PROGRAMAÇÃO WEB AULA 1. estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAÇÃO WEB AULA 1. estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com"

Transcrição

1 PROGRAMAÇÃO WEB AULA 1 estrutura do curso e conceitos fundamentais professor Luciano Roberto Rocha 1

2 Conteúdo programático Conceitos; Ambientes de Programação em Script; Tópicos na Linguagem de Programação; Abstração, e Diagramação; Variáveis e tipos de Dados; Estrutura de programação; Tomada de decisão; Estruturas de Controle; Laços de Repetição; Matrizes; Manipulação de Arquivos. Uso de funções internas; Integração da linguagem com SGBDs. 2

3 Competências e habilidades Utilizar as principais ferramentas de desenvolvimento em linguagem de script voltada para Web. Incentivar o interesse pela pesquisa em informática e o aperfeiçoamento das técnicas de programação. Tornar o profissional apto ao desenvolvimento e implementação de sistemas comerciais nas principais linguagens de programação Web. 3

4 Procedimentos didáticos Exposição/Debate/Diálogo sobre conteúdo proposto no plano de curso. Realização de exercícios práticos com o auxílio do laboratório de informática para aplicação e utilização das diversas técnicas de programação em linguagem PHP. Desenvolvimento de dinâmicas em grupos e estudo de casos pertinentes à disciplina. 4

5 Sistemática de avaliação Duas avaliações parciais, teóricas do conteúdo ministrado em sala de aula com exercícios e questões objetivas e/ou descritivas com peso de 4 pontos. Duas avaliações bimestrais, teóricas ou práticas dos conhecimentos trabalhados em sala de aula por meio do desenvolvimento de exercícios de implementação e aplicação dos temas pertinentes a disciplina com peso de 6 pontos. 5

6 Referencial teórico BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MELONI, Julie C. Fundamentos de PHP. São Paulo: Ciência Moderna, ZANDSTRA, Matt Entendendo e Dominando o PHP.São Paulo: Digerati Books, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: NEDERAUER, Juliano. PHP 5: Guia de Consulta Rápida 3a. Ed. São Paulo:Novatec NEDERAUER, Juliano. Integrando PHP 5 Com MySQL: Guia de Consulta Rápida São Paulo:Novatec

7 Recursos tecnológicos XAMPP h#p://www.apachefriends.org/en/xampp.html 7

8 Conceitos fundamentais LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PARA WEB 8

9 Arquitetura de software Modelos computacionais Modelo standalone Modelo cliente-servidor Modelo em n camadas (sistemas distribuídos) Modelo em 3 camadas (apresentação-negócio-dados) Sistemas baseados na Web 9

10 Modelo standalone Todos os recursos necessários a execução do programa estão localizados em apenas uma máquina Processos SGBD Interface com o usuário Sistema de arquivos Plataforma de execução

11 Modelo cliente-servidor Aplicação dividida em duas camadas Requisição (request) - Input Resposta (response) - Output Interface com o usuário Sistema de arquivos SGBD Processos Servidor Cliente (gordo)

12 Sistemas baseados na Web Modelo dividido em três camadas Requisição (request) - Input Sistema de arquivos Resposta (response) - Output Processos Servidor WEB Interface com o usuário Sistema de arquivos Processos SGBD Cliente (magro) Sistemas legados, SGBDs, etc.

13 Principais Web-Browsers 0,56% 65,85% 0,70% 22,39% 1,74% 8,46% Fonte: Market Share by Net ApplicaKons mai- ago/2009

14 Exibição de Páginas Estáticas Requisição (request) - Input Resposta (response) - Output browser url servidor web h#p link path Textos Imagens vídeos Textos Imagens vídeos usuário arquivos

15 Exibição páginas dinâmicas Integração HTML + PHP Requisição (request) - Input Resposta (response) - Output 1. O c l i e n t e ( browser) solicita uma página ao servidor Web. 2. É um script PHP! SERVIDOR WEB 3. O s e r v i d o r Web aciona o módulo PHP. USUÁRIO 6. O cliente (browser) exibe ao usuário o conteúdo HTML. 5. O servidor Web envia a página HTML ao cliente. 4. O módulo PHP interpreta os trechos em PHP do script e devolve ao servidor Web a página processada.

16 Acesso à base de dados Integração HTML + PHP + PostgreSQL Requisição (request) - Input Resposta (response) - Output 2. O servidor Web aciona o módulo PHP. 3. O script PHP estabelece a conexão com o SGBD, e executa a consulta. SERVIDOR WEB 1. O cliente (browser) solicita uma página ao servidor Web. 5. O PHP processa os valores do recurso (resource) e devolve ao servidor Web a página formatada em HTML. SGBD PostgreSQL 6. O servidor Web envia a página HTML ao cliente. 4. O SGBD interpreta a instrução SQL e envia ao PHP um recurso de consulta (resource) com o conjunto de resultados.

17 Histórico da linguagem PHP surgiu por volta de 1994 criado por Rasmus Ledorf com o nome de Personal Home Page Tools para substituir um conjunto de scripts Perl que ele usava no desenvolvimento de sua página pessoal; Mais tarde Zeev Suraski e Andi Gutmans reescreveram o analisador do PHP que contava com o primeiro recurso de orientação a objetos; Hoje o termo PHP é um acrônimo recursivo para Hypertext Preprocessor (pré-processador de hipertextos)

18 Principais características linguagem extremamente modularizada, ideal para uso web seu propósito principal é de implementar soluções web velozes, simples e eficientes pode ser embarcada no código HTML provê suporte a um grande número de bases de dados suporta os protocolos: IMAP, SNMP, NNTP, POP3, HTTP, LDAP, XML-RPC, SOAP.

19 Principais Vantagens open source código executado no servidor (server-side) velocidade e robustez independência de plataforma estruturado e orientação a objeto portabilidade: "Write once, run anywhere curva de aprendizagem curta tipagem fraca sintaxe similar a linguagem C/C++ e o PERL

20 Sintaxe Básica Tags de abertura e fechamento do código php 1 2 <?php linha 1 linha 2...?> <script language = php > linha 1 linha 2... </script> 3 4 <? linha 1 linha 2...?> <% linha 1 linha 2... %>

21 Sintaxe Básica Tags de abertura e fechamento do código php Exemplos: 1. <?php echo 'se você quer servir documentos XHTML ou XML, faça assim';?> 2. <script language="php"> echo 'alguns editores (como FrontPage) não gostam de instruções de processamento'; </script> 3. <? echo 'esta é a mais simples, uma instrução de processamento SGML';?> 4. <% echo 'Você pode opcionalmente usar tags no estilo ASP'; %> Enquanto as tags vistas nos exemplos um e dois estão sempre disponíveis, o exemplo um é mais comumente usado, e recomendado, das duas. Tags curtas (exemplo três) estão disponíveis apenas quando são ativadas pela configuração short_open_tag no arquivo php.ini. Tags no estilo ASP (exemplo quatro) estão disponíveis apenas quando ativadas atráves da diretiva de configuração asp_tags no arquivo php.ini.

22 Separação de instruções O PHP requer que as instruções sejam terminadas com um ponto-e-vírgula ao final de cada comando. A tag de fechamento de um bloco de código PHP automaticamente implica em um ponto-e-vírgula; você não precisa ter um ponto-e-vírgula terminando a última linha de um bloco PHP. A tag de fechamento irá incluir uma nova linha logo após, se estiver presente. <?php echo 'Este é um teste';?> <?php echo 'Este é um teste'?> <?php echo 'Nós omitimos a última tag de fechamento';

23 Comentários O PHP suporta comentários no estilo 'C', 'C++' e shell do Unix shell (estilo Perl). Por exemplo: <?php echo 'Isto é um teste'; // Estilo de comentário de uma linha em c++ echo 'Isto é ainda outro teste'; /* Este é um comentário de múltiplas linhas ainda outra linha de comentário */ echo 'Um teste final'; # Comentário de uma linha no estilo shell?> Os comentários de estilo "uma linha" apenas comentam até o final da linha ou do bloco PHP de código corrente, o que chegar primeiro. Isto significa que código HTML após //...?> ou #...?> SERÁ exibido: <h1>isto é um <?php # echo 'simples';?> exemplo.</h1> <p>o cabeçalho acima irá dizer 'Isto é um exemplo'.</p>

24 Tipos O PHP suporta os oitos tipos primitivos. São quatros tipos básicos: boolean integer float (número de ponto flutuante, ou também double) string Dois tipos compostos: array object E finalmente dois tipos especiais: resource NULL

25 Tipos <?php $a_bool = TRUE; // um booleano $a_str = "foo"; // uma string $a_str2 = 'foo'; // uma string $an_int = 12; // um inteiro $an_flt = 1.63; // um float?> O PHP não requer (ou suporta) a definição de tipo explícita na declaração de variáveis: o tipo de uma variável é determinado pelo contexto em que a variável é utilizada. Isto significa que, se você atribuir um valor string para a variável $var, $var se torna uma string. Se você então atribuir um valor inteiro para $var, ela se torna um inteiro.

26 Manipulação de Tipos Um exemplo da conversão automática do PHP é o operador de adição '+'. Se qualquer um dos operadores for float, então todos os operadores são avaliados como floats, e o resultado será um float. De outra forma, se os operadores forem interpretados como integers então o resultado será um integer. <?php $foo = "0"; // $foo é string (ASCII 48) $foo += 2; // $foo é agora um inteiro (2) $foo = $foo + 1.3; // $foo é agora um float (3.3) $foo = 5 + "10 pequenos porcos"; // $foo é inteiro (15) $foo = 5 + "10.5 minúsculos porcos"; // $foo é float (15.5)?>

27 Variáveis As variáveis no PHP são representadas por um cifrão ($) seguido pelo nome da variável. Os nomes de variável no PHP fazem distinção entre maiúsculas e minúsculas. Um nome de variável válido se inicia com uma letra ou sublinhado, seguido de qualquer número de letras, algarismos ou sublinhados. <?php $var = 'Bob'; $Var = 'Joe'; echo "$var, $Var"; // exibe "Bob, Joe" $4site = 'not yet'; // inválido; começa com um número $fração = 'not yet'; // inválido; possui caracteres especiais $_4site = 'not yet'; // válido; começa com um sublinhado $täyte = 'mansikka'; // válido; 'ä' é um caracter ASCII 228?>

28 Variáveis pré-definidas O PHP oferece um grande número de variáveis pré-definidas para qualquer script que ele execute. Alguns exemplos: $GLOBALS Referencia todas variáveis disponíveis no escopo global $_SERVER Informação do servidor e ambiente de execução $_GET HTTP GET variáveis $_POST HTTP POST variables $_FILES HTTP File Upload variáveis $_REQUEST Variáveis de requisição HTTP $_SESSION Variáveis de sessão $_ENV Environment variables $_COOKIE HTTP Cookies $php_errormsg A mensagem de erro anterior $HTTP_RAW_POST_DATA Informação não-tratada do POST $http_response_header Cabeçalhos de resposta HTTP $argc O número de argumentos passados para o script $argv Array de argumentos passados para o script

29 Operadores As principais categorias de operadores do PHP são: Operadores de Atribuição Operadores de String Operadores Aritméticos Operadores Relacionais (de comparação) Operadores de Incremento/Decremento Operadores Lógicos Outros operadores menos utilizados: Operador Bit-a-bit Operadores de controle de erro Operadores de Execução Operadores de Arrays Operadores de tipo

30 Operadores de Atribuição O operador básico de atribuição é "=". A sua primeira inclinação deve ser a de pensar nisto como "é igual". Não. Isto quer dizer, na verdade, que o operando da esquerda recebe o valor da expressão da direita (ou seja, "é configurado para"). O valor de uma expressão de atribuição é o valor atribuído. Ou seja, o valor de "$a = 3" é 3. Além do operador básico de atribuição, há "operadores combinados que permitem pegar um valor de uma expressão e então usar seu próprio valor para o resultado daquela expressão. Por exemplo: <?php $a = 3; $a += 5; // configura $a para 8, como se disséssemos: $a = $a + 5; $b = "Bom "; $b.= "Dia!"; // configura $b para "Bom Dia!", como em $b = $b. "Dia!";?>

31 Operadores de String Há dois operadores de string. O primeiro é o operador de concatenação ('.'), que retorna a concatenação dos seus argumentos direito e esquerdo. O segundo é o operador de atribuição de concatenação ('.='), que acrescenta o argumento do lado direito no argumento do lado esquerdo. Exemplos: <?php $a = "Olá "; $b = $a. "mundo!"; // agora $b contém "Olá mundo!" $a = "Olá "; $a.= "mundo!"; // agora $a contém "Olá mundo!"?>

32 Operadores Aritméticos Lembra-se da aritmética básica da escola? Estes operadores funcionam exatamente como aqueles. Exemplo Nome Resultado -$a Negação Oposto de $a. $a + $b Adição Soma de $a e $b. $a - $b Subtração Diferença entre $a e $b. $a * $b Multiplicação Produto de $a e $b. $a / $b Divisão Quociente de $a por $b. $a % $b Módulo Resto de $a dividido por $b.

33 Operadores Relacionais Permitem que se estabeleça relação entre dois valores ou seja, realiza a comparação entre dois valores. Exemplo Nome Resultado $a == $b Igual Verdadeiro (TRUE) se $a é igual a $b. $a === $b Idêntico Verdadeiro (TRUE) se $a é igual a $b, e eles são do mesmo tipo (introduzido no PHP4). $a!= $b Diferente Verdadeiro se $a não é igual a $b. $a <> $b Diferente Verdadeiro se $a não é igual a $b. $a!== $b Não idêntico Verdadeiro de $a não é igual a $b, ou eles não são do mesmo tipo (introduzido no PHP4). $a < $b Menor que Verdadeiro se $a é estritamente menor que $b. $a > $b Maior que Verdadeiro se $a é estritamente maior que $b. $a <= $b Menor ou igual Verdadeiro se $a é menor ou igual a $b. $a >= $b Maior ou igual Verdadeiro se $a é maior ou igual a $b.

34 Operadores de Incremento/ Decremento O PHP suporta operadores de pré e pós-incremento e decremento no estilo C. Exemplo Nome Efeito ++$a Pré-incremento Incrementa $a em um, e então retorna $a. $a++ Pós-incremento Retorna $a, e então incrementa $a em um. --$a Pré-decremento Decrementa $a em um, e então retorna $a. $a-- Pós-decremento Retorna $a, e então decrementa $a em um.

35 Operadores de Lógicos Esses operadores são utilizados para realizar junções ou disjunções lógicas entre valores. Exemplo Nome Resultado $a and $b E Verdadeiro (TRUE) se tanto $a quanto $b são verdadeiros. $a or $b OU Verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros. $a xor $b XOR Verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros, mas não ambos.! $a NÃO Verdadeiro se $a não é verdadeiro. $a && $b E Verdadeiro se tanto $a quanto $b são verdadeiros. $a $b OU Verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros.

36 Estrutura de Controle - if A construção if é uma das mais importantes implementações de muitas linguagens, incluindo o PHP. Ela permite a execução condicional de fragmentos de código. O PHP implementa uma estrutura if que é similar aquela do C: if (expressao) instrucoes Exemplo: <?php if ($a > $b) echo "a é maior que b";?> // Quando existir mais de uma instrução utiliza-se os construtores { e } <?php if ($a > $b) { echo "a é maior que b"; $b = $a; }?>

37 Estrutura de Controle - else else estende um comando if para executar uma instrução caso a expressão no comando if seja avaliada como FALSE. Exemplo: <?php if ($a > $b) { echo "a é maior que b"; } else { echo "a NÃO é maior que b"; }?> O comando else só é executado se a expressão if for avaliada como FALSE, e se havendo qualquer expressão elseif, somente se todas elas forem avaliadas como FALSE também.

38 Estrutura de Controle - elseif/ else if elseif, como seu nome sugere, é uma combinação de if e else. Da mesma forma que o else, ele estende um comando if para executar uma instrução diferente no caso de a expressão if original ser avaliada como FALSE. Porém, ao contrário de else, ele executará aquela expressão alternativa somente se a expressão condicional do elseif for avaliada como TRUE. Exemplo: <?php if ($a > $b) { echo "a é maior que b"; } elseif ($a == $b) { echo "a é igual a b"; } else { echo "a é menor que b b"; }?> Podem haver vários elseifs dentro da mesma instrução if. No PHP, você também pode escrever 'else if' (em duas palavras) e o comportamento será idêntico a um 'elseif' (em uma só palavra).

39 Estrutura de Controle - while while são o tipo mais simples de criar um 'loop' em PHP. Eles se comportam como seus compatíveis em C. O formato básico de um comando while é: while (expressao) instrucoes Ele pede que o PHP execute os comandos aninhados repetidamente, enquanto a expressão do while é avaliada como TRUE. O valor da expressão é verificada cada vez que se passa no começo do 'loop', desta forma, mesmo que este valor mude durante a execução do(s) comando(s) aninhado(s), a execução não parará até o fim da iteração (cada vez que o PHP executa os comandos dentro do 'loop' é uma iteração). <?php /* exemplo 1 */ $i = 1; while ($i <= 10) { echo $i++; /* o valor impresso será $i depois do acréscimo (post-increment) */ }?>

40 Estrutura de Controle - do-while Loops do-while são bem similares aos loops while, exceto pelo fato de que a condição é verificada no fim de cada iteração em vez de no começo. A diferença principal dos loops while regulares é que a primeira iteração de um loop do-while é garantidamente executada (a condição só é verificada no fim da iteração) Há apenas uma sintaxe para loops do-while: <?php $i = 0; do { echo $i; } while ($i > 0);?> O loop acima rodaria exatamente uma vez, desde que depois da primeira iteração, quando a condição é verificada, ela é avaliada como FALSE ($i não é maior que zero 0) e a execução do loop termina.

41 Estrutura de Controle - for Loops for são os laços mais complexos em PHP. Eles se comportam como os seus compatíveis em C. A sintaxe de um loop for é: for (expr1; expr2; expr3) instrucoes A primeira expressão (expr1) é avaliada (executada) uma vez incondicionalmente no começo do loop. No começo de cada iteração, expr2 é avaliada. Se ela é avaliada como TRUE, o loop continua e o(s) comando(s) aninhado(s) é(são) executado(s). Se é avaliada como FALSE, a execução do 'loop' termina. No fim de cada iteração, expr3 é avaliada (executada). <?php /* exemplo 1 */ for ($i = 1; $i <= 10; $i++) { echo $i; }?>

42 Estrutura de Controle - switch A instrução switch é similar a uma série de instruções IFs seguidas. Em muitas ocasiões, você poderá ter que comparar a mesma variável (ou expressão) com muitos valores diferentes, executando códigos diferentes dependendo com qual valor ele se encaixar. É exatamente para isso que a instrução switch faz. Os exemplos seguintes mostram duas maneiras diferentes de escrever a mesma coisa, uma utilizando uma série de ifs e elseifs e a outra utlizando a instrução switch: <?php if ($i == 0) { echo "i igual a 0"; } elseif ($i == 1) { echo "i igual a 1"; } elseif ($i == 2) { echo "i igual a 2"; }?> <?php switch ($i) { case 0: echo "i igual a 0"; break; case 1: echo "i igual a 1"; break; case 2: echo "i igual a 2"; break; }?> break cancela a execução do comando for, foreach, while, do-while ou switch atual.

Faculdade União. Professor Luciano Roberto Rocha

Faculdade União. Professor Luciano Roberto Rocha Faculdade União PHPPRÁTICO Professor Luciano Roberto Rocha Arquitetura de Softwares Principais modelos de aplicações: Standalone Cliente-servidor Arquitetura baseada na Web Modelo standalone Todos os recursos

Leia mais

Conteúdo. Linguagem Estática x Dinâmica O que é PHP? Configurando o Ambiente do PHP Sintaxe

Conteúdo. Linguagem Estática x Dinâmica O que é PHP? Configurando o Ambiente do PHP Sintaxe Unidade IV Introdução à Linguagem PHP Parte 1 Professor Fabiano de Paula Soldati fpsoldati@yahoo.com.br http://br.groups.yahoo.com/group/professorsoldati/ Conteúdo Linguagem Estática x Dinâmica O que é

Leia mais

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi Introdução ao PHP Prof. Késsia Marchi PHP Originalmente PHP era um assíncrono para Personal Home Page. De acordo com convenções para atribuições de nomes recursivas do GNU foi alterado para PHP Hypertext

Leia mais

APOSTILA PHP PARTE 1

APOSTILA PHP PARTE 1 APOSTILA PHP PARTE 1 1. Introdução O que é PHP? PHP significa: PHP Hypertext Preprocessor. Realmente, o produto foi originalmente chamado de Personal Home Page Tools ; mas como se expandiu em escopo, um

Leia mais

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo:

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo: Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

Programação WEB II. Introdução. Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Introdução. Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores. Thiago Miranda dos Santos Souza Introdução Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Ementa da Disciplina

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 3 Técnico Prof. Cesar 2014 1 SUMÁRIO Criar sites dinâmicos em PHP --------------------------------------------------------

Leia mais

PHP. Hypertext Pre-Processor

PHP. Hypertext Pre-Processor PHP Hypertext Pre-Processor O que é o PHP? Uma linguagem de scripting é uma linguagem cujo código não tem de ser compilado para ser executado! O código escrito é interpretado em tempo de execução para

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir Linguagem de Script e PHP @wre2008 1 Sumário Introdução; PHP: Introdução. Enviando dados para o servidor HTTP; PHP: Instalação; Formato básico de um programa PHP; Manipulação

Leia mais

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas O que é PHP? Acrônimo de PHP: Hipertext Language PostProcessor Inicialmente escrita para o desenvolvimento de aplicações Web Facilidade para iniciantes e recursos poderosos para programadores profissionais

Leia mais

OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE

OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE 3.1 Operadores Os operadores indicam o tipo de operação matemática que será executada gerando novos valores a partir de um ou mais operadores. São muito utilizados em

Leia mais

Treinamento em PHP. Aula 1. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com

Treinamento em PHP. Aula 1. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Treinamento em PHP Aula 1 Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Introdução PHP Hypertext Preprocessor Nome original era Personal Home Page Tools Criada por Rasmus Lerdorf e atualmente mantida

Leia mais

2 echo "PHP e outros.";

2 echo PHP e outros.; PHP (Hypertext Preprocessor) Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o PHP: O PHP(Hypertext Preprocessor) é uma linguagem interpretada gratuita, usada originalmente apenas para o desenvolvimento

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre?

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre? Curso de PHP FATEC - Jundiaí Conteúdo do Curso 40% de aula teórica 60% de aula prática O que veremos neste semestre? Linguagem PHP Banco de Dados - PostgreSQL PHP - Introdução ao PHP - Estrutura de um

Leia mais

2.3. PHP Tipos de dados e operadores

2.3. PHP Tipos de dados e operadores Programação para Internet II 2.3. PHP Tipos de dados e operadores Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Tipos de dados Embora não seja necessário declarar os tipos de dados das variáveis,

Leia mais

Algoritmos em Javascript

Algoritmos em Javascript Algoritmos em Javascript Sumário Algoritmos 1 O que é um programa? 1 Entrada e Saída de Dados 3 Programando 4 O que é necessário para programar 4 em JavaScript? Variáveis 5 Tipos de Variáveis 6 Arrays

Leia mais

O código JavaScript deve ser colocado entre tags de comentário para ficar escondido no caso de navegadores antigos que não reconhecem a linguagem.

O código JavaScript deve ser colocado entre tags de comentário para ficar escondido no caso de navegadores antigos que não reconhecem a linguagem. 1 - O que é JAVASCRIPT? É uma linguagem de script orientada a objetos, usada para aumentar a interatividade de páginas Web. O JavaScript foi introduzido pela Netscape em seu navegador 2.0 e posteriormente

Leia mais

TEORIA BÁSICA SOBRE LINGUAGEM PHP

TEORIA BÁSICA SOBRE LINGUAGEM PHP PHP - Introdução Vantagens do Uso do PHP O php é uma linguagem de programação para ambiente web ou seja com ela, você pode desenvolver aplicações que possam ser acessadas via browser (netscape,internet

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM NOVEMBRO / 2014 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC INTRODUÇÃO À LINGUAGEM PHP CESAR BEZERRA TEIXEIRA,MSC O presente texto não tem a pretensão de ser uma referência na linguagem PHP, a intenção é apresentar uma breve introdução a esta tecnologia e despertar

Leia mais

Linguagem de Programação. Introdução ao PHP. Prof Mauricio Lederer Ciência da Computação - UNIANDRADE 1

Linguagem de Programação. Introdução ao PHP. Prof Mauricio Lederer Ciência da Computação - UNIANDRADE 1 Linguagem de Programação Introdução ao PHP 1 O que é PHP? - significa: Hypertext Preprocessor - uma das linguagens mais utilizadas para web - transforma sites estáticos em dinâmicos - atualização de páginas

Leia mais

CAPITULO 5 COMANDO DE FLUXO IF

CAPITULO 5 COMANDO DE FLUXO IF CAPITULO 5 COMANDO DE FLUXO IF Sempre que for necessária a tomada de decisão dentro de um programa, você terá que utilizar um comando condicional, pois é por meio dele que o PHP decidirá que lógica deverá

Leia mais

Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO

Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO Apresentação de REDES DE COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO VII Acesso a Bases de Dados via Web Duração: 50 tempos Conteúdos (1) Conceitos

Leia mais

Curso de Programação Web com PHP Aula 01

Curso de Programação Web com PHP Aula 01 Curso de Programação Web com PHP Aula 01 Igor Rafael igor at dcc.ufmg.br 4 de fevereiro de 2013 Pré-requisitos Ambiente PHP Apache+PHP+MySQL - XAMPP Versões: Linux, OS X, Windows Instruções de instalação

Leia mais

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP Programação WEB Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula III Introdução PHP Introdução PHP PHP=Hypertext Pre-Processor Linguagem de script open

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA GRUPO PET - COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA GRUPO PET - COMPUTAÇÃO PHP UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA GRUPO PET - COMPUTAÇÃO PHP UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA GRUPO PET - COMPUTAÇÃO Autores: André

Leia mais

Características do PHP. Começando a programar

Características do PHP. Começando a programar PHP Introdução Olá pessoal. Desculpe o atraso na publicação da aula. Pude perceber pelas respostas (poucas) ao fórum que a realização da atividade do módulo I foi relativamente tranquila. Assistam ao vídeo

Leia mais

Estruturas de Controlo... 25. While... 26. For... 26. Include... 26. Array... 27. Listas... 27. Popularização das Bases de Dados...

Estruturas de Controlo... 25. While... 26. For... 26. Include... 26. Array... 27. Listas... 27. Popularização das Bases de Dados... Manual de PHP Índice O que é PHP?... 4 Objectivo... 6 Justificativa... 7 Lógica de Programação... 8 Sequência Lógica... 9 PHP História... 10 PHP & MySql... 11 Comunicação Cliente x Servidor... 12 Delimitando

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicativos Web em PHP

Desenvolvimento de Aplicativos Web em PHP Desenvolvimento de Aplicativos Web em PHP Todos os direitos reservados para Alfamídia Prow. AVISO DE RESPONSABILIDADE As informações contidas neste material de treinamento são distribuídas NO ESTADO EM

Leia mais

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática Folha 1-1 Introdução à Linguagem de Programação JAVA 1 Usando o editor do ambiente de desenvolvimento JBUILDER pretende-se construir e executar o programa abaixo. class Primeiro { public static void main(string[]

Leia mais

PHP para quem conhece PHP Recursos avançados para a criação de Websites dinâmicos. Juliano Niederauer

PHP para quem conhece PHP Recursos avançados para a criação de Websites dinâmicos. Juliano Niederauer PHP para quem conhece PHP Recursos avançados para a criação de Websites dinâmicos Juliano Niederauer 19 Capítulo 1 Revisão de PHP Este é um livro que aborda tópicos avançados da linguagem PHP (www.php.net).

Leia mais

PHP 5 Terceira edição

PHP 5 Terceira edição Guia de Consulta Rápida PHP 5 Terceira edição Juliano Niederauer Novatec Sumário Introdução ao PHP... 5 O que é PHP?...5 Download e instalação...5 Iniciando em PHP... 6 Variáveis... 7 Constantes... 7 Arrays...

Leia mais

Programação Básica em Arduino Aula 2

Programação Básica em Arduino Aula 2 Programação Básica em Arduino Aula 2 Execução: Laboratório de Automação e Robótica Móvel Variáveis são lugares (posições) na memória principal que servem para armazenar dados. As variáveis são acessadas

Leia mais

PHP AULA1. Prof. Msc. Hélio Esperidião

PHP AULA1. Prof. Msc. Hélio Esperidião PHP AULA1 Prof. Msc. Hélio Esperidião NAVEGADOR O navegador também conhecido como web browseré um programa que habilita seus usuários a interagirem com documentos hospedados em um servidor Web. SERVIDOR

Leia mais

Prof Alexandre EUGÊNIO da Silva

Prof Alexandre EUGÊNIO da Silva Deus é fiel! Sem Ele nada somos e nada faríamos Prof Alexandre EUGÊNIO da Silva Rua da Quitanda 185 Centro - Rio de Janeiro - RJ Telefone: (021) 2233-4982 / 2233-6186 cursoadonai@yahoo.com.br SUMÁRIO 1.

Leia mais

Rumo à Certificação PHP

Rumo à Certificação PHP Rumo à Certificação PHP Guia de estudo para a Zend PHP Certification Kinn Coelho Julião Esse livro está à venda em http://leanpub.com/rumoacertificaophp Essa versão foi publicada em 2015-01-03 This is

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 O que é o PHP?... 19. Capítulo 2 Instalação do PHP... 23. Capítulo 3 Noções básicas de programação... 25

Sumário. Capítulo 1 O que é o PHP?... 19. Capítulo 2 Instalação do PHP... 23. Capítulo 3 Noções básicas de programação... 25 9 Sobre o autor... 8 Introdução... 15 Capítulo 1 O que é o PHP?... 19 Características do PHP...20 Gratuito e com código aberto...20 Embutido no HTML...20 Baseado no servidor...21 Bancos de dados...22 Portabilidade...22

Leia mais

Instituto Federal do Sertão-PE. Curso de PHP. Professor: Felipe Correia

Instituto Federal do Sertão-PE. Curso de PHP. Professor: Felipe Correia Instituto Federal do Sertão-PE Curso de PHP Professor: Felipe Correia Conteúdo Parte I Parte II Introdução Funções de strings Instalação Constantes Sintaxe Operadores Variáveis if else elseif Echo/Print

Leia mais

FCA - EDITORA DE INFORMÁTICA I

FCA - EDITORA DE INFORMÁTICA I 1 O PHP e a World Wide Web... 1 1.1 Introdução... 1 1.2 Breve apresentação do PHP... 2 1.3 Acesso a documentos na web... 3 1.4 HTML estático versus HTML dinâmico... 4 1.5 PHP, o que é?... 6 1.6 O PHP e

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Revisão de PHP... 19. Capítulo 2 Melhorando o processamento de formulários... 46

Sumário. Capítulo 1 Revisão de PHP... 19. Capítulo 2 Melhorando o processamento de formulários... 46 9 Sumário O Autor... 8 Introdução... 15 Quem deve ler este livro... 15 Como este livro está organizado...16 Download do código-fonte do livro... 18 Capítulo 1 Revisão de PHP... 19 Iniciando em PHP... 19

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

PHP: CONCEITOS ESSENCIAIS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE APLICAÇÕES WEB

PHP: CONCEITOS ESSENCIAIS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE APLICAÇÕES WEB PHP: CONCEITOS ESSENCIAIS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE APLICAÇÕES WEB Leonardo L. Alves A, Fabricio R. Bittencout B FUNCESI Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira FATEC Faculdade Itabirana de Desenvolvimento

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec Guia de Consulta Rápida PHP com XML Juliano Niederauer Terceira Edição Novatec Copyright 2002 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Introdução ao Javascript

Introdução ao Javascript Programação WEB I Introdução ao Javascript Apresentação da Disciplina,Introdução a linguagem Javascript Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da linguagem Javascript referente à programação

Leia mais

Programação WEB I Estruturas de controle e repetição

Programação WEB I Estruturas de controle e repetição Programação WEB I Estruturas de controle e repetição Operadores de Incremento Operadores de incremento servem como expressões de atalho para realizar incrementos em variáveis Operadores de Incremento Vamos

Leia mais

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Revisão de PHP

Leia mais

PHP com MySQL Enviada por: José Henrique Monteiro De Almeida

PHP com MySQL Enviada por: José Henrique Monteiro De Almeida PHP com MySQL Enviada por: José Henrique Monteiro De Almeida 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO AO PHP... 4 1.1. O QUE É PHP?... 4 1.2. COMO SURGIU A LINGUAGEM PHP?... 4 1.3. CARACTERÍSTICAS DA LINGUAGEM PHP... 5

Leia mais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais Ambientes Visuais Inicialmente, apenas especialistas utilizavam os computadores, sendo que os primeiros desenvolvidos ocupavam grandes áreas e tinham um poder de processamento reduzido. Porém, a contínua

Leia mais

EXEMPLO IF E ELSE IF TERNÁRIO

EXEMPLO IF E ELSE IF TERNÁRIO PHP Aula 2 Estruturas de Controle, Continue e Break Leonardo Pereira facebook.com/leongamerti ESTRUTURA DE DECISÃO Simples Composta Encadeada Ternário IF Estrutura de controle que introduz um desvio condicional

Leia mais

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com.

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com. UAL é uma linguagem interpretada para descrição de algoritmos em Português. Tem por objetivo auxiliar o aprendizado do aluno iniciante em programação através da execução e visualização das etapas de um

Leia mais

FCA - EDITORA DE INFORMÁTICA I

FCA - EDITORA DE INFORMÁTICA I 1 O PHP e a World Wide Web... XXXIII 1.1 Introdução... XXXIII 1.2 Breve apresentação do PHP... 1 1.3 Acesso a documentos na web... 1 1.4 HTML estático versus HTML dinâmico... 2 1.5 PHP, o que é?... 4 1.6

Leia mais

Javascript 101. Parte 2

Javascript 101. Parte 2 Javascript 101 Parte 2 Recapitulando O Javascript é uma linguagem de programação funcional Os nossos scripts são executados linha a linha à medida que são carregados. O código que está dentro de uma função

Leia mais

APOSTILA DE PHP. Assuntos a serem abordados:

APOSTILA DE PHP. Assuntos a serem abordados: APOSTILA DE PHP 1ª AULA Assuntos a serem abordados: Conceito de PHP Conceito de Server Side Conceitos de Client Side Conceitos Servidor Web Conceito básico de Banco de Dados Funcionamento Ferramentas Utilizadas

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB. Disciplina: Linguagem de Programação Web Professora: Cheli Mendes Costa Aula 02 Introdução ao PHP

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB. Disciplina: Linguagem de Programação Web Professora: Cheli Mendes Costa Aula 02 Introdução ao PHP Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Linguagem de Programação Web Professora: Cheli Mendes Costa Aula 02 Introdução ao PHP Agora falaremos de PHP. História - O nome da linguagem

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

PHP. O navegador é responsável pelo tratamento do script. Utilizado para diminuir o processamento do servidor

PHP. O navegador é responsável pelo tratamento do script. Utilizado para diminuir o processamento do servidor PHP Lirisnei Gomes de Sousa lirisnei@hotmail.com Jair C Leite jair@dimap.ufrn.br Scripts Client-Side O navegador é responsável pelo tratamento do script JavaScript e VBScript Utilizado para diminuir o

Leia mais

Introdução a PHP (Estruturas de Controle)

Introdução a PHP (Estruturas de Controle) Desenvolvimento Web III Introdução a PHP () Prof. Mauro Lopes 1-31 13 Objetivos Nesta aula iremos trazer ainda alguns conceitos básicos da programação com a Linguagem PHP. Iremos trabalhar conceitos das

Leia mais

1 O PHP E A WORLD WIDE WEB

1 O PHP E A WORLD WIDE WEB 1 O PHP E A WORLD WIDE WEB... 1 1.1 Introdução... 1 1.2 Breve apresentação do PHP... 2 1.3 Acesso a documentos na Web... 2 1.4 HTML estático versus HTML dinâmico... 3 1.5 PHP o que é?... 5 1.6 O PHP e

Leia mais

Introdução à estrutura de dados com Python

Introdução à estrutura de dados com Python Introdução à estrutura de dados com Python CLEIBSON APARECIDO DE ALMEIDA UFPR Universidade Federal do Paraná PPGMNE Programa de Pós Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia Centro Politécnico CEP 81.531-980

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Professor: Renato Dourado Maia Disciplina: Programação de Computadores Curso: Engenharia de Alimentos Turma: Terceiro Período 1 Introdução

Leia mais

LP PHP. Faculdade de Informática FACCAT Faculdades de Taquara (FIT) Cep 95600-000 Taquara RS Brazil. carnage@faccat.br, jacksoncolombo@yahoo.com.

LP PHP. Faculdade de Informática FACCAT Faculdades de Taquara (FIT) Cep 95600-000 Taquara RS Brazil. carnage@faccat.br, jacksoncolombo@yahoo.com. LP PHP Fabiano Jacoboski 1, Jackson Colombo 2 Faculdade de Informática FACCAT Faculdades de Taquara (FIT) Cep 95600-000 Taquara RS Brazil carnage@faccat.br, jacksoncolombo@yahoo.com.br Resumo. Neste trabalho

Leia mais

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA 4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Tópicos em Microsoft Excel 2007 Introdução à criação de macros...3 Gravação

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP 2ª Edição Juliano Niederauer Novatec Copyright 2009, 2011 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução

Leia mais

Introdução ao Javascript. Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes

Introdução ao Javascript. Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes Introdução ao Javascript Parte 2 Prof. Victor Hugo Lopes agenda Estruturas de comandos Modularização A primeira estrutura de comando da linguagem é baseada na noção da estrutura sequencial, no estilo top-down:

Leia mais

PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor.

PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor. PHP 101 O que é o PHP? PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor. É uma linguagem de scripting open-source que funciona do lado do servidor e é usada para gerar páginas web dinâmicas. Os scripts de

Leia mais

BANCO DE DADOS PARA WEB

BANCO DE DADOS PARA WEB BANCO DE DADOS PARA WEB PROF. FABIANO TAGUCHI http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com INTRODUÇÃO O desenvolvimento de aplicações para Web tem sido uma das maiores tendências no panorama

Leia mais

Integrando PHP 5 com MySQL

Integrando PHP 5 com MySQL Guia de Consulta Rápida Integrando PHP 5 com MySQL 2 a edição Juliano Niederauer Novatec Copyright 2005, 2008 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução desta obra,

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

e à Linguagem de Programação Python

e à Linguagem de Programação Python Introdução a Algoritmos, Computação Algébrica e à Linguagem de Programação Python Curso de Números Inteiros e Criptografia Prof. Luis Menasché Schechter Departamento de Ciência da Computação UFRJ Agosto

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda.

Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda. 4a Edição Novatec Copyright 2008, 2013 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra, mesmo parcial, por qualquer processo,

Leia mais

DADOS DE COPYRIGHT. É expressamente proibida e totalmente repudíavel a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo

DADOS DE COPYRIGHT. É expressamente proibida e totalmente repudíavel a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo DADOS DE COPYRIGHT Sobre a obra: A presente obra é disponibilizada pela equipe Le Livros e seus diversos parceiros, com o objetivo de oferecer conteúdo para uso parcial em pesquisas e estudos acadêmicos,

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica

Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade

Leia mais

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40 JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1/40 Introdução 2/40 Page 1 Programação OO Elementos do modelo OO: Abstração: é o processo de abstrair as características essenciais de um objeto real. O conjunto de características

Leia mais

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Básico de Computadores Computador: dispositivos físicos + programas Dispositivos físicos: hardware Programas: as instruções que dizem aos dispositivos

Leia mais

O que é o Javascript?

O que é o Javascript? O que é o Javascript? JavaScript é uma linguagem para criação de Home-Pages. Funções escritas em JavaScript podem ser embutidas dentro de seu documento HTML. Com JavaScript você tem muitas possibilidades

Leia mais

PHP com Banco de Dados SQL

PHP com Banco de Dados SQL com Banco de Dados SQL 1 com Banco de Dados SQL IX Seminário de Tecnologia Funcesi 2009 2 PROGRAMAÇÃO O que é HTML? Sites dinâmicos Prática 1: Uso básico do Sothink (Editor HTML) Prática 2: Conexão com

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 2 Introdução aos aplicativos Java Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 2.1 Introdução Programação de aplicativo Java. Utilize as ferramentas do JDK para compilar

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

ÍNDICE. Introdução 19

ÍNDICE. Introdução 19 ÍNDICE Introdução 19 CAPÍTULO 1 HTML 1. Estrutura do código HTML 23 2. Formatar texto em HTML 24 2.1. Separar linhas no texto 25 2.2. Tipo de letra, tamanho e cor 25 2.3. Códigos das cores em HTML 26 3.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web. Ferramentas e Tecnologias de Desenvolvimento Web. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.

Introdução à Tecnologia Web. Ferramentas e Tecnologias de Desenvolvimento Web. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com. IntroduçãoàTecnologiaWeb FerramentaseTecnologiasde DesenvolvimentoWeb ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br FerramentaseTecnologiasde DesenvolvimentoWeb

Leia mais

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Sumário 1. Introdução a Lógica... 03 2. Verdadeiro e Falso... 03 3. Conectivo E e OU... 03 4. Negação... 04 5. Introdução a Programação...

Leia mais

Programando em PHP. Conceitos Básicos

Programando em PHP. Conceitos Básicos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Conceitos Básicos Todo o escopo deste estudo estará voltado para a criação de sites com o uso dos diversos recursos de programação web

Leia mais

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo Programando em C# Orientado a Objetos By: Maromo Agenda Módulo 1 Plataforma.Net. Linguagem de Programação C#. Tipos primitivos, comandos de controle. Exercícios de Fixação. Introdução O modelo de programação

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS

AULA 1 PHP O QUE É APACHE FRIENDS O QUE É PHP Se você já programa PHP, aconselho que pule para o capítulo 7 desse livro. Pois até esse capitulo iremos abordar algoritmos em PHP até a construção de uma classe com seus métodos e atributos

Leia mais

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby

Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki. Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Bruno Jurkovski Lucas Fialho Zawacki Site do curso: www.inf.ufrgs.br/pet/cursos/ruby Por que Ruby? Sintaxe limpa e intuitiva: Por que Ruby? Fortemente orientada à objetos Note que não temos os tipos primitivos,

Leia mais

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C Capítulo 2: Introdução à Linguagem C INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Programa Programa é um algoritmo escrito em uma linguagem de programação. No nosso

Leia mais

ASP Active Server Pages

ASP Active Server Pages ASP Active Server Pages Curso básico CURSO MASTER Pagina 1 INTRODUÇÃO A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, onde um misto de protocolos e serviços permitem

Leia mais

Oracle PL/SQL Overview

Oracle PL/SQL Overview Faculdades Network Oracle PL/SQL Overview Prof. Edinelson PL/SQL Linguagem de Programação Procedural Language / Structured Query Language Une o estilo modular de linguagens de programação à versatilidade

Leia mais

Criando um script simples

Criando um script simples Criando um script simples As ferramentas de script Diferente de muitas linguagens de programação, você não precisará de quaisquer softwares especiais para criar scripts de JavaScript. A primeira coisa

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Desenvolvimento de Aplicações Web Programação Contextualização de aplicações Web: navegadores e servidores como interpretadores, tecnologias do lado do cliente (XHTML, CSS, Javascript) e do lado do servidor

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

Introdução à linguagem

Introdução à linguagem A Tecnologia Java 1 Introdução à linguagem Origens do JAVA Projecto Green, programação para a electrónica de Consumo (Dezembro 1990): Pouca memória disponível Processadores fracos Arquitecturas muito diferentes

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 04 Introdução a Linguagem Lua Edirlei Soares de Lima Linguagem Lua Lua é uma linguagem de programação projetada para dar suporte à programação

Leia mais