BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP Fone / Fax : (11)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP 03507-000 -Fone / Fax : (11) 6191-2442"

Transcrição

1 1 SELOFLEX R Primeira linha em impermeabilizante acrílico BOLETIM TÉCNICO Como qualquer tipo de impermeabilização flexível, a estrutura deverá estar seca, mínimo de 7 dias após a regularização, limpa de pó, sujeira, gordura ou graxa. Se porventura a regularização estiver apresentando falhas ou pequenos buracos, estes poderão ser restaurados com uma mistura de 1 volume de SELOFIX, e 2 volumes de cimento, formando uma pasta bem grossa, aplicada com desempenadeira metálica. Seguindo as instruções constantes neste BOLETIM TÉCNICO e as RECOMENDAÇÕES PARA UMA BOA IMPERMEABILIZAÇÃO, você obterá uma impermeabilização de extrema qualidade, resistência e durabilidade bem acima das melhores mantas e emulsões asfálticas. PISCINA CONSIDERAÇÕES INICIAIS As paredes e laje de fundo deverão estar secas, mínimo de 7 dias após a regularização, limpa de pó, sujeira, gordura ou graxa. Os cantos verticais deverão ser levemente boleados bem como o chanfro da laje de fundo. O concreto e a regularização junto às tubulações de filtragem, aspirador, holofote, retorno e dos skimmer deverão estar livres e recuados das respectivas peças, com os seus encontros devidamente arredondados, para que a impermeabilização possa virar e aderir sobre as mesmas. (FIGURA 1) Antes do início do 3º PASSO, o ralo de fundo, tubulações e outros equipamentos receberão o reforço de tecido estruturante, independente do tecido do piso e das paredes, com a virada do mesmo para o interior ou sobre os mesmos, conforme a figura 1. Após a cura do impermeabilizante, 7 dias, a piscina poderá receber a regularização para o posterior assentamento do azulejo ou o assentamento direto do azulejo sobre o impermeável. No primeiro caso é necessário a execução de uma camada de transição, espuma de polietileno ou filme de polietileno e sobre ele a colocação de tecido especial de fio de poliéster revestido com PVC para estruturar e segurar a argamassa do revestimento sobre a camada de transição (piso e parede). Caso a piscina seja preparada para receber o azulejo diretamente sobre o impermeável, também é recomendado a colocação do mesmo tecido estruturante somente nas paredes, estendido e aplicado juntamente com o cimento colante do azulejo.

2 2 O cimento cola deverá ser do tipo ACII ou ACIII (piscina aquecida) e o rejuntamento tipo AR II, adequado à finalidade. Figura 1 RECUO DO CONCRETO E DA REGULARIZAÇÃO NAS PEÇAS REGULARIZAÇÃO SKIMMER OU HOLOFOTE CONCRETO TUBULAÇÃO IMPERMEÁVEL

3 Observação importante: Alertar os colocadores dos azulejos para impermeável os pregos de aço que irão receber a linha guia. 3 não fixar no 1ª PASSO: IMPRIMAÇÃO Diluir SELOFIX com água na proporção de 1:2, ou seja 1 volume de SELOFIX para 2 volumes de água. Aplicar uma demão bem farta sem formar poças ou excessos sobre o substrato regularizado das paredes e posteriormente na regularização da laje de fundo, com uma broxa, vassoura de pêlo ou rolo de pêlo curto, de forma a saturar a superfície. Recomendamos a aplicação do 2ª PASSO após a absorção ou secagem ao tato. (de 1 a 2 horas dependendo da temperatura externa e ventilação). traço: 1 volume de SELOFIX para 2 volume de água 2ª PASSO: COLAGEM DO TECIDO Diluir SELOFIX com água na proporção de 1:2 em volume. Estender primeiramente o tecido das paredes no sentido vertical, e colá-lo com a solução acima, realizando movimentos com uma trincha de cima para baixo, evitando a formação de bolhas. O tecido deverá ser posicionado de tal forma a cobrir o boleado ou chanfro do rodapé e avançar uma pequena parte sobre a laje do fundo. O mesmo procedimento deverá ser aplicado no boleado do encontro das paredes verticais. Após a secagem ao tato, efetuar o mesmo procedimento acima no piso, avançando o tecido sobre o boleado ou chanfro nas paredes. Desta forma haverá sempre um transpasse de reforço na região do encontro vertical com o horizontal. Na laje de fundo, o rolo de tecido deverá ser deitado e desenrolado cuidadosamente no local definitivo de sua aplicação de forma a não apresentar rugas ou vincos. O aplicador notará uma pegajosidade do substrato mesmo após a secagem do 1º PASSO. Isto o auxiliará para que o tecido não escorregue durante a sua colagem. Nunca desenrole o tecido para posterior aplicação. O tecido deverá ser obrigatoriamente desenrolado no menor sentido da laje de fundo, observando um transpasse mínimo longitudinal de 5 cm. Neste procedimento, o SELOFIX além de fixar o tecido no substrato, penetrará no multifilamento de poliéster conferindo um aumento da resistência ao alongamento e a tração do estruturante, bem como a cristalização dos capilares não atingidos pelo 1º PASSO. È extremamente importante que neste passo não forme bolhas no tecido, principalmente nos cantos. Caso isso venha a ocorrer, após a secagem, cortar com um estilete no local da bolha e colocar um reforço de tecido, repetindo no local o processo de colagem. Recomendamos a aplicação do 3ª PASSO após a secagem ao tato (de 2 a 3 horas dependendo da temperatura externa)

4 4 traço: 1 volume de SELOFIX para 2 volumes de água 3º PASSO: IMPERMEABILIZAÇÃO - 1ª DEMÃO Aplicar o impermeabilizante SELOCRIL sem diluição, num único sentido, com vassoura de cerdas macias e flexíveis (pêlo animal ), espalhando a resina de forma suave e uniforme, sem deixar trilhas ou excessos desnecessários. Nesta fase, o impermeabilizante se consolida com o estruturante, preenchendo os vazios da malha do tecido e as irregularidades do substrato. Recomendamos normalmente a aplicação do 4ª PASSO após 6 horas ou em caso de tempo quente e seco, após uma inspeção visual onde deverá ser verificado se o material está endurecido, principalmente nos cantos. Lembramos que as resinas acrílicas emulsinadas em água dependem da evaporação da emulsão, para atingir as características que foram projetadas. Apesar de não formar completamente uma barreira de vapor, a camada posterior dificultará a evaporação da água da camada anterior caso ainda esteja úmida e desta forma demandará mais tempo para atingir sua resistência final. 4ª PASSO: IMPERMEABILIZAÇÃO - 2ª DEMÃO Antes do início desta demão os ralos e outras tubulações receberão o reforço do tecido estruturante, independente do tecido do piso, com a virada do mesmo para a face, conforme FIG. 1 acima. Aplicar o impermeabilizante SELOCRIL sem diluição, em demão mais econômica que a anterior e no sentido contrário do 3º PASSO (demão cruzada), para garantir total o cobrimento do tecido. Esta demão, além de corrigir qualquer deficiência da demão anterior, criará a espessura adequada para a formação de uma base elástica de suporte das camadas de proteção subseqüentes. Para melhor deslizamento da vassoura impregnada de resina, pode-se borrifar a camada anterior já endurecida, com a broxa contendo a água de lavagem das ferramentas. Recomendamos a aplicação do 5ª PASSO após 6 horas ou seguindo as mesmas observações de secagem e endurecimento do passo anterior. 5ª PASSO: CAMADA DE PROTEÇÃO - 1ª DEMÃO Misturar meio (0,5) volume de cimento CPII F 32 ou Cimento Branco Estrutural com um (1) volume do impermeabilizante SELOCRIL. A mistura deverá ser feita de forma gradual, lançando o cimento sobre a resina e misturando mecanicamente com uma hélice acoplada a uma furadeira, de forma a homogeneizar a mistura até desfazer os grumos (porção de cimento não diluído no impermeabilizante.

5 5 Espalhar a mistura com a vassoura de pelo macio de forma suave e uniforme, num único sentido, sem deixar trilhas ou excessos desnecessários, borrifando previamente com a broxa contendo a água de lavagem das ferramentas para melhor deslizamento da vassoura. Caso a mistura fique extremamente densa, impossibilitando ou dificultando sua aplicação, é aceitável adicionar uma pequena quantidade de água, 50 ml ou meio copo americano de cada vez em função do volume preparado, apenas para diminuir um pouco a viscosidade, sem tornar a mistura liquefeita. A liquefação, ou perda total da viscosidade prejudicará a demão podendo prejudicar os efeitos desejados. Recomendamos a aplicação do 6ª PASSO após 3 horas ou seguindo as mesmas observações dos passos anterioriores quanto a inspeção visual e o total endurecimento. traço: ½ volume de cimento para 1 volume de SELOCRIL 6ª e 7º PASSO : CAMADAS DE PROTEÇÃO-2ª e 3ª DEMÃO Repetição do 5º PASSO, com demãos cruzadas. traço: ½ volume de cimento para 1 volume de SELOCRIL O consumo médio deverá ficar em 0,30 Kg/m² de SELOFIX, 2,00 Kg/m² de SELOCRIL e 0,45 Kg/m² de cimento CPII-F, com um mínimo de 3 demãos com a mistura de cimento e nunca inferior a 2,0 Kg/m² de SELOCRIL. Esses valores podem variar em função da porosidade e rugosidade do substrato bem como na experiência profissional de quem o aplica. Importante: como qualquer mistura cimentícia, deverá ser consumido até duas horas após a mistura. FINAL : TESTE DE ESTANQUIDADE Após 7 dias de cura, NBR 13321, realizar o teste de estanquidade por 72 Horas. Relembrando: O cimento cola dos azulejos deverá ser do tipo ACII ou ACIII (piscina aquecida) e o rejuntamento tipo AR II, flexível, e adequado a essa finalidade. A argamassa convencional de cimento colante, tipo ACI, poderá receber um upgrade para tipo ACII ou ACIII, e o rejuntamento tipo AR I poderá receber um upgrade para AR II, conforme BOLETIM TÉCNICO: UPGRADE DE ARGAMASSA COLANTE ACI PARA ACII UPGRADE DE ARGAMASSA COLANTE ACI PARA ACIII UPGRADEDE ARGAMASSA DE REJUNTAMENTO TIPO AR I PARA AR II A SELOFLEX, através do seu corpo técnico, oferece Consultoria e Assistência Técnica especializada para uma especificação adequada à sua obra.

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40 Objetivo: O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para evitar eflorescência em piscina, utilizando membrana polimérica, de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por

Leia mais

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS ETAPA I LIMPEZA DA ÁREA PROCEDER A LIMPEZA DA ÁREA A SER IMPERMEABILIZADA. -RETIRAR MATERIAIS SOLTOS. -FAZER PEQUENOS REPAROS DE FALHAS NO REBOCO SE HOUVER. -FAZER AJUSTES NAS SAÍDAS DOS EQUIPAMENTOS.

Leia mais

Argamassa TIPOS. AC-I: Uso interno, com exceção de saunas, churrasqueiras, estufas e outros revestimentos especiais. AC-II: Uso interno e externo.

Argamassa TIPOS. AC-I: Uso interno, com exceção de saunas, churrasqueiras, estufas e outros revestimentos especiais. AC-II: Uso interno e externo. Especificações Técnicas Argamassa INDUSTRIALIZADA : Produto industrializado, constituído de aglomerantes e agregados miúdos, podendo ainda ser adicionados produtos especiais (aditivos), pigmentos com a

Leia mais

Revestimento de fachadas: aspectos executivos

Revestimento de fachadas: aspectos executivos UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Setembro, 2009 Revestimento de fachadas: aspectos executivos Eng.º Antônio Freitas da Silva Filho Engenheiro Civil pela UFBA Julho de 1982; Engenheiro da Concreta Tecnologia

Leia mais

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS + + desempenho por m² AMP ARGAMASSA MODIFICADA COM POLÍMERO ( + ) MEMBRANA POLIMÉRICA O BAUCRYL ECOVEDA é um polímero

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1)

AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1) AVALIAÇÃO DA ADERÊNCIA DAS ARGAMASSAS COLANTES ACIII SOBRE SISTEMAS ACRÍLICOS E ACRÍLICOS CIMENTÍCIOS SERGIO MAROSSI (1) (1) Responsável Técnico da Citimat Impermeabilizantes Ltda. Citimat Impermeabilizantes

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 33

MÉTODO EXECUTIVO ME 33 Objetivo: FOLHA 1 de 8 O objetivo do MÉTODO EXECUTIVO ME 33 é detalhar o Processo Membrana Acrílica Estruturada Impermeável (MAI), de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência garantir

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE EXECUÇÃO: 1. Condições para o início dos serviços A alvenaria deve estar concluída e verificada. As superfícies

Leia mais

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA

INDICE 1. CAPA 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA INDICE 1. CAPA 2. PRODUTO 3. ARMAZENAMENTO 4. ASSENTAMENTO 5. REJUNTAMENTO 6. LIMPEZA 7. PROTEÇÃO 8. DECK 9. COTTO 10. EKKO 11. REVESTIMENTOS 12. ENTREGA E SAC 1. CAPA PARABÉNS! Você adquiriu um produto

Leia mais

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó Dê asas à sua imaginação nas diversas aplicações do Pó Xadrez. Aplicações Xadrez Pigmento em Pó O PÓ XADREZ é um pigmento concentrado que proporciona efeitos decorativos em diversas aplicações. Mais econômico,

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

Assentar pisos e azulejos em áreas internas.

Assentar pisos e azulejos em áreas internas. CAMPO DE APLICAÇÃO Direto sobre alvenaria de blocos bem acabados, contrapiso ou emboço desempenado e seco, isento de graxa, poeira e areia solta, para não comprometer a aderência do produto. Indicado apenas

Leia mais

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm 01 DESCRIÇÃO: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade, ideal para assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos, pedras rústicas em áreas internas e externas em pisos e paredes; Aplicação

Leia mais

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses Produto VEDAPREN é uma manta líquida, de base asfalto e aplicação a frio, pronta para uso e moldada no local. Cobre a estrutura com uma proteção impermeável. Apresenta ótimas características de elasticidade

Leia mais

Revestimento com. Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146. Universidade Santa Cecília Santos / SP

Revestimento com. Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146. Universidade Santa Cecília Santos / SP Revestimento com Pastilhas Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146 2014 Santos / SP 1 Pastilhas Características Básicas Dimensões reduzidas (2,5 a 5,0cm);

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Aplicação Campos de Aplicação - Impermeabilização de:. lajes de cobertura;. terraços;. calhas de concreto;.

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Acrílico Standard mais rendimento Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É uma tinta acrílica de alto rendimento apresenta um excelente acabamento em superfícies externas e internas de alvenaria, reboco,

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo. WEGPOXI ANA 301 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta epoxi poliamina bicomponente, de alto teor de sólidos, com pigmentação especial, de secagem rápida. Revestimento aplicável em uma única demão em alta espessura

Leia mais

VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões.

VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO VEDBEM PRESSÃO é uma argamassa polimérica acrílica de alta performance, totalmente flexível, resistente à trincas, movimentações e grandes pressões. VEDBEM PRESSÃO

Leia mais

A segurança de se sentir bem.

A segurança de se sentir bem. Catálogo de Cores Wetroom A segurança de se sentir bem. Crédito Equipotel 2010 - Arquiteta Jorgina Nello Eclipse Aquasafe (cor 036), Aquarelle Wall HFS (cor 025) Recomendado para os segmentos: SAÚDE Hotelaria

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 09

MÉTODO EXECUTIVO ME 09 Objetivo: FOLHA 1 de 7 O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para piscina, utilizando membrana polimérica, de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência

Leia mais

bloco de vidro ficha técnica do produto

bloco de vidro ficha técnica do produto 01 Descrição: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para assentamento e rejuntamento de s. 02 Classificação técnica: ANTES 205 Bloco votomassa

Leia mais

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO

ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE COMPONENTES DO REVESTIMENTO TECNOLOGIA DE REVESTIMENTO Componentes do sistema BASE CHAPISCO Base Características importantes: Avidez por água - inicial e continuada Rugosidade EMBOÇO ARG. COLANTE REVESTIMENTO REJUNTE Chapisco Função:

Leia mais

SISTEMAS DE PISO EPOXI

SISTEMAS DE PISO EPOXI SISTEMAS DE PISO EPOXI PRODUTO DESCRIÇÃO VEC-601 TUBOFLOOR TEE-556 AUTONIVELANTE Selador epóxi de dois componentes de baixa viscosidade. Revestimento epóxi com adição de sílica para regularização de pisos.

Leia mais

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade.

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Descrição VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente ao concreto, à alvenaria e à argamassa. VEDATOP não é tinta de acabamento,

Leia mais

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos Instruções de Instalação Pisos Vinílicos LinhadePisosLaminadosemPVC 2,3mmeClick Recomendações e Responsabilidades Os serviços de colocação devem ser repassados a profissionais instaladores de pisos com

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa;

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa; VIAPLUS 7000-FIBRAS 1. Descrição Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação.

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Descrição VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Pode ser aplicado sobre concreto, alvenaria e argamassa. VEDAJÁ proporciona impermeabilidade, mesmo com a ocorrência

Leia mais

Manual de Assentamento. Produtos 5x40,5 e 6,5x23

Manual de Assentamento. Produtos 5x40,5 e 6,5x23 Manual de Assentamento Produtos 5x40,5 e 6,5x23 Índice 01. Produtos... 03 02. Projeto... 03 03. Recebimento e Armazenamento... 04 04. Inspeção Visual... 05 05. Conferências no Local de Instalação... 05

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II IMPERMEABILIZAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II SISTEMAS DE IMPERMEABILIZAÇÃO Conjunto de produtos e serviços destinados a conferir

Leia mais

cerâmica externa ficha técnica do produto

cerâmica externa ficha técnica do produto 01 Descrição: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos em áreas internas e s. 02 Classificação técnica: ANTES Colante

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em engenharia para execução de impermeabilização da laje de cobertura no 14º andar

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp 1 de 11 01/11/2010 22:14 Juntas em drywall O termo drywall é aqui adotado para designar genericamente sistemas construtivos de paredes internas não-estruturais constituídas de chapas de gesso acartonado

Leia mais

FR413-00 (REV. 00) TECHZINC 0130 SHOP PRIMER

FR413-00 (REV. 00) TECHZINC 0130 SHOP PRIMER TECHZINC 0130 SHOP PRIMER Techzinc 0130 Shop Primer é um etil silicato de zinco, de dois componentes: base e pó de zinco que devem ser misturados na hora do uso. Oferece proteção catódica ao aço carbono,

Leia mais

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro;

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro; 01 Descrição: NOVO PRODUTO votomassa é uma argamassa que proporciona alta aderência e trabalhabilidade no assentamento de de porcelana e vidro 02 Classificação: votomassa combina cimento Portland, agregados

Leia mais

APLICAÇÃO POLIKOTE 100 REVESTIMENTO EM SUBSTRATO DE CONCRETO

APLICAÇÃO POLIKOTE 100 REVESTIMENTO EM SUBSTRATO DE CONCRETO Sistema da Qualidade Páginas: 1 de 11 APLICAÇÃO POLIKOTE 100 REVESTIMENTO EM SUBSTRATO DE CONCRETO Sistema da Qualidade Páginas: 2 de 11 SUMÁRIO Página 1. OBJETIVO... 03 2. PREPARAÇÃO DAS SUPERFÍCIES...

Leia mais

PROCEDIMENTO DE APLICAÇÃO MANUAL

PROCEDIMENTO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema da Qualidade Páginas: 1 de 6 PROCEDIMENTO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema da Qualidade Páginas: 2 de 6 SUMÁRIO Página 1. OBJETIVO... 03 2. PREPARAÇÃO DAS SUPERFÍCIES... 03 3. APLICAÇÃO DO REVEST. POLIKOTE-100...

Leia mais

Construção. Revestimento epóxi de alta resistência química, isento de solventes. Descrição do Produto. Usos. Características / Vantagens

Construção. Revestimento epóxi de alta resistência química, isento de solventes. Descrição do Produto. Usos. Características / Vantagens Ficha de Produto Edição: Outubro 2009 Sikagard -62 Revestimento epóxi de alta resistência química, isento de solventes Descrição do Produto Usos Características / Vantagens Dados do Produto Sikagard 62

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt topeca floor OUT Pág. 2 incolor ou

Leia mais

Manual Técnico. Produto. Transporte. Recebimento. Pág. 3. Armazenamento. Assentamento. Rejuntamento. Pág. 4. Limpeza Pós-obra. Pág. 5.

Manual Técnico. Produto. Transporte. Recebimento. Pág. 3. Armazenamento. Assentamento. Rejuntamento. Pág. 4. Limpeza Pós-obra. Pág. 5. Manual Técnico Produto Transporte Recebimento Pág. 3 Armazenamento Assentamento Rejuntamento Limpeza Pós-obra Proteção Manutenção Dúvidas Frequentes Pág. 4 Pág. 5 Pág. 8 Pág. 9 PRODUTO O processo de fabricação

Leia mais

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S MANUAL TÉCNICO BETUMAT Perfil Nossa empresa foi fundada em 1963 como distribuidora de betumes e, em 1968, expandimos nossas atividades e iniciamos a produção de impermeabilizantes. Atuamos na área da

Leia mais

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis.

MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO MACTRASET foi desenvolvido para evitar e eliminar definitivamente umidade e infiltrações, sendo de preparo e aplicação muito fáceis. MACTRASET resiste às pressões

Leia mais

Piscinas. Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos

Piscinas. Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos Piscinas Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos 1 INTRODUÇÃO Há mais de dois mil anos atrás, revestimento cerâmico já eram usados para revestir piscinas e paredes dos banhos romanos. A grande

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES Prof. Marco Pádua A cobertura é uma fase importante da edificação. Não só a questão estética deve ser considerada, como a escolha dos elementos, a posição

Leia mais

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Soluções para Construção Fortaleza Março - 2015 SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Assentar e rejuntar Sobrepor Revestir Renovar QUALIDADE, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO sempre foram as forças que

Leia mais

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001 1. Descrição: A é mais uma argamassa inovadora, de alta tecnologia e desempenho, que apresenta vantagens econômicas e sustentáveis para o assentamento de blocos em sistemas de vedação vertical. O principal

Leia mais

rejuntamento epóxi fácil

rejuntamento epóxi fácil 01 Descrição: votomassa é um à base de epóxi de alta performance que proporciona cores uniformes, durabilidade e resistência a manchas. 02 Classificação técnica: votomassa atende às exigências de desempenho

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza EXERCÍCIO IMPERMEABILIZAÇÃO A seguir está modificado um

Leia mais

Manual de Colagem Silicone Glazing

Manual de Colagem Silicone Glazing Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Tipos de Selante Estrutural... 3 2.1. Selante estrutural monocomponente... 3 2.2. Selante estrutural bi componente... 3 3. Antes de Começar a Colar... 4 4. Procedimento

Leia mais

Piso epóxico Solución para estacionamientos. Viafloor EP 250. Objetivo:

Piso epóxico Solución para estacionamientos. Viafloor EP 250. Objetivo: Viafloor EP 250 Piso epóxico Solución para estacionamientos Objetivo: Revestir o piso com uma camada protetora a fim de garantir uma maior vida útil, corrigindo pequenos buracos, evitando o desgaste do

Leia mais

LACKTHANE N 2677. B O L E T I M T É C N I C O T i n t a L í q u i d a DESCRIÇÃO DO PRODUTO:

LACKTHANE N 2677. B O L E T I M T É C N I C O T i n t a L í q u i d a DESCRIÇÃO DO PRODUTO: LACKTHANE N 2677 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta de acabamento poliuretano acrílico alifático brilhante bicomponente, de altos sólidos por volume. Produto desenvolvido para compor um sistema de proteção anticorrosiva,

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIOS N.º 103 / 540 / 13

RELATÓRIO DE ENSAIOS N.º 103 / 540 / 13 Folha 1/6 ARGAMASSA COLANTE INDUSTRIALIZADA PARA ASSENTAMENTO DE PLACAS CERÂMICAS Cliente: Saint-Gobain do Brasil Produtos Ind. e para Construção Ltda. Pedido n º 103/13 Divisão Weber Quartzolit Endereço:

Leia mais

REVESTIMENTOS Conceituação e classificação Aula 1-2

REVESTIMENTOS Conceituação e classificação Aula 1-2 200888 Técnicas das Construções I REVESTIMENTOS Conceituação e classificação Aula 1-2 Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 11 1 REVESTIMENTOS VERTICAIS O que

Leia mais

epotech aqua Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes Características

epotech aqua Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes Características Ficha técnica epotech aqua epotech aqua é uma nova linha de massas de base epoxídica para a selagem de juntas em ladrilhos cerâmicos. Massa bicomponente isenta de solventes orgânicos, caracteriza-se pela

Leia mais

Revestimento epóxi autonivelante, argamassado e pintura de alta espessura para pisos

Revestimento epóxi autonivelante, argamassado e pintura de alta espessura para pisos Ficha de Produto Edição: 10/01/2014 Identificação n : 02 08 01 02 013 0 000002 Sikafloor -264 Sikafloor -264 Revestimento epóxi autonivelante, argamassado e pintura de alta espessura para pisos Descrição

Leia mais

55 (11) 2423-2600. Consultoria Técnica. sac@gail.com.br. Manual de Execução. 03 Paredes Internas

55 (11) 2423-2600. Consultoria Técnica. sac@gail.com.br. Manual de Execução. 03 Paredes Internas Consultoria Técnica 55 (11) 2423-2600 sac@gail.com.br Manual de Execução 03 Paredes Internas Manual prático de orientação para a aplicação dos produtos Gail em paredes internas. Introdução Projeto 04 08

Leia mais

Manual Piscina. Manual Piscina

Manual Piscina. Manual Piscina Rev. 04 29.08.03 Depois de uma exaustiva semana de trabalho ou mesmo ao final do dia não pode haver nada melhor do que relaxantes momentos de lazer com a família e os amigos, principalmente se o cenário

Leia mais

EMBALAGENS: Componente A Lackpoxi N 2288 Aluminio 10002969 Balde (20 L) Componente B Lackpoxi N 2288 componente B 10003000 (20 L)

EMBALAGENS: Componente A Lackpoxi N 2288 Aluminio 10002969 Balde (20 L) Componente B Lackpoxi N 2288 componente B 10003000 (20 L) LACKPOXI N 2288 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi poliamina bicomponente, pigmentado com alumínio. Tolerante a superfícies tratadas com limpeza manual ou mecânica. Revestimento anticorrosivo com alta

Leia mais

MANUAL TÉCNICO PREALL

MANUAL TÉCNICO PREALL MANUAL TÉCNICO PREALL ÍNDICE 1. PRODUTO 2. RECEBIMENTO 3. ARMAZENAMENTO 4. PREPARAÇAO DO LOCAL DE APLICAÇÃO 5.1 DEFINIÇÃO DE JUNTA 5.2 ASSENTAMENTO 6. LIMPEZA 7. PROTEÇÃO 8. GARANTIA 9. PISO ELEVADO 10.

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

SIGMA IMPERMEABILIZANTE 1

SIGMA IMPERMEABILIZANTE 1 1 A manta líquida SIGMA foi especialmente desenvolvida para ser aplicada nas áreas da construção civil formando uma camada impermeável e elástica, impedindo a umidade e infiltração de água em materiais

Leia mais

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos

Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Manual Técnico Limpeza e Manutenção revisão julho/2015 1 Limpeza e Manutenção de Revestimentos Cerâmicos Revisão: Julho/2015 Este manual tem

Leia mais

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos.

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Descrição BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. BIANCO confere maior elasticidade e, assim, maior resistência

Leia mais

Componente B Catalisador AL 1006 Componente B (12256557) - (1,5L)

Componente B Catalisador AL 1006 Componente B (12256557) - (1,5L) WEGNILICA CVE 804 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Promotor de aderência bicomponente, formulado a partir de resinas vinílicas com excelente aderência sobre metais ferrosos e não ferrosos. RECOMENDAÇÕES DE USO: Indicado

Leia mais

porcelanato interno ficha técnica do produto

porcelanato interno ficha técnica do produto 01 DESCRIÇÃO: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos e s em áreas internas. 02 CLASSIFICAÇÃO TÉCNICA:

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

TechMassa Industria Pernambucana de Argamassa LTDA

TechMassa Industria Pernambucana de Argamassa LTDA Manual de Assentamento de Revestimento Cerâmico Esse material tem por finalidade evidenciar a utilização de argamassas e rejuntes. A grande vantagem da utilização desses materiais residem principalmente

Leia mais

REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO

REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO REGIONAL DO IBRACON GOIÂNIA CONCRETO PROJETADO Geol. Carlos de Oliveira Campos Desde o início do século se usa no mundo o concreto projetado e no Brasil desde a década de 60. Vem da língua inglesa a expressão

Leia mais

MANUAL DO C L I E N T E

MANUAL DO C L I E N T E MANUAL DO C L I E N T E 1 Recebendo o revestimento na obra 1.1 Comparar a nota fiscal com o pedido SUMÁRIO 2 3 4 5 Manuseio e armazenamento 2.1 2.2 Ter cuidado no manuseio Empilhamento dos revestimentos

Leia mais

G U I A T É C N I C O

G U I A T É C N I C O Os produtos da Brogliato passam por um processo de controle de qualidade em seu processo produtivo, assim qualquer dano e irregularidade são corrigidos imediatamente na empresa para que os revestimentos

Leia mais

Jefferson Villela Ferreira Arquiteto e Urbanista, MSc. Departamento técnico tel.: (21) 2671-8327 Fax: (21) 2771-4503 texsa@

Jefferson Villela Ferreira Arquiteto e Urbanista, MSc. Departamento técnico tel.: (21) 2671-8327 Fax: (21) 2771-4503 texsa@ As piscinas sem concreto de base foram desenvolvidas, pioneiramente, pelo departamento técnico da TEXSA, desde 1981, e são exemplos de vanguarda tecnológica; para terem durabilidade e segurança com o menor

Leia mais

Composição Básica Emulsão Latex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivo, antibacteria e água.

Composição Básica Emulsão Latex Modificada, pigmentos orgânicos e inorgânicos, cargas minerais, aditivo, antibacteria e água. Boletim Técnico Produto Casacor Acrílico Fosco Branco Descrição Casa limpa, mais saúde e família protegida. Tudo isso em uma tinta: CASA COR Acrílico Super Premium da Tintas Renner. A sua fórmula especial

Leia mais

Manual de Instalação Project - PVC

Manual de Instalação Project - PVC Manual de Instalação Project - PVC Este manual tem como objetivo o auxiliar na maneira correta de armazenamento, instalação e manutenção para que possa garantir a qualidade máxima da aplicação e prolongar

Leia mais

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso CONTRAPISO 1 camada (s) de argamassa (s) que pode ser aplicada sobre a laje ou lastro de concreto, sobre camada de impermeabilização* ou sobre camada de isolamento térmico/acústico* (* na maioria das vezes

Leia mais

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm.

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm. Ficha do Produto Edição 16/09/2015 Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. Descrição do Produto Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio é uma manta

Leia mais

Tratamentos Específicos para Drywall em Áreas Frias

Tratamentos Específicos para Drywall em Áreas Frias Tratamentos Específicos para Drywall em Áreas Frias POR QUE REALIZAR TRATAMENTOS EM VEDAÇÕES COM CHAPAS DE GESSO ACARTONADO? Garantir a manutenção das características de vedação do sistema. Aumentar a

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-007. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-007. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: PINTURA DE AÇO CARBONO, COM PREPARAÇÃO DE SUPERFÍCIE POR FERRAMENTAS Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-007 1ª Edição 1. OBJETIVO

Leia mais

SOLUÇÔES GLOBAIS DE IMPERMEABILIZAÇÂO ADESIVOS E PRODUTOS QUÍMICOS PARA A CONSTRUÇÃO DURABILIDADE E SEGURANÇA ÍNDICE PÁGINA TERRAÇOS e VARANDAS: como impermeabilizar e efectuar uma colagem ECONÓMICA e

Leia mais

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável Juliano Moresco Silva Especialista em Tecnologia do Concreto juliano.silva@azulconcretos.com.br

Leia mais

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro;

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro; VIAPLUS BRANCO 1. Descrição Revestimento impermeabilizante, semiflexível, bicomponente (A+B), à base de cimentos especiais, aditivos minerais e polímeros de excelentes características impermeabilizantes.

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Características Densidade: 1,02 g/cm 3 Aparência: Cor preta Composição básica: emulsão asfáltica modificada com elastômeros

Leia mais

EMBALAGENS: Componente A Wegpoxi ERP 305 Balde (18,75 L) Componente B Wegpoxi 3018 componente B 10003168 (1,25 L)

EMBALAGENS: Componente A Wegpoxi ERP 305 Balde (18,75 L) Componente B Wegpoxi 3018 componente B 10003168 (1,25 L) WEGPOXI ERP 305 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Primer epóxi poliamina de alto teor de sólidos por vo lume e alta espessura, bicomponente. Formulado com pigmentos anticorrosivos atóxicos. Produto de secagem rápida

Leia mais

Sistemas de Impermeabilização

Sistemas de Impermeabilização Sistemas de Impermeabilização Projecto de Construção CET Seia Eng. Sá Neves Eng. Sá Neve Sistema invertido ou tradicional : Os sistemas em cobertura invertida são os mais aconselháveis devido a maior durabilidade

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS ORIENTAÇÕES TÉCNICAS Assunto: REVITALIZAÇÃO DE PISOS ESPORTIVOS DE BASE ASFÁLTICA Data: 25/10/2012 Referência: OT REVITALIZAÇÃO DE PISO ESPORTIVO ASFÁLTICO Nº pág.: 07 OBJETIVO Demonstrar a utilização

Leia mais

CORES Além das cores de catálogo pode-se obter outros tons misturando as cores entre sí.

CORES Além das cores de catálogo pode-se obter outros tons misturando as cores entre sí. TINTA ACRÍLICA PREMIUM MACTRA é uma tinta acrílica fosca com excelente desempenho. Sua FÓRMULA EVOLUTION oferece ótima cobertura, secagem rápida, fácil aplicação e baixo odor, proporcionando uma pintura

Leia mais

Membrana liquida impermeabilizante, econômica e ecologicamente amigável para coberturas baseada na Tecnologia Co-Elástica (CET) da Sika

Membrana liquida impermeabilizante, econômica e ecologicamente amigável para coberturas baseada na Tecnologia Co-Elástica (CET) da Sika Ficha do Produto Edição 02/08/2011 Nº de identificação: 02 09 02 20 900 0 000004 Membrana liquida impermeabilizante, econômica e ecologicamente amigável para coberturas baseada na Tecnologia Co-Elástica

Leia mais

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS

PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS . PINTURA DE PISOS INDUSTRIAIS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DICAS PARA UMA PINTURA EFICIENTE DE PISO Sempre que desejamos fazer uma pintura de piso, Industrial ou não, devemos ter em mente quais são os objetivos

Leia mais

MANUAL PASSO A PASSO DE APLICAÇÃO: GS-SUPER

MANUAL PASSO A PASSO DE APLICAÇÃO: GS-SUPER MANUAL PASSO A PASSO DE APLICAÇÃO: GS-SUPER 1. INTRODUÇÃO Este Manual de Aplicação do GS-Super demonstra passo a passo o procedimento correto para aplicação do material bem como os cuidados necessários

Leia mais

Adesivo elástico, para pisos de madeira, isento de solvente. Para a Colagem completa da superfície de: Para o Sistema Sika AcouBond :

Adesivo elástico, para pisos de madeira, isento de solvente. Para a Colagem completa da superfície de: Para o Sistema Sika AcouBond : Ficha Técnica Edição 1, 2005. Versão no. 01 Fevereiro/2006 SikaBond T52 FC Adesivo elástico, para pisos de madeira, isento de solvente. Descrição Usos SikaBond T52 FC é um adesivo elástico, mono componente,

Leia mais

Capa de uso de PVC pigmentado, cargas minerais, carbeto de silício e bacteriostático. Fibra de Vidro coberta com PVC pigmentado

Capa de uso de PVC pigmentado, cargas minerais, carbeto de silício e bacteriostático. Fibra de Vidro coberta com PVC pigmentado TOTALSAFE TOTALSAFE DEFINIÇÃO Totalsafe* é um revestimento vinílico para piso, em mantas, com propriedade antiderrapante, flexível, composto de resina de PVC, plastificante, estabilizante, bacteriostático,

Leia mais

Pisos Externos. Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos

Pisos Externos. Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos Pisos Externos Manual de assentamento de Revestimentos Cer micos INTRODUÇÃO Revestimento cerâmico vem sendo usado desde a antigüidade para revestir pisos e paredes. A grande vantagem de sua utilização

Leia mais

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens.

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens. Ficha do Produto Edição 22/04/2011 Sikacim Impermeabilizante Construção Sikacim Impermeabilizante Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos Características

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES OBRA: ESTACIONAMENTOS DO COMPLEXO MULTIEVENTOS E CAMPUS DE JUAZEIRO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1/5 PISOS EXTERNOS Pavimentação em Piso Intertravado de Concreto Conforme delimitado

Leia mais