INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização."

Transcrição

1 INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. - O trabalho de ganhar almas é de iniciativa divina e somente quem tem comunhão com o Senhor pode fazê-lo.

2 I O TRABALHO DO GANHADOR DE ALMAS - A expressão ganhador de almas (Pv.11:30). Neste texto, ante o paralelismo hebraico, o ganhador de almas é o justo que frutifica, é o sabio, ou seja, aquele que serve a Deus, aquele que observa os mandamentos do Senhor. - Para alguém ganhar almas para o Senhor, para alguém ser instrumento do Espírito Santo na evangelização, necessita ser um justo, alguém que frutifica, alguém que observa a Palavra de Deus.

3 - A evangelização é o ato de evangelizar e evangelizar é pregar o Evangelho e pregar o Evangelho é pregar o reino de Deus, pregar Jesus Cristo, pregar a Palavra de Deus. - Para realizar este trabalho, é necessário estudar, gravar no coração e orar, para adquirir habilidade em usar as passagens indicadas nestes capítulos. (BOYER, Orlando. Esforça-te para ganhar almas, p.6).

4 - O trabalho do ganhar de almas é: a) manejar bem a Palavra de Deus, conhecer bem as Escrituras; b) ter uma vida condizente com o que é pregado; c) ter uma vida de oração; d) reforçar a oração com jejum.

5 - A causa final, o objetivo da evangelização a conversão das almas, a salvação das almas. - Por isso, o ganhador de almas deve ser movido por um desejo ardente de ganhar almas para o Senhor Jesus, deve ter o amor de Deus em seu coração, este mesmo amor que fez com que o Pai desse o Seu Unigênito Filho para que o mundo alcançasse a salvação.

6 - O ganhador de almas revela ter a natureza divina, ou seja, o amor, pois se evangeliza é porque tem amor pelas almas perdidas, o mesmo amor demonstrado pelo Pai a dar o Seu Filho Unigênito (Jo.3:16). - Quando o crente quer pregar é sinal de que está salvo. Ex. mulher samaritana, Zaqueu e André.

7 -A causa material do trabalho da evangelização, ou seja, o seu conteúdo é a pregação do Evangelho, que é a pregação do reino de Deus, de Jesus Cristo e da Palavra de Deus. Pregar o Evangelho não é : a) uma profissão; b) dar esmola; c) reformar as pessoas; d) atrair alguém ao pregador.

8 - Pregar o Evangelho é pescar (Lc.5:10), ie.e, apanhar homens vivos. - A causa formal da evangelização é a sua maneira de ser, o modo pelo qual ela se apresenta e, quando o Senhor Jesus disse que Seus discípulos seriam pescadores de homens, de pronto nos apresenta dois modos de evangelismo, dois métodos de evangelização: o evangelismo pessoal ( pesca com anzol Mt.17:27) e o evangelismo em massa ou impessoal ( pesca com rede Lc.5:5,6; Jo.21:6,8,11).

9 - Evangelismo pessoal, aquela prática em que o crente tem contato pessoal e direto com a pessoa evangelizada ( Espedito Nogueira Marinho) - A evangelização, para que seja completa, necessariamente tem que ser pessoal. Pois, de pé sobre um púlpito, distante de um pecador desaparecido no meio de uma multidão, é praticamente impossível eliminar todas as dúvidas que ele nutre sobre algum aspecto da mensagem pregada. O mesmo podemos falar da evangelização televisiva ou radiofônica. (Espedito Nogueira Marinho).

10 - Métodos de evangelismo pessoal, segundo Valdir Bícego (I): a) método direto, através de perguntas (At.8:30-35); b) método direto, aproveitando circunstâncias ocasionais; c) método da literatura, utilizando literatura selecionada e objetiva, aproveitando comemorações (Natal, Páscoa etc.), usando literatura conforme a idade, orando para a semente germinar, falando algo para a pessoa a quem se pretende dar a literatura;

11 - Métodos de evangelismo pessoal, segundo Valdir Bícego (II): d) aproximando-se das almas no plano em que se encontram (At.8:26,29; Jo.4:7; At.8:30); e) sendo atenciosos (Jo.4:18 disseste bem ; Lc.10:28 respondeste bem ); f) usando o tato (I Co.9:19-22);

12 - Métodos de evangelismo pessoal, segundo Valdir Bícego (III): g) falando com convicção (At.27:25); Jo.9:25; II Tm.2:12); h) sendo positivo; i) não discutindo (II Tm.2:24,25);

13 - Métodos de evangelismo pessoal, segundo Valdir Bícego (IV): j) dando enfase ao Salvador nunca à igreja (At.4:12; Jo.14:6; 4:20-29); k) no aconselhamento, enfatizando a maior necessidade (Jo.3:13); l) fazendo o diagnóstico e aplicando o remédio (Mc.10:17-21);

14 - Métodos de evangelismo pessoal, segundo Valdir Bícego (V): m) usando de sabedoria (Pv.11:30) na aproximação (Rm.10:19), nas palavras (Mt.10:16) e nos métodos (Tg.1:5,6); n) tendo conhecimento próprio da Palavra de Deus (II Tm.3:15,16); o) vivendo uma vida vitoriosa (I Jo.5:4; Gl.2:20); p) tendo perseverança (Tg.5:7).

15 - A pesca coletiva é o evangelismo em massa, também chamado de evangelismo impessoal. Por evangelismo impessoal, refiro-me ao ato em que, embora o pecador possa até estar presente ao crente, ele não tem contato direto com ele. (Espedito Nogueira Marinho) - É a pesca com rede, onde se entrega a mensagem a u a massa, a uma multidão de pessoas, em que não se tem o contato direto com o evangelizado. É o evangelismo feito por intermédio dos meios de comunicação de massa, nos púlpitos e cruzadas evangelísticas.

16 - A causa eficiente da evangelização, ou seja, aquela que, por sua ação-física, produz o efeito é: a) principal - o Espírito Santo; b) instrumental, - o evangelizador.

17 - Características que deve ter o ganhador de almas: a) um convertido, alguém que tenha a certeza da própria salvação; b) portador de bom testemunho, viver o Evangelho que prega; c) ser santo; d) ser cheio do Espírito Santo.

18 - O ganhador de almas, por ter bom testemunho, é irrepreensível, respeitado e tem credibilidade, a ponto de pregar sem usar Palavra ( testemunho mudo ) ( I Pe.3:1,2). - O pregador que não vive o que prega é apenas instrumento de escândalo, sendo um hipócrita religioso, abominável aos olhos do Senhor 9Mt.18:6,67; 23).

19 - O ganhador de almas santifica-se a cada dia, porque medita nas Escrituras, ora e jejua. - O ganhador de almas, estando em santidade e, portanto, em plena comunhão com o Senhor, tem, também, amor pelas almas, o amor de Deus que foi derramado em seu coração pelo Espírito Santo e este amor o faz pregar o Evangelho.

20 - O ganhador de almas precisa, ainda, estar cheio do Espírito Santo, porquanto o Espírito Santo é quem: a) capacita o crente para o trabalho; b) prepara o crente para o trabalho; c) dirige o crente no trabalho

21 - Para que alguém ganhe almas, é mister que seja, antes batizado com o Espírito Santo? Evidentemente que não, pois o requisito para que alguém seja um ganhador de almas é que seja salvo e sabemos todos que todo salvo tem o Espírito Santo. - No entanto, o revestimento de poder é condição para que o fruto seja pleno, para que se produza, na semeadura, cem por um (Lc.24:49).

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

- A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão.

- A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão. INTRODUÇÃO - A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão. - A Igreja precisa enfrentar os desafios da vida

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

O Discipulado e a Vida da Igreja

O Discipulado e a Vida da Igreja Série Estudos Bíblicos Nº 2 O Discipulado e a Vida da Igreja Um Estudo Bíblico Essencial ao Crescimento e Maturidade Cristã Ademir Ifanger E s t u d o s B í b l i c o s P á g i n a 2 Índice Estudo Bíblico

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO DECLARAÇÃO DE FÉ Pr Josemeire Ribeiro CRM PR 2015 O que é credo? É o que eu creio. PLANO DE SALVAÇÃO QUEDA REDENÇÃO RESTAURAÇÃO Declaração de Fé da IEQ foi compilada por sua fundadora Aimeé Semple McPherson,

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

Pastor e Capelão Odilon Gonzaga de Campos A tarefa de ganhar alma Evangelismo Transcultural Pág.: 1

Pastor e Capelão Odilon Gonzaga de Campos A tarefa de ganhar alma Evangelismo Transcultural Pág.: 1 Pág.: 1 A tarefa de ganhar alma. A razão para ganhar almas é que nos leva a tão grande tarefa: Ganhar almas foi a grande finalidade da vida de Jesus aqui na terra, Lc. 19.10; O nosso mundo está perdido,

Leia mais

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco GRUPO DE ORAÇÃO Formação Missionária Diocese de Osasco Conceito Comunidade carismática presente em um lugar (...) que cultiva a oração, a partilha e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, a

Leia mais

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução a) Conversar sobre a vida secular dele(a); b) Conversar sobre as experiencias

Leia mais

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer.

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. Você sabia que no Reino de Deus todos nós somos atletas de Cristo? Paulo usa essa

Leia mais

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 Cantai de júbilo a Deus, força nossa; celebrai o Deus de Jacó.2 Salmodiai e fazei soar o tamboril, a suave harpa com o saltério.3 Tocai a trombeta na Festa da Lua Nova, na

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

Como Preparar Mensagens Bíblicas

Como Preparar Mensagens Bíblicas Como Preparar Mensagens Bíblicas INTRODUÇÃO Há alguns anos, o número de rapazes e moças que subiam ao púlpito para pregar era maior que o de hoje. Na sua simplicidade, falavam do amor de Deus, da Salvação

Leia mais

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. - O primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. I O PROTOEVANGELHO

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

- Na sequência do estudo dos aspectos específicos da evangelização, estudaremos a evangelização das crianças.

- Na sequência do estudo dos aspectos específicos da evangelização, estudaremos a evangelização das crianças. INTRODUÇÃO - Na sequência do estudo dos aspectos específicos da evangelização, estudaremos a evangelização das crianças. - As crianças devem ser evangelizadas. I AS CRIANÇAS PRECISAM SER EVANGELIZADAS

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

- Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida -

- Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida - 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 - Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida - Dia 0 - Tempo de adoração e gratidão Leitura Bíblica: Ap. Motivos de Oração: Agradeça pela salvação, família,

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley John Wesley Não poderia deixar de colocar aqui este servo de Deus, não especialmente ministro de curas, na verdade um dos primeiros avivalistas da história.

Leia mais

Plano Para a vida e a Missão da Igreja

Plano Para a vida e a Missão da Igreja Plano Para a vida e a Missão da Igreja O "Plano para a Vida e a Missão da Igreja" é continuação dos Planos Quadrienais de 1973 e 1978 e conseqüência direta da consulta nacional de 1981 sobre a Vida e a

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo Nos livros poéticos vemos ação responsiva, por parte de Israel, aos atos salvíficos de Deus. Respostas: Pessoais;

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

O Dom do Espírito Santo

O Dom do Espírito Santo Apostila Fundamentos O Dom do Espírito Santo... e recebereis o dom do Espírito Santo. At 2:38 D o n s d o E s p í r i t o S a n t o P á g i n a 2 O Dom do Espírito Santo Este é outro ensino fundamental

Leia mais

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino Deus trabalha movido por oração. Quando Deus quer fazer certa coisa, Ele inspira oração para que Ele possa agir. Ele somente trabalha desta forma. Em Gênesis 20 lemos a primeira estória sobre cura narrada

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ 2015 MDA REDE JOVEM Tornar-se um cristão espiritualmente maduro é a ação de maior valor que podemos fazer por nós mesmos. LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ Jesus foi maior evangelista que o mundo já viu.

Leia mais

erbreberbebebrbeabe ebetbet

erbreberbebebrbeabe ebetbet erbreberbebebrbeabe ebetbet Mensagem 01 Piedade na Palavra Pregador: Davi Merkh Data: 2 08 2009 INTRODUÇÃO: PIEDADE NA PALAVRA (pelo Espírito) 2 Últimas Palavras * Como foram as entradas hoje em Nova Iorque?

Leia mais

1 º A N O /

1 º A N O / SETEM OUTUBRO 1 º A N O 2 0 1 2 / 2 0 1 3 1ª ETAPA - A MINHA FAMÍLIA É ACOLHIDA E ACOLHE Celebrar Data Pais Data filhos Semana celebrar Pais Tema filhos 17-24-30 1-7 8-14. 15-21 22-28. Mc 9, 30-37 Mc 9,38-43.45.47-48

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor ORAR É AÇÃO EBA Aprendendo a ORAR com Paulo Ef. 1:15-19. Por isso também eu, tendo ouvido da fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo

Leia mais

...batizando em nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo...

...batizando em nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo... ESTUDO DO BATISMO : O objetivo deste estudo é levar ao irmão(a), o conhecimento da verdade bíblica sobre o batismo ensinado por Jesus Cristo, que nestes dias possamos abrir nossa mente e coração para absorvermos

Leia mais

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA AS CINCO FUNÇÕES ESSENCIAIS DA CÉLULA REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA A célula tem muitas funções na igreja local, mas queremos ver o que na nossa opinião seriam as funções mais essenciais e indispensáveis.

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus LEMA E VISÃO 2012.2015 ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus Por Pr. Amadilson de Paula Diretor

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

O SENHOR JESUS CRISTO

O SENHOR JESUS CRISTO O SENHOR JESUS CRISTO I. SUA EXISTÊNCIA A) Provada pelo Antigo Testamento: (Mq 5.2; Is 9:6 Pai da Eternidade ) B) Provada pelo Novo Testamento: 1) João 1.1, em comparação com o versículo 14. 2) Jo 8.58

Leia mais

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO.

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. Texto: E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, porque eu sou o SENHOR; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por Deus, porque se converterão a mim de todo o seu

Leia mais

UM P G. chamado. Remanescente

UM P G. chamado. Remanescente UM P G chamado Remanescente CONCEITO Irou-se o dragão contra a mulher e foi pelejar com os restantes da sua descendência, os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus; e se pôs em

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OO primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. www.portalebd.org.br

Leia mais

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS Curso Bíblico Lição 7 Lembre-se que é da vontade de Deus que todos os homens se salvem: Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação

A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação 1 LIÇÃO 1 A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação que Deus tem Se revelado ao homem. Deus revela-se também através da Palavra Escrita, a Bíblia

Leia mais

IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa

IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa MINISTRAÇÕES PARA CASAS DE PAZ Módulo II Ministério de Evangelismo e Missões ESTUDOS PARA CASAS DE PAZ Pr. José Maria Savazzi Pr. José Antônio Corrêa

Leia mais

SUA SEGURANÇA COM DEUS

SUA SEGURANÇA COM DEUS SUA SEGURANÇA COM DEUS Deus deseja que você tenha convicções em sua vida espiritual. Seu pai celestial não quer que você viva com dúvidas e inseguranças acerca de sua condição espiritual e relacionamento

Leia mais

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai E há de ser que, se ouvires tudo o que eu te mandar, e andares pelos meus caminhos, e fizeres o que é reto aos meus olhos, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como fez Davi, meu servo, eu

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA BÍBLICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO CRISTÃ

A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA BÍBLICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO CRISTÃ A IMPORTÂNCIA DA ESCOLA BÍBLICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO CRISTÃ PORQUE FREQUENTAR Instrumento de formação e aperfeiçoamento do caráter cristão A EB é a maior agência de ensino da Igreja. programa de estudo

Leia mais

Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4

Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4 Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4 Ser motivado na vida de um dos discípulos de Jesus, que como nós, possuía defeitos, mas que, como é possível a nós, foi

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA 04-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Porque é que o Filho de Deus se fez homem? para nossa salvação,

Leia mais

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João 3.16-17 INTRODUÇÃO Do texto lido, faço à igreja duas perguntas: Por quejesus morreu na cruz? Para que Jesus morreu na cruz? O por que e o para

Leia mais

Valores de uma Igreja RELACIONAL

Valores de uma Igreja RELACIONAL Valores de uma Igreja RELACIONAL O que já aprendemos... A Igreja deve valorizar e incentivar os relacionamentos Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum... Da multidão dos que creram, uma

Leia mais

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I.

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Introdução. Na Carta aos Efésios 6.18, podemos perceber que há diversos tipos de oração, instruindo-nos o Espírito Santo que

Leia mais

Abraão Moisés Davi. Jesus

Abraão Moisés Davi. Jesus A natureza missionária da igreja Derivada da promessa de Deus de criar um Povo para Si dada para cada uma das três principais figuras : Abraão Moisés Davi Cumprida e exemplificada na pessoa de Jesus CTC

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SEGUNDA-FEIRA DA 34 SEMANA DO TEMPO COMUM 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

NATAL DO SENHOR DE 2015 MISSA DO DIA

NATAL DO SENHOR DE 2015 MISSA DO DIA NATAL DO SENHOR DE 2015 MISSA DO DIA Caríssimos Irmãos e Irmãs: O Catecismo da Igreja Católica em seu artigo terceiro, parágrafo primeiro, faz uma pergunta: Por que o Verbo se fez carne O texto do Documento

Leia mais

MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA

MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA 2000 Tony Silveira Todos os Direitos reservados. Proibida a Reprodução não Autorizada PRINCÍPIOS DE ORAÇÃO INDICE 1. ORAÇÃO EFICAZ 3 2. ORAÇÃO POR NÓS PRÓPRIOS 4

Leia mais

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID PASTORAL DA ACOLHIDA Paróquia Sagrada Família Itajubá 06 05 2012 PASTORAL DA ACOLHIDA Todos são de suma importância na comunidade paroquial A acolhida de vocês deve ser como a acolhida de Jesus que acolhe

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15 O papel central da Igreja: A Glória de Deus Um breve estudo em João 15 Entendendo o texto Jesus estava em seus últimos momentos como homem, na terra. Jesus estava advertindo seus discípulos a não imitarem

Leia mais

COMO SE PREPARAR PARA ORAR

COMO SE PREPARAR PARA ORAR COMO SE PREPARAR PARA ORAR PR. OTILONE LOPES DE OLIVEIRA VEJA: COMO SE PREPARAR PARA ORAR A- HOJE TEMOS EM NOSSAS IGREJAS, ESCOLAS PARA TODOS OS FINS, MENOS PARA ENSINAR A ORAR. B- SEGUNDO PESQUISA, A

Leia mais

Olhar divino. Visão AMME p. 3

Olhar divino. Visão AMME p. 3 Olhar divino Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso vê-la como Cristo a vê. Sabemos que o coração é enganoso e, ainda assim, muitos agem a partir de uma visão humana, não percebendo que a Igreja foi

Leia mais

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Uma breve meditação sobre Mudança de Estruturas O objetivo desta meditação é redescobrir a dimensão espiritual contida na metodologia de mudança

Leia mais

Ministério CEO: Rua Prof. Ciro Brasílio de Araújo, 30 Centro CNPJ: /

Ministério CEO: Rua Prof. Ciro Brasílio de Araújo, 30 Centro CNPJ: / ESTUDOS JANEIRO/16-1ª SEMANA CÉLULA FAMILIAR A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO Texto Bíblico: Jo 16.7, 8 e 13 O Espírito Santo não é uma mera energia ou influência de Deus. O Espírito Santo é Deus, é uma das

Leia mais

Dicionário da Bíblia de Easton

Dicionário da Bíblia de Easton 1 Dicionário da Bíblia de Easton Por M.G. Easton M.A., D.D. Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto / felipe@monergismo.com A lista abaixo não é uma tradução completa do Dicionário da Bíblia de Easton.

Leia mais

O Objetivo da Vida Cristã. Aula 02 Texto básico: Mateus Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho

O Objetivo da Vida Cristã. Aula 02 Texto básico: Mateus Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho O Objetivo da Vida Cristã Aula 02 Texto básico: Mateus 6. 25-34 Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho Objetivo: Demonstrar que a prática religiosa não é o objetivo da vida cristã, mas o meio pelo qual

Leia mais

Os 5 Pontos do Calvinismo. Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os 5 Pontos do Calvinismo. Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os 5 Pontos do Calvinismo Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Origem Foi uma reação de discípulos de João Calvino (1509-1564) a um protesto dos seguidores de James Arminus (Jacob Hermann

Leia mais

TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia

TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução A família hoje talvez é o elo mais fraco na distribuição de tempo. Entre trabalho, lazer próprio, amigos, comunidade e sono

Leia mais

A RESPOSTA DO HOMEM A DEUS: EU CREIO. NÓS CREMOS Catequese com adultos Chave de Bronze

A RESPOSTA DO HOMEM A DEUS: EU CREIO. NÓS CREMOS Catequese com adultos Chave de Bronze A RESPOSTA DO HOMEM A DEUS: EU CREIO. NÓS CREMOS. 26-11-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Eu creio Como podemos responder a Deus quando Ele nos aborda? Responder a Deus significa crer n

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa Nº 23 A - Domingo II da Páscoa - 27.4.2014 Felizes os que acreditam sem terem visto. Felizes os que O vêem com os olhos da fé na Palavra que é escutada e saboreada. Felizes os que O vêem com os olhos da

Leia mais

PLANEJAMENTO Fé versus força física Todos saberão que há deus em Israel Jeitos de ser convicto O que diz a educação física

PLANEJAMENTO Fé versus força física Todos saberão que há deus em Israel Jeitos de ser convicto O que diz a educação física Disciplina: Ensino Religioso Série: 8º ano Prof.:Cristiano Souza 1ªUNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES CONVICÇÃO Favorecer um caminho de auto descoberta. Auto-conhecimento: Caminho para conviver

Leia mais

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã O Papel da Mulher Cristã Hoje as mulheres estão bem mais interessadas em carreiras profissionais e menos desejosas do papel no lar. Porém cada um tem a sua importância. Qual será então, o papel da mulher

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO 7º ENCONTRO Como amar sua esposa Amor é fundamentalmente um verbo I Co 13:4-7 Paciente e bondoso, no original grego, são particípios, relacionados ao verbo ser. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha,

Leia mais

4. A IMPORTÂNCIA DE SER BATIZADO

4. A IMPORTÂNCIA DE SER BATIZADO 4. A IMPORTÂNCIA DE SER BATIZADO O batismo nas águas é um dos passos importantes nos primeiros princípios da doutrina de Cristo. Ele não é apenas uma forma ou cerimônia sem sentido, mas uma experiência

Leia mais

O cristianismo que vivemos

O cristianismo que vivemos O cristianismo que vivemos TEXTO BÍBLICO BÁSICO Lucas 12.16-21,0-2 16 - E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; 17 - E arrazoava ele entre si, dizendo:

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

Evangelização. Aula 02. Prof. Adriano Lima

Evangelização. Aula 02. Prof. Adriano Lima Evangelização Aula 02 Prof. Adriano Lima CONVERSA INICIAL Olá, seja bem-vindo à aula 2 de Evangelização. Nosso objetivo, neste encontro, é apresentar as principais características da evangelização, uma

Leia mais

O AMIGÃO do Pastor. Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94

O AMIGÃO do Pastor. Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94 O AMIGÃO do Pastor Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94 CARACTERÍSTICAS DA NOVA VIDA EM CRISTO Pr. Manoel F. Cano. Texto: 2 Co. 5:17 Introdução: 1. A vida

Leia mais

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi,

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS TEXTO BÁSICO: Marcos 10:48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! INTRODUÇÃO Graça quer

Leia mais

O SER DE DEUS E A TRINDADE

O SER DE DEUS E A TRINDADE O SER DE DEUS E A TRINDADE INTRODUÇÃO 1. O que é a disciplina? É o estudo sobre a Pessoa de Deus como é revelada na Bíblia e na Revelação Geral. 2. Importância: - Conhecer quem é Deus é fundamental para

Leia mais

EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo

EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo Origem do Pentecostalismo Credo do Montanismo, 170 d.c.: Porta-vozes do Espírito Santo Fim do mundo próximo Nova Jerusalém, na Frígia Ascetismo rigoroso

Leia mais