se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes."

Transcrição

1 Questão 01) Sejam dados os processos abaixo:. Fe(s) Fe(l).. H 2 O(l) H 2 (g) + 1/2 O 2 (g) C(s) + O 2 (g) CO 2 (g) V. H 2 O(v) H 2 O(s) V. NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 3/2 N 2 (g) A opção que representa somente fenômenos químicos endotérmicos é: a), e V b) e V apenas c) e V apenas d), e V Gab: A Questão 02) Admitindo-se que a reação 25 C H O2 8CO2 9H2O calor se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes. b) A quantidade de calor liberada independe do estado físico dos produtos. c) Trata-se de uma reação endotérmica. d) A quantidade de energia liberada independe da massa de reagentes. e) A combustão de 228g de C 8 H 18 produz 352g de CO 2.

2 Gab: A Questão 03) Considere, para as transformações representadas abaixo, as mesmas condições de temperatura e pressão. 1. H2(g) O2(g) H2O(s) H1 291,8kJ/ mol H2(g) O2(g) H2O(l) H2 285,8kJ/ mol 2 1 H2(g) O2(g) H2O(v) H3 241,8kJ/ mol 2 Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas nas seguintes frases, a respeito das equações consideradas acima: A água apresenta maior entalpia no estado e menor no. A fusão de 6g de água é um processo no qual kj de energia são. a) gasoso; sólido; endotérmico; 2; absorvidos b) gasoso; sólido; exotérmico; 6; absorvidos c) gasoso; líquido; endotérmico; 44; absorvidos d) sólido; gasoso; exotérmico; 2 liberados e) sólido; gasoso; endotérmico; 6; liberados f).r. Gab: A Questão 04) Ao dissolver 0,400 g de hidróxido de sódio, NaOH, em 100,00 g de água, a temperatura desta sobe de 25,00 para 26,03ºC. Em relação ao processo de dissolução, é CORRETO afirmar que a) o solvente é resfriado ao ceder calor para o soluto. b) a variação de entalpia da reação, ΔH, é positiva. c) o calor liberado pela reação é absorvido pela água. d) o solvente fortalece as interações atrativas dos íons.

3 Gab: C Questão 05) Potes, moringas ou filtros de cerâmica, ainda usados em algumas regiões remotas do Brasil, esfriam em relação à temperatura ambiente e mantêm fresca a água potável das habitações mais humildes. O resfriamento da água ocorre por conta da a) porosidade da cerâmica e da vaporização da água. b) composição química do material e da sublimação da água. c) permeabilidade da cerâmica e da condensação da água. d) força das ligações de hidrogênio da água. Gab: A Questão 06) Considerando os dados apresentados, calcule a massa de alumínio, em gramas, necessário para desprender, a pressão constante, 153kJ. Suponha que a quantidade de oxigênio é excessiva. Na fabricação de fogos de artifício, pode ser utilizado alumínio metálico em pó. A reação de queima, com liberação de luz e calor, é representada abaixo. Dados: M(Al) = 27.0g/mol Al (Z = 13) M(O) = 16.0g/mol O(Z = 8) 2 Al (s) + 3/2 O 2(g) Al 2 O 3(s) H = kj. mol -1 Gab: 5g Questão 07) Nas condições padrão, a reação: 3 NH 3(g) 1,5 N 2(g) + 4,5 H 2(g) tem H = + 33,0 kcal.

4 Logo, a entalpia de formação de 2 moles do gás amoníaco é: a) - 11,0 kcal b) + 11,0 kcal c) + 33,0 kcal d) - 22,0 kcal e) - 33,0 kcal Gab: D Questão 08) Considere a seguinte equação de decomposição do ácido iodídrico: H 1/2 H 2 2 1/2 H 2 + 1/2 2 H = 6 Kcal.mol 1 complexo ativado Para ocorrer a liberação de 336 Kcal, quantos mols de H devem ser decompostos? Gab: 56 Questão 09) Os romanos usavam óxido de cálcio como argamassa no assentamento das pedras e edificações. Esse óxido, ao ser misturado com água, dá origem a seu hidróxido, que reage lentamente com o gás carbônico da atmosfera formando calcáreo. Com base nas entalpias de formação, o calor envolvido na reação de 7,4 kg de hidróxido de cálcio com quantidade estequiométrica de CO 2 é:

5 a) 2827 kj; b) 69 kj; c) 6900 kj; d) 1414 kj; e) 28,27 kj. Gab: C Questão 10) Vejamos a seguir duas equações termoquímicas: A) H 2(g) Cl 2(g) 2 HCl (g), H 184,9 kj (25ºC, 1atm). B) H 2(g) 2(g) 2 H (g), H 51,8 kj (25ºC, 1atm). Dados: H = 1; Cl = 35,5; = 137. Em relação às equações termoquímicas acima podemos afirmar que:. As equações apresentadas nas alternativas a e b, respectivamente, são exotérmica e endotérmica.. Todas as equações termoquímicas estão balanceadas.. Em ambas as equações termoquímicas 2 g de H 2(g) produzem 73 g de HCl e 73 g de H. a), e são verdadeiras. b) e são verdadeiras. c) e são verdadeiras. d) e são falsas. e), e são falsas.

6 Gab: B Questão 11) O gás nitrogênio e o gás oxigênio são os dois principais gases encontrados no ar que respiramos. Eles podem, em determinadas condições, reagir para fornecer o óxido de dinitrogênio como produto, segundo a reação descrita abaixo. 2N 2 (g) + O 2 (g) 2N 2 O (g) ΔH = 176 kj Considerando a equação da reação acima, responda as questões abaixo. a) A reação libera ou absorve calor? Justifique. b) Demonstre e calcule a energia necessária para a formação de 25 g de N 2 O? Gab: a) A reação absorve calor (endotérmica) por causa do ΔH ser positiva. b) A reação mostra que 176 kj são necessários para formar 2 mol de N 2 O. Portanto, a quantidade de energia para formar 1 mol é: 176/2 = 88 kj. A massa molecular de N 2 O é (2*14+16) = 44g/mol, a que permite calcular o número de mol correspondente à massa de 25 g, ou seja, 25/44 mol. Conseqüentemente, a energia necessária para formar 25 g de N 2 O é: 88*25 / 44 = 50 kj para 25 g. Questão 12) O metano, CH 4, é o principal componente do gás de pântano. A equação que representa a combustão completa desse gás está representada a seguir: CH 4 (g) + 2O 2 (g) CO 2 (g) + 2H 2 O (g); H = 802 kj/mol A combustão completa de 10 kg de metano libera uma quantidade de energia, em kj, de Dados:

7 Massas molares (g/mol) H = 1 C = 12 a) b) c) d) e) Gab: B Questão 13) A variação de energia ocorrida na queima de um mol de álcool combustível é corretamente representada pelo gráfico: Gab: A Questão 14) Observe o gráfico abaixo.

8 1. O gráfico corresponde a um processo endotérmico. 2. A entalpia da reação é igual a kcal. 3. A energia de ativação da reação é igual a 560kcal. Está(ão) correta(s): a) 1 apenas b) 2 apenas c) 2 e 3 apenas d) 1 e 3 apenas e) 1, 2 e 3 Gab: E Questão 15) O sal de cozinha, em contato com a água, mesmo na forma de gelo, tende a se dissolver. Essa dissolução é um processo endotérmico, isto é, exige uma quantidade de energia para se concretizar. A temperatura da mistura pode chegar a 18ºC e, em 5 minutos, seu isopor será capaz de fazer por sua latinha de cerveja o que o freezer faria em 15 minutos. Assinale a opção que contém o gráfico que representa um processo endotérmico, em uma reação química. a)

9 b) c) d) Gab: D Questão 16) O número de átomos de carbonos secundários presentes na estrutura do hidrocarboneto naftaleno é: a) 2 b) 4 c) 6 d) 8 e) 10 Gab: D Questão 17) O hidrocarboneto, que apresenta a menor cadeia carbônica aberta, saturada e ramificada, tem fórmula molecular: a) CH 4 b) C 4 H 8 c) C 5 H 8

10 d) C 4 H 10 e) C 2 H 4 Gab: D Questão 18) O composto orgânico, de fórmula plana, possui: H C C CH 2 a) 5 carbonos primários, 3 carbonos secundários, 1 carbono terciário e 2 carbonos quaternários. b) 3 carbonos primários, 3 carbonos secundários, 1 carbono terciário e 1 carbono quaternário. c) 5 carbonos primários, 1 carbono secundário, 1 carbono terciário e 1 carbono quaternário. d) 4 carbonos primários, 1 carbono secundário, 2 carbonos terciários e 1 carbono quaternário. Gab: C Questão 19) O corpo de uma vela é constituído de parafina, uma mistura de hidrocarbonetos que contém o tetracontano, cuja fórmula está representada a seguir. A fórmula molecular desse composto é a) C 36 H 78

11 b) C 36 H 80 c) C 40 H 78 d) C 40 H 80 e) C 40 H 82 Gab: E Questão 20) Utilizando a ordem alfabética para os ligantes, atribua a nomenclatura oficial para os compostos abaixo: CH 2 CH 2 - CH C CH CH2 CH 2 CH 2 - CH CCH 3 CH Gab: - 4-sopropil-3,4-dimetil-hexano - 4-sopropil-2,4-trimetil-heptano Questão 21) Em alcanos de cadeias ramificadas deve-se fazer a nomenclatura oficial da seguinte maneira: - escolher a cadeia principal; - numerar a cadeia utilizando a ordem de prioridades para os grupos ligantes - se houver mais de um tipo de grupo ligante colocá-los em ordem alfabética assim, dê a nomenclatura para os alcanos a seguir:

12 - CH3 CH 2 CH CH CH 3 CH3 CH CH3 CH 2 2 C CH CH 2 CH CH 3 CH 2 3 C CH CH 3 Gab: - 2,3-Dimetil-pentano -2,3,3-trimetil-pentano -3-Etil-2,3-dimetil-hexano Questão 22) Atribua a nomenclatura odicial UPAC aos compostos a seguir: - CH 2 CH 2 CH 2 CH 3 H 3 C CH C H 2 CH 2 CH H 3 C C H 2 CH CH 2 Gab: -Pentano - 2-Metil-pentano -3-Metil-pentano Questão 23) Assinale a alternativa que corresponde ao nome do composto abaixo, segundo os sistema de nomenclatura da upac.

13 Gab: 2,3,5-trimetil-4-propil-heptano Questão 24) A substância 2 metil butano tem fórmula molecular: a) C 4 H 6 b) C 4 H 8 c) C 4 H 10 d) C 5 H 10 e) C 5 H 12 Gab: E Questão 25) Unindo-se os radicais metil e etil obtém-se o: a) propano b) butano c) etano d) eteno e) etino Gab: A Questão 26) O composto orgânico representado a seguir:

14 É denominado: a) 2,4-dimetil-3-etil-butano b) 1,3-dimetil-2-etil-butano c) 3-iso-propil-pentano d) 4-metil-3-etil-pentano e) 2-metil-3-etil-pentano Gab: E Questão 27) Assinale a única alternativa correta, com relação ao composto que apresenta a estrutura ao lado: CH 2 CH 2 CH 2 CHCHCCH 2 H3 C C CH 2 a) é um alqueno b) apresenta 1 radical n-propila ligado ao carbono 4. c) apresenta 2 radicais propila. d) apresenta 3 radicais etila. e) apresenta 2 radicais etila. Gab: E Questão 28) O octano é um dos principais constituintes da gasolina, que é uma mistura de hidrocarbonetos. A fórmula molecular do octano é: a) C 8 H 18

15 b) C 8 H 16 c) C 8 H 14 d) C 12 H 24 e) C 18 H 38 Gab: A Questão 29) Assinale a alternativa correta, com relação à fórmula química do butano. a) C 4 H 4 b) C 4 H 10 c) C 2 H 6 d) C 3 H 9 e) C 4 H 9 Gab: B Questão 30) - Quantos átomos de carbono possui a cadeia principal da molécula representada abaixo? a) 3 b) 5 c) 6 d) 7 e) 10 Gab: D Questão 31)

16 Quantos átomos de carbono tem um alcano com 42 átomos de hidrogênio? a) 5 b) 10 c) 20 d) 30 e) 40 Gab: C Questão 32) O composto orgânico 2,2-dimetil-3-metil-butano é um hidrocarboneto saturado que apresenta cadeia orgânica acíclica, ramificada e homogênea. a) Escreva a fórmula estrutural desse composto e classifique os átomos de carbono da sua cadeia orgânica principal. Gab: a) p H 3 C p C q CH t p p p = primário t = terciário q = quaternário p Questão 33) O isooctano e outras moléculas de hidrocarbonetos ramificados são mais desejáveis, nas gasolinas comerciais, do que moléculas de cadeia linear uma vez que estas sofrem ignição de forma explosiva, causando até perda de potência.

17 H 3 C isooctano C CH 2 CH Assinale a opção que apresenta a nomenclatura correta do isooctano a) 2,2,3 - trimetilpentano b) 2,2,4 - trimetilpentano c) 2,2,4 - trimetilbutano d) 2,2,3 - dimetilpentano e) 2,2,4 - trimetilhexano Gab: B Questão 34) Um dos parâmetros utilizados para avaliar a qualidade da gasolina é o índice de octano. Esse índice é estabelecido com base em uma escala arbitrária em que ao composto () é atribuído o valor 0 (zero) e ao composto () o valor 100 (cem). H CH 2 H C CH 2 CH 2 C H H C CH 2 C () H () Os nomes sistemáticos dos compostos () e () são, respectivamente: a) 1-metil-4-etilbutano e 1,1,3,3-tetrametilbutano. b) heptano e 2,2,4-trimetilpentano. c) 1-etil-4-metilbutano e 2,2,4,4-tetrametilbutano. d) heptano e 2,4,4-trimetilpentano. e) 4-etil-1-metilbutano e 1,1,3,3-tetrametilbutano. Gab: B

18 Questão 35) O hidrocarboneto abaixo, segundo as normas de nomeclatura da UPAC (nternational Union of Pure and Apllied Chemistry), é o a) 3-etil-2-metiloctano. b) 6-etil-7-metiloctano. c) 3-isopropiloctano. d) 2-metil-3-etiloctano. Gab: A Questão 36) Octanagem é o índice de resistência à detonação da gasolina. O índice faz relação da equivalência à resistência de detonação de uma mistura percentual de isoctano (2,2,4- trimetilpentano) de fórmula molecular C 8 H 18. Considerando os três compostos de mesma fórmula molecular que o isoctano, quais são os radicais que podem ser identificados? CH 2 CH CH 2 CH CH 2 C CH 2 CH 2 CH 2 CH CH 2 CH a) Os radicais metila, etila e séc-butila.

19 b) Os radicais metila, etila e propila. c) Os radicais metila, etila e isobutila. d) Os radicais metila e etila. e) Os radicais metila, etila e isopropila. Gab: D Questão 37) A qualidade da gasolina, que determina quão suavemente ela queima, é medida pelo índice de octanagem. Por exemplo, a molécula linear de octano queima tão mal que tem octanagem -19, mas seu isômero comumente chamado de isoctano tem octanagem 100. Sabendo que a fórmula estrutural do isoctano é: H 3 C C CH 2 CH De acordo com as regras adotadas pela UPAC, o isoctano é denominado: a) 1,1,3-dimetilhexano b) 2,2,4- trimetiloctano c) 1,1,3-metiloctano d) 2,2,4-trimetilpentano e) 2,2,4-metilpentano Gab: D Questão 38) Assinale a alternativa que contém a classificação correta da seguinte cadeia carbônica: CH CH 2 CCH a) acíclica, saturada e ramificada. b) cíclica, insaturada e ramificada. c) cíclica, saturada e sem ramificação. d) acíclica, insaturada e ramificada. e) heterocíclica, insaturada e ramificada.

20 Gab: D Questão 39) Analise o composto representado na figura abaixo. H 3 C CH CH 2 CH 2 CH 2 CH CH C CH 2 CH 2 Assinale a alternativa correta em relação ao composto. a) Este composto representa um alcano de cadeia linear. b) Este composto possui apenas três carbonos terciários. c) Este composto possui quatro insaturações. d) Neste composto encontra-se apenas um carbono assimétrico. e) Este composto é representando pela forma molecular C 16 H 32. Gab: B Questão 40) A cafeína um estimulante do sistema nervoso central cuja estrutura é representada na figura é um alcalóide encontrado nos grãos de café, em folhas de alguns tipos de chá e em refrigerantes à base de cola.

21 O N N O N Cafeína N A tabela apresenta o conteúdo de cafeína em 200 ml de algumas bebidas: Determine o número de átomos de carbonos secundários presentes em uma molécula de cafeína. Para isso, transcreva a estrutura da cafeína para seu caderno de respostas e identifique, marcando com uma seta, todos os átomos de carbonos secundários. Gab: Somente 1 carbono. Alguns vestibulares adotam a convenção oficial da UPAC, que só classifica os carbonos que apresentem hibridização sp 3, desse modo não há nenhum. Questão 41) Considere a cadeia carbônica do 2,3-dimetil-butano. A alternativa que indica o número de átomos de carbono, terciário, secundário e primário, respectivamente, é: a) 2, 0, 4 b) 2, 1, 3 c) 1, 1, 4 d) 1, 2, 3 e) 0, 2, 4 Gab: A

22 Questão 42) A tirosina, aminoácido sintetizado nos animais a partir da fenilamina, apresenta a seguinte estrutura: HO CH 2 CHCOOH NH 2 Com relação à classificação dos átomos de carbono na estrutura da tirosina, assinale a alternativa que contém a quantidade correta de átomos de carbono primários, secundários, terciários e quaternários, nessa ordem. a) 1, 7, 1, 0 b) 3, 5, 0, 1 c) 2, 5, 2,0 d) 2, 3, 1, 3 e) 4, 0, 1, 2 Gab: A TEXTO: 1 - Comum à questão: 43 Xisto betuminoso é uma rocha impregnada de material oleoso (5 a 10%) semelhante ao petróleo. Ele é abundante na natureza, contudo sua extração é muito difícil. Para isso a rocha deve ser escavada, moída e aquecida a cerca de 500 C para que o óleo bruto seja liberado, o qual deve ser refinado, como ocorre com o petróleo. Esse processo todo encarece o produto obtido. Do processamento de 112 toneladas do minério (rocha) resultam barris de óleo, 890 toneladas de enxofre, 450 toneladas de GLP e 1,8 milhão de metros cúbicos de gás combustível leve (metano e etano). As equações termoquímicas da combustão das substâncias componentes do GLP e do gás combustível são: 1 ) CH4(g) 2 O2(g) CO2(g) 2 H2O( ) H 212,8 kcal/ mol

23 7 2 ) C2H6(g) O2(g) 2 CO2(g) 3 H2O 2 ( ) H 372,8 kcal/mol 3 ) C3H8(g) 5 O2(g) 3CO2(g) 4 H2O( ) H 530,6 kcal/ mol 4 ) C H (g) O2(g) 4 CO2(g) 5 H2O 2 ( ) H 688kcal/ mol Questão 43) Considerando as equações (1 a 4, no texto) das reações de combustão dos componentes do gás combustível e do GLP obtidos a partir do xisto betuminoso, é correto afirmar que essas transformações são ( ) e que a equação ( ) representa a reação que ( ) ( ) quantidade de calor por grama de combustível queimado. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas acima. a) exotérmicas 1 libera menor b) exotérmicas 4 absorve maior c) exotérmicas 1 libera maior d) endotérmicas 4 absorve maior e) endotérmicas 1 absorve maior f).r. Gab: C TEXTO: 2 - Comum à questão: 44 A tendência mundial de buscar fontes alternativas de energia e a decisão de empreendedores em investir em novas tecnologias de queima limpa do carvão devem aumentar a participação do carvão na matriz energética brasileira, sendo que a previsão da Eletrobrás é que passe dos atuais 2% para 5,35% até (Agência Brasil, )

24 Questão 44) Para avaliar a quantidade de calor que pode ser obtida da queima do carvão, deve-se utilizar os valores correspondentes a) à entalpia. b) à entropia. c) ao calor específico. d) à energia de ligação. e) à capacidade calorífica. Gab: A TEXTO: 3 - Comum à questão: 45 Oxigênio, nitrogênio e hélio são gases utilizados em ambientes hospitalares com diversas aplicações em sistemas de manutenção da vida. Em geral, são fornecidos em cilindros, sob pressão. Questão 45) Considere a reação. 1/2 N 2 (g) + 1/2 O 2 (g) NO (g) H = +90 kj/mol NO A equação que descreve corretamente a reação, incluindo os aspectos termoquímicos nela envolvidos, é a) N 2 (g) + O 2 (g) 2NO (g) + 90 kj b) 1/2N 2 (g) +1/2O 2 (g) NO (g) kj

25 c) N 2 (g) + O 2 (g) + 90 kj 2NO (g) d) N 2 (g) + O 2 (g) kj 2NO (g) e) N 2 (g) + O 2 (g) 2NO (g) kj Gab: D TEXTO: 4 - Comum à questão: 46 Disponível em: <www1.folha.uol.com.br/ciencia/ mudanca-climatica-acelera-ciclo-dachuva.shtml>. Acesso em: 29 abr Questão 46) Durante o processo de evaporação da água, ocorre a diminuição da temperatura do ar, embora isso não seja suficiente para restaurar a temperatura atmosférica superaquecida. A evaporação da água promove isso, pois o calor latente de a) fusão promove a mudança para a fase líquida, numa reação exotérmica. b) vaporização promove a mudança para a fase sólida, numa reação exotérmica. c) solidificação promove a mudança para a fase sólida, numa reação endotérmica. d) ebulição promove a mudança para a fase gasosa, numa reação endotérmica.

26 Gab: D e) liquefação promove a mudança para a fase gasosa, numa reação exotérmica.

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 04 Termoquímica Entalpia (H) e Fatores que Alteram o ΔH RESUMO Entalpia (H) é a quantidade total de energia de um sistema que pode ser trocada na

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia 01. (Cesgranrio) Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H 2O Ca(OH) 2 + X kcal/mol

Leia mais

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 / Nome: nº 1. Atualmente, a troposfera é constituída por espécies maioritárias, como o azoto, N 2, o oxigénio,

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia.

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia. TERMOQUÍMICA 1 Introdução A sociedade moderna depende das mais diversas formas de energia para sua existência. Quase toda a energia de que dependemos é obtida a partir de reações químicas, como a queima

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo "iso".

a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo iso. EXECÍCIOS REVISÃO QUÍMICA - 2ª série 1. (Uff) Dê a fórmula estrutural dos seguintes compostos: a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo

Leia mais

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III Química Módulo 9: Termoquímica 1. (UNESP/010) A tabela apresenta informações sobre as composições químicas e as entalpias de combustão para três diferentes combustíveis que podem ser utilizados em motores

Leia mais

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação.

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação. TERMOQUIMICA Estuda a variação de energia, ou seja, a variação de temperatura nas reações químicas. Essa energia é chamada de Entalpia representada pelo símbolo H. Reação endotérmica (absorve energia)

Leia mais

QUÍMICA - 2ª SÉRIE - REVISÃO Questão 01) Considere os valores de entalpia padrão de formação ( H o f) em KJ.mol -1 à 25 C, das seguintes substâncias:

QUÍMICA - 2ª SÉRIE - REVISÃO Questão 01) Considere os valores de entalpia padrão de formação ( H o f) em KJ.mol -1 à 25 C, das seguintes substâncias: QUÍMICA - 2ª SÉRIE - REVISÃO Questão 01) Considere os valores de entalpia padrão de formação ( H o f) em KJ.mol -1 à 25 C, das seguintes substâncias: Para a reação CH 4(g) -74,8 CHCl 3(l) - 134,5 HCl (g)

Leia mais

Cadeias Carbônicas hidrocarbonetos

Cadeias Carbônicas hidrocarbonetos Resoluções Segmento: Pré-vestibular Coleção: Alfa, Beta e Gama. Disciplina: Química Caderno de Exercícios 1 Série: 12 Cadeias Carbônicas hidrocarbonetos 1. Pode-se distinguir uma amostra sólida de um composto

Leia mais

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS Termoquímica é a parte da química que estuda as trocas de energia entre o sistema e o meio durante a ocorrência de uma reação química ou de um processo físico. ENTALPIA É

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota:

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS Disciplina: Química Ensino Médio Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: Série: 2º ano 3º Bimestre Data: 04/09/2015 Professor: Júnior Aluno(a): N

Leia mais

Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2

Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2 Leonnardo Cruvinel Furquim TERMOQUÍMICA 2 Calorimetria Os reagentes são colocados num recipiente de aço de paredes resistentes chamado bomba, o qual está imerso numa quantidade de água contida num recipiente

Leia mais

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES CONCEITOS IMPORTANTES SISTEMA -É qualquer porção do universo escolhida para observação para, estudo ou análise. ENERGIA - resultado do movimento e da força gravitacional existentes

Leia mais

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 06 Termoquímica Outros Tipos de ΔH e Energia de Ligação RESUMO ΔH nas mudanças de estado: o ΔH quando 1 mol de substância muda de estado físico

Leia mais

PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339. f) 3-etil-2-metil-2-hexeno;

PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339. f) 3-etil-2-metil-2-hexeno; PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA Lista de Exercícios Hidrocarbonetos Classificação e Nomenclatura de alcanos e alcenos. 01) Escreva as fórmulas estruturais e moleculares dos seguintes alcanos: a) propano;

Leia mais

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo QUÍMICA Prof. Rodolfo 1. Considere a tabela abaixo, em que H c representa a entalpia de combustão para os compostos listados, a 25 C: Nome IUPAC Nome usual Estado físico (25 C) ΔHc kj/mol Etanol Álcool

Leia mais

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 NOME: INSCRIÇÃO: RG: E-MAIL: TEL: INSTRUÇÕES Verifique se este caderno corresponde a sua opção

Leia mais

OPERAÇÕES UNITÁRIAS. Processo de Combustão

OPERAÇÕES UNITÁRIAS. Processo de Combustão OPERAÇÕES UNITÁRIAS Processo de Combustão Caldeiras ou Geradores de Vapor Aquatubular Para alta vazão e pressão de vapor Flamotubular Para baixa vazão e pressão de vapor Combustíveis A maioria dos combustíveis

Leia mais

Questão 01) I. C (graf) + 2H 2(g) CH 4(g) H = -74,5 kj/mol. II. C (graf) + O 2(g) CO 2(g) H = -393,3 kj/mol

Questão 01) I. C (graf) + 2H 2(g) CH 4(g) H = -74,5 kj/mol. II. C (graf) + O 2(g) CO 2(g) H = -393,3 kj/mol Questão 01) I. C (graf) + 2H 2(g) CH 4(g) H = -74,5 kj/mol II. C (graf) + O 2(g) CO 2(g) H = -393,3 kj/mol III. H 2(g) + 1/2O 2(g) H 2 O (l) H = -285,8 kj/mol IV. C (s) C (g) H = +715,5 kj/mol V. 6C (graf)

Leia mais

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ QUÍMICA Prof. Arthur LISTA DE EXERCÍCIOS - 2.8: TERMOQUÍMICA 1. (UFMG-MG) O gás natural (metano) é um combustível utilizado, em usinas termelétricas, na geração de eletricidade, a partir da energia liberada

Leia mais

Exercícios de Aprendizagem

Exercícios de Aprendizagem UFMS/CPCS AGRONOMIA Disciplina: Química Orgânica Professora Matildes Blanco LISTA -EXERCÍCIOS REFERENTE À AVALIAÇÃO 01 (P1) Exercícios de Aprendizagem 01) Escreva as fórmulas estruturais e moleculares

Leia mais

*******************TIPO 1*******************

*******************TIPO 1******************* QUESTÕES PARA A PROVA MENSAL QUÍMICA PROF. JOÃO NETO TIPO 1 e TIPO 2 *******************TIPO 1******************* 1. Um grupo de estudantes preparou uma solução, dissolvendo 20 g de sal de cozinha em 100

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA 33) Assinale a alternativa correta, na qual todas as substâncias são compostas e líquidas à temperatura ambiente. A O 3, O 2 ; CH 3 CH 2 OH B H 2 ; CO 2 ; CH 3 OH C H 2 O; NH 3 ; CO D H 2 O; CH 3 CH 2

Leia mais

(I) 2 C(s) + O2(g) 2 CO(g) (II) C(s) + O2(g) CO2(g) H = - 394 kj.mol -1. (III) 2 CO(g) + O2(g) 2 CO2 (g) H = - 283 kj.mol -1

(I) 2 C(s) + O2(g) 2 CO(g) (II) C(s) + O2(g) CO2(g) H = - 394 kj.mol -1. (III) 2 CO(g) + O2(g) 2 CO2 (g) H = - 283 kj.mol -1 Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 05 Termoquímica Lei de Hess e Entalpia de Formação Lei de Hess RESUMO Lembre-se de que essa soma leva em conta as quantidades de reagentes/produtos,

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química - 2009

Olimpíada Brasileira de Química - 2009 A Olimpíada Brasileira de Química - 2009 MODALIDADE A ( 1º e 2º anos ) PARTE A - QUESTÕES MÚLTIPLA ESCOLHA 01. O gás SO 2 é formado na queima de combustíveis fósseis. Sua liberação na atmosfera é um grave

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 1 ============================================================================================= Hidrocarbonetos

Leia mais

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO QUÍMICA CURS API 15. hidróxido de magnésio, Mg() 2, massa molar 58,3 g mol 1, apresenta propriedades antiácidas e laxativas. Ao ser ingerido, reage com o ácido clorídrico presente no estômago, formando

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões.

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. Processo Seletivo 211 Modalidade B 3º Ano ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO Leia atentamente as instruções: 1 Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. 2 Verifique se recebeu o caderno de

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 2 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 2 Bimestre Lista de Exercícios de Recuperação do 2 Bimestre Instruções gerais: Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Energia de Ligação 01 (Fuvest-SP) om base nos dados da tabela, EXERÍIOS DE APLIAÇÃO pode-se estimar que o da reação representada por 2(g) + l 2(g) 2 l(g), dado em kj por mol de l(g), é igual a: a) - 92,5

Leia mais

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS Respostas dos Exercícios 1 RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1 1. a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 b) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1 d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 2 e) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2

Leia mais

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E Questão 13 As três substâncias indicadas abaixo são usadas em remédios para gripe, devido a sua ação como descongestionantes nasais: neo-sinefrina propadrina benzedrex Essas três substâncias apresentam

Leia mais

Termodinâmica Química

Termodinâmica Química Termodinâmica Química Lista 2: 1 a Lei da Termodinâmica. Resolução comentada de exercícios selecionados Prof. Fabrício R. Sensato Semestre 4º Engenharia: Materiais Período: Matutino/diurno Regimes: Normal/DP

Leia mais

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNULLI CLÉGI E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 A glicose, C 6 6, é uma das fontes de energia mais importantes para os organismos vivos. A levedura, por exemplo, responsável

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação 01. (Cesgranrio) Sendo dadas as seguintes entalpias de reação: C (s) C (g) H = + 170,9 kcal/mol 2 H 2 (g) 4H (g) H = + 208,4 kcal/mol C (s) + 2 H 2 (g)

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Estudo das dispersões Definição, classificação, estudo dos coloides, coeficiente de solubilidade... 1 Módulo 2 Concentração de soluções... 3 Módulo 3 Propriedades

Leia mais

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º Data: / /2012 Química 2º Ano Jesus 2ª UA B Nome completo: N.º ASSUNTO: TERMOQUÍMICA e CNÉTICA QUÍMICA PROFESSOR: JESUS I-Termoquímica Conceito: É o estudo das trocas de energia, na forma de calor, envolvidas

Leia mais

Como se obtém gasolina de petróleo?

Como se obtém gasolina de petróleo? CEEJA QUÍMICA CONTEÚDO PARA U. E. 14 Como se obtém gasolina de petróleo? O que vamos aprender? Formação do petróleo Produtos derivados do petróleo Separação dos produtos do petróleo: destilação fracionada

Leia mais

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Carbono é um elemento cujos átomos podem se organizar sob a forma de diferentes alótropos. Alótropos H de combustão a 25

Leia mais

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula

Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Aula sobre Soluções Aula 01 (ENEM) Profº.: Wesley de Paula Propriedades das Soluções Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões Classificação das soluções O Processo de Dissolução em soluções Relações

Leia mais

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes.

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. 17 P R O V A D E Q UÍMICA I QUESTÃO 46 A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. Composto Pe ( o C) Solubilidade em água CH 3 CH 2

Leia mais

EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA. 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j?

EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA. 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j? EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA 1) A quantos joules correspondem 500 cal? 1cal -- 4,18j 500cal-- x x=2090j 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j? 1cal-- 4,18j x -- 200j x=47,8cal

Leia mais

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar 3 de março 2012 (Semifinal) Pergunta I II III IV Total Classificação Escola:. Nome:. Nome:. Nome:. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar Dados: Constante de Avogadro: N A = 6,022 x 10 23 mol -1

Leia mais

TERMOQUÍMICA. 6) O ΔH da reação H 2 O (g) H 2 (g) + ½ O 2 (g), calculado a partir dos dados da tabela abaixo, é igual a kj por mol de H 2 O (g).

TERMOQUÍMICA. 6) O ΔH da reação H 2 O (g) H 2 (g) + ½ O 2 (g), calculado a partir dos dados da tabela abaixo, é igual a kj por mol de H 2 O (g). TERMOQUÍMICA 1) (UFRGS) Conhecendo-se as equações termoquímicas S (rômbico) + O 2(g) SO 2(g) ΔH = - 70,96 kcal S (monoclínico) + O 2(g) SO 2(g) ΔH = - 71,03 kcal são feitas as seguintes afirmações: I-

Leia mais

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE

UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE UFU 2014 VESTIBULAR DE MAIO 1ª FASE 1-O iodo-132, devido à sua emissão de partículas beta e radiação gama, tem sido muito empregado no tratamento de problemas na tireoide. A curva abaixo ilustra o decaimento

Leia mais

CAPÍTULO III TERMOQUÍMICA

CAPÍTULO III TERMOQUÍMICA CAPÍTULO III - Termoquímica 40 CAPÍTULO III TERMOQUÍMICA Podemos designar a termoquímica como o estudo do calor envolvido nas transformações físicas e químicas. Vamos considerar um sistema constituído

Leia mais

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES META Apresentar os fatores que influenciam no processo de dissolução. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer um processo de dissolução; identificar

Leia mais

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s)

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s) ITA 2001 DADOS CONSTANTES Constante de Avogadro = 6,02 x 10 23 mol 1 Constante de Faraday (F) = 9,65 x 10 4 Cmol 1 Volume molar de gás ideal = 22,4L (CNTP) Carga Elementar = 1,602 x 10 19 C Constante dos

Leia mais

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br Elaborado por: Prof. Edmilson C. Gobetti Revisão: IV - 2012 Sumário 1 Partículas Dispersas... 3 2 Fator de Van t Hoff... 8

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005 33 QUÍMICA 106. Compostos hidratados são sólidos que apresentam moléculas de água em sua estrutura e são mais comuns do que se imagina. Um exemplo disso são os tetos dos cômodos de nossas casas, que podem

Leia mais

A) Benzeno. B) Etano. D) Éter dimetílico. C) Glicerina. E) Tetracloreto de carbono.

A) Benzeno. B) Etano. D) Éter dimetílico. C) Glicerina. E) Tetracloreto de carbono. 01. Os "umidificantes" são usados há bastante tempo para proteger e reidratar a pele. Esses produtos são constituídos por emolientes e umectantes, cuja finalidade é aumentar o teor de água na pele, de

Leia mais

(g) CaCO 3 1 H 2. (g) 2 H(g) Dado: massa molar do H 5 1 g/mol Considere os seguintes diagramas da variação de entalpia para a reação acima: 2 H(g)

(g) CaCO 3 1 H 2. (g) 2 H(g) Dado: massa molar do H 5 1 g/mol Considere os seguintes diagramas da variação de entalpia para a reação acima: 2 H(g) Resolução das atividades complementares Química Q5 Energias de ligação p. 49 1 (Uni-Rio-RJ) Os romanos utilizavam CaO como argamassa nas construções rochosas. O CaO era misturado com água, produzindo Ca(OH),

Leia mais

Equipe de Química QUÍMICA

Equipe de Química QUÍMICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 11R Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA SOLUÇÕES As misturas podem ser homogêneas ou heterogêneas. As misturas homogêneas possuem uma fase distinta. As misturas

Leia mais

Considere o isooctano, um dos principais componentes da gasolina, cuja fórmula estrutural é:

Considere o isooctano, um dos principais componentes da gasolina, cuja fórmula estrutural é: HIDROCARBONETOS Questão 01 - (PUC RJ) Considere as afirmativas a seguir sobre o 2-metilpentano. I. Possui cadeia carbônica normal. II. Possui fórmula molecular C6H14. III. É um hidrocarboneto insaturado.

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (C) Assunto: Propriedades físicas das substâncias densidade Os materiais apresentam diferentes densidades e mesma massa envolvida logo,

Leia mais

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM)

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) 1. Nos motores de explosão existentes hoje em dia utiliza-se uma mistura de gasolina

Leia mais

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A Questão 76 O hidrogênio natural é encontrado na forma de três isótopos de números de massa, 1, 2 e 3, respectivamente: 1 1 H, 2 1 H e 3 1 H As tabelas periódicas trazem o valor 1,008 para a sua massa atômica,

Leia mais

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras 01. Equacione as seguintes reações de esterificação: 02. (Ufrs) Na reação de esterificação: os nomes dos compostos I, II e III são, respectivamente,

Leia mais

A A A A A A A A A A A A A A A

A A A A A A A A A A A A A A A QUÍMIC 1 Em um balão de paredes rígidas, foram colocados 0,200 g de gás hidrogênio, 6,400 g de gás oxigênio e um material sólido que absorve água. O volume do balão é de 4,480 Leémantido à temperatura

Leia mais

QUÍMICA. 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte

QUÍMICA. 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte QUÍMICA Prof. Daniel Pires CÁLCULOS QUÍMICOS 1. xilocaína é utilizada como um anestésico local. Sua fórmula é a seguinte Responda: a) Por que se usa comumente a xilocaína e não o éter comum, que também

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Profa. Kátia Aquino

TERMOQUÍMICA. Profa. Kátia Aquino TERMOQUÍMICA Profa. Kátia Aquino Termoquímica e os princípios da termodinâmica A termoquímica é uma parte da termodinâmica que estuda as trocas de calor desenvolvidas durante uma reação química entre o

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA

CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA 1. Um dos componentes da gasolina que abastece os automóveis é o isoctano, de fórmula estrutural:

Leia mais

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

www.professormazzei.com Assunto: TERMOQUÍMICA Folha 3.1 Prof.: João R. Mazzei

www.professormazzei.com Assunto: TERMOQUÍMICA Folha 3.1 Prof.: João R. Mazzei 01- (FUVEST-1994) Considere a reação de fotossíntese (ocorrendo em presença de luz e clorofila) e a reação de combustão da glicose representadas a seguir: 6CO (g) + 6H O(l) ë C H O (s) + 6O (g) C H O (s)

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente,

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente, 01. (UFGRS/2002) O gráfico abaixo representa a curva de densidade versus temperatura para duas substâncias que são líquidos à temperatura ambiente: água e tetracloreto de carbono. as substâncias A, B e

Leia mais

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997

QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUÍMICA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUESTÃO 01 Os valores das sucessivas energias de ionização de um átomo constituem uma evidência empírica da existência de níveis de energia. Os diagramas abaixo pretendem representar,

Leia mais

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA É a parte da química que estuda a rapidez ou taxa de variação das reações e os fatores que nela influem. - Antigamente denominada de velocidade 1, é uma medida da rapidez com que são consumidos

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É uma Mistura Homogênia de 2 ou mais substâncias. Na Solução não ocorre uma reação química, porque não há formação de novas substâncias e não há alterações

Leia mais

Alteração de K c ou K p. Não. Não. Não. Não. Sim. Sim. 4 NH3(g) + 5 O2(g) 4 NO2(g) + 6 H2O(g); H < 0

Alteração de K c ou K p. Não. Não. Não. Não. Sim. Sim. 4 NH3(g) + 5 O2(g) 4 NO2(g) + 6 H2O(g); H < 0 Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 11 Equilíbrio Químico Deslocamento de Equilíbrio Perturbação Adição de um participante* Retirada de um participante* Aumento da pressão total**

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Química e do Ambiente QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) 3ª Série de Exercícios ESTADOS DA MATÉRIA Tomar (2003) 1 Estado

Leia mais

PROF: Alex LISTA 3 DATA: 22/06/2011

PROF: Alex LISTA 3 DATA: 22/06/2011 NOME: PROF: Alex LISTA 3 DATA: /06/0 Estudar para segunda fase-uftm. Com a finalidade de manter uma imagem jovem, muitas pessoas eliminar as rugas do rosto utilizando a quimioesfoliação (peeling químico),

Leia mais

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS Ensino Médio 3º ano Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico Prof. Ricardo Finkler 2011 1) A velocidade de uma reação química depende: I. Do número de colisões

Leia mais

Termoquı mica. Exercı cios Objetivos. C O(CO) 10, 8x102 kj/mol C = O(CO2 ) 8, 0x102 kj/mol H2 (g) + Cl2 (g) 2HCl(g),

Termoquı mica. Exercı cios Objetivos. C O(CO) 10, 8x102 kj/mol C = O(CO2 ) 8, 0x102 kj/mol H2 (g) + Cl2 (g) 2HCl(g), Exercı cios Objetivos 1. (2000)Com base nos dados da tabela, Considere as seguintes reac o es (I)2H2 + 2CO CH4 + CO2 (II)CH4 + CO2 2H2 + 2CO e as energias me dias de ligac a o: H H 4, 4x102 kj/mol pode-se

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE QUÍMICA

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE QUÍMICA Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio Índice APOSTILA DE QUÍMICA Módulo I -Matéria e Energia - Fenômenos Químicos

Leia mais

Exercícios 3º ano Química -

Exercícios 3º ano Química - Exercícios 3º ano Química - Ensino Médio - Granbery 01-ufjf-2003- Cada vez mais se torna habitual o consumo de bebidas especiais após a prática de esportes. Esses produtos, chamados bebidas isotônicas,

Leia mais

Lista I de exercícios de estequiometria e balanceamento de equações Química Geral e Experimental I Prof. Hamilton Viana

Lista I de exercícios de estequiometria e balanceamento de equações Química Geral e Experimental I Prof. Hamilton Viana 1. O iso-octano é um combustível automotivo. A combustão desse material ocorre na fase gasosa. Dados a massa molar do iso-octano igual a 114g/mol, o volume molar de gás nas "condições ambiente" igual a

Leia mais

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa.

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa. ALUNO(a): Nº: SÉRIE: ª TURMA: UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /06 Obs.: Esta lista deve ser entregue apenas ao professor no dia da aula de Recuperação Valor: 5,0. Uma solução contendo 4 g de cloreto de sódio

Leia mais

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 Nome: Nº de Inscrição: Assinatura: Questão Valor Grau 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 IMPORTANTE: 1) Explique e justifique a resolução de todas as questões.

Leia mais

Liquido saturado é aquele que está numa determinada temperatura e pressão eminente de iniciar a transformação para o estado vapor.

Liquido saturado é aquele que está numa determinada temperatura e pressão eminente de iniciar a transformação para o estado vapor. Módulo IV Propriedades de Substâncias Puras: Relações P-V-T e Diagramas P-V, P-T e T-V, Título, Propriedades Termodinâmicas, Tabelas Termodinâmicas, Energia Interna, Entalpia, Calores Espercíficos c v

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química

Olimpíada Brasileira de Química Page 1 of 10 Olimpíada Brasileira de Química Page 2 of 10 Olimpíada Brasileira de Química Seletiva para a 33 rd International Chemistry Olympiad (Índia, 6 a 15 julho/2001) DATA: 03.03.2001 HORA: 14 horas

Leia mais

Lista de estequiometria 1. (Ufes) A decomposição térmica do carbonato de cálcio produz óxido de cálcio e dióxido de carbono. Decompondo-se 5,0g de carbonato de cálcio impuro e recolhendo-se todo o dióxido

Leia mais

3. Elemento Químico Elemento Químico é um conjunto de átomos iguais (do mesmo tipo). E na linguagem dos químicos eles são representados por Símbolos.

3. Elemento Químico Elemento Químico é um conjunto de átomos iguais (do mesmo tipo). E na linguagem dos químicos eles são representados por Símbolos. Química Profª SIMONE MORGADO Aula 1 Elemento, substância e mistura 1. Conceito de Química A Química é uma ciência que busca compreender os mistérios da matéria, sua organização e transformações, bem como

Leia mais

Aula 15 TERMOQUÍMICA. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 15 TERMOQUÍMICA. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 15 TERMOQUÍMICA META Introduzir os principais conceitos da termoquímica. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer os processos de transferência de energia; aplicar a primeira lei

Leia mais

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO:

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO: Prova 3 QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA 1. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, que constam da etiqueta

Leia mais

Lista de Exercícios. Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos. Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br

Lista de Exercícios. Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos. Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br Lista de Exercícios Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos Professor Anderson Dino NOMENCLATURA 1. Regras de nomenclatura A IUPAC (International Union of Pure and Applied Chemistry) considera como

Leia mais

Química. Questão 61. Questão 63. Questão 62 ETAPA. alternativa B. alternativa D

Química. Questão 61. Questão 63. Questão 62 ETAPA. alternativa B. alternativa D Química Questão 61 Em seu livro de contos, O Sistema Periódico, o escritor italiano Primo Levi descreve características de elementos químicos e as relaciona a fatos de sua vida. Dois trechos desse livro

Leia mais

Alcenos e Alcadienos

Alcenos e Alcadienos Alcenos e Alcadienos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Álcoois podem ser obtidos pela hidratação de alcenos, catalisada por ácido sulfúrico.

Leia mais

1,2 g / ml ; R 0,082 atm L mol K. 5C 2Sr NO 2SrO 2N 5CO HCO3

1,2 g / ml ; R 0,082 atm L mol K. 5C 2Sr NO 2SrO 2N 5CO HCO3 LISTA DE RECUPERAÇÃO º BIESTRE - º ANO Professor: GIL KENNEDY DATA: 9 / 0 / 05 0. (PUCRJ) Assumindo que uma amostra de gás oxigênio puro, encerrada em um frasco, se comporta idealmente, o valor mais próximo

Leia mais

Desidratação de Álcoois

Desidratação de Álcoois Desidratação de Álcoois Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Unifenas-MG) A busca de fontes alternativas, devido à possível escassez do petróleo, fez

Leia mais

Termoquímica. Química 10/08/2015. Enem 15 Semanas. 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que:

Termoquímica. Química 10/08/2015. Enem 15 Semanas. 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que: Termoquímica 1. Observando o diagrama a seguir, é correto afirmar que: [Dadas as massas molares (g/mol): H=1 e O=16] a) para vaporizar 18g de água são liberados 10,5 kcal. b) o calor de reação, na síntese

Leia mais

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são QUÍMIA 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o átomo de hidrogênio que era consistente com o modelo de Rutherford e explicava o espectro do átomo daquele elemento. A teoria de Bohr já não é a última

Leia mais

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE IFMS EDITAL Nº 002/2013 CCP IFMS QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA Uso exclusivo do IFMS. GABARITO QUESTÃO 1 (Valor 4 pontos) A Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, equiparou

Leia mais

TURMA DOS 30 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir:

TURMA DOS 30 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir: 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir: 06. Considere as seguintes substâncias e suas fórmulas estruturais: I. Antídoto efetivo no envenenamento por arsênio: Os carbonos numerados classificam-se

Leia mais

Variação de entalpia nas mudanças de estado físico. Prof. Msc.. João Neto

Variação de entalpia nas mudanças de estado físico. Prof. Msc.. João Neto Variação de entalpia nas mudanças de estado físico Prof. Msc.. João Neto Processo Endotérmico Sólido Líquido Gasoso Processo Exotérmico 2 3 Processo inverso: Solidificação da água A variação de entalpia

Leia mais