TRANSFORMADORES ENCAPSULADOS EM RESINA. Empresa. Apresentação do Produto. Legenda CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRANSFORMADORES ENCAPSULADOS EM RESINA. Empresa. Apresentação do Produto. Legenda CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008"

Transcrição

1 1

2 Empresa 08 de maio de O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro, fundaram a Indústria, Montagem e Instalações GIMI Ltda. Situada no bairro do Cangaíba (Zona Leste de São Paulo), a GIMI era uma pequena empresa que contava com apenas 8 funcionários, que muito se empenhavam no seu crescimento, trabalhando para que seus produtos atendessem às necessidades de seus clientes. Com o passar dos anos, a produção aumentou e passou a exigir novas instalações para que a GIMI pudesse atender um mercado mais exigente e que a cada dia ampliava-se mais. O Engº Paschoal e o Engº Nunziante decidem então transferir a fábrica para uma área maior. Passam a investir grandes esforços na construção de uma nova sede e, em 1989, a GIMI muda-se para Suzano: m² de área total, m² de área construída, 60 funcionários, modernização dos equipamentos, produtos mais competitivos e maior participação no mercado. gestão da qualidade de seus produtos e serviços. Em 2003, a GIMI inicia sua trajetória de certificação dos produtos, com o lançamento do PICCOLO. Em 2006, nasce o MAGGIORE. Em 2007, nottabile. Em 2008, é a vez do BIMBO. Em 2010, MICROCOMPACT. Em 1980 a MF Transformadores iniciou suas atividades de projeto e fabricação de transformadores à óleo e em 1985 passa a produzir também transformadores em resina. Nos últimos anos a MF Transformadores vem investindo em seu processo produtivo e ampliação de sua estrutura empresarial e isto tem permitido um significativo aumento em seu volume de negócios. Empresa certificada ISO 9001 e 14001, em constante inovação de suas plantas de fundição e processos para levantamento de 60 ton com uma área construída de 7.000m 2. Possibilitam a MF uma capacidade de produção de 250 transformadores/ mês. TRANSFORMAORES ENCAPSULAOS EM RESINA Apresentação do Produto Em Suzano, o Engº Nunziante assume sozinho a direção da GIMI, porém, o ideal de pai e filho foi passado para os netos do Engº Paschoal. Em 1997, passa a integrar a equipe a Engª era Ângela Graziano Finoti. No ano seguinte, o Engº anderlei Angelo Junior e em 1999 o Engº Nunziante Graziano. Com as exigências de certificação e de qualidade de seus produtos, a GIMI conquista em 1999 o certificado ISO 9000, que sustenta até hoje como estandarte da excelência da Possui representantes em todos os continentes e em 2012 ocorreu o encontro GIMI MF, quando então a GIMI passou a ser um destes representantes. Nosso objetivo é fornecer cada vez mais soluções completas em nosso mercado. O que se pode dizer hoje sobre a GIMI é que ao longo destas 4 décadas, o desenvolvimento e o pioneirismo que são a marca dessa empresa tem somente um único objetivo: O Cliente Legenda 1) núcleo step-lap com cristais orientados Relatório de Ensaio 2) enrolamento em chapa BT 3) enrolamento em fita AT 4) terminais BT 5) terminais AT 6) comutador de TAP s AT (em vazio) 7) conexão AT 8) olhais de tração 9) rodas orientáveis 10) estruturas inferiores e superiores 11) caixa centralizada para circuitos auxiliares 12) terminal de terra CERTIFICAO O SISTEMA E GESTÃO A QUALIAE ISO 9001: ) olhais de içamento 2 3

3 Características e antagens Enrolamento de Baixa Tensão Os transformadores GIMI-MF encapsulados em resina epóxi satisfazem as seguintes características: a- auto-extinguível e baixa emissão de fumaça (F1) b- requerem um baixo nível de manutenção c- ausência de tanque de coleta de líquido d- tamanhos reduzidos e- possibilidade de ser instalado próximo da carga BT Os enrolamentos de BT são produzidos com fita de alumínio, tão alta quanto a coluna primária, de modo a permitir minimizar as tensões axiais devidas às correntes de curto-circuito. O isolamento entre as espiras é constituído por uma chapa isolante classe F. Antes da montagem, os enrolamentos de BT são imersos em resina alquídica e polimerizados a 150 C. Este procedimento permite assegurar características desejáveis de resistência a agentes externos (umidade e poluição atmosférica). O enrolamento é calculado e executado de modo que a temperatura máxima de funcionamento em carga máxima seja igual à classe F (t=100 C). A concentricidade perfeita dos dois enrolamentos (AT e BT) é mantida por espaçadores-suportes especiais, o que permite distribuir o fluxo em carga de uma maneira uniforme evitando a ocorrência de vibrações anormais. f- facilidade de eliminação (como resíduo urbano) g- possibilidade de instalação em locais com alta humidade (E2) h- possibilidade de instalação em locais abertos e de baixas temperaturas (C2) i- excelente resistência ao curto-circuito Potência 9000 ka Potência 4000 ka (AN) Tensões / 2 x 1400 Tensões / Frequência 60 HZ Frequência 60 HZ 4 5

4 Enrolamentos de Alta Tensão Núcleo Magnético Os enrolamentos de AT são produzidos com fita ou fio de alumínio (UNI 4507) e são dimensionados de tal modo que as dilatações térmicas não provoquem deslizamentos entre os condutores e a resina. Também são concebidos de modo a não sofrer qualquer dano devido aos efeitos dinâmicos externos de curto-circuito. O método de construção é de modo a assegurar uma perfeita distribuição do campo elétrico com a consequente ausência de descargas parciais, bem como uma resistência excelente às exigências de impulsos. O enrolamento é produzido com materiais (resina, condutores, isolantes) em classe F. A temperatura máxima de funcionamento para a série TR.FF é de 100 C (classe F). entro e fora, são inseridas fibras de vidro incorporadas sob vácuo que aumentam as características termo-mecânicas. O núcleo magnético é realizado com lâminas de cristais orientados para uma perda de carga muito baixa (a indução na fase de projeto é igual a 1,5 Tesla). As lâminas estão dispostas de modo a excluir sobreaquecimentos locais anormais e para assegurar uma distribuição uniforme do campo magnético, minimizando o ruído por meio da utilização da técnica de corte e montagem do Step-lap e do corte a 45 com os quais os núcleos são intercalados. Graças a essas medidas, é possível reduzir o fenômeno da compressão que consiste no efeito de saturação dos blocos de bobinas. O sistema de fixação do pacote é dimensionado de modo a resistir às tensões eletrodinâmicas dos enrolamentos, em caso de curtocircuito. A temperatura máxima de funcionamento é de 100 C. O núcleo é revestido com tintas alquídicas e anti-higroscópicas. Tipo: Potência: Transformador para alta velocidade 27,5/27,5 k 3 MA 6 7

5 Instalação de Revestimentos Equipamentos As instalações de revestimento exploram a experiência e alta tecnologia adquirida nos últimos 20 anos, para obter colunas de qualidade tecnológica e estética elevada. A resina utilizada é de tipo epoxídica CIBA Araldit n CY5538 (endurecedor: Harden HY5571), carregada com quartzo em pó, trihidrato de alumina e anti-sedimentação. O produto GIMI-MF responde às seguintes características: segurança: auto-extinção imediata e baixo valor de toxicidade da fumaça (certificada) físico-mecânicas: alta resistência aos choques térmicos, excelente resistência ao fogo, ausência de higroscopicidade, coeficiente de expansão térmica muito semelhante à dos condutores de AT. térmicas: índice de temperatura de acordo com a IEC 216: 156 C (superior a 150 C, portanto, classe F). Os transformadores de produção são equipados dos seguintes acessórios padrão: rodas orientáveis olhais de içamento bloco de terminais para comutação de TAP painéis de plexiglass para cobertura do bloco de terminais de comutação de TAP placa com características elétricas placa de aço inoxidável para ligação à terra caixa com bloco de terminais para serviços auxiliares Mediante solicitação, a GIMI-MF pode fornecer os seguintes acessórios opcionais: ganchos de tração termômetro de dois contatos termistor PT100 (n 3) isoladores passantes AT, tipo Elastimold (tipo protegido) proteção eletrostática entre MT e BT ventilação forçada caixa de proteção IP23 (315) caixa de proteção de plexiglass, apenas lado BT unidade para o controle da temperatura com contato triplo para ventilação forçada, alarme e desligamento suportes anti-vibração SÍLICA + ALUMINA SÍLICA + ALUMINA AGITAOR SECAOR RESINA A AGITAOR 120º C 120º C SECAOR ENURECEOR B PRÉ-MISTURAOR ÁCUO PRÉ-MISTURAOR MISTURAOR FINAL BOBINAS AT AUTOCLAE BOBINAS AT 8 9

6 Sala de Ensaios ados Técnicos - imensões: No fim do seu ciclo de produção, graças a uma sala de ensaio bem equipada e de pessoal especializado, é capaz de realizar todos os ensaios seguintes de acordo com as normas CEI 14-4 e 14-8, IEC 76 e 726, IEC e IEC , CEI ENI 60146, NBR Rev e IEC U 1 1W C 1U 1 1W C Ensaios de aceitação. 1) medição da relação de transformação e do deslocamento angular 2) medição da resistência ohmica dos enrolamentos MT e BT 3) ensaio de isolamento com tensão aplicada à frequência industrial durante um minuto em enrolamentos MT e BT 4) ensaio de isolamento com tensão induzida a 100 Hz durante um minuto 5) medição das perdas sem carga e da corrente em vazio correspondente 6) medição das perdas devidas à carga e da impedância de curto-circuito. 7) medição das descargas parciais de acordo com a CEI ) medição da transição vítrea com calorímetro Mettler Ensaios de tipo (a pedido): 1) ensaio de estanqueidade aos impulsos 2) ensaio de aquecimento (com determinação da temperatura do núcleo superior), seja para transformadores de distribuição, seja para transformadores por conversores 3) medição do nível de ruído de acordo com as normas CEI ) Medição dos campos eletromagnéticos emitidos de acordo com as normas CEI EN Ensaios especiais (a pedido e realizados em laboratórios CESI): 1) ensaio de estanqueidade ao curto-circuito de acordo com as normas CEI 14-8 par. 5 2) comportamento ao fogo de acordo com normas CEI 14-9 par. 6 3) classe climática 4) classe ambiental A B A B Ao Tempo (IP00) Abrigada (IP31) Classe de isolamento Tensão primária Tensão secundária Frequencia Grupo vetor 17.5k (24k e 36,2k sob consulta) 13,8 k até / 60 Hz yn1 Potência Nominal ka istância mm IP00 - ersão ao Tempo Comprimento - A mm Largura - B mm Altura - C mm Peso Kg IP31 - ersão com Abrigo Comprimento - A mm Lista de Ensaios de curto-circuito Potência (ka) Tensões (k) ,5/0, /64x0, /2x0, /2x0, /0, /0, /0, /0, /0, /0,4 Largura - B mm Altura - C mm Peso Kg As dimensões indicadas são aproximadas Potência nominal Características Eletromecânicas Perdas em vazio Perdas em carga (W) Tensão de curto-circuito Corrente em vazio Corrente de magnetização Constante de tempo Ruído LWA Pressão acústica LpA 1m Eficiência a 100% carga, cosφ1 Eficiência a 100% carga, cosφ0,8 Eficiência a 75% carga, cosφ1 Eficiência a 75% carga, cosφ0,8 plena carga cosφ1 plena carga cosφ0,8 ka W 75 C 120 C % %In x In S db(a) % % % % % % % , , , , , , , ,05 98, , , , ,01 0,

7 ESCRITÓRIO COMERCIAL Rua Itapura, nº Sala Tatuapé São Paulo - SP CEP: (+55 (11) UNIAE FABRIL Estrada Portão da Ronda, nº Jd. Revista Suzano - SP CEP: (+55 (11)

PICCOLO. Empresa. Relatório de Ensaio. Características Gerais. Características Construtivas

PICCOLO. Empresa. Relatório de Ensaio. Características Gerais. Características Construtivas Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

Empresa. Relatório de Ensaio

Empresa. Relatório de Ensaio Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO

CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 1 Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA MODELO TAM TRANSFORMADORES - TIPO TAM Os transformadores a seco moldados em resina epóxi são indicados para operar em locais que exigem segurança, os materiais utilizados em sua construção são de difícil

Leia mais

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution GEAFOL - Transformadores a seco de 5 a 5.000 kva Transformadores encapsulados em resina Power Transmission and Distribution Aplicações e Características Transformadores a seco Geafol de 5 a 5.000 kva Confiabilidade

Leia mais

Transformador a seco Resi R

Transformador a seco Resi R Transformador Resi a seco R APLICAÇÃO A utilização de materiais isolantes de alta qualidade e um adequado projeto estrutural e construtivo da parte ativa, tornam os transformadores a seco de distribuição

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas www.weg.net Em um Transformador Seco WEG, há mais de 40 anos de experiência na fabricação de motores elétricos, mais de 25 anos na fabricação de transformadores e toda

Leia mais

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador.

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador. CAPÍTULO 8 TRANSFORMADORES ELÉTRICOS 8.1 CONCEITO O transformador, representado esquematicamente na Figura 8.1, é um aparelho estático que transporta energia elétrica, por indução eletromagnética, do primário

Leia mais

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA.

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. TRANSFORMADORES MONOFÁSICOS DE ISOLAÇÃO COM BLINDAGEM APLICAÇÃO Os transformadores monofásicos de isolação com blindagens, magnética e eletrostática, foram desenvolvidos

Leia mais

Transformadores secos encapsulados. Trihal

Transformadores secos encapsulados. Trihal Transformadores secos encapsulados tipo é um transformador trifásico do tipo seco com bobinagens encapsuladas e moldadas no vazio numa resina époxy contendo uma carga activa. É esta carga activa, composta

Leia mais

Treinamento em transformadores- Programa 1

Treinamento em transformadores- Programa 1 Treinamento em transformadores- Programa 1 Módulo 1: Núcleo Caminho de passagem da energia magnética Perdas a vazio Corrente de excitação Nível de ruído Descargas parciais Gás-cromatografia Chapas de M4

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Transformadores Secos Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net WEG: Sinônimo de Inovação e Qualidade O Grupo WEG possui 49 anos de experiência no mercado, sendo hoje o maior

Leia mais

TRANSFORMADORES DE MEDIDA

TRANSFORMADORES DE MEDIDA TRANSFORMADORES DE MEDIDA Transformadores de tensão MT e de 60 kv Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de Outubro

Leia mais

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0064 TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TEMA DA AULA TRANSFORMADORES DE INSTRUMENTOS PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA MEDIÇÃO DE GRANDEZAS ELÉTRICAS Por que medir grandezas elétricas? Quais grandezas elétricas precisamos medir? Como medir

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

-Transformadores Corrente de energização - inrush

-Transformadores Corrente de energização - inrush -Transformadores Corrente de energização - inrush Definição Corrente de magnetização (corrente de inrush) durante a energização do transformador Estas correntes aparecem durante a energização do transformador,

Leia mais

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. 1 2 ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. A energia é o núcleo dos acontecimentos,

Leia mais

Transformadores Para Instrumentos. Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng.

Transformadores Para Instrumentos. Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng. Transformadores Para Instrumentos Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng. Sumário 1. Tipos de Transformadores. 2. Transformadores de Corrente - TCs. 3. Transformadores de Potencial TPs. 4. Ligação

Leia mais

PROCEDIMENTO TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO COM ISOLAMENTO SECO

PROCEDIMENTO TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO COM ISOLAMENTO SECO Sistema Normativo Corporativo PROCEDIMENTO T Í T U L O VERSÃO DATA DA VIGÊNCIA Nº ATA Nº DATA 00-28/06/20111 28/06/2011 APROVADO POR Marcelo Poltronieri SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200 LINHA LINHA CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Dimensões Altura: 2400mm., Largura: 600/700/800mm., Profundidade: 600/800mm. Outras configurações conforme consulta; Estrutura fabricada em chapa de 2,65mm. (12MSG),

Leia mais

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS gl2 PLUS gl2 plus CARACTERÍSTICAS - PROJETOR Estanqueidade: IP 66 (*) Resistência ao impacto (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento elétrico: I (*) Tensão nominal: 127 a 277V, 50-60 Hz Peso: 13.6 kg

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Avaliação do Sistema de Transformação em Subestações e Painéis de Média Tensão - Operação, Manutenção e Ensaios Eng. Marcelo Paulino Subestações

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.05.006 TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO ISOLAMENTO SECO 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.05.006 TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO ISOLAMENTO SECO 01 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ES.DT.PDN.01.05.006 01 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO-ES PAULO JORGE TAVARES ENGENHARIA E CADASTRO-SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 4

Leia mais

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão Transformando energia em soluções Motores de Alta Tensão Motores de alta tensão A WEG desenvolveu em conjunto com consultoria internacional especializada uma linha de motores de carcaça de ferro fundido

Leia mais

Transformadores de Corrente

Transformadores de Corrente Transformadores de Corrente Uso externo Isolado a óleo JOF (24 550) kv Descrição geral Os TCs to tipo JOF são utilizados em sistemas de alta tensão entre 24 e 550 kv. Eles transformam níveis elevados de

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA

AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA ENE095 Proteção de Sistemas Elétricos de Potência Prof. Luís Henrique Lopes Lima 1 TRANSFORMADORES DE MEDIDAS

Leia mais

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada Notas: Critérios Construtivos do Padrão de Entrada A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada. O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

Prof. Cecil M. Fragoso Março de 1993

Prof. Cecil M. Fragoso Março de 1993 Transformadores Teoria e Projeto Apostila original por Prof. Cecil. Fragoso arço de 993 Reedição por Gabriel Gutierrez P. oares Revisão por anoel B. oares aio de 00 Transformadores - Conceito O transformador

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

Cap.6 Transformadores para Instrumentos. TP Transformador de Potencial. TC Transformador de Corrente

Cap.6 Transformadores para Instrumentos. TP Transformador de Potencial. TC Transformador de Corrente Universidade Federal de Itajubá UNIFEI Cap.6 Transformadores para Instrumentos. TP Transformador de Potencial. TC Transformador de Corrente Prof. Dr. Fernando Nunes Belchior fnbelchior@hotmail.com fnbelchior@unifei.edu.br

Leia mais

Reparo de Transformador de Potência da Linha 1 do METRÔ-SP

Reparo de Transformador de Potência da Linha 1 do METRÔ-SP Reparo de Transformador de Potência da Linha 1 do METRÔ-SP Avaliação Técnica x Custos x Experiências Adquiridas GERSON DIAS Mapa da Rede Metropolitana S/E Primária Cambuci - YCI Atuação do relé de presença

Leia mais

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS Somos a Eikon Sistemas de Eneria, uma empresa com foco na inovação e qualidade de seus produtos, além da expertise no desenvolvimento de soluções

Leia mais

Projeto de pequenos transformadores

Projeto de pequenos transformadores Projeto de pequenos transformadores Um transformador é uma máquina elétrica estática, cuja principal função é transferir energia elétrica de um circuito para outro. Os transformadores podem ser elevadores,

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG Catalogo Técnico Disjuntor Motor BDM-NG Disjuntores-Motor BDM-NG Generalidade: O disjuntor-motor BDM-NG,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1 / 09 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S.A. IPT CENTRO TECNOLÓGICO DO AMBIENTE CONSTRUÍDO - CETAC

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Novas Diretrizes de projeto e aplicação de painéis de baixa tensão Eng. Nunziante Graziano, M. Sc. AGENDA Normas de Referência Por que um

Leia mais

PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO

PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO CUIABÁ MT OUTUBRO DE 2003 1 PCH BARUITO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO Empreendedor : Global Energia Elétrica S/A Empreendimento:

Leia mais

Transformadores de Distribuição Herméticos

Transformadores de Distribuição Herméticos 2004 Transformadores de Distribuição Herméticos generalidades A gama é constituida por transformadores segundo as seguintes especificações: transformadores trifásicos, 50 Hz, para instalação em interior

Leia mais

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas Disjuntores-Motor BDM-G Generalidade: O disjuntor-motor BDM-G,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção dos motores. Possuem alta capacidade de

Leia mais

TERMOS PRINCIPAIS UTILIZADOS EM TRANSFORMADORES

TERMOS PRINCIPAIS UTILIZADOS EM TRANSFORMADORES TRANSFORMADOR MONOFÁSICO: São transformadores que possuem apenas um conjunto de bobinas de Alta e Baixa tensão colocado sobre um núcleo. 1 TRANSFORMADOR TRIFÁSICO: São transformadores que possuem três

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Indústria e Comércio de Bombas D Água Beto Ltda Manual de Instruções MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Parabéns! Nossos produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia Bombas Beto. Este manual traz

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Manobra de Capacitores Manobras de Capacitores para Correção do Fator de Potência A linha de contatores especiais CWMC

Leia mais

PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA

PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA PERÍCIAS DE ENGENHARIA ELÉTRICA PERICIAS NAS DIVERSAS ÁREAS DA ENGENHARIA ELÉTRICA 1. PERICIAS EM TRANSFORMADORES Transformadores a óleo e transformadores a seco; Verificação de seus componentes; Ensaios

Leia mais

Resimold Resiglas. Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição

Resimold Resiglas. Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição Resimold Resiglas Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição PM102242 Make the most of your energy 246830 Resimold Resiglas PT G54ro.indd 1

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 IEC 60439 / IEC 61439 GUIA ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS

CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 IEC 60439 / IEC 61439 GUIA ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS CONJUNTOS CONFIGURÁVEIS XL3 GUIA IEC 60439 / IEC 61439 ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS Conjuntos configuráveis XL 3 Guia de alterações da norma

Leia mais

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

Aterramento. 1 Fundamentos

Aterramento. 1 Fundamentos Aterramento 1 Fundamentos Em toda instalação elétrica de média tensão para que se possa garantir, de forma adequada, a segurança das pessoas e o seu funcionamento correto deve ter uma instalação de aterramento.

Leia mais

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda.

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Confiança e economia na qualidade da energia. Recomendações para a aplicação de capacitores em sistemas de potência Antes de iniciar a instalação,

Leia mais

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país.

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. PORTFÓLIO TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. São 20 anos de parceria com nossos clientes, fornecedores e

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Versão 1.01- Fevereiro 2008 (a cores)

Versão 1.01- Fevereiro 2008 (a cores) Acessórios e Componentes Eletromecânicos para Transformadores de Potência e Distribuição Relé Detector de Gás Tipo Buchholz Versão 1.01- Fevereiro 2008 (a cores) Idioma: Português / Brasil Versão para

Leia mais

Aquecimento por Indução Bobinas de indução

Aquecimento por Indução Bobinas de indução Aquecimento por Indução Bobinas de indução A bobina de indução, também conhecida como indutor, é o componente do sistema de aquecimento por indução que define o grau de eficácia e eficiência do aquecimento

Leia mais

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Documento complementar ao Guia de medição, leitura e disponibilização de dados Regras relativas à instalação, manutenção e verificação de equipamentos de medição, cabos e outros

Leia mais

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TEMA DA AULA TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TRANSFORMADORES - PERDAS EM VAZIO Potência absorvida pelo transformador quando alimentado em tensão e frequência nominais,

Leia mais

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria

Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO. www.rehau.pt. Construção Automóvel Indústria Soluções REHAU PARA A REABILITAÇÃO Uma APLICAÇÃO PARA CADA NECESSIDADE www.rehau.pt Construção Automóvel Indústria A REABILITAÇÃO, UMA SOLUÇÃO COM SISTEMAS PARA O AQUECIMENTO E O ARREFECIMENTO POR SUPERFÍCIES

Leia mais

AUTORES: WOONG JIN LEE ALOISIO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA JORGE FERNANDO DUTRA JOSÉ M. PINHEIRO FRANKLIM FABRÍCIO LAGO CARLOS AUGUSTO V.

AUTORES: WOONG JIN LEE ALOISIO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA JORGE FERNANDO DUTRA JOSÉ M. PINHEIRO FRANKLIM FABRÍCIO LAGO CARLOS AUGUSTO V. AUTORES: WOONG JIN LEE ALOISIO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA JORGE FERNANDO DUTRA JOSÉ M. PINHEIRO FRANKLIM FABRÍCIO LAGO CARLOS AUGUSTO V. GRANATA 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO GENERALIDADES PROJETO CABOS E ACESSÓRIOS

Leia mais

Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4

Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4 Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 SIPLUX E SIVACON S4 Painéis de distribuição e Centro de Controle de Motores para todas as aplicações em Baixa Tensão. O que se espera de um painel de Baixa tensão?

Leia mais

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES Nobreak senoidal on-line trifásico dupla convers o 60 a 300 kva 60 kva de 80 a 120 kva 160 e 300 kva PERFIL Os nobreaks on-line de dupla conversão da linha Gran Triphases foram desenvolvidos com o que

Leia mais

CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT

CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT 1 - Objetivos: Este trabalho tem por objetivo apresentar as principais características técnicas dos capacitores convencionais do tipo imerso em

Leia mais

Acessórios Desconectáveis 200A

Acessórios Desconectáveis 200A 200A APLICAÇÃO Os Acessórios da Prysmian possuem uma concepção de projeto baseada no sistema plugue - tomada, porém para tensões, permitindo fácil conexão e desconexão de um cabo de potência, de um equipamento,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-104/2007 R-01 SERVIÇOS DE RECUPERAÇÃO EM TRANSFORMADOR DE POTÊNCIA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-104/2007 R-01 SERVIÇOS DE RECUPERAÇÃO EM TRANSFORMADOR DE POTÊNCIA ET-04/2007 R-0 DOCUMENTO NORMATIVO ET-04 I APRESENTAÇÃO Este documento estabelece critérios, procedimentos e recomendações a serem considerados na elaboração de Contrato de Prestação de serviços de reparo

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 18

PROVA ESPECÍFICA Cargo 18 27 PROVA ESPECÍFICA Cargo 18 QUESTÃO 41 De acordo com a NBR 5410, em algumas situações é recomendada a omissão da proteção contra sobrecargas. Dentre estas situações estão, EXCETO: a) Circuitos de comando.

Leia mais

TRABAJO. Empresa o Entidad CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S/A - ELETRONORTE

TRABAJO. Empresa o Entidad CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S/A - ELETRONORTE 1 TRABAJO Título ESTUDO DE CASOS, SOBRE FALHAS NA FABRICAÇÃO E MONTAGEM DE TRANSFORMADORES A SECO, NA QUAL, APÓS A EVOLUÇÃO DO PROBLEMA, CAUSAM A QUEIMA DO TRANSFORMADOR. Nº de Registro (Resumen) 223 Empresa

Leia mais

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS 2.1 INTRODUÇÃO O objetivo do presente trabalho é estudar o funcionamento em regime permanente e em regime dinâmico da Máquina Assíncrona Trifásica

Leia mais

TRANSFORMADORES PARA MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRICA TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRANSFORMADORES DE FORÇA A SECO DE BAIXA TENSÃO.

TRANSFORMADORES PARA MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRICA TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRANSFORMADORES DE FORÇA A SECO DE BAIXA TENSÃO. TRNSFORMDORES PR MEDIÇÃO E PROTEÇÃO ELÉTRIC TP, TC E CONJUNTOS DE MEDIÇÃO. TRNSFORMDORES DE FORÇ SECO DE BIX TENSÃO. MIS LT TECNOLOGI EM TRNSFORMDORES Brasformer Produtos Elétricos Ltda. teve início em

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Fundamentos de Máquinas Elétricas

Fundamentos de Máquinas Elétricas Universidade Federal do C Engenharia de nstrumentação, utomação e Robótica Fundamentos de Máquinas Elétricas rof. Dr. José Luis zcue uma Regulação de tensão Rendimento Ensaios de curto-circuito e circuito

Leia mais

O Site da Eletrônica Aterramento

O Site da Eletrônica Aterramento O Site da Eletrônica Aterramento 1 - Generalidades As características e a eficácia dos aterramentos devem satisfazer às prescrições de segurança das pessoas e funcionais da instalação. O valor da resistência

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

CURSO Eletroeletrônica - DATA / / Eletromagnetismo. Indução eletromagnética

CURSO Eletroeletrônica - DATA / / Eletromagnetismo. Indução eletromagnética 1 de 9 CURSO Eletroeletrônica - DATA / / COMPONENTE ALUNO DOCENTE Eletromagnetismo Prof. Romeu Corradi Júnior [www.corradi.junior.nom.br] RA: Assunto: Resumo com comentários Eletromagnetismo Indução eletromagnética

Leia mais

1.1- DIVISÃO DOS TRANSFORMADORES

1.1- DIVISÃO DOS TRANSFORMADORES Quanto a Finalidade: TRANSFORMADORES 1.1- DIVISÃO DOS TRANSFORMADORES a)transformadores de Corrente; b)transformadores de Potencial; c)transformadores de Distribuição; d)transformadores de Força. Quanto

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net Tecnologia para minimizar o consumo das indústrias. Sustentabilidade para maximizar a qualidade de vida das pessoas. O sol é uma

Leia mais

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água [ Ar ] [ Água ] [ Terra ] Tecnologia Solar [ Buderus ] Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água Coletores Logasol Controladores Logamatic Estação Logasol Vasos de expansão Bomba circuladora

Leia mais

TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO ELÉCTRICA IMERSOS EM DIELÉCTRICO LÍQUIDO

TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO ELÉCTRICA IMERSOS EM DIELÉCTRICO LÍQUIDO IG-168-ES 12.05.2011 INSTRUÇÕES GERAIS DE IG-168-PT Instruções Gerais TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO ELÉCTRICA IMERSOS EM DIELÉCTRICO LÍQUIDO LIB Centros de Transformação

Leia mais

Esquematicamente, a rede de assinantes é composta pelos seguintes elementos: Planta Externa. Caixa de Distribuição. Cabo Primário.

Esquematicamente, a rede de assinantes é composta pelos seguintes elementos: Planta Externa. Caixa de Distribuição. Cabo Primário. 2 REDE DE ASSINANTES É a parcela do sistema telefônico que interliga a central local com o aparelho telefônico. Além da voz, é usada também para comunicação de dados. Atualmente a rede de assinantes é

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

Produtos de Média Tensão. Is-limiter Limitador de corrente extra rápido

Produtos de Média Tensão. Is-limiter Limitador de corrente extra rápido Produtos de Média Tensão Is-limiter Limitador de corrente extra rápido Is-limiter O limitador de corrente extra rápido reduz os custos das instalações resolve problemas de curto-circuito em instalações

Leia mais

Montagem de SPDA e Aterramento

Montagem de SPDA e Aterramento Executamos obras com uma equipe especializada e experiente, qualificada na área de sistem as de SPDA e aterramento. O SPDA e o aterramento é de fundamental importância para a proteção de pessoas e de sistemas

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS MONOCRISTALINOS SEM MOLDURA - SI-ESF-M-M125-36

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA MÓDULOS MONOCRISTALINOS SEM MOLDURA - SI-ESF-M-M125-36 Solar Innova usa os últimos materiais para a fabricação de seus módulos solar. Nossos módulos são ideais para qualquer aplicativo que usa o efeito fotoelétrico como uma fonte de energia limpa por causa

Leia mais

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS Dynatig 350 HF CÓDIGO : 0704123 Ignitor de alta frequência MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS 2 Dynatig 350 HF Página em branco Dynatig 350 HF Ignitor de alta frequência para tocha TIG MANUAL

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua Motores Automação Energia Tintas Os motores de corrente contínua WEG são concebidos com as mais modernas tecnologias de projeto, resultando em máquinas compactas e com excelentes propriedades dinâmicas,

Leia mais

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação.

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. De acordo com a potência (carga), o contator é um dispositivo de comando

Leia mais

8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS

8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS 8. MANUTENÇÃO EM MOTORES ELÉTRICOS 8.1 INTRODUÇÃO Os motores elétricos são responsáveis por grande parte da energia consumida nos segmentos onde seu uso é mais efetivo, como nas indústrias, onde representam

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 A L 0 H mola apoio sem atrito B A figura acima mostra um sistema composto por uma parede vertical

Leia mais

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana INTRODUÇÃO Um gerador de corrente continua é uma máquina elétrica capaz de converter energia mecânica em energia elétrica. Também

Leia mais

Projeto Especializado...Potência Confiável

Projeto Especializado...Potência Confiável Projeto Especializado...Potência Confiável LINHA 455 750 KVA Desempenho I Durabilidade I Facilidade de Manutenção Produto Brasil Chegou um novo padrão de potência. A linha 455 750 kva da FG Wilson é projetada

Leia mais

Geradores Trifásicos Para PCH s

Geradores Trifásicos Para PCH s Geradores Trifásicos Para PCH s Geradores Trifásicos para PCH s - 2-1. CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Carcaça de aço laminado e soldada eletricamente. As suas dimensões são determinadas com o propósito de

Leia mais