História e evolução do Automóvel

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "História e evolução do Automóvel"

Transcrição

1 I Mostra de Carros Antigos SENAI Santo Amaro Mecânica Online Apresentação Tarcisio Dias História e evolução do Automóvel 125 anos de inovação Novembro

2 História e evolução do Automóvel Tarcisio Dias Mecânica Online. Formação / SENAI. Coberturas e avaliações. Prêmios ABIAUTO e Engine of the Year. Treinamentos e CDs. Sorteio. Página 2

3 História e evolução do Automóvel Primeiro veículo prático. 125 anos de inovação. Bertha Benz. Linha de produção. O veículo evolui, o conceito não. Das pistas de corrida para as ruas. Coleção AutoMecânica. Página 3

4 História e evolução do Automóvel Funciona a vapor, tendo apenas três rodas. A produção de vapor na caldeira impulsionava o veículo para frente. A velocidade era de apenas quatro quilômetros horários e a cada trinta metros o veículo devia deter-se para produzir mais vapor. Primeiro veículo prático 1769 Nicolas Cugnot Página 4

5 História e evolução do Automóvel Desenvolvido pelos alemães Otto e Langen, surge o protótipo do primeiro motor de quatro tempos, com compressão da mistura ar/combustível. O motor foi produzido por cerca de 13 anos e vende aproximadamente 30 mil unidades. Página 5

6 História e evolução do Automóvel O automóvel: 125 anos de inovação. Página 6

7 História e evolução do Automóvel Estrutura bastante leve. Rodava a 14 km/h e queimava benzina como combustível. Características que ainda existem atualmente: ignição elétrica, radiador e um sistema de transmissão ao eixo por engrenagens diferenciais. Página 7

8 História e evolução do Automóvel Bertha Benz Daimler, Benz e Bertha Página 8

9 História e evolução do Automóvel Esposa de Carl Benz. Primeira carruagem sem cavalos. Pega o triciclo e junto com seus dois filhos sai numa viagem de 100 quilômetros de distância. Primeiro teste de um novo veículo. Página 9

10 125 anos de inovação A inovação sempre foi a chave do sucesso para um fabricante de automóvel e está prestes a se tornar ainda mais importante no futuro. Sem a coragem de ir em busca de novas ideias, não haveria o automóvel, e sem inovação, não haveria progresso. Página 10

11 História e evolução do Automóvel Henry Ford Automóvel como um meio de transporte barato, útil, prático e sobretudo seguro. Tudo isso só foi possível graças ao uso de dois fatores: peças intercambiáveis, que deveriam ser idênticas, e montagem progressiva. Página 11

12 História e evolução do Automóvel Henry Ford Criou a produção em série. Além de carros, Henry Ford fez escola e revolucionou a produção industrial no planeta. Página 12

13 História e evolução do Automóvel Considerado o carro universal, o modelo T de Ford, foi lançado em Era resistente, barato e cumpriu seu objetivo inicial: popularizar o uso do automóvel - vendeu cerca de 15 milhões de unidades até o ano de 1927, quando deixou de ser fabricado. Página 13

14 O veículo evoluiu, o conceito não Quais são os fatores que devem ser considerados para se identificar um motor moderno? Incorporação de tecnologias de última geração, com larga utilização da eletrônica. Página 14

15 O veículo evoluiu, o conceito não O sistema de alimentação de combustível com gerenciamento eletrônico, que substituiu o carburador, é o exemplo mais conhecido pela grande maioria dos consumidores. Página 15

16 O veículo evoluiu, o conceito não Não há como negar que a injeção eletrônica resultou, de um lado, em melhorias para o usuário e, de outro, em benefício para a preservação do meio ambiente. Página 16

17 O veículo evoluiu, o conceito não Décadas de 50 e 60 Os carros sempre obedeceram às necessidades de cada época. Nas décadas de 50 e 60, os fabricantes buscaram a velocidade, com motores cada vez mais potentes. Mercedes-Benz 300 SL: asa de gaivota 215 cavalos de potência / Máxima 267 km/h 0 a 100 km/h em 7,3 segundos Página 17

18 O veículo evoluiu, o conceito não Década de 70 Nos anos 70, foi a vez de atacar o consumo de combustíveis. Fiat 147 a Álcool 62 cavalos de potência / Cilindrada total: cm 3 Ignição via distribuidor e platinado Página 18

19 O veículo evoluiu, o conceito não Décadas de 80 e 90 Nas décadas de 80 e 90, quando a segurança foi a meta, surgiram acessórios como freios ABS e air bags. Página 19

20 Das pistas de corrida para as ruas O cinto de segurança torna-se obrigatório em carros de competição nos Estados Unidos em Cinco anos depois, a Volvo lança o primeiro automóvel com cinto de segurança. No Brasil, na década de 60, ele era vendido como acessório esportivo. Página 20

21 Das pistas de corrida para as ruas O freio a disco, que já tinha sido experimentado na década de 20, só ganhou fama graças a uma espetacular vitória da Jaguar nas 24 horas de Le Mans de Acabou virando item de série nos carros de rua nos anos 60. Página 21

22 Das pistas de corrida para as ruas Cai o mito de que carro bom é aquele que não amassa. A estrutura deformável, que amortece as colisões, passa a ser obrigatória na Fórmula 1 em Os carros de rua adotam isso instantaneamente. Página 22

23 Das pistas de corrida para as ruas Usado na Fórmula 1 nos anos 70 e 80, o alumínio passa a ser empregado na carroceria de carros da linha Audi e em modelos esportivos nos anos 90. Mais leve, permite bom desempenho e economia de combustível. Página 23

24 Das pistas de corrida para as ruas Página 24

25 Das pistas de corrida para as ruas O pneu radial apareceu no começo do século, mas foi abandonado por ser muito duro. Mais tarde, na década de 50, ressurgiu na Fórmula 1, justamente porque era mais rígido e seguro que os pneus tradicionais. Só no final dos anos 70 começou a predominar entre os carros de passeio. Página 25

26 Das pistas de corrida para as ruas Câmbio semi-automático, controlado por alavancas atrás do volante, faz sucesso na Ferrari, em Hoje, já pode ser encontrado em diversos carros de passeio. Página 26

27 Coleção AutoMecânica CD-ROM Surgimento do automóvel, Sistemas Auxiliares Segurança e conforto Auto-elétrica, Motores de combustão interna e Transmissão e Tecnologias de segurança Tecnologia de oficina e Criação de um automóvel Página 27 Carroceria Freios Informação e comunicação

28 Portal Mecânica Online Portal Centro de Treinamento Online CDs interativos Fan page no Facebook Vídeos no Youtube Revista em CD-ROM mecanicaonline.com.br Página 28

29 I Mostra de Carros Antigos SENAI Santo Amaro Mecânica Online Apresentação Tarcisio Dias História e evolução do Automóvel 125 anos de inovação Obrigado. Novembro

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Entenda como o automóvel funciona passando por sua evolução, motor, injeção eletrônica, sistemas auxiliares, segurança, transmissão,

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA A quilometragem percorrida pelo veículo é indicada pelo: 1 velocímetro. 2 hodômetro. 3 manômetro. 4 conta-giros. O termômetro é utilizado para indicar a temperatura: 1 do motor. 2 do combustível. 3 no

Leia mais

Motores Térmicos. 8º Semestre 4º ano. Prof. Jorge Nhambiu

Motores Térmicos. 8º Semestre 4º ano. Prof. Jorge Nhambiu Motores Térmicos 8º Semestre 4º ano Aula 1 - Tópicos Breve Histórico dos Motores de Combustão Interna Christian Huygens (1629-1695) Etienne Lenoir (1822-1900) Alphonse Beau de Rochas (1815-1893) Otto(1832-1891)

Leia mais

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38 FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico Área frontal Cw x A MOTOR Cx 0,38 2.17 m2 0.82 m2 Dianteiro, transversal, 2.0 litros, 4 cilindros

Leia mais

Categoria Desafio IMPORT

Categoria Desafio IMPORT Categoria Desafio IMPORT 1 - NORMAS TÉCNICAS: A categoria Desafio IMPORT deverá seguir as normas técnicas constantes neste regulamento especifico. 2 - DEFINIÇÃO: a) Poderão participar desta categoria veículos

Leia mais

Media Kit - Publicidade

Media Kit - Publicidade Media Kit - Publicidade Portal Mecânica Online http://www.mecanicaonline.com.br Principal referência quando o assunto é mecânica na internet, o Portal Mecânica Online oferece informações relacionadas

Leia mais

Notas possíveis para esta questão: Zero ; 3 pontos; 6 pontos ou 10 pontos. Olimpíada Brasileira de Robótica 2014 2/6

Notas possíveis para esta questão: Zero ; 3 pontos; 6 pontos ou 10 pontos. Olimpíada Brasileira de Robótica 2014 2/6 GABARITO Todas as questões devem receber uma nota entre 0 (menor nota) e 10 (maior nota). Questões podem ter mais de uma resposta A prova do seu aluno deve receber uma pontuação entre 0 e 100. Não se esqueça

Leia mais

Vícios e Manias ao Volante

Vícios e Manias ao Volante Vícios e Manias ao Volante EMBREAGEM Muitos brasileiros deixam o pé apoiado sobre o pedal da embreagem quando dirigem. É um dos vícios mais comuns e difícil de ser superado. As alavancas desse sistema

Leia mais

Motores alternativos de combustão interna. Parte 1

Motores alternativos de combustão interna. Parte 1 Motores alternativos de combustão interna Parte 1 Introdução Sistemas de potência utilizando gás: Turbinas a gás Motores alternativos (ICE, ICO) Ciclos a gás modelam estes sist. Embora não trabalhem realmente

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ALIMENTOS SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO DE RODAS Preparar profissionais para identificar os ângulos

Leia mais

O melhor de dois mundos. Porsche 911 Carrera 4 e 4S Cabriolet

O melhor de dois mundos. Porsche 911 Carrera 4 e 4S Cabriolet Porsche 911 Carrera 4 e 4S Cabriolet O melhor de dois mundos Tração nas quatro rodas e carroceria conversível: os novos Porsche combinam pura esportividade com a elegância e nostalgia dos passeios com

Leia mais

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO FILIADA A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO FUNDADA EM 26 DE JULHO DE 1961 Rua Comendador Azevedo, 440 Conj. 1 Fone/Fax (51)3224 4808 CEP 90220-150 Porto Alegre

Leia mais

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo CAPA Na capa da Ficha Técnica devem estar claramente as informações para identificação da equipe, escola, número do carro, semelhante às capas utilizadas nos relatórios de projeto da competição nacional.

Leia mais

Não houve um exacto momento na história do que se possa convencionar como o início desta grande invenção. Os primeiros automóveis que surgiram foram

Não houve um exacto momento na história do que se possa convencionar como o início desta grande invenção. Os primeiros automóveis que surgiram foram História do automóvel História do automóvel Não houve um exacto momento na história do automóvel que se possa convencionar como o início desta grande invenção. Os primeiros automóveis que surgiram foram

Leia mais

Motor Posição Número de cilindros Diâmetro X Curso Cilindrada Total Taxa de compressão Potência máxima (ABNT/regime) Torque máximo (ABNT/regime)

Motor Posição Número de cilindros Diâmetro X Curso Cilindrada Total Taxa de compressão Potência máxima (ABNT/regime) Torque máximo (ABNT/regime) Motor Posição Número de cilindros Diâmetro X Curso Cilindrada Total Taxa de compressão Potência máxima (ABNT/regime) Torque máximo (ABNT/regime) Número de válvulas por cilindro Eixo de Comando de válvulas

Leia mais

Mercedes-Benz lança novas opções para o transporte rodoviário de passageiros

Mercedes-Benz lança novas opções para o transporte rodoviário de passageiros Lançamento de ônibus Mercedes-Benz lança novas opções para o transporte rodoviário de passageiros Informação à imprensa 26 de agosto de 2014 Chassis O 500 RSD 6x2 e RSDD 8x2, com 2º eixo direcional de

Leia mais

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO

VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO VIDAL & SOHN TEMPO G 1200 O MAIS ESTRANHO DOS 4X4 NO EXÉRCITO BRASILEIRO A motorização no Exército Brasileiro remonta ao início dos anos 20, recebendo veículos dos mais variados modelos, das mais variadas

Leia mais

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento.

Os comissários podem solicitar a qualquer momento que sejam feitas as verificações necessárias em qualquer veiculo inscrito no evento. REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA ADAPTADO TURBO 1-REGULAMENTAÇÃO Todos os veículos inscritos deveram passar por vistoria prévia. Os competidores deverão provar ao comissário técnicos e desportivos do evento,

Leia mais

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro!

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! A cada 10 mil km: Trocar o fluido do freio;* Trocar os filtros de ar, de combustível, do ar condicionado;* Trocar o óleo do motor (sintético) e filtro do óleo;* A cada 15 mil km Verificar as velas de ignição

Leia mais

MULAS MECÂNICAS MADE IN BRAZIL

MULAS MECÂNICAS MADE IN BRAZIL MULAS MECÂNICAS MADE IN BRAZIL Nos anos 70 diversos exércitos no mundo estavam a desenvolver uma família de veículos leves, versáteis e capazes de serem lançados de pará-quedas para apoiar operações que

Leia mais

Viação Cometa adquire 40 ônibus rodoviários

Viação Cometa adquire 40 ônibus rodoviários Ônibus Viação Cometa adquire 40 ônibus rodoviários Informação à imprensa 22 de setembro de 2014 Mercedes-Benz para renovação de frota Dos mais de 1.000 ônibus da frota do grupo Cometa, cerca de 85% são

Leia mais

nova geração de motores a gasolina Guia de produtos

nova geração de motores a gasolina Guia de produtos nova geração de motores a gasolina Guia de produtos VOLVO PENTA MOTORES MARÍTIMOS A GASOLINA O futuro está aqui. A Volvo Penta, líder absoluta em inovações náuticas, estabelece o novo padrão em tecnologia

Leia mais

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro!

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! Guia Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! Segurança e Bem-estar! Você acaba de assistir a uma palestra sobre como conhecer e cuidar melhor do seu carro. Para que não se esqueça de alguns itens importantes,

Leia mais

Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem.

Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem. Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem. É importante ressaltar a realização da manutenção preventiva, além prevenir reparos inesperados,

Leia mais

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL Veja 15 dicas para economizar combustível no carro Da maneira de dirigir à escolha da gasolina, saiba o que pode trazer economia de consumo. Não existe mágica.

Leia mais

Soluções para Transmissão

Soluções para Transmissão Soluções para Transmissão Motor Transmissão Chassis Estruturas Tração Total SOLUÇÕES PARA TRANSMISSÃO Em 1904, o fundador da Dana, Clarence Spicer, revolucionou a indústria automobilística ao inventar

Leia mais

Componente curricular: Mecanização Agrícola. Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli

Componente curricular: Mecanização Agrícola. Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli Componente curricular: Mecanização Agrícola Curso: Técnico em Agroecologia Professor: Janice Regina Gmach Bortoli Mecanização agrícola. 1. Motores agrícola. Agricultura moderna: uso dos tratores agrícolas.

Leia mais

Capítulo 87. Veículos automóveis, tratores, ciclos e outros veículos terrestres, suas partes e acessórios

Capítulo 87. Veículos automóveis, tratores, ciclos e outros veículos terrestres, suas partes e acessórios Capítulo 87 Veículos automóveis, tratores, ciclos e outros veículos terrestres, suas partes e acessórios Notas. 1.- O presente Capítulo não compreende os veículos concebidos para circular unicamente sobre

Leia mais

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações Ônibus Informação à imprensa Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações 10 de junho de 2013 Veículo tem tecnologia nacional e baixa emissão de poluentes A Eletra, empresa brasileira

Leia mais

veículos de capacidade e cinqüenta

veículos de capacidade e cinqüenta 12 CATEGORIA PRO MOD PM 12.1) DEFINIÇÃO: Participam destas categorias veículos bipostos nacionais e importados, turismo, de produção em série, réplicas e protótipos, coupê, sedan ou pick upp de 2, 3, 4

Leia mais

Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil

Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil Tradição no Vaticano Papamóvel Mercedes-Benz transporta Papa Francisco durante viagem ao Brasil Informação à Imprensa Data: 23 de julho de 2013 Papa Francisco utiliza um Mercedes-Benz Classe G especialmente

Leia mais

14 - REGULAMENTO TÉCNICO DA CATEGORIA TURBO C

14 - REGULAMENTO TÉCNICO DA CATEGORIA TURBO C 14 - REGULAMENTO TÉCNICO DA CATEGORIA TURBO C 14 DEFINIÇÃO Participam desta categoria veículos de turismo de grande produção em série, coupê ou sedan, de 2, 3, 4 ou 5 portas Veículos de tração dianteira

Leia mais

CAMINHÕES FNM UM GENUÍNO MADE IN BRAZIL NO EXÉRCITO

CAMINHÕES FNM UM GENUÍNO MADE IN BRAZIL NO EXÉRCITO CAMINHÕES FNM UM GENUÍNO MADE IN BRAZIL NO EXÉRCITO A Fábrica Nacional de Motores (FNM) foi criada em plena segunda guerra mundial (1942), com a finalidade de produzir motores de aviões, o que fez com

Leia mais

Jeep Renegade Sport 1.8 MT5 - FWD Ficha Técnica

Jeep Renegade Sport 1.8 MT5 - FWD Ficha Técnica JEEP Renegade Sport 1.8 MT5 - Flex MY'2016 Atualizado em 27/02/15 Jeep Renegade Sport 1.8 MT5 - FWD 1.8 E.TorQ Evo Flex MT5 - SPORT FWD 1.8 E.TorQ Evo Flex MT5 características Número de cilindros 4 em

Leia mais

INTRODUÇÃO À CINEMÁTICA (ATÉ VELOCIDADE ESCALAR MÉDIA) NÍVEL 1

INTRODUÇÃO À CINEMÁTICA (ATÉ VELOCIDADE ESCALAR MÉDIA) NÍVEL 1 INTRODUÇÃO À CINEMÁTICA (ATÉ VELOCIDADE ESCALAR MÉDIA) 1) Marque com V de verdadeiro ou F de falso: NÍVEL 1 ( ) 1. Denominamos ponto material aos corpos de pequenas dimensões. ( ) 2. Um ponto material

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO PLANEJAMENTO E GESTÃO TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO PLANEJAMENTO E GESTÃO TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 - Licitação para Registro de Preços visando à contratação de Serviços de Locação de Veículos, para atender às necessidades dos Órgãos e Entidades da Administração Estadual

Leia mais

PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015 VEÍCULOS: SUV, VAN, MINIVAN E SEDAN VIGÊNCIA DA ATA: 15/10/2015 a 14/10/2016

PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015 VEÍCULOS: SUV, VAN, MINIVAN E SEDAN VIGÊNCIA DA ATA: 15/10/2015 a 14/10/2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015

Leia mais

CLIPPING PAVILHÃO ITALIANO AUTOMEC 2015

CLIPPING PAVILHÃO ITALIANO AUTOMEC 2015 CLIPPING PAVILHÃO ITALIANO AUTOMEC 2015 MEDIA: INFORMATIVO REEDAUTOS DATA: MAIO/2015 PAGINA: SESSÃO VITRINE MEDIA: REVISTA LOGWEB DATA: 06/04/2015 PAGINA: NOTÍCIAS MEDIA: REVISTA FROTA & CIA DATA: 02/04/2015

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - Registro de Preços visando à contratação de Serviços de Locação de Veículos Automotores, para atender às necessidades desta Secretaria, bem como de seus Órgãos vinculados

Leia mais

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor.

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Objetivos Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Descrição Neste módulo são abordados os princípios de funcionamento do motor Ciclo Otto,

Leia mais

4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i.

4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i. Página 16 4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i. BMW 116i BMW 118i Carroceria Nº de portas / assentos 5/5 5/5 Compr/largura/altura (sem carga) 1) mm 4.324/1.765/1.421 4.324/1.765/1.421 Distância entre

Leia mais

Acionamento elétrico 4X4 Acionamento elétrico do sistema de tração 4x4 e reduzida com luz indicadora do sistema acionado (nas versões 4x4).

Acionamento elétrico 4X4 Acionamento elétrico do sistema de tração 4x4 e reduzida com luz indicadora do sistema acionado (nas versões 4x4). S10 Colina Disponível nas versões cabine simples ou dupla e equipada com o motor 2.8L Turbo Diesel Eletrônico MWM, a camionete Chevrolet S10 Colina tem freios ABS nas quatro rodas, acionamento elétrico

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 402 METROS REGULAMENTO TÉCNICO 2015

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 402 METROS REGULAMENTO TÉCNICO 2015 1 CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 402 METROS REGULAMENTO TÉCNICO 2015 13 CATEGORIA EXTREME 10,5 XTM 13.1) DEFINIÇÃO: a) Participam

Leia mais

ENGENHARIA MECÂNICA NA

ENGENHARIA MECÂNICA NA ENGENHARIA MECÂNICA NA Gonçalo Falcão Marta Ramos Paulo Fernandes Pedro Lima Pedro Forte Pedro Seabra 1M05_03 Supervisor: Monitor: Ana Reis Mário Silva Mestrado Integrado Engenharia Mecânica Motores Energy

Leia mais

Meios de Transporte. Valorizar combustíveis que poluam menos;

Meios de Transporte. Valorizar combustíveis que poluam menos; Meios de Transporte 1) Objetivo Geral Fazer uma correlação a evolução dos meios de transporte, o aumento da poluição atmosférica e a necessidade de preservação do meio ambiente. 2) Objetivo Específico

Leia mais

b) Permitido o uso de veículos de no mínimo 02 (dois) lugares ou mais. c) A denominação desta categoria será Dianteira Super.

b) Permitido o uso de veículos de no mínimo 02 (dois) lugares ou mais. c) A denominação desta categoria será Dianteira Super. 3 - CATEGORIA DIANTEIRA SUPER DS 3.1) DEFINIÇÃO: a) Participam desta categoria veículos de turismo de grande produção em série, nacionais ou importados, coupê, sedan ou pick- up, de 2, 3, 4 ou 5 portas,

Leia mais

Tipos de tratores agrícolas

Tipos de tratores agrícolas Tratores Agrícolas Tipos de tratores agrícolas Tratores agrícolas São máquinas projetadas para tracionar, transportar e fornecer potência para máquinas e implementos agrícolas. O desenvolvimento de tratores

Leia mais

Mercedes-Benz BRASIL (caminhões) Depois de tanto falar em cmiões do Brasil,,,,,,,,

Mercedes-Benz BRASIL (caminhões) Depois de tanto falar em cmiões do Brasil,,,,,,,, Depois de tanto falar em cmiões do Brasil,,,,,,,, http://www.mercedistas.com/forum/index.php?topic=2123.0 (1 sur 9) [18/02/2009 22:47:31] Accelo O Mercedinho que toda a cidade quer Os caminhões leves Accelo,

Leia mais

CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES

CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES INTRODUÇÃO Os motores de combustão podem ser classificados como do tipo de COMBUSTÃO EXTERNA, no qual o fluido de trabalho está completamente separado da mistura

Leia mais

Tecnologia nos Ônibus Mercedes-Benz

Tecnologia nos Ônibus Mercedes-Benz Tecnologia nos Ônibus Mercedes-Benz Brandão VEM Marketing de Produto Ônibus, Junho, 2011 Fábrica Principais atividades na planta de S. Bernardo do Campo Componentes de terceiros Montagem completa Banco

Leia mais

BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347

BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347 BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347 Como dizia Carrol Shelby, nada substitui as polegadas cúbicas. Neste escopo, todo preparador, ou entusiasta, visa aumentar a cilindrada cúbica (cc) ou a polegada cúbica

Leia mais

Nota: As informações apresentadas estão corretas no momento da publicação, e estão sujeitas a alteração sem aviso prévio.

Nota: As informações apresentadas estão corretas no momento da publicação, e estão sujeitas a alteração sem aviso prévio. JEEP GRAND CHEROKEE ESPECIFICAÇÕES Todas as dimensões estão em milímetros (polegadas), salvo indicação contrária. Todas as dimensões são medidas com os pneus e rodas que equipam o veículo de série. Nota:

Leia mais

b) Permitido o uso de veículos de no mínimo 02 (dois) lugares. c) A denominação desta categoria será Dianteira Original.

b) Permitido o uso de veículos de no mínimo 02 (dois) lugares. c) A denominação desta categoria será Dianteira Original. 2- CATEGORIA DIANTEIRA ORIGINAL DO 2.1) DEFINIÇÃO: a) Participam desta categoria veículos de turismo de grande produção em série, nacionais ou importados, coupê, sedan ou pick- up, de 2, 3, 4 ou 5 portas,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO KIT DE IGNIÇÃO IGNIFLEX EDIÇÃO 05/2014 AVISOS IMPORTANTES LEIA O MANUAL COMPLETO ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO! É OBRIGATÓRIA A UTILIZAÇÃO DE VELAS RESISTIVAS PARA

Leia mais

Capítulo5 - EVOLUÇÃO DO TRATOR, CLASSIFICAÇÃO E PERSPECTIVAS DA TRATORIZAÇÃO NO BRASIL

Capítulo5 - EVOLUÇÃO DO TRATOR, CLASSIFICAÇÃO E PERSPECTIVAS DA TRATORIZAÇÃO NO BRASIL Capítulo5 - EVOLUÇÃO DO TRATOR, CLASSIFICAÇÃO E PERSPECTIVAS DA TRATORIZAÇÃO NO BRASIL Trator - dicionário de Oxford - motor de tração Trator - patente norte-americana de 1890, para um motor de tração

Leia mais

História do Automóvel

História do Automóvel Tração elétrica em SP: poluição zero São Paulo estuda alternativas para um transporte coletivo ecológico. Perspectiva envolve projetos de ônibus com tração elétrica desenvolvida pela WEG para atender mais

Leia mais

04) A posição de um objeto movendo-se ao longo do eixo x é dada por x = 3t - 4t² + t³, onde x está em metros e t em segundos.

04) A posição de um objeto movendo-se ao longo do eixo x é dada por x = 3t - 4t² + t³, onde x está em metros e t em segundos. Código: FISAP Disciplina: Física Aplicada Preceptores: Marisa Sayuri e Rodrigo Godoi Semana: 27/04/15 Lista 3- Movimento Retilíneo 01) A distância média da Terra ao Sol é igual a 150 milhões de quilômetros.

Leia mais

Automóveis no mercado norte-americano terão em média 179 kg de alumínio em 2015, diz estudo

Automóveis no mercado norte-americano terão em média 179 kg de alumínio em 2015, diz estudo + Entrevista: Uma questão de combustível + Produção Fábrica de componentes em alumínio fundido deve entrar em operação em 2015 + Transportes Ideais para pegar no pesado + Inovação Inédita, leve e robusta

Leia mais

A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL

A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL 0325-folheto H50CT 26-11-11.pmd 1 NOVA HYSTER H50CT: EMPILHADEIRA CONTRABALANÇADA COM OPERADOR SENTADO A H50CT é nova em tudo, do seu projeto inovador às suas características

Leia mais

Actros 2646 6x4. Actros 2546 6x2. Equipamentos de série. Aplicações. Aplicações

Actros 2646 6x4. Actros 2546 6x2. Equipamentos de série. Aplicações. Aplicações Equipamentos de série (mais os itens da cabina ) Segurança (mais os itens das cabinas e ) Ar-condicionado Suspensão traseira pneumática Freios a Disco Eletrônico; ABS (Antibloqueio das Rodas); ASR (Controle

Leia mais

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica II Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão Perguntas 1. A Figura 1 é uma gráfico

Leia mais

HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS

HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS NOVA HYSTER CT: EMPILHADEIRA CONTRABALANÇADA COM OPERADOR SENTADO A CT é nova em tudo, do seu projeto inovador às suas

Leia mais

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Segurança nas estradas Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Informação à imprensa 21 de novembro de 2012 Solução integrada da Mercedes-Benz inclui a oferta de itens de avançada

Leia mais

PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online

PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online PeçaChevrolet Catálogo de peças genuínas Chevrolet para consultas e compras online O novo produto PeçaChevrolet é um catálogo eletrônico de peças indicado para utilização de oficinas e reparadores independentes

Leia mais

Empresas italianas de autopeças visam aumentar negócios no Brasil

Empresas italianas de autopeças visam aumentar negócios no Brasil Empresas italianas de autopeças visam aumentar negócios no Brasil Nove marcas se apresentam no Pavilhão Italiano da Automec 2015 trazendo os mais recentes avanços para a indústria automobilística nacional

Leia mais

Segmento Eletricitário na Visão da Montadora 16.06.2015. Andria Cristina Giusti

Segmento Eletricitário na Visão da Montadora 16.06.2015. Andria Cristina Giusti Segmento Eletricitário na Visão da Montadora Andria Cristina Giusti Agenda 1 MAN Latin America 2 Informações de Mercado 3 Volkswagen Sob Medida 4 Segmento Eletricitário 5 Tendências Página 2 256 anos MAN

Leia mais

A HISTÓRIA EM FOTOS INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA DO BRASIL. Linha de montagem da Ford instalada em 1920

A HISTÓRIA EM FOTOS INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA DO BRASIL. Linha de montagem da Ford instalada em 1920 A HISTÓRIA EM FOTOS INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA DO BRASIL Linha de montagem da Ford instalada em 1920 Em 25 de janeiro de 1925 é inaugurada a General Motors do Brasil. Em dezembro de 1928 a empresa comemora

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências CARGO AGENTE DE MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS Área de Concentração: Mecânica de Autos 1. Um dos primeiros motores conhecidos foi a máquina a vapor

Leia mais

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG SL 733 GRANDE POTÊNCIA, ALTO DESEMPENHO A carregadeira sobre rodas Hyundai Shandong entrega máxima potência todo o tempo, representando um ganho substancial

Leia mais

SUZUKI GRAND VITARA HARMONIA PERFEITA ENTRE SEGURANÇA, CONFORTO E DIRIGIBILIDADE.

SUZUKI GRAND VITARA HARMONIA PERFEITA ENTRE SEGURANÇA, CONFORTO E DIRIGIBILIDADE. GRAND VITARA FAMÍLIA GRAND VITARA GRAND VITARA 4X2 M/T GRAND VITARA 4X2 A/T GRAND VITARA 4X2 A/T PREMIUM GRAND VITARA 4X2 A/T SPECIAL EDITION GRAND VITARA 4X2 A/T LIMITED EDITION GRAND VITARA 4X4 M/T GRAND

Leia mais

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 2013 REGULAMENTO TÉCNICO

CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 2013 REGULAMENTO TÉCNICO 1 CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL COMISSÃO NACIONAL DE ARRANCADA CAMPEONATO BRASILEIRO DE ARRANCADA 2013 REGULAMENTO TÉCNICO 13 CATEGORIA EXTREME 10,5 XTM 13.1) DEFINIÇÃO: a) Participam destas categorias

Leia mais

Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support

Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support Condução Econômica Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support Condução Econômica 2-3 A Scania avança para os custos recuarem. A Scania não para de acelerar rumo à diminuição de custos operacionais

Leia mais

07 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DIANTEIRA TURBO C (TURBO C )

07 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DIANTEIRA TURBO C (TURBO C ) 07 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DIANTEIRA TURBO C (TURBO C ) 07.1 NORMAS TÉCNICAS: A categoria Dianteira Turbo C deverá seguir as normas técnicas constantes neste regulamento específico. 07.2 DEFINIÇÃO

Leia mais

Ciclo de motor de combustão interna, que se completa em duas revoluções(rotação) da árvore de manivelas.

Ciclo de motor de combustão interna, que se completa em duas revoluções(rotação) da árvore de manivelas. 1 3.0 Descrição do Funcionamento dos Motores O conjunto de processo sofrido pelo fluido ativo que se repete periodicamente é chamado de ciclo. Este ciclo pode acontecer em 2 ou 4 tempos. Figura 3: Nomenclatura

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS

INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS Prezados Senhores, O Escritório Anexo da Embaixada do Japão (Agência de Cooperação Internacional do Japão-JICA) deseja receber as cotações para o fornecimento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

XVI Férias Técnicas VALORES

XVI Férias Técnicas VALORES XVI Férias Técnicas da POLIVALOR em parceria a Ford de 31 de Agosto a 11 de Setembro de 2015, abertas a todos os estudantes do Ensino Superior e todos os que gostem de automóveis, no Centro de Treino Ford.

Leia mais

Mecânica Básica MOTOR, SISTEMA ELÉTRICO, SISTEMA DE TRANSMISSÃO, SISTEMA DE DIREÇÃO, SISTEMA DE SUSPENSÃO, SISTEMA DE FREIOS E ESTRUTURA.

Mecânica Básica MOTOR, SISTEMA ELÉTRICO, SISTEMA DE TRANSMISSÃO, SISTEMA DE DIREÇÃO, SISTEMA DE SUSPENSÃO, SISTEMA DE FREIOS E ESTRUTURA. Mecânica Básica O C.T.B visa principalmente a segurança. Os itens de manutenção que afetam diretamente a segurança são: * Direção, Freios, Suspensão, Luzes, Limpador de pára-brisa e Buzina. As noções de

Leia mais

Carros de corrida a elástico

Carros de corrida a elástico Carros de corrida a elástico Fornecido pelo TryEngineering - Foco da lição O foco desta lição é o projeto de carrinhos com propulsão a elástico. Equipes de estudantes constroem carrinhos movidos a elástico,

Leia mais

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL GARFO (Comprimento X Largura x Bitola) (mm) HDF50-7S (TIPO EIXO - TIPO GANCHO) - 1.350 X 150 X 60-1.500 X 150 X 60-1.800 X 150 X 60-2.000 X 150 X 60-2.400 X 150 X 60 HDF70-7S (TIPO EIXO) - 1,350 X 180

Leia mais

Unidade: Lapa São Paulo

Unidade: Lapa São Paulo Unidade: Lapa São Paulo Atividade Avaliativa: Motores Rotativos - Wankel Professor: Luís C. Simei Nome(s) aluno(s): Bruno, Edinei, Leonardo e Rogério. Tamanho da fonte Calibri 12 Formatação do parágrafo:

Leia mais

NOVO volvo V60. Linha 2014. Cinto de segurança salva vidas.

NOVO volvo V60. Linha 2014. Cinto de segurança salva vidas. NOVO volvo V60 Linha 2014 Cinto de segurança salva vidas. A versão possui elementos exclusivos que expressam a verdadeira paixão por carros esportivos. P ara-choque e grade frontal exclusivos R odas de

Leia mais

Sofisticação e robustez. Essas duas palavras. juntas podem ser resumidas em uma sigla: SW4. Para fazer o modelo 2012 a Toyota se empenhou

Sofisticação e robustez. Essas duas palavras. juntas podem ser resumidas em uma sigla: SW4. Para fazer o modelo 2012 a Toyota se empenhou Sofisticação e robustez. Essas duas palavras juntas podem ser resumidas em uma sigla: SW4. Para fazer o modelo 2012 a Toyota se empenhou ainda mais e apresenta novidades que fazem da SW4 um utilitário

Leia mais

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL Página 1 FIAT CHRYSLER AUTOMOBILES 13/08/2015 DESCRIÇÃO DO SISTEMA GNV COMPONENTES DO SISTEMA GNV 1. Cilindro GNV 2. Suporte do Cilindro de GNV 3. Linha de Alta Pressão: Tubo

Leia mais

RenaULT master chassi cabine

RenaULT master chassi cabine RENAULT master chassi cabine renault master chassi cabine encara tudo.» capacidade de carga: 1.759 kg O baú e a caçamba são adaptações, não fazem parte do produto nem são opcionais. Procure o implementador

Leia mais

Porsche 550 Spyder. Clubnews

Porsche 550 Spyder. Clubnews Porsche 550 Spyder Classic News Wolfgang von Trips, um dos melhores pilotos alemães de todos os tempos, ao volante do Porsche 550 A nos 1000 Km de Nurburgring, em 1956. 50 anos de um vencedor Primeiro

Leia mais

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10}

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Quinta-feira, 24 de maio de 2012 Edição Especial Guia de pneus Saiba como identificar a melhor alternativa para seu veículo

Leia mais

Novos caminhões Atego da Mercedes-Benz asseguram robustez, eficiência e produtividade na estrada e na cidade

Novos caminhões Atego da Mercedes-Benz asseguram robustez, eficiência e produtividade na estrada e na cidade Atego Informação à Imprensa Novos caminhões Atego da Mercedes-Benz asseguram robustez, eficiência e produtividade na estrada e na cidade Data: 23 de outubro de 2011 Design moderno e arrojado da nova cabina

Leia mais

Segurança dos Pneus. Data de validade

Segurança dos Pneus. Data de validade Segurança dos Pneus Dirigimos diariamente e quase nunca prestamos atenção a uma das partes mais importantes do automóvel, O PNEU. Veja a seguir como ler e entender a fabricação e o uso correto de um pneu.

Leia mais

Nível 4 Nível Operacional. Tema 4 Condução Económica e Ecológica Tema 7 Controlo do Veículo

Nível 4 Nível Operacional. Tema 4 Condução Económica e Ecológica Tema 7 Controlo do Veículo FICHA TÉCNICA CONSTITUINTES DO AUTOMÓVEL Níveis GDE: Nível 4 Nível Operacional Temas Transversais: Tema 4 Condução Económica e Ecológica Tema 7 Controlo do Veículo Síntese informativa: Definição de veículo

Leia mais

Conscientização na Operação com Empilhadeira

Conscientização na Operação com Empilhadeira TREINAMENTO: NR 11 ITEM 11.1.5: Nos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber um treinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nessa função. Índice de

Leia mais

Ranking de Veículos em Emissões de CO2 por km rodado

Ranking de Veículos em Emissões de CO2 por km rodado 0 2012 Ranking de Veículos em Emissões de CO2 por km rodado Índice 1 1. Apresentação 2 1.1. Metodologia 2 2. Resultados 3 3. No Caminho da Sustentabilidade 5 3.1. Mercado Modelo 5 3.2. Iniciativas no Brasil

Leia mais

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento.

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. SCANIA Caminhões Semipesados É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. Rentabilidade é o que nos move. Caminhões Semipesados Scania. Com um autêntico Scania, você sempre conta com resistência,

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO BUTIÁ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a Lei Federal n o

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO BUTIÁ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a Lei Federal n o PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO BUTIÁ/RS EDITAL N o 001/2015 LEILÃO PARA VENDA DE MÁQUINAS O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DO BUTIÁ, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a Lei

Leia mais

O prazer de dirigir o melhor do mundo

O prazer de dirigir o melhor do mundo O prazer de dirigir o melhor do mundo... Aplicações de madeira e alumínio tornam ainda mais refinado o interior do A8, que é o primeiro modelo da marca com transmissão Tiptronic de seis velocidades Ao

Leia mais

Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência.

Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência. Pneumáticos Industriais. Pneus especializados para máxima eficiência. Pneumáticos Industriais da Continental Os pneumáticos industriais da Continental proporcionam conforto em todas as superfícies e, como

Leia mais

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes 1 de 5 28/9/2011 14:36 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos e-mail Globomail Pro Globomail Free Criar um e-mail central globo.com assine já todos os sites 21/09/2011 07h21 - Atualizado em

Leia mais

Gama de Produto Compressores de Ar.

Gama de Produto Compressores de Ar. Gama de Produto Compressores de Ar. 3 Eficiência Energética nas Estradas. Com os Compressores de Ar da Voith. Desde a localização histórica para a indústria automóvel Zschopau, Saxónia, a Voith desenvolve

Leia mais

Caderno de Prova. NÍVEL FUNDAMENTAL: Mecânico. ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE PORTO BELO Concurso Público Edital 001/2012.

Caderno de Prova. NÍVEL FUNDAMENTAL: Mecânico. ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE PORTO BELO Concurso Público Edital 001/2012. ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE PORTO BELO Concurso Público Edital 001/2012 Caderno de Prova 28 28 de outubro das 14 às 18:00 h 4 h de duração 30 questões NÍVEL FUNDAMENTAL: Mecânico Instruções Para

Leia mais

GARANTIA SEGURANÇA AUTOMÓVEL

GARANTIA SEGURANÇA AUTOMÓVEL GARANTIA SEGURANÇA AUTOMÓVEL COBERTURAS E SERVIÇOS GARANTIA > MOTOR > CAIXA DE VELOCIDADES > DIFERENCIAL E TRANSMISSÕES > DIRECÇÃO > SUSPENSÃO > ALIMENTAÇÃO > SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO > SISTEMA DE TRAVÕES

Leia mais