Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo."

Transcrição

1 Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo. Guilherme de C. Ferrarezi 1, Igor Rafael F. Del Grossi 1, Késsia Rita Marchi 1 1Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil Resumo. Neste artigo serão abordadas as principais características que envolvem segurança da informação no que diz respeito ao contexto de redes de computadores, tendo o conceito de firewall de rede como temática principal. O presente artigo aborda a construção de um firewall IPTables, a configuração deste toma por base um cenário de rede fictício, embora fictício, o cenário proposto mostra situações que ocorrem em redes reais. Dessa forma através da configuração do firewall a partir do cenário proposto, o leitor poderá entender as principais funcionalidades do firewall IPTables, e assim adquirir conhecimento para fazer uma configuração IPTables de acordo com suas necessidades. 1. Introdução Para grande maioria das pessoas a aplicabilidade das redes de computadores no dia a dia gera uma imensa facilidade, tendo em vista a possibilidade de executar tarefas do cotidiano de forma muito mais ágil, no entanto, essa extrema conectividade pode gerar sérios problemas de segurança, tanto no ambiente doméstico quanto no corporativo, por este motivo quando falamos principalmente de ambientes corporativos, constata-se a necessidade de medidas que garantam a segurança da rede de computadores da empresa em questão. O presente artigo científico visa realizar explanações teóricas e práticas acerca do filtro de pacotes IPTables [NETO;2004], adotando-o dessa forma como solução para o aumento da segurança de uma rede de computadores, tal filtro de pacotes foi escolhido como tema para este artigo devido ao fato de estar presente de forma nativa em praticamente todas as distribuições Linux [WELSH;1997]. As explanações práticas sobre IPTables serão feitas da seguinte forma: será elaborado um cenário de rede e através deste cenário mostraremos a aplicabilidade do filtro de pacotes IPTables, tendo em vista a indisponibilidade de máquinas físicas será feito uso de máquinas virtuais através da implementação do software VMWare [VMWARE;2011]. É importante ressaltar que o cenário elaborado será baseado no layout de redes de computadores de empresas reais, buscando mostrar a real aplicabilidade do filtro IPTables, visando dessa forma garantir real utilidade deste artigo para os leitores interessados.

2 2. IPTables: Conceito É muito comum o IPTables ser confundido com um firewall por si só, no entanto, ele é apenas uma ferramenta para manipulação das tabelas do Netfilter [NETO;2004], portanto quem realmente faz o trabalho de Firewall é o Netfilter, este software nada mais é do que um conjunto de situações de fluxo de dados agregadas ao Kernel [KERNEL;2011] do Linux. O IPTables é responsável pela edição de regras de controle de dados, estas por sua vez são implementadas sobre as tabelas de controle do Netfilter, tabela filter, forward e mangle, cada uma dessas tabelas tem funções específicas que serão explanadas em momento oportuno, através da combinação das formas de controle de cada uma dessas tabelas podemos implementar inúmeras regras de filtragem, visando garantir a segurança da rede de computadores na qual o firewall está vinculado IPTables: tabela filter A tabela Filter é a principal tabela do Netfilter, esta por sua vez trata de situações de filtragem de pacotes de dados, são as seguintes situações: INPUT: refere-se a dados que entram na máquina Firewall, ou seja, conexões de entrada [NETO;2004]; FORWARD: refere-se a dados que chegam ao host Firewall e que devem ser destinados a outro host [NETO;2004]; OUTPUT: refere-se a dados que saem da máquina Firewall e são enviados a outro host [NETO;2004]; 2.2. IPTables: tabela nat Esta tabela implementa funções de NAT (Network Address Translation) [TANENBAUM;2003], ou seja, redirecionamento de pacotes e alteração de pacotes, a tabela NAT implementa as seguintes situações: PREROUTING: tal situação é utilizada quando existe a necessidade de se fazer alterações em pacotes de dados antes que os mesmos sejam roteados [NETO;2004]; OUTPUT: tal situação refere-se a pacotes que são originariamente emitidos pelo Firewall [NETO;2004]; POSTROUTING: tal situação é utilizada quando existe a necessidade de se fazer alterações em pacotes de dados após o tratamento de roteamento [NETO;2004]; 2.3. IPTables: tabela mangle Faz implementação de alterações especiais em pacotes de dados, podendo alterar a prioridade de um pacote de dados baseado no tipo de serviço, por exemplo, podemos dar maior prioridade a pacotes HTTP (Hypertext Transfer Protocol) [TANENBAUM;2003] do que a pacotes ICMP (Internet Control Message Protocol) [TANENBAUM;2003], as situações possíveis nessa tabela são: PREROUTING: faz a modificação de pacotes dando-lhes tratamento especial antes que sejam roteados [NETO;2004]; OUTPUT: faz a modificação de pacotes de forma especial, esses são pacotes gerados localmente e essa modificação obviamente é feita antes do roteamento dos mesmos [NETO;2004];

3 3. Estudo de Caso Visando explanar as situações mais comuns ocorridas no dia a dia da manipulação do IPTables, será montado um cenário de rede através do uso de máquinas virtuais, tais máquinas serão criados a partir do software VMWare Workstation, o cenário montado será o seguinte: Figura 01: Diagrama do Cenário de Rede Adotado Os detalhes do estudo de caso são os seguintes: A Rede 01 funciona sobre o IP (Internet Protocol) [TANENBAUM;2003] de rede /24 e se comunica com o firewall através de um Switch [TANENBAUM;2003] ao qual o firewall está ligado através da interface denominada eth2, a Rede 01 apenas poderá se conectar a Internet, não podendo de forma alguma acessar o servidor de backup através do protocolo SSH (Secure Shell) [TANENBAUM;2003]; A Rede 02 funciona sobre o IP de rede /16 e se comunica com o firewall através de um Switch ao qual o firewall está ligado através da interface denominada eth1, a Rede 02 apenas poderá se conectar ao servidor de backup, através do protocolo SSH, não podendo de maneira alguma ter acesso a Internet; O firewall possuí 04 (quatro) interfaces de rede que se intercomunicam, a interface eth0 serve para ligar tal host ao modem ADSL que por sua vez é ligado a Internet, tal interface opera sobre o endereço IP /8 e o modem sobre o endereço IP /8, a interface eth1 opera sobre o endereço IP /16 e faz a comunicação do firewall com a Rede 02, a interface eth2 opera sobre o endereço IP /24 e faz a comunicação do firewall com a Rede 01, por fim a interface eth3 faz a comunicação do firewall com o servidor de backup, tal interface opera sobre o IP /8, enquanto o servidor de backup opera sobre a interface eth0 com o endereço de IP /8, é importante ressaltar que o servidor de backup aceita conexões SSH;

4 4. Aplicação IPTables Conforme Estudo de Caso Neste capítulo será mostrada a configuração necessária para que o IPTables faça com que as redes trabalhem da forma explanada no capítulo Configuração do iptables A figura a seguir mostra quais são as linhas de comando necessárias para que o firewall IPTables trabalhe da maneira proposta pelo capítulo 3: Figura 02: Linhas de Comando IPTables A seguir serão dadas explicações acerca das linhas de comando que foram mostradas pela figura 02: A Linha 01 faz com que o firewall descarte (DROP) todos os pacotes de dados que sejam de entrada (INPUT); A Linha 02 faz com que o firewall descarte (DROP) todos os pacotes de dados que sejam de saída (OUTPUT); A Linha 03 faz com que o firewall descarte (DROP) todos os pacotes de dados que passem por ele com outro destino (FORWARD); A Linha 04 faz com que exista o compartilhamento da Internet com a rede local; A Linha 05 faz com que dados que passem pelo firewall, que tenham como origem a rede /24, que estejam orientados sobre o protocolo TCP (Transmission Control Protocol) [TANENBAUM;2003] e que tenham como destino a porta 80 (HTTP) sejam aceitos (ACCEPT); A Linha 06 faz com que dados que passem pelo firewall, que tenham como destino a rede /24, que estejam orientados sobre o protocolo TCP e que tenham como origem a porta 80 (HTTP) sejam aceitos (ACCEPT); A Linha 07 faz com que pacotes que passem pelo firewall que estejam orientados sobre o protocolo UDP (User Datagram Protocol)

5 [TANENBAUM;2003] e que tenha como destino a porta 53 (DNS Domain Name Server) [TANENBAUM;2003] sejam aceitos (ACCEPT); A Linha 08 faz com que pacotes que passem pelo firewall que estejam orientados sobre o protocolo UDP e que tenha como origem a porta 53 (DNS) sejam aceitos (ACCEPT); A Linha 09 faz com que dados que passem pelo firewall, que tenham como origem a rede /16, que estejam orientados sobre o protocolo TCP e que tenham como destino a porta 22 (SSH) sejam aceitos (ACCEPT); A Linha 10 faz com que dados que passem pelo firewall, que tenham como destino a rede /16, que estejam orientados sobre o protocolo TCP e que tenham como origem a porta 22 (SSH) sejam aceitos (ACCEPT); Através das configurações citadas anteriormente conseguimos garantir que a rede /24 consiga apenas acessar a Internet não conseguindo de maneira alguma acessar o servidor de backup por SSH enquanto a rede /16 não consegue acessar a Internet de maneira alguma, restando apenas o acesso ao servidor de backup. 5. Metodologia A metodologia utilizada envolveu o uso de máquinas virtuais interconectadas, fazendo com que dessa forma fosse possível à realização de testes de rede, da mesma maneira como se estivessem sendo utilizadas máquinas e equipamentos reais. 6. Conclusão Através das explanações feitas neste artigo, o leitor poderá fazer inúmeras configurações no firewall IPTables, podendo dessa forma moldar as configurações de acordo com o cenário de rede ao qual o mesmo está vinculado, é importante ressaltar que existem diversas ferramentas que podem ser agregadas a ferramenta básica do IPTables. Tendo em vista as vulnerabilidades que são geradas por conta do uso da Internet, torna-se cada vez mais necessário o uso de sistemas de segurança, isso mesmo quando falamos em redes de pequeno porte, sistemas estes que visam a proteção da informação e a restrição com relação ao uso da Internet e da rede local de dados, é exatamente nesse contexto que o firewall IPTables se enquadra. Referências NETO, Urubatan, [2004] Linux Firewall IPTables, Editora Ciência Moderna, Rio de Janeiro; TANENBAUM, [2003] Andrew S., Redes de Computadores, Editora Elsevier, Rio de Janeiro; WELSH, Matt, [1997] Dominando Linux, Editora Ciência Moderna, São Paulo; VMWARE, [2011] VMWare Workstation, Julho; KERNEL, [2011] Kernel Linux, Julho;

Segurança de redes com Linux. Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus

Segurança de redes com Linux. Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus Segurança de redes com Linux Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus Segurança de Redes com Linux Protocolo TCP/UDP Portas Endereçamento IP Firewall Objetivos Firewall Tipos de Firewall Iptables

Leia mais

Aula 08. Firewall. Prof. Roitier Campos Gonçalves

Aula 08. Firewall. Prof. Roitier Campos Gonçalves Aula 08 Firewall Prof. Roitier Campos Gonçalves Conceito Um firewall, ou filtro de pacotes, é um recurso utilizado para proteger uma máquina ou uma rede através do controle e filtragem dos pacotes/datagramas

Leia mais

Uso do iptables como ferramenta de firewall.

Uso do iptables como ferramenta de firewall. Uso do iptables como ferramenta de firewall. Rafael Rodrigues de Souza rafael@tinfo.zzn.com Administração em Redes Linux Universidade Federal de Lavra UFLA RESUMO O artigo pretende abordar o uso de firewalls

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Firewall Nos tempos atuais tem se falado muito em segurança, pois a internet se tornou um ambiente perigoso. Todos nossos servidores que estão expostos para a internet necessitam de uma proteção para que

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 8 Segurança nas Camadas de Rede, Transporte e Aplicação Firewall (Filtro de Pacotes) Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação

Leia mais

IPTABLES. Helder Nunes Haanunes@gmail.com

IPTABLES. Helder Nunes Haanunes@gmail.com IPTABLES Helder Nunes Haanunes@gmail.com Firewall Hoje em dia uma máquina sem conexão com a internet praticamente tem o mesmo valor que uma máquina de escrever. É certo que os micros precisam se conectar

Leia mais

Administração de Redes Firewall IPTables

Administração de Redes Firewall IPTables Administração de Redes Firewall IPTables Rafael S. Guimarães IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim Introdução IPTables é o Firewall padrão do kernel do Linux. Este padrão foi implementado desde a versão

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede.

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede. Obs: Endereços de Rede Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante Classe A Nº de IP 1 a 126 Indicador da Rede w Máscara 255.0.0.0 Nº de Redes Disponíveis 126 Nº de Hosts 16.777.214 Prof. Alexandre Beletti

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Firewall NetFilter (iptables) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O firewall é um programa que tem como objetivo proteger

Leia mais

www.professorramos.com

www.professorramos.com Iptables www.professorramos.com leandro@professorramos.com Introdução O netfilter é um módulo que fornece ao sistema operacional Linux as funções de firewall, NAT e log de utilização de rede de computadores.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Firewall. Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Firewall. Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX Firewall Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br São dispositivos que têm com função regular o tráfego entre redes distintas restringindo o

Leia mais

Firewalls, um pouco sobre...

Firewalls, um pouco sobre... Iptables Firewalls, um pouco sobre... Firewalls Realizam a filtragem de pacotes Baseando-se em: endereço/porta de origem; endereço/porta de destino; protocolo; Efetuam ações: Aceitar Rejeitar Descartar

Leia mais

O que é uma firewall? É um router entre uma rede privada e uma rede pública que filtra o tráfego com base num conjunto de regras.

O que é uma firewall? É um router entre uma rede privada e uma rede pública que filtra o tráfego com base num conjunto de regras. Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS O que é uma firewall? É um router entre uma rede privada e uma rede pública que filtra o tráfego com base num conjunto de regras. Arquitecturas de redes com firewall Simples:

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal

Leia mais

Firewall - IPTABLES. Conceitos e Prática. Tópicos em Sistemas de Computação 2014. Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.

Firewall - IPTABLES. Conceitos e Prática. Tópicos em Sistemas de Computação 2014. Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity. Firewall - IPTABLES Conceitos e Prática Tópicos em Sistemas de Computação 2014 Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.org Estagiário Docente: Vinícius Oliveira viniciusoliveira@acmesecurity.org

Leia mais

Compartilhamento da internet, firewall

Compartilhamento da internet, firewall da internet, firewall João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 29 Exemplo de transmissão 2 / 29 Exemplo de transmissão Dados trafegam em pacotes com até 1460 bytes de dados e dois headers de 20 bytes

Leia mais

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux Introdução Mesmo as pessoas menos familiarizadas com a tecnologia sabem que a internet não é um "território" livre de perigos. É por esta razão que

Leia mais

Firewall Iptables. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves. Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática

Firewall Iptables. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves. Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Firewall Iptables Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Iptables -Introdução Os firewalls existem no Linux desde o kernel 1.1, com o ipfw, originário

Leia mais

Professor Claudio Silva

Professor Claudio Silva Filtragem caso o pacote não seja permitido, ele é destruído caso seja permitido, ele é roteado para o destino Além das informações contidas nos pacotes o filtro sabe em que interface o pacote chegou e

Leia mais

Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração

Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração Marcos Monteiro http://www.marcosmonteiro.com.br contato@marcosmonteiro.com.br IPTables O iptables é um firewall em NÍVEL DE PACOTES e funciona baseado

Leia mais

Firewall. Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta

Firewall. Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta Firewall Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações

Leia mais

Administração de Redes 2014/15. Network Address Translation (NAT)

Administração de Redes 2014/15. Network Address Translation (NAT) Administração de Redes 2014/15 Network Address Translation () 1 Motivação Escassez de endereços IP motivação original Nem todas as máquinas de uma rede necessitam de acesso ao exterior (e.g., impressoras)

Leia mais

BRUNO PEREIRA PONTES

BRUNO PEREIRA PONTES BRUNO PEREIRA PONTES Introdução O que é um Firewall? Um pouco de história Firewall nos dias atuais IPTables O FirewallBuilder Hands- On Conclusão Open Systems Interconnection. Possui 7 camadas, numeradas

Leia mais

Netfilter e Iptables

Netfilter e Iptables Netfilter e Iptables Iptables/Netfilter O projeto netfilter/iptables é um subsistema de firewalling para o kernel Linux 2.4 e superiores. Com o uso desta ferramenta podese definir regras especiais para

Leia mais

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com O que são Firewalls? São dispositivos constituídos por componentes de hardware (roteador capaz de filtrar

Leia mais

Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Autor: Armando Martins de Souza <armandomartins.souza at gmail.com> Data: 12/04/2010 http://wwwvivaolinuxcombr/artigos/impressoraphp?codig 1 de 12 19-06-2012 17:42 Desvendando as regras de Firewall Linux Iptables Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Criado em 1974 Protocolo mais utilizado em redes locais Protocolo utilizado na Internet Possui arquitetura aberta Qualquer fabricante pode adotar a sua

Leia mais

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall)

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Pág - 1 Instalação e Configuração Iptables - Firewall Desde o primeiro tutorial da sequencia dos passo a passo, aprendemos a configurar duas placas de rede,

Leia mais

FIREWALL COM IPTABLES. www.eriberto.pro.br/iptables. by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS. Tabela Filter ESQUEMA DA TABELA FILTER

FIREWALL COM IPTABLES. www.eriberto.pro.br/iptables. by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS. Tabela Filter ESQUEMA DA TABELA FILTER FIREWALL COM IPTABLES www.eriberto.pro.br/iptables by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS Tabela Filter Vejamos o funcionamento da tabela filter (default) e as suas respectivas chains: ESQUEMA DA TABELA

Leia mais

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Douglas Costa Fábio Pirani Fernando Watanabe Jefferson Inoue Firewall O que é? Para que serve? É um programa usado para filtrar e dar segurança em

Leia mais

PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES

PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES 1. Introdução O IPTABLES é um software usado para analisar os pacotes que passam entre redes. A partir desse princípio podemos

Leia mais

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon.

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon. III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon Prática 1 Cenário: Na figura acima temos uma pequena rede, que

Leia mais

Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS.

Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS. Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS. O que é uma firewall? É um router entre uma rede privada e uma rede pública que filtra o tráfego com base num conjunto de regras. GRS - Capitulo 4 1/1 Arquitecturas de redes

Leia mais

Firewalls em Linux. Tutorial Básico. André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br

Firewalls em Linux. Tutorial Básico. André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br Firewalls em Linux Tutorial Básico André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br 1 O que é um Firewall? Uma série de mecanismos de proteção dos recursos de uma rede privada de outras redes. Ferramenta

Leia mais

Trabalho 3 Firewalls

Trabalho 3 Firewalls IST MEIC/MERC Segurança Informática em Redes e Sistemas 2008/2009 Trabalho 3 Firewalls Objectivos Introduzir a configuração de uma firewall utilizando as ferramentas iptables e fwbuilder. 1 Introdução

Leia mais

Firewalls - IPTables. Carlos Gustavo A. da Rocha. ASSR

Firewalls - IPTables. Carlos Gustavo A. da Rocha. ASSR Firewalls - IPTables Carlos Gustavo A. da Rocha Histórico de Firewalls no SO Linux O kernel do Linux disponibiliza funcionalidades de filtragem de pacotes desde meados de 1995 Kernel versão 1.2.x e 2.0.x

Leia mais

Firewalls. A defesa básica e essencial. SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1

Firewalls. A defesa básica e essencial. SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1 Firewalls A defesa básica e essencial SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1 Por que Firewall? Internet Uma imensa rede descentralizada e não gerenciada, rodando sob uma suíte de protocolos denominada

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 6: Firewall Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Qual a função básica de um firewall? Page 2 Introdução Qual a função básica de um firewall? Bloquear

Leia mais

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação Segurança em Sistemas de Comunicação Relatório do Trabalho Prático nº 2 Firewall e Proxy Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 07.11.2006

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Prof.: Roberto Franciscatto Introdução FIREWALL Introdução Firewall Tem o objetivo de proteger um computador ou uma rede de computadores,

Leia mais

Iptables. Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões

Iptables. Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões Iptables Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões Sumário Histórico Definições Tabelas Chains Opções do Iptables Tabela NAT Outros Módulos Histórico Histórico Ipfwadm Ferramenta padrão para o Kernel anterior

Leia mais

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Definição O Firewal é um programa que tem como objetivo proteger a máquina contra acessos indesejados, tráfego indesejado, proteger serviços que estejam rodando

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

Segurança com Iptables

Segurança com Iptables Universidade Federal de Lavras Departamento de Ciência da Computação Segurança com Iptables Alunos : Felipe Gutierrez e Ronan de Brito Mendes Lavras MG 11/2008 Sumário 1 - Introdução...1 2 Softwares de

Leia mais

IPTABLES. Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação Laboratório de Software Livre. 4 de fevereiro de 2010

IPTABLES. Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação Laboratório de Software Livre. 4 de fevereiro de 2010 IPTABLES Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação Laboratório de Software Livre 4 de fevereiro de 2010 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Pré-requisitos 3 2.1 Dependencias...........................

Leia mais

EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt

EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, novembro de 2012 Middleboxes RFC 3234: Middleboxes: Taxonomy and Issues Middlebox Dispositivo (box) intermediário

Leia mais

TuxFrw 3.0 MSPF Modular Stateful Packet Filter http://tuxfrw.linuxinfo.com.br

TuxFrw 3.0 MSPF Modular Stateful Packet Filter http://tuxfrw.linuxinfo.com.br TuxFrw 3.0 MSPF Modular Stateful Packet Filter http://tuxfrw.linuxinfo.com.br TuxFrw é uma ferramenta modular, criada em linguagem shell script, que permite o admistrador configurar de forma fácil e segura

Leia mais

SEG. EM SISTEMAS E REDES. Firewall

SEG. EM SISTEMAS E REDES. Firewall SEG. EM SISTEMAS E REDES Firewall Prof. Ulisses Cotta Cavalca Belo Horizonte/MG 2014 SUMÁRIO 1) Firewall 2) Sistema de detecção/prevenção de intrusão (IDS) 3) Implementação de

Leia mais

Entendendo como funciona o NAT

Entendendo como funciona o NAT Entendendo como funciona o NAT Vamos inicialmente entender exatamente qual a função do NAT e em que situações ele é indicado. O NAT surgiu como uma alternativa real para o problema de falta de endereços

Leia mais

Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES. Carga horária 3h

Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES. Carga horária 3h Orientador: Mirla Rocha de Oliveira Ferreira Bacharel em Engenharia da Computação Orientadora do Curso de Formação Profissional em Redes de Computadores - SENAC Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES Carga

Leia mais

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior.

O que se tem, na prática, é a utilização do protocolo TCP/IP na esmagadora maioria das redes. Sendo a sua adoção cada vez maior. Introdução ao TCP/IP(TCP (Transmission Control Protocol) e IP(InternetProtocol) ) Objetivo Para que os computadores de uma rede possam trocar informações entre si é necessário que todos os computadores

Leia mais

1. Explicando Roteamento um exemplo prático. Através da análise de uns exemplos simples será possível compreender como o roteamento funciona.

1. Explicando Roteamento um exemplo prático. Através da análise de uns exemplos simples será possível compreender como o roteamento funciona. Aula 14 Redes de Computadores 24/10/07 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Prof. Carlos Guerber ROTEAMENTO EM UMA REDE DE COMPUTADORES A máscara de sub-rede é utilizada para determinar

Leia mais

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso Curso Firewall Sobre o Curso de Firewall Este treinamento visa prover conhecimento sobre a ferramenta de Firewall nativa em qualquer distribuição Linux, o "iptables", através de filtros de pacotes. Este

Leia mais

Segurança em Sistemas de Informação

Segurança em Sistemas de Informação Segurança em Sistemas de Informação Introdução O Iptables é um código de firewall presente nas versões a partir da 2.4 do kernel, que substituiu o Ipchains (presente nas séries 2.2 do kernel). Ele foi

Leia mais

FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES. www.iptablesbr.cjb.net. by João Eriberto Mota Filho

FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES. www.iptablesbr.cjb.net. by João Eriberto Mota Filho FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES www.iptablesbr.cjb.net by João Eriberto Mota Filho Arquivo elaborado por LinuxClube.com http://www.linuxclube.com 1. ROTEAMENTO DINÂMICO Considerações iniciais O

Leia mais

Endereçamento Privado Proxy e NAT. 2008, Edgard Jamhour

Endereçamento Privado Proxy e NAT. 2008, Edgard Jamhour Endereçamento Privado Proxy e NAT Motivação para o Endereçamento IP Privado Crescimento do IPv4 07/2007 490 milhões de hosts 01/2008 542 milhões de hosts IPv4 permite endereçar 4 bilhões de hosts. PREVISÃO

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

Arquitectura de Redes

Arquitectura de Redes Arquitectura de Redes Network Address Translation NAT Rui Prior 2006/07 (adap. Pedro Brandão) 1 Objectivo / Motivação Escassez de endereços IPs Pequenas / médias empresas com ligação dial-up, ADSL ou cabo

Leia mais

Tipos de Firewalls. porta de origem/destino, endereço de origem/destino, estado da conexão, e outros parâmetros do pacote.

Tipos de Firewalls. porta de origem/destino, endereço de origem/destino, estado da conexão, e outros parâmetros do pacote. IPTables Firewall: o que é? Qualquer máquina capaz de tomar decisões em relação ao tráfego de rede. Mecanismo que separa a rede interna e externa, objetivando aumentar o processo de segurança e controle

Leia mais

EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães

EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães EA080- Laboratório de Redes de Computadores Laboratório 2 Virtualização (Relatório Individual) Prof. Responsável: Mauricio Ferreira Magalhães A virtualização de processadores é uma tecnologia que foi inicialmente

Leia mais

Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica

Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica Uso de Bridges Linux no Controle de Tráfego entre Sub Redes em Uma Mesma Rede Lógica Ricardo Kléber M. Galvão (rk@ufrn.br) http://naris.info.ufrn.br Núcleo de Atendimento e Resposta a Incidentes de Segurança

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais do Paraná Fundação de Estudos Sociais do Paraná Bacharelado em Sistemas de Informação FIREWALL

Instituto de Ciências Sociais do Paraná Fundação de Estudos Sociais do Paraná Bacharelado em Sistemas de Informação FIREWALL Instituto de Ciências Sociais do Paraná Fundação de Estudos Sociais do Paraná Bacharelado em Sistemas de Informação FIREWALL CURITIBA 2006 Cícero Neves Fabio Diogo Paulino Alexandre Mauricio Fernandes

Leia mais

PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO WEB PARA GERENCIAMENTO DE FIREWALL LINUX

PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO WEB PARA GERENCIAMENTO DE FIREWALL LINUX UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO BACHARELADO PROTÓTIPO DE APLICAÇÃO WEB PARA GERENCIAMENTO DE FIREWALL LINUX RÉGIS MACIEL BORSCHEID

Leia mais

LABORATÓRIO V. NAT E FIREWALL Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135

LABORATÓRIO V. NAT E FIREWALL Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 LABORATÓRIO V NAT E FIREWALL Documento versão 0.1 Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 Orientado pela Professora Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco Julho / 2010 Laboratório V NAT e Firewall

Leia mais

Projeto de Ensino. iptables. Grupo de Estudos em Tecnologia de Redes e Processamento Paralelo. Prof. Luiz Antonio Unioeste

Projeto de Ensino. iptables. Grupo de Estudos em Tecnologia de Redes e Processamento Paralelo. Prof. Luiz Antonio Unioeste Projeto de Ensino Grupo de Estudos em Tecnologia de Redes e Processamento Paralelo iptables Prof. Luiz Antonio Unioeste Introdução Firewall O Firewall é um programa que tem como objetivo proteger a máquina

Leia mais

1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur

1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur 1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur TCP/IP O protocolo TCP/IP atualmente é o protocolo mais usado no mundo. Isso se deve a popularização da Internet, a rede mundial de computadores, já que esse

Leia mais

Proxyarp O Shorewall não exige qualquer configuração

Proxyarp O Shorewall não exige qualquer configuração SEGURANÇA Firewall fácil com o Shorewall Domando o fogo, parte 2 Na segunda parte de nosso tutorial de uso do poderoso Shorewall, aprenda a criar um firewall mais complexo e a proteger sua rede com muita

Leia mais

VPN entre Unimed Federação do Paraná e Singulares do Paraná. Gustavo Kochan Nunes dos Santos. Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas

VPN entre Unimed Federação do Paraná e Singulares do Paraná. Gustavo Kochan Nunes dos Santos. Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas 1 VPN entre Unimed Federação do Paraná e Singulares do Paraná Gustavo Kochan Nunes dos Santos Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba,

Leia mais

Implementação de um Firewall em Linux utilizando Iptables

Implementação de um Firewall em Linux utilizando Iptables Implementação de um Firewall em Linux utilizando Iptables Júnior Mateus Dias, Luís Augusto Mattos Mendes, Elio Lovisi Filho, Eduardo Macedo Bhering Departamento de Ciência da Computação DCC Universidade

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Proxy, NAT Filtros de Pacotes Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna tenham

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais

Administração de Sistemas Operacionais Diretoria de Educação e Tecnologia da Informação Análise e Desenvolvimento de Sistemas INSTITUTO FEDERAL RIO GRANDE DO NORTE Administração de Sistemas Operacionais Serviço Proxy - SQUID Prof. Bruno Pereira

Leia mais

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos

Criando um Servidor Proxy com o SQUID. Roitier Campos Criando um Servidor Proxy com o SQUID Roitier Campos Roteiro Redes de Computadores e Internet Arquitetura Cliente/Servidor e Serviços Básicos de Comunicação Componentes do Servidor e Configuração da VM

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Serviços de Rede Prof: Jéferson Mendonça de Limas Ementa Configuração de Serviços de Redes; Servidor Web; Servidor de Arquivos; Domínios; Servidor de Banco de Dados; SSH; SFTP;

Leia mais

NAT com firewall - simples, rápido e funcional

NAT com firewall - simples, rápido e funcional NAT com firewall - simples, rápido e funcional Todo administrador de redes aprende logo que uma das coisas mais importantes para qualquer rede é um bom firewall. Embora existam muitos mitos em torno disto,

Leia mais

Gestão de Sistemas e Redes

Gestão de Sistemas e Redes Gestão de Sistemas e Redes Firewalls Paulo Coelho 2005 Versão 1.0 1 Acessos do exterior A ligação da rede de uma empresa a um sistema aberto como a Internet merece muitíssimo cuidado Três preocupações

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES camadas do Modelo de Referência ISO/OSI Pilha de Protocolos TCP Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 Camadas

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 02 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Revisão da Aula 1. Redes LAN e WAN. Aprofundamento nos Serviços de

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Conteúdo 1 Topologia de Redes 5 Escalas 5 Topologia em LAN s e MAN s 6 Topologia em WAN s 6 2 Meio Físico 7 Cabo Coaxial 7 Par Trançado 7 Fibra Óptica 7 Conectores 8 Conector RJ45 ( Par trançado ) 9 Conectores

Leia mais

Firewall iptables e criação de regras.

Firewall iptables e criação de regras. FIREWALL IPTABLES agosto/2015 Firewall iptables e criação de regras. 1 Introdução A palavra firewall é traduzida como parede de fogo ou parede anti-chamas. Esse termo é empregado há muito tempo em veículos

Leia mais

Capítulo 11: NAT para IPv4

Capítulo 11: NAT para IPv4 Unisul Sistemas de Informação Redes de Computadores Capítulo 11: NAT para IPv4 Roteamento e Switching Academia Local Cisco UNISUL Instrutora Ana Lúcia Rodrigues Wiggers Presentation_ID 1 Capítulo 11 11.0

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com ENLACE X REDE A camada de enlace efetua de forma eficiente e com controle de erros o envio

Leia mais

SEGURANÇA EM PEQUENAS EMPRESAS

SEGURANÇA EM PEQUENAS EMPRESAS UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ TELEINFORMÁTICA E REDES DE COMPUTADORES RODRIGO DE ARRUDA SCHEER SEGURANÇA EM PEQUENAS EMPRESAS MONOGRAFIA CURITIBA 2012 RODRIGO DE ARRUDA SCHEER SEGURANÇA EM

Leia mais

Trabalho de laboratório sobre ARP

Trabalho de laboratório sobre ARP Trabalho de laboratório sobre ARP Redes de Computadores I - 2007/2008 LEIC - Tagus Park Semana de 3 a 7 de Dezembro 1 Introdução O objectivo desta aula é a familiarização com conceitos básicos do protocolo

Leia mais

Simulação de Redes de Comunicação

Simulação de Redes de Comunicação Simulação de Redes de Comunicação Simulação de Redes de Comunicação A. Paulo Santos aps@estgf.ipp.pt apsantos@linuxdigital.org Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Março, 2011 MRSRC-SRC@ESTGF.ipp.pt

Leia mais

Troubleshooting em rede básica

Troubleshooting em rede básica Troubleshooting em rede básica - 2 Sumário Capítulo 1 Troubleshooting em rede básica... 3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 14 2.1. Objetivos... 14 2.1. Troubleshooting...

Leia mais

Preparação de um Firewall / IDS com Linux Professor: José Ricardo Ferreira de Almeida

Preparação de um Firewall / IDS com Linux Professor: José Ricardo Ferreira de Almeida Preparando um firewall e IDS com Slackware 10.1, iptables e Snort Particionamento do HD: (exemplo 20gb de HD 128 RAM) 256MB 2 GB ~18GB swap / /var Comando para particionamento: cfdisk caso tenha mais de

Leia mais

1.1 A abordagem seguida no livro

1.1 A abordagem seguida no livro 1- Introdução A área de administração de sistemas e redes assume cada vez mais um papel fundamental no âmbito das tecnologias da informação. Trata-se, na realidade, de uma área bastante exigente do ponto

Leia mais

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 17 de junho de 2015

Redes de Computadores. 1 Questões de múltipla escolha. TE090 - Prof. Pedroso. 17 de junho de 2015 TE090 - Prof. Pedroso 17 de junho de 2015 1 Questões de múltipla escolha Exercício 1: Suponha que um roteador foi configurado para descobrir rotas utilizando o protocolo RIP (Routing Information Protocol),

Leia mais

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Conceito de Rede e seus Elementos. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos Prof. Marciano dos Santos Dionizio Conceito de Rede e seus Elementos O conceito de rede segundo Tanenbaum é: um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações

Leia mais

Segurança Informática e nas Organizações. Guiões das Aulas Práticas

Segurança Informática e nas Organizações. Guiões das Aulas Práticas Segurança Informática e nas Organizações Guiões das Aulas Práticas João Paulo Barraca 1 e Hélder Gomes 2 1 Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática 2 Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Leia mais

FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Rede

FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Rede FACSENAC Banco de questões Documento de Projeto Lógico de Versão: 1.3 Data: 20 de novembro de 2012 Identificador do documento: GTI Soluções Versão do Template Utilizada na Confecção: 1.0 Localização: www.gestaotisolucoes.com.br

Leia mais

Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama

Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama Aula-16 Interconexão de Redes IP (Internet Protocol) Prof. Dr. S. Motoyama Software de IP nos hosts finais O software de IP consiste principalmente dos seguintes módulos: Camada Aplicação; DNS (Domain

Leia mais

MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP

MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP A internet é conhecida como uma rede pública de comunicação de dados com o controle totalmente descentralizado, utiliza para isso um conjunto de protocolos TCP e IP,

Leia mais

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Obs: Não há necessidade de entregar a lista Questões do livro base (Kurose) Questões Problemas

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 1 Agenda Sistemas de Firewall 2 1 SISTEMAS DE FIREWALL 3 Sistemas de Firewall Dispositivo que combina software e hardware para segmentar e controlar o acesso entre redes de computadores

Leia mais

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto Computadores Digitais 2 Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Prof. Miguel Campista ATENÇÃO Esta apresentação foi retirada e adaptada dos seguintes trabalhos: Notas de aula do Prof. Miguel Campista da

Leia mais