APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL MAIOR ECONOMIA PARA A SUA EMPRESA. BENEFÍCIOS PARA O MEIO AMBIENTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL MAIOR ECONOMIA PARA A SUA EMPRESA. BENEFÍCIOS PARA O MEIO AMBIENTE"

Transcrição

1 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL MAIOR ECONOMIA PARA A SUA EMPRESA. BENEFÍCIOS PARA O MEIO AMBIENTE

2 QUEM SOMOS A MGD Eficiência Energética foi fundada em 1993 a partir de uma oportunidade identificada de atuação como uma ESCO (Energy Saving Company). Inicialmente focada em Projetos de Eficiência Energética para as Concessionárias de Energia Elétrica, hoje a MGD possui um amplo Portfólio de Serviços e Soluções que atendem os setores Industrial, Comercial, Serviços e Público. MISSÃO: Atuar como empresa de serviços energéticos, atendendo a necessidade de nossos clientes na implantação de projetos de Eficiência, agregando valor, competitividade e qualidade em todos os processos, com priorização no desenvolvimento sustentável da empresa e de seus colaboradores. VISÃO: Ser reconhecida como a melhor empresa nos segmentos de atuação, que supera os padrões consagrados no desenvolvimento e implantação de projetos, de operação e resultados de seus negócios. PRINCÍPIO E VALORES: Nossas atitudes, decisões e iniciativas são revestidas de valores éticos que seguem os princípios mencionados, os quais também fundamentam nosso Código de Conduta. Água & Energia são insumos importantes em todas as cadeias produtivas e de serviços, relevantes nos custos diretos e ambientais. Identificar as oportunidades para reduzi-los é a nossa especialidade Norberto Duarte- Fundador MGD

3 ÁREAS DE ATUAÇÃO

4 MODELOS DE NEGÓCIO PROJETOS PRIVADOS: Indústria, Logística, Shopping, Hotéis, Escolas, Hospitais, Restaurantes, dentre outros. FONTES DE FINANCIAMENTO Capital Próprio. Linhas de Financiamento Setorial. Contratos de Performance MGD. FONTES DE FINANCIAMENTO PEE -PROGRAMAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CONCESSIONÁRIAS DE ENERGIA Chamadas Públicas. Licitações.

5 ASSOCIAÇÕES, CERTIFICAÇÕES, PARCERIAS E PRÊMIOS Membo do Green Building Council Brasil. Membro da Abesco - Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia. Certificada pela Schneider Electric como Ecoxpert Partner. Certificada pela Abesco Programa de Certificação de Qualidade QualiEsco. Parceiro do BID Banco Interamericano de Desenvolvimento na implementação do Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética (EEGM). Vencedora do Prêmio Qualiesco de 2012 na categoria Eficientização Energética em Sistemas de Iluminação.

6 PROJETOS IMPLANTADOS

7 CASES MAIOR ECONOMIA PARA A SUA EMPRESA. BENEFÍCIOS PARA O MEIO AMBIENTE

8 CASES SETOR INDUSTRIAL CASE INDUSTRIA TÊXTIL AÇÕES: Substituição e instalação de compressor. Redução de Demanda na Ponta (kw): 464 Energia Economizada (kwh/ano): ,5% CASE INDÚSTRIA AUTOMOBILISTICA AÇÕES: Substituição e Instalação de motores, painéis de controle e substituição da iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 875 Energia Economizada (kwh/ano): ,2 %

9 CASES SETOR COMERCIAL CASE UNIVERSIDADE AÇÕES: Substituição e instalação da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 125 Energia Economizada (kwh/ano): ,6% CASE HOSPITAL AÇÕES: Substituição e Instalação de motores, painéis de controle e substituição da iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 145 Energia Economizada (kwh/ano): ,6 %

10 CASES SETOR COMERCIAL CASE PRÉDIO COMERCIAL AÇÕES: Substituição da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 162 Energia Economizada (kwh/ano): ,9% CASE SHOPPING CENTER AÇÕES: Substituição da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 55 Energia Economizada (kwh/ano): ,2%

11 CASES PÚBLICO CASE PRÉDIO PÚBLICO AÇÕES: Substituição da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 162 Energia Economizada (kwh/ano): ,4% CASE ESCOLA TÉCNICA AÇÕES: Substituição da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 281 Energia Economizada (kwh/ano): ,6 %

12 CASES SAAE E DAE CASE SAAE AÇÕES: Substituição de motores, instalação de inversores substituição e da Iluminação. Redução de Demanda na Ponta (kw): 40 Energia Economizada (kwh/ano): ,1% CASE DAE AÇÕES: Substituição de motores, instalação de inversores substituição e da Iluminação... Redução de Demanda na Ponta (kw): 180 Energia Economizada (kwh/ano): ,2 %

13 PRINCIPAIS CLIENTES

14 CONTATO

Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração. Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM

Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração. Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM Desde 1959 A principal fonte de financiamento para o desenvolvimento

Leia mais

EEGM. Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética

EEGM. Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética EEGM Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética O Mecanismo Garantidor de Eficiência Energética (EEGM) - é um instrumento viabilizador de projetos de eficiência energética no Brasil. O Banco Interamericano

Leia mais

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Institucional Quem somos? O Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD) é o órgão

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. 1. INDICADORES - Perdas de água: produção x distribuição - Relação da energia necessária para produção de 1 m³ de água

SUMÁRIO EXECUTIVO. 1. INDICADORES - Perdas de água: produção x distribuição - Relação da energia necessária para produção de 1 m³ de água SUMÁRIO EXECUTIVO 1. INDICADORES - Perdas de água: produção x distribuição - Relação da energia necessária para produção de 1 m³ de água 2. CENÁRIO ATUAL DO SETOR - Problemas diagnosticados - Investimento

Leia mais

LEILÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E PLANO DE REDUÇÃO DE PERDAS CENÁRIOS

LEILÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E PLANO DE REDUÇÃO DE PERDAS CENÁRIOS LEILÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E PLANO DE REDUÇÃO DE PERDAS CENÁRIOS Eduardo Moreno - Diretor Vitalux Eficiência Energética Ltda. O que éesco? ESCO Energia Energy Service Company ou Empresa de Serviços

Leia mais

Parceria: Embraer x UNESP Área : Meio Ambiente. 20 de maio de 2010

Parceria: Embraer x UNESP Área : Meio Ambiente. 20 de maio de 2010 Parceria: Embraer x UNESP Área : Meio Ambiente 20 de maio de 2010 SUMÁRIO Parceria Unesp x Embraer Economia para Unidade SJK Economia para Unidade EGM Economia para todas as Unidades Embraer Implementar

Leia mais

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015

Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org. Agosto 2015 Banco Interamericano de Desenvolvimento Patrick Doyle Patrickd@iadb.org Agosto 2015 Desde 1959 A principal fonte de financiamento para o desenvolvimento da América Latina e Caribe 26 Países Conta com 26

Leia mais

EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética. Alvaro Silveira

EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética. Alvaro Silveira EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética Alvaro Silveira Institucional Quem somos? O Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD) é o órgão da Organização das Nações Unidas (ONU)

Leia mais

A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas. Agosto - 2015. Alberto J. Fossa

A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas. Agosto - 2015. Alberto J. Fossa A Gestão da Energia & O impacto nas mudanças climáticas Agosto - 2015 Alberto J. Fossa eficiência energética & mudanças climáticas gestão da energia & eficiência energética movimentos internacionais de

Leia mais

EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS.

EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS. EXPERIÊNCIA, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE PARA GERIR GRANDES PROJETOS. A ARCOGEN ENERGY é especializada em soluções de engenharia para climatização e automação em médios e grandes ambientes, além de geração

Leia mais

Política de Eficiência Energética das empresas Eletrobras

Política de Eficiência Energética das empresas Eletrobras Política de Eficiência Energética das empresas Eletrobras dezembro 2012 Política de Eficiência Energética das empresas Eletrobras Política de Eficiência Energética das empresas Eletrobras 5 I. O público-alvo

Leia mais

NERGIA LIMPA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil

NERGIA LIMPA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: O Sol promovendo sustentabilidade e segurança energética para o Brasil Geração distribuída e centralizada, leilões e incentivos fiscais contribuem para geração de energia solar

Leia mais

Schneider Electric divulga Barómetro de Sustentabilidade e supera expetativas a nível ambiental

Schneider Electric divulga Barómetro de Sustentabilidade e supera expetativas a nível ambiental Schneider Electric divulga Barómetro de Sustentabilidade e supera expetativas a nível ambiental Novos indicadores para o período entre 2012-2014 como parte integrante do programa da empresa - Connect Forte

Leia mais

HOSPITAIS E CLÍNICAS INDÚSTRIA DE SEGMENTO M ÉDICO, HOSPITALAR E DA SAÚDE UNIVERSIDADE E INSTITUTOS DE PESQUISA EM PRESAS DE VERIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE DE PRODUTOS PARA A ÁREA M ÉDICA E DE

Leia mais

ZANETTINI ARQUITETURA é uma empresa de excelência em design arquitetônico, planejamento urbano e consultoria para construção civil.

ZANETTINI ARQUITETURA é uma empresa de excelência em design arquitetônico, planejamento urbano e consultoria para construção civil. ZANETTINI ARQUITETURA é uma empresa de excelência em design arquitetônico, planejamento urbano e consultoria para construção civil. 50 anos de história 1.200 projetos de diversas áreas 5 milhões de metros

Leia mais

Eficiência energética nas políticas nacionais das maiores economias mundiais

Eficiência energética nas políticas nacionais das maiores economias mundiais Agenda 1 2 3 4 5 Panorama sobre eficiência energética Eficiência energética nas políticas nacionais das maiores economias mundiais Políticas brasileiras de eficiência energética Eficiência energética na

Leia mais

Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica

Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica Chamada Pública para o ProPEE Procedimento do Programa de Eficiência Energética das Distribuidoras de Energia Elétrica Eng. Fernando L. B. Bacellar Email: fernando.bacellar@aes.com Tel: (11) 2195-2663

Leia mais

Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Brasil. Resumo - Resultados Parceiros Brasil

Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Brasil. Resumo - Resultados Parceiros Brasil Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Resumo - Resultados Parceiros Agosto de 2011 Introdução A quinta edição da pesquisa anual Energy Efficiency Indicator, analisou a opinião

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO. Projetos da Comgas no Setor de Climatização e Cadeia do Gás Natural

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO. Projetos da Comgas no Setor de Climatização e Cadeia do Gás Natural COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO Projetos da Comgas no Setor de Climatização e Cadeia do Gás Natural Alexandre Breda Gerente de Cogeração & Climatização 26 de Maio de 2010. Matriz Energética Brasileira 2

Leia mais

O reuso de água na visão do investidor. Uso da tecnologia e inovação em tempos de falta de recursos. Armando Iazzetta

O reuso de água na visão do investidor. Uso da tecnologia e inovação em tempos de falta de recursos. Armando Iazzetta O reuso de água na visão do investidor Uso da tecnologia e inovação em tempos de falta de recursos Armando Iazzetta 1. O Investidor 2. O Negócio 3. A Importância do Reuso 4. Próximos Passos Odebrecht Properties

Leia mais

10 características de um IT Partner. 2007 Amadeus IT Group SA

10 características de um IT Partner. 2007 Amadeus IT Group SA 10 características de um IT Partner 1 A melhor tecnologia Os negócios de viagens de hoje demandam acesso a uma tecnologia robusta, rápida e aberta, suportada por especialistas com experiência no setor.

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 CATEGORIA FRANQUEADOR MASTER

PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 CATEGORIA FRANQUEADOR MASTER PRÊMIO ABF-AFRAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 2010 Seus Dados CATEGORIA FRANQUEADOR MASTER Nome empresa Arcos Dourados Comércio de Alimentos Ltda. Data de fundação Dezembro de 2008 Número de funcionários

Leia mais

Quem Somos. Energy Service Company ou CONCEITO ESCO. Empresa de Serviços de Conservação de Energia

Quem Somos. Energy Service Company ou CONCEITO ESCO. Empresa de Serviços de Conservação de Energia Quem Somos ESCO QUEM SOMOS CONCEITO Energy Service Company ou Empresa de Serviços de Conservação de Energia Empresa de engenharia multidisciplinar cujo foco é a realização de projetos de eficiência energética

Leia mais

EEGM: AMPLIAÇÃO DO MERCADO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO BRASIL.

EEGM: AMPLIAÇÃO DO MERCADO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO BRASIL. SETOR PRIVADO COM UM PROPÓSITO EEGM: AMPLIAÇÃO DO MERCADO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO BRASIL. Finanças Futuras Série No. 3 SETOR PRIVADO COM UM PROPÓSITO Eficiência Energética EEGM: Conduzindo Investimentos

Leia mais

1. Os desafios para implementação de APPs 2. O apoio do BID para a Região

1. Os desafios para implementação de APPs 2. O apoio do BID para a Região 1. Os desafios para implementação de APPs 2. O apoio do BID para a Região Programas de APPs bem sucedidos precisam solucionar aspectos estruturais para serem capazes de atrair investimentos privados de

Leia mais

9º Encontro Nacional SINAENCO Novas formas de contratação 1º. de dezembro de 2011

9º Encontro Nacional SINAENCO Novas formas de contratação 1º. de dezembro de 2011 A Estruturadora Brasileira de Projetos tem por missão desenvolver, com imparcialidade e transparência, projetos de infraestrutura que contribuam para o desenvolvimento econômico e social brasileiro criando

Leia mais

Metas Centrais do Projeto

Metas Centrais do Projeto Metas Centrais do Projeto Aumento no investimento de EE em edificações públicas e privadas de US$ 93 milhões Pelo menos 10 Instituições Financeiras incluindo instituições locais (e quantia de pelo menos

Leia mais

Projetos e Investimentos em Eficiência Energética e Geração Distribuída

Projetos e Investimentos em Eficiência Energética e Geração Distribuída Projetos e Investimentos em Eficiência Energética e Geração Distribuída CPFL Energia Crescimento sustentável Empresa centenária com atuação no setor elétrico, criada em 1912 Market cap de R$20 bilhões,

Leia mais

SAÚDE SEM PAPEL ADRIANO DUARTE CEO

SAÚDE SEM PAPEL ADRIANO DUARTE CEO SAÚDE SEM PAPEL ADRIANO DUARTE CEO SAÚDE SEM PAPEL ADRIANO DUARTE CEO A GREEN é uma empresa de Alta Tecnologia especializada em Automação de Processos e Gestão de Conteúdo focada na substituição de Documentos

Leia mais

Programa de Eficiência Energética Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município de Araras SP

Programa de Eficiência Energética Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município de Araras SP Programa de Eficiência Energética Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município de Araras SP Evandro Romanini, Norberto Duarte e Lucas Rafacho Resumo A Elektro dentro do Programa de Eficiência Energética,

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Política de Eficiência Energética

Política de Eficiência Energética Política de Eficiência Energética março 2010 Política de Eficiência Energética Política de Eficiência Energética 5 I. O público-alvo O Público-alvo ao qual se destina esta Política de Eficiência Energética

Leia mais

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas Durante a execução dos projetos de hospitais como Sírio-Libanês, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Santa Catarina, a MHA instituiu a sua área de Gerenciamento de Obras, até hoje um importante serviço oferecido

Leia mais

Uma empresa do Grupo BG

Uma empresa do Grupo BG Uma empresa do Grupo BG Gás Natural. Esse é o nosso negócio BG Group no mundo Argentina Bolivia Brasil Uruguai Trinidade E Tobago Egito Irlanda Tunísia Palestina Reino Unido Itália Israel Cazaquistão Quatar

Leia mais

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto.

FAQ CHAMADA PÚBLICA R.: Entendimento correto. FAQ CHAMADA PÚBLICA 1. Conforme o item 8.1.6 do edital da Chamada Pública REE 002/2015 para as propostas de projetos que contemplarem a inclusão de geração de energia elétrica a partir de Fonte Incentivada

Leia mais

ESCO COMO INSTRUMENTO DE FOMENTO A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

ESCO COMO INSTRUMENTO DE FOMENTO A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA ESCO COMO INSTRUMENTO DE FOMENTO A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Ralf Majevski Santos 1 Flávio Tongo da Silva 2 ( 1 Ralf_majevski@yahoo.com.br, 2 ftongo@bitavel.com) Fundamentos em Energia Professor Wanderley

Leia mais

Programa de Cafés Sustentáveis

Programa de Cafés Sustentáveis NOT FOR DISTRIBUTION Programa de Cafés Sustentáveis Introdução Ted van der Put Diretor de Programas IDH Abril, 2013 1 Introdução à IDH: quem somos Parceria público-privada Promovendo coalizões entre empresas

Leia mais

ENERGY EFFICIENCY INDICATOR

ENERGY EFFICIENCY INDICATOR ENERGY EFFICIENCY INDICATOR Resultados 2011 Parceiros Brasil 1 A PESQUISA ENERGY EFFICIENCY INDICATOR Em sua quinta edição, a pesquisa atingiu quase 4 mil respondentes A pesquisa global Energy Efficiency

Leia mais

Eficiência energética

Eficiência energética Eficiência energética A realização de pesquisas para otimizar a utilização da energia elétrica faz parte da postura sustentável adotada pelas empresas Eletrobras. Conheça nas próximas páginas as principais

Leia mais

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 No passado, até porque os custos eram muito baixos, o financiamento da assistência hospitalar

Leia mais

DOSSIER. de IMPRENSA

DOSSIER. de IMPRENSA DOSSIER de IMPRENSA BREVE HISTÓRIA A Sotecnisol foi criada em 1970, disponibilizando ao mercado nacional soluções inovadoras de impermeabilização e isolamento térmico para edifícios. O reconhecimento que

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Selfenergy PARCEIRO: SCT Consulting SOLVING CHALLENGES TOGETHER Uma empresa com energia A Vivapower é uma

Leia mais

Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras

Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras Painel 2 Certificação ambiental de edificações: lições aprendidas e visão de futuro experiências brasileiras Leed TM Green Building Council Brasil - GBCB Palestrante Marcos Casado GREEN BUILDING COUNCIL

Leia mais

Mais do que financiar empresas ajudamos a transformar grandes ideias em negócios ainda mais rentáveis, oferecendo crédito sustentável.

Mais do que financiar empresas ajudamos a transformar grandes ideias em negócios ainda mais rentáveis, oferecendo crédito sustentável. QUEM SOMOS A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo que promove o crescimento sustentável das pequenas e médias empresas e municípios paulistas. Nosso objetivo é colaborar

Leia mais

No Brasil, a empresa busca contatos com: - Representantes comerciais/ vendedores, - Parceiro para utilização mútua do sistema operacional,

No Brasil, a empresa busca contatos com: - Representantes comerciais/ vendedores, - Parceiro para utilização mútua do sistema operacional, Empresa #1 Área de atuação A empresa é fabricante e distribuidora de construções móveis. Estas são pavilhões móveis com extensão de 3 a 50 m e altura lateral de 2,30 a 7 m, os quais podem ser utilizados

Leia mais

Portifólio AMA Engenharia

Portifólio AMA Engenharia Portifólio AMA Engenharia QOF Conjunto E, Lote 07, Loja 1 CEP 71727-501 Candangolândia/DF Tel. (61) 3967-5360 3967-5361 amaengenharia@amaengenharia.srv.br QUEM SOMOS AMA Assistência Técnica LTDA também

Leia mais

PNGS Ciclo 2012-2013 CQH

PNGS Ciclo 2012-2013 CQH PNGS Ciclo 2012-2013 CQH Missão: Contribuir para a melhoria contínua da qualidade no atendimento nos serviços de saúde mediante metodologia específica. Modelo de Gestão Entidades Mantenedoras Associação

Leia mais

Misturadores Submersíveis modelo ABS XRW 400 e 650

Misturadores Submersíveis modelo ABS XRW 400 e 650 Misturadores Submersíveis modelo ABS XRW 400 e 650 Principais Aplicações O misturador submersível modelo ABS XRW é um equipamento compacto e versátil para uma ampla gama de aplicações, incluindo o uso

Leia mais

16 Eficiência Energética

16 Eficiência Energética 16 Eficiência 412 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Contextualização A eficiência energética pode ser definida como o desempenho de conversão de um sistema energético. Em outras palavras, representa o quanto de energia

Leia mais

Centro de Habilitação da Limpeza

Centro de Habilitação da Limpeza Centro de Habilitação da Limpeza Evento de Lançamento 27/10/2015-18h00 2 Sobre o Programa O Centro de Habilitação da Limpeza é um programa com a missão de desenvolver e aplicar treinamentos de capacitação

Leia mais

Unidades de negócios. Eficiência Energética no Segmento Plástico. Sidnei Amano. Transmissão & Distribuição. Motores Automação Energia.

Unidades de negócios. Eficiência Energética no Segmento Plástico. Sidnei Amano. Transmissão & Distribuição. Motores Automação Energia. Unidades de negócios Eficiência Energética no Segmento Plástico Sidnei Amano Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Unidades de negócios Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição

Leia mais

Diretrizes da Agenda Setorial do Setor de Energias Renováveis: Biocombustíveis

Diretrizes da Agenda Setorial do Setor de Energias Renováveis: Biocombustíveis SENADO FEDERAL Comissão de Agricultura e Reforma Agrária Diretrizes da Agenda Setorial do Setor de Energias Renováveis: Bioetanol Biodiesel Biocombustíveis Brasília, 28 de novembro de 2012 Foco e Prioridades

Leia mais

CONSUMO EFICIENTE DE. energia elétrica: uma agenda para o Brasil

CONSUMO EFICIENTE DE. energia elétrica: uma agenda para o Brasil CONSUMO EFICIENTE DE energia elétrica: uma agenda para o Brasil 2/14 Créditos Copyright Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) 2016 Conteúdo PSR Soluções e Consultoria

Leia mais

A Sustentabilidade e as Empresas. Conceito Básico de. Sustentabilidade Exemplificação. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social.

A Sustentabilidade e as Empresas. Conceito Básico de. Sustentabilidade Exemplificação. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Aula 2 A Sustentabilidade e as Empresas Prof. Esp. Felipe Luiz Conceito Básico de Contextualização Sustentabilidade Exemplificação Responsabilidade Social Cidadania

Leia mais

ABESCO Associação Brasileiras das Escos. Alexandre Behrens Gerente de Relacionamento com o Mercado da APS Soluções em Energia SA (Associada Abesco)

ABESCO Associação Brasileiras das Escos. Alexandre Behrens Gerente de Relacionamento com o Mercado da APS Soluções em Energia SA (Associada Abesco) 01 ABESCO Associação Brasileiras das Escos Alexandre Behrens Gerente de Relacionamento com o Mercado da APS Soluções em Energia SA (Associada Abesco) A única maneira de superar os concorrentes é não mais

Leia mais

ACIONAMENTOS OKAMURA LTDA MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE JULHO / 2012

ACIONAMENTOS OKAMURA LTDA MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE JULHO / 2012 Manual da Qualidade YOK 1 ACIONAMENTOS OKAMURA LTDA MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE JULHO / 2012 Elaboração Aprovação Validação Helton Keiti Michiuye PCP&Q Jorge Okamura Gerência Industrial Jorge

Leia mais

Green Ports (portos verdes): Conceitos e Certificação para Projetos e Operação no Brasil

Green Ports (portos verdes): Conceitos e Certificação para Projetos e Operação no Brasil Ciclo de palestras Certificação Ambiental Green Ports (portos verdes): Conceitos e Certificação para Projetos e Operação no Brasil Dr. Newton Narciso Pereira Centro de Inovação em Logística e Infraestrutura

Leia mais

Quem somos. * Empresa liderada por profissionais com larga experiência no mercado de food service.

Quem somos. * Empresa liderada por profissionais com larga experiência no mercado de food service. Perfil empresarial Do que iremos falar Quem somos Nossas marcas Nossa visão Nosso posicionamento estratégico Nossa política de qualidade Nossos projetos de evolução Nossos clientes felizes Quem somos *

Leia mais

Eng. José Starosta. Aspectos Normativos e Legais da Eficiência Energética I

Eng. José Starosta. Aspectos Normativos e Legais da Eficiência Energética I Eng. José Starosta Aspectos Normativos e Legais da Eficiência Energética I MOTIVAÇÕES PARA EE: Consumo energia elétrica nacional e o PIB Quando inverteremos? Uso de térmicas faz governo bancar mais R$

Leia mais

PROGRAMA DE PARCERIA EM ECOEFICIÊNCIA

PROGRAMA DE PARCERIA EM ECOEFICIÊNCIA PROGRAMA DE PARCERIA EM ECOEFICIÊNCIA O QUE É SUSTENTABILIDADE PARA O GRUPO BOTICÁRIO? É UMA FORMA DE FAZER NEGÓCIOS QUE NOS COLOCA SEMPRE À FRENTE DE NOSSO TEMPO. É PELO OLHAR DA SUSTENTABILIDADE QUE

Leia mais

Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006

Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006 Edital de Concorrência Pública Nacional (SQC) nº 40.10756/2006 Serviços de Consultoria Pessoa Jurídica para a elaboração de metodologia que permita mensurar, verificar e avaliar os resultados decorrentes

Leia mais

Pequim, Shanghai e Hong Kong!! Agosto de 2013

Pequim, Shanghai e Hong Kong!! Agosto de 2013 MISSÃO SEBRAE À CHINA Pequim, Shanghai e Hong Kong!! Agosto de 2013 1- Reconhecimento de melhores práticas bem sucedidas do modelo Chinês Ao desenvolvimento dos pequenos negócios; 2- Modelos de governança

Leia mais

VII Recicle CEMPRE. Ricardo Rolim. Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011

VII Recicle CEMPRE. Ricardo Rolim. Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011 VII Recicle CEMPRE Ricardo Rolim Diretor de Relações Sociambientais 08/Nov/2011 Quem somos Ambev 4ª maior cervejaria no mundo 3ª marca mais consumida no mundo (Skol) Líder absoluto no segmento guaraná

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA

EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA I. APRESENTAÇÃO É incalculável a contribuição do negro à formação da sociedade brasileira. Mais de meio milênio de influência

Leia mais

Economia de Energia. Na Modernização de elevadores

Economia de Energia. Na Modernização de elevadores Economia de Energia Na Modernização de elevadores Importância do Elevador O elevador é o equipamento mais importante do edifício. Moradores de prédios passam em média meia hora por semana dentro do elevador.

Leia mais

Exercício 2014. Dezembro/2013

Exercício 2014. Dezembro/2013 Plano de Trabalho e Proposta Orçamentária Exercício 2014 Estatuto Social Art. 17, Inciso V & Art. 22, Inciso VIII. /2013 1. PLANO DE TRABALHO 2014 O QUE QUEM ONDE QUANDO COMO CUSTO (R$) 1. Ampliar as atividades

Leia mais

Declaração de apoio continuado pelo diretor executivo (CEO)

Declaração de apoio continuado pelo diretor executivo (CEO) Declaração de apoio continuado pelo diretor executivo (CEO) Brasil, São Paulo, maio de 2016. Tenho o prazer de confirmar que a Italit Indústria e Comércio Ltda. reafirma o seu apoio aos Dez Princípios

Leia mais

Carta de Apresentação. Tudo o que você precisa saber sobre nós!

Carta de Apresentação. Tudo o que você precisa saber sobre nós! Carta de Apresentação Tudo o que você precisa saber sobre nós! 1 Sobre nós Fundada desde 2006, o Grupo Reviza adquiriu ao longo de todos esses anos, uma vasta experiência na área de prestação de serviços

Leia mais

A atuação da EBP no desenvolvimento da infraestrutura

A atuação da EBP no desenvolvimento da infraestrutura A Estruturadora Brasileira de Projetos tem por missão desenvolver, com imparcialidade e transparência, projetos de infraestrutura que contribuam para o desenvolvimento econômico e social brasileiro criando

Leia mais

Soluções inteligentes em terceirização de serviços

Soluções inteligentes em terceirização de serviços Soluções inteligentes em terceirização de serviços Queremos atuar em todas as etapas do processo dos nossos clientes. Antonio Dias Felipe Presidente do Grupo Tejofran. Estação de tratamento de esgoto da

Leia mais

Somos uma empresa do Grupo Instituto Inovação, pioneiro no Brasil em gestão da inovação.

Somos uma empresa do Grupo Instituto Inovação, pioneiro no Brasil em gestão da inovação. Somos uma empresa do Grupo Instituto Inovação, pioneiro no Brasil em gestão da inovação. O Instituto Inovação é um núcleo gerador de negócios inovadores. Por meio de suas empresas, desde 2002 aproxima

Leia mais

Hospital Alipio Correa Netto. Eficiência Energética

Hospital Alipio Correa Netto. Eficiência Energética Hospital Alipio Correa Netto São Paulo, 10 de novembro de 2008 Eficiência Energética Fernando L. B. Bacellar Coordenador de Usos Finais e Aplicação de Energia AES Eletropaulo Tel (11) 2195-2663 fernando.bacellar@aes.com

Leia mais

Ações da CAIXA em Eficiência Energética. Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012

Ações da CAIXA em Eficiência Energética. Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012 Ações da CAIXA em Eficiência Energética Seminário de Eficiência Energética Desafios na busca da Sustentabilidade NOV / 2012 Atuar na promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável do País, como

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA RECUPERAÇÃO DE CALOR 31/05/2011 www.cofely-gdfsuez.pt Sumário COFELY Portugal Referências Serviços para Indústria: IFMS Projectos Recuperação de calor em caldeira de

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2016 BACKSTAGE TO THE FUTURE BACKSTAGE PARA O FUTURO

CHAMADA PÚBLICA 2016 BACKSTAGE TO THE FUTURE BACKSTAGE PARA O FUTURO CHAMADA PÚBLICA 2016 BACKSTAGE TO THE FUTURE BACKSTAGE PARA O FUTURO Programa de capacitação para jovens profissionais das áreas de produção de eventos, sonorização, iluminação e gestão de palco. 1 Apresentação

Leia mais

Atuação Tribanco. Presente em todos Estados Brasileiros; Presente em 60% dos Municípios Brasileiros; Quantidade de Clientes Varejo: 36.

Atuação Tribanco. Presente em todos Estados Brasileiros; Presente em 60% dos Municípios Brasileiros; Quantidade de Clientes Varejo: 36. Atuação Tribanco. Presente em todos Estados Brasileiros; Presente em 60% dos Municípios Brasileiros; Quantidade de Clientes Varejo: 36.079 Soluções para promover o desenvolvimento sustentável de seus clientes;

Leia mais

Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética. Reive Barros dos Santos Diretor

Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética. Reive Barros dos Santos Diretor Ações ABESCO e ANEEL para Fortalecimento do Mercado de Eficiência Energética Reive Barros dos Santos Diretor São Paulo - SP 26 de agosto de 2015 Missão Proporcionar condições favoráveis para que o mercado

Leia mais

Mestrada em Eng. Ambiental UFRPE Pesquisadora do Gampe yenemedeiros@hotmail.com

Mestrada em Eng. Ambiental UFRPE Pesquisadora do Gampe yenemedeiros@hotmail.com Responsabilidade Socioambiental Empresarial integrada a Produção Mais Limpa, Estudo de caso de Indústria de Recife-PE PAZ, Y. M. *, CAVALCANTI, N. S, EL-DEIR, S. G. Yenê Paz Mestrada em Eng. Ambiental

Leia mais

Planejamento Estratégico do Setor de Florestas Plantadas -2012

Planejamento Estratégico do Setor de Florestas Plantadas -2012 CONTEXTO O setor de florestas plantadas no Brasil éum dos mais competitivos a nível mundial e vem desempenhando um importante papel no cenário socioeconômico do País, contribuindo com a produção de bens

Leia mais

VANTAGEM COMPETITIVA PARA EMPRESA INSTALADORA EM CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL CATEGORIA: CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL

VANTAGEM COMPETITIVA PARA EMPRESA INSTALADORA EM CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL CATEGORIA: CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL VANTAGEM COMPETITIVA PARA EMPRESA INSTALADORA EM CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL CATEGORIA: CERTIFICAÇÃO QUALINSTAL Marcelo Matsusato INTRODUÇÃO Desde 2003 a TECNISA já possui a certificação ISO 9001 preocupada

Leia mais

GREENBUILDING BRASIL 2014:

GREENBUILDING BRASIL 2014: REVISTA ANO1 / Nº2 / 2014 GBCBRASIL CONSTRUINDO UM FUTURO SUSTENTÁVEL GREENBUILDING BRASIL 2014: POSIÇÃO DO BRASIL CONSOLIDA-SE NO CENÁRIO MUNDIAL Centro Empresarial Senado: arquitetura que revitaliza

Leia mais

O Grupo Actcon e a Rede Educar Brasil

O Grupo Actcon e a Rede Educar Brasil O Grupo Actcon e a Rede Educar Brasil Especializado em soluções que incorporam Tecnologia da Informação à Educação e à Modernização da Administração Pública, o Grupo Actcon tem como sua principal integrante

Leia mais

RADAR SCHNEIDER ELECTRIC DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

RADAR SCHNEIDER ELECTRIC DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA RADAR SCHNEIDER ELECTRIC DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 2 SUMÁRIO O desafio da eficiência energética 5 A Schneider Electric 6 O que é eficiência energética 8 Brasil. O que pode ser feito 14 O que os profissionais

Leia mais

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR I Unidade I: Manual da Primeira Etapa

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR I Unidade I: Manual da Primeira Etapa ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR I Unidade I: Manual da Primeira Etapa 0 1 Atividade Interdisciplinar Manual da Primeira Etapa SUMÁRIO Introdução... 03 1. Objetivos da Atividade 05 Interdisciplinar... 2. Metodologia...

Leia mais

O ENVOLVIMENTO DA IFC COM O CAFÉ

O ENVOLVIMENTO DA IFC COM O CAFÉ O ENVOLVIMENTO DA IFC COM O CAFÉ UMA APRESENTAÇÃO À OIC LONDRES, SETEMBRO DE 2014 1 A IFC CRIA OPORTUNIDADES E MELHORA VIDAS, PROMOVENDO O DESENVOLVIMENTO DO SETOR PRIVADO NOS MERCADOS EMERGENTES IFC:

Leia mais

GE Iluminação. imagination at work

GE Iluminação. imagination at work GE Iluminação imagination at work A escolha entre os vários tipos de iluminação, tanto para os ambientes domésticos como para os ambientes de trabalho, deve ser orientada por critérios rigorosos. Sabe-se

Leia mais

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa)

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) A categoria SUSTENTABILIDADE é a antiga categoria Indústria

Leia mais

Instituto Schneider Electric na Comunidade - Brasil

Instituto Schneider Electric na Comunidade - Brasil Instituto Schneider Electric na Comunidade - Brasil Dezembro 2013 Estamos evoluindo... 2 Quem somos O Instituto Schneider Electric na Comunidade Brasil é uma organização não governamental, sem fins lucrativos,

Leia mais

...uma economia anual de 24.636,87 MWh/ano...

...uma economia anual de 24.636,87 MWh/ano... ...uma economia anual de 24.636,87 MWh/ano......equivalente ao consumo de 10.454 residências durante o mesmo período. 10.273,15 toneladas de CO 2 deixaram de ser emitidas + indústria eficiente 06 08

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Green Value Energy Building Solutions Janeiro de 2014 Índice Apresentação Áreas de Negócio Consultoria em Eficiência Energética e Ambiental Clientes Contactos Auditorias energéticas

Leia mais

Uma nova visão de custos para empresas de fabricação sob encomenda/projetos

Uma nova visão de custos para empresas de fabricação sob encomenda/projetos Uma nova visão de custos para empresas de fabricação sob encomenda/projetos Apresentação Valdecir de Oliveira Pereira Diretorde Desenvolvimento valdecir@grvsoftware.com.br www.grvsoftware.com.br GRV Software

Leia mais

GESPÚBLICA. Brasília ǀ 25 de Setembro de 2012

GESPÚBLICA. Brasília ǀ 25 de Setembro de 2012 GESPÚBLICA Brasília ǀ 25 de Setembro de 2012 Resultados Decisões Estratégicas Informações / Análises O PROCESSO DE GESTÃO ESTRATÉGICA Ideologia Organizacional Missão, Visão,Valores Análise do Ambiente

Leia mais

A experiência da CPFL com treinamento interno para reduzir riscos de vazamento. Gustavo Estrella Diretor de Relações com Investidores

A experiência da CPFL com treinamento interno para reduzir riscos de vazamento. Gustavo Estrella Diretor de Relações com Investidores A experiência da CPFL com treinamento interno para reduzir riscos de vazamento Gustavo Estrella Diretor de Relações com Investidores Desde 1997, a CPFL Energia tem desenvolvido uma estratégia de crescimento

Leia mais

ECONOMIA DA CULTURA. Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec MINISTÉRIO DA CULTURA

ECONOMIA DA CULTURA. Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec MINISTÉRIO DA CULTURA MINISTÉRIO DA CULTURA ECONOMIA DA CULTURA UM SETOR ESTRATÉGICO PARA O PAÍS Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec A produção, a circulação e o consumo de bens e

Leia mais

People. Passion. Performance.

People. Passion. Performance. People. Passion. Performance. Apresentando Chicago Pneumatic É simples assim. Você tem trabalho a fazer e clientes a atender. A CP está aqui para ajudá-lo a realizar seu trabalho, sem compromisso. Nosso

Leia mais

Manual "50 Parcerias Municipais para o Clima até 2015"

Manual 50 Parcerias Municipais para o Clima até 2015 Manual "50 Parcerias Municipais para o Clima até 2015" Klaus Reuter, Moritz Schmidt 25 de março de 2015 Manágua, Nicarágua Estrutura Quem somos - Grupo de Trabalho Agenda 21 - Estado da Renânia do Norte-

Leia mais

Missão: Prestar assistência de qualidade em Hematologia e Hemoterapia à população e coordenar a Hemorrede do Estado.

Missão: Prestar assistência de qualidade em Hematologia e Hemoterapia à população e coordenar a Hemorrede do Estado. Missão: Prestar assistência de qualidade em Hematologia e Hemoterapia à população e coordenar a Hemorrede do Estado. Visão: Visão: Ser Ser um um Centro Centro de de Excelência em em hematologia e hemoterapia.

Leia mais

Energia Eólica. Desarrollo de servicios e industria nacionales en el nuevo mercado de generación eólica: El caso de Brasil

Energia Eólica. Desarrollo de servicios e industria nacionales en el nuevo mercado de generación eólica: El caso de Brasil Energia Eólica Desarrollo de servicios e industria nacionales en el nuevo mercado de generación eólica: El caso de Brasil Afonso Carlos B. Aguilar Vice Presidente da ABEEólica Montevideo, 21 de março de

Leia mais

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº.

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Comissionamento de Infraestrutura Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Resumo: O comissionamento é basicamente a confirmação de um processo ou processos. No entanto, há uma falta de conhecimento de como ele

Leia mais

PROGRAMA GESTÃO DE CONHECIMENTO CAIXA 2005-2007

PROGRAMA GESTÃO DE CONHECIMENTO CAIXA 2005-2007 PROGRAMA GESTÃO DE CONHECIMENTO CAIXA 2005-2007 Constatação! Neste momento... O ritmo dos negócios está aumentando rapidamente. Existe uma sobrecarga de informação. A competição global está aumentando

Leia mais