Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores."

Transcrição

1 Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores

2 ANPROTEC Fundada em 1987 Organização sem fins lucrativos membros, que representam mais de 500 instituições Representa e apóia as Incubadoras de empresas; Parques Tecnológicos; tecnópoles entre outras. Diretoria composta por 6 membros eleitos pelos associados Conselho Consultivo composto de 7 membros Grupo dirigente composto por 11 especialistas em empreendedorismo inovador no Brasil Missão: Agregar, representar e defender os interesses das entidades gestoras de Incubadoras, Parques, Pólos e Tecnópoles, promovendo estes modelos como instrumentos para o desenvolvimento do país, objetivando a constante criação e fortalecimento de empresas baseadas no conhecimento

3 Incubadoras e Parques no Brasil Incubadoras de Empresas Parques Tecnológicos * Número de Projetos

4 Distribui o

5 Natureza Jurídica das Incubadoras Privada - sem fins lucrativos 47% Pública Federal 17% Pública Municipal Pública Estadual 11% 14% Privada - com fins lucrativos 6% Empresa de Economia Mista Outros... 2% 2% 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45% 50%

6 Participação de Entidades no Custo Operacional da Incubadora 53% 6% 9% 31% Centro de Pesquisa Privado Centro de Pesquisa Público Universidade Privada Universidade Pública

7 Objetivos das Incubadoras Outros 20% Empregos 80% Desenvolvimento Tecnológico 78% Lucro para a Incubadora 6% Transferência de Tecnologia 65% Incentivo ao Empreendedorismo 95% Desenvolvimento Econômico Regional 93% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

8 Parques Científicos/Tecnológicos NORTE AM 01 PA 01 TOTAL 02 CENTRO-OESTE DF 03 GO 01 TOTAL 04 SUL PR 05 RS 10 SC 04 TOTAL 19 NORDESTE AL 01 BA 01 CE 01 PB 01 PE 01 SE 01 TOTAL 06 SUDESTE ES 01 MG 09 SP 09 RJ 05 TOTAL 24 55

9 Desenhando um novo modelo

10 Um novo Posicionamento, um novo Modelo... Incubadoras de Empresas, Parques Tecnológicos e outros Mecanismos desta Natureza devem se consolidar como Plataformas Estratégicas, Institucionais e Operacionais para atuar, juntamente com seus parceiros, nas prioridades para o desenvolvimento das regiões, temas e setores e do país por meio da promoção do Empreendedorismo Inovador (atividade empreendedora + inovação/agregação de valor via conhecimento)

11 Reposicionamento Promoção da Cultura do Empreendedorismo & Inovação Incubação de Empresas orientadas para o Desenvolvimento Local e Setorial Incubação de Empresas orientadas para a geração e uso intenso de tecnologia Crescimento de Empresas em Ambientes de Inovação com Foco Regional e/ou Setorial Plataformas (Institucionais, Estratégicas e Operacionais) para promover o Empreendedorismo Inovador nas regiões, temas e setores prioritários para o país.

12 Como? Parcerias Estratégicas Promoção Capacitação Geração de Conhecimento

13 Parcerias Estratégicas Nacional Publicações Realização do Seminário Nacional Programa de capacitação Convênio 2007/2008 Portal das MPEs Inovadoras Cursos a Distância e Presenciais para PMI Sistema Único de Avaliação Projetos Sementes da Inovação (PSI) Programa de Capacitação (MBA) Pesquisa/Relatório de Avaliação FVA/PNI 2003

14 Parcerias Estratégicas Nacional Estudo de Parques Tecnológicos Parceira para desenvolvimento do Portal das MPEs Inovadoras junto com Portal Inovação Banco do Brasil Convênio de apoio a empresas incubadas e graduadas Ministério da Ciência e Tecnologia Software do Sistema Único de Avaliação Mapeamento das Empresas Graduadas Cursos a distância para MERCOSUL Workshop para implantação de incubadoras nas Mercocidades Portal do PNI

15 Parcerias Estratégicas Internacional Waynova Aliança Ibero-brasileira Projeto idisc (InfoDev Incubator Support Center) Projeto Antena Tecnológica Secretaria Técnica

16 Promoção Informação Revista Locus 13 anos de existência Cinco mil cópias a cada três meses Atinge aproximadamente 20 mil leitores em todo o país Único veículo de comunicação que atinge o movimento nacional de incubadoras e parques Público: Incubadoras e parques, empreendedores, investidores, poderes executivo e legislativo (Federal, Estadual e Municipal), IES, FAPs, entidades de fomento

17 Revista Eletrônica Info-e Promoção Informação VII anos de existência Mais de 10 mil assinantes Informações inéditas e exclusivas Relação de incubadoras de empresas com editais de incubação aberto Agenda anual de Eventos Interatividade: enquetes... Destaques do Cenário Brasileiro de Incubação de Empresas

18 Promoção Incentivo à produção técnico-científica Revista Locus Científico Divulgação Científica Artigos técnicos e científicos sobre empreendedorismo inovador Três mil assinantes Dois anos de existência Incentivo à interação Universidade/Empresa

19 Promoção Reconhecimento Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador 12ª edição Mais de 39 premiados entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, empresas incubadas e graduadas e projetos inovadores Reconhecimento da mídia Nacional ao vencedores Troféu, certificado e premiação Troféu Adelino de Medeiros Troféu Telmo Araújo

20 Promoção Articulação Idéias e propostas para prefeitos que querem gerar emprego e renda em suas cidades O desafio de gerar emprego e renda e promover o desenvolvimento sustentado Projetos e iniciativas que promovem o empreendedorismo e a inovação Como uma incubadora de empresas pode mudar uma cidade Como um parque tecnológico ajuda a direcionar o crescimento da região Passado, presente e futuro de um movimento Como o movimento construiu uma experiência respeitada internacionalmente Como empreendedores inovadores estão criando uma nova geração de empresas neste país Como o país, a associação, o movimento e os empreendedores podem atuar para promover resultados ainda mais relevantes para o Brasil

21 Assessoria de Imprensa Promoção Divulgação Revista Empreendedor Folha de São Paulo Revista Exame

22 Capacitação Seminário Nacional Cerca de 1000 pessoas a cada ano Apresentação de artigos técnico-científicos Workshops e Sessões plenárias Reuniões de Reitores, parlamentares, prefeitos, secretários estaduais de C&T Encontros internacionais Premiações Assinatura de parcerias Debates, mesas redondas e fóruns

23 Capacitação Cursos Planejamento e implantação de incubadoras de empresas Curso avançado Gerenciamento de Incubadoras Gestão de Projetos Gestão Financeira para Empresas Incubadas Curso de Comercialização e Marketing para Empresas Incubadas Curso de Difusores de Marketing - a Distância Encontros de comunicação para incubadoras de empresas e parques tecnológicos Missões técnicas nacionais e internacionais Oficina de Construção do Novo Modelo de Incubação de Empresas Mais de 100 eventos de capacitação 10 mil participações 30 mil hs./homem de treinamento

24 Geração de Conhecimento Publicações

25 Geração de Conhecimento Incentivo à divulgação técnico-científica Concurso de Artigos Técnicocientíficos Cerca de 100 artigos inscritos ao ano 60 artigos apresentados durante o Seminário Nacional Premiação e homenagem aos vencedores Comitê científico com importante nomes do meio acadêmico-científico do Brasil Artigos Longos, curtos e em forma de pôsteres

26 Os resultados de nosso trabalho

27 Os resultados na prática 1,9 bi é o faturamento anual das empresas 33 mil postos de trabalho 80% empresas sobrevivem no mercado R$ 400 milhões anuais em impostos 1500 empresas graduadas 2000 empresas associadas 2800 empresas incubadas Fonte: Publicação Aventura do Possível

28 Resultados Tecnologia Iniciou o processo de incubação em 1990 Foi a 1ª empresa brasileira a fabricar Miniimpressoras Faturamento de R$ 63 milhões em pouco mais de 10 anos Abriu nove filiais em 2005 para atender a todas as regiões do País Em 2007, inaugurou subsidiárias em Buenos Aires e abriu a Bematech Europe GmbH, com sede em Berlim, Alemanha, para atender ao mercado europeu e países como Paquistão e Índia Em 19 de abril de 2007, ingressa no Novo Mercado da Bovespa

29 Resultados Biotecnologia Especializada em produtos nutricionais Incubada em 1994 no Parque de Desenvolvimento Tecnológico a Universidade do Ceará (PADETEC) Sete patentes ativas, seis em fase de registro e uma linha de 46 produtos Vencedora do Prêmio FINEP em 2006 Capacidade para produzir 120 mil kg de produtos ao ano Faturamento de R$ 9,2 milhões em 2006 Vacina para câncer de próstata Com apenas três meses recebeu aporte de capital de risco de R$ 625 A Empresa foi destaque na revista Nature Biotchonology como exemplo de caso de sucesso em biotecnogia nos países emergentes A FK submeteu a primeira patente de vacina anti-câncer do Brasil

30 Principais resultados 1,9 bi é o faturamento anual das empresas 33 mil postos de trabalho 80% empresas sobrevivem no mercado R$ 400 milhões anuais em impostos 1500 empresas graduadas 2000 empresas associadas 2800 empresas incubadas Fonte: Publicação Aventura do Possível

31 Resultados Tecnologia Iniciou o processo de incubação em 1990 Foi a 1ª empresa brasileira a fabricar Miniimpressoras Faturamento de R$ 63 milhões em pouco mais de 10 anos Abriu nove filiais em 2005 para atender a todas as regiões do país Em 2007, inaugurou subsidiárias em Buenos Aires e abriu a Bematech Europe GmbH, com sede em Berlim, Alemanha, para atender ao mercado europeu e a países como Paquistão e Índia Em 19 de abril de 2007, ingressa no Novo Mercado da Bovespa

32 Resultados Biotecnologia Especializada em produtos nutricionais Incubada em 1994 no Parque de Desenvolvimento Tecnológico a Universidade do Ceará (PADETEC) Sete patentes ativas, seis em fase de registro e uma linha de 46 produtos Vencedora do Prêmio FINEP em 2006 Capacidade para produzir 120 mil kg de produtos ao ano Faturamento de R$ 9,2 milhões em 2006 Vacina contra o câncer de próstata Com apenas três meses recebeu aporte de capital de risco de R$ 625 A Empresa foi destaque na revista Nature Biotchonology como exemplo de caso de sucesso em biotecnogia nos países emergentes A FK submeteu a primeira patente de vacina anti-câncer do Brasil

33 OBRIGADO!!!

Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores

Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores Christiano G. Becker - Diretor 1 ANPROTEC Nossa Missão Agregar, representar e defender os interesses das entidades gestoras de

Leia mais

BREVE HISTÓRICO SOBRE INCUBADORAS

BREVE HISTÓRICO SOBRE INCUBADORAS BREVE HISTÓRICO SOBRE INCUBADORAS As primeiras incubadoras de empresas surgiram no Brasil na década de 80 e desde então, o número de incubadoras vem crescendo sensivelmente. Em 1982, foi fundado sob a

Leia mais

Tendências e Oportunidades: O mercado de agronegócios para as MPE inovadoras. Genésio Vasconcelos Campo Grande (MS), 23 de setembro de 2010

Tendências e Oportunidades: O mercado de agronegócios para as MPE inovadoras. Genésio Vasconcelos Campo Grande (MS), 23 de setembro de 2010 Tendências e Oportunidades: O mercado de agronegócios para as MPE inovadoras Genésio Vasconcelos Campo Grande (MS), 23 de setembro de 2010 Alguns números n do agronegócio brasileiro - O cerrado representa

Leia mais

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2011

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2011 DA APRESENTAÇÃO Art. 1 - Idealizado e instituído pela ANPROTEC 1, em parceria com o SEBRAE, o Prêmio de Empreendedorismo Inovador, cuja periodicidade é anual, reconhece e prestigia incubadoras de empresas,

Leia mais

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2010

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2010 DA APRESENTAÇÃO Art. 1 Idealizado e instituído pela ANPROTEC 1, em parceria com o SEBRAE, o Prêmio de Empreendedorismo Inovador, cuja periodicidade é anual, reconhece e prestigia incubadoras de empresas,

Leia mais

Redes de Incubadoras e Parques Tecnológicos: a experiência brasileira. Gostamos de redes clássicas...

Redes de Incubadoras e Parques Tecnológicos: a experiência brasileira. Gostamos de redes clássicas... Redes de Incubadoras e Parques Tecnológicos: a experiência brasileira IASP LA 2007 Gostamos de redes clássicas... GA Plonski 2 1 ... e valorizamos as redes como forma moderna de organização da sociedade

Leia mais

SET Seminários Regionais Media Kit. Deixe sua marca nos eventos da SET

SET Seminários Regionais Media Kit. Deixe sua marca nos eventos da SET SET Seminários Regionais Media Kit Deixe sua marca nos eventos da SET A SET e os Seminários Regionais São cinco eventos anuais; São organizados desde 1997; Apresentam inovações tecnológicas; Debatem tendências

Leia mais

UFPE/PROPESQ Diretoria de Inovação e Empreendedorismo

UFPE/PROPESQ Diretoria de Inovação e Empreendedorismo UFPE/PROPESQ Diretoria de Inovação e Empreendedorismo FORTEC-NE Salvador Junho/2006 A UFPE Alunos Matriculados 34.586 Graduação 26.705 Especialização 4.197 Mestrado 2.693 Doutorado 991 Cursos Oferecidos

Leia mais

REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO Art. 1º - Idealizado e instituído pela ANPROTEC 1, em parceria com o SEBRAE, o Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, cuja periodicidade é anual, reconhece e prestigia

Leia mais

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2008

PRÊMIO NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO INOVADOR 2008 CAPÍTULO I - DO PRÊMIO Art. 1 - A ANPROTEC 1, em parceria com o SEBRAE, MCT, MDIC, CNPq, FINEP e CNI/IEL realizam em 2008, mais uma ação anual de reconhecimento ao empreendedorismo inovador brasileiro,

Leia mais

PRÊMIO NACIONAL. de Empreendedorismo Inovador EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO

PRÊMIO NACIONAL. de Empreendedorismo Inovador EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO PRÊMIO NACIONAL de Empreendedorismo Inovador EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO Realização: Parceiro: APRESENTAÇÃO 2 Art. 1º Idealizado e instituído pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos

Leia mais

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 OS ENCONTROS Há 10 anos, o CTE realiza Encontros de profissionais da cadeia produtiva da construção. OS

Leia mais

PROGRAMA DE COMPRAS GOVERNAMENTAIS PARCERIAS E PERSPECTIVAS CONVÊNIO SEBRAE / CONSAD

PROGRAMA DE COMPRAS GOVERNAMENTAIS PARCERIAS E PERSPECTIVAS CONVÊNIO SEBRAE / CONSAD PROGRAMA DE COMPRAS GOVERNAMENTAIS PARCERIAS E PERSPECTIVAS CONVÊNIO SEBRAE / CONSAD 92º Fórum Nacional de Secretários de Estado da Administração Canela/RS Nov/2013 Convênio com Ministério do Planejamento

Leia mais

3 a CONFERÊNCIA DO CONSÓRCIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO: Políticas e Recursos de Apoio ao Empreendedorismo

3 a CONFERÊNCIA DO CONSÓRCIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO: Políticas e Recursos de Apoio ao Empreendedorismo 3 a CONFERÊNCIA DO CONSÓRCIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO: Políticas e Recursos de Apoio ao Empreendedorismo 1 Mesa 4! New Business Environments! Ambientes para Novos Negócios!

Leia mais

Mecanismos Municipais de Fomento à Inovação

Mecanismos Municipais de Fomento à Inovação Mecanismos Municipais de Fomento à Inovação Marcus J. Rocha Superintendente Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Florianópolis

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral - SGM Cooperação Internacional no Setor Mineral Temas prioritários CARLOS NOGUEIRA DA COSTA JUNIOR Secretário Sumário

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE. Edital Nº 04/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA

RELATÓRIO DE ANÁLISE. Edital Nº 04/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA RELATÓRIO DE ANÁLISE Edital Nº 04/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO ÀS INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA Apresentação: Gestor do Projeto: Lissandro Dorneles Dalla Nora COREDE: Central

Leia mais

APRESENTAÇÃO: Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador Art. 1º DAS CATEGORIAS - Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador PIT DLS PCT CEI

APRESENTAÇÃO: Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador Art. 1º DAS CATEGORIAS - Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador PIT DLS PCT CEI APRESENTAÇÃO: Idealizado e instituído em 1997 pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas

Leia mais

A Indústria de Software e Serviços de TI em Minas Gerais e no Brasil. Sociedade Mineira de Software ABRIL DE 2012

A Indústria de Software e Serviços de TI em Minas Gerais e no Brasil. Sociedade Mineira de Software ABRIL DE 2012 A Indústria de Software e Serviços de TI em Minas Gerais e no Brasil Sociedade Mineira de Software ABRIL DE 2012 O Setor Brasileiro de TI- 2010 8º mercado de TI no mundo US$ 85,09 bilhões 4% do PIB brasileiro

Leia mais

Histórico e Antecedentes PORTO DIGITAL PARQUE TECNOLÓGICO

Histórico e Antecedentes PORTO DIGITAL PARQUE TECNOLÓGICO Histórico e Antecedentes PORTO DIGITAL PARQUE TECNOLÓGICO 1. O Porto Digital Visão Geral Delimitação Geográfica 3 1.415.000 m² Bairro do Recife + Bairro de Santo Amaro A ideia... (2000) 4 Universidade

Leia mais

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS AL INVEST 5.0 03 grandes blocos focados no empoderamento feminino: Mentoring para Mulheres AÇÃO FOCO META Desenvolvimento de negócio, mulheres na política e mulheres

Leia mais

Objetivo Geral: Objetivos Específicos:

Objetivo Geral: Objetivos Específicos: Objetivo Geral: Superação da pobreza e geração de trabalho e renda no meio rural por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. Objetivos Específicos: Inclusão produtiva das populações

Leia mais

Instituto Votorantim. Núcleo de estratégia social. Direcionador e impulsionador da performance social do Grupo Votorantim. Crescimento Econômico

Instituto Votorantim. Núcleo de estratégia social. Direcionador e impulsionador da performance social do Grupo Votorantim. Crescimento Econômico A Votorantim é uma empresa 100% brasileira, presente em 21 países e com 96 anos de atividade. Busca a perenidade e a expansão constante dos negócios, tendo o desenvolvimento sustentável como caminho para

Leia mais

A CIDADE NOS TRILHOS uma campanha para o setor metroferroviário

A CIDADE NOS TRILHOS uma campanha para o setor metroferroviário 12ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA - FÓRUM TÉCNICO A CIDADE NOS TRILHOS uma campanha para o setor metroferroviário Bernardo Galvão Medeiros e Bianca Kwiatkowski Ribeiro Uma Campanha para o Setor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ AGÊNCIA DE INOVAÇÃO UFPR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ AGÊNCIA DE INOVAÇÃO UFPR EDITAL PERMANENTE DE SELEÇÃO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DA MODALIDADE RESIDENTE Edital nº AGI-01/2017 Processo n.º 23075.153629/2016-59 Este Edital se regerá

Leia mais

Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação

Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação Como Ação Estruturante do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional São Paulo, 15 de Março de 2015 Agenda

Leia mais

1. Quem é a Equipacare e o que faz?

1. Quem é a Equipacare e o que faz? 1. Quem é a Equipacare e o que faz? Somos uma empresa de engenharia clínica e hospitalar com atuação focada na inteligência do negócio. Temos como missão proporcionar economia, facilidade e tranquilidade

Leia mais

Empresas y su Influencia en el Crecimiento Sostenible de Brasil

Empresas y su Influencia en el Crecimiento Sostenible de Brasil Evolución de las Incubadoras de Empresas y su Influencia en el Crecimiento Sostenible de Brasil Mariza Almeida, DsC Incubadora de Empresas Phoenix Universidade do Estado do Rio de Janeiro Resultados

Leia mais

Parque Tecnológico Itaipu

Parque Tecnológico Itaipu Parque Tecnológico Itaipu Parque Tecnológico Itaipu Missão do PTI Compreender e transformar a realidade da Região Trinacional do Iguassu, articulando e fomentando ações voltadas ao desenvolvimento econômico,

Leia mais

Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS. Brasília, 23 de maio de 2013

Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS. Brasília, 23 de maio de 2013 Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS Brasília, 23 de maio de 2013 Estrutura do Ministério da Saúde - MS MS SCTIE SVS SAS SGEP SGTES SESAI SE Decit DAF DECIIS CONITEC Organograma

Leia mais

2º Fórum de Inovação e Empreendedorismo em Biotecnologia 30 de Agosto 2016

2º Fórum de Inovação e Empreendedorismo em Biotecnologia 30 de Agosto 2016 2º Fórum de Inovação e Empreendedorismo em Biotecnologia 30 de Agosto 2016 Parque Tecnológico Botucatu Botucatu Origem e Histórico Instituições Acadêmicas Setor Produtivo de Botucatu e Região PROSPECTA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE Seminário Os NITs e a efetividade do Programa RENORBIO Uma proposta para os NITs do NE Teresa Lenice Mota (UECE) Colaboração: André Luiz Araújo (CEFET-CE) Aritomar Barros (UFC) BNB, 10 de abril de 2007

Leia mais

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Rede Brasileira de Orçamento Participativo - RBOP HISTÓRICO ESTRUTURA DA REDE CIDADES BRASILEIRAS E O OP PLANO DE AÇÃO

Leia mais

O Impacto Socioeconômico da demora da tramitação dos pedidos de patente

O Impacto Socioeconômico da demora da tramitação dos pedidos de patente O Impacto Socioeconômico da demora da tramitação dos pedidos de patente Patrícia Leal Gestic Diretora de Propriedade Intelectual da Unicamp 21 de julho de 2017 Universidade Estadual de Campinas 1ª A Unicamp

Leia mais

EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio:

EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio: EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS Apoio: Recife, 2012 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. PUBLICO ALVO... 3 4. ATORES... 4 5. ESPAÇO FÍSICO... 4 6. SERVIÇOS

Leia mais

RESOLUÇÃO CFN Nº 529 de 24 DE NOVEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CFN Nº 529 de 24 DE NOVEMBRO DE 2013 Página 1 de 6 RESOLUÇÃO CFN Nº 529 de 24 DE NOVEMBRO DE 2013 Aprova o regulamento sobre a Política Nacional de Comunicação (PNC) no âmbito do Sistema CFN/CRN e dá outras providências. O Conselho Federal

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II

Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II Seminário de Integração e Missão de Supervisão DEZEMBRO-2010 COAGRE/DEPROS/SDC Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento PROJETO:

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

TECNOPARQUE UECE INCUBADORA DE EMPRESAS HELIANE CÁPUA DALLAPÍCULA

TECNOPARQUE UECE INCUBADORA DE EMPRESAS HELIANE CÁPUA DALLAPÍCULA TECNOPARQUE UECE INCUBADORA DE EMPRESAS HELIANE CÁPUA DALLAPÍCULA NOVEMBRO 2009 INCUBADORA DE EMPRESAS É um ambiente que possui condições efetivas para possibilitar o desenvolvimento de negócios promissores

Leia mais

Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil. Maputo, 18 de novembro de 2009

Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil. Maputo, 18 de novembro de 2009 Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil Maputo, 18 de novembro de 2009 Informação em Saúde U n iv e rs a lida d e In t e g ra lida de E qu ida de S is te m a Ú n ic o de S a ú de In fo rm a ç

Leia mais

Seminário Núcleos de Inovação Tecnológica NIT. Conquistas e Desafios do INPI na formação e treinamento dos NITs. Lucia Fernandes - INPI

Seminário Núcleos de Inovação Tecnológica NIT. Conquistas e Desafios do INPI na formação e treinamento dos NITs. Lucia Fernandes - INPI Seminário Núcleos de Inovação Tecnológica NIT Conquistas e Desafios do INPI na formação e treinamento dos NITs Lucia Fernandes - INPI Missão dos NITs Gerenciamento das Estratégias de PI da Instituição

Leia mais

Francisco Beltrão Inovações e Desafios. Centro de Inovação e Tecnologia de Francisco Beltrão - CITFBE

Francisco Beltrão Inovações e Desafios. Centro de Inovação e Tecnologia de Francisco Beltrão - CITFBE Francisco Beltrão Inovações e Desafios Centro de Inovação e Tecnologia de Francisco Beltrão - CITFBE Agosto de 2015 Política de Desenvolvimento Local Sistema Regional de Inovação Serviços Urbanos CITFBE

Leia mais

Vanderlan Vasconselos. Coordenação MCT/FINEP/RS. Agência Brasileira de Inovação 2004/2005

Vanderlan Vasconselos. Coordenação MCT/FINEP/RS. Agência Brasileira de Inovação 2004/2005 Vanderlan Vasconselos Coordenação MCT/FINEP/RS. Agência Brasileira de Inovação 2004/2005 MISSÃO Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, centros

Leia mais

Promovendo desenvolvimento integral na primeira infância. Outubro de 2016

Promovendo desenvolvimento integral na primeira infância. Outubro de 2016 Promovendo desenvolvimento integral na primeira infância Outubro de 2016 MARCO LEGAL DA PRIMEIRA INFÂNCIA Lei nº 13.257, de 8 de março de 2016 DIRETRIZES E ESTRATÉGIAS de apoio às famílias em sua função

Leia mais

Criação do Fórum das Instituições de Ensino Superior como mecanismo de assistência ao governo local em Porto Alegre

Criação do Fórum das Instituições de Ensino Superior como mecanismo de assistência ao governo local em Porto Alegre Criação do Fórum das Instituições de Ensino Superior como mecanismo de assistência ao governo local em Porto Alegre CARACTERIZAÇÃO DOS ATORES ENVOLVIDOS E DO TERRITÓRIO Porto Alegre aproximadamente 1,4

Leia mais

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL Uma organização autossustentável e não Governamental, que atua através de um sistema de Rede de Comitês, utilizando trabalho voluntário. Agentes Multiplicadores

Leia mais

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE FORMULAÇÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do

Leia mais

II FORTEC NE DINE/UFPE

II FORTEC NE DINE/UFPE II FORTEC NE DINE/UFPE NIT/PROPLAN/UECE Vladimir Spinelli Chagas Pró-Reitor PROPLAN Teresa Mota NIT Recife, 13 de abril, 2007 Recife, 13 de abril, 2007 Sumário Estrutura Objetivo Geral Objetivos Específicos

Leia mais

MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR

MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR MISSÃO Promover o conhecimento, o uso sustentável e a ampliação da cobertura florestal, tornando a agenda florestal estratégica para a economia do país. MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR Diretoria

Leia mais

ASSESSORIA E CONSULTORIA INTERNACIONAL EM PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA.

ASSESSORIA E CONSULTORIA INTERNACIONAL EM PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. ASSESSORIA E CONSULTORIA INTERNACIONAL EM PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Sumário 01. Apresentação...02 Criando oportunidades econômicas e sociais sustentáveis para as próximas gerações

Leia mais

Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação

Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 85/2015 Compete a todos os entes (União, Estados, DF e Municípios) proporcionar os meios de acesso à tecnologia, à pesquisa e à inovação

Leia mais

COMITÊ ACELERA FIESP - CAF. Apresentação do Ecossistema de Startups da FIESP

COMITÊ ACELERA FIESP - CAF. Apresentação do Ecossistema de Startups da FIESP COMITÊ ACELERA FIESP - CAF Apresentação do Ecossistema de Startups da FIESP Sobre o Comitê Acelera FIESP - CAF O Comitê Acelera FIESP - CAF tem por missão desenvolver e alavancar o empreendedorismo inovador,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 2011

PLANO DE TRABALHO 2011 Unidade Temática do Turismo Apresentada pela cidade Porto Alegre 1) Introdução PLANO DE TRABALHO 2011 Fortalecer o turismo internacional é um trabalho prioritário que deve ser cada vez mais consolidado

Leia mais

63ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana

63ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana 63ª Reunião do Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana Apresentação da Metodologia Elaborada pela Prefeitura Municipal de São Paulo sobre acidentes de trânsito, Década

Leia mais

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial

Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Impacto do Fundo Social na Ciência e Tecnologia e Política Industrial Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Comissão Especial Pré-Sal / Fundo Social Câmara dos Deputados 6 de

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DO COOPERATIVISMO BRASILEIRO

DISTRIBUIÇÃO DO COOPERATIVISMO BRASILEIRO O COOPERATIVISMO DISTRIBUIÇÃO DO COOPERATIVISMO BRASILEIRO Produção 3% Consumo 2% Infra-estrutura 2% Transporte 12% Habitacional 5% Mineral 1% 1 Saúde 12% Agropecuário 20% Trabalho 24% Crédito 15% Educacional

Leia mais

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016 Pesquisa de impacto Evolução das startups aceleradas pesquisa quantitativa dezembro de 2016 1 introdução objetivo Levantar os principais resultados do InovAtiva Brasil e crescimento das startups após o

Leia mais

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional 4º Encontro de Prefeitos com tema Desenvolvimento Local Sustentável Encontros Regionais de Municípios ABM - Nordeste Camaçari, Setembro de 2015 Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 001/2017-CITECS

EDITAL Nº 001/2017-CITECS GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO CITECS CENTRO DE INCUBAÇÃO TECNOLÓGICA DO SEMIÁRIDO EDITAL Nº 001/2017-CITECS O

Leia mais

Socialistas,

Socialistas, Prezad@s Companheir@s Socialistas, A Executiva Nacional LGBT do PSB apresenta aos LGBT Socialistas e demais militantes filiados ao PSB o seu Planejamento estratégico para o ano de 2013. Este documento

Leia mais

A MAIOR rede de clínicas médicas do Brasil.

A MAIOR rede de clínicas médicas do Brasil. 1 A MAIOR rede de clínicas médicas do Brasil. Região Norte: 2 Região Nordeste: 2 Região Sul: 12 Região Sudeste: 12 Região Centro-Oeste: 17 RS - 7 SC - 3 PR - 1 SP - 9 ES - 1 DF - 7 PA - 1 RJ - 2 PE - 1

Leia mais

Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós. Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência

Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós. Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência Implementação de Políticas de Atenção à Saúde da Mulher Atenção Integral à Saúde da

Leia mais

Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS. Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017

Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS. Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017 Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017 Desafios e eixos de atuação Transversalidade no atendimento Intervenção

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010 Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Agosto, 2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de

Leia mais

PERFIL DE ATUAÇÃO DAS REDES METROLÓGICAS ESTADUAIS

PERFIL DE ATUAÇÃO DAS REDES METROLÓGICAS ESTADUAIS PERFIL DE ATUAÇÃO DAS REDES METROLÓGICAS ESTADUAIS BASE: MAIO/2006 Realização: Apoio: 0 SUMÁRIO Apresentação 03 Introdução 04 Ficha Técnica 05 Quadro 01: s de documentações que regulam as atividades das

Leia mais

Gestão 2009/ ª CNCTI Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Gestão 2009/ ª CNCTI Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Gestão 2009/2011 4ª CNCTI Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação Brasília 28 de maio de 2010 Histórico A formação do Fórum (Vitória 2001) a necessidade de maior articulação para estreitar

Leia mais

Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira

Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional Brasília, de Novembro de 204 Bilhões US$ FOB Desenvolvimento da Balança Comercial Brasileira Déficit recorde

Leia mais

MISSÃO TÉCNICA EXPERIENCIAS E BENCHMARK MINISTÉRIO DEL AMBIENTE DEL PERÚ E CTB - AGENCIA BELGA DE DESARROLLO

MISSÃO TÉCNICA EXPERIENCIAS E BENCHMARK MINISTÉRIO DEL AMBIENTE DEL PERÚ E CTB - AGENCIA BELGA DE DESARROLLO MISSÃO TÉCNICA EXPERIENCIAS E BENCHMARK MINISTÉRIO DEL AMBIENTE DEL PERÚ E CTB - AGENCIA BELGA DE DESARROLLO SEBRAE NA UAIN Apoio SEBRAE CDT AL Paraná 21 a 24 agosto de 2012 INTRODUÇÃO A UAIN - SEBRAE

Leia mais

INFORMAÇÕES - PORTAL DA TRANSPARÊNCIA

INFORMAÇÕES - PORTAL DA TRANSPARÊNCIA OBJETO/PROJETO CONVENENTE VALOR CONVENIADO VALOR CONTRAPARTID A VALOR LIBERADO DATA LIBERAÇÃO SITUAÇÃO Impressão de Carteiras de Identidade Profissional e aquisição de impressoras, coletoras de impressão

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO CTIS

PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO Sobre a CTIS A CTIS foi fundada em 1983. Ela iniciou sua trajetória com dois sócios, um office- boy e uma secretária, ocupando uma área de apenas 27m². Hoje,

Leia mais

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional Encontros Regionais de Municípios ABM Sudeste Rio de Janeiro, Outubro de 2015 Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional Marcus Vinicius Rego Gerente Nacional de Segmentos de

Leia mais

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Talk Show com Lideranças Governamentais Brasil Solar Power Rio de Janeiro (RJ) 30/06/2016

Leia mais

EDITAL n o 001/17 PROJETO IDEIAS DE NEGÓCIO

EDITAL n o 001/17 PROJETO IDEIAS DE NEGÓCIO EDITAL n o 001/17 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO PUC-CAMPINAS EMPREENDE - 2017 PROJETO IDEIAS DE NEGÓCIO A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS torna

Leia mais

Política Territorial da Pesca e Aquicultura

Política Territorial da Pesca e Aquicultura Política Territorial da Pesca e Aquicultura Esplanada dos Ministérios, bloco D, CEP 70.043-900 - Brasília/DF Telefone: (61) 3218-3865 Fax (61)3218-3827 www.mpa.gov.br comunicacao@mpa.gov.br APRESENTAÇÃO

Leia mais

http://portaldoprofessor.mec.gov.br http://twitter.com/portalprofessor Implantação de ambientes tecnológicos nas escolas Distribuição de conteúdos educativos, soluções e sistemas de informação Formação

Leia mais

OPORTUNIDADES DE FOMENTO À INOVAÇÃO PARA OS PEQUENOS NEGÓCIOS. Agnaldo Dantas Unidade de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade

OPORTUNIDADES DE FOMENTO À INOVAÇÃO PARA OS PEQUENOS NEGÓCIOS. Agnaldo Dantas Unidade de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade OPORTUNIDADES DE FOMENTO À INOVAÇÃO PARA OS PEQUENOS NEGÓCIOS Agnaldo Dantas Unidade de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade Inovação Sebrae : Intervenção x complexidade Habitats de inovação Cooperação

Leia mais

Ciência, Tecnologia e Inovação para o. Desenvolvimento Nacional

Ciência, Tecnologia e Inovação para o. Desenvolvimento Nacional Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Guilherme Henrique Pereira Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia Premissas básicas b para

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA FINOVA

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA FINOVA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA FINOVA EDITAL 001/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS Parceiros: Nova Andradina, agosto de 2015 1) OBJETO A FINOVA Fundação Instituto de Inovação e Tecnologia

Leia mais

Plano de franquia WebMais. Mais rapido, Mais seguro, Mais completo.

Plano de franquia WebMais. Mais rapido, Mais seguro, Mais completo. Plano de franquia WebMais Mais rapido, Mais seguro, Mais completo. Quem somos? A Webmais Sistemas é uma empresa de base nacional, no mercado desde de Novembro de 2005, especializada no desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS

EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS AYTY-INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM EDITAL Nº 001/2013 INCUBADORA DE EMPRESAS Parceria Instituição Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas IFAM, Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

Iniciativas históricas que marcam o perfil empreendedor da cidade e da região, em especial:

Iniciativas históricas que marcam o perfil empreendedor da cidade e da região, em especial: Iniciativas históricas que marcam o perfil empreendedor da cidade e da região, em especial: Final do Século XIX- pecuaristas pioneiros trouxeram o gado zebu da Índia e em 1940 - criação da Fazenda Experimental

Leia mais

Controle Social, Transparência e Políticas Públicas

Controle Social, Transparência e Políticas Públicas Controle Social, Transparência e Políticas Públicas Pequenos Negócios 99% das empresas 3,6 milhões MEI 52% dos empregos 83% novas vagas na década 25% PIB Expansão contínua! Lei Geral da MPE 123/2006 Uma

Leia mais

Parques e Incubadoras de SC: Ambientes de Negócios e Inovação no Exemplo da Incubadora CELTA

Parques e Incubadoras de SC: Ambientes de Negócios e Inovação no Exemplo da Incubadora CELTA Parques e Incubadoras de SC: Ambientes de Negócios e Inovação no Exemplo da Incubadora CELTA FIESC 3 de dezembro de 2013 Alexandre Steinbruch Coordenador do GO! Copyright 2013 - Fundação CERTI 1 Mapa dos

Leia mais

Secretaria Nacional de Promoção e Defesa de Direitos Humanos (SNPDDH)

Secretaria Nacional de Promoção e Defesa de Direitos Humanos (SNPDDH) (SNPDDH) PAULO ROBERTO MARTINS MALDOS Secretário paulo.maldos@sdh.gov.br Brasília, 09 de março de 2015 Principais responsabilidades da SNPDDH políticas de promoção e defesa dos direitos dos idosos e da

Leia mais

Projeto de Capacitação da Comunidade USP Campus Ribeirão Preto

Projeto de Capacitação da Comunidade USP Campus Ribeirão Preto Projeto de Capacitação da Comunidade USP Campus Ribeirão Preto Agosto de 2017 Objetivo Apresentar à comunidade acadêmica, por meio de uma série de atividades de capacitação (gratuitas), a importância da

Leia mais

Programa PMMA - SOS Mata Atlântica 2014

Programa PMMA - SOS Mata Atlântica 2014 Programa PMMA - SOS Mata Atlântica 2014 Municípios na Mata Atlântica TOTAL: 3.401 PI:47 GO:19 MG:705 MS:41 PR:399 SC:293 RS:496 CE:46 RN:25 PB:49 PE:98 AL:69 SE:61 BA:330 ES:78 RJ:92 SP:553 Municípios

Leia mais

Inovação como prioridade estratégica do BNDES

Inovação como prioridade estratégica do BNDES Inovação como prioridade estratégica do BNDES Helena Tenorio Veiga de Almeida APIMECRIO 20/04/2012 Histórico do apoio à inovação no BNDES 2 Histórico do apoio à inovação no BNDES 1950 Infraestrutura Econômica

Leia mais

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea Carlos Henrique Paganetto Roma Junior SUSTENTABILIDADE NA SOCIEDADE Problemas centrais Uso insustentável e predatório dos recursos

Leia mais

ANÚNCIO PARA PARTICIPAÇÃO NO LEVANTAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA REDE DE INFRAESTRUTURAS TECNOLÓGICAS

ANÚNCIO PARA PARTICIPAÇÃO NO LEVANTAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA REDE DE INFRAESTRUTURAS TECNOLÓGICAS ANÚNCIO PARA PARTICIPAÇÃO NO LEVANTAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA REDE DE INFRAESTRUTURAS TECNOLÓGICAS PROCESSO DE MAPEAMENTO DAS INFRAESTRUTURAS TECNOLÓGICAS NACIONAIS 9 de agosto de 2016 Página 1 de 6 Índice

Leia mais

Realização: Conselho Setorial da Industria do Vestuário do Paraná

Realização: Conselho Setorial da Industria do Vestuário do Paraná Realização: C Conselho Setorial da Industria do Vestuário do Paraná OBJETIVO Promover a moda paranaense e gerar negócios! VISIBILIDADE Inserir o Paraná no calendário nacional do setor. COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

Plano ABC & Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono

Plano ABC & Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono SECRETARIA DE MOBILIDADE SOCIAL, DO PRODUTOR RURAL E DO COOPERATIVISMO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DE CADEIAS PRODUTIVAS, E DA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL Plano ABC & Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono

Leia mais

EDITAL DO PRÊMIO CANDANGO UNIVERSITÁRIO 2017

EDITAL DO PRÊMIO CANDANGO UNIVERSITÁRIO 2017 Brasília - 2017 1 DA NATUREZA DO PRÊMIO 3 1.1 Objetivo e Finalidades 3 1.2 Justificativa 3 1.3 Cenário Atual 4 2 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 5 2.1 Quem pode participar 5 2.2 Inscrição 5 2.3 Requisitos 5 3 DO

Leia mais

CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI

CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI Lucia Fernandes ACADEMIA DA PROPRIEDADE INTELECTUAL MISSÃO Formação e capacitação em PI; Desenvolvimento de P&D em PI; Disseminação do uso

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO.

EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO. CHAMAMENTO PÚBLICO EDITAL Nº 001-2016 EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE URUAÇU-GO. 1. DO OBJETIVO A SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

SENAI Vetor da inovação no Brasil

SENAI Vetor da inovação no Brasil SENAI Vetor da inovação no Brasil Foto: ISI Conformação de Materiais. Foto: ISI Laser. Desafio de transformar conhecimento e inovação em produtividade e competitividade nas indústrias O que estamos fazendo

Leia mais

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017 Concurso Ciclo Verde edição 2017 Porto Feliz, março de 2017 LANXESS uma empresa de especialidades químicas operando globalmente Empresa de especialidades químicas Cisão da Bayer em 2004 Portfólio de produtos

Leia mais

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 MOBILIZAÇÃO SOCIAL, CAMPANHAS E ARTICULAÇÃO EM REDE Daniela Guedes 8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 Por que mobilizar? Melhores práticas em implantação de políticas públicas eficazes contam com

Leia mais

Ambiente Sustentável de Inovação: Estudo de Caso do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília)

Ambiente Sustentável de Inovação: Estudo de Caso do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) Ambiente Sustentável de Inovação: Estudo de Caso do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) Elvis Fusco 1, Fábio Dacêncio Pereira 2, Marcos Luiz Mucheroni 3, Edward David Moreno Ordonez

Leia mais