DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano"

Transcrição

1 DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano

2 A HÉLADE

3 Nós chamamos a nossa terra de Hélade e nos consideramos helenos.

4 E todos aqueles que possuíam outras culturas e falavam línguas que nós não entendemos, nós os chamamos de povos bárbaros.

5 OS GREGOS NOS DEIXARAM ALGUMA HERANÇA DIRETA?

6 Sim. A democracia, a cidadania, as olímpiadas, a filosofia, o teatro, a história e até um padrão de beleza, dentre outras coisas.

7 AS PÓLEIS GREGAS

8 A pólis grega eram as cidades-estados da Grécia Antiga. Estas cidades possuíam um alto nível de independência, ou seja, tinham liberdade e autonomia política e econômica.

9 AS COLÔNIAS GREGAS

10 De forma geral o solo da Grécia não era muito fértil e não permitia vastas plantações de cereais. Tal situação foi revertida a partir da fundação de colônias em locais mais favoráveis a agricultura. Tais colônias proporcionaram aos gregos a possibilidade de aumentar seus domínios e comércio no mar Mediterrâneo.

11 ATENAS X ESPARTA: AS DUAS PRINCIPAIS PÓLEIS GREGAS

12

13 DEMOCRACIA: ATENAS X BRASIL ATUAL

14 Direta; Cidadania limitada; Escravos, mulheres e estrangeiros estavam fora. Representativa; Cidadania estendida a todos os cidadãos; Voto obrigatório a partir dos 18 anos até 65. Não era universal. Poder dividido em: Executivo, Legislativo e Judiciário.

15 A educação ateniense tinha como objetivo principal à formação de indivíduos completos, ou seja, com bom preparo físico, psicológico e cultural. Os jovens estudavam música, artes plásticas, Matemática, Retórica, Filosofia, Aritmética, Astronomia, etc. Já a educação em Esparta, tinha como objetivo principal formar soldados fortes, valentes e capazes para a guerra. Logo, as atividades físicas eram muito valorizadas. Por volta dos sete anos de idade, os meninos espartanos eram levados por suas mães para uma espécie de escola, onde as atividades físicas seriam trabalhadas. Já na adolescência, entravam em contado com a utilização de armas de guerra.

16 PAPEL DAS MULHERES Em Esparta as meninas recebiam educação física bastante intensa. As mulheres tinham certa autonomia, pois possuíam direitos, participando até de reuniões públicas. Sua missão era gerar um soldado. Já em Atenas, as mulheres eram responsáveis por gerar um cidadão e pelas atividades privadas e pela vida doméstica.

17 GUERRAS MÉDICAS

18 Recebem o nome de Guerras Médicas os conflitos entre os antigos gregos e o Império Persa durante o século V a.c. ocorridos na região do Mediterrâneo Oriental, pela disputa da Jônia e da Ásia Menor. Rodrigo Santoro no papel de Xerxes. Filme 300.

19 A DOMINAÇÃO MACEDÔNICA

20 As guerras Médicas e do Peloponeso enfraqueceram as cidades-estados gregas, porque sua pequena população foi em grande parte morta durante a guerra; as cidades sofreram destruições e as atividades agrícolas e comerciais foram prejudicadas. Aproveitando dessa situação, um povo vindo do norte, os macedônicos, dominaram toda a Grécia.

21 ALEXANDRE, O GRANDE Alexandre Magno tornou-se imperador aos 20 anos de idade. Grande militar considerado um dos maiores guerreiros da Antiguidade; Além de excelente militar, Alexandre era dotado de um grande potencial intelectual, pois fora discípulo de Aristóteles, o maior filósofo do século IV e talvez de toda a Grécia Antiga; Dominou territórios que passavam pela Índia, Pérsia, Mesopotâmia, Egito, além da Grécia.

22

23 HELENISMO Helenismo é um termo que designa tradicionalmente o período histórico e cultural durante o qual a civilização grega se difundiu no mundo mediterrânico, euro-asiático e no Oriente, misturando-se com a cultura local.

24 MITOLOGIA GREGA

25 MITO Mito são narrativas utilizadas pelos povos gregos antigos para explicar fatos da realidade e fenômenos da natureza, as origens do mundo e do homem, que não eram compreendidos por eles. Os mitos se utilizam de muita simbologia, personagens sobrenaturais, deuses e heróis. Todos estes componentes são misturados a fatos reais, características humanas e pessoas que realmente existiram.

26 Politeísmo; CARACTERÍSTICAS Os deuses são representados na forma humana; Os deuses possuem as virtudes e os defeitos dos homens; Os deuses representam as forças da natureza ou atividades humanas.

27

28 OS JOGOS OLÍMPICOS

29 Jogos em homenagem aos deuses do Olímpo; Eram realizados na cidade de Olímpia; Acontecia a cada 4 anos; Os vencedores recebiam a coroa de louros, símbolo de Apolo (Mito de Dafne); Os vencedores eram alvo da homenagem da sua cidade: poderiam receber alimentação gratuita, terem estátuas erguidas em sua honra e serem cantados pelos poetas.

30 ESTUDEM: No Livro: páginas 70 à 95; Documentários vistos em sala de aula: Grandes Civilizações (Grécia); Folhas xerografadas.

31 Professores Thiago e Ricardo.

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 6º ano Apostila 1 Tempo histórico, periodização da História, ocupação da América. Apostila 2 Egito, Mesopotâmia,

Leia mais

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa

CIVILIZAÇÃO GREGA. Curso: Médio Integrado. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa CIVILIZAÇÃO GREGA Curso: Médio Integrado Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa ORIGEM DO POVO GREGO GRÉCIA GREGOS HÉLADE HELENOS Geografia Grécia continental Peninsular insular Montanhas Vales férteis

Leia mais

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica

Prof. Osvaldo. Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Prof. Osvaldo Civilizações Escravistas da Antiguidade Clássica Modo de Produção Asiático Comunidades Primitivas Modo de Produção Escravista Grécia Roma sociedades cuja principal característica era o predomínio

Leia mais

Mundo Grego Resumo de Aula

Mundo Grego Resumo de Aula Mundo Grego Resumo de Aula De acordo com a historiografia, a história da Grécia pode ser dividida nos seguintes períodos: Pré-Homérico Homérico Arcaico Clássico. Helenístico. Período Pré-Homérico: Na visão

Leia mais

Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande. Prof. Alan Carlos Ghedini

Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande. Prof. Alan Carlos Ghedini Grécia Antiga Das Diásporas Gregas a Alexandre o Grande Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com O Mundo Grego Localizado ao Sul da Península Balcânica Terreno bastante irregular e montanhoso

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA PATRULHA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE RONDÔNIA A palavra república é derivada de RES PUBLICA, expressão latina que significa COISA DO POVO, COISA PÚBLICA, O QUE É DE TODOS. Forma de governo

Leia mais

RELAÇÃO DA HISTÓRIA E INSTITUTOS JURÍDICOS COM O FILME 300

RELAÇÃO DA HISTÓRIA E INSTITUTOS JURÍDICOS COM O FILME 300 CURSO DE DIREITO: 1º A Diogo Levi D Ávila Suellem Belo Vaz Carvalho Thalles Renato de Freitas Walles Almeida Amorim RELAÇÃO DA HISTÓRIA E INSTITUTOS JURÍDICOS COM O FILME 300 LINHARES/ES 2011 Introdução

Leia mais

1º bimestre 1ª série 7 - Antiguidade Ocidental - Grécia Cap , 2.2. Roberson de Oliveira

1º bimestre 1ª série 7 - Antiguidade Ocidental - Grécia Cap , 2.2. Roberson de Oliveira 1º bimestre 1ª série 7 - Antiguidade Ocidental - Grécia Cap. 2 2.1, 2.2 Roberson de Oliveira Antiguidade Ocidental - Grécia 1. Periodização XX a.c. XII a.c. VIII a.c. VI a.c. IV a.c. I a.c. Pré-Homérico

Leia mais

GUERRAS HEGEMÔNICAS. Foi a disputa pelo poder entre as cidades-estados e outros povos

GUERRAS HEGEMÔNICAS. Foi a disputa pelo poder entre as cidades-estados e outros povos GUERRAS HEGEMÔNICAS Foi a disputa pelo poder entre as cidades-estados e outros povos GUERRAS MÉDICAS GUERRA DO PELOPONESO Externa = gregos e persas Interna = Esparta X Atenas GUERRAS MÉDICAS Chamam-se

Leia mais

Panorama dos pré-socráticos ao helenismo

Panorama dos pré-socráticos ao helenismo Panorama dos pré-socráticos ao helenismo Heidi Strecker* A filosofia é um saber específico e tem uma história que já dura mais de 2.500 anos. A filosofia nasceu na Grécia antiga - costumamos dizer - com

Leia mais

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia)

ESPARTA Situada na Lacônia (Peloponeso) planíciefértil(exceçãonagrécia) GRÉCIA ANTIGA Localizada na Grécia Continental ou Peninsular está no sul da Europa na Península Balcânica, também era formada por outras porções de terra: Insular ilhasgregasnomaregeu. MagnaGrécia colôniasnosuldaitália.

Leia mais

Localização Geográfica. -Sul da Europa, na Península Balcânica, junto ao mar Mediterrâneo.

Localização Geográfica. -Sul da Europa, na Península Balcânica, junto ao mar Mediterrâneo. O Mundo Grego - I Localização Geográfica -Sul da Europa, na Península Balcânica, junto ao mar Mediterrâneo. Povoamento -Arianos ou indo-europeus (aqueus, jônios, eólios e dórios). -Invasão dos Dórios (armas

Leia mais

Q.01 Q.02. a) da identidade dos gregos. b) do significado da polis.

Q.01 Q.02. a) da identidade dos gregos. b) do significado da polis. Q.01 Tendo em vista as cidades-estado (polis), comente a seguinte passagem do livro História (Livro VIII, 144), na qual Heródoto verifica a existência da unidade de todos os helenos pelo sangue e pela

Leia mais

1-INTRODUÇÃO. Aula 2 Mito e filosofia:

1-INTRODUÇÃO. Aula 2 Mito e filosofia: Prof. Gilmar Dantas 1-INTRODUÇÃO Aula 2 Mito e filosofia: Nesta aula, vamos ver outras características da filosofia e ver também os mitos. Houve uma passagem dos mitos para a filosofia na Grécia Antiga.

Leia mais

OFICINA: HISTÓRIA DA MATEMÁTICA. Resumo

OFICINA: HISTÓRIA DA MATEMÁTICA. Resumo OFICINA: HISTÓRIA DA MATEMÁTICA Resumo Os grandes matemáticos surgiram antes e depois de Cristo, inventando novas fórmulas, soluções e cálculos. A inteligência do homem era algo tão magnífico, que a matemática

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 3º série Ensino Médio Data Conteúdo 11/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I HG HISTORIOGRAFIA E PRE HISTORIA

Leia mais

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA Profº Alexandre Goicochea História ORIGENS O mundo grego antigo ocupava além da Grécia, a parte sul da península Balcânica, as ilhas do mar Egeu, a costa da Ásia Menor, o

Leia mais

Dicas da Mega Sena. Seu nome (obrigatório) Seu (obrigatório)

Dicas da Mega Sena. Seu nome (obrigatório) Seu  (obrigatório) Dicas da Mega Sena Além de 3 apostas baseadas nas Runas, você vai conhecer uma técnica de usar os elementos da sua vida e com a numerologia fazer as suas apostas. Olha, eu sei que tem muita gente que já

Leia mais

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS:

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Território acidentado; Desenvolvimento do comércio e navegação; Descentralização política (Cidade-Estado); Modo de produção escravista; Contribuições nas artes, ciências e filosofia

Leia mais

Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero

Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero Filosofia política na Antiguidade romana: Cícero As influências de Platão e Aristóteles no terreno da reflexão política foram marcantes tanto na Antiguidade como na Idade Média. A ideia de que a política

Leia mais

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 2 FASES DA HISTÓRIA: ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA

1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: 2 FASES DA HISTÓRIA: ANTIGÜIDADE CLÁSSICA A GRÉCIA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Território acidentado; Desenvolvimento do comércio e navegação; Descentralização política (Cidade-Estado); Modo de produção escravista; Contribuições nas artes, ciências e filosofia

Leia mais

Lista de Exercícios:

Lista de Exercícios: PROFESSOR(A): Ero AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DATA DA REALIZAÇÃO ROTEIRO DA AVALIAÇÃO 2ª ETAPA AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º CONTÉUDOS ABORDADOS Cap. 4: o mundo grego todos os temas Cap

Leia mais

Gabarito das Questões do Caderno de Estudante. História dos grandes personagens e das nações

Gabarito das Questões do Caderno de Estudante. História dos grandes personagens e das nações Gabarito das Questões do Caderno de Estudante Introdução A produção do conhecimento histórico Questão 4 Séculos XIX e XX Séculos XX e XXI Temas centrais pesquisados História dos grandes personagens e das

Leia mais

GUERRA DE TRÓIA PERÍODO HOMÉRICO EM HOMENAGEM A HOMERO QUEM FOI HOMERO?

GUERRA DE TRÓIA PERÍODO HOMÉRICO EM HOMENAGEM A HOMERO QUEM FOI HOMERO? 2014 GUERRA DE TRÓIA PERÍODO HOMÉRICO EM HOMENAGEM A HOMERO QUEM FOI HOMERO? Homero foi um poeta épico da Grécia Antiga, ao qual tradicionalmente se atribui a autoria dos poemas épicos Ilíada e Odisseia.

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Aluno: Nº Série: 1º Turma: Data: Nota: Professora: ÉLIDA Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina FIS291 Evolução dos Conceitos da Física I

Programa Analítico de Disciplina FIS291 Evolução dos Conceitos da Física I Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina FIS91 Evolução dos Conceitos da Física I Departamento de Física - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Número de créditos: 4 Teóricas

Leia mais

GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A Unidade Portugal Série: 6 o ano (5 a série) Período: TARDE Data: 22/6/2011 PROVA GRUPO GRUPO VI 2 o BIMESTRE PROVA A Nome: Turma: Valor da prova: 4,0 Nota: Leia o texto com atenção e faça o que se pede

Leia mais

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO REPÚBLICA ROMANA Surgiu durante a civilização grega, com a união de tribos que viviam às margens do Rio Tiber; O governo era baseado na democracia e

Leia mais

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática GEOGRAFIA, ECONOMIA E POLÍTICA Terreno montanhoso Comércio marítimo Cidades-estado

Leia mais

Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório

Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório 08/06/2015 Avaliação de História 6º ano FAF Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório 1. Nome Completo: * 2. Número: 3. Série: * Marcar apenas uma oval. 6ºA 6ºB Na Grécia Antiga se desenvolveu uma

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS ARTES CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na

Leia mais

Fundamentos da Educação

Fundamentos da Educação Fundamentos da Educação Aula 2 Fundamentos Históricos da Educação Profª MSc. Marta Ouchar de Brito Fundamentos Históricos da Educação Ú Educação no Egito Ú Educação na Grécia Ú Educação em Roma Ú Educação

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; O CAPITALISMO MONOPOLISTA Setor industrial

Leia mais

História Primeiro ano do ensino médio Escola José de Anchieta Gregos

História Primeiro ano do ensino médio Escola José de Anchieta Gregos História Primeiro ano do ensino médio Escola José de Anchieta Gregos Reno Schmidt junho 2015 schmidt.reno@gmail.com renoschmidt.wordpress.com Onde estamos? Povos da China e da Índia - China: dinastias;

Leia mais

PARNAMIRIM - RN. 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro

PARNAMIRIM - RN. 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro PARNAMIRIM - RN 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro 1. CONTEXTO / INTRODUÇÃO Como vimos anteriormente, a Grécia, nada mais é do que o berço da cultura Ocidental, e como tal, nos deixou como

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG

CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG LOCALIZAÇÃO E POVOAMENTO A Grécia antiga localizava-se em sua maior parte do sudeste da Europa

Leia mais

Todo tipo de atividade física sistematizada, cujos conteúdos variam desde as atividades como os jogos, o atletismo, as lutas e à preparação de

Todo tipo de atividade física sistematizada, cujos conteúdos variam desde as atividades como os jogos, o atletismo, as lutas e à preparação de Ginástica Todo tipo de atividade física sistematizada, cujos conteúdos variam desde as atividades como os jogos, o atletismo, as lutas e à preparação de soldados. A ginástica deve a sua história ao militarismo.

Leia mais

Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B

Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B Conteúdos para Reorientação - 6º ano A e B Língua Portuguesa Camila 05/12/2016 O QUE ESTUDAR? 1. Pronomes (possesivos,demostrativos, indefinidos e interrogativos.) 2.formas nominais 3. verbo 1. Livro págs.

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Identifique e analise dois elementos da imagem que expressem esse olhar europeu sobre o Brasil.

Nome: Nº: Turma: Identifique e analise dois elementos da imagem que expressem esse olhar europeu sobre o Brasil. História Ficha 5 Avançado Lucas maio/12 Nome: Nº: Turma: 1. (Unesp) O artista holandês Albert Eckhout (1610 1666) esteve no Brasil entre 1637 e 1644, na comitiva de Maurício de Nassau. A tela a seguir

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO PLANO DE CURSO DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes

Leia mais

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia

Antiguidade Oriental. Egito e Mesopotâmia Antiguidade Oriental Egito e Mesopotâmia As principais civilizações As principais civilizações da Antigüidade oriental são a suméria, assíria, acadiana, egípcia, hebraica, fenícia, hitita e persa. Civilização

Leia mais

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Cidadania Democracia Filosofia Geometria Teatro Período Pré-Homérico (2800 1100 a. C.) povoamento da Grécia. Período Homérico (1100 800 a. C.) poemas

Leia mais

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia Turma: 16 A Lista dos conteúdos: Pensamento Mítico Mitologia grega. Entendendo o mito. Raciocínio lógico O que é lógica

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes Unidade II Natureza Sociedade: questões ambientais. Aula 13 Revisão e avaliação da unidade II 2 Hebreus Sua principal fonte de informações é a Bíblia Sagrada,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA Teerã - capital FENÍCIOS ISRAEL EGITO IRAQUE Mesopotâmia REINO DA PÉRSIA IRÃ A PÉRSIA, ATUAL IRÃ, LOCALIZAVA-SE A LESTE DA MESOPOTÂMIA, Á MARGEM DO CRESCENTE FÉRTIL Reino da Média

Leia mais

Antiguidade Clássica: Grécia

Antiguidade Clássica: Grécia Antiguidade Clássica: Grécia Localização Localização Localização Período Creto-Micênico (XX a. C. XII a. C) Pinturas no palácio de Cnossos em Micenas Período Creto-Micênico (XX a. C. XII a. C) Escrita

Leia mais

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Montanhas e costas marítimas; Mar Mediterrâneo, Mar Egeo e Mar Jônico. Costa bastante recortada com 80% de montanhas; Grande numero de Ilhas; Formação

Leia mais

História/15 6º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano

História/15 6º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano História/15 6º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / 6ºhis303r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano Aluno(a), Seguem os conteúdos trabalhados no 3º trimestre. Como base neles você deverá iniciar seus

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes A A Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2 A A Aula 5.2 Conteúdo As Civilizações da Mesopotâmia II 3 A A Habilidade Analisar

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II RESOLUÇÕES DE QUESTÕES PROFESSOR DANILO BORGES FILOSOFIA 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II (UEL) Tales foi o iniciador da filosofia da physis, pois foi o primeiro a afirmar a existência de um princípio originário

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. Walace Vinente GEOGRAFIA CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Grécia Antiga II. Cronologia

Grécia Antiga II. Cronologia Grécia Antiga II Cronologia Grécia - Cronologia Período pré-homérico (séc. XX- XII a.c) Migrações dos povos formadores da Grécia Período Homérico (séc. XII- VIII a.c) Genos (comunidades políticas) se estruturam,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES 3º CICLO DISCIPLINA HISTÓRIA TURMAS A/B/C ANO: 7º ANO 2010/2011 COMPETÊNCIAS 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. A. Das Sociedades Recolectoras

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues Escola Cenecista Dr. José Ferreira

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues   Escola Cenecista Dr. José Ferreira Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnec.edu.br Escola Cenecista Dr. José Ferreira Teoria do Estado II Objetivo principal: Problematizar as formas de governos existentes

Leia mais

1B Aula 01. O Iluminismo

1B Aula 01. O Iluminismo 1B Aula 01 O Iluminismo O contexto histórico em que surgiu o Iluminismo O Iluminismo foi acima de tudo uma revolução cultural porque propôs uma nova forma de entender a sociedade e significou uma transformação

Leia mais

Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito *

Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito * Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito * 1. (Fatec) "A cidade-estado era um objeto mais digno de devoção do que os deuses do Olimpo, feitos à imagem de bárbaros humanos. A personalidade humana,

Leia mais

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Arquitetura Egípcia Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Docente: Veronica Curso: Técnico em Edificações Turno: Vespertino INTRODUÇÃO Os egípcios desenvolveram

Leia mais

EDITAL Nº03/ANO 2013

EDITAL Nº03/ANO 2013 EDITAL Nº03/ANO 2013 CONCURSO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA O Departamento de História e Economia, do Instituto Multidisciplinar faz saber que de acordo com a Deliberação nº 057/1999 CEPE encontram-se abertas

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998.

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Qual era o objetivo inicial do ENEM? Avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. Qual é o objetivo do ENEM

Leia mais

R.: R.: R.: R.: R.: R.: R.:

R.: R.: R.: R.: R.: R.: R.: PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Como o relevo

Leia mais

COMISSÃO DE TURISMO E DESPORTO

COMISSÃO DE TURISMO E DESPORTO COMISSÃO DE TURISMO E DESPORTO PROJETO DE LEI Nº 2.225, DE 2007. Cria o Fundo de Apoio ao Esporte Não Olímpico - FNO. Autora: Deputada GORETE PEREIRA (PR-CE) Relator: Deputado ARNON BEZERRA PTB - CE) I

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula TURMA 1 Professora Ana Paula 18 19 20 21 22 23 24 27 Vestuário/ cores/ localização 28 29 30 TURMA 2 Professora Bruna 18 19 20 21 22 23 24 Vestuário/ cores/ localização 27 28 29 30 TURMA 411 Professora

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO A Câmara Municipal, Câmara de Vereadores, ou Câmara Legislativa é o órgão legislativo da administração dos municípios, configurando-se como a assembleia de representantes

Leia mais

Localização e surgimento

Localização e surgimento 9 - CHINA ANTIGA Localização e surgimento Vale do Rio Amarelo (Huang Ho) Ocupado por grupos que se organizaram em pequenas aldeias Solo formado por uma argila de tom amarelado Muito fértil Atividade agrícola

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA NOME COLEGIADO CÓDIGO SEMESTRE HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS I CCINAT/SBF CIEN0017 2016.1 CARGA HORÁRIA TEÓRICA: 60 h/a = 72 encontros PRÁT: 0 HORÁRIOS: Quinta-Feira: de 18:00 às 19:40 horas

Leia mais

A GRÉCIA ANTIGA passo a passo

A GRÉCIA ANTIGA passo a passo A GRÉCIA ANTIGA passo a passo ÉRIC DARS e ÉRIC TEYSSIER Ilustrações de Vincent Caut Tradução de Julia da Rosa Simões Copyright do texto 2011 by Éric Dars e Éric Teyssier Copyright das ilustrações 2011

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND ECONOMIA, SOCIEDADE E RELIGIÃO NA GRÉCIA ANTIGA: O HOMEM GREGO Prof.

Leia mais

Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1

Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1 Profa. Andréa Cardoso UNIFAL-MG MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1 Aula 17: O Problema da Medida 30/04/2015 2 Contagem e medida A Aritmética auxiliou o Homem a fazer calendários, mas também a medir campos.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 5 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP ROTEIRO DA UNIDADE 05 FINALIDADE: Com esta UE você terminará de estudar

Leia mais

ANTIGUIDADE CLÁSSICA GRÉCIA

ANTIGUIDADE CLÁSSICA GRÉCIA ANTIGUIDADE CLÁSSICA GRÉCIA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Território acidentado; Desenvolvimento do comércio e navegação; Descentralização política (Cidade-Estado); Modo de produção escravista; Contribuições

Leia mais

HISTÓRIA GERAL. Profª. Maria Auxiliadora

HISTÓRIA GERAL. Profª. Maria Auxiliadora HISTÓRIA GERAL Profª. Maria Auxiliadora GRÉCIA Península Balcânica Relevo acidentado e recortado Características Gerais Grécia Período Pré-Homérico -séc. XX a.c. XII a. C. Formação do povo grego pelasgos

Leia mais

Calendário Escolar 2016 Educação Infantil e Ensino Fundamental

Calendário Escolar 2016 Educação Infantil e Ensino Fundamental Calendário Escolar 2016 Educação Infantil e Ensino Fundamental Janeiro 25 a 29 Planejamento com professores 29 Culto de Ações de Graças - Ano Novo Fevereiro 8,9 e 10 - Carnaval 18 Dias Letivos 01 Início

Leia mais

Antiguidade Clássica

Antiguidade Clássica Antiguidade Clássica A civilização greco-romana serviu de modelo para o desenvolvimento da sociedade européia e ocidental, por isso o adjetivo clássico, dado pelos europeus nos séculos XIV e XV. A Grécia

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

2- POR QUE a família real portuguesa se mudou, em 1808, para sua colônia na

2- POR QUE a família real portuguesa se mudou, em 1808, para sua colônia na Atividade de Estudo Geo/História 5º ano Nome: 1- LIGUE os itens abaixo corretamente. 2- POR QUE a família real portuguesa se mudou, em 1808, para sua colônia na América? 3- ASSINALE as afirmativas erradas

Leia mais

CONCEPÇÕES DO ENSINO DE FILOSOFIA Uma reflexão sobre o currículo

CONCEPÇÕES DO ENSINO DE FILOSOFIA Uma reflexão sobre o currículo Uma reflexão sobre o currículo 1. A NATUREZA DA FILOSOFIA Atitude reflexiva que investiga criticamente condições de possibilidade. (PCN+, 1999; OCN, 2006) "A principal ocupação da Filosofia é questionar

Leia mais

Não corra atrás das borboletas, cuide do seu jardim e elas virão até você

Não corra atrás das borboletas, cuide do seu jardim e elas virão até você COLÉGIO TERCEIRO MILÊNIO - OBJETIVO Educando para a cidadania Recife, 20 de novembro de 2015 Prezados Alunos e Pais, A Proposta Pedagógica do CTM sugere que a família participe de todo o nosso trabalho

Leia mais

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil MATERIAL DE REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 6 ANO 1) Classifique as fontes listadas abaixo em primarias e secundárias: - Vídeo do atentado terrorista ao World Trade Center em 2001 - Trecho da Carta de Pero

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura das

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Pré-História e Antiguidade O mundo antigo. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Pré-História e Antiguidade O mundo antigo Professor Isaac Antonio Camargo 1 4 O MUNDO ANTIGO Encontramos a arte na antigüidade dentro de civilizações mais preparadas técnica e socialmente,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS ANO LETIVO 2015/2016 INFORMAÇÃO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO DISCILINA DE HISTÓRIA 1. OBJETO

Leia mais

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia : Pensamento Mítico Mitologia grega. Entendendo o mito. Raciocínio lógico O que é lógica Racionalidade. Raciocínio como

Leia mais

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 3º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 7º Componente Curricular: Filosofia Turma:17 A, B,

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 3º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 7º Componente Curricular: Filosofia Turma:17 A, B, 3º trimestre 2014 Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 7º Componente Curricular: Filosofia Turma:17 A, B, O pensamento O que é o pensamento. A inteligência. A inteligência e a linguagem. Pensamento

Leia mais

PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES BLOG: PROFTACIUSFERNANDES.WORDPRESS.COM

PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES BLOG: PROFTACIUSFERNANDES.WORDPRESS.COM OS PERSAS PROFESSOR:TÁCIUS FERNANDES LOCALIZAÇÃO Os persas viviam onde hoje é o Irã. A partir do século VI a.c., iniciaram a conquista de um dos maiores impérios da Antiguidade. Em 1935, a Pérsia passou

Leia mais

Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2

Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: História Professor (a): Rodrigo Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DO ENEM PROFESSOR DANILO BORGES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DO ENEM PROFESSOR DANILO BORGES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DO ENEM PROFESSOR DANILO BORGES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II ENEM QUESTÃO 2010 Quando Édipo nasceu, seus pais, Laio e Jocasta, os reis de Tebas, foram informados de uma profecia na

Leia mais

O conceito de probabilidade

O conceito de probabilidade A UA UL LA O conceito de probabilidade Introdução Nesta aula daremos início ao estudo da probabilidades. Quando usamos probabilidades? Ouvimos falar desse assunto em situações como: a probabilidade de

Leia mais

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega.

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA Conceito: O Iluminismo foi um movimento ideológico do século XVIII, que defendeu a liberdade de expressão e o fim de todo regime opressor. O Iluminismo

Leia mais

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution]

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] [25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] 1. Observa as seguintes imagens. O que te sugerem? 2. Completa a seguinte frase. Para mim, a liberdade é II. 1. Lê atentamente o seguinte texto.

Leia mais

Civilizações Hidráulicas

Civilizações Hidráulicas Civilizações Hidráulicas Mesopotâmia e Egito Prof. Thiago Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Ausência da propriedade privada; Base social aldeã; Intervenção estatal na

Leia mais

Aulas 2 e 3. Antiguidade Clássica

Aulas 2 e 3. Antiguidade Clássica Aulas 2 e 3 Antiguidade Clássica A civilização greco-romana serviu de modelo para o desenvolvimento da sociedade européia e ocidental, por isso o adjetivo clássico, dado pelos europeus nos séculos XIV

Leia mais

OFICINA DAS CORES. Eduardo Dias Mattos. Artes Visuais. Professor. Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP. DER-Santos

OFICINA DAS CORES. Eduardo Dias Mattos. Artes Visuais. Professor. Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP. DER-Santos OFICINA DAS CORES Professor Eduardo Dias Mattos Escola Estadual Júlio Conceição Cubatão / SP DER-Santos 2016 Artes Visuais Introdução O Projeto foi criado em 2006 pelo Arte Educador, Professor Eduardo

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito.

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Os hebreus Foram os primeiros povos monoteístas da história. Seus reis mais famosos foram Davi e Salomão. A Bíblia é uma fonte importante para o conhecimento sobre a história

Leia mais

Metafísica & Política

Metafísica & Política Aristóteles (384-322 a.c.) Metafísica & Política "0 homem que é tomado da perplexidade e admiração julga-se ignorante." (Metafisica, 982 b 13-18). Metafísica No conjunto de obras denominado Metafísica,

Leia mais

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente.

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. EXERCÍCIOS DE REVISÃO COM RESPOSTAS PARA O EXAME FINAL HISTÓRIA 5ª SÉRIE O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. Existem muitas fontes

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI. Atividade de História E. Médio U.E. 08

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI. Atividade de História E. Médio U.E. 08 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI Atividade de História E. Médio U.E. 08 1. Cite a caracterização econômica e social da Idade Média. p.3 2. Em quantos períodos está dividida a Idade Média? Quais são? 3. Dê três

Leia mais

MÓD. 1 RAÍZES MEDITERRÂNICAS DA CIVILIZAÇÃO EUROPEIA CIDADE, CIDADANIA E IMPÉRIO A.CL. 1. O MODELO ATENIENSE 1.1. A democracia antiga.

MÓD. 1 RAÍZES MEDITERRÂNICAS DA CIVILIZAÇÃO EUROPEIA CIDADE, CIDADANIA E IMPÉRIO A.CL. 1. O MODELO ATENIENSE 1.1. A democracia antiga. O espaço 1 Continental Grécia Antiga Asiática (Ásia Menor) Insular ATENAS: Pólis (cidade-estado) cidade terrenos agrícolas porto (Pireu) Ática - Corpo cívico, formado pelos cidadãos 2 conceito de AUTARCIA

Leia mais