Transformador a seco Resi R

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Transformador a seco Resi R"

Transcrição

1 Transformador Resi a seco R

2 APLICAÇÃO A utilização de materiais isolantes de alta qualidade e um adequado projeto estrutural e construtivo da parte ativa, tornam os transformadores a seco de distribuição RSIRY ideais para aplicações em elevado nível de stresstérmico/mecânico. O sistema de fundição de resina epóxi (bobina moldada) com adição de sílica (pó de quartzo) como carga mineral, sistema classe H com aprovação UL 94(classificação anti-chama), além de isolantes pré-impregnados, conferem ao RSIRY o que de mais moderno existe no mundo, garantindo importantes conceitos técnicos e aspectos modernos para a escolha dos transformadores a seco. SGURANÇA SUPORTABILIA OTIMIZAÇÃO O sistema de isolamento é fundamentado em uma adequação perfeita de resistência mecânica, elétrica e segurança sob todos os aspectos; A mistura adequada dos componentes melhora a resistência mecânica aos esforços de curtocircuito, sobrecargas de curta duração e dos efeitos ambientais e climáticos; A capacidade térmica da mistura de fundição permite reduzir tamanhos, aumentar potência, reduzir custos, flexibilizar projetos e melhorar a capacidade a sobrecargas; Os transformadores de distribuição RSIRY podem ser utilizados em vários campos de aplicação. Aqui descrevemos algumas possíveis: Unidades de subestações indoor ou outdoor Locais Públicos: Indústria Naval; Mineração; Metrô/Trens; Industria automobilística; Aplicação com retificadores; Refinarias Indústrias de Papel e Celulose Locais speciais: Hospitais; Aeroportos; Shoppings centers; difícios públicos; difícios de escritórios; Instalações de fábricas; NORMAS APLICÁVIS Os transformadores RSIRY atendem as normas: ABNT NBR IC/N Transformadores de potência - specificações Gerais IC Transformadores a Seco (Subst. IC 60726) IC Guia de aplicação de carga em transformadores de potência a seco (IC 60905)

3 AOS LÉTRICOS Isolamento 15kV - Tensão secundário 380/220 e 220/127V (Valores de referência) Potência nominal (kva) * Tensão nominal (1) Nível de isolamento (2) erivações da tensão (1) Grupo de ligação (1) à vazio Perdas (W) em carga à Tensão de curto-circuito (%) à Corrente a vazio (%) Corrente de inrush Regulação tensão (%) Rendimento (%) Nível de ruído (db) escargas parciais I/In valor de pico constante tempo (s) Nível de potência LPA , Primário: 13,8KV Secundário: 380/220V e 220/127V 15kV e1,2kv - Tensão aplicada 34kV e 10kVrms, 60Hz-1min - NBI: 95 ou 110KV, 1,2/50µS Aprox. 2x 2,5% ou (13/13200/12600/1/1V) yn1 (triângulo/estrela com neutro acessível) ,75 5,75 5,75 5,75 5,75 5,75 5,75 5,75 6,25 6,25 6,25 6,25 6,25 3,0 2,7 2,5 2,3 2,1 1,7 1,5 1,5 1,4 1,4 1,3 1,2 1, , ,12 0,13 0,14 0,18 0,21 0,27 0,30 0,32 0,32 0,40 0,45 0,50 0,60 1,88 4,73 1,41 3,55 97,68 97,12 97,48 1,84 4,71 1,38 3,53 97,91 97,40 97,77 1,75 4,65 1,31 3,49 98,05 97,58 97,93 1,49 4,49 1,12 3,37 98,30 97,88 97,17 1,42 4,45 1,07 3,34 98,39 98,00 98,27 1,88 4,47 1,02 3,30 98,52 98,16 98,43 1,16 4,27 0,87 3,21 98,46 98,68 1,11 4,24 0,83 3,18 98,80 98,51 98,72 96,87 97,23 97,42 97,72 97,85 98,04 98,36 98, Isento de descargas parciais conforme IC Isolamento 24,2kV - Tensão secundário 380/220 e 220/127V (Valores de referência) Potência nominal (kva) * Tensão nominal (1) Nível de isolamento (2) erivações da tensão (1) Grupo de ligação (1) à vazio Perdas (W) em carga à Tensão de curto-circuito (%) à Corrente a vazio (%) Corrente de inrush Regulação tensão (%) Rendimento (%) Nível de ruído (db) escargas parciais I/In valor de pico constante tempo (s) Nível de potência LPA (*) efinida com ventilação natural (AN). Para aplicação particular, ela pode aumentar até 40% com acréscimo de ventilação forçada. Consulte a engenharia. (1) Para outras necessidades, consulte a engenharia; 1,08 4,22 0,81 3,17 98,84 98,55 98,75 98, ,09 4,23 0,82 3,17 98,85 98,57 98,78 98, ,06 4,21 0,80 3,16 98,89 98,61 98,81 98, ,08 4,22 0,81 3,17 98,85 98,57 98, ,05 4,20 0,79 3,13 98,89 98,61 98,81 98, , Primário: 24,2KV Secundário: 380/220V e 220/127V 25kV e1,2kv - Tensão aplicada 50kV e 10kVrms, 60Hz-1min - NBI: 125KV, 1,2/50µS Aprox. 2x 2,5% ou (24200/23100/2/20/19V) yn1 (triângulo/estrela com neutro acessível) ,75 6,75 6,75 6,75 6,75 6,75 6,75 6,75 6,75 6,75 7,25 7,25 7,25 3,2 2,6 2,5 2,3 2,3 1,9 1,7 1,6 1,6 1,4 1,3 1,3 1, ,14 0,14 0,14 0,16 0,18 0,23 0,26 0,29 0,34 0,42 0,48 0,51 2,18 5,22 1,63 3,91 97,40 96,77 97,19 2,04 5,14 1,53 3,85 97,91 97,40 97,77 1,85 5,02 1,39 3,77 97,94 97,51 97,80 1,74 4,95 1,30 3,71 98,00 97,51 97,84 1,59 4,86 1,19 3,64 98,23 97,80 98,10 1,45 4,77 1,09 3,58 98,44 98,06 98,34 1,19 4,60 0,89 3,45 98,72 98,41 98,63 1,29 4,66 0,97 3,50 98,74 98,43 98,65 96,51 97,23 97,27 97,31 97,64 98,94 98,29 98, Isento de descargas parciais conforme IC ,15 4,57 0,86 3,43 98,45 98,66 98, ,12 4,55 0,84 3,41 98,83 98,54 98,74 98, ,04 4,49 0,78 3,37 98,95 98,69 98,88 98, ,15 4,57 0,86 3,43 98,83 98,55 98, ,11 4,54 0,83 3,41 98,84 98,55 98,45 68 NSAIOS nsaios elétricos de rotina. stes testes são sistematicamente realizados em todos os transformadores RSIRY. Medição de parâmetros - Resistência dos enrolamentos; - Relação de transformação e grupo vetorial; - Tensão de curto circuito; - Perdas a vazio e corrente magnetizante; - Perdas em carga; - Impulso atmosférico; - levação de temperatura; Testes ielétricos - Tensão aplicada; - Tensão induzida; - Medição de descargas parciais nsaios elétricos de tipo e ensaios especiais. São realizados mediante solicitação e com custos adicionais ao cliente - Medição do nível de ruído; - Curto circuito; Acessórios Opcionais Terminais Refrigeração Proteção Térmica Rodas Calços esconectáveis tipo Plug-in AN ou ANAF O sistema de ventilação forçada proporciona ganho de potencia de até 40%. Relé de proteção térmica função 49 alarme, desligamento e indicação digital de temperatura nas três bobinas. Bidirecionais Anti-vibratórios

4 TRANSFORMAOR RSIRY - Sem Invólucro Proteção (IP-00) Conexões típicas AT e BT imensões (mm) A máx B máx C máx G H J L máx M , x40 90x40 90x40 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 160x70 160x70 160x x imensões (mm) A máx B máx C máx G H J L máx M , x40 90x40 90x40 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 160x70 160x70 160x x * Para perdas e tensões de curto-circuito (impedâncias) diferentes, as dimensões e massas indicadas não são válidas (favor consultar nossa engenharia). Instalação em Subestação ou Invólucro Ventilação Ventilação Natural m caso de ventilação insuficiente da subestação,uma apropriada entrada de ar fresco de seção S localizada na parte inferior do local deve ser providenciada, bem como uma saída de ar quente de área S' localizada na parte superior, numa altura H da entrada e na parede oposta. Ventilação Forçada A ventilação forçada é necessária para temperaturas ambiente maiores que o 20 C(média anual) ou ambientes mal ventilados e em aplicações com freqüentes sobrecargas. A ventilação pode ser controlada por termostato e a vazão de ar o recomendada(m3/segundo) a 20 C. No caso na ventilação natural (AN) a ventilação da subestação ou invólucro deve assegurar por convecção natural, a dissipação do calor gerado pelas perdas do transformador. As áreas de abertura para ventilação são conforme abaixo: S 0,18P S' e H 1. 10xS o P = Perdas totais a 115 C (kw) 2 S = Área abertura inferior (m ) 2 S'= Área abertura superior (m ) H= iferença de altura entre as duas aberturas (m).

5 TRANSFORMAOR RSIRY COM INVÓLUCRO PROTÇÃO (IP-23) imensões e massas - Isolamento 15kV - Tensão secundário 380/220 e 220/127V (Valores de referência) imensões (mm) A B C , x40 90x40 90x40 90x40 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 160x70 160x70 160x imensões e massas - Isolamento 24,2kV - Tensão secundário 380/220 e 220/127V (Valores de referência) imensões (mm) A máx B máx C máx , x40 90x40 90x40 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 125x50 160x70 160x70 160x x * Para perdas e tensões de curto-circuito (impedâncias) diferentes, as dimensões e massas indicadas não são válidas (favor consultar). INVÓLUCROS PROTÇÃO Os invólucros metálicos possuem grau de proteção de acordo com a norma NBR IC e resumidamente é mostrado abaixo: Primeiro Numeral Sólidos 0 - Não Protegido 1 - Protegido contra objetos sólidos com ø 50 mm 2 - Protegido contra objetos sólidos com ø 12 mm 3 - Protegido contra objetos sólidos com ø 2,5 mm 4 - Protegido contra objetos sólidos com ø 1 mm 5 - Protegido contra poeira Segundo Numeral Líquidos 0 - Não Protegido 1 - Protegido contra quedas verticais de gotas da água 2 - Protegido contra quedas da água com inclinação de até 15º 3 - Protegido contra água aspergida 4 - Protegido contra projeções da água 5 - Protegido contra jatos da água XMPLOS APLICAÇÕS IP-00 -Sem invólucro metálico IP-23 - IP-54 -Uso ao tempo ou abrigado em atmosfera agressiva. IP-55 - Invólucro metálico para uso abrigado, proteção contra toques acidentais adequado para ser utilizado próximo a carga. Invólucro metálico próprio para instalação ao tempo e em ambiente de atmosfera extremamente agressiva.

6 Controlador de Temperatura Suportes Fixação Bobina BT Terminal BT Núcleo Magnético Bobina AT Terminal AT Caixa de Tap s Fechamento elta R Sapatas com Rodas Bidirecionais Resi Auto-extinguível e sem componentes tóxicos; Livre de manutenção (sem líquidos isolante); Baixo custo operacional; cologicamente correto: 100% reciclável, não causa poluição e nem possui substâncias químicas tóxicas em seus componentes. Resistentes à poluição e à umidade; Superior resistência a curto-circuito; Isento de descargas parciais conforme NBR 10295; RSIRY está de acordo com IC nas seguintes características: 2 (Ambiental); C2 (Climática); F1 (Resistência a fogo); Refrigeração natural ou forçada com opção de incremento de até 40% na potência nominal; Alta capacidade de sobrecarga; INUSUL TRANSFORMAORS Rod. Guilherme Jensen, Km 13 - istrito Industrial CP Massaranduba - SC - Tel. / Fax: (47)

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA MODELO TAM TRANSFORMADORES - TIPO TAM Os transformadores a seco moldados em resina epóxi são indicados para operar em locais que exigem segurança, os materiais utilizados em sua construção são de difícil

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas www.weg.net Em um Transformador Seco WEG, há mais de 40 anos de experiência na fabricação de motores elétricos, mais de 25 anos na fabricação de transformadores e toda

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution

GEAFOL - Transformadores a seco de 75 a 25.000 kva. Transformadores encapsulados em resina. Power Transmission and Distribution GEAFOL - Transformadores a seco de 5 a 5.000 kva Transformadores encapsulados em resina Power Transmission and Distribution Aplicações e Características Transformadores a seco Geafol de 5 a 5.000 kva Confiabilidade

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Transformadores Secos Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net WEG: Sinônimo de Inovação e Qualidade O Grupo WEG possui 49 anos de experiência no mercado, sendo hoje o maior

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA.

ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. ISOTRANS IND. DE TRANSFORMADORES LTDA. TRANSFORMADORES MONOFÁSICOS DE ISOLAÇÃO COM BLINDAGEM APLICAÇÃO Os transformadores monofásicos de isolação com blindagens, magnética e eletrostática, foram desenvolvidos

Leia mais

Resimold Resiglas. Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição

Resimold Resiglas. Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição Resimold Resiglas Transformadores a seco potências até 25 MVA classe de tensão até 36,2 kv Transformadores de distribuição PM102242 Make the most of your energy 246830 Resimold Resiglas PT G54ro.indd 1

Leia mais

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200 LINHA LINHA CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Dimensões Altura: 2400mm., Largura: 600/700/800mm., Profundidade: 600/800mm. Outras configurações conforme consulta; Estrutura fabricada em chapa de 2,65mm. (12MSG),

Leia mais

-Transformadores Corrente de energização - inrush

-Transformadores Corrente de energização - inrush -Transformadores Corrente de energização - inrush Definição Corrente de magnetização (corrente de inrush) durante a energização do transformador Estas correntes aparecem durante a energização do transformador,

Leia mais

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS Somos a Eikon Sistemas de Eneria, uma empresa com foco na inovação e qualidade de seus produtos, além da expertise no desenvolvimento de soluções

Leia mais

TRANSFORMADORES ENCAPSULADOS EM RESINA. Empresa. Apresentação do Produto. Legenda CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008

TRANSFORMADORES ENCAPSULADOS EM RESINA. Empresa. Apresentação do Produto. Legenda CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2008 1 Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

TERMOS PRINCIPAIS UTILIZADOS EM TRANSFORMADORES

TERMOS PRINCIPAIS UTILIZADOS EM TRANSFORMADORES TRANSFORMADOR MONOFÁSICO: São transformadores que possuem apenas um conjunto de bobinas de Alta e Baixa tensão colocado sobre um núcleo. 1 TRANSFORMADOR TRIFÁSICO: São transformadores que possuem três

Leia mais

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA

CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA CABINES METÁLICAS PRÉ-FABRICADAS DESTINADAS À MEDIÇÃO,PROTEÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. 1 2 ROMAGNOLE Produtos Elétricos S.A. A energia é o núcleo dos acontecimentos,

Leia mais

Instalações Elétricas Industriais

Instalações Elétricas Industriais Instalações Elétricas Industriais ENG 1480 Professor: Rodrigo Mendonça de Carvalho Instalações Elétricas Industriais CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO Flexibilidade: admitir mudanças nas localizações dos equipamentos,

Leia mais

AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA

AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA AULA 02 REVISÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS TRANSFORMADORES DE MEDIDAS DISJUNTORES DE POTÊNCIA ENE095 Proteção de Sistemas Elétricos de Potência Prof. Luís Henrique Lopes Lima 1 TRANSFORMADORES DE MEDIDAS

Leia mais

Transformador Trifásico de Força Classe até 145kV CST (Estrutural) Transformador Trifásico de Força Classe até 145kV CST (Características)

Transformador Trifásico de Força Classe até 145kV CST (Estrutural) Transformador Trifásico de Força Classe até 145kV CST (Características) CATÁLOGO TÉCNICO TRANSFORMADORES A ÓLEO DE MÉDIA E ALTA TENSÃO Índice Transformador de Força Transformador Trifásico de Força Classe até 145kV CST (Estrutural) Transformador Trifásico de Força Classe até

Leia mais

Treinamento em transformadores- Programa 1

Treinamento em transformadores- Programa 1 Treinamento em transformadores- Programa 1 Módulo 1: Núcleo Caminho de passagem da energia magnética Perdas a vazio Corrente de excitação Nível de ruído Descargas parciais Gás-cromatografia Chapas de M4

Leia mais

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador.

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador. CAPÍTULO 8 TRANSFORMADORES ELÉTRICOS 8.1 CONCEITO O transformador, representado esquematicamente na Figura 8.1, é um aparelho estático que transporta energia elétrica, por indução eletromagnética, do primário

Leia mais

Definição de Transformador. Funcionamento básico e principais partes

Definição de Transformador. Funcionamento básico e principais partes Definição de Transformador Funcionamento básico e principais partes O que é o transformador? Certa vez fui procurar no Google a respeito do assunto do trabalho... Transformer History Adivinhem o que achei?

Leia mais

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TEMA DA AULA EQUIPAMENTOS ELÉTRICAS DE SUBESTAÇÕES PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TRANSFORMADORES Um transformador (ou trafo) é um dispositivo destinado a transmitir energia elétrica ou potência

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA TEMA DA AULA EQUIPAMENTOS DA SE PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA COMPONENTES SUBESTAÇÕES OBJETIVOS Apresentar os principais equipamentos

Leia mais

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES Nobreak senoidal on-line trifásico dupla convers o 60 a 300 kva 60 kva de 80 a 120 kva 160 e 300 kva PERFIL Os nobreaks on-line de dupla conversão da linha Gran Triphases foram desenvolvidos com o que

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Novas Diretrizes de projeto e aplicação de painéis de baixa tensão Eng. Nunziante Graziano, M. Sc. AGENDA Normas de Referência Por que um

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Avaliação do Sistema de Transformação em Subestações e Painéis de Média Tensão - Operação, Manutenção e Ensaios Eng. Marcelo Paulino Subestações

Leia mais

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão Transformando energia em soluções Motores de Alta Tensão Motores de alta tensão A WEG desenvolveu em conjunto com consultoria internacional especializada uma linha de motores de carcaça de ferro fundido

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.05.006 TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO ISOLAMENTO SECO 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.05.006 TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO ISOLAMENTO SECO 01 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ES.DT.PDN.01.05.006 01 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO-ES PAULO JORGE TAVARES ENGENHARIA E CADASTRO-SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 4

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Conceitos modernos de especificação e uso de Subestações e Painéis de média tensão Eng. Nunziante Graziano, M. Sc. AGENDA - NORMAS DE REFERÊNCIA

Leia mais

Eletrodutos de PVC Rígido Tipo Rosqueável

Eletrodutos de PVC Rígido Tipo Rosqueável Barramentos de Cobre Medida Peso Amperagem /8 x 1/16 0,15kg 5 1/2 x 1/16 0,180kg 45 /8 x 1/8 0,269kg 7 1/2 x 1/8 0,58kg 97 5/8 x 1/8 0,448kg 122 /4 x 1/8 0,57kg 146 1 x 1/8 0,717kg 195 1.1/4 x 1/8 0,896kg

Leia mais

Transformadores Para Instrumentos. Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng.

Transformadores Para Instrumentos. Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng. Transformadores Para Instrumentos Prof. Carlos Roberto da Silva Filho, M. Eng. Sumário 1. Tipos de Transformadores. 2. Transformadores de Corrente - TCs. 3. Transformadores de Potencial TPs. 4. Ligação

Leia mais

3. Determinação dos condutores (CCMs, QDL, QGF, circuitos terminais, etc.);

3. Determinação dos condutores (CCMs, QDL, QGF, circuitos terminais, etc.); Instalações Elétricas Industriais Professor:Fábio Bertequini Leão Programa de Ensino ELE 1093 1 - Elementos de Projeto Formulação de um Projeto Elétrico Roteiro para elaboração de um Projeto Elétrico Industrial:

Leia mais

CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT

CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT CAPACITORES IMPREGNADOS X CAPACITORES IMERSOS (PPM) EM BT 1 - Objetivos: Este trabalho tem por objetivo apresentar as principais características técnicas dos capacitores convencionais do tipo imerso em

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha AN10. Novo

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha AN10. Novo Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Alternadores Síncronos Linha AN10 Novo Alternadores Síncronos Linha AN10 Os alternadores da linha AN10 foram desenvolvidos para aplicação em

Leia mais

Auto - Transformador Monofásico

Auto - Transformador Monofásico Auto - Transformador Monofásico Transformação de Tensão Transformação de tensão para várias tensões de entrada: U 2, U 3, U 23 = f (U 1 ) 1.1. - Generalidades A função do transformador é transformar a

Leia mais

Questão 3: Três capacitores são associados em paralelo. Sabendo-se que suas capacitâncias são 50μF,100μF e 200μF, o resultado da associação é:

Questão 3: Três capacitores são associados em paralelo. Sabendo-se que suas capacitâncias são 50μF,100μF e 200μF, o resultado da associação é: Questão 1: A tensão E no circuito abaixo vale: a) 0,5 V b) 1,0 V c) 2,0 V d) 5,0 V e) 10,0 V Questão 2: A resistência equivalente entre os pontos A e B na associação abaixo é de: a) 5 Ohms b) 10 Ohms c)

Leia mais

TRANSFORMADORES DE MEDIDA

TRANSFORMADORES DE MEDIDA TRANSFORMADORES DE MEDIDA Transformadores de tensão MT e de 60 kv Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de Outubro

Leia mais

Transformadores de Corrente

Transformadores de Corrente Transformadores de Corrente Uso externo Isolado a óleo JOF (24 550) kv Descrição geral Os TCs to tipo JOF são utilizados em sistemas de alta tensão entre 24 e 550 kv. Eles transformam níveis elevados de

Leia mais

PROCEDIMENTO TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO COM ISOLAMENTO SECO

PROCEDIMENTO TRANSFORMADOR DE DISTRIBUIÇÃO COM ISOLAMENTO SECO Sistema Normativo Corporativo PROCEDIMENTO T Í T U L O VERSÃO DATA DA VIGÊNCIA Nº ATA Nº DATA 00-28/06/20111 28/06/2011 APROVADO POR Marcelo Poltronieri SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TEMA DA AULA TRANSFORMADORES DE INSTRUMENTOS PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA MEDIÇÃO DE GRANDEZAS ELÉTRICAS Por que medir grandezas elétricas? Quais grandezas elétricas precisamos medir? Como medir

Leia mais

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Limitador de temperatura Ampla faixa de alimentação Aquecimento dinâmico Economia de energia elétrica Compacto Aquecedor para aplicação em invólucros de pequeno

Leia mais

67.22-4300 67.23-4300. 2 NA Distância entre contatos abertos 3 mm Montagem em circuito impresso. Vista do lado do cobre

67.22-4300 67.23-4300. 2 NA Distância entre contatos abertos 3 mm Montagem em circuito impresso. Vista do lado do cobre Série 67 - Relé de potência para PCI 50 SÉRIE 67 Características 67.22-4300 67.23-4300 Montagem em circuito (abertura 3 mm) 50 Relé de potência para PCI Versões com 2 e 3 contatos N, com dupla abertura

Leia mais

Empresa. Relatório de Ensaio

Empresa. Relatório de Ensaio Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMASE ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0064 TRANSFORMADORES DE DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

Um equipamento confiável

Um equipamento confiável Totally Integrated Power Um equipamento confiável Painel de média tensão isolado a gás 8DJH 36 www.siemens.com/8djh36 Totally Integrated Power (TIP) fornecemos a corrente elétrica certa À esquerda: São

Leia mais

0932 INF 01/12. Pág. 1 de 8

0932 INF 01/12. Pág. 1 de 8 Pág. 1 de 8 LABORÓRIO Laboratóro de ensaios da TÜV RHEINLAND DO BRASIL Técnico responsável Gerente Técnico do Laboratório Laboratório...: TÜV Rheinland do Brasil Ltda. Endereço...: Rua dos Comerciários,

Leia mais

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada Notas: Critérios Construtivos do Padrão de Entrada A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada. O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S

A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S C A T Á L O G O R E F E R E N C I A L DE M Ó D U L O S P A D R Õ E S D

Leia mais

SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda

SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda SILECTRIS Sistemas de Energia Eléctrica, Lda Rua João Eloy do Amaral, 116 2900-414 Setúbal Tel.: 265 229 180 Fax: 265 237 371 www.silectris.pt SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO, CONTROLO, MEDIDA E AUTOMAÇÃO

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG Catalogo Técnico Disjuntor Motor BDM-NG Disjuntores-Motor BDM-NG Generalidade: O disjuntor-motor BDM-NG,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Dados do cliente Proprietário: Roney Casagrande CPF: 765.425.990-53 Endereço: Estrada Pinhal da Serra, n 04452, Interior Cidade: Pinhal da Serra RS CEP: 95.390-000 Dados da

Leia mais

Transformadores trifásicos

Transformadores trifásicos Transformadores trifásicos Transformadores trifásicos Transformadores trifásicos Por que precisamos usar transformadores trifásicos Os sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica

Leia mais

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Solução Integrada para Instalações em Alvenaria O kit de entrada em média tensão VBWK

Leia mais

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA

TEMA DA AULA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TEMA DA AULA TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA PROFESSOR: RONIMACK TRAJANO DE SOUZA TRANSFORMADORES - PERDAS EM VAZIO Potência absorvida pelo transformador quando alimentado em tensão e frequência nominais,

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM MÉDIA TENSÃO 13.8KV CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA RUA OSVALDO PRIMO CAXILÉ, S/N ITAPIPOCA - CE 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

DESTAQUE: A IMPORTÂNCIA DOS TRANSFORMADORES EM SISTEMAS DE ENERGIA ELÉTRICA

DESTAQUE: A IMPORTÂNCIA DOS TRANSFORMADORES EM SISTEMAS DE ENERGIA ELÉTRICA Capítulo 0 Transformadores DESTAQE: A IMPORTÂNCIA DOS TRANSFORMADORES EM SISTEMAS DE ENERGIA ELÉTRICA Os geradores elétricos, que fornecem tensões relativamente baixas (da ordem de 5 a 5 kv), são ligados

Leia mais

Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P

Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P Protegendo e otimizando a instalação elétrica em média tensão com Evokit P Disjuntor Evolis Alta durabilidade Durabilidade elétrica: - E2: 10.000 interrupções a corrente nominal Durabilidade mecânica:

Leia mais

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas

Disjuntores-Motor BDM-G. Dados Técnicos Características Gerais. Posições das teclas Disjuntores-Motor BDM-G Generalidade: O disjuntor-motor BDM-G,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção dos motores. Possuem alta capacidade de

Leia mais

Transformadores secos encapsulados. Trihal

Transformadores secos encapsulados. Trihal Transformadores secos encapsulados tipo é um transformador trifásico do tipo seco com bobinagens encapsuladas e moldadas no vazio numa resina époxy contendo uma carga activa. É esta carga activa, composta

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO

CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO CERTIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO REQUISITOS DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE PROF. MARCOS FERGÜTZ ABRIL/14 INTRODUÇÃO - Legislação Portaria no. 51, de 28 de janeiro de 2014, do INMETRO,

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores para Manobra de Capacitores Manobras de Capacitores para Correção do Fator de Potência A linha de contatores especiais CWMC

Leia mais

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS Dynatig 350 HF CÓDIGO : 0704123 Ignitor de alta frequência MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS 2 Dynatig 350 HF Página em branco Dynatig 350 HF Ignitor de alta frequência para tocha TIG MANUAL

Leia mais

13 - INSTALAÇÕES DE FORÇA MOTRIZ

13 - INSTALAÇÕES DE FORÇA MOTRIZ Instalações Elétricas Professor Luiz Henrique Alves Pazzini 104 13.1 - Introdução 13 - INSTALAÇÕES DE FORÇA MOTRIZ Existem três configurações básicas para alimentação de motores que operam em condições

Leia mais

Programa de Gestão? Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque de Holanda Ferreira

Programa de Gestão? Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque de Holanda Ferreira Programa de Gestão? Gestão : ato ou efeito de gerir; Gerencia : Gestão, função de Gerente, local onde exerce a função Administrativa; Gerir : Administrar. Dicionário da língua portuguesa Aurélio Buarque

Leia mais

LABORATÓRIO INTEGRADO III

LABORATÓRIO INTEGRADO III FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA LABORATÓRIO INTEGRADO III Experiência 02: TRANSFORMADORES TRIFÁSICOS - FUNCIONAMENTO Prof. Norberto Augusto Júnior I) OBJETIVOS: Estudar

Leia mais

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OUTRAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Documento complementar ao Guia de medição, leitura e disponibilização de dados Regras relativas à instalação, manutenção e verificação de equipamentos de medição, cabos e outros

Leia mais

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda.

Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Equipamentos Elétricos e Eletrônicos de Potência Ltda. Confiança e economia na qualidade da energia. Recomendações para a aplicação de capacitores em sistemas de potência Antes de iniciar a instalação,

Leia mais

Acessórios Desconectáveis 200A

Acessórios Desconectáveis 200A 200A APLICAÇÃO Os Acessórios da Prysmian possuem uma concepção de projeto baseada no sistema plugue - tomada, porém para tensões, permitindo fácil conexão e desconexão de um cabo de potência, de um equipamento,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 18

PROVA ESPECÍFICA Cargo 18 27 PROVA ESPECÍFICA Cargo 18 QUESTÃO 41 De acordo com a NBR 5410, em algumas situações é recomendada a omissão da proteção contra sobrecargas. Dentre estas situações estão, EXCETO: a) Circuitos de comando.

Leia mais

Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão da Distribuição ED/CE ED/CE Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão

Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão da Distribuição ED/CE ED/CE Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão Superintendência de Planej.. da Expansão da Distribuição e Mercado- ED Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão da Distribuição ED/CE ED/CE Gerência de Engenharia e Coordenação da Expansão NORMALIZAÇÃO

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Sumário Tecnoloia dos Capacitores...4 Linha de Produtos...5 UCW - Unidade Capacitiva Monofásica...6

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Conjuntos de manobra e controle de potência

Conjuntos de manobra e controle de potência 28 Capítulo VIII Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão Aplicações Por Luiz Felipe Costa* A aplicação de conjuntos de manobra e controle de baixa tensão, conforme a ABNT NBR IEC 60439-1, é feita,

Leia mais

. analogamente. Np Ns. a = Ns

. analogamente. Np Ns. a = Ns - Transformadores O transformador é um equipamento elétrico formado por bobinas isoladas eletricamente em torno de um núcleo comum. A bobina que recebe energia de uma fonte ca é chamada de primário. A

Leia mais

Manual Técnico. Autotransformadores para Chave Compensadora. Revisão 3.0. Índice

Manual Técnico. Autotransformadores para Chave Compensadora. Revisão 3.0. Índice Página 1 de 6 Manual Técnico Autotransformadores para Chave Compensadora Revisão 3.0 Índice 1 Introdução...2 2 Recebimento...2 3 Instalação...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 4 Manutenção...5

Leia mais

A solução certa para qualquer situação. Totally Integrated Power

A solução certa para qualquer situação. Totally Integrated Power Totally Integrated Power A solução certa para qualquer situação Painéis de distribuição isolados a gás 8DJH e 8DJH Compact para sistemas de distribuição secundários até 24 kv www.siemens.com/8djh Totally

Leia mais

CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO

CERTIFICADO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 1 Empresa 08 de maio de 1971 - O Engº Paschoal Graziano, com vasta experiência no mercado de eletroeletrônica, e o filho Engº Nunziante Graziano Neto, com a garra e a determinação de um jovem engenheiro,

Leia mais

Capítulo I. Princípios básicos de transformadores de potência. Manutenção de transformadores. Novo!

Capítulo I. Princípios básicos de transformadores de potência. Manutenção de transformadores. Novo! 52 Capítulo I Princípios básicos de transformadores de potência Por Marcelo Paulino* Em 1885, George Westinghouse Jr. compra os direitos da patente de Goulard-Gibbs para construir transformadores de corrente

Leia mais

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Indústria e Comércio de Bombas D Água Beto Ltda Manual de Instruções MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Parabéns! Nossos produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia Bombas Beto. Este manual traz

Leia mais

MANUAL TAM INSTRUÇÕES GERAIS. A - Introdução

MANUAL TAM INSTRUÇÕES GERAIS. A - Introdução MANUAL TAM INSTRUÇÕES GERAIS A - Introdução As instruções deste manual foram elaboradas para os usuários de nossos produtos, visando orientá-los quanto aos cuidados e procedimentos necessários para obtenção

Leia mais

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país.

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. PORTFÓLIO TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. São 20 anos de parceria com nossos clientes, fornecedores e

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS, LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 03 5.1. Local da realização dos serviços 03 5.2. Condições

Leia mais

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression TM Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression Ar condicionado Central VRF Perfil do Produto A linha de produtos Impression é um novo conceito de condicionador de ar inteligente VRF

Leia mais

Eng. Nunziante Graziano, M. Sc.

Eng. Nunziante Graziano, M. Sc. Painéis de Baixa tensão e Cubículos de Alta Tensão - A longa estrada desde a especificação até a Operação, passando pela Fabricação, transporte, armazenagem, comissionamento e manutenção. Eng. Nunziante

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Novo Aquecedor de Água a Gás de Passagem. Aquecedor de Água para Banho. O novo grau de conforto.

Novo Aquecedor de Água a Gás de Passagem. Aquecedor de Água para Banho. O novo grau de conforto. Novo Aquecedor de Água a Gás de Passagem Aquecedor de Água para Banho O novo grau de conforto. SOFISTICAÇÃO Aparelhos na cor branca e novo acabamento em toda a chapa do gabinete, fi caram mais elegantes

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. bambozzi A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS

Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS Seminário Online DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS Leonel Rodrigues Gerente de Aplicação de Produto Nexans Product Application Dept. Sep 2014 1 Dimensionamento de Condutores Elétricos Dimensionamento

Leia mais

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Símbolo Gerais Os radiadores de ar da série AC-LN 8-14 podem ser aplicados em todas as áreas nas quais é preciso resfriar óleo ou mistura de água-glicol

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS SOBRE A ELÉTRIC A Elétric Materiais Elétricos oferece uma linha completa de produtos de Alta Tensão e Baixa Tensão, somando qualidade, marcas renomadas, amplo estoque, agilidade nas

Leia mais

GUIA DE APLICAÇÃO DE CAPACITORES BT

GUIA DE APLICAÇÃO DE CAPACITORES BT GUIA DE APLICAÇÃO DE Neste guia você tem um resumo detalhado dos aspectos mais importantes sobre aplicação de capacitores de baixa tensão para correção do fator de potência. Apresentando desde conceitos

Leia mais

ESTUDO DE PROTEÇÃO METODOLOGIA DE CÁLCULO. SUBESTAÇÕES DE 15kV

ESTUDO DE PROTEÇÃO METODOLOGIA DE CÁLCULO. SUBESTAÇÕES DE 15kV ESTUDO DE PROTEÇÃO METODOLOGA DE CÁLCULO SUBESTAÇÕES DE 5kV Elaborado por Carlos Alberto Oliveira Júnior Maio 26 ÍNDCE. Obtenção dos dados...2.. Documentos necessários...2.2. Dados necessários...2 2. Cálculo

Leia mais

Um equipamento confiável

Um equipamento confiável Painéis de média tensão isolados a gás até 36 kv Um equipamento confiável 8DJH 36: preparado para todos os requisitos www.siemens.com/infrastructure-cities A distribuição de energia de amanhã já começa

Leia mais

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial

Inversores de Freqüência na Refrigeração Industrial ersores de Freqüência na Refrigeração Industrial Os inversores de freqüência possuem um vasto campo de aplicações dentro da área de refrigeração industrial. São utilizados nas bombas de pressurização,

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais