UNIVERSIDADEFEDERALFLUMINENSE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADEFEDERALFLUMINENSE"

Transcrição

1 UNIVERSIDADEFEDERALFLUMINENSE TV DIGITAL, OTT E CONVERGÊNCIA NA ERA DA INTERNET MÓVEL

2 Currículo TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA JOSÉ RAIMUNDO CRISTÓVAM NASCIMENTO CONSULTOR E INSTRUTOR DE TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DE EMPRESAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, COM LONGA EXPERIÊNCIA NO SETOR. PÓS-GRADUADO NA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE- UFF EM TELECOMUNICAÇÕES, POSSUI CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO NO JAPÃO(NEC) E NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA(THOMSON - CSF). ENGENHEIRO ELETRÔNICO PELA UGF E ENGENHEIRO DEOPERAÇÕES MODALIDADEELETRÔNICA PELAUFRJ. CHEFIOU ASEÇÃORÁDIO DANEC, ADIVISÃO DETELEVISÃO DATELEBAHIA E EXERCEU FUNÇÕES DE DESTAQUE NAEMBRATEL. EMPRESÁRIO E DIRETOR TÉCNICO DA UNISAT, MEMBRO DA DIRETORIA DA SET - SOCIEDADE DE ENGENHARIA DE TELEVISÃO, PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE TV DIGITAL E DIRETOR DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES- TELECOM, PROFESSOR DOS CURSOS MBA - SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES E ESPECIALIZAÇÃO EM COMUNICAÇÕES MÓVEIS DA UFF E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES. CONFERENCISTA EM CONGRESSOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS. CORRESPONDENTE NO BRASIL DOGVF -GLOBALVSAT FORUM E AUTOR DE ARTIGOS PARA MÍDIAS ESPECIALIZADAS. É UM DOS COORDENADORES DOMBA EMTV DIGITAL DAUFF, DO QUAL É O CRIADOR, ALÉM DE PROFESSOR EM DISCIPLINAS DO MESMO CURSO. VEM ATUANDO COMO MODERADOR EM IMPORTANTES EVENTOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, COMO O PAINEL LATINO AMERICANO DE SATÉLITES DOS EVENTOS SATELLITE 2009, SATELLITE 2010 E SATELLITE 2011, REALIZADOS EM WASHINGTON DC, NOS CONGRESSOS DA SET E EM OUTROS DE CONSIDERÁVEL RELEVÂNCIA NO SETOR.

3 Agenda TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA 1. PARTEI -INTRODUÇÃO 2. PARTEII -TV DIGITAL 3. PARTE III TELECOMUNICAÇÕES/ TV POR ASSINATURA 4. PARTEIV OTT OVER THETOP ECONVERGÊNCIA NAERA DAINTERNET MÓVEL 5. PARTEV -CONCLUSÕES

4 INTRODUÇÃO Reflexão Contínua QUAL O FUTURO DAS TV S ABERTAS? QUAL O FUTURO DASTV S PORASSINATURA? QUAL O FUTURO DAINTERNET, DOSSERVIÇOSOTT, DASREDESSOCIAIS E DOS VIDEO GAMES? E QUAL O FUTURO DAS TELECOMUNICAÇÕES? E O QUE VEM AÍ PELA FRENTE?

5 INTRODUÇÃO Televisão: quase 62 anos no Brasil

6 INTRODUÇÃO Primeira Transmissão Oficial de TV Digital no Brasil SP 02/12/07

7 INTRODUÇÃO Era Digital NESTA ERA DO CONHECIMENTO, TAMBÉM CONHECIDA POR ERA DIGITAL, SURGEM CADA VEZ MAIORES E MAIORES FLUXOS DE BITS, BYTES, E MUITAS NOVIDADES PARA A ÁREA DO AUDIOVISUAL EM TERMOS DE: CARACTERÍSTICAS GERAIS CONTEÚDOS. PLATAFORMAS. MODELOS DE NEGÓCIOS. TECNOLOGIAS. SERVIÇOS. APLICAÇÕES. REGULAMENTAÇÃO. CENÁRIOS. TENDÊNCIAS.

8 Dispositivos Eletrônicos do Lar INTRODUÇÃO REDES TV POR ASSINATURA TV DIGITAL REDES FIXAS TV ANALÓGICA MÓVEIS PARES METÁLICOS INTERNET CABOS COAXIAIS CONTEÚDOS ONLINE FIBRAS ÓPTICAS RÁDIO TERRESTRE SATÉLITE AMBIENTE NÃO IP CONTEÚDOS ARMAZENADOS AMBIENTE IP

9 INTRODUÇÃO Ambientes: Não IP x IP SERVIÇOS BASEADOS EM TV DIGITAL(TV POR ASSINATURA E TV ABERTA) AMBIENTE NÃO IP SET-TOP-BOX Avançado SERVIÇOS DE MÍDIA ENTREGUES VIA TELEVISÃO MONITORES MÍDIA DE ARMAZENAMENTO REMOVÍVEL (EX: BD EDVD) DISPOSITIVOS DE MÍDIAS PORTÁTEIS ADAPTADOR DE MÍDIAS CONECTADAS CONSOLE DE GAMES DISPOSITIVO MÓVEL PESSOAL INTERNET AMBIENTE IP PC com Media Cliente AMBIENTE RESIDENCIAL COM OU SEM MEDIA CENTER INCLUI DIVERSOS DISPOSITIVOS, FORMATOS, SEGURANÇA E PROTOCOLOS

10 INTRODUÇÃO Entrega de Conteúdo: Características Gerais DISTRIBUIÇÃO CONTRIBUIÇÃO PONTO CONCENTRADOR DE CONTEÚDO

11 INTRODUÇÃO Cenário de Distribuição de Conteúdo

12 INTRODUÇÃO Cenário de Distribuição de Conteúdo CONTEÚDOS ACESSOS TERMINAIS ÁUDIO VIA SATÉLITE FIXOS MÓVEIS PORTÁTEIS VÍDEO VIA FIBRA ÓPTICA VIA RÁDIO TVS DEBOLSO SMARTPHONES VIA CABO COAXIAL PENTV FIXOS TEXTOS FOTOS VIA PAR METÁLICO MÓVEIS DATACASTING DE UMA FORMA GERAL VIA REDES FIXAS VIA REDES MÓVEIS MÓVEIS VEICULARES GAME PLAYERS IPADS NETBOOKS NOTEBOOKS PORTÁTEIS

13 INTRODUÇÃO Cenário de Distribuição de Conteúdo CONTEÚDOS ÁUDIO IP NÃOIP ACESSOS TERMINAIS FIXOS VÍDEO COM FIO SEM FIO MÓVEIS PORTÁTEIS TEXTOS FOTOS DATACASTING DE UMA FORMA GERAL PORTADORA ÚNICA MULTIPORTADORAS CELULAR NÃO CELULAR GRATUITO PAGO MÓVEIS VEICULARES TRANSPORTÁVEIS

14 INTRODUÇÃO Segmentos, Classes, Gerações, Nichos CLIENTES NOVOS HÁBITOS E MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO? ASSINANTES IDEM? PERCEPÇÃO QUANTO A INTERESSES USUÁRIOS IDEM? INTERNAUTAS IDEM? TELESPECTADORES IDEM? OUVINTES IDEM? LEITORES IDEM?

15 INTRODUÇÃO Internet cresceu quase 20% em 2011 O MERCADO PUBLICITÁRIO NOBRASIL CRESCEU8,54% EM2011. INTERNET ALCANÇA 5,11% DE PARTICIPAÇÃO DO FATURAMENTO PUBLICITÁRIO TOTAL NO BRASIL PROJETO INTER-MEIOS EIOS O PROJETO INTER-MEIOS, COORDENADO POR MEIO& MENSAGEM E AUDITADO PELA PRICEWATERHOUSECOOPERS, REVELOU QUE O MERCADO PUBLICITÁRIO NOBRASIL CRESCEU8,54% EM2011. A INTERNET REGISTROU CRESCIMENTO DE 19,63%, O QUE FEZ ALCANÇAR A MARCA DE 5,11% DE PARTICIPAÇÃO DO FATURAMENTO PUBLICITÁRIO TOTAL NOBRASIL.

16 INTRODUÇÃO A TV ABERTA continua na liderança do share 63,3% DA PARTICIPAÇÃO DO BOLO PUBLICITÁRIO OS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO FATURARAM R$ 28,5 BILHÕES COM VENDA DE ESPAÇO PUBLICITÁRIO. ESTIMA-SE QUE ESSE VALOR REPRESENTE 90% DO TOTAL DAS VERBAS INVESTIDAS EM MÍDIA AO LONGO DO ANO. CONTABILIZADOS AINDA O RESIDUAL DE10% E UM VALOR APROXIMADO PARA A PRODUÇÃO DAS PEÇAS VEICULADAS (CALCULADO EM 19% DO TOTAL), CHEGA-SE AO BOLO PUBLICITÁRIO TOTAL(MÍDIA+PRODUÇÃO) E AOS SURPREENDENTES R$ 39,03 BILHÕES (OUUS$ 23,4 BILHÕES), O QUE POSICIONA OBRASIL ENTRES OS CINCO MAIORES MERCADOS GLOBAIS DE PROPAGANDA, EM DISPUTA COM INGLATERRA E ALEMANHA, SEGUNDO DADOS DA ZENITHOPTMEDIA.

17 INTRODUÇÃO Market-Share do Bolo Publicitário 3,97% 7,50% PARTICIPAÇÃO R$ 28,5 bilhões 11,83% 0,30% 1,12% 5,11% 4,19% 3,02% 63,30% TV Aberta Mídia Exterior TV Paga Internet Guias e Listas Cinema Jornal Rádio Revista

18 TV por Assinatura cai 1,5% nos EUA em 2011 INTRODUÇÃO O MERCADO DETV PAGA NOSEUA ENCOLHEU1,5% EM2011, APÓS AS OPERADORAS DE CABO PERDEREM CERCA DE2,9 MILHÕES DE ASSINANTES, SEGUNDO O INSTITUTO DE PESQUISAS NIELSEN. A QUEDA NÃO FOI COMPENSADA PELO CRESCIMENTO DE 1,1 MILHÃO DE CLIENTES DAS OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES(VERIZON E AT&T) NEM PELO CRESCIMENTO DE280 MIL CLIENTES DAS OPERADORAS DEDTH (DIRECTV EDISH). AO MESMO TEMPO, O NÚMERO DE LARES QUE CONTAM APENAS COM TV DIGITAL ABERTA E CONEXÃO DE BANDA LARGA CRESCEU14% NO ANO, COM631 MIL ADIÇÕES, CHEGANDO A5,1 MILHÕES, APONTA O RELATÓRIO NIELSEN S CROSS-PLATFORM REPORT. MESMO COM O CRESCIMENTO DO VÍDEO OVER-THE-TOP(SOBRE AS REDES DE BANDA LARGA), O ESTUDO APONTA QUE98% DO VÍDEO AINDA É VISTO PELA TV CONVENCIONAL. 14,1 MILHÕES ATÉ 2013.

19 INTRODUÇÃO TV por Assinatura cai 1,5% nos EUA em 2011 O ESTUDO CONCLUI QUE OS AMERICANOS NÃO ESTÃO DEIXANDO DE VER TV, APESAR DE UMA QUEDA DE0,5% NO TEMPO DE AUDIÊNCIA NO ÚLTIMO TRIMESTRE DE2011, OU46 MINUTOS AO MÊS. O TEMPO MÉDIO TOTAL DE AUDIÊNCIA DATV FOI DE153H19 AO MÊS NO TRIMESTRE, CONTRA 4H34 DE TEMPO MÉDIO DE AUDIÊNCIA DE VÍDEOS ONLINE(QUE AINDA ASSIM CRESCEU4,2% NO ANO). O TEMPO GASTO ASSISTINDO VÍDEO ON-DEMAND(VOD) E VÍDEOS COM TIME- SHIFT(DVR) CRESCEU 12,3%, CHEGANDO A 11H44 AO MÊS. O RELATÓRIO TAMBÉM APONTA QUE8 MILHÕES DE LARES NOSEUA PASSARAM A TERHDTV EM2011, CHEGANDO A UM TOTAL DE80,2 MILHÕES. E OS CONSOLES DE GAMES ESTÃO EM45% DOS LARES AMERICANOS. HÁ ESTIMADOS114,7 MILHÕES DE DOMICÍLIOS COMTV NO PAÍS, COM EXPECTATIVA DE QUEDA PARA 114,1 MILHÕES ATÉ 2013.

20 INTRODUÇÃO Evolução

21 INTRODUÇÃO YouTube and NBC Will Live-Stream the Entire 2012 Summer Olympics THIS COMINGJULY, YOU LL BE ABLE TO WATCH THE ENTIREOLYMPICGAMES AS THEY HAPPEN FOR THE FIRST TIME EVER. NBC AND YOUTUBE ARE PARTNERING UP TO LIVE-STREAM THE ENTIRE LONDON 2012 SUMMER OLYMPICS. YOU LL BE ABLE TO CATCH OVER3,000 HOURS OF LIVE COVERAGE FROM YOUR COMPUTER OR MOBILE DEVICE. THE GAMES WILL BE STREAMED ONNBC OLYMPICS USING YOUTUBE S TECHNOLOGY BACK-END. O Y T -. ACCORDING TO ANNBC NBC STATEMENT GIVEN TOTHENEXTWEB, T N W, YOU WILL ALSO BE ABLE TO REPLAY ALL WEB-EXCLUSIVE EVENTS, ALL TELEVISION BROADCASTS, INTERVIEWS WITH THE ATHLETES AND EXCLUSIVE DAILY SEGMENTS ABOUT LONDON2012. A DEFINITE PLUS FOR THOSE WHO DON T HAVE ADVR CONNECTED THEIR TELEVISION. MOST OF THEOLYMPIC EVENTS AS SHOWN ONNBC BROADCAST CHANNEL WILL BE FAR FROM LIVE, GIVEN THE5- TO8-HOUR TIME DIFFERENCE BETWEEN THE US ANDLONDON. BUT THIS YEAR, YOU WILL ACTUALLY BE ABLE TO SEEUSAIN BOLT ANDMICHAELPHELPS PULL OF THEIR SUPERHUMAN FEATS OF SPEED AS THEY HAPPEN. [NBC OLYMPICS VIA THE NEXT WEB AND SPORTS BUSINESS JOURNAL]

22 INTRODUÇÃO Olimpíadas PORTAL TERRA VAI TRANSMITIR OLIMPÍADAS EM 36 CANAIS SIMULTÂNEOS AO VIVO. SERÃO HORAS DE VÍDEO, QUE PODERÃO SER ACESSADOS EM DIFERENTES DISPOSITIVOS COMO SMARTPHONES, TABLETS E TVS CONECTADA. OLIMPÍADA DELONDRES SERÁ EXIBIDA EM SALAS DE CINEMA3D NO BRASIL. PARTE DOS JOGOS PODERÃO SER ACOMPANHADOS EM SALAS DA REDE CINÉPOLIS.

23 INTRODUÇÃO Aplicativos PARA CONSEGUIR A LIDERANÇA ENTRE OS APLICATIVOS MAIS BAIXADOS NA APPLE APP STORE BRASILEIRA, POR EXEMPLO, UM APLICATIVO PRECISA ALCANÇAR EM MÉDIA15 MIL DOWNLOADS AO DIA. ESSE VOLUME SOBE PARA80 MIL DOWNLOADS/DIA PARA SER O TOP APP DAAPPSTORE DOSEUA.

24 INTRODUÇÃO M-Marketing Mobile Marketing

25 Expansão de Redes Wi-Fi INTRODUÇÃO MINIMIZAR OGARGALO DAS REDESMÓVEIS DEDADOS

26 INTRODUÇÃO Neutralidade de Redes ANATEL SINALIZA MUDAR CONCEITO DE NEUTRALIDADE DE REDE. A PROPOSTA FORMAL ESTACIONOU NA ANATEL, MAS SEGUNDO O CONSELHEIRO RODRIGO ZERBONE, A AGÊNCIA TERÁ NECESSARIAMENTE QUE SE ADAPTAR AO CONCEITO DE NEUTRALIDADE DE REDE PREVISTO NO PROJETO DE LEI QUE TRATA DOMARCOCIVIL DAINTERNET. A ANATEL VAI TER QUE SE ADEQUAR AO PROJETO ENVIADO PELO EXECUTIVO AO CONGRESSO, AFIRMOU O CONSELHEIRO, AO PARTICIPAR NESTA QUINTA-FEIRA, 10/5, DE DEBATE SOBRE A QUALIDADE DA BANDA LARGA, PROMOVIDO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMDOR(IDEC). NEM SINAL, NO ENTANTO, DO ANDAMENTO DO REGULAMENTO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA, QUE APESAR DE APRESENTADO SIMULTANEAMENTE AO REGULAMENTO DE QUALIDADE, NÃO CHEGOU A SER VOTADO PELO COLEGIADO DIRETOR DAANATEL.

27 INTRODUÇÃO Dividendo Digital PADRONIZAÇÃO DODD RECOMENDADA PELAUIT DE698 A806 MHZ(108 MHZ). PAÍSES DA REGIÃO 2 (AMÉRICAS).

28 INTRODUÇÃO White Spaces SÃO CONJUNTOS DE FREQUÊNCIAS INUTILIZADOS NAS FAIXAS VHF E UHF. HOJE, ALGUMAS FAIXAS DE FREQUÊNCIA SÃO RESERVADAS PARA SERVIÇOS COMO TELEVISÃO, RÁDIO, TELEFONIA CELULAR ETC. APÓS A MIGRAÇÃO DO SINAL DETV ANALÓGICA PARA ATV DIGITAL, FORAM CRIADOS ESPAÇOS EM DETERMINADAS FAIXAS EM ALGUMAS REGIÕES,, OS CHAMADOS WHITE SPACES. OS CANAIS DE FREQUÊNCIA SÃO RECURSOS CAROS E LIMITADOS, POR ISSO A NECESSIDADE DE APROVEITAR ESSAS FREQUÊNCIAS E AUMENTAR SUA EFICIÊNCIA. OS PLANOS PARA USAR OS ESPAÇOS DA FREQUÊNCIA PODEM SAIR DO PAPEL A PARTIR DE2013 NO MERCADO MUNDIAL. NOBRASIL, OS EQUIPAMENTOS PARA TORNAR ESTA TECNOLOGIA ACESSÍVEL DEVEM CHEGAR EM 2016, APÓS A MIGRAÇÃO COMPLETA DO SISTEMA TELEVISIVO PARA A TECNOLOGIA DIGITAL. HOJE, HÁ SOMENTE PROTÓTIPOS USADOS EM PESQUISAS.

29 INTRODUÇÃO Intereferência de WiMAX nas Comunicações via Satélite em Banda C

30 INTRODUÇÃO Refarming RE-ALOCAÇÃO DEFREQUÊNCIAS E OTIMIZAÇÃO DO USO DO ESPECTRO

31 Agenda TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA 1. PARTEI -INTRODUÇÃO 2. PARTEII -TV DIGITAL 3. PARTE III TELECOMUNICAÇÕES/ TV POR ASSINATURA 4. PARTEIV OTT OVER THETOP ECONVERGÊNCIA NAERA DAINTERNET MÓVEL 5. PARTEV -CONCLUSÕES

32 TV DIGITAL Reflexão sobre TV Digital no Brasil QUAL PENETRAÇÃO DA TV DIGITAL EMBRASÍLIA OUSÃOPAULO? SIMULCASTING ATÉ 2016 E NOS DEMAIS MUNICÍPIOS DO BRASIL? TRANSMISSÃO DIGITAL: PORTADORAS ISDB-TB CANAIS EM UHF DE CH 14 ~ CH 69 TRANSMISSÃO ANALÓGICA: PORTADORAS PAL-M PRINCIPAIS EMISSORAS TRANSMITEM NOS CANAIS EM VHF DE CH 2 ~ CH 13 ESTÚDIOS DIGITAIS E ANALÓGICOS PAL-M ISDB-TB

33 TV DIGITAL Reflexão sobre Resolução pixels pixels 3 x SDTV pixels 6,75 x SDTV

34 TV DIGITAL Reflexão sobre Áudio Surround 5.1 Padrão AAC

35 TV DIGITAL Reflexão sobre ONE-SEG TAXA DEBITTOTAL: 416 KBPS VIDEO TAXA DEBIT: 192 KBPS RESOLUÇÃO: 320 X 240 CODEC DE VIDEO: H.264 ÁUDIO TAXA DEBIT: 64 KBPS CODEC DE AUDIO: HE-AAC DADOS TAXA DEBIT: 128 KBPS MARKUP LANGUAGE: BML (BROADCAST MARKUP LANGUAGE)

36 TV DIGITAL Reflexão sobre Celulares, Smartphones e Tablets com Tv Digital

37 Adaptador 1SEG para Apple TV DIGITAL BUFFALO 1SEG DH-ONE/IP

38 TV DIGITAL Reflexão sobre Terminais USB de TV Digital One seg e Full Seg AIKO DT-0818 AOC CONNECT TV DIGITAL LEADERSHIP TV DIGITALUSB PEN TV TELESYSTEM TECTOYMOBTV X-MICRO FULL-SEG PIXELVIEW SE ASSEMELHAM A PEN-DRIVES. SE FAZ NECESSÁRIO A INSTALAÇÃO DE UM SOFTWARE PROPRIETÁRIO FORNECIDO PARA A SUA UTILIZAÇÃO. APRESENTAM DIFERENÇAS ENTRE OS MODELOS. DEVE-SE EFETUAR COMPARATIVO COM BASE NAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CADA PRODUTO E BUSCAR DETALHES DE EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS JÁ OBTIDAS POR OUTROS USUÁRIOS.

39 Reflexão sobre Interatividade TV DIGITAL

40 TV DIGITAL Obrigação da Incorporação do Ginga é estendida para TVs de Plasma OS MINISTÉRIOS DO DESENVOLVIMENTO E DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PUBLICARAM EM13 DE MAIO DE2012, A ALTERAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO BÁSICO(PPB) DE APARELHOS DE TV COM TELA DE PLASMA, PRODUZIDOS NAZONAFRANCA DEMANAUS, COM A INTRODUÇÃO DA OBRIGATORIEDADE DO MIDDLEWARE DA INTERATIVIDADE DA TV DIGITAL.. PELO TEXTO, A INCORPORAÇÃO DOGINGA NESSASTVS OBEDECE AO MESMO CRONOGRAMA DOS TELEVISORES COM TELA DE LCD: A PARTIR DE1º DE JANEIRO ATÉ31 DE DEZEMBRO DE2013, EM75% DOS APARELHOS PRODUZIDOS E A PARTIR DE1º DE JANEIRO DE2014, EM 90%. PARA2012, A OBRIGAÇÃO DE INCLUSÃO DOGINGA É OPCIONAL. ASSIM COMO PARATVS DELCD, A IMPLANTAÇÃO DOGINGA EM APARELHOS DE PLASMA CONECTADOS PODE SER DESCONTADA DO PERCENTUAL EXIGIDO, MAS NÃO PODE SUPERAR O PERCENTUAL DE60% DOS EQUIPAMENTOS PRODUZIDOS.

41 Desafios para uma maior Penetração da TV Digital no Brasil TV DIGITAL QUALIDADE DO CONTEÚDO? INTERATIVIDADE LIMITADA? PREÇO DOSET TOP BOX? FALTA DE CAMPANHAS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA CONSCIENTIZAÇÃO PROGRESSIVA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA EM RELAÇÃO À TV DIGITAL? DADOS RELATIVOS A COBERTURA DATV DIGITAL EM OUTUBRO DE2011: TRANSMISSÃO EM 480 CIDADES, COBRINDO 87,7 MILHÕES DE HABITANTES(45,9% DA POPULAÇÃO) E 30,7 MILHÕES DE DOMICÍLIOS. DADOS RELATIVOS À VENDA DETVS DE JANEIRO A SETEMBRO DE2011: 6,845 MILHÕES DETVSLCD, SUPERANDO O MESMO PERÍODO DE2010 QUANDO 5,652 MILHÕES DE APARELHOS FORAM VENDIDOS. ASSIM, O RESULTADO DOS PRIMEIROS NOVE MESES DE 2011, FOI UM FATURAMENTO DE US$ 4,455 MILHÕES DE DÓLARES.

42 TV DIGITAL Novas Tecnologias (2048 X 1080P) (4096 X 2160P) (7680X4320P) UHDTV (ULTRA HIGH DEFINITION TELEVISION) SHV (SUPER HI-VISION)

43 TV DIGITAL O que é o 8K

44 TV DIGITAL HBB TV Hybrid Broadcast Broadband TV BROADCASTING COMBINADO COM REDES BANDA LARGA PARA ENTREGA DE SERVIÇOS DE TELEVISÃO AVANÇADA

45 TV DIGITAL Qual o Futuro Próximo das TV s Abertas

46 Future of Broadcast Television TV DIGITAL

47 TV DIGITAL Reflexão HÁ MIGRAÇÃO DE AUDIÊNCIA DATV ABERTA PARA OUTRAS MÍDIAS? ATV POR ASSINATURA CONTINUA A RECEBER BOA PARTE DESSA MIGRAÇÃO?

48 Agenda TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA 1. PARTEI -INTRODUÇÃO 2. PARTEII -TV DIGITAL 3. PARTE III TELECOMUNICAÇÕES/ TV POR ASSINATURA 4. PARTEIV OTT OVER THETOP ECONVERGÊNCIA NAERA DAINTERNET MÓVEL 5. PARTEV -CONCLUSÕES

49 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA SeAC Lei Operadoras de Telecom -TV Aberta x TV por Ass. TV P&B TV A CORES TV ACABO MMDS DTH SBTVD IPTV E NA COPA DE2014 NO O QUE SERÁ NO BRASIL, SERÁ TELEVISÃO??

50 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA Grandes Operadoras de Telecomunicações SERVIÇO EMBRATEL OI TELEFONICA TIM/INTELIG GVT FIXO LOCAL 42,0 MILHÕES FIXO LD MÓVEL 250 MILHÕES TV PORASSIN. 14 MILHÕES BANDA LARGA 20 MILHÕES INTERNET 80 MILHÕES NÃO NÃO NÃO CONT. CENTER NÃO NÃO

51 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA Locadoras de Vídeo e outras Novidades da TV por Assinatura

52 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA Players do Mercado 52

53 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA IPTV DEFINIÇÃO É A ENTREGA SEGURA E CONFIÁVEL DE SERVIÇOS DE VÍDEO E ÁUDIO, DE ENTRETENIMENTO, ESPORTES, JORNALISMO, TELEDRAMATURGIA, FILMES E SERVIÇOS ASSOCIADOS À ASSINANTE, ALÉM DE UMA GAMA DIFERENCIADA DE FACILIDADES, SERVIÇOS E APLICAÇÕES QUE PROPORCIONARÃO NOVAS EXPERIÊNCIAS AOS USUÁRIOS.. EX: TV AO VIVO(LIVETV), VIDEO SOBDEMANDA(VOD) D E TV INTERATIVA(ITV). OS SERVIÇOS SÃO ENTREGUES ATRAVÉS DE UMA REDE CONFIÁVEL DE COMUTAÇÃO DE PACOTES QUE UTILIZA O PROTOCOLO IP PARA TRANSPORTAR OS SINAIS DE VÍDEO, ÁUDIO E DE CONTROLE. NÃO É SIMPLESMENTE DIZER QUE ÉVIDEO OVERDSL OU MUITO MENOS VÍDEO VIA INTERNET. 53

54 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA IPTV SERVIÇO AO CONTRÁRIO DO SIMPLESVÍDEO VIAINTERNET, NOS SERVIÇOSIPTV A SEGURANÇA E O DESEMPENHO DA REDE SÃO SEVERAMENTE GERENCIADOS PARA GARANTIR O QOS, CRIANDO ASSIM UM NOVO AMBIENTE DE NEGÓCIOS COMO ALTERNATIVA A SER EXPLORADA PELOS PROVEDORES DE CONTEÚDO,, AGENCIAS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA,, ANUNCIANTES E CLIENTES ENTRE OUTROS.. IPTV NÃO ÉVÍDEO VIAINTERNET E NÃO ÉWEBTV. 54

55 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA IPTV PROPOSTA O OBJETIVO NÃO É SOMENTE ENTREGAR TV E DOMINAR A INTERATIVIDADE. TAMBÉM OS DEMAIS SERVIÇOS PODERÃO SER INTEGRADOS NA EXPERIÊNCIA DA TV, E REPRESENTARÃO DIFERENCIAIS DE SERVIÇOS E FONTES ADICIONAIS DE RECEITA: : TELEFONIA AVANÇADA EVIDEOCONFERÊNCIA EMALTA D DEFINIÇÃO.. MÚSICA. INFORMAÇÕES. VOD(VÍDEO SOB DEMANDA). VIGILÂNCIA À DISTÂNCIA. COMÉRCIO ELETRÔNICO. CORREIO E MENSAGENS

56 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA Demanda de Banda em Triple Play Verizon

57 TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA TV Móvel e TV Portátil, Telecom, Radiodifusão e TV por Assinatura 57

58 Reflexão TELECOMUNICAÇÕES / TV POR ASSINATURA HÁ MIGRAÇÃO DE AUDIÊNCIA DATV ABERTA PARA OUTRAS MÍDIAS? A INTERNET, INCLUINDO OS SERVIÇOSOTT, ASREDESSOCIAIS E OS VIDEO GAMES TAMBÉM RECEBEM BOSA PARTE DESSA MIGRAÇÃO?

59 Agenda TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA 1. PARTEI -INTRODUÇÃO 2. PARTEII -TV DIGITAL 3. PARTE III TELECOMUNICAÇÕES/ TV POR ASSINATURA 4. PARTEIV OTT OVER THETOP ECONVERGÊNCIA NAERA DAINTERNET MÓVEL 5. PARTEV -CONCLUSÕES

60 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Dispositivos Móveis - Consumo por Mês por Sistema Operacional

61 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

62 Minuto Internet OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

63 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

64 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

65 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

66 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais

67 Projeções OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA 23/04/ SERÃO VENDIDOS 3,6 MILHÕES DE TABLETS NA AMÉRICA LATINA ESTE ANO, O QUE REPRESENTA UM CRESCIMENTO DE161% FRENTE A2011 -FONTE: GFK. 25/04/2012 -BRASIL TERÁ124 MILHÕES DE CONEXÕES DE BANDA LARGA MÓVEL(CELULARES( E MODEMS) ) AO FIM DE2014 (EM( DEZEMBRO DE 2011 ERAM 41,1 MILHÕES) )-F FONTE: : H HUAWEI/TELECO.. 27/04/ RECEITA MUNDIAL COM STREAMING DE TV PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS SOMARÁUS$ 8,9 BILHÕES ENTRE2011 E2016. MAIS DE 80% VIRÁ DE SMARTPHONES- FONTE: JUNIPER RESEARCH. 67

68 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Leilão das Frequências para 4G no Brasil será em junho de 2012 ATÉ A COPA TODAS AS CIDADES-SEDES DEVERÃO TER 4G

69 Capacidade OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

70 O Mundo Real OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

71 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Asus Transformer Pad Infinity 700 Series -1920x1200 pixels

72 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Huawei MediaPad 10 FHD x1200-pixel Pixel density: 224 ppi

73 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Acer Iconia Tab A inch display resolution 1920x1200 pixels

74 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Android x1200-pixel display Lenovo IdeaTab K2

75 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Fonte: G1.com.br

76 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA O Novo ipad -Densidade do Display Retina da Apple : 264

77 O Novo ipad OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

78 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais ipad IPAD2 (1,024 X768 PIXELS) NOVO IPAD COMRETINADISPLAY HD (2,048 X 1,536 PIXELS)

79 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Novas Apple s Apps

80 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais ipad

81 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais ipad

82 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais

83 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais GALAXY SIII da Samsung

84 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais

85 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Equipamentos Terminais

86 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

87 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Grandes Atores da Internet 87

88 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Usuários da Nova Geração NOVAS CARACTERÍSTICAS MAIS EXIGENTES EM TERMOS DE QUALIDADE E DISPONIBILIDADE. MAIS EXIGENTES EM FLEXIBILIDADE(MOBILIDADE, INTERATIVIDADE). MENOS TRADICIONAIS(RECEPTIVOS A EVOLUÇÃO). MENOS FIÉIS(RECEPTIVOS A OFERTAS DE NOVAS VANTAGENS). RECEPTIVOS A CONTEÚDOS INOVADORES E PERSONALIZADOS. INFLUENCIADOS PELAS SUAS TRIBOS, EXPERIÊNCIAS CONHECIDAS VIA REDES SOCIAIS, E POR PUBLICIDADE E PROPAGANDAS INOVADORAS E PERSONALIZADAS. 88

89 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Serviços Over-The-Top DEFINIÇÕES OTT - OVER-THE-TOP É EXPRESSÃO UTILIZADA PARA SE REFERIR A UM SERVIÇO QUE USUFRUÍMOS SOBRE UMA REDE QUE NÃO É OFERTADA POR AQUELE OPERADOR DE REDE. É CHAMADO OVER-THE-TOP" PELO MOTIVO DESSES SERVIÇOS TRAFEGAREM NO TOPO DO SERVIÇO QUE JÁ POSSUÍMOS, E NÃO EXIGIR QUALQUER ENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA OU DE NEGÓCIO COM O NOSSO OPERADOR DE REDE. NESSE SENTIDO, O SKYPE PODE SER CONSIDERADO UM SERVIÇO OVER- THE-TOP PARA LIGAÇÕES TELEFÔNICAS LOCAIS, INTERURBANAS E INTERNACIONAIS. OBSERVAR QUE ESSAS LIGAÇÕES SÃO EFETUADAS ATRAVÉS DE LINHAS DE OUTRAS OPERADORAS. ASSIM SENDO, PODEMOS CHAMAR DE OVER-THE-TOP TELEPHONY. 89

90 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Serviços Over-The-Top DEFINIÇÕES MUITAS VEZES, EXISTEM SEMELHANÇAS ENTRE O SERVIÇO QUE O NOSSO OPERADOR DE REDE OFERECE E O SERVIÇO PRESTADO PELAS PROVEDORAS DE SERVIÇOS OVER-THE-TOP. OS SERVIÇOS OVER-THE-TOP ESTÃO DESEMPENHANDO UM PAPEL IMPORTANTE NA DISSEMINAÇÃO DE INTERNET TVS E DAS TVS CONECTADAS(BROADBAND TVS). ESTÁ CRESCENDO O USO DE TERMOS COMO OVER-THE-TOP TV, OVER- THE-TOP VIDEO E OVER-THE-TOP INTERNET VIDEO, ENTRE OUTROS. 90

91 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Serviços Tradicionais x OTT ALTERNATIVAS SERVIÇO DE TELEFONIA FIXA COMUTADA DO STFC E EXEMPLO DE CONTRAPONTO INTERNET: SERVIÇO LOCAL SERVIÇO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL. SERVIÇO DE LONGA DISTÂNCIA INTERNACIONAL. SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SERVIÇO DETV PORASSINATURA SERVIÇOS DE REDES SOCIAIS E TWITTER SERVIÇOS DE MENSAGEIROS SERVIÇOS DE BUSCAS SERVIÇOS DE VIDEOCONFERÊNCIA SERVIÇOS DE GAMES SERVIÇOS DE COMPRAS 91

92 Serviços OTT OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

93 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA A Netflix revoluciona a maneira das Pessoas assistirem Filmes COM MAIS DE 23 MILHÕES ASSINANTES NO MUNDO TODO, A NETFLIX, INC. [NASDAQ: NFLX] É LÍDER NO SERVIÇO POR ASSINATURA DE TRANSMISSÃO ONLINE DE FILMES E SÉRIES DE TV PELA INTERNET. POR APROXIMADAMENTE R$ 14,99 AO MÊS, OS ASSINANTES DA NETFLIX NAS AMÉRICAS, NO REINO UNIDO E NA IRLANDA PODEM ASSISTIR ONLINE A SÉRIES DE TV E FILMES ILIMITADOS, TRANSMITIDOS PELA INTERNET PARAPCS,MACS ETVS. ENTRE A AMPLA E CRESCENTE BASE DE APARELHOS QUE TRANSMITEM A PARTIR DA NETFLIX, ESTÃO OS VIDEOGAMES MICROSOFT XBOX 360, NINTENDO WII E SONY PS3; VÁRIOS APARELHOS DE BLU-RAY, TVS, SISTEMAS DE HOME THEATER, GRAVADORES DE VÍDEO DIGITAL E APARELHOS DE VÍDEO CONECTADOS À INTERNET; IPHONE, IPAD E IPOD TOUCH DAAPPLE; ALÉM DEAPPLETV EGOOGLETV. EXISTEM MAIS DE 700 APARELHOS COMPATÍVEIS COM A NETFLIX.

94 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Netflix é 80% maior que VoD de Operadoras de TV Ass. nos EUA 2011

95 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

96 NetMovies OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

97 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

98 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

99 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

100 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

101 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Serviços Tradicionais x OTT TELEFONIA LOCAL TELEFONIA DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL TELEFONIA DE LONGA DISTÂNCIA INTERNAC. 101

102 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Serviços Tradicionais x OTT TV POR ASSINATURA LOCADORAS DE VÍDEO TV ABERTA 102

103 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA As Operadoras de Telecom não querem ser dumb pipes para OTT USUÁRIO USUÁRIO SERVIÇOS APLICAÇÕES APPLICATION PLATAFORMA PLATFORM REDE REDE INFRAESTRUTURA VELHA ARENA ARENA ATUAL 103

104 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA As Operadoras de Telecom não querem ser dumb pipes para OTT USUÁRIO USUÁRIO SERVIÇOS APLICAÇÕES APPLICATION PLATAFORMA REDE PLATFORM REDE INFRAESTRUTURA VELHA ARENA ARENA ATUAL 104

105 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Conteúdo em qualquer Lugar 105

106 ORA.TV OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA ORA.TV É UMA NOVA E PODEROSA EMPRESA DE TELEVISÃO DIGITAL QUE SE PROPÕE A CRIAR PROGRAMAÇÃO DE VÍDEO DE ALTA QUALIDADE PARA DISTRIBUIÇÃO POR MÚLTIPLAS PLATAFORMAS, E ENTREGA EM DIVERSOS TERMINAIS DE USUÁRIOS, TAIS COMO CELULARES, SMARTPHONES, TABLETS, TVS CONECTADAS, TELEVISORES E OUTROS DISPOSITIVOS. DIFERENTE DAS TVS POR ASSINATURA LINEARES, A ORA (QUE SIGNIFICA AGORA EM ITALIANO) SERÁ UMA REDE SOB DEMANDA, PRODUZINDO UMA ENORME QUANTIDADE DE CONTEÚDOS INDIVIDUAIS QUE PROMETE TRANSCENDER AOS DISTINTOS FORMATOS TRADITIONAIS. A EMPRESA PRODUZIRÁ SHOWS QUE SE ASSEMELHAM AOS DA TV TRADITIONAL, NO QUE SE REFERE AOS NÍVEIS DE QUALIDADE DE PRODUÇÃO E DE CONTEÚDO, MAS QUE FICARÃO DISPONÍVEIS EM UMA VARIEDADE DE FORMATOS.

107 ORA.TV OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA A REDE É FUNDADA PELA EMPRESA AMÉRICA MÓVIL, OPERADORA LÍDER DE TELECOMUNICAÇÕES NO MERCADO LATINO AMERICANO, TENDO COMO PRINCIPAL PROTAGONISTA O HOMEM MAIS RICO DO MUNDO, O MAGNATA DOS NEGÓCIOS CARLOS SLIM HELÚ. A ORA.TV TRAZ DE VOLTA LARRY KING, UMA DAS LENDAS DO JORNALISMO TELEVISIVO NORTE AMERICANO, E SERÁ PRESIDIDA PELO CEO JON HOUSMAN, QUE ATÉ RECENTEMENTE ATUAVA COMO PRESIDENTE DE JORNALISMO DIGITAL DA NEWS CORPORATION. ORA.TV TEM BASE NA CIDADE DE NEW YORK CITY E TERÁ O LANÇAMENTO DA PROGRAMAÇÃO AINDA EM 2012.

108 Dispositivos OTT OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA OS FABRICANTES DE ELETRÔNICA DE CONSUMO (CE) ESTÃO FORNECENDO CADA VEZ MAIS APARELHOS OTT (OVER-THE-TOP HOME ENTERTAINMENT MEDIA), COMO DVD PLAYERS, CONSOLES DE VIDEO GAMES AND TVS COM CONECTIVIDADE WI-FI EMBARCADA. ESTES APARELHOS OTT SE CONECTAM EM UMA REDE WI-FI EXISTENTE, PUXAM CONTEÚDO DA INTERNET E ENTREGAM AO TERMINAL DETV E DEÁUDIO. NORMALMENTE ESTES DISPOSITIVOS NÃO PRECISAM DE CABEAÇÃO ADICIONAL, MAIS HARDWARE OU CONHECIMENTO DE TECNOLOGIA POR PARTE DO USUÁRIO PARA OPERAR. O CONTEÚDO ADEQUADO PARA EXIBIÇÃO NO APARELHO DE TV PODERÁ SER ENTREGUE VIA INTERNET. AS APLICAÇÕES OTT PODEM INCLUIR TERRA TV, SKYPE, YOUTUBE E FACEBOOK, ENTRE OUTROS.

109 TVS BROADBAND OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Smarts TVs e outros Dispositivos Smarts SÃO TERMINAIS DE TV (OVER-THE-TOP-TV) HABILITADOS PARA EXIBIR ALGUNS OU UMA GRANDE PARTE DOS CONTEÚDOS DA INTERNET. OS CONTEÚDOS EXIBIDOS VIA INTERNET NAS TVS CONECTADAS, PODEM OU NÃO SER NO MODELO WALLED GARDEN ( JARDIM MURADO ), OU SEJA, SOB CONTROLE DE ACESSO DO USUÁRIO. ESTES APARELHOS OTT ALÉM DE SE CONECTAREM A UMA REDE WI-FI EXISTENTE PODEM SER CONECTADAS À INTERNET VIA SET-TOP-BOXES ADEQUADOS, APARELHOS BLU-RAY, CONSOLES DE VIDEO GAMES, MEDIA CENTERS, PCS, OU ATRAVÉS DE OUTROS DISPOSITIVOS. FAZ-SE NECESSÁRIO O USO DE UM NOVO CONCEITO DE CONTROLE REMOTO, AGORA COMBINADO EM UM COMPACTO BLOCO SEM FIO COM TECLADO E MOUSE. ALGUMAS VERSÕES PODEM INCLUIR PVR- PERSONAL VIDEO RECORDER, TAMBÉM CHAMADO DE DVR- DIGITAL VIDEO RECORDER.

110 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Smarts TVs e outros Dispositivos Smarts DISPOSITIVOS OTT

111 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

112 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Consoles de Video-games e Acesso a Serviços via Int.

113 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

114 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

115 itv da Apple OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

116 itv da Apple OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

117 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

118 Google TV OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

119 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Quantos Televisores estão Ligados em Consoles de Games? JOGOS MÚSICA VÍDEOS ACESSO À INTERNET PLAYSTATION NETWORK FOTOS DLNA REPRODUÇÃO REMOTA FUNÇÕES ON-LINE HDD DE320 GB NAVEGAÇÃO PELA INTERNET

120 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

121 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

122 Reflexão OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA QUANTOS TELEVISORES ESTÃO LIGADOS EM MEDIA CENTERS E OUTROS SMART BOXES? QUAL O COMPORTAMENTO DOS USUÁRIOS COM O MAIOR USO DAS SMART TVS CONECTADAS AREDES DEBANDALARGA DEMELHOR QUALIDADE E MENOR PREÇO

123 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

124 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

125 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA

126 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Smart TVs conectadas a Redes de Banda Larga MELHOR QUALIDADE E MENOR PREÇO

127 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Smart TVs conectadas a Redes de Banda Larga MELHOR QUALIDADE E MENOR PREÇO

128 OTT OVER THE TOP E CONVERGENCIA Smart TVs conectadas a Redes de Banda Larga MELHOR QUALIDADE E MENOR PREÇO

129 Agenda TV DIGITAL, OTT E CONVERGENCIA 1. PARTEI -INTRODUÇÃO 2. PARTEII -TV DIGITAL 3. PARTE III TELECOMUNICAÇÕES/ TV POR ASSINATURA 4. PARTEIV OTT OVER THETOP ECONVERGÊNCIA NAERA DAINTERNET MÓVEL 5. PARTEV -CONCLUSÕES

130 CONCLUSÕES

131 CONCLUSÕES Reflexão Contínua QUAL O FUTURO DASTVSABERTAS? QUAL O FUTURO DASTVS PORASSINATURA? QUAL O FUTURO DAINTERNET, DOS SERVIÇOSOTT, DASREDESSOCIAIS E DOSVÍDEOGAMES? E QUAL O FUTURO DAS TELECOMUNICAÇÕES? E O QUE VEM AÍ PELA FRENTE?

132 CONCLUSÕES Os Cinco Teoremas de Cristóvam TEOREMA DE CAZUZA TEOREMA DE LULU SANTOS TEOREMA DE BELCHIOR TEOREMA DE RAUL SEIXAS TEOREMA DE JACK O MINEIRINHO

133 FIM Muito Obrigado! Contatos: E.Mail: Web: Skype: cristovamniteroi Telefone: Celular:

UM PASSEIO PELA NAB 2011. Geraldo Cesar de Oliveira Star One

UM PASSEIO PELA NAB 2011. Geraldo Cesar de Oliveira Star One UM PASSEIO PELA NAB 2011 Geraldo Cesar de Oliveira Star One NAB 2011 em Números Mais de 1500 Expositores 151 países representados 92.708 visitantes cadastrados 25.601 visitantes internacionais Brasil uma

Leia mais

A Tecnologia a Serviço sdas Ideias

A Tecnologia a Serviço sdas Ideias sua A Tecnologia a Serviço sdas Grandes Ideias 1 Entre os 10 maiores integradores do Brasil Destaques Operacionais Mais de 10,000 equipamentos gerenciados de LAN e WAN 9.000 sites em mais de 700 clientes

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

Fabio Golmia - CEO EnterPlay 11 8139-1100 11 7806-3061 ID 7*22748 fabiogolmia@enterplay.com.br www.enterplay.com.br. Apresentação da Empresa

Fabio Golmia - CEO EnterPlay 11 8139-1100 11 7806-3061 ID 7*22748 fabiogolmia@enterplay.com.br www.enterplay.com.br. Apresentação da Empresa Fabio Golmia - CEO EnterPlay 11 8139-1100 11 7806-3061 ID 7*22748 fabiogolmia@enterplay.com.br www.enterplay.com.br Apresentação da Empresa Estrutura desta Apresentação Tema: Posicionamento da EnterPlay

Leia mais

Claudio Zylberman DTH+OTT. Diretor de Engenharia e Tecnologia Claro TV. Novas opções para o assinante

Claudio Zylberman DTH+OTT. Diretor de Engenharia e Tecnologia Claro TV. Novas opções para o assinante DTH+OTT Novas opções para o assinante Claudio Zylberman Diretor de Engenharia e Tecnologia Claro TV Maio/2012 Modelo de Operação - DTH Canais Pagos Satélite Star One C2 Redes Abertas ( Digital Terrestre

Leia mais

Rádio Digital. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Senado Federal

Rádio Digital. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Senado Federal Rádio Digital Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal Roberto Pinto Martins Secretário rio de Telecomunicações Ministério das Comunicações Sumário 1. Cenário

Leia mais

GUIA DE RECURSOS SMART

GUIA DE RECURSOS SMART GUIA DE RECURSOS SMART Características dos aplicativos da SMART TV 1.Android 4.2 dual-core smart TV 2.Conexão de rede (com fio/sem fio/pppoe/wlan HP) 3. Sync-View (opcional) 4. Multi-screen Interativa

Leia mais

Casa do Futuro Convergência Digital. Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007

Casa do Futuro Convergência Digital. Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007 Casa do Futuro Convergência Digital Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007 O Ponto de Partida A Casa nos Anos 80 TV Aberta Analógica: Do ponto de vista das emissoras, o usuário final não era gerador direto

Leia mais

Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população...

Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população... Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população... Serão mais de 3 bi de usuários Crescimento no próximo ano será de 6,2% Pela 1ª vez, a internet vai alcançar mais de 2 em cada 5 pessoas

Leia mais

TV Digital Interativa: Atalho seguro para a inclusão digital (?)

TV Digital Interativa: Atalho seguro para a inclusão digital (?) TV Digital Interativa: Atalho seguro para a inclusão digital (?) Arlindo Lopes - MultiChoice Painel 3. V FORUM LUSÓFONO DAS COMUNICACÕES Maputo, 24 de April de 2014 Plano da Apresentação: A experiência

Leia mais

TV Digital : Convergência e Interatividade. 2010 HXD Interactive Television

TV Digital : Convergência e Interatividade. 2010 HXD Interactive Television TV Digital : Convergência e Interatividade. A TELEVISÃO. A Televisão... o mais subversivo instrumento da comunicação deste século!" Assis Chateaubriand (1950). A Televisão Sem TV é duro de dizer quando

Leia mais

Taitell Telecom. Equipamentos e Soluções

Taitell Telecom. Equipamentos e Soluções Taitell Telecom Equipamentos e Soluções Solução de Vídeo MultiPortal Sobre a VoipSwitch VoipSwitch Inc. (www.voipswitch.com) é uma das líderes no mercado de VoIP, oferecendo plataforma completa para empresas

Leia mais

quarta-feira, 8 de outubro de 14

quarta-feira, 8 de outubro de 14 Internet 2G no Brasil Mais usada que 3G... Em julho, o 2G era usado em 48,5% dos celulares, nº menor que o registrado em janeiro (57,8%) 3G passou de 35,9% em janeiro para 44,3% em julho Tecnologia 4G

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Dezembro de 2012 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

HELP TECH 1. OBJETIVO DO SERVIÇO

HELP TECH 1. OBJETIVO DO SERVIÇO 1. OBJETIVO DO SERVIÇO Com o serviço de assistência Help Tech você tem o auxílio completo para a instalação e manutenção de seus computadores, games, celulares, tablets, etc, que trazem mais facilidade

Leia mais

LED LCD LS5700 (47 /42 /32 )

LED LCD LS5700 (47 /42 /32 ) LED LCD LS5700 (47 /42 /32 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com inúmeros

Leia mais

Introdução a Computação Móvel

Introdução a Computação Móvel Introdução a Computação Móvel Computação Móvel Prof. Me. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Histórico Em 1947 alguns engenheiros resolveram mudar o rumo da história da telefonia. Pensando em uma maneira

Leia mais

Impacto da TV Digital no Futuro dos Negócios

Impacto da TV Digital no Futuro dos Negócios Impacto da TV Digital no Futuro dos Negócios Congresso SUCESU-SP 2007 Integrando Tecnologia aos Negócios 29/11/07 Juliano Castilho Dall'Antonia Diretor de TV Digital w w w. c p q d. c o m. b r 1 Sumário

Leia mais

Plataforma Interativa de Vídeo

Plataforma Interativa de Vídeo Plataforma Interativa de Vídeo Milonga DWM Soluções em Comunicação e Tecnologia Interativa, empresa do Grupo Ciclotron. Desenvolvemos soluções com foco na experiência do usuário, implantado um novo conceito

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Junho de 2013 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - LED LCD LM6200 (65 / 55 / 47 / 42 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com

Leia mais

NET, Claro e Embratel se unem para transformar a oferta de telecomunicações e entretenimento no Brasil

NET, Claro e Embratel se unem para transformar a oferta de telecomunicações e entretenimento no Brasil NET, Claro e Embratel se unem para transformar a oferta de telecomunicações e entretenimento no Brasil Empresas investem na integração das suas redes e lançam a mais completa oferta convergente de serviços

Leia mais

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar

Leia mais

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos;

Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar normas e padrões para o planejamento, criação, compra, venda, veiculação e mensuração de mensagens

Leia mais

PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STR1 MOURA LACERDA. TIPOS DE RECEPTORES DE TV e SISTEMAS

PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STR1 MOURA LACERDA. TIPOS DE RECEPTORES DE TV e SISTEMAS PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STR1 MOURA LACERDA TIPOS DE RECEPTORES DE TV e SISTEMAS Como tudo em nossa vida e em nosso mundo evolui, com a tecnologia não é diferente, agora você pode contar com alta definição

Leia mais

Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo

Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo Videoconferência e uso de dispositivos móveis para atividades acadêmicas: otimizando tempo e custo Equipe de apoio audiovisual FCM Leonardo, Oscar, Mário, Francileuda, Wagner, Emilton O CENÁRIO ATUAL A

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS Trabalho final da disciplina Computadores, Redes, IP e Internet Professor: Walter Freire Aluno:

Leia mais

Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV

Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV Consulta.net Seja certificado pelo CENP e tenha acesso a análises de audiência de TV Pequenas e médias agências de publicidade podem ter acesso a dados e relatórios de audiência de TV por meio do Consulta.net,

Leia mais

O CONSUMIDOR MOBILE. Uma visão global

O CONSUMIDOR MOBILE. Uma visão global O CONSUMIDOR MOBILE Uma visão global A PRÓXIMA POTÊNCIA EM MÍDIA Quando a primeira chamada foi realizada por um telefone móvel em 1973, o protótipo utilizado tinha bateria com duração de 30 minutos e levava

Leia mais

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO Em nenhum momento de toda a história dos meios de comunicação modernos houve tantas mudanças fundamentais na distribuição e mensuração da mídia. Com o surgimento da transmissão

Leia mais

Tendências de comunicação para 2014. 89% dos brasileiros pesquisam preços na web. E-mail é 40 vezes mais eficiente que FB nas vendas

Tendências de comunicação para 2014. 89% dos brasileiros pesquisam preços na web. E-mail é 40 vezes mais eficiente que FB nas vendas Tendências de comunicação para 2014 Veja alguns temas que devem influenciar o setor 89% dos brasileiros pesquisam preços na web 78% acredita que na internet os produtos são mais baratos 63% utiliza smartphones

Leia mais

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - LED LCD LM6400 (55 / 47 / 42 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com inúmeros

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

New Plasma 60/50PZ570B

New Plasma 60/50PZ570B New Plasma 60/50PZ570B Diferenciais LG------------------------------ - Smart TV¹: A evolução da TV. Interface com internet, conteúdos e aplicativos incríveis - Magic Motion Ready²: Compatível com controle

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

Sistemas de comunicação e novas tecnologias

Sistemas de comunicação e novas tecnologias Sistemas de comunicação e novas tecnologias Módulo 3: Capitalismo informacional 3.3: Ascensão da TV paga Esta obra estálicenciada sob umalicença CreativeCommons. Prof. Dr. Marcos Dantas 1948 Pequenos empreendedores

Leia mais

The Battle for the Home. Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil

The Battle for the Home. Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil The Battle for the Home Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil 1 The Interconnected World Telecom Industry Broadband Services Wi-Fi (Home, Public, Enterprise) Wireless Internet The Interconnected World

Leia mais

WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade

WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade WD entra no mercado das redes domésticas sem fios inaugurando uma nova era de streaming de entretenimento HD de alta velocidade Família My Net de routers dual-band com tecnologia exclusiva FasTrack acelera

Leia mais

Novo cabo HDMI AVIS da Discabos

Novo cabo HDMI AVIS da Discabos sac@discabos.com.br www.discabos.com.br Novo cabo HDMI AVIS da Discabos O primeiro cabo HDMI High Speed (1.4) com Ethernet e retorno de áudio. O padrão HDMI acaba de se tornar muito mais poderoso, com

Leia mais

Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP. Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva

Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP. Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva 1 Participantes * Cláudio Rodrigues Muniz da Silva DCO / UFRN; * Fabiano André de Sousa Mendonça DPUB / UFRN; * Lívio Peixoto do Nascimento

Leia mais

Mobilidade. Relatório Mobilidade, Inteligência de Mercado

Mobilidade. Relatório Mobilidade, Inteligência de Mercado Mobilidade Internet e Mobilidade Nos últimos 10 anos, o termo Mobilidade no universo de tecnologia mudou bastante, se tornou mais abrangente e abriu novo setor de negócios. Games, aplicativos de navegação,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA ASSISTÊNCIA HELP DESK P L A N O 1

CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA ASSISTÊNCIA HELP DESK P L A N O 1 CONDIÇÕES GERAIS DE ASSISTÊNCIA ASSISTÊNCIA HELP DESK P L A N O 1 1. QUADRO RESUMO DE SERVIÇOS ITEM SERVIÇOS LIMITES DO SERVIÇO 2.1 Suporte Remoto Informática 2.2 Suporte Remoto Celular 2.3 Suporte Remoto

Leia mais

2 TV digital e TV de alta definição 2.1. A tecnologia digital

2 TV digital e TV de alta definição 2.1. A tecnologia digital 2 TV digital e TV de alta definição 2.1. A tecnologia digital Neste capítulo, serão abordados os aspectos principais da tecnologia digital e suas conseqüências em termos de mercado consumidor (telespectadores).

Leia mais

O Modelo DX sumário executivo

O Modelo DX sumário executivo White Paper O Modelo DX sumário executivo INTRODUÇÃO 2 O MODELO BROADCAST 3 MODELO TRADICIONAL DE BROADCAST 3 O MODELO DX 4 NOVOS MODELOS DE RECEITA 5 O MODELO DX PARA TELAS COLETIVAS 6 1 www.dx.tv.br

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

ÍNDICE 16 INTERATIVIDADE 02 INTRODUÇÃO. 16 Aplicativos. 02 Ideia do Livro. 20 Como Usar. 02 Para quem foi escrito. 20 Ícone invite 03 TV DIGITAL

ÍNDICE 16 INTERATIVIDADE 02 INTRODUÇÃO. 16 Aplicativos. 02 Ideia do Livro. 20 Como Usar. 02 Para quem foi escrito. 20 Ícone invite 03 TV DIGITAL ÍNDICE 02 INTRODUÇÃO 02 Ideia do Livro 02 Para quem foi escrito 03 TV DIGITAL 03 O que é 04 Fatos e números do Brasil 05 Diferenças entre TV comum e TV a cabo 07 COMO FUNCIONA 07 Interatividade 16 INTERATIVIDADE

Leia mais

SÃO PAULO - 30 DE NOVEMBRO DE 2007

SÃO PAULO - 30 DE NOVEMBRO DE 2007 SÃO PAULO - 30 DE NOVEMBRO DE 2007 Juliana Baroni em Dance Dance Dance : Band e Globo já produzem novelas digitais Guia de compras Como escolher melhores TVs, conversores e antenas Tudo o que você precisa

Leia mais

PALESTRA SOBRE SEGURO DE CELULARES. Palestrante: Marcelo Hublet

PALESTRA SOBRE SEGURO DE CELULARES. Palestrante: Marcelo Hublet PALESTRA SOBRE SEGURO DE CELULARES Palestrante: Marcelo Hublet Aparelho Multifuncional Indicadores de usuários, no mundo e no Brasil Custo dos Aparelhos Celulares Dados de roubo e Furto Necessidade de

Leia mais

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Áudio - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Design - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - LED LCD LM6700 (55 / 47 / 42 ) Diferenciais LG - - - - - - - - - - - - - - - - - - Smart TV: é o que há de mais avançado em Smart TV. Fácil de usar, possui a maior loja de aplicativos do mercado, com inúmeros

Leia mais

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA?

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? Tecnologia 40 Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? DSL Cabo Fibra Móvel Móvel WiFi em movimento Convergência TERMINAL é poder MULTI- se comunicar ÓTIMO MÍDIA independente de local, dispositivo de acesso

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (O Mercado Mobile no Brasil) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto

Leia mais

Uso de aplicativos. Faturamento Apple Store. indicadores. US$ 20 bi em 2015. Crescimento foi de cerca de 58% em 2015

Uso de aplicativos. Faturamento Apple Store. indicadores. US$ 20 bi em 2015. Crescimento foi de cerca de 58% em 2015 Faturamento Apple Store US$ 20 bi em 2015 Uso de aplicativos Crescimento foi de cerca de 58% em 2015 01 No final do ano, os usuários de iphones, ipad, Watch e Macs gastaram US$ 1,1 bilhão com a aquisição

Leia mais

AGRONEGÓCIOS Nov/2012

AGRONEGÓCIOS Nov/2012 AGRONEGÓCIOS Nov/2012 Internet Acesso Brasil O total de brasileiros com acesso à internet chegou a 83,4 milhões de internautas no segundo trimestre de 2012, um crescimento de 13,1% sobre o segundo trimestre

Leia mais

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014.

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014. Mobile Device Management MDM SAP Forum, Fev2014. A EMBRATEL ENTREGA Porque é a mais completa operadora de Telecomunicações e TI Referência e líder na oferta de serviços de telecomunicações em toda a América

Leia mais

O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp

O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp O Uso Racional do Espectro em beneficio da sociedade: a utilização da faixa dos 700 MHz Fiesp 7-8-2013 Agenda Atribuições e missão da SET Grupos SET de Trabalho Testes e estudos no Japão Proposta de consulta

Leia mais

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Balanço Huawei da Banda Larga 3T12 www.huawei.com Preparado pela HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Sumário Introdução Banda Larga Fixa Banda Larga Móvel Considerações Finais 2 Objetivo e metodologia Acompanhar

Leia mais

Introdução do Jornalismo Móvel

Introdução do Jornalismo Móvel Introdução do Jornalismo Móvel Semana 1: Visão geral das plataformas móveis, tendências e futuro Instrutor Técnico Móvel: Will Sullivan Instrutora Brasileira: Lorena Tárcia http://visual.ly/reaching-50-million-users

Leia mais

Trilha TV Digital. Plataformas Interoperáveis de TV Interativa: o projeto Global ITV. Dr. Alan Angeluci

Trilha TV Digital. Plataformas Interoperáveis de TV Interativa: o projeto Global ITV. Dr. Alan Angeluci Trilha TV Digital Plataformas Interoperáveis de TV Interativa: o projeto Global ITV Dr. Alan Angeluci Centro Interdisciplinar em Tecnologias Interativas da USP CITI-USP São Paulo, SP, Brasil. 2014 Agenda

Leia mais

Hiperconectividade e a aproximação da era dos zetabytes

Hiperconectividade e a aproximação da era dos zetabytes Relatório técnico Hiperconectividade e a aproximação da era dos zetabytes 2 de junho de 2010 Este documento oficial faz parte do Cisco Visual Networking Index (VNI), uma iniciativa contínua para acompanhar

Leia mais

SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV. Outubro de 2012 www.elife.com.br twitter.com/elife_br

SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV. Outubro de 2012 www.elife.com.br twitter.com/elife_br SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV Este paper faz parte de uma série elaborada pela E.life/Social Agency que aborda como as tradicionais disciplinas do Mix de Comunicação

Leia mais

SET Sudoeste 2014. Realizados anualmente em diferentes cidades. Reportagem

SET Sudoeste 2014. Realizados anualmente em diferentes cidades. Reportagem SET Sudoeste 2014 Oferecemos nesta reportagem um resumo do acontecido no primeiro encontro regional de 2014 organizado pela SET em Vitoria (ES). Nele foram abordados temas tão diversos como migração de

Leia mais

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL.

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL. 8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) São Paulo, 19 de agosto de 2010 PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL Apresentação: A Anatel, a ampliação dos acessos de

Leia mais

Peças para diferentes sites

Peças para diferentes sites Encontre aqui um apanhado de indicadores, estudos, análises e pesquisas de variadas fontes, todas vitais para avaliação e mensuração do desempenho e dos negócios no mundo digital. Confira Aunica The Tagnology

Leia mais

O Panorama da TV Digital no Brasil. Leandro Miller Leonardo Jardim

O Panorama da TV Digital no Brasil. Leandro Miller Leonardo Jardim O Panorama da TV Digital no Brasil Leandro Miller Leonardo Jardim Tópicos Abordados TV Aberta no Brasil Vantagens da TV Digital Padrões de TV Digital Sistema Brasileiro de TV Digital Oportunidades na TV

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB

INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB INTERNET, RÁDIO E TV NA WEB Moysés Faria das Chagas Graduado em Comunicação Social - Rádio e TV (Unesa) Pós-graduado em Arte-Educação (Universo) Mídia-Educação (UFF) MBA em TV Digital, Radiodifusão e Novas

Leia mais

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010 I Fórum Lusófono de Comunicações Abril. 2010 Evolução do Setor de Telecomunicações no Brasil Pré-Privatização Monopólio estatal Poucos investimentos Baixa qualidade dos serviços 98 Grande demanda reprimida

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Rede de Telefonia Fixa Telefonia pode ser considerada a área do conhecimento que trata da transmissão de voz através de uma rede de telecomunicações.

Leia mais

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel Universalização de acesso à internet de alto desempenho Presidência da Anatel Brasília/DF Outubro/2012 Panorama Global CRESCIMENTO DA BANDA LARGA NO MUNDO - O Brasil foi o quinto país que mais ampliou

Leia mais

O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO

O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO DOS ÚLTIMOS ANOS Milhões de Clientes usam durante todo o dia seus Smartphones para se conectarem na internet, redes sociais e fazer compras. Com os aplicativos móveis criados

Leia mais

O Mercado de TV Assinatura

O Mercado de TV Assinatura STA O Mercado de TV Assinatura André Sanches - NET Serviços Bem vindo! Dados do setor; Tecnologias; Evolução tecnologia/serviços; 3 Play ; Pirataria. Objetivo Dados do setor Fonte ABTA Dez/ 2,7 Milhões

Leia mais

I - O que é o Mobilize-se

I - O que é o Mobilize-se Índice O que é o Mobilize-se...03 A campanha de lançamento...12 Divulgação da campanha...14 Como irá funcionar o sistema para o ouvinte da rádio...20 O que a rádio deve fazer para se inscrever no Mobilize-se...36

Leia mais

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel BGAN Transmissão global de voz e dados em banda larga Banda larga para um planeta móvel Broadband Global Area Network (BGAN) O firm das distâncias O serviço da Rede Global de Banda Larga da Inmarsat (BGAN)

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

CONTEXTO. O modo como os consumidores se relacionam com a sua TV e acedem aos seus conteúdos está a mudar drasticamente:

CONTEXTO. O modo como os consumidores se relacionam com a sua TV e acedem aos seus conteúdos está a mudar drasticamente: NOVOS SERVIÇOS TELEVISÃO Expectativas do Consumidor Lisboa, 24 de Maio, 2012 CONTEXTO O modo como os consumidores se relacionam com a sua TV e acedem aos seus conteúdos está a mudar drasticamente: TV em

Leia mais

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado Barômetro Cisco Banda Larga da Análise de mercado Barômetro Cisco da Banda Larga Índice Introdução Introdução...2 Metodologia...3 Barômetro Cisco da Banda Larga...3 Definições...4 Banda Larga no Mundo...4

Leia mais

"Top 10" Google na lista com maior nº de patentes... Com 2.566 registros em 2014, companhia ocupa 8º lugar

Top 10 Google na lista com maior nº de patentes... Com 2.566 registros em 2014, companhia ocupa 8º lugar "Top 10" Google na lista com maior nº de patentes... Com 2.566 registros em 2014, companhia ocupa 8º lugar IBM é líder há 22 anos Queridinho dos brasileiros ipad é o tablet favorito... 62% prefere o dispositivo

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

iphone 5S APRESENTAÇÃO

iphone 5S APRESENTAÇÃO Ideal Voz Empresarial iphone 5S O iphone 5 é uma verdadeira evolução do smartphone da Apple. Muito Fino e leve, o iphone 5 impressiona com seu design impecável e tela Retina de 4 polegadas. Apesar de seu

Leia mais

O Office para ipad e iphone ficou bem melhor.

O Office para ipad e iphone ficou bem melhor. O Office para ipad e iphone ficou bem melhor. 5 novidades que você precisa saber sobre o Microsoft Office 1 Novos apps para iphone Word, Excel, PowerPoint e OneNote consistentes com a experiência do ipad.

Leia mais

Release TIM 16/04/2008 - www.garotasemfio.com.br TIM avança na convergência e traz serviços 3G com conteúdos inovadores e parcerias estratégicas

Release TIM 16/04/2008 - www.garotasemfio.com.br TIM avança na convergência e traz serviços 3G com conteúdos inovadores e parcerias estratégicas Release TIM 16/04/2008 - www.garotasemfio.com.br TIM avança na convergência e traz serviços 3G com conteúdos inovadores e parcerias estratégicas Primeiro notebook 100% conectado com modem e TIMChip embarcados

Leia mais

4 Mercado setor de telecomunicações

4 Mercado setor de telecomunicações 4 Mercado setor de telecomunicações Nesta sessão é apresentada uma pequena visão geral do mercado de telecomunicações no Brasil, com dados históricos dos acontecimentos mais relevantes a este trabalho,

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social O SISTEMA DE RÁDIO DIGITAL: A MODERNIZAÇÃO DO M.C.M. MAIS POPULAR DO PLANETA Texto redigido para embasar apresentação de seminário na

Leia mais

A Tecnologia Digital na Radiodifusão

A Tecnologia Digital na Radiodifusão A Tecnologia Digital na Radiodifusão Painel Setorial de Telecomunicações INMETRO/XERÉM-RJ 27 de outubro de 2006 Ronald Siqueira Barbosa O O pobre e o emergente de hoje são s o aqueles que no passado, perderam

Leia mais

D-Link. produtos. Guia de. Saiba mais sobre a D-Link e toda a nossa linha de produtos no site www.dlink.com.br

D-Link. produtos. Guia de. Saiba mais sobre a D-Link e toda a nossa linha de produtos no site www.dlink.com.br Saiba mais sobre a D-Link e toda a nossa linha de produtos no site www.dlink.com.br Guia de produtos D-Link Curta a fan page D-Link Brasil www.facebook.com/dlinkbrasil Por que a D-Link é a melhor solução?

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

INDE X AÇÃO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS EM 2015 PEL A SIZMEK. Análises de formatos, adoção e desperdício em dispositivos móveis.

INDE X AÇÃO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS EM 2015 PEL A SIZMEK. Análises de formatos, adoção e desperdício em dispositivos móveis. INDE X AÇÃO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS EM 2015 PEL A SIZMEK Análises de formatos, adoção e desperdício em dispositivos móveis. CO N T EÚ D O S O RESUMO GERAL DO MARKETING PARA MÓVEIS Inventário Móvel CH A

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Manual do Usuário. Desenvolvido para

Manual do Usuário. Desenvolvido para Manual do Usuário Desenvolvido para 1 Obrigado por comprar um Produto Comtac Você comprou um produto de uma empresa que oferece alta qualidade e valor agregado. Conheça nossa linha completa através do

Leia mais

III Congresso Internacional de Direito Autoral Obras Musicais e Internet

III Congresso Internacional de Direito Autoral Obras Musicais e Internet III Congresso Internacional de Direito Autoral Obras Musicais e Internet Questões Atuais de Direito Autoral Cópia Privada Compartilhamento de Arquivos - Peer-to-Peer Panorama Atual Digital Music Report

Leia mais

INTRODUÇÃO Pesquisa Game Brasil 2015 é uma nova leitura de campo que traça o perfil do gamer brasileiro. Em 2013 a primeira versão realizada em parceria com o núcleo de Estudos e Negócios em Marketing

Leia mais

Guia do Usuário Live TIM Blue Box

Guia do Usuário Live TIM Blue Box Guia do Usuário Live TIM Blue Box 1 Parabéns! Você acaba de adquirir a central de entretenimento da Live TIM! O Live TIM Blue Box vai transformar a sua experiência de assistir televisão. Com ele, você

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Prof. Juliano Heinzelmann Reinert

Prof. Juliano Heinzelmann Reinert Prof. Juliano Heinzelmann Reinert 1 Juliano Heinzelmann Reinert, M.Sc., MBA, COBIT, CCTT. Professor (pós-graduação em governança e GP), Instrutor/consultor pela BEWARE (sul), Sócio-diretor de empresa PROJECT

Leia mais

TV Digital interativa versus TV Conectada: o futuro da interatividade no Brasil

TV Digital interativa versus TV Conectada: o futuro da interatividade no Brasil TV Digital interativa versus TV Conectada: o futuro da interatividade no Brasil Doutorando em Televisão Digital POLI USP Mestre em Televisão Digital UNESP Bacharel em Comunicação (Jornalismo) UNESP - Pesquisador

Leia mais

Guia do Usuário Live TIM Blue Box

Guia do Usuário Live TIM Blue Box Guia do Usuário Live TIM Blue Box 1 Parabéns! Você acaba de adquirir a central de entretenimento da Live TIM! O Live TIM Blue Box vai transformar a sua experiência de assistir televisão. Com ele você poderá

Leia mais

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND julho/2012 Case de Sucesso TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND Para publicar um case no Portal IT4CIO, entre em contato pelo e-mail comunicacao@it4cio.com. PERFIL Terra é parte da Telefônica

Leia mais

Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis

Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis CBSoft 2013 Trilha Indústria Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis Andreia Matos dos Santos Igor de Borborema Correia 21 de outubro de 2012 Palestrantes

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Tópicos Especiais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras. Tópicos Especiais Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Arquitetura da Informática e Automação MBA Gestão em Tecnologia da Informaçao Tópicos Especiais Evolução da Convergência Digital

Leia mais