MAXI PATCH CORDS Patch Cords, Conector e Capa C2

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MAXI PATCH CORDS Patch Cords, Conector e Capa C2"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO À EMPRESA Perfil da Empresa A1-A2 Qualidade Garantida A3-A4 Capacidade de Produção A5-A6 RoHS Concordância & Solução em cabeamento estruturado A7-A8 MAXI CABOS LAN Informações para pedido B2 MAXI Telecom 10G categoria 6A - Solução de cabos de rede B3 Categoria 6A UTP Horizontal / Patch Cables B4 Categoria 6A SSTP (PIMF) Horizontal / Patch Cables B5 Categoria 7 SSTP (PIMF) Horizontal / Patch Cables B6 Categoria 6 UTP Horizontal / Patch Cables B7 Categoria 6 SSTP (PIMF) Horizontal / Patch Cables B8 Categoria 5e UTP Horizontal / Patch Cables B9 Categoria 5e FTP Horizontal / Patch Cables B10 Categoria 5e SFTP Horizontal / Patch Cables B11 Categoria 5 Cabos Horizontais Powersum B12 MAXI PATCH CORDS Patch Cords, Conector e Capa C2 INDICE Cabos Lan Patch Cord Sistemas de Saída na Estação de Trabalho MAXI SISTEMAS DE SAÍDA NA ESTAÇÃO DE TRABALHO Conector RJ-45 Fêmea D2 Conector RJ-45 F Blindado 180º Auto Crimpante D3 Conector RJ-45 F Categoria 6A D4 Conector RJ-45 F Categoria 6 D5 Conector RJ-45 F Categoria 5e D6 Conector RJ-45 F e RJ-45 Macho Auto Crimpante D7 Conector RJ-45 F Categoria 3 D8 Espelho USA D9 Espelhos Modulares & Tomadas de Superfície D10 MAXI PATCH PANELS & GUIA DE CABOS NaviLite Patch Panels E2-E3 Patch Panels Descarregado E4 Patch Panels Blindados Categoria 6a 90º E5 Patch Panels Categoria 6 E6 Patch Panels Categoria 5e E7 Patch Panels 45 / ISDN (Cat 3) VoicePanel E8 Guia de Cabos E9-E10 MAXI ACESSÓRIOS Acopladores F2 Bloco de Distribuição 110 & Guia de Cabo 110 F3 Bloco de Conexão 110 & Abraçadeiras F4 Ferramenta Punch Down & Alicate de Crimpar F5 Adaptador Y para dividir saídas 4 Pares F6 Patch Panels & Guia de Cabos Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico MAXI SISTEMA DE CABEAMENTO ÓPTICO Informação para Pedido G2 Cabos de Fibra Óptica G3-G4 DIO Rack G5 Conectores Ópticos G6 Adaptadores Ópticos G7 Patch Cords Ópticos G8 A1

2 A1 Maxi Telecom Sua melhor escolha Excelência, Inovação, Investimento e Ética. Estes são os pilares que fazem da Maxi Telecom uma marca de destaque em produtos de alta qualidade para sistemas de cabeamento estruturado. Toda nossa linha de produtos são fabricados em regime de O&M com patente requerida e qualidade total assegurada em seus processos de fabricação através dos certificados internacionais de qualidade ISO 9001:2000, UL Listed, ETL Verified, ISO 9002, IECQ, CSA e 3P-Third Party Testing Lab. Toda linha segue as normas EIA/TIA, ISO/ IEC e EN Alem disso, nossos produtos são produzidos conforme as especificações RoHS (Restriction of Hazardous Substances) que restringe o uso de substâncias nocivas ao meio ambiente e aos seres humanos. O que garante a presença dos produtos MAXI Telecom em mais de 50 países, e no Brasil com seus representantes estrategicamente localizados e preparados para prestar um pronto atendimento, suporte e garantia. A1

3 Cabos Lan Patch Cord Perfil da Empresa A Maxi Telecom conta com todo seu parque produtivo certificado pelo ISO 9001 e IECQ desde 1988, em suas fábricas na china e taiwan. Foi o primeiro fabricante asiático com certificação 3P (Third Party Testing) em 2000 e conquistou o prémio Rising Star e Award of Outstanding em Qualidade, atendimento diferenciado, presença em todo o Brasil e garantia plena tem sido as principais metas de nossa cultura corporativa. E a Maxi Telecom continuará a crescer com base nessa cultura e também buscando novos produtos ideais às necessidades do mercado Brasileiro. Maxi Telecom, conquistas significativas: Tecnologia no desenvolvimento de produtos para sistemas de cabeamento estruturado, aprovados e certificados com os selos UL e ETL desde 1995 Desde 1996 fabricando cabos Fast Ethernet e pach cords ópticos. Produtos aprovados pelo mercado Europeu, patenteado e certificados com ISO 9002 e 3P. 10 novas patentes em 2005, consolidando seu DNA competitivo no mercado. Todos os produtos em concordância com a diretriz RoHS desde Em 2007 iniciou a produção para sistemas de cabeamento de cabeamento estruturado. Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico A2

4 A3 Garantia de Qualidade Com rígido sistema de controle de qualidade e reconhecido com a certificação UL em concordância ao padrão ISO 9001:2000. Todos nossos produtos estão dentro das normas internacionais do IEC, FCC e EIA, além de serem certificados pelos selos UL, ETL, CSA e 3P. A MAXI Telecom transmite a todos seus colaboradores e representantes que Qualidade e Eficiência devem sempre estar no mais alto nível. A3

5 Cabos Lan Patch Cord Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico A4

6 A5 Capacidade de Produção Com a mais alta qualidade, os patch cords MAXI Telecom, 6A e 6/5E são produzidos em concordância com todos os padrões TIA / EIA-568 A/B e testados por laboratórios independentes. Há uma variedade de Patch Cords blindados, sem blindagem e de diversos comprimentos. A5

7 Cabos Lan Patch Cord Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico Com 20 anos de tradição na produção de cabos LAN e grande capacidade produtiva a MAXI telecom conta com um time de profissionais que confere aos nossos cabos uma competitividade imbatível no cenário brasileiro. Desenvolvimento de novos produtos e melhoria continua dos processos produtivos, levando mais e melhores soluções para o mercado brasileiro. Essa é nossa visão e aplicação de liderança. A6

8 A7 Concordância RoHS Preocupada com o impacto ambiental com as substâncias de ricso, os produtos MAXI Telecom estão em concordância com a diretriz RoHS (restrição de uso de substâncias de risco) desde janeiro de Em fevereiro de 2003 a União Européia emitiu o procedimento 2002/95/EC relacionada a restrição do uso de substâncias de risco em equipamentos eletro-eletrônicos (RoHS) e também a adoção do procedimento 2002/96/EC. A diretriz RoHS requer que os fabricantes de produtos eletro-eletrônicos eliminem o uso de 6 substâncias prejudiciais ao meio ambiente (chumbo, mercúrio, cádmio, cromo hexavalente, bisfenil polibrominato PBB e éteres de difenil polibrominato). Assim, a MAXI Telecom atende as mais rigorosas exiências mundiais na fabricação de seus cabos, patch cords e componentes para redes. A7

9 A MAXI Telecom fornece um completo sistema de cabeamento estruturado para atender as necessidades dos nossos clientes. Uma série de produtos de alta performance para uma solução completa, de áreas de trabalho às salas de equipamentos e servidores. Todos nossos produtos atendem ou excedem as expecificações da industria internacional de telecomunicações, tais como ANSI, TIA, EIA-568B, ISO/IEC11801 e são certificados pelo selo UL/3P/ ETL, criando sistemas inteligentes de cabeamento estruturado, garantindo a mais alta velocidade na transmissão de voz, dados e imagem. Cabos Lan Patch Cord B Sistemas de Saída na Estação de Trabalho F Fibra Cobre Patch Panels & Guia de Cabos A A Área de Trabalho D F 1 A B C Subsistema Horizontal Sistema de Administração Acessórios D Subsistema Riser F A 1 A E F Backbone Campus Sala de Equipamento Sistema de Cabeamento Óptico E A A8

10 B1 Cabos Lan MAXI 10G Categoria 6A Categoria 6A UTP Horizontal Categoria 6A SSTP(PIMF) Horizontal/Patch Cables Categoria 7 SSTP(PIMF) Horizontal/Patch Cables Categoria 6 UTP Horizontal/Patch Cables Categoria 6 SSTP(PIMF) Horizontal/Patch Cables Categoria 5e UTP Horizontal/Patch Cables Categoria 5e FTP Horizontal/Patch Cables Categoria 5e SFTP Horizontal/Patch Cables Categoria 5/ Categoria 3 Cabos Horizontais B3 B4 B5 B6 B7 B8 B9 B10 B11 B12

11 MAXI-X1 X2 X3 P-X4 X5-XXX6 XX7 MAXI: MAXI LAN Cable X1: Categoria 3: Categoria 3 5 : Categoria 5 E: Categoria 5e EP: Categoria 5e Plus 350MHz 6: Categoria 6 6P: categoria 6 Plus 550MHZ A : Categoria 6 A AP: Categoria 6 A Plus 7: Categoria 7 X2: Blindados / Não Blindados U: UTP (w/o cross) UC: UTP (with cross) UD: UTP Duplex F: FTP S: SFTP P: SSTP/PIMF X3: Cobre H: Cabo Horizontal (Solido) P: Patch Cable (Flexível) P: Par 01: 1 Par 02: 2 Par 04: 4 Par 25: 25 Par 50: 50 Par 100: 100 Par 200: 200 Par X4: Capa A: PVC CM B: PVC CMR C: LSOH D: Teflon CMP E: PE (externo) F: PE+Gel filled (externo) X5: Embalagem R: Reel (carretel) N: Box (caixa) XXX6: Comprimento 100: 100 M 305: 305 M 500: 500 M 1000: 1000 M XX7: Cor WH: Branco RD: Vermelho YL: Amarelo BL: Azul BK: Preto GY: Cinza OR: Laranja Outras cores: disponíveis sob encomenda Cabos Lan Patch Cord Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico A2 B2

12 MAXI Telecom 10G categoria 6 A Solução de cabos de rede Com a experiência adquirida com o passar dos anos, 100Mb/s e mais tarde em 1Gb/s, os padrões foram ratificados e sendo assim nós acreditamos num potencial de 10G no sistema de cabeamento estruturado no mercado global. Essa largura de banda será a peça chave num futuro próximo para muitas aplicações. Portanto será importante investir na já comprovada capacidade de 10G para solução de cabeamento estruturado do tipo par trançado. A solução de cabeamento estruturado 10G cat. 6 A suporta a operação 10G base-t para 100 metros com uma freqüência de até 500 MHz. Categoria 6A 6+1 Channel Test (com Alien Crosstalk) Channel(3 Connector) Near End Component 1: Category 6A Patch Cord (5 m) Component 2: Category 6A Unshielded Keystone Jack Component 3: Category 6A UTP Horizontal Cable (80 m) 100 m Cable Bundle 6 Far End Outer Crosstalker 1 4 Inner Victim Component 4: CP (Consolidation Point) Component 5: Category 6A UTP Horizontal Cable (10 m) Component 6: Category 6A Unshielded Patch Panel Component 7: Patch Cable (5 m) 6 Soruce Cable:1~6 Victim Cable: 7 db 100 PS ANEXT MHz db 100 PS AACR-F MHz CARACTERÍSTICAS Fácil instalação e manuseio de cabo com novo formato flexível e compacto. Documentado a estabilidade dessas características (LCL /TCL, ELT CTL) Atenuação reduzida (inserção de perda) A mais alta performance de cabo UTP disponível Fornece largura de banda requerida para multi-midia., ampla faixa de vídeo, vídeo analógico e outras futuras aplicações. Estabilidade nas suas características melhora a performance do cabo e reduz erros de transmissão. Melhora inserção de perda com sinais mais fortes para proporção ruído APLICAÇÕES IEEE GBASE-T 10 Gb/s IEEE BASE-T 1 Gb/s TIA/EIA BASE-TX 1 Gb/s ATM 155 Mb/s 155 Mb/s IEEE BASE-TX 100 Mb/s CDDI 100 Mb/s IEEE BASE-T 10 Mb/s A3 B3

13 Categoria 6 A UTP Horizontal / Patch cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES North American ANSI/TIA/EIA-568-B.2-10 Augmented Categoria 6 UL 444 and CSA C22.2 No International ISO/IEC nd Edition Categoria 6 EU Directive 2002/95/EC (RoHS) Flame Rating Non-plenum-UL 1666, CMR, IEC Patch-UL 1685, CM, IEC LAN CABLE Cabos Lan Patch Cord CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test (teste de faísca): 2000±250 V AC Dielectric Strength: 2500 V DC/3 seconds Resistência de Isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência do Condutor: Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C for Patch Cable Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Isolação APROVAÇÕES Condutor Cross Patch Panels & Guia de Cabos UL/cUL Listed ETL Certified para Categoria 6A UTP cabo Horizontal e patch cable Capa Acessórios CONFIGURAÇÃO 110G Categoria 6A UTP cabo Horizontal, 23 AWGx4P, PVC/LSOH 10G Categoria 6A UTP Patch Cable, 24 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency (MHz) Attention (db/100m) NEXT (db) PSNEXT (db) ACRF (db) PSACRF (db) PSAACRF (db) PSANEXT (db) RL(dB) Solid Stranded Sistema de Cabeamento Óptico * Performance para freqüências além das requeridas por TIA/EIA é somente para informação. Toda performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação para cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes do que para cabo rígido (solid). A4 B4

14 Categoria 6A SSTP(PIMF) Horizontal/Patch cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC e CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2-10 Categoria 6A ISO/IEC CLASS EA, 2nd Edition IEEE 802.3an 10GBase-T IEC CENELEC EN CENELEC EN , CENELEC EN Retardamento de chama de acordo IEC CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: Força Dieléctrica: Resistência de isolação: Resistência do Condutor: 2000±250 V AC para cabo Horizontal; 750±250 V AC para Patch Cable 2500 V DC/3 segundos Min.150 MΩ/Km Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Condutor Isolação Fita-Aluminizada Malha de Cobre Capa APROVAÇÕES UL/cUL Listed 3P Certified ANSI/TIA/EIA 568-B.2-10 Categoria 6A testes de Performance requeridos CONFIGURAÇÃO Categoria 10G SSTP(PIMF) cabo Horizontal, 23 AWGx4P, PVC/LSOH Categoria 10G SSTP(PIMF) Patch Cable, 26 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency (MHz) Attention (db/100m) NEXT (db) PSNEXT (db) ACRF (db) PSACRF (db) PSAACRF (db) PSANEXT (db) RL(dB) Solid Stranded * Performance para freqüências além das requeridas por TIA/EIA é somente para informação. Toda performance é baseada em 100 m (328ft) A atenuação para cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a de cabo rígido (solid). A5 B5

15 Categoria 7 SSTP (PIMF) Horizontal/Patch cable EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, and CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2-10 ISO/IEC CLASS F, 2nd Edition CENELEC EN IEC , CENELEC EN , 2nd Edition para cabo Horizontal IEC , CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC Cabos Lan Patch Cord LAN CABLE CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 1050±250 V AC para cabo Horizontal; 750±250 V AC para Patch Cable Força Dielétrica: 2500 V DC/3 segundos Resistência de isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência do condutor: Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max. 5% para Patch Cable Condutor Isolação Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Fita-Aluminizada APROVAÇÕES UL/cUL Listed 3P Certified Categoria 7, testes de Performance requeridos. Malha de Cobre Capa Patch Panels & Guia de Cabos CONFIGURAÇÃO Categoria 7 SSTP(PIMF) 23 AWGx4P cabo Horizontal, PVC/LSOH Categoria 7 SSTP(PIMF) 23 AWGx4Px2 cabos Horizontais Duplex, PVC/LSOH Categoria 7 SSTP(PIMF) 26 AWGx4P Patch Cable, PVC/LSOH Acessórios Frequency (MHz) Attenuation (db/100m) NEXT (db) PSNEXT (db) RL (db) Sistema de Cabeamento Óptico * Atenuação para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda performance baseada em 100 m (328ft). A performance do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). APLICAÇÕES Voz, T1, ISDN 10BASE-T, 100BASE-T Fast Ethernet (IEEE 802.3) 100 VG - AnyLAN (IEEE802.12), 155/622 Mbps ATM 550 MHz Broadband Video 1000BASE-Tx Gigabit Ethernet A6 B6

16 Category 6 UTP Horizontal/Patch Cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, and CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2-1 Categoria 6 ISO/IEC CLASS E, 2nd Edition CENELEC EN IEC , CENELEC EN para cabo Horizontal IEC , CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 2000±250 V AC para cabo Horizontal 750±250 V AC para Patch Cable Força Dielétrica: 2500 V DC/3 segundos Resistência de Isolação Min. 150 MΩ/Km Resistência do Condutor Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Resistance Unbalance: Max. 2% para cabo Horizontal. Max. 5% para Patch Cable Capa 2 3 Isolação Cross APROVAÇÕES 1 4 Condutor UL/cUL Listed 3P/ETL Certified ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 Categoria 6 teste de segurança / Performance requerida. CONFIGURAÇÃO Categoria 6 UTP cabo Horizontal, 23 AWGx4P, PVC/LSOH Categoria 6 UTP cabo Horizontal, 23 AWGx4P, outdoor Categoria 6 UTP Patch Cable, 24 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency Attenuation NEXT PSNEXT ELFEXT PSELFEXT RL(dB) (MHz) (db/100m) (db) (db) (db) (db) Solid Strandard *Atenuação para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda Performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). APLICAÇÕES 1000BASE-TX Gigabit Ethernet 100BASE-T (IEEE 802.3) 100 VG - AnyLAN(IEEE802.12) Voz, T1, ISDN, 10BASE(IEEE802.3) 155/622 Mbps ATM, 550 MHz Broadband Video A7 B7

17 Categoria 6 SSTP(PIMF) Horizontal/Patch Cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, e CENELEC EN Standards ANSI/TIA/EIA 568-B.2-1 Categoria 6 ISO/IEC CLASS E, 2nd Edition CENELEC EN IEC , CENELEC EN para cabos Horizontais IEC , CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC Cabos Lan Patch Cord CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 1050±250 V AC para cabo Horizontal 750±250 V AC para Patch Cable Força Dielétrica: 2500V DC/3 segundos Resistência de Isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência do Condutor: Max. 6.8 Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Resistance Unbalance: Max. 2% para cabo Horizontal Max. 5% para Patch Cable Condutor Isolação Fita Aluminizada Malha de Cobre Capa Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos APROVAÇÕES UL/cUL Listed 3P/ETL Certified ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 Categoria 6 teste de segurança / performance requerida Acessórios CONFIGURAÇÃO Categoria 6 SSTP(PIMF) cabo Horizontal,23AWGx4P, PVC/LSOH Categoria 6 SSTP(PIMF) Patch Cable,26AWGx4P, PVC/LSOH Frequency Attenuation NEXT PSNEXT ELFEXT PSELFEXT RL(dB) (MHz) (db/100m) (db) (db) (db) (db) Solid Strandard Sistema de Cabeamento Óptico * Atenuação para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda Performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). A8 B8

18 Categoria 5e UTP Horizontal/Patch Cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, e CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2 Categoria 5e ISO/IEC Class D+ 2nd Edition CENELEC EN IEC , CENELEC EN para cabo Horizontal IEC , CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 2000±250 V AC para cabo Horizontal 750±250 V AC para Patch Cable Força Dielétrica: 2500 V DC/3 segundos Resistência de Isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência do Condutor: Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Resistance Unbalance: Max. 2% para cabo Horizontal. Max. 5% para Patch Cable Isolação Condutor APROVAÇÕES Capa UL/cUL Listed 3P/ETL Certified ANSI/TIA/EIA-568-B.2 Categoria 5e testes de performance requeridos. CONFIGURAÇÃO Categoria 5e UTP cabo Horizontal, 24 AWGx4P, PVC/LS0H Categoria 5e UTP cabo Horizontal, 24 AWGx4P, externo Categoria 5e UTP Patch Cable, 24/26 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency Attenuation NEXT PSNEXT ELFEXT PSELFEXT RL(dB) (MHz) (db/100m) (db) (db) (db) (db) Solid Strandard * Performance para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda Performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). APLICAÇÕES 1000BASE-T Gigabit Ethernet 100BASE-T Fast Ethernet (IEEE 802.3), 10BASE-T 100 VG - AnyLAN(IEEE802.12), 155/622 Mbps ATM 550MHz Broadband Video Voz, T1, ISDN A9 B9

19 Categoria 5e FTP Horizontal/Patch Cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, e CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2 Categoria 5e ISO/IEC Class D+ 2nd Edition CENELEC EN IEC , 2nd Edition CENELEC EN para cabo Horizontal IEC , 2nd Edition CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC Cabos Lan Patch Cord CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 850±250 V AC Força Dielétrica: 2500 V DC/3 segundos Resistência de Isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência de Condutor: Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Resistance Unbalance: Max. 2% para cabo Horizontal Max. 5% para Patch Cable Isolação Condutor Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos APROVAÇÕES Cabo Dreno Fita Aluminizada Capa UL/cUL Listed 3P Certified ANSI/TIA/EIA-568-B.2 categoria 5e, testes de performance requeridos. Acessórios CONFIGURAÇÃO Categoria 5e FTP cabo Horizontal, 24 AWGx4P, PVC/LSOH Categoria 5e FTP Patch Cable, 26 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency Attenuation NEXT PSNEXT ELFEXT PSELFEXT RL(dB) (MHz) (db/100m) (db) (db) (db) (db) Solid Strandard Sistema de Cabeamento Óptico * Performance para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda Performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). A10 B10

20 Categoria 5e SFTP Horizontal/Patch Cables EM CONCORDÂNCIA COM PADRÕES ANSI/TIA/EIA, ISO/IEC, and CENELEC EN Standards, ANSI/TIA/EIA 568-B.2 ISO/IEC Class D+ 2nd Edition CENELEC EN IEC , CENELEC EN cabo Horizontal IEC , CENELEC EN para Patch Cable Retardamento de chama de acordo com IEC or IEC CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS Spark Test: 850±250 V AC Força Dielétrica: 2500 V DC/3 segundos Resistência de Isolação: Min. 150 MΩ/Km Resistência do Condutor: Max Ω/100m at 20 C para cabo Horizontal Max Ω/100m at 20 C para Patch Cable Resistance Unbalance: Max. 2% para cabo Horizontal. Max. 5% para Patch Cable Isolação Condutor Fita Aluminizada Capa Malha de Cobre APROVAÇÕES 3P/ETL Certified ANSI/TIA/EIA-568-B.2 Categoria 5e para testes de performance requeridos. CONFIGURAÇÃO Categoria 5e SFTP cabo Horizontal, 24 AWGx4P, PVC/LSOH Categoria 5e SFTP cabo Horizontal, 24 AWGx4P, PE Categoria 5e SFTP Patch Cable, 26 AWGx4P, PVC/LSOH Frequency Attenuation NEXT PSNEXT ELFEXT PSELFEXT RL(dB) (MHz) (db/100m) (db) (db) (db) (db) Solid Strandard * Performance para freqüências além da requerida por TIA/EIA é para informação somente. Toda Performance é baseada em 100 m (328ft). A atenuação do cabo flexível (stranded) é de 1.5 vezes a do cabo rígido (solid). A11 B11

21 Categoria 5 Cabos Horizontais Powersum A categoria de cabos powersum horizontal são projetados para ambas aplicações - backbone e horizontal. Performance de transmissão caracterizada para 100 MHz. CONFIGURAÇÃO Categoria 5 UTP cabo Horizontal, 24 AWG x4p,pvc/lsoh Categoria 5 UTP Patch Cable, 26 AWGx4P,PVC/LSOH Categoria 5 UTP cabos Powersum (25/50/100/200) (Pares disponíveis) APROVAÇÕES UL/cUL Listed 3P Certified ANSI/TIA/EIA-568-A Categoria 5, testes de performance requeridos. APLICAÇÕES 100BASE-T Fast Ethernet (IEEE 802.3), 100 VG - AnyLAN(IEEE802.12) Voz, T1, ISDN Cabos Lan Patch Cord Sistemas de Saída na Estação de Trabalho ESPECIFICAÇÕES D.C. Loop Resistance FL Max. 19 Ω/100m Velocity of Propagation FH Min. 0.66C Patch Panels & Guia de Cabos D.C. Resistance Unbalanced Max. 5% Propagation Delay Max Insulation Resistance Min. 50 MΩ/100m; 500 vdc/60s Delay Skew Max. 400 Mutual Capacitance Capacitance Unbalanced Max pf/100m Max C Mean Impedance Characteristic Impedance 100 Ω +/ Ω +/-15 Acessórios Categoria 3 Cabos Horizontais Powersum Esses cabos são usados para comunicações de voz e dados. Podem ser aplicados com comprimento de bandas até 16 MHz. APROVAÇÕES Sistema de Cabeamento Óptico UL 444, ANSI/TIA/EIA-568-B.2, Cat.3 ISO/IEC EN CONFIGURAÇÃO Categoria 3 UTP cabo Horizontal Categoria 3 UTP Power Sum cabo (25/50/100/200 pares disponíveis) APLICAÇÕES 10 BASE-T Ethernet(IEEE 802.3) 4 Mbps Token Ring(IEEE 802.5) Voz, T1, ISDN A12 B12

22 C1 Patch Cord MAXI Patch cords, conector macho e capa C2

23 Patch Cords Os patch cords Maxi Telecom são montados com 4 pares de fios flexíveis unidos por conectores machos nas duas extremidades. Eles oferecem uma alternativa de alta performance onde crosstalk, EMI ou a distância devem ser consideradas. Nossos patch cords categoria 6A tem performance elétrica garantida para atender ou exceder as especificações de canal do TIA / EIA 568B.2-10, pode suportar velocidades de até 10Gbps. ESPECIFICAÇÕES Standards: TIA/EIA 568-B.2, EN 50173, ISO/IEC Verificações: 3P, UL, ETL Cores Padrão: Cinza, Azul, Vermelho, Verde e Amarelo Conector: 8P8C RJ45, 50µ banho de ouro. Configuração: (T568B+T568B), Crossover (T568A+T568B) ou (T568A+T568A) Cabos Lan Patch Cord INFORMACÃO PARA PEDIDO PART Nø. MAXI-EUA-XXX1MX2-XX3 MAXI-EFA-XXX1MX2-XX3 MAXI-ESA-XXX1MX2-XX3 MAXI-6UA-XXX1MX2-XX3 MAXI-6PA-XXX1MX2-XX3 MAXI-AUA-XXX1MX2-XX3 MAXI-APA-XXX1MX2-XX3 MAXI-7PA-XXX1MX2-XX3 DESCRIÇÃO Cat.5e UTP Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Cat.5e FTP Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Cat.5e SFTP Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Cat.6 UTP Patch Cord, PVC, T568B or 568B, xxx metros, Cor Cat.6 PIMF Patch Cord, PVC, T568B or 568B, xxx metros, Cor Cat.6A UTP Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Cat.6A PIMF Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Cat.7 PIMF Patch Cord, PVC, T568A or 568B, xxx metros, Cor Sistemas de Saída na Estação de Trabalho Patch Panels & Guia de Cabos XXX1: comprimento 005: 0.5 Metro 050: 5.0 Metro 100: 10.0 Metro X2: Wiring A: T568A+T568A B: T568B+T568B X: T568A+T568B XX3: Cor WH: Branco RD: Vermelho BL: Azul YL: Amarelo GN: Verde * Outra cor e comprimento estão todos disponíveis sob encomenda. Conector e Capa (Boot) Nós oferecemos conectores em configurações padrões para terminações modulares em aplicações de patch e estações de trabalho. O gerenciador de par integrado optimiza a performance e consistência, reduzindo distorção no conector. Conector blindado fornece patch para aterramento. É fornecido em uma variedade de comprimentos e cores para se adequar as exigências dos mesmos. ESPECIFICAÇÕES Acessórios Sistema de Cabeamento Óptico Housing & Insert: PC, UL 94V-0 Contatos: Fosforo - bronze, banho de ouro sobre nickel. A capa é projetada para proteger o conector RJ45 macho e o cabo. Para uso somente com conectores macho de 8 posições. Em concordância com os requisitos TIA e ISO para performance de componente. A2 C2

MAXI PATCH CORDS Patch Cords, Conector e Capa C2

MAXI PATCH CORDS Patch Cords, Conector e Capa C2 INTRODUÇÃO À EMPRESA Perfil da Empresa A1-A2 Qualidade Garantida A3-A4 Capacidade de Produção A5-A6 RoHS Concordância & Solução em cabeamento estruturado A7-A8 MAXI CABOS LAN Informações para pedido B2

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38 Página Patch Panel Patch Panel cat. 6 32 P. Modular 48 portas em 1UR cat.6 32 Patch Panel Modular descar. 24 portas 33 Voice Panel 1UR 50 Portas 34 Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

TEKA ELECTRONICS 81 UTP

TEKA ELECTRONICS 81 UTP 81 UTP CABO U/UTP CAT 5e Cabo com performances até os 100MHz (ANSI/TIA/EIA-568-C2), frequentemente utilizado para redes de voz e dados (100Mbit/s e Gigabit Ethernet). Pares em CCA sólido: 0,51mm (24AWG)

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P CABO GIGALAN AUGMENTED CAT. 6A F/UTP 23AWGX4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS CABLING CABOS 04 CONECTORES 05 PATCH PANEL 19 06 ACESSÓRIOS 07 02 CABLING CABLAGENS DE COBRE O EIA/TIA 568, de 1991, foi o primeiro padrão americano para os sistemas de cableamento estruturado. Em 1995,

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4 P CAT. 6 F/UTP Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5)

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5) ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5) Os patch cords, line cords ou cordões têm como função a interligação entre o equipamento do usuário

Leia mais

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir ADAPTER CABLE M8v CATEGORIA 5 ENHANCED Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 5e), para

Leia mais

DECA 10. Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14

DECA 10. Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14 Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14 Ferramenta de Inserção sem Impacto 15 Conector Categoria 6A 16 Patch Panel Descarregado 24 portas Deca10 17 Cabo 4 pares trançados F/FTP 17

Leia mais

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabeamento Estruturado Cabos Montados Conectores DIO Racks FTTx Acessórios Conteúdo Geral A família

Leia mais

Gigaband - Cat6. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector GigaBand Categoria 6 21. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand Cat.

Gigaband - Cat6. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector GigaBand Categoria 6 21. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand Cat. Gigaband - at6 Página abos para Redes an abo AN U/UTP Gigaband - ategoria 6 20 onectores RJ45 Tipo Keystone Jacks onector GigaBand ategoria 6 21 Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand at. 6 22

Leia mais

Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203

Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203 Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203 1 REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES Introdução O sistema de Telecomunicações constará alimentação dos pontos de comunicação

Leia mais

FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e

FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, em conformidade com os requisitos estabelecidos na Norma ANSI/TIA/EIA-568B.2

Leia mais

Categoria 6 Aumentada: Standards Update. Dr. Paulo S. Marin, Eng. Cabling Specialist Engineer paulo_marin@paulomarinconsultoria.eng.

Categoria 6 Aumentada: Standards Update. Dr. Paulo S. Marin, Eng. Cabling Specialist Engineer paulo_marin@paulomarinconsultoria.eng. Categoria 6 Aumentada: Standards Update Dr. Paulo S. Marin, Eng. Cabling Specialist Engineer paulo_marin@paulomarinconsultoria.eng.br 1 Resumo A nova norma, em desenvolvimento, ANSI/TIA/EIA-568-B.2-10

Leia mais

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Patch Cord Tipo RJ-45 - RJ45 - CATEGORIA 5 Modelo: D8AU Patch Cord com comprimento aproximado de xx metros, com conectores modulares de 8 posições

Leia mais

MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM

MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM Características Gerais Descritivo: - Modelo TK 1002B - Condutor de cobre nu, coberto por polietileno. - Os condutores são trançados em pares, 04 pares 24 AWG. -

Leia mais

Megaband - Cat 5e. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector MegaBand categoria 5e 27. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat.

Megaband - Cat 5e. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector MegaBand categoria 5e 27. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat. Megaband - at 5e Página abos para Redes an abo AN UTP at 5e 26 onectores RJ45 Tipo Keystone Jacks onector MegaBand categoria 5e 27 Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat.5e 28 Patch ord Patch

Leia mais

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan RoHS Compliant Categoria 6 U/UTP (não blindado) PVC (CM/CMR) Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

diagrama de ligações, relatórios emitidos pelo Analisador de Cabos

diagrama de ligações, relatórios emitidos pelo Analisador de Cabos ESPECIFICAÇÔES TÉCNICAS 1 CABEAMENTO HORIZONTAL Instalação da rede para padrão T568B constituída de 466 (quatrocentos e sessenta e seis) pontos, devidamente identificados, conforme localização definida

Leia mais

Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A

Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A patch panel, blocos de conectores, patch cords e tomadas RJ45 335 73 335 76 Conector cat. 6a FTP blindado 517 82 327 78 6602 09 6602 13 765 99 Patch panels de montagem

Leia mais

Cabeamento estruturado para ambientes industriais

Cabeamento estruturado para ambientes industriais Cabeamento estruturado para ambientes industriais Linha de produtos MultiLan / GigaLan Conhecendo os produtos... Conhecendo os ambientes... Ferrovias Armazéns... Frigoríficos Mineradoras... Terminais portuários

Leia mais

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto FASTLAN Construção Categoria 6 F/UTP (blindado) PVC/TPU - CM/CMX Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

Conexão RJ45 LCS² KeyStone Cat. 5e / Cat. 6

Conexão RJ45 LCS² KeyStone Cat. 5e / Cat. 6 Conexão RJ45 LCS² KeyStone Cat. 5e / Cat. Referências : 33 / 33 / 338 / 33 ÍNDICE.. 3. 3. 3. 3.3 3.4 4. 5.. 7. 7. 8. 9. 0. Características Apresentação Características Técnicas Características do Material

Leia mais

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan RoHS Compliant Categoria 6 U/UTP (não blindado) PVC (CM/CMR) Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

GIGALAN STD CAT.6 U/UTP 24AWG X 4P

GIGALAN STD CAT.6 U/UTP 24AWG X 4P GIGALAN STD CAT.6 U/UTP 24AWG X 4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan RoHS Compliant Categoria 6 U/UTP (não blindado) CM,CMR Características Gerais Descritivo Ambiente de Instalação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO OBRA: ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONALIZANTE PROJETO PADRÃO PROPRIETÁRIO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Na comunicação de dados são usados muitos tipos diferentes de meios de transmissão. A escolha correta dos meios de transmissão no projeto

Leia mais

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 4 4. CABEAMENTO ESTRUTURADO- PARTE II Cada nível do subsistema estudado no capítulo anterior foi regulamentado por normas que visam padronizar

Leia mais

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 1

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 1 Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 1 Conteúdo CABOS METÁLICOS SÓLIDO COMPONENTES DE UMA REDE CABOS ELETRÔNICOS INTERCONEXÃO E CROSS-CONNECT CABOS METÁLICOS E ACESSÓRIOS PONTO DE CONSOLIDAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Departamento de Compras e Licitações - DCL Campus Universitário Trindade Florianópolis SC CEP 88.040-900 CNPJ/MF n 83.899.526/0001-82 Telefone

Leia mais

Cabeamento Blindado MÁRCIO MATOSO DE CASTRO

Cabeamento Blindado MÁRCIO MATOSO DE CASTRO Cabeamento Blindado MÁRCIO MATOSO DE CASTRO AGENDA CONCEITOS CARACTERÍSTICAS DE UMA REDE BLINDADA CABOS BLINDADOS FURUKAWA PARÂMETROS ELÉTRICOS ESPECIAIS NOVA GERAÇÃO DE CABOS CONCEITOS A EMI é um problema

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE CABEAMENTO ESTRUTURADO ÍNDICE 1 Informativos gerais 2 Especificações e Tabelas

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS

GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS 2011/2012 Institucional A Nexans, líder mundial na fabricação de cabos, possui presença industrial em 40 países e atividade comercial em todo o mundo, contando

Leia mais

Especificação técnica. Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz

Especificação técnica. Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz DO - DIRETORIA DE OPERAÇÃO GRP - GERÊNCIA REGIONAL DE PAULO AFONSO SPTL- SERVIÇO DE TELECOMUNICAÇÕES DE PAULO AFONSO Especificação técnica Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz ET-SPTL-006-novembro/2013

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PARA INSTALAÇÃO DE CABEAMENTO DE REDE LÓGICA

MEMORIAL DESCRITIVO PARA INSTALAÇÃO DE CABEAMENTO DE REDE LÓGICA MEMORIAL DESCRITIVO PARA INSTALAÇÃO DE CABEAMENTO DE REDE LÓGICA 1. ESCOPO DO DOCUMENTO Este documento apresenta o memorial descritivo relativo ao projeto de Cabeamento lógico no Centro Municipal de Saúde

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Cabeamento Estruturado

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE 1 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Cabeamento estruturado é a disciplina que estuda a disposição organizada e padronizada de conectores e meios

Leia mais

Catálogo de Produtos. Marca de primeira categoria para cabeamento metálico

Catálogo de Produtos. Marca de primeira categoria para cabeamento metálico Catálogo de Prs Marca de primeira categoria para cabeamento metálico NSA HISTÓRIA Tudo começou em 1947, quando a PLP - PREFORMED LINE PRODUCTS foi fundada em Cleveland, Ohio, EUA. Atuando nos segmentos

Leia mais

Noções de Cabeamento Estruturado Metálico

Noções de Cabeamento Estruturado Metálico Noções de Cabeamento Estruturado Metálico Roteiro Parâmetros elétricos Cuidados com cabos metálicos Normas 568 / 606 Elementos do cabeamento estruturado Cabeamento Embora pareça uma questão simples, um

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2

SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2 SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Norma EIA/TIA 568... 2 1.2.1 568A... 2 1.2.2 568B... 3 1.3 Teste dos cabos... 4 1.4 Categoria de Cabos... 5 1.5 Conectores...

Leia mais

Infraestrutura de Redes

Infraestrutura de Redes Infraestrutura de Redes Apresentação 01: Conceitos de Cabeamento Estruturado Prof. João Paulo Just - http://just.pro.br 1 Conceitos de Cabeamento Porque? Anteriormente: serviços como sistemas de alarmes,

Leia mais

-568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica cabeamento estruturado

-568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica cabeamento estruturado - Norma EIA/TIA 568A e 568B Padrões T 568A e T 568B -568B.1 Requisitos gerais - EIA/TIA 568B (julho/2001) -568B.2 Cabeamento de par trançado de 100 ohms -568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica

Leia mais

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO:

QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: CABEAMENTO DE REDE QUANDO TRATAMOS SOBRE MEIOS DE TRANSMISSÃO, DEVEMOS ENFATIZAR A EXISTÊNCIA DE DOIS TIPOS DESSES MEIOS, SENDO: MEIO FÍSICO: CABOS COAXIAIS, FIBRA ÓPTICA, PAR TRANÇADO MEIO NÃO-FÍSICO:

Leia mais

GBC066 Arquitetura de Redes TCP/IP Lab. 01 Crimpagem de Cabos UTP/STP

GBC066 Arquitetura de Redes TCP/IP Lab. 01 Crimpagem de Cabos UTP/STP GBC066 Arquitetura de Redes TCP/IP Lab. 01 Crimpagem de Cabos UTP/STP 01. OBJETIVOS Discrimina-se abaixo os objetivos principais deste laboratório: confeccionar Cabo UTP (corte do cabo; alinhamento dos

Leia mais

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX

Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Cabo SOHOPLUS U/UTP CAT 5e 24 AWGX4P CMX Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção SOHOPLUS RoHS Compliant Categoria 5e U/UTP (não blindado) PVC - CMX Jm Características Gerais Descritivo

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 29 de julho de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1. Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio GETS, sendo

Leia mais

Prof. Tiago Semprebom. 13 de Abril de 2010

Prof. Tiago Semprebom. 13 de Abril de 2010 Testes de Certificação Prof. Tiago Semprebom Instituto Federal de Santa Catarina, Campus São José tisemp@ifsc.edu.br 13 de Abril de 2010 Prof. Tiago (IFET/SC) Cabeamento Estruturado 13 de Abril de 2010

Leia mais

Camada Física Camada Física Camada Física Função: A camada Física OSI fornece os requisitos para transportar pelo meio físico de rede os bits que formam o quadro da camada de Enlace de Dados. O objetivo

Leia mais

Patch Panel & Keystone Jack (Cat5e)

Patch Panel & Keystone Jack (Cat5e) Este manual descreve como instalar os Patch Panels (modelos: 51.024) e Keystone Jacks (modelos: 31.090-WH, 31.090-BK e 31.090-IV) Categoria 5e da Gts Telecom. Apresenta como realizar a crimpagem, testes

Leia mais

UNSINCROTEL (9274) ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES LTDA 0 261,1800 1

UNSINCROTEL (9274) ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES LTDA 0 261,1800 1 Objeto da Compra: de Preços: PREÇOS 40/2015 Nº: 40/2015 Página: 1/8 1Pacote propagante de vinculação níquel de 100 elétrica de chama, ouro, Conectores com para possuir as veias RJ45 proteção vias Especificação

Leia mais

Nome : Empresa : Cargo : Endereço : Telefone : FAX: E-mail : Site :

Nome : Empresa : Cargo : Endereço : Telefone : FAX: E-mail : Site : Nome : Empresa : Cargo : Endereço : Cidade: CEP: Telefone : FAX: E-mail : Site : Assinatura Local e Data IMPORTANTE: Preencher os dados completos e em letra legível pois, em caso de aprovação, as informações

Leia mais

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Projeto e Instalação Prof. Deivson de Freitas Introdução Nenhuma área de tecnologia cresceu tanto como a de redes locais (LANs) A velocidade passou de alguns

Leia mais

REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL

REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL SISTEMA DE RACK FECHADO 44U E ACESSÓRIOS Rack Fechado 44 U Padrão 19 Rack modelo gabinete com altura máxima de 44U; Estrutura básica em perfis de alumínio estrudado;

Leia mais

Capítulo 4 - Testes de Cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 4 - Testes de Cabos. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 4 - Testes de Cabos 1 Fundamentos - Ondas As ondas são importantes no estudo das redes, pois são elas que transmitem as informações, utilizando meios de cobre, fibra óptica ou o ar. As ondas são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2015

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2015 1 de 27 29/05/2015 14:22 Pregão Eletrônico 70017.172015.18983.4661.3574721094.538 PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Ata de Realização do Pregão

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO III PROJETO BÁSICO DE INSTALAÇÃO DE CABEAMENTO PARA REDE LOCAL DE MICROCOMPUTADORES 1.Objetivo Este projeto tem por objetivo descrever a instalação de cabeamento de rede lógica no edifício-sede da

Leia mais

Cabeamento Estruturado

Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado 01 - Visão geral das Redes Ethernet 02 - Conceitos de cabeamento estruturado 03 - O cabling e as normas EIA/TIA 04 - Infraestrutura para o cabeamento 05 -

Leia mais

Catálogo de Produtos. Marca de primeira categoria para cabeamento metálico e óptico

Catálogo de Produtos. Marca de primeira categoria para cabeamento metálico e óptico Catálogo de Produtos Marca de primeira categoria para cabeamento metálico e óptico NOSSA HISTÓRIA O GRUPO PREFORMED Tudo começou em 1947, quando a PLP - PREFORMED LINE PRODUCTS foi fundada em Cleveland,

Leia mais

TELLNET - (11) 4133-3333 Fabio Leite (11) 9 8257-3355 Emilio Scalise Filho

TELLNET - (11) 4133-3333 Fabio Leite (11) 9 8257-3355 Emilio Scalise Filho TELLNET - (11) 4133-3333 Fabio Leite (11) 9 8257-3355 Emilio Scalise Filho Controle de Versão Versão Data Mudanças 1.oo 2011 Criação 4.00 2012 Inclusão do FTTx 5.00 2013 Unificação de desenhos de problemas

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso Tecnológico de Redes de Computadores Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 02 Cabeamento

Leia mais

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações

EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações Laboratório de Redes. Cabeamento Estruturado Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução EM 1991 a EIA (Eletronic Industries Association) publicou um padrão para cabeamento de telecomunicações de edifícios

Leia mais

NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES DA SILVA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO CABO UTP

NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES DA SILVA RELATÓRIO FINAL DE PROJETO CABO UTP Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática NOMES DOS AUTORES JEAN PIERRE AIRES

Leia mais

Projeto de Cabeamento Estruturado

Projeto de Cabeamento Estruturado Projeto de Cabeamento Estruturado Sistema de Cabeamento Estruturado Subsistemas 1 Subsistema Cabeamento Horizontal 2 Subsistema Cabeamento Vertical 3 - Área de Trabalho - ATR 4 - Armário de Telecomunicações

Leia mais

CATEGORIA 8 NOVA SOLUÇÃO PARA REDES ETHERNET 40Gbps. Renato Flávio Cruz Gerente Técnico - Cabos

CATEGORIA 8 NOVA SOLUÇÃO PARA REDES ETHERNET 40Gbps. Renato Flávio Cruz Gerente Técnico - Cabos CATEGORIA 8 NOVA SOLUÇÃO PARA REDES ETHERNET 40Gbps Renato Flávio Cruz Gerente Técnico - Cabos Agenda Redes atuais para 40 Gbit/s Ethernet Next Generation Cabling: 40GBASE-T Category 8 - Cabos e Conectores

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS

GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS GUIA DE PRODUTOS NEXANS CABLING SOLUTIONS INSTITUCIONAL A Nexans, líder mundial na fabricação de cabos, possui presença industrial em 39 países e atividade comercial em todo o mundo, contando com 22.400

Leia mais

Módulo 4 Testes de Cabos

Módulo 4 Testes de Cabos CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 4 Testes de Cabos Fundamentos para o Teste de Cabos em Frequência Ondas Uma onda é energia que se propaga de um lugar para outro. Pode ser definida como um distúrbio

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 LISTA DE PRODUTOS DE PRODUTOS LISTA ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 Ativos / Wireless ADSL Modem; Conversores de Mídia; Firewall; Hub s; KVM (2 / 4 / 8 e 16 Portas); Modem Externo; Placas de Rede

Leia mais

09/08/2015 DISCIPLINA: TECNOLOGIA DE REDES DE COMPUTADORES. Tecnologia em Jogos Digitais. Mídias (meios) de transmissão

09/08/2015 DISCIPLINA: TECNOLOGIA DE REDES DE COMPUTADORES. Tecnologia em Jogos Digitais. Mídias (meios) de transmissão Tecnologia em Jogos Digitais Mídias (meios) de transmissão DISCIPLINA: TECNOLOGIA DE REDES DE COMPUTADORES Mídias físicas: composta pelo cabeamento e outros elementos componentes utilizados na montagem

Leia mais

EIA/TIA 569-B infra-estrutura caminhos e espaços

EIA/TIA 569-B infra-estrutura caminhos e espaços ANSI EIA/TIA 569-B EIA/TIA 569-B infra-estrutura caminhos e espaços Conforme a EIA/TIA 569A a infra-estrutura é dividida nos seguintes subsistemas: Área de Trabalho; Percursos horizontais; Sala ou armário

Leia mais

INTRODUÇÃO. Para permitir que os diversos fabricantes sejam capazes de produzir equipamentos e componentes que possam interagir.

INTRODUÇÃO. Para permitir que os diversos fabricantes sejam capazes de produzir equipamentos e componentes que possam interagir. INTRODUÇÃO Cabeamento para Voz e Dados Os novos cabeamentos para telecomunicações oferecem muito mais qualidade, flexibilidade, valor e função para as necessidades presentes e futuras. Hoje, a sobrevivência

Leia mais

AMP NETCONNECT Linha E Series Cat 5e

AMP NETCONNECT Linha E Series Cat 5e CommScope, líder mundial em conectividade de cobre e fibra oferece seus produtos da linha E Series como a solução ideal para suas necessidades de infraestrutura, para uma transmissão de dados segura e

Leia mais

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre SOLUÇÃO DE CONECTIVIDADE Introdução pag 2 Acessórios de FO pag 3 FIBRA ÓPTICA LC pag 4 SC pag 5 ST pag 6 FC pag 7 DATASHEETS Cat 5E pag 8

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Cabos Metálicos de Cobre (Norma ANSI/TIA-568-C.2) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Meio de Transmissão Meio de transmissão é o caminho físico (enlace)

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Infraestrutura de Redes de Computadores Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Introdução ao cabeamento

Leia mais

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida Parabéns pela aquisição do SWITCH MYMAX 8 PORTAS. Este comutador integra as capacidades do Comutador Rápido de 100Mbps e da Rede Ethernet de 10Mbps em uma mini-embalagem altamente flexível. 1. Conteúdo

Leia mais

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial.

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. A General Cable é uma companhia líder no fabrico de cabos a nível mundial. A companhia conta com modernas instalações de produção na América do Norte,

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA NORMAS AMERICANAS EIA/TIA EIA/TIA 568-B: Commercial Building Telecomunications Cabling Standard Essa norma de 2001 é a revisão da norma EIA/TIA 568-A de

Leia mais

22/02/2014. Cabeamento estruturado garante: Organização; Flexibilidade; Desempenho; Escalabilidade; Simplificação do uso; Simplificação da manutenção.

22/02/2014. Cabeamento estruturado garante: Organização; Flexibilidade; Desempenho; Escalabilidade; Simplificação do uso; Simplificação da manutenção. Consiste de um conjunto de produtos de conectividade, empregados de acordo com regras específicas de engenharia; Tais produtos garantem conectividade máxima para os dispositivos existentes e preparam a

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO REESTRUTURAÇÃO E CABEAMENTO ESTRUTURADO E ELÉTRICO 1. APRESENTAÇÃO O presente memorial descritivo refere-se ao projeto de reforma das instalações de Telecomunicações, Cabeamento Estruturado

Leia mais

Redes de computadores. Cabeamento Estruturado

Redes de computadores. Cabeamento Estruturado Redes de computadores Cabeamento Estruturado Cabeamento Não-estruturado Dutos super-lotados Cabos dobrados Dificuldade de Manutenção Foto: Rodrigo Cabelo CABEAMENTO NÃO-ESTRUTURADO Mais exemplos... Outros

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA REDE DA DADOS LOCAL OBRA: CASA DA DUQUE - PINACOTECA ALDO LOCATELLI LOCAL: Rua Duque de Caxias, n. 973

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA REDE DA DADOS LOCAL OBRA: CASA DA DUQUE - PINACOTECA ALDO LOCATELLI LOCAL: Rua Duque de Caxias, n. 973 ANEXO III ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA REDE DA DADOS LOCAL OBRA: CASA DA DUQUE - PINACOTECA ALDO LOCATELLI LOCAL: Rua Duque de Caxias, n. 973 - Porto Alegre (RS) PROPRIETÁRIO: EPHAC TENSÃO PRIMÁRIA DE ABASTECIMENTO:

Leia mais

Gigabit Ethernet media Converter 10/100/1000M-TP a 1000M-SFP Manual do usuário

Gigabit Ethernet media Converter 10/100/1000M-TP a 1000M-SFP Manual do usuário Gigabit Ethernet media Converter 10/100/1000M-TP a 1000M-SFP Manual do usuário 1. Visão Geral O Gigabit Ethernet Media Converter cumpre com IEEE802.3 Normas. O conversor é projetado para converter sinais

Leia mais

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA APRESENTAÇÃO As especificações contidas neste memorial são referentes às instalações de cabeamento estruturado do prédio sede do Tribunal Regional do Trabalho 12ª Região TRT, localizado na Av. Jorn.Rubens

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 2 Padrões de Cabeamento Meios Físicos de Comunicação - Padrões de Cabeamento 1 Conteúdo Padrões de Crimpagem Montagem e Organização Teste Tomadas e Emendas Recomendações

Leia mais

Como Testar Conforme a TIA/EIA-568-B.2-10

Como Testar Conforme a TIA/EIA-568-B.2-10 Como Testar Conforme a TIA/EIA-568-B.2-10 O que todo instalador precisa saber sobre a nova norma para Categoria 6 Aumentada de cabeamento. A Associação da Indústria das Telecomunicações aprovou uma nova

Leia mais

Infraestrutura de Redes Locais. Edmilson Carneiro Moreira

Infraestrutura de Redes Locais. Edmilson Carneiro Moreira Infraestrutura de Redes Locais Edmilson Carneiro Moreira Sumário Introdução Histórico Cabeamento Estruturado Conceitos Categorias e Classes de desempenho ANSI/TIA-568-C Referências [1] Paulo Sérgio Cabeamento

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA. CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA. CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN 1 REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA. CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN 2 INTERFACE E CABEAMENTO DE REDES - Parte física da rede - Cabeamento - Placas de rede (interfaces)

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 10 Testes e certificação

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 10 Testes e certificação APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 10 Testes e certificação Configuração de teste de campo para cabos de par trançado de 100 ohms Teste de Canal: Inclui os 90m do cabeamento horizontal, o patch cord do equipamento

Leia mais

158516.182014.137447.4474.277995780.540

158516.182014.137447.4474.277995780.540 158516.182014.137447.4474.277995780.540 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Santa Catarina Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Ata de Realização do Pregão Eletrônico

Leia mais

Sistema VisiPatch 360

Sistema VisiPatch 360 SYSTIMAX Solutions Sistema VisiPatch 360 Guia de Soluções O que aconteceria se... você pudesse adicionar uma nova dimensão às suas salas de comunicações? um sistema de interconexão pudesse lhe economizar

Leia mais

RapidNet. Categoria 6 CM/UTP RapidNet 6 Vias 46

RapidNet. Categoria 6 CM/UTP RapidNet 6 Vias 46 RapidNet Página Soluções de Cabos de Cobre e Fibra RapidNet a melhor solução para Data Centers 44 Aplicação 44 Benefícios 44 Disponibilidade do Produto em Cobre 45 Disponibilidade do Produto em FO 45 Categoria

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO Arquitetura - Padrão Ethernet IEEE 802.3

CABEAMENTO ESTRUTURADO Arquitetura - Padrão Ethernet IEEE 802.3 CABEAMENTO ESTRUTURADO Arquitetura - Padrão Ethernet IEEE 802.3 1 2 Cabeamento Estruturado Padrão Ethernet - Evolução O padrão ETHERNET surgiu com 1972 nos laboratórios da Xerox com Robert Metcalfe. Com

Leia mais

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA 1 Garantia Vitalícia Os sistemas de conectividade 4Lan compostos por cabos, conectores, patch panels e patchcords cumprem com as normas indicadas e te m uma garantia vitalícia,

Leia mais