HISTÓRIA OS EMBLEMAS DA RENAULT: 117 ANOS DE IDENTIDADE DE MARCA. 27 Abril 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HISTÓRIA OS EMBLEMAS DA RENAULT: 117 ANOS DE IDENTIDADE DE MARCA. 27 Abril 2015"

Transcrição

1 HISTÓRIA 27 Abril 2015 OS EMBLEMAS DA RENAULT: 117 ANOS DE IDENTIDADE DE MARCA MEUNIER, Denis O logotipo é um elemento essencial da identidade de uma marca. E por vezes é mesmo, por si só, a metáfora da identidade da empresa: basta proferir a expressão a marca do losango para que saibamos, imediatamente, que se trata da Renault. A identidade da marca é resumida, há 90 anos, pela palavra Renault e pelo logotipo, em forma de Losango. A partir de agora, a Renault renova o seu universo de marca, com um novo emblema acompanhado de uma nova assinatura de marca que reflecte a imagem e a filosofia dos novos modelos: Renault - Passion for life.

2 1898 : Nascimento de uma empresa A aventura da empresa Renault começa em Paris, na véspera de Natal de Nessa noite, Louis Renault sobe a Rue Le Pic, na colina de Montmartre, ao volante da sua primeira realização, a voiturette Type A, que é o primeiro automóvel equipado com uma caixa de velocidades de transmissão directa, uma invenção sobre a qual ele trabalhou desde Outubro de 1898 e que lhe permitiu subir uma das ruas mais inclinadas de Paris. Nessa noite de 24 de Dezembro, Louis Renault recebe as primeiras 12 encomendas. A 25 de Fevereiro de 1899 é fundada a sociedade «Renault-Frères», que durará 10 anos, e cujo auto de criação tem efeitos retroactivos a Outubro de E se os primeiros automóveis como o Type A não possuíam nenhuma menção à marca, o nome «Renault-Frères» inscrito nos degraus de acesso e as iniciais «LR» (de Louis Renault) gravadas no centro das rodas vão rapidamente assinar as produções da empresa de Billancourt. Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés Dois anos depois da sua criação, a sociedade Renault-Frères dota-se, em 1900, do seu primeiro logotipo : um medalhão de duas letras «R» estilizadas nas quais se podem ler, por simetria, as letras «L» de Louis e «M» de Marcel no mais puro estilo «Art Nouveau» do início do século XX. Este primeiro logotipo foi efémero : para reforçar a simbologia industrial da empresa o medalhão é substituído, em 1906, por uma engrenagem no interior da qual é gravada a face dianteira do modelo Renault que ganhou o primeiro Grande Prémio do Automóvel Clube de França. A trágica morte de Marcel Renault, em 1903, e de Fernand Renault em 1909 deixam Louis Renault sozinho à frente da empresa. É o fim da sociedade Renault- Frères que é rebaptizada Société des Automobiles Renault. 1919: Da celebração militar à identidade de marca No final da Primeira Guerra Mundial a empresa relembra a sua contribuição para o esforço de guerra através do tanque FT17 que foi decisivo para a vitória dos Aliados. Em 1919, a Renault muda o seu logotipo que adopta a silhueta deste célebre tanque. Este logotipo aparece em todos os documentos e na publicidade da marca mas não nos automóveis. Em 1922 a empresa torna-se a Société Anonyme des Usines Renault.

3 Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés Mas, esta evocação beligerante é de curta duração porque a Renault precisa de um símbolo que seja imediatamente identificável. Em 1923, o logotipo passa a ser uma grelha redonda com a palavra Renault inscrita no centro. E, pela primeira vez, os automóveis da marca são identificados por um logotipo colocado na dianteira que junta o útil ao necessário uma vez que por baixo deste logotipo esconde-se a buzina! 1925: O Losango O logotipo redondo de 1923 não tarda a possuir arestas para se adaptar às linhas dos capôs dos modelos da marca formados por dois semi-planos com uma nervura central. Em 1924, e em «concorrência» com o logotipo redondo, o losango aparece, pela primeira vez, no berlina topo de gama CV Type NM. Este símbolo geométrico seria definitivamente adoptado em O losango é, numa primeira fase, o símbolo dos modelos desportivos ou luxuosos que, em 1929, adoptam no nome o sufixo «Stella» e que possuem no topo do capô uma segundo logotipo em forma de estrela de 5 pontas. Este último irá mesmo substituir, em 1931, o losango nos modelos Stella e Grand Sport até ao seu desaparecimento aquando da Segunda Guerra Mundial. O losango continua a ser o logotipo de todos os outros modelos da marca Renault. Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés Apesar da ausência de um único emblema no conjunto das gamas, a identidade da marca estabiliza nos anos 30 e nomeadamente através da tipografia e da sinalética própria da empresa e da sua rede comercial. É neste período que aparece o célebre slogan: «Renault, o Automóvel da França».

4 1945: O Losango ganha cores A nacionalização da empresa pelo decreto de 16 de Janeiro de 1945 muda o estatuto da marca que se torna a Régie Nationale des Usines Renault. O nome «Renault» apenas foi conservado por razões comerciais. O slogan da marca muda ligeiramente para integrar a mudança de proprietário: «Mais do que nunca, Renault, o Automóvel da França». O losango sofre modificações em 1946 passando a ser amarelo sobre fundo negro e integra a menção «Régie Nationale» (empresa pública). O amarelo torna-se a cor emblemática da empresa. PINEAU, M. Renault Communication Droits réservés O losango torna-se indissociável da Renault e está presente em toda a documentação ou publicidade da empresa mesmo se alguns modelos da marca adoptam, nos anos 50, símbolos «originais» como um mapa de França com a inscrição RNUR em 1951 ou, em 1956, um brazão «Renault Régie Nationale» com uma coroa com golfinhos no Dauphine. Estas fantasias terminam em 1959: o logotipo continuará a ser um losango. A partir da Renault 4, os modelos e a rede comercial, ostentam um novo logotipo, mais estreito, chamado «ponta de diamante» que integra o nome «Renault» mas onde desaparece a menção «Régie Nationale». De cores branca e preta este losango é sempre acompanhado por um fundo amarelo em todos os documentos internos da empresa. Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés Renault Communication Droits réservés 1972: o dilema da modificação do Losango Para dar ainda mais presença ao losango, a empresa decidiu, em 1972, aperfeiçoá-lo e dar-lhe maiores dimensões. Este novo losango, do qual desapareceu a palavra Renault, faz a sua

5 estreia nos modelos Renault 15, Renault 17 e nos primeiros R5. No entanto, um fornecedor, acusou a Renault de plágio o que obrigou a marca a alterar este novo losango. O pintor e artista plástico Victor Vasarely concebe então um novo logotipo de estrias paralelas, ao mesmo tempo simples e sofisticado. Este novo logotipo, onde continua ausente o nome Renault, foi aprovado pelo então PDG da Renault, Pierre Dreyfus. Os automóveis vendidos com o anterior logo são objecto de uma chamada aos concessionários para receberem este novo logotipo. O Renault 5 é o primeiro modelo a receber o «novo losango» que perdurará durante vinte anos e que será a primeira imagem duradoura da Marca. Renault Communication Droits réservés, Yvaral et Vasarely, 1972 Renault Communication Droits réservés, Yvaral et Vasarely, 1972 A partir de 1973, a Renault confia à Publicis a realização das suas campanhas publicitárias e será esta a agência que concebe, em 1985, um dos slogans mais emblemáticos da marca e ainda hoje evocado: «Renault, Des Voitures à Vivre» (Renault, ao ritmo da vida). 1992: o Losango ganha volume Vinte anos depois do logotipo «Vasarely», a Renault reviu a sua identidade visual de forma a bem afixar a exigência de qualidade da marca. Mais simples, mais massivo até pelo relevo tridimensional, o logotipo de 1992 foi desenhado por Jacques Paumier (JPG Design). Este emblema sugere a qualidade e robustez dos produtos da marca e esta nova identidade visual foi acompanhada de uma nova caligrafia desenhada por Wolff Olins: o nome Renault reaparece, por baixo do losango, em toda a documentação ou na publicidade. Nos automóveis, o losango é, de forma definitiva, colocando no centro da dianteira, no fim do capô. PONS, Philippe PONS, Philippe

6 A década de 1990 traz grandes modificações à empresa : abertura do capital em 1995, aquisição da Dacia e da Nissan com a criação da Aliança Renault-Nissan em 1999 e, posteriormente, a aquisição da Samsung Motors no ano seguinte e que se tornaria a Renault Samsung Motors. A comunicação publicitária da Renault evolui com a adopção, no ano 2000, do slogan «Créateur d Automobiles» (Criamos automóveis). A identidade visual da Renault continuará a evoluir mas de forma relativamente marginal. Em 2004 o losango é instalado no centro de uma quadrado amarelo para fazer sobressair o seu relevo e é adoptada uma nova caligrafia para a palavra Renault que passa a ser colocada à direita do logotipo. Três anos mais tarde o nome Renault passa a integrar o enquadramento amarelo e o slogan Internacional torna-se «Renault - Drive the Change». 2015: Renault - Passion for life Renault Marketing 3D Commerce Renault Marketing 3D Commerce Mudar o logotipo tem uma forte carga simbólica. Desde 2012 que a marca promete ao seus clientes que se «apaixonarão» pelos seus produtos graças à renovação do design da marca. O losango, de maiores dimensões, ocupa um lugar destacado na grelha dos novos modelos o que os torna imediatamente identificáveis como sendo «Renault». A Renault reinventa-se para oferecer aos seus clientes automóveis que lhes permitam desfrutar da vida- Como o Novo Renault Espace, são belos automóveis, onde a qualidade está presente em todos os detalhes e onde a inovação está presente para facilitar a vida aos seus utilizadores. São disso exemplos o Novo Twingo cuja arquitectura de motor traseiro lhe permite uma maneabilidade sem paralelo ou o tablet táctil R-Link que dispõe de uma conjunto de serviços que tornam a vida mais fácil. Para dar coerência a esta promessa da marca, a Renault adopta, agora, um novo universo de marca que se aplicará a todos os documentos produzidos pela empresa bem como a publicidade. O logotipo é ligeiramente modificado, com contornos arredondados, uma nova caligrafia para a palavra Renault e uma nova assinatura que condensa a promessa que a marca faz aos seus clientes : Renault - Passion for life. (

7 Renault Design Renault Design

12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS

12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS COMUNICADO DE IMPRENSA 15 de Janeiro 2009 12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS Com uma quota de mercado de 11,9% (Veículos de Passageiros + Comerciais Ligeiros)

Leia mais

RENAULT: A MARCA LÍDER DO MERCADO HÁ 16 ANOS DACIA: A MARCA COM O MELHOR DESEMPENHO DO TOP 20

RENAULT: A MARCA LÍDER DO MERCADO HÁ 16 ANOS DACIA: A MARCA COM O MELHOR DESEMPENHO DO TOP 20 COMUNICADO DE IMPRENSA 8 de Janeiro de 2014 RENAULT: A MARCA LÍDER DO MERCADO HÁ 16 ANOS DACIA: A MARCA COM O MELHOR DESEMPENHO DO TOP 20 Com uma quota de mercado de 12,9% (Veículos de Passageiros + Comerciais

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Marca Sumário 1. Apresentação 03 2. Uso do Manual 04 3. Componentes do Design 05 4. Logomarca 06 5. Assinatura 09 6. Área de Proteção 10 7. Alinhamento 11 8. Grade de Construção 12 9. Tipologia

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ Abertura: Com alegria e expectativa, estamos lançando o Concurso para a criação do cartaz e da

Leia mais

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5)

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA Assim: 9; com ref. às fontes: 12-13 EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Autores: André Sequeira 1º - A1 20110039 João Almeida 1º - A1 20110309

Leia mais

RENAULT KADJAR, O IRMÃO DO CAPTUR

RENAULT KADJAR, O IRMÃO DO CAPTUR COMUNICADO DE IMPRENSA 2 de Fevereiro de 2015 RENAULT KADJAR, O IRMÃO DO CAPTUR Depois do sucesso do Captur, a Renault prossegue a sua ofensiva no universo dos crossovers com o lançamento do Renault Kadjar,

Leia mais

CONHEÇA A MARCA MOÇAMBIQUE

CONHEÇA A MARCA MOÇAMBIQUE CONHEÇA A MARCA MOÇAMBIQUE Afinal o que é a Marca Moçambique? Saiba porque foi criada Conheça os seus atributos e benefícios O que reflecte o logotipo? Saiba como ajudar na sua divulgação Saiba como obter

Leia mais

MANUAL DE NORMAS logótipo TORRES VEDRAS. AGENDA 21

MANUAL DE NORMAS logótipo TORRES VEDRAS. AGENDA 21 MANUAL DE NORMAS logótipo TORRES VEDRAS. AGENDA 21 MANUAL DE NORMAS logótipo TORRES VEDRAS. AGENDA 21 03. Valores da marca 04. Grelha de Construção do Logótipo e Margens de segurança 05. Escalas e Dimensões

Leia mais

RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL PROTOCOLO G.D. UDIFAR

RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL PROTOCOLO G.D. UDIFAR RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL PROTOCOLO G.D. UDIFAR A Renault Retail Group é o segundo grupo de distribuição automóvel na Europa Com uma gestão transversal em 12 países, num total de 270 estabelecimentos

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA VERTICAL VERSÕES DA ASSINATURA VERTICAL SÍMBOLO

Leia mais

Kodak Evolução Histórica do Logotipo

Kodak Evolução Histórica do Logotipo IADE Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing Escola Superior de Design Licenciatura em Design História da Arte e da Técnica 1º Ano 1º Semestre 1907 1935 1960 1971 1987 1996 >2006 - Logotipo Actual

Leia mais

DACIA DUSTER, O TODO-O-TERRENO MAIS ACESSÍVEL

DACIA DUSTER, O TODO-O-TERRENO MAIS ACESSÍVEL COMUNICADO DE IMPRENSA 4 de Maio de 2010 DACIA DUSTER, O TODO-O-TERRENO MAIS ACESSÍVEL A Dacia comercializa agora o seu sexto modelo: o Duster, um todo-o-terreno robusto, de grande habitabilidade e com

Leia mais

Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso!

Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso! Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso! Tanto para Desfrutar Este é o seu momento para explorar o que é importante para si. Tem tudo a ver com

Leia mais

Exposição 40 anos de Porsche 911

Exposição 40 anos de Porsche 911 Exposição 40 anos de Porsche 911 Classic News Porsche 912E (1968) A história diante dos olhos Exposição em Interlagos resgata os 40 anos de história do Porsche 911, um evento sem similar em todo o mundo.

Leia mais

MANUAL DE LOGOMARCA UNIVERSIDADE FUMEC

MANUAL DE LOGOMARCA UNIVERSIDADE FUMEC 1 MANUAL DE LOGOMARCA UNIVERSIDADE FUMEC sumário INTRODuÇãO 3 VERsõEs DA AssINATuRA VERTICAL p&b 15 ELEmENTOs E proporções DA AssINATuRA HORIZONTAL 4 VERsõEs DA AssINATuRA HORIZONTAL monocromática 16 VERsõEs

Leia mais

Figurativa: aquela constituída por desenho, figura ou qualquer forma estilizada de letra e número, isoladamente.

Figurativa: aquela constituída por desenho, figura ou qualquer forma estilizada de letra e número, isoladamente. MARCA O que é marca? É um sinal visualmente perceptível, usado para identificar e distinguir certos bens e serviços produzidos ou procedentes de uma específica pessoa ou empresa. As marcas podem ser: Nominativa:

Leia mais

Em seguida, são enunciadas algumas dessas linhas de trabalho: 1. Design para a despoluição e para promover a utilização dos materiais

Em seguida, são enunciadas algumas dessas linhas de trabalho: 1. Design para a despoluição e para promover a utilização dos materiais O ECODESIGN NOS NOVOS VEÍCULOS Os materiais utilizados no fabrico de um veículo, bem como os respectivos métodos de concepção e de montagem, influenciam directamente a quantidade e tipo de resíduos gerados

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO MIURA NO SALÃO DO AUTOMÓVEL

A EVOLUÇÃO DO MIURA NO SALÃO DO AUTOMÓVEL A EVOLUÇÃO DO MIURA NO SALÃO DO AUTOMÓVEL Em novembro de 2010 completará 20 anos da última participação dos Miuras no Salão do Automóvel de São Paulo, em homenagem ao empreendedorismo e sucesso dos seus

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS TÁXIS EXECUTIVOS

PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS TÁXIS EXECUTIVOS GPM/M014/13/R2 PADRONIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO VISUAL DOS TÁXIS EXECUTIVOS DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS O presente anexo estabelece os padrões de comunicação visual a serem observados nos veículos utilizados no

Leia mais

Espectacular por dentro

Espectacular por dentro CITROËN C1 Magnífico por fora Espectacular por dentro O estilo é o seu Compacto, lúdico, distinto, uma personalidade afirmada até nos mais ínfimos pormenores, como, por exemplo os espelhos retrovisores

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

restauração e consultoria para os negócios e a gestão, lda kit de normas gráficas

restauração e consultoria para os negócios e a gestão, lda kit de normas gráficas gest * kit de normas gráficas indice introdução cores tipografia positivo - negativo aplicações incorrectas fundos de cor introdução O logotipo pretende apresentar uma identidade visual actual e moderna,

Leia mais

Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO

Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO Artigo 1.º Promotor 1. A Freguesia de Sabóia organiza um Concurso Nacional tendo em vista a criação do primeiro

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Recomendação de DECISÃO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Recomendação de DECISÃO DO CONSELHO PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Recomendação de Bruxelas, 16.10.2009 COM(2009) 570 final 2009/0158 (CNB) DECISÃO DO CONSELHO sobre o parecer a adoptar pela Comunidade Europeia relativamente

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO. Artigo 1º OBJECTO

REGULAMENTO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO. Artigo 1º OBJECTO REGULAMENTO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DO LOGOTIPO DO AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO Artigo 1º OBJECTO 1- O presente regulamento estabelece as regras do concurso para a criação do logótipo para o Agrupamento

Leia mais

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca

2013: Ano da Contabilidade no Brasil. Manual de aplicação da marca Apresentação A profissão contábil é um ofício antigo, que evoluiu e continua evoluindo, mas a sociedade não tem consciência dessa visão histórica, nem mesmo da importância dessa profissão para os dias

Leia mais

INSTRUMENTOS USADOS Lápis e lapiseiras Os lápis médios são os recomendados para uso em desenho técnico, a seleção depende sobretudo de cada usuário.

INSTRUMENTOS USADOS Lápis e lapiseiras Os lápis médios são os recomendados para uso em desenho técnico, a seleção depende sobretudo de cada usuário. INSTRUMENTOS USADOS Lápis e lapiseiras Os lápis médios são os recomendados para uso em desenho técnico, a seleção depende sobretudo de cada usuário. INSTRUMENTOS USADOS Esquadros São usados em pares: um

Leia mais

GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT

GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT GPL Euro 5 da Fiat Segurança Economia Tecnologia Ecologia A Gama Fiat GPL Bi-Fuel 1 GPL Euro 5 da Fiat A nova oferta GPL Euro 5 da Fiat

Leia mais

Acreditação de Unidades de Saúde nos CSP. A experiência de Valongo

Acreditação de Unidades de Saúde nos CSP. A experiência de Valongo Acreditação de Unidades de Saúde nos CSP A experiência de Valongo Direcção-Geral da Saúde Ministério da Saúde Filipa Homem Christo Departamento da Qualidade em Saúde Direcção Geral da Saúde Da Auto-avaliação

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

EDITAL Concurso de Criação da Logomarca para a Região Acre, Sul do Amazonas e Rondônia de jovens Luteranos - REAMAR Nº 01/2014.

EDITAL Concurso de Criação da Logomarca para a Região Acre, Sul do Amazonas e Rondônia de jovens Luteranos - REAMAR Nº 01/2014. EDITAL Concurso de Criação da Logomarca para a Região Acre, Sul do Amazonas e Rondônia de jovens Luteranos - REAMAR Nº 01/2014. O Presidente da Região Acre, Sul do Amazonas e Rondônia de jovens Luteranos

Leia mais

prodep ANTES DA MOEDA ÚNICA: Até 31 de Dezembro de 1998, cada país da UE tinha a sua moeda:

prodep ANTES DA MOEDA ÚNICA: Até 31 de Dezembro de 1998, cada país da UE tinha a sua moeda: ANTES DA MOEDA ÚNICA: Até 31 de Dezembro de 1998, cada país da UE tinha a sua moeda: Portugal Escudo Bélgica Franco belga Dinamarca Coroa dinamarquesa Alemanha Marco alemão Grécia Dracma Espanha Peseta

Leia mais

EDITAL DE OCUPAÇAO DA GALERIA JENNER AUGUSTO SALA 2

EDITAL DE OCUPAÇAO DA GALERIA JENNER AUGUSTO SALA 2 EDITAL DE OCUPAÇAO DA GALERIA JENNER AUGUSTO SALA 2 APRESENTAÇÃO A Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes Sociedade Semear, através da Diretoria de Cultura e Arte, torna público que estão

Leia mais

CÓDIGO DE DEONTOLOGIA EUROPEU DO FRANCHISING

CÓDIGO DE DEONTOLOGIA EUROPEU DO FRANCHISING CÓDIGO DE DEONTOLOGIA EUROPEU DO FRANCHISING O presente Código de Deontologia Europeu do Franchising corresponde à versão actualizada do Código inicialmente elaborado em 1972 pela Federação Europeia da

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL. Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência

MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL. Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência A Marcopolo lança o seu mais novo e moderno ônibus urbano,

Leia mais

Sugestões de Natal Zippo

Sugestões de Natal Zippo Sugestões de Natal Zippo A melhor prenda para este Natal? Um Zippo! A Zippo, marca de culto dos isqueiros mais resistentes e duradouros do mercado mundial desde 1932, sugere que nesta quadra opte por oferecer

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE 2012

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE 2012 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

a linha de lubrificantes que torna a condução ainda mais agradável i-sint

a linha de lubrificantes que torna a condução ainda mais agradável i-sint a linha de lubrificantes que torna a condução ainda mais agradável i-sint i-sint eni i-sint, a linha de lubrificantes automóvel de eni Cada motor necessita de um lubrificante adequado que proteja e melhore

Leia mais

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste LEITURA DA ENTREVISTA 2 E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste trabalho que estou a desenvolver. Como lhe foi explicado inicialmente, esta entrevista está

Leia mais

Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i

Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i "Com as repentinas e drásticas evoluções no mundo automóvel, as formas convencionais de pensar e de fazer negócios já não nos permitem

Leia mais

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa

Resumo MANUAL DE MARCA. neodent.com.br/identidade-corporativa neodent.com.br/identidade-corporativa MANUAL Resumo DE MARCA 01 a Componentes da marca Cores da marca As cores podem incitar uma emoção e evocar uma associação com a marca. A importância da cor não está

Leia mais

EDC - EFFICIENT DUAL CLUTCH

EDC - EFFICIENT DUAL CLUTCH Proveniente da tecnologia de dupla embraiagem, Efficient Dual Clutch, a nova caixa de velocidades automática EDC insere-se plenamente na vontade da Renault em aliar conforto, prazer de condução e respeito

Leia mais

ORGANISMOS DE INSPEÇÃO DE VEÍCULOS

ORGANISMOS DE INSPEÇÃO DE VEÍCULOS Pág. 1 de 6 1. OBJECTIVO O presente documento tem como objetivo definir o serviço de acreditação para o setor Organismos de Inspeção de Veículos (OIV) inserido no esquema de acreditação de organismos de

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL

PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL As «Honras do Pantheon», tributárias da Revolução Francesa, tiveram entre nós consagração legislativa em Decreto Régio de 25 de

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO. Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO. Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Cursos Científico Humanísticos Cursos Tecnológicos (estes cursos não constituem opção para novos

Leia mais

Página. Plano. de Gestão Sustentável do IFDR. Poupança. Boas Práticas. Energia. Reciclagem. Plano de Gestão Sustentável do IFDR

Página. Plano. de Gestão Sustentável do IFDR. Poupança. Boas Práticas. Energia. Reciclagem. Plano de Gestão Sustentável do IFDR Página Plano de Gestão Sustentável do IFDR 2010 Energia Poupança Boas Práticas Reciclagem Dezembro de 2010 Página 2 Energia Poupança Página Reciclagem Boas Práticas Índice 1. Enquadramento 5 2. Objectivos

Leia mais

O dois cavalos, testemunho de momentos inesquecíveis da nossa vida

O dois cavalos, testemunho de momentos inesquecíveis da nossa vida Construa Construa aa maqueta maqueta de de um um carro carro inesquecível inesquecível O dois cavalos, testemunho de momentos inesquecíveis da nossa vida Entre no universo do mais popular e iconográfico

Leia mais

01 - Apresentação QUEM SOMOS

01 - Apresentação QUEM SOMOS 2 01 - Apresentação QUEM SOMOS A Star Extras Line é uma empresa que fabrica e comercializa acessórios para o mercado automóvel after-market nas vertentes de 4X4, BODY PARTS e ACESSÓRIOS TUNING e OPCIONAIS.

Leia mais

JUNHO 2014 V.01 MARCA GUIMARÃES MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

JUNHO 2014 V.01 MARCA GUIMARÃES MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS JUNHO 2014 V.01 MARCA GUIMARÃES MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS ÍNDICE 01. INTRODUÇÃO 02. IDENTIDADE MÚLTIPLA 03. MARCA INSTITUCIONAL 01. VERSÕES INSTITUCIONAIS 02. PATRIMÓNIO MUNDIAL 03. NOVAS VERSÕES 04. ESPAÇO

Leia mais

Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1

Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1 Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1 Gabriel Moreira PAIVA 2 Vanessa Sant Ana COSTA 3 Uyacan Felipe MUNIZ 4 Camila CRAVEIRO 5 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO RESUMO Quando os clientes

Leia mais

2º Leilão AutoClássico de Viaturas Clássicas e Automobilia

2º Leilão AutoClássico de Viaturas Clássicas e Automobilia 2º Leilão AutoClássico de Viaturas Clássicas e Automobilia 6 de Outubro pelas 16:00 horas, EXPONOR. Regras de Leilão 1 Inscrições 1.1 Inscrições de lotes Todos os lotes a leilão devem preencher a ficha

Leia mais

adaptation to change Modular Platforms as a solution for just-in-time 3 Platform System automotive case study Oct. >> Dec. Jan. >> Apr. Apr. >> Sep.

adaptation to change Modular Platforms as a solution for just-in-time 3 Platform System automotive case study Oct. >> Dec. Jan. >> Apr. Apr. >> Sep. Oct. >> Dec. Jan. >> Apr. Apr. >> Sep. 3 Platform System Modular Platforms as a solution for just-in-time adaptation to change utomotive Industry nalyzes automotive case study he evolution from a anufacturer

Leia mais

Identidade visual corporativa e institucional

Identidade visual corporativa e institucional Identidade visual corporativa e institucional O ser humano pensa visualmente! Ao contrário das palavras, as imagens agem diretamente sobre a percepção do cérebro. O homem moderno está cada vez mais privilegiando

Leia mais

União das Freguesias de Real, Dume e Semelhe

União das Freguesias de Real, Dume e Semelhe REGULAMENTO DE PUBLICIDADE DE NATUREZA COMERCIAL EM EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS DE ÂMBITO LOCAL Artigo 1.º Enquadramento jurídico O presente Regulamento rege-se pelo disposto no artigo 241º da Constituição

Leia mais

PARTICIPE! CRIE SUA VACA.

PARTICIPE! CRIE SUA VACA. AS VACAS VÃO NOVAMENTE ALEGRAR A CIDADE MARAVILHOSA PARTICIPE! CRIE SUA VACA. Elas já foram vistas em Nova York, Londres, Tóquio, Praga e muitas outras cidades do mundo. Recentemente estrearam nas ruas

Leia mais

REGULAMENTO DE IMAGEM

REGULAMENTO DE IMAGEM REGULAMENTO DE IMAGEM 1 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento estabelece normas de execução no que respeita à utilização da identidade corporativa da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP) e aplica-se

Leia mais

DC21 - Contabilização dos Efeitos da Introdução do Euro (1) Directriz Contabilística nº 21

DC21 - Contabilização dos Efeitos da Introdução do Euro (1) Directriz Contabilística nº 21 DC21 - Contabilização dos Efeitos da Introdução do Euro (1) Directriz Contabilística nº 21 Dezembro de 1997 Índice 1. Introdução do Euro 2. Preparação e Apresentação das Demonstrações Financeiras 3. Definições

Leia mais

História da propaganda brasileira: dos fatos à linguagem

História da propaganda brasileira: dos fatos à linguagem História da propaganda brasileira: dos fatos à linguagem A trajetória A cada período da trajetória, em cada contexto social em que se inseriu, a publicidade encontrou a sua maneira de dizer, dialogando

Leia mais

Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil

Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil Tradição no Vaticano Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil Informação à Imprensa Data: 23 de julho de 2013 Papa Francisco utiliza um Mercedes-Benz Classe G especialmente

Leia mais

CITROËN DS4 Sedução Requinte Estilo Citroën DS4 Um automóvel único Com a força das suas linhas e a sua firme personalidade, o Citroën DS4 não tem comparação possível. Este automóvel único inventa um

Leia mais

FAQ s. Destinam-se a complementar as instruções constantes nas Circulares Informativas Conjuntas n.º 01/INFARMED/ACSS e n.

FAQ s. Destinam-se a complementar as instruções constantes nas Circulares Informativas Conjuntas n.º 01/INFARMED/ACSS e n. FAQ s Destinam-se a complementar as instruções constantes nas Circulares Informativas Conjuntas n.º 01/INFARMED/ACSS e n.º 02/INFARMED/ACSS Versão Versão Data FAQ s Introduzidas FAQ s Retificadas 1.0 2012-06-01

Leia mais

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio Créateur d échanges + Dossiê de Patrocínio Apresentação Rio Accueil: Integração Rio Accueil é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é acolher os recém-chegados de língua francesa no

Leia mais

Regulamento do XI Concurso do Cartaz das Noites da Queima Queima das Fitas do Porto 2015

Regulamento do XI Concurso do Cartaz das Noites da Queima Queima das Fitas do Porto 2015 Regulamento do XI Concurso do Cartaz das Noites da Queima Queima das Fitas do Porto 2015 Página 1 de 7 Preâmbulo A Queima das Fitas do Porto, da qual a FAP Federação Académica do Porto é promotora, é um

Leia mais

História e evolução do Automóvel

História e evolução do Automóvel I Mostra de Carros Antigos SENAI Santo Amaro Mecânica Online Apresentação Tarcisio Dias História e evolução do Automóvel 125 anos de inovação Novembro - 2011 História e evolução do Automóvel Tarcisio Dias

Leia mais

Marcas e Logos. O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2

Marcas e Logos. O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2 CPG LOGOTIPO CPG 1 Marcas e Logos O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2 História do Logo - Objetivo Identificar uma casa comercial Identificar serviço ou ramo de atividade Mostrar alguma característica

Leia mais

CATÁLOGO 2015 SCOOTERS 50 SCOOTERS 125 ECONÓMICAS MAXI-SCOOTERS 125 300 400 ATV S. www.kymco.pt

CATÁLOGO 2015 SCOOTERS 50 SCOOTERS 125 ECONÓMICAS MAXI-SCOOTERS 125 300 400 ATV S. www.kymco.pt CATÁLOGO 2015 SCOOTERS 50 SCOOTERS 125 ECONÓMICAS MAXI-SCOOTERS 125 300 400 ATV S www.kymco.pt SCOOTERS 50 VITALITY 50 // LIKE 50 2T 08 SCOOTERS 125 ECONÓMICAS AGILITY CITY 125 // LIKE 125 // PEOPLE ONE

Leia mais

Unidade II - REPRESENTAÇÃO DE ÁREA DE CORTE POR MEIO DE HACHURAS EM DESENHO TÉCNICO - NBR 12298

Unidade II - REPRESENTAÇÃO DE ÁREA DE CORTE POR MEIO DE HACHURAS EM DESENHO TÉCNICO - NBR 12298 Unidade II - REPRESENTAÇÃO DE ÁREA DE CORTE POR MEIO DE HACHURAS EM DESENHO TÉCNICO - NBR 12298 Os cortes são utilizados para representar de modo claro, os detalhes internos das peças ou de conjuntos.

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO INTERNO DAS CASAS, FILIAIS E DELEGAÇÕES DO SLBENFICA. Capitulo I - Âmbito

PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO INTERNO DAS CASAS, FILIAIS E DELEGAÇÕES DO SLBENFICA. Capitulo I - Âmbito PROPOSTA DE REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO INTERNO DAS CASAS, FILIAIS E DELEGAÇÕES DO SLBENFICA Capitulo I - Âmbito Art. 1 - Âmbito do Regulamento O presente regulamento estabelece as normas de relacionamento

Leia mais

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART SÃO PAULO 2011 OPTICAL ART Movimento da arte abstrata que se desenvolveu na década de 1960. A OP ART (abreviatura de óptical

Leia mais

Informação à Imprensa

Informação à Imprensa Informação à Imprensa Janeiro de 2008 Iluminação de nova geração adapta-se às condições da estrada e de visibilidade Sistema de iluminação adaptativa inteligente estreia no novo Opel Insignia Distribuição

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL, S.A. ANEXO A. (condições a que se refere o no1 da cláusula 1 a )

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL, S.A. ANEXO A. (condições a que se refere o no1 da cláusula 1 a ) mexército PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A RENAULT RETAIL GROUP PORTUGAL, S.A. ANEXO A (condições a que se refere o no1 da cláusula 1 a ) A Renault Retai! Group é o segundo grupo de distribuição

Leia mais

Regulamento de Inventário e Cadastro do Património

Regulamento de Inventário e Cadastro do Património Regulamento de Inventário e Cadastro do Património União das Freguesias de Benavila e Valongo Rua 25 de Abril, 35 7480-226 BENAVILA NIF 510 835 084 Telefones: 242 434 251 / 242 434 231 Fax: 242 434 242

Leia mais

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010

C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 C 213/20 Jornal Oficial da União Europeia 6.8.2010 COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A COORDENAÇÃO DOS SISTEMAS DE SEGURANÇA SOCIAL Estatutos da Comissão Administrativa para a Coordenação dos Sistemas de Segurança

Leia mais

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN Com o Corel você vai trabalhar com um dos aplicativos mais usados no campo do design e da auto-edição, já que permite operar com dois tipos de gráficos (vetoriais

Leia mais

Developing Corporate Image in Higher Education Sector A case study of University of East Anglia Norwich United Kingdom

Developing Corporate Image in Higher Education Sector A case study of University of East Anglia Norwich United Kingdom Muhammad Amjad, Muhammad Moazam Fraz Developing Corporate Image in Higher Education Sector A case study of University of East Anglia Norwich United Kingdom LAP LAMBERT Academic Publishing, 2012 (72 páginas)

Leia mais

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL A Amnistia Internacional Portugal defende a manutenção Formação Cívica nos 2.º

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO DE NOMEAÇÕES E RETRIBUIÇÕES DA EDP RENOVÁVEIS, S.A.

REGULAMENTO DA COMISSÃO DE NOMEAÇÕES E RETRIBUIÇÕES DA EDP RENOVÁVEIS, S.A. REGULAMENTO DA COMISSÃO DE NOMEAÇÕES E RETRIBUIÇÕES DA EDP RENOVÁVEIS, S.A. ÍNDICE TÍTULO PRELIMINAR... 2 Artigo 1.-Objecto e Finalidade... 2 Artigo 2.- Interpretação... 2 Artigo 3.- Hierarquia e Supletividade...

Leia mais

manual de identidade visual instituto fonte

manual de identidade visual instituto fonte manual de identidade visual instituto fonte por quê um manual de identidade visual é importante para o instituto fonte? Por uma razão de sentido. Faz sentido para nós conseguir comunicar, em um conjunto

Leia mais

A Licensee of The Coca-Cola Company

A Licensee of The Coca-Cola Company A Licensee of The Coca-Cola Company Um século de publicidade de uma marca mítica Desde que começou a ser comercializada em 1886, a Coca-Cola foi pioneira em todos os aspectos relacionados com o marketing

Leia mais

M A N U A L D E NOR M A S

M A N U A L D E NOR M A S MANUAL DE NORMAS A Construção de uma Marca é o resultado de uma pesquisa apurada. A sua construção obedece a regras precisas, que asseguram o equilíbrio da sua composição. Qualquer alteração das proporções

Leia mais

Concurso Cultural Escolha de logomarca para a I Semana de Computação do Câmpus Campos do Jordão

Concurso Cultural Escolha de logomarca para a I Semana de Computação do Câmpus Campos do Jordão Concurso Cultural Escolha de logomarca para a I Semana de Computação do Câmpus Campos do Jordão REGULAMENTO: 1. Objetivo: O concurso cultural Escolha de logomarca para a I Semana de Computação, do câmpus

Leia mais

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação Manual Como elaborar uma estratégia de comunicação Índice Introdução Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação. Passo 2 - Defina os alvos da comunicação Passo 3 - Estabeleça os objetivos da comunicação

Leia mais

EXERCÍCIO - ROMA : Modelar Capitel de uma Coluna Clássica

EXERCÍCIO - ROMA : Modelar Capitel de uma Coluna Clássica FACULDADE DE ARQUITECTURA UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA SEMESTRE VIII ANO LECTIVO 2012/2013 MODELAÇÃO GEOMÉTRICA PROFESSOR LUÍS MATEUS RAFAELA MEZEIRO 20091261 MIARQ 4ºE EXERCÍCIO - ROMA : Modelar Capitel

Leia mais

I ntrodução. Todas as versões e aplicações que não estiverem aqui contempladas devem ser submetidos à aprovação prévia.

I ntrodução. Todas as versões e aplicações que não estiverem aqui contempladas devem ser submetidos à aprovação prévia. I ntrodução O símbolo-logotipo do LNEG é a face visível da sua identidade. Este manual tem como objectivo definir um conjunto de regras e recomendações que garantam uma aplicação correcta dessa marca.

Leia mais

Guia de boas práticas

Guia de boas práticas Guia de boas práticas Arte Online Apresentação Esse guia foi desenvolvido especialmente para nossos clientes internos e externos. Tem como principal objetivo otimizar processos e apresentar as melhores

Leia mais

Família e Passageiros

Família e Passageiros Visão Geral Família e Passageiros: Como escolher um veículo para a família? Em primeiro lugar, você tem que decidir o que você realmente quer. Você quer um utilitário (SUV), uma minivan ou um veículo de

Leia mais

Manual de Normas Gráficas. COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade

Manual de Normas Gráficas. COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade Manual de Normas Gráficas COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade > Índice A Marca 05 Identidade 06. Logótipo 08. Versões 09. Margem de Segurança 10. Dimensão Mínima 11. A Cor 12 Suportes

Leia mais

Exercícios sobre Israel e Palestina

Exercícios sobre Israel e Palestina Exercícios sobre Israel e Palestina Material de apoio do Extensivo 1. Observe o mapa a seguir, que representa uma área do Oriente Médio, onde ocorrem grandes tensões geopolíticas. MAGNOLI, Demétrio; ARAÚJO,

Leia mais

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques "Um bom plano de negócios deve mostrar claramente a competência da equipe, o potencial do mercado-alvo e uma idéia realmente inovadora; culminando em um

Leia mais

New Holland TL exitus

New Holland TL exitus New Holland TL exitus TL6OE TL75E TL85E TL95E 2 3 4 A agricultura está cada vez mais diversificada. A agricultura está cada vez mais New Holland. AS Máquinas new holland estão prontas para trabalhar com

Leia mais

O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA

O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA 10 de Fevereiro de 2010 Elsa Correia Gavinho 1 Novo enquadramento jurídico das EAT 2 1 - As razões para a mudança 2 - As principais alterações

Leia mais

Nadir ou a pintura como pura sugestão

Nadir ou a pintura como pura sugestão Nadir ou a pintura como pura sugestão Na história da arte do século XX em Portugal, o nome de Nadir Afonso ascende, merecidamente, ao mais alto cume, e a passagem do tempo apenas o vem confirmando. Não

Leia mais

Logomarca para Parceiros de Negócios. Junho / 2012

Logomarca para Parceiros de Negócios. Junho / 2012 Logomarca para Parceiros de Negócios Junho / 2012 Apresentação Este manual tem como objetivo facilitar ao nosso Parceiro de Negócios, o entendimento da aplicação dos logos da Valspe em suas comunicações.

Leia mais

Utilização dos Símbolos, Terminologia e Imagem Olímpica

Utilização dos Símbolos, Terminologia e Imagem Olímpica Utilização dos Símbolos, Terminologia e Imagem Olímpica Conteúdo 1. Propriedades Olímpicas 2. Parceiros Olímpicos 3. Protecção Legal 4. O poder da Opinião Pública 5. Utilização de bilhetes para os Jogos

Leia mais

Ter um site na internet traz muitas vantagens para uma confeitaria:

Ter um site na internet traz muitas vantagens para uma confeitaria: INTERNET SITE NA INTERNET Ter um site na internet traz muitas vantagens para uma confeitaria: É mais fácil, para os seus clientes, encontrarem informações que procuram, tal como moradas, horários, etc.

Leia mais

EDITAL Nº 01 /2011 PINHEIRO PRETO SC. CONCURSO LOGOMARCA e SLOGAN 50 ANOS

EDITAL Nº 01 /2011 PINHEIRO PRETO SC. CONCURSO LOGOMARCA e SLOGAN 50 ANOS 1 EDITAL Nº 01 /2011 PINHEIRO PRETO SC CONCURSO LOGOMARCA e SLOGAN 50 ANOS O MUNICÍPIO DE PINHEIRO PRETO - ESTADO DE SANTA CATARINA, através do Prefeito Municipal, comunica aos interessados que se encontram

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE O MUNICIPIO DE SETÚBAL E A CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DAS COLECTIVIDADES DE CULTURA, RECREIO E DESPORTO Considerando: a) As atribuições da Câmara Municipal de Setúbal, conferida

Leia mais

Igreja. Metodista 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA. Manual de aplicação da marca outubro de 2010

Igreja. Metodista 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA. Manual de aplicação da marca outubro de 2010 Manual de aplicação da marca outubro de 2010 Contruindo uma marca forte Desde os remotos tempos bíblicos os símbolos são utilizados para comunicar mensagens, representar ou relembrar informações importantes

Leia mais