Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG"

Transcrição

1 Agenda Meta-modelos Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG - Arquitetura MDA - Meta-modelo - Conceitos - Características - - XMI - Pacotes - Meta-modelo Alinhamento entre meta-modelos dos padrões da OMG - KM3 - Meta-modelagem vs Outras aplicações 2 Arquitetura MDA Meta-modelo Metamo delo Metamo delo Um meta-modelo é um modelo que descreve um modelo Ex: Meta-modelo de UML, meta-modelo de Java, meta-modelo de redes de Petri, etc. Conceitos e relações entre conceitos CIM PIM PSM Código Um modelo é uma instância de um meta-modelo Meta-linguagem é a linguagem usada para descrever metamodelos Aplicação 3 4 Meta-modelo Meta-modelo Base para especificação de transformações Define linguagens envolvidas na (fonte e destino) Meta-modelo pode especificar: Sintaxe de linguagens Sintaxe de formalismos Processos, Domínios, etc Meta-modelo de uma linguagem descreve sua sintaxe Meta-modelo = sintaxe abstrata [Fig. Kleppe et al.] 5 Não define semântica Alguns consideram as regras OCL como semântica estática 6 1

2 Meta-modelos Exemplo de meta-modelo 1.. * extends Metamodelo Meta-Modelo de Casos de Uso 0..1 actor +name usecase +title 0..* system +name includes Modelo Modelo Modelo Modelo UML: Diagrama de Casos de Uso PedirItem e-store ValidatarCartao 7 8 Formalismos: Ecore KM3, etc... Meta-modelos e OMG OMG Versões: 1.3, 1.4,..., 2.0 Padrões da OMG trazem junto: Um meta-modelo (UML, OCL, QVT, Semântica d Ações, etc) Versão 1.4 (mais simples) Meta-modelos e OMG UML 2.0 não é apenas uma atualização de UML 1.4 Voltada para DDM Especialista levaram 3 anos para projetar o meta-modelo de UML 2.0 UML 2.0 é uma instância de 2.0 Diagramas UML 2.0 são baseados em meta-modelos Versão 2.0 Complexa Versões alinhadas: UML, OCL, Semântica de Ações,... 9 UML 2.0 dá suporte a abstrações em diferentes perspectivas Casos de uso, diagramas de sequência, diagramas de classe, diagramas de atividades, etc. 10 Meta-Object Facility () Meta-Object Facility () Reusa diagrama de classes e OCL para especificar metamodelos Conceitos Pacote Classe Tipo de dados Associação Generalização Meta-modelo Conceitos e relações entre conceitos Terminologia Meta-classe Meta-atributo Meta-operação Tipo de Dados Meta-parâmetro Meta-associação associationend Referência possui um meta-modelo Classes Associação e generalização Meta-meta-modelo

3 Arquitetura MDA XMI - Motivação Meta-meta-modelo Meta-meta-modelo se auto-define Intercâmbio de meta-dados em geral CIM Metamo delo PIM PSM Metamo delo Código Interoperabilidade entre ferramentas Grande quantidade dos softwares utilizam diversas aplicações modeladas por diferentes empresas e ferramentas Exemplo: modelo UML desenvolvido no Poseidon e a empresa só possui licença do Rational Rose. Cooperação entre definições de meta-modelos Conteúdo da informação trocada entre duas ferramentas é limitado ao quanto cada ferramenta pode entender deste conteúdo Atualização de modelos em ambientes distribuídos Aplicação Geração de código a partir de modelos OO XMI - Introdução XMI - Características XMI (XML-based Metadata Interchange) é um formato de intercâmbio para meta-dados, definidos de acordo com o padrão Padrão da OMG Envolvidos: Unysis, IBM, Rational, Sybase, Genesis, Xerox, etc. XMI dá suporte ao intercâmbio de qualquer tipo de meta-dados que pode ser expresso em Intercâmbio serializado de meta-dados XMI mostra como salvar modelos em XML! 15 Integra UML, e XML Dá suporte a um conjunto de meta-dados completo, assim como fragmentos de meta-dados Documentos XML que possuem meta-dados de acordo com XMI, possuem: Elementos XML que são requeridos por XMI Elementos XML que contêm meta-dados de acordo com Elementos XML que contêm meta-dados de acordo com um metamodelo estendido Namespaces permite que um documento XML use múltiplos meta-modelos ao mesmo tempo 16 Exemplo de codificação XMI actor +name Cliente extends usecase 0..* * system +name +title includes e-store pediritem validarcartao <umlmodel> <usecase id = uc1 > <title visib = pub> pediritem </title> </usecase> <usecase id = uc2 > <title visib = pub> validarcartao </title> </usecase> <actor id = a1 > <name visib = pub> Cliente </name> </actor> <actor2usecase id = a12uc1 > <in idref = a1 /> <out idref = uc1 /> </actor2usecase> <actor2usecase id = a12uc2 > <in idref = a1 /> <out idref = uc2 /> </actor2usecase> </umlmodel> 17 Construção do meta-modelo 2.0 Voltada para reuso Abordagem modular Pacotes é baseado em UML alinhados UML 2.0 UML 2.0 Infrastructure ( 30 pacotes) UML 2.0 Superstructure ( 50 pacotes) Meta-modelo 2.0 reusa: UML 2.0 Infrastructure 18 3

4 Meta-modelos de padrões da OMG Pacotes UML::InfraStructure Agrupa um conjunto de elementos UML namespace Operadores Entre pacotes Cada elemento do modelo deve pertencer, no máximo, a um pacote UML::SuperStructure Relações entre pacotes: Dependências Aninhamento (sub-pacotes) Import elementimport Merge Pacotes Merge entre pacotes Integra elementos de dois pacotes em um pacote resultante UML 2.0 Infrastructure UML 2.0 Infrastructure::Core UML::InfrastructureLibrary::Core PrimitiveTypes Abstractions Basic Constructs

5 UML::Infrastructure::Core::PrimitiveTypes UML::Infrastructure::Core::Abstractions UML::Infrastructure:: Core::Abstractions UML::Infrastructure:: Core::Abstractions UML::Infrastructure:: Core::Abstractions UML::Infrastructure:: Core::Abstractions

6 UML::Infrastructure:: Core::Abstractions UML::Infrastructure:: Core::Basic UML::Infrastructure:: Core::Constructs UML 2.0 Superstructure Dividido em 3 pacotes de alto nível: Structure Diagramas estruturais Behavior Supplement Diagramas comportamentais Conceitos adicionais Sub-dividida em outros sub-pacotes UML 2.0 Superstructure Part I Structure UML 2.0 Superstructure Part II Behavior Conceitos relativos ao diagrama de classes Conceitos que permitem especificar a estrutura interna de uma classe (composição de elementos interconectados) Conceitos necessários aos aspectos dinâmicos Conceitos relativos ao diagrama de componentes Conceitos relativos ao diagrama de implantação Conceitos relativos à Semântica de Açoes

7 UML 2.0 Superstructure Part III Supplement 2.0 UML::Infrastructure PrimitiveTypes Basic Constructs Essential para elaboração de metamodelos sem associação <<merge>> E C <<merge>> Complete para elaboração de metamodelos com associação Meta-modelo E Meta-modelo E - Tipos E Meta-modelo E - Tipos de Dados E Meta-modelo E - Pacotes E

8 Meta-modelo E - Classes E Meta-modelo C Meta-modelo C Reusa diagrama de classes e OCL para especificar metamodelos Vantagens: Mais clara (notação visual) Baseada em grafos (abstrai ordem de leitura) Entidades (classes) têm uma estrutura e comportamento. Relações incluem generalização e associações indiretas Facilita o reuso Permite expressar constraints nos elementos da linguagem Modularidade refinada trouxe grande complexidade! Exercício Meta-modelo de XML em Especificar em, um meta-modelo simplificado para XML

9 Exercícios Especificar em, um meta-modelo simplificado para Java Especificar em um meta-modelo para uma gramática EBNF Estudar os meta-modelos de diagrama de classes e de casos de uso em UML 49 9

Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG Agenda - Motivação e Introdução Diagrama de - - Atores - Fluxo de eventos - Relacionamentos Franklin Ramalho Universidade Federal de Campina Grande - UFCG - Diagramas de - Exemplos - Meta-modelo MOF -

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 05 Material preparado por Fernanda Madeiral Delfim Tópicos Aula 5 Contextualização UML Astah

Leia mais

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Fapesp-PIPE Autores: Marco Antonio Pereira Antonio Francisco do Prado Mauro Biajiz Valdirene Fontanette Daniel Lucrédio Campinas-SP,

Leia mais

Arquitetura de Software

Arquitetura de Software Agenda de Software - Fundamentos e Tendências - Objetivos e Contexto de Software (A.S.) A.S. no Processo de Desenvolvimento Passado, Presente e Futuro Prof. Marco Fagundes mfagunde@tre-pa.gov.br 1 2 Objetivos

Leia mais

Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Coordenação de Pós-Graduação em Informática

Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Coordenação de Pós-Graduação em Informática Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Coordenação de Pós-Graduação em Informática Identificação de Diretrizes para a Construção de Meta-modelos na Infra-estrutura

Leia mais

Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software. Eduardo Barbosa da Costa

Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software. Eduardo Barbosa da Costa Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software Eduardo Barbosa da Costa Juiz de Fora, MG Julho de 2008 Arquitetura Orientado por Modelos aplicada a Linha de Produto de Software

Leia mais

de teste funcionais utilizando diagramas de sequência em UML

de teste funcionais utilizando diagramas de sequência em UML de teste funcionais utilizando diagramas de sequência em UML Fernanda Ressler Feiten 2 Resumo - execução dos testes de forma manual pelo testador. Casos de teste. Teste baseado em modelos. MDA. UML. ATL.

Leia mais

A história de UML e seus diagramas

A história de UML e seus diagramas A história de UML e seus diagramas Thânia Clair de Souza Vargas Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Florianópolis, SC Brazil thania@inf.ufsc.br Abstract.

Leia mais

Odyssey-MDA: Uma Ferramenta para Transformações de Modelos UML

Odyssey-MDA: Uma Ferramenta para Transformações de Modelos UML Odyssey-MDA: Uma Ferramenta para Transformações de Modelos UML Natanael E. N. Maia, Ana Paula B. Blois, Cláudia M. Werner COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Caixa Postal 68.511

Leia mais

Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA

Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA Otavio Pereira Suporte à Engenharia Reversa para o ambiente SEA Orientador: Ricardo Pereira e Silva Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Departamento de Informática e Estatística - INE Florianópolis

Leia mais

Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML

Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML Engenharia de Software I: Análise e Projeto de Software Usando UML Capítulo 1 Processo de Desenvolvimento de Software Metodologia de Desenvolvimento de Software Uma metodologia é um conjunto de métodos,

Leia mais

Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos

Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos Desenvolvimento de software orientado a características e dirigido por modelos Universidade Federal de Uberlândia Rodrigo Reis Pereira Prof. Dr. Marcelo Almeida Maia Agenda Motivação Introdução Modelagem

Leia mais

9. UML ASPECTOS AVANÇADOS

9. UML ASPECTOS AVANÇADOS 9. UML ASPECTOS AVANÇADOS Tópicos Introdução A Arquitectura do UML Mecanismos de Extensão Perfis UML XMI XML Metadata Interchange Introdução Vimos ao longo dos capítulos anteriores os principais aspectos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Bacharelado em Ciência da Computação

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR Bacharelado em Ciência da Computação SOFT DISCIPLINA: Engenharia de software AULA NÚMERO: 08 DATA: / / PROFESSOR: Andrey APRESENTAÇÃO O objetivo desta aula é apresentar e discutir conceitos relacionados a modelos e especificações. Nesta aula

Leia mais

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani Modelagem de Processos Prof.: Fernando Ascani Modelagem da arquitetura de negócios Arquitetura Definições Aurélio: Informática: Estrutura e organização lógica de funcionamento de um sistema computacional.

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas

Análise e Projeto de Sistemas Análise e Projeto de Sistemas Unified Modeling Language Benno Eduardo Albert benno@ufrj.br O que é modelagem Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML Ferramenta: Rational Rose. 2 O que é modelagem

Leia mais

Processo de Desenvolvimento Unificado

Processo de Desenvolvimento Unificado Processo de Desenvolvimento Unificado Processo de Desenvolvimento de Software? Conjunto de atividades bem definidas; com responsáveis; com artefatos de entrada e saída; com dependências entre as mesmas

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - MÓDULO 3 - MODELAGEM DE SISTEMAS ORIENTADA A OBJETOS COM UML 1. INTRODUÇÃO A partir de 1980, diversos métodos de desenvolvimento de sistemas surgiram para apoiar o paradigma orientado a objetos com uma

Leia mais

Itens estruturais/caso de uso. Itens estruturais/classe ativa. Itens estruturais/componente. Itens estruturais/artefatos. Itens comportamentais

Itens estruturais/caso de uso. Itens estruturais/classe ativa. Itens estruturais/componente. Itens estruturais/artefatos. Itens comportamentais Objetivos da UML Introdução a UML cbraga@ic.uff.br Uma linguagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar... e analisar. Desenvolvimento dirigido a modelos 2 Construções básicas Organizadas em

Leia mais

Composição de UML Profiles

Composição de UML Profiles Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Informática Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Composição de UML Profiles Kleinner Silva Farias de Oliveira Orientador:

Leia mais

Proposta de Trabalho de Conclusão de Curso

Proposta de Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA INE5638 INTRODUÇÃO A PROJETOS PROFº RENATO CISLAGHI Proposta de Trabalho de Conclusão de Curso SUPORTE

Leia mais

Especificação de Sistemas de Tempo-Real utilizando Orientação a Objetos

Especificação de Sistemas de Tempo-Real utilizando Orientação a Objetos Especificação de Sistemas de Tempo-Real utilizando Orientação a Objetos Marco Aurélio Wehrmeister mawehrmeister@inf.ufrgs.br Roteiro Introdução Orientação a Objetos UML Real-Time UML Estudo de Caso: Automação

Leia mais

Viabilidade de Construção de Software com MDD e MDA

Viabilidade de Construção de Software com MDD e MDA Viabilidade de Construção de Software com MDD e MDA André Sandri Ciência da Computação Centro Universitário La Salle (UNILASALLE) Av. Victor Barreto, 2288 92.010-000 Canoas RS Brazil andresandri@hotmail.com

Leia mais

THIAGO MORAES EXTRAÇÃO DO COMPORTAMENTO ESPECIFICADO EM MODELOS UML USANDO O ECLIPSE MODELING FRAMEWORK JOINVILLE SC

THIAGO MORAES EXTRAÇÃO DO COMPORTAMENTO ESPECIFICADO EM MODELOS UML USANDO O ECLIPSE MODELING FRAMEWORK JOINVILLE SC THIAGO MORAES EXTRAÇÃO DO COMPORTAMENTO ESPECIFICADO EM MODELOS UML USANDO O ECLIPSE MODELING FRAMEWORK JOINVILLE SC 2012 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS

Leia mais

MODELAGEM DE PROCESSOS

MODELAGEM DE PROCESSOS MODELAGEM DE PROCESSOS a a a PRODUZIDO POR CARLOS PORTELA csp3@cin.ufpe.br AGENDA Definição Objetivos e Vantagens Linguagens de Modelagem BPMN SPEM Ferramentas Considerações Finais Referências 2 DEFINIÇÃO:

Leia mais

Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo.

Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo. UML - Motivação - O que é um modelo? Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo. O que é um modelo? O que é um modelo? O

Leia mais

6 Ferramenta de Apoio ao Processo de Desenvolvimento de Sistemas Multi-Agentes

6 Ferramenta de Apoio ao Processo de Desenvolvimento de Sistemas Multi-Agentes 6 Ferramenta de Apoio ao Processo de Desenvolvimento de Sistemas Multi-Agentes A ferramenta MAS-ML Tool surgiu com o objetivo de viabilizar o processo de desenvolvimento proposto na Seção anterior, implementando

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Prof. M.Sc. Ronaldo C. de Oliveira ronaldooliveira@facom.ufu.br FACOM - 2011 Análise e Projeto Orientados a Objetos Análise e Projeto Orientados a Objetos O que é Análise e Projeto? Análise o quê Investigação

Leia mais

UML 2. Guia Prático. Gilleanes T.A. Guedes. Novatec. Obra revisada e ampliada a partir do título Guia de Consulta Rápida UML 2

UML 2. Guia Prático. Gilleanes T.A. Guedes. Novatec. Obra revisada e ampliada a partir do título Guia de Consulta Rápida UML 2 UML 2 Guia Prático Gilleanes T.A. Guedes Obra revisada e ampliada a partir do título Guia de Consulta Rápida UML 2 Novatec capítulo 1 Introdução à UML A UML (Unified Modeling Language ou Linguagem de Modelagem

Leia mais

UML Aspectos de projetos em Diagramas de classes

UML Aspectos de projetos em Diagramas de classes UML Aspectos de projetos em Diagramas de classes Após ser definido o contexto da aplicação a ser gerada. Devemos pensar em detalhar o Diagrama de Classes com informações visando uma implementação Orientada

Leia mais

PROFILE EM UML PARA MODELAGEM SIMPLIFICADA DE INTERFACES GRÁFICAS EM APLICATIVOS

PROFILE EM UML PARA MODELAGEM SIMPLIFICADA DE INTERFACES GRÁFICAS EM APLICATIVOS PROFILE EM UML PARA MODELAGEM SIMPLIFICADA DE INTERFACES GRÁFICAS EM APLICATIVOS André Sandri Prof. Me. Carlos Michel Betemps UNILASALLE - www.unilasalle.com.br 30 de junho de 2006 Curso de Ciências da

Leia mais

Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes

Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes Alexandro Deschamps (Ápice) alexandro@apicesoft.com Everaldo Artur Grahl (FURB/DSC) egrahl@furb.br Resumo. Uma das grandes

Leia mais

Introdução à Linguagem UML 1

Introdução à Linguagem UML 1 Introdução Introdução à Linguagem UML 1 Ricardo R. Gudwin DCA-FEEC-UNICAMP 30/09/2010 A Linguagem UML (Unified Modeling Language) é uma linguagem de modelagem que foi criada visando-se a criação de modelos

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas. O que é modelagem. O que é modelagem. Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML. Ferramenta: Rational Rose.

Análise e Projeto de Sistemas. O que é modelagem. O que é modelagem. Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML. Ferramenta: Rational Rose. Análise e Projeto de Sistemas Unified Modeling Language Benno Eduardo Albert benno@ufrj.br O que é modelagem Tripé de apoio ao desenvolvimento. Notação: UML Ferramenta: Rational Rose. 2 O que é modelagem

Leia mais

Unisant Anna Gestão Empresarial com ERP 2014 Modelagem de Sistemas - UML e MER

Unisant Anna Gestão Empresarial com ERP 2014 Modelagem de Sistemas - UML e MER Objetivo dessa aula é descrever as características e a simbologia dos diagramas UML e MER na modelagem de sistemas de informação de uma forma a permitir a comunicação entre técnicos e gestores. Modelagem

Leia mais

UML - Unified Modeling Language

UML - Unified Modeling Language UML - Unified Modeling Language Casos de Uso Marcio E. F. Maia Disciplina: Engenharia de Software Professora: Rossana M. C. Andrade Curso: Ciências da Computação Universidade Federal do Ceará 24 de abril

Leia mais

1. IBM Rational Software Modeler

1. IBM Rational Software Modeler Sumário 1. IBM Rational Software Modeler... 1 2. Criando o Perfil GeoProfile... 2 3. Adicionando Restrições OCL... 9 4. Adicionando Ícones aos Estereótipos... 13 5. Aplicando o Perfil GeoProfile... 14

Leia mais

Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW

Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW Histórico da Orientação a Objetos Ciclo de vida de Desenvolvimento de SW Baseado nos materiais dos profs: Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Edna Canedo Marcio de Carvalho Victorino Brasília-DF,

Leia mais

1. Visual Paradigm for UML

1. Visual Paradigm for UML Sumário 1. Visual Paradigm for UML... 1 2. Criando o Perfil GeoProfile... 2 3. Adicionando Ícones aos Estereótipos... 10 4. Aplicando o perfil GeoProfile... 12 1. Visual Paradigm for UML Visual Paradigm

Leia mais

Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM

Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM Model-Driven Engineering Geração de modelos de software e especificações usando a plataforma IBM Luiz Esmiralha IBM Eduardo Chiote IBM Quem somos Luiz Esmiralha Arquiteto de Aplicações / IBM 15 anos exp.

Leia mais

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet)

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) UML Felipe Denis M. de Oliveira Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) 1 Programação O que é UML? Por quê UML? Benefícios Diagramas Use Case Class State Interaction Sequence Collaboration Activity Physical

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Análise Descrição do problema a ser implementado Descrição dos objetos e classes que fazem parte do problema, Descrição

Leia mais

MC302A Modelagem de Sistemas com UML. Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br

MC302A Modelagem de Sistemas com UML. Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br MC302A Modelagem de Sistemas com UML Prof. Fernando Vanini vanini@ic.unicamp.br Modelamento de Sistemas e Orientação a Objetos O paradigma de Orientação a Objetos oferece um conjunto de características

Leia mais

Verificação de Artefatos de Diagramas de Classe UML através da Aplicação Testes de Design. Waldemar Pires Ferreira Neto

Verificação de Artefatos de Diagramas de Classe UML através da Aplicação Testes de Design. Waldemar Pires Ferreira Neto Verificação de Artefatos de Diagramas de Classe UML através da Aplicação Testes de Design Waldemar Pires Ferreira Neto Dissertação submetida à Coordenação do Curso de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS RESUMO Este artigo apresenta a especificação de um sistema gerenciador de workflow, o ExPSEE, de acordo com a abordagem de desenvolvimento baseado

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE ENGENHARIA DE SOFTWARE PARTE 2 LINGUAGEM DE MODELAÇÃO UML CAP. 4 UML VISÃO GERAL Tópicos Introdução Visão Histórica Tipos de Elementos Básicos Tipos de Relações Tipos de Diagramas Mecanismos Comuns TiposdeDados

Leia mais

Unified Modeling Language

Unified Modeling Language Unified Modeling Language Modelagem de Negócios e de Sistemas com Casos de Uso Denize Terra Pimenta dpimenta@gmail.com www.analisetotal.com.br Índice 2 1 Objetivos Esta palestra é uma introdução à modelagem

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Conceitos de Software Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma visão sobre o conceitos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO AUTOMÁTICO DE APLICAÇÕES E PLATAFORMAS DE TRABALHO EM NUVENS COMPUTACIONAIS

DESENVOLVIMENTO AUTOMÁTICO DE APLICAÇÕES E PLATAFORMAS DE TRABALHO EM NUVENS COMPUTACIONAIS DESENVOLVIMENTO AUTOMÁTICO DE APLICAÇÕES E PLATAFORMAS DE TRABALHO EM NUVENS COMPUTACIONAIS Hélder Pereira Borges 1,2, José Neuman de Souza 2, Bruno Schulze 3, and Antonio Roberto Mury 3 1 Federal Institute

Leia mais

JOSÉ EDUARDO BELIX UM ESTUDO SOBRE MDA: SUPORTE FORNECIDO PELA UML E REUSO DE SOLUÇÕES PRÉ-DEFINIDAS

JOSÉ EDUARDO BELIX UM ESTUDO SOBRE MDA: SUPORTE FORNECIDO PELA UML E REUSO DE SOLUÇÕES PRÉ-DEFINIDAS JOSÉ EDUARDO BELIX UM ESTUDO SOBRE MDA: SUPORTE FORNECIDO PELA UML E REUSO DE SOLUÇÕES PRÉ-DEFINIDAS Dissertação apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para a obtenção do título

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

Análise e Projeto Orientados por Objetos

Análise e Projeto Orientados por Objetos Análise e Projeto Orientados por Objetos Aula 02 Análise e Projeto OO Edirlei Soares de Lima Análise A análise modela o problema e consiste das atividades necessárias para entender

Leia mais

Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem

Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem Ontologia Aplicada ao Desenvolvimento de Sistemas de Informação sob o Paradigma da Computação em Nuvem Luiz Cláudio Hogrefe Orientador: Prof. Roberto Heinzle, Doutor Roteiro Introdução Fundamentação teórica

Leia mais

Exame de Qualificação para o Doutorado

Exame de Qualificação para o Doutorado Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Exame de Qualificação para o Doutorado EVOLMANAGER:

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM FACULDADE DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO THIAGO ISHIO

FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM FACULDADE DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO THIAGO ISHIO FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM FACULDADE DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO THIAGO ISHIO Uma Experiência no Desenvolvimento de Sistemas utilizando Arquitetura

Leia mais

SABiO: Systematic Approach for Building Ontologies

SABiO: Systematic Approach for Building Ontologies SABiO: Systematic Approach for Building Ontologies Ricardo de Almeida Falbo Engenharia de Ontologias Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Preocupações Principais do

Leia mais

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier Princípios de Análise e Projeto de Sistemas com UML 2ª edição Eduardo Bezerra Editora Campus/Elsevier Capítulo 11 Arquitetura do sistema Nada que é visto, é visto de uma vez e por completo. --EUCLIDES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software Anna Carla Mohr Verner Helder Eugenio dos Santos Puia Florianópolis,

Leia mais

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo?

O que é a UML? Introdução a UML. Objetivos da Modelagem. Modelos. A UML não é. Princípios da Modelagem. O que é um modelo? O que é a UML? Introdução a UML Linguagem Gráfica de Modelagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar Comunicar Artefatos de sistemas complexos Linguagem: vocabulário + regras de combinação

Leia mais

UML Visão Geral. Índice. Introdução. Diagramas. Modelos e diagramas. Elementos de modelação. Referências

UML Visão Geral. Índice. Introdução. Diagramas. Modelos e diagramas. Elementos de modelação. Referências UML Visão Geral 1 Índice Introdução O que é a UML? Valor da UML Origens da UML Parceiros da UML Modelos e diagramas Elementos de modelação Diagramas Diagrama de casos de utilização Diagrama de classes

Leia mais

Diagrama de Classes. Um diagrama de classes descreve a visão estática do sistema em termos de classes e relacionamentos entre as classes.

Diagrama de Classes. Um diagrama de classes descreve a visão estática do sistema em termos de classes e relacionamentos entre as classes. 1 Diagrama de Classes Um diagrama de classes descreve a visão estática do sistema em termos de classes e relacionamentos entre as classes. Um dos objetivos do diagrama de classes é definir a base para

Leia mais

Evolução Automatizada de Modelos Arquiteturais Concorrentes

Evolução Automatizada de Modelos Arquiteturais Concorrentes UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE INFORMÁTICA CIN Trabalho de Graduação Ciência da Computação Evolução Automatizada de Modelos Arquiteturais Concorrentes Camila Sá da Fonseca Recife, 14

Leia mais

Introduçãoa Engenhariade. Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA

Introduçãoa Engenhariade. Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA Introduçãoa Engenhariade Software Prof. Anderson Cavalcanti UFRN-CT-DCA O que é Software? O que é software? São programas de computadores, em suas diversas formas, e a documentação associada. Um programa

Leia mais

Jugurta Lisboa Filho

Jugurta Lisboa Filho MundoGEO#Connect LatinAmerica 2012 29 a 31 de Maio São Paulo (SP) Brasil SEMINÁRIO QUALIDADE DE DADOS GEOESPACIAIS Modelagem e integração de dados espaciais e não espaciais Projeto CASEGeo/UFV Jugurta

Leia mais

Modelagem OO com UML. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza

Modelagem OO com UML. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Modelagem OO com UML Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo Modelos Maneira

Leia mais

O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software

O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software Fernando Silva Parreiras Objetivo Demonstrar a aplicação de ferramentas de gestão de conteúdo, especificamente o plone, no apoio a

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC DCC Departamento de Ciência da Computação Joinville-SC

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC DCC Departamento de Ciência da Computação Joinville-SC CURSO: Bacharelado em Ciência da Computação DISCIPLINA: ANPS Análise e Projeto de Sistemas AULA NÚMERO: 3 DATA: PROFESSOR: Murakami Sumário 1 APRESENTAÇÃO...1 2 DESENVOLVIMENTO...1 2.1 Revisão...1 2.1.1

Leia mais

Unified Process. Sueleni Mendez Batista. Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita

Unified Process. Sueleni Mendez Batista. Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita Unified Process Sueleni Mendez Batista Orientadora: Dra. Elisa Hatsue Moriya Huzita Processo de Desenvolvimento de Software 8O processo de desenvolvimento de software é um conjunto de atividades e resultados

Leia mais

Camila de Luna Maciel

Camila de Luna Maciel Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Coordenação de Pós-Graduação em Informática Dissertação de Mestrado Uma Abordagem Dirigida por Modelos para a Geração

Leia mais

Anne Caroline Oliveira Rocha

Anne Caroline Oliveira Rocha Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Coordenação de Pós-Graduação em Informática Automação da Técnica de Inspeção Guiada para Conformidade entre Requisitos

Leia mais

Análise e Projeto Orientados a Objeto

Análise e Projeto Orientados a Objeto Análise e Projeto Orientados a Objeto com UML e Padrões Parte I Análise, Projeto, e Processo Baseado em Craig Larman 1 Aplicando UML, Padrões e APOO Objetivo Desenvolver habilidades práticas na utilização

Leia mais

1. Introdução 2. Desenvolvimento de Softwares orientado a objetos 3. UML A unificação dos métodos para a criação de um novo padrão 4. Uso da UML 5.

1. Introdução 2. Desenvolvimento de Softwares orientado a objetos 3. UML A unificação dos métodos para a criação de um novo padrão 4. Uso da UML 5. 1. Introdução 2. Desenvolvimento de Softwares orientado a objetos 3. UML A unificação dos métodos para a criação de um novo padrão 4. Uso da UML 5. Fases do Desenvolvimento de um Sistema em UML 1. Análise

Leia mais

Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. UML Diagramas Um diagrama é a apresentação gráfica de um conjunto de elementos, onde os vértices são ITENS e os arcos RELACIONAMENTOS UML 2.0 possui os seguintes diagramas: Diagrama de Classes (Class Diagram)

Leia mais

Especificação e Implementação de uma Linguagem para Transformação de Modelos MOF em Repositórios dmof

Especificação e Implementação de uma Linguagem para Transformação de Modelos MOF em Repositórios dmof UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA Especificação e Implementação de uma Linguagem para Transformação de Modelos MOF em Repositórios

Leia mais

Unified Modeling Language UML - Notações

Unified Modeling Language UML - Notações Unified Modeling Language UML - Notações Prof. Ms. Elvio Gilberto da Silva elvio@fmr.edu.br UML Ponto de Vista É gerada com propósito geral de uma linguagem de modelagem visual usada para especificar,

Leia mais

Programa Analítico. Introdução. Origens da programação Orientada a Objetos. Paradigma procedural. Paradigma Orientado a Objetos.

Programa Analítico. Introdução. Origens da programação Orientada a Objetos. Paradigma procedural. Paradigma Orientado a Objetos. Programação II Prof. Gustavo Willam Pereira e-mail: gustavowillam@gmail.com ENG10082 Programação II 1 Ementa Programação orientada a objetos: classes e objetos, atributos e métodos, especificadores de

Leia mais

Unified Software Development Process

Unified Software Development Process 59/170 Unified Software Development Process Sumário Breve história do Unified Process O Unified Process O ciclo de vida do Unified Process O RUP (Rational Unified Process) 60/170 Breve História do Unified

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Orientação à Objetos. Aécio Costa

Orientação à Objetos. Aécio Costa Aécio Costa O paradigma da orientação à objetos Paradigma? Um paradigma é uma forma de abordar um problema. No contexto da modelagem de um sistema de software, um paradigma tem a ver com a forma pela qual

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto

Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto Desenvolvimento de Sistemas Orientados a Objetos com UML UP/RUP: Projeto Engenharia de Software I Informática 2009 Profa. Dra. Itana Gimenes RUP: Artefatos de projeto Modelo de Projeto: Use-Case Realization-projeto

Leia mais

Introdução à Engenharia de Software

Introdução à Engenharia de Software Introdução à Engenharia de Software Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Imagem Clássica Objetivo da aula Depois desta aula você terá uma visão sobre o que é a engenharia

Leia mais

UMA ARQUITETURA BASEADA EM MODELOS - MDA. helderpb@hotmail.com, {bruno.schulze, neuman.souza, a.roberto.m}@gmail.com

UMA ARQUITETURA BASEADA EM MODELOS - MDA. helderpb@hotmail.com, {bruno.schulze, neuman.souza, a.roberto.m}@gmail.com UMA ARQUITETURA BASEADA EM MODELOS - MDA Hélder Pereira Borges 1,2, José Neuman de Souza 2, Bruno Schulze 3, and Antonio Roberto Mury 3 1 Federal Institute of Education, Science and Technology of Maranhão,

Leia mais

ADEQUAÇÃO DE UM PERFIL UML PARA MODELAGEM CONCEITUAL DE BANCOS DE DADOS GEOGRÁFICOS AOS PADRÕES ISO E OGC USANDO MDA

ADEQUAÇÃO DE UM PERFIL UML PARA MODELAGEM CONCEITUAL DE BANCOS DE DADOS GEOGRÁFICOS AOS PADRÕES ISO E OGC USANDO MDA FILIPE RIBEIRO NALON ADEQUAÇÃO DE UM PERFIL UML PARA MODELAGEM CONCEITUAL DE BANCOS DE DADOS GEOGRÁFICOS AOS PADRÕES ISO E OGC USANDO MDA Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como

Leia mais

Pós-Graduação em Engenharia de Software com UML

Pós-Graduação em Engenharia de Software com UML Pós-Graduação em Engenharia de Software com UML Desenvolvimento Baseado em Componentes I Fundamentos E-mail: sergio.tanaka@audare.com.br DBC Parte I Motivação Reutilização de Software Desenvolvimento Baseado

Leia mais

UML: Unified Modeling Language. Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes

UML: Unified Modeling Language. Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes UML: Unified Modeling Language Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes Unified Modelling Language (UML) Não é uma linguagem de programação. Linguagem de modelagem visual utilizada para especificar,

Leia mais

Introdução ao Paradigma Orientado a Objetos. Principais conceitos

Introdução ao Paradigma Orientado a Objetos. Principais conceitos Introdução ao Paradigma Orientado a Objetos Principais conceitos Paradigmas de Programação PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA X PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Paradigma Programação estruturada Na programação estrutura

Leia mais

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software

Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Transformando Modelos da MDA com o apoio de Componentes de Software Marco Antonio Pereira 1, Antonio Francisco do Prado 1, Mauro Biajiz 1, Valdirene Fontanette 1, Daniel Lucrédio 2 1 Universidade Federal

Leia mais

Extreme Programming (XP)

Extreme Programming (XP) 3 Extreme Programming (XP) Este capítulo apresenta o processo ágil de desenvolvimento de software Extreme Programming (XP). A seção 3.1 apresenta uma visão geral do capítulo e a seção 3.2 uma introdução

Leia mais

UML Linguagem de Modelagem Unificada

UML Linguagem de Modelagem Unificada Modelagem de Sistemas UML Linguagem de Modelagem Unificada Prof. Mauro Lopes 1-25 Objetivos Nesta aula iremos apresentar os elementos conceituais da Linguagem de Modelagem Unificada (UML). Boa aula a todos.

Leia mais

Guia de Modelagem de Casos de Uso

Guia de Modelagem de Casos de Uso Guia de Modelagem de Casos de Uso Sistema de e-commerce de Ações Versão 1.1 1 Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor 13 de Setembro de 2008 1.0 Criação do documento Antonio Marques 28 de Setembro

Leia mais

Model Driven Architecture-MDA e um estudo de caso.

Model Driven Architecture-MDA e um estudo de caso. Model Driven Architecture-MDA e um estudo de caso. Emmanuel da Costa Galo 1, Jandira Guenka Palma 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970

Leia mais

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição 15 2 Conceitos relativos a Web services e sua composição A necessidade de flexibilidade na arquitetura das aplicações levou ao modelo orientado a objetos, onde os processos de negócios podem ser representados

Leia mais

Uma Abordagem usando PU

Uma Abordagem usando PU Uma Abordagem usando PU Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Baseada em: Rational Software Corpotation G. Booch, Ivar Jacobson,

Leia mais

Relatório do TFC Case Tool e UML. do curso de. Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores (LEIC) Ano Lectivo 2002 / 2003

Relatório do TFC Case Tool e UML. do curso de. Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores (LEIC) Ano Lectivo 2002 / 2003 Relatório do TFC Case Tool e UML do curso de Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Departamento de Engenharia (LEIC) Informática Ano Lectivo 2002 / 2003 N.º da Proposta: Título: Relatório

Leia mais

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani

Modelagem de Processos. Prof.: Fernando Ascani Modelagem de Processos Prof.: Fernando Ascani Bibliografia UML Guia de consulta rápida Douglas Marcos da Silva Editora: Novatec UML Guia do usuário Grady Booch James Rumbaugh Ivair Jacobson Editora: Campus

Leia mais

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade;

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; 1 ARQUITETURA E DESIGN DE SOFTWARE O que é Arquitetura? do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; do dicionário: Arte de projetar e construir prédios,

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software O software é algo abstrato, pois são as instruções que quando executadas atingem o propósito desejado no sistema computacional. (Algoritmo). As principais características são: Complexidade:

Leia mais

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Visão Geral da UML SSC 121 - Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Conteúdo Introdução Ferramentas de Apoio Diagramas da UML Elementos Genéricos Material sobre UML

Leia mais

EMF. Eclipse Modeling Framework. José G. de Souza Júnior. direção: Dr. Denivaldo Lopes

EMF. Eclipse Modeling Framework. José G. de Souza Júnior. direção: Dr. Denivaldo Lopes Engineering for a better life EMF Eclipse Modeling Framework José G. de Souza Júnior direção: Dr. Denivaldo Lopes LESERC (Laboratório de Engenharia de Software e Rede de Computadores) Web Site: http://www.leserc.dee.ufma.br/

Leia mais