SISTEMA CONSTRUTIVO EM WOOD FRAME FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: OUTUBRO/2012.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA CONSTRUTIVO EM WOOD FRAME FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: OUTUBRO/2012."

Transcrição

1 Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. SISTEMA CONSTRUTIVO EM WOOD FRAME FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: OUTUBRO/2012.

2 Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. Coordenação do Projeto: Prof. Lisiane Ilha Librelotto, Dr. Eng. Bolsistas: Carolina Buss da Silva Acadêmica Arquitetura e Urbanismo Cassiano Donato de Souza Acadêmico Arquitetura e Urbanismo Igor de Paula Moraes Acadêmico Arquitetura e Urbanismo Mariangela Oliveira Acadêmica Design Pâmela Raimundo Acadêmica Design Priscila Ritzmann Engel Acadêmica Arquitetura e Urbanismo Cassiano Donato de Souza Acadêmico Arquitetura e Urbanismo FINANCIAMENTO: CAPES E FAPESC

3 WOOD FRAME Este sistema construtivo de estrutura em madeira é largamente utilizado na construção de casas no Canadá, Estados Unidos, Suécia e Alemanha. Faz parte da chamada Construção Energitérmica Sustentável, em que também faz parte o sistema steel frame. O baixo impacto ambiental, o custo reduzido e a durabilidade comparável ao sistema em alvenaria são alguns dos responsáveis pela popularidade do wood frame pelo mundo. Exemplo de aplicação do sistema wood frame: Disponível em:< Acesso em 26 de out

4 FUNDAÇÃO Elemento Construtivo: FUNDAÇÕES. Sistema Construtivo RADIER OU SAPATA CORRIDA (LAJE MACIÇA DE 12 A 15 CENTÍMETROS DE ALTURA COM TELA DE ARMADURA INFERIOR E SUPERIOR). Materiais: : MADEIRA, CONCRETO, AÇO. Com uma superfície homogênea, lisa e nivelada o radier possui dupla função, a de fundação e de piso para o pavimento térreo da obra. A fundação em radier prevê as instalações elétricas e hidráulicas antes da concretagem. A ancoragem é realizada com parafusos parabolts. Radier Forma do radier Disponível em:< Acesso em 26 de out

5 PAREDE Elemento Construtivo: ESTRUTURA Materiais: madeira pinus, OSB, cimento, gesso Estrutura da parede formada basicamente pela soleira inferior, montantes e dupla soleira superior. 1. ESTRUTURA DE MADEIRA TRATADA 2. ISOLANTE TÉRMICO E ACÚSTICO 3. OSB 4. MEMBRANA HIDRÓFUGA 5. PLACA CIMENTÍCIA 6. GESSO ACARTONADO 7. ACABAMENTO Parede de Wood Frame Disponível em:< Acesso em 26 de out

6 PAREDE Elemento Construtivo: ESTRUTURA Materiais: madeira pinus, OSB, cimento, gesso As paredes externas normalmente possuem montantes de 45x140mm, resultando em 18,6cm de espessura (chapa cimentícia externa e chapa de gesso interna). Paredes internas possuem montantes de 45x90mm resultando em 13,8cm de espessura. Dependendo da carga que recebem, algumas paredes internas podem necessitar montantes de 45x140mm, resultando em 18,8cm de espessura (chapas de gesso em ambos os lados). Disponível em: Acesso em 26 de out Acesso em 26 de out. 2012

7 PAREDE Elemento Construtivo: ESTRUTURA Materiais: madeira pinus, OSB, cimento, gesso Instalação do painel da parede Disponível em: Acesso em 26 de out Acesso em 26 de out Acesso em 26 de out. 2012

8 ESTRUTURA / ENTREPISO Elemento Construtivo: ESTRUTURA Materiais: madeira pinus, OSB Os painéis de entrepiso são compostos basicamente por barrotes de madeira serrada e chapas de OSB. Após concluída a montagem de todos os painéis, são aplicadas as camadas de acabamento como o contrapiso e o piso acabado, entre outras. Dependo dos vãos da residência há um complemento estrutural com vigas metálicas, ou laminadas coladas de madeira, ou ainda vigas treliçadas de madeira. Disponível em: rde.pdf Acesso em 29 de out. 2012

9 ESTRUTURA / ENTREPISO Elemento Construtivo: ESTRUTURA Materiais: madeira pinus, OSB Os painéis de entrepiso são formados por barrotes de pinus autoclavado com CCA, travados com peças de madeira e chapas OSB de 18,3mm de espessura. A espessura dos painéis de entrepiso varia em função do vão a ser vencido e da carga que deve ser suportada, podendo variar de 27 a 32cm. 1. VIGA DE MADEIRA DO ENTREPISO 2. ISOLANTE TÉRMICO ACÚSTICO 3. OSB 18,3 MM 4. MANTA ANTI-RUÍDO 5. CONTRAPISO 6. PISO ACABADO 7. FIXAÇÕES/ANCORAGEM 8. PAREDES DO PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR 9. FORRO DE GESSO REBAIXADO Disponível em: Acesso em 26 de out. 2012

10 COBERTURA Elemento Construtivo: COBERTURA Materiais: NÃO HÁ RESTRIÇÕES QUANTO AO USO DE TELHAS A SER UTILIZADA Dependendo do tipo de cobertura que será utilizado ela pode ser feita em painéis ou também de forma convencional, utilizando treliças de madeira pré-fabricadas, montadas na obra. Podem ser utilizados telhados contidos, lajes impermeabilizadas com cobertura verde (maior custo) e telhados aparentes comuns. Disponível em: Acesso em 26 de out Acesso em 26 de out Acesso em 29 de out

11 INSTALAÇÕES / HIDRO-SANITÁRIAS Elemento Construtivo: INSTALAÇÕES Materiais: PVC, PEX As instalações hidro-sanitárias são executadas entre os montantes das paredes e entre o forro e barrotes do entrepiso. O sistema pode ser com tubos de PVC comuns ou em PEX. Por possuírem maior diâmetro, não é possível embutir tubulações de esgoto nas paredes, sendo necessário o uso de shafts. Disponível em: cverde.pdf Acesso em 29 de out

12 INSTALAÇÕES / ELÉTRICAS Elemento Construtivo: INSTALAÇÕES A fiação corre por dentro de conduítes embutidos na parede e sobre o forro. Parte desses conduítes é instalada em fábrica dentro dos painéis de parede. Após a montagem dos painéis no canteiro de obra são fixados os conduítes sobre o forro e então são passados os fios de energia, telefone, TV a cabo, internet, etc. Disponível em: cverde.pdf Acesso em 29 de out

13 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Conheça as Vantagens das Construções Energeticamente Sustentáveis. Disponível em: Acesso em: 29 de outubro de Diretrizes para Projetar em Wood Frame. Disponível em: Acesso em: 29 de outubro de Tecnologia Tecverde. Disponível em: Acesso em: 26 de outubro de Wood Frame. Disponível em: Acesso em: 26 de outubro de Wood Frame Houses. Disponível em: Acesso em: 26 de outubro de 2012.

PAINÉIS DE MADEIRA REVESTIDOS COM ARGAMASSA EPÓXICA FICHA CATALOGRÁFICA-9 DATA: MAIO/2011.

PAINÉIS DE MADEIRA REVESTIDOS COM ARGAMASSA EPÓXICA FICHA CATALOGRÁFICA-9 DATA: MAIO/2011. Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. PAINÉIS DE MADEIRA REVESTIDOS COM ARGAMASSA EPÓXICA FICHA CATALOGRÁFICA-9 DATA: MAIO/2011. Tecnologias,

Leia mais

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis CONCEITO O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

/estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes

/estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes /estudo preliminar pesquisa de materialidades: o steel framing e seus componentes Gustavo Alves Rocha Zago Izabela Dalla Libera O Light Steel Framing (LSF) é um sistema construtivo de concepção racional

Leia mais

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível,

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível, TIJOLOS ECOLÓGICOS Casa construída com tijolos ecológicos Fonte: paoeecologia.wordpress.com TIJOLOS ECOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que

Leia mais

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle.

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle. CONCEITO Light (LSF estrutura em aço leve) é um sistema construtivo racional e industrial. Seus principais componentes são perfis de aço galvanizado dobrados a frio, utilizados para formar painéis estruturais

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS Departamento de Arquitetura e Urbanismo

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS Departamento de Arquitetura e Urbanismo FIPAI FUNDAÇÃO PARA O INCREMENTO DA PESQUISA E DO APERFEIÇOAMENTO INDUSTRIAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS Departamento de Arquitetura e Urbanismo Relatório Avaliação pós-ocupação

Leia mais

ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014.

ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014. Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014. Tecnologias, sistemas

Leia mais

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO CONSTRUINDO NO SISTEMA (CES) LIGHT STEEL FRAMING O sistema Light Steel Frame é caracterizado por um esqueleto estrutural leve composto por perfis de aço galvanizado que trabalham em conjunto para sustentação

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME

PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME ANITA OLIVEIRA LACERDA - anitalic@terra.com.br PEDRO AUGUSTO CESAR DE OLIVEIRA SÁ - pedrosa@npd.ufes.br 1. INTRODUÇÃO O Light Steel Frame (LSF) é um sistema

Leia mais

CRONOGRAMA FISICO-FINANCEIRO/MEMORIAL DESCRITIVO

CRONOGRAMA FISICO-FINANCEIRO/MEMORIAL DESCRITIVO CRONOGRAMA FISICO-FINANCEIRO/MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Construção Institucional Sede Administrativa Proprietário: FENACLUBES Federação Nacional dos Clubes Esportivos Endereço da Obra: Rua Açaí 540 Jardim

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP

MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP Este memorial apresenta os materiais e fornecedores propostos para a construção de um empreendimento comercial

Leia mais

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada RECOMENDAÇÃO INICIAL civil para o dimensionamento de qualquer tipo de reforma ou construção, principalmente aquelas

Leia mais

TC-038 Construção Civil III

TC-038 Construção Civil III TC-038 Construção Civil III As primeiras casas em madeira transportadas para o local de montagem que temos notícia surgiram ainda no período colonial, como os casos das casas préfabricadas em 1578 levada

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 Arquitetônico Hidrossanitário EMPREENDIMENTO: Edifício Residencial ÁREA CONSTRUIDA: 2.323,60 m² ÁREA DO TERRENO: 1.474,00 m² LOCALIZAÇÃO: Rua Ianne Thorstemberg, n 344 Bairro

Leia mais

2 Trabalhos Em Terra 2.1 Escavações manuais m³ 156,15 19,46 3.038,68 79517/1 15,57 2.2 Aterro compactado m³ 109,00 34,06 3.712,54 55.

2 Trabalhos Em Terra 2.1 Escavações manuais m³ 156,15 19,46 3.038,68 79517/1 15,57 2.2 Aterro compactado m³ 109,00 34,06 3.712,54 55. 1 Serviços Iniciais 1.1 Placa para obra m² 2,00 329,21 658,42 74209/1 263,37 1.2 Barracão de obra em chapa de mad. Compensada, telha 4 mm m² 24,00 173,43 4.162,32 74242/1 138,74 1.3 Locação da obra m²

Leia mais

RESIDENCIAL TERRA NATIVA Estudo do Parcelamento do Solo

RESIDENCIAL TERRA NATIVA Estudo do Parcelamento do Solo Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura e Urbanismo Teoria do Urbanismo II Professora Nirce Saffer Medvedovski RESIDENCIAL TERRA NATIVA Estudo do

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP

Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP Construção do 2º andar sobre a recepção da AEAARP 2ª Semana de Tecnologia da Construção Abril 2011 1 1-) Premissas Construtivas: 1-1) Manutenção do andar existente 1-2) Executar estruturas de apoio independentes

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Gesso Convenciona O gesso é um material versátil: ele auxilia nas tarefas de embutir a iluminação, esconder ferragens e disfarçar vigas, além de criar efeitos fantásticos, especialmente

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS. Relatório Técnico. REFORMA DA SECRETARIA DE TURISMO DE BOMBINHAS ÁREA TOTAL: 291,20 m²

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS. Relatório Técnico. REFORMA DA SECRETARIA DE TURISMO DE BOMBINHAS ÁREA TOTAL: 291,20 m² Relatório Técnico REFORMA DA SECRETARIA DE TURISMO DE BOMBINHAS ÁREA TOTAL: 291,20 m² Av. Leopoldo Zarling Bairro Bombas Município de Bombinhas - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da

Leia mais

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total

Insumo/Aux. Descrição Unidade Coeficiente Preço Unitário Preço Total COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE PREÇO UNITÁRIO Cliente: Edificações Obra: CENTRO DE TREINAMENTO OFICIAL DO PARI Local: VÁRZEA GRANDE - MT 1 Estaca raiz diâmetro de 200mm M 1 0102015 Ferreiro (sgsp) H 0,847272

Leia mais

Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica QUALIDADE E RESPONSABILIDADE É O NOSSO COMPROMISSO

Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica QUALIDADE E RESPONSABILIDADE É O NOSSO COMPROMISSO Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica Quem somos? A Empresa A Monteky - Especializada em construção a seco Produtos: STELL FRAME e DRYWALL. Atuamos na região da grande Florianópolis, desenvolvendo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL Miriã Aquino Belo Horizonte 2014 1 SUMÁRIO: APLICAÇÕES... 3 Paredes:... 3 Separação de Ambientes internos... 4 Isolamento Acústico Superior... 8 Isolamento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

C2faup. Construção em Light Steel Frame. Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães

C2faup. Construção em Light Steel Frame. Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães C2faup Construção em Light Steel Frame Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães Introdução Neste trabalho pretendemos estudar o sistema construtivo de estrutura em aço leve, ou Light Steel Frame.

Leia mais

Remoção de forro ou lambri de frisos de madeira ou PVC, placas de 05.001.0074-0 aglomerado prensado ou semelhantes, exclusive o engradamento.

Remoção de forro ou lambri de frisos de madeira ou PVC, placas de 05.001.0074-0 aglomerado prensado ou semelhantes, exclusive o engradamento. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF SUPERINTENDÊNCIA DE ARQUITETURA ENGENHARIA - SAEN COORDENAÇÃO DE ARQUITETURA - CARQ DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS - DDP OBRA: LABORATÓRIO DE RADIOLOGIA FACULDADE

Leia mais

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES.

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES. CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA São planos horizontais que suportam cargas VARIÁVEIS e PERMANENTES. 1 CARGAS NBR 6120 PERMANENTES (g) Peso próprio da estrutura Peso dos elementos

Leia mais

Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações

Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações Seminário: Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações Carlos Chaves LOG Gestão de Obras O Sistema Paredes de concreto moldadas no local Um sistema racionalizado. Racionalização: Simplificação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA DA ESCOLA ALCIDES TOMBINI LOCALIZAÇÃO: Rua Augusto Driessen Bairro: Sorgatto 1. DEMOLIÇÕES Todas as paredes internas dos banheiros deverão ser demolidas. Todo o revestimento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM OBRA: AMPLIAÇÃO DOS

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP LAJE As lajes são estruturas destinadas a servirem de cobertura, forro ou piso para uma edificação.

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

TECNOLOGIAS, SISTEMAS CONSTRUTIVOS E TIPOLOGIAS PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL EM REASSENTAMENTOS

TECNOLOGIAS, SISTEMAS CONSTRUTIVOS E TIPOLOGIAS PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL EM REASSENTAMENTOS 2 TECNOLOGIAS, SISTEMAS CONSTRUTIVOS E TIPOLOGIAS PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL EM REASSENTAMENTOS 1 7 8 9 10 3 11 4 12 5 6 15 14 13 Coordenação:Prof. Lisiane Ilha Librelotto, Dr. Eng. Bolsistas :

Leia mais

Placa de obra: Haverá a colocação em local visível de placa de obra, metálica, fixada em estrutura de madeira, conforme padrão fornecido SOP.

Placa de obra: Haverá a colocação em local visível de placa de obra, metálica, fixada em estrutura de madeira, conforme padrão fornecido SOP. MEMORIAL DESCRITIVO RECONSTRUÇÃO DO ALBERGUE JUNTO AO PRESIDIO ESTADUAL DE VACARIA RS. VACARIA RS. GENERALIDADES: Este Memorial Descritivo tem a função de propiciar a perfeita compreensão do projeto e

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 33

MÉTODO EXECUTIVO ME 33 Objetivo: FOLHA 1 de 8 O objetivo do MÉTODO EXECUTIVO ME 33 é detalhar o Processo Membrana Acrílica Estruturada Impermeável (MAI), de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência garantir

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando

O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando necessidades e soluções. Foi exatamente por pensar assim

Leia mais

2 Sistema de Lajes com Forma de Aço Incorporado

2 Sistema de Lajes com Forma de Aço Incorporado 2 Sistema de Lajes com Forma de Aço Incorporado 2.1. Generalidades As vantagens de utilização de sistemas construtivos em aço são associadas à: redução do tempo de construção, racionalização no uso de

Leia mais

HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL CASA CONCRETO PVC

HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL CASA CONCRETO PVC HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL CASA CONCRETO PVC Bolsistas: Priscila Ritzmann Engel Francielli Hang Telli Orientadora: Dra. Lisiane Ilha Librelotto INTRODUÇÃO A habitação possui um papel fundamental na

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase Este Memorial Descritivo tem por finalidade especificar os materiais e serviços a serem executados na REFORMA DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Casa de steel frame - instalações (parte 4)

Casa de steel frame - instalações (parte 4) Página 1 de 6 Casa de steel frame - instalações (parte 4) As instalações elétricas e hidráulicas para edificações com sistema construtivo steel frame são as mesmas utilizadas em edificações convencionais

Leia mais

T0 32 m2 + 8 m2 Deck

T0 32 m2 + 8 m2 Deck Casas de Madeira e Pré fabricadas T0 32 m2 + 8 m2 Deck 2 Discovercasa Lda NIF: 509397573 Avenida Gaspar Baltar nº25 1. 4560-242 Penafiel - Portugal Características técnicas: Estrutura - A estrutura é mista

Leia mais

Veja os custos detalhados dessa obra com aproximadamente 450 m². Recepção Esterilização Assepsia. Lixo. Despensa Ambulatório Farmácia Consultório

Veja os custos detalhados dessa obra com aproximadamente 450 m². Recepção Esterilização Assepsia. Lixo. Despensa Ambulatório Farmácia Consultório Clínica veterinária Veja os custos detalhados dessa obra com aproximadamente 450 m² Corte AA B Recepção Esterilização Assepsia Sala de curativos Lavanderia Canil Corte BB A Lavagem Sala de espera Jardim

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

Edifício Varadero Residencial

Edifício Varadero Residencial Edifício Varadero Residencial MEMORIAL DESCRITIVO PADRÃO 1. Infra-Estrutura: 2. Supra-Estrutura: 3. Alvenarias: Movimentação de Terra: Será realizada a limpeza do terreno, removendo todo o obstáculo que

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS DE EDIFICAÇÕES

CADERNO DE ENCARGOS DE EDIFICAÇÕES COHAB-MG Versão 01 HISTÓRICO DAS REVISÕES HISTÓRICO DAS REVISÕES VERSÃO DATA DESCRIÇÃO 01 01/06/07 Emissão inicial SUMÁRIO SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 7 1 SERVIÇOS INICIAIS... 12 1.1 Locações... 12 2 FUNDAÇÕES...

Leia mais

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES.

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. Arq. Cândida Maciel Síntese Arquitetura 61-34685613 candida@sintesearquitetura.com.br NBR 15575- EDIFÍCIOS HABITACIONAIS DE ATÉ

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador

Anexo I. Caderno de Especificações Técnicas. Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador Anexo I Caderno de Especificações Técnicas Execução de Adaptações, Obras Civis e Instalações para Implantação de Grupo Motor Gerador Porto Alegre/RS 1. Considerações Gerais Antes do início de quaisquer

Leia mais

NOX SISTEMAS CONSTRUTIVOS

NOX SISTEMAS CONSTRUTIVOS LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL LMCC ENDEREÇO: Cidade Universitária Camobi, Santa Maria/RS CEP 97105 900 TELEFONE: (55) 3220 8608 (Fax) Direção 3220 8313 Secretaria E-MAIL: lmcc@ct.ufsm.br

Leia mais

Produto Sistema de vedação vertical leve em madeira

Produto Sistema de vedação vertical leve em madeira Produto Sistema de vedação vertical leve em madeira Rua Aquinos, 111 Água Branca 05036-070 - São Paulo/SP Tel/Fax (11) 3611-1729 www.ifbauer.org.br inovacons@ifbauer.org.br Emissão novembro de 2015 Validade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.4 LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA Durante a execução, até a entrega definitiva da obra, a mesma será mantida permanentemente limpa.

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.4 LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA Durante a execução, até a entrega definitiva da obra, a mesma será mantida permanentemente limpa. Identificação da obra: RESIDENCIAL ANCHIETA GOLD Rua Anchieta nº 5034 Projeto e execução: A3 Arquitetura e Krolow Construção e Comércio. MEMORIAL DESCRITIVO 1. SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS 1.1 SERVIÇOS

Leia mais

ISOTELHA COLONIAL Rapidez e perfeição juntas.

ISOTELHA COLONIAL Rapidez e perfeição juntas. GUIA DE MONTAGEM Rapidez e perfeição juntas. MONTAGEM - TELHA Espaçamento / Inclinação Vão máximo entre terças 1,75 m Linha do beiral 100% 15% Inclinação mínima ATENÇÃO: Respeitar distância máxima entre

Leia mais

Manual de Montagem Casa 36m²

Manual de Montagem Casa 36m² Manual de Montagem Casa 36m² cga -gerência de desenvolvimento da aplicação do aço Usiminas - Construção Civil INTRODUÇÃO Solução para Habitação Popular - é uma alternativa econômica, simples e de rápida

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL 5º SEMESTRE. Professora ROSELI VALLE

ENGENHARIA CIVIL 5º SEMESTRE. Professora ROSELI VALLE ENGENHARIA CIVIL 5º SEMESTRE Professora ROSELI VALLE MARINGÁ 2015 Denomina-se CONCRETO ARMADO à associação do aço ao concreto para que haja melhor resistência em determinados tipos de esforços. Fatores

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turmas C01, C02 e C03 Disc. Construção Civil II 1 O PROJETO ASPECTOS IMPORTANTES PARA O ELETRICISTA

Leia mais

Chapa colada na alvenaria. Corte Vertical. Alvenaria-Pilar. Corte Horizontal - Revestimento do Pilar. Revestimento Knauf W611 Detalhes Técnicos 00-01

Chapa colada na alvenaria. Corte Vertical. Alvenaria-Pilar. Corte Horizontal - Revestimento do Pilar. Revestimento Knauf W611 Detalhes Técnicos 00-01 Revestimento Knauf W611 Detalhes Técnicos Corte Vertical Chapa colada na alvenaria Fita para juntas Alvenaria existente Massa Perlfix Chapa Knauf Massa Perlfix Chapa Knauf Chapa Knauf Massa Perlfix Corte

Leia mais

Listagem de Erros e Omissões

Listagem de Erros e Omissões Listagem de Erros e Omissões - No ponto 13 do caderno de encargos - Critérios de adjudicação, factor preço, uma fórmula matemática, em que uma das parcelas, nomeadamente a PREm - o menor preço proposto,

Leia mais

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015 STEEL FRAMING: COMPARATIVO DE CUSTOS E AS NOVAS PERSPECTIVAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO MUNICÍPIO DE UBERABA Jéssica Cristina Barboza 1 ; Amanda Bernardes Ribeiro 2 ; Cássia Fernanda Borges da Silva 3 ; Pedro

Leia mais

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm.

VIGAS HT 20 E HT 12. + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm. Características da capacidade de carga. Q adm. = 7 kn M adm. VIGAS HT 20 E HT 12 TABELA DE MEDIÇÃO Dimensões HT 12plus Tolerâncias Altura da viga Altura da mesa Largura da mesa Espessura da alma 120 mm 35 mm 65 mm 26,6 mm + / - 2,0 mm - 1,5 % - 1,5 % + / - 0,5 mm

Leia mais

ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09

ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09 ANEXO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/09 PROCESSO DE COMPRA Nº 107/09 São José dos Campos SGVO Eng, Constr. e Empreend. Imob. Ltda CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT. PREÇO(R$) PREÇO TOTAL (R$) 1 Requisitos

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO O objeto desta licitação é a recuperação, requalificação e manutenção da área, hoje degradada, na Avenida Rio de Janeiro, sob o viaduto Elevado de conexão da Via Perimetral

Leia mais

Sistema Construtivo SUSTENTÁVEL

Sistema Construtivo SUSTENTÁVEL Sistema Construtivo SUSTENTÁVEL Clube Casas SISTEMA CONSTRUTIVO SUSTENTÁVEL A Melnick Even traz com exclusividade ao Rio Grande do Sul, para o empreendimento VidaViva Clube Centro em Canoas, o sistema

Leia mais

Steel frame - cobertura (última parte)

Steel frame - cobertura (última parte) Página 1 de 8 Steel frame - cobertura (última parte) A cobertura destina-se a proteger as edificações da ação das intempéries. Pode ser vista também como um dos elementos de importância estética do projeto,

Leia mais

Desenvolvimento de Tecnologia Wood Frame para Habitações de Interesse Social

Desenvolvimento de Tecnologia Wood Frame para Habitações de Interesse Social Desenvolvimento de Tecnologia Wood Frame para Habitações de Interesse Social INTRODUÇÃO Reportagem de julho/2011 do Estado de São Paulo afirma que das 1 milhão de residências do Programa Minha Casa, Minha

Leia mais

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME GESSO SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME Gesso O gesso é uma substância, normalmente vendida na forma de um pó branco, produzida a partir do mineral gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado.

Leia mais

FARDOS DE PALHA FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: DEZEMBRO/2013.

FARDOS DE PALHA FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: DEZEMBRO/2013. Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. FARDOS DE PALHA FICHA CATALOGRÁFICA-21 DATA: DEZEMBRO/2013. Tecnologias, sistemas construtivos e

Leia mais

A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio

A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio Ciclo de Vida do Empreendimento: Todos os empreendimentos tem um ciclo de vida - têm um início, um crescimento

Leia mais

Tabelas de Cálculo para Utilização em Estruturas de AMARU PERFILADO

Tabelas de Cálculo para Utilização em Estruturas de AMARU PERFILADO Tabelas Utilização de e em Cálculo Estrutu turas AMARU PERFILADO para de Projeto de capacitação profissional: Plantar Empreendimentos e Produtos Florestais Ltda e Montana Química S.A Tabelas de Cálculo

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DATA agosto/2013 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.2 74209/001 Aquisição e assentamento de placas de obra em aço galvanizado. Abrigo Provisorio de madeira executado na obra para m² 6,00 157,35 944,10 1.3 01520.8.1.1

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. MARCO ZERO MIX - WORK Avenida Kennedy, 1230- São Bernardo do Campo - SP

MEMORIAL DESCRITIVO. MARCO ZERO MIX - WORK Avenida Kennedy, 1230- São Bernardo do Campo - SP MEMORIAL DESCRITIVO Revisão: 00 MARCO ZERO MIX - WORK Avenida Kennedy, 1230- São Bernardo do Campo - SP 1. PROJETOS Serão executados de acordo com as normas vigentes. 2. FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES Serão executados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$)

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$) 1.0 1.1 Placa de obra em chapa de aço galvanizado m² 1,00 245,51 245,51 1.2 Locação da obra através de gabarito de tábuas corridas pontaletadas m² 52,00 5,80 301,60 1.3 Ligação provisória de energia elétrica

Leia mais

Steel frame - fechamento (parte 3)

Steel frame - fechamento (parte 3) Página 1 de 6 Steel frame - fechamento (parte 3) Hotel Villa Rossa, fechamento em steel frame No segundo artigo desta série sobre steel frame, abordamos a estrutura da edificação. Nela são aplicadas as

Leia mais

THE SAVANNAHS. Contrato-Promessa Anexo II Especificações + Planta da Fracção

THE SAVANNAHS. Contrato-Promessa Anexo II Especificações + Planta da Fracção (LOTES 7 e 9) 1 ESTRUTURA 1.1 A estrutura é constituída por pilares e vigas de betão armado assentes em fundações do mesmo material. 1.2 A lage do rés-do-chão é é constituída por uma placa prefabricada

Leia mais

Método construtivo com CLT : Recomendações construtivas e de acabamentos. Autor: Alexandre Lopes Veneziano Studio Veneziano

Método construtivo com CLT : Recomendações construtivas e de acabamentos. Autor: Alexandre Lopes Veneziano Studio Veneziano Método construtivo com CLT : Recomendações construtivas e de acabamentos. Autor: Alexandre Lopes Veneziano Studio Veneziano Motivação Esqueça o que você já ouviu falar sobre casa de madeira, isto aqui

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO CASA EXPRESS DE PAINÉIS PREMOLDADOS MISTOS DE CONCRETO ARMADO E BLOCOS CERÂMICOS PARA PAREDES E LAJES

SISTEMA CONSTRUTIVO CASA EXPRESS DE PAINÉIS PREMOLDADOS MISTOS DE CONCRETO ARMADO E BLOCOS CERÂMICOS PARA PAREDES E LAJES SISTEMA CONSTRUTIVO CASA EXPRESS DE PAINÉIS PREMOLDADOS MISTOS DE CONCRETO ARMADO E BLOCOS CERÂMICOS PARA PAREDES E LAJES INTRODUÇÃO: A CASA EXPRESS LTDA. é uma empresa do ramo da construção civil, sediada

Leia mais

TOTAL GERAL OBRAS CIVIS COM BDI MÉDIO INDICADO PELO TCU CONFORME TABELA 17 DA RESOLUÇÃO TC 025.990/2008-2 (24,50%) 100,00% 2.046.

TOTAL GERAL OBRAS CIVIS COM BDI MÉDIO INDICADO PELO TCU CONFORME TABELA 17 DA RESOLUÇÃO TC 025.990/2008-2 (24,50%) 100,00% 2.046. DE PARTE DOS BLOCOS "SALAS DE AULA", "CENTRO DE LIDERANÇA" E "ALOJAMENTO PROFESSORES - BLOCO 6" NA ESCOLA SESC DE ENSINO MÉDIO ITEM DISCRIMINAÇÃO % DO TOTAL PREÇO TOTAL 01 SERVIÇOS PRELIMINARES 26,56%

Leia mais

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão OBRA: REFORMA DO LABORATÓRIO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

OCEANO CONSTRUÇÃO E EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA

OCEANO CONSTRUÇÃO E EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA MEMORIAL DESCRITIVO: O Empreendimento seguirá as características constantes do memorial abaixo descrito. 1- Especificação Técnica: 1.1 - Fundações: Serão executadas de acordo com sondagem a ser realizada

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO CONTAINER MÓDULO ESCRITÓRIO CONT 05 A 08_10_11_14 A 19 e CT 10 CONTAINER MÓDULO ESCRITÓRIO/MÓDULO HABITACIONAL

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00076/2015-000 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00076/2015-000 SRP 26243 - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE 153103 - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00076/2015-000 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - Obras Civis

Leia mais

MÓDULOS E COMPONENTES PRÉ-FABRICADOS DE MADEIRA FICHA CATALOGRÁFICA-7 DATA: MAIO/2011.

MÓDULOS E COMPONENTES PRÉ-FABRICADOS DE MADEIRA FICHA CATALOGRÁFICA-7 DATA: MAIO/2011. Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. MÓDULOS E COMPONENTES PRÉ-FABRICADOS DE MADEIRA FICHA CATALOGRÁFICA-7 DATA: MAIO/2011. Tecnologias,

Leia mais

LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES

LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES Contribuição técnica nº 23 LIGHT STEEL FRAMING COMO ALTERNATIVA PARA A CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES Autores: ALEXANDRE KOKKE SANTIAGO MAÍRA NEVES RODRIGUES MÁRCIO SEQUEIRA DE OLIVEIRA 1 CONSTRUMETAL

Leia mais

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall.

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. ANEXO 01 Sala MEV DW DW B B Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. 1 Figura 2 Detalhes das portas em drywall. A porta P11, destinada a acesso à

Leia mais

SOBERANO RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO

SOBERANO RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO CONDIÇÕES GERAIS: Estas especificações fazem parte integrante dos Contratos de Compra e Venda das unidades do Prédio Residencial denominado Soberano Residence. 1- DADOS INICIAIS: 1.1

Leia mais

Residencial Geraldo Pacheco

Residencial Geraldo Pacheco Residencial Geraldo Pacheco 1/6 Memorial Descritivo Rua Rio Branco, esquina com Rua Marajó, Parque das Castanheiras, Vila Velha - ES Projeto arquitetônico - Sandro Pretti Planejado de acordo com normas

Leia mais

GSEducationalVersion LIGHT STEEL FRAME P R O J E T O E C O N S T R U Ç Ã O

GSEducationalVersion LIGHT STEEL FRAME P R O J E T O E C O N S T R U Ç Ã O GSEducationalVersion LIGHT STEEL FRAME P R O J E T O E C O N S T R U Ç Ã O SEDIAME Quem Somos Construção em LSF 03 SISTEMA CONSTRUTIVO Características Exemplos 04 07 SOLUÇÕES MODULARES Módulos para Mercados

Leia mais

Placostil - Ceiling Forros

Placostil - Ceiling Forros 100 Placostil - Ceiling Forros Índice da Atividade Placostil - Ceiling Forros Contínuos Lisos 113 Forros F530 114 Forros STUD 118 Forros FHP 122 Placostil - Ceiling Forros Contínuos Acústicos 125 Gyptone

Leia mais

A equipa desenvolveu dois sistemas de pré-fabricação pensando num desenho atrativo e amável, do qual a parede curva é o testemunho desse compromisso.

A equipa desenvolveu dois sistemas de pré-fabricação pensando num desenho atrativo e amável, do qual a parede curva é o testemunho desse compromisso. Construção Modular Conceito A equipa técnica da dreamdomus aprofundou o conceito de pré-fabricação, levando ao limite a noção de economia habitualmente associada a este tipo de construção, conseguindo

Leia mais

ANEXO I PARTE A ANTEPROJETO DE LEI ITABUNA IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO IPTU. VALOR DO m² PARA CÁLCULO DO VALOR PREDIAL

ANEXO I PARTE A ANTEPROJETO DE LEI ITABUNA IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO IPTU. VALOR DO m² PARA CÁLCULO DO VALOR PREDIAL ANEXO I PARTE A ANTEPROJETO DE LEI ITABUNA IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO IPTU VALOR DO m² PARA CÁLCULO DO VALOR PREDIAL TABELA DOS TIPOS E PADRÕES DE CONSTRUÇÃO TIPO 1 - RESIDENCIAL - PADRÃO "E"

Leia mais

- LAJES PRÉ-FABRICADAS

- LAJES PRÉ-FABRICADAS - LAJES PRÉ-FABRICADAS Originam-se das lajes nervuradas e das lajes nervuradas mistas, onde, em geral, as peças pré-fabricadas são empregadas para a formação das nervuras. Entre elas, colocam-se elementos

Leia mais

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA CONDIÇÕES DE INÍCIO Vigas baldrames impermeabilizadas e niveladas,

Leia mais

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM Com mais de 20 anos de experiência na fabricação de pré-moldados em concreto, a PRÉ-MOLD RM oferece uma completa linha de produtos para a dinamização de sua obra. Laje Treliçada Bidirecional; Laje Treliçada

Leia mais

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR:

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR: MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE MUNICIPAL DE ILÓPOLIS / RS OBJETIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas do projeto de arquitetura,

Leia mais