PRIVADO ENSINO SUPERIOR. Ocupação dos Cursos de Formação Inicial

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRIVADO ENSINO SUPERIOR. Ocupação dos Cursos de Formação Inicial"

Transcrição

1 ENSINO SUPERIOR PRIVADO Ocupação dos Cursos de Formação Inicial Ensino Superior Privado Ocupação dos Cursos de Formação Novembro Inicial 2011 DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção de Serviços de Suporte à Rede do Ensino Superior 1

2 FICHA TÉCNICA Título ENSINO SUPERIOR PRIVADO - Ocupação dos Cursos de Formação Inicial Autor Direcção-Geral do Ensino Superior Direcção de Serviços de Suporte à Rede do Ensino Superior Edição Direcção-Geral do Ensino Superior Av. Duque d Ávila, Lisboa DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE SUPORTE À REDE DO ENSINO SUPERIOR Novembro

3 ÍNDICE I. SÍNTESE DO ESTUDO... 4 II. NOTA METODOLÓGICA PROCURA E OFERTA DE CURSOS DE FORMAÇÃO INCIAL NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO OCUPAÇÃO DOS CURSOS DE FORMAÇÃO INCIAL NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO Por Área de Estudo Por Distrito Por Instituição de Ensino Superior Privado

4 I. SÍNTESE DO ESTUDO No ano lectivo de 2010/2011, dos 601 cursos que fixaram vagas para acesso ao ensino superior privado: 58% pertenciam a Instituições de Ensino Superior (IES) Privado Universitário; 23% pertenciam às áreas do Direito, Ciências Sociais e Serviços, 21% às áreas da Economia, Gestão e Contabilidade e 18% à área das Tecnologias 35% funcionavam em IES Privado do distrito de Lisboa e 32% do distrito do Porto; Só 82% funcionou efectivamente. No ano lectivo de 2010/2011, das vagas fixadas para acesso ao ensino superior privado: 61% pertenciam a IES Privado Universitário e 39% a IES Privado Politécnico; 26% pertenciam às áreas do Direito, Ciências Sociais e Serviços, 22% às áreas da Economia, Gestão e Contabilidade e 15% à área da Saúde; 41% pertenciam a IES Privado do distrito de Lisboa e 32% do distrito do Porto; 53% das vagas foram efectivamente preenchidas. No ano lectivo de 2010/2011, dos alunos inscritos no 1º ano pela 1ª vez: 68% pertenciam ao Ensino Superior Privado Universitário e 32% ao Ensino Superior Privado Politécnico; 29% pertenciam às áreas do Direito, Ciências Sociais e Serviços, 22% às áreas da Economia, Gestão e Contabilidade e 16% à área da Saúde; 48% pertenciam a IES Privado do distrito de Lisboa e 34% do distrito do Porto. 4

5 II. NOTA METODOLÓGICA No presente estudo foram utilizados dados publicados pelo Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais deste Ministério, assim como os existentes na Direcção de Serviços de Suporte à Rede do Ensino Superior. Foram considerados no presente estudo: Os cursos de formação inicial (1ºs ciclos de estudo e mestrados integrados) que fixaram vagas nos anos lectivos de 2008/2009 a 2011/2012, excepto os da Universidade Católica Portuguesa; Os alunos inscritos no 1º ano pela 1ª vez nos referidos cursos, nos anos lectivos em análise, excepto para o ano lectivo de 2011/2012 dado não ser possível, nesta fase, dispor dessa informação; Para o cálculo da taxa de ocupação foi utilizada a seguinte fórmula, por ano lectivo: Taxa ocupação = 5

6 N.º de cursos 1. PROCURA E OFERTA DE CURSOS DE FORMAÇÃO INCIAL NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO Figura 1- Nº DE CURSOS (1º Ciclos e Mestrados Integrados) COM VAGAS FIXADAS E COM ALUNOS INSCRITOS NO 1º ANO PELA 1ª VEZ, POR ANO LECTIVO 700 FORMAÇÃO INICIAL NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO Nº cursos c/ vagas fixadas Nº cursos c/ inscritos 1A1V (Fonte: DGES e GPEARI) Figura 2 Nº DE VAGAS FIXADAS E Nº DE ALUNOS INSCRITOS NO 1º ANO PELA 1ª VEZ EM 1º CICLOS E MESTRADOS INTERGADOS, POR ANO LECTIVO Total de vagas fixadas Total inscritos 1A1V (Fonte: DGES e GPEARI) 6

7 Politécnico Universitário 2. OCUPAÇÃO DOS CURSOS DE FORMAÇÃO INCIAL NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO 2.1. Por Área de Estudo Figura 3 - TAXA DE OCUPAÇÃO DOS 1º CICLOS E MESTRADOS INTEGRADOS NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO POR ÁREA DE ESTUDO, NO ANO LECTIVO DE 2010/2011 Humanidades, Secretariado e Tradução 3 Ciências da Educação e Formação de Professores Ciências 41% 42% Arquitectura, Artes Plásticas e Design Tecnologias Economia, Gestão e Contabilidade Direito, Ciências Sociais e Serviços 52% 58% 61% Educação Física, Desporto e Artes do Espectáculo 71% Agricultura e Recursos Naturais 8 Saúde 9 Humanidades, Secretariado e Tradução 16% Tecnologias 3 Economia, Gestão e Contabilidade Ciências da Educação e Formação de Professores Direito, Ciências Sociais e Serviços Saúde 43% 44% 45% 48% Arquitectura, Artes Plásticas e Design Educação Física, Desporto e Artes do Espectáculo (Fonte: DGES e GPEARI) 7

8 2.2. Por Distrito Figura 4 - TAXA DE OCUPAÇÃO DOS 1º CICLOS E MESTRADOS INTEGRADOS NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO, NO ANO LECTIVO DE 2010/2011 (Fonte: DGES e GPEARI) 8

9 2.3. Por Instituição de Ensino Superior Privado (Fonte: DGES e GPEARI) a. AVEIRO 1 10 Esc. Sup. de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa de Oliveira de Azeméis 112% 106% 106% 56 Insc. 1A1V 53 Insc. 1A1V 53 Insc. 1A1V 10 Inst. Português de Administração de Marketing de Matosinhos (Aveiro) 51% 22% 28% 66 Insc. 1A1V 29Insc. 1A1V 36 Insc. 1A1V 10 Inst. Sup. de Ciências da Informação e da Administração 10 Inst. Sup. de Entre Douro e Vouga 10 Inst. Sup. de Paços de Brandão 7 58% 47% 56% 54% 57% 36% 23% 49 Insc. 1A1V 70 Insc. 1A1V 56 Insc. 1A1V 179 Insc. 1A1V 173 Insc. 1A1V 183 Insc. 1A1V 54 Insc. 1A1V 35 Insc. 1A1V 38 Insc. 1A1V b. BRAGA Esc. Sup. Artística do Porto (Guimarães) Esc. Sup. de Educação de Fafe 39% 47% 32% 41% 37% 43% 29 Insc. 1A1V 35 Insc. 1A1V 24 Insc. 1A1V 95 Insc. 1A1V 86 Insc. 1A1V 100 Insc. 1A1V 10 Esc. Sup. de Tecnologias de Fafe 10 Inst. Polit. de Saúde do Norte - Esc. Sup. de Saúde do Vale do Ave 10 Inst. Sup. de Saúde do Alto Ave 41% 32% 24% 64% 47% 79% 23% 21% 72 Insc. 1A1V 56 Insc. 1A1V 42 Insc. 1A1V 10 Licenc. 312 Insc. 1A1V Insc.1A1V Insc. 1A1V 9 Licenc. 372 Insc. 1A1V 9 Licenc. 108 Insc.1A1V 9 Licenc. 99 Insc. 1A1V 9

10 Univ. Lusíada de Vila Nova de Famalicão 10 73% 47% 41% 1 MI 368 Insc. 1A1V 9 Licenc. 1 MI 249 Insc. 1A1V 1 MI 210 Insc. 1A1V c. BRAGANÇA 10 Esc. Sup. de Educação Jean Piaget - Nordeste 10 Esc. Sup. de Saúde Jean Piaget/Nordeste 4% 4% 23% 14% 19% 0 Insc. 1A1V 7 Licenc. 8 Insc. 1A1V 4 Insc. 1A1V 26 Insc. 1A1V 52 Insc. 1A1V 22 Insc. 1A1V 10 Inst. Sup. de Estudos Interculturais e Transdisciplinares - Mirandela 10 Inst. Sup. de Línguas e Administração de Bragança 9 12% 1 4% 9 Licenc. 38 Insc. 1A1V 10 Licenc. 23 Insc. 1A1V 7 Insc. 1A1V 8% 32% 5 Insc. 1A1V 19 Insc. 1A1V 18 Insc. 1A1V d. COIMBRA Esc. Univ. das Artes de Coimbra Esc. Univ. Vasco da Gama % 26% 21% 47% 42% 45% 1 MI 50 Insc. 1A1V 1 MI 53 Insc. 1A1V 1 MI 40 Insc. 1A1V 2 MI 40 Insc. 1A1V 2 MI 45 Insc. 1A1V 2 MI 43 Insc. 1A1V 10

11 10 Inst. Sup. Bissaya Barreto 10 Inst. Sup. Miguel Torga 82% 26% 32% 70 Insc. 1A1V 78 Insc. 1A1V 71 Insc. 1A1V 53% 37% 45% 272 Insc. 1A1V Insc. 1A1V Insc. 1A1V e. FARO 10 Esc. Sup. de Saúde Jean Piaget - Algarve 10 Inst. Sup. D. Afonso III 10 Inst. Sup. Manuel Teixeira Gomes 35% 26% 3 87 Insc. 1A1V 65 Insc. 1A1V 60 Insc. 1A1V 29% 26% 19% Insc. 1A1V Insc. 1A1V Insc. 1A1V 49% 45% 49% 10 Licenc. 1 MI 265 Insc. 1A1V 10 Licenc. 1 MI 284 Insc. 1A1V 9 Licenc. 1 MI 224 Insc. 1A1V f. ILHA DA MADEIRA 1 Esc. Sup. de Enfermagem de S. José de Cluny 10 Inst. Sup. de Administração e Línguas 10 97% 97% 105% 29 Insc. 1A1V 34 Insc. 1A1V 21 Insc. 1A1V 71% 36% 3 98 Insc. 1A1V 74 Insc. 1A1V 61 Insc. 1A1V 11

12 g. LEIRIA 10 Inst. Sup. D. Dinis 10 Inst. Sup. de Línguas e Administração de Leiria 23% 18% 41% 46% 62% 7 Licenc. 64 Insc. 1A1V 62 Insc. 1A1V 56 Insc. 1A1V 98 Insc. 1A1V 96 Insc. 1A1V 93 Insc. 1A1V h. LISBOA 10 Academia Nacional Superior de Orquestra 10 Esc. Sup. de Actividades Imobiliárias 74% 54% 35 Insc. 1A1V 25 Insc. 1A1V 23 Insc. 1A1V 35% 74% 88% 53 Insc. 1A1V 25 Insc. 1A1V 63 Insc. 1A1V 10 Esc. Sup. de Artes Decorativas 10 Esc. Sup. de Design 10 Esc. Sup. de Educação de Almeida Garrett 55% 31% 44% 55 Insc. 1A1V 43 Insc. 1A1V 47 Insc. 1A1V 86% 89% 270 Insc. 1A1V 311 Insc. 1A1V 320 Insc. 1A1V 24% 31% 26% 37 Insc. 1A1V 43 Insc. 1A1V 47 Insc. 1A1V 10 Esc. Sup. de Educação de João de Deus 10 Esc. Sup. de Educadores de Infância Maria Ulrich 83% 1 Esc. Sup. de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias 37% 29% 114 Insc. 1A1V 84 Insc. 1A1V 66 Insc. 1A1V 6 61% 100 Insc. 1A1V 72 Insc. 1A1V 73 Insc. 1A1V 10 69% 99% 104% 48 Insc. 1A1V 69 Insc. 1A1V 73 Insc. 1A1V 12

13 10 Esc. Sup. de Marketing e Publicidade 53% 72% 62% 10 Esc. Sup. de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa 44% 43% 58% 1 10 Escola Superior de Saúde do Alcoitão 107% % 144 Insc. 1A1V 105 Insc. 1A1V 124 Insc. 1A1V 7 Licenc. 140Insc. 1A1V 121 Insc. 1A1V 161 Insc. 1A1V 118 Insc. 1A1V 121 Insc. 1A1V 128 Insc. 1A1V 1 10 Esc. Sup. de Saúde Ribeiro Sanches 122% 66% 62% 10 Esc. Sup. de Tecnologias e Artes de Lisboa 12% 8% 12% 10 Inst. Português de Administração de Marketing de Lisboa 61% 48% 59% 131 Insc. 1A1V 243 Insc. 1A1V 134 Insc. 1A1V 19 Insc. 1A1V 28 Insc. 1A1V 27 Insc. 1A1V 140 Insc. 1A1V 176 Insc. 1A1V 171 Insc. 1A1V 10 Inst. Sup. Autónomo de Estudos Politécnicos 10 Inst. Sup. de Ciências da Administração 10 Inst. Sup. de Ciências Educativas 29% 13% 9% 53 Insc. 1A1V 69 Insc. 1A1V 38 Insc. 1A1V 47% 39% 51% 179 Insc. 1A1V 157 Insc. 1A1V 177 Insc. 1A1V 54% 53% 66% 9 Licenc. 213 Insc. 1A1V 7 Licenc. 189 Insc. 1A1V 262 Insc. 1A1V 10 Inst. Sup. de Comunicação Empresarial 10 Inst. Sup. de Educação e Ciências 10 Inst. Sup. de Gestão 59% 47% 6 59% 46% 55% 6 37% 48% 61 Insc. 1A1V 77 Insc. 1A1V 78 Insc. 1A1V 7 Licenc. 273 Insc. 1A1V 241 Insc. 1A1V 222 Insc. 1A1V 167 Insc. 1A1V 138 Insc. 1A1V 112 Insc. 1A1V 13

14 Inst. Sup. de Gestão Bancária 145% % Inst. Sup. de Línguas e Administração de Lisboa % 101% 93% 10 Inst. Sup. de Novas Profissões 36% 33% 37% 258 Insc. 1A1V 253 Insc. 1A1V 257 Insc. 1A1V 9 Licenc. 9 Licenc. 628 Insc. 1A1V 650 Insc. 1A1V 612 Insc. 1A1V 7 Licenc. 7 Licenc. 126 Insc. 1A1V 160 Insc. 1A1V 125 Insc. 1A1V 10 Inst. Sup. de Tecnologias Avançadas de Lisboa 10 Inst. Sup. Politécnico do Oeste 10 ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida 8 65% 66% 46% 47% 39% 42% 48% 53% 143 Insc. 1A1V 175 Insc. 1A1V 145 Insc. 1A1V 96 Insc. 1A1V 109 Insc. 1A1V 62 Insc. 1A1V ;1 MI ;1 MI ;1 MI 238 Insc. 1A1V 275 Insc. 1A1V 300 Insc. 1A1V 10 Universidade Atlântica 1 Univ. Atlântica - Esc. Sup. de Saúde Atlântica 10 Univ. Autónoma de Lisboa Luís de Camões 48% 59% 59% % 62% 6 73% 69% 62% 130 Insc. I 1A1V 158 Insc. 1A1V 160 Insc. 1A1V 244 Insc. 1A1V 136 Insc. 1A1V 131 Insc. 1A1V 17 Licenc.;1 MI 17 Licenc.;1 MI 1;1 MI 714 Insc. 1A1V 642 Insc. 1A1V 555 Insc. 1A1V 10 Univ. Lusíada 10 Univ. Lusófona de Humanidades e Tecnologias 67% 78% 45% 34% 4 30 Licenc.;1 MI 3;1 MI 2;1 M 1053 Insc. 1A1V 890 Insc. 1A1V 799 Insc. 1A1VI 4;2 MI 47 Licenc.;3MI 49 Licenc.;3 MI 2882 Insc. 1A1V 2739 Insc. 1A1V 2794Insc. 1A1V 14

15 i. PORTO Conservatório Sup. de Música de Gaia Esc. Sup. Artística do Porto % 65% 77% 8 Insc. 1A1V 5 Insc. 1A1V 2Licenc. 9 Insc. 1A1V 7 Licenc.;1 MI 182 Insc. 1A1V ;1 MI 140 Insc. 1A1V 7 Licenc.;1 MI 215 Insc. 1A1V 1 Esc. Sup. de Artes e Design 10 Esc. Sup. de Educação de Paula Frassinetti 10 Esc. Sup. de Educação Jean Piaget de Arcozelo 10 88% 99% 117% 67% 62% 74% 28% 58% 46% 248 Insc. 1A1V 219 Insc. 1A1V 293 Insc. 1A1V 131 Insc. 1A1V 118 Insc. 1A1V 133 Insc. 1A1V 10 Licenc. 184 Insc. 1A1V 10 Licenc. 115 Insc. 1A1V 120 Insc. 1A1V 10 Esc. Sup. de Enfermagem de Santa Maria 97% 9 91% 10 Escola Superior de Saúde Jean Piaget de Vila Nova de Gaia 10 Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais (Porto) 68 Insc. 1A1V 72 Insc. 1A1V 73 Insc. 1A1V 57% 48% 35% 204 Insc. 1A1V 163 Insc. 1A1V 108 Insc. 1A1V 35% 27% 95 Insc. 1A1V 66 Insc. 1A1V 52Insc. 1A1V Instituto Politécnico de Saúde do Norte - Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa 10 73% 6 51% 7 Licenc. 8 Licenc 271 Insc. 1A1V 224Insc. 1A1V 183Insc. 1A1V Instituto Português de Administração de Marketing de Matosinhos 10 69% 56% 43% 151 Insc. 1A1V 187 Insc. 1A1V 117 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior da Maia 92% 86% 86% Insc. 1A1V 20 Licenc. 20 Licenc Insc. 1A1V 1205 Insc. 1A1V 15

16 Instituto Superior de Administração e Gestão 10 74% 77% 63% 193 Insc. 1A1V 183 Insc. 1A1V 209 Insc. 1A1V Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte 10 71% 62% ;2 MI 7 Licenc.;2MI 7 Licenc.:2 MI 300Insc. 1A1V 287Insc.1A1V 325Insc. 1A1V 10 Instituto Superior de Ciências Educativas de Felgueiras % 11 Insc. 1A1V 55 Insc. 1A1V 72 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo 10 Instituto Superior de Educação e Trabalho 10 Instituto Superior de Espinho 35% 31% 22% 7 Licenc. 159 Insc. 1A1V 139 Insc. 1A1V 92 Insc. 1A1V 47% 32% 42% 28 Insc. 1A1V 19 Insc. 1A1V 21 Insc. 1A1V 42% 14% 22% 9 Insc. 1A1V 27 Insc. 1A1V 14 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior de Línguas e Administração de Vila Nova de Gaia 42% 52% 10 Instituto Superior de Serviço Social do Porto 69% 67% 47% 10 Instituto Superior de Tecnologias Avançadas de Lisboa (Porto) 48% 38% 45% 174 Insc. 1A1V 163 Insc. 1A1V 126 nsc. 1A1V 121 Insc. 1A1V 118 Insc. 1A1V 83 Insc. 1A1V 38 nsc. 1A1V 30 Insc. 1A1V 36 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior Politécnico Gaya - Escola Superior de Ciência e Tecnologia % 9 Licenc. 145 Insc. 1A1V 175 Insc. 1A1V 9 Licenc. 110 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior Politécnico Gaya - Escola Superior de Desenvolvimento Social e Comunitário 38% 2 49 Insc. 1A1V 33 Insc. 1A1V 26 Insc. 1A1V Instituto Superior Politécnico Gaya - Escola Superior de Educação de Santa Maria 10 34% 18% 36% Insc. 1A1V 17 Insc. 1A1V 18 Insc. 1A1V 16

17 10 Universidade Fernando Pessoa Universidade Fernando Pessoa - Escola Superior de Saúde 10 Universidade Lusíada (Porto) 8 72% 1;3 MI 541 Insc. 1A1V 1;2 MI 512 Insc. 1A1V 1;3 MI 530 Insc. 1A1V % 46% 51% 132 Insc. 1A1V 310 Insc. 1A1V 125 Insc. 1A1V 47% 35% 35% 9 Licenc.;1 MI 568 Insc. 1A1V 1;1 MI 559 Insc. 1A1V 1:1 MI 519 Insc. 1A1V 10 Universidade Lusófona do Porto 10 Universidade Portucalense Infante D. Henrique 34% 34% 48% 64% 58% 54% Licenc.;1 MI Insc. 1A1V 20 Licenc.;1 MI 429 Insc. 1A1V 29 Licenc.;1 MI 592 Insc. 1A1V Insc. 1A1V 476 Insc. 1A1V 431 Insc. 1A1V j. SANTARÉM 10 Escola Superior de Educação de Torres Novas 10 Instituto Superior de Línguas e Administração de Santarém 4 49% 47% 14% 42% 36% 36 Insc. 1A1V 42 Insc. 1A1V 40 Insc. 1A1V 7 Licenc. 21 Insc. 551A1V Insc. 1A1V 40 Insc. 1A1V 17

18 k. Setúbal 10 V Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada 10 Escola Superior de Saúde Egas Moniz 19% 26% 36% 67% 42% 41% 81 Insc. 1A1V 98 Insc. 1A1V 80 Insc. 1A1V 10 Licenc. 10 Licenc. 323Insc. 1A1V 201 Insc. 1A1V 9 Licenc. 180 Insc. 1A1V 1 10 Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz % 98% ;2 MI ;2 MI ;2 MI 401 Insc. 1A1V 425 Insc. 1A1V 405 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares - Almada 23% 28% 27% Insc. 1A1V 1 9 Licenc. 135 Insc. 1A1V 98 Insc. 1A1V 10 Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares - Santo André 47% 35% 17% 7 Licenc. 24 Insc. 1A1V 73 Insc. 1A1V 51 Insc. 1A1V l. Viana do Castelo 10 Escola Superior Gallaecia Universidade Fernando Pessoa (unidade de Ponte de Lima) 10 Universidade Fernando Pessoa (unidade de Ponte de Lima - ensino politécnico) 10 58% 46% 56% 46% ;1 M 50 Insc. 1A1VI ;1 MI 41 Insc. 1A1V ;1 MI 41 Insc. 1A1V 38% 33% 34 Insc. 1A1V 30 Insc. 1A1V 35 Insc. 1A1V 2 24% 27% 14 Insc. 1A1V 17 Insc. 1A1V 16 Insc. 1A1V 18

19 m. VILA REAL 10 Escola Superior de Enfermagem Dr. José Timóteo Montalvão Machado 51% 74% 41 Insc. 1A1V 40 Insc. 1A1V 59 Insc. 1A1V n. VISEU 10 Escola Superior de Educação Jean Piaget de Arcozelo (Viseu) 10 Escola Superior de Saúde Jean Piaget de Viseu 10 Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares - Viseu 11% 13% 24 Insc. 1A1V 29 Insc. 1A1V 0 Insc. 1A1V 2 29% 29% 39 Insc. 1A1V 73 Insc. 1A1V 58 Insc. 1A1V 7% 5% 17% 1 27 Insc. 1A1V 1 39 Insc. 1A1V 7 Licenc. 38 Insc. 1A1V 19

20 DGES 2011 Direcção de Serviços de Suporte à Rede do Ensino Superior ENSINO SUPERIOR PRIVADO - Ocupação dos Cursos de Formação Inicial Novembro 2011 Av. Duque D Ávila, Lisboa 20

Lisboa Privado Politécnico 4002 Academia Nacional Superior de Orquestra Instrumentista de Orquestra

Lisboa Privado Politécnico 4002 Academia Nacional Superior de Orquestra Instrumentista de Orquestra Distrito Subsistema Tipo de ensino Cód. Estab. Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Lisboa Privado Politécnico 4002 Academia Nacional Superior de Orquestra Direcção de Orquestra Lisboa Privado Politécnico

Leia mais

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1 Instituição Lugares no CN Academia Militar Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto Centro de Investigação Marinha e Ambiental, Laboratório Associado da Universidade

Leia mais

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR ENSINO SUPERIOR PARTICULAR 220 4002 9732 Academia Nacional Superior de Orquestra Direcção de Orquestra 1.º 6 Sem 180 1 220 4002 9771 Academia Nacional Superior de Orquestra Instrumentista de Orquestra

Leia mais

Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica)

Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica) Ensino Superior Universitário e Politécnico (Público; Privado; Militar e Policial; Católica) Ano letivo 2012/2013 Nota informativa: esta listagem está ordenada por nome do curso da outra Intituição de

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt

Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt October 2011 PUBLIC UNIVERSITIES REGION OF THE NORTH Porto University - Universidade do Porto URL: www.up.pt Trás-os-Montes and

Leia mais

L 3 5 8 MI 0 M 0 D 0

L 3 5 8 MI 0 M 0 D 0 L 3 5 8 IS MIGUEL TORGA TOTAL - IS MIGUEL TORGA 3 5 0 8 ESEDUCADORES INFÂNCIA MARIA ULRICH M 2 2 TOTAL - ESEd Inf. MARIA ULRICH 2 1 0 3 IS COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL - ISCEM M 2 2 TOTAL - ISCEM 2 2 0 4 ISP

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO 2013

PROVAS DE INGRESSO 2013 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO 2013 PRIVADO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA E COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO- GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

Distrito Subsistema Tipo de ensino Nome do Estabelecimento Nome do Curso

Distrito Subsistema Tipo de ensino Nome do Estabelecimento Nome do Curso Distrito Subsistema Tipo de ensino Nome do Estabelecimento Nome do Curso Lisboa Privado Politécnico Academia Nacional Superior de Orquestra Direcção de Orquestra Lisboa Privado Politécnico Academia Nacional

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO 2014

PROVAS DE INGRESSO 2014 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO 2014 PRIVADO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA E COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO 2015

PROVAS DE INGRESSO 2015 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO 2015 PRIVADO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA E COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO 2011

PROVAS DE INGRESSO 2011 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR PROVAS DE INGRESSO 2011 PRIVADO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior DIRECÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção

Leia mais

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR

ENSINO SUPERIOR PARTICULAR ENSINO SUPERIOR PARTICULAR 210 4010 8136 Escola Superior Artística do Porto L - 1º ciclo Animação e Produção Cultural 1.º 6 Sem 180 20 210 4010 9257 Escola Superior Artística do Porto MI Arquitectura 1.º

Leia mais

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA no Ensino Superior CET Cursos de Especialização Tecnológica no Ensino Superior Setembro 2011 DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção de Serviços de Suporte à

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN Preâmbulo De acordo com o novo Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, a Escola Superior de Artes

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 2 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

Programa ERASMUS+ - Ação 1

Programa ERASMUS+ - Ação 1 Programa ERASMUS+ - Ação 1 Resultados de Seleção 2015 Ensino Superior Mobilidades para Aprendizagem Número de candidatura Nome da instituição Endereço da instituição Subvenção atribuída Estatuto 2015-1-PT01-KA103-012420

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

CURSOS QUE CONFEREM HABILITAÇÃO PRÓPRIA PARA A DOCÊNCIA. Grupo de Recrutamento 530 - Educação Tecnológica

CURSOS QUE CONFEREM HABILITAÇÃO PRÓPRIA PARA A DOCÊNCIA. Grupo de Recrutamento 530 - Educação Tecnológica Arquitectura Arquitectura (Curso superior) 1º Arquitectura e Urbanismo Universidade Fernando Pessoa Arte e Comunicação ramo de Audiovisual; ramo Fotográfico; ramo de Multimédia Escola Superior Artística

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 EMPREGABILIDADE A informação estatística recolhida neste documento é baseada no relatório

Leia mais

PROGRAMA APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA PROGRAMA ERASMUS 2013-2014 AÇÃO ERA02 - MOBILIDADE

PROGRAMA APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA PROGRAMA ERASMUS 2013-2014 AÇÃO ERA02 - MOBILIDADE 2013-1-PT1-ERA02-16864-P ACORES01 2013-1-PT1-ERA02-17046-P ALMADA05 2013-1-PT1-ERA02-16865-P ARCOZEL01 2013-1-PT1-ERA02-16866-P AVEIRO01 2013-1-PT1-ERA02-16880-P AVEIRO05 2013-1-PT1-ERA02-17186-P BARCARE01

Leia mais

Institutions Index. State-run Higher Education- Universities. Name of Institutions

Institutions Index. State-run Higher Education- Universities. Name of Institutions Institutions Index Code Name of Institutions State-run Higher Education- Universities 6800 Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa Universidade dos Açores 0110 Universidade dos Açores -

Leia mais

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 LINHA DE CRÉDITO PARA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR COM GARANTIA MÚTUA ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 Comissão de Acompanhamento 29 de Maio de 2008 Introdução, e principais conclusões Este documento

Leia mais

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar:

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar: s previstos no art. 56.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-Lei n.º35/2003, de 27 de Fevereiro, na redacção dada pelo Decreto-Lei

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2013, 2014, 2015 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

1. PARES ESCOLA/CURSO REGISTADOS INST. POLITÉC./ UNIVERSIDADE ESTABELECIMENTO DE ENSINO

1. PARES ESCOLA/CURSO REGISTADOS INST. POLITÉC./ UNIVERSIDADE ESTABELECIMENTO DE ENSINO 1. PARES ESCOLA/CURSO REGISTADOS INST. POLITÉC./ UNIVERSIDADE ESTABELECIMENTO DE ENSINO CURSO PRÉ-BOLONHA ESPECIALIDADE LICENCIATURA PÓS-BOLONHA ESPECIALIDADE INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Eng.ª Alimentar

Leia mais

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Ensino Superior Regulamento n.º 319/2013 Regulamento do Programa de Apoio Social a Estudantes através de atividades de tempo Parcial (PASEP) da Universidade

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços de

Leia mais

3628-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 173 29-7-1998 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. 3. o. Portaria n. o 457-A/98

3628-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 173 29-7-1998 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. 3. o. Portaria n. o 457-A/98 3628-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 173 29-7-1998 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Portaria n. o 457-A/98 de 29 de Julho As alterações ao artigo 13. o da Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n. o 46/86,

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 11 1.ª FASE DEZEMBRO DE 2011 ÍNDICE Nota Introdutória... 3 Conceitos... 4 Grandes Números... 5 Candidatos, Vagas, Colocados e Matriculados... 6 OFERTA FORMATIVA... 7 Vagas por

Leia mais

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3

Estabelecimento de ensino diplom a 1 2 3 Cursos previstos no art. 55.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-ei n.º20/2006, de 31 de Janeiro 1 Cursos de licenciatura, diplomas

Leia mais

Estabelecimento Sobras da 3.ª Fase. Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 0110 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 16 3 10 9

Estabelecimento Sobras da 3.ª Fase. Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 0110 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 16 3 10 9 Sobras da.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências Agrárias 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 Energias Renováveis 00 0 Engenharia e Gestão do Ambiente 0 00 Guias da Natureza

Leia mais

Estabelecimento Sobras da 1.ª Fase

Estabelecimento Sobras da 1.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 90 Ciências Agrárias 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 994 Energias Renováveis 00 9 Engenharia e Gestão do Ambiente 00 9 Guias da Natureza Universidade

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 2.ª Fase

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 2.ª Fase Vagas.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 0 Medicina Veterinária (Preparatórios) 00 0 Ciências Agrárias

Leia mais

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação MODELO 4 - Norte : Região Unidades Hospitalares (15) MÊS NORTE J F M A M J J A S O N D CH Nordeste, EPE CH Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE CH Alto Ave, EPE CH Médio Ave, EPE CH Tâmega e Sousa, EPE CH

Leia mais

0202 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

0202 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 155,5 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 128,8 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 154,8 9022 Ciências

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 3.ª Fase

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - Direcção-Geral do Ensino Superior. Estabelecimento Vagas 3.ª Fase Vagas.ª Fase Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 00 0 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 00 0 Medicina Veterinária (Preparatórios) 00 0 Ciências Agrárias 00 0 Engenharia e Gestão do Ambiente

Leia mais

EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS:

EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS: EMPREGABILIDADE DOS PSICÓLOGOS: FACTOS E MITOS VÍTOR COELHO E ANA AMARO OBSERVATÓRIO DE EMPREGABILIDADE DA OPP Durante os últimos anos, periodicamente, têm sido apresentados dados contrastantes sobre os

Leia mais

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 0203 0203 0204 0204 0204 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 Universidade do Algarve - Faculdade

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações 0130 0130 0130 0130 0130 0130 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina Universidade dos Açores - Ponta Delgada Universidade dos Açores -

Leia mais

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006 Durante o ano que agora está a terminar foram divulgados, pela primeira vez, dados relativos aos inscritos nos Centro de Emprego desagregados pela instituição de ensino que frequentaram. Sem grande surpresa,

Leia mais

10 - EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA

10 - EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA 10 - EDUCAÇÃO MORA E REIGIOSA CATÓICA Curso / Habilitação Grau Condições especiais Escalão Diploma egal Ciências Religiosas Pela Universidade Católica Portuguesa ou por universidade católica estrangeira,

Leia mais

Universidades Públicas e Outras Instituições de Ensino Universitário ANEXO I

Universidades Públicas e Outras Instituições de Ensino Universitário ANEXO I Universidades Públicas e Outras Instituições de Ensino Universitário ANEXO I Universidade Aberta R. da Escola Politécnica, 147 1250-100 LISBOA 21 391 6300 21 397 3229 Universidade da Beira Interior R.

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

8558 Diário da República, 2.ª série N.º 63 31 de março de 2014

8558 Diário da República, 2.ª série N.º 63 31 de março de 2014 8558 Diário da República, 2.ª série N.º 63 31 de março de 2014 Na profissionalização em serviço, na Universidade de Coimbra: as disciplinas de Psicologia Educacional e Desenvolvimento curricular, entre

Leia mais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências e Tecnologia 0110 Universidade dos Açores - Angra

Leia mais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações Congénere 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2011

Leia mais

LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DREN: Escola Profissional de Fermil Celorico de Basto Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Carvalhais /Mirandela

Leia mais

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014 O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 2 A Mulher portuguesa e o Desporto 1º FÓRUM NACIONAL DE TÉNIS DE MESA 24 maio 2014 Propostas para discussão e reflexão Manuela Simões O Ténis de Mesa não é, a este

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR. 2011, 2012, 2013 _ Alterações aos Guias n. os 77 e 78 PÚBLICO PRIVADO GUIAS DO ENSINO SUPERIOR

PROVAS DE INGRESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR. 2011, 2012, 2013 _ Alterações aos Guias n. os 77 e 78 PÚBLICO PRIVADO GUIAS DO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR PROVAS DE INGRESSO 2011, 2012, 2013 _ Alterações aos Guias n. os 77 e 78 PÚBLICO PRIVADO Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior DIRECÇÃO-GERAL

Leia mais

Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso

Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso Estabelecimento/Curso ENSINO UNIVERSITÁRIO Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 Ciências da Nutrição (Preparatórios) PL 15 5 122,5 10 Medicina Veterinária (Preparatórios)

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 14870896 ANA CATARINA DE JESUS RIBEIRO Não colocada 14583084 ANA CATARINA DA ROCHA DIAS Não colocada 14922639 ANA CATARINA SOARES COUTO Colocada em 7230 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS Balanço e próximos passos 2 de dezembro de 2015

CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS Balanço e próximos passos 2 de dezembro de 2015 2 de dezembro de 2015 1.Caraterísticas e objetivos dos CTeSP 2.Fases de registo de cursos 3.Ações de divulgação 4.Cursos registados em números 5.Próximos passos 1. Caraterísticas e objetivos Interação

Leia mais

Ensino Superior Particular e Cooperativo Institutos e Escolas

Ensino Superior Particular e Cooperativo Institutos e Escolas Ensino Superior Particular e Cooperativo Institutos e Escolas Academia Nacional Superior de Orquestra Escola de Tecnologias Artísticas de Coimbra - ETAC Escola Superior Artística do Porto - ESAP Escola

Leia mais

2 4 6 8 ESCOLA Licenciatura de Bolonha Obs 1.1 Inst. Sup. Contabilidade e Administração (Universidade de Aveiro) 1.2 Escola Superior de Tecnologia e Gestão (Instituto Politécnico da Guarda) 1.3 Escola

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome PEREIRA, LUCÍLIA DOS SANTOS NUNES Morada 301, ORTIGOSA, EDIFÍCIO OÁSIS, 5100-076, LAMEGO, PORTUGAL Telefone 254 688 476 Telemóvel 963 481 872

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 42 28 de fevereiro de 2013 7787. Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior 41 562,50

Diário da República, 2.ª série N.º 42 28 de fevereiro de 2013 7787. Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior 41 562,50 Diário da República, 2.ª série N.º 42 28 de fevereiro de 2013 7787 Montante (euros) Beneficiário Número de contribuinte Entidade decisora Data da decisão Secretaria de Estado do Ensino e da Administração

Leia mais

MAPA I RECEITAS DO ESTADO. [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES

MAPA I RECEITAS DO ESTADO. [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES - 1 - MAPA I RECEITAS DO ESTADO [Alínea a) do artigo 1º.] RECEITAS CORRENTES 01 IMPOSTOS DIRECTOS 01 Sobre o Rendimento 01 Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) 1,106,600,000 02 Imposto

Leia mais

CURSOS DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RECONHECIDOS PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

CURSOS DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RECONHECIDOS PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA CURSOS DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS RECONHECIDOS PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA 2014 115 - Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC) Curso de Formação de Mediadores a habilitar para

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA. UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670. www.utl.pt

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA. UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670. www.utl.pt UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA UTL em Números 2011 ISSN: 1645-3670 www.utl.pt Ficha Técnica Coordenador: Prof. Doutor António Palma dos Reis Edição Reitoria/DPD - Departamento de Planeamento e Documentação

Leia mais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais Maria Cristina Canavarro Teixeira Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária,

Leia mais

PARTE C MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. 4926-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 39 25 de fevereiro de 2015

PARTE C MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA. 4926-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 39 25 de fevereiro de 2015 4926-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 39 25 de fevereiro de 2015 PARTE C MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior Deliberação n.º 223-A/2015 Ao abrigo do disposto

Leia mais

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015 RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO NOTA 1. Encontra se concluída a colocação na primeira fase do 39.º concurso nacional de acesso, tendo sido admitidos,

Leia mais

Levantamento dos cursos do 1º e 2º ciclo do Ensino Superior com relevo para as Tecnologias de Produção

Levantamento dos cursos do 1º e 2º ciclo do Ensino Superior com relevo para as Tecnologias de Produção Levantamento dos cursos do 1º e 2º ciclo do Ensino Superior com relevo para as Tecnologias de Produção Julho de 2011 [INEGI Levantamento dos cursos do 1º e 2º Ciclo do Ensino Superior com Relevo para as

Leia mais

GEMINAÇÔES e ACORDOS ACTUALIZADOS ENTRE MUNICÍPIOS DE CABO - VERDE E CONGÉNERES ESTRANGEIRAS

GEMINAÇÔES e ACORDOS ACTUALIZADOS ENTRE MUNICÍPIOS DE CABO - VERDE E CONGÉNERES ESTRANGEIRAS GEMINAÇÔES e ACORDOS ACTUALIZADOS ENTRE MUNICÍPIOS DE CABO - VERDE E CONGÉNERES ESTRANGEIRAS Municípios de Cabo Verde S. NICOLAU SAL Municípios Geminados / Cooperação País / Região Objecto ou áreas dos

Leia mais

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014

aelousada.net AE Lousada Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2014 ALBERTINO CLÁUDIO DE BESSA VIEIRA Colocado em 3138 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras ALBERTO RAFAEL SILVA PEIXOTO Colocado em 3064 Instituto Politécnico

Leia mais

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Anatomia Patológica Anestesiologia Angiologia e Cirurgia Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Cir. Plástica Cirurgia Torácica Dermatovenereologia

Leia mais

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas ESCOLA CURSO GRAU ESPECIALIDADE NORMAS REGISTO OBS. ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E G ÁGUEDA Engenharia Electromecânica B Mecânica a) do n.º 2 Universidade de Aveiro Engenharia Electrotécnica B ESP a)

Leia mais

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas PQS GLOBAIS Anacom Objetivo SU Ano1 SU PQS 1 PQS 1 (a) PQS1. Prazo de fornecimento da ligação inicial (a) Demora no fornecimento das ligações, quando o cliente não define uma data objetivo (dias) PQS 1

Leia mais

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7264 - Corte e Tecnologia de Carnes 541 - Indústrias es Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7109 -

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012 PERCURSOS PÓS SECUNDÁRIO Desporto Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade 12º Ano.e agora? Ensino Superior Universitário/Politécnico Cursos de Especialização Tecnológica Inserção

Leia mais

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Engenharia Informática

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Engenharia Informática IPBeja - s de Especialização Tecnológica que dão acesso ao de Engenharia Informática Área Barcelos ACIB - Associação Comercial e Industrial de Barcelos Aplicações Informáticas de Gestão AFTEBI - Associação

Leia mais

Casas-Museu dos Médicos em Portugal

Casas-Museu dos Médicos em Portugal Casas-Museu dos Médicos em Portugal O MÉDICO QUE SÓ SABE DE MEDICINA NEM DE MEDICINA SABE Prof. Doutor Abel Salazar AUGUSTO MOUTINHO BORGES, CLEPUL, Academia Portuguesa da História Apresentação Após a

Leia mais

INICIATIVAS CONJUNTAS IES / ONGD:

INICIATIVAS CONJUNTAS IES / ONGD: LINHAS DE FINANCIAMENTO INTERNACIONAIS PARA IES E ONGD: UM DESAFIO ACTUAL INICIATIVAS CONJUNTAS IES / ONGD: (VOLUNTARIADO NA COOPERAÇÃO) J.F. Silva Gomes (Professor Catedrático da FEUP) Iniciativas conjuntas

Leia mais

SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS TRANSPORTES

SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS TRANSPORTES SESSÃO NACIONAL DO PARLAMENTO DOS JOVENS Ensino Secundário 23 e 24 de maio TRANSPORTES Nos quadros abaixo, são indicados os locais onde as escolas se devem concentrar no dia 23 de maio de 2016, tendo em

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE Fernando Araújo, Mário Abreu Fernandes Administração Regional de Saúde do Norte, IP - Maio, 2009 Hospitais da ARSN Viana do Castelo 1. Centro

Leia mais

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS ABRANTES ALGUEIRÂO ALJUSTREL ALMADA ALVERCA ANGRA DO HEROÍSMO AVEIRO BARCELOS BARREIRO AGOSTINHO J.G. FIGUEIRAS PEDRO GEIRINHAS UNIPESSOAL, LDA ELECTRO CRUZ DIMATECNICA,LDA

Leia mais

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Ministério da Educação Portaria n.º 1298/03 de de Novembro A unificação

Leia mais

1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2009 Código Código

1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2009 Código Código (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísm Ciências Farmacêuticas (Preparatórios PM 15 15 0 155,5 0 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísm

Leia mais

A Nova Organização Judiciária

A Nova Organização Judiciária A Nova Organização Judiciária Lei n.º 62/2013, de 26/8 (LOSJ) Decreto-lei n.º 49/2014, de 27/3 (ROFTJ) PAULO PIMENTA Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados 15 de Julho de 2014 1 Lei n.º 3/99,

Leia mais

PERFIL DO ALUNO 2008/2009

PERFIL DO ALUNO 2008/2009 PERFIL DO ALUNO 2008/2009 FICHA TÉCNICA Título Perfil do Aluno 2008/2009 Autoria Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE) Direcção de Serviços de Estatística Edição Gabinete de Estatística

Leia mais

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 pre que necessário, para a realização de entrevista e ou avaliação funcional das suas capacidades. 4 A comissão pode, face à prova documental

Leia mais

INOVAÇÃO e I&DT Lisboa

INOVAÇÃO e I&DT Lisboa INOVAÇÃO e I&DT Lisboa Prioridades, Impactos, Próximo Quadro MIGUEL CRUZ Aumentar a capacidade competitiva no mercado internacional Reforçar as competências estratégicas Apoiar as PME no reforço das suas

Leia mais

Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email

Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email Carga Horária 1/2 Palavras Rua da Igreja, Lote 682 2685-061 Ferrão Ferro-Seixal Setúbal 212121722 www.ummeiodepalavras.pt

Leia mais

O INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO ESTATAL (1990/1991-2001/2002)

O INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO ESTATAL (1990/1991-2001/2002) Gestão e Desenvolvimento, 11 (2002), 231-253 O INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO ESTATAL (1990/1991-2001/2002) Paulo Almeida Pereira* No enquadramento actual do ensino superior, em Portugal, importa

Leia mais

DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte

DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte Em Portugal, à exceção do morango,

Leia mais

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos.

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas Portaria nº 151/85, de 13 de Março, D.R. 63, p. 712 Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. Decreto-Lei nº 75/85, de 25 de

Leia mais

Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança

Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança Distrito de Bragança Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior Agrária de Bragança 3041/L029 Biologia e Biotecnologia [Lic-1º cic] 30 vagas Braga, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Porto, Viana

Leia mais

A presente alteração corresponde à correção da alteração orçamental que foi comunicada no segundo trimestre - orgânica 02.9.50.49.00 - IGESPAR.

A presente alteração corresponde à correção da alteração orçamental que foi comunicada no segundo trimestre - orgânica 02.9.50.49.00 - IGESPAR. 1ª DELEGAÇÃO DE CONTABILIDADE Alterações orçamentais autorizadas, no trimestre a seguir indicado, ao abrigo do artigo 51.º da Lei n.º 91/21, de 20 de Agosto, alterada pela Lei n.º 52/2011, de 13 de Outubro,

Leia mais

A procura de emprego dos Diplomados. com habilitação superior

A procura de emprego dos Diplomados. com habilitação superior RELATÓRIO A procura de emprego dos Diplomados com habilitação superior Dezembro 2007 Fevereiro, 2008 Ficha Técnica Título A procura de emprego dos diplomados com habilitação superior Autor Gabinete de

Leia mais

Portos da I República Roteiro

Portos da I República Roteiro Portos da I República Roteiro Ponto de interesse : Junta Autónoma da ria e barra de Aveiro 07-12-1921 Aveiro >> Aveiro >> Latitude: 40.63240900 Longitude: -8.73023800 Ponto de interesse : Junta Autónoma

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008. Provas de Ingresso - 2008. Ensino Superior Público

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008. Provas de Ingresso - 2008. Ensino Superior Público ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 2008 Provas de Ingresso - 2008 Ensino Superior Público Direcção-Geral do Ensino Superior Fevereiro de 2008 Ficha técnica Título: Acesso ao Ensino Superior 2008 - Provas de Ingresso

Leia mais

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE (ACSS) ARS DE LISBOA E VALE DO TEJO, IP ARS DO ALENTEJO, IP ARS DO ALGARVE, IP ARS DO CENTRO, IP ARS DO NORTE, IP CENTRO DE MEDICINA E REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO

Leia mais

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Colocados CONCURSO NACIONAL DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Etapa 1: colocação dos candidatos às vagas

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2011 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase

Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase Alunos da ESFMP colocados no Ensino Superior - 1ª Fase Nome Estabelecimento de Ensino Superior Curso de Colocação ANA CAROLINA BRANCO COTA Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e

Leia mais