DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0"

Transcrição

1 DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 Índice 1 - Objetivo 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas 2.2. Estrutura de pastas 2.3. Bibliotecas já incluídas 3 - Características gerais 4 - Criando uma atividade complementar Definição da estrutura geral Inserção de conteúdo Inserção de textos na Biblioteca Inserção de termos no Glossário 5 - Persistência de dados Configuração da tabela do banco de dados Funções disponíveis 1 - Objetivo O objetivo deste documento é explicar o funcionamento do framework (versão 2.0) implementado para criação de novas atividades complementares (incluindo configurações de layout e inserção de novos conteúdos). 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas HTML 5 CSS 3 CSS Normalize Javascript JQUERY jquery-ui XML 1.0 PHP5 1

2 MySQL Server 5.5 Bootstrap Estrutura de pastas No nível mais externo, o framework está, inicialmente, dividido em duas pastas: (i) complement e (ii) framework. A pasta complement possui os diretórios e arquivos necessários para criar uma nova atividade complementar. Ela pode ser renomeada para o nome da atividade complementar em questão e copiada para criar múltiplas atividades complementares. Já a pasta framework é única e deve ser mantida inalterada. Dessa forma, é possível haver dentro da mesma estrutura "complement1", "complement2" e apenas uma pasta "framework". Importante: Não aconselhamos alterações na pasta framework. Como você verá no item 4.1 deste documento, algumas customizações podem ser feitas por XML dentro da pasta complement. Quaisquer outras mudanças de layout podem ser feitas sobrescrevendo o CSS também dentro da pasta complement. A pasta complement está distribuída da seguinte maneira: 2

3 2.3. Bibliotecas já incluídas Algumas bibliotecas já foram incluídas no framework e suas API s estão disponíveis para uso: jquery (versão 1.8.3)» Biblioteca versátil para auxiliar a escrita de javascript. jquery UI (versão 1.9.2)» Biblioteca que dá suporte a interfaces interativas, como menus de navegação e dialogs. Bootstrap (versão 2.2.2)» Biblioteca front-end para o desenvolvimento web mais rápido e fácil. 3

4 3 - Características gerais O framework foi desenvolvido para facilitar a inserção de conteúdo na criação de novas atividades complementares, mantendo a estrutura de navegação pré-definida. As páginas acessáveis possuem arquivos HTML específicos para armazenar o seu conteúdo. Esses arquivos serão renderizados dinamicamente dentro da estrutura. Dessa forma, a inserção dos conteúdos é transparente para o desenvolvedor, que não precisa se preocupar com o cabeçalho (header) e o rodapé (footer) de cada página sempre que houver uma modificação. Este mecanismo previne erros e agiliza o desenvolvimento. Além disso, o usuário do framework informa, em um arquivo de configurações (config.xml), detalhes sobre o cabeçalho e as tarefas do complemento. O framework possibilita uma inserção variável de páginas para cada uma das tarefas e proporciona uma navegação através do conteúdo, desde a página inicial até a atividade conclusão (botões de avançar e retornar são inseridos automaticamente). Além disso, o percurso de navegação do aluno é armazenado e uma mensagem de alerta é exibida caso o aluno tente ir para alguma INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO DO SERVIDOR DO FRAMEWORK - versão 2.0etapa sem ter concluído a anterior. 4 - Criando uma atividade complementar Definição da estrutura geral A primeira alteração que deve ser feita para criar uma atividade complementar é no arquivo de configuração XML localizado na pasta complement : Exemplo: complement/config.xml 4

5 Dentro da tag <complement> é possível definir algumas especificidades da atividade complementar, como: (a) <header> O header estará presente em todas as páginas da atividade. Ele possui um <title> (título da atividade); um <upper-title> ( atividade complementar ); uma <logo> (o atributo url deve conter o link para o qual o usuário será direcionado ao clicar na logo e o atributo image deve conter o nome do arquivo que contém a imagem da logo da FGV); e um <background> (o atributo image deve conter o nome do arquivo que contém a imagem de fundo do header, o atributo extra deve conter atributos de css específicos para o background e o atributo color deve conter uma cor que será preenchida no header caso a imagem não se ajuste totalmente ao tamanho dele). 5

6 (b) <footer> O footer também estará presente em todas as páginas da atividade. Ele possui o atributo color que define a sua cor de fundo. (c) <tasks> Uma atividade complementar possui, por definição quatro tarefas. Cada tarefa pode ter uma ou mais páginas. No exemplo ilustrado na figura, as tags <task> representam as tarefas de 1 a 4, na ordem em que foram inseridas no XML. Cada <task> possui um número flexível de páginas, sendo que cada página é definida pela tag <page>. Essa tag possui um atributo name, contendo o nome que será visível ao aluno no menu da atividade; e um atributo file, contendo o nome do arquivo HTML que possui o conteúdo da respectiva página. A tag <database> é utilizada para referencia a tabela do banco de dados que será utilizada para persistência de dados da atividade complementar em questão. Seu uso está explicado no item 5.1 deste documento. Na tag <libs> devem ser declaradas bibliotecas javascript e arquivos css (<js> e <cs> respectivamente) que pertençam à lógica específica da atividade complementar implementada. Note que é possível sobrescrever o layout de qualquer componente do framework em um css próprio. Importante: o framework espera que os arquivos javascript, css e arquivos de imagens estejam dentro da pasta media, como mostrado na imagem do item 2.2 deste documento Inserção de conteúdo Para inserir conteúdo às páginas basta alterar o arquivo content.html no diretório respectivo da página que deseja alterar. Exemplo: complement/info/content.html 6

7 Exemplo: complement/instructions/content.html Inserção de textos na Biblioteca O framework dá suporte à inclusão de Textos de Apoio na página Biblioteca. Essa página é renderizada automaticamente pelo framework de acordo com a definição dos textos no arquivo text.xml. Exemplo: complement/library/text.xml 7

8 Para cada <text>, é necessário definir <title>, <source> (definindo o nome do arquivo HTML que possui o conteúdo do texto) e, opcionalmente, <ref> (contendo a referência bibliográfica do texto). Os HTML, que possuem os conteúdos dos textos, devem ficar dentro da pasta library. O atributo id do <text> possui uma funcionalidade específica: é possível que se deseje inserir um link para um ou mais textos avulsos em alguma página de conteúdo, como dentro de uma tarefa, por exemplo. Para isso, o framework disponibiliza uma função opentext(id_do_texto) que pode ser chamada a qualquer momento em um javascript. Seguindo o exemplo da figura acima, se for feita uma chamada opentext(0), o texto Nome do texto de apoio 01 será aberto em um pop-up na página corrente. timecamp Inserção de termos no Glossário O framework dá suporte à inclusão de termos (e suas definições) na página Glossário. Essa página é renderizada automaticamente pelo framework de acordo com a definição dos termos no arquivo glossary.xml. Exemplo: complement/glossary/glossary.xml 8

9 Para incluir um termo basta definir uma tag <word> com o atributo name (obrigatório). Esse atributo será utilizado pelo framework para ordenar as palavras no glossário em ordem alfabética (portanto a palavra com name= frame ficará na letra F na página de glossário). Dentro da tag <word> deve-se incluir a tag <definition> com a definição do termo. Note que dentro da definição é possível inserir trechos de código em HTML para auxiliar na formatação do texto (rich-text). Opcionalmente, através da tag <representation>, é possível definir o modo como a palavra será exibida na página, também inserindo trechos em HTML para formatar o texto (rich-text). Essa tag é opcional e caso ela não conste dentro de <word> o framework exibirá como nome do termo o atributo name, seguindo a formatação default. Os termos não precisam ser definidos em ordem alfabética e, independente da ordem, o framework se responsibilizará por separar os termos de acordo com suas letras iniciais ao renderizar a tela de Glossário. As letras que não possuírem conteúdo serão desabilitadas. Dessa forma, o usuário identifica rapidamente quais letras deve acessar. 5 - Persistência de dados Configuração da tabela do banco de dados Para viabilizar a persistência de dados para múltiplas atividades complementares, cada atividade possui uma tabela própria na base de dados. Instruções de como criar uma tabela estão no documento "INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO DO SERVIDOR DO FRAMEWORK - versão 2.0". Uma vez que já exista a tabela para armazenar os dados referentes a uma atividade complementar, basta inserir o nome da tabela na tag <complement_table>, localizada dentro da tag <database> no arquivo 'config.xml', como no exemplo: Exemplo: complement/config.xml Funções disponíveis O framework possui funcionalidades que facilitam a persistência de dados dos 9

10 usuários. Estão disponíveis duas funções que encapsulam as chamadas com o servidor remoto: persistdata(field_name, fiel_value) e getdata(field_name, callback). Repare que a persistência de dados é feita a partir de uma tupla <chave, valor>. Portanto, para salvar um dado, basta chamar a persistdata com o nome do campo (field_name) e o valor (field_value), sendo que ambos devem ser obrigatoriamente strings. De forma análoga, para resgatar o dado basta chamar a getdata passando como parâmetro o nome do campo (field_name) e uma função de callback, que será a função responsável por tratar o dado recebido do banco de dados. Importante: Para que a persistência de dados funcione corretamente, é necessário definir uma váriavel global user_id (já declarada pelo framework) com o id que identifica o usuário. Essa definição deve ocorrer antes de qualquer uma das funções de persistência ser chamada. Recomendamos fortemente que essa definição seja feita no arquivo 'complement/media/js/complement_lib.js'. Basta inserir nesse arquivo uma atribuição como 'user_id= (valor do id)' para que o usuário seja identificado na base de dados. FIM DO DOCUMENTO 10

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver

Leia mais

Conceitos de extensões Joomla!

Conceitos de extensões Joomla! capítulo 1 Conceitos de extensões Joomla! Entendendo o que é extensão Extensão pode ser entendida como uma pequena aplicação desenvolvida com regras de construção estabelecidas pelo ambiente Joomla!. É

Leia mais

Tutorial Vindula Gestão de layout Vindula

Tutorial Vindula Gestão de layout Vindula Tutorial Vindula Gestão de layout Vindula 2 Sumário Ativando o modo administrador...3 O Painel de controle...3 Editando as cores do seu portal de Intranet...3 Footer (Rodapé)...5 Menu...6 Header (Cabeçalho)...7

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

HAT Programação Auditoria Pós. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0

HAT Programação Auditoria Pós. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0 HAT Programação Auditoria Pós 12.1.x abril de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Introdução... 3 2 Visão do Processo... 3 3 Serviço... 5 4 Dataset... 7 5 Formulário Principal AuditoriaPos... 9 6 Arquitetura

Leia mais

Sumário. HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1

Sumário. HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1 Sumário HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1 Linguagem HTML HTML é a abreviação de HyperText Markup Language, que pode ser traduzido como Linguagem de Marcação de Hipertexto. Não é uma linguagem

Leia mais

jquery André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br

jquery André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br jquery André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br jquery jquery é uma biblioteca em JavaScript; Seu objetivo é simplificar a programação em JavaScript; jquery foi desenvolvida para ser de aprendizado

Leia mais

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes 01 - Apresentação do SiteMaster - News Edition O SiteMaster foi desenvolvido para ser um sistema simples de gerenciamento de notícias, instalado em seu próprio computador e com configuração simplificada,

Leia mais

Conteúdo Programático do Web Design

Conteúdo Programático do Web Design Conteúdo Programático do Web Design O Ambiente Macromedia Dreamweaver Instalação do Dreamweaver Arquivos Utilizados na Apostila A Inicialização de Dreamweaver Área de Trabalho Dreamweaver Criação de uma

Leia mais

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting Cursos de Magento F U N D A M E N T O S D E M A G E N T O C O M M E R C E C U R S O E M V Í D E O - A U L A S M Ó D U L O 2 F T O 2 Fundamentos de Magento Commerce Módulo 2 Aula 1 Configuração da plataforma

Leia mais

Área de Administração

Área de Administração Área de Administração versão 1.1 Partir de 2012/01/14 aplica-se para a versão phpcontact 1.2.x www.phpcontact.net Geral A área de administração é utilizado para uma fácil configuração do software elaboraçao

Leia mais

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro.

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro. Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS AAS - www.aas.pro.net Março-2012 Este pequeno tutorial tem como objetivo conduzir o programador passo-a-passo

Leia mais

Desenvolva rapidamente utilizando o frame work CakePHP. Elton Luí s Minetto

Desenvolva rapidamente utilizando o frame work CakePHP. Elton Luí s Minetto Desenvolva rapidamente utilizando o frame work CakePHP Elton Luí s Minetto Agenda Ambiente Web PHP Problemas Frameworks CakePHP Demonstração Ambiente Web É o ambiente formado por algumas tecnologias: Servidor

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira 1 CDI - Curso de Webdesign - Prof. Paulo Trentin Objetivos para esta aula Debater sobre

Leia mais

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação.

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação. ANEXO 11 O MATRIZ Para o desenvolvimento de sites, objeto deste edital, a empresa contratada obrigatoriamente utilizará o framework MATRIZ desenvolvido pela PROCERGS e disponibilizado no início do trabalho.

Leia mais

Investigando Sistemas de Informação. Crafty Syntax Live Help

Investigando Sistemas de Informação. Crafty Syntax Live Help Investigando Sistemas de Informação Crafty Syntax Live Help Mateus Vilar Santos 1 Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas (SENAC) Caixa Postal 15.064 91.501-970 Pelotas RS Brazil mateus.santos@gmail.com

Leia mais

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Linguagem de Programação para Web Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Prof. Mauro Lopes 1-31 20 Objetivo Iremos aqui apresentar a estrutura básica de um documento HTML e iremos também apresentar

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

Programando em PHP. Conceitos Básicos

Programando em PHP. Conceitos Básicos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Conceitos Básicos Todo o escopo deste estudo estará voltado para a criação de sites com o uso dos diversos recursos de programação web

Leia mais

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Informática Básica Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Introdução O editor de textos Microsoft Word oferece um conjunto de recursos bastante completo, cobrindo todas as etapas de preparação, formatação e impressão

Leia mais

WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11

WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11 WEB OF KNOWLEDGE NOTAS DA VERSÃO v5.11 Os recursos a seguir são planejados para a Web of Knowledge em 28 de julho de 2013. Este documento fornece informações sobre cada um dos recursos incluídos nessa

Leia mais

Instalação do Wordpress. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

Instalação do Wordpress. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Instalação do Wordpress Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Download Acesse o site Brasileiro do Wordpress http://br.wordpress.org/

Leia mais

Pré-requisito Conhecimento básico do sistema operacional Windows ou Mac OS.

Pré-requisito Conhecimento básico do sistema operacional Windows ou Mac OS. 1 e Descrição Este treinamento abortará conceitos essenciais de HTML e CSS para a construção de páginas web através do uso do Adobe, com a mínima necessidade de intervir ou escrever códigos, utilizando

Leia mais

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion Os componentes ColdFusion (CFC) permitem ao usuário encapsular lógicas de aplicação e de negócios (business logic) em unidades auto-controladas reutilizáveis.

Leia mais

NeXT Help Desk Manual do usuário. Abril/2011. NeXT Software

NeXT Help Desk Manual do usuário. Abril/2011. NeXT Software NeXT Help Desk Manual do usuário Abril/2011 NeXT Software Página 1 de 11 Índice Descrição e características do NeXT Help Desk... 3 Conectando no NeXT Help Desk... 4 Menu de acesso... 5 Enviando chamado

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada GUIA DE USO SUMÁRIO 1. Utilizando o FrameWork Aplanar... 2 1.1 GRID... 2 1.1.1 Barra de menus:... 2 1.1.2 Barra de ferramentas:... 3 1.1.3 Barra de pesquisa:... 3 1.2 MENU ADMINISTRATIVO... 4 1.2.1 Usuário:...

Leia mais

5 Detalhes da Implementação

5 Detalhes da Implementação Detalhes da Implementação 101 5 Detalhes da Implementação Neste capítulo descreveremos detalhes da implementação do Explorator que foi desenvolvido usando o paradigma MVC 45 e o paradigma de CoC 46 (Convention

Leia mais

4.14 - Imagens: src único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img

4.14 - Imagens: <img src=...> src <img src=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img 4.14 - Imagens: O TAG utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo src especifica o local onde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Manual do Ambiente Virtual Moodle

Manual do Ambiente Virtual Moodle Manual do Ambiente Virtual Moodle versão 0.3 Prof. Cristiano Costa Argemon Vieira Prof. Hercules da Costa Sandim Outubro de 2010 Capítulo 1 Primeiros Passos 1.1 Acessando o Ambiente Acesse o Ambiente Virtual

Leia mais

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com

Manual do IpêCMS. Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com Manual do IpêCMS Autor: Everton R. Silva Data: 30.10.2008 Website: http://ipecms.tconibo.com INTRODUÇÃO Objetivo IpêCMS é um mini CMS open source distribuido atraves da licença GPL. É desenvolvido em linguagem

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Templates. Existem vários frameworks e softwares para criação de templates, sendo os mais conhecidos: Gantry, T3 e Artisteer.

Templates. Existem vários frameworks e softwares para criação de templates, sendo os mais conhecidos: Gantry, T3 e Artisteer. Templates Template ou tema, é a camada de visão de qualquer programa orientado a objetos, isto mesmo, template não é uma exclusividade do Joomla! Fim manter um padrão de nomenclatura, irei utilizar o termo

Leia mais

4.14 - Imagens: SRC único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img

4.14 - Imagens: <IMG SRC=...> SRC <IMG SRC=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img 4.14 - Imagens: O tag utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo SRC especifica o local aonde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação do

Leia mais

Material de Apoio Configuração Auditoria Pós

Material de Apoio Configuração Auditoria Pós Material de Apoio Configuração Auditoria Pós Julho - 2014 Índice 1. Introdução... 3 2. Ambiente... 3 3. Serviço... 4 4. Dataset... 6 5. Formulário... 6 6. Processo... 12 6.1 Importação de Processos...

Leia mais

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda Adicionando Ajuda Para construir arquivos de ajuda do Windows, é necessário saber quais são os componentes de um arquivo de ajuda. Você tem três arquivos básicos que são parte de cada arquivo de ajuda:

Leia mais

Programação Web com Webdev 19 Julio Cesar Pedroso Conteúdo

Programação Web com Webdev 19 Julio Cesar Pedroso Conteúdo Conteúdo INTRODUÇÃO... 6 Como acessar a ajuda on line?... 6 Conhecendo o WebDev... 8 Iniciando o WebDev... 8 Ambiente de desenvolvimento... 8 O Editor... 8 A barra de menus... 10 Os botões... 10 Os painéis...

Leia mais

BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB

BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB 1 de 5 BURIPACK - DESIGN E INTERFACES WEB BC 41 LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO COM JAVASCRIPT E HTML (32h) Ajudar aos alunos no desenvolvimento do raciocínio lógico, a partir da prática em lógica de programação,

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Conteúdo

Manual de Gerenciamento de Conteúdo Manual de Gerenciamento de Conteúdo 1 Sumário 1) O que é um Gerenciador de Conteúdo...3 2) Como o Site está Estruturado...3 3) Como Gerenciar o Conteúdo do Site...5 3.1) Adicionar Itens no Menu de Navegação...6

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública

Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública Proposta de Reformulação do Site do Conselho de Transparência da Administração Pública Análise e propostas realizadas, levando-se em conta: arquitetura da informação, layout, navegabilidade e estruturação

Leia mais

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MANUAL

Leia mais

MIOLOv2. Ely Edison Matos ely.matos@ufjf.edu.br fev2005

MIOLOv2. Ely Edison Matos ely.matos@ufjf.edu.br fev2005 MIOLOv2 Ely Edison Matos ely.matos@ufjf.edu.br fev2005 OqueéoMIOLO? Framework para desenvolvimento de aplicações web Controles de interface com o usuário escritos em PHP e renderizados em HTML Autenticação

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados

Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados Produto: Webscan Relatório II Programas desenvolvidos, testados e documentados Sérgio Oliveira Campos Contrato N : 2008/000514 Sumário 1 Introdução 1 2 Bibliotecas Utilizadas 2 2.1 Reconhecimento de Texto

Leia mais

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net HEAD Como vimos anteriormente, o nosso documento HTML é

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

A seguir voce vai poder acompanhar, em 10 passos, como gerenciar o conteúdo das páginas pelas quais voce é responsável.

A seguir voce vai poder acompanhar, em 10 passos, como gerenciar o conteúdo das páginas pelas quais voce é responsável. A seguir voce vai poder acompanhar, em 10 passos, como gerenciar o conteúdo das páginas pelas quais voce é responsável. Índice Geral TULogarUT 3 TUConhecer e VisualizarUT 6 TUÁrea de Edição / Blocos e

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvedor Web Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção de páginas de internet e é responsável

Leia mais

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Prestashop v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS PARA INTERNET

DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS PARA INTERNET UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TDE DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS

Leia mais

Manual Portal PADRÃO. Gerenciador de Temas: Editar Estilo. 1. Clique na aba Extensões e em seguida em Gerenciador de Temas.-

Manual Portal PADRÃO. Gerenciador de Temas: Editar Estilo. 1. Clique na aba Extensões e em seguida em Gerenciador de Temas.- Manual Portal PADRÃO Gerenciador de Temas: Editar Estilo 1. Clique na aba Extensões e em seguida em Gerenciador de Temas.- 1 2 2. Selecione o link padraogoverno01 Default. 3. Abrirá a seguinte tela: 4.

Leia mais

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.).

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.). HTML / JAVASCRIPT Estamos iniciando o estudo do HTML através das TAGS (comandos) para construir formulários. Isso facilitará a continuidade dos nossos estudos da linguagem de programação JavaScript, a

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Estrutura da Página

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Seção do Corpo Estrutura da Página IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage SeçãodoCorpo EstruturadaPágina ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger SeçãodoCorpo EstruturadaPágina

Leia mais

Glossários em Moodle (1.6.5+)

Glossários em Moodle (1.6.5+) Glossários em Moodle (1.6.5+) Athail Rangel Pulino 2 Ficha Técnica Título Glossários em Moodle Autor Athail Rangel Pulino Filho Copyright Creative Commons Edição Agosto 2007 Glossários em Moodle 3 Índice

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

Manual 2010 Webmaster

Manual 2010 Webmaster Manual 2010 Webmaster Menu 1. Acesso ao sistema 2. Campanhas 2.1 Ver Campanhas Disponíveis 2.2 Minhas Campanhas 3. Formatos 3.1 Banners Automáticos 3.2 Banners Manuais 3.3 E-mail Marketing 3.4 Vitrines

Leia mais

Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores

Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores Desenvolvimento BM-1131 Versão 5 Release 17 Autor Sirlene Araújo Processo: Compras Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores Motivação Tornar o processo de geração

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES SEJA BEM VINDO VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS

PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES SEJA BEM VINDO VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES Instruções, métodos e recomendações para desenvolvimento de sistemas na UDS. 1 Sumário Apresentação... 3 Estrutura de pastas:...

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO AO MACROMEDIA DREAMWEAVER MX 2004 O Macromedia Dreamweaver MX 2004 é um software que permite a criação de páginas de Internet profissionais, estáticas

Leia mais

Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo

Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo Guia de Uso para Registro de Chamado Usuário Externo O é a ferramenta de abertura e acompanhamento de chamados, com os recursos: Sistema de Ajuda online

Leia mais

API de Integração JavaScript

API de Integração JavaScript Desenvolvedores API de Integração JavaScript Versão 1.3.0 (18/06/2015) Vonix Av. Dr. Paulo Machado, 489 Campo Grande MS 79021-300 T 67 33180700 F 67 33180701 contato@vonix.com.br www.vonix.com.br Visão

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

jquery Apostila Básica

jquery Apostila Básica jquery Apostila Básica INTRODUÇÃO 3 CAPÍTULO 1 POR ONDE INICIAR 3 CAPÍTULO 2 MEU PRIMEIRO SCRIPT! 4 EXERCÍCIOS...5 CAPÍTULO 3 ADICIONANDO CSS 6 EXERCÍCIOS...7 CAPÍTULO 4 MODIFICANDO APENAS PARTE DO DOCUMENTO

Leia mais

M Manual ZAIG P. 1 of 35. Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador

M Manual ZAIG P. 1 of 35. Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador M Manual ZAIG P. 1 of 35 Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador Date: Version: Author: terça-feira, 13 de abril de 2010 2 Richard Ikeda

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Thunderbird e Terra Nesta terceira edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos do webmail

Leia mais

Ambiente. Clique nas imagens para download (menos os navegadores )

Ambiente. Clique nas imagens para download (menos os navegadores ) Márcio Koch 1 Ambiente 2 Clique nas imagens para download (menos os navegadores ) Bibliografia Silva, Maurício S. Ajax com jquery: Requisições AJAX com a simplicidade da jquery. São Paulo: Notatec, 2009.

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo. Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: Informações importantes: Descrição do projeto:

Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo. Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: Informações importantes: Descrição do projeto: Projeto: Site Everlast Cliente: Rodrigo Mariana Esteban Analista: Adriano Cortez Designer: Davi Barbosa Contatos: E-mail do cliente: rodrigo@megagroupint.com.br, marianamkt@megagroupint.com.br, estebanflorio@hotmail.com

Leia mais

Desenvolvendo com Bootstrap 3: um framework front-end que vale a pena!

Desenvolvendo com Bootstrap 3: um framework front-end que vale a pena! Desenvolvendo com Bootstrap 3: um framework front-end que vale a pena! É engraçado como temos receio do novo. Me acostumei a desenvolver sites do zero, desde a primeira linha de código. Achava estranho

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2 Na aula anterior, vimos sobre: a) Janela de comando b) Gerenciador de Projetos c) Database Designer e Table Designer Prosseguiremos então a conhecer as ferramentas

Leia mais

Documentação SEO EXPERT

Documentação SEO EXPERT Documentação SEO EXPERT O módulo SEO Expert ajuda você a rapidamente: Criar e personalizar URLs amigáveis Inserir metatags para páginas de produtos, posts do Facebook e cartões de Twitter em sua loja Este

Leia mais

agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br

agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br manual do cliente agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br introdução Este manual foi desenvolvido para auxiliar os usuários da

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO

HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO HTML5 E WEB SEMÂNTICA, A WEB COM SIGNIFICADO Djalma Gonçalves Costa Junior¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí - PR - Brasil djalma.g.costajr@gmail.com wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP Aprenda a criar Websites dinâmicos e interativos com PHP e bancos de dados Juliano Niederauer 19 Capítulo 1 O que é o PHP? O PHP é uma das linguagens mais utilizadas na Web.

Leia mais

Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web

Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web Análise da Nova Linguagem HTML5 para o Desenvolvimento Web Sergio N. Ikeno¹, Késsia Rita da Costa Marchi¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sergioikn@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo.

Leia mais

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A Módulo 18 Ferramentas de Desenvolvimento de Páginas Web Criar uma relação mestre-detalhe 1. Cria uma cópia da página «listaferram.php»

Leia mais

PDI 1 - Projeto e Design de Interfaces Web

PDI 1 - Projeto e Design de Interfaces Web Introdução a HTML e XHTML Elementos básicos parte 2 Professor: Victor Hugo L. Lopes Agenda: --Aprofundando nos elementos básicos do HTML; --Criando Hiperlinks em HTML; 2 Estrutura básica de um documento

Leia mais

Treinamento Plone. Unirio

Treinamento Plone. Unirio Treinamento Plone Unirio Autenticando no Site Ao abrir o site Plone, no canto superior direito você verá a aba acessar. Clique nela. Autenticando no Site Autenticando no Site Ao clicá-la, abrirá uma janela

Leia mais

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Tutorial Plone 4 Manutenção de Sites Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Sumário Introdução 1 Como fazer a autenticação do usuário 1.1 Através do

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt Página 1 de 20 Wiki Histórico Cronograma Ver Código Visualizar Tickets Pesquisa Tags Discussion Blog Desenvolvimento ambiente Eclipse Desenvolvimento existem em muitos ambientes Linux, mas a nossa escolha

Leia mais

Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish

Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish Este tutorial apresenta de forma simples, como iniciar no desenvolvimento com o framework Java Server faces 1.2, utilizando-se o servidor

Leia mais

Manual de Administração ABCD-Site. Versão 4.0.2

Manual de Administração ABCD-Site. Versão 4.0.2 [Digite texto] Manual de Administração ABCD-Site Versão 4.0.2 Sumário Objetivos do Capítulo...Erro! Indicador não definido. Introdução... 3 Características gerais do sistema... 3 Acesso... Erro! Indicador

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais