Fornecimento e Instalação de um Grupo Motor Gerador com potência nominal 450 KVA em regime de trabalho de emergência.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fornecimento e Instalação de um Grupo Motor Gerador com potência nominal 450 KVA em regime de trabalho de emergência."

Transcrição

1 1 OBJETIVO Descrição / Especificação Técnica Fornecimento e instalação de 01 (um) Grupo Motor Gerador com potência nominal 450 KVA em 1.1 regime de trabalho de emergência, tensão de saída do gerador 127/220 Volts, trifásico, 60 Hz mais o Quadro de Transferência Automática (QTA). 2 MOTOR DIESEL Deve atender às características abaixo: Sistema de arrefecimento: radiador, ventilador e bomba centrífuga; Sistema elétrico: 12 / 24 Vcc; 2.1 Velocidade nominal de 1800 RPM; Sistema de pré-aquecimento; Sistema de Governo eletrônico; Sistema de carregamento de baterias. 3 TRATAMENTO DOS GASES DE COMBUSTÃO O Fornecedor deverá como item integrante ao fornecimento, considerar silenciosos, dotado de 3.1 flexível para montagem na saída do tubo de gases do motor, com todos os acessórios de acoplamento entre o tubo de saída de gases do motor, Flexível e Silencioso. 4 GERADOR (ALTERNADOR) Alternador síncrono, trifásico, brushless, especial para cargas deformantes; Excitatriz rotativa sem escovas com regulador automático de tensão; Potência mínima em regime contínuo de 405 kva; Tensões de 220/127 V; 4.1 Freqüência de 60 Hz; Ligação em estrela com neutro acessível; 1800 RPM com 04 pólos; Classe de isolamento H (180 ºC); Grau de proteção IP 23; Regulador de tensão eletrônico para mais/menos 2% em toda faixa de carga. 5 QUADRO DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA QTA Tipo microprocessado, destinado à supervisão de um sistema CA formado por uma fonte principal 5.1 (rede) e de uma fonte de emergência (grupo) que alimentam cargas consideradas essenciais que não devem sofrer interrupção prolongada. O QTA deverá ser instalado na sala elétrica que fica 15 (quinze) metros do local onde será instalado o GMG. Página 1 de 5

2 Valores Nominais: Potência Controlada 450 kva 5.2 Tensão de alimentação CA 220/127 V Freqüência 60 Hz Tensão de Comando CC 12 / 24 V Sistema de Medição: Através de indicação digital para: Tensão fase-fase; Tensão fase-netro; Freqüência; Corrente nas três fases; 5.3 Potência Ativa (kw); Fator Potência (cós φ); Data/hora; Horas funcionamento; Contador de partidas; Temperatura do motor; Tempo restante até a chamada para manutenção; Tensão de bateria. Sistema de Comando: Seleção de operações: Manual, Automático e Teste; Seleção de tensão: RS, RT, ST / RN, SN, TN; Comando de partida; Comando de parada; 5.4 Comando de reset ; Comando liga carga rede; Comando desliga carga rede; Comando liga carga grupo; Comando desliga carga grupo; Comando parada de emergência. Sinalizações: Led s indicadores para: Automático/Manual/Teste; Grupo em supervisão; 5.5 Modo de operação emergência selecionado; Alarme; Fase medida (V1, V2 ou V3); Grupo gerador em funcionamento; Chave de grupo fechado; Chave de rede fechada; Página 2 de 5

3 Mensagem no display para: Falha na partida; Falha na parada; Baixa pressão do óleo lubrificante; Alta temperatura da água de arrefecimento; Tensão anormal; Freqüência anormal; Falha no pré-aquecimento; Sobrecorrente; Sobrecarga; Curto-Circuito; Subtensão da bateria; Falha de chaves. Características adicionais do QTA A transferência automática de carga deverá ser realizada em contatores tripolares de 1250 Amperes 5.6 Os contatores deverão ser intertravados mecanicamente e eletricamente (contato auxiliar) de modo a impedir o paralelismo das duas fontes (rede e grupo) mesmo em operação manual. Botão de soco para provocar a parada tanto em manual quanto em automático; O sistema de controle deverá ter uma entrada à base de contato seco que permita também a parada remota de emergência através de sinal a dois fios. 6 CARENAGEM 6.1 O Grupo Motor Gerador deverá ser instalado dentro de um contêiner silencioso com carenagem para atenuação de ruído, 75 db a 1,5 metros do GMG. 7 CARACTERÍSTICAS DO CARREGADOR DE BATERIAS 7.1 Deverá fazer parte do fornecimento um sistema que mantenha as baterias carregadas durante o repouso do Grupo Motor Gerador. 8 GARANTIAS E ASSISTENCIA TÉCNICA Garantia ON SITE de 03 (três) anos contra defeitos de fabricação. Durante o período de garantia, o fornecedor prestará serviços de correção de erros no equipamento ofertado, sem qualquer ônus para a Contratante. 8.1 Entende-se por garantia a obrigatoriedade do Fornecedor de substituir todos os componentes que comprovadamente tenham defeitos de fabricação ou montagem. O atendimento ao chamado para suporte/manutenção técnica terá o prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas corridas para o reparo definitivo do defeito reclamado. O prazo do atendimento será contado a partir da abertura da reclamação e deverá funcionar 24 x 07, ou seja, 24 horas por dia, 07 dias por semana. Caso algum componente tenha que ser retirado do local de instalação ou o tempo de reparo seja superior a 24 horas, o fornecedor deverá substituir o componente por um de mesma característica ou equivalente. Página 3 de 5

4 O Fornecedor do Grupo Gerador deverá comprovar ter assistência técnica sediada na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), com pessoal treinado, para atender a qualquer necessidade que por ventura venha a ocorrer em todo o conjunto (Motor, Alternador, sobressalentes, sistemas de comando e controle, sistema de transferência, etc) durante o fornecimento e durante o período de garantia e garantir peças de reposição. 9 TANQUES DE COMBUSTÍVEL 9.1 O GMG deverá dispor de um tanque de 400 litros, instalado junto a sua base. 10 TRANSPORTE E LOCAL DE INSTALAÇÃO 10.1 Todo o transporte necessário para a instalação do novo Grupo Motor Gerador (inclusive o transporte vertical) ficará a cargo da contratada. O Sistema deverá dispor de um conjunto de amortecedores de vibração para montagem entre a base metálica do Grupo Gerador e o piso. 11 VISITA AO LOCAL Para participar do processo o proponente deverá efetuar visita ao local para conhecer as 11.1 condições onde será instalado o novo GMG, quando receberá o documento Declaração de Vistoria do Local. 12 CONSIDERAÇÕES FINAIS Havendo a impossibilidade de ligação / energização do novo GMG no ato de sua entrega, a contratada deverá se comprometer em retornar numa nova data agendada com a contratante, dentro de um prazo máximo de 60 (sessenta) dias. Todos os serviços deverão ser executados nesta nova data. Será avaliada e conferida a qualidade dos equipamentos e materiais a serem fornecidos. O Fornecedor, também deverá considerar que assumirá co-responsabilidade na implementação dos sistemas desde a autorização de fornecimento até a entrega final, onde será entendido como entrega final ou definitiva, os sistemas funcionando perfeitamente sem pendências Após o término da montagem o start-up do conjunto, testes de entrega com carga real e garantias, será de responsabilidade da empresa contratada. Deverá ser observado que o sistema só será aceito após o mesmo ser colocado em pleno funcionamento e confirmado as devidas garantias, ficando claro que vidas humanas estão envolvidas, no caso de falha de funcionamento. Durante o processo de fornecimento, entrega em campo e instalação, o fornecedor deverá prestar toda e qualquer informação, orientação, visitas em campo e reuniões com os projetistas e/ou executores da instalação visando à perfeita integração dos equipamentos, sem ônus adicional, sendo que deverá ser disponibilizado pessoal técnico capacitado a tomar decisões e prestar esclarecimentos técnicos de forma rápida e precisa. DT-PB Diretoria de Tecnologia e Infraestrutura SOT Superintendência de Operações, GIOT - Gerência de Infraestrutura de Operações Página 4 de 5

5 Deverá ser considerado que durante a instalação do GMG, o fornecedor irá supervisionar a mesma a fim que a instalação seja feita de forma a garantir o perfeito funcionamento do Grupo Gerador. Todos os equipamentos instalados deverão estar acompanhados de catálogos técnicos detalhados (Grupo Gerador e QTA), manual dos motores, dos Alternadores, carregadores de bateria, entre outros, para as devidas comprovações técnicas e facilitar manutenções futuras. Responsável Técnico: Francis Harley Marinho Gonzaga - Matricula: GIOT-PB - Gerência de Infra-Estrutura de Operação SOT-PB - Superintendência de Operação Gestor: GSST - Gerência de Serviços SST-PB - Superintendência de Serviços DT-PB Diretoria de Tecnologia e Infraestrutura SOT Superintendência de Operações, GIOT - Gerência de InfraEstrutura de Operações Página 5 de 5

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTORES GERADORES

ANEXO II CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTORES GERADORES ANEXO II ANEXO TÉCNICO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTORES GERADORES AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTORES GERADORES A SEREM INSTALADOS NAS UNIDADES DA ANATEL EM TODO O BRASIL. INTRODUÇÃO

Leia mais

COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA PARAÍBA DIRETORIA DE EXPANSÃO GERÊNCIA EXECUTIVA DE PLANEJAMENTO E PROJETOS

COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA PARAÍBA DIRETORIA DE EXPANSÃO GERÊNCIA EXECUTIVA DE PLANEJAMENTO E PROJETOS 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO GRUPO GERADOR - 30 KVA ESTAÇÃO ELEVATÓRIA DE ESGOTO - EEE1 JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA 1. OBJETIVO Esta especificação técnica apresenta as características técnicas e comerciais

Leia mais

HMW-1730 T6. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA PESADA Estático standard Powered by MTU

HMW-1730 T6. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA PESADA Estático standard Powered by MTU K14 ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 60 HZ DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 2015 2160 Potência kw 1612 1728 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.800 Tensão standard V 480/277 Tensões disponiveis

Leia mais

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR PARA A PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM AMAPÁ (PR-AP)

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR PARA A PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM AMAPÁ (PR-AP) CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR PARA A PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM AMAPÁ (PR-AP) OBJETIVO O presente caderno tem como objetivo estabelecer as especificações

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

ANEXO I PROJETO ELÉTRICO GRUPO GERADOR COM ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA LOTE 1 LOCAÇÃO DE GERADOR

ANEXO I PROJETO ELÉTRICO GRUPO GERADOR COM ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA LOTE 1 LOCAÇÃO DE GERADOR ANEXO I PROJETO ELÉTRICO GRUPO GERADOR COM ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA LOTE 1 LOCAÇÃO DE GERADOR ITEM 1 - PROJETO ELETRICO DE ENERGIA DE EMERGENCIA PARA SUPRIR 345KW CONSUMIDOR: SENAC UNIDADE DE MANAUS LOCAL

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

CUMMINS 6LTAA8.9-G2 CARACTERÍSTICAS PADRÃO

CUMMINS 6LTAA8.9-G2 CARACTERÍSTICAS PADRÃO MODELO Regime Standby (60Hz) Regime Prime (60Hz) Motor Alternador ACS-C300 300KVA / 240KW 275KVA / 220KW CUMMINS 6LTAA8.9-G2 LEROY SOMER LSA46.2L9 40 CARACTERÍSTICAS PADRÃO Motor (DCEC Cummins 6LTAA8.9-G2)

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES 14.722-35 VALIDADOR MATRÍCULA RUBRICA ALEX TAKASHI YOKOYAMA 16.

TERMO DE REFERÊNCIA AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES 14.722-35 VALIDADOR MATRÍCULA RUBRICA ALEX TAKASHI YOKOYAMA 16. TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SISTEMA ININTERRUPTO DE ENERGIA - NO-BREAK, PARA A SUPERINTENDENCIA REGIONAL DO NORTE, PELO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES

Leia mais

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO Por favor, leia este manual com atenção para uso do equipamento. Instruções de Operação do QTA. I.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: SIRENES ELETROMECÂNICAS Sirene Eletromecânica Industrial Convencional Para Médias e Grandes Áreas - Código: AFRT12. A sirene de alarme código AFRT12 é um equipamento que deve ser instalado no

Leia mais

Potencializando cada necessidade sua...

Potencializando cada necessidade sua... www.fgwilson.com Potencializando cada necessidade sua... Construção Residencial Varejo Telecomunicações Linha de 5,5 a 22 kva Desempenho I Durabilidade I Facilidade de manutenção A linha de 5,5 a 22 kva

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro, 155 - Centro - CEP 15990-630 - Matão (SP) - Brasil Fone (16) 3383-3800 - Fax (16) 3382-4228 bambozzi@bambozzi.com.br

Leia mais

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Informações Gerais A linha de nobreaks TOP-DSP é um avançado Sistema Ininterrupto de Potência (UPS) do tipo on-line de dupla conversão (de acordo com a NBR 15014:2003),

Leia mais

Equipamentos para automação de grupos geradores. catálogo. produtos

Equipamentos para automação de grupos geradores. catálogo. produtos Equipamentos para automação de grupos geradores catálogo de produtos ECLIPSE XTRe Controlador automático completo para grupos geradores convencionais ou eletrônicos J1939 com programação para horário de

Leia mais

SUBSECRETARIA EXECUTIVA SUPERINTENDÊNCIA DE SERVIÇOS DIVISÃO DE ENGENHARIA E OBRAS

SUBSECRETARIA EXECUTIVA SUPERINTENDÊNCIA DE SERVIÇOS DIVISÃO DE ENGENHARIA E OBRAS PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE GERADORES DE ENERGIA DAS UPAS Contratação de empresa especializada para realizar fornecimento de 49 (quarenta e nove) geradores de energia elétrica, visando atender

Leia mais

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos;

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; 1.1.2. Módulos de potência em formato rack 19, altura 3U; 1.1.3.

Leia mais

Apresentação de Portfólio

Apresentação de Portfólio Apresentação de Portfólio Geradores portáteis e Torre de iluminação People. Passion. Performance. 1. 2. Energia Portátil Agenda Geradores Portáteis O que é um Gerador? Aplicações Principais benefícios

Leia mais

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES Nobreak senoidal on-line trifásico dupla convers o 60 a 300 kva 60 kva de 80 a 120 kva 160 e 300 kva PERFIL Os nobreaks on-line de dupla conversão da linha Gran Triphases foram desenvolvidos com o que

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

Informações e Tabelas Técnicas

Informações e Tabelas Técnicas Características dos condutores de cobre mole para fios e cabos isolados 1 Temperatura característica dos condutores 1 Corrente de curto-circuito no condutor 1 Gráfico das correntes máximas de curto-circuito

Leia mais

DECISÃO TÉCNICA DT-104/2015 R-04

DECISÃO TÉCNICA DT-104/2015 R-04 DIRETORIA TÉCNICA PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DA REDE /2015 DECISÃO TÉCNICA /2015 R- FOLHA DE CONTROLE I APRESENTAÇÃO A presente Decisão Técnica R- substitui a R-03 e visa estabelecer instruções técnicas

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 4. Disjuntor 145 kv 02 4.1. Objetivo 02 4.2. Normas 02 4.3. Escopo de Fornecimento 02 T- 4.1. Tabela 02 4.4. Características Elétricas 02 4.5. Características Operativas 03 4.5.1.

Leia mais

HTW-1030 T5. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA PESADA Contentor Powered by MITSUBISHI

HTW-1030 T5. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA PESADA Contentor Powered by MITSUBISHI 20 FT HC ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 50 HZ DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 1030 1110 Potência kw 824 888 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.500 Tensão standard V 400/230 Tensões disponiveis

Leia mais

Linha TR - Revisão 02. Manual técnico Linha TR

Linha TR - Revisão 02. Manual técnico Linha TR Manual técnico Linha TR 1)Introdução: Os carregadores de baterias Linha TR LUFFE foram desenvolvidos preferencialmente para a carga em baterias do tipo tracionaria. São equipamentos compactos de simples

Leia mais

MANUAL DE FISCALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

MANUAL DE FISCALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DE FISCALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA DIAGNÓSTICO DOS PROCEDIMENTOS DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CENTRAIS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PLANILHA DE LEVANTAMENTO DE DADOS Empresa

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N.º 002/2008 SALA DE REUNIÃO I - DO OBJETO DA LICITAÇÃO

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N.º 002/2008 SALA DE REUNIÃO I - DO OBJETO DA LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N.º 002/2008 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 2/4/2008 11 HORAS SALA DE REUNIÃO I - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO PARA

Leia mais

BOMBEAMENTO DE ÁGUA COM ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

BOMBEAMENTO DE ÁGUA COM ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA BOMBEAMENTO DE ÁGUA COM ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA Eng. Carlos Alberto Alvarenga Solenerg Engenharia e Comércio Ltda. Rua dos Inconfidentes, 1075/ 502 Funcionários - CEP: 30.140-120 - Belo Horizonte -

Leia mais

Controlador de Segurança para chamas de Gás

Controlador de Segurança para chamas de Gás Controlador de Segurança para chamas de Gás Para queimadores de gás atmosféricos de 2 estágios: Detecção de chamas: - Sonda de Ionização - Detector de Infra-vermelho IRD 1020 - Sensor de chamas Ultravioleta

Leia mais

EMPRESA DE ELECTRICIDADE DA MADEIRA SA

EMPRESA DE ELECTRICIDADE DA MADEIRA SA EMPRESA DE ELECTRICIDADE DA MADEIRA SA CENTRAL TÉRMICA DO PORTO SANTO EEM/DSP 1 16 MWe Central Térmica do Porto Santo 1 Descrição Geral A Central Térmica do Porto Santo entrou em funcionamento em 1992,

Leia mais

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento.

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência

Leia mais

Dados do Grupo Gerador

Dados do Grupo Gerador K4 ÁGUA TRIFÁSICO 60 HZ FATOR DE POTÊNCIA DIESEL Dados do Grupo Gerador Volts Standby KVA Standby KW Prime KVA Prime KW Amp 220/127 70 56 60 48 157,5 380/220 60 48 55 44 83,6 440/254 70 56 60 48 78,7 480/277

Leia mais

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas Nobreak senoidal on-line trifásico dupla conversao ~ 10 a 100 kva PERFIL Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas de 10 a 60 kva 75 e 100 kva A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

SISTEMA INTELIGENTE PARA CONTROLE, SUPERVISÃO E GERENCIAMENTO DE GRUPOS GERADORES

SISTEMA INTELIGENTE PARA CONTROLE, SUPERVISÃO E GERENCIAMENTO DE GRUPOS GERADORES SISTEMA INTELIGENTE PARA CONTROLE, SUPERVISÃO E GERENCIAMENTO DE GRUPOS GERADORES Ricardo Figueiredo (RF Eletro-Eletrônica Ltda) Mauricio R.Suppa (GESTAL Gestão de Energia e Utilidades Ltda) Conservar

Leia mais

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry.

SIRIUS Innovations. Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial. Answers for industry. SIRIUS Innovations Comando, Manobra e Proteção. Controle Industrial Answers for industry. Contatores até 38 A Introdução Siemens Industry Automation inovou o seu Sistema Modular SIRIUS Controles Industriais.

Leia mais

NO BREAK DE ENTRADA TRIFÁSICA E SAÍDA MONOFÁSICA TRUNNY

NO BREAK DE ENTRADA TRIFÁSICA E SAÍDA MONOFÁSICA TRUNNY NO BREAK DE ENTRADA TRIFÁSICA E SAÍDA MONOFÁSICA TRUNNY Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento - Rua da Várzea 379 CEP: 91040-600 Porto Alegre RS Brasil Fone: (51)2131-2407 Fax: (51)2131-2469 engenharia@cp.com.br

Leia mais

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados

Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Compressores de Ar de Parafusos Rotativos Lubrificados Séries-R 55-75 kw/75-100 hp Compressores Rotativos 3 Um Novo Nível de Confiabilidade, Eficiência e Produtividade Os compressores de ar de parafuso

Leia mais

HRSW-445 T6. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA RENTAL Insonorizada Rental Powered by SCANIA

HRSW-445 T6. Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA RENTAL Insonorizada Rental Powered by SCANIA H1R ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 60 HZ NÃO CUMPRE EPA DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 480 530 Potência kw 384 424 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.800 Tensão standard V 220/127 Tensões

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS

CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES GERAIS Instalação do sistema de geração de ozônio na piscina coberta do Centro de Atividades do SESC Ceilândia. Brasília-DF COMAP/DIAD Página 1 BASES TÉCNICAS PARA

Leia mais

Automação Soft-Starters. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Soft-Starters. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW - Soft-Starter WEG O atual estado de desenvolvimento dos acionamentos elétricos concentra o resultado de um longo período de tentativas

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS SOBRE A ELÉTRIC A Elétric Materiais Elétricos oferece uma linha completa de produtos de Alta Tensão e Baixa Tensão, somando qualidade, marcas renomadas, amplo estoque, agilidade nas

Leia mais

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com)

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) Estudos em potência elétrica Cálculos da eficiência do painel solar Cálculo

Leia mais

LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA

LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA 42BEspecificação Técnica LINHA DOUBLE WAY MONOFÁSICA 3 / 6 / 8 / 10 / 12 / 15 / 20 kva 38BEngetron Engenharia Eletrônica Ind. e Com. Ltda Atendimento ao consumidor: (31) 3359-5800 Web: Hwww.engetron.com.br

Leia mais

Conceitos e definições para correção do fator de potência através de carga capacitiva

Conceitos e definições para correção do fator de potência através de carga capacitiva Conceitos e definições para correção do fator de potência através de carga capacitiva anobra de capacitores Na ligação de capacitores a uma rede ocorre um processo transitório severo até que seja atingido

Leia mais

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW > Proteção elétrica trifásica compacta, de alto desempenho e eficiência.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO

GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO GUIA RÁPIDO DE INSTALAÇÃO 2016 1 1 SDMO-MAQUIGERAL Interligações GRUPO A GÁS 20 RESA RESIDENCIAL, Kohler 2016 2/232 GRUPO A GÁS 20RESA RESIDENCIAL - REQUISITOS PARA O COMBUSTÍVEL 2016 3/23 3 GRUPO A GÁS

Leia mais

Multimedidor Portátil MPK

Multimedidor Portátil MPK [1] Introdução O Multimedidor Portátil é um instrumento que facilita a análise de instalações elétricas em campo com alta flexibilidade. A solução é composta de: Multimedidor: Instrumento digital microprocessado,

Leia mais

SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR

SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR Manual do Proprietário Utilização e Instalação S A Desd e1 94 6 BO MB AS EF ILTR OS - Consumidores - Representantes - Revendedores Serviço de Atendimento ao Consumidor Tel.:

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. CONFORTO COM SEGURANÇA Cód: P26708 rev.:8 mod. 150

TERMO DE GARANTIA. CONFORTO COM SEGURANÇA Cód: P26708 rev.:8 mod. 150 TERMO DE GARANTIA A ELETROPPAR, Indústria Eletrônica Ltda, Localizada na Rua Carlos Ferrari nº2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante este

Leia mais

ENGENHEIRO ELETRICISTA

ENGENHEIRO ELETRICISTA ENGENHEIRO ELETRICISTA QUESTÃO 01 O projeto de uma S.E. consumidora prevê dois transformadores, operando em paralelo, com as seguintes características: 500kVA, 13800//220/127V, Z = 5% sob 13.8KV; I n =

Leia mais

ANEXO TÉCNICO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE ELEVADOR CONVENCIONAL

ANEXO TÉCNICO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE ELEVADOR CONVENCIONAL ANEXO TÉCNICO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AQUISIÇÃO DE ELEVADOR CONVENCIONAL AQUISIÇÃO DE ELEVADOR CONVENCIONAL PARA SER INSTALADO NO EDÍFICIO DO ESCRITÓRIO REGIONAL DA ANATEL EM FORTALEZA-CE.

Leia mais

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA EQUIPAMENTO AGRÍCOLA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA Aproveite a força do seu trator! Práticos, versáteis e seguros, os equipamentos com alternadores da linha Agribam, do grupo Bambozzi, são ideais para propriedades

Leia mais

Dados do Grupo Gerador

Dados do Grupo Gerador D10 ÁGUA TRIFÁSICO 60 HZ FATOR DE POTÊNCIA DIESEL Dados do Grupo Gerador Volts Standby KVA Standby KW Prime KVA Prime KW Amp 220/127 60,4 48,3 55,9 44,7 146,7 380/220 60 48 55 44 83,6 440/254 60,4 48,3

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Central de Detecção e Alarme Contra Incêndio V260 Imagem Central V260 36 Laços Manual de Instalação Leia atentamente o manual antes do manuseio do equipamento ÍNDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL

Leia mais

Gama de geradores Séries SG-3000 e SG-4000

Gama de geradores Séries SG-3000 e SG-4000 Gama de geradores Séries SG-3000 e SG-4000 Soluções para contêineres marítimos Conformidade líder de mercado Baixo consumo de combustível O mais alto valor residual Confiabilidade e suporte líderes de

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo;

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo; 1) BANCADA PRINCIPAL MODELO POL-110 Fabricada em estrutura de alumínio, constituída por dois postos de trabalho que servirão de base para utilização de qualquer um dos kits didáticos a serem adquiridos.

Leia mais

MEDIDAS ELÉTRICAS POL-200

MEDIDAS ELÉTRICAS POL-200 ELETROTÉCNICA INDUSTRIAL POL-100 Para atender as necessidades das aulas praticas nos cursos de engenharia elétrica, técnico em eletro eletrônico e eletrotécnico. Permite ao aluno familiarização com componente

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 79/2014 COMPRASNET Especificação Técnica 1. Objeto Aquisição de 1 (um) NOBREAK DE POTÊNCIA 5 kva Obs.: Os atributos técnicos abaixo relacionados são de atendimento obrigatório. A nomenclatura

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO.

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA TURBO DUCHA ELETRÔNICA OPTIMA FILTER DUCHA MULTITEMPERATURA OPTIMA 8T DUCHA MULTITEMPERATURA OPTIMA 8T TURBO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

ANEXO I EDITAL CONVITE nº 007/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.018.436/2005 PROJETO BÁSICO

ANEXO I EDITAL CONVITE nº 007/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.018.436/2005 PROJETO BÁSICO ANEXO I EDITAL CONVITE nº 007/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.018.436/2005 PROJETO BÁSICO CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DOS ELEVADORES ESCRITÓRIO REGIONAL DA

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

Linha PowerWizard. Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota. www.fgwilson.com

Linha PowerWizard. Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota. www.fgwilson.com www.fgwilson.com Linha PowerWizard Opções de sistemas de controle digital e comunicação remota PowerWizard Propiciando controle seguro de seu conjunto gerador A linha PowerWizard de painéis de controle

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES SS CONTROLADOR DE ENERGIA REATIVA Computer-14d -xx - 144a MANUAL DE INSTRUÇÕES ( M 981 601 / 98C ) REGULADOR DE ENERGIA REATIVA COMPUTER- 14 d 2 1.- REGULADORES DE ENERGIA REATIVA COMPUTER-14d-144a Os

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.010. Página 1 de 19. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.010. Página 1 de 19. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 19 NOTA TÉCNICA 6.010 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR DE CONSUMIDOR SECUNDÁRIO COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA

Leia mais

Serviços de Automação DESCRITIVO. Produtos

Serviços de Automação DESCRITIVO. Produtos Serviços de Automação DESCRITIVO Produtos QTA-ST10M Quadro de Transferência Automática com informação do STATUS do conjunto (gerador + painel) em Led s. Realiza a transferência automática entre o contator

Leia mais

SISTEMA NO-BREAK GUARDIAN

SISTEMA NO-BREAK GUARDIAN Cores disponíveis : Grafite (padrão), gelo ou preto; outras sob consulta SISTEMA NO-BREAK GUARDIAN linha SEICA True On Line, Senoidal, Dupla Conversão, Transformador Isolador Interno, Microprocessado,

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PREGÃO PRESENCIAL Nº. 029/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 115/2014 OBJETO: Aquisição de 02 (dois) grupos geradores de energia, conforme especificações contidas no

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Comutador de Iluminação de Provisória Para Lâmpadas HQI ou Sódio, Código AFCSC250 Equipamento destinado a ser instalado em locais que são iluminados através de lâmpadas HQI ou de Sódio, geralmente estas

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS DIMENSIONAMENTO DE ELÉTRICOS INTRODUÇÃO Os fatores básicos que envolvem o dimensionamento de um condutor são: tensão nominal; freqüência nominal; potência ou corrente

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação.

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR INTRODUÇÃO O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. Se o Grupo Gerador for instalado dentro dos parâmetros recomendados e se

Leia mais

UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte

UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte UNITROL 5000 Sistemas de excitação para máquinas síncronas de médio e grande porte Copyright 2000 Photodisc, Inc. 275 371 UNITROL 5000 Visão Geral O UNITROL 5000 é o produto mais poderoso da série de sistemas

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO 1 DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO Durante um curto-circuito, surge uma corrente de elevada intensidade

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG

MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG 1º verificar o nível de água do radiador, e ligue os cabos da bateria. 2º verificar o nível do óleo do motor 3º Ligação da rede ao painel.. Dentro do painel, na parte superior

Leia mais

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO República de Angola Ministério da Energia e Águas GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO Guia de recomendações e orientações para a operação e a manutenção Emissão: MINEA/DNEE Dezembro

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof.

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof. DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica Prof.: Hélio Henrique INTRODUÇÃO IFRN - Campus Mossoró 2 MOTORES TRIFÁSICOS CA Os motores

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Bombas de Calor para A.Q.S. AQUAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Uma tecnologia de futuro Sistema eficiente de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Bomba

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 0 NOTA TÉCNICA 6.005 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR DE CONSUMIDOR PRIMÁRIO COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA

Leia mais

Manual de Instalação e Operação

Manual de Instalação e Operação Manual de Instalação e peração Aquecedor Eletrônico Digital Sistema de Aquecimento para banheira de hidromassagem RD. BR 158, n.º 797 - Pq. Industrial EP: 8750-000 - Peabiru - PR - Brasil Fone: (44) 3531-1101

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR - GMG

TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR - GMG CAGECE - COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTO DO CEARÁ TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR - GMG TR - 04 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO 24/01/2008 GEATE-GELET-GETES-GETOP SUMÁRIO 1 - FINALIDADE...4 2 -

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 15 Instalação, operação e manutenção dos sistemas de refrigeração comercial 03/04 Introdução É bem provável que a maioria das deficiências de operação em sistemas de refrigeração

Leia mais

Grupos geradores - Requisitos gerais para telecomunicações

Grupos geradores - Requisitos gerais para telecomunicações ABR 2001 NBR 14664 Grupos geradores - Requisitos gerais para telecomunicações Origem: Projeto 03:012.02-032:2000 ABNT/CB-03 - Comitê Brasileiro de Eletricidade CE-03:012.02 - Comissão de Estudo de Fontes

Leia mais

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação.

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. De acordo com a potência (carga), o contator é um dispositivo de comando

Leia mais

Motor : Aksa Alternador : Mecc Atle Sistema de Controle : P 732 control system

Motor : Aksa Alternador : Mecc Atle Sistema de Controle : P 732 control system Este Grupo Gerador foi projetado para attender a regulação ISO 8528. Este Grupo Gerador é fabricado em uma fábrica certificada para ISO 9001. Este Grupo Gerador esta disponível com a certificação CE. Este

Leia mais

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL Os geradores QAS 55/85/105/140/170 operam em serviço contínuo em locais onde não existe eletricidade ou como unidade reserva nos casos em que se verifica uma interrupção

Leia mais

Índice. Apresentação. Características técnicas

Índice. Apresentação. Características técnicas P27055 - Rev. 1 Apresentação Índice Apresentação... 04 Características técnicas... 04 Central Electra 8K RF... 05 Instalação... 05 Fiação, isoladores e hastes... 06 Conexão do eletrificador com a cerca...

Leia mais

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores Um gerador é qualquer máquina que transforma energia mecânica em elétrica por meio da indução magnética. Um gerador de corrente

Leia mais

Cód. Manual MSE. Sistema Subsistema Vigência MANUTENÇÃO SUBESTAÇÃO 07.10.2011 Í N D I C E - QUALIDADE DOS MATERIAIS...2

Cód. Manual MSE. Sistema Subsistema Vigência MANUTENÇÃO SUBESTAÇÃO 07.10.2011 Í N D I C E - QUALIDADE DOS MATERIAIS...2 Sistema Subsistema Vigência MANUTENÇÃO SUBESTAÇÃO 07.10.2011 Inst./Equipamento TC 500kV OSKF-1800 FABRICAÇÃO TRENCH Assunto CORREÇÃO DE VAZAMENTO EM TRANSFORMADOR DE CORRENTE 500KV TIPO OSKF-1800, FABRICAÇÃO

Leia mais

1) Entendendo a eletricidade

1) Entendendo a eletricidade 1) Entendendo a eletricidade 1 2) Circuitos Modelix 2 3) Utilizando o Sistema Esquemático Modelix-G (Modelix-Grafix) 6 4) Fazendo montagens com os Circuitos Modelix 7 5) Exercícios para treinar 8 Objetivo:

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 01/2015 CREMEB 1 -DO OBJETO 1.1 O objeto do Pregão Presencial é a aquisição desinstalação e instalação por demanda de 13 aparelhos de ar condicionado

Leia mais

Questão 3: Três capacitores são associados em paralelo. Sabendo-se que suas capacitâncias são 50μF,100μF e 200μF, o resultado da associação é:

Questão 3: Três capacitores são associados em paralelo. Sabendo-se que suas capacitâncias são 50μF,100μF e 200μF, o resultado da associação é: Questão 1: A tensão E no circuito abaixo vale: a) 0,5 V b) 1,0 V c) 2,0 V d) 5,0 V e) 10,0 V Questão 2: A resistência equivalente entre os pontos A e B na associação abaixo é de: a) 5 Ohms b) 10 Ohms c)

Leia mais

Proposta Nº. Unidade de ar comprimido ROTAR BSC R-EVO 10 V/ph 400/3 50Hz funcionamento contínuo refrigeração a óleo e a ar DIMENSÕES E PESO

Proposta Nº. Unidade de ar comprimido ROTAR BSC R-EVO 10 V/ph 400/3 50Hz funcionamento contínuo refrigeração a óleo e a ar DIMENSÕES E PESO rev.4 02.07 Proposta Nº. data: Unidade de ar comprimido ROTAR BSC R-EVO 10 V/ph 400/3 50Hz funcionamento contínuo refrigeração a óleo e a ar DIMENSÕES E PESO Instalação no solo Em depósito Em depósito

Leia mais

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO

CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO CATÁLOGO GERADORES CRIAMOS FUTURO GERADORES AKSA Pág. 2 CATÁLOGO GERADORES 2015 Comercialização, Instalação, Manutenção e Pós-Venda. A Noceans Energy celebrou um contrato de fornecimento para o território

Leia mais

100% electricity. Correção automática do fator de potência

100% electricity. Correção automática do fator de potência 100% electricity Correção automática do fator de potência Correção Automática do Fator de Potência Controladores automáticos do fator de potência DCRK DCRJ Programação digital Configuração com 5 ou 7 estágios,

Leia mais