PROCESSO Nº TST-RR FASE ATUAL: E. A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMJRP/al EMBARGOS REGIDOS PELA LEI Nº /2007.

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO Nº TST-RR-34300-91.2006.5.09.0651 - FASE ATUAL: E. A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMJRP/al EMBARGOS REGIDOS PELA LEI Nº 11.496/2007."

Transcrição

1 A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMJRP/al EMBARGOS REGIDOS PELA LEI Nº /2007. VÍNCULO DE EMPREGO. CARACTERIZAÇÃO. DIVERGÊNCIA JURISPRUDENCIAL NÃO DEMONSTRADA. SÚMULA Nº 296, ITEM I, DO TST. O recurso de embargos não merece ser conhecido por divergência jurisprudencial. A Turma do TST entendeu que, diante das provas produzidas nos autos, ficaram demonstrados os requisitos necessários à caracterização do vínculo empregatício, acrescentando que, quanto ao percentual de repasse, a norma coletiva que previa o não reconhecimento do vínculo empregatício quando a empregada auferisse mais de 50% do valor cobrado dos clientes não seria aplicável à reclamante, pois essa cláusula incidiria apenas em relação ao trabalho de profissionais autônomos. No entanto, o primeiro julgado trata de hipótese em que se afastou a dependência econômica da trabalhadora e, consequentemente, o vínculo empregatício, pois ela recebia porcentagem sobre todo o valor auferido pelo salão de beleza, além de não haver efetiva subordinação e efetuar as contribuições sociais como trabalhadora autônoma. O segundo julgado enfrenta caso em que não se entenderam caracterizados os requisitos referentes ao liame empregatício entre cabeleireiro e o salão de beleza, ao fundamento de que o repasse de 50% do faturamento mensal do trabalhador a ele não importaria em reconhecimento do vínculo de emprego. Assim, não demonstrada a identidade dos fatos que teriam ensejado a existência

2 fls.2 de teses divergentes na interpretação de um mesmo dispositivo legal, não se pode ter como cumprida a exigência da Súmula nº 296, item I, do TST. Embargos não conhecidos. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Embargos em Recurso de Revista n TST-E-RR , em que é Embargante WIMBLENDON INSTITUTO DE BELEZA LTDA. e Embargada EDNA PEREIRA DOS SANTOS. A Quarta Turma desta Corte, por meio do acórdão de fls , não conheceu do recurso de revista da reclamada quanto ao tema "inexistência de vínculo empregatício", ao fundamento de que os requisitos para a configuração do liame empregatício, previstos nos artigos 2º e 3º da CLT, estavam demonstrados no caso dos autos. A reclamada, então, interpõe recurso de embargos, às fls , regido pela Lei nº /2007. Alega que a reclamante, manicure, recebia o repasse de 60% a 70% dos valores pagos pelos clientes, o que afastaria a caracterização de vínculo empregatício. Colaciona arestos a confronto. Impugnação não apresentada. Os autos não foram remetidos à Procuradoria-Geral do Trabalho, ante o disposto no artigo 83, 2º, do Regimento Interno desta Corte. É o relatório. V O T O EMBARGOS REGIDOS PELA LEI /2007 VÍNCULO DE EMPREGO. CARACTERIZAÇÃO. JURISPRUDENCIAL NÃO DEMONSTRADA. SÚMULA Nº 296, ITEM I, DO TST DIVERGÊNCIA

3 fls.3 CONHECIMENTO A Quarta Turma desta Corte não conheceu do recurso de revista da reclamada, no particular, alicerçando-se nos seguintes fundamentos: "INEXISTÊNCIA DE VÍNCULO EMPREGATÍCIO A Corte Regional manteve a sentença que reconhecera o vínculo empregatício entre as partes. O inteiro teor da decisão já fora transcrito quando da apreciação da preliminar de negativa de prestação jurisdicional, de modo que despicienda sua reprodução neste momento. Inconformado, o Reclamado busca a modificação do julgado pretendendo o afastamento do vínculo empregatício, ao argumento, em síntese, de que a relação mantida entre as partes não era de emprego, mas de prestação de serviços autônomos, baseada em contrato de arrendamento de instalação para prestação de serviços autônomos, por meio do qual a Reclamante exercia a atividade de manicure, atendendo sua clientela nas dependências do Reclamado, dividindo seus lucros com a Ré, assumindo os riscos, ônus e benefícios da atividade empresarial, uma vez que ficava com 60% ou 70% de todo o rendimento de sua atividade, repassando os 30% restantes para a Ré como pagamento pela utilização do espaço e infra-estrutura disponível, o que mostra a ausência de razoabilidade no reconhecimento de vínculo do emprego. Afirma que na hipótese não se mostram presentes os requisitos da onerosidade e subordinação jurídica aptos a ensejar o reconhecimento do vínculo empregatício. Diz, ainda, que a Corte Regional deixou de observar a existência de norma coletiva firmada com o sindicato da categoria dos empregados em salões de beleza, que reconhece a inexistência de vínculo empregatício entre os profissionais que auferem percentual igual ou superior a 50% sobre os valores cobrados dos clientes. Finalmente, diz que não ficou demonstrada fraude no contrato de arrendamento firmado entre as partes. Indica como violados os arts. 2.º, 3.º, 8.º e 611 da CLT; 5.º da LICC; 166, II, 421 e 422 do Código Civil; e 3.º, I e II e 5.º, 2.º e 7.º, XXVI, da Carta Magna. Traz arestos ao confronto de teses. À análise. A decisão regional, analisando as provas dos autos, concluiu que, na hipótese, se encontravam presentes os requisitos para o reconhecimento do vínculo empregatício, registrando que não se evidenciou a alegada autonomia da Reclamante, por haver prestação de serviços pessoal, de forma não eventual, com pagamento de salários, com subordinação jurídica e fixação de jornada de trabalho. Ademais, ressaltou que em relação à convenção coletiva firmada com o sindicato da categoria da Reclamante, havia de se considerar que resultou da reunião realizada na sede da DRT o estabelecimento de que em relação ao trabalho de profissionais autônomos a

4 fls.4 fiscalização deveria observar com extremo cuidado a situação fática existente, tais como a existência de alvará de autônomo, contrato de arrendamento e comprovante de recolhimentos previdenciários e fiscais que efetivamente comprovassem a condição de autônomo e seu regular exercício. De tais assertivas se conclui que a convenção coletiva remetia à analise caso a caso, de forma minuciosa, privilegiando-se sempre o contrato realidade. Na hipótese dos autos, infere-se da decisão regional que a Turma Julgadora se aprofundou na análise da situação fática obtida com a apreciação das provas dos autos para concluir que a Reclamante, efetivamente, não se enquadrava na categoria de profissional autônomo, porque presentes os requisitos para configuração do vínculo empregatício, repita-se a pessoalidade, a não eventualidade, a onerosidade e a subordinação jurídica. No que tange à questão do percentual que se estabeleceu cabível à cada uma das partes, impende registrar que restou assentado que a convenção coletiva, que autorizava o não reconhecimento de vínculo quando o trabalhador auferisse percentual superior a 50% do valor cobrado dos clientes, não foi aplicada à Reclamante ante à ausência de seu enquadramento na categoria de profissional autônomo, porque, na hipótese, repita-se, se encontravam presentes os requisitos para configuração do vínculo empregatício, onde se prestigiou o contrato realidade. Assim, ilesos os arts. 2.º, 3.º, 8.º e 611 da CLT, bem como o art. 7.º, XXVI, da Carta Magna. Em relação ao art. 5.º da LICC, não verifico nenhuma mácula ao seu conteúdo, porquanto observado o contrato realidade que tem como primado primordial o fim social. Por outro lado, em relação ao art. 166, II, do Código Civil há que se registrar que a hipótese dos autos não se amolda ao dispositivo em questão, porquanto, exatamente pelo reconhecimento do contrato realidade, não se aplicou a norma coletiva à Reclamante, visto que não se enquadrava na categoria de autônomo porque a relação entre as partes se confirmou como de perfeito vínculo empregatício. Em relação aos artigos 421 e 422 do Código Civil há de se registrar que, contrariamente à pretensão do Reclamado, houve sim, observância da função social do contrato, tanto que prevaleceu o contrato realidade, o que em nada contraria os princípios da boa fé e probidade dos contratos. No que tange ao art. 3.º, I e II, da Carta Magna, não percebo em que a decisão regional possa tê-lo contrariado, porquanto tal dispositivo cuida dos objetivos fundamentais da República. Quanto ao art. 5.º, 2.º, da Carta Magna, entendo que não há de se falar em ausência de observância do princípio da proporcionalidade, porquanto embora à Reclamante coubesse o percentual maior, há de se recordar que ela também arcava com todos os custos de seu material de trabalho. Finalmente, há de se registrar que nenhum dos arestos colacionados traz a mesma hipótese fática dos autos, onde o contrato realidade demonstrou

5 fls.5 que a relação entre as partes se configurava em verdadeiro vínculo empregatício. Incidência da Súmula n.º 296/TST. Não conheço" (fls ). Alega a reclamada, em suas razões de embargos, que a reclamante, manicure, recebia o repasse de 60% a 70% dos valores pagos pelos clientes, o que afastaria a caracterização de vínculo empregatício. Colaciona arestos a confronto. O recurso de embargos não merece ser conhecido por divergência jurisprudencial. A Turma do Tribunal Superior do Trabalho entendeu que, diante das provas produzidas nos autos, ficaram demonstrados os requisitos necessários à caracterização do vínculo empregatício, acrescentando que, quanto ao percentual de repasse, a norma coletiva que previa o não reconhecimento do vínculo empregatício quando a empregada auferisse mais de 50% do valor cobrado dos clientes não seria aplicável à reclamante, pois essa cláusula incidiria apenas em relação ao trabalho de profissionais autônomos. No entanto, o julgado de fls. 335 e 336, oriundo da Terceira Turma desta Corte, trata de hipótese em que se afastou a dependência econômica da trabalhadora, e, consequentemente o vínculo empregatício, pois ela recebia porcentagem sobre todo o valor auferido pelo salão de beleza, além de não haver efetiva subordinação e efetuar as contribuições sociais como trabalhadora autônoma. E o aresto de fls. 336 e 337, oriundo da Quinta Turma do TST, enfrenta caso em que não se entendeu caracterizados os requisitos referente ao liame empregatício entre cabeleireiro e o salão de beleza, ao fundamento de que o repasse de 50% do faturamento mensal do trabalhador a ele não importaria em reconhecimento do vínculo de emprego. Assim, não demonstrada a identidade dos fatos que teriam ensejado a existência de teses divergentes na interpretação de um mesmo dispositivo legal, não se pode ter como cumprida a exigência da Súmula nº 296, item I, do TST. Não conheço.

6 fls.6 ISTO POSTO ACORDAM os Ministros da Subseção I Especializada em Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho, por unanimidade, não conhecer dos embargos. Brasília, 11 de dezembro de Firmado por assinatura digital (Lei nº /2006) JOSÉ ROBERTO FREIRE PIMENTA Ministro Relator

PROCESSO: 0071500-09.2009.5.01.0051 RO

PROCESSO: 0071500-09.2009.5.01.0051 RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A Demonstrados os requisitos do art. 3º da CLT e não o trabalho autônomo do autor, mantém-se o reconhecimento do vínculo de emprego entre as partes. Vistos, relatados e discutidos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 9ª Turma SALÁRIO POR FORA. RESCISÃO INDIRETA. A prática de pagamento de salários por fora sem a respectiva repercussão nas verbas salariais, configura descumprimento de obrigação contratual pela

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCESSO PGT/CCR/ICP/12799/2012 ORIGEM: PRT 4ª REGIÃO PROCURADORA OFICIANTE: DRA. ALINE MARIA HOMRICH SHNEIDER CONZATTI INTERESSADO 1: FRANCISCO GOULART JAHN INTERESSADO 2: LPS SUL CONSULTORIA DE IMÓVEIS

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA EMENTA PREVIDENCIÁRIO. RECURSO ESPECIAL. APOSENTADORIA POR INVALIDEZ. TERMO INICIAL. AUSÊNCIA DE REQUERIMENTO ADMINISTRATIVO. CITAÇÃO. 1. É cediço que a citação

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 599.577 RIO GRANDE DO SUL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :COMPANHIA DE SEGUROS PREVIDÊNCIA DO SUL - PREVISUL ADV.(A/S) :FRANCISCO CARLOS ROSAS GIARDINA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S)

Leia mais

05/02/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES

05/02/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. GILMAR MENDES :CONSTRUTORA VARCA SCATENA LTDA :LISE DE ALMEIDA :MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao A C Ó R D Ã O 3ª Turma GMAAB/pc/ct/dao RECURSO DE REVISTA. VÍNCULO DE EMPREGO. FAXINEIRA. DUAS VEZES POR SEMANA. ÂMBITO COMERCIAL. Deve ser mantido o vínculo de emprego, nos termos do art. 3º da CLT. Embora

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 1ª Turma PRESTAÇÃO JURISDICIONAL INCOMPLETA. Se houve omissão, a questão deve ser solucionada a partir do exame dos embargos de declaração, na forma do artigo 897-A da Consolidação das Leis

Leia mais

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP - 01428-1988-016-01-00-0 - RTOrd A C Ó R D Ã O 4ª Turma

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP - 01428-1988-016-01-00-0 - RTOrd A C Ó R D Ã O 4ª Turma Execução. Juros O pagamento, na execução, de valor atualizado até data anterior ao seu efetivo pagamento ao credor, atende apenas em parte ao direito deste, dado que a atualização feita não contempla o

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 6a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA DO TOMADOR DE SERVIÇOS CONSTRUTORA INAPLICABILIDADE DA OJ 191 DO E. TST A Segunda Ré, por se tratar de construtora, não pode almejar

Leia mais

PROCESSO: 00478-2003-066-01-00-7 RO

PROCESSO: 00478-2003-066-01-00-7 RO Acórdão 1a Turma EQUIPARAÇÃO SALARIAL. O fundamento principal para o deferimento da equiparação salarial, prevista no artigo 461 da CLT, é o pagamento de igual valor para o mesmo trabalho. Se não foi constatado,

Leia mais

Nota fiscal Contratar trabalhador como pessoa jurídica é fraude.

Nota fiscal Contratar trabalhador como pessoa jurídica é fraude. Nota fiscal Contratar trabalhador como pessoa jurídica é fraude. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Exigir que trabalhador

Leia mais

PROCESSO: 0023300-38.2009.5.01.0061 - RTOrd. Acórdão 6a Turma

PROCESSO: 0023300-38.2009.5.01.0061 - RTOrd. Acórdão 6a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Alexandre S Belmonte Av. Presidente Antonio Carlos,251 10º Andar - Gab.23 Castelo Rio de Janeiro 20020-010

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EDcl no RECURSO ESPECIAL Nº 894.571 - PE (2006/0218845-8) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS EMBARGANTE : USINA TRAPICHE S/A EMBARGADO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS EMENTA TRIBUTÁRIO AÇÃO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-1576-24.2011.5.01.0023. A C Ó R D Ã O 6ª Turma KA/acj/

PROCESSO Nº TST-RR-1576-24.2011.5.01.0023. A C Ó R D Ã O 6ª Turma KA/acj/ A C Ó R D Ã O 6ª Turma KA/acj/ RECURSO DE REVISTA. NULIDADE DA SENTENÇA. ACAREAÇÃO DAS TESTEMUNHAS. Cabe ao juiz determinar as provas necessárias à instrução do processo, indeferindo as diligências inúteis

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA DA 2ª RECLAMADA Mesmo em se tratando de terceirização lícita, embora não se estabeleça vínculo entre a tomadora e a empregada - que se forma exclusivamente

Leia mais

Nº 70048476428 COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O

Nº 70048476428 COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. FALÊNCIA E CONCORDATA. HABILITAÇÃO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. ATRIBUÍDOS EFEITOS INFRINGENTES AO ARESTO EMBARGADO. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. NATUREZA ALIMENTAR. PRIVILÉGIO SIMILAR AOS

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 161.056 - SP (2012/0063154-2) RELATORA S : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL : JOSÉ RENATO NOGUEIRA FERNANDES E OUTRO(S)

Leia mais

: RENATA COSTA BOMFIM E OUTRO(A/S)

: RENATA COSTA BOMFIM E OUTRO(A/S) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 702.642 SÃO PAULO RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECTE.(S) :ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DOS HOSPITAIS SOROCABANA ADV.(A/S) :JOSÉ MARCELO BRAGA NASCIMENTO E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S)

Leia mais

PROCESSO: 0168800-03.2005.5.01.0021 - RO

PROCESSO: 0168800-03.2005.5.01.0021 - RO Acórdão 5ª Turma REPRESENTATIVIDADE SINDICAL. O enquadramento sindical do empregador se dá pela sua atividade preponderante da empresa. Sendo esta a Construção e Reparo Naval, seus empregados são representados

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1031148-08.2015.8.26.0577, da Comarca de São José dos Campos, em que é

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1031148-08.2015.8.26.0577, da Comarca de São José dos Campos, em que é Registro: 2016.0000325765 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1031148-08.2015.8.26.0577, da Comarca de São José dos Campos, em que é apelante EDVALDO DA SILVA OLIVEIRA, é

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/amt/gsa/mrl/m

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/amt/gsa/mrl/m A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/amt/gsa/mrl/m RECURSO DE REVISTA. ENQUADRAMENTO SINDICAL. BURLA À LEGISLAÇÃO TRABALHISTA. A empresa prestadora de serviços terceirizou empregados fora de seu rol comercial

Leia mais

TRT-RO-0007900-20.2004.5.01.0041

TRT-RO-0007900-20.2004.5.01.0041 PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Gloria R egina Ferreira Mello Av. Presidente Antonio Carlos,251 7o andar - Gab.34 Castelo Rio de Janeiro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL INÉPCIA DA INICIAL. Para o direito formal positivo, é inepta a petição inicial que falta pedido ou causa de pedir (C.P.C., artigo 295, parágrafo único, inciso

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AIRR-11100-71.2008.5.24.0003. A C Ó R D Ã O 7ª TURMA VMF/mafl/ma/drs

PROCESSO Nº TST-AIRR-11100-71.2008.5.24.0003. A C Ó R D Ã O 7ª TURMA VMF/mafl/ma/drs A C Ó R D Ã O 7ª TURMA VMF/mafl/ma/drs AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA - JUÍZO DE ADMISSIBILIDADE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - USURPAÇÃO DE COMPETÊNCIA. Nos termos do art. 896, 1º, da

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA EMENTA AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. PROTOCOLO POSTAL. CONVÊNIO FIRMADO ENTRE O TJRS E A ECT. AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL INTERPOSTO NA VIGÊNCIA DA RESOLUÇÃO TJRS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Av. Presidente Antonio Carlos,251 6o andar - Gab. NÃO PAGAMENTO CORRETO DE VERBAS RESCISÓRIAS. INSCRIÇÃO NO SERASA E SPC. DANO MORAL PRESENTE. Os documentos juntados a fl. 1 comprovam que o não pagamento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10a Turma RECURSO ORDINÁRIO. BANCO DO BRASIL. PLANO DE APOSENTADORIA INCENTIVADA. O PAI-50 prevê duas categorias de aderentes: aqueles que já podem se aposentar pelo INSS e aqueles que ainda não

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO G a b i n e t e D e s e m b a r g a d o r a M a r t a C a s a d e i M o m e z z o Fl. 1 PROCESSO TRT/SP Nº 0000026-60.2014.5.02.0443-10ª

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 1ª T U R M A VÍNCULO DE EMPREGO ÔNUS DA PROVA. A autora alegou e provou através de testemunha a existência do vínculo, atendendo ao disposto nos artigos 818 da CLT e 333, I do CPC, razão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2 a REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2 a REGIÃO 5ª TURMA - PROCESSO TRT/SP Nº 00338006220095020021 RECURSO ORDINÁRIO - 21ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO RECORRENTE : FAZENDA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECORRIDO : MARIA NEUZA DOS SANTOS 1. Contra

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUARTA CÂMARA CÍVIL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUARTA CÂMARA CÍVIL AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0021542-21.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: CONSTRUTORA TRIUNFO S/A AGRAVADO: SH FORMAS ANDAIMES E ESCORAMENTOS LTDA RELATOR: ROBERTO TÁVORA DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AGRAVO DE INSTRUMENTO 624.951 SÃO PAULO RELATORA AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MARBOR MÁQUINAS DE COSTURA LTDA : JOSÉ ROBERTO CAMASMIE ASSAD E OUTRO(A/S) :VALMOR RODRIGUES

Leia mais

MONIQUE ANDRADE DE OLIVEIRA. MERCADO BARRABELLA LTDA. EPP (sucessora de Mini Market Barrabella Ltda.)2. Giselle Bondim Lopes Ribeiro

MONIQUE ANDRADE DE OLIVEIRA. MERCADO BARRABELLA LTDA. EPP (sucessora de Mini Market Barrabella Ltda.)2. Giselle Bondim Lopes Ribeiro ACÓRDÃO 7ª TURMA SUCESSÃO TRABALHISTA. CONFIGURAÇÃO. Comprovado que a empresa indicada como sucessora celebrou contrato de cessão de fundo de comércio com a devedora original, considera se configurada

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 2658/2014 - PGGB MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA RECLAMAÇÃO Nº 12.072 - SP RECLTE. : COMPANHIA PAULISTA DE OBRAS E SERVIÇOS ADV.(A/S) : ROBERTA ARANTES LANHOSO RECLDO. : JUÍZA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 794.454 RIO GRANDE DO SUL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :UNIMED PORTO ALEGRE - SOCIEDADE COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA ADV.(A/S) : CARLOS SPINDLER DOS SANTOS

Leia mais

PONTO 1: Competência. Novas 20 orientações jurisprudenciais da SDI, nº 353 a 373.

PONTO 1: Competência. Novas 20 orientações jurisprudenciais da SDI, nº 353 a 373. 1 PROCESSO DO TRABALHO PONTO 1: Competência Inovações na seara trabalhista: Novas 20 orientações jurisprudenciais da SDI, nº 353 a 373. Lei 11.648/08. Centrais Sindicais sempre existiram no mundo fático,

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-188-09.2013.5.03.0008. A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/kl

PROCESSO Nº TST-RR-188-09.2013.5.03.0008. A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/kl A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/kl RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO NA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. ILICITUDE DA TERCEIRIZAÇÃO. COMPENSAÇÃO DE CHEQUES E DOCUMENTOS. ATIVIDADE-FIM. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONCOMITANTEMENTE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0024463-47.2009.8.19.0014 AGRAVANTE: LARYSSA FERREIRA GOMES REP/P/S/MÃE LIDIJANE SOARES FERREIRA AGRAVADO:

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AgR-E-ED-RR A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMAAB/PMV/ct/smf

PROCESSO Nº TST-AgR-E-ED-RR A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMAAB/PMV/ct/smf A C Ó R D Ã O SBDI-1 GMAAB/PMV/ct/smf AGRAVO REGIMENTAL EM EMBARGOS EM RECURSO DE REVISTA INTERPOSTOS NA VIGÊNCIA DA LEI 13.015/2014. ENQUADRAMENTO SINDICAL. TRABALHADOR TEMPORÁRIO. DESPACHO QUE NEGA SEGUIMENTO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/pv/er

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/pv/er A C Ó R D Ã O (1ª Turma) GMWOC/pv/er RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO NA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/14. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA. REGIME ESPECIAL. ART. 22 DA LEI Nº 8.212/91. INAPLICABILIDADE. AJUDANTE

Leia mais

Peça 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA... REGIÃO

Peça 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA... REGIÃO Observação: os espaços entre os tópicos das peças têm a única função de facilitar a visualização. Ressalte-se que não aconselhamos pular linhas no exame. Peça 1 Certa empresa é condenada, por decisão de

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 06/03/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 8 14/02/2012 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 836.169 MINAS GERAIS RELATORA AGTE.(S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :LIDER

Leia mais

O Exmº. Sr. Desembargador Federal CESAR ARTHUR CAVALCANTI DE CARVALHO (Relator):

O Exmº. Sr. Desembargador Federal CESAR ARTHUR CAVALCANTI DE CARVALHO (Relator): PROCESSO Nº: 0802297-88.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL CESAR ARTHUR CAVALCANTI DE RELATÓRIO O Exmº. Sr. Desembargador Federal CESAR ARTHUR CAVALCANTI DE CARVALHO (Relator):

Leia mais

Acórdão Inteiro Teor ORIGEM Tipo: RR Número: Ano: 1998 PROC. Nº TST-RR / A C Ó R D Ã O 5ª TURMA

Acórdão Inteiro Teor ORIGEM Tipo: RR Número: Ano: 1998 PROC. Nº TST-RR / A C Ó R D Ã O 5ª TURMA Acórdão Inteiro Teor ORIGEM Tipo: RR Número: 416166 Ano: 1998 PROC. Nº TST-RR-416.166/1998.4 A C Ó R D Ã O 5ª TURMA RECURSO DE REVISTA. CONTRIBUIÇÃO CONFEDERATIVA. A Constituição da República, em seus

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.347.272 - MS (2012/0207015-4) RELATOR RECORRENTE PROCURADOR RECORRIDO INTERES. : MINISTRO HERMAN BENJAMIN : ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL : SARAH F MONTE ALEGRE DE ANDRADE SILVA E

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 844.256 PERNAMBUCO RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 844.256 PERNAMBUCO RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 844.256 PERNAMBUCO RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS TOFFOLI :ELIANE BERNARDINA DA SILVA : PAULO EMANUEL PERAZZO DIAS E OUTRO(A/S) :INSTITUTO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR EMBTE.(S) ADV.(A/S) EMBDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. LUIZ FUX :GWT GLOBAL IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA :TANIA PATRICIA SILVEIRA :UNIÃO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 08/05/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 10 03/04/2012 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 837.677 MARANHÃO RELATORA : MIN. ROSA WEBER AGTE.(S) :BANCO DO BRASIL

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 18/02/2014 SEGUNDA TURMA EMB.DECL. NO AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 765.810 MINAS GERAIS RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA EMBTE.(S) :MUNICÍPIO DE

Leia mais

4ª CÂMARA (SEGUNDA TURMA) 0001338-94.2011.5.15

4ª CÂMARA (SEGUNDA TURMA) 0001338-94.2011.5.15 4ª CÂMARA (SEGUNDA TURMA) 0001338-94.2011.5.15.0126 RO - RECURSO ORDINÁRIO VARA DO TRABALHO DE PAULÍNIA 2A RECORRENTE: DONACIANO RIBEIRO PINTO RECORRIDO: NSA TECH INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS METALÚRGICOS

Leia mais

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PRIMEIRAS IMPRESSÕES PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL - ENDEREÇAMENTO: EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA 90ª VARA DO TRABALHO DE CAMPINAS/SP - Processo Nº 1598-73.2012.5.15.0090

Leia mais

RECURSO Nº - 55.173 ACÓRDÃO Nº 15.059

RECURSO Nº - 55.173 ACÓRDÃO Nº 15.059 PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 24 / 06 / 2016 Fls.: 04 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID:42832756 Sessão de 10 de maio de 2016 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 55.173 ACÓRDÃO Nº 15.059 INSCRIÇÃO

Leia mais

O TRT da 15ª Região, pelo acórdão de fls. 1313/1324, deu provimento parcial aos Recursos Ordinários do Reclamante e da Reclamada.

O TRT da 15ª Região, pelo acórdão de fls. 1313/1324, deu provimento parcial aos Recursos Ordinários do Reclamante e da Reclamada. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm RECURSO DE REVISTA - HORAS IN ITINERE. ALTERAÇÃO DA BASE DE CÁLCULO. NEGOCIAÇÃO COLETIVA. IMPOSSIBILIDADE. É inválida a norma coletiva que, em prejuízo ao trabalhador,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma ADICIONAL DE INSALUBRIDADE - Restou comprovado o ingresso regular pelo autor em câmaras frias ou de resfriamento sem a devida proteção, pelo que, resta cabível a condenação da ré no pagamento

Leia mais

ACÓRDÃO 0100400-17.2009.5.04.0019 RO Fl. 1. DESEMBARGADORA FLÁVIA LORENA PACHECO Órgão Julgador: 11ª Turma

ACÓRDÃO 0100400-17.2009.5.04.0019 RO Fl. 1. DESEMBARGADORA FLÁVIA LORENA PACHECO Órgão Julgador: 11ª Turma 0100400-17.2009.5.04.0019 RO Fl. 1 DESEMBARGADORA FLÁVIA LORENA PACHECO Órgão Julgador: 11ª Turma Recorrente: Recorrido: Recorrido: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: MARCO AURÉLIO AZEREDO E SILVA

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :COMERCIAL CABO TV SÃO PAULO LTDA : LUÍS EDUARDO SCHOUERI E OUTRO(A/S) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

: MIN. DIAS TOFFOLI :COMERCIAL CABO TV SÃO PAULO LTDA : LUÍS EDUARDO SCHOUERI E OUTRO(A/S) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO AGRAVO DE INSTRUMENTO 812.997 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS TOFFOLI :COMERCIAL CABO TV SÃO PAULO LTDA : LUÍS EDUARDO SCHOUERI E OUTRO(A/S) :ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR C Ó R D Ã O (7ª Turma) GMDAR/MG/

PROCESSO Nº TST-RR C Ó R D Ã O (7ª Turma) GMDAR/MG/ C Ó R D Ã O (7ª Turma) GMDAR/MG/ RECURSO DE REVISTA. INÍCIO DO PRAZO PRESCRICIONAL. MORTE DO EMPREGADO. DATA DA BAIXA DA CTPS. RENÚNCIA À PRESCRIÇÃO. ARTIGOS 191 DO CÓDIGO CIVIL E 7º, XXIX, DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Sustenta, em síntese, fazer jus ao pagamento das horas extras vindicadas na inicial, bem como a integração do salário pago por fora.

Sustenta, em síntese, fazer jus ao pagamento das horas extras vindicadas na inicial, bem como a integração do salário pago por fora. Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. SALÁRIO PAGO POR FORA. ÔNUS DA PROVA. Diante da negativa do empregador, é do empregado o ônus de provar a percepção de valores superiores aos consignados nos recibos

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 743.305 MINAS GERAIS RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :ANGÉLICA GHERARDI SINDRA ADV.(A/S) : FLÁVIO LUIZ DOS REIS E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :UNIVERSIDADE FEDERAL DE

Leia mais

São Paulo, 21 de Setembro de 2006. IARA RAMIRES DA SILVA DE CASTRO PRESIDENTE E RELATORA DESIGNADA

São Paulo, 21 de Setembro de 2006. IARA RAMIRES DA SILVA DE CASTRO PRESIDENTE E RELATORA DESIGNADA ACÓRDÃO Nº: 20060754146 Nº de Pauta:046 PROCESSO TRT/SP Nº: 01514200401602009 RECURSO ORDINÁRIO - 16 VT de São Paulo RECORRENTE: SINTRACON SIND DOS TRAB NAS IND DA CONST RECORRIDO: ANALISE PLANEJAMENTO

Leia mais

PROCESSO Nº: 0800019-28.2015.4.05.8000 - APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO APELANTE: FAZENDA NACIONAL APELADO: EDIFICIO BARCELONA

PROCESSO Nº: 0800019-28.2015.4.05.8000 - APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO APELANTE: FAZENDA NACIONAL APELADO: EDIFICIO BARCELONA Poder Judiciário RELATÓRIO Trata-se de apelação da União (Fazenda Nacional) e remessa oficial em adversidade à sentença, proferida pelo MM Juiz Federal Sebastião José Vasques de Moraes, que concedeu a

Leia mais

Rio de Janeiro, 15 DE MAIO de 2014. JDS MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO Relatora

Rio de Janeiro, 15 DE MAIO de 2014. JDS MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO Relatora AGRAVO DE INSTRUMENTO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Autos nº 0011714-64.2014.8.19.0000 AÇÃO CAUTELAR INOMINADA Embargante:FACEBOOK SERVIÇOS ON LINE DO BRASIL LTDA Embargados:BEIT EL SHAMAH JUDAISMO DA UNIDADE

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 700.228 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECTE.(S) : ALDAIR SCHINDLER E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) :TATIANA MEZZOMO CASTELI RECDO.(A/S) :ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Leia mais

24/06/2014 SEGUNDA TURMA

24/06/2014 SEGUNDA TURMA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 7 24/06/2014 SEGUNDA TURMA DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. GILMAR MENDES AGTE.(S) :TRANSPORTADORA WADEL LTDA - EM AGDO.(A/S) RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Leia mais

PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd

PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma DEVOLUÇÃO DE DESCONTO. Inexistindo prova de que o desconto efetuado sobre as verbas resilitórias correspondiam ao pagamento antecipado de vales

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AIRR-728-69.2011.5.15.0048. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/mmp/msp

PROCESSO Nº TST-AIRR-728-69.2011.5.15.0048. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/mmp/msp A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/mmp/msp AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA - PROCESSO ELETRÔNICO - RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. ENTE PÚBLICO. CULPA IN VIGILANDO DEMONSTRADA. ABRANGÊNCIA. CONSONÂNCIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA A C Ó R D Ã O (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) CSEMV/ CONSULTA. SERVIDOR QUE INGRESSA NO DA UNIÃO A PARTIR DE 14.10.2013. REGIME PREVIDENCIÁRIO APLICÁVEL. AUSÊNCIA DE DECISÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADOS AGRAVANTE ADVOGADOS AGRAVADO Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.419.298 - GO (2013/0381398-8) : MINISTRO SEBASTIÃO REIS JÚNIOR : MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOSÉ ARNALDO DA FONSECA RECORRENTE : UNIÃO RECORRIDO : ARLINDO BARROS DE AGUIAR JÚNIOR E OUTROS ADVOGADO : SELENE WANDERLEY EMERENCIANO EMENTA PROCESSUAL CIVIL. PROCURAÇÃO. PRÁTICA DE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONSELHO DA MAGISTRATURA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONSELHO DA MAGISTRATURA TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONSELHO DA MAGISTRATURA Processo nº: 0082797-74.2013.8.19.0001 Suscitante: CARTÓRIO DO 8 OFÍCIO DO REGISTRO DE IMÓVEIS Interessado: REBECA PEREIRA DA SILVA GIBRAIL Relatora: Desembargadora

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Então me aposentei, mas continuei trabalhando na empresa. Quando sair, qual será o valor da minha multa de 40%? Leonardo Tadeu* A interpretação jurídica do artigo 453 da CLT e seus

Leia mais

DÉCIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL

DÉCIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL 1 DÉCIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO LEGAL EM AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0009707-02.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE NITERÓI AGRAVADO: LUCAS MARQUES CAVALCANTI RELATOR: DES. GABRIEL ZEFIRO AGRAVO

Leia mais

ACÓRDÃO 0182900-57.2009.5.04.0661 RO Fl. 1. DESEMBARGADOR CLÁUDIO ANTÔNIO CASSOU BARBOSA Órgão Julgador: 9ª Turma

ACÓRDÃO 0182900-57.2009.5.04.0661 RO Fl. 1. DESEMBARGADOR CLÁUDIO ANTÔNIO CASSOU BARBOSA Órgão Julgador: 9ª Turma 0182900-57.2009.5.04.0661 RO Fl. 1 DESEMBARGADOR CLÁUDIO ANTÔNIO CASSOU BARBOSA Órgão Julgador: 9ª Turma Recorrente: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: ELISÂNGELA COSTA - Adv. Jorge Luiz Costa DOUX

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO PAULO FORO CENTRAL - FAZENDA PÚBLICA/ACIDENTES 6ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA SENTENÇA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO PAULO FORO CENTRAL - FAZENDA PÚBLICA/ACIDENTES 6ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA SENTENÇA fls. 1 SENTENÇA C O N C L U S Ã 0 Em 24 de novembro de 2010, faço este autos conclusos à Mma. Juíza de Direito, Dra. CYNTHIA THOMÉ. Processo nº: Requerente: Requerido: Juiz(ª) de Direito Dr.(ª): Cynthia

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 849.448 CEARÁ RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :ARTUR FALCÃO CATUNDA :GERMANA VASCONCELOS DE ALCÂNTARA E OUTRO(A/S) :INEP -

Leia mais

Agravo de instrumento interposto com o fim de reformar o r. despacho que denegou seguimento ao recurso de revista.

Agravo de instrumento interposto com o fim de reformar o r. despacho que denegou seguimento ao recurso de revista. A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/igr RECURSO DE REVISTA. ALTERAÇÃO DA DATA DE RESCISÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. PEDIDO DE DEMISSÃO PELA AUTORA. PRETENSÃO DE AFASTAR PRESCRIÇÃO. NÃO PROJEÇÃO DO AVISO PRÉVIO.

Leia mais

Espelho Trabalho Peça

Espelho Trabalho Peça Espelho Trabalho Peça 1) Estrutura inicial O examinando deve elaborar uma contestação, indicando o fundamento legal (artigo 847 da CLT ou artigo 300 do CPC), com encaminhamento ao Excelentíssimo Senhor

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso de Revista n TST-RR , em que é Recorrente

Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso de Revista n TST-RR , em que é Recorrente A C Ó R D Ã O 5ª Turma GMCB/jna AGRAVO DE INSTRUMENTO. FORMAÇÃO DE GRUPO ECONÔMICO. EXISTÊNCIA DE SÓCIO EM COMUM. PROVIMENTO. Ante uma possível violação do artigo 2º, 2º, da CLT, dá-se provimento ao agravo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.230.839 - MG (2011/0006141-6) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI EMENTA PROCESSO CIVIL. RECURSO ESPECIAL. AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE. CONTRATO DE COMODATO. VALOR DA CAUSA. 1. Por

Leia mais

Conheço do recurso, por atendidos seus pressupostos de admissibilidade.

Conheço do recurso, por atendidos seus pressupostos de admissibilidade. VÍNCULO DE EMPREGO. CIRURGIÃO DENTISTA. A atividade exercida pelo autor se inseria nas necessidades normais e permanentes do empreendimento - CENTRO ODONTOLÓGICO - importando no estado de sujeição do trabalhador

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de I. RELATÓRIO

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de I. RELATÓRIO EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da MM. DECLARAÇÃO DE POBREZA E ASSISTÊNCIA SINDICAL. HONORÁRIOS ASSISTENCIAIS. SÚMULA 219 DO TST. 1. Para fazer jus aos benefícios da assitência judiciária gratuita,

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AIRR A C Ó R D Ã O (3ª Turma) GMALB/pat/abn/AB/ri

PROCESSO Nº TST-AIRR A C Ó R D Ã O (3ª Turma) GMALB/pat/abn/AB/ri Justiça do Trabalho Tribunal A C Ó R D Ã O (3ª Turma) GMALB/pat/abn/AB/ri PROCESSO Nº TST-AIRR-2054-06.2017.5.11.0003 AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO SOB A ÉGIDE DAS LEIS N os 13.015/2014,

Leia mais

A C Ó R D Ã O 1ª TURMA. VMF/cg/pcp/a

A C Ó R D Ã O 1ª TURMA. VMF/cg/pcp/a A C Ó R D Ã O 1ª TURMA VMF/cg/pcp/a CORREÇÃO MONETÁRIA ÉPOCA PRÓPRIA. Conforme preconiza a Súmula nº 381 do TST, o pagamento dos salários até o 5º dia útil do mês subsequente ao vencido não está sujeito

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004.

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004. COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N 4.330, DE 2004. Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços terceirizados e as relações de trabalho dele decorrentes.

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel I - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. RECONHECIMENTO DA RELAÇÃO DE EMPREGO. EXCLUSÃO DO NOME DO RECLAMANTE DO QUADRO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/rzm/m

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/rzm/m A C Ó R D Ã O (6ª Turma) GMACC/rzm/m RECURSO DE REVISTA. INDENIZAÇÃO PREVISTA NO ART. 14 DA LEI 5.889/73. REGIME DO FGTS. COMPATIBILIDADE. A jurisprudência desta Corte Superior firmou-se no sentido de

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 0011/2012

NOTA TÉCNICA Nº 0011/2012 NOTA TÉCNICA Nº 0011/2012 Brasília, 26 de junho de 2012. ÁREA: TÍTULO: Contabilidade Pública Restos a Pagar Considerando que, de acordo com o art. 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é vedado ao

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 323.765 - SP (2013/0098775-4) RELATOR : MINISTRO SÉRGIO KUKINA EMENTA AGRAVO REGIMENTAL EM AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. BENEFÍCIO ASSISTENCIAL. IDOSO. CONDIÇÃO DE MISERABILIDADE.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.576.490 - SP (2015/0258395-6) RELATOR AGRAVANTE : MINISTRO HERMAN BENJAMIN : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO : DÉBORA GRUBBA LOPES E OUTRO(S) : VOITH SIEMENS HYDRO POWER GENERATION

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES. Dra. Sandra Marangoni

CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES. Dra. Sandra Marangoni CONTRATO DE TRABALHO PROFESSORES Dra. Sandra Marangoni PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO proteção ao trabalhador In dubio pro operário condição mais benéfica autonomia da realidade irredutibilidade salarial

Leia mais

Coordenação Geral de Tributação

Coordenação Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação Geral de Tributação Solução de Consulta nº 97 Data 3 de abril de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO DE INTERVENÇÃO NO DOMÍNIO ECONÔMICO CIDE PAGAMENTO A MANDATÁRIO

Leia mais

RELATÓRIO. O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado):

RELATÓRIO. O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado): PROCESSO Nº: 0800943-44.2012.4.05.8000 - APELAÇÃO RELATÓRIO O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado): Trata-se de apelação e remessa oficial, tida por interposta, contra

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-228500-74.2008.5.02.0085 A C Ó R D Ã O 5ª Turma AGRAVO DE INSTRUMENTO. ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. ATIVIDADE LABORAL EXERCIDA EM

PROCESSO Nº TST-RR-228500-74.2008.5.02.0085 A C Ó R D Ã O 5ª Turma AGRAVO DE INSTRUMENTO. ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. ATIVIDADE LABORAL EXERCIDA EM PROCESSO Nº TST-RR-228500-74.2008.5.02.0085 A C Ó R D Ã O 5ª Turma AGRAVO DE INSTRUMENTO. ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. ATIVIDADE LABORAL EXERCIDA EM ESTABELECIMENTO PENITENCIÁRIO. FUNDAÇÃO PÚBLICA. LEI

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (5ª Turma) GMCB/ssm/wmf

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O (5ª Turma) GMCB/ssm/wmf A C Ó R D Ã O (5ª Turma) GMCB/ssm/wmf RECURSO DE REVISTA. TERCEIRIZAÇÃO ILÍCITA. ATIVIDADE PRECÍPUA DO TOMADOR DOS SERVIÇOS. ENTE PÚBLICO. ISONOMIA SALARIAL ENTRE EMPREGADOS DO TOMADOR E DA EMPRESA TERCEIRIZADA.

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.048

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.048 TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.048 CONSULTA N 1.538 - CLASSE 5 a - BRASíLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Ricardo Lewandowski. Consulente: Carlos Alberto de Sousa Rosado, Deputado Federal.

Leia mais

APELO DESPROVIDO. Nº 70045176179 COMARCA DE CAXIAS DO SUL RIO GRANDE ENERGIA S A A C Ó R D Ã O

APELO DESPROVIDO. Nº 70045176179 COMARCA DE CAXIAS DO SUL RIO GRANDE ENERGIA S A A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CÍVEL. FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA. OBRIGAÇÃO DE CARÁTER PESSOAL. DÉBITO DE TERCEIRO. PEDIDO DE NOVA INSTALAÇÃO. IMPOSSIBILIDADE DE CONDICIONAMENTO DA NOVA LIGAÇÃO AO PAGAMENTO DE DÉBITO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-AIRR A C Ó R D Ã O (2ª Turma) GMDMA/MCL

PROCESSO Nº TST-AIRR A C Ó R D Ã O (2ª Turma) GMDMA/MCL A C Ó R D Ã O (2ª Turma) GMDMA/MCL AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA DA RECLAMADA. DESERÇÃO DO RECURSO ORDINÁRIO. PESSOA FÍSICA. EMPREGADOR DOMÉSTICO. BENEFÍCIO DA JUSTIÇA GRATUITA. DEPÓSITO

Leia mais

Presentes os pressupostos extrínsecos de admissibilidade, passo à análise dos pressupostos recursais intrínsecos.

Presentes os pressupostos extrínsecos de admissibilidade, passo à análise dos pressupostos recursais intrínsecos. A C Ó R D Ã O 7ª Turma CMB/dsv/mda RECURSO DE REVISTA. ATIVIDADE CANAVIEIRA. PAUSA. NR 31 DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. O cortador de cana tem direito ao intervalo de 10 (dez) minutos, a cada 90

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA Nº 526/2012 - PGGB RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO Nº 697156/PI RECORRENTE: COMPANHIA ENERGÉTICA DO PIAUÍ - CEPISA RECORRIDO: GLAUCIO MOURA

Leia mais