NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA"

Transcrição

1 ポルトガル 日 本 商 工 会 議 所 EDITORIAL NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA Temos que Mudar! É Preciso Mudar! 2º TRIMESTRE 2013 Volume 1, Edição 1 Prezados Amigos da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa, Pontos de interesse especiais: - Entrevista: Visita da Fiamma ao Japão Uma nova diretoria assumiu a CCILJ, e à minha pessoa coube dirigir, juntamente com os demais diretores, a mesma durante os próximos três anos. Temos, desde já, diversos desafios que serão possíveis superar com a ajuda de todos os Membros ativos da CCILJ, seu Staff, seus membros e de todas as Diretorias, com os Associados, as autoridades Portuguesas, Japonesas e também de outros Países, mas, principalmente, com os amigos. Nesta edição: - Novos Associados - Notícias Japão - Entrevista: Visita Fiamma ao Japão - Últimos Eventos - Próximos Eventos - Balança Comercial - Oportunidades Comerciais - Feiras - Notícias dos Associados Tenho realizado diversas viagens e contactos com autoridades, empresários Japoneses, Portugueses, Brasileiros e de diversas outras origens, com a finalidade de formar laços de amizade e de cooperação. O Mundo está ficando muito pequeno e como já dizia Guimarães Rosa Viver é Muito Perigoso. Essa mudança começa na forma de agir, de proceder, de encarar as dificuldades, de mudar a forma de estar no nosso dia-a-dia, começando por criar uma sociedade competitiva e solidaria com os nossos vizinhos, com os nossos clientes e amigos, enfim, com as pessoas que nos rodeiam. O Nosso Mundo é formado por pessoas e a nossa vida depende da forma como nos relacionamos e tratamos as pessoas. A concorrência, que antigamente era de região para região do pais e muitas vezes não influenciavam outras, hoje ela é Mundial e temos que enfrentá-la, caso queiramos sobreviver nessa luta que se trava todos os dias. O Maior exemplo que temos é de Dom Afonso Henriques que para vencer as adversidades e construir o país que temos hoje, geograficamente falando, teve que Mudar e tecer estratégias que o levaram a vitória. Mas, falando de desafios, o nosso é bem claro, fazer da Câmara de Comércio e Indústria Luso- Japonesa, uma das Câmaras de Comércio e Industria das mais fortes e competitivas, que possa ajudar as Empresas, seus associados a se desenvolverem e ajudar o nosso País a superar a crise que ai está. Fortalecer a CCILJ, inaugurar ainda este ano uma Câmara de Comércio e Indústria Japão-Portugal em Tóquio, pleitear uma ligação aérea que una Brasil, Portugal e Japão, com isso multiplicar as relações comerciais entre estes três países, que possuem uma identidade toda especial. Importante assinalar, que temos recebido alguns empresários japoneses, com interesses em investimentos em Portugal e na importação de produtos Portugueses, lembramos ainda que o Japão possui 120 milhões de consumidores com grande poder aquisitivo, e é a terceira maior economia do Mundo. Contamos com a atenção e colaboração de todos e convido-os para que participem das atividades de nossa Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa, e para aqueles que ainda não são sócios fica aqui o convite, e com isso possam trabalhar um diferencial competitivo importante para o sucesso nas suas atividades. Bem Hajam! Nelson Faria de Oliveira Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa

2 Cumprimentamos os novos Associados A. G. DA CUNHA FERREIRA,LDA. Rua das Flores, n.º 74 4, Lisboa Tel.: Fax: Website: CRUZIMPEX IMPORTAÇÃO & EXPORTAÇÃO, LDA. Rua de Goa, Bloco 2E Loja A Urbanização do Platanos, Abrantes Tel.: Fax: Website: SOCIEDADE AGRÍCOLA DE PIAS Rua de Santo António, 8, Beja Tel.: Fax: Website: EXTRA TRANSPORTES INTERNA- CIONAIS, LDA. Rua dos Industriais, 17 1º Dtº, Lisboa Tel.: Fax: Website: SOCIEDADE DE PESCA MIRADOU- RO, S.A. FARIA DE OLIVEIRA ADVOGADOS Rua Castilho, 13 D 6º B, Lisboa Tel.: Fax: Website: Av. Pedro Alvares Cabral, Ilhavo Tel.: Fax: Website: REGUS BUSINESS CENTRE, LDA. Av. da Liberdade, 110, Tel.: Fax: Website: VALUEBEYOND UNIPESSOAL, LDA. Centro Empresarial Torres de Lisboa, Rua Tomás da Fonseca, Torre G, Lisboa Tel.: Fax: CUMPRIMENTAMOS AINDA TRÊS NOVOS SÓCIOS INDIVIDUAIS: Sr. António Morão CUMPRIMENTAMOS O NOVO PATRO- CINADOR DA NEWSLETTER DA CCILJ Antigo Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa Sr. Marco Tadeu Sr. Rui Simões DEUTSCHE LUFTHANSA, AG. Av. D. João II D, Lisboa Tel.: Website: Página 2

3 NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA Notícias Japão Foram iniciadas negociações por Portugal para exportar cereja para o Japão Banco do Japão irá manter estímulos à economia A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, anunciou que o Governo iniciou um processo negocial com o Japão para exportar cereja portuguesa para aquele país do oriente. O processo foi desencadeado recentemente durante uma visita do secretário de Estado da Alimentação ao estrangeiro, a pedido dos produtores do Fundão, a região de Portugal onde se concentra a maior produção nacional de cereja. O Governo ainda não sabe dentro de quanto tempo é que a cereja portuguesa poderá ser consumida no Japão, mas Assunção Cristas prometeu "dar a melhor atenção" para que o processo "seja rápido", à margem de uma sessão partidária em que participou, em Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança. Banco do Japão referiu o plano de compra de activos para estimular o crescimento da economia do país, pelo que irá aumentar a quantidade de dinheiro na economia em 60 biliões de ienes para 70 biliões (530 mil milhões de euros) por ano. Depois de alguns anos em estagnação, foi ainda mencionado pela mesma entidade, que a economia do Japão encontra-se em fase de retoma, destacando o facto de as exportações terem começado a estabilizar - tendo em conta a desvalorização da moeda Japão e Moçambique assinam acordo- quadro sobre investimentos Moçambique e o Japão assinam esta semana em Yokohama, Japão, um acordo-quadro sobre investimentos nos sectores de energia e recursos minerais, informou o matutino Notícias, de Maputo. A ser assinado no âmbito da V Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África (TICAD V), a decorrer de 1 a 3 de Junho, o acordo pretende estimular maior investimento japonês nos sectores energético e mineiro em Moçambique. Durante a sua presença em Yokohama, para além de participar na TICAD V, o Presidente de Moçambique chefiará a delegação do seu país a uma reunião com o governo do Japão, manterá encontros com empresários japoneses e visitará a Feira Africana, a decorrer em Yokohama com a participação de 49 países. Por seu turno, o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, irá de participar no TICAD V, aproveitando a deslocação para manter contactos com empresários japoneses do sector das pescas, segundo a imprensa cabo-verdiana. O primeiro-ministro adiantou que esses contactos visam ajudar a desenvolver uma plataforma de pescas para gerar mais dinâmica de crescimento e mais emprego na ilha de São Vicente. Politica expansionista Japonesa continua Dados positivos no primeiro trimestre do ano para a evolução do PIB voltaram a focar a atenção internacional na política económica expansionista que Shinzo Abe está a imprimir ao país. A economia japonesa cresceu 0,9% em cadeia no primeiro trimestre, triplicando o ritmo verificado no mês anterior e avançou 3,5% em termos homólogos, muito acima das expectativas dos economistas inquiridos pela Bloomberg. Ajudaram a este desempenho o aumento do consumo e das exportações, o que está a ser associado à política expansionista, tanto orçamental como monetária, adoptada pelo primeiro-ministro e que já baptizada nos meios de comunicação social internacionais por Abenomics. Além de um programa de investimentos, essencialmente públicos, avaliado em 100 mil milhões de euros, Shinzo Abe e Haruhiko Kuroda, o governador do banco central o conceito de independência da política monetária ficou esbatido desde que Abe chegou ao poder iniciaram um processo de compra de dívida pública e privada com o objectivo de baixar juros, estimular a procura e fazer subir a inflação. O iene desvalorizou ajudando as exportações que cresceram 3,8% no trimestre face aos três meses anteriores e o consumo subiu cresceu 1% em cadeia, o que também foi considerado positivo. Em seis meses, a bolsa já subiu 70%. Página 3

4 Entrevista: VISITA DA FIAMMA AO JAPÃO No passado mês de Novembro, a Fiamma RST, empresa que atua na área do fabrico de máquinas e moinhos de café expresso e equipamento de catering, teve a oportunidade de visitar o Japão aproveitando a ocasião para realizar várias visitas exploratórias a empresas japonesas. A CCILJ prestou apoio ao seu Associado pré-estabelecendo os contactos com as empresas japonesas selecionadas, tendo igualmente fornecido o intérprete local, fundamental para uma primeira visita. Para sabermos mais quanto a esta experiência, entrevistámos a empresa em questão. Tendo em conta a vossa experiência de 35 anos no mercado português, como descreve o crescimento e evolução da Fiamma RST ao longo do tempo? A RST começou por fabricar carregadores de bateria automóvel. A marca Fiamma surge em 1979 quando começámos a fabricar as máquinas de café e foi então que nos focalizámos no equipamento hoteleiro. Durante anos fomos crescendo com o mercado nacional e íamos entrando em alguns mercados da Europa como a Espanha, a Alemanha e a França. Depois, já em 1995 entrámos no Brasil e a partir de 2000 a aposta da empresa foi claramente na exportação, sobretudo nos novos mercados como o Médio Oriente, Ásia, África e alguns países da América Latina. Ao longo do tempo fomos sendo reconhecidos pela qualidade e fiabilidade dos nossos equipamentos e pela nossa capacidade de inovar. Temos lançado produtos novos quase todos os anos e é assim que temos vindo a defender-nos da concorrência de fabricantes de países com custos de produção significativamente mais baixos. Hoje a Fiamma RST exporta cerca de 65% da sua produção para mais de 60 países nos 5 continentes. Sabemos que participam em várias feiras pela Ásia. O que levou a vossa empresa a procurar o mercado internacional, nomeadamente o Japão? Que potencialidade a Fiamma vê no mercado nipónico? A nossa experiência nos mercados Asiáticos tem sido muito boa e estamos entusiasmados com o crescimento do consumo de café espresso nesses países que, tradicionalmente são muito mais consumidores de chá. O Japão é um mercado enorme e com um bom nível de vida, e apesar de o café espresso não ser a bebida de eleição, uma pequena quota de mercado de um mercado grande e com capacidade compra é sempre muito interessante. Por outro lado, acreditamos que o Japão funciona para aquela zona da Ásia como um Trend Setter e o sucesso no Japão pode abrir portas em países como a China ou a Coreia do Sul. Como lidaram com as diferenças ao nível da cultura empresarial japonesa, nomeadamente nas reuniões tidas com as empresas japonesas? Não houve qualquer problema. Estamos muito habituados a lidar com a cultura Japonesa, até porque, apesar de ainda não vendermos no Japão, já lá compramos há mais de 20 anos. Penso que podemos afirmar sem modéstia, que a nossa empresa tem uma forte vocação internacional, somos flexíveis, adaptamo-nos rapidamente ao nosso interlocutor, e fazêmo-lo bem, porque o fazemos sem perder a nossa própria identidade cultural. De que forma avalia a importância do apoio prestado pela Câmara na organização de uma visita desta natureza e que balanço faz da ida da Fiamma ao Japão? O ditado da Santa Bárbara nunca se aplicou tao bem como nesta nossa visita ao Japão. Estávamos a ter sérias dificuldades em agendar as nossas reuniões, muito por força de uma característica cultural dos Japoneses que é a da fidelidade aos seus parceiros de negócios. Tentámos inclusivamente através de parceiros nossos Japoneses e as respostas continuavam a ser negativas. Foi então que pedimos ajuda à CCILJ e tivemos uma surpresa muito agradável. Não só agendaram as reuniões como nos apoiaram com o intérprete e disponibilizaram todos os meios que pudéssemos precisar. Ficámos com uma visão mais clara das potencialidades do mercado Japonês no café espresso, quem são os concorrentes já presentes no mercado e quem são os players principais. Seguramente que foi um passo importante num longo percurso que há a fazer. Continuação da entrevista na próxima página Página 4

5 NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-JAPONESA Entrevista: VISITA DA FIAMMA AO JAPÃO Como encara os novos desafios económicos que 2013, e os próximos anos, avizinham? Com um misto de preocupação e entusiasmo. Ficar sentado a lamentar a crise e os efeitos nefastos que o seu combate nos poderia trazer não será seguramente a nossa melhor solução. Há oportunidades que estão a surgir onde ninguém espera, há mercados que estão a crescer onde ainda nem sequer chegámos, há a esperança que o Governo e os Bancos possam vir a ajudar as PMEs, enfim, temos de continuar a trabalhar como se houvesse um amanhã. Queira, por favor, deixar algumas palavras de incentivo aos nossos Associados que, possivelmente, estejam a ponderar visitar e investir no Japão. Visitar o Japão para aferir as potencialidades deste mercado para o seu produto ou serviço em particular, penso que o devem fazer logo que possível pois, na pior das hipóteses, ainda que não se façam negócios no imediato, visitar um país com uma história, uma gastronomia e umas pessoas tão extraordinárias é sempre uma lição enriquecedora. Últimos Eventos Nova Câmara de Comércio e Indústria Japão-Portugal e uma ponte aérea entre Brasil - Portugal - Japão, são os novos desafios da CCILJ Maio O Presidente da CCILJ - Dr. Nelson Faria de Oliveira, foi recebido pelo Ministro da Justiça do Brasil Dr. José Eduardo Martins Cardozo no seu Gabinete em Brasília e pelo Embaixador do Japão no Brasil Dr. Akira Miwa. No centro das discussões, estiveram as boas relações que os três países mantém e os projetos futuros, como a abertura da Câmara de Comércio e Indústria Japão-Portugal em Tóquio - Japão, neste ano comemorativo dos 470 anos da Chegada dos Portugueses ao Japão. Discutiu-se também a possibilidade de um voo internacional que venha a unir os três países, a princípio com um voo semanal - São Paulo - Lisboa - Tóquio, unindo os três continentes. Visita do Presidente da CCILJ ao Bunkyo Maio O Sr. Presidente da CCILJ, Dr. Nelson Faria de Oliveira, visitou a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistencial Social, em 21de Maio de 2013, onde foi muito bem recebido pelo Presidente, Dr. Kihatiro Kyta, pelo Vice-presidente do Conselho Deliberativo, Dr. Masato Ninomiya e pela Sra. Célia Abe Oi - Coordenadora de Comunicação. O Presidente da CCILJ apresentou vários projetos visando aproximação dos três países, onde foi manifestado o apoio a essas iniciativas, principalmente a proposta de um voo de ligação entre Brasil, Portugal e Japão, o que irá gerar uma multiplicação de relações culturais e empresariais. Jantar de Apresentação da Nova Direcção da CCILJ 18 de Abril Tiara Park Hotel É com grande prazer que informamos que a nova direção da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa, eleita no passado dia 18 de Abril, em Assembleia Geral, foi apresentada aos associados e parceiros durante um jantar no mesmo dia, no Tiara Park Hotel onde estiveram presentes cerca de 25 empresas associadas assim como representantes da Embaixada do Japão em Portugal entre outras entidades associativas. A direção eleita para o triénio é presidida pelo Dr. Nelson Faria de Oliveira, em representação do Escritório Faria de Oliveira Advogados, com vice-presidência de Dr. Kei Otsuka em representação da Yamaha Motor Portugal, SA e do Dr. José Vidicas da Portmar- Agentes de Navegação. Página 5

6 Últimos Eventos cont. Aula de Onigiri do Curso de Iniciação ao Japonês Instalações da CCILJ No passado dia 21 de Janeiro, na última aula do curso de Iniciação ao Japonês, a Professora Yuko Kase realizou uma aula de Onigiri. Os participantes do curso gostaram tanto da experiência, que a CCILJ decidiu implementar mais sessões nos próximos cursos de japonês a fim de ser leccionada não só a língua japonesa, mas também outros aspectos culturais que são deveras importantes. Próximos Eventos Festa do Japão 15 de Junho Jardim do Japão, Lisboa A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa tem o grande prazer de convidar V. Exas. a estarem presentes no espaço reservado à CCILJ por ocasião da Festa do Japão, no dia 15 de Junho. Por ocasião da celebração do 470º aniversário da Chegada dos Portugueses ao Japão, esta festa será de suma importância. O programa desta edição conta com várias expressões da cultura japonesa que poderão ser experienciadas por todos os visitantes. Este evento tem-se revelado de suma importância para comunidade civil e empresarial japonesa em Portugal, pelo que na edição de 2012 recebeu cerca de 4000 visitantes. Pequeno-almoço/Debate: Novidades nas relações entre o Japão e Portugal - do ponto de vista de uma maior intercâmbio de negócios 27 de Junho Altis Park Hotel A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa convida V. Exa. a participar neste pequenoalmoço/ debate que terá como tema as Novidades nas Relações entre o Japão e Portugal e contará com a presença do Exmo. Senhor Kazuhiro Fujimura, Ministro da Embaixada do Japão, como orador. Esta temática tem por objetivo o esclarecimento das questões de intercâmbio de negócios entre os dois países no sentido de ajudar os exportadores portugueses a melhor entender o mercado nipónico nos vários sectores de atividade. Este evento terá lugar no dia 27 de Junho, pelas 9h00, no Altis Park Hotel. Teremos muito gosto em contar com V. Exa., considerando que esta temática poderá que ser de grande valia, tendo em conta os desafios que a economia atual nos coloca diariamente. Nova Legislação Laboral: Inove 19 de Setembro Instalações da CCILJ Credores e Estado: Resp. de Gerentes e Administradores 31 de Outubro Instalações da CCILJ Brevemente iremos divulgar mais informações acerca dos eventos em epigrafe. Fique atento a mais informações em ou Se desejar receber mais informações acerca de qualquer uma das atividades acima referida, por favor, contacte-nos: Página 6

7 NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-JAPONESA Curso de Iniciação ao Japonês Setembro de 2013 A CCILJ irá iniciar um novo Curso de Iniciação ao Japonês em Setembro em data a definir. Após duas edições de Cursos de Japonês durante o ano corrente, voltamos a apostar nesta iniciativa que muito nos apraz dizer tem tido bastante sucesso entre associados e não associados. Brevemente iremos divulgar mais informações através nosso website e facebook oficial: e Missão Comercial ao Japão 3º Semestre 2013 Já pensou em exportar para o Japão? A CCILJ, durante o ano de 2013, irá novamente levar a cabo esta iniciativa que visa contribuir e promover as relações comerciais entre as empresas portuguesas e japonesas. É no âmbito de uma possível criação de oportunidades comerciais entre ambos os países, que a CCILJ espera que esta seja mais uma missão de sucesso e que tudo corra de feição. Prevemos realizar uma Missão Comercial ao Japão, entre Outubro/Novembro do ano corrente. Brevemente, divulgaremos mais informações. Balança Comercial Conversor de Moedas Yen Euro 1 0,00767 Euro Yen 1 130,39 Data da conversão: 4 de Jun.. Fonte: INE e Banco de Portugal via AICEP Página 7 Nota: Mais dados na página seguinte

8 Página 8

9 NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-JAPONESA OPORTUNIDADES COMERCIAIS Serviço de distribuição no Japão para firmas estrangeiras Número de Proposta Tipo de Negócio Serviços Oferta - Sales Agent Categoria da Proposta Various booking and arrangement businesses 5203 Research and information agency businesses 5401 Management, sales etc. consulting País/área Tokyo, Japão Vinhos Italianos (Tinto e Branco) Número de Proposta Tipo de Negócio - Exportação/ Importação de produtos/ partes Oferta - Compra de produtos/partes Categoria da Proposta 0105 Alcoholic beverages País/área Tochigi, Japão FEIRAS Builders & Remodelers Show to in Asia / Japan / Tokyo Exposição: Housing equipment and facilities, building materials, interior/exterior materials, house remodelling materials and components, security system, etc. N.º de Expositores em 2012: 167 9th PHARMA PACK - Int'l Pharmaceutical Packaging Machinery & Materials Expo to in Asia/ Japan/ Tokyo Exposição: All kinds of packaging machinery, materials and containers for the pharmaceutical, cosmetics and detergent industry. N.ºde Expositores em 2012: 891 JFW International Fashion Fair to in Asia/ Japan/ Tokyo Exposição: Ladies' Wear, Men's Wear, Children's & Babies' Wear, Inner Wear, Legwear, Leather & Fur Clothing, Bag, Shoes, Accessory, Display, Information. N.ºde Expositores em 2012: 827 INTER-FOOD JAPAN The 5th Food Business Support EXPO to in Asia/ Japan/ Tokyo Exposição:Beverage(Alcohol/Soft drink),food(agricultural/ livestock products/marine products/processed food/ noodles/dessert/seasoning), kitchen facilities/kitchen utensil, tableware, uniform, etc. N.ºde Expositores em 2012: 763 The 4rd Franchise & Opening support EXPO to in Asia/ Japan / Tokyo Exposição: The franchisers (food, beverage, retails, service). N.ºde Expositores em 2012: 763 Japan Jewellery Fair to in Asia/ Japan/ Tokyo Exposição: Jewellery & Jewellery Related Business. N.ºde Expositores em 2012: 394 (including : 51 foreign exhibitors) Tecnologia para bomba de pressurização e centrífuga Número de Proposta Tipo de Negócio Exportação/ Importação de produtos/ partes Oferta - Fornecimento de Know-how Categoria da Proposta 2709 Other industrial machineries País/área Shimane, Japão Pasta de soja, Molho de soja, bases para sopas Número de Proposta Tipo de Negócio - Exportação/ Importação de produtos/ partes Oferta - Compra de produtos/partes Categoria da Proposta Processed vegetables, fruit and nuts (dried, canned, etc. including seasonings 0109 Other processed foods. País/área - Toyama, Japão Caso esteja interessado em visitar ou participar em alguma Feira no Japão e necessite da nossa orientação, por favor, não hesite em contactar-nos: Página 9

10 Notícias dos Associados MSC reforça presença no Porto de Sines com 3 novos serviços diretos semanais A MSC Mediterranean Shipping Company SA, o segundo maior operador mundial no transporte marítimo de carga contentorizada e o primeiro em Portugal, atinge 15 escalas semanais em Sines e reforça a sua presença no nosso país, com a criação de três novos serviços diretos semanais, a partir do Porto de Sines (Terminal XXI). Com estes três novos serviços a MSC passa a oferecer 15 (quinze) escalas semanais em Sines, ligando diretamente o Terminal XXI do Porto de Sines a todos os principais mercados de exportações e de importação de Portugal. Os novos serviços terão início na primeira semana de Junho e são provenientes da Turquia (com destino ao Norte da Europa), Canadá (com destino ao Mediterrâneo) e Extremo Oriente (com destino ao Extremo Oriente). Este reforço da presença da MSC no mercado nacional representa uma melhoria considerável nos tempos de trânsito destas origens e para estes destinos, beneficiando, por conseguinte, os clientes importadores e exportadores nacionais. Festival de Cannes: a Air France e o cinema A bordo dos voos de longo curso, propomos-lhe uma ampla selecção de filmes recentes, franceses e internacionais. Com 85 filmes seleccionados todos os meses (100 no A380) e emitidos nos ecrãs que equipam a nossa frota, o céu transforma-se numa verdadeira tela de cinema! Assim, poderá em breve descobrir a bordo o filme apresentado na abertura do Festival de Cannes: O Grande Gatsby. Sociedade Agrícola de Pias: primeiro concurso de Primeira medalha de ouro! A Sociedade Agrícola de Pias participou pela primeira vez no Challenge International du Vin. Este concurso é a maior competição francesa, que conta anualmente com cerca de vinhos a concorrer, originários de mais de 30 países. O resultado foi a primeira medalha de Ouro para a S.A. Pias e logo para o emblemático Encostas do Enxoé - Reserva As portas estão abertas para um excelente 2013! Kaizen ajuda Oliveira & Irmão na conquista de novos mercados A intervenção do Kaizen Institute na Oliveira & Irmão (OLI) permitiu um aumento de 40 por cento na capacidade de desenvolvimento de novos produtos e redução também em 40 por cento do valor do EBITDA anual no capital investido em stocks. Estes foram dois dos pilares que sustentaram o crescimento das exportações e a continuidade de investimento em inovação, estimado em cerca de 1,2 milhões de euros para Presente em cerca de 40 mercados de todo o mundo, a OLI, inovadora na produção de autoclismos e componentes sanitários, iniciou uma parceria com o Kaizen Institute em 2007 com o objectivo de aumentar a produtividade e reduzir desperdícios. Feito o diagnóstico, a intervenção do Kaizen na empresa de Esgueira (Aveiro) passou pela optimização das linhas de produção, o que implicou a redução do tempo de paragem da produção e a reorganização do chão de fábrica, com implicações mensuráveis na atividade económica. Pioneira em várias soluções na sua área como a criação, há 20 anos, do sistema de dupla descarga (que adequa o volume de descarga à necessidade, com ganhos ambientais e económicos), a OLI pôde assim continuar a investir em inovação e desenvolvimento. Este ano, a companhia espera entrar em novos mercados como o Brasil, o México, o Uruguai e a Rússia, que se juntarão aos cerca de 40 países em que já comercializa os seus produtos. Com perto de 350 colaboradores, a OLI fechou o ano de 2012 com uma faturação de cerca de 44 milhões de euros. Página 10

11 Página 11

12 NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-JAPONESA Workshop de SUSHI no SushiCafé Avenida - Próximo dia 6 de Julho Se o Sushi é para si um mistério, venha participar num dos nossos Workshops, com o nosso Chef Daniel Rente. - Introdução à Cultura Japonesa - Corte de peixe No final os participantes serão convidados para a degustação do sushi confeccionado. - Preparação do arroz de Sushi - Preparação de ingredientes - Elaboração de temakis (cones de suhi) - Elaboração de Makis e Hosomakis (rolos de sushi) Duração: das 11h00 às 14h30 Para mais informações: - ou pelo Deixe-se levar pelos sabores que só a cozinha Japonesa lhe consegue dar! TRADUÇÕES/ INTÉRPRETES JAPONÊS/ PT E PT/ JAPONÊS A CCILJ tem ao seu dispor um serviço de tradução e intérprete realizados por profissionais experientes: Japonês / Português e Português / Japonês. Para mais informações, por favor, contacte-nos: CURSOS DE JAPONÊS E PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS Gostava de dizer mais do que apenas Arigato? A CCILJ promove ao longo do ano vários cursos de iniciação à língua japonesa nas instalações da Câmara, com professores nativos e altamente qualificados! Organizamos também para as empresas como Língua estrangeira! cursos de Português Não hesite em contactar-nos, teremos o maior prazer em analisar as vossas necessidades e apresentar a melhor solução par a sua empresa! CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA Rua Artilharia 1, Lote 104, 5º Esq., Lisboa Tel.: Fax.: ou Website: SOBRE NÓS A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa, fundada em 1971, é uma associação que tem como missão promover e facilitar as relações económicas entre Portugal e o Japão junto das instituições japonesas e demais agentes económicos a quem competem estas operações no mercado. O programa de atividades a que nos propomos centra-se na promoção do desenvolvimento das relações comerciais, industriais, financeiras, técnicas, tecnológicas, científicas, profissionais e turísticas entre os dois países, assim como no aumento decisivo das exportações de Portugal para o Japão. Para saber mais, por favor, aceda o nosso website em FICHA TÉCNICA Presidente: Dr. Nelson Faria de Oliveira; Secretária-Geral: Andreia Brízido; Apoio: Carina Teixeira Proprietário: Câmara de Comércio e Indústria Luso-Japonesa Página 12 Sede de Administração: Rua da Artilharia Um, 104 5º Esq., Lisboa Tel.: / Fax.:

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP AIMINHO Braga, 24 de Outubro, 2014 1 P a g e Distintas Entidades aqui presentes, Senhores Empresários, Minhas

Leia mais

NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA

NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA NEWSLETTER CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO JAPONESA ポルトガル 日 本 商 工 会 議 所 Pontos de Interesse Especiais: - Entrevista: Regus - Novo Parceiro: Portugal Industry - Portugal Exportador 2013 EDITORIAL 3º

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA

MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA 03 A 06 DE NOVEMBRO DE 2008 RELATÓRIO FINAL MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA 03 A 06 DE NOVEMBRO DE 2008 1. Introdução À semelhança de iniciativas anteriores, a Nersant organizou

Leia mais

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho Roadshow Portugal Global Lisboa Opening Remarks Julho 15, 2015 Lisboa Miguel Frasquilho Presidente do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Senhores Empresários, Distintas Entidades aqui presentes,

Leia mais

1. Procedimento de Selecção de Mediadores de Conflitos para Prestar Serviço no Sistema de Mediação Laboral em Portugal Continental

1. Procedimento de Selecção de Mediadores de Conflitos para Prestar Serviço no Sistema de Mediação Laboral em Portugal Continental 1 de 8 Nº 03/2011 Março Bem-vindo à newsletter do GRAL. Caso pretenda aceder ao detalhe das notícias ou aos artigos clique sobre o título. Se desejar mais informações sobre os meios de resolução alternativa

Leia mais

FACIM Feira Internacional de Maputo

FACIM Feira Internacional de Maputo FACIM Feira Internacional de Maputo 50ª Edição 25 a 31 de Agosto de 2014 1. Sobre a FACIM Feira Internacional de Maputo A FACIM é uma feira multisetorial com periodicidade anual, e constitui o maior evento

Leia mais

ALIMENTAÇÃO & BEBIDAS. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa

ALIMENTAÇÃO & BEBIDAS. AEP - Associação Empresarial de Portugal. Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa ALIMENTAÇÃO & BEBIDAS AEP - Associação Empresarial de Portugal Direcção de Serviços às Empresas - Internacionalização e Promoção Externa FEIRA GULFOOD & HOTEL EQUIPMENT DUBAI E.A.U 21 A 24 DE FEVEREIRO

Leia mais

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5 Tema de pesquisa: Internacional 25 de Setembro de 2012 Revista de Imprensa 25-09-2012 1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1 2. (PT) - Jornal de Negócios - Negócios Mais, 25/09/2012, Bluepharma

Leia mais

Calçado português reforça aposta no mercado alemão

Calçado português reforça aposta no mercado alemão Calçado português reforça aposta no mercado alemão O mercado alemão é uma prioridade estratégica para a indústria portuguesa de calçado. Por esse motivo, a presença nacional na GDS, o grande evento do

Leia mais

2014-2015 PROGRAMA DE ACTIVIDADES

2014-2015 PROGRAMA DE ACTIVIDADES 2014-2015 PROGRAMA DE ACTIVIDADES Índice OBJETIVOS... 3 I Crescimento da CCILJ... 3 II Fortalecimento da Marca... 3 III Comunicação... 3 ACTIVIDADES A DESENVOLVER... 4 I Crescimento da CCILJ... 4 1. Angariação

Leia mais

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015 Missão Empresarial EUA Flórida 21 a 26 de Março 2015 Apoiamos empresas a ter sucesso nos mercados internacionais Sobre nós Na Market Access prestamos serviços de apoio à exportação e internacionalização.

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

PLANO DE FEIRAS E MISSÕES EMPRESARIAIS 2015

PLANO DE FEIRAS E MISSÕES EMPRESARIAIS 2015 2015 1. INTRODUÇÃO O acesso a novos mercados e o aumento da base económica de exportação são determinantes para o reforço da competitividade do tecido empresarial dos Açores. Atividades de apoio às empresas

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Missão Empresarial à China

Missão Empresarial à China Missão Empresarial à China Fornecedores do setor automóvel Xangai e Pequim 9 a 14 de setembro de 2013 Atualização Enquadramento A previsão do Governo Chinês emitida em Janeiro deste ano estima que em 2013

Leia mais

A importância da internacionalização no desenvolvimento de base tecnológica e industrial de defesa nacional

A importância da internacionalização no desenvolvimento de base tecnológica e industrial de defesa nacional A importância da internacionalização no desenvolvimento de base tecnológica e industrial de defesa nacional Lisboa, 25 de Janeiro de 2013 A crescente influência dos Estados nas economias emergentes. A

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012 A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Porto, 25 de Setembro de 2012 A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial,

Leia mais

Serviço Grupagem Aérea para Luanda, agora também disponível com saídas do Porto nos voos de fimde-semana

Serviço Grupagem Aérea para Luanda, agora também disponível com saídas do Porto nos voos de fimde-semana Número 11 6 de Julho 2010 Serviço Grupagem Aérea para Luanda, agora também disponível com saídas do Porto nos voos de fimde-semana Para mais informações contacte-nos através do email comercial.africa@rangel.com

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial, cuja Atrair investimento

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO Cidade do México - 27 a 31de Outubro de 2014 COM GARANTIA DE SUCESSO Saiba mais na pág. 5 MÉXICO O México, oficialmente Estados Unidos Mexicanos, é uma república constitucional

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015 CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA UMA UNIÃO EUROPEIA MAIS FORTE 22 de junho de 2015 A União Europeia deve contar com um quadro institucional estável e eficaz que lhe permita concentrar-se

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO Alocução de Sua Excelência Kay Rala Xanana Gusmão Primeiro-Ministro da República Democrática de Timor-Leste por ocasião da Primeira Conferência

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015 Desafios da Internacionalização O papel da AICEP APAT 10 de Outubro, 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA COMPETITIVIDADE

Leia mais

Gabinete do Presidente

Gabinete do Presidente Mensagem de Sua Excelência o Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste, Vicente da Silva Guterres, por ocasião do 64.º Aniversário da República Popular da China Sua Excelência Sr. Embaixador Tian

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS

EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS 1.º Encontro Jovem Produtor de Queijo Serra da Estrela Gouveia, 14 de Dezembro de 2011 Enquadramento A aicep Portugal Global Canais de

Leia mais

Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde

Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde Conferência Internacional Os Regimes Cambiais face aos Desafios da Economia de Cabo Verde (No Âmbito das Comemorações dos 10 Anos da Assinatura do Acordo de Cooperação Cambial) SESSÃO DE ABERTURA Intervenção

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP ENTRE: A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI), com sede na Praça das Indústrias em Lisboa, 1300-307 Lisboa,

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO

POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO POLÍTICA EXTERNA, DEMOCRACIA. DESENVOLVIMENTO GESTÃO do MÍNÍSTRO CEISO AMORÍM NO itamaraty AqosTO 95A DEZEMBRO 94 / FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO Brasília 1995 Tricentenário do nascimento de Alexandre de

Leia mais

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Secretário de Estado do Turismo, Senhores Embaixadores Senhores Representantes

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 3 O ano de 2013 ficará assinalado pela comemoração dos 30 anos da TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, ao serviço dos seus Associados e do Turismo.

Leia mais

Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS

Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS Índice PORTUGAL - BREVE CARATERIZAÇÃO A CIP ATIVIDADE ASSOCIADOS ORGANIZAÇÃO E CONTACTOS Portugal Breve caraterização Portugal Caraterização geral Inserido na União Europeia desde 1986, Portugal é o país

Leia mais

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau)

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial (2007-2009) 2ª Conferência Ministerial, 2006

Leia mais

HELLO CABO VERDE EXPO 2011

HELLO CABO VERDE EXPO 2011 New Bedford, 31 de Janeiro de 2011 HELLO CABO VERDE EXPO 2011 Exposição sobre as Oportunidades de Negócios e Turismo em Cabo Verde New Bedford, MA 27 a 29 de Maio de 2011 OBJECTIVO O objectivo da exposição

Leia mais

MISSÃO DO GRUPO DE TRABALHO

MISSÃO DO GRUPO DE TRABALHO 4 de Agosto de 2011 MISSÃO DO GRUPO DE TRABALHO Apresentar um novo modelo de organização de serviços e organismos do Estado vocacionados para: - Promoção e captação de investimento estrangeiro; - Internacionalização

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS Ficha Técnica Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 1 Reunião de Quadros Kruger Park / 2015: Mensagem Dr. Fernando Dias Nogueira Presidente

Leia mais

NEWSLETTER. Uma nova dimensão Gescar. Uma parceria pelas PME. Buscando a excelência a cada passo ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011

NEWSLETTER. Uma nova dimensão Gescar. Uma parceria pelas PME. Buscando a excelência a cada passo ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011 NEWSLETTER ANO I SETEMBRO-NOVEMBRO 2011 Uma nova dimensão Gescar A Gescar Comunicação existe para dar uma nova dimensão à sua empresa, destacando-a da concorrência e dotando-a de uma identidade única.

Leia mais

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento Your global partner Quem Somos A NewEvents, constituída por profissionais com elevado Know-how, é uma empresa pioneira e especializada na organização, formação e consultoria internacional em Gestão e Marketing

Leia mais

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 II GALA PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 PRAÇA DO COMÉRCIO LISBOA 2015 年 10 月 29 日, 里 斯 本 商 业 广 场, Pátio

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha. Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços

Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha. Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha Publicação, road-show com missão empresarial e outros serviços Promoção das exportações de Portugal para a Alemanha Publicação, road-show com missão

Leia mais

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6.

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. E T-CPLP: Entrevistas sobre a CPLP CI-CPRI Entrevistado: Embaixador Miguel Costa Mkaima Entrevistador:

Leia mais

Contexto Externo. Oportunidades. Ameaças

Contexto Externo. Oportunidades. Ameaças Plano de Ação 2014 Contexto Externo Ameaças Oportunidades Manutenção de uma situação sócio/económica adversa com impacto nas empresas, nomeadamente ao nível da adoção de políticas de redução de efetivos,

Leia mais

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 Alguns factos históricos 1487 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança 1652 Holandeses, ao serviço da Dutch East India Company, instalam-se no Cabo. Colónia

Leia mais

FORUM PARA A COMPETITIVIDADE & CÂMARA DE COMÉRCIO E INDUSTRIA PORTUGUESA

FORUM PARA A COMPETITIVIDADE & CÂMARA DE COMÉRCIO E INDUSTRIA PORTUGUESA FORUM PARA A COMPETITIVIDADE & CÂMARA DE COMÉRCIO E INDUSTRIA PORTUGUESA Seminário Estratégias de Internacionalização da Economia Portuguesa - O que podemos esperar do Tratado Transatlântico (TTIP) A economia

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA

REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA REF: PROJETO EVENTO N.º 02/2011/ CCBPB ENCONTRO EMPRESARIAL DE NEGÓCIOS NA LÍNGUA PORTUGUESA APRESENTAÇÃO A CÂMARA DE COMÉRCIO BRASIL-PORTUGAL BRASÍLIA, associação civil sem fins lucrativos, foi constituída

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

Farmácia: Os novos limites. Realização: Assssoria Técnica Organização

Farmácia: Os novos limites. Realização: Assssoria Técnica Organização Farmácia: Os novos limites Realização: Assssoria Técnica Organização MISSÃO TÉCNICA DE FARMÁCIA O SEBRAE/DF, demonstrando mais uma vez seu comprometimento com o desenvolvimento das micro e pequenas empresas

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Amilcar

Leia mais

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa?

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa? Porque é que o Turismo é essencial para a Economia Portuguesa? 14 milhões de hóspedes Vindos do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Brasil, EUA Num leque de países que alarga ano após ano. 9,2 % do

Leia mais

Brochura GrowUpServices

Brochura GrowUpServices Brochura GrowUpServices 1. O QUE FAZEMOS 1. Quem Somos 03-12-2015 3 1. Quem Somos A GROWUPSERVICES é uma marca da GROWUPIDEAS e que actua na área da consultoria de negócios. Entre os seus sócios acumulam-se

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA Grupo PTV em expansão internacional - também na América do Sul PTV inaugura sua própria filial no Brasil Karlsruhe/São Paulo, 15/10/2015. Os especialistas em transportes do Grupo PTV estão expandindo ainda

Leia mais

Índice 3.1 3.2 6.1 7.1 10. 11. 11.1 12. 1/19

Índice 3.1 3.2 6.1 7.1 10. 11. 11.1 12. 1/19 MEDIA KIT 2015 Índice 1. Perfil Editorial...2 2. Distribuição e Perfil do Leitor...3 3. Iniciativas e Eventos...4 3.1 Prémios Almofariz...5 3.2 Formação Farmácia Distribuição Farma Sessions...6 4. Protocolos

Leia mais

1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas "fogem" para o estrangeiro 1

1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas fogem para o estrangeiro 1 Tema de Pesquisa: Construção 02 de Outubro de 2012 Revista de Imprensa 02-10-2012 1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas "fogem" para o estrangeiro 1 2. (PT) - i, 02/10/2012, Precários lançam

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

Novos rumos para os produtos ibéricos.

Novos rumos para os produtos ibéricos. Novos rumos para os produtos ibéricos. 28 a 30 de Novembro Centro de Convenções -Ceará-Brasil A sua grande oportunidade de exportar para a região que mais cresce no Brasil. A IBERIA EXPO 2012 é uma iniciativa

Leia mais

A Missão da CCILC. Desenvolvimento de redes de contactos de negócio entre Portugal, a China, a Europa e os Países de Língua Portuguesa

A Missão da CCILC. Desenvolvimento de redes de contactos de negócio entre Portugal, a China, a Europa e os Países de Língua Portuguesa A CCILC Criada em 1978, foi a primeira instituição que, de um modo sistemático, auxiliou ao desenvolvimento do relacionamento económico e comercial entre Portugal e a China. Conta com associados e parceiros

Leia mais

Declaração de Princípios.

Declaração de Princípios. POR UMA NOVA ANTRAM MAIS FORTE E INTERVENTIVA Regular o Mercado Fortalecer as Empresas Modernizando e Qualificando o Sector Reforçar o apoio aos associados. Programa eleitoral da Lista A Candidata aos

Leia mais

"É possível levar energia renovável para todos"

É possível levar energia renovável para todos "É possível levar energia renovável para todos" Por Daniela Chiaretti De Nairóbi, Quênia Connie Hedegaard: "Acho que quando temos uma crise global como a que estamos vivendo, é uma oportunidade excelente

Leia mais

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Apresentação O Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de outubro de

Leia mais

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES!

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! INVESTIR NA REPÚBLICA DOMINICANA MISSÃO EMPRESARIAL SETEMBRO 2014 República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! A República Dominicana é conhecida pelas praias,

Leia mais

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA O primeiro requisito para venda de uma empresa, total ou parcialmente, é apresentá-la de forma atraente,

Leia mais

18 de maio, 19h30. Minhas primeiras palavras são de saudação ao colega Ministro Gao Hucheng, que

18 de maio, 19h30. Minhas primeiras palavras são de saudação ao colega Ministro Gao Hucheng, que PALAVRAS DO MINISTRO ARMANDO MONTEIRO POR OCASIÃO DO JANTAR OFERECIDO PELO CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL - CHINA, COM A PRESENÇA DO MINISTRO DO COMÉRCIO DA CHINA, GAO HUCHENG 18 de maio, 19h30. Minhas primeiras

Leia mais

Fevereiro Março Abril Maio Junho. Local: Alemanha Local: Estados Unidos Local: Rússia Local: São Paulo Local: Polônia e Alemanha

Fevereiro Março Abril Maio Junho. Local: Alemanha Local: Estados Unidos Local: Rússia Local: São Paulo Local: Polônia e Alemanha Fevereiro Março Abril Maio Junho AçÕes 2015 Feira Fruit Logistica* SXSW* Fórum de Eficiência Energética APAS 2015 Europa Alemanha Rússia São Paulo Polônia e Alemanha Dias: 4 a 6 FI Dias: 13 a 17 ME Dias:

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Rússia Oportunidades e Dificuldades do Mercado Março 2012 Índice 1. Oportunidades 3 1.1 Comércio 3 1.2 Investimento de Portugal na Rússia 4 1.3 Investimento da Rússia em

Leia mais

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO

CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO CONTRIBUTOS PARA O DISCURSO DO SR. PRIMEIRO MINISTRO EM PORTUGAL ESTRATÉGIA E POLÍTICAS PARA A EMIGRAÇÃO PASSADO: OS PRIMEIROS PASSOS 1 Procura e estabelecimento de um relacionamento profícuo com os países

Leia mais

POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR

POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR POLÍTICAS PARA A EXPORTAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA AGROALIMENTAR Contributos para uma Visão Estratégica Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares A Indústria Portuguesa Agroalimentar

Leia mais

Comece pelo começo, siga até chegar ao fim e então, pare. Alice no País das Maravilhas Lewis Carrol

Comece pelo começo, siga até chegar ao fim e então, pare. Alice no País das Maravilhas Lewis Carrol Comece pelo começo, siga até chegar ao fim e então, pare. Alice no País das Maravilhas Lewis Carrol O Grupo Grandarte nasceu da fusão de várias empresas com áreas de negócio complementares. Para responder

Leia mais

Alianças. vencer. Paulo Malo Em entrevista. HotelPress Substitui compra de jornais. Que futuro para os hotéis portugueses?

Alianças. vencer. Paulo Malo Em entrevista. HotelPress Substitui compra de jornais. Que futuro para os hotéis portugueses? Ano 07 Nº 71 Setembro 2011 Mensal Preço de Capa: 10 (Portugal) A REVISTA DO GESTOR HOTELEIRO Dossier Novas TECNOLOGIAS Em análise Alianças para vencer Que futuro para os hotéis portugueses? 71 + Paulo

Leia mais

MISSÕES EMPRESARIAIS

MISSÕES EMPRESARIAIS EXPORT 2º SEMESTRE 2014 1º SEMESTRE 2015 MISSÕES EMPRESARIAIS ÁFRICA MOÇAMBIQUE ARGÉLIA TUNÍSIA ÁSIA AMÉRICA CHINA PERU EQUADOR CUBA ESTADOS UNIDOS EUROPA POLÓNIA CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3 CUSTOS: MOÇAMBIQUE

Leia mais

Portugal é 4 0. na criação de empresas na

Portugal é 4 0. na criação de empresas na Portugal é 4 0. na criação de empresas na Europa, mas está também no topo do 'ranking' dos países em que as empresas têm maior taxa de mortalidade, soube-se no "VIII Encontro PT Negócios/Diário Económico",

Leia mais

G PE AR I Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação_ e Relações Internacionais. Boletim Mensal de Economia Portuguesa. N.

G PE AR I Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação_ e Relações Internacionais. Boletim Mensal de Economia Portuguesa. N. Boletim Mensal de Economia Portuguesa N.º 9 setembro 211 Gabinete de Estratégia e Estudos Ministério da Economia e do Emprego G PE AR I Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação_ e Relações Internacionais

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais Intervenção de SEXA o Secretário de Estado Adjunto do Ministro

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Vendas Novas - 02 de julho de 2013 aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS CONJUNTOS RELATÓRIO INTERCALAR DE EXECUÇÃO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS CONJUNTOS RELATÓRIO INTERCALAR DE EXECUÇÃO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME PROJECTOS CONJUNTOS RELATÓRIO INTERCALAR DE EXECUÇÃO PROJECTO Nº 16/852 AAC nº02i/si/2010 SI Qualif. PME (Conjuntos / Intern.) POFC ENTIDADE(S)

Leia mais

Assim, a dívida externa bruta é hoje já superior a 200% do PIB!

Assim, a dívida externa bruta é hoje já superior a 200% do PIB! INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO BARROS, NO SEMINÁRIO «COMO EXPORTAR NO CENÁRIO GLOBAL» NO AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA MARIA

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Serviço de Conjuntura Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas

Leia mais

CÂMARA HISPANO PORTUGUESA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA. O melhor aliado para o mercado ibérico

CÂMARA HISPANO PORTUGUESA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA. O melhor aliado para o mercado ibérico O melhor aliado para o mercado ibérico A Câmara Hispano Portuguesa de Comércio e Indústria em Espanha (CHP), com fins não lucrativos, foi criada em 1970 para apoiar as empresas com interesses no Mercado

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas Porto, 28 de Janeiro de 2014 Índice 1. Enquadramento 2. A aicep Portugal Global 3. Produtos e serviços AICEP Enquadramento Enquadramento

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR Prioridades Estratégicas Indústria Portuguesa Agro-Alimentar Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares XI LEGISLATURA 2009-2013 XVIII

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Rússia Oportunidades e Dificuldades do Mercado Fevereiro 2010 Índice 1. Oportunidades 3 1.1 Comércio 3 1.2 Investimento de Portugal na Rússia 4 1.3 Investimento da Rússia

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Serviços de apoio à promoção de talento Web na Europa através do incentivo à utilização

Leia mais

07/01/2009 OJE Economia contrai 0,8% este ano e terá entrado em recessão em 2008 A crise financeira e a recessão mundial vão provocar este ano uma contracção de 0,8% na economia nacional, penalizada pela

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

portugalindustry.com ipad e iphone nos negócios IFTapp

portugalindustry.com ipad e iphone nos negócios IFTapp e iphone nos negócios INFORMAÇÃO As Apps para s e iphones estão a tornar-se cada vez mais populares enquanto ferramentas de negócio junto de uma comunidade de mais de 500 milhões de utilizadores. A título

Leia mais