Tabela de preços 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tabela de preços 2009"

Transcrição

1 Tabela de preços 9

2 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão Soluções Farcimar Ao longo dos anos a FARCIMAR temse distinguido, principalmente, pela capacidade de criação de novos artigos que põem à disposição, em obra, todas as vantagens inerentes à préfabricação. Hoje a FARCIMAR possui um corpo técnico e produtivo capaz de apresentar soluções préfabricadas alternativas, dando resposta a qualquer necessidade imediata e específica dos seus clientes, resultantes das exigências dos diferentes projectos. 9 Qualidade Farcimar A FARCIMAR faz da qualidade, quer dos artigos produzidos quer dos serviços prestados, a sua bandeira, o que lhe vai assegurando um lugar de prestígio no mercado. 02 A correcta selecção das matériasprimas, mais o elevado grau de especialização das equipas operativas, em conjunto com os novos equipamentos e de alto nível tecnológico que a FARCIMAR possui, asseguram a execução e obtenção de peças de elevada qualidade com o máximo de rentabilidade. Contudo incessantemente procuramos aperfeiçoar e como prova da nossa insatisfação é o facto de decidirmos implementar um "Sistema de Gestão da Qualidade", segundo a Norma NP EN ISO 9001:0, cuja atribuição do certificado ocorreu em Abril de 4. Gama de Produtos Apresentação Farcimar A FARCIMAR está hoje no mercado, com uma gama de produtos diversificada dirigida tanto a obras públicas como privadas, nos mercados da construção civil, vias de comunicação e agricultura. Porém, apresenta uma série de artigos que se enquadram de uma maneira geral nos três sectores atrás referidos, são eles os usados na recolha e condução de águas, ou seja em obras hidráulicas. Além dos produtos standard a FARCIMAR apresenta um conjunto de soluções cujos estudos e preços são apresentados pelo Departamento Técnico / Comercial apenas sobre consulta.

3 Recolha e Condução de água: Geral Manilhas Furadas Manilhas em Massa Manilhas Armadas Meias Manilhas Anéis e Argolas Cones Em Redes Urbanas (águas residuais e pluviais) Aro Com Grelha Caixas com Fundo de Derivação: Série Normal Série Pesada Série Polipropileno Caixas Interceptoras Caixas Sarjetas Pia Sifónica Em Redes Viárias Bocas em Escavação Bocas para Base de Aterro BoxCulvert Caixa Terminal com Tampa Sumidouro Caleiras / Sumidouro com Rasgo Superior Caleira em U Canais Tipo U Dissipador Valeta Trapezoidal Alvenarias: Blocos Vazados Blocos Maciços Aduelas Maciças FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Passeios: Lancis Muros de suporte: F.D. System Muros tipo L Muros tipo LC Muros tipo I Muros Divisória Bancadas: Bancadas 14 Índice Cemitérios: Ossários Sepulturas Diversos: Alas/ Maciços em Betão para Postes de Iluminação New Jersey Painéis de Fachada Tampas em Betão Vigas de Bordadura Betões Dosagens

4 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 04 Geral Manilhas Furadas MF M30F MF MF MF Manilhas Ø/ Furada Manilhas Ø/ Furada Manilhas Ø/0 Furada Manilhas Ø0/ Furada Manilhas Ø0/0 Furada Manilhas em Massa MTAA M30TAA MTAA M M30 M30/2 M M/2 M/2CI M M/2 M M/2 M70 M M/2 M/2 Manilhas Ø/ Tratamento AntiÁcido Manilhas Ø/ Tratamento AntiÁcido Manilhas Ø/ Tratamento AntiÁcido Manilhas Ø/ Manilhas Ø/0 Manilhas Ø/0 Manilhas Ø/ Manilhas Ø/0 Manilhas Ø/ Classe I Manilhas Ø0/ Manilhas Ø0/0 Manilhas Ø0/ Manilhas Ø0/0 Manilhas Ø700/ Manilhas Ø0/ Manilhas Ø0/0 Manilhas Ø/0 (Kg/m) (Kg/m) D d L I E D d L I E PREÇO (euros/m) 3,43 5,98 7,7,98 14,14 3,92 7, 9,47 13,53 17,9 PREÇO (euros/m) 7,03 12,48,19 3,27 5,77 5,77 7,51 7,51 9,73,8,8 13,5 13,5,03 28,42 27,55 41,38 7,52 13,70 17,90 3,7,99,99 9,23 9,23 12,30 13,23 13,23,99,99 24,07 35,77 34,90 52,41 Recolha e condução de água Manilhas Armadas M/2CIII M/2CIV M/2CV M/2CIII M/2CIV M/2CV M/2CII M/2CIII M/2CIV M/2CII M/2CIII M/2CIV Manilhas Ø0/0 Classe III Manilhas Ø0/0 Classe IV Manilhas Ø0/0 Classe V Manilhas Ø0/0 Classe III Manilhas Ø0/0 Classe IV Manilhas Ø0/0 Classe V Manilhas Ø0/0 Classe II Manilhas Ø0/0 Classe III Manilhas Ø0/0 Classe IV Manilhas Ø/0 Classe II Manilhas Ø/0 Classe III Manilhas Ø/0 Classe IV (Kg/m) D d L I E PREÇO (euros/m) 21,17,25 23,09 2,08 30,3 39,8 41,09 41,77 52,13 59,91 4,37 75,01 23,72 22, 25,3 29,41 33,9 43,19 48,44 49,12 59,48 70,93 75, 8,03

5 Meias Manilhas MM MM30 MM MM MM MM Anéis e Argolas A1X3 A1X5 A1X1 A12X3 A12X5 A12X1 A1X3S A1X5S A1X1S A12X3S A12X5S A12X1S A13 A Cones C1XD C12XD Meias Manilhas Ø Meias Manilhas Ø Meias Manilhas Ø Meias Manilhas Ø0 Meias Manilhas Ø0 Meias Manilhas Ø0 Anel Ø/ Anel Ø/0 Anel Ø/ Anel Ø1/ Anel Ø1/0 Anel Ø1/ Anel Ø/ Simples Anel Ø/0 Simples Anel Ø/ Simples Anel Ø1/ Simples Anel Ø1/0 Simples Anel Ø1/ Simples Argolas de Poço Ø1/0 Argolas de Poço Ø00/0 Cones Descentrado 0 /Ø/Ø0 Cones Descentrado /Ø1/Ø0 (Kg/m) D d L I E A B C E A D E ,01,37 34,75,92 23,17,09 12,8 17,8 30,77 14,5,21 35,5 2,99 29,88 17,58 24,5 43,33 19,93 28,19,13,43 21,97 39,34 17,58 25,24 45,9 31, 35,07 21,82 27,45 3,5 PREÇO (euros/m) 2,72 3,0 3,93 5, 7,25, 44,74 2,97 3,8 4,78,87 9,04 19,79 Soluções em Préfabricados de Betão Recolha e condução de água Geral FARCIMAR 9 05

6 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 0 Em Redes Urbanas Recolha e condução de água Aro com Grelha A B C AG Aro com Grelha C ,5 53 Caixas c/ Fundo de Derivação: Normal CFD1X3 CFD1X3 /, CFD1X3 /22,3 CFD1X3/45 CFD1X3/90 CFD1X3/Y CFD1X4 CFD1X4 /, CFD1X4 /22,3 CFD1X4/45 CFD1X4/90 CFD1X4/Y CFD1X5 CFD1X CFD12X5 CFD12X5Y CFD12X1 ØX30 ØX/º' ØX/22º30' ØX/45º ØX/90º ØX/Y ØX ØX/º' ØX/22º30' ØX/45º ØX/90º ØX/Y ØX0 ØX0 Ø1X0 Ø1X0/Y Ø1X ,4 55,8 A D d* E ,54 79, 70,54 70,54 70,54 70,54 75,74 73,83 73,83 73,83 73,83 73,83 79,03 85, 92,74 95,2,82 1,70 79, 79, 79, 79, 84,31 83,3 83,3 83,3 83,3 83,3 88,83 9,53,4 7,87 3,07 17,

7 : Pesada CFD1X4E CFD1X4E /, CFD1X4E /22,30 CFD1X4E /45 CFD1X4E /90 CFD12X4E CFD12X4E /, CFD12X4E /22,30 CFD12X4E /45 CFD12X4E /90 ØX E ØX E/º' ØX E/22º30' ØX E/45º ØX E/90ºCaixas Ø1X E Ø1X E/º' Ø1X E/22º30' Ø1X E/45º Ø1X E/90º : Polipropileno CFDPP1X5T1 / CFDPP1X5T2 / CFDPP1X5T3 / CFDPP1X5T4 / CFDPP1XT1 /2 CFDPP1XT2 /2 CFDPP1XT3 /2 CFDPP1XT4 /2 CFDPP1XT1 /3 CFDPP1XT2 /3 PP ØX0 T1 Ø PP ØX0 T2 Ø PP ØX0 T3 Ø PP ØX0 T4 Ø PP ØX0 T1 Ø2 PP ØX0 T2 Ø2 PP ØX0 T3 Ø2 PP ØX0 T4 Ø2 PP ØX0 T1 Ø3 PP ØX0 T2 Ø3 A D d* E A D d* E ,17 19,17 19,17 19,17 19,17 229,5 229,5 229,5 229,5 229,5 213,17 213,17 213,17 213,17 213,17 249,5 249,5 249,5 249,5 249,5 7,9 85,9 83,73 92,73 77, 8,, 89, 95,09 5,09 5,28 1,28 7,04 7,04 9,84,84 3,32 3,32 123,27 133,27 Recolha e condução de água FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 07 Em Redes Urbanas

8 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão : Polipropileno CFDPP1XT3 /3 CFDPP1XT4 /3 Caixas Interceptoras PP ØX0 T3 Ø3 PP ØX0 T4 Ø3 A D d* E ,5 5,24 9,5 1,24 9 CIX CIX CIX CIX CIX CIX CIX CIX1 CIX1 TX1 Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Caixas Interceptoras ØX Manilha Caixa Interceptora ØX Manilha Caixa Interceptora ØX Tubo ØX A D E 9, ,58 17, 18,24 18,44 17,93 24,18 28,37 12,5,31 31,27 18,05 18,92,,89 21, 29,32 34,74, 18,98 38,38 08 Caixas Sargetas Em Redes Urbanas CS1 CS2 Caixas de Sarjeta Caixas de Sarjeta 4 5 A B C D E ,82 45,79 4,48 51,7 Recolha e condução de água Pia Sifónica A B C D E PS Pia Sifónica com Grelha C ,7 122,4

9 Bocas em Escavação C8F C8A CF CA BE5F 1 BEF 1 BE8F 2 BE1F 2 BE12F 2 BE8 2 BE1 2 BE12 2 ABE 1 FBE TBEZ4 BEF 3 BE 3 ABE 4 FBE TBEZ4 TBEZ Caixa X E H c/ Fundo Caixa X E H Aumento Caixa X E H c/ Fundo Caixa X E H1 Aumento Boca em Escavação Ø com Fundo Boca em Escavação Ø com Fundo Boca em Escavação Ø com Fundo Boca em Escavação Ø com Fundo Boca em Escavação Ø1 com Fundo Boca em Escavação Ø Boca em Escavação Ø Boca em Escavação Ø1 Aumento para Bocas em Escavação Fundo para Bocas em Escavação Tampa para Bocas em Escavação Boca em Escavação Ø0 com Fundo Boca em Escavação Ø0 Aumento para Bocas em Escavação Ø0 Fundo para Bocas em Escavação Ø0 Tampa para Bocas em Escavação Ø0 Tampa para Bocas em Escavação Ø0 Z (Kg) A B C D E 1 Altura de 1,00m 2 Altura de 2,00m 3 Altura de 2,m 4 Altura de 1,m ,14 125,41 95,53 19, 189,90 29,77 29,77 488,5 488,5 488,5 355,55 355,55 355,55 7,8 124,44 3,25 793,8 73,99 337,93 2,73 1,17 7,83 5,23 222,84 213,97,4,4 53,33 53,33 53,33 392,30 392,30 392,30 230,83 135,22,48 8,52 725,44 35,8 179,22 221,45 228,12 Recolha e condução de água FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 09 Em Redes Viárias

10 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Bocas para Base de Aterro BBA3 BBA3S BBA4 BBA4S BBA5 BBA5S BBA BBAS BBA8 BBA1 BBA12 BBA BBA18 BBA25 Bocas Base de Aterro Ø30 Bocas Base de Aterro Ø30 com soleira Bocas Base de Aterro Ø Bocas Base de Aterro Ø com soleira Bocas Base de Aterro Ø Bocas Base de Aterro Ø com soleira Bocas Base de Aterro Ø Bocas Base de Aterro Ø com soleira Bocas Base de Aterro Ø (3 peças) Bocas Base de Aterro Ø (3 peças) Bocas Base de Aterro Ø1 (3 peças) Bocas Base de Aterro Ø0 (3 peças) Bocas Base de Aterro Ø1 (4 peças) Bocas Base de Aterro Ø2 ("muro testa") (Kg) A B C D E ,19 14,90,52 145,58 9,8 145,04 7,87 143,04 275,47 270, 24,85 435,88 7,01 429, 1,25 8, 9,34,85 8,43,0 1,71 3,33 3,38 309, 301,84 2,52 574,14 45, Box Culvert Em Redes Viárias Recolha e condução de água B Medidas (m) Caixa Terminal c/ Tampa Sumidouro CT 1,00 1, 2,00 2, 3,00 3, 4,00 4, 5,00 CTBEC CTBED CTBEC CTBED 0, Preços sob consulta 1,00 1, 2,00 Caixa Terminal com Tampa Sumidouro Caixa Terminal para Bocas em Escavação Centrada Caixa Terminal para Bocas em Escavação Descentrada Caixa Terminal para Boca em Escavação Centrada Ø0 Caixa Terminal para Boca e Escavação Descentrada Ø0 (Kg) , A B C D E F G , , , 5 5 4,00 A , , E 2,14 173,41 252, 252, 323,70 323,70 F 270,3 270,3 344,77 344,77

11 Caleira / Sumidouro c/ Rasgo Superior CS30 CS30A CS CSA Caleira em U CU30 Caleira Sumidouro com Rasgo Superior X Ø30 Caleira Sumidouro com Rasgo Superior X Ø30 Armada Caleira Sumidouro com Rasgo Superior X Ø Caleira Sumidouro com Rasgo Superior X Ø Armada Canais Tipo U Caleira em U de Secção Int. semicircular X45X0 Ø30 CTU0,X0,E0, CTU0,X0,E0, CTU0,X0,E0, CTU1X0,5E0, CTU1X1E0,125 CTU1.5X1E0, CTU2X1E0,2 CTU2,5X1E0,2 CTU3X1E0,2 Outras geometrias sob consulta. Dissipador (Kg/m) (Kg/m) Canal Tipo U 0,X0,E0, Canal Tipo U 0,X0,E0, Canal Tipo U 0,X0,E0, Canal Tipo U 1,0X0,E0, Canal Tipo U 1,0X1,0E0,125 Canal Tipo U 1,5X1,0E0, Canal Tipo U 2,0X1,0E0,2 Canal Tipo U 2,5X1,0E0,2 Canal Tipo U 3,0X1,0E0,2 A B C D E F G A B C D E F G (Kg/m) A B C E F 0 2 3,5 2 12,5 DE Dissipador de Energia Valeta Trapezoidal VT1,5X0,5 VT1,2X0,4 Valeta Trapezoidal A1,5B0,5 Valeta Trapezoidal A1,2B0,4 (Kg) ,5 A B C E F A B C D E PREÇO (euros/m) 17, 21,5 27,85,3 32,43 32,2 2,27 38,0 PREÇO (euros/m), 17,55 PREÇO (euros/m) 58,28 55,57,95 3,0 79,70 99,88,70 181,04 197,28 3,7,30 5,8 9,18 89,75 3,84 178,2 5,05 223,74 98,92 9,70 PREÇO (euros/m) 35,75 31,41,90 35,55 Recolha e condução de água FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Em Redes Viárias

12 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Blocos Vazados B B B28 Blocos Maciços BM BM Bloco Vazado XX Bloco Vazado XX Bloco Vazado XX28 Aduelas Maciças Bloco Maciço XX Bloco Maciço XX A B C E 28 1,8 1,8 1,8 A B C E A B C E 0, 0,90 1,08 1,04 1, 1,35 1,00 1,2 Alvenarias 1,29 1,5 BMA Aduela Maciça XX 31 1,2 1,5 12 Recolha e condução de água

13 Lancis L8/ L8/B L8/25 L L24 Lancil Recto 8/ Lancil Recto 8/ Boleado Lancil Recto 8/25 Lancil Recto Lancil Recto 24 (Kg/m) A B C E PREÇO (euros/m) 1,89 1,89 2,34 3, 5,28 2,2 2,2 2, 4,,5 Passeios FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 13

14 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 FD System Observações Preços sob Consulta Muros Tipo L Observações Preços sob Consulta Muros Tipo LC Observações Preços sob Consulta Muros Tipo I Observações 14 Preços sob Consulta Muros Divisória Observações Preços sob Consulta Bancadas Muros de suporte \ Bancadas Observações Preços sob Consulta

15 Ossários OS47X47X8 OSXX7 Sepulturas SEP2,28X0,a SEPT2,28X0,a TSEP0,85X0,57 SEP2,28X0, SEPT2,28X0, FSEP Ossário 47X47X8 Ossário XX7 Sepultura 2,28X0,x0, Sepultura de Topo 2,28X0,x0, Tampa de Sepultura 0,85X0,57X0,05 Sepultura 2,28X0,x1, Sepultura de Topo 2,28X0,x1, Fundo de Sepultura 3 4 A B C E F A B C D F A1 A2 B C D1 D2 8 4, ,8 82,8 45,97 44,48,07 2,5 2,5, 123,57 123,57 124,08 124,08 12,41 139,25 139,25 7,5 82, Cemitérios FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9

16 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Alas/ Maciços em Betão para Postes de Iluminação API MPI8x8x NewJersey NJ NJA NJA1 NJ1,5 NJAL NJR NJ2,75R Ala para Postes de Iluminação Maciço de Poste de Iluminação XX NewJersey Simétrico XX0 NewJersey Assimétrico 39XX0 NewJersey Assimétrico 39XX NewJersey Simétrico 0X85XX NewJersey Simétrico XX0 Aligeirado NewJersey Simétrico XX0 C/ Rampa NewJersey Simétrico XX275 Rugoso A B C E A B C E G , 98, ,08,17 PREÇO (euros/m) 27,09 33,22 24, 32,5 59,23 24,4 34,90 25, 28,57 39,18 73,93 29,1,54 31,3 Painéis de Fachada Observações Preço sob Consulta Tampas A B C D Diversos TA2 TA3 TA4 TA TA12 TA14 TA TA TA17 TA19 TA TA21 Tampa Ø7 para Argolas Ø0 Tampa Ø com Buraco 35X35 Tampa Ø138 para Argolas Ø1 Tampa Ø9 com Buraco X Tampa Ø para Cones Tampa Ø0 para Argolas Ø130 Tampa X0X Tampa 0XX Tampa Ø1 para Argolas Ø Tampa Ø9 com Buraco X Tampa Ø9 com Buraco X Reforçada Tampa Ø para Cones com Rasgos ,97,42 29,4 12,59 12,17 29,73 123,47 54,89 30,18 13,30 17,97 12,17 39,95 18,4 33,71 13,2 13,57 33,75 138,32,45 33,0 14,51 19,18 13,57

17 Tampas TA22 FU1 FU138 Tampa Ø p/ Cones c/ Rasgos s/ Encaixe Fundo de Caixa Ø1 Fundo de Caixa Ø138 Vigas de Bordadura Observações Preço sob Consulta A B C D ,17, 23,04 13,57 22,81 2,72 Diversos FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 17

18 FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Betões Classe de Resistência C12/ C12/S2D C12/S2 C12/S3D C12/S3 C/ C/S2D C/S2 C/S3D C/S3 C/25 C/25S2D C/25S2 C/25S3D C2/25S3 BETÃO CLASSE C12/ S2 D BETÃO CLASSE C12/ S2 D25 BETÃO CLASSE C12/ S3 D BETÃO CLASSE C12/ S3 D25 BETÃO CLASSE C/ S2 D BETÃO CLASSE C/ S2 D25 BETÃO CLASSE C/ S3 D BETÃO CLASSE C/ S3 D25 BETÃO CLASSE C/25 S2 D BETÃO CLASSE C/25 S2 D25 BETÃO CLASSE C/25 S3 D BETÃO CLASSE C/25 S3 D25 2,14 4,5, 1,42 3,84 5,78 3,3 2,3 Dmáx.0mm 25.0mm,2 5,53 8, 7,47 C25/30 C25/30S2D C25/30S2 C25/30S3D C25/30S3 BETÃO CLASSE C25/30 S2 D BETÃO CLASSE C25/30 S2 D25 BETÃO CLASSE C25/30 S3 D BETÃO CLASSE C25/30 S3 D25 9,90 9,18 71,13 70,39 18 C28/35 C28/35S2D C28/35S2 C28/35S3D C28/35S3 BETÃO CLASSE C28/35 S2 D BETÃO CLASSE C28/35 S2 D25 BETÃO CLASSE C28/35 S3 D BETÃO CLASSE C28/35 S3 D25 72,33 70,5 73,54 71,8 C30/37 C30/37S2D C30/37S2 C30/37S3D C30/37S3 BETÃO CLASSE C30/37 S2 D BETÃO CLASSE C30/37 S2 D25 BETÃO CLASSE C30/37 S3 D BETÃO CLASSE C30/37 S3 D25 73,31 71,1 75,01 73,30 Dosagens Classe Dosagem Bombagem D D0 D D2 Deslocação da Bomba Serviço de Bombagem 0,00 7,00 Diversos Preços unitários em Euros Os peços apresentados já incluem transporte Preços para cargas completas

19 Encomendas / Limite de Crédito 1 Será sempre atribuído um Limito de Crédito a cada potencial cliente. O valor de compras anual ou da encomenda e a pontualidade na regularização dos compromissos financeiros assumidos serão condições, entre outras, a ter em conta para a determinação do limite a atribuir Será sempre tida em conta a orientação dada por uma Seguradora de Crédito, contratada pela FARCIMAR para esse efeito. 2 Este limite poderá ser corrigido. Condições de Venda 1 A facturação mínima a crédito é de,00 euros. 2 A tabela entra em vigor a partir de Julho de 9 anulando e substituindo a tabela anterior. Esta tabela pode sofrer alterações sem aviso prévio. 3 As mercadorias transitam sempre por conta o risco do cliente. 4 As devoluções só poderão ser aceites após o nosso prévio e expresso acordo. 5 Só consideraremos reclamações quando devidamente fundamentadas e apresentadas até 8 dias da data da factura Condições de Pagamento FARCIMAR Soluções em Préfabricados de Betão 9 Sem prejuízo de outras condições previamente acordadas deverá terse em atenção o seguinte: 1 Pagamento imediato com 3% de desconto. 2 Outros descontos e condições de pagamento sujeitos a aprovação do Departamento Financeiro. 3 Ultrapassados os prazos de pagamento acordados, os débitos ficam sujeitos a juros de mora à taxa legal e poderão provocar atraso ou suspensão dos fornecimentos, e poderá ser reportada a situação à Seguradora de Crédito. 4 Para as vendas a dinheiro efectuadas no nosso balcão não se aceita pagamento por cheque, salvo se visado ou tratandose de Cliente habitual. 5 Quando o saldo devedor exceder o limite de crédito ou se preveja que o venha a exceder, não poderão haver novos fornecimentos a crédito sem que seja pago o valor em excesso, mesmo que não se encontrem ainda vencidas as respectivas facturas. A facturação de empreitadas e serviços relacionados deverá ser liquidada conforme condições apresentadas nas nossas propostas e acordadas com os nossos clientes, sem direito a qualquer desconto de pronto pagamento O atraso no pagamento dos débitos ficam sujeitos a juros de mora à taxa legal aplicável e poderá! eventualmente provocar paragem no andamento da obra até que a situação fique regularizada e poderá ainda ser reportada a situação à Seguradora de Crédito. 7 Pagamentos por letras só poderão ser aceites mediante acordo prévio, sendo sempre os encargos inerentes de conta do cliente, e que deverão sernos liquidados após a recepção da respectiva nota de débito que se considera a pronto pagamento. O valor de letras que ainda se encontrem por vencer farão parte integrante do crédito concedido. 8 Igualmente, as reformas de letras só serão possíveis após acordo prévio e com amortização igual ou superior a % do valor da letra a reformar e com um prazo nunca superior a 90 dias. Os encargos serão os que a Banca nos debitar. Litígios 1 O Tribunal da Comarca de Arouca será o único competente em caso de litígio. NOTAS tabela de preços 1 Preços expressos em Euros. 2 Aos preços apresentados acresce o IVA à taxa legal em vigor. 3 Medidas expressas em milímetros para as Manilhas em Massa, Manilhas Armadas, Manilhas Furadas e Meias Manilhas, Cones, Anéis, e NewJersey's e em centímetros para todos os outros artigos. 4 Preços em fábrica entendemse para artigos nas nossas instalações na "Zona Industrial da Farrapa, Chave Arouca", sobre viatura. 5 Preços no local da obra entendemse para artigos transportados em camião de 25 ton. completo para zonas do país compreendidas num raio de Km a partir das nossas instalações. Excepção para o betão pronto cujo preço considera o transporte em camião betoneira de 7m3 completo para zonas compreendidas num raio de Km a partir das nossas instalações Para maior segurança e informação sobre as soluções FARCIMAR, deverá sempre consultar o Departamento Técnico / Comercial. 19 Condições de Venda

20

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal CONDIÇÕES GERAIS 1- Disposições Gerais 1.1- As vendas de materiais e serviços pela Politejo S.A. regem-se pelas condições especiais de cada fornecimento, pelas presentes condições gerais e pela lei aplicável.

Leia mais

Impresso IQ.059 (ed 1.3)

Impresso IQ.059 (ed 1.3) 02 Lancil L8 35,00 Kg 40 1,80 Lancil L15 75,00 Kg 3,70 Lancil Rampa 140,00 Kg 12 6, Bordadura B. 4,5 30,00 Kg 42 2,85 Bordadura B. 4,5 - Curva 22,50 Kg 2,60 pág. 03 Bordadura B. 4,5 - Canto 90º Bordadura

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS CONTABILIDADE GERAL I III - CADERNO DE EXERCÍCIOS Terceiros e Antecipações Exercício 17 A empresa

Leia mais

Condições Gerais de Venda

Condições Gerais de Venda Condições Gerais de Venda Em todas as situações omissas no presente documento assumem-se as Condições Gerais de Venda da CEPAC, a serem disponibilizadas pela Prado - Cartolinas da Lousã, S.A. sempre que

Leia mais

Peso Kg/Peça (±) Dimensões C-H-L Parede Divisória. * Blocos c/ encaixe na qual acresce +- 2 kg (Preço sob consulta) Peso Kg/Peça (±)

Peso Kg/Peça (±) Dimensões C-H-L Parede Divisória. * Blocos c/ encaixe na qual acresce +- 2 kg (Preço sob consulta) Peso Kg/Peça (±) Tabela de Preços Bloco de Cimento 2010 10,0 140 0,3 2015* 15,3 98 0,435 2015 S/ Parede Divisória 13,4 98 0,4 2020* 17,0 0,495 20* 21,0 56 0, 2028 24,0 56 0,675 20 26,0 42 0,745 * Blocos c/ encaixe na qual

Leia mais

CONDIÇÕES DE VENDA. 1. Prazo de entrega O prazo de entrega é o referido na confirmação da encomenda, salvo acordo em contrário.

CONDIÇÕES DE VENDA. 1. Prazo de entrega O prazo de entrega é o referido na confirmação da encomenda, salvo acordo em contrário. CONDIÇÕES DE VENDA A venda de produtos da Portucel Soporcel Fine Paper S.A. ( vendedor ) é regulada pelas condições abaixo descritas, em conformidade com as práticas em vigor na indústria e comércio de

Leia mais

Activamos o seu negócio

Activamos o seu negócio Activamos o seu negócio CATÁLOGO EQUIPAMENTOS HOTELEIROS E LAVANDARIAS 2013 - INOXS Caros parceiros de negócio, esta é a nossa Tabela de Preços de Equipamentos hoteleiros e de lavandaria 2013. Num mercado

Leia mais

Catálogo Técnico Catalogo Tecnico Technical Catalogue Catalogue Technique

Catálogo Técnico Catalogo Tecnico Technical Catalogue Catalogue Technique Catálogo Técnico Catalogo Tecnico Technical Catalogue Catalogue Technique C A B Balde Aplicações Gerais Standard Bucket Cazo Aplicaciones Gerais Godet Standard Model Modele Nº Dente Nº Teech Nº Diente

Leia mais

COMISSÃO EUROPEIA Gabinete de Cooperação EuropeAid. América Latina Gestão financeira e contratual

COMISSÃO EUROPEIA Gabinete de Cooperação EuropeAid. América Latina Gestão financeira e contratual 1 Introdução ao sistema financeiro (custos elegíveis ) Custos directos elegíveis por natureza Custos não elegíveis Período de elegibilidade Repartição das despesas financeiras em conformidade com oanexo

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS POR TEMPO INDETERMINADO

CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS POR TEMPO INDETERMINADO CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS POR TEMPO INDETERMINADO Cargo/Carreira/Categoria Atribuições/Competências/Actividades UNIDADE DE AMBIENTE, SERVIÇOS URBANOS, INFRA-ESTRUTURAS E EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS

Leia mais

Grupo I. de custeio das saídas utilizado no caso de haver mais de um lote entrado em armazém de produtos acabados.

Grupo I. de custeio das saídas utilizado no caso de haver mais de um lote entrado em armazém de produtos acabados. Exame de Contabilidade Analítica (A que se refere alínea f) do nº 1 do artº15º do Decreto de Lei 452/99 de 5 de Novembro) 15/Outubro/2005 VERSÃO A Grupo I 1. Diga qual das afirmações está correcta: a)

Leia mais

TP AQUA4YOU-V1.00-OUT.2014-REVENDA-PORTUGAL QUADROS DE COMANDO PARA PISCINAS

TP AQUA4YOU-V1.00-OUT.2014-REVENDA-PORTUGAL QUADROS DE COMANDO PARA PISCINAS QUADROS DE COMANDO PARA PISCINAS 1 Índice 3. MODELO STD - Monofásico 4. MODELO STD - Monofásico / Trifásico 5. MODELO LC - Monofásico 6. MODELO LC - Trifásico 6. SUPLEMENTOS 7. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

Leia mais

Ligações às redes de energia eléctrica. Setembro de 2011

Ligações às redes de energia eléctrica. Setembro de 2011 Ligações às redes de energia eléctrica Setembro de 2011 Índice Competências da ERSE Princípios e conceitos gerais Potência requisitada Procedimentos para ligação de uma instalação à rede Ponto de ligação

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO EN 109 Km 160,3 2425-737 Ortigosa Leiria ; Telf, 244616073 / Fax: 244616074 E-mail: geo@tubofuro,pt www.tubofuro.pt Apresentação Os Separadores de Gorduras são construídos

Leia mais

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn)

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn) proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano

Leia mais

Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos

Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos Linha de apoio à reestruturação de dívida bancária das empresas dos Açores- Condições e Procedimentos 1. Beneficiários Empresas com sede na Região Autónoma dos Açores que não tenham como actividade principal

Leia mais

Os principais produtos que a Artiportela comercializa, com uma vasta gama de modelos e cores, são:

Os principais produtos que a Artiportela comercializa, com uma vasta gama de modelos e cores, são: Empresa. A Artiportela Artefactos de Cimento, S.A., constituída em Agosto de 2001, sediada em Atouguia, Fátima, com escritórios e instalações fabris na Portela, beneficia da proximidade de boas vias de

Leia mais

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com Prime Soluções Empresariais SEDE: Rua de Entrecampos, 28, 1749-076 Lisboa Nº de Pessoa Colectiva 502 M 757 - N' de Matricula 08537 C.R.C.L Capital Social de EUR.; 30 000 000. I/ -I- CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Regulamento. Regulamento e Tabela de Taxas do Mercado da Brandoa

Regulamento. Regulamento e Tabela de Taxas do Mercado da Brandoa Regulamento Nos termos do artigo 118.º do Código do Procedimento Administrativo, publicase o Projecto de Regulamento e Tabela de Taxas do Mercado da Brandoa, aprovado pela Junta de Freguesia da Brandoa

Leia mais

Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção

Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção Regulamento de Edificabilidade do Pólo Industrial da Lagoa Cortes - Monção CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito e aplicação Para efeitos de uso do solo e de licenciamento de quaisquer obras de

Leia mais

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Serpa

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Serpa Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Serpa Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo) Pretende-se colocar à disposição das

Leia mais

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 O Preçário completo da Orey Financial, Instituição Financeira

Leia mais

Guiade Projectoe Obra ANEXO II PORMENORES CONSTRUTIVOS

Guiade Projectoe Obra ANEXO II PORMENORES CONSTRUTIVOS Guiade Projectoe Obra ANEXO II ES CONSTRUTIVOS GUIADEPROJECTOEOBRA GPO- ANEXO II ES CONSTRUTIVOS Ediçãon.º1 Versãon.º0 Data: Nov/10 ÍNDICE PA1 AbastecimentodeÁgua Caixadecontador PA2 AbastecimentodeÁgua

Leia mais

Preâmbulo CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

Preâmbulo CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE SERVIÇOS DE SANEAMENTO Preâmbulo A Câmara Municipal de Manteigas não possui Regulamento sobre o Saneamento no Concelho. A legislação entretanto publicada pelo Governo - Decreto-Lei nº 207/94,

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

LEI N.º 23/96, DE 26 DE JULHO, ALTERADA PELA LEI N. O 12/2008, DE 26 DE FEVEREIRO, E PELA LEI N. O 24/2008, DE 2 DE JUNHO Serviços públicos essenciais

LEI N.º 23/96, DE 26 DE JULHO, ALTERADA PELA LEI N. O 12/2008, DE 26 DE FEVEREIRO, E PELA LEI N. O 24/2008, DE 2 DE JUNHO Serviços públicos essenciais LEI N.º 23/96, DE 26 DE JULHO, ALTERADA PELA LEI N. O 12/2008, DE 26 DE FEVEREIRO, E PELA LEI N. O 24/2008, DE 2 DE JUNHO Serviços públicos essenciais Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 A presente lei consagra

Leia mais

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas Financiamento e Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho da Nazaré no âmbito do Programa FINICIA Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo)

Leia mais

CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE

CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE Entre: 1º BANCO SANTANDER TOTTA, S.A., com sede na Rua Áurea, nº 88, 1100-063 Lisboa e com o Capital Social de 656.723.284,00,

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS 1/5 Cláusula 1.ª Objecto contratual Cláusula 2.ª Serviços incluídos na prestação de

Leia mais

CONDIÇÕES DO CONTRATO DE CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTO SITO NO PORTO DE RECREIO DE OLHÃO

CONDIÇÕES DO CONTRATO DE CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTO SITO NO PORTO DE RECREIO DE OLHÃO CONDIÇÕES DO CONTRATO DE CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO ESTABELECIMENTO SITO NO PORTO DE RECREIO DE OLHÃO 1.- OBJECTO DO CONTRATO 1.1. - O contrato terá por objecto a concessão de exploração do Snack-Bar-Restaurante

Leia mais

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Sines

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Sines Programa FINICIA Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Sines Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo) Pretende-se colocar

Leia mais

Política da Qualidade da Canoliva:

Política da Qualidade da Canoliva: catálogo geral A CANOLIVA é uma empresa que comercializa todo o tipo de mercadoria para águas residuais, pluviais e potáveis que estejam de acordo com as normas e regulamentos aplicáveis. Política da Qualidade

Leia mais

GEOROSCADO ENGRAVILHADO

GEOROSCADO ENGRAVILHADO TUBO GEOROSCADO GEOROSCADO ESTRIADO GEOROSCADO LISO GEOROSCADO ENGRAVILHADO Os tubos e filtros da Tubofuro são reconhecidos e respeitados pela maioria dos operadores do sector como satisfazendo qualquer

Leia mais

Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário FORTIS LEASE PORTUGAL, INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Cofidis, contém

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI 1/7 MANUTENÇÃO DE REDE DE DRENAGEM 1. INFRA-ESTRUTURA 1.1 ESCAVAÇÃO MANUAL EM ÁREA URBANA 1.1.1 Escavação manual de vala ou cava em material de 1ª categoria, profundidade até 1,50m m 3 3.920,00 1.1.2 3,00m

Leia mais

Vantagens da solução Starter Easy

Vantagens da solução Starter Easy Vantagens da solução Starter Easy Software certificado A solução Starter Easy obedece às regras de certificação dos programas informáticos de faturação definidos pela Autoridade Tributária, conforme o

Leia mais

Artigo 17º do RCP. Boas práticas processuais.

Artigo 17º do RCP. Boas práticas processuais. Artigo 17º do RCP Boas práticas processuais. O presente documento descreve a aplicação prática das alterações ao artigo 17º do RCP (cobrança do custo pelas consultas ao abrigo do 833ºA do CPC) Data: 20

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA estado do rio grande do sul PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO INHACORÁ MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA COORDENADAS:

Leia mais

Mecânica e FÍSICA Ondas

Mecânica e FÍSICA Ondas Mecânica e FÍSICA Ondas Energia e Trabalho; Princípios de conservação; Uma bala de massa m = 0.500 kg, viajando com velocidade 100 m/s atinge e fica incrustada num bloco de um pêndulo de massa M = 9.50

Leia mais

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC CÓDIGO DE CONTAS DO SNC 1 MEIOS FINANCEIROS LÍQUIDOS 11 Caixa 12 Depósitos à ordem 13 Outros depósitos bancários 14 Outros instrumentos financeiros 141 Derivados 1411 Potencialmente favoráveis 1412 Potencialmente

Leia mais

Regulamento Interno de Formação

Regulamento Interno de Formação Regulamento Interno de Formação AR01/0 2012-07-24 9 Introdução A FRONTWAVE concretiza actualmente um dos objectivos principais da sua missão (derivada da sua própria génese e espelhada através do seu objecto

Leia mais

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Landmark Para muros até 20 m de altura A solução para Muros de Engenharia de alta performance 2 Solução de alta performance O bloco LANDMARK é a mais recente aposta

Leia mais

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Caminha

Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Caminha Programa FINICIA Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Concelho de Caminha Anexo I ao protocolo financeiro e de cooperação Normas e Condições de Acesso Artigo 1º. (Objectivo) Pretende-se colocar

Leia mais

7. A Soc. Z efectuou, pela 1ª vez, ajustamentos em dívidas a receber ( Provisões para créditos de cobrança duvidosa), conforme quadro abaixo:

7. A Soc. Z efectuou, pela 1ª vez, ajustamentos em dívidas a receber ( Provisões para créditos de cobrança duvidosa), conforme quadro abaixo: Considere os seguintes limites fixados para os funcionários públicos (P 30-A/2008): Subsídio de Refeição (4,11 ); Transporte em automóvel próprio ( 0,39 por quilómetro). O SP A está sujeito à seguinte

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS CONTABILIDADE GERAL I V - CADERNO DE EXERCÍCIOS Imobilizações ANO LECTIVO 2004/2005 1º SEMESTRE Exercício 29 A empresa Sempre a dever,

Leia mais

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola.

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Obras Públicas e Mineração Construção Compactação Perfuração Fundações Floresta Agricultura Geração Energia Movimentação Carga Produtos e Serviços OBRAS PÚBLICAS

Leia mais

INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) SUPERVISÃO Supervisão Comportamental INSTRUÇÃO N.º 44/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ASSUNTO: Comunicação de informação relativa a contratos de crédito abrangidos pelos procedimentos previstos no

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

Abastecimento de Água

Abastecimento de Água AA Abastecimento de Água Tipo de cliente Doméstico Não doméstico IPSS's Autarquia 0 a 10 m3 0,6300 0 a 50 m3 0,9500 0 a 50 m3 0,9500 0,0500 11 a 20 m3 1,0000 51 a 80 m3 1,3000 51 a 80 m3 1,3000 0

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE

REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE REGULAMENTO DE ACESSO AO FUNDO DE APOIO À FORMAÇÃO (F.A.F.) DOS ALUMNI DA AESE 0. PONTO PRÉVIO A AESE, através deste regulamento, delega no seu Agrupamento de Membros a gestão operacional do F.A.F., reservando

Leia mais

EXERCÍCIO 3 (Sistema de Inventário intermitente)

EXERCÍCIO 3 (Sistema de Inventário intermitente) EXERCÍCIO 3 (Sistema de Inventário intermitente) Classifique as seguintes operações e apure o custo das mercadorias vendidas, a margem bruta e os resultados líquidos do período, sabendo que as existências

Leia mais

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-08-2015 O Preçário

Leia mais

Acústica em Reabilitação de Edifícios

Acústica em Reabilitação de Edifícios Reabilitação 09- Parte 8 - Desempenho Acústico de - Soluções Construtivas e Problemas típicos na Execução Reabilitação 09- Conteúdo da apresentação: Problemas típicos de soluções construtivas correntes

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 19-Jan-2015 O Preçário

Leia mais

TABELA DE PUBLICIDADE 2010/11

TABELA DE PUBLICIDADE 2010/11 2010/11 OUTDOORS (FACES ISOLADAS) suporte quinzena mês 2,0x1,5m 200,00 350,00 2,4x1,7m 200,00 350,00 4x3m 300,00 550,00 4x3m (monoposte) 350,00 600,00 8x3m 700,00 1.100,00 12x3m --- 1.500,00 12x4m ---

Leia mais

Ligações às redes de energia eléctrica de instalações consumidoras (em vigor a partir de 12 de maio de 2013)

Ligações às redes de energia eléctrica de instalações consumidoras (em vigor a partir de 12 de maio de 2013) Ligações às redes de energia eléctrica de instalações consumidoras (em vigor a partir de 12 de maio de 2013) Novembro de 2012 Índice Competências da ERSE Princípios e conceitos gerais Potência requisitada

Leia mais

MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH

MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH Rodolfo Amaro Junho de 2006 1 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como objectivo o estudo do sistema construtivo de Muros de Terra Armada, designadamente o sistema Terramesh.

Leia mais

Comissões Euros (Mín/Máx) Em %

Comissões Euros (Mín/Máx) Em % 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos Crédito Habitação /Conexo Produtos de Taxa indexada / Produtos de Taxa Fixa / Crédito Não residentes / Crédito Deficientes / Crédito Terreno iniciais 1. Iniciais

Leia mais

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo...

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo... Concurso Público para a elaboração do Inventário de Referência das Emissões de CO2 e elaboração do Plano de Acção para a Energia Sustentável do Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS Índice Artigo 1.º

Leia mais

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 08jun2015 O Preçário completo do Banco BNP

Leia mais

As revisões e/ou alterações ao acordado, são devidamente registadas e analisadas conforme descrito para o caso da definição das condições iniciais.

As revisões e/ou alterações ao acordado, são devidamente registadas e analisadas conforme descrito para o caso da definição das condições iniciais. Preparação da Qualidade Página 1 de 6 5.1. COMERCIALIZAÇÃO 5.1.1. Transporte A empresa através da sua área de operações ou da administração, tem como objectivo em cada serviço adjudicado, entre vários,

Leia mais

Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre. 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos

Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre. 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos Contabilidade Financeira Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2013/2014 1º Semestre 28 de NOVEMBRO de 2013 Duração da prova: 60 minutos 3º TESTE INTERMÉDIO NOME: NÚMERO: Atenção

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL. Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado

ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL. Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado Nos termos previstos nos artigos 15.º e 16.º da Lei n.º 37/2003, de 22 de Agosto (Lei que define as bases

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS (Conforme art.42º do Decreto Leinº18/2008 de 29 de Janeiro de 2008) Cláusula 1.ª Objecto 1. O presente

Leia mais

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário GE CONSUMER FINANCE, I.F.I.C., INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da GE Consumer Finance,

Leia mais

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução Informações gerais Formação Inicial de Instrutores de Condução Condições de Acesso 12º Ano completo, equivalente ou superior 2 anos de Carta de Condução Não possuir doença contagiosa ou deficiência física

Leia mais

MINISTERIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO 23ª REGIÃO RUA E S/N, CENTRO POLÍTICO ADMINISTRATIVO, CUIABÁ - MT

MINISTERIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO 23ª REGIÃO RUA E S/N, CENTRO POLÍTICO ADMINISTRATIVO, CUIABÁ - MT MINISTERIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO 23ª REGIÃO RUA E S/N, CENTRO POLÍTICO ADMINISTRATIVO, CUIABÁ - MT MEMÓRIA DE CÁLCULO ESTRUTURA DE CONCRETO SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 1.1. Hipóteses

Leia mais

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário Protocolos de Consumo Fenprof Tarifário Quais as vantagens para os Colaboradores? Telemóveis a custo reduzido Tarifário exclusivo mediante vinculação à rede tmn por 24 meses Serviço SOS telemóvel gratuito

Leia mais

Assim, integram a Categoria E os rendimentos de capitais, enumerados no artigo 5.º do CIRS.

Assim, integram a Categoria E os rendimentos de capitais, enumerados no artigo 5.º do CIRS. CATEGORIA E RENDIMENTOS DE CAPITAIS Definem-se rendimentos de capitais, todos os frutos e demais vantagens económicas, qualquer que seja a sua natureza ou denominação, pecuniários ou em espécie, procedentes,

Leia mais

Ante projecto de decreto regulamentar que estabelece um regime experimental de circulação «Segway» em espaços públicos.

Ante projecto de decreto regulamentar que estabelece um regime experimental de circulação «Segway» em espaços públicos. Ante projecto de decreto regulamentar que estabelece um regime experimental de circulação «Segway» em espaços públicos. Promover a crescente sustentabilidade ambiental e a eficiência energética das deslocações

Leia mais

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor

5º Workshop da Plataforma do Empreendedor 5º Workshop da Plataforma do Empreendedor Lisboa, AIP-CE 27 de Maio de 2010 EMPREENDEDORISMO Da ideia à actividade. O Montepio apoia a criação de negócios independentemente da sua dimensão e está disponível

Leia mais

Comissões Euros (Mín/Máx) Em %

Comissões Euros (Mín/Máx) Em % 10.1. Linhas de crédito e contas correntes Contas Correntes, IVA on TIME, Linha Millennium Garantia, Contas Dinâmicas/Superdinâmicas e Descobertos Contratados (as contas correntes incluem as Contas Correntes

Leia mais

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards Artº 1º (Promotora) O Centro Comercial Parque Nascente leva a cabo a campanha promocional Oferta de

Leia mais

TABELA DE PREÇOS (2012)

TABELA DE PREÇOS (2012) TABELA DE PREÇOS (2012) FÁPRAL FÁBRICA DE PLÁSTICOS RAMIRES, Lda Tubos polietileno( alta e baixa densidade ) Tubos P.V.C. (uni,din) Tubos P.V.C. Hidronil Acessórios P.V.C e Polietileno Acessórios de Aplicação

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS

14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS 14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS Aplicam-se a todos os materiais as disposições constantes do capítulo 14.00 deste caderno de encargos, nomeadamente 14.00.1, 14.00.2, 14.00.3 e 14.00.4 e

Leia mais

01 MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DUPLICAÇÃO DA CIRCULAR URBANA - 3ª FASE

01 MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DUPLICAÇÃO DA CIRCULAR URBANA - 3ª FASE 01 MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DUPLICAÇÃO DA CIRCULAR URBANA - 3ª FASE 1. Considerações Gerais O estudo que se apresenta respeita à 3ª fase da duplicação da circular urbana e tem como principal

Leia mais

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS do Montepio Geral Associação Mutualista Título II DISPOSIÇÕES PARTICULARES - MODALIDADES INDIVIDUAIS

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS do Montepio Geral Associação Mutualista Título II DISPOSIÇÕES PARTICULARES - MODALIDADES INDIVIDUAIS Artigo 1.º (Definições e Interpretação) 1. Nesta Secção, os termos e expressões iniciados por maiúsculas têm o significado que lhes é atribuído no Título VI (Glossário) do Regulamento. 2. Em caso de conflito

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 v1.4-300312 -281011 Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 APRESENTAÇÃO As Fossa Séptica, tipo ECODEPUR, são recipientes estanques, destinados ao armazenamento de águas residuais

Leia mais

AUTO-ESTRADA COMO VEÍCULO DE INCORPORAÇÃO DE MATERIAIS VERDES

AUTO-ESTRADA COMO VEÍCULO DE INCORPORAÇÃO DE MATERIAIS VERDES AUTO-ESTRADA COMO VEÍCULO DE INCORPORAÇÃO DE MATERIAIS VERDES Tomé Pereira Canas 1, Rui Camolino 2 1 Brisa Inovação e Tecnologia SA; Núcleo de Relações Institucionais e Inovação; Gestor de Inovação; 214233418;

Leia mais

NEWS TCC SROC Julho 2014

NEWS TCC SROC Julho 2014 Novidades Portal das Finanças - Certificação de Software Foi divulgado pelo despacho n.º 247/2014 de 30 Junho de 2014, a prorrogação para 1 de outubro de 2014 a obrigação de certificação de software de

Leia mais

Linha de apoio ao Cliente: 808 201 656 Sistem Air em Portugal

Linha de apoio ao Cliente: 808 201 656 Sistem Air em Portugal Central de encaixe Construção civil vertical O desenvolvimento do mercado da aspiração centralizada está ampliando de maneira sempre maior a utilização destes sistemas para a instalação em complexos residenciais

Leia mais

N.14 Abril 2003 PAREDES DIVISÓRIAS PAINEIS PRÉFABRICADOS DE ALVENARIA DE TIJOLO REVESTIDA A GESSO. Estudo Comparativo.

N.14 Abril 2003 PAREDES DIVISÓRIAS PAINEIS PRÉFABRICADOS DE ALVENARIA DE TIJOLO REVESTIDA A GESSO. Estudo Comparativo. N.14 Abril 2003 PAREDES DIVISÓRIAS PAINEIS PRÉFABRICADOS DE ALVENARIA DE TIJOLO REVESTIDA A GESSO Estudo Comparativo Mafalda Ramalho EDIÇÃO: Construlink, SA Tagus Park, - Edifício Eastecníca 2780-920 Porto

Leia mais

5.2 Material da tubagem: AA_PVC de 10kg/cm2; ARD_PVC de 6kg/cm2; AP_Manilhas de betão pré-fabricadas

5.2 Material da tubagem: AA_PVC de 10kg/cm2; ARD_PVC de 6kg/cm2; AP_Manilhas de betão pré-fabricadas A) Abastecimento de Água + Drenagem de Águas Residuais Domésticas + Drenagem de Águas Pluviais 1. Requerimento (*) 2. Termo de responsabilidade (*): 2.1 Independente por especialidade apresentada 2.2 Legislação

Leia mais

REGULAMENTO DE TARIFAS DA MARINA DA PRAIA DA VITÓRIA

REGULAMENTO DE TARIFAS DA MARINA DA PRAIA DA VITÓRIA ÍNDICE Artigo 1º - Disposições Gerais...3 Artigo 2.º - Definições...3 Artigo 3.º - Aplicação de Tarifas...4 Artigo 4.º - Formas de pagamento...5 Artigo 5.º - Documentos...5 Artigo 6.º - Tipos de Estacionamento...6

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS histórico Os Muros Terrae são sistemas de contenção para muros em aterro ou em corte. Trata-se de um processo construtivo desenvolvido com base nos chamados muros segmentais, compostos

Leia mais

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv Postos de transformação PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv PFS CABINAS SUBTERRÂNEAS PARA POSTOS DE TRANSFORMAÇÃO DESCRIÇÃO A cabina PFS é uma envolvente monobloco de betão

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS DESPACHO N.º 5/2010 O Regulamento Tarifário do Sector do Gás Natural (RT), com a última redacção que lhe foi dada pelo Despacho n.º 4 878/2010, publicado no

Leia mais

Balancete Geral (Acumulado até Regularizações) - 2012

Balancete Geral (Acumulado até Regularizações) - 2012 Pág. 1/5 Data b.: 31-13-2012 11 Caixa 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 111 Caixa 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 Soma Líquida 2.628,04 2.297,40 330,64 0,00 Soma Saldos 330,64 0,00 12 Depósitos à ordem 152.341,84

Leia mais

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Designação da Entidade: CÂMARA MUNICIPAL DE ODIVELAS Gerência de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2006 8.2.1 Não se aplica. 8.2.2 Os conteúdos das contas

Leia mais

Estruturas Solares Multifunções

Estruturas Solares Multifunções Esta nova forma de captação da energia solar patenteada pela Sunaitec, chamada de Estruturas Solares Multifunções, vem alterar radicalmente a forma de captação da energia do sol disponibilizando-se, no

Leia mais

LICENCIAMENTO DE OBRAS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APSS,SA TAXAS

LICENCIAMENTO DE OBRAS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APSS,SA TAXAS ORDEM DE SERVIÇO Nº 003/2006 DE: DEIA DATA: 18-01-06 ASSUNTO: LICENCIAMENTO DE OBRAS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APSS,SA TAXAS Conforme o disposto no n.º 1 do art. 4º do Decreto Lei n.º 338/98, de 3 de novembro

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto das Comissões

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO ADEQUAÇÕES NA USINA DE TRIAGEM DE LIXO LINHA ESTRELA MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO: USINA DE TRIAGEM DE LIXO A presente especificação tem por objetivo estabelecer

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 96/2013 de 3 de Outubro de 2013

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 96/2013 de 3 de Outubro de 2013 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 96/2013 de 3 de Outubro de 2013 Considerando a necessidade do Governo dos Açores continuar a potenciar a competitividade e crescimento sustentado

Leia mais

Curso EFA: Técnicos/as Administrativas Modulo: Ficheiros de Armazém Formador: Rui Carvalho ANEXOS. Curso de Técnico/ a Administrativa

Curso EFA: Técnicos/as Administrativas Modulo: Ficheiros de Armazém Formador: Rui Carvalho ANEXOS. Curso de Técnico/ a Administrativa ANEXOS Curso de Técnico/ a Administrativa Tabela Classificação Fora da Factura Financeiros Compras D 221 C 782 Vendas D 682 C 221 Na Factura D 311 C 221/782 D 211/ 682 C 71 Fora da Factura Comerciais D

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM ECONOMIA CONTABILIDADE IV - CADERNO DE EXERCÍCIOS Existências ANO LECTIVO 2005/2006 2º SEMESTRE Exercício 24 Durante um determinado mês, a sociedade

Leia mais