Gerenciamento de usuários e grupos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gerenciamento de usuários e grupos"

Transcrição

1 Gerenciamento de usuários e grupos Todo sistema de gerência de usuário possui um id registrado no sistema. Com as informações de registro o Linux pode gerenciar o acesso aos usuários e as suas permissões de acesso. Os administradores de sistema podem gerenciar e controlar todo o acesso a grupos e usuários. Um grupo é conjunto de usuários do sistema. Cada grupo também possui informações que identificam o usuário no sistema, contendo um nome e um número. O que compõem um usuário Item UID GID Redução de User IDentification. Ele identifica o usuário no sistema junto com o login para permitir-lhe o seu acesso. Redução de Group IDentification. É o Número que identifica o grupo do usuário ao qual ele esta inserido. Comment Descreve as características do usuário, geralmente o nome completo Home Corresponde o diretório do usuário quando ele acessa o Directory sistema, onde seus arquivos são armazenados. Path Shell Corresponde ao shell padrão do usuário quando acessa o sistema. Geralmente o Bash. As informações do usuário e senhas são armazenados nos arquivos /etc/passwd e /etc/shadow, e as informações sobre os grupos em /etc/group e /etc/gshadow. Nesse arquivo é armazenado as informações separadas por (: ) da seguinte forma: nome usuário:senha:id usuário:id grupo:descrição:diretório:shell Por exemplo: x:1000:1000: do aluno1,,,:/home/aluno1:/bin/bash # /etc/passwd root:x:0:0:root:/root:/bin/bash daemon:x:1:1:daemon:/usr/sbin:/bin/sh bin:x:2:2:bin:/bin:/bin/sh sys:x:3:3:sys:/dev:/bin/sh sync:x:4:65534:sync:/bin:/bin/sync games:x:5:60:games:/usr/games:/bin/sh man:x:6:12:man:/var/cache/man:/bin/sh lp:x:7:7:lp:/var/spool/lpd:/bin/sh

2 mail:x:8:8:mail:/var/mail:/bin/sh news:x:9:9:news:/var/spool/news:/bin/sh uucp:x:10:10:uucp:/var/spool/uucp:/bin/sh proxy:x:13:13:proxy:/bin:/bin/sh www-data:x:33:33:www-data:/var/www:/bin/sh backup:x:34:34:backup:/var/backups:/bin/sh list:x:38:38:mailing List Manager:/var/list:/bin/sh irc:x:39:39:ircd:/var/run/ircd:/bin/sh gnats:x:41:41:gnats Bug-Reporting System (admin):/var/lib/gnats:/bin/sh nobody:x:65534:65534:nobody:/nonexistent:/bin/sh Debian-exim:x:100:102::/var/spool/exim4:/bin/false statd:x:101:65534::/var/lib/nfs:/bin/false identd:x:102:65534::/var/run/identd:/bin/false messagebus:x:103:104::/var/run/dbus:/bin/false haldaemon:x:104:106:hardware abstraction layer,,,:/home/haldaemon:/bin/false gdm:x:105:109:gnome Display Manager:/var/lib/gdm:/bin/false aluno1:x:1000:1000:aluno1,,,:/home/aluno1:/bin/bash mysql:x:106:110:mysql Server,,,:/var/lib/mysql:/bin/false cupsys:x:107:105::/home/cupsys:/bin/false O que compõem um grupo Item Name Password GID User list Nome do grupo Constitui a senha de gerenciamento do grupo, não havendo necessidade de preocupar com ela Número de identificação do grupo de usuário Corresponde a lista de usuários do grupo GID As informações dos grupos são armazenados no arquivo /etc/group. Nesse arquivo é armazenado as informações separadas por ( :) da seguinte forma: grupo:senha:id grupo:descrição:lista de usuários Por exemplo: grupo:x:1000:usuário1, usuário2 # /etc/group root:x:0: daemon:x:1:

3 bin:x:2: sys:x:3: adm:x:4: tty:x:5: disk:x:6: lp:x:7: mail:x:8: news:x:9: uucp:x:10: man:x:12: dialout:x:20:aluno1 fax:x:21: voice:x:22: cdrom:x:24:aluno1 floppy:x:25:aluno1 tape:x:26: sudo:x:27: audio:x:29:aluno1 dip:x:30: www-data:x:33: backup:x:34: operator:x:37: list:x:38: irc:x:39: src:x:40: gnats:x:41: shadow:x:42: utmp:x:43: video:x:44:aluno1 sasl:x:45: plugdev:x:46:aluno1 staff:x:50: games:x:60: users:x:100: nogroup:x:65534: crontab:x:101: Debian-exim:x:102: ssh:x:103: messagebus:x:104: avahi:x:105: netdev:x:106:aluno1 lpadmin:x:107: haldaemon:x:108: powerdev:x:109:aluno1 scanner:x:110: ssl-cert:x:111:postgres postgres:x:112: gdm:x:113: aluno1:x:1000: dirmngr:x:114: mysql:x:115: dba:x:1003:

4 Gerenciando usuários e grupos adduser ou useradd - Adiciona um grupo ou usuário no sistema adduser Opção -d específica o diretório home do usuário. -u específica o UID do usuário. -g informa o GID do grupo do usuário -s informa o shell em /etc/shells do usuário. -e data de exclusão da conta do usuário # adduser aluno1 ou # useradd aluno1 -d /home/aluno1 -g grupo -s /bin/bash # passwd aluno1 # mkdir /home/aluno1 # chown -R aluno1 /home/aluno1 passwd - Muda a senha de um usuário passwd -x Específica o número de dias que a senha poderá ser utilizada -w O usuário receberá um alerta para mudar a senha antes de n dias -e Específica a data na qual a conta será desabilitada # passwd aluno1 # passwd (muda senha de root)

5 usermod - modifica as características de um usuário usermod Opção -c comentário -d modificando o diretório home -s Programa que será iniciado quando o usuário logar no sistema -l Novo login do usuário -e Especifica a data de cancelamento da conta de usuário -G Grupos extras dos quais o usuário será membro -g Novo grupo -f desabilita a conta do usuário em N dias após a expiração da senha -u Novo UID # usermod -G grupo usuário $ groups aluno1 (visualiza grupos do usuário) ou $ cat /etc/group

6 chage - Muda informações de expiração de senha de usuário chage (usuário) (opções) Opção -l Exibe informações da expiração da senha de usuário -M (num/dias) Numero máximo de dias até que a senha expire -d Data da ultima alteração da senha Ex: 2008/01/30 (aaaa/mm/dd) Número mínimo de dias entre alterações de senha. -m (num/dias) O valor zero indica que o usuário pode alterar a sua senha a qualquer momento Numero de dias entre a expiração de senha e o -l (num/dias) bloqueio da conta do usuário -E Data da expiração da conta do usuário Ex: (aaaa/mm/dd) 2008/01/30 Indica o numero de dias anteriores á expiração da -W (num/dias) senha que o usuário deve ser notificado # chage -l usuário # chage -W 3 usuário # chage -M 7 usuário # chage -E 2008/12/30 usuário # chage -l usuário finger - Exibe informações sobre usuários locais ou remotos finger (opções) (usuário) Opção -l Saída em formato detalhado -s Saída em formato simples $ finger usuário

7 userdel - Deleta um usuário do sistema # userdel -r usuário groupadd - Adiciona grupos ao sistema groupadd (grupo) (opções) opção descrição -f Força criar um grupo caso já exista -g Especifica o número do grupo (GID) # groupadd grupo1 # groupadd grupo2 -g 1001 gpasswd - Define senha para um grupo e realiza varias funções de administração de usuário e grupos groupadd opção (opções) (usuário) (grupo) descrição -a Adiciona usuário ao grupo -d Exclui usuário do grupo -r Remove senha do grupo -A Define o administrador do grupo -M Define membros do grupo -R Desabilita o acesso ao grupo pelo comando newgrp # adduser aluno1 # gpasswd grupo1 (define a senha do grupo grupo1) # gpasswd -a aluno1 grupo1 (Adiciona o usuário aluno1 ao grupo "grupo_1") # gpasswd -d aluno1 grupo1 (Exclui o usuário aluno1 do grupo "grupo1") # gpasswd -r grupo1

8 (Remove a senha do grupo "grupo1") groupmod - Muda as características de um grupo groupmod opção (opções) (grupo) descrição -f Força criar um grupo caso já exista -g Especifica o novo número do grupo (GID) -n Especifica o nome do novo grupo # groupadd -g 999 grupo # groupmod -g 1000 grupo # cat /etc/group grep "grupo" # groupmod -n novo-grupo grupo groupdel - Remove um grupo do sistema groupdel (grupo) # groupdel grupo groups - Exibe os grupos de um usuário groups (usuário) $ groups # groups aluno1 su - Troca o id de um usuário para superusuário (root) ou para outro usuário $ su --help (para opções) su aluno2 (muda o id do aluno1 para aluno2) Password:*********

9 su (muda o id de usuário para root) Password: ************** (repare que foi trocado o $ por #) newgrp - Troca de grupo # groupadd grupo1 (Cria um grupo) # gpasswd grupo1 (Define uma senha para o grupo) $ newgrp grupo1 (O usuário atual muda para o grupo grupo1) Senha : (Digite a senha do grupo) $ exit (O usuário atual volta para seu grupo anterior) users - Exibe os nomes de usuários correntemente conectados no computador $ users # users who - Mostra quem está logado no sistema Saia do ambiente gráfico apertando CTRL+ALT+F1 e logue em um terminal com um usuário. Logue em outro terminal tty1 tty2 CTRL+ALT+F2 com outro usuário e execute o comando who. who aluno1 tty :45 aluno2 tty :45 id - Identificação do usuário, grupo e outros grupos id (opções) opções (usuário) -g, --group informa identificação do primeiro grupo. -G groups informa o id de outros grupos

10 -n, --name -u, --user -r, --real Informa o nome e grupo do usuário sem o id Informa o id do usuário (user ID). Informa o id real do usuário e grupo, complementando com as opções -u, -g, ou -G. $ id (exibe UID, GID e grupos) $ id -u aluno1 (exibe apenas o UID do usuário) $ id -g aluno1 (exibe apenas o GID do grupo) sudo - Executa comandos como superusuário $ sudo -l $ sudo mount /dev/hda /mnt

Sistemas Operacionais de Redes. Aula: Gerenciamento de usuários e grupos Professor: Jefferson Silva

Sistemas Operacionais de Redes. Aula: Gerenciamento de usuários e grupos Professor: Jefferson Silva Sistemas Operacionais de Redes Aula: Gerenciamento de usuários e grupos Professor: Jefferson Silva Agenda Entender o que são usuários e grupos Conhecer os arquivos onde essas informações ficam salvas Utilizar

Leia mais

Gerenciamento de Grupos e Usuários no Linux

Gerenciamento de Grupos e Usuários no Linux Gerenciamento de Grupos e Usuários no Linux Material desenvolvido por Rafael Fernando Diorio Última revisão em 04/08/2013 www.diorio.com.br rafael@diorio.com.br Tópicos Introdução Arquivos de grupos e

Leia mais

Gerenciar usuário, contas de grupo e sistema de arquivos

Gerenciar usuário, contas de grupo e sistema de arquivos Gerenciar usuário, contas de grupo e sistema de arquivos - 2 Sumário Capítulo 1 Gerenciar usuário, contas de grupo e sistema...3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 14 2.1.

Leia mais

Expressões regulares

Expressões regulares Expressões regulares Expressão regular é um conjunto de expressões que funcionam de forma semelhante as expressões aritméticas, utilizando operadores para fazer combinações com expressões menores. Existem

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Linux: Adicionando Usuários Fabricio Breve Introdução Administradores precisam ter um entendimento completo de como funcionam contas Linux Contas

Leia mais

Fundamentos e Prática em Informática LINUX Gerenciamento de Usuários e Grupos

Fundamentos e Prática em Informática LINUX Gerenciamento de Usuários e Grupos Fundamentos e Prática em Informática LINUX Gerenciamento de Usuários e Grupos lara.popov@ifsc.edu.br Gerenciamento Como qualquer sistema operacional multitarefa e multiusuário, o administrador do sistema

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Poderes da Conta Root Fabricio Breve Introdução Todo processo e arquivo em um sistema Linux pertence a uma conta de usuário em particular Os

Leia mais

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 Comandos para manipulação de diretório 1. ls Lista os arquivos de um diretório. 2. cd Entra em um diretório. Você precisa ter a permissão de execução para entrar no diretório.

Leia mais

Linux : Administração de Usuários e Grupos

Linux : Administração de Usuários e Grupos Linux : Administração de Usuários e Grupos Fundamento para entender e operar o sistema. Rotina de administrador de sistema. Permite o gerenciamento de sistemas Unix-like e não somente sistemas Linux. Depende

Leia mais

Trivia. /etc/passwd. /etc/passwd. /etc/group. /etc/passwd. Exemplo: Gestão de Utilizadores em Linux

Trivia. /etc/passwd. /etc/passwd. /etc/group. /etc/passwd. Exemplo: Gestão de Utilizadores em Linux Trivia Qual foi o 1º sistema de ficheiros implementado no kernel Linux? O programa swapon cria novas partições de swap. Sim/Não? Como podemos saber quais os sistemas de ficheiros montados? Gestão de Utilizadores

Leia mais

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Introdução ao Linux Comandos Ubuntu/Linux Michelle Nery Agenda Comandos do Sistema Comandos para Processos

Leia mais

Administração de Sistemas

Administração de Sistemas Administração de Sistemas Orlando Sousa Aula 9 Configuração e administração básica em Linux Configuração e gestão de volumes lógicos (LVM) LVM (Logic Volume Partition) Permite gerir partições activas (outra

Leia mais

Módulos...2 Shell...3

Módulos...2 Shell...3 Cesar Kállas cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 2 O Kernel...2 Módulos...2 Shell...3 Scripts...3 Bourne Shell sh...3 Bourne-Again Shell bash...3 Korn Shell

Leia mais

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC".

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC. Samba como Servidor de Domínio Ubuntu Server 14.04 1. Passo - Instalação do pacote: #apt-get install samba 2. Passo - Edição do smb.conf Após instalar o samba delete o arquivo padrão smb.conf. #rm /etc/samba/smb.conf

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II

Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA Administração de Sistemas Operacionais Não-Proprietários II UC: Administração de Redes Aula 01 1/15 Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA Revisão 2/15 Linux e Distribuições

Leia mais

Simulado Linux. 5 Existe um diretório responsável pelas bibliotecas compartilhadas e módulos do kernel, que diretório é esse?

Simulado Linux. 5 Existe um diretório responsável pelas bibliotecas compartilhadas e módulos do kernel, que diretório é esse? Simulado Linux 1 Qual dos diretórios abaixo é responsável pelos dados e serviços oferecidos pelo equipamento com o Linux rodando? A) srv B) sbin C) opt D) dev E) mnt 2 Posso considerar o diretório bin

Leia mais

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente?

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? Conteúdo 1 Comandos Básicos Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? a) shutdawn b) shutdown t now c) shutdown r now d) shutdwon h now e) shutdown h now Questão 2: Que comando

Leia mais

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa)

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Prof. Roitier Campos Gonçalves Introdução O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos

Leia mais

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID PROCESSOS Um processo é um canal de comunicação entre os programas que estão sendo executados no sistema operacional e o usuário, ou seja um processo é um programa que está sendo executado. No Linux /

Leia mais

Introdução ao uso do Linux (parte 3)

Introdução ao uso do Linux (parte 3) Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Engenharia Laboratório de Engenharia Elétrica Introdução ao uso do Linux (parte 3) Autores: Elaine de Mattos Silva Raphael Guedes Orientador: Prof.

Leia mais

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Curso UNIX Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Universidade Federal de Santa Catarina 25 de Setembro de 2010 CHAMADA Objetivos Instalação do sistema Ubuntu 10.04 Conhecer a origem do sistema

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OPERANDO EM MODO TEXTO... 3 Abrindo o terminal... 3 Sobre o aplicativo Terminal... 3 AS CORES

Leia mais

Guia de Referências do Linux

Guia de Referências do Linux Guia de Referências do Linux A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z A adduser - cria um novo usuário. alias - permite nomear um conjunto de comandos, a ser executado pelo sistema, por um único

Leia mais

Principais Comandos do Terminal no LINUX

Principais Comandos do Terminal no LINUX Principais Comandos do Terminal no LINUX Estes comandos não visam ser um compêndio completo de operação, haja vista que se possui mais comandos que esses aqui que serão listados, logo os comandos são:

Leia mais

Serviços de Redes. Tecnico em Redes de Computadores. Gustavo Henrique da Rocha Reis

Serviços de Redes. Tecnico em Redes de Computadores. Gustavo Henrique da Rocha Reis Serviços de Redes Gustavo Henrique da Rocha Reis Tecnico em Redes de Computadores Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD) Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba Av. Dr.

Leia mais

Administração de Sistemas Livres

Administração de Sistemas Livres Administração de Sistemas Livres Introdução a Comandos GNU/Linux Prof. Lais Farias Alves Comandos GNU/Linux O Linux (na verdade, GNU/Linux), assim como qualquer sistema operacional moderno, é perfeitamente

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Samba Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Conhecido também como servidor de arquivos; Consiste em compartilhar diretórios do Linux em uma rede Windows e visualizar compartilhamentos

Leia mais

Instituto Federal de Santa Catarina - São José ARC - Administração de Redes de Computadores

Instituto Federal de Santa Catarina - São José ARC - Administração de Redes de Computadores Instituto Federal de Santa Catarina - São José Área de Telecomunicações ARC - Administração de Redes de Computadores Professor Arliones Hoeller - Semestre 2013-2 1 Avaliação 2-25/11/2013 Nome completo:

Leia mais

Linux Básico. Ministrantes: Wilson Dias Evangelista Thiago Messias S. F. Bonfim. http://goo.gl/lne8z

Linux Básico. Ministrantes: Wilson Dias Evangelista Thiago Messias S. F. Bonfim. http://goo.gl/lne8z Linux Básico Ministrantes: Wilson Dias Evangelista Thiago Messias S. F. Bonfim http://goo.gl/lne8z UNIVASF Universidade Federal do Vale do São Francisco Cronograma O que é Linux? O GNOME Histórico Interface

Leia mais

Comandos básicos do Linux

Comandos básicos do Linux Comandos básicos do Linux Comandos básicos do Linux Introdução Alguns comandos que você verá nesta página, equivalem aos utilizados no DOS. No entanto, saiba que conhecendo ou não o DOS, você poderá estranhar

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Configuração de Redes www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O Linux foi criado por Linus Torvalds em 1991, na época em

Leia mais

04 - COMANDOS DE CONTROLE DE ACESSO E USUARIOS/GRUPOS

04 - COMANDOS DE CONTROLE DE ACESSO E USUARIOS/GRUPOS 04 - COMANDOS DE CONTROLE DE ACESSO E USUARIOS/GRUPOS 4.1 - comando useradd ou adduser = adiciona um usuario no sistema. Por padrão, quando um novo usuario é adicionado, é criado um grupo com o mesmo nome

Leia mais

LINUX. Instalação e Administração Básica

LINUX. Instalação e Administração Básica LINUX Instalação e Administração Básica História Criado no início da década de 90 por Linus Torvalds, finlandês, na época estudante de Ciência da Computação da Universidade de Helsinki, na Finlândia. O

Leia mais

Prova de Pré requisito para o curso Linix System Administration (451)

Prova de Pré requisito para o curso Linix System Administration (451) 1 No editor de textos VIM (Vi Improved) qual comando copia o conteúdo de uma linha? Escolha todas que se aplicam. a) ctrl + c b) :cp c) :y d) :yy e) yy f) :copy g) cp 2 No editor de textos VIM (Vi Improved)

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Conteúdo Programático Login e Logout Iniciando e Desligando o Sistema Tipos de arquivo Texto Binário Arquivos e Diretório Manipulação de

Leia mais

Introdução ao Shell Script

Introdução ao Shell Script Faculdade do Pará-FAP Disciplina: Programação em Ambiente de Redes Professor: Armando Hage Introdução ao Shell Script Introdução O que é o Shell Shell Script Primeiro Script Recebendo Parâmetros Exercícios

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS M i n i - C u r s o d e I n t r o d u ç ã o a o G N U / L i n u x AULA 6 Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki PET Computação UFRGS Março/Abril 2008 A d m i n i s t r a c a o B á s i c a Arquivos

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações

Leia mais

Linux. Wagner de Oliveira

Linux. Wagner de Oliveira Linux Wagner de Oliveira Um computador, uma mesa, um usuário. Duas pessoas não podem trabalhar em paralelo, executando o Microsoft Word na mesma máquina, simultaneamente. Windows 2003 Advanced Server +

Leia mais

Fuctura Tecnologia Rua Nicarágua, 159 Espinheiro (81) 3221.9116 / 3088.0992 www.fuctura.com.br

Fuctura Tecnologia Rua Nicarágua, 159 Espinheiro (81) 3221.9116 / 3088.0992 www.fuctura.com.br Topic 105: Kernel 1.105.1 Gerenciando módulos do Kernel Descrição: Um administrador deve ter a habilidade de gerenciar e obter informações de módulos do Kernel. /lib/modules/kernel-version/modules.dep

Leia mais

Aula 02. Introdução ao Linux

Aula 02. Introdução ao Linux Aula 02 Introdução ao Linux Arquivos Central de Programas do Ubuntu A Central de Programas do Ubuntu é uma loja de aplicativos integrada ao sistema que permite-lhe instalar e desinstalar programas com

Leia mais

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record)

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record). Master Boot Record Primeiro setor de um HD (disco rígido) Dividido em duas áreas: Boot loader

Leia mais

Configuração Definitiva do Samba

Configuração Definitiva do Samba Configuração Definitiva do Samba 1 2 Sumário 1. Vantagens... 5 2. Desvantagem... 5 3. Conclusão Final... 5 4. Vamos botar a mão na massa!... 6 5. Instalação... 6 6. Configuração Parte 1 (Criando os diretórios)...

Leia mais

Entendendo o Conectiva Linux

Entendendo o Conectiva Linux Anterior Entendendo o Conectiva Linux Próxima Prefácio A capacidade de transmitir uma informação para qualquer pessoa em qualquer lugar e a qualquer momento é uma das maiores conquistas da humanidade,

Leia mais

Administração de redes Servidor FTP

Administração de redes Servidor FTP Administração de redes Servidor FTP FTP (File Transfer Protocol - Protocolo de transferência de arquivos) é um tipo de protocolo utilizado para a transferência de arquivos entre computadores em rede. Para

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013 1 2 INTRODUÇÃO A LINUX ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais Kernel núcleo do

Leia mais

Labgrad. Usúario: Senha: senha

Labgrad. Usúario: <matricula> Senha: senha Suporte A equipe do Suporte é responsável pela gerência da rede do Departamento de Informática, bem como da manutenção dos servidores da mesma, e também é responsável pela monitoria do LabGrad e do LAR.

Leia mais

Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o Sistema Operacinal Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 2 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 3 Criando um

Leia mais

carregáveis do Kernel 11. Shell (Bash) e Utilitários de Terminal Opções Dicas e Truques 2. Teclas de controle e atalhos 3.

carregáveis do Kernel 11. Shell (Bash) e Utilitários de Terminal Opções Dicas e Truques 2. Teclas de controle e atalhos 3. 4. 5. 6. 7. 8. carregáveis do Kernel 11. Shell (Bash) e Utilitários de Terminal Opções Dicas e Truques 1. Teclas de controle e atalhos 2. Teclas de emergência do GNU/Linux 3. Otimizando o desempenho do

Leia mais

Saída do sistema do Servidor FTP do Capture Pro Software

Saída do sistema do Servidor FTP do Capture Pro Software Visão geral Saída do sistema do Servidor FTP do Capture Pro Software O Servidor FTP do Capture Pro Software transfere dados de índice e lotes (que foram digitalizados com saída para o PC local) para um

Leia mais

Introdução ao Linux. Por: Leandro Dalcero

Introdução ao Linux. Por: Leandro Dalcero Introdução ao Linux Por: Leandro Dalcero Índice 1. Introdução... Pág. 4 1.1. Sistema Operacional... Pág. 4 1.2. O que é Linux?... Pág. 4 2. Primeiros Passos... Pág. 6 2.1. Usuários... Pág. 6 2.2. Grupos...

Leia mais

Ferramentas de Administração Linux

Ferramentas de Administração Linux Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA Ferramentas de Administração Linux Parte 4 1/11 Ferramentas de Administração Linux Ambiente do usuário Configuração do ambiente O comando 'su' O comando 'sudo' Referências

Leia mais

Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel

Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel Roteiro Prático para a Migração dos Servidores Turing e Godel Alfenas, Abril de 2010. Rodrigo Martins Pagliares Última atualização: 27/05/2010 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Instalação do Debian Lenny

Leia mais

GNU/Linux/Bash. Aula 2

GNU/Linux/Bash. Aula 2 GNU/Linux/Bash Aula 2 O que é? Ubuntu GNU Linux Ubuntu 12.04 Ubuntu é um sistema operacional baseado em Linux desenvolvido pela comunidade e é perfeito para notebooks, desktops e servidores. Ele contém

Leia mais

Curso GNU/Linux. Realização. CAECOMP InfoJúnior Puc Campinas 2003. Capítulo 4

Curso GNU/Linux. Realização. CAECOMP InfoJúnior Puc Campinas 2003. Capítulo 4 Cesar H. Kállas - opensrc@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP InfoJúnior Puc Campinas 2003 Capítulo 4 Comandos Básicos...3 Convenção...3 Comandos Internos...3 Comandos Externos...3 Obtendo Ajuda...3

Leia mais

Simulado LPI 101. 5. Qual o comando que exibe a última vez em que o sistema de arquivos foi verificado. dumpe2fs

Simulado LPI 101. 5. Qual o comando que exibe a última vez em que o sistema de arquivos foi verificado. dumpe2fs Simulado LPI 101 1. Quais comandos exibem os processos no Linux? Escolha uma. a. ls e df b. ps e top c. ps e df d. df e top e. du e df 2. O que representa o dispositivo /dev/hdb6? Escolha uma. a. Um partição

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Prof. André Yoshimi Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Apresentação Carga horária: 2 horas-aula/semana 2/11 Objetivos Possibilitar ao aluno: Entendimento

Leia mais

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos:

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos: Samba como controlador de domínio no Ubuntu Nesse artigo estaremos configurando o SAMBA, que consiste em um software que faz a comunicação entre Windows e Linux, sendo utilizado para compartilhar arquivos

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas. CVS - Concurrent Version System

Universidade Estadual de Campinas. CVS - Concurrent Version System Universidade Estadual de Campinas CVS - Concurrent Version System Eduardo Robinson Paganeli Universidade Estadual de Campinas UNICAMP 1 Sumário Módulo 1 Introdução ao CVS...3 Visão geral...4 Vantagens...6

Leia mais

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais Aula 4 Comandos Básicos Linux Prof.: Roberto Franciscatto Prompt Ao iniciar o GNU/Linux, a primeira tarefa a ser executada é o login no sistema, o qual deve ser feito respondendo

Leia mais

Manual de Comando Linux

Manual de Comando Linux Manual de Comando Linux 1 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Comandos Simples Linux... 3 Gerir Directórios e Ficheiros... 4 Gerir processos... 6 Estrutura de Diretórios do LINUX... 6 Executar comandos

Leia mais

Linux. Quota de disco

Linux. Quota de disco Linux Quota de disco Quota Quotas de disco permitem controlar o uso do disco por usuário ou grupo, ou por ambos (usuário e grupo). São normalmente utilizadas em sistemas com vários usuários e não com 1

Leia mais

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Cronologia 1. 1969 Univ Berkeley, Califórnia, cria-se o SO UNIX para uso geral em grandes computadores 1. Década de 70

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Samba como compartilhador de arquivos & impressora O Samba surgiu da necessidade de integrar redes mistas (Windows com Linux). No Linux, há duas maneiras de se fazer isso, que é pelo uso do NFS e Samba.

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Comandos Básicos do Linux/Unix

Comandos Básicos do Linux/Unix Comandos Básicos do Linux/Unix Vou partir do pressuposto que você sabe o básico de um sistema Linux/Unix. É importante para qualquer usuário de sistemas baseados em Unix aprender a trabalhar no modo texto

Leia mais

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO. Guia para criação do banco de dados de redes sociais

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO. Guia para criação do banco de dados de redes sociais Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO Programa de Pós-Graduação em Informática Guia para criação do banco de dados de redes sociais Edvaldo Artmann de Oliveira edvaldo.oliveira@uniriotec.br

Leia mais

Comandos de Linux. Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha

Comandos de Linux. Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha Comandos de Linux Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha Comandos de linux 1. ls (lista o conteúdo de um diretório) $ ls 2. ls -a (lista os diretórios, arquivos oculto e executáveis) $ ls -a

Leia mais

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX Procure no MENU INICIAR PROGRAMAS o ícone do VirtualBox e execute-o. Em seguida clique

Leia mais

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC CURSO DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS LINUX Antonio Janael Pinheiro Maria Atrícia Sabino Maciel Luclécia Correia Lopes

Leia mais

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd Tutorial - Proftpd Instalação do serviço de FTP com o Proftpd O Proftpd é um dos mais utilizados servidores de FTP da plataforma Linux. Sua instalação é rápida e fácil. Para instalar o pacote, digite o

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de

Leia mais

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site.

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Foi necessário configurar esse segundo adaptador, porque talvez seja necessário fazer o download de alguma

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores. Módulo LPI Aula 1. Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes?

Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores. Módulo LPI Aula 1. Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes? Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores Módulo LPI Aula 1 Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes? 1 [1] NEVES, Júlio César Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

Manual de Instalação do Curso Informática Instrumental

Manual de Instalação do Curso Informática Instrumental Manual de Instalação do Curso Informática Instrumental As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso ou relativa a informações

Leia mais

LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS

LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS ÍNDICE GNU/Linux... 1 Distribuições LINUX... 1 Iniciando o Linux... 1 Gerenciadores de Janelas... 1 Shell (Modo Texto)... 2 KDE e Gnome... 2 Inicialização do Sistema Linux

Leia mais

O Núcleo pode ser classificado quanto à sua arquitetura em três categorias principais:

O Núcleo pode ser classificado quanto à sua arquitetura em três categorias principais: 1. Kernel (Núcleo) O Kernel, em português Núcleo, é o principal componente do sistema operativo da maioria dos computadores. Ele serve de ligação entre os programas e o processamento real de dados feito

Leia mais

Aula 9 Servidor Samba Linux

Aula 9 Servidor Samba Linux 1 Aula 9 Servidor Samba Linux Samba é o protocolo responsável pela integração de máquinas Linux com Windows, permitindo assim a criação de redes mistas utilizando servidores Linux e clientes Windows. Samba,

Leia mais

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec Aprendendo Unix no OS X Mountain Lion Mergulhando no Terminal e no Shell Dave Taylor Novatec Authorized Portuguese translation of the English edition of titled Learning Unix for OS X Mountain Lion, ISBN

Leia mais

APOSTILA GNU LINUX MÓDULO-II

APOSTILA GNU LINUX MÓDULO-II 1 2 Apostila Gnu-Linux Módulo-II 3 ESTA OBRA PODE SER REPRODUZIDA E DISTRIBUÍDA PARCIAL OU INTEGRALMENTE DESDE QUE CITADA A FONTE. MATERIAL COPYLEFT - VENDA PROIBIDA Todo material desenvolvido pela Coordenadoria

Leia mais

Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo. Comandos LINUX. principais vi ifconfig.

Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo. Comandos LINUX. principais vi ifconfig. Comandos LINUX Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo Comandos LINUX principais vi ifconfig Comando Descrição Exemplo cd Muda o diretório corrente cd

Leia mais

comandos básicos linux.

comandos básicos linux. comandos básicos linux. clear: Limpa a tela e posiciona o cursor no canto superior esquerdo do vídeo. df: Mostra o espaço livre/ocupado de cada partição. df [opções] a Inclui sistemas de arquivos com 0

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

Passo a passo para instalação de um Servidor SSH

Passo a passo para instalação de um Servidor SSH Instalação de um servidor SSH no Windows Introdução Manual desenvolvido pela GEICI05 com objetivo de orientar as Construtoras a configurarem um servidor SSH para recepcionarem os arquivos DCD-online. O

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores ActiveInfo Treinamento GNU/Linux Servidores http://www.samba.org André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Conteúdo programático O que é SAMBA? Instalando o SAMBA Verificando o serviço SWAT - Samba Web Administrator

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

Configuração e Instalação do Atendimento Online

Configuração e Instalação do Atendimento Online Configuração e Instalação do Atendimento Online Não é possível trocar a senha do administrador, e não aconselhamos o uso desta conta como Atendente, deve ser usado apenas para cadastrar e alterar Grupos

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 8.3 Montagem de dispositivos. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 8.3 Montagem de dispositivos. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 8.3 Montagem de dispositivos Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 MOUNT E UMOUNT... 3 Sintaxe dos comandos... 4 Verificando Sistema de Arquivos... 4 Definindo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback Protocolo FTP Professor Leonardo Larback Protocolo FTP O FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo de transferência de arquivos. Atualmente, o FTP é definido pela RFC 959 File Transfer Protocol (FTP)

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA 1 - Em um determinado servidor Linux, a saída do comando "df" aponta 100% de uso no "/". Isso significa que a(o): a) rede atingiu sua capacidade máxima de recepção.

Leia mais

PostgreSQL. Aula 02. Aula 02

PostgreSQL. Aula 02. Aula 02 PostgreSQL Instalação do Banco de Dados Baixe os arquivos diretamente do site: http://www.postgresql.org Poderá baixar os arquivos jáj compilados (RPMS) ou poderá Baixar o código c fonte, para depois compilar

Leia mais

ÍNDICE. Página 2 de 21

ÍNDICE. Página 2 de 21 Página 1 de 21 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. MINHA CONTA... 3 2.1. Introdução... 3 2.2. Telas do Menu Minha Conta... 4 2.2.1. Tela de Dados Cadastrais... 4 2.2.2. Tela Gerenciar Contatos... 5 2.2.3. Tela

Leia mais

Introdução ao Sistema Operacional Linux

Introdução ao Sistema Operacional Linux Introdução ao Sistema Operacional Linux Sistema Operacional Antes de compreendermos o Linux, é necessário entender primeiro o que vem a ser um Sistema Operacional. Quando clicamos com o botão do mouse

Leia mais

Manual Administrador - Mídia System

Manual Administrador - Mídia System Manual Administrador - Mídia System Logo após cadastrarmos sua Empresa em nosso sistema, será enviado um e-mail confirmando as informações de acesso do Administrador do sistema. Obs: Caso não tenha recebido

Leia mais

Sirley Maria Alberton. Aprendendo LINUX Através de Atividades Práticas

Sirley Maria Alberton. Aprendendo LINUX Através de Atividades Práticas Sirley Maria Alberton Aprendendo LINUX Através de Atividades Práticas Monografia de Pós-Graduação Lato Sensu apresentada ao Departamento de Ciência da Computação para obtenção do título de Especialista

Leia mais