PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI CONCURSO PÚBLICO PMB - EDITAL Nº 05/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE BARUERI CONCURSO PÚBLICO PMB - EDITAL Nº 05/2015"

Transcrição

1 RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL DE ABERTURA O Prefeito do Município de Barueri, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, resolve RETIFICAR o Edital de abertura do Concurso Público PMB Edital nº 05/2015, na Tabela I do Capítulo1. Do Concurso Público, no Capítulo 5. Da Inscrição para Candidatos com Deficiência, no Capítulo 9. Da Prova Prática (PP) e no Anexo II Conteúdo Programático, conforme segue: NA TABELA I DO CAPÍTULO 1. DO CONCURSO PÚBLICO: Ensino Superior Cargo Professor de Educação Básica II Libras (*) Total de Vagas (*) Vide item do Capítulo 5 deste Edital. Vagas reservadas às pessoas com deficiência Salário base R$ 16,10 a hora-aula Requisitos mínimos exigidos Diploma de Curso Superior de Licenciatura Plena em Letras-Libras, com certificado de proficiência em Libras, conforme legislação vigente. Taxa de inscrição R$ 15,30 NO CAPÍTULO 5. DA INSCRIÇÃO PARA CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA: De acordo com o parágrafo 1º do artigo 7º do Decreto Federal nº 5626/2005, as pessoas surdas terão prioridade para ministrar a disciplina de Libras, ou seja, os candidatos ao cargo de Professor de Educação Básica II Libras que se declararem surdos e comprovarem a referida condição de acordo com o previsto no item 5.10 terão prioridade na contratação com relação aos demais candidatos ao cargo, considerando a classificação no certame. NO CAPÍTULO 9. DA PROVA PRÁTICA (PP): 9.8. A prova prática para os cargos de Professor de Educação Básica I, Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Física, Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Intelectual, Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Múltipla, Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Visual, Professor de Educação Básica I Educação Especial Surdocegueira, Professor de Educação Básica II Letras/Libras, Professor de Educação Básica II Espanhol e Professor de Educação Básica II Informática será composta de 1 (uma) aula-apresentação e deverá ter duração mínima de 10 (dez) e máxima de 15 (quinze) minutos Os temas que deverão ser utilizados para a elaboração dos planos de aula, considerando o cargo, são: a) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Tema 1 - Alfabetização com o uso de letras móveis. Tema 2 - Educação Ambiental a partir de projetos. Tema 3 - Numeração e seriação por meio de jogos. b) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Física Tema 1 - Estabelecimento do sim e do não para alunos com Paralisia Cerebral do tipo hemiplegia que não verbalizam. Tema 2 - A utilização de recursos adaptados para leitura de livros, para alunos com Paralisia Cerebral do tipo hemiparesia espástica direita. Tema 3 - Estimulação da oralidade por meio da prancha de comunicação alternativa para alunos que não verbalizam. c) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Intelectual Tema 1 - Concentração por meio de jogos e brincadeiras. Tema 2 - Raciocínio lógico-matemático a partir de situações-problema. Tema 3 - Estimulação da oralidade por meio de estratégias lúdicas. d) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Múltipla Tema 1 - Jogos adaptados para trabalhar a concentração de alunos com paralisia cerebral e baixa visão. Tema 2 - O uso da prancha de comunicação alternativa para alunos com paralisia cerebral e deficiência intelectual. Tema 3 - Aprendizado da utilização de letras móveis para alunos com baixa visão e com deficiência intelectual. e) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Educação Especial Deficiência Visual Tema 1 - Transcrição de texto para o braille. Tema 2 - Adaptação de material para aluno com perda da visão central. Tema 3 - Operações matemáticas por meio do uso do Sorobã. f) Para o cargo de Professor de Educação Básica I Educação Especial Surdocegueira Tema 1 - Atividade de vida prática por meio de libras táteis. Tema 2 - Uso de calendários de antecipação. Tema 3 - Transcrição de texto para o braille. g) Para o cargo de Professor de Educação Básica II Letras/Libras (vide item 9.9.1, deste Capítulo) Tema 1 - Classes de palavras. Tema 2 - Figuras de linguagem. Tema 3 - Gênero textual: narração. h) Para o cargo de Professor de Educação Básica II Espanhol Tema 1 - Pronombres personales. Tema 2 - Los sonidos vocálicos y consonánticos.

2 Tema 3 - Pronombres Interrogativos y exclamativos. i) Para o cargo de Professor de Educação Básica II Informática Tema 1 - História da informática (dos primórdios aos dias atuais). Tema 2 - Windows 7 - Recursos de ferramenta do sistema (Desfragmentador de disco e Restauração do sistema). Tema 3 - Sistema operacional Linux X Windows X MacOS A aula-apresentação para o cargo de Professor de Educação Básica II Libras deverá ser ministrada em Libras. Itens 9.15, 9.16 e 9.17 NO ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: EM MATEMÁTICA PARA OS CARGOS DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL DEFICIÊNCIA FÍSICA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL DEFICIÊNCIA INTELECTUAL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL DEFICIÊNCIA VISUAL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL SURDOCEGUEIRA, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II ESPANHOL, PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II INFORMÁTICA E PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II LIBRAS MATEMÁTICA Resolução de situações-problema. Números Inteiros: Operações, Propriedades, Múltiplos e Divisores; Números Racionais: Operações e Propriedades. Razões e Proporções, Divisão Proporcional, Regra de Três Simples. Porcentagem. Juros Simples. Sistema de Medidas Legais. Conceitos básicos de geometria: cálculo de área e cálculo de volume. Raciocínio Lógico. DEFICIÊNCIA FÍSICA BRASIL. Ministério da Educação. Saberes e Práticas da Inclusão: Desenvolvendo competências para o atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos com deficiência física/neuromotora. Secretaria de Educação Especial. Brasília: MEC/SEESP, GIACOMINI, Lília. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: orientação e mobilidade, adequação postural e acessibilidade espacial. Brasília: DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

3 BRASIL. Ministério da Educação. Saberes e práticas da inclusão: avaliação para identificação das necessidades educacionais especiais. Brasília: MEC, Secretaria de Educação especial, BRASIL. Ministério da Educação. Saberes e práticas da inclusão: estratégias para a educação de alunos com necessidades educacionais especiais. Brasília: MEC, Secretaria de Educação especial, GOMES, Adriana Leite Lima Verde. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: o atendimento educacional especializado para alunos com deficiência intelectual. Brasília: DEFICIÊNCIA VISUAL

4 DOMINGUES, Selma dos Anjos. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: os alunos com deficiência visual: baixa visão e cegueira. Brasília: GIACOMINI, Lília. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: orientação e mobilidade, adequação postural e acessibilidade espacial. Brasília: BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Avaliação educacional de alunos com baixa visão e múltipla deficiência na educação infantil. Editora UFGD: Dourados-MS, educacionais de alunos cegos e de alunos com baixa visão. Brasília: MEC, Secretaria de Educação especial, NOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA O CARGO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I EDUCAÇÃO ESPECIAL DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA GODOI, Ana Maria. Dificuldades acentuadas de aprendizagem: deficiência múltipla. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, CARVALHO, Eurenice Natália Soares. Programa de capacitação de recursos humanos do ensino fundamental: deficiência múltipla. Brasília: MEC, (Volumes 1 e 2). BRASIL. Ministério da Educação. Estratégias e orientações pedagógicas para a educação de crianças com necessidades educacionais especiais: dificuldades de comunicação e sinalização: deficiência múltipla. Secretaria de Educação Especial. Brasília: MEC/SEESP, BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Avaliação educacional de alunos com baixa visão e múltipla deficiência na educação infantil. Editora UFGD: Dourados-MS, NASCIMENTO, Fátima Ali Abdalah Abdel Cader. Educação infantil: saberes e práticas da inclusão: dificuldades de comunicação e sinalização: surdocegueira/múltipla deficiência sensorial. 4. ed. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, BRASIL. Subsídios para a organização e funcionamento de serviços de educação especial: área deficiência múltipla. Brasília: MEC, BOSCO, Ismênia Carolina Mota Gomes. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: surdocegueira e deficiência múltipla. Brasília: SURDOCEGUEIRA ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO. São Paulo; MEC/SEESP, AEE Pessoa com Surdez. Disponível em: ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO. São Paulo; MEC/SEESP, AEE Pessoa com Deficiência Visual. Disponível em:

5 NASCIMENTO, Fátima Ali Abdalah Abdel Cader. Educação infantil: saberes e práticas da inclusão: dificuldades de comunicação e sinalização: surdocegueira/múltipla deficiência sensorial. 4. ed. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, MANSINI, Elcie F. S. (Org.). Do sentido... pelos sentidos... para o sentido. São Paulo: Vitor Editora, BRASIL. Subsídios para a organização e funcionamento de serviços de educação especial: área deficiência múltipla. Brasília: MEC, BOSCO, Ismênia Carolina Mota Gomes. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: surdocegueira e deficiência múltipla. Brasília: NOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA O CARGO DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II ESPANHOL - PNE - Plano Nacional de Educação Lei nº de NOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA O CARGO DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II INFORMÁTICA - PNE - Plano Nacional de Educação Lei nº de Permanecem inalterados os demais itens do Edital nº05/2015 do Concurso Público para a Prefeitura Municipal de Barueri. E para que chegue ao conhecimento dos interessados, é expedido o presente Edital. Barueri, 1 de dezembro de GILBERTO MACEDO GIL ARANTES Prefeito do Município de Barueri/SP

A Educação Especial na Perspectiva Inclusiva

A Educação Especial na Perspectiva Inclusiva A Educação Especial na Perspectiva Inclusiva Instituto Paradigma O Instituto Paradigma é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), dedicada a desenvolver e implementar projetos nas

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes

Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes Instituto Municipal Helena Antipoff Educação Especial no Município do Rio de

Leia mais

FACULDADE UNA DE SETE LAGOAS

FACULDADE UNA DE SETE LAGOAS FACULDADE UNA DE SETE LAGOAS POLÍTICA DE ATENDIMENTO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA / NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NAP (NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO) CAPÍTULO I Do apoio psicopedagógico, seu público

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 010 /CME/2011 (*) APROVADA EM 28.07.2011. O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MANAUS, no uso de suas atribuições legais e;

RESOLUÇÃO N. 010 /CME/2011 (*) APROVADA EM 28.07.2011. O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MANAUS, no uso de suas atribuições legais e; RESOLUÇÃO N. 010 /CME/2011 (*) APROVADA EM 28.07.2011 Institui os procedimentos e orientações para Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva no Sistema Municipal de Ensino de Manaus. O CONSELHO

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA Nº 001/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZIÂNIA/GO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ANEXO I MODELO DO LAUDO MÉDICO

EDITAL DE ABERTURA Nº 001/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZIÂNIA/GO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ANEXO I MODELO DO LAUDO MÉDICO EDITAL DE ABERTURA Nº 001/2011 ANEXO I MODELO DO LAUDO MÉDICO Ilma. Senhora, Antônia Siqueira dos Santos Presidente da Comissão Especial e Permanente do Concurso Público Eu,, inscrição nº., CPF nº. portador

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E EDUCAÇÃO ESPECIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em ATENDIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Especial. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC O curso

Leia mais

Diretrizes Operacionais Referentes à Rede de Apoio à Inclusão. Gerência de Ensino Especial

Diretrizes Operacionais Referentes à Rede de Apoio à Inclusão. Gerência de Ensino Especial Diretrizes Operacionais Referentes à Rede de Apoio à Inclusão Gerência de Ensino Especial I - Equipe multiprofissional Profissionais: psicólogo, fonoaudiólogo, assistente social. Lotação: Nos Centros de

Leia mais

Assunto: Orientações para a Organização de Centros de Atendimento Educacional Especializado

Assunto: Orientações para a Organização de Centros de Atendimento Educacional Especializado Ministério da Educação Secretaria de Educação Especial Esplanada dos Ministérios, Bloco L 6º andar - Gabinete -CEP: 70047-900 Fone: (61) 2022 7635 FAX: (61) 2022 7667 NOTA TÉCNICA SEESP/GAB/Nº 9/2010 Data:

Leia mais

DISCIPLINA/NÍVEL DE ENSINO REGIME DE TRABALHO PERFIL Nº DE VAGAS

DISCIPLINA/NÍVEL DE ENSINO REGIME DE TRABALHO PERFIL Nº DE VAGAS INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS EDITAL Nº 06/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO ALTERADO PELO EDITAL Nº 07/2015 (DOU de 24/8/2015)* O Diretor Geral do Instituto Nacional de Educação

Leia mais

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC O curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAIS CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 03, de

Leia mais

ADAPTAÇÕES NECESSÁRIAS PARA O ALUNO SURDOCEGO ADQUIRIDO NA ESCOLA DE ENSINO REGULAR

ADAPTAÇÕES NECESSÁRIAS PARA O ALUNO SURDOCEGO ADQUIRIDO NA ESCOLA DE ENSINO REGULAR ADAPTAÇÕES NECESSÁRIAS PARA O ALUNO SURDOCEGO ADQUIRIDO NA ESCOLA DE ENSINO REGULAR Tais Pereira de Sousa Lima Ma. Cyntia Moraes Teixeira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Leia mais

REDE VIRTUAL INESPEC http://radioinespec2013.yolasite.com/

REDE VIRTUAL INESPEC http://radioinespec2013.yolasite.com/ INSTITUTO INESPEC Instituto de Ensino Pesquisa, Extensão e Cultura REDE VIRTUAL INESPEC http://radioinespec2013.yolasite.com/ Dr. Fernando Augusto, 873 Bairro Santo Amaro, CEP 60.540.260. http://wwwestatutoinespec.blogspot.com/

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. Regulamenta a Lei n o 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira

Leia mais

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR Ana Lucia Lima da Costa Pimenta Monteiro Prefeitura Municipal de Biguaçu anamonteiro1970@hotmail.com INTRODUÇÃO: As políticas

Leia mais

Organização do Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recursos Multifuncionais

Organização do Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recursos Multifuncionais Organização do Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recursos Multifuncionais Fonte: MEC/SEE - Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva O que é a Educação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URAÍ

PREFEITURA MUNICIPAL DE URAÍ EDITAL 001/2015 O Prefeito do Município de Uraí-Pr, Sérgio Henrique Pitão, no uso de suas atribuições legais, e a Comissão Examinadora nomeada pela Portaria Municipal n.º 053/2015, no uso de suas atribuições

Leia mais

Decreto Lei de LIBRAS

Decreto Lei de LIBRAS Decreto Lei de LIBRAS Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.626, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. Regulamenta a Lei no 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe

Leia mais

EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Profª Drª Sonia Maria Rodrigues

EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Profª Drª Sonia Maria Rodrigues EDUCAÇÃO INCLUSIVA Profª Drª Sonia Maria Rodrigues INICIANDO NOSSA CONVERSA - Música Vagalume em Libras INCLUSÃO LEGAL Legislação que respalda a política de Educação Inclusiva (nacional e estadual) Leitura

Leia mais

Curso de Especialização em CIÊNCIAS NEUROLÓGICAS, DEFICIÊNCIAS MÚLTIPLAS E SURDOCEGUEIRA

Curso de Especialização em CIÊNCIAS NEUROLÓGICAS, DEFICIÊNCIAS MÚLTIPLAS E SURDOCEGUEIRA Curso de Especialização em CIÊNCIAS NEUROLÓGICAS, DEFICIÊNCIAS MÚLTIPLAS E SURDOCEGUEIRA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em CIÊNCIAS

Leia mais

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIA ASSISTIVA

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIA ASSISTIVA Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIA ASSISTIVA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em EDUCAÇÃO INCLUSIVA E TECNOLOGIA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA DE ORIENTADOR DE ESTUDO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA EDITAL SME Nº 001/2015

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA DE ORIENTADOR DE ESTUDO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA EDITAL SME Nº 001/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA DE ORIENTADOR DE ESTUDO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA EDITAL SME Nº 001/2015 Abre as inscrições para PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA DE ORIENTADOR DE ESTUDO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE SERVIÇOS E RECURSOS DE ACESSIBILIDADE POR CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA E OUTRAS CONDIÇÕES ESPECIAIS COMPERVE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE SERVIÇOS E RECURSOS DE ACESSIBILIDADE POR CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA E OUTRAS CONDIÇÕES ESPECIAIS COMPERVE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UFRN NÚCLEO PERMANENTE DE CONCURSOS COMPERVE COMISSÃO PERMANENTE DE APOIO A ESTUDANTES COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS CAENE MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA

Leia mais

Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação

Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação Deficiência Deficiência Estabelecidos pelo Decreto Federal 3.298 de 20 de dezembro de 1999 (art. 3º, I e 4 ), que foi alterado pelo Decreto 5.296 de 02 de dezembro de 2004. É todo e qualquer comprometimento

Leia mais

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA COM ENFASE EM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E MÚLTIPLA

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA COM ENFASE EM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E MÚLTIPLA Curso de Especialização em EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA COM ENFASE EM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E MÚLTIPLA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores A VISÃO DE ALGUMAS BOLSISTAS DO PIBID SOBRE SUA ATUAÇÃO EM CONTEXTOS EDUCACIONAIS INCLUSIVOS

Leia mais

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA GABINETE DO PREFEITO RETIFICAÇAO E ALTERAÇAO DO EDITAL N 001/2013

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA GABINETE DO PREFEITO RETIFICAÇAO E ALTERAÇAO DO EDITAL N 001/2013 RETIFICAÇAO E ALTERAÇAO DO EDITAL N 001/2013 O PREFEITO DE NOVA VENÉCIA, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo inciso XXI, Artigo 64 da Lei Orgânica Municipal e através da Comissão Especial,

Leia mais

LEI Nº 5.417/2015. Na Alínea b do art. 4º que dispõe sobre a estrutura da carreira do magistério, onde se lê:

LEI Nº 5.417/2015. Na Alínea b do art. 4º que dispõe sobre a estrutura da carreira do magistério, onde se lê: LEI Nº 5.417/2015 Modifica os arts. 4º, 6º, 9º, 29, 36, 37 e 44; a tabela do anexo I e o quadro 1.1 do anexo II da Lei nº 4.442/2006 que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos do Magistério

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE MINORIAS ÉTNICAS E SOCIAIS DELIBERAÇÃO Nº 291, DE 14 DE SETEMBRO DE 2004. Estabelece normas

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Especial. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC O curso

Leia mais

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DIREITO À DIVERSIDADE

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DIREITO À DIVERSIDADE CAPACITAÇÃO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO AEE PROJETO DE PESQUISA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DIREITO À DIVERSIDADE Simone Krabbe Passo Fundo, abril de 2015. 2 CAPACITAÇÃO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial RELATÓRIO DE ATIVIDADES O CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013

CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013 CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013 24 ANOS DE EXPERIÊNCIA NA ÁREA DE CURSOS Realização: AMSCURSOS Apoio: Associação de Professores

Leia mais

ANEXO IV QUESTIONÁRIO TEMÁTICO

ANEXO IV QUESTIONÁRIO TEMÁTICO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL M I N I S T É R I O D A E D U C A Ç Ã O INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO, CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE/CA N 0245/2009

RESOLUÇÃO CEPE/CA N 0245/2009 RESOLUÇÃO CEPE/CA N 0245/2009 Estabelece o Projeto Pedagógico do curso de Primeira Licenciatura em Pedagogia integrante do Programa Emergencial de Formação de Professores em exercício na Educação Básica

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FENEIS SOBRE A EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS (EM RESPOSTA À NOTA TÉCNICA Nº 5/2011/MEC/SECADI/GAB)

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FENEIS SOBRE A EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS (EM RESPOSTA À NOTA TÉCNICA Nº 5/2011/MEC/SECADI/GAB) NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FENEIS SOBRE A EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS (EM RESPOSTA À NOTA TÉCNICA Nº 5/2011/MEC/SECADI/GAB) A Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO CONTINUADA EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ SECRETARIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ SECRETARIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ SECRETARIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO nº 028, de 17 de dezembro de 2014. Estabelece as diretrizes para a realização de Processo Seletivo Especial

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUNÓPOLIS CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 EDITAL Nº. 001/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUNÓPOLIS CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 EDITAL Nº. 001/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUNÓPOLIS CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2014 EDITAL Nº. 001/2015 ADEMIL ANTÔNIO DA ROSA, Prefeito do Município de Brunópolis-SC, no uso das atribuições de seu cargo, e considerando

Leia mais

Portaria 002/2012. O Secretário Municipal de Educação, no uso de suas atribuições, e considerando os preceitos legais que regem a Educação Especial:

Portaria 002/2012. O Secretário Municipal de Educação, no uso de suas atribuições, e considerando os preceitos legais que regem a Educação Especial: Portaria 002/2012 Estabelece normas para o exercício dos profissionais do magistério, detentores dos cargos de Agentes de Apoio em Educação Especial, de natureza pedagógica e as de cuidar, no Atendimento

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DIRETORIA DE PROVIMENTO E CONCURSO EDITAL PRORH Nº 034/2015

PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DIRETORIA DE PROVIMENTO E CONCURSO EDITAL PRORH Nº 034/2015 PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DIRETORIA DE PROVIMENTO E CONCURSO EDITAL PRORH Nº 034/2015 A PRÓ-REITORA DE RECURSOS HUMANOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, no uso de suas atribuições estatutárias

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 2597, DE 22 DE SETEMBRO DE 2003. Regulamenta a Lei n.º 8.160, de 31 de março de 2003, que dispõe sobre a Política Municipal de Atenção às Pessoas

Leia mais

RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007

RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007 RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007 EMENTA: DISPÕE SOBRE O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria Municipal de Educação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria Municipal de Educação EDITAL DE INSCRIÇÃO Nº 001/2015. A Secretária Municipal de Educação de Sete Lagoas, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelos incisos I e IV, do art. 111 da Lei Orgânica do Município de Sete

Leia mais

RESOLVE: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO ESPECIAL

RESOLVE: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO ESPECIAL RESOLUÇÃO 003, de 06 de abril de 2006. Fixa normas para a Educação Especial na Educação Básica do Sistema Municipal de Ensino Teresina. O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto

Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto Denise Cristina Amoroso de Lima Carpintieri - Professora

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N. PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.º 123/2007 O Município de Vitória, por intermédio da Secretaria de Administração,

Leia mais

Política Nacional de Educação Especial, na perspectiva da Educação Inclusiva (2008)

Política Nacional de Educação Especial, na perspectiva da Educação Inclusiva (2008) Política Nacional de Educação Especial, na perspectiva da Educação Inclusiva (2008) Público-alvo da Educação Especial Alunos com: surdez deficiência física, intelectual cegueira, baixa visão, surdocegueira

Leia mais

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 FACULDADE CDL Credenciada pela Portaria MEC n o 354 de 14 de março de 2008; D.O.U. nº 53, de 18/03/2008. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 O Diretor Geral da Faculdade CDL, no uso de suas atribuições

Leia mais

FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. ArtmedEditora. Porto Alegre. 1999.

FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. ArtmedEditora. Porto Alegre. 1999. Bibliografias úteis Alfabetização FERREIRO, Emilia e TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. ArtmedEditora. Porto Alegre. 1999. SOARES, Magda B. Alfabetização e letramento: caminhos e descaminhos....alfabetização

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE DOCENTE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE DOCENTE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DO CARGO

Leia mais

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA GABINETE DO PREFEITO ALTERA E EXCLUI PARTE DO EDITAL Nº 002/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Altera o item 5.4, ANEXO I, VIII e X, exclui o anexo IX, do Edital 002/2015, passando a vigorar com a seguinte redação: 5.4 -

Leia mais

EDITAL Nº 92 DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS RETIFICAÇÃO Nº 003/2015

EDITAL Nº 92 DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS RETIFICAÇÃO Nº 003/2015 SERVICO PUBLICO FEDERAL MINISTERIO DA EDUCACAO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLOGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIENCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO EDITAL Nº 92 DE 2 DE NOVEMBRO DE

Leia mais

Estado de Alagoas Secretaria de Estado da Educação e do Esporte EDITAL SEE Nº 003/2013

Estado de Alagoas Secretaria de Estado da Educação e do Esporte EDITAL SEE Nº 003/2013 EDITAL SEE Nº 003/2013 SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE INTÉRPRETES DE LIBRAS PARA ATENDER AOS ESTUDANTES COM SURDEZ NA 2ª CO- ORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ESTA- DO DE ALAGOAS.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO Meta 4: universalizar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades

Leia mais

DAS INSCRIÇÕES. II - Ter, na data da chamada para escolha de vagas, a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos;

DAS INSCRIÇÕES. II - Ter, na data da chamada para escolha de vagas, a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos; EDITAL Nº 001/2013 Estabelece normas para realização Processo seletivo simplificado de seleção e contratação em Regime de Designação Temporária de professores habilitados e não habilitados para o exercício

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE AMARGOSA, no uso de suas atribuições legais, por orientação da Comissão para efetivação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 26 DE 15 DE JUNHO DE 2007 Retificada no DO de 28 de junho de 2007 Estabelece as orientações

Leia mais

Campus Sousa PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DO CURSO DE EXTENSÃO LIBRAS. Básico. Coordenador: Prof. Priscilla Andrade

Campus Sousa PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DO CURSO DE EXTENSÃO LIBRAS. Básico. Coordenador: Prof. Priscilla Andrade Campus Sousa PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DO CURSO DE EXTENSÃO LIBRAS Básico Coordenador: Prof. Priscilla Andrade Sousa, Setembro de 2014 1 DADOS DO CURSO Título: Curso básico de LIBRAS para professores

Leia mais

NOME DO CURSO: Atendimento Educacional Especializado na Perspectiva da Educação Inclusiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Atendimento Educacional Especializado na Perspectiva da Educação Inclusiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Atendimento Educacional Especializado na Perspectiva da Educação Inclusiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino

Leia mais

1. CÂMPUS, CURSO/ÁREA/SUBÁREA, NÚMERO DE VAGAS, CARGA HORÁRIA E CLASSE E DURAÇÃO PREVISTA DO CONTRATO: Nº DE VAGAS CORUMBÁ/MS

1. CÂMPUS, CURSO/ÁREA/SUBÁREA, NÚMERO DE VAGAS, CARGA HORÁRIA E CLASSE E DURAÇÃO PREVISTA DO CONTRATO: Nº DE VAGAS CORUMBÁ/MS EDITAL Nº 58, 05 DE DEZEMBRO DE 2013. CÂMPUS DO PANTANAL COMISSÃO ESPECIAL CURSO DE LETRAS - LIBRAS SELEÇÃO DE CANDIDATOS A PROFESSOR SUBSTITUTO A COMISSÃO ESPECIAL DO CURSO DE LETRAS-LIBRAS DO CÂMPUS

Leia mais

EDITAL N 022 DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016.

EDITAL N 022 DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ENSINO. EDITAL N 022 DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016.

Leia mais

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGOS: PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL (ANOS INICIAIS 1º AO 5º ANO); PROFESSOR ADJUNTO PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL; PROFESSOR DE ARTES; PROFESSOR DE LINGUAGEM ARTÍSTICA E NATURAL;EDUCADOR

Leia mais

Por uma rede colaborativa

Por uma rede colaborativa PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DE CIDADANIA GERÊNCIA EXECUTIVA DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Por uma rede colaborativa Mossoró - 2012 ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE Processo Seletivo Público PROFESSOR PA, PB, PP e Cuidador EDITAL Nº 005/2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE Processo Seletivo Público PROFESSOR PA, PB, PP e Cuidador EDITAL Nº 005/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE Processo Seletivo Público PROFESSOR PA, PB, PP e Cuidador EDITAL Nº 005/2013 O Município de Venda Nova do Imigrante, através da SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Prefeitura Municipal de Porciúncula

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Prefeitura Municipal de Porciúncula LEI COMPLEMENTAR Nº 055/2007 Dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público do Município de Porciúncula/RJ e dá outras providências O PREFEITO MUNICIPAL DE PORCIÚNCULA, no uso das

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO EDITAL Nº 105, DE 05 DE JUNHO DE 22 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 90, DE 23 DE MAIO DE 22. O REITOR DO, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a autorização concedida pelos dos Decretos nº. 7.311

Leia mais

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte,

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte, LEI Nº 302/05 "DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS" O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

PÓS-GRADUAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO PÓS-GRADUAÇÃO EM ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO Instituição Certificadora: FALC Faculdade da Aldeia de Carapicuíba Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001/ 2007 Decreto 6571 (2008) Carga Horária:

Leia mais

1. Altera a quantidade para cadastro reserva, ficando com a seguinte redação:

1. Altera a quantidade para cadastro reserva, ficando com a seguinte redação: ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE SÃO FÉLIX DO XINGU PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2015/PMSFX Retificação Edital nº 001/2015/PMSFX O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX

Leia mais

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: LEI Nº 2.581/2009 DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE CAETÉ. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N. PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.º 68/2006 O Município de Vitória, por intermédio da Secretaria de Administração,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ EDITAL Nº 01/2016

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ EDITAL Nº 01/2016 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ EDITAL Nº 01/2016 O MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ, pessoa jurídica de direito público, com sede na Av. José Loureiro da Silva, n 1350, Gravataí/RS representado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA PERÍODO DISCIPLINAS Carga Horária Créditos 1º Psicologia da Educação I 40 20 3 Metodologia de Pesquisa em Educação I 20 20 2 Filosofia 40 0 2 Língua Portuguesa 60 0 3 História da Educação 60 0 3 Informática

Leia mais

DIÁRIODAREPÚBLICA ÓRGÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA SUMÁRIO. Presidente da República PRESIDENTE DA REPÚBLICA. ISérie N.º11

DIÁRIODAREPÚBLICA ÓRGÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA SUMÁRIO. Presidente da República PRESIDENTE DA REPÚBLICA. ISérie N.º11 Terça-feira,18deJaneirode2011 ISérie N.º11 DIÁRIODAREPÚBLICA ÓRGÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE ANGOLA Preço deste número Kz: 160,00 Toda a correspondência, quer oficial, quer relativa a anúncio e assinaturas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGARAPÉ-AÇU ESTADO DO PARÁ EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO Nº 001/2016

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGARAPÉ-AÇU ESTADO DO PARÁ EDITAL NORMATIVO DE CONCURSO Nº 001/2016 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 ERRATA 003/2016 A PREFEITURA MUNICIPAL DE IGARAPÉ-AÇU, Estado do PARÁ, no uso de suas atribuições, torna público, para conhecimento e esclarecimento dos interessados,

Leia mais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais SURDEZ: UM MAPEAMENTO DAS PRODUÇOES ACADÊMICAS EM UM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESCOLAR ALVES, R. A. 1 MANZOLI, L. P. 2 URBAN,

Leia mais

Princípios da educação inclusiva. Profa Me Luciana Andrade Rodrigues

Princípios da educação inclusiva. Profa Me Luciana Andrade Rodrigues Princípios da educação inclusiva Profa Me Luciana Andrade Rodrigues Objetivos - Pensar na imagem que nós temos do outro ; - Conversar sobre Estigma e preconceito; - Discutir sobre as estratégias a serem

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 24/01/2013 15:10. Centro de Ciências da Educação

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 24/01/2013 15:10. Centro de Ciências da Educação /1/13 15:1 Centro de Ciências da Educação Curso: 166 Educação Especial (Noturno) Currículo: 11/ 1 EDU.175.-1 Educação Inclusiva Educação Inclusiva: contextualização histórica, fundamentos e concepções.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 02/2014 1. PROVA - LÍNGUA PORTUGUESA 1.1. Programa da Prova: ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.1.1. Português (Nível Médio): Ortografia. Relações entre fonemas

Leia mais

Resolução nº 067, de 21 de dezembro de 2007.

Resolução nº 067, de 21 de dezembro de 2007. UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Av. Castelo Branco, 170 -CEP 88.509-900 - Lages - SC - Cx. P. 525 - Fone (0XX49) 251-1022 Fax 251-1051 Resolução nº 067, de 21 de dezembro de 2007. Dispõe sobre o Programa

Leia mais

Curso de Especialização em TREINAMENTO DESPORTIVO E EDUCAÇÃO ESPECIAL

Curso de Especialização em TREINAMENTO DESPORTIVO E EDUCAÇÃO ESPECIAL Curso de Especialização em TREINAMENTO DESPORTIVO E EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Treinamento Desportivo e Educação

Leia mais

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 003/2014 POR PROVA DE TÍTULOS A Secretária Municipal de Educação de Biguaçu, no uso de suas

Leia mais

DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Maria Izabel do Amaral Sampaio Castro 8.ª Promotora de Justiça de São Caetano do Sul miasc@mp.sp.gov.br (11) 4238-8757 1 TERMINOLOGIA 1) Pessoa PORTADORA de Deficiência:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 019/2014 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro EDUCAÇÃO ESPECIAL Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro GRUPO ALVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Alunos que apresentam limitações graves ao nível da Actividade e Participação, decorrentes de Execução de uma ação

Leia mais

Política Estadual de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva SUEESP

Política Estadual de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva SUEESP Política Estadual de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva SUEESP Supervisão de Educação Especial Nádia Borges de A. Ferreira Psicóloga CRP 0092/22º Núcleo de Educação Especial - UREI MISSÃO: Garantir

Leia mais

Inclusão de Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais no Ensino Superior

Inclusão de Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais no Ensino Superior MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Inclusão de Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais no Ensino Superior Prof. Francisco Ricardo Lins V. de Melo Departamento

Leia mais

1. DO PROCESSO SELETIVO E DAS VAGAS.

1. DO PROCESSO SELETIVO E DAS VAGAS. PREFEITURA MUNICIPAL DE TEÓFILO OTONI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 005 / 2015. PROGRAMA NACIONAL DE INCLUSÃO DE JOVENS - PROJOVEM URBANO 2015. Resolve: Por

Leia mais

EDITAL Nº 016/2016 MATRÍCULA EM DISCIPLINAS COMPLEMENTARES DE LICENCIATURA EM PSICOLOGIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2016

EDITAL Nº 016/2016 MATRÍCULA EM DISCIPLINAS COMPLEMENTARES DE LICENCIATURA EM PSICOLOGIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2016 EDITAL Nº 016/2016 MATRÍCULA EM DISCIPLINAS COMPLEMENTARES DE LICENCIATURA EM PSICOLOGIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2016 Mônica Gomes Abel, Secretária Geral do Centro Universitário São Camilo, no uso de suas

Leia mais

EDITAL Nº 05/2015.1. (Bacharelado) Turismo (Bacharelado) 50 Noturno Pedagogia (Licenciatura) 50 Noturno

EDITAL Nº 05/2015.1. (Bacharelado) Turismo (Bacharelado) 50 Noturno Pedagogia (Licenciatura) 50 Noturno EDITAL Nº 05/2015.1 A Diretora Geral da Faculdade de Ensino Regional Alternativa - FERA, no uso de suas atribuições legais, divulga, através desse Edital, as normas do Processo Seletivo Vestibular FERA/2015.1

Leia mais

O PAPEL DA TECNOLOGIA ASSISTIVA NO ENSINO SUPERIOR: UM OLHAR ÀS POSSIBILIDADES E DIFICULDADES

O PAPEL DA TECNOLOGIA ASSISTIVA NO ENSINO SUPERIOR: UM OLHAR ÀS POSSIBILIDADES E DIFICULDADES O PAPEL DA TECNOLOGIA ASSISTIVA NO ENSINO SUPERIOR: UM OLHAR ÀS POSSIBILIDADES E DIFICULDADES ANDREZA APARECIDA POLIA 1 MARIA DA CONCEIÇÃO NARKHIRA PEREIRA 2 LEILANE BENTO DE ARAÚJO MENESES 3 KARL MARX

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA LEI Nº 278, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014. Altera e insere dispositivos na Lei Municipal nº 016, de 20 de janeiro de 2004, a qual dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração dos Servidores do Magistério

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO A Prefeitura Municipal de São Carlos, por determinação do Exmo. Prefeito Municipal, Paulo Roberto Altomani,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 22/2015

RESOLUÇÃO Nº 22/2015 RESOLUÇÃO Nº 22/2015 Dispõe sobre o processo de atribuição de classes e/ou aulas aos Professores Adjuntos Educação Básica, PAEBs, detentores de emprego público do Quadro do Magistério Municipal para o

Leia mais

CNPJ: 10.482.039/0001-46

CNPJ: 10.482.039/0001-46 EDITAL FUNAEPE Nº 27/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR PARA ATUAR NO PROJETO Tentáculos Cursinho Pré-Vestibular da UFGD A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE AMARGOSA, no uso de suas atribuições legais, por orientação da Comissão para efetivação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERTANEJA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERTANEJA Estado do Paraná LEI COMPLEMENTAR Nº 53/2014 DE 29 DE AGOSTO DE 2014 Súmula: DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO DE PROFESSOR EM CAMPOS ESPECIFICOS NOS TERMOS DA LEI COMPLEMENTAR MUNICIPAL Nº 029/2010,

Leia mais

EDITAL Nº 005/ 2010/FCEE - RETIFICAÇÃO (ALTERA o Edital nº 003/2010/FCEE)

EDITAL Nº 005/ 2010/FCEE - RETIFICAÇÃO (ALTERA o Edital nº 003/2010/FCEE) ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDAÇÃO CATARINENSE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL EDITAL Nº 005/ 2010/FCEE - RETIFICAÇÃO (ALTERA o Edital nº 003/2010/FCEE) O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CATARINENSE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL -

Leia mais