Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r"

Transcrição

1 EUSPELHO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

2 EUSPELHO Este livro explica como você pode usar sua realidade para obter autoconhecimento. Boa leitura! 01 CAOS E REFLEXO Reflexo é o principio universal que possibilita e organiza a brincadeira de criação de realidade. O oposto de reflexo é caos. Caos é a ideia de realidade sem criador, forma sem fôrma, produto sem fábrica. Caos é também a ideia de que a realidade que você experimenta não tem nenhuma relação com você. Então, caos é ideia de que você é vítima da sua realidade, ao invés de criador dela. Caos é um equívoco. Realidade é reflexo do criador. Sua realidade é EUspelho, ou seja, reflexo seu. O livro Fábrica da Realidade explica como cada um idealiza, realiza e experimenta sua própria realidade. Este livro é para explicar como podemos usar a realidade que já estamos experimentando para fazer o caminho reverso e obter autoconhecimento. 02 VÍTIMA OU AUTOR? A realidade que você experimenta é sua história, então, antes de praticar autoconhecimento, você deve se perguntar e se responder com sinceridade: QUEM ESTÁ CRIANDO MINHA HISTÓRIA? Se sua resposta for qualquer resposta diferente de Eu sou o criador da minha história, você deve abandonar a prática do autoconhecimento, pois como você pode tomar consciência da razão de ser da sua história, se você não é o criador da sua história, se você é apenas vítima? Você deve abandonar também qualquer tentativa de viver bem, pois como alterar uma realidade da qual você não é a causa? Impossível. 03 OLHAR PARA FORA Autoconhecimento é você olhar para fora. Isto mesmo! Para fora! Porém, ciente de que olhar para fora é olhar para dentro. Como assim? Você é a fábrica da sua realidade, ou seja, autor da sua história. Então, nada em sua história é aleatório, caótico ou injusto. Tudo é reflexo. Reflexo não é justo, nem injusto, reflexo é justiça. Reflexo é o que garante que a imagem no espelho seja justamente a mesma de quem está olhando para ele. Reflexo é o que possibilita e mantém funcionando a brincadeira de imagem e semelhança. É por isto que autoconhecimento é você olhar para fora. É através do que você vê do lado de fora que você toma consciência do que está acontecendo do lado de dentro. Espelho não mente, reflete. Realidade também não mente, reflete. Sua história externa é reflexo de sua história interna. O que você vê do lado de fora é seu lado de dentro espelhado. 02

3 04 IMAGEM SEM SEMELHANÇA A história externa que você experimenta é imagem e semelhança do seu funcionamento interno. Assim, quando você está funcionando bem internamente, sua história externa reflete isto, é imagem e semelhança. Quando você está funcionando mal internamente, sua história externa também reflete isto, é imagem SEM semelhança. 05 HISTÓRIA TERAPÊUTICA Quando você está funcionando mal internamente, você inicia um processo de reajuste, ou seja, um processo de cura. Como você faz isto? Você produz uma história terapêutica para que você possa tomar consciência das mentalidades desajustadas, e assim efetuar o reajuste. Durante uma história terapêutica, tudo que você experimenta é processo de cura. Durante uma história terapêutica, o que você chama de pai, mãe, marido, esposa, irmãos, filhos, família, etc, é apenas o cenário do seu processo de cura. O que você chama de sociedade, cultura, cidade, religião, profissão, economia, politica, comercio, governo, filosofia, etc, é apenas o cenário do seu processo de cura. O que você chama de comida, transito, conversa, trabalho, férias, ônibus, gripe, é apenas o cenário do seu processo de cura. Enfim, nada do que você experimenta durante uma história terapêutica, tem outro propósito, senão servir de cenário para autoconhecimento e cura. 06 SINTOMA Como você pode saber se você está se dando uma história terapêutica? Observando a qualidade do seu viver. Se você está vivendo mal, então, sim, você está em imagem SEM semelhança, e está se dando uma história terapêutica. 07 DOENÇA DO EQUÍVOCO Tudo que você experimenta durante uma história terapêutica tem o propósito de lhe servir como processo de cura. Mas cura do que? Qual é sua doença? Sua doença é a DOENÇA DO EQUÍVOCO. São dois equívocos: OUTROÍSMO SUBMISSO Equívoco de acreditar que o outro tem competência em saber, querer e optar por você. OUTROÍSMO IMPOSITIVO Equívoco de acreditar que você tem competência em saber, querer e optar pelo outro. 03

4 08 MEDICINA DO ÓBVIO Sendo que sua doença é um equívoco, só existe uma medicina capaz de curála: consciência. Imagine que você estivesse de olhos fechados e eu lhe pedisse para ajustar os ponteiros de um relógio. Seria um problema, não seria? Como você poderia resolver facilmente este problema? Abrindo os olhos. Só existe um jeito de resolver qualquer problema, porque só existe um problema a ser resolvido: ignorância. Por isto que a medicina para curar equívocos é a medicina do óbvio. 09 CEBOLA DE EQUÍVOCOS Durante uma história terapêutica você experimenta muito sofrimento, e tenta resolver seu sofrimento atuando sobre sua realidade. Isto é outro equívoco. É equívoco dentro do equívoco. O primeiro equívoco é que sua realidade é apenas reflexo do seu desajuste, é efeito, não é causa. O segundo equívoco é que seu sofrimento não vem da realidade que você está experimentando, mas de você mesmo. Seu sofrimento é tipo uma febre que lhe informa que você está doente, mas a febre não é a doença. Tentar curar um equívoco cometendo outro equívoco, só perpetua seu sofrimento. Por isto você fracassa repetidamente. Porém, quanto mais fracassa, mais sofre, e quanto mais sofre, mais insiste no equívoco. É assim que você vai se aprisionando dentro de uma cebola de equívocos. 10 DESCASCANDO A CEBOLA Numa história terapêutica sua realidade é produto da sua cebola de equívocos. Assim, para que você possa fazer bom uso da sua história terapêutica e obter cura, você deve descascar sua realidade até que seus equívocos fiquem óbvios, evidentes, conscientes para você. Descascar a realidade é descobrir a história que cada camada da sua história terapêutica tem para te contar. Descascar a realidade é olhar para realidade como um espelho, para obter autoconhecimento e cura. 11 HISTÓRIA AO VIVO Você é três: Idealizador, Realizador e Experimentador da sua realidade. Idealizador significa que você é autor da sua história. Realizador significa que você é escritor da sua história. Experimentador significa que você é leitor da sua história. O que você chama de MINHA VIDA é você idealizando, realizando e lendo sua história em tempo real (ao vivo). 04

5 12 QUATERNÁRIO HUMANO Sua história é única, porém, assim como as diferentes músicas são feitas das mesmas sete notas, as diferentes histórias humanas são variações de apenas quatro temas. Todas as histórias humanas tem apenas quatro histórias para contar. 13 PRINCÍPIO DA INCERTEZA Incerteza não é ausência de certeza, é multiplicidade de certezas. A função da incerteza é lhe dar liberdade criativa na produção de entendimento. É devido ao princípio da incerteza que você pode criar seu próprio critério de entendimento (verdadeiro e falso) e também alterá-lo. Numa história terapêutica de INCERTEZA, você cria e experimenta realidades de REPROVAÇÃO de suas certezas para tomar consciência do seu outroismo racional. 14 PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA Insignificância não é ausência de valor, é multiplicidade de valores. A função da insignificância é lher dar liberdade criativa na produção de valores. É devido ao princípio da insignificância que você pode criar seu próprio critério de valor (caro e nulo) e também altera-lo. Numa história terapêutica de INSIGNIFICÂNCIA, você cria e experimenta realidades de DESPREZO dos seus valores para tomar consciência do seu outroismo afetivo. 15 PRINCÍPIO DA INSATISFAÇÃO Insatisfação não é ausência de satisfação, é multiplicidade de satisfações. A função da insatisfação é lhe dar liberdade criativa na produção de gostos. É devido ao princípio da insatisfação que você pode criar seu próprio critério de gosto (bom e ruim) e também altera-lo. Numa história terapêutica de INSATISFAÇÃO, você cria e experimenta realidades de PRIVAÇÃO da sua satisfação para tomar consciência do seu outroismo sensorial. 16 PRINCÍPIO DA IMPERMANÊNCIA Impermanência não é ausência de permanência, é multiplicidade de estados. A função da impermanência é lhe dar liberdade criativa na produção de estados. É devido ao princípio da impermanência que você pode criar seu próprio critério de estados (bem e mal) e também altera-lo. Numa história terapêutica de IMPERMANÊNCIA, você cria e experimenta realidades de PREJUÍZO do seu benefício para tomar consciência do seu outroismo físico. 05

6 17 PERGUNTA REVELADORA Para descascar uma realidade, você deve se perguntar: QUE HISTÓRIA ESTA HISTÓRIA TEM PARA ME CONTAR? Vou usar um exemplo. Para fins de estudo, assuma que a história a seguir é sua: HISTÓRIA FACTUAL: Sua esposa/marido convida você para correr no parque com a turma do bairro. A corrida começa as 6 da manhã. Sua esposa/marido lhe pergunta se você aceita ir, e você aceita. Ela/ele diz que vai programar o despertador, mas se estiver chovendo não haverá corrida. Você começa a pensar: Tomára que chova! Para descascar essa realidade, você deve se perguntar assim: Por que estou pensando: Tomára que chova!? Se chover não tem corrida. E daí que se chover não tem corrida? Daí, eu posso dormir até tarde. E daí que posso dormir até tarde? Eu desejo o prazer de dormir até tarde. E o que me impede de realizar meu desejo de dormir até tarde? O que me impede e que concordei em ir. Mas se desejo dormir, porque concordei? Eu concordei para agradar o outro. Por que estou tentando agradar o outro? Não quero que o outro se sinta desagradado com minha opção. Por que não quero que o outro se sinta desagradado com minha opção? Quero que o outro fique contente com minha opção. Por que quero que o outro fique contente com minha opção? Não quero que o outro me rejeite, me despreze. Por que não quero que o outro me rejeite, me despreze? 06

7 Quero que o outro me ame. Por que quero que o outro me ame? Quero amor, apreço, aceitação. Para ter amor, apreço, aceitação, o que estou fazendo comigo? Estou me desprezando e desvalorizando meu próprio desejo de dormir. Voltando ao começo. QUE HISTÓRIA ESTA HISTÓRIA TODA TEM PARA ME CONTAR? Que estou sendo outroista duas vezes (afetivo e sensorial). Sensorial, pois estou responsabilizando a chuva pela realização do meu prazer de dormir até tarde, e afetivo, pois estou responsabilizando minha esposa/marido pela realização do meu desejo de afeto (apreço). 18 AUTOCURA Descobrir a história que sua história tem para te contar é praticar autoconhecimento. Quanto mais você pratica, mais eficiência e rapidez adquire no processo de descoberta. Boa prática! 07

8 O QUE É 1FICINA? 1ficina é uma prestação de serviço consciencial a disposição do ser humano. A prestação de serviço da 1ficina é diferente, autônoma, inspirada, voluntária, universalista, prática e gratuita. A função da 1ficina é ajudar cada 1 em seu processo de auto-realização. A estratégia que a 1ficina utiliza para isto é o despertar da consciência. A ferramenta que a 1ficina utiliza é a comunicação. A 1ficina é praticante da ciência do óbvio e da autociência. MARCELO FERRARI Sou autor e coordenador da 1ficina. Tenho 45 anos e moro em Uberlândia, MG. Sou curioso, inventivo e teimoso desde que nasci. Não tenho formação acadêmica em filosofia, nem psicologia. Minha escola para entender a experiência humana é minha própria experiência humana. Se você tem internet, estamos a um click de distância. Disponha. DECLARAÇÃO DE UNIVERSALIDADE Eu honro e celebro eu. Eu honro e celebro você. Eu honro e celebro nós. Eu honro e celebro minha diferença. Eu honro e celebro sua diferença. Eu honro e celebro nossa diferença. Eu sou outro você. Você sou outro eu. Nós somos todos e cada um. Toda exclusão e desrespeito que em mim chega de mim não passa. Eu sou por minha unicidade. Eu sou por sua unicidade. Eu sou por nossa unicidade. Que meu viver confirme minhas palavras e assim seja! 08

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONTROL+EU. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONTROL+EU Você não sofre porque tem uma programação mental, você sofre porque sua programação

Leia mais

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

NEWPLAY. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r NEWPLAY Este livro é para ajudar você a lidar melhor com seus traumas. Boa leitura! 01 VIVER É TRAUMATIZANTE

Leia mais

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Ser humano não é ser uma pessoa, ser humano é ser um aluno. Aluno de que e de quem?

Leia mais

E, algumas vezes, a pessoa que mais precisa do seu perdão é você mesmo. Devemos nos lembrar que, ao dormirmos, o corpo astral sai do corpo físico.

E, algumas vezes, a pessoa que mais precisa do seu perdão é você mesmo. Devemos nos lembrar que, ao dormirmos, o corpo astral sai do corpo físico. MEDITAÇÃO DO PERDÃO Jesus ensinou que devemos perdoar a alma de todas as pessoas, pedindo ao Criador que detenha o lado negativo dela. Não importa o grau de negatividade de alguém, precisamos sempre perdoar,

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

Vivendo e aprendendo em família

Vivendo e aprendendo em família Vivendo e aprendendo em família VERSÍCULO BÍBLICO Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Sou a nona filha entre dez irmãos. Nasci numa cultura com padrões rígidos de comportamento e com pouco afeto. Quando eu estava com um ano e quatro meses, contraí poliomielite que me deixou com sequelas

Leia mais

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É Descobrindo-se... Fácil é olhar à sua volta e descobrir o que há de

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas FUMEC Curso de Psicologia Abordagem Centrada na Pessoa

Faculdade de Ciências Humanas FUMEC Curso de Psicologia Abordagem Centrada na Pessoa Faculdade de Ciências Humanas FUMEC Curso de Psicologia Abordagem Centrada na Pessoa ACEITAÇÃO Ruy Miranda 1. O que é aceitação? Aceitar significa receber. Uma pessoa recebe a outra, abre as portas para

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

1. Eu tenho problema em ter minhas necessidades satisfeitas. 1 2 3 4 5 6

1. Eu tenho problema em ter minhas necessidades satisfeitas. 1 2 3 4 5 6 FIAT Q Questionário de Relacionamento Interpessoal Glenn M. Callaghan Department of Psychology; One Washington Square, San Jose University, San Jose CA 95192-0120 Phone 08) 924-5610 e fax (408) 924 5605.

Leia mais

Músicas Para Casamento

Músicas Para Casamento Músicas Para Casamento 01. Você e Eu - Eliana Ribeiro 7M 7M C#m7 F#7/5+ F#7 Bm7 Quero estar com você, / Lembrar de cada momento bom; C#m7 m7 C#m7 #m7 Em7 7/9 Reviver a nossa história, nosso amor. 7M #m7/5-

Leia mais

Encontros de vida que se faz vivendo.

Encontros de vida que se faz vivendo. Encontros de vida que se faz vivendo. Thatiane Veiga Siqueira 1 A menina do coração de chocolate. Juliana tem nove anos, é uma menina de olhos esbugalhados, com sorriso fácil, ao primeiro olhar já se vê

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

Imagens Mentais Por Alexandre Afonso

Imagens Mentais Por Alexandre Afonso 2 Imagens Mentais Por Alexandre Afonso 1ª Edição, 08/04/2016 As novas edições serão sempre disponibilizadas no link: http://alexandreafonso.com.br/e book imagens mentais 2016 alexandreafonso.com.br. Todos

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se pode imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

O PASTOR AMOROSO. Alberto Caeiro. Fernando Pessoa

O PASTOR AMOROSO. Alberto Caeiro. Fernando Pessoa O PASTOR AMOROSO Alberto Caeiro Fernando Pessoa Este texto foi digitado por Eduardo Lopes de Oliveira e Silva, no Rio de Janeiro, em maio de 2006. Manteve-se a ortografia vigente em Portugal. 2 SUMÁRIO

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Autora: Tell Aragão Personagens: Voz - não aparece mendigo/pessoa Nervosa/Ladrão faz os três personagens Menina 1 Menina 2 Voz: Era uma vez, duas irmãs que ganharam dois

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015 Ficha da semana 4º ano A/B/C. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Eu queria testar a metodologia criativa com alunos que eu não conhecesse. Teria de

Leia mais

Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br

Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br Ensinamentos de Grigori Grabovoi Luciano Debastiani Facilitador Autorizado Grabovoi Sobre todos os conteúdos que possuem a expressão cura, curar,

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Mediunidade (Consciência, Desenvolvimento e Educação) Palestrante: Vania de Sá Earp Rio de Janeiro 16/06/2000 Organizadores da palestra:

Leia mais

Oração 1. Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz!

Oração 1. Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz! Oração 1 Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz! Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida,

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Neste inicio de curso de Formação em Coaching e Mentoring do Sistema ISOR, eu quero fazer a seguinte pergunta: o que vocês mais querem da vida hoje? Alguém pode começar?

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 24 SIRVAM UNS AOS OUTROS Sinônimos: Ajudem-se mutuamente. Cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros. O nosso mundo emprega vários critérios para avaliar a grandeza de alguém. É grande

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa Este questionário contém perguntas sobre as tuas experiências e tipo de aprendizagem na disciplina de Ciências Naturais. Não há respostas correctas nem erradas, apenas as que correspondem à forma como

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

coleção Conversas #9 - junho 2014 - m i o o Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #9 - junho 2014 - m i o o Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. sou Eu Por do que coleção Conversas #9 - junho 2014 - Candomblé. tã estou sen d o o discri m i na da? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE

RELATÓRIO DE ATIVIDADE RELATÓRIO DE ATIVIDADE A IMPORTÂNCIA DE CADA ALIMENTO Coordenador da atividade: Thaís Canto Cury Integrantes da equipe: Manha: Bianca Domingues, Fernando Peixoto e Juliana Ravelli Tarde: Thaís Cury, Thalita

Leia mais

Entrevistado por Maria Augusta Silva. Entrevista realizada na ocasião em que recebeu o Prémio Nacional de Ilustração.

Entrevistado por Maria Augusta Silva. Entrevista realizada na ocasião em que recebeu o Prémio Nacional de Ilustração. ANDRÉ LETRIA Entrevistado por Maria Augusta Silva Entrevista realizada na ocasião em que recebeu o Prémio Nacional de Ilustração. Um traço sinónimo de qualidade. Desenho e cor para a infância. Aos 26 anos

Leia mais

Comunicação Não Violenta

Comunicação Não Violenta Comunicação Não Violenta Ana Paula Franke Eder Conrado de Oliveira Mariangela Marini SIPAT 2013 21 de outubro O QUE É CNV? A Comunicação Não-Violenta é um processo de entendimento que facilita a harmonização

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 1 de agosto de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r CONVERSANDO COM A PERFEIÇÃO PERFEIÇÃO: Olá! Eu sou a perfeição. Vamos conversar?

Leia mais

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação 1 1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação O objetivo principal de Introdução Filosofia é despertar no aluno a percepção que a análise, reflexão

Leia mais

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #11 - agosto 2014 - Não quero s o a negra a m e pr s s eu e n ta min Respostas r pais. So perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. h u a n ra a m cis o t r a a?

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

A aposentadoria do serralheiro

A aposentadoria do serralheiro A aposentadoria do serralheiro Roberto Ribeiro Paterlini 1 1 Introdução Há algum tempo estava em casa lendo prazerosamente Um Poeta, um Matemático e um Físico, quando alguém bateu à porta Era o Sr Alcides

Leia mais

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL)

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) % ABERTURA JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) Esta avaliação é constituída de 20 questões possíveis de ocorrer em uma empresa. Cada questão é composta por duas afirmativas. Você deve analisar

Leia mais

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês 3 Truques Para Obter Fluência no Inglês by: Fabiana Lara Atenção! O ministério da saúde adverte: Os hábitos aqui expostos correm o sério risco de te colocar a frente de todos seus colegas, atingindo a

Leia mais

O Espírito de Religiosidade

O Espírito de Religiosidade O Espírito de Religiosidade Pr. Alcione Emerich Como vive um Cristão Salvo contaminado ou infectado pelo Espírito de Religiosidade Hoje será um Culto de Libertação, vamos quebrar esta maldição em nossas

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você.

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. 13 SE VOCÊ CRÊ Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. Isto é assim porque os seus pensamentos surgem de suas características

Leia mais

LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS

LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS Tenho observado e tentado entender do porquê de tanta venda destes livros considerados de Autoajuda e ao mesmo

Leia mais

UM NOVO JEITO DE ORAR!

UM NOVO JEITO DE ORAR! Semana 13 a 18 de Julho célula@pibnet.com.br Momento 1-30 min- Quebra-Gelo e Lanche. Líder: nesse momento de chegada das pessoas priorize servir o lanche e ter um momento de descontração. Momento 2 - NOVA

Leia mais

ENTREVISTA A ESTHER LISKA

ENTREVISTA A ESTHER LISKA ENTREVISTA A ESTHER LISKA Mentora dos projetos Glow Branding You/ Glow Lunch De mulheres para Mulheres! IS Gostaria que nos falasse um pouco sobre o seu percurso, a sua carreira, como tudo começou EL -

Leia mais

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho Laila Vane) - Setembro de 2014 Eben conrado Eben conrado Eben conrado Vamos nos preparar para analisar? 1- Headlines do conrado Headlines

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Revista Sul-americana de Filosofia e Educação RESAFE A FILOSOFIA E A NOVIDADE DO PENSAMENTO

Revista Sul-americana de Filosofia e Educação RESAFE A FILOSOFIA E A NOVIDADE DO PENSAMENTO 83 Relato de experiência A FILOSOFIA E A NOVIDADE DO PENSAMENTO Vânia Mesquita 1 Resumo: O presente relato busca introduzir a discussão sobre o filosofar em sala de aula como uma importante possibilidade

Leia mais

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor Prefácio Nesse treinamento vou compartilhar o que os empresários do ramo de SEGURANÇA ELETRÔNICA não compartilham com ninguém, aliás, nenhum empresário quer contar o segredo de suas Empresas, Correto?

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Indice. Bullying O acaso... 11

Indice. Bullying O acaso... 11 Indice Bullying O acaso... 11 Brincadeira de mau gosto. Chega! A história... 21 O dia seguinte... 47 A paixão... 53 O reencontro... 61 O bullying... 69 9 Agosto/2010 O acaso Terça-feira. O sol fazia um

Leia mais

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar..

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar.. Introdução O que você faria se descobrisse um método, altamente lucrativo que te permite trabalhar exclusivamente pela internet? Um método que você pode trabalhar aonde quiser e quando quiser, usando apenas

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m.

AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 27 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 27 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r AMOR FÁCIL, DIFÍCIL E IMPOSSÍVEL Amar pode ser fácil, pode ser difícil, mas

Leia mais

1 A s L e i s d o U n i v e r s o R i c a r d o S a n t o s

1 A s L e i s d o U n i v e r s o R i c a r d o S a n t o s 1 A s L e i s d o U n i v e r s o R i c a r d o S a n t o s As Leis do Universo e Seus Princípios Ninguém esta destinado a viver uma vida infeliz consumida em medo em preocupação, sofrendo com doenças

Leia mais

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal.

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. ONDA GOSPEL - Quando revelou ao seu amigo, Luis Melancia a vontade de adquirir a rádio,

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana.

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Devocionais 1 Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Deus escolhe pessoas para transmitir a sua mensagem. No entanto, essas mensagens algumas vezes contêm mistérios e significados

Leia mais

Estrelas Estrelas nos olhos... Ele tem um brilho intenso nos olhos... Tem um brilho que se expande em estrelas nos meus olhos... Faz pensar...em ser brilho... Brilho nos olhos dele... Perfume de Amor Flor,

Leia mais

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem?

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Unschooling Life Podcast #2 Por que desescolarizar? Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Eu fui em busca de pais que desescolarizam seus filhos para fazer essa

Leia mais

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015!

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! Você sabia que 95% das pessoas que traçam planos de Ano Novo NUNCA os seguem adiante? A razão é que a maioria das pessoas não entende o processo

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Sumário. Bloqueio criativo. Central Park West / 115. Riverside Drive / 7 Old Saybrook / 67

Sumário. Bloqueio criativo. Central Park West / 115. Riverside Drive / 7 Old Saybrook / 67 Sumário Bloqueio criativo Riverside Drive / 7 Old Saybrook / 67 Central Park West / 115 Bloqueio criativo RIVERSIDE DRIVE A cortina sobe num dia cinzento em Nova York. Pode haver até um pouco de nevoeiro.

Leia mais

Produzido para você por: Clube Monetizar

Produzido para você por: Clube Monetizar Produzido para você por: Clube Monetizar Publicado por: Wanderson Bessa Copyright 2016 Clube Monetizar Todos os Direitos Reservados. Este conteúdo só pode ser compartilhado com os créditos e direitos do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005)

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Lhundrup: Sou um monge budista. Estou muito contente em encontrar vocês. Vocês já encontraram um monge budista antes? Uma paciente:

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

Pensar incomoda como andar à chuva Quando o vento cresce e parece que [chove mais.

Pensar incomoda como andar à chuva Quando o vento cresce e parece que [chove mais. I Eu nunca guardei rebanhos, Mas é como se os guardasse. Minha alma é como um pastor, Conhece o vento e o sol E anda pela mão das Estações A seguir e a olhar. Toda a paz da Natureza sem gente Vem sentar-se

Leia mais

Usa As Minhas Mãos. Intro: C9 G/B Bb/Eb D. Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar

Usa As Minhas Mãos. Intro: C9 G/B Bb/Eb D. Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar Usa As Minhas Mãos Intro: C9 G/B Bb/Eb D G C/G Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar G Am Sei que queres curar cada coração aqui D Am G/B C E

Leia mais

SOFRIMENTO PSÍQUICO NA ADOLESCÊNCIA Marcia Manique Barreto CRIVELATTI 1 Solânia DURMAN 2

SOFRIMENTO PSÍQUICO NA ADOLESCÊNCIA Marcia Manique Barreto CRIVELATTI 1 Solânia DURMAN 2 SOFRIMENTO PSÍQUICO NA ADOLESCÊNCIA Marcia Manique Barreto CRIVELATTI 1 Solânia DURMAN 2 INTRODUÇÃO: Durante muitos anos acreditou-se que os adolescentes, assim como as crianças, não eram afetadas pela

Leia mais

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA?

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? Sonhos, Execução e Responsabilidade. ROBERTO FERMINO (ROCO) Q uer saber... Esta semana você é minha prioridade! Fiquei tão movido pelas dúvidas e mensagens de apoio que o mínimo

Leia mais