIRO (INOVARIA) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS Fevereiro 2014 Para aderir ou obter mais informações: Consulte o seu gestor PT Empresas Envie

Leia mais

PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO

PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 12 / SI / 2009 SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO (SI INOVAÇÃO) PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO Nos termos do Regulamento do SI Inovação, a apresentação

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais ESTATUTOS DO CONSELHO DAS FINANÇAS PÚBLICAS Aprovados pela Lei n.º 54/2011, de 19 de outubro, com as alterações introduzidas pelo artigo 187.º da Lei n.º 82-B/2014, de 31 de dezembro (Grafia adaptada em

Leia mais

Vítor Caldeira. Presidente do Tribunal de Contas Europeu

Vítor Caldeira. Presidente do Tribunal de Contas Europeu Os Tribunais de Contas e os desafios do futuro Vítor Caldeira Presidente do Tribunal de Contas Europeu Sessão solene comemorativa dos 160 anos do Tribunal de Contas Lisboa, 13 de Julho de 2009 ECA/09/46

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09 INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino Cerimónia de Abertura do WTPF-09 Centro de Congressos de Lisboa, 22 de Abril de 2009 (vale a versão

Leia mais

Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Tarifários Grupo Tarifários - Banda Larga

Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Tarifários Grupo Tarifários - Banda Larga Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Tarifários Grupo Tarifários - Banda Larga Campanha de Colaboradores Apresentamos uma oferta abrangente e competitiva que pretende responder às diferentes

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES Crescimento de volume de negócios: + 5.1% a valores e taxas

Leia mais

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas.

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. Solução Base Descrição do Serviço A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. O acesso Internet Banda Larga que evolui com as suas necessidades. Características Solução adequada para:

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 492/2009 de 28 de Abril de 2009

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 492/2009 de 28 de Abril de 2009 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 492/2009 de 28 de Abril de 2009 O Decreto Regulamentar n.º 84-A/2007, de 10 de Dezembro, estabeleceu o enquadramento

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

1 Conforme ponto D 31 da deliberação. 2 E passando a instalação de 750 euros para 500 euros.

1 Conforme ponto D 31 da deliberação. 2 E passando a instalação de 750 euros para 500 euros. INCUMPRIMENTO PELA PT COMUNICAÇÕES, S.A. DA DELIBERAÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO ICP-ANACOM DE 14 DE JUNHO DE 2012 SOBRE ALTERAÇÕES À ORCA E À ORCE 1. Antecedentes 1.1. A deliberação do ICP-ANACOM

Leia mais

S. R. MINISTÉRIO DAS FINANÇAS e da ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

S. R. MINISTÉRIO DAS FINANÇAS e da ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATÓRIO SOBRE A CONCESSÃO DE GARANTIAS PESSOAIS PELO ESTADO PARA O REFORÇO DA ESTABILIDADE FINANCEIRA E DA DISPONIBILIZAÇÃO DE LIQUIDEZ NOS MERCADOS FINANCEIROS O presente Relatório é elaborado nos termos

Leia mais

A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores.

A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores. Descritivo completo dintranet 3 A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores. Benefícios Aumento da produtividade dos colaboradores da empresa;

Leia mais

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - São Paulo

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - São Paulo PROCEDIMENTOS GERAIS PARA O REGISTO DE EMPRESAS EM PORTUGAL As sociedades estrangeiras podem praticar as suas actividades em Portugal através da constituição de uma representação permanente no território

Leia mais

RELATO FINANCEIRO DOS MEDIADORES DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS

RELATO FINANCEIRO DOS MEDIADORES DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS PROJECTO DE NORMA REGULAMENTAR RELATO FINANCEIRO DOS MEDIADORES DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS Nos termos da alínea f) do artigo 58.º do Decreto-lei n.º 144/2006, de 31 de Julho, alterado pelo Decreto-Lei

Leia mais

directamente o estabelecimento e o funcionamento do mercado interno; Considerando que é pois necessário criar um certificado complementar de

directamente o estabelecimento e o funcionamento do mercado interno; Considerando que é pois necessário criar um certificado complementar de Regulamento (CEE) nº 1768/92 do Conselho, de 18 de Junho de 1992, relativo à criação de um certificado complementar de protecção para os medicamentos Jornal Oficial nº L 182 de 02/07/1992 p. 0001-0005

Leia mais

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes.

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes. SERVIÇO MB Way O que é o MB Way? O MB Way é a primeira solução interbancária que permite fazer compras e transferências imediatas através de smartphone ou tablet. Basta aderir ao serviço num MULTIBANCO,

Leia mais

Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga

Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga Pedro Duarte Neves Preparado para o painel "A Sociedade da Informação em Portugal: Situação e Perspectivas de Evolução" Fórum para a Sociedade da Informação

Leia mais

A Carteira de Indicadores inclui indicadores de input, de output e de enquadramento macroeconómico.

A Carteira de Indicadores inclui indicadores de input, de output e de enquadramento macroeconómico. Síntese APRESENTAÇÃO O Relatório da Competitividade é elaborado anualmente, com o objectivo de monitorizar a evolução de um conjunto de indicadores ( Carteira de Indicadores ) em Portugal e a sua comparação

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010

Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010 Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2010 A Instrução n.º 27/2003 consagrou no ordenamento jurídico nacional os procedimentos mais relevantes da Recomendação da Comissão n.º 2001/193/CE, de 1 de Março de 2001,

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO

REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO REGULAMENTO DO PASSAPORTE PARA O EMPREENDEDORISMO Artigo 1º Âmbito Ao abrigo do n.º 1 do artigo 8.º da Portaria n.º 370-A/2012, de 15 de novembro de 2012, o presente regulamento estabelece os procedimentos

Leia mais

Princalculo Contabilidade e Gestão

Princalculo Contabilidade e Gestão COMUNICAÇÃO EXTERNA Junho/2013 REGIME DOS BENS EM CIRCULAÇÃO A obrigação é a partir de quando? 1 de Julho de 2013 Quem está obrigado? Os que no ano anterior tiveram um volume de negócios superior a 100.000

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2013 38% DAS PESSOAS COM IDADE ENTRE 16 E 74 ANOS CONTACTAM COM ORGANISMOS

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 1 2 O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 3 A origem do Fundo Social Europeu O Fundo Social Europeu foi criado em 1957 pelo Tratado de Roma,

Leia mais

CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO

CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO CONVÉNIO CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO ÍNDICE FINALIDADE... 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 CONSTITUIÇÃO E GOVERNÂNCIA... 4 FINANCIAMENTO... 5 RELATÓRIOS... 5 Ficha de Adesão ao CLUSTER

Leia mais

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO.

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO. CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO O emprego tem uma enorme importância tanto para os indivíduos como para a sociedade Para além de ser uma fonte de rendimento, uma forma de ocupação e

Leia mais

http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=205762

http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=205762 http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=205762 PROJECTO DE DECISÃO REFERENTE A PREÇOS DOS SERVIÇOS DE INTERLIGAÇÃO PRATICADOS PELOS OPERADORES DE SERVIÇO MÓVEL TERRESTRE 1. Antecedentes 1.1. Em

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS VEM REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS VEM REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS VEM REGULAMENTO PARTE I ENQUADRAMENTO GERAL Artigo 1.º Âmbito das iniciativas de apoio a empreendedores emigrantes O Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (doravante ACM, I.P.) propõe

Leia mais

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME Santander Totta Santander Totta Especializado no Negócio de PME O Banco Santander Totta está integrado num dos maiores Grupos Financeiros a nível Mundial. Distingue-se pela sua capacidade de oferecer as

Leia mais

Portaria n.º 605/99, de 5 de Agosto Regulamento do Sistema Nacional de Farmacovigilância (Revogado pela Decreto-Lei n.º 242/2002, de 5 de Novembro)

Portaria n.º 605/99, de 5 de Agosto Regulamento do Sistema Nacional de Farmacovigilância (Revogado pela Decreto-Lei n.º 242/2002, de 5 de Novembro) Regulamento do Sistema Nacional de Farmacovigilância (Revogado pela Decreto-Lei n.º 242/2002, de 5 de Novembro) O sistema de avaliação e autorização de introdução no mercado de medicamentos, que tem vindo

Leia mais