Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios"

Transcrição

1 Análise do Monitoramento de Redes com Software Livre Utilizando Nagios Thiago Guimarães Tavares 1 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO) Araguatins TO Brasil Resumo: As redes de computadores são de suma importância para a utilização de serviços que facilitam nossas vidas hoje em dia. Através da conexão das redes de computadores temos a internet, o meio de comunicação mais rápido e prático da atualidade. Porém, para o bom funcionamento das redes e da internet é necessário uma série de equipamentos e serviços que por ventura podem parar de funcionar, deixando a rede ou o serviço indisponível. Para minimizar o impacto da indisponibilidade de um host ou serviço e prevenir problemas de redes o presente trabalho aborda a implementação e estudo de uma ferramenta, para análise e monitoramento de redes, baseada em Software Livre o Nagios. 1. Introdução As Redes de Computadores tomaram um lugar de destaque na tecnologia e em diversas outras áreas se tornando imprescindíveis nos dias de hoje. O acesso a uma conta bancária para uma importante aplicação ou mesmo o envio de um simples são aplicações que se tornaram possíveis graças às redes de computadores. Redes de computadores são meios de comunicação para compartilhamento de recursos físicos, de informação e serviços. A comunicação para a troca de informação entre diversas redes de computadores deu origem ao que chamamos de Internet. A Internet é então o meio de comunicação e troca de informação mais rápida e prática da atualidade. Com tantos equipamentos conectados e serviços funcionando em uma rede de computadores é inevitável a falha de algum dispositivo ou parada de alguma aplicação. Muitos desses problemas podem demandar certas horas ou dias para serem solucionados, porém, essas horas ou dias podem significar inestimáveis prejuízos às empresas e organizações. Para tanto, é importante a existência de um sistema de monitoramento e gerência de redes. Dessa forma os problemas podem ser previstos ou na pior das hipóteses imediatamente alertados para que as devidas providências sejam tomadas. O presente trabalho aborda o estudo e implementação da ferramenta baseada em Software Livre Nagios para gerência e monitoramento de redes. A ferramenta monitora hosts e serviços tanto em máquinas Windows quanto em máquinas Linux e notifica o administrador da rede quanto a alterações de funcionamento. O objetivo do trabalho é apresentar, com base em testes realizados, a importância de uma ferramenta de XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins 161

2 monitoramento para automatizar o trabalho da equipe redes e minimizar o impacto de paradas de serviços. 2. Considerações sobre o Monitoramento de Redes Em redes de computadores a disponibilidade dos serviços e recursos oferecidos é de suma importância. Normalmente esses serviços e recursos precisam estar operantes o tempo todo, no entanto, falhas e problemas podem ocorrer. É importante então prever falhas e minimizar o tempo de indisponibilidade de serviços. Normalmente o que ocorre em boa parte das redes de computadores é que os administradores das redes são alertados de um problema pelos seus usuários, que notaram alguma indisponibilidade de serviço. Esse alerta dado por um usuário pode ser referente a um serviço que já não funciona a um bom tempo. Por conta da falta de um sistema de monitoramente o gerente da rede tomará providências de caráter de urgência, porém demasiadamente atrasadas. Através de um sistema de monitoramento de redes tem-se um maior controle sobre o funcionamento dos equipamentos e recursos disponíveis na rede. De acordo com os mecanismos de monitoramento em determinados casos é possível até prever de um problema antes que o mesmo aconteça, gerando assim um serviço eficaz de proatividade. Em casos em que a falha de serviço seja inevitável, ainda assim, através do monitoramento as medidas cabíveis podem ser tomadas de forma imediata e sob controle. 3. Gerencia de Ativos, Serviços e Notificação A gerência da rede de computador é uma atividade importante não só para o bom funcionamento da rede como também para o nível de qualidade dos serviços oferecidos. A gerência de redes, entretanto, acaba sendo uma tarefa complexa por conta da quantidade de dispositivos e serviços diferentes em operação. É interessante que haja um método de gerência que abranja o máximo de equipamentos e serviços possível de forma que se possa ter controle das atividades da rede Ativos de Rede Ativos são dispositivos e equipamentos que compõem a rede de computadores, tais como switches, hubs, roteadores, Access points, dentre outros equipamentos. A parada inusitada de um desses equipamentos pode ter como conseqüência a neutralização de toda a rede de computadores. A gerencia e monitoramento dos ativos é um ponto importante. Outros equipamentos que utilizam a rede também podem e devem ser monitorados como servidores, impressoras, estações de trabalho e outros Serviços A pesar da importância do monitoramento de Ativos, em certos casos o monitoramento em nível físico não é o suficiente para uma boa gerência da rede. Um serviço de monitoramento pode verificar, por exemplo, se um servidor está ligado e operante. Porém, essa verificação não está garantindo que os serviços que rodam naquele servidor estão disponíveis. É necessário também o monitoramento de serviços como HTTP, FTP, POP3, SMTP dentre outros. Um servidor ligado não necessariamente é sinônimo de um servidor funcionando. 162 XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins

3 3.3. Notificação A verificação constante do serviço de monitoramento por parte do administrador da rede é um trabalho que irá demandar tempo e acaba sendo inviável. É importante então que o serviço de monitoramento notifique o administrador quando uma falha ou alteração de status aconteça. Dessa forma o administrador pode demandar seu tempo e de sua equipe para outras atividades, enquanto o serviço de monitoramento analisa e verifica o funcionamento dos ativos e serviços. Caso o serviço de monitoramento ache necessário ele deverá enviar uma notificação via , Pager ou celular para alertar o administrador. 4. Nagios Nagios é um sistema open source de monitoramento de rede e de aplicação. Ele verifica os hosts e serviços que forem especificados, alertando quando anormalidades ocorrerem e quando tudo voltar ao normal (nagios.org, 2007). O nagios monitora hosts e serviços alertando quando ocorre alguma alteração no estado de ambos. O nagios pode monitorar um computador, impressora, switch etc. Pode também verificar se um dispositivo está respondendo ou não e retornar informações como memória, HD, processador etc. É possível também o monitoramento de serviços como HTTP, FTP, SSH, ICMP dentre outros Funcionamento Através do nagios é possível o monitoramento, tanto de máquinas Windows como em máquinas Linux. Porém, para o primeiro caso é necessário a instalação de um aplicativo para intermediar a transferência de informações. Para o monitoramento de máquinas Linux existe alguns caminhos diferentes. Um deles é a utilização de conexões SSH, o que embora seguro, pode causar um grande esforço para o servidor de monitoramento, principalmente em casos em que a quantidade de hosts ou serviços a serem monitorados seja muito grande. Para estes casos uma alternativa viável e mais comum é a utilização de addons. Para as notificações é necessária a configuração de um servidor de MTA no servidor. Com isso, é possível a notificação via dos alertas. O nagios pode ser configurado para enviar notificações para um ou grupo de s. Os alertas também podem ser enviados via Pager e dispositivos móveis como celulares Plugins Os plugins são scripts executáveis desenvolvidos em Shell script ou em Perl, que através de linhas de comando realizam a verificação de hosts ou serviços. A partir do resultado das verificações dos plugins o nagios determina o estado do host ou do serviço na rede. Os plugins de verificação são executados sempre que seja necessário de acordo com o agendamento da execução do mesmo na configuração do nagios. Um ponto positivo sobre esse assunto é a possibilidade do próprio administrador da rede desenvolver um plugin específico para atender suas necessidades. O plugin realiza a sua aplicação de acordo com a necessidade e apenas retorna ao nagios o resultado. O nagios por sua vez após a analise do retorno irá tomar as providências necessárias referente ao host ou serviço verificado. Caso seja necessário, de acordo com a verificação, o nagios irá enviar uma notificação de alerta. XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins 163

4 Addons Addons são aplicativos utilizados para expandir as funcionalidades do nagios ou fazer com que o nagios se integre com alguma outra aplicação. Existem diversos addons disponíveis para o nagios que podem ser encontrados nos endereços: nagios.org; sourceforge.net; nagiosexchange.org. O material oficial do nagios até o momento documenta sobre alguns poucos addons. O que não quer dizer que não existam outros, pelo contrário, existem mais de duas dezenas de addons. O nagios pode ser personalizado e outros plugins e addons podem ser desenvolvidos de acordo com as necessidades do administrador. Alguns addons são: NSClient++ Para fazer o monitoramento de serviços e atributos de máquinas Windows é necessário a instalação de um aplicativo na máquina a ser monitorada. O NSClient++ colhe informações como: Uso de memória, Carga da CPU, Utilização de disco, Processos em uso etc. A figura 1 ilustra o funcionamento do addon. Figura 1 Funcionamento do NSClient++ Para o correto funcionamento do NSClient++ é necessário a existência do plugin check_nt no servidor, onde este plugin se comunica com o addon NSClient++. O addon colhe as informações do host e repassa as informações para o plugin, este por sua vez retorna ao nagios que decide se deve ou não realizar alguma notificação. NRPE O NRPE foi projetado para que o nagios acesse informações de outras maquinas Linux/Unix através de uma conexão remota. Essa aplicação permite que o nagios colha informações sobre recursos da maquina como carga da CPU, memória e outros requisitos. Através do plugin check_by_ssh também é possível colher essas informações, porém, essa forma de acesso impõe uma carga de processo muito alta na CPU. O acesso via ssh é mais seguro, porém caso a quantidade de hosts a serem monitorados seja alta é aconselhável a utilização do NRPE. O funcionamento do NRPE é semelhante ao NSClient++ para Windows. NDOUtils NDOUtils é um addon que armazena todas as informações sobre estados do nagios em um banco de dados MySQL. A utlização do NDOUtils se torna útil para geração de relatórios ou para se ter uma base de dados centralizada de toda configuração e notificação do nagios. O NDOUtils armazena não só as notificações realizadas para geração de relatórios, mas também armazena toda a configuração dos hosts e serviços. 164 XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins

5 O banco de dados pode então ser exportado e importado em outro servidor nagios que tenha o NDOUtils configurado. 5. Testes de Monitoramento Para testar a eficácia do nagios foram realizados alguns testes de monitoramento de hosts e serviços. Para os testes o nagios foi instalado e configurado juntamente com seus Plugins e os addons NSCLient++ e NRPE Monitoramento de Ativos Foi configurado então para que os hosts sejam monitorados a cada 5 minutos, caso 3 solicitações consecutivas enviadas pelo nagios não sejam respondidas pelo host, o nagios irá enviar uma notificação. A verificação feita é de ping podendo ser configurado um nível de perda de pacotes. Exemplo, se a cada pacote enviado 50% dos dados forem perdidos o nagios poderá enviar um aviso de Warning para alertar uma possível falha futura. Se para um pacote enviado ocorra 100% de perda o nagios enviará um alerta Critical avisando sobre um nível critico do host. Também pode ser configurado para que o nagios envie uma notificação de retorno desse host caso ele volte a funcionar corretamente. O funcionamento vai depender da forma de configuração do servidor de monitoramento. A figura 2 ilustra a tela de monitoramento do nagios. Figura 2 Tela de monitoramento dos Ativos. É possível analisar no lado esquerdo o nome dos hosts que estão sendo monitorados e na coluna seguinte um ícone simboliza o sistema operacional que roda no servidor. UP é referente ao status do host (Down quando o host fica inoperante) a próxima coluna indica a ultima data e hora de verificação do funcionamento do host seguido da quantidade de tempo que o equipamento está funcionando. A última coluna é referente ao retorno da solicitação do nagios Monitoramento de Serviços Para o monitoramento de serviços foi analisados o funcionamento de maquinas Windows e Linux onde para as máquinas Windows o quesito analisado foi a quantidade de espaço livre na unidade de armazenamento. Para máquinas Linux foi verificado usuários logados, espaço em disco, total de processos e os serviços HTTP e SSH. A figura 3 ilustra o monitoramento dos serviços. XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins 165

6 Figura 3 Monitoramento de serviços. É possível perceber que o primeiro host a ser monitorado está tachado de amarelo e caracterizado como Warning. O nagios está monitorando o espaço em disco desse host onde o mesmo está com respectivamente 19 e 14% de espaço livre em deus discos C e D:. Pode-se configurar qual é o nível de aceitação do nagios para monitoramento. No exemplo apresentado caso o disco chegue a 20% de espaço livre será caracterizado com Warning e uma mensagem de alerta será enviado. Se o nível de espaço em disco chegar a 5% de espaço livre será caracterizado como Critical e uma mensagem de nível crítico será enviada. No servidor Linux percebe-se a quantidade de usuários logados, a versão do HTTP, o espaço em disco na partição, a versão do ssh, a utilização da swap e a quantidade de processos em operação. Cada um desses quesitos podem ser configurados para um nível máximo e mínimo, onde alertas de Warning e Critical possam ser enviados. 6. Testes de Notificação O nagios pode realizar notificações via e dispositivos móveis. Para a segunda opção o nagios disponibiliza um plugin para envio da notificação, porém, é necessário um gateway sms que disponibilize o serviço de envio de mensagens sms. Foi feito então a configuração e utilização de notificação apenas via . A figura 4 mostra o teste de notificação feito pelo nagios. 166 XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins

7 Figura 4 Notificação de Host A figura 4 mostra a notificação enviada pelo nagios referente a provável queda (ou falha na rede) de um host. Na notificação é apresentado o nome do host, seu IP de rede, a informação sobre a notificação no caso Critical Time to live exeded (tempo de vida excedido) e a data e hora da notificação. O nagios também pode enviar notificações de serviços que voltaram a funcionar normalmente. Com base nas notificações o administrador pode tomar decisões de ações de forma mais precisa e proativa. É possível também ter uma idéia de quais problemas ocorrem com maior frequência na rede a fim de evitar que o mesmo problema ocorra novamente. 7. Conclusões Com base nos estudos realizados obteve-se a conclusão que uma ferramenta de monitoramento de redes é de suma importância para a qualidade do serviço prestado pelo administrador. A ferramenta não só minimiza impactos de problemas na rede e previne contra possíveis outras falhas como também facilita a gerência da rede pela equipe que a administra. O nagios como ferramenta de monitoramento se mostrou bastante robusto e fiel às notificações. A ferramenta é demasiadamente simples para se instalar, porém, sua configuração chega a ser um pouco complexa. A pesar dessa complexidade o fato é que após sua utilização ela gera ótimos resultados passando a ser ferramenta indispensável para quem a implementou. Outras ferramentas de análise e monitoramento podem funcionar em conjunto com o nagios e é importante a busca constante de novas ferramentas para o auxilio na gerência de redes. 8. Referências [Nagios, 2007] Nagios. Nagios version 3.x Documentation. Disponível em: [Casad, Hess, 2007] Casad, Joe; Hess, Pablo. Vigiando os Fios - Monitoramento de Redes com Nagios. Linux Magazine, n. 31, p , jun [Tanenbaum, 2003] Tanenbaum, Andrew S. Computer Network. Quarta edição. Editora Campus. XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins 167

8 [Bittencort, Hirohito, 2005] Bittencort, Benedito Rodrigues; Hirohito, Robson. Gerência e Monitoramento de Redes de Computadores com o Software Livre Nagios. Instituto de Estudos Superiores da Amazônia. Belém, Monografia de Conclusão de Curso. [Dias, 2008] Dias, Henrique de Lima. A Importância do Monitoramento de Ativos de Redes: Um estudo de Caso com o Sistema Cacic. Escola Politécnica de Pernambuco. Recife, Trabalho de Conclusão de Curso. 168 XII Encoinfo Encontro de Computação e Informática do Tocantins

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

Rede sob Controle com o NAGIOS

Rede sob Controle com o NAGIOS Rede sob Controle com o NAGIOS Carlos Coletti Assessoria de Informática carlos@unesp.br Agenda Conceitos de Monitoramento Nagios: histórico e funcionamento Instalação Os Arquivos de Configuração A Interface

Leia mais

Monitorando. Serviços. com

Monitorando. Serviços. com Monitorando Serviços com Aluno: Higor Leonardo Ribeiro Barbosa SI-III Noturno Introdução: Nagios, aplicativo que essencialmente monitora ativos e serviços de rede. Algumas das características do Nagios

Leia mais

A partir do XMon é possível:

A partir do XMon é possível: Monitoramento XMon É uma ferramenta para gerenciar o seu ambiente de TI de forma centralizada e constante, obtendo informações precisas da performance de todos os seus ativos e previna possíveis problemas

Leia mais

ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1

ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1 ITIL v3 - Operação de Serviço - Parte 1 É na Operação de Serviço que se coordena e realiza as atividades e processos necessários para fornecer e gerenciar serviços em níveis acordados com o usuário e clientes

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI Case de Sucesso Conjunto de ferramentas permite à Ondunorte o monitoramento proativo dos serviços de TI Perfil O Grupo Ondunorte é um dos mais tradicionais do estado de Pernambuco e líder em transformação

Leia mais

Network Top: Uma Ferramenta Automatizada para Análise e Gerenciamento de Redes

Network Top: Uma Ferramenta Automatizada para Análise e Gerenciamento de Redes Network Top: Uma Ferramenta Automatizada para Análise e Gerenciamento de Redes Adriano K. Maron, Anderson B. Pinheiro 1 Universidade Católica de Pelotas (UCPEL) Caixa Postal 96010-000 Pelotas RS Brazil

Leia mais

Palestra Nagios. Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br

Palestra Nagios. Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br Palestra Nagios Anderson Jacson contato@andersonjacson.com.br O que é? Nagios é uma poderosa aplicação de monitoração de rede de código aberto, distribuída sob a licença GPL. Ele pode monitorar tanto hosts

Leia mais

Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende

Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende Monitoramento Open source com Zabbix Giovanni Oliveira Renato Resende Apresentação dos palestrantes Tópicos Gerenciamento de redes O que é Zabbix Porque escolher o Zabbix Principais recursos Dicas de instalação

Leia mais

Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores

Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores Ferramentas Livres para Monitoração de Servidores Arlindo Follador Neto 1, Joaquim Quinteiro Uchôa 2 1 Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Engenharia Elétrica Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Leia mais

Parceiro Oficial de Soluções Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Soluções Zabbix no Brasil Apresentação A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se ao desenvolvimento e criação de

Leia mais

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo

Sistemas de Monitoração de Rede. Resumo Sistemas de Monitoração de Rede Roberto Majewski Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, novembro de 2009 Resumo Com o grande crescimento da

Leia mais

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA DA NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT 1/10 CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA

Leia mais

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos O conceito de rede segundo Tanenbaum é: um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES

UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE LIVRE CACTI PARA GERENCIAMENTO DE REDES LOCAIS DE COMPUTADORES Filipe Herbert da Silva 1, Marco Aurélio G. de Almeida 1, Jonhson de Tarso Silva 1, Karina Buttignon 1 1 Fatec Guaratinguetá,

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Aula 07 - Ferramentas para Administração e Gerência de Redes

Aula 07 - Ferramentas para Administração e Gerência de Redes Arquitetura do Protocolo da Internet Aula 07 - Ferramentas para Administração e Gerência de Redes Prof. Esp. Camilo Brotas Ribeiro cribeiro@catolica-es.edu.br Revisão AS ou SA; IGP e EGP; Vetor de Distância,

Leia mais

Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede

Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede Estudo da Ferramenta Cacti, para análise de desempenho de rede Eduardo Perez Pereira 1, Rodrigo Costa de Moura 1 1 Centro Politécnico Universidade Católica de Pelotas (UCPel) Félix da Cunha, 412 - Pelotas

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS BREVE HISTÓRICO A década de 60 Surgiram os primeiros terminais interativos, e os usuários podiam acessar o computador central através de linhas de comunicação.

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Projeto Integrador Segurança de Redes e Transmissão de Dados

Projeto Integrador Segurança de Redes e Transmissão de Dados FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Projeto Integrador Segurança de Redes e Transmissão de Dados AYLSON SANTOS EDFRANCIS MARQUES HEVERTHON LUIZ THIAGO SHITINOE AYLSON SANTOS EDFRANCIS

Leia mais

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados.

Redes Ponto a Ponto. Os drivers das placas de rede devem estar instalados. Redes Ponto a Ponto É fácil configurar uma rede ponto-a-ponto em qualquer versão do Windows. Antes entretanto é preciso tomar algumas providências em relação ao hardware: Todos os computadores devem estar

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS Gestão de Tecnologia da Informação Nagios Core (Monitoramento de redes) Componentes: Victor Hugo P. Costa, Leandro Cardoso, Juliermes Henrique Goiânia, 2015 Nagios Core

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Sistemas Operacionais. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Sistemas Operacionais Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Estruturas de Sistemas Operacionais Um sistema operacional fornece o ambiente no qual os programas são executados. Internamente,

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FACULDADE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GERÊNCIA DE REDES Professor: Fernando Tsukahara Alunos: André de Oliveira Silva Lucas Rodrigues Sena Trabalho da disciplina de Gerência de Redes para complementar o projeto

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE

ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS DE REDE Introdução O administrador de redes geovanegriesang@ifsul.edu.br www.geovanegriesang.com Gerenciamento de redes Gerenciamento de rede é o ato de iniciar, monitorar e modificar

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

Professor Rodrigo. 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003):

Professor Rodrigo. 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003): 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003): Selecionar as células de B1 até B4 e depois arrastar essa seleção pela alça de preenchimento para a célula B5, fará com que o valor correspondente

Leia mais

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Resolução de Problemas de Rede Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Ferramentas para manter o desempenho do sistema Desfragmentador de disco: Consolida arquivos e pastas fragmentados Aumenta

Leia mais

Gerência e Administração de Redes

Gerência e Administração de Redes Gerência e Administração de Redes IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm Agenda! Apresentação da disciplina! Introdução! Tipos de Gerência! Ferramentas

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Projeto de Redes Físico e Lógico Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Gerência de redes ou gerenciamento de redes. É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de recursos

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II UDP Prof: Ricardo Luís R. Peres Tem como objetivo prover uma comunicação entre dois processos de uma mesma sessão que estejam rodando em computadores dentro da mesma rede ou não.

Leia mais

MRS. Monitoramento de Redes e Sistemas

MRS. Monitoramento de Redes e Sistemas MRS Monitoramento de Redes e Sistemas Origem Crescimento rede REGIN de 16 para 293 municípios. Diversidade de tipos de erros. Minimizar esforço e tempo humano gastos na detecção e eliminação de problemas.

Leia mais

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior.

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior. Introdução ao TCP/IP(TCP (Transmission Control Protocol) e IP(InternetProtocol) ) Objetivo Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si é necessário que todos os computadores

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Dispositivos de Interconexão www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Componentes de Rede Diversos são os componentes de uma rede de computadores e entendê-los

Leia mais

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles:

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Netz Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Java SE 6, que pode ser instalado através da JDK.

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

Máquinas Virtuais: Windows 2008 Server

Máquinas Virtuais: Windows 2008 Server Máquinas Virtuais: Windows 2008 Server André Luiz Silva de Moraes chameandre@gmail.com Faculdade Senac http://www.senacrs.com.br Feira das Oportunidades 04 de Maio de 2011 1 / 11 1 Conceitos Básicos Definições

Leia mais

Manual do Desktop Sharing. Brad Hards Tradução: Marcus Gama

Manual do Desktop Sharing. Brad Hards Tradução: Marcus Gama Brad Hards Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 O protocolo do Buffer de Quadro Remoto (Buffer de Quadro Remoto) 6 3 Usando o Desktop Sharing 7 3.1 Gerenciando convites do Desktop Sharing........................

Leia mais

4 Desenvolvimento da ferramenta

4 Desenvolvimento da ferramenta direcionados por comportamento 38 4 Desenvolvimento da ferramenta Visando facilitar a tarefa de documentar requisitos funcionais e de gerar testes automáticos em uma única ferramenta para proporcionar

Leia mais

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica Portofólio das Representações Apresentação Monitorização e Alarmistica 1 Monitorização de Infra-Estrutura A Data Systems disponibiliza um pacote de Serviços dedicados à gestão e Monitorização de redes

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Camada de Aplicação A camada de Aplicação é a que fornece os serviços Reais para os usuários: E-mail, Acesso a Internet, troca de arquivos, etc. Portas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM LINUX. SalvadorAlvesdeMeloJúnioreIsmaelSouzaAraujo

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM LINUX. SalvadorAlvesdeMeloJúnioreIsmaelSouzaAraujo ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM LINUX SalvadorAlvesdeMeloJúnioreIsmaelSouzaAraujo INFORMAÇÃOECOMUNICAÇÃO Autor Salvador Alves de Melo Júnior Mestre na área de Automação e Robótica UnB. Especialista em

Leia mais

Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo.

Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo. Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo. Guilherme de C. Ferrarezi 1, Igor Rafael F. Del Grossi 1, Késsia Rita Marchi 1 1Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR

MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR Fevereiro/2012 Índice APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É ESSE SERVIÇO?... 3 POR QUE MONITORAR?... 3 QUAL A ABRANGÊNCIA?... 4 MÉTRICAS... 4 PERÍODO DO MONITORAMENTO...

Leia mais

SquidCacheAux para BrazilFW

SquidCacheAux para BrazilFW SquidCacheAux para BrazilFW ÍNDICE Índice Pág. 1 O que é o SquidCacheAux Pág. 2 SquidCacheAux e a inicialização do sistema Pág. 2 SquidCacheAux e a finalização do sistema Pág. 2 Tela principal do SquidCacheaux

Leia mais

Monitoração de Serviços com Software Livre

Monitoração de Serviços com Software Livre Monitoração de Serviços com Software Livre Palestrantes Adail Horst Fátima Tonon Agenda Serviço Monitoração, desafios, metas e artefatos Zabbix Exemplos de visões da monitoração Extensões ao Zabbix desenvolvidas

Leia mais

SERVIDORES REDES E SR1

SERVIDORES REDES E SR1 SERVIDORES REDES E SR1 Rio de Janeiro - RJ HARDWARE Você pode instalar um sistema operacional para servidores em qualquer computador, ao menos na teoria tudo irá funcionar sem grandes dificuldades. Só

Leia mais

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação.

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação. Protocolo TCP/IP PROTOCOLO é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas para uma comunicação a língua comum a ser utilizada na comunicação. TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO,

Leia mais

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Raphael Celuppi Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Setembro 2009 Sumário

Leia mais

Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos.

Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos. 2 / 15 Apresentação Vinicius Pardini Trabalho na 4Linux a 2 anos, e mexo com Linux a 5 anos. Certificações: LPI nível 2. Novell CLA e DCTS. Cursos que leciono: 450/451/452 Cursos da Formação (Modalidade

Leia mais

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço*

GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS. Cássio Duarte Melgaço* GERENCIAMENTO E MONITORAMENTO DE AMBIENTES DE TI UTILIZANDO ZENOSS Cássio Duarte Melgaço* Resumo Este artigo tem como objetivo analisar características no quesito gerenciamento e monitoramento de redes

Leia mais

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Obs: Não há necessidade de entregar a lista Questões do livro base (Kurose) Questões Problemas

Leia mais

Relatorio do trabalho pratico 2

Relatorio do trabalho pratico 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA INE5414 REDES I Aluno: Ramon Dutra Miranda Matricula: 07232120 Relatorio do trabalho pratico 2 O protocolo SNMP (do inglês Simple Network Management Protocol - Protocolo

Leia mais

Protocolo. O que é um protocolo? Humano: que horas são? eu tenho uma pergunta

Protocolo. O que é um protocolo? Humano: que horas são? eu tenho uma pergunta Protocolo O que é um protocolo? Humano: que horas são? eu tenho uma pergunta Máquina: Definem os formatos, a ordem das mensagens enviadas e recebidas pelas entidades de rede e as ações a serem tomadas

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

3. Faça uma breve descrição sobre a topologia da rede e o Active Directory-AD DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER

3. Faça uma breve descrição sobre a topologia da rede e o Active Directory-AD
 DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER Lista de Exercícios-01 1. Faça uma breve descrição sobre o Active Directory-AD O Active Directory-AD é uma implementaçao de serviço de diretório no protocolo LDAP que armazena informaçoes sobre objetos

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens subsecutivos, acerca de noções básicas de arquitetura de computadores. 51 Periféricos são dispositivos responsáveis pelas funções de entrada e saída do computador, como, por exemplo, o

Leia mais

Estudo de Viabilidade. GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores. Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva

Estudo de Viabilidade. GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores. Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva Estudo de Viabilidade GMon Sistema de Gerenciamento de Monitores Curso: Ciências da Computação Professora: Carla Silva Recife, 20 de Janeiro de 2012 1 Sumário 1. Motivação... 3 2. Problema identificado...

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

PREFEITURA DE CUIABÁ ADOTA FERRAMENTAS OPENSOURCE E AGILIZA IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

PREFEITURA DE CUIABÁ ADOTA FERRAMENTAS OPENSOURCE E AGILIZA IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. PREFEITURA DE CUIABÁ ADOTA FERRAMENTAS OPENSOURCE E AGILIZA IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Perfil A Diretoria de Tecnologia de Informação

Leia mais

Open - audit Ferramenta para gerenc iamento de rede

Open - audit Ferramenta para gerenc iamento de rede Faculdade de Tecnologia SENAC GO Ges t ã o de T ecnologia de Informaç ão M ód ulo IV - Matutin o Open - audit Ferramenta para gerenc iamento de rede Alunos : Gab riel da Silva, Matheus Pereira, Rome ro

Leia mais

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Gerência de Redes Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Plano de Aula Histórico Introdução Gerenciamento de Redes: O que é Gerenciamento de Redes? O que deve ser gerenciado Projeto de Gerenciamento

Leia mais

Programas de Monitoramento e Inventário.

Programas de Monitoramento e Inventário. 88343-698 SITE: Programas de Monitoramento e Inventário. Os serviços prestados pela MW I.T. Soluções em TI são baseados em técnicos certificados pelos principais fabricantes de produtos de TI do mercado.

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Perguntas iniciais O que você precisa colocar para funcionar? Entender a necessidade Tens servidor específico

Leia mais

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP. Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP. Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br Protocolos TCP/IP - Tópicos Introdução IP Endereçamento Roteamento UDP, TCP Telnet, FTP Correio DNS Web Firewalls Protocolos TCP/IP

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE POWER NA CEMAR

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE POWER NA CEMAR APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE POWER NA CEMAR Este case apresenta a aplicação da solução Elipse Power para automatizar a distribuição de energia elétrica realizada por um total de 35 subestações da Companhia

Leia mais

INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE

INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE INSTALANDO UM SERVIDOR WINDOWS SERVER 2012 R2 SERVER CORE A Microsoft disponibilizou em seu site, o link para download da versão Preview do Windows Server 2012 R2. A licença do produto irá expirar somente

Leia mais

EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães

EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães A virtualização de processadores é uma tecnologia que foi inicialmente

Leia mais

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

Por padrão o Nagios é instalado em /usr/local/nagios. Os próximos passos são: # make install-ini -> para instalar o script de inicialização do nagios.

Por padrão o Nagios é instalado em /usr/local/nagios. Os próximos passos são: # make install-ini -> para instalar o script de inicialização do nagios. Introdução Nagios é um programa open source de monitoramento de redes que verifica constantemente a disponibilidade do serviço, local ou remoto e avisa por meio de email ou celular sobre o problema ocorrido.

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Proxy, NAT Filtros de Pacotes Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna tenham

Leia mais

Trabalho de Redes de Computadores

Trabalho de Redes de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO UFC VIRTUAL PROJETO JOVEM DIGITAL KP NOME: Trabalho de Redes de Computadores Questão 1: Assinale V para verdadeiro e F para falso. Os itens que estiverem falsos

Leia mais

abilitisoft Ltda. PatriMo Soft Acordo de Nível Operacional - ANO

abilitisoft Ltda. PatriMo Soft Acordo de Nível Operacional - ANO abilitisoft Ltda. PatriMo Soft Acordo de Nível Operacional - ANO OBJETIVO: O Acordo de Nível Operacional, é um acordo entre equipes de TI internas, para que o provedor possa entregar o requisito estabelecido

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito

Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito Diagrama lógico da rede da empresa Fácil Credito Tabela de endereçamento da rede IP da rede: Mascara Broadcast 192.168.1.0 255.255.255.192 192.168.1.63 Distribuição de IP S na rede Hosts IP Configuração

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross Redes Pablo Rodriguez de Almeida Gross Conceitos A seguir serão vistos conceitos básicos relacionados a redes de computadores. O que é uma rede? Uma rede é um conjunto de computadores interligados permitindo

Leia mais

Projeto de Redes de Computadores. Projeto do Esquema de Endereçamento e de Nomes

Projeto de Redes de Computadores. Projeto do Esquema de Endereçamento e de Nomes Projeto do Esquema de Endereçamento e de Nomes Lembrar a estrutura organizacional do cliente ajuda a planejar a atribuição de endereços e nomes O mapa topológico também ajuda, pois indica onde há hierarquia

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06. Prof. Fábio Diniz

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06. Prof. Fábio Diniz FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Gestão Aplicada a TIC AULA 06 Prof. Fábio Diniz Na aula anterior ERP Enterprise Resource Planning Objetivos e Benefícios ERP Histórico e Integração dos Sistemas

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

Gerenciamento Descentralizado de Rede com Software Livre

Gerenciamento Descentralizado de Rede com Software Livre Gerenciamento Descentralizado de Rede com Software Livre Apio Carnielo e Silva¹, Sérgio Azevedo de Oliveira² ¹Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS) Três Lagoas MS Brasil ²Departamento de Engenharia

Leia mais

PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS

PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS Joaldo de Carvalho Wesley Oliveira Irlei Rodrigo Ferraciolli da Silva Rodrigo Clemente Thom de Souza INTRODUÇÃO O mundo está dominado pelos dispositivos móveis. A cada

Leia mais

Portfólio de Serviços Dominit 2016

Portfólio de Serviços Dominit 2016 Portfólio de Serviços Dominit 2016 A Dominit é uma empresa nacional que atua como integradora de soluções de tecnologia da informação. Temos como diferencial a proposta de parceria para nossos clientes

Leia mais

Projeto de Sistemas Distribuídos. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com

Projeto de Sistemas Distribuídos. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Projeto de Sistemas Distribuídos Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Exemplos de SD Quais podem ser? Ex. de SD: Internet Internet é um conjunto de redes de computadores, de muitos tipos diferentes,

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude. ntop

Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude. ntop UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICAS DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude ntop Marcelo Santos Daibert João

Leia mais

Professor: Gládston Duarte

Professor: Gládston Duarte Professor: Gládston Duarte INFRAESTRUTURA FÍSICA DE REDES DE COMPUTADORES Computador Instalação e configuração de Sistemas Operacionais Windows e Linux Arquiteturas físicas e lógicas de redes de computadores

Leia mais

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 17 de junho de 2015

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 17 de junho de 2015 TE090 - Prof. Pedroso 17 de junho de 2015 1 Questões de múltipla escolha Exercício 1: Suponha que um roteador foi configurado para descobrir rotas utilizando o protocolo RIP (Routing Information Protocol),

Leia mais

Capítulo 5 Métodos de Defesa

Capítulo 5 Métodos de Defesa Capítulo 5 Métodos de Defesa Ricardo Antunes Vieira 29/05/2012 Neste trabalho serão apresentadas técnicas que podem proporcionar uma maior segurança em redes Wi-Fi. O concentrador se trata de um ponto

Leia mais

Bem-vindo ao curso delta Gerenciamento de peso para a versão 9.1. Este curso aborda a nova solução de peso introduzida nessa versão.

Bem-vindo ao curso delta Gerenciamento de peso para a versão 9.1. Este curso aborda a nova solução de peso introduzida nessa versão. Bem-vindo ao curso delta Gerenciamento de peso para a versão 9.1. Este curso aborda a nova solução de peso introduzida nessa versão. Você deve ter bons conhecimentos de estoque, UM e administração de posições

Leia mais

Universidade Federal Fluminense UFF Instituto de Computação IC Professor: Orlando Loques Aluno: Alexsandro Mattos Corradi

Universidade Federal Fluminense UFF Instituto de Computação IC Professor: Orlando Loques Aluno: Alexsandro Mattos Corradi Universidade Federal Fluminense UFF Instituto de Computação IC Professor: Orlando Loques Aluno: Alexsandro Mattos Corradi Conteúdo do CD e Instalação dos Softwares Desenvolvidos 1 Objetivo Este documento

Leia mais

PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes

PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes PRTG Uma ferramenta de apoio ao Administrador de Redes Éverton Perleberg 1, André Moraes 1 1 Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas (FATECPEL) Rua Gonçalves

Leia mais

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Revisão para a prova B2 Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor:

Leia mais

Curso Técnico em Informática. Rafael Barros Sales Tecnico em Informática CREAC/AC Teclogo em Redes de Computadores

Curso Técnico em Informática. Rafael Barros Sales Tecnico em Informática CREAC/AC Teclogo em Redes de Computadores Curso Técnico em Informática Rafael Barros Sales Tecnico em Informática CREAC/AC Teclogo em Redes de Computadores Visão Geral Para entender o papel que os computadores exercem em um sistema de redes, considere

Leia mais