Relatório de Vistoria

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Vistoria"

Transcrição

1 Relatório de Vistoria Cond. Ed. Centro Médico Empresarial Rua Vicente Nogueira Braga, 324, Fátima, Fortaleza/CE Setembro/2012 1

2 Índice: 01. Informações iniciais; 02. Patologias, diagnóstico técnico com registro fotográfico; 03. Metodologia construtiva; 04. Condições da proposta; 05. Informações gerais; 06. Planilha Orçamentária. 01. Informações iniciais Este relatório tem finalidade descrever a vistoria técnica realizada em 13 de agosto de 2012, no Cond. Ed. Centro Médico Empresarial, localizado à Rua Vicente Nogueira Braga, 324, Fátima, Fortaleza/CE. A vistoria técnica e a preparação deste relatório foram realizadas pelo Engenheiro Civil Lawton Parente de Oliveira, inscrito no CREA/CE sob o registro D. Os trabalhos de vistoria envolveram tão somente observações visuais, registros fotográficos, coleta de informações in loco e apreciação de projetos arquitetônicos executados pela Arquiteta Renata Rola. A edificação supracitada é composta por 01 bloco do tipo comercial multisalas com 69 unidades condominiais, 27 vagas de garagem, possuindo 01 nível subsolo, 01 pavimento térreo, 09 pavimentos tipo e coberta em laje com circulação superior restrita e facilitada. A vistoria técnica foi concentrada nas fachadas externas da referida edificação que estão dispostas de forma mista, pintura em textura acrílica e revestimento cerâmico e com revestimento cerâmico tipo 10x10cm. As fachadas possuem características arquitetônicas próprias e individualizadas em todas elas em suas áreas e disposições do 1º ao 15º pavimento. Fachada Leste e Norte Fachada Sul 2

3 02. Patologias, diagnóstico técnico com registro fotográfico Solicitação do Condomínio/Projeto Arquitetônico: Retirada de todo revestimento cerâmico existente nas fachadas externas da edificação e aplicação de novo revestimento cerâmico/porcelanato e pintura Patologias: Registramos descolamentos totais do revestimento cerâmico em vários pontos das fachadas do Ed. Centro Médico Empresarial que supostamente foram ocasionados por: Ausência constatada de Juntas de Dilatação horizontais a cada pavimento conforme instrução normativa NBR /1996. Ausência constatada de juntas de dilatação verticais (dessolidarização) a cada 6,00m em fachadas densas, conforme instrução normativa NBR /1996; *JUNTA DE DILATAÇÃO - Espaço preenchido por materiais elásticos, destinado a absorver os movimentos provocados por dilatações e retrações, principalmente térmicas, dos materiais envolventes; Erro na execução da metodologia correta utilizada para o assentamento cerâmico das fachadas em questão pela não aplicação do método da Dupla Colagem de argamassas que se faz necessária; *DUPLA COLAGEM: Em suma consiste em espalhar a argamassa colante no verso da placa cerâmica e também na base de reboco ou emboço, verificando-se um bom assentamento pelo total preenchimento do verso da peça cerâmica; Os descolamentos localizados nas fachadas externas, podem-se dever também a utilização de Argamassa Colante e Argamassa de Rejuntamento não apropriadas ou fora das especificações para o assentamento do revestimento cerâmico original, fazendo com que não tenha sido obtido a aderência adequada entre camadas; *ARGAMASSA COLANTE: Argamassas industrializadas para aplicação de revestimentos cerâmicos são conhecidas como argamassas colantes. Elas apresentam os tipos AC-II, AC-IIE, AC-III e AC-IIIE, cada uma adequada para tipos de revestimentos e aplicações diferentes, segundo a norma NBR 14081; *ARGAMASSA DE REJUNTAMENTO: Argamassas de rejuntamento são misturas industrializadas, homogêneos e uniformes, para aplicação nas juntas de assentamento de placas cerâmicas, porcelanatos, pastilhas de vidro, além de mármores e granitos. Para área externas estas argamassas devem ser flexíveis, auxiliando assim às dilatações dos revestimentos aplicados. 3

4 Conclusão: É possível realizar a obra de reforma e reformulação nas fachadas do Edifício Centro Médico Empresarial com o intuito de reaplicar um novo revestimento cerâmico/porcelanato e pintura em textura acrílica. Propomos a retirada total de todo revestimento cerâmico existente, a regularização de todas as áreas a serem revestidas, o assentamento do revestimento cerâmico/porcelanato, e ainda a aplicação de rejuntamento, execução das juntas de dilatação e lavagem final do revestimento assentado. Nas áreas a serem retiradas os revestimentos cerâmicos para aplicação de pintura, deve-se haver a execução de uma capa de reboco precedida de uma ponte de aderência para promover a perfeita adesão de camadas. Nas áreas de pintadas que receberão nova pintura deve-se proceder a preparação com limpezas, raspagens de áreas danificadas e escovação de matérias orgânicas localizadas. Além dos serviços citados, ainda deve-se contar com todos os serviços preliminares e complementares. Descreveremos tais processos acima citados a seguir neste documento Serviços a serem executados: Licença de ART CREA/CE: Todos os serviços de engenharia, por mais simples que pareçam, devem ser vinculados ao Conselho Regional local CREA/CE através de uma ART Anotação de Responsabilidade Técnica devidamente preenchida e assinada pelas partes contratantes; Mobilização de obra: Mobilizar uma obra é deixá-la em plenas condições de início. O fornecimento e a instalação de equipamentos, a disponibilização e envio da mão de obra, o fornecimento de materiais e ferramentas e tudo que se faça necessário para o início dos serviços determinados; Aluguel ou aquisição específica de equipamentos: Os equipamentos de acesso ás fachadas (balanças móveis) são locados de empresas especializadas, com manutenção periódica. Para obras em fachadas é necessária a aquisição de EPIs e equipamentos especificados pela Norma Regulamentadora - NR18 do Ministério do Trabalho e Emprego para execução de trabalhos desta natureza; 4

5 Isolamentos e proteções: Para execução de obras em fachadas de prédios habitados, se faz necessária a determinação de áreas de isolamento, ou seja, áreas que estarão sujeitas a grande risco de queda de materiais e detritos da obra ao longo de todo o dia e da noite, vetando o trânsito na determinada região. As proteções são áreas onde podem ser utilizadas bandejas cobertas ou telas, resguardando assim os pedestres e veículos ao acesso frontal da edificação Montagem e desmontagens de equipamentos de acesso às fachadas: Deve ser desenvolvido junto com a administração do condomínio um plano de execução das fachadas, ou seja, determinar o local de início dos serviços onde se definirão as primeiras montagens dos equipamentos de acesso Balanças móveis, e assim suas respectivas desmontagens em todas as fachadas da edificação Placa da obra (exigência CREA/CE): A Resolução No. 015 do CONFEA (Conselho Federa de Engenharia) exige a colocação de placa indicativa da obra incluindo suas características, bem como as partes contratantes, o(s) técnico(s) responsável(s) pela obra e número da ART Anotação de Responsabilidade Técnica Demolição de revestimento cerâmico existente: A demolição deverá ser realizada nas áreas do revestimento cerâmico existente de forma manual ou mecânica, visando expô-la para a etapa seguinte. *Execução de novo emboço: Durante a execução do serviço de demolição poderão ser eventualmente encontradas áreas (de dimensões indefinidas) em que o emboço ( reboco ) esteja danificado, ou seja, instavelmente isolado (cavo) da alvenaria, nestes casos deverão ser identificados e passados para a administração do condomínio para seus devidos reparos. A primeira impressão é que no Ed. Centro Médico Empresarial a incidência desta deficiência seja pequena, porém somente com o contato próximo e prospecções localizadas é que será encontrado o diagnóstico final Ponte de ligação - Regularização de superfícies demolidas c/ argamassa colante: Trata-se da execução de uma camada de transição por aplicação 01 camada de argamassa colante com a utilização de emassadeiras apropriadas, que visam conferir aderência, homogeneidade de materiais, rugosidade adequada e ausência de porosidade, pontos fundamentais para a aplicação adequada de um revestimento cerâmico ou de porcelanato. 5

6 *2ª. Camada de ponte de ligação: Em alguns casos, de acordo com o grau de aderência da cerâmica existente a ser demolida, pode ser necessária à aplicação de uma segunda camada de Ponte de Ligação, isto porque a rugosidade deixada pelo processo de demolição pode ser muito acentuada tornando necessário um repasse de regularização. A primeira impressão é que no Ed. Centro Médico Empresarial a incidência desta deficiência seja pequena, pois as peças cerâmicas estão se descolando com muita facilidade (risco de acidentes graves), porém somente após as demolições é que será encontrado o diagnóstico final. VISTA EM CORTE: Superfície Demolida Regularização aprovada em 01 camada Regularização aprovada em 02 camadas Assentamento cerâmico ou porcelanato em fachadas - m2 ou Linear: Uma vez regularizada toda área, para o assentamento do novo revestimento cerâmico ou de porcelanato deverá ser realizada inicialmente a paginação inferior e superior, e também a instalação dos arames de prumadas que guiarão um assentamento devidamente alinhado entre si. Para a aplicação efetiva das peças cerâmicas deve-se obrigatoriamente utilizar o procedimento da dupla colagem anteriormente citado. Consideramos Assentamento Cerâmico ou Porcelanato Linear todas as viradas de janelas e assentamento com larguras iguais ou inferiores a 20cm e Assentamento Cerâmico ou de Porcelanato m² são as grandes áreas de assentamento Rejuntamento de revestimento cerâmico de porcelanato assentados: Aplicação de argamassa de rejunte adequada nos encontros entre as peças cerâmicas ou porcelanatos com utilização de emassadeiras apropriadas Junta de dilatação e movimentação (horizontais a cada andar e verticais) - Corte de reboco ; Pintura elastomérica ; Aplicação de bastão de polietileno ; Fechamento c/ selante flexível: 6

7 Desenho esquemático p/ Juntas de Dilatação e de Movimentação em fachadas: Alvenaria da fachada Pintura elastomérica; Bastão de polietileno; Selante flexível. Alvenaria da fachada Inicialmente é realizado o corte do revestimento de emboço, para aplicação da tinta elastomérica que possui característica elástica, impermeabilizante e adesiva, em seguida a colocação do bastão de polietileno que serve como preenchedor de espaço vazio com característica elástica e finalmente o selante flexível que veda a junta de dilação e também tem característica elástica, impermeabilizante e adesiva Assentamento de perfil em alumínio natural (prata) 2x2cm: Detalhe em alumínio (perfil tipo U ) determinada em projeto arquitetônico Lavagem de revestimento cerâmico ou de porcelanato assentado: Esta lavagem criteriosa deve ser realizada no intuito de extrair todo tipo de sujeira, resíduos de argamassas, fuligem e outros materiais deixando exposto todo revestimento cerâmico ou de porcelanato rejuntado. A lavagem do revestimento também confere à cerâmica nova seu brilho e beleza original Preparação de superfícies p/ aplicação de repintura sobre pintura - Escovação/lavagem da pintura existente e reabertura e fechamento de fissura c/ acabamento no revestimento similar ao existente: Esta etapa consiste em permitir que as superfícies atuais das fachadas se tornem tecnicamente aceitáveis para reaplicação de pintura. Isso se faz através da retirada total de todas as áreas com desplacamento de pintura, saneamento dos vazamentos e infiltrações, limpeza de toda matéria orgânica através de escovação e finalmente a repintura localizada deixando a superfície o acabamento de reconstituição o mais similar possível da textura original. 7

8 Preparação de superfícies p/ aplicação de pintura sobre áreas anteriormente revestidas - Execução de ponte de aderência adesiva à base de PVA c/ aditivo adesivo: Camada de colagem entre o reboco existente exposto e a nova camada (fina) de reboco tipo capa de regularização Aplicação de textura acrílica em fachadas: A aplicação deste tipo de pintura é executada em 02 etapas: Base e Acabamento. A demão de base propicia uma selagem de toda área a ser pintada, seguida pela demão de acabamento final mais espessa Recomposição de danos de instalação de equipamentos de acesso às fachadas: Durante todo processo de uma obra desta natureza e vulto, inevitavelmente, acontecem alguns danos necessários e outros alheios como por exemplo: aberturas de alvenarias para instalações de trilho, danos em vidros de janelas e danos em telhamento. Tudo isso deve ser acompanhado e bem definido previamente entre as partes executoras da obra Desmobilização de equipamentos: Retirada de todos os equipamentos, pequenos reparos e desinstalação da obra Retirada periódica de entulho e limpeza da obra: Todo material de entulho produzido pela obra principalmente na etapa de demolições do revestimento existente deverá ter saída periódica em containers locados a empresas especializadas. Deve-se também manter a limpeza periódica a contento e na medida do possível. Por último deverá ser realizada uma lavagem e limpeza final da obra. 8

9 Fotos: Reparos localizados Descolamento ativo Risco de acidente grave Descolamento ativo Risco de acidente grave Descolamento ativo Risco de acidente grave Descolamento ativo Risco de acidente grave Descolamento ativo Risco de acidente grave 9

10 Alerta técnico: Registramos vários pontos de descolamentos de peças cerâmicas que estão ativos. Alertamos a administração do condomínio que interdite o tráfego de pedestres e veículos ou desenvolva uma bandeja protetora na região do pilotis/fachada nas faces em questão por eminência de desprendimento de material cerâmico, ou que ainda providencie sua retirada imediata, sob risco de acidentes graves. Foi verificada também a existência de reparos localizados de revestimentos cerâmicos, ou seja, pequenas reposições de áreas em que o revestimento cerâmico desprendeu-se. Os reparos localizados ou consertos parciais não solucionam nem melhoram a condição de segurança contra novos desprendimentos de peças da fachada da edificação. Estes pequenos consertos são considerados erros clássicos e em nenhuma hipótese devem ser executados, pois os mesmos combatem somente as consequências do problema deixando de lado a verdadeira causa, criando uma falsa sensação de segurança, e ainda gerando ônus periódicos e viciosos. 03. Metodologia Construtiva 01 Revestimento cerâmico em fachadas Serviços Preliminares Licença de ART CREA/CE Mobilização de equipamentos Aluguel ou aquisição específica de equipamentos Isolamentos e proteções Montagem e desmontagens de equipamentos de acesso às fachadas Placa da obra (exigência CREA/CE) Revestimento cerâmico em fachadas Demolição de revestimento cerâmico existente Ponte de ligação - Regularização de superfícies demolidas p/ assentamento de revestimentos, c/ argamassa colante tipo ACII-E Flexível Assentamento cerâmico em fachadas c/ argamassa colante tipo ACIII Flexível e cerâmica 7,50x7,50cm tipo A, telada - m Assentamento de porcelanato em fachadas c/ argamassa colante tipo ACIII-E Flexível Grandes Formatos e porcelanato 50x50cm tipo A - m Assentamento cerâmico em fachadas c/ argamassa colante tipo ACIII Flexível e cerâmica 7,50x7,50cm tipo A, telada Lineares Assentamento de porcelanato em fachadas c/ argamassa colante tipo ACIII-E Flexível Grandes Formatos e cerâmica 50x50cm tipo A - Lineares Rejuntamento de revestimentos em fachadas c/ argamassa tipo II Flexível Externo Corte do emboço p/ juntas de dilatação e assentamento de cantoneiras em alumínio 2x2cm 10

11 Junta de dilatação e movimentação (horizontais a cada andar e verticais) - Pintura elastomérica ; Aplicação de bastão de polietileno ; Fechamento c/ selante flexível Assentamento de perfil em alumínio natural (prata) 2x2cm Lavagem de revestimentos assentados Pintura de fachadas Preparação de superfícies p/ aplicação de repintura sobre pintura - Escovação/lavagem da pintura existente e reabertura e fechamento de fissura c/ acabamento no revestimento similar ao existente Preparação de superfícies p/ aplicação de pintura sobre áreas anteriormente revestidas - Execução de ponte de aderência adesiva à base de PVA c/ aditivo adesivo Preparação de superfícies p/ aplicação de pintura sobre áreas anteriormente revestidas - Reboco tipo capa de regularização c/ argamassa de cimento, areia grossa peneirada e aditivo de plastificante Aplicação de textura acrílica em fachadas Serviços Complementares Recomposição de danos de instalação de equipamentos de acesso às fachadas Desmobilização de equipamentos Retirada de entulho Limpeza final 04. Condições da proposta Do Valor: Importa nossa proposta no valor global de R$ ,61. Tudo conforme planilha orçamentária em anexo. Esclarecemos ainda que este valor já inclui o custo com Nota Fiscal, sendo os mesmos sob a taxa de 14,33%. Qualquer serviço extra planilha anexa será orçado à parte e executado mediante autorização do Condomínio e descriminado no Contrato de Prestação de Serviços Da Forma de Pagamento: Entrada 15% + Medições Quinzenais Do Prazo de Execução: 330 Dias trabalhados Do Prazo de Validade da Proposta: 30 dias. 11

12 05. Informações Gerais: Informamos que nossos preços incluem todas as despesas relativas à execução do serviço especificado com fornecimento de materiais especificados na planilha competentes à CONSTRUTORA ENGETERRA, mão de obra, encargos sociais, ferramentas, equipamentos, EPIs, assistência técnica, administração, sessão técnica, licenças no CREA/CE e Nota Fiscal tudo conforme Contrato de Prestação de Serviços; Responsabilidade Técnica: Eng. Civil Lawton Parente de Oliveira Conselheiro CREA/CE Registro no CREA D Registro Nacional ; A construtora arca a qualidade de única e exclusiva empregadora, com os encargos sociais trabalhistas, previdenciários e prestar assistência na área de segurança e medicina do trabalho ao pessoal envolvido na execução dos serviços. Obedecer às normas técnicas estabelecidas pela ABNT e ao preceituado nas normas regulamentadoras, aprovadas pela Portaria Mtb 3.214, , relativas à Segurança e Medicina do Trabalho; Todos os serviços efetivamente executados pela ENGETERRA terão garantias previstas pela legislação vigente - 05 anos de acordo com Art. 618 do (Art. 618 NCCB Nos contratos de empreitada de edifícios ou outras construções consideráveis, o empreiteiro de materiais e execução responderá durante o prazo de irredutível de cinco anos, pela solidez e segurança do trabalho). Atenciosamente, CONSTRUTORA ENGETERRA LTDA. Eng. Civil Lawton Parente de Oliveira CREA/CE D 12

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO Especificação Destinada Construção do Núcleo de Empresas Junior INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção do Núcleo de Empresas Junior, obedecerá

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

Revestimento de fachadas: aspectos executivos

Revestimento de fachadas: aspectos executivos UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Setembro, 2009 Revestimento de fachadas: aspectos executivos Eng.º Antônio Freitas da Silva Filho Engenheiro Civil pela UFBA Julho de 1982; Engenheiro da Concreta Tecnologia

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1 DESCRIÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1 DESCRIÇÃO Página 1 de 9 MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Reforma na Unidade Sanitária Sede de Guarujá do Sul PROPRIETÁRIO: LOCAL: Rua Governador Jorge Lacerda, 448, Centro, Guarujá do Sul (SC) ÁREA TOTAL DA EDIFICAÇÃO:

Leia mais

Argamassa TIPOS. AC-I: Uso interno, com exceção de saunas, churrasqueiras, estufas e outros revestimentos especiais. AC-II: Uso interno e externo.

Argamassa TIPOS. AC-I: Uso interno, com exceção de saunas, churrasqueiras, estufas e outros revestimentos especiais. AC-II: Uso interno e externo. Especificações Técnicas Argamassa INDUSTRIALIZADA : Produto industrializado, constituído de aglomerantes e agregados miúdos, podendo ainda ser adicionados produtos especiais (aditivos), pigmentos com a

Leia mais

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker Projeto para Pavimentação de Calçamento de Pedra Irregular da Rua Cândida Correa Becker dos Trechos Esquina Modesto Vargas até Manoel Schumacker MONTE CARLO SC Janeiro de 2014 Proprietário: PREFEITURA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica

MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica PREFEITURA MUNICIPAL DE GALVÃO ESTADO DE SANTA CATARINA MEMORIAL DESCRITIVO Pavimentação Asfáltica Rua Manoel Lustosa Martins Julho 2015 MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Execução de pavimentação asfáltica sobre

Leia mais

PROJETO BÁSICO I - DISPOSIÇÕES GERAIS I.1 - INTRODUÇÃO

PROJETO BÁSICO I - DISPOSIÇÕES GERAIS I.1 - INTRODUÇÃO PROJETO BÁSICO OBJETO: Obras de Engenharia para Reforma e Ampliação do CAIC THEOPHILO DE SOUZA PINTO. Localizado na Rua Praça do Terço, s/nº - Nova Brasília - Bonsucesso Rio de Janeiro. I- DISPOSIÇÕES

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC MEMORIAL DESCRITIVO 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO O presente Memorial Descritivo tem por finalidade estabelecer as condições que orientarão os serviços de construção,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO FORNECIMENTO E EXECUÇÃO

Leia mais

Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco 1

Prof. Dr. Luiz Sérgio Franco 1 Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 7 REVESTIMENTOS VERTICAIS Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em engenharia para execução de impermeabilização da laje de cobertura no 14º andar

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO CLIENTE: OBJETIVO: OBRA: PROJETO: LOCAL: CIDADE: MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 21º ANDAR EDIFICIO CENTRAL REFORMA 21º ANDAR EDIFÍCIO CENTRAL RUA CALDAS JUNIOR Nº 120-21º ANDAR- Centro Porto Alegre/RS

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA REPOSIÇÃO DE PAVIMENTAÇÃO EM PARALELEPÍPEDO SUMÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PLANILHA ORÇAMENTÁRIA CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO MÉMORIA DE CÁLCULOS CÁLCULO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar serviços e materiais

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR)

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) Curitiba, 16 de Janeiro de 2015 ESCLARECIMENTO N.º 05 TOMADA DE PREÇOS 2014/14641(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, de agência incorporada, Agência Itajaí/Besc (SC), para adequação de ambiência.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON. OBRA: ENDEREÇO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REALIZAR REFORMA E ADEQUAÇÃO NA

Leia mais

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm 01 DESCRIÇÃO: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade, ideal para assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos, pedras rústicas em áreas internas e externas em pisos e paredes; Aplicação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Execução da Pavimentação com Blocos de Concreto intertravado

MEMORIAL DESCRITIVO Execução da Pavimentação com Blocos de Concreto intertravado MEMORIAL DESCRITIVO Execução da Pavimentação com Blocos de Concreto intertravado OBJETIVO Contratação de serviços de empresa do ramo da construção civil, em regime de empreitada global (material e mão-de-obra),

Leia mais

ANEXO VI PROJETO BÁSICO CONSTRUÇÃO DE MURO PRÉ-MOLDADO TIPO TRAPEZOIDAL E NYLOFOR, PAVIMENTAÇÃO EM PÓ DE PEDRA E PEDRISCO E CALÇADA CASA DO MEL

ANEXO VI PROJETO BÁSICO CONSTRUÇÃO DE MURO PRÉ-MOLDADO TIPO TRAPEZOIDAL E NYLOFOR, PAVIMENTAÇÃO EM PÓ DE PEDRA E PEDRISCO E CALÇADA CASA DO MEL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MATEUS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS ANEXO VI PROJETO BÁSICO CONSTRUÇÃO DE MURO PRÉ-MOLDADO TIPO TRAPEZOIDAL E NYLOFOR, PAVIMENTAÇÃO EM PÓ DE PEDRA

Leia mais

PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA ANEXO I PROCESSO LICITATÓRIO N 022/2009 CONVITE N 15 PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA LOCAL: CÂMARA DE VEREADORES DE URUGUAIANA OBJETO: REFORMA DE SANITÁRIOS PRAZO DE OBRAS: 120 dias MODALIDADE: EMPREITADA

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP 03507-000 -Fone / Fax : (11) 6191-2442

BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP 03507-000 -Fone / Fax : (11) 6191-2442 1 SELOFLEX R Primeira linha em impermeabilizante acrílico BOLETIM TÉCNICO Como qualquer tipo de impermeabilização flexível, a estrutura deverá estar seca, mínimo de 7 dias após a regularização, limpa de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS RODRIGUES & AGUINAGA PROJETOS LTDA. Av. Francisco Talaia de Moura, 545 CEP: 91170-090 - Porto Alegre/RS. CNPJ: 09.077.763/0001-05 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS 1 1.

Leia mais

TRANSPORTE COLETIVO URBANO

TRANSPORTE COLETIVO URBANO TRANSPORTE COLETIVO URBANO ABRIGOS PARA PONTOS DE PARADA PROJETO ARQUITETÔNICO Julho 2007 PARADAS DE ÔNIBUS Memorial Justificativo A proposta é a construção de mobiliário urbano para abrigo da população

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUÇÃO DE REFORMAS NO PAVILHÃO 01

PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUÇÃO DE REFORMAS NO PAVILHÃO 01 MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUÇÃO DE REFORMAS NO PAVILHÃO 01 LOCALIZAÇÃO CENTRO DE EXPOSIÇÕES E CONGRESSOS

Leia mais

Capítulo 4 - EXECUÇÃO E SEGURANÇA DAS OBRAS

Capítulo 4 - EXECUÇÃO E SEGURANÇA DAS OBRAS Capítulo 4 - EXECUÇÃO E SEGURANÇA DAS OBRAS 4.1 Disposições gerais Art. 61 - A execução de obras, incluindo os serviços preparatórios e complementares, suas instalações e equipamentos, embora que temporários,

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES

IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES IMPERMEABILIZAÇÕES TRATAMENTO DE UMIDADE E EFLORESCÊNCIAS EM PAREDES Prof. Marco Pádua Quando a construção se inicia, as fundações começam a ser executadas, os alicerces tomam forma e delimitam os cômodos,

Leia mais

Vistoria e Levantamento de Patologias Prediais

Vistoria e Levantamento de Patologias Prediais Campus Prof. João David Ferreira Lima CEP 88040-900 Trindade Florianópolis Santa Catarina Brasil 55 (048) 3721-5100 Vistoria e Levantamento de Patologias Prediais Centro de Ciências da Saúde Bloco K Florianópolis

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO SERVIÇO DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO SERVIÇO DE ENGENHARIA E ARQUITETURA TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO SERVIÇO DE ENGENHARIA E ARQUITETURA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FECHAMENTO DE VÃOS DE AR CONDICIONADO DO PRÉDIO SEDE DO TRT DA 4ª REGIÃO julho/2010 A presente especificação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSTRUÇÃO CIVIL II

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSTRUÇÃO CIVIL II REVEST. EM Ministério ARGAMASSA da Educação e GESSO Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) EXECUÇÃO EM ARGAMASSAS E GESSO Chapisco; Emboço; Reboco; Pintura. Etapas

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DO ESTACIONAMENTO CÂMPUS RESTINGA

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DO ESTACIONAMENTO CÂMPUS RESTINGA MEC/SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E DE PLANEJAMENTO DPO - REITORIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM DO ESTACIONAMENTO

Leia mais

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA CONDIÇÕES DE INÍCIO Vigas baldrames impermeabilizadas e niveladas,

Leia mais

Porcelana para quem exige o melhor. Edição 2011 Revista e ampliada.

Porcelana para quem exige o melhor. Edição 2011 Revista e ampliada. Porcelana para quem exige o melhor Edição 2011 Revista e ampliada. APRESENTAÇÃO A história mostra o passado, o presente e o futuro. Assim acontece com a NGK, que nos seus 50 anos de existência no Brasil

Leia mais

GARANTIA. Introdução. Prezado Cliente,

GARANTIA. Introdução. Prezado Cliente, GARANTIA Introdução Prezado Cliente, Este Termo tem como objetivo lhe orientar sobre os prazos de garantia dos componentes e s de seu imóvel, e como solicitar a Assistência Técnica Venax Construtora. Os

Leia mais

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS ES-P23-REPARAÇÃO DE PAVIMENTOS DANIFICADOS POR ABERTURA DE VALAS DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. OBJETO E OBJETIVO...3 2. S...3 3. RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA MEMORIAL DESCRITIVO É OBRIGATÓRIO A EXECUÇÃO DOS ENSAIOS DE CONTROLE TECNOLÓGICO DAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA, SENDO INDISPENSÁVEL À APRESENTAÇÃO DO LAUDO TÉCNICO DE CONTROLE TECNOLÓGICO E DOS RESULTADOS

Leia mais

LAUDO TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL LTA. 120. 05. 16

LAUDO TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL LTA. 120. 05. 16 1 / 19 LAUDO TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL LTA. 120. 05. 16 EUCALIPTO SERVIÇOS TÉCNICOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA Rua Marquês de Maricá, 625 - cj. 42 - Sacomã - São Paulo - SP CEP: 04252-000 Tel: (11) 2215-3064

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS

TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS TEMA Ensaio de aderência de revestimentos de argamassa, gesso e cerâmica. OBJETIVO Analisar o grau de aderência dos revestimentos utilizados, em relação à norma técnica

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO O presente Memorial Técnico de Reforma e Ampliação tem por finalidade descrever os materiais, procedimentos/métodos a serem empregados nas retiradas e na reforma, indicar

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAM ENTO DE ENGENHARIA E INFRAESTRUTURA BR 406 - Km 73 n 3500 Perímetro Rural do Município de João Câmara / RN, CEP: 59550-000

Leia mais

Patologia em fachadas com revestimentos cerâmicos

Patologia em fachadas com revestimentos cerâmicos Manifestações patológicas na construção Patologia em fachadas com revestimentos cerâmicos Pathology on facades with ceramic coatings Galletto, Adriana (1); Andrello, José Mario (2) Mestre em Engenharia

Leia mais

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Soluções para Construção Fortaleza Março - 2015 SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Assentar e rejuntar Sobrepor Revestir Renovar QUALIDADE, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO sempre foram as forças que

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1)

AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1) AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1) (1) Responsável Técnico da Citimat Impermeabilizantes Ltda. Citimat Impermeabilizantes

Leia mais

Rev Modificação Data Projetista Desenhista Aprovo. Sítio. Área do sítio

Rev Modificação Data Projetista Desenhista Aprovo. Sítio. Área do sítio OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA RECUPERAÇÃO DE CERCA OPERACIONAL, IMPLANTAÇÃO DA CERCA DE SERVIDÃO, COMPLEMENTAÇÃO DA CERCA PATRIMONIAL E SERVIÇOS COMPLEMENTARES

Leia mais

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Serviços de manutenção de fachadas do prédio Sede da JFES

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Serviços de manutenção de fachadas do prédio Sede da JFES ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Serviços de manutenção de fachadas do prédio Sede da JFES 1 OBJETO: 1.1 Contratação de empresa de engenharia para execução de serviços de manutenção e limpeza das fachadas da

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere aos Serviços de Manutenção

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA A - DIRETRIZES PRELIMINARES

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA A - DIRETRIZES PRELIMINARES ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA OBJETO FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE CÂMERAS DE SEGURANÇA - CFTV (CIRCUITOS FECHADOS DE TELEVISÃO), CATRACAS ELETRÔNICAS E DETECTORES DE METAIS NAS COMARCAS DE BICAS, CONSELHEIRO LAFAIETE,

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO.

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO. UNID. QUANT. UNITÁRIO TOTAL CÓD. DEOSP 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 1.2 Aquisição e assentamento de placas de obras pronta de 3,00 x 2,00 m, conforme modelo. Barracão de obra em chapa de madeira compensada

Leia mais

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível,

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível, TIJOLOS ECOLÓGICOS Casa construída com tijolos ecológicos Fonte: paoeecologia.wordpress.com TIJOLOS ECOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que

Leia mais

Rua Mauá, 51 Luz - São Paulo/SP PABX: (11) 2627-8000

Rua Mauá, 51 Luz - São Paulo/SP PABX: (11) 2627-8000 MEMORIAL DESCRITIVO QUADRA 50 SETOR 8 RUA HELVÉTIA, ALAMEDA DINO BUENO, PRAÇA JÚLIO PRESTES E ALAMEDA CLEVELAND DEMOLIÇÃO DAS EDIFICAÇÕES EXISTENTES CAMPOS ELÍSEOS SÃO PAULO/SP Contratação de empresa especializada

Leia mais

Local - Rua Vergueiro, 3073 - Vila Mariana - São Paulo/SP

Local - Rua Vergueiro, 3073 - Vila Mariana - São Paulo/SP ANEXO IV - PLANILHA REFERENCIAL - ADEQUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DO PRÉDIO DA ANATEL EM SÃO PAULO ER-1(ao Convite nº 2/2006) Local - Rua Vergueiro, 3073 - Vila Mariana - São Paulo/SP Item Descrição Unid. Quant.

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA

MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL PEDRO REZENDE DOS SANTOS 1 - OBJETO:

Leia mais

Relatório de Vistoria de Patologias Prediais

Relatório de Vistoria de Patologias Prediais Campus Prof. João David Ferreira Lima CEP 88040-900 Trindade Florianópolis Santa Catarina Brasil 55 (048) 3721-5100 Relatório de Vistoria de Patologias Prediais Centro de Ciências Biológicas Bloco J, Bloco

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA CENTRAL DE REGULAÇÃO DO SAMU NA ÁREA DE TELEATENDIMENTO DA 9ª RISP

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA CENTRAL DE REGULAÇÃO DO SAMU NA ÁREA DE TELEATENDIMENTO DA 9ª RISP MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA CENTRAL DE REGULAÇÃO DO SAMU NA ÁREA DE TELEATENDIMENTO DA 9ª RISP CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar os serviços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: AMPLIAÇÃO UNIDADE DE SAÚDE CENTRAL Local: Rua Santa Catarina, Centro Área de Ampliação: 161,82 m² Município: Doutor Pedrinho SC Data: Novembro / 2015

Leia mais

Edificações - revestimento de paredes

Edificações - revestimento de paredes MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROJETO BÁSICO GESER Nº 04/07 FISCALIZAÇÃO DA OBRA DE IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de fiscalização

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Recapagem Asfáltica contrato 1018.097-09 - 2014. Responsável Técnico: Eng. Luciano Bernardon

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Recapagem Asfáltica contrato 1018.097-09 - 2014. Responsável Técnico: Eng. Luciano Bernardon MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Recapagem Asfáltica contrato 1018.097-09 - 2014 Município: ESTAÇÃO/RS Responsável Técnico: Eng. Luciano Bernardon INTRODUÇÃO Tem este Memorial Descritivo por finalidade orientar

Leia mais

4. Se alguma empresa passar um centavo do preco unitario da utfpr, sera desclassificada?

4. Se alguma empresa passar um centavo do preco unitario da utfpr, sera desclassificada? 1. podem nos enviar a planilha em EXCEL, tendo em vista que utilizamos o desconto linear e fica mais facil. Voces enviaram sempre, dessa vez so veio em PDF, a qual nao da pra editar e tambem para respeitar

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS:

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS: MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS: OBRA: REFORMA E ADAPTAÇÃO DE P.S.F. CIDADE/UF: GOIATUBA / GO DATA: ABRIL DE 2013. UNIDADE: RECREIO DOS BANDEIRANTES (307) NORMAS GERAIS: 1. Os materiais e serviços

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PEL / 4 CIA DO 5 BATALHÃO DO CBBMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADO DO SAMU

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PEL / 4 CIA DO 5 BATALHÃO DO CBBMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADO DO SAMU MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PEL / 4 CIA DO 5 BATALHÃO DO CBBMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADO DO SAMU CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar serviços

Leia mais

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO TECNOLOGIA DE REVESTIMENTO Componentes do sistema BASE CHAPISCO Base Características importantes: Avidez por água - inicial e continuada Rugosidade EMBOÇO ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE Chapisco Função:

Leia mais

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável Juliano Moresco Silva Especialista em Tecnologia do Concreto juliano.silva@azulconcretos.com.br

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA.

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. Dados da Obra: Endereço da obra: Rua Amazonas, nº512, Centro. Parte

Leia mais

Assentar pisos e azulejos em áreas internas.

Assentar pisos e azulejos em áreas internas. CAMPO DE APLICAÇÃO Direto sobre alvenaria de blocos bem acabados, contrapiso ou emboço desempenado e seco, isento de graxa, poeira e areia solta, para não comprometer a aderência do produto. Indicado apenas

Leia mais

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA ELEVGRILL 704 48,5 70, 4 MEDIDAS EM CENTÍMETROS 46,3 61, 1* 38,3* * Medidas D e E referem-se ao quadro inferior que encaixa no braseiro revestido de placas refratárias

Leia mais

ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO DE FACHADAS EXPOSTAS À. AMBIENTE MARINHO Avaliação da Aderência

ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO DE FACHADAS EXPOSTAS À. AMBIENTE MARINHO Avaliação da Aderência ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO DE FACHADAS EXPOSTAS À AMBIENTE MARINHO Avaliação da Aderência Por: Regina Helena Ferreira de Souza Professora Dra., Titular de Estruturas, Departamento de Engenharia Civil Universidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS

MEMORIAL DESCRITIVO. Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS ANEXO IV MEMORIAL DESCRITIVO Projeto: Capeamento asfáltico Município: Fontoura Xavier / RS Local: Rua Pedro Azelin da Silva Trecho: Entre a Rua 09 de Julho e a Rua Ernesto Ferreira Maia Área: TRECHO 01:

Leia mais

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA SC 584 SC. www.giragrill.com

PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA SC 584 SC. www.giragrill.com PROJETO DE CHURRASQUEIRA EM ALVENARIA 584 SC 584 SC www.giragrill.com ELEVGRILL Medidas: E A C B D QUADRO BASE Modelo Prime / SC Medidas em centímetros A B C D E Qtde. Espetos ELEVGRILL 584 49 38 59 49

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

4.2. Instalação de água: Já existe ramal de ligação do concessionário autorizado (CORSAN) até a edificação.

4.2. Instalação de água: Já existe ramal de ligação do concessionário autorizado (CORSAN) até a edificação. MEMORIAL DESCRITIVO Proprietário (a): PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES; Obra: Projeto Arquitetônico de Reforma do Centro Administrativo; Cadastro Matrícula: Local: Rua 29 de Abril, nº 165

Leia mais

REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO

REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO Geol. Carlos de Oliveira Campos Desde o início do século se usa no mundo o concreto projetado e no Brasil desde a década de 60. Vem da língua inglesa a expressão

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 Arquitetônico Hidrossanitário EMPREENDIMENTO: Edifício Residencial ÁREA CONSTRUIDA: 2.323,60 m² ÁREA DO TERRENO: 1.474,00 m² LOCALIZAÇÃO: Rua Ianne Thorstemberg, n 344 Bairro

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS CONSTRUÇÃO DO VESTIÁRIODE FUNCIONÁRIOS DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE MARÍLIA

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS CONSTRUÇÃO DO VESTIÁRIODE FUNCIONÁRIOS DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE MARÍLIA CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS CONSTRUÇÃO DO VESTIÁRIODE FUNCIONÁRIOS DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE MARÍLIA HC1 VESTIÁRIO DE FUNCIONÁRIOS Marília/SP ENGEST ENGENHARIA LTDA Eng.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO RESIDENCIAL PETRA

MEMORIAL DESCRITIVO RESIDENCIAL PETRA MEMORIAL DESCRITIVO RESIDENCIAL PETRA Este documento de Memorial Descritivo de Especificação do Empreendimento RESIDENCIAL PETRA situado à Rua Limeira nº 566, bairro Piratininga, lotes 12, 13, 14, 15,

Leia mais

RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA

RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA A San Juan Empreendimentos Imobiliários Ltda responderá pelo prazo de 05 (cinco) anos a contar término da obra, pela solidez e segurança da edificação. Portanto,

Leia mais

Item Descrição dos Serviços Quant. Unid. Unitário Sub-Total Unitário Sub-Total. 25,49 m² 0,00 0,00 443,27

Item Descrição dos Serviços Quant. Unid. Unitário Sub-Total Unitário Sub-Total. 25,49 m² 0,00 0,00 443,27 ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA (MODELO DE PROPOSTA) SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM O MEMORIAL DESCRITIVO Local: PROCURADORIA DA REPÚBLICA

Leia mais

Dow Corning 123 Vedação de Silicone

Dow Corning 123 Vedação de Silicone Máxima versatilidade em selagem resistente às intempéries Dow Corning 123 Vedação de Silicone Construção Soluções Efetivo, Atraente, Versátil Dow Corning 123 Vedação de Silicone Edifício Paragon, em Tampa,

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 3

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 3 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Diretoria de Administração Coordenação-Geral de Aquisições Coordenação de Compras Concorrência nº 02/2015 PROCESSO Nº 03110.211556/2015-65 NOTA DE ESCLARECIMENTO

Leia mais

Relatório de Estágio Curricular. Rafael Menezes Albuquerque

Relatório de Estágio Curricular. Rafael Menezes Albuquerque Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica Relatório de Estágio Curricular Rafael Menezes Albuquerque São José dos Campos Novembro2005 Relatório de Estágio

Leia mais

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall.

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. ANEXO 01 Sala MEV DW DW B B Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. 1 Figura 2 Detalhes das portas em drywall. A porta P11, destinada a acesso à

Leia mais

Diagnóstico do Chafariz dos Contos. Régis Eduardo Martins

Diagnóstico do Chafariz dos Contos. Régis Eduardo Martins 2 Diagnóstico do Chafariz dos Contos Régis Eduardo Martins Diagnóstico do Chafariz dos Contos Caderno 2 Sumário: Pag. Introdução 2 de estado de conservação do Chafariz 3 Fichas de diagnóstico: Perdas 6

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO

MANUAL DO PROPRIETÁRIO MANUAL DO PROPRIETÁRIO JÁ NAS BOAS-VINDAS, A CERTEZA DE TER FEITO O MELHOR NEGÓCIO. Parabéns! Agora, na melhor localização de Palhoça, você vai longe. E a Lumis tem orgulho em fazer parte desta importante

Leia mais

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis CONCEITO O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares

Leia mais

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão OBRA: REFORMA DO LABORATÓRIO

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE EXECUÇÃO: 1. Condições para o início dos serviços A alvenaria deve estar concluída e verificada. As superfícies

Leia mais

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA FISSURAÇÃO DE REVESTIMENTOS NA DURABILIDADE DE PILARES DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA FISSURAÇÃO DE REVESTIMENTOS NA DURABILIDADE DE PILARES DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA FISSURAÇÃO DE REVESTIMENTOS NA DURABILIDADE DE PILARES DE FACHADAS DE EDIFÍCIOS Turíbio J. da Silva (1); Dogmar A. de Souza Junior (2); João F. Dias (3); Gercindo Ferreira (4)

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO NOVA: PRAÇA SETOR GUARUJÁ EXPANSÃO - MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA MT

MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO NOVA: PRAÇA SETOR GUARUJÁ EXPANSÃO - MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA MT MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO NOVA: PRAÇA SETOR GUARUJÁ EXPANSÃO - MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA MT Página 1 de 8 ÍNDICE 1 SERVIÇOS GERAIS 3 1.1 SERVIÇOS TÉCNICOS 4 1.2 MÁQUINAS E FERRAMENTAS 4 1.3 LIMPEZA PERMANENTE

Leia mais

ANEXO 1 - TERMO DE REFERÊNCIA Substituição das telhas de alumínio da marquise frontal do prédio sede da Justiça Federal ES

ANEXO 1 - TERMO DE REFERÊNCIA Substituição das telhas de alumínio da marquise frontal do prédio sede da Justiça Federal ES 1 ANEXO 1 - TERMO DE REFERÊNCIA Substituição das telhas de alumínio da marquise frontal do prédio sede da Justiça Federal ES 1 OBJETO: 1.1 Contratação de empresa para substituição de telhas de alumínio

Leia mais

B4-271 Construção participativa de sistemas individuais de esgotamento sanitário em comunidades rurais.

B4-271 Construção participativa de sistemas individuais de esgotamento sanitário em comunidades rurais. B4-271 Construção participativa de sistemas individuais de esgotamento sanitário em comunidades rurais. Machado, Diogo Faria¹; Andrade, Amanda de Oliveira²; Maia, Hérksson Mota³; Rezende, Ana Augusta Passos

Leia mais

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001 1. Descrição: A é mais uma argamassa inovadora, de alta tecnologia e desempenho, que apresenta vantagens econômicas e sustentáveis para o assentamento de blocos em sistemas de vedação vertical. O principal

Leia mais

SECRETARIA MUNICPAL DE OBRAS, TRANSPORTE E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO

SECRETARIA MUNICPAL DE OBRAS, TRANSPORTE E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO SECRETARIA MUNICPAL DE OBRAS, TRANSPORTE E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reformas na EMEF Pedro Cattani OBJETIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas para

Leia mais

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais