Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS!

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS!"

Transcrição

1 PROGRAMA AFS O que é a Intercultura - AFS Portugal? A Intercultura AFS Portugal é uma Associação de Voluntariado Jovem sem fins lucrativos. Não tem filiações partidárias, religiosas ou outras e tem estatuto de Instituição de Utilidade Pública. Tem como objectivos contribuir para a Paz e Compreensão entre os Povos através de intercâmbios de jovens e famílias, para uma Aprendizagem Intercultural e Educação Global. O que é o Programa AFS Famílias de Acolhimento? São experiências de Intercâmbio em que um jovem estudante vive com uma Família de acolhimento voluntária e estuda numa escola secundária durante um trimestre, semestre ou ano lectivo, no nosso país. O estudante deverá ser integrado como um membro da família e partilhará das alegrias e problemas familiares, dos privilégios e responsabilidades, tal como todos os membros da família. Anualmente a Intercultura AFS Portugal recebe estudantes, com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, provenientes dos mais variados países. Este programa permite às famílias de acolhimento um contacto com uma nova cultura, outra língua e outra forma de pensar e estar. Neste momento estamos a recrutar famílias de acolhimento, voluntárias, que gostassem de participar nesta experiência intercultural. Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS!

2 Programa Semestral - Janeiro a Junho de 2013 Alemanha Wanda rapariga, 16 anos É filha única e vive com a mãe numa zona suburbana próxima de Dusseldorf. A sua grande paixão é a equitação e cuidar do cavalo, adora animais. Gosta de praticar natação, de acampar e ir ao cinema. Os amigos consideram-na tolerante e humilde. Para si, a honestidade e a verdade são essenciais para se manterem boas relações. Já visitou o nosso país duas vezes, tem dois meios-irmãos a viver em Portugal. Tem medo de aranhas. Argentina Simon rapaz, 17 anos Vive na província de La Pampa com os pais e a irmã mais nova. Gosta muito de desporto e pratica basquetebol diariamente num clube da sua cidade. Gosta muito de ler e tocar guitarra. Considera-se uma pessoa feliz e bem-humorada e que não se aborrece com facilidade. Quer estudar medicina em Buenos Aires e ser geneticista. Virginia rapariga, 16 anos Vive com a mãe e os irmãos, na região Grande Salta. A mãe e a irmã já fizeram o Programa AFS e já foram família de acolhimento. A sua grande paixão é a pintura e a escultura, é uma jovem artística e organizada. Os amigos descrevem-na como sociável e divertida. Nos tempos livres gosta muito de desenhar roupa, ir ao teatro e ao cinema e às compras. No futuro gostaria de estudar design de moda ou de interiores. Gabriel rapaz, 17 anos Vive com os pais e a irmã na província de Cordoba. No ano passado, foram família de acolhimento de um estudante da Suíça e o seu irmão mais velho fez o programa AFS no Japão. Considera-se um rapaz bem-disposto e muito activo e com uma grande paixão por andebol. Treina cinco vezes por semana, tem jogos ao Sábado. Orgulha-se de ter jogado duas vezes pela selecção nacional de andebol.

3 Laureano rapaz, 17 anos Vem de uma família numerosa, da província de La Pampa, onde vive com os pais e cinco irmãos (3 irmãs e 2 irmãos). Adoro desportos e gosta muito de futebol, que pratica desde os 4 anos, é adepto do Boca Junior. Faz natação duas a três vezes por semana e vai ao ginásio. De futuro gostaria de aprofundar os Estudos Sociais e a Arqueologia. Gabriel Alejandro rapaz, 17 anos Vive na região Grande Salta com a mãe e o irmão mais novo. Tem uma relação muito próxima com o irmão mais velho, a quem recorre quando precisa de conselhos. Gosta muito de cozinhar e os amigos não poupam elogios aos seus petiscos. Adora futebol, que pratica duas vezes por semana. Aos domingos, vai com a sua família e amigos ao estádio, apoiar a sua equipa preferida. Chile Valentina rapariga, 17 anos Vive com os pais na Ilha Grande de Chiloé. É uma jovem sociável e, por ser filha única, gostava de viver a sua experiência AFS numa família com filhos. Gosta muito de música e toca guitarra-baixo. Recentemente, integrou a Associação de Estudantes da sua escola e pensa que isso irá ajudá-la a desenvolver competências de liderança. Os pais descrevemna como afectuosa e comunicativa. Tem medo de aranhas e répteis. Costa Rica Ana rapariga, 16 anos Vive com a mãe e a tia na província de San José. Este ano, foram família de acolhimento de uma estudante finlandesa. Os seus maiores interesses são a literatura e a música, adora ler e escrever. Gosta muito de cantar e tocar piano. No fim-de-semana frequenta aulas de teatro. Os amigos e a família descrevem-na como uma pessoa com sentido de humor e extrovertida. Durante a semana dá explicações de inglês a crianças e jovens, ajuda-os com os trabalhos de casa e a estudar para os exames.

4 E.U.A. Katherine rapariga, 16 anos Vem do estado de Montana, onde vive com os pais e a irmã mais nova. Na escola integra um clube de debates, outro de mediação de conflitos entre pares, participa num projecto pela igualdade de género e é membro do Clube Rotários, pois permite-lhe fazer voluntariado na sua comunidade. Toca saxofone-tenor na banda da escola e canta no coro. Adora fotografia e joga futebol na equipa de futebol feminino da sua escola. No futuro gostava de seguir medicina ou relações internacionais. É católica praticante. Guatemala Isabela rapariga, 18 anos Vive na capital, com a mãe e o irmão mais velho. No ano passado foram família de acolhimento de uma estudante francesa. Desde os 8 anos que pratica dança: Flamenco, Jazz e Sapateado. Gosta muito de viajar e de fotografia. Participou no projecto Mãos que ajudam, no qual colaborou com os médicos estrangeiros que voluntariamente consultavam pessoas em dificuldades económicas. Católica praticante, integra um grupo religioso só para raparigas. Ensinar crianças é a uma das suas paixões mas no futuro teria interesse em estudar jornalismo ou gestão hoteleira. Não come carne de vaca nem de porco. Letónia Larisa rapariga, 17 anos Vive com os pais no distrito de Riga. É filha única, tem uma boa relação com os pais, que a consideram uma jovem responsável que respeita os mais velhos e gosta de crianças. Os amigos descrevem-na como uma pessoa activa, compassiva e sempre pronta a ajudar. Um dos seus passatempos preferidos é cozinhar, especialmente bolos. Adora fazer aeróbica e, no geral, gosta de desporto. Tem um grande interesse pela aprendizagem de novos idiomas e, no futuro, gostaria de ser intérprete/tradutora.

5 Nicarágua Fabíola rapariga, 17 anos Vive com a mãe, numa pequena cidade mas próxima da capital. Tem duas irmãs mais velhas e um cão, que considera como um membro da família. É muito boa aluna, responsável e organizada. Os amigos consideram-na uma pessoa extrovertida, sociável e activa. Pratica ténis duas vezes por semana e dança jazz quatro vezes por semana. Recentemente começou a ter aulas de contorção aérea em seda. No futuro, quer estudar Economia Política. Tem medo de gatos. Paraguai Constanza rapariga, 15 anos Nasceu no Chile mas em 2003 mudou-se com a sua família para o Paraguai, onde vive com os seus pais e irmão na capital. Tem uma relação muito próxima com o irmão (mais novo), vão ao ginásio juntos e também à equitação. Frequenta aulas de equitação três vezes por semana e é um dos seus hobbies preferidos. Na escola pratica andebol e é voluntária na Operação Sorriso e Um tecto pelo meu país. É católica e integra o movimento apostólico Schoensttat, com o qual colabora nos hospitais e com crianças sem-abrigo.

6 Estes estudantes chegarão ao nosso País em Janeiro para iniciarem uma experiência de intercâmbio na cultura Portuguesa! Contacte-nos enviando um para ou consulte o nosso site e siga os seguintes passos: Família de Acolhimento Inscreva-se para obter mais informações sobre o nosso Programa de Acolhimento de um estudante AFS! Intercultura-AFS Portugal Rua de Santa Justa, nº 38, 4º LISBOA Tel: Fax:

Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS!

Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS! PROGRAMA AFS O que é a Intercultura - AFS Portugal? A Intercultura AFS Portugal é uma Associação de Voluntariado Jovem sem fins lucrativos. Não tem filiações partidárias, religiosas ou outras e tem estatuto

Leia mais

Apresentação Intercultura. Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura

Apresentação Intercultura. Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura Apresentação Intercultura Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura Introdução A Intercultura é uma Associação de Juventude e de Voluntariado; É uma organização

Leia mais

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant A equipa somos nós Ano letivo 2015/2016 Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant Projeto curricular escola Ano letivo 2015/2016 Entende-se

Leia mais

Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016

Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016 Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016 Caro Participante, A Pranima organiza este ano nas férias escolares da Páscoa o Curso de Monitores Intensivo 2016. Nesta carta vamos dar-te

Leia mais

Concurso Escola Mundo: Estudantes em Acção

Concurso Escola Mundo: Estudantes em Acção NEWSLETTER nº7 CONTEÚDOS: Pág.1 Concurso Escola Mundo: Estudantes em Acção Pág.1 Acções de Estudantes em Portugal Pág.2 Acções de Estudantes na Estónia Pág.3 Acções de Estudantes na Bulgária Pág.3 Acções

Leia mais

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro O meu brinquedo é um livro é um projecto de promoção da leitura proposto pela Associação

Leia mais

VOLUNTARIADO INTERNACIONAL

VOLUNTARIADO INTERNACIONAL VOLUNTARIADO INTERNACIONAL DESAFIO SERVIÇO CRESCIMENTO DIVERSIDADE EXPERIÊNCIA PPV VIAGENS O i_doc é uma publicação sobre assuntos que visam contribuir para uma melhor vivência da dimensão internacional

Leia mais

Arte e solidariedade aos olhos das crianças

Arte e solidariedade aos olhos das crianças Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais Plano de Atividades Componente de Apoio à Família 2012/2013 Arte e solidariedade aos olhos das crianças Se a criança não receber a devida atenção, em geral,

Leia mais

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática).

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática). INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Nº 2/2015 EDUCAÇÃO FÍSICA Abril de 2015 Prova 28 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga as

Leia mais

http://ec/europa/eu/portugal/pdf/guia_di_pt.pdf Ano Europeu do Diálogo Intercultural

http://ec/europa/eu/portugal/pdf/guia_di_pt.pdf Ano Europeu do Diálogo Intercultural http://ec/europa/eu/portugal/pdf/guia_di_pt.pdf Ano Europeu do Diálogo Intercultural Porquê este guia prático? A diversidade cultural e linguística constitui um recurso pedagógico de que dispõem muitas

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO DA ENTIDADE PROJETO VOLUNTARIADO NÍVEL

FICHA DE INSCRIÇÃO DA ENTIDADE PROJETO VOLUNTARIADO NÍVEL Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada Venho solicitar a inserção do presente projeto no Núcleo Interventivo de Voluntariado e Esforço Local. Declaro tomar conhecimento e aceitar

Leia mais

Direcções Executivas Projecto Gira Volei 2013/2014

Direcções Executivas Projecto Gira Volei 2013/2014 Direcções Executivas Projecto Gira Volei 2013/2014 16 de Julho de 2013 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. JUSTIFICAÇÃO DO PROJECTO... 4 3. OBJECTIVOS DA AVM... 4 3.1. OBJECTIVOS GERAIS... 4 3.2. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS...

Leia mais

Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira

Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira Perfil da Semana: Pablo de Medeiros Palmeira Contribuição de Agência Diref 17 de novembro de 2009 DIREF - Associação do Servidores da Polícia Federal do Distrito Federal     Pablo de Medeiros Palmeira,

Leia mais

Regulamento de Educação Física

Regulamento de Educação Física Regulamento de Educação Física 1.Utilização das instalações As instalações desportivas (pavilhão, campo de Voleibol, polivalente exterior) são utilizadas prioritariamente, segundo a seguinte ordem: 1.

Leia mais

Team Building Habitat. Venha construir uma casa ao mesmo que tempo que constrói uma equipa!

Team Building Habitat. Venha construir uma casa ao mesmo que tempo que constrói uma equipa! Team Building Habitat Venha construir uma casa ao mesmo que tempo que constrói uma equipa! Teambuilding (Habitat for Humanity Portugal) A Habitat for Humanity Portugal é uma organização não governamental

Leia mais

CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2012

CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2012 CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2012 I. APRESENTAÇÃO 2 Objectivos...2 Âmbito de Actuação.3 Projectos para 2012..4 II. PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2012.. 5 Actividades de Carácter Cultural (ACC)...

Leia mais

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança Seminário Contextualização SOCIEDADE DE CONHECIMENTO E NOVAS TECNOLOGIAS NAS ZONAS RURAIS as novas acessibilidades na procura da qualidade de vida Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet

Leia mais

ERC/ISCTE Estudo de Recepção dos Meios de Comunicação. Questionários nas Escolas Pais portugueses

ERC/ISCTE Estudo de Recepção dos Meios de Comunicação. Questionários nas Escolas Pais portugueses ERC/ISCTE Estudo de Recepção dos Meios de Comunicação Questionários nas Escolas Pais portugueses Nº de inquiridos: 816 Percentagens de respostas válidas A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA 1. Qual

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

1096 portugueses participam em acções de voluntariado missionário

1096 portugueses participam em acções de voluntariado missionário FEC - FUNDAÇÃO FÉ E COOPERAÇÃO COMUNICADO DE IMPRENSA (2012_009) 1096 portugueses participam em acções de voluntariado missionário Voluntariado internacional de inspiração cristã regista um aumento de

Leia mais

Este trabalho é o relatório de uma visita de estudo das turmas do 6º A e 6º B da disciplina de Educação

Este trabalho é o relatório de uma visita de estudo das turmas do 6º A e 6º B da disciplina de Educação 2012 2013 Este trabalho é o relatório de uma visita de estudo das turmas do 6º A e 6º B da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, à Santa

Leia mais

O CLUBE SPORT BENFICA E CASTELO BRANCO O QUE É A CHUTALBI ESCOLA DE FUTEBOL? ESPIRITO CHUTALBI

O CLUBE SPORT BENFICA E CASTELO BRANCO O QUE É A CHUTALBI ESCOLA DE FUTEBOL? ESPIRITO CHUTALBI O CLUBE SPORT BENFICA E CASTELO BRANCO O Sport Benfica e Castelo Branco é um clube da cidade de Castelo Branco com 84 anos de história, foi fundado em 24 de Março de 1924. Destaca-se o facto de ser a filial

Leia mais

ANEXOS 3º CICLO O OUTRO EM MIRA

ANEXOS 3º CICLO O OUTRO EM MIRA ANEXOS 3º CICLO O OUTRO O VALOR DE MAIS UM Anexo 01 Um pássaro perguntou a uma pomba quanto pesava um floco de neve. A pomba respondeu: Nada. Mesmo nada. Foi então que o pássaro contou esta história à

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Pedro. Pedro Correia. Vale. Junho 2006

Pedro. Pedro Correia. Vale. Junho 2006 A Todo Gás G s > 3 a 14 de Julho de Setembro de 2000: Primeira referência: Campos de Férias Projecto de implementação das Escolas de Futebol do Leixões Sport Club Escolas de Futebol João Faneco ( e )

Leia mais

Case Study 2: Deaf Community 2.3.2. Questionnaire 2.3.

Case Study 2: Deaf Community 2.3.2. Questionnaire 2.3. Case Study 2: Deaf Community 2.3.2. Questionnaire 2.3. SÍNTESE PROCESSO INQUÉRITO SURDOS Objectivos: Analisar as condições de acesso ao texto audiovisual por parte de pessoas surdas. Recolher a opinião

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco Objectivos pedagógicos e gerais do projecto VITAMINA: Proporcionar um espaço onde as famílias, por razões profissionais

Leia mais

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C.

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C. Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia :7205 Ano Curricular Sem.. Nome da. 1 Anual 201244 Psicologia do Desenvolvimento 1 Anual 201245 Psicologia da Saúde e das Relações Interpessoais

Leia mais

AGENDA MENSAGEM. Outubro

AGENDA MENSAGEM. Outubro Infomail AGENDA do Outubro MENSAGEM C omeçamos este mês de outubro com uma celebração que alcança para nós especial carinho e importância, por tudo o que envolve e significa a celebração do Dia Internacional

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de

Leia mais

Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC

Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC Género, Cidadania e Intervenção Educativa: Sugestões Práticas ractividade Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC Inquérito na Escola Objectivos Sugestões Identificar diferenças e semelhanças na

Leia mais

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL A Amnistia Internacional Portugal defende a manutenção Formação Cívica nos 2.º

Leia mais

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA EXPO HISPÂNICA 2016 2ª EDIÇÃO NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA. Auditório e Sala de Exposições da Bibioteca Victor Civita

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA EXPO HISPÂNICA 2016 2ª EDIÇÃO NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA. Auditório e Sala de Exposições da Bibioteca Victor Civita PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA EXPO HISPÂNICA 2016 2ª EDIÇÃO NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA Auditório e Sala de Exposições da Bibioteca Victor Civita De 05 a 09 de Setembro (das 08:00 às 22:00 de Segunda a Sexta):

Leia mais

Jornal das Novidades Abril de 2010 Sala de 2 anos 2

Jornal das Novidades Abril de 2010 Sala de 2 anos 2 EDIÇÃO N.º: 7 AUTORES: SALA 2 30 DE ABRIL DE 2010 Centro de Bem Estar Social Creche, Jardim de Infância e CATL JORNAL DAS NOVIDADES Notícia de Última Hora Chegamos ao final do mês e a nova edição do JORNAL

Leia mais

Trabalhar com Paramédicos no Terreno

Trabalhar com Paramédicos no Terreno Transmitindo ao Mundo a sua mensagem de solidariedade e humanismo, sobretudo através das suas missões e do desenvolvimento de técnicas e métodos de intervenção em situações de crise evolutivas. As nossas

Leia mais

NEWSLETTER Nº 10/11. Semana de 25 de Abril a 2 de Maio de 2011

NEWSLETTER Nº 10/11. Semana de 25 de Abril a 2 de Maio de 2011 NEWSLETTER Nº 10/11 PRODUTOS DA QUINTA Apresentamos os "Produtos da Quinta" à venda esta semana. Relembramos que os nossos produtos têm certificação biológica. As encomendas poderão ser feitas na Sede

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 1 Introdução Fazerem parte de uma equipa, aperceberem-se de que sozinhos e isolados muito pouco conseguirão, entenderem o valor da amizade e do apoio dos companheiros,

Leia mais

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa Este questionário contém perguntas sobre as tuas experiências e tipo de aprendizagem na disciplina de Ciências Naturais. Não há respostas correctas nem erradas, apenas as que correspondem à forma como

Leia mais

Bibliotecas Escolares Agrupamento de Escolas de Constância

Bibliotecas Escolares Agrupamento de Escolas de Constância 1 Bibliotecas Escolares Agrupamento de Escolas de Constância Newsletter Bibliotecas Escolares Editor: Agrupamento de Escolas de Constância Biblioteca Escolar Carlos Cécio Rua Moinho de Vento, apartado

Leia mais

Intercultura AFS Portugal

Intercultura AFS Portugal PROGRAMA AFS O que é a Intercultura - AFS Portugal? A Intercultura AFS Portugal é uma Associação de Voluntariado Jovem sem fins lucrativos. Não tem filiações partidárias, religiosas ou outras e tem estatuto

Leia mais

A Eurodesk é uma rede com acesso à informação europeia para os jovens e para os profissionais da área de juventude.

A Eurodesk é uma rede com acesso à informação europeia para os jovens e para os profissionais da área de juventude. www.eurodesk.eu O que é? A Eurodesk é uma rede com acesso à informação europeia para os jovens e para os profissionais da área de juventude. No sítio da rede Eurodesk podes aceder às tuas oportunidades.

Leia mais

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte. Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.pt E-mail: biblioteca@iscte.pt Com a actividade Arte na Biblioteca

Leia mais

Eu, você e o presente da natureza...

Eu, você e o presente da natureza... Eu, você e o presente da natureza... Cartilha para 1º e 2º anos TEMA 2012/2013: www.vemcomagentebr.com.br uma atividade do PROGRAMA VEM COM A GENTE Cultura, Educação e Meio Ambiente www.vemcomagentebr.com.br

Leia mais

SAÚDE MENTAL E MAL ESTAR FÍSICO NA IDADE ESCOLAR

SAÚDE MENTAL E MAL ESTAR FÍSICO NA IDADE ESCOLAR SAÚDE ENTAL E AL ESTAR ÍSICO NA IDADE ESCOLAR Tema 3, Nº 1 Setembro 2001 argarida Gaspar de atos e Susana onseca Carvalhosa Equipa do Aventura Social e Saúde Estudo realizado em co-financiamento pela aculdade

Leia mais

Lisboa 2014 FICHA DE CANDIDATURA

Lisboa 2014 FICHA DE CANDIDATURA Lisboa 2014 Refª: 008 Tempos Livres em Segurança Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060 Lisboa Telefone: 21 322 73 60 Email

Leia mais

PESQUISA DOCUMENTAL Metodologia da pesquisa Autodocumentação Estudo das novas tecnologias Documentos informáticos

PESQUISA DOCUMENTAL Metodologia da pesquisa Autodocumentação Estudo das novas tecnologias Documentos informáticos Conceição Castro Professora do 4.ºGrupo (Mat. e C. da Natureza) EBI Torre de Dona Chama ANEXO 1 PESQUISA DOCUMENTAL Metodologia da pesquisa Autodocumentação Estudo das novas tecnologias Documentos informáticos

Leia mais

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade.

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade. Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias para um modo de vida sustentável. b. Promover a contribuição das artes e humanidades,

Leia mais

Despertar os sentidos!

Despertar os sentidos! Despertar os sentidos! Tudo o que conhecemos chega-nos, de uma forma ou de outra, através de sensações sobre as realidades que nos rodeiam. Esta consciência sensorial pode e deve ser estimulada! Quanto

Leia mais

ZA4542. Flash Eurobarometer 202 Young Europeans. Country Specific Questionnaire Portugal

ZA4542. Flash Eurobarometer 202 Young Europeans. Country Specific Questionnaire Portugal ZA4542 Flash Eurobarometer 202 Young Europeans Country Specific Questionnaire Portugal QUESTIONNAIRE FL202 Bom dia/ boa tarde, Sou entrevistador(a) da Consulmark. Estamos a conduzir um estudo junto de

Leia mais

Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009

Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009 Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009 Desenvolvimento da Avaliação Intervenientes Calendarização Observações Definição dos Objectivos

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apoios Sociais Crianças e Jovens (35

Leia mais

Roteiro Do Associativismo Juvenil

Roteiro Do Associativismo Juvenil Roteiro Do Associativismo Juvenil Castelo Branco - Dia 27 de maio 2015 PROGRAMA 09h30 - Pequeno-almoço com jornalistas, nos Serviços Desconcentrados do IPDJ, I.P. em Castelo Branco 10h45 - Visita à ASTA

Leia mais

Gatos para Adopção. SPA - Sociedade Protectora dos Animais. http://www.sp-animais.pt/spa/index.php. fatima.rex@hotmail.com

Gatos para Adopção. SPA - Sociedade Protectora dos Animais. http://www.sp-animais.pt/spa/index.php. fatima.rex@hotmail.com Gatos para Adopção SPA - Sociedade Protectora dos Animais http://www.sp-animais.pt/spa/index.php fatima.rex@hotmail.com 218482532 Rua de S. Paulo, 55-2º Dto1200-426 Lisboa gatinha bébé, Fêmea arraçado(a)

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO 100-YEAR VISION 2016

PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO 100-YEAR VISION 2016 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO 100-YEAR VISION 2016 Proporcionando Acesso ao Ensino Superior a Órfãos da África Subsaariana A Ashinaga é uma ONG sem fins lucrativos sedeada no Japão, e que proporciona apoio

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE : P.C. SEXO: Masculino IDADE: 15 anos Faixa I ESCOLARIZAÇÃO: 5 a 8 anos (6ª série) LOCALIDADE: Alto da Penha (Zona Urbana) DOCUMENTADORA: Maria do Socorro Inácio TRANSCRITORA:

Leia mais

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO 1/5 BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO REGº SM Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Solicito a inserção do presente projecto no Banco Local de Voluntariado

Leia mais

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão 1 de Agosto de 2015

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS:

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS: INTRODUÇÃO NÍVEL I O Gira-Volei é um jogo de iniciação à modalidade destinada aos jovens com idades compreendidas entre os 8 e 15 anos, onde através do jogo simplificado (2x2) e utilização do passe faz

Leia mais

TECHNICAL SUPPORT TEAM

TECHNICAL SUPPORT TEAM >> Atendimento personalizado para qualquer consulta técnica >>A Omron sempre ao seu serviço >>Suporte especializado 2 Empresa orientada para o servir A Omron Corporation, cujos escritórios centrais se

Leia mais

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) Questionário Pai / Mãe / Encarregado/a de Educação Nota: Não deve escrever o nome e/ou morada em nenhuma das páginas deste questionário

Leia mais

Manual de Ajuda para o Adulto. asma. Programa Nacional de Controlo

Manual de Ajuda para o Adulto. asma. Programa Nacional de Controlo Manual de Ajuda para o Adulto asma Programa Nacional de Controlo Direcção-Geral da Saúde COMISSÃO DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DA ASMA 2001 EDIÇÃO Direcção-Geral da Saúde Al. D. Afonso Henriques, 45 1049-005

Leia mais

ACADEMIA SPORTING POLÍTICAS EDUCATIVAS E SOCIAIS NO DESPORTO. Um projecto de uma Escola de Formação Desportiva. Setúbal, 28 de Janeiro de 2005

ACADEMIA SPORTING POLÍTICAS EDUCATIVAS E SOCIAIS NO DESPORTO. Um projecto de uma Escola de Formação Desportiva. Setúbal, 28 de Janeiro de 2005 POLÍTICAS EDUCATIVAS E SOCIAIS NO DESPORTO Pedro Mil-Homens Santos Setúbal, 28 de Janeiro de 2005 ACADEMIA SPORTING Um projecto de uma de Formação Desportiva Sumário Introdução Missão e Organização Recrutamento

Leia mais

Eliana Teixeira Filipa Loff Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO. Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA.

Eliana Teixeira Filipa Loff Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO. Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA. Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA Corações em Acção Exposição coletiva de pintura de 3 artistas: Antónia Loff Eliana Moreira Teixeira nasceu

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PSICOGERONTOLOGIA - APP PROPOSTA DE PROGRAMA PARA O TRIÉNIO 2012 2014

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PSICOGERONTOLOGIA - APP PROPOSTA DE PROGRAMA PARA O TRIÉNIO 2012 2014 Plano de Acção da APP para o triénio 2012-201 Documento de trabalho para contributos Proposta I da APP 2012-201 ASSOCIAÇ PORTUGUESA DE PSICOGERONTOLOGIA - APP PROPOSTA DE PROGRAMA PARA O TRIÉNIO 2012 201

Leia mais

Estudo descritivo das actividades de tempos livres no ATL um estudo de caso

Estudo descritivo das actividades de tempos livres no ATL um estudo de caso Estudo descritivo das actividades de tempos livres no ATL um estudo de caso Anabela Sequeira* Beatriz Pereira** *ATL de Fermentões **Universidade do Minho, Instituto de Estudos da Criança Contacto: sequeirana@portugalmail.pt,

Leia mais

CULTURA E LAZER O DESPORTO

CULTURA E LAZER O DESPORTO 6 CULTURA E LAZER O DESPORTO 6 Capítulo Capítulo 6 65 As actividades desportivas e lúdicas constituem não só uma forma de ocupação dos tempos livres, como contribuem activamente para a formação complementar

Leia mais

Objetivo principal: aprender como definir e chamar funções.

Objetivo principal: aprender como definir e chamar funções. 12 NOME DA AULA: Escrevendo músicas Duração da aula: 45 60 minutos de músicas durante vários dias) Preparação: 5 minutos (se possível com introduções Objetivo principal: aprender como definir e chamar

Leia mais

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 47 Porto Escondido Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 51 Na cidade do Porto, voluntários de Médicos do Mundo - Portugal percorrem a pé, duas noites por semana, as ruas da cidade. Fazem-no durante

Leia mais

ESCOLA PORTUGUESA DE MACAU ATIVIDADES DE COMPLEMENTO CURRICULAR 2015 / 2016

ESCOLA PORTUGUESA DE MACAU ATIVIDADES DE COMPLEMENTO CURRICULAR 2015 / 2016 Danças Folclóricas Portuguesas Prof. Sílvia Brás Grupo Inic. 14:30 16:00 Grupo Av. 16:00 17:30 1º, 2º e 3º Ciclos Danças e Cantares Tradicionais Portugueses. Celebração de tradições. Participação em espetáculos.

Leia mais

ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO. Destinatários

ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO. Destinatários ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO Destinatários A idade mínima para a frequência da Creche é de 3 meses de idade. ARTIGO QUARTO Áreas da Creche 1. A valência

Leia mais

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE 1. Caracterização do grupo 2. Organização do Espaço e do Tempo 3. Tema e fundamentação teórica do projecto o Mundo dos animais em vias de extinção da sala

Leia mais

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania Adelina Machado João Carlos Sousa Ser cidadão hoje... é algo de complexo... integra na construção da sua identidade duas dimensões: uma referente às pertenças

Leia mais

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AOS PAIS. 3ª e 5ª - feira: 8h30-9h00 2ª - feira: 16h00-16h30 EQUIPA PEDAGÓGICA. Diretor Pedagógico Dr.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AOS PAIS. 3ª e 5ª - feira: 8h30-9h00 2ª - feira: 16h00-16h30 EQUIPA PEDAGÓGICA. Diretor Pedagógico Dr. Sala 4 anos HORÁRIO DE ATENDIMENTO AOS PAIS EQUIPA PEDAGÓGICA Diretor Pedagógico Dr. José Romão Coordenadora Pedagógica Daniela Morgado Educadora Titular Vânia Lopes Educação Expressão Físico Motora Marco

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

O Agrupamento de escolas do concelho

O Agrupamento de escolas do concelho O Agrupamento de escolas do concelho de Campo Maior...... Agrupamento de Escolas de Campo Maior A missão do Agrupamento de Escolas de Campo Maior reside na promoção do sucesso educativo e na valorização

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA Junho de 2006

DOSSIER DE IMPRENSA Junho de 2006 DOSSIER DE IMPRENSA Junho de 2006 O PROJECTO O projecto Ideias que Mudam o Mundo é uma iniciativa que vem ao encontro da nova visão corporativa da empresa, resumida no lema Bayer: Science For A Better

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

C E N T R O C U L T U R A L E S O C I A L D E S A N T O A D R I Ã O REGULAMENTO INTERNO CATL-ACR

C E N T R O C U L T U R A L E S O C I A L D E S A N T O A D R I Ã O REGULAMENTO INTERNO CATL-ACR C E N T R O C U L T U R A L E S O C I A L D E S A N T O A D R I Ã O REGULAMENTO INTERNO CATL-ACR A P R O V A D O E M A S S E M B L E I A G E R A L E M 1 1. 0 3. 2 0 1 6 ( A p ó s a s r e v i s õ e s e

Leia mais

2.4. A (auto) avaliação. Pré-escolar

2.4. A (auto) avaliação. Pré-escolar Guião de Educação. Género e Cidadania Pré-escolar 2.4. A (auto) avaliação Na sequência das questões já analisadas a nível da organização do grupo, há que ter em conta a forma como quem educa processa a

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011

PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011 PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011 INDICE: Quem somos? Oferta formativa Curso Acções Formativas CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES ESTES MIÚDOS SÃO IMPOSSÍVEIS!!! - GESTÃO DE COMPORTAMENTOS

Leia mais

(Quatro anos depois) 1998-2002. Promoção da Saúde Oral nos Jovens, Janeiro 2006 OS ADOLESCENTES PORTUGUESES AVENTURA SOCIAL & SAÚDE 1987-2006

(Quatro anos depois) 1998-2002. Promoção da Saúde Oral nos Jovens, Janeiro 2006 OS ADOLESCENTES PORTUGUESES AVENTURA SOCIAL & SAÚDE 1987-2006 (Quatro anos depois) 1998-2002 Margarida Gaspar de Matos, *Faculdade de Motricidade Humana. ** CMDT/ Instituto de Higiéne e Medicina Tropical Promoção da Saúde Oral nos Jovens, Janeiro 2006 1987-2006 Parceiros

Leia mais

A República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia, doravante designadas «as Partes»:

A República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia, doravante designadas «as Partes»: Decreto n.º 3/2006 Aprova o Acordo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia nas Áreas da Educação, do Ensino Superior e da Investigação Científica, da Cultura,

Leia mais

Dica: Objectivo de HOJE: Tarefas. Identifique e envolva-se em desafios para os quais tem que adquirir ou desenvolver novos conhecimentos.

Dica: Objectivo de HOJE: Tarefas. Identifique e envolva-se em desafios para os quais tem que adquirir ou desenvolver novos conhecimentos. JANEIRO Identifique e envolva-se em desafios para os quais tem que adquirir ou desenvolver novos conhecimentos. A curiosidade traduz-se em três comportamentos: ter interesse por algo, procurar novidades

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016 Calendarização / Mês Tema Objetivos Responsáveis pela Atividade Outubro Outono - Desenvolver o gosto pelo saber; Halloween - Valorizar diferentes formas de conhecimento, Dia Mundial da Alimentação comunicação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE SURDOS DA AMADORA

ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE SURDOS DA AMADORA REGULAMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE SURDOS DA AMADORA A - IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A Associação Cultural de Surdos da Amadora é uma Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins

Leia mais

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 Futebol Feminino no Desporto Escolar Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 INTRODUÇÃO O Futebol Feminino é uma atividade que tem crescido nos últimos tempos em Portugal e por isso, sentimos

Leia mais

Questionário aos Bolseiros. da Fundação Rotária Portuguesa. Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária

Questionário aos Bolseiros. da Fundação Rotária Portuguesa. Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária Questionário aos Bolseiros da Fundação Rotária Portuguesa Este questionário pretende conhecer as opiniões do bolseiros da Fundação Rotária Portuguesa sobre o apoio que lhes é prestado. A sua resposta a

Leia mais

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE Membro do international award for young people Onde e como? Apoio às quintas feiras das 17h30 às 19h no gabinete de Artes Visuais, piso zero. Só quando sentir necessidade, não

Leia mais

Escola Mangwana. Escolha do local para implementação do Projeto

Escola Mangwana. Escolha do local para implementação do Projeto Escola Mangwana Construção de uma escola comunitária de acesso gratuito, destinada a crianças e jovens desfavorecidos, em Macanda. A escola compreenderá o ensino pré-escolar, primário e secundário completos

Leia mais

Jungwacht Blauring. informationen. portugiesisch. Bundesleitung Jungwacht Blauring, St. Karliquai 12, 6004 Luzern, 041 419 47 47, www.jubla.

Jungwacht Blauring. informationen. portugiesisch. Bundesleitung Jungwacht Blauring, St. Karliquai 12, 6004 Luzern, 041 419 47 47, www.jubla. Jungwacht Blauring informationen portugiesisch Bundesleitung Jungwacht Blauring, St. Karliquai 12, 6004 Luzern, 041 419 47 47, www.jubla.ch Jungwacht Blauring......com 31'000 membros é a maior associação

Leia mais

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG CUIABÁ / MT 2013 EQUIPE GESTORA: INES WALKER EHRENBRIENK - DIRETORA NELY PEREIRA DA SILVA CARNEIRO - COORDENADORA JULIANA MOURA ALVES DAS NEVES

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Avaliação: um passo determinante para a implementação da qualidade no ensino O objectivo deste projecto é a compreensão

Leia mais

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS FICHA DO PROJECTO Desporto para todos Nome do Projecto: Sport For All - Desporto e Inovação Objectivos do projecto:. Envolvimento de jovens na criação de um programa inovador de prevenção e integração

Leia mais