Patch Panel & Keystone Jack (Cat5e)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Patch Panel & Keystone Jack (Cat5e)"

Transcrição

1

2 Este manual descreve como instalar os Patch Panels (modelos: ) e Keystone Jacks (modelos: WH, BK e IV) Categoria 5e da Gts Telecom. Apresenta como realizar a crimpagem, testes e interpretar os resultados encontrados. Os Patch Panels e Keystone Jacks da GTS Telecom permitem a conexão e estruturação da rede de dados ou voz (conforme modelo), nos padrões de conectores RJ-11 2 vias, RJ-11 4 vias, RJ-11 6 vias, RJ-45 8 vias UTP e RJ vias STP (Blindado), e podem ser utilizados nos padrões EIA/TIA 568A, EIA/TIA 568B. DIREITOS AUTORAIS: Copyright 2006 por Gts Telecom. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida por meios impressos e/ou eletrônicos (internet, , scanner) ou ainda compilada sem a devida autorização por escrito da Gts Telecom. MARCAS: Todas as empresas, marcas e nome de produtos são de propriedade das companhias específicas. Especificações aqui apresentadas estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Manual do Usuário 2

3 1. VISÃO GERAL DO PRODUTO Manual do Usuário 3

4 2. CONECTORIZAÇÃO E INSTALAÇÃO A seguir passo a passo para conectorização e instalação do Patch Panel e Keystone Cat5e. Conectorização: Patch Panel Cat5e GTS Telecom 1. Passe os cabos com folga pela abertura do Rack, para iniciar a conectorização antes da instalação do Patch Panel. Manual do Usuário 4

5 2. Escolha o padrão T568-A ou T568-B para iniciar a crimpagem com a ferramenta de inserção: Nota: no Brasil de modo geral utiliza-se o padrão T568-A para o Cat5e. Para Cat6 foi mundialmente adotado o padrão T568-B. Manual do Usuário 5

6 Keystone Jack Cat5e GTS Telecom 1. Exemplo para conectorização nos padrões T568-A e T568-B: 2. Decapação: Atenção Utilize a ferramenta decapador*, para não cortar os fios internos. * Decapador para cabo UTP (21.050) GTS Telecom Manual do Usuário 6

7 3. Utilização da ferramenta de inserção para conectorizar: Instalação: A instalação consiste em fixar o Patch Panel no Rack e o Keystone Jack na caixa da tomada, após a conectorização dos mesmos, ajustando os cabos e as partes nos seus respectivos lugares, conforme exigido pela norma. Manual do Usuário 7

8 Patch Panel Cat5e GTS Telecom 1. Utilização das abraçadeiras para fixação dos cabos: 2. Instalação do Patch Panel no Rack: Manual do Usuário 8

9 3. Passagem do cabeamento pela abertura do Rack: 4. Patch Panel instalado no Rack (visão frontal e traseira): Manual do Usuário 9

10 Keystone Jack Cat5e GTS Telecom 1. Instalação do Keystone Jack em Caixa de Superfície: 2. Fechamento da tampa da Caixa de Superfície após instalação completa do Keystone Jack: Manual do Usuário 10

11 3. Instalação do Keystone Jack em Espelho de parede: 4. Instalação do Keystone Jack em Espelho de parede: Manual do Usuário 11

12 3. TESTE NO CABEAMENTO CONECTORIZADO Para atestar a funcionalidade do cabeamento conectorizado, tanto no Patch Panel quanto no Keystone Jack de cada terminal, utilize o testador de cabos* RJ-11 / RJ-45. O exemplo da figura abaixo exibe o teste de link (Patch Panel Keystone Jack). No caso de um teste de link (cabo RJ-45 ou RJ-11), será necessário utilizar o módulo remote do testador de cabos. Conecte um Patch cord no módulo master do testador de cabos e na porta do link no Patch Panel, em seguida conecte um outro Patch cord no Módulo Remote no Keystone Jack (terminal do link). Pressione o botão TEST e verifique se os leds referentes aos fios conectorizados estão acendendo. Observação: no caso do cabeamento ser do tipo STP, ou seja, blindado, o led Ground do testador de cabos deverá acender também. * LAN Tester ou GTS Telecom 4. SOLUÇÃO DE PROBLEMAS Caso seja notado que existe algo errado com a conectorização, faça a verificação por eliminação de erros: Manual do Usuário 12

13 1. Teste os cabos Patch cords (substitua por outros); 2. Verifique se o equipamento de teste está ok; 3. Confira se a conectorização no Patch Panel e no Keystone Jack estão corretas segundo o padrão adotado. Reforce a conectorização com a ferramenta de inserção e com o alicate. Consulte novamente este manual para verificar o padrão adotado. 4. Caso nenhuma falha seja constatada na conectorização, faça a remoção do cabo conectorizado no Patch Panel e no Keystone Jack e substitua todo o cabo do link. Observação: antes de substituir o cabeamento do link, sugerimos testar os cabos sem o Patch Panel e Keystone Jack, crimpando um conector RJ-45 / RJ-11 (conforme estrutura), em cada ponta do cabo e realizar novamente o teste com o equipamento testador. Este teste comprovará se o problema é realmente no cabo que poderá estar partido ou algum erro na crimpagem realizada nos Keystone Jacks e/ou Patch Panel. 5. GARANTIA Este produto possui garantia contra defeitos de fabricação, conforme termo de garantia disponível na seção Suporte no site da GTS Telecom. Copyright 2006 por GTS Telecom. Todos os direitos reservados All Right Reserveds for GTS Telecom Manual do Usuário 13

14 Manual do Usuário 14

AM@DEUS Manual do Usuário

AM@DEUS Manual do Usuário 80 P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network, que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade. Este manual descreve, objetivamente, como instalar

Leia mais

Apresenta suas funções, como utilizar testes e como interpretar os resultados encontrados.

Apresenta suas funções, como utilizar testes e como interpretar os resultados encontrados. Prefácio: Este manual descreve como utilizar o Switch Conversor de Mídia da GTS Network dos seguintes Modelos: 75.1806C - 75.1806T - 75.1806C.S25-75.3107S - 75.1906C.SWA25-75.1906C.SWB25-75.3006C.SWA20

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE 1 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Cabeamento estruturado é a disciplina que estuda a disposição organizada e padronizada de conectores e meios

Leia mais

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10 AS BUILT Documentação Técnica Documentação Técnica serviço de cabeamento lógico, realizado na Empresa SA. Serviço realizado após aprovação da proposta PR049_10, sendo todo projeto acompanhado pelo Sr.

Leia mais

Nway Switch 8 Portas Manual do Usuário

Nway Switch 8 Portas Manual do Usuário P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network, que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade. Este manual descreve, objetivamente, como instalar

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 2 Padrões de Cabeamento Meios Físicos de Comunicação - Padrões de Cabeamento 1 Conteúdo Padrões de Crimpagem Montagem e Organização Teste Tomadas e Emendas Recomendações

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA NORMAS AMERICANAS EIA/TIA EIA/TIA 568-B: Commercial Building Telecomunications Cabling Standard Essa norma de 2001 é a revisão da norma EIA/TIA 568-A de

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

Montagem de cabos rede

Montagem de cabos rede Montagem de cabos rede Conteúdo MONTAGEM DE CABOS DE REDE....3 PARTE 1 - FERRAMENTAS...3 CABO PADRÃO CAT 5:...3 CONECTORES RJ-45:...3 ALICATE DE CRIMPAGEM:...3 ALICATE DE CORTE:...4 TESTADOR DE CABO:...

Leia mais

Switch 8 portas GTS Network 73.2108K Manual do Usuário

Switch 8 portas GTS Network 73.2108K Manual do Usuário Switch 8 portas GTS Network 73.2108K Manual do Usuário P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade.

Leia mais

Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A

Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A Legrand Cabling System LCS 2 cat. 6A patch panel, blocos de conectores, patch cords e tomadas RJ45 335 73 335 76 Conector cat. 6a FTP blindado 517 82 327 78 6602 09 6602 13 765 99 Patch panels de montagem

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A).

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Apresenta como realizar a instalação, posicionamento correto e utilização com os principais equipamentos

Leia mais

Montando a rede. Cabeamento estruturado: cabo par trançado. Prof. Eduardo

Montando a rede. Cabeamento estruturado: cabo par trançado. Prof. Eduardo Montando a rede Cabeamento estruturado: cabo par trançado Prof. Eduardo Par trançado Podem ser crimpados rapidamente (no local, ferramentas simples etc). Em redes maiores crimpar o próprio cabo é necessário

Leia mais

Infra-estrutura tecnológica

Infra-estrutura tecnológica Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação ATTI Supervisão de Infra-estrutura Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Infra-estrutura tecnológica Rede Lógica

Leia mais

Anexo V: Solução de Pontos de rede local

Anexo V: Solução de Pontos de rede local Anexo V: Solução de Pontos de rede local 1. Objetivo: 1.1. Contratação de solução de Pontos de Rede de telecomunicação para conexão de diversos tipos de equipamentos eletrônicos como computadores, impressoras,

Leia mais

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 4 4. CABEAMENTO ESTRUTURADO- PARTE II Cada nível do subsistema estudado no capítulo anterior foi regulamentado por normas que visam padronizar

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabeamento Estruturado Cabos Montados Conectores DIO Racks FTTx Acessórios Conteúdo Geral A família

Leia mais

MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM

MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM MULTILAN CAT. 5E UTP 24 AWG 4PARES - CM Características Gerais Descritivo: - Modelo TK 1002B - Condutor de cobre nu, coberto por polietileno. - Os condutores são trançados em pares, 04 pares 24 AWG. -

Leia mais

FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e

FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e FICHA TÉCNICA JACK RJ-45 C5e 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, em conformidade com os requisitos estabelecidos na Norma ANSI/TIA/EIA-568B.2

Leia mais

Testador De Cabos. Manual do Usuário

Testador De Cabos. Manual do Usuário Testador De Cabos Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações necessárias

Leia mais

Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado

Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 44 Roteiro Cabeamento Planejamento para o Cabeamento Estruturado Cabeamento Horizontal Cabeamento

Leia mais

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Profª Ahyalla Riceli

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Profª Ahyalla Riceli Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática Profª Ahyalla Riceli FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA CABEAMENTO ESTRUTURADO AULA 02 Objetivo Compreender e entender como crimpar

Leia mais

AMP NETCONNECT Linha E Series Cat 5e

AMP NETCONNECT Linha E Series Cat 5e CommScope, líder mundial em conectividade de cobre e fibra oferece seus produtos da linha E Series como a solução ideal para suas necessidades de infraestrutura, para uma transmissão de dados segura e

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO OBRA: ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONALIZANTE PROJETO PADRÃO PROPRIETÁRIO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Cabeamento Estruturado

Leia mais

FRC - Redes de Computadores. Agenda. Cabo Crossover Cabo Normal. Preparando o Cabo. Canais de Comunicação Padronização de Projeto

FRC - Redes de Computadores. Agenda. Cabo Crossover Cabo Normal. Preparando o Cabo. Canais de Comunicação Padronização de Projeto Cabo Crossover Cabo Normal Preparando o Cabo Agenda Canais de Comunicação Padronização de Projeto Invertido ou Cross-over: Este tipo de cabo é utilizado em 2 situações básicas: Conectar 2 PCs através da

Leia mais

KVM CPU Switch 4 Portas Manual do Usuário

KVM CPU Switch 4 Portas Manual do Usuário P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network, que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade. Este manual descreve, objetivamente, como instalar

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DE CERTIFICADOR DE CABEAMENTO

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DE CERTIFICADOR DE CABEAMENTO TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DE CERTIFICADOR DE CABEAMENTO Por Ivan Max Freire de Lacerda ivanmaxlacerda@gmail.com Muitos técnicos sabem implantar a infra-estrutura de cabeamento para redes de computadores,

Leia mais

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Prof. George Silva

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Prof. George Silva Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática Prof. George Silva FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA CABEAMENTO ESTRUTURADO AULA 02 Objetivo Compreender e entender como crimpar um

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Line Cords e Patch Cables.

Leia mais

Faculdades NDA Cursos de BSI e Telecomunicações Redes de Computadores - Turma D4, E4, H3 E J3. Como conectorizar um cabo UTP com RJ-45

Faculdades NDA Cursos de BSI e Telecomunicações Redes de Computadores - Turma D4, E4, H3 E J3. Como conectorizar um cabo UTP com RJ-45 Faculdades NDA Cursos de BSI e Telecomunicações Redes de Computadores - Turma D4, E4, H3 E J3 Como conectorizar um cabo UTP com RJ-45 O procedimento de conectorizar o UTP categoria 5 com o conector RJ-45,

Leia mais

Guia do usuário. PoE 200 G

Guia do usuário. PoE 200 G Guia do usuário PoE 200 G Injetor PoE 200 G Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O injetor PoE 200 G é compatível com o padrão IEEE 802.3af. Ele oferece até

Leia mais

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows XP O Express Fast Net x5 Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório em rede (até 5 usuários) para compartilhar recursos, arquivos e dispositivos,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2015

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00017/2015 1 de 27 29/05/2015 14:22 Pregão Eletrônico 70017.172015.18983.4661.3574721094.538 PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Ata de Realização do Pregão

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

P R E F Á C I O. Direitos Autorais: Marcas:

P R E F Á C I O. Direitos Autorais: Marcas: P R E F Á C I O Este é um produto da marca GTS Network, que está sempre comprometida com o desenvolvimento de soluções inovadoras e de alta qualidade. Este manual descreve, objetivamente, como instalar

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente (Equipamentos e Suprimentos de Informática), para 001 081266-9 CABO UTP CAT5E FLEXíVEL, CAIXA COM 300MT Lote 1- Destino: Uinfor CX 30 002 113294-5

Leia mais

2.1.1 LEDs... 2 2.1.2 Painel traseiro... 2

2.1.1 LEDs... 2 2.1.2 Painel traseiro... 2 INTRODUÇÃO... 1 1.1 CONTEÚDO DA EMBALAGEM... 1 1.2 RECURSOS... 1 INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO... 2 2.1 LIGANDO O SWITCH... 2 2.1.1 LEDs... 2 2.1.2 Painel traseiro... 2 2.3 REQUISITOS DO AMBIENTE DE INSTALAÇÃO...

Leia mais

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS CABLING CABOS 04 CONECTORES 05 PATCH PANEL 19 06 ACESSÓRIOS 07 02 CABLING CABLAGENS DE COBRE O EIA/TIA 568, de 1991, foi o primeiro padrão americano para os sistemas de cableamento estruturado. Em 1995,

Leia mais

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE CABEAMENTO ESTRUTURADO ÍNDICE 1 Informativos gerais 2 Especificações e Tabelas

Leia mais

Tutorial: Como criar "cabo crossover" e "cabo direto"

Tutorial: Como criar cabo crossover e cabo direto Tutorial: Como criar "cabo crossover" e "cabo direto" Introdução Se você tem dois ou três computadores em casa ou em seu escritório, certamente tem interesse em conectá-los em rede para compartilhar impressoras,

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5)

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5) ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 1. PATCH CORDS / LINE CORDS / CORDÕES (CATEGORIA 5) Os patch cords, line cords ou cordões têm como função a interligação entre o equipamento do usuário

Leia mais

Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais

Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais Cabeamento estruturado - definição Sistema de cabeamento capaz de prover tráfego de gêneros de informações diferenciadas dentro de um mesmo sistema

Leia mais

Especificação técnica. Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz

Especificação técnica. Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz DO - DIRETORIA DE OPERAÇÃO GRP - GERÊNCIA REGIONAL DE PAULO AFONSO SPTL- SERVIÇO DE TELECOMUNICAÇÕES DE PAULO AFONSO Especificação técnica Conector rj45 macho e fêmea para rede de dados e voz ET-SPTL-006-novembro/2013

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 LISTA DE PRODUTOS DE PRODUTOS LISTA ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 Ativos / Wireless ADSL Modem; Conversores de Mídia; Firewall; Hub s; KVM (2 / 4 / 8 e 16 Portas); Modem Externo; Placas de Rede

Leia mais

Experiência 06: MONTAGEM DE UM RACK E USO DE IDENTIFICADORES

Experiência 06: MONTAGEM DE UM RACK E USO DE IDENTIFICADORES ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE

Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE Guia DFEE-500 para sistema operacional Windows 98/98SE O Express Fast Net x5 Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório em rede (até 5 usuários) para compartilhar recursos, arquivos e dispositivos,

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES TECNOLOGIA ETHERNET CRIMPAGEM

REDE DE COMPUTADORES TECNOLOGIA ETHERNET CRIMPAGEM SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES TECNOLOGIA ETHERNET CRIMPAGEM Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com TECNOLOGIA ETHERNET Crimpagem diz respeito

Leia mais

Cabeamento estruturado para ambientes industriais

Cabeamento estruturado para ambientes industriais Cabeamento estruturado para ambientes industriais Linha de produtos MultiLan / GigaLan Conhecendo os produtos... Conhecendo os ambientes... Ferrovias Armazéns... Frigoríficos Mineradoras... Terminais portuários

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 21 de maio de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1 Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio MAC- IBIRAPUERA

Leia mais

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA APRESENTAÇÃO As especificações contidas neste memorial são referentes às instalações de cabeamento estruturado do prédio sede do Tribunal Regional do Trabalho 12ª Região TRT, localizado na Av. Jorn.Rubens

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus: Campo Mourão Professor Rafael Henrique Dalegrave Zottesso E-mail rafaelzottesso@utfpr.edu.br Site http://www.zottesso.com.br/disciplinas/rc24b0/ Disciplina

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2

SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2 SUMÁRIO 1. AULAS 4 E 5 CONFECÇÃO DE CABOS PARTE 1 E 2:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Norma EIA/TIA 568... 2 1.2.1 568A... 2 1.2.2 568B... 3 1.3 Teste dos cabos... 4 1.4 Categoria de Cabos... 5 1.5 Conectores...

Leia mais

Padronização. Rua Lourenço Pinto, 299 - Curitiba Paraná Brasil CEP 80010-160

Padronização. Rua Lourenço Pinto, 299 - Curitiba Paraná Brasil CEP 80010-160 Padronização O presente documento tem o intuito de definir a padronização utilizada para a infra-estrutura de rede de dados e voz, em sites da GVT. Deverá ser usado como base para execução dos projetos

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Cabeamento Estruturado Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Definição Entende-se por rede interna estruturada aquela que é projetada de modo a prover uma infra-estrutura

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CABEAMENTO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CABEAMENTO MEMORIAL DESCRITIVO DE CABEAMENTO PROPRIETÁRIO: Ministério Público de Patos Promotoria de Justiça da Comarca de Patos ENDEREÇO: Doutor Pedro Firmino, Patos PB BAIRRO: CEP: E-mail do contratado: projeto_cad@hotmail.com.

Leia mais

DECA 10. Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14

DECA 10. Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14 Página Visão HellermannTyton sobre 10G Deca10 Categoria 6A 14 Ferramenta de Inserção sem Impacto 15 Conector Categoria 6A 16 Patch Panel Descarregado 24 portas Deca10 17 Cabo 4 pares trançados F/FTP 17

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

Manual do Usuário. ccntelecom.com.br

Manual do Usuário. ccntelecom.com.br Manual do Usuário ccntelecom.com.br PD-FIBER (1 Gbps, 7 Ramais/Clientes) O PD-FIBER é um equipamento constituído de uma placa que concentra alguns produtos já conceituados da CCN Telecom, de forma a reduzir

Leia mais

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Diretoria de Suporte à Informática Local: Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão NUTEG Endereço: Av. BPS, 1303

Leia mais

Cabeamento residencial não estruturado

Cabeamento residencial não estruturado 58 Capítulo II Cabeamento residencial para dados, voz e imagem Por José Roberto Muratori e Paulo Henrique Dal Bó* Atualmente, as aplicações encontradas nas residências demandam diferentes tipos de cabos.

Leia mais

Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede

Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede Laboratório 4.2.9e Fluke LinkRunner Testes de Cabos e de Placa de Rede Objetivo Familiarizar-se com as capacidades do Fluke LinkRunner Verificar o comprimento e a integridade dos cabos Determina onde um

Leia mais

Página 1 de 16 Pregão Eletrônico 200080.112015.9099.5263.141536521.431 SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Procuradoria Geral República no Estado do Piauí Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00011/2015 Às

Leia mais

1. Descrição Física. O tampo deverá ser vazado para passagem dos cabos, para cada computador.

1. Descrição Física. O tampo deverá ser vazado para passagem dos cabos, para cada computador. LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES (REDE FÍSICA E REDE LÓGICA) 1. Descrição Física Este laboratório é o ambiente ideal para aulas práticas e teóricas visando capacitar o aluno para o planejamento de

Leia mais

158516.182014.137447.4474.277995780.540

158516.182014.137447.4474.277995780.540 158516.182014.137447.4474.277995780.540 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Santa Catarina Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Ata de Realização do Pregão Eletrônico

Leia mais

Confeccionando cabos de rede

Confeccionando cabos de rede Confeccionando cabos de rede FAZENDO SEUS CABOS DE REDE - PARTE 1 Parte 1 - Ferramentas Não importa se você está instalando uma rede local doméstica ou empresarial, em ambas você irá precisar de montar

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 29 de julho de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1. Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio GETS, sendo

Leia mais

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JUNHO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações

Redes de Dados e Comunicações Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Cabo Par Trançado Conector-RJ 45 A norma EIA/TIA padronizou o conector RJ-45 para a conectorização de cabos UTP. Para a conectorização do cabo UTP,

Leia mais

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida

(Alimentação) DESLIGADO Sem energia. LIGADO Uma conexão válida foi estabelecida. Pacotes de Dados DESLIGADO Nenhuma conexão estabelecida Parabéns pela aquisição do SWITCH MYMAX 8 PORTAS. Este comutador integra as capacidades do Comutador Rápido de 100Mbps e da Rede Ethernet de 10Mbps em uma mini-embalagem altamente flexível. 1. Conteúdo

Leia mais

Guia de instalação SF 802 AF

Guia de instalação SF 802 AF Guia de instalação SF 802 AF SF 802 AF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O switch SF 802 AF possui 8 portas Fast Ethernet com suporte a função PoE, cada

Leia mais

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO)

UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) Par Trançado UTP ( PAR TRANÇADO SEM PROTEÇÃO) O cabo UTP é composto por pares de fios, sendo que cada par é isolado um do outro e todos são trançados juntos dentro de uma cobertura externa, que não possui

Leia mais

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT.

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. Para paneles y cajas exteriores. C50200 Hembra (8P/8C) Especial para caixas exteriores e paineis. C50200 CONECTOR RJ45 CAT. 5e Con refuerzo metàlico en la entrada del conector. Para paneles. C50201 Hembra

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PQWS-5817M

MANUAL DE INSTRUÇÕES PQWS-5817M MANUAL DE INSTRUÇÕES PQWS-5817M Parabéns, você acaba de fazer uma excelente escolha adquirindo um produto com a qualidade e a garantia PROELETRONIC. Esta CPE emprega tecnologia de ponta em hardware e software

Leia mais

Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede. Profª Ahyalla Riceli

Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede. Profª Ahyalla Riceli Cabeamento Estruturado Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Profª Ahyalla Riceli Objetivo Saber distinguir os componentes envolvidos na montagem de uma rede de computadores; Conseguir ter uma fundamentação

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

Conversor de Mídia Intelbras KGM 1105

Conversor de Mídia Intelbras KGM 1105 Conversor de Mídia Intelbras KGM 1105 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O conversor de mídia Intelbras KGM 1105 é um produto com tecnologia Gigabit Ethernet

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 3 Equipamentos de Conectividade e Organização Meios Físicos de Comunicação - Equipamentos de Conectividade e Organização 1 Conteúdo Elementos de Infraestrutura Estrutura

Leia mais

Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática

Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores 07. Introdução às práticas de instalação do Prof. Ronaldo Introdução

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

22/02/2014. Cabeamento estruturado garante: Organização; Flexibilidade; Desempenho; Escalabilidade; Simplificação do uso; Simplificação da manutenção.

22/02/2014. Cabeamento estruturado garante: Organização; Flexibilidade; Desempenho; Escalabilidade; Simplificação do uso; Simplificação da manutenção. Consiste de um conjunto de produtos de conectividade, empregados de acordo com regras específicas de engenharia; Tais produtos garantem conectividade máxima para os dispositivos existentes e preparam a

Leia mais

Gigaband - Cat6. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector GigaBand Categoria 6 21. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand Cat.

Gigaband - Cat6. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector GigaBand Categoria 6 21. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand Cat. Gigaband - at6 Página abos para Redes an abo AN U/UTP Gigaband - ategoria 6 20 onectores RJ45 Tipo Keystone Jacks onector GigaBand ategoria 6 21 Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand at. 6 22

Leia mais

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Manual do Usuário - NKPROX

Manual do Usuário - NKPROX Manual do Usuário NKPROX Manual do Usuário - NKPROX Neokoros TI - Biometric Technology Índice 1 - Apresentação e Características Gerais...3 2 - Placa BMC - Especificações...4 2.1 - Conectores (pinagem

Leia mais

ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10

ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10 MANUAL ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10 Informações Gerais do Modem Parte Frontal do Modem: A parte frontal

Leia mais

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38 Página Patch Panel Patch Panel cat. 6 32 P. Modular 48 portas em 1UR cat.6 32 Patch Panel Modular descar. 24 portas 33 Voice Panel 1UR 50 Portas 34 Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores Parte 2

Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores Parte 2 Projeto e Instalação de Servidores Fundamentos de Redes de Computadores Parte 2 Prof.: Roberto Franciscatto CRIMPANDO CABOS DE REDE Crimpagem de cabos de rede Valor aproximado R$ 50,00 CRIMPANDO CABOS

Leia mais

EIA/TIA 606 Administração do Cabeamento Estruturado

EIA/TIA 606 Administração do Cabeamento Estruturado EIA/TIA 606 Administração Estruturado Administração Estruturado As áreas da infra-estrutura a serem administradas compreendem: Terminações para meios de telecomunicações localizados nas Work Areas; Telecommunication

Leia mais

Megaband - Cat 5e. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector MegaBand categoria 5e 27. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat.

Megaband - Cat 5e. Conectores RJ45 Tipo Keystone Jacks Conector MegaBand categoria 5e 27. Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat. Megaband - at 5e Página abos para Redes an abo AN UTP at 5e 26 onectores RJ45 Tipo Keystone Jacks onector MegaBand categoria 5e 27 Patch Panel P. Modular 24 ou 48 portas GigaBand cat.5e 28 Patch ord Patch

Leia mais

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE duoiva-3010 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO Esta página foi intencionalmente deixada em branco. INTRODUÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Switch. 16 portas 24 portas ANO 1GARANTIA. www.pacificnetwork.com.br

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Switch. 16 portas 24 portas ANO 1GARANTIA. www.pacificnetwork.com.br MANUAL DE INSTRUÇÕES Switch 16 portas 24 portas ANO 1GARANTIA www.pacificnetwork.com.br Caro consumidor, ficamos muito satisfeitos por você ter escolhido um produto da linha PACIFIC NETWORK. É para nós

Leia mais

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Patch Cord Tipo RJ-45 - RJ45 - CATEGORIA 5 Modelo: D8AU Patch Cord com comprimento aproximado de xx metros, com conectores modulares de 8 posições

Leia mais

-568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica cabeamento estruturado

-568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica cabeamento estruturado - Norma EIA/TIA 568A e 568B Padrões T 568A e T 568B -568B.1 Requisitos gerais - EIA/TIA 568B (julho/2001) -568B.2 Cabeamento de par trançado de 100 ohms -568B.3 Padronização de componentes de fibra ótica

Leia mais

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS Conectividade 6A Linha de Bandejas Ópticas HDX Linha de Racks ITMAX Linha de Racks Fechados Acessórios de Organização Produtos de alta densidade FTP UTP Descarregado Azul/Branco/Bege

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Cabeamento Estruturado

Leia mais

NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B. Projeto Físico de Rede

NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B. Projeto Físico de Rede NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B O PADRÃO BASEIA-SE NOS SEIS PRINCIPAIS COMPONENTES DE UM SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO, QUE SÃO: 1 FACILIDADE DE ENTRADA (Entrance Facility) : É COMPOSTA POR HARDWARE DE

Leia mais