Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016"

Transcrição

1 Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016

2 OS ENCONTROS Há 10 anos, o CTE realiza Encontros de profissionais da cadeia produtiva da construção.

3 OS ENCONTROS Aprofundar o conhecimento e incentivar o desenvolvimento do setor Integrar a cadeia da construção Discutir as principais questões em pauta no mercado e no setor Estimular a evolução produtiva do setor Promover redes de relacionamento entre os vários segmentos

4 FOCO 2016 Análises econômicas, tendências de mercado e perspectivas para a construção Conhecimento de boas práticas sustentáveis, de inovação e novos modelos de negócios Abordagem de temáticas estratégicas para gestão e produtividade das empresas do setor Apresentação de sistemas construtivos inovadores e cases de sucesso

5 FOCO 2016 Palestrantes e debatedores do mais alto nível técnico, profissional e empresarial, especialistas em suas áreas de atuação.

6 AGENDA OFICINAS TEMÁTICAS das 8h30 às 16h, para 140 profissionais 07/04 Importância do Projeto na Redução de Custos e Gestão de Riscos da Construção 16/06 Gestão da Inovação, Sustentabilidade e Novos Modelos de Negócios na Construção 15/09 Industrialização e Gestão da Produtividade na Construção Promoção de diálogos horizontais e transparentes para a troca de experiências Eventos realizados em São Paulo (SP) 1 ENCONTRO DE DIRETORES & GESTORES DA CONSTRUÇÃO das 8h30 às 18h, para 250 profissionais 08/12 Tendências da Economia, Perspectivas da Construção e Práticas de Gestão

7 PÚBLICO ALVO Diretores, gerentes e profissionais de incorporadoras, construtoras, projetistas, fabricantes de materiais e equipamentos, fornecedoras de serviços, imobiliárias, gerenciadoras e consultoras, instituições, órgãos governamentais, academia, agentes financeiros e fundos de investimentos.

8 SEJA APOIADOR DIVULGUE SUA MARCA! Logo de sua entidade/empresa em material de divulgação online do evento. Logo de sua entidade/empresa nos banners do evento e no screensaver do auditório. Uma inscrição cortesia para cada um dos eventos. 10% de desconto na inscrição para seus associado. DIVULGUE OS EVENTOS CTE! Envio do mkt do evento para o mailing de sua entidade/empresa (pelo menos 02 envios) Divulgação online do evento no site ou nos meios de comunicação de sua entidade/empresa. Informação do número de contatos do mailing para nossa catalogação. Para destacar sua entidade/empresa nas redes e encontros da construção, entre em contato: ELISA MACEDO F C

9 RESULTADOS Resultados dos eventos CTE 2015

10 PATROCINADORES RESULTADOS encontros promovidos no ano 4 OFICINAS TEMÁTICAS 14/04 Caminhos para a gestão da construção em um mercado com graves restrições 09/06 Cradle to Cradle: inspirando novos materiais e empreendimentos 28/08 Desempenho e industrialização da construção 20/10 Planejamento e controle de obras: prazos, custos, qualidade e meio ambiente 01 ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO 03/12 Inovação, Produtividade e Tendências de Mercado

11 PERFIL DAS EMPRESAS PROFISSIONAIS & CARGOS ENREDES EM NÚMEROS 42 PALESTRAS MINISTRADAS 93% DOS PARTICIPANTES PLENAMENTE SATISFEITOS 840 PARTICIPANTES (média de 168 por evento) 41% Incorporadoras e construtoras 8% Entidades, órgãos governamentais e universidades 20% Fornecedores de materiais e imobiliárias 26% Consultorias e projetistas 5% Agentes financeiros e fundos de investimento 23% Gerentes 9% Supervisores 21% Coordenadores 15% Consultores 22% Diretores 10% Outras funções ESTADOS & REGIÕES: NORTE > AM, PA, TO / NORDESTE > AL, BA, CE, PB, PE, RN / CENTRO-OESTE > DF, GO, MS / SUDESTE > ES, MG, RJ, SP / SUL > PR, RS, SC

12 APOIADORES DIVULGAÇÃO & CIRCULAÇÃO 10 DISPAROS de s mk e informes efetivados pelo CTE por evento 10 POSTAGENS em mídias sociais efetivadas pelo CTE por evento Alcance de profissionais e empresas da construção em 19 ESTADOS DO BRASIL alcance de PROFISSIONAIS VIPS da construção por evento Alcance de mais de 560 mil profissionais da construção por divulgação dos eventos pelo CTE e pelos apoiadores

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

SET Seminários Regionais Media Kit. Deixe sua marca nos eventos da SET

SET Seminários Regionais Media Kit. Deixe sua marca nos eventos da SET SET Seminários Regionais Media Kit Deixe sua marca nos eventos da SET A SET e os Seminários Regionais São cinco eventos anuais; São organizados desde 1997; Apresentam inovações tecnológicas; Debatem tendências

Leia mais

Vagas autorizadas. 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição

Vagas autorizadas. 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição Vagas autorizadas 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição Fonte: IBGE e MS. Datum: SIRGAS2000 Elaboração: MS/SGTES/DEPREPS Data:

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 05 3. Consolidado por Região... 06 4. Consolidado por Estado... 09 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF UF Tecnologia Velocidade Quantidade de Acessos AC ATM 12 Mbps a 34Mbps 3 AC ATM 34 Mbps

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Sigla CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Ind Nº 9/215 Técnicos Resp Equipe CGPM

Leia mais

Objetivo Geral: Objetivos Específicos:

Objetivo Geral: Objetivos Específicos: Objetivo Geral: Superação da pobreza e geração de trabalho e renda no meio rural por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. Objetivos Específicos: Inclusão produtiva das populações

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA O movimento Constitucional; O processo de discussão que antecedeu a LDB nº9394/96; A concepção de Educação Básica e a universalização do

Leia mais

PROINFÂNCIA. Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil

PROINFÂNCIA. Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil BAHIA- BA * Obras Aprovadas 8192 4096 2048 1024 512 256 128 64 32 16 8 4 2 1 PROINFÂNCIA

Leia mais

Como gerenciar uma unidade de inteligência competitiva no setor de energia

Como gerenciar uma unidade de inteligência competitiva no setor de energia Como gerenciar uma unidade de inteligência competitiva no setor de energia Guilherme Chiari Gerente de Inteligência Competitiva da Cemig Índice O Grupo Cemig e o ambiente do setor de energia O desenvolvimento

Leia mais

CENTRO COLABORADOR EM ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DO ESCOLAR - CECANE/SC

CENTRO COLABORADOR EM ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DO ESCOLAR - CECANE/SC CENTRO COLABORADOR EM ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DO ESCOLAR - CECANE/SC COORDENADOR Prof. Francisco de Assis Guedes de Vasconcelos SUB-COORDENAÇÃO PESQUISA Prof. Cristine Garcia Gabriel Prof. Janaina das Neves

Leia mais

Departamento de Atenção Básica REDE AMAMENTA BRASIL

Departamento de Atenção Básica REDE AMAMENTA BRASIL Departamento de Atenção Básica REDE AMAMENTA BRASIL Política Nacional de Aleitamento Materno Atenção Básica Desafios do Ministério da Saúde Elaborar novas estratégias de qualificação dos recursos humanos

Leia mais

Metas Educacionais As 5 Metas do Todos Pela Educação. Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009

Metas Educacionais As 5 Metas do Todos Pela Educação. Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009 s Educacionais As 5 s do Todos Pela Educação Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009 Construção das metas Pesquisa do meio copo cheio : consensos para avançar Documento de mobilização inicial Entrevistas e

Leia mais

Instituto Votorantim. Núcleo de estratégia social. Direcionador e impulsionador da performance social do Grupo Votorantim. Crescimento Econômico

Instituto Votorantim. Núcleo de estratégia social. Direcionador e impulsionador da performance social do Grupo Votorantim. Crescimento Econômico A Votorantim é uma empresa 100% brasileira, presente em 21 países e com 96 anos de atividade. Busca a perenidade e a expansão constante dos negócios, tendo o desenvolvimento sustentável como caminho para

Leia mais

Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF

Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF São Paulo 11 AGO 11 Áreas de negócio e de assistência técnica em todas UF Até 60% 60% a 80% 80% a 100% UF META PROP. %PROP AC 3.939 4.921 125% AL 19.679 37.006 188% AM 22.238 19.127 86% AP 4.589 1.622

Leia mais

Racionamento de água. Abril/2017

Racionamento de água. Abril/2017 Racionamento de água Abril/2017 Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Levantar informações sobre temas importantes no contexto atual dos Pequenos Negócios. TEMA ANALISADO

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR EM CARGOS DE E DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO Administrador AC 1 14 14.00 Administrador AL 1 53 53.00 Administrador AP 1 18 18.00 Administrador BA 1 75 75.00 Administrador DF 17 990 58.24 Administrador MT 1 55

Leia mais

RETROSPECTIVA. retrospectiva

RETROSPECTIVA. retrospectiva RETROSPECTIVA retrospectiva Participação do PROGRAMA MADEIRA É LEGAL Expo GBC Brasil 11 a 13 de agosto de 2015 Transamerica Expo Center A Proposta Promover o uso sustentável de espécies de madeiras menos

Leia mais

Proposta de Patrocínio. 24/agosto/ Espaço Transatlântico

Proposta de Patrocínio. 24/agosto/ Espaço Transatlântico Proposta de Patrocínio 24/agosto/2016 - Espaço Transatlântico O FÓRUM ABRAFATI DA INDÚSTRIA DE TINTAS é o evento que reúne as principais lideranças do setor para conhecer a avaliação de especialistas sobre

Leia mais

Guia EduTec. Uma ferramenta de gestão para os Estados brasileiros

Guia EduTec. Uma ferramenta de gestão para os Estados brasileiros Guia EduTec Uma ferramenta de gestão para os Estados brasileiros Roteiro da apresentação ` 1. Premissa: 4 dimensões para a adoção de tecnologia 2. O que é o Guia EduTec Objetivos Estrutura do Guia Como

Leia mais

Programa de Relacionamento Corporativo com Grandes Clientes

Programa de Relacionamento Corporativo com Grandes Clientes Programa de Relacionamento Corporativo com Grandes Clientes V Brasil nos Trilhos Oficina de Trabalho do Comitê de Gente Brasília, 4 de Setembro 2012 Desafios Sistema Indústria Construir um novo pacto empresarial

Leia mais

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO Planejamento, gestão e governança corporativa de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO

Leia mais

Monitoramento 2017 do Programa Academia da Saúde. Guia de Orientações para SMS

Monitoramento 2017 do Programa Academia da Saúde. Guia de Orientações para SMS Monitoramento 2017 do Programa Academia da Saúde Guia de Orientações para SMS Brasília, março de 2017 Objetivo do Monitoramento O Monitoramento do Programa Academia da Saúde tem o objetivo de levantar

Leia mais

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo Estatísticas Corpus Christi Nos últimos anos, as ocorrências de acidentes envolvendo veículos automotores, no período do feriado de Corpus Christi, cujas indenizações foram solicitadas à Seguradora Líder

Leia mais

Projeto de Parceria Institucional

Projeto de Parceria Institucional Terceiro Congresso de Engenharia de Produção da Região Sul Projeto de Parceria Institucional 22 a 24 de abril de 2014 Instituto Superior Tupy IST/SOCIESC Mestrado Profissional em Engenharia de Produção

Leia mais

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012 Ministério do Trabalho e Emprego Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. de 2012 1. Resultados do Programa de Microcrédito no 2 de 2012.

Leia mais

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados.

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados. APRESENTAÇÃO O FDJUR - Fórum de Departamentos Jurídicos tem como objetivo disseminar modelos e ferramentas de gestão para o mercado jurídico empresarial e incentivar os associados ao estudo, desenvolvimento,

Leia mais

Programa de Relacionamento _ 2017 PATROCÍNIO. Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção

Programa de Relacionamento _ 2017 PATROCÍNIO. Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção Programa de PATROCÍNIO Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção 2 Programa de Em 2017 a ANEPAC comemora 21 anos de trabalho voltado para a representatividade e fortalecimento

Leia mais

PNE: construindo redes, elaborando cenários. Daniel Cara Coordenador Geral Campanha Nacional pelo Direito à Educação

PNE: construindo redes, elaborando cenários. Daniel Cara Coordenador Geral Campanha Nacional pelo Direito à Educação PNE: construindo redes, elaborando cenários. Daniel Cara Coordenador Geral Campanha Nacional pelo Direito à Educação Desafio real do PNE Colaborar com o desenvolvimento social, ambiental e econômico. PNE

Leia mais

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE FORMULAÇÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do

Leia mais

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias A Kuser Participações S/A traz mais uma vez ao mercado, um levantamento da quantidade de corretores

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento C o m p an h i a N ac io n a l d e Abastecimento D i r e t o r i a d e Opercações e A b a stecimento S u p erintedência de O p erações Comerciais G e r ên c i a d e Formação e Controle de Estoques P o

Leia mais

Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira

Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional Brasília, de Novembro de 204 Bilhões US$ FOB Desenvolvimento da Balança Comercial Brasileira Déficit recorde

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ESTÁGIO TRAINEE ASSISTENTE TÉCNICO

PROCESSO SELETIVO ESTÁGIO TRAINEE ASSISTENTE TÉCNICO PROCESSO SELETIVO ESTÁGIO TRAINEE ASSISTENTE TÉCNICO UMA EMPRESA COMPLETA! Adubos, Defensivos, Sementes e Assistência Técnica. Atuando na Agricultura e Pecuária! PRINCÍPIOS ESSENCIAIS Missão Visão Valores

Leia mais

Produção Agrícola Municipal 2015. Assunto: Lavouras Temporárias

Produção Agrícola Municipal 2015. Assunto: Lavouras Temporárias Produção Agrícola Municipal 2015 Assunto: Lavouras Temporárias Tabela 1 - Áreas plantada e colhida, quantidade produzida, rendimento médio e valor da produção, segundo os principais produtos das lavouras

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t ) 450.000 120.000 400.000 100.000 350.000 80.000 300.000 250.000 60.000 200.000 150.000 40.

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t ) 450.000 120.000 400.000 100.000 350.000 80.000 300.000 250.000 60.000 200.000 150.000 40. BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 269.719,83 387.213,30 406.882,12 310.956,48 318.530,07 375.612,10 414.745,41 233.717,31 309.486,24 320.128,57 267.045,80 205.498,88

Leia mais

Painel Smart Grid Redes Inteligentes Sistemas que compõem o Smart Grid

Painel Smart Grid Redes Inteligentes Sistemas que compõem o Smart Grid Painel Smart Grid Redes Inteligentes Sistemas que compõem o Smart Grid Daniel Senna Guimarães Gestor do Projeto Cidades do Futuro da CEMIG D A convite da Abradee e Abinee 30 de março de 2011 A CEMIG e

Leia mais

RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013

RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013 RANKING ABAD NIELSEN 2014 BASE 2013 Março, 2014 AGENDA O RANKING 2014 EM NÚMEROS ANÁLISE DO SETOR RESULTADOS DO ESTUDO ANÁLISE DE EXPECTATIVAS DO SETOR INVESTIMENTOS RANKING ABAD NIELSEN 2013 2 O RANKING

Leia mais

MERCADO FOTOVOLTAICO. Análise de Viabilidade. Onde estão as melhores oportunidades do setor fotovoltaico?

MERCADO FOTOVOLTAICO. Análise de Viabilidade. Onde estão as melhores oportunidades do setor fotovoltaico? MERCADO FOTOVOLTAICO Análise de Viabilidade. Onde estão as melhores oportunidades do setor fotovoltaico? Palestrantes Márcio Takata - Engenheiro Eletricista pela Escola Politécnica da USP, MBA INSPER,

Leia mais

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares...

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... Pilar 1: Déficit habitacional Pilar 2: Crédito ao Comprador Programa MCMV Pilar 3: Demografia Pilar 4: Aumento da Renda

Leia mais

Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil. Maputo, 18 de novembro de 2009

Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil. Maputo, 18 de novembro de 2009 Evolução da Biblioteca Virtual em Saúde no Brasil Maputo, 18 de novembro de 2009 Informação em Saúde U n iv e rs a lida d e In t e g ra lida de E qu ida de S is te m a Ú n ic o de S a ú de In fo rm a ç

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 17 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO OFICINA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Para otimizar, integrar e impulsionar os negócios da construção ROBERTO DE SOUZA CONSULTORIA E GERENCIAMENTO NA CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRUÇÃO CIVIL Empreendimentos Projetos

Leia mais

Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso

Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso O Curso Nacional de Qualificação de Auditorias e Ouvidorias

Leia mais

MERCADO IMOBILIÁRIO MÉDICO

MERCADO IMOBILIÁRIO MÉDICO MERCADO IMOBILIÁRIO MÉDICO Alternativa de investimento crescente A Kuser Participações S/A é uma companhia que investe em empresas, cria, implanta e gerencia negócios e projetos inovadores unindo pessoas

Leia mais

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007.

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. VA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO DE 4/10/2007, SEÇÃO 3, PÁG.. EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. Divulgar a distribuição de vagas do Concurso Público para provimento de cargos e formação

Leia mais

ENFISA Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos. Júlio Sérgio de Britto Coordenador Geral de Agrotóxicos e Afins

ENFISA Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos. Júlio Sérgio de Britto Coordenador Geral de Agrotóxicos e Afins ENFISA Encontro de Fiscalização e Seminário sobre Agrotóxicos Júlio Sérgio de Britto Coordenador Geral de Agrotóxicos e Afins Histórico Lei Federal 7.802 Decreto 4.074 1989 2002 Art. 10: Compete aos Estados

Leia mais

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão Apresentação CIT 24/11/2016 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Panorama Geral Prontuário Eletrônico do

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

Informações Gerenciais de. Contratações Públicas. Sustentáveis

Informações Gerenciais de. Contratações Públicas. Sustentáveis Informações Gerenciais de Contratações Públicas Sustentáveis janeiro a dezembro de 2014 Sumário Executivo As informações descritas a seguir comparam o desempenho das contratações públicas sustentáveis

Leia mais

ALIMENTOS SEGUROS, BEM-ESTAR ANIMAL E SUSTENTABILIDADE

ALIMENTOS SEGUROS, BEM-ESTAR ANIMAL E SUSTENTABILIDADE ALIMENTOS SEGUROS, BEM-ESTAR ANIMAL E SUSTENTABILIDADE OBJETIVOS GERAIS Fortalecimento do setor produtivo: a) Adequação de procedimentos; b) Aumento da rentabilidade e competitividade; c) Garantia de alimentos

Leia mais

RELATÓRIO SINDEC BARÔMETRO SOBRE PRODUTOS

RELATÓRIO SINDEC BARÔMETRO SOBRE PRODUTOS MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE DIREITO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR COORDENAÇÃO GERAL DO SINDEC RELATÓRIO SINDEC BARÔMETRO SOBRE PRODUTOS Brasília, 31 de outubro de 2011

Leia mais

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS JOÃO PESSOA-PB, JUNHO 2004 TABELA Nº01 GASTO MÉDIO INDIVIDUAL DIÁRIO em R$ 1.00,

Leia mais

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília Apresentação do IDConselho Municipal Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília 5.366 Conselhos Municipais que preencheram o Censo SUAS 2014 Dinâmica de

Leia mais

Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós. Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência

Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós. Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência Seminário Para Elas Por elas, por eles, por nós Projeto: Atenção Integral à Saúde da Mulher em Situação de Violência Implementação de Políticas de Atenção à Saúde da Mulher Atenção Integral à Saúde da

Leia mais

Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição. Brasília, junho de 2015

Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição. Brasília, junho de 2015 Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição Brasília, junho de 2015 Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Mapa da cobertura de suplementação de vitamina A para crianças de 6 a 11 meses, em

Leia mais

Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS. Brasília, 23 de maio de 2013

Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS. Brasília, 23 de maio de 2013 Antônio Carlos Campos de Carvalho Diretor do Decit/SCTIE/MS Brasília, 23 de maio de 2013 Estrutura do Ministério da Saúde - MS MS SCTIE SVS SAS SGEP SGTES SESAI SE Decit DAF DECIIS CONITEC Organograma

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Cargo 1: Analista do MPU Área de Atividade: Apoio Técnico-Administrativo Especialidade: Arquivologia Distrito Federal / DF 596 4 149,00 Especialidade: Biblioteconomia Acre / AC 147 1 147,00 Especialidade:

Leia mais

IMPACTO DO PISO NOS ESTADOS E MUNICÍPIOS SESSÃO ESPECIAL NA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA CAMARA DOS DEPUTADOS BRASÍLIA

IMPACTO DO PISO NOS ESTADOS E MUNICÍPIOS SESSÃO ESPECIAL NA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA CAMARA DOS DEPUTADOS BRASÍLIA IMPACTO DO PISO NOS ESTADOS E MUNICÍPIOS SESSÃO ESPECIAL NA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA CAMARA DOS DEPUTADOS BRASÍLIA - 19.05.2015 MILTON CANUTO DE ALMEIDA Consultor Técnico em: Financiamento, Planejamento

Leia mais

Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação

Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação Rede Nacional dos Institutos SENAI de Inovação Como Ação Estruturante do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional São Paulo, 15 de Março de 2015 Agenda

Leia mais

Agenda de. Cursos e Eventos 2018

Agenda de. Cursos e Eventos 2018 Agenda de Cursos e Eventos 2018 Cursos de Governança Corporativa Introdução à Governança Melhores Práticas de Governança Corporativa 24ª Edição SP 27 e 28 de março 25ª Edição SP 30 e 31 de outubro Governança

Leia mais

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias A Kuser Participações S/A traz mais uma vez ao mercado, um levantamento da quantidade de corretores

Leia mais

CBGPL 2017 GESTAO PROJETOS E LIDERANCA PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO. Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR

CBGPL 2017 GESTAO PROJETOS E LIDERANCA PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO. Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR ~ XII CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTAO PROJETOS E LIDERANCA, CBGPL 2017 PORTFÓLIO DE PARCERIAS E PATROCÍNIO Garanta seu espaço! Junho de 2017 Curitiba - PR Realização PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE COMITÊ

Leia mais

Sobre a Corpbusiness. Análise de Mercado Eventos. Público-Alvo. Galeria de Fotos Eventos Por que patrocinar os eventos? Cotas de Patrocínio

Sobre a Corpbusiness. Análise de Mercado Eventos. Público-Alvo. Galeria de Fotos Eventos Por que patrocinar os eventos? Cotas de Patrocínio Mídia Kit 2015 Sumário 03 04 06 08 10 12 13 14 20 21 Sobre a Corpbusiness Análise de Mercado Eventos Público-Alvo Galeria de Fotos Eventos 2014 Na Mídia Divulgação Por que patrocinar os eventos? Cotas

Leia mais

REUNIÃO DE TRABALHO DOS GTE S

REUNIÃO DE TRABALHO DOS GTE S IIRSA REUNIÃO DE TRABALHO DOS GTE S PLANO NACIONAL DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES PNLT Santa Cruz de la Sierra Bolívia/2009 Engº Luiz Carlos R. Ribeiro Coordenador Geral de Planejamento Resgate do processo

Leia mais

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016 Pesquisa de impacto Evolução das startups aceleradas pesquisa quantitativa dezembro de 2016 1 introdução objetivo Levantar os principais resultados do InovAtiva Brasil e crescimento das startups após o

Leia mais

ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO INOVAÇÃO, SUSTENTABILIDADE E PRODUTIVIDADE

ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO INOVAÇÃO, SUSTENTABILIDADE E PRODUTIVIDADE ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO INOVAÇÃO, SUSTENTABILIDADE E PRODUTIVIDADE Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO NA CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRUÇÃO 1. EMPREENDIMENTOS 5. USO E OPERAÇÃO

Leia mais

Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast

Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast Vigilância em Saúde do Trabalhador Agenda Estratégica e a Renast Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Secretaria de Vigilância

Leia mais

Ensino Médio Inovador. Webconferência 31/10/16

Ensino Médio Inovador. Webconferência 31/10/16 Ensino Médio Inovador Webconferência 31/10/16 Ensino Médio Inovador O Programa Ensino Médio Inovador tem por objetivo apoiar e fortalecer os Sistemas de Ensino Estaduais e Distrital no desenvolvimento

Leia mais

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Talk Show com Lideranças Governamentais Brasil Solar Power Rio de Janeiro (RJ) 30/06/2016

Leia mais

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013.

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. O Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A tem por objetivo a prevenção e controle da hipovitaminose

Leia mais

ÍNDICE RELATÓRIO SIOR 2012. Pág. 02 NOTÍCIAS 2011/2012. Pág. 03 ANÁLISE DAS DEMANDAS. Pág. 04 GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO. Pág.

ÍNDICE RELATÓRIO SIOR 2012. Pág. 02 NOTÍCIAS 2011/2012. Pág. 03 ANÁLISE DAS DEMANDAS. Pág. 04 GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO. Pág. RELATÓRIO SIOR 2012 ÍNDICE NOTÍCIAS 2011/2012 ANÁLISE DAS DEMANDAS GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO TEMPO DE ATENDIMENTO DEMANDAS CONSIDERADAS PROCEDENTES MAPA DAS PRINCIPAIS DEMANDAS CONSIDERADAS PROCEDENTES

Leia mais

Quantidade de pedidos registrados por mês

Quantidade de pedidos registrados por mês Relatório de Pedidos de Acesso à Informação e Solicitantes (*) Informações adicionais para o correto entendimento do relatório podem ser encontradas na última seção. Órgão(s) de referência: MinC - Ministério

Leia mais

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão Webconferência Pauta: Resolução 07/2016 da CIT. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica A webconferência tem

Leia mais

Socialistas,

Socialistas, Prezad@s Companheir@s Socialistas, A Executiva Nacional LGBT do PSB apresenta aos LGBT Socialistas e demais militantes filiados ao PSB o seu Planejamento estratégico para o ano de 2013. Este documento

Leia mais

PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO

PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO UF / Ação de Governo Valor a ser Fiscalizado AC R$ 99.891.435,79 Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE) R$

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (julho/2015) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Industrialização & gestão da produtividade na construção ELISA MACEDO

Industrialização & gestão da produtividade na construção ELISA MACEDO Industrialização & gestão da produtividade na construção ELISA MACEDO Consultoria e gerenciamento na Cadeia Produtiva da Construção Civil Empreendimentos Projetos Uso e operação Materiais e equipamentos

Leia mais

Fundação Nacional de Saúde Funasa Departamento de Engenharia de Saúde pública - Densp. 2º Congresso de Saneamento do Nordeste

Fundação Nacional de Saúde Funasa Departamento de Engenharia de Saúde pública - Densp. 2º Congresso de Saneamento do Nordeste Fundação Nacional de Saúde Funasa Departamento de Engenharia de Saúde pública - Densp 2º Congresso de Saneamento do Nordeste O protagonismo dos municípios na gestão do saneamento. Eng. Leonardo Rodrigues

Leia mais

Dia 09 Agosto de 2017 Espaço Apas São Paulo - SP

Dia 09 Agosto de 2017 Espaço Apas São Paulo - SP Dia 09 Agosto de 2017 Espaço Apas São Paulo - SP O EVENTO Em 2017, a Revista Grandes Construções apresenta o seu 1º Fórum de Infraestrutura. O evento reunirá empresários do setor e especialistas para discutir,

Leia mais

5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro

5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro 5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de 2017 - Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro Organização: apoio: Visão Geral Discutir novas tendências

Leia mais

Reunião Pública com Analistas, Investidores e outros interessados. 10 anos. de Corporação. José Galló - CEO

Reunião Pública com Analistas, Investidores e outros interessados. 10 anos. de Corporação. José Galló - CEO Reunião Pública com Analistas, Investidores e outros interessados 10 anos de Corporação José Galló - CEO 1 de Julho, 2015 1 NOSSA HISTÓRIA Empresa Familiar 1965 1967 1973 1987 Empresa familiar Loja de

Leia mais

SIT. Secretaria de Inspeção do Trabalho. Seminário Internacional OIT. Boas Práticas na Inspeção do Trabalho

SIT. Secretaria de Inspeção do Trabalho. Seminário Internacional OIT. Boas Práticas na Inspeção do Trabalho SIT Secretaria de Inspeção do Trabalho Seminário Internacional OIT Boas Práticas na Inspeção do Trabalho Projeto Fortalecimento dos Serviços de Inspeção do Trabalho Dezembro/ 2010 Seminário Internacional

Leia mais

O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios. Antonio Brito - Presidente da CMB -

O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios. Antonio Brito - Presidente da CMB - O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios Antonio Brito - Presidente da CMB - Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB SANTAS CASAS DE MISERICÓRDIA:

Leia mais

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Santa Catarina - 20 de Novembro de 2010 IMPORTÂNCIA DA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS As MPEs correspondem à 98,81%* (CNE/IBGE 2009) das empresas

Leia mais

Setor de Bens de Capital 1

Setor de Bens de Capital 1 Setor de Bens de Capital 1 A indústria de Bens de Capital (BC) que produz máquinas e equipamentos é tradicionalmente reconhecida como um componente estratégico de um padrão de desenvolvimento rápido e

Leia mais

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo.

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo. Configuração de NFe Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema para envios de NF-e, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no

Leia mais

SONDAGEM INDUSTRIAL PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2004 RESULTADOS DE RIO BRANCO - ACRE

SONDAGEM INDUSTRIAL PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2004 RESULTADOS DE RIO BRANCO - ACRE O QUE É A SONDAGEM INDUSTRIAL A Sondagem é uma pesquisa qualitativa realizada trimestralmente pela CNI e pelas Federações das s de 19 estados do país (AC, AL, AM, BA, CE, ES, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE,

Leia mais

Lista de ganhadores da promoção Brazuca Código do cupom Número de ordem Número de série Nome Estado MA9EDJDGLE Em verificação PE MCDZU4ZCEJ

Lista de ganhadores da promoção Brazuca Código do cupom Número de ordem Número de série Nome Estado MA9EDJDGLE Em verificação PE MCDZU4ZCEJ MA9EDJDGLE 75805 1 Em verificação PE MCDZU4ZCEJ 75965 1 Em verificação PR M6AG2PD6AG 76033 1 Em verificação SC M7LFZGZ2TJ 79220 1 Em verificação RS MLM6FTWAP3 80983 1 Em verificação RJ MFN7DHNREH 81049

Leia mais

MA003. Página 1 de 11. Responsável. Revisão A de 21/01/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA003. Página 1 de 11. Responsável. Revisão A de 21/01/2015. Cantú & Stange Software. Página Manual de instalação de NF-e Zada MA003 Responsável Revisão A de 21/01/2015 FL Página 01 de 11 Página 1 de 11 MA003 Revisão A de 21/01/2015 Responsável: FL Manual de instalação de NF-e Zada MANUAL DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia Regiões de Influência das Cidades 2007 Objetivos Gerais Hierarquizar os centros urbanos Delimitar as regiões de influência associadas aos centros urbanos

Leia mais

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011 BAHIA Proteção Previdenciária ria - Perfil dos socialmente desprotegidos segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2009 - BRASÍLIA, MAIO DE 2011 1 1. Indicadores de Cobertura Social Cobertura

Leia mais

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Vigilância em Saúde Área Técnica de Dermatologia Sanitária SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003 2 TAXAS DE DETECÇÃO 2001 FONTE: OMS Situação atual da

Leia mais