Propriedade de. M. donçalves

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Propriedade de. M. donçalves"

Transcrição

1 Direetop-Genente Joaquim de Rzevedo SEM NRIO IN D EPENDENTE Propriedade de M. donçalves Collaboradores tew Piversos ÀRRO 111 (Est. de S. Paulo) OURINHOS, 9 de Janeiro de Rum. 140 O valor da Imprensa imprensa é a alavanca que, tendo por fulcro a intelligencia, remove os impecilhos ao desenvolvimento de uma nação. E a imprensa o maravilhoso e altisonante porta-voz da opinião publica que lança aos quatro ventos as iniciativas uteis ao interesse geral, que nos faz reflectir na necessidade da conservação da harmonia dos sentimentos de amisade, de fraternidade e de solidariedade humana, co mo um laço insubstituível e de impossível dissolução, que deve existir, para uma perfeita communhão de idéas pacificas entre os diversos povos do nosso planeta. o volvermos os olhos para o passado, vemos que numa lucta incessante, incansavel, formidável vem o ser hnmano procurando conquistar o seu velocinio de ouro, um velocinio que conhecemos sob o substantivo: felicidade. travez de todos os tempos, de todas as epochas, de todas as edades vem o homem, com o seu espirito altamente ardoroso e sedento do bem estar, procurando alcançar a felicidade, rompendo as largas estradas de sciencia, descobrindo horizontes que VOZ DO POVO Completa hoje o nosso modesto jornal mais um lustro de existencia, commemorando o 7. anniversario. Não foi sem difficuldades e muitas vezes sem sacrifícios, que atravessamos, esses 7 annos, dos mais tormentosos e inquietos que o mundo moderno viveu. Esses tempos agitados interromperam a nossa carreira jornalística, com algumas interrupção / mas temos consciência de que em todas essas phases, procuramos manter um equilíbrio de orientação que exprime a nossa vontade de accompanhar o povo. Os problemas que pleiteamos até hoje revelam nitidamente esse esforço. De seu merecimento julgará o publico e o apoio que por todas formas elle nos tem prestado até agora, angura-nos novos triumphos e mostram de que não trabalhamos em vão. o conduzem ao descobrimento de novos meios que vão coadjuval-o na conquista dos ideaes que alimenta. E tem sido, é e continuará a ser sempre a imprensa que o auxiliará nessa lucta titanica. imprensa é a escola em que sé aprende a levar aos outros os conhecimentos das cousas da vida e do mundo. Só poderá negai[ valor á imprensa quem fôr destituído de bom senso. Prof* lfredo G0MES i (Transcrinto do «Bcbletim Linotypico», de New Vork) \ HoráriodoSorocaba Consta que a partir do dia 15 do corrente, haverá uma modificação no horário dos trens de passageiros. differença vae ser de 2 horas e meia de adiantamento sobre o horário em vigor. Não obstante partindo de São Paulo ou Santo nastacio a mesma hora que actualmente, terão que ganhar no percurso 2 horas e meia antes de chegar ao seu final. Para isto a velocidade de 50 passará a 55 Km. por hora e as paradas em cada estação diminuirão 2, 5, ou mais minutos de accordo com a sua importância. Estrada S. Paulo- Paraná tambem modificará o seu horário para combinar com o da Sorocabana. O Estado de São Paulo O grande rotativo do Estado, o vanguarda da imprensa nacional, o Estado de São Paulo enfim, commemorou no dia 5 do corrente o seu 59. anniversario. Congratulamo-nos pela auspiciosa data, e nas associamos as inconfundíveis homenagens que recebeu nes* te dia, por parte da intellectualidade brasileira e pela imprensa em geral, pois bem as merecem esse pugillo de brilhantes e denodadosjornalistas que tão altamente interpretam as nobres aspirações do povo, do Estado de São Paulo e do Brasil. BltS G Grêmio Recreativo Ourinhense commemorou a passagem do anno, offerecendo em sua sede um sarau dançante. O baile esteve brilhantíssimo, prolongando-se até altas horas da madrugada.

2 2. V O Z D O P O V O 9/l/19?4 PfiPELFiRIfi C O m E R C m L Livros em branco e escolares, papeis em caixa, artigos de escriptorio. Bicos para prateleiras Livros para Cartorios, com e sem margem. M.GONÇLVES Rua Paraná. - OUR1MHOS La Exposição V iti-vinícola e de Fructas do Estado de S. Paulo JUNDIHY 71 «Festa da Uva» em Jundiahy O que será o importánte certame a inaugurar-se proximamente naquella grande cidade do interior de S. Paulo Já está organizado o regulamento da exposição Viti-vinicola que será inaugurada em 20 do corrente na cidade de Jundiahy. E supérfluo insistir sobre a importância maxima que a viticultura apresenta, sob o ponto de vista da propriedade economica de nosso Estado. Ella já é e tende a ser cada vez mais um dos factores de giande importância de nossa riqueza agraria. té ha pouco, nenhuma cultura além da do café preoccupava maiormente os lavradores deste Estado, nem tinham outras lavouras em si empregados tão grandes capitaes, nem occupavam grande numero de trabalhadores. O café exclusivamente tinha sua vida ligada á vida de nossa agricultura e de nosso Estado. Tudo isso porém, já está passando com a crise de super-producção que alguns esperavam mas surpreendeu a maioria, em gora já nossos lavradores estão convictos da necessidade da polycultura para a salvação de nossas finanças seriamente abaladas. Dahi o facto de já muitas outrás lavouras terem conseguido grande diffusão no Estado nos últimos annos. Falla-se muito em cereaes, laranja, algodão, etc.. Mais recentemente se iniciou por assim dizer, a nossa viticultura, que já adquiriu, em pouco tempo, grande importância e merece a devida attenção de nossos governos, como capaz de repercutir economica e socialmente em beneficio do Estado, faugmentando-lhes as rendas e collocando milhares de trabalhadores, que poderão encontrar na nova acíividade os meios necessários a manutensão de suas famílias. Quem acredita que a «Festa da Uva» e a exposição Vitivinicola tenham como unico fim valorizar a importância da viticultura para nosso Estado, está muito errado. Que as manifestações consigam atirahir a attenção de todos os paulistas, fazendo-os com preender um dos mais importantes problemas de nossa economia agraria é o que se deseja mas não é seu unico fim. inda outros intuitos pretendem attingir os promotores da iniciativa. Jundiahy, municipio que é considerado, com razão, o pae de nossa viticultura, quer não propagar esse genero de cultura, que já lhe proporciona annualmeníe kilos de uvas, mas ainda pretende fazer uma propaganda intensa, em sua exposição dos excellentes vinhos que já são fabricados, entre nós, e dos benefícios resultantes do consumo uva em natureza que tem sido aconselhado pelos melhores médicos daqui e do estangeiro. «Festa da Uva» e a exposição viti-vinicula não constituirão uma simples festa, nem uma cerimonia esteril, mas um estimulo para todos, servindo ao mesmo tempo para chamar a attenção do povo que vive nasfgrandes cidades, longe das fazendas e sitios, ás alegrias puras e sãs da vida rural, convidando ao mesmo tempo, com uma maneira de propaganda g e nial e efficiente ao consumo intensod essa fruta, cujas qualidades alimentares e curativas não tem concorrentes. Servirá além disso o certame aos agricultores como /estimulo e recompensa de seus esforços, animando-os a plantar uvas para vinho, optimas uvas de meza, que correspondam sempre melhor ás exigências de nosso consumo e possam amanhã concorrer com vantagem em quantidade e qualidade com as uvas estrangeiras nos mercados internacionaes. Não será apenas um incentivo ao consumo da uva, diffundido o conhecimento de suas qualidades nutritivas e dieteticas que se pretende obter com o grande certame de Jundiahy, mas tambem propaganda directa para consumo de nosso vinho, ao qual ainda se prefere injustificavelmente o estrangeiro. Notas de Consignações - (Mod. offícíal) 31ock com 10 üs., da Sorooabana, 4$ooo S. P. Paraná, 3$5oo Só na Papelaria Commejxial - Rua Paraná

3 9/1/ " V O Z D O 3? 0 " X 7 0 fi VOZ DO FOVO SEMNRIO INDEPENDENTE- T B E L L D D I S T 3 S r D I S r O X O S 3 cidade, O Jornal, na pessoa do seu director o sr. Batista Fontenele, foi muito felicitado, constituído o seu anniversario, um motivo de alegria para a população de Sobral. Espaço 1 anno 6mezes 3 mezes 1 mez 1 vez I Pagina l:5oo$ooo 8SQS0Q Zooêoco 8o$oce 1/Z» BSoSooo Sdoíooo Z /1 > VoqSqqo Z58C00 116» ZgoSobo F G t -. 3 V C B l S r T O D I. N T D O Estes preços entendem-se para as 4.a, 5.a e 6 a paginas. Issociação Commercial É Oriitos. / V I S O Não havendo numero suficiente para funccio. nar a assembléa geral estraordinaria convocada para hoje, ficam os Srs. socios avisados que a mesma se realisará no dia 14 do corrente, as 14,30 horas. Ourinhos, 6 de Janeiro de Secretario. Devendo realizar-se, amanhã dia 10 do corrente, a ssembléa Geral para a eleição da nova Directoria deste Clube, pára esse fim pedimos o comparecimento dos Snrs. ssociados, ás 19 horas desse dia, na residência do Snr. ítalo Ferrari. Directoria. IMPRESSOS? nesta Typ. Na 1.a pagina, accrescentar 20 p>or cento Para diversos annuncios, preç_o a combinar Deua te uí life Todos os jornaes divulgaram um telegramma procedente de Georgeton, capital da Guyana Ingleza, noticiando que a senhora Percez, deu a luz sete filhos gemeos e que a mãe e filhos estão passando bem Calcehina ( ESPECIFICO Dfl DEHTiÇBO) ( SUDE DS CRERÇS) o vosso filhinho, já nasceu o primeiro dente? Tem elle bom apetite? E elle forte e é corado ou rachitico e anêmico? Dorme bem, durante a noite, ou chora em derua* sia? Os seus intestinos funccionam regularmente? Dorme com a bocca a- berta? Constipa-se com frequência? ssusta-se, quando dorme? Já lhe deu CLCEHIN, o remedio que veio provar que os accidentes na primeira denticão das creanças não existem? Com o uso da CLCE- IN, podem os vossos filhos possuir belíssimos den tes. CLCEHIN é sem pre uíil, em qualquer idade. E um poderoso tonico para os convalescentes CLCEHIN evita as infecções intestinaes e a apendicite. CLCEHIN expelle os vermes intestinaes e crêa um meio irnproprio á sua proliferação. C T jc E H IIC vale o seu peso em ouro VENDE-SEEl T8MS F a ilia U. ]. S. O JORNL 8 de Dezembro, com uma edição especial de 14 paginas, contendo excellente collaboração e desenvolvido serviço de clicherie, O Jornal de Sobral, no Est. do Ceará, festejou a passagem do seu primeiro anno de existencia. D evido a sua conceituada posição naquella 0 nem r pereira Londres (U.J.3.)- O modelo corrente dos famossos postos'miniatura, chamados dc cigarreira acaba de encontrar um serio concorrente. Trata-se de um novo apparelho portátil, que, dizem, é capaz de alcançar todas asestações européas. O alto-falante desse posto hyper-iiiiputiano não é maior do que a tampa de um pequeno frasco de cocktaiis Senhora! Capsulas SEVENKRUT ( p io l-s a b in a - rruda) P a r a f a l t a d e m e n s t r u a ç ã o, atrazos uterinos, suspensões por qualquer motivo, a formula acima é a mais forte e efficiente até hoje co- I nhecida. Recommendamos ás exm as. leitoras um metbodo muito i em uso n/llèmanha, que i consiste em tomar ao deitar-! se duas Capsulas deste me-! dicamento e, em seguida dar um escalda-pés com agua. bem quente (p é deluvio). Ès-! te processo deve ser repetido por tres noites successivas. D h n H O r e a m t i para 1934 á 2 $ na Pap. Commercial

4 4 V O Z XDO V O X Z O 9/1/1934 Cravos? Manchas da pelle? Desapparecem rapidamente com um só vidro do famoso preparado Dissolvente Natal Preço 5$000 Pelo correio, registrado, 6$000 Pedidos a CRLOS MCEDO ÜB3 3. Bonifácio, Ponlo O DISSOLVENTE NTL é aconselhado pelo eminente medico especialista em tratamento da pelle Dr. PIRES e o unico preparado scientifico que existe para embellezar o rosto e fechar os póros. 0 - Z R -.T I S ~ Enviamos, pelo correio, informações detalhadas para o tratamento scientifico da pelle a quem enviar o coupon abaixo ao Laboratorío Scíentíííco NTL - Rua dos ndradas, 130 R I O jnome... R ua... Cidade... Estado Pela Impressa O Muzambinkense de Muzambinho, Minas rende uma reafirmação de Solidariedade e apoio ao illustre político Dr. Licurgo Leite que tão dignamente representa na ssemblea Constituinte as aspirações do povo sulmineiro como homenagem, estampa na l.a pagina, a photographia do illustre deputado O Palmital de Palmital, abre a pagina louvando a imperturbável acção do Prefeito Municipal. S. Excia. pertence a phalange dos puxando resolvidos, daquelles que se bem arrecadam, melhor applicam a dinherama que lhes confiam os municipes, dinheiro que em ultima analyse é suor e é sangue. Para annuncios nesta folha Procure a C L E C T I C São Paulo - Rio de Janeiro Os jornaes noticiam um crime hediondo que se deu em Capão Bonito, cujos protagonistas foram o tarado João Baptisía Gonçalves e a menina Rosa Lopes. Esta era uma encantadora menina de 13 annos e devido aos seus dotes physicos attrahiu as peccaminosas attenções de João. menina ignorando as intençõee do individuo, occupava o tempo 11a escola e nos folguedos proprios da edade. Um dia destes não se sabe cpmo, João, conseguiu apanhar Rosa em logar ermo. Dando largas aos insíinctos,, o repellente individuo tentou abusar da menina que desesperada, travou luta titanica com o monstro. Vendo que nada conseguia, o tarado, de afiada faca, retalhou o corpo da infeliz menina. Praticado o crime, o assassino desappareceu. consternação de Capão Bonito foi geral. LOTElIi) P K I S T í l 100 e 200 Contos «Qüiâs-ieiras 6." Continente Segundo informações divulgada a ((Ramapo», navio da marinha norteamericana, por occasião da recente exploração que fez nos fundos do Oceano Pacifico, desde merica do Norte até e sia, entre 10 graus a 50 de latitude norte, descobriu um continente, o qual tem duas vezes o tamanho da merica do Norte e comprehende enorme cadeia de montanhas, da qual as ilhas do Pacifico, formam os cumes. Este novo continente apresenta os traços característico dos outros continentes submergidos O N -In so -ir iia Os Reis Magos, que ha 20 séculos, se dirigiram a Nazareth, offerecer ao Divino Mestre, ricos presentes trazidos da rabia, passaram por Ourinhos para distribuir profusamente bellos prêmios a petizada assidua que freqüentaram as aulas de Catecismo, na Igrea Matriz. o mesmo tempo, e- V logiarão as esforçadas e abnegadas catechistas, que sacrificando os divertimentos da mocidade se dedicaram com enthusiasmo á nobre missão de christianizar as innocentes crianças, iniciando-as no caminho da Religião. E' o grande remedio de effeito sensacional. Seus milhares de attestados são verdadeiros. V êd e: RTTESTOO H s curas são maravilhosos. s provas são m agníficas! O meu attestado é um dos mais sinceros porque obedece á minha gratidão. Minha filha pla andava havia mais de um mez tossindo desesperadamente, tinha arrepios de frio e por vezes febre. Dormia muito mal, tinha dores pelo peito e pelas costas. Cada vez ficava mais abatida e afinal está hoje, pode di zer-se, boa, devido a 2 vidros de CONTRTOSSE E a expressão da verdade. Por isso tanto eu como minha famiiia não no cessamos de proclamar o,vo&' so delicioso preparado. Manoel lves dos Santos e fam iiia. Rua do reai, 40 Rio de Janeiro. (Firma reconhecida) O Contratosse vende-se em toda a parte. Deposito em todas as drogarias do Brasil. B k ln H F fos P o p a lw nova ortografia Récebeu esta Papelaria V d

5 9/1/1934 VOZ DO POVO e @ e @ -Tosses! Bronchites! Rouquidão! sthma! <S Coqueluche! Escarros de sangue! Tuberculose! O CONTRTOSSE E o remedio cujo efieito é sensacional. Médicos no* taveis o receitam. O CONTRTOSSE é inof* fensivo e o maior tonico pulmonar que até hoje foi descoberto. Tem milhares de attestados verdadeiros! C U IDDOJ C C E IT E SÓ O C O N T R T O SSE» 0 RISCOS 8 CORISCOS Se por acaso, os r gafanhotos que andam ahi pelas yjsinhanças, resolverem dar um assalto em nossacidade, terão que enfrentar dois inimigos de mau gosto, um é amargoso, o outro, é espinhento. «Guanxuma» e «Carurú». Esses vegetaes que também fazem parte da magestosa «flora brasiliensis», pegaram a mania dos promptos e vão mettendo a cara onde não são chamados. Num atrevimento safado, proprio de bóde, desafiando as foices, as enxadas e outros instrumentos cortantes e cavocantes dos trabalhadores da Prefeitura, vão invadindo as ruas da cidade, sem que o senhor Prefeito de por fé e... mande roçar... Outra cousa. Quem quizer sentir uma comichãosinha no peito e uma bolinha de gelo correr pelo espinhaço acima, que vá ver os enormes buracos que a enxurrada fez na esquina da rua lagoas com a rua mazonas. E um abysmo que se vae. Dizem até que o caminho mais perto para se ir no Japão começa alli... PR ÀSSIGNR REVISTS E JORNES Procure a C L E C T IC Rua 3 de Dezembro, 12 - S. Paulo Sabemos perfeitamente que o Prefeito é um só, não pode attender tanta cousa numa só vez, m as.. antes que o matto cresça, corta-se; e antes que algum pobre diabo descuidado suma naquelles buracos, entupa-se. Espera-se a boa vontade. O H E B E T B Para quem tenha acompanhado o movimento operário em nosso paiz, não terá passado despercebida a hesitação, a contusão e a indecisão que logo após a revolução de 30 levantou o operariado em massa, para a conquista de novos ideaes que, entretanto, eles sabiam bem onde estavam e em que consistiam. ssistimos a reuniões de classe em que oradores inflamados se perdiam em discussões sem nexo. Despertava um gigante ainda estremunhado de somno secular, de olhos piscos e intelligencia confusa, embaciada por longos annos de inactividade. gora, porém, em São Paulo, a classe proletaria acaba de dar signal evidente de vida consciente, de organisação, de ideaes determinados, de tendências sãs, de juizo seguro e esclarecido. Fundou-se ha poucos dias, n a capital, uma liga proletaria que não se propõe a fomentar greves nem se destina siquer a promover a melhoria immediata da situação dos trabalhadores. liga tem como programma o combate ao analphabetismo, e com esse programma, nascido no proprio seio da classe que faz a riqueza industrial paulista, a Liga reuniu um nucleo avultado de trabalhadores, que se propõe a pugnar pelo cumprimento do seguinte programma- Io. - Conseguira abertura de todos os grupos escolares á noite Fazer o que necessário fôr para que os patrões sejam rigorosamente obrigados a recusar menores de 20 annos, com pletamente analphabetos que 1 Grande H otel liança o mais novo de São Paulo Recomendado para famílias Instalações modernas D I R I S 1 5 $ Rua General Ozorío, esquina de Sta. Efigenia S Ã O P U L O j od t i c6 < j 00 Q rh c8 L d O o d m 43 a CDad 03 CD O X í o V" CL H s «j <1 o VJ R 2 não apresentarem certificado de frequencia ás aulas nocturnas ou diurnas, conforme, se trabalharem durante o dia ou á noite. Liga não medirá es-< forços para conseguir a observância do que acima ficou ennunciado Que aos alumnos verdadeiramente impossibilitados, seja o material escolar fornecido gratuitamen te. Fazendo-se mistér apurar a impossibilltdade do individuo, a própria Liga poderá se encarregar da syndicancia Outrosim, proporá a Liga ao Governo que para estimular a boa vontade dos proletários estudantes, sejam offerecidos prêmios aos que façam o curso de 4 annos, salientando-se pela applicação e assiduidade Os ditos prêmios ficarão aó critério da autoridade. E este um grande passo na historia da organisação do proletariado em S. Paulo. Evidencia raciocínio seguro, evidencia existência de cohesão e d e ideal, de intelligencia e boa vontade. Que os laboriosos artífices das fabricas consigam instrução para seus filhos e companheiros mais jovens, esse deve ser o desejo e para isso devem cooperar quantos possam influir para a realisação da campanha contra o analphabetismo. E, principalmente, que o bom exemplo se espalhe e que todas as grandes cidades do paiz possam contar com a sua Liga Proletaria Contra o nalphabetismo.

6 VOZ DO POVO S B M N R I O I N D E P E N D E N T E SSIONTURS: fin n o 15$000 Sem estre. Ditreetott-GePente Joaquim de fizevedo Propriedade de M. donçalves Collaboradores Diversos NNO 111 (Est. de S. Paulo) OUR1NHOS, 9 de Janeiro de Num. 140 Presidência do Clube II Realisar-se-ha daqui a poucos dias a ssembléa Geral dos associados do lvi-rubro para eleger sua nova Directoria para Embora haja tantas pessoas gradas no seu quadro social dignas de occupar a Presidência, não escapará a memória de qualquer associado votar no Presidente a- ctual, sua reeleição será de agrado unanime; a dedicação que o Sr. ítalo Ferrari tem dispensado ao lvi-rubro é incalculável e a vontade forte que possue, da forma leal e liberal com que trata o interesse da Sociedade, faz merecer a confiança de todos. Para grandeza e prosperidade do Ourinhense é dever de todos os associados votar na pessoa de ítalo Ferrari porque o esporte em Ourinhos a elle muito deve e deverá esperar. Um Socio. 8 B IL E S Comprem a G 9RTEIR BRSIL Mimo artístico e symbolico, em relevo e pintado á óleo FBRICNTE - VENDEDOR Geo. LLRD 10. rue Charité BEDXELLS - BELBIE ICI Folgamos de ver a corporação musical, reencetar novamente nas tardes domingueiras as retretas que tão salutar effeito produzem nas almas lyricas da mocidade local. passagem do anno foi festejada no coreto, pela afinada Banda Municipal. Pela Imprensa Temos recebido regularmente as seguintes folhas que se acham a disposição dos nossos amigos e assignantes : O Pharol, de Itajahy - Santa Catharina vante, de Canoinhas - Santa Catharina O stro, de São Paulo O flluzam binhense, de Muzambinho, Minas R Voz do Povo, de Estancia - Sergipe O Povo, de Bahia Correio Valeneiano, de Valença - Bahia O Sol, de R. de Janeiro Supplemento Sem anal Illustrado, do Rio O ratuhype, de ratuhype - Bahia O Corisco, de Valença Bahia Correio Universal, do Rio de Janeiro Boletim üinotypieo, de Brooklyn - N. York R Gidade de Ourinhos, desta Cidade R E V I S T S Vida Domestica os m V I J M De Mudança Veio nesta redacção apresentar-nos a sua despedida o nosso particular amigo e assignante Sr. Manoel Blanco, que de mudança seguiu para a Capital em companhia de sua Exma. familia, onde pretende fixar residência o nosso amigo e familia desejamos muitas felicidades e realisação cabal dos seus sonhos. Para Santos onde reside, embarcou o Snr. Eleuterio lonso, cunhado do nosso assignante ugusto lonso Regressou de São Paulo o Snr. ntonio J. Ferreira e filhas. De passagem para S. Paulo vimos o Sr. Euzebio Gomes F. colle- O M unicípio, de Chavantes O Sino zul O de Salto Grande Mascara O Palm ital, de Palmital O Jornal das m oças Comarca, de Paraprú - prú guássú O Jornal de ssis, de O Malho ssis rte de Bordar ctor Federal em Salto Santa Cruz Jornal e todas do Rio de Janeiro. Grande R Cidade, de Sta. Vimos nesta o Dr. Cruz do Rio Pardo William David e Rolando David, este residente R União, de Sta. delia O Popular, de Taubaté 8 N N IV E R S I1 R I0 S O Jornal de S. Pedro, em Chavantes de S. Pedro Faz annos amanhã a Para São Paulo, viajou o Snr. Benedicto O Correio de JVÍurilia, Snra. Da. Maria Marde Marilia chesine d e lmeida, R Vanguarda, de Rib. Monteiro, chefe da Contabilidade da S. P. Paraná Claro - Paraná esposa do snr. Manoel O Jaearezinho, de Ja- de lmeida, Chefe da De Matto Grosso, onde estiveram cumprindo carézinho - Paraná Estação de Londrina. O Correio do fíorte, de o serviço militar regressaram João Veroleze e Santo ntonio da Platina - Paraná O Taquaryense, de Ta- lberico lbano, filho quary- R. G. do Sul do Sr, João lbano Jornal de flotieias e o Obsequiou-nos com uma Correio de Botu- linda folhinh acompanhada eatú de Botucatú de uma caneta, a Cia. Plaff, Santo flmaro Jornal, por intermedio do seu representante Sr. Gumercindo Blocks de linho, de Santo maro R Gazeta de Guariba, Gonzaga. Superior 2$500 de Guariba Gratos peio brinde procure nesta Papelaria

CORRESPONDÊNCIA ENVIADA A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PALMAS PARANÁ, DATADA DE 8 DE AGOSTO DE 1882

CORRESPONDÊNCIA ENVIADA A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PALMAS PARANÁ, DATADA DE 8 DE AGOSTO DE 1882 CORRESPONDÊNCIA ENVIADA A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE PALMAS PARANÁ, DATADA DE 8 DE AGOSTO DE 1882 Ronivon José Bazo 1 A relevância desse documento que traz toda uma ânsia por parte de um professor

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

No dia de Natal as nossas crianças da Escola Dominical deram-nos uma demonstração de seus talentos oferecendonos uma excelente festa.

No dia de Natal as nossas crianças da Escola Dominical deram-nos uma demonstração de seus talentos oferecendonos uma excelente festa. www.igevalgeriz.web.pt Boletim Informativo dos Eventos e Actividades da Igreja Evangélica em Algeriz. Ano XI N 22 - Fevereiro 2009 No dia de Natal as nossas crianças da Escola Dominical deram-nos uma demonstração

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

O GIGANTE EGOÍSTA. Autor: Oscar Wilde Nacionalidade: Irlandesa

O GIGANTE EGOÍSTA. Autor: Oscar Wilde Nacionalidade: Irlandesa O GIGANTE EGOÍSTA Autor: Oscar Wilde Nacionalidade: Irlandesa Todas as tardes, quando vinham da escola, as crianças costumavam ir brincar para o jardim do Gigante. Era um grande e belo jardim, todo atapetado

Leia mais

LIGA DOS COMBATENTES

LIGA DOS COMBATENTES LIGA DOS COMBATENTES NÚCLEO DISTRITAL DE VIANA DO CASTELO DISCURSO EVOCATIVO DO 95º ANIVERSÁRIO DO ARMISTÍCIO DA 1ª GUERRA MUNDIAL, O 90º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO DA LIGA DOS COMBATENTES E O 39º ANIVERSÁRIO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 81 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca RIO DE JANEIRO, 9 DE SETEMBRO DE

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Heitor Luz. Senhor Presidente, Senhores convencionais,

Heitor Luz. Senhor Presidente, Senhores convencionais, Heitor Luz Por ocasião da «XI Convenção Brasileira de Farmacêuticos», reunida em Florianópolis, de 17 a 24 de Janeiro de 1959, foi prestada uma homenagem póstuma ao grande farmacêutico brasileiro - Professor

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca RIO DE JANEIRO, 22 DE JANEIRO DE

Leia mais

José da Fonte Santa. Magia Alentejana. Poesia e desenhos. Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa. Edições Colibri

José da Fonte Santa. Magia Alentejana. Poesia e desenhos. Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa. Edições Colibri José da Fonte Santa Magia Alentejana Poesia e desenhos Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa Edições Colibri índice Nota Prévia 3 Prefácio 5 O Amor e a Natureza Desenho I 10 A rapariga mais triste do

Leia mais

CAPITULO I DA INCIDENCIA

CAPITULO I DA INCIDENCIA Regulamento a que se refere o decreto n. 13.051, de 5 de junho de 1918, para execução do art. 1º, n. 35, e art. 60 da lei n. 3.446, de 31 de dezembro de 1917. CAPITULO I DA INCIDENCIA Art. 1º O imposto

Leia mais

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis

União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis 2 3 União das Polícias faz violência cair no Município Após assumir há seis meses a Seccional de Diadema, a delegada Martha Rocha de Castro (foto) afirma que está feliz com o trabalho da Polícia Civil,

Leia mais

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Aese Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Quando o Fórum para a Competitividade me convidou para esta intervenção, na qualidade de empresário, já se sabia que não haveria Orçamento de Estado

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

Rosana! Rosanaaa! Ô menina! Onde que cê se meteu, diacho de moleca!!

Rosana! Rosanaaa! Ô menina! Onde que cê se meteu, diacho de moleca!! A Promessa N.Lym Consegui um bom emprego em São Paulo! Não posso levar você comigo, mas você pode me esperar. Prometo que vou voltar, vamos nos casar e morar juntos, bem longe daqui! Rosana ficou a pensar

Leia mais

HIGIENE E CUIDADOS COM A CRIANÇA : AS LIÇÕES DOS ALMANAQUES DE FARMÁCIA - 1920 A 1950 MAGALHÃES

HIGIENE E CUIDADOS COM A CRIANÇA : AS LIÇÕES DOS ALMANAQUES DE FARMÁCIA - 1920 A 1950 MAGALHÃES HIGIENE E CUIDADOS COM A CRIANÇA : AS LIÇÕES DOS ALMANAQUES DE FARMÁCIA - 1920 A 1950 MAGALHÃES, Maria das Graças Sândi - USF, GT: História da Educação / n.02 Agência Financiadora: não contou com financiamento

Leia mais

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas.

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas. DIA DO COMBATENTE NA BATALHA, EM 14 DE ABRIL DE 2007 GENERAL JOAQUIM CHITO RODRIGUES Exmo. senhor Ministro da Defesa Nacional. Digna-se V. Exa. presidir a esta cerimónia evocativa do Dia do Combatente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 66 Discurso na solenidade de comemoração

Leia mais

O Natal de Sabina. Francisco Candido Xavier. Pelo Espírito de Francisca Clotilde

O Natal de Sabina. Francisco Candido Xavier. Pelo Espírito de Francisca Clotilde O Natal de Sabina Francisco Candido Xavier Pelo Espírito de Francisca Clotilde (Chico Xavier) Conteúdo resumido E uma carta viva de uma mãe chamada Sabina que relata as grandes lutas travadas no corpo

Leia mais

A meio do mandato autárquico 2013-2017, e criada que foi uma expetativa enorme com este novo executivo, é hora de fazer o balanço.

A meio do mandato autárquico 2013-2017, e criada que foi uma expetativa enorme com este novo executivo, é hora de fazer o balanço. Sr. Presidente da Assembleia Municipal, Srª Presidente da Câmara Exºs membros do executivo, Membros desta Assembleia Público presente, A meio do mandato autárquico 2013-2017, e criada que foi uma expetativa

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 19 Discurso na solenidade de lançamento

Leia mais

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS Minhas áreas de atuação são, pela ordem de número de eventos: Gestão de Projetos; Gestão de Ativos; Gestão de Segurança Industrial e Gestão Estratégica de empresas. Considero-me,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca MO DE JANEIRO, 7 DE ABRIL DE 1958.

Leia mais

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Os Paroquianos de Canidelo, na noite de 29.05.2015 presentearam Nossa Senhora e Nossa Mãe Maria Santíssima, com uma bela e sublime procissão. Foram quatro procissões

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

2º CONCURSO DE REDAÇÃO CAMPANHA: ELEIÇÕES LIMPAS PELO VOTO LIVRE E CONSCIENTE. CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental

2º CONCURSO DE REDAÇÃO CAMPANHA: ELEIÇÕES LIMPAS PELO VOTO LIVRE E CONSCIENTE. CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental CATEGORIA I 5ª e 6ª Série do Ensino Fundamental Tema: Voto livre e consciente, escolha que liberta 1º LUGAR: IZABEL ALINE DE ARAÚJO MATOS 6ª Série Educandário Madre Paulina Título (facultativo): A importância

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso na solenidade de abertura

Leia mais

Regulamento do Stud-Book Nacional do Cavallo de Puro Sangue, a que se refere o decreto n. 13.038, desta data CAPITULO I

Regulamento do Stud-Book Nacional do Cavallo de Puro Sangue, a que se refere o decreto n. 13.038, desta data CAPITULO I Regulamento do Stud-Book Nacional do Cavallo de Puro Sangue, a que se refere o decreto n. 13.038, desta data CAPITULO I DO STUD-BOOK NACIONAL DO CAVALLO DE PURO SANGUE Art. 1º O Stud-Book Nacional do Cavallo

Leia mais

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA:

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA: CANTO DE ENTRADA: CANTOS PARA O NATAL 01. PEQUENINO SE FEZ (SL 95): J.Thomaz Filho e Fr.Fabretti Pequenino se fez nosso irmão, Deus-conosco! Brilhou nova luz! Quem chorou venha ver que o Menino tem razão

Leia mais

nova Entrada Principal

nova Entrada Principal nova Entrada Principal Refeitório Salas de Aulas Ginásios Campo Coberto Sala Polivalente Biblioteca Serviços Editorial Estamos em crer não restarem dúvidas aos nossos associados,, que teimosamente continuam

Leia mais

Avaliação Bimestral. 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015. Aluno (a):... 27/04/2015

Avaliação Bimestral. 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015. Aluno (a):... 27/04/2015 Avaliação Bimestral 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015 Aluno (a):... 27/04/2015 Este Caderno de Questões para a Avaliação Bimestral segue as novas diretrizes estabelecidas pela portaria nº 109, emitida em

Leia mais

NA BATALHA DE ATOLEIROS

NA BATALHA DE ATOLEIROS NA BATALHA DE ATOLEIROS Passaram 627 anos, desde que os Portugueses e os Espanhóis, se defrontaram na batalha de Atoleiros. Mais uma vez se comemorará na Vila de Fronteira, a vitoria dos Portugueses, que

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO O LIVRO DIDÁTICO, A POESIA E O LEITOR: UM ESTUDO DAS ATIVIDADES PROPOSTAS PARA ALUNOS DE 3ª SÉRIE

Leia mais

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL Brasília, 04 de maio de 2000 Muitos dos Senhores que estão aqui hoje me conhecem e podem portanto imaginar o quanto é importante e especial para mim este dia. Ver

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

Eduardo Branco, presidente da APAN. É preciso. regressar. ao consumo. Pág. 30

Eduardo Branco, presidente da APAN. É preciso. regressar. ao consumo. Pág. 30 Eduardo Branco, presidente da APAN É preciso regressar ao consumo Pág. 30 Fátima de Sousa jornalista fs@briefing.pt "A quadratura do círculo é sermos mais eficientes, ou seja, conseguirmos fazer mais com

Leia mais

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br TRANQUILIDADE FAMILIAR www.viveresaber.com.br OFERECIDO POR: www.viveresaber.com.br Desenvolvido por: ADELINO CRUZ Consultor, Palestrante e Diretor da Viver e Saber; Bacharel em Comunicação Social; Foi

Leia mais

Testemunha fiel Defender a vida até a morte

Testemunha fiel Defender a vida até a morte Bíblia:- A Sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta Como funcionava a sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta Testemunha fiel Defender a vida até a morte Nona Parte Por que querem matar Jesus? 1 Porque

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Produção executiva: MK Music / Masterização: Max Motta no MK Studio /

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca INAUGURAÇÃO DA NOVA CIDADE DE CANINDÉ

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2005

PLANO DE ACTIVIDADES 2005 PLANO DE ACTIVIDADES 2005 INTRODUÇÃO Com o presente documento procuramos dar cumprimento ao estabelecido na Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/02, de 11 de

Leia mais

AS APRESENTAÇÕES DO TEATRO AMADOR SÃO-JOANENSE - INÍCIO DO SÉCULO XX

AS APRESENTAÇÕES DO TEATRO AMADOR SÃO-JOANENSE - INÍCIO DO SÉCULO XX IV Reunião Científica de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas AS APRESENTAÇÕES DO TEATRO AMADOR SÃO-JOANENSE - INÍCIO DO SÉCULO XX Maria Tereza Gomes de Almeida Lima (UFSJ) GT:História das Artes do

Leia mais

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO 2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO NOME: Jaguarari, outubro de 2010. CADERNO DO 6º E 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2010 Numa carta de Papai Noel destinada às crianças, ele comunica que não será

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 26 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 26 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 26 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 1. TEMA: Amor ao Próximo. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: Levar as crianças a se sensibilizarem

Leia mais

Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária.

Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária. Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária. Histórico e Justificativa No ano de 2012, ao participar de uma quadrilha temática, em homenagem ao

Leia mais

Quais seriam, então, essas condições? Vejamos:

Quais seriam, então, essas condições? Vejamos: Discurso do Presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, na inauguração do Instituto de Renascimento Africano (Pretória, 11 de outubro de 1999) P residente, Ilustres Dignatários da África, Secretário Geral

Leia mais

HINÁRIO O PASSARINHO. Tema 2012: Flora Brasileira Stifftia chrysantha. George Washington

HINÁRIO O PASSARINHO. Tema 2012: Flora Brasileira Stifftia chrysantha. George Washington HINÁRIO O PASSARINHO Tema 2012: Flora Brasileira Stifftia chrysantha George Washington 1 www.hinarios.org 2 I HOMENAGEM A SÃO JOÃO Neucilene 14/09/2001 Marcha Eu estou perante esta mesa Aqui dentro deste

Leia mais

Câmara dos Deputados Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação Escrevendo a História - Série Estrangeira

Câmara dos Deputados Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação Escrevendo a História - Série Estrangeira Discurso proferido na sessão de 04 de novembro de 1959, publicado no DCD de 05 de novembro de 1959, página 8063. O SR. JOVITO VILLALBA (Sem revisão do orador) Exmo. Sr. Presidente da Câmara dos Deputados

Leia mais

BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada

BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS Onde tem bruxa tem fada ILUSTRAÇÕES: SUPPA PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Onde tem bruxa tem fada BARTOLOMEU

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO Alocução de Sua Excelência Kay Rala Xanana Gusmão Primeiro-Ministro da República Democrática de Timor-Leste por ocasião da Primeira Conferência

Leia mais

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele.

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele. 1 Marcos 3:13 «E (Jesus) subiu ao Monte e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar, e para que tivessem o poder de curar as enfermidades

Leia mais

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A O LIVRO SOLIDÁRIO Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A 1 Era uma vez um rapaz que se chamava Mau-Duar, que vivia com os pais numa aldeia isolada no Distrito de Viqueque, que fica

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

TEXTO 1. 1.Texto de problematização:

TEXTO 1. 1.Texto de problematização: TEXTO 1 1.Texto de problematização: A partir de 1922, o quadro começa a se modificar. Apesar dos presidentes Arthur Bernardes e Washington Luís pertencerem ainda ao esquema do café com leite, a nova situação

Leia mais

Auto de Proclamação da República (7 Outubro de 1910) Cota CMPV 4343 Auto de Proclamação

Auto de Proclamação da República (7 Outubro de 1910) Cota CMPV 4343 Auto de Proclamação Auto de Proclamação da República (7 Outubro de 1910) Cota CMPV 4343 Auto de Proclamação NEWSLETTER: Dando continuidade à nossa nova rubrica on-line: Páginas de História com Estórias, passamos a apresentar

Leia mais

Comemorando o 1º Congresso Internacional da JAC realizado em Lourdes (França) por ocasião de seu 1º aniversário.

Comemorando o 1º Congresso Internacional da JAC realizado em Lourdes (França) por ocasião de seu 1º aniversário. Comemorando o 1º Congresso Internacional da JAC realizado em Lourdes (França) por ocasião de seu 1º aniversário. A JUVENTUDE AGRÁRIA CATÓLICA (JAC) É um movimento organizado para os jovens rurais, visando

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E DESPORTO R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O RICARDO JORGE MARCELO ALMEIDA RELATÓRIO PARA A OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

MEMÓRIAS DOS APOSENTADOS CARLOS EDSON MARTINS PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO NA ENTRÂNCIA ESPECIAL

MEMÓRIAS DOS APOSENTADOS CARLOS EDSON MARTINS PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO NA ENTRÂNCIA ESPECIAL MEMÓRIAS DOS APOSENTADOS CARLOS EDSON MARTINS PROMOTOR DE JUSTIÇA APOSENTADO NA ENTRÂNCIA ESPECIAL Início na carreira A bem da verdade nunca havia sonhado em ser promotor. Foi na faculdade, sob a influência

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ).

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Ocupo a tribuna para agradecer a população do Estado do Rio de Janeiro, muito particularmente

Leia mais

GAZETA DO POVO Vida e Cidadania

GAZETA DO POVO Vida e Cidadania GAZETA DO POVO Vida e Cidadania MISÉRIA frente da Catedral: pastoral tenta tirar moradores do isolamento AO RELENTO Encontro de oração das terças à noite na A Curitiba do sereno Curitiba tem cerca de 2,7

Leia mais

Economia Internacional

Economia Internacional Economia Internacional A abertura de novos mercados criou condições para que a produção econômica mundial crescesse em mais de 150% desde 1980, com a poluição aumentando no mesmo ritmo. Amplo consenso

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

O cristianismo que vivemos

O cristianismo que vivemos O cristianismo que vivemos TEXTO BÍBLICO BÁSICO Lucas 12.16-21,0-2 16 - E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; 17 - E arrazoava ele entre si, dizendo:

Leia mais

Totaes. Classes LOJAS Cidade Fóra da Cidade

Totaes. Classes LOJAS Cidade Fóra da Cidade Estatistica das casas e lojas sujeitas aos Impostos de que trata o Regulamento de 15 de Junho de 1844, da Provincia de para o anno financeiro de 1844-1845 Classes LOJAS Cidade Fóra da Cidade Totaes 1 Armadores

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de regulamentação

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

01. (CESGRANRIO) Há concordância nominal inadequada em: a) clima e terras desconhecidas;

01. (CESGRANRIO) Há concordância nominal inadequada em: a) clima e terras desconhecidas; 01. (CESGRANRIO) Há concordância nominal inadequada em: a) clima e terras desconhecidas; b) clima e terra desconhecidos; c) terras e clima desconhecidas; d) terras e clima desconhecido; e) terras e clima

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

Nos últimos tempos nesta questão enquanto uns progridem outros, com especial relevo para a ilha Graciosa, regridem.

Nos últimos tempos nesta questão enquanto uns progridem outros, com especial relevo para a ilha Graciosa, regridem. Intervenção do Senhor Deputado João Cunha na sessão plenária de 19 de Fevereiro de 2003 Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhora e Senhores Membros do Governo TRANSPORTES Os

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

O GATO LATIU. Cleusa Sarzêdas. Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização da Autora.

O GATO LATIU. Cleusa Sarzêdas. Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização da Autora. 1 O GATO LATIU Cleusa Sarzêdas Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização da Autora. A Autora gostaria de receber um e-mail de você com seus comentários

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

NEWS. 02 Ainda sobre a magia do tango. 03 SegundAlternativa com show de abraços. 06 Atividades do Espaço VIRALAPA

NEWS. 02 Ainda sobre a magia do tango. 03 SegundAlternativa com show de abraços. 06 Atividades do Espaço VIRALAPA VIRALAPA News 10 de março de 2015 Pág 1 NEWS MensagemdoEditor PERCY RODRIGUES Edição 48 Ano IV 10 de março de 2015 Informativo de Dança exclusivo do IBT e Espaço VIRALAPA LEIA NESTA EDIÇÃO NESTA EDIÇÃO,

Leia mais

O Espiritismo é a Luz do Cristo Jesus.

O Espiritismo é a Luz do Cristo Jesus. 2 1 O Espiritismo é a Luz do Cristo Jesus. Ele era manso como os cordeiros e a sua palavra tinha a doçura de uma brisa num dia quente. Nada queria dos humanos, tudo prometia e dava a humanidade. Sua palavra

Leia mais

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer Crianças e jovens numa visita de estudo, Moçambique 2008 Produzir materiais informativos sobre cada um dos temas e distribuir em toda a escola

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Do Sr. Rogério Carvalho) Altera a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1967, que institui o Código Eleitoral, para vetar a venda e consumo de bebida alcoólica no dia das eleições.

Leia mais

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente!

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente! Círculo de Casais - Dirigentes: Abel e Lourdinha Passos Paróquia são Francisco Xavier Niterói RJ 19/12/03 Comentarista: Chegou o Natal! Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para

Leia mais

NEWS. 02 Ainda sobre a magia do tango. 03 SegundAlternativa com show de abraços. 06 Atividades do Espaço VIRALAPA

NEWS. 02 Ainda sobre a magia do tango. 03 SegundAlternativa com show de abraços. 06 Atividades do Espaço VIRALAPA VIRALAPA News 10 de março de 2015 Pág 1 NEWS MensagemdoEditor PERCY RODRIGUES Edição 48 Ano IV 10 de março de 2015 Informativo de Dança exclusivo do IBT e Espaço VIRALAPA LEIA NESTA EDIÇÃO NESTA EDIÇÃO,

Leia mais

Governo das Sociedades E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Governo das Sociedades E RESPONSABILIDADE SOCIAL Governo das Sociedades E RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS 23-2-2015 Carlos Tavares 1. Quando falamos em governo das sociedades e no papel da respectiva regulação, a primeira questão que se nos depara

Leia mais

Antologia Poética de Bertolt Brecht

Antologia Poética de Bertolt Brecht Antologia Poética de Bertolt Brecht Nada é impossível de mudar Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que

Leia mais

Lygia Fagundes. A Disciplina do Amor. Memória e Ficção. Noemi Jaffe. Nova edição revista pela autora. posfácio de

Lygia Fagundes. A Disciplina do Amor. Memória e Ficção. Noemi Jaffe. Nova edição revista pela autora. posfácio de Lygia Fagundes Telles A Disciplina do Amor Memória e Ficção Nova edição revista pela autora posfácio de Noemi Jaffe Copyright 1980, 2010 by Lygia Fagundes Telles Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 82 Discurso em solenidade realizada

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS lano de Activida e es Orçamento PPI 2012 À INTRODUCÃO Para cumprimento do disposto na alínea a) do n 2 do artigo 34 da lei n 169/99 de 18 de Setembro, na redacção que lhe

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca verenciar e amar, que não podemos

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais