Ficha da Unidade Curricular

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ficha da Unidade Curricular"

Transcrição

1 ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Infrmática U.C. REDES DE COMPUTADORES Ficha da Unidade Curricular Hras presenciais / An 56 An Lectiv 2010 / 2011 Hras presenciais / Semana 4 An / Semestre 2º / 2º T Teóricas 2 Obrigatória TP Teóric - Práticas Opcinal P Práticas PL Práticas - Labratriais 2 Anual OT Orientaçã - Tutrial Semestral E Estági O Outra Crédits ECTS 6 Objectivs Gerais: - Cnhecer e cmpreender s cnceits mais relevantes nas áreas de cmunicaçã de dads; - Implementar redes IP. Objectivs Específics: Após a cnclusã desta Unidade Curricular, estudante deverá ser capaz de: - Identificar s diverss tips de redes de cmputadres; - Identificar s diverss tips de equipaments activs de redes de cmputadres; - Identificar s principais prblemas em redes de cmputadres; - Cmpreender cm funcinam as redes de cmputadres e respectivs equipaments; - Utilizar e cnfigurar redes de cmputadres. Prgrama Resum: - Intrduçã às redes de cmputadres - Cmunicaçã de Dads - Meis de transmissã - Transmissã de dads - Ligaçã de dads (data link) - Redes de Cmunicaçã de Dads - Arquitecturas de Redes - Redes Lcais de Cmputadres (LANs) - Redes de área alargada (WANs) Instruções de preenchiment: 1.Os bjectivs gerais, s bjectivs específics e prgrama resum têm que caber nesta página. 2.Nã alterar as frmatações. ESTGF-PR04-Md.006V4

2 Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS DEGREE Degree in Cmputer Engineering C.U. COMPUTER NETWORKS Teaching hurs / Year 56 Academic year 2010 / 2011 Teaching hurs / Week 4 Year / Semester 2nd / 2nd T - Lectures 2 Cmpulsry TP Theretical - Practical Optinal P - Practical PL Labratrial 2 Annual OT Tutrial Semi-annual E Prfessinal Training O Supervising Credits ECTS 6 General Objectives: - Knw and understand the key cncepts f data cmmunicatins; - Implement IP netwrks. Specific Objectives: After cncluding this Curricular Unit, the student shuld be able t: - Identify the several types f cmputer netwrks; - Identify the cmpnents f cmputer netwrks; - Identify the main prblems related t cmputer netwrks; - Understand hw cmputer netwrks, and their cmpnents, perate; - Use and cnfigure cmputer netwrks. Prgram summary: - Intrductin t cmputer netwrks - Data cmmunicatin - Transmissin mediums - Data transmissin - Data link - Cmputer netwrks - Cmputer netwrks architectures - Lcal Area Netwrks - Wide Area Netwrks Instruções de preenchiment: 1.Os bjectivs gerais, s bjectivs específics e prgrama resum têm que caber nesta página. 2.Nã alterar as frmatações. ESTGF-PR04-Md.006V4

3 Prgrama Aulas Teóricas Intrduçã Sistema de cmunicaçã - mdel e funções Interligaçã de cmputadres Principais tips de redes Tecnlgias de cmutaçã; caracterizaçã sumária e evluçã Cmunicaçã de Dads Transmissã de sinais Meis de transmissã Pares de cbre, cab caxial, fibra óptica, micr-ndas, infra-vermelhs Sistemas de transmissã digital Banda de base; códigs de transmissã Banda de canal; mdulações digitais Transmissã de dads Organizaçã ds dads: caracteres e tramas Mds de transmissã: assíncrna e síncrna Mds de cmunicaçã: simplex, half-duplex e full-duplex Ligaçã de dads (data link) Cnceit e principais funções Cntrl da ligaçã Redes de Cmunicaçã de Dads Cmunicaçã entre cmputadres Cmutaçã de Circuits Cmutaçã de Pactes Arquitecturas de Redes Necessidade de mdels arquitectónics Mdels arquitectónics estruturads em camadas; princípis Prtcls, Interfaces e Serviçs Mdel OSI Arquitectura TCP/IP Redes Lcais de Cmputadres (LANs) Caracterizaçã e atributs essenciais de LANs Tplgias: estrela, barrament, anel Prtcls de acess Arquitectura IEEE 802 Cablagens estruturadas; hubs e LAN switches Interligaçã de LANs: bridges e ruters Redes de área alargada (WANs) A Internet Interligaçã de subredes; cnstituiçã e evluçã da Internet Instruções de preenchiment: 1.Nã alterar as frmatações. ESTGF-PR04-Md.006V4

4 Pilha prtclar TCP/IP Aulas Práticas Serviçs IP (em linha de cmands) Prtcls IP, ICMP e ARP Prtcls TCP e UDP; serviç de Transprte interface de sckets Prtcls de Aplicaçã Telnet, FTP, HTTP, SMTP, POP3 Endereçament IP Endereçament IP pr classes Endereçament IP pr Variable Length Subnet Mask (VLSM) Interligaçã LAN/WAN Segmentaçã de redes lcais (VLAN) Encaminhament IP (estátic e dinâmic) Bibligrafia Básica William Stallings, Data and Cmputer Cmmunicatins, ed. Prentice-Hall (7th Editin, 2004) Andrew Tannenbaum, Cmputer Netwrks, ed. Prentice-Hall (4th Editin, 2002) Edmund Mnteir e Fernand Bavida, Engenharia de Redes Infrmáticas, FCA, 2000 Nta: A bibligrafia básica nã deverá ultrapassar 3 u 4 referências distintas, de acrd cm dispst n n.º 2 (alínea a) e 4 d Despach IPP/PR-155/2002. Cmplementar W. Richard Stevens, TCP/IP Illustrated, Vlume 1: The Prtcls, ed. Addisn-Wesley (1st Editin, 1994) Duglas Cmer, Internetwrking with TCP/IP, Vlume 1: Principles, Prtcls and Architecture, ed. Prentice- Hall (4th Editin, 2000) Nta: A bibligrafia cmplementar deve atender a dispst n n.º 5 d Despach IPP/PR- 155/2002. Instruções de preenchiment: 1.Nã alterar as frmatações. ESTGF-PR04-Md.006V4

5 Métds de Avaliaçã Nta Final= 100 % exame teóric + % exame prátic Avaliaçã pr Exame Final 1 Mínims: Exame teóric: 9,5 valres (0 a 20) Exame prátic: valres (0 a 20) Observações Teste escrit, cmpst pr três cmpnentes (I a III) cm a mesma pnderaçã na nta final (33,3% cada). A Cmpnente I refere-se à parte d prgrama identificad para as aulas teóricas. A Cmpnente II refere-se as tópics Serviçs IP e Endereçament IP d prgrama identificad para as aulas práticas. A Cmpnente III refere-se a tópic Interligaçã LAN/WAN d prgrama identificad para as aulas práticas. Cndições de dispensa de avaliaçã pr exame final Os estudantes pdem antecipar a avaliaçã das várias cmpnentes d exame durante períd lectiv. Para tal serã efectuadas as seguintes prvas de avaliaçã: - Mini teste #1 Teste escrit, incidind sbre a Cmpnente II d exame; - Mini teste #2 Teste labratrial, incidind sbre a Cmpnente III d exame; - Mini teste #3 Teste escrit, incidind sbre a Cmpnente I d exame; A cnclusã cm sucess de cada uma destas prvas de avaliaçã implica, brigatriamente, a dispensa da respectiva cmpnente d Exame Final, send atribuída à cmpnente a nta btida na prva de avaliaçã. Em situações de tentativa de melhria de nta ttal u parcial, nã haverá lugar à dispensa de nenhuma cmpnente, tend estudante de respnder à ttalidade d exame final. Mínims: Cada prva de avaliaçã: 7,5 valres (0 a 20) Média das prvas crrespndentes à dispensa de: - exame teóric: 9,5 valres (0 a 20) - exame prátic: valres (0 a 20) 1 Avaliaçã realizada nas épcas: nrmal, recurs e especial. Instruções de preenchiment: 1.Nã alterar as frmatações. ESTGF-PR04-Md.006V4

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ENGENHARIA DE SOFTWARE I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 /

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 84 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. COMPUTAÇÃO MÓVEL E UBÍQUA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE BASES DE DADOS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. FINANÇAS EMPRESARIAIS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 42 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. MARKETING Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas presenciais

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2012/13 Unidade Curricular Redes de Computadores ECTS 5 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 2º sem Horas de trabalho globais Docente (s) Sérgio Duarte Total 140 Contacto

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo

Leia mais

I. Dados Identificadores Tecnologia em Desenvolvimento de Sistemas de Informação

I. Dados Identificadores Tecnologia em Desenvolvimento de Sistemas de Informação Plano de Ensino 2013 I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Desenvolvimento de Sistemas de Informação Disciplina Redes de Computadores Módulo Organização da Informação Carga Horária Semanal: 04 ha

Leia mais

Cursos Profissionais de Nível Secundário (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março)

Cursos Profissionais de Nível Secundário (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) REFERENCIAL DE FORMAÇÃO Curss Prfissinais de Nível Secundári (Decret-Lei n.º 74/2004, de 26 de Març) Família Prfissinal: 07 - Infrmática 1. QUALIFICAÇÕES / SAÍDAS PROFISSIONAIS As qualificações de nível

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular (UC)

Ficha da Unidade Curricular (UC) Impressão em: 03-01-2013 16:10:13 Ficha da Unidade Curricular (UC) 1. Identificação Unidade Orgânica : Escola Superior de Tecnologia e Gestão Curso : [IS] Informática para a Saúde Tipo de Curso : UC/Módulo

Leia mais

Mestrado em Sistemas de Informação

Mestrado em Sistemas de Informação U n i v e r s i d a d e d M i n h Departament de Sistemas de Infrmaçã Mestrad em Sistemas de Infrmaçã 2003/2005 Tecnlgias de Streaming em Cntexts de Aprendizagem Sb a rientaçã d Prfessr Dutr Henrique Sants

Leia mais

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos Estági II Semestral 6 Invaçã e Desenvlviment de Prduts Turístics Desenvlviment e Operacinalizaçã de Prjects Turístics Inglês Técnic IV Legislaçã e Ética d Turism Opçã Semestral 4 6/6 Sistemas de Infrmaçã

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE COMUNICAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE COMUNICAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular REDES DE COMUNICAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM ANO: 11º Redes de Comunicação ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/8 Componentes de um sistema de comunicações; Sistemas Simplex, Half-Duplex e Full- Duplex; Transmissão de sinais analógicos e digitais; Técnicas

Leia mais

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC)

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) 1 III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) III.3.1. DEFINIÇÃO A tecnlgia HFC refere-se a qualquer cnfiguraçã de fibra ótica e cab caxial que é usada para distribuiçã lcal de serviçs de cmunicaçã faixa

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano

Leia mais

Introdução às Redes e Serviços de Comunicação Redes e Sistemas de Telecomunicações. T TP P Ciclo 1º Ano 3º Semestre 1º Horas/semana 2 2 Créditos

Introdução às Redes e Serviços de Comunicação Redes e Sistemas de Telecomunicações. T TP P Ciclo 1º Ano 3º Semestre 1º Horas/semana 2 2 Créditos Curso: Engenharia Electrónica e Redes de Computadores Licenciatura Bi-etápica Disciplina: Subgrupo: Introdução às Redes e Serviços de Comunicação Redes e Sistemas de Telecomunicações Ano lectivo: 2006

Leia mais

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação AULA 01 INTRODUÇÃO Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação CONCEITO Dois ou mais computadores conectados entre si permitindo troca de informações, compartilhamento de

Leia mais

GRUPO DISICPLINAR - Informática

GRUPO DISICPLINAR - Informática Curso: Tecnológico de Informática ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/8 1ª UNIDADE DE ENSINO-APRENDIZAGEM: Fundamentos de Transmissão CARGA HORÁRIA: 10 UNIDADES LECTIVAS 1º PERÍODO Noções Básicas de Transmissão

Leia mais

Plano de Estudos do Curso de Licenciatura em Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores; Ramo: Automação e Sistemas

Plano de Estudos do Curso de Licenciatura em Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores; Ramo: Automação e Sistemas Área de Especializaçã: Autmaçã e Sistemas Licenciatura em Engenharia Electrtécnica Electrónica e Cmputadres; Ram: Autmaçã e Sistemas Cmpetências An / Semestre Interligaçã e Gestã de Redes Interligaçã e

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES 08/2013 Material de apoio Conceitos Básicos de Rede Cap.1 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica.

Leia mais

Introdução a redes de computadores UNESP - São José do Rio Preto andre.proto@sjrp.unesp.br O que será abordado O que é uma rede Transmissão de dados em meios físicos Tipos de transmissão Classificação

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LOCAL: Concórdia DISCIPLINA: Redes de Computadores CARGA HORÁRIA: 72hrs FASE: 4ª SEMESTRE: 2 ANO: 2015 PROFESSOR: Jackson Laskoski EMENTA Evolução das redes

Leia mais

Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde

Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde Curs Prfissinal de Técnic Auxiliar de Saúde Planificaçã Anual de Higiene, Segurança e Cuidads Gerais An Letiv 2014/2015 Códig Módul Cnteúds - - Apresentaçã 17/09/14 - - Avaliaçã Diagnóstica Inicial 6572

Leia mais

Redes e Serviços em Banda Larga

Redes e Serviços em Banda Larga Redes e Serviços em Banda Larga Redes Locais de Alta Velocidade Paulo Coelho 2002 /2003 1 Introdução Fast Ethernet Gigabit Ethernet ATM LANs 2 Características de algumas LANs de alta velocidade Fast Ethernet

Leia mais

Redes de computadores e Internet

Redes de computadores e Internet Polo de Viseu Redes de computadores e Internet Aspectos genéricos sobre redes de computadores Redes de computadores O que são redes de computadores? Uma rede de computadores é um sistema de comunicação

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede Prcesss de Api d Grup Cnsultiv 5.5 Suprte Infrmátic Direit de Acess à Rede Suprte Infrmátic - Dcuments 5.5 Âmbit e Objectiv Frmuláris aplicáveis Obrigatóris Obrigatóris, se aplicável Frmulári de Mapa de

Leia mais

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull Informática Aplicada I Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull 1 Conceito de Sistema Operacional Interface: Programas Sistema Operacional Hardware; Definida

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Rafael Freitas Reale Aluno: Data / / Prova Final de Redes Teoria Base 1) Qual o tipo de ligação e a topologia respectivamente

Leia mais

Agenda. Rede de Computadores (Técnico em Informática) Modelo em Camadas. Modelo em Camadas. Modelo em Camadas 11/3/2010

Agenda. Rede de Computadores (Técnico em Informática) Modelo em Camadas. Modelo em Camadas. Modelo em Camadas 11/3/2010 Rafael Reale; Volnys B. Bernal 1 Rafael Reale; Volnys B. Bernal 2 Agenda de Computadores (Técnico em Informática) Modelo em Camadas Modelo em Camadas Modelo de Referênica OSI Rafael Freitas Reale reale@ifba.edu.br

Leia mais

Licenciatura em Engenharia Multimédia

Licenciatura em Engenharia Multimédia Licenciatura em Engenharia Multimédia Unidade Curricular Redes e Internet I Networking and Internet I Objetivos -Compreender os fundamentos de redes e protocolos, nomeadamente o Modelo OSI e TCP/IP; -Entender

Leia mais

CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO

CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO EA.TAS.6.1.13 HELPCARE CURSO DE TRIPULANTE DE AMBULÂNCIA DE SOCORRO Prpsta Curs de Tripulante de Ambulância de Scrr Fundamentaçã O scrr e transprte de vítimas de dença súbita e/u trauma é executad pr váris

Leia mais

AULA 03 MODELO OSI/ISO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação

AULA 03 MODELO OSI/ISO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação AULA 03 MODELO OSI/ISO Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação INTRODUÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 PROTOCOLOS Protocolo é a regra de comunicação usada pelos dispositivos de uma

Leia mais

Aula 00 Apresentação da Disciplina

Aula 00 Apresentação da Disciplina Aula 00 Apresentação da e Aplicações Período Letivo 4ª série Carga Horária 120h (160 h/a) 02 Encontros Semanais 5M56 6M56 2 e Aplicações Objetivos Entender os conceitos básicos sobre comunicação de dados;

Leia mais

Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina

Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Plano de Ensino - 2014 I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Redes de Computadores Professor MÁRCIO DE SANTANA Período Noturno Módulo Organização

Leia mais

Regime Diurno Nocturno Horas/semana T Teórica 1,5 Ano 2 2 T/P Teórico/Prática 1,5 Semestre 2 2 P Prática 4 OT Orientação Tutória...

Regime Diurno Nocturno Horas/semana T Teórica 1,5 Ano 2 2 T/P Teórico/Prática 1,5 Semestre 2 2 P Prática 4 OT Orientação Tutória... Grupo de disciplinas: Sistemas de Computação Anual Semestral X Obrigatória X Opcional Regime Diurno Nocturno Horas/semana T Teórica 1,5 Ano 2 2 T/P Teórico/Prática 1,5 Semestre 2 2 P Prática 4 OT Orientação

Leia mais

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Prof. George Silva

Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática. Prof. George Silva Módulo de Transmissão e Ativos de Rede Curso Técnico de Informática Prof. George Silva FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA COMPONENTES ATIVOS DE REDES AULA 04 Objetivo Entender o encapsulamento de dados

Leia mais

Visão por Computador. http://gec.di.uminho.pt/lesi/vpc, http://gec.di.uminho.pt/mcc/vpc. LESI / LMCC 5º Ano. Introdução

Visão por Computador. http://gec.di.uminho.pt/lesi/vpc, http://gec.di.uminho.pt/mcc/vpc. LESI / LMCC 5º Ano. Introdução Visã pr Cmputadr http://gec.di.uminh.pt/lesi/vpc, http://gec.di.uminh.pt/mcc/vpc LESI / LMCC 5º An Intrduçã Jã Luís Ferreira Sbral Departament d Infrmática Universidade d Minh Setembr 2003 Prgrama Intrduçã

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. Contabilidade I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 70 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Tecnologia de Redes. Protocolo ICMP

Tecnologia de Redes. Protocolo ICMP Volnys B. Bernal (c) 1 Tecnologia de Redes Protocolo ICMP Internet Control Message Protocol Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Volnys B. Bernal (c) 2 Agenda Protocolo

Leia mais

Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose)

Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose) Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose) 1. Quais são os tipos de redes de computadores e qual a motivação para estudá-las separadamente? Lan (Local Area Networks) MANs(Metropolitan Area Networks) WANs(Wide

Leia mais

Organização da Unidade Curricular

Organização da Unidade Curricular Organização da Unidade Curricular 1 Docente: Halestino Pimentel E-Mail: halestino@ipb.pt Página Pessoal: www.ipb.pt/~halestino Gabinete: 54 Horário de Atendimento: Quarta-feira 11:00h às 13:00h Quinta-feira

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 Inserir data e Hra 08/10/2012 N.º PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnic De Turism 2010/2013 DISCIPLINA: Operações Técnicas em Empresas Turísticas An: 3º N.º TOTAL

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. TÉCNICAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Horas presenciais / Ano 42 Ano Lectivo

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE Conteúdos 1.Conceitos básicos 1.1. Rede de Comunicação 1.2. Redes de dados 1.3. Transmissão de Dados 1.4. A Informação 2.Redes de dados 2.1. Importância 2.2. Áreas de Aplicação 2.2.1.Perspectiva de evolução

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Teoria e Prática Douglas Rocha Mendes Novatec Sumário Agradecimentos...15 Sobre o autor...15 Prefácio...16 Capítulo 1 Introdução às Redes de Computadores...17 1.1 Introdução... 17

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2012/13 Unidade Curricular Engenharia de Redes ECTS 5 Regime Obrigatório Ano 3º Semestre 1º sem Horas de trabalho globais Docente (s) Sérgio Duarte Total 140 Contacto

Leia mais

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA

Leia mais

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição Julh 2010 Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids à EDP Distribuiçã DGF/Departament Gestã de Materiais e Equipaments Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Conteúdo 1 Topologia de Redes 5 Escalas 5 Topologia em LAN s e MAN s 6 Topologia em WAN s 6 2 Meio Físico 7 Cabo Coaxial 7 Par Trançado 7 Fibra Óptica 7 Conectores 8 Conector RJ45 ( Par trançado ) 9 Conectores

Leia mais

T12 Resolução de problemas operacionais numa Companhia Aérea

T12 Resolução de problemas operacionais numa Companhia Aérea T12 Resluçã de prblemas peracinais numa Cmpanhia Aérea Objectiv Criar um Sistema Multi-Agente (SMA) que permita mnitrizar e reslver s prblemas relacinads cm s aviões, tripulações e passageirs de uma cmpanhia

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvlviment de Sistemas 3ª série Fundaments de Sistemas Operacinais A atividade prática supervisinada (ATPS) é um métd de ensinaprendizagem desenvlvid

Leia mais

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional. Integralização Curricular

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional. Integralização Curricular ANO ANO Missã d Curs É missã d Curs de Arquitetura e Urbanism da UFC frmar prfissinais capacitads a pesquisar, cnceber e cnstruir, cm visã crítica da realidade sci-ecnômica e cnheciment aprfundad d cntext

Leia mais

EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 2

EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 2 EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL REGULAMENTO ESPECÍFICO: EQUIPAMENTOS PARA A COESÃO LOCAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 2 Ns terms d regulament específic Equipaments para a Cesã Lcal,

Leia mais

Academia FI Finanças

Academia FI Finanças Academia FI Finanças A Academia é melhr caminh para especializaçã dentr de um tema n ERP da SAP. Para quem busca uma frmaçã cm certificaçã em finanças, mais indicad é participar da próxima Academia de

Leia mais

Tecnologia de Redes. Protocolo TCP

Tecnologia de Redes. Protocolo TCP Volnys B. Bernal (c) 1 Tecnologia de Redes Protocolo TCP Transmission Control Protocol Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Volnys B. Bernal (c) 2 Agenda Introdução Pacote

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Criado em 1974 Protocolo mais utilizado em redes locais Protocolo utilizado na Internet Possui arquitetura aberta Qualquer fabricante pode adotar a sua

Leia mais

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30)

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30) UNIP Brasília - Crdenaçã CG/CW/GR/AD Senhres Aluns, Seguem infrmações imprtantes sbre PIM: 1. O QUE É? - Os PIM (Prjet Integrad Multidisciplinar) sã prjets brigatóris realizads els aluns ds curss de graduaçã

Leia mais

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET 2010/2011 1 Protocolo TCP/IP É um padrão de comunicação entre diferentes computadores e diferentes sistemas operativos. Cada computador deve

Leia mais

Aula 11 Bibliotecas de função

Aula 11 Bibliotecas de função Universidade Federal d Espírit Sant Centr Tecnlógic Departament de Infrmática Prgramaçã Básica de Cmputadres Prf. Vítr E. Silva Suza Aula 11 Biblitecas de funçã 1. Intrduçã À medida que um prgrama cresce

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Pnt Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO SENAC PLANO DE ENSINO

CENTRO UNIVERSITARIO SENAC PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO Nome do candidato: Aurélio Candido da Silva Junior Unidade: Lapa Tito Curso: Gestão Tecnológica em redes Convergentes Disciplina: Arquitetura e Redes de Computadores

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Uma rede de computadores é um sistema de comunicação de dados constituído através da interligação de computadores e outros dispositivos, com a finalidade de trocar informação e partilhar

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

( X ) SEMESTRAL - ( ) ANUAL

( X ) SEMESTRAL - ( ) ANUAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE COMPUTAÇÃO BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Arquitetura de Redes de Computadores ( X ) SEMESTRAL - ( ) ANUAL CÓDIGO:

Leia mais

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP Prof. MSc. Hugo Souza É uma pilha de protocolos de comunicação formulada em passos sequenciais de acordo com os serviços subsequentes das camadas pela

Leia mais

TÉCNICO INFORMÁTICA INTEGRADO

TÉCNICO INFORMÁTICA INTEGRADO TÉCNICO INFORMÁTICA INTEGRADO PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA REDES E SISTEMAS OPERACIONAIS - 2010 PROF: Patrick J. Cardoso 1. EMENTA: Histórico, conceitos, estrutura e dispositivos de Sistemas Operacionais.

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF.

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. 1 REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN E L A B O R A Ç Ã O : M Á R C I O B A L I A N / T I A G O M A

Leia mais

Tecnologias de Redes Informáticas (6620)

Tecnologias de Redes Informáticas (6620) Tecnologias de Redes Informáticas (6620) Ano Lectivo 2013/2014 * 1º Semestre Licenciatura em Tecnologias e Sistemas da Informação Aula 1 1 Agenda Apresentação Objectivos Programa Bibliografia Avaliação

Leia mais

Redes de Computadores e Teleinformática. Zacariotto 4-1

Redes de Computadores e Teleinformática. Zacariotto 4-1 Redes de Computadores e Teleinformática Zacariotto 4-1 Agenda da aula Introdução Redes de computadores Redes locais de computadores Redes de alto desempenho Redes públicas de comunicação de dados Computação

Leia mais

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO A Lógica de Prgramaçã é necessária à tdas as pessas que ingressam u pretendem ingressar na área de Tecnlgia da Infrmaçã, send cm prgramadr, analista de sistemas u suprte.

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Motivação Camadas do modelo OSI Exemplos de protocolos IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Para que dois ou mais computadores possam se comunicar, é necessário que eles

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com ENLACE X REDE A camada de enlace efetua de forma eficiente e com controle de erros o envio

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - Aula 2 - MODELO DE REFERÊNCIA TCP (RM TCP) 1. INTRODUÇÃO O modelo de referência TCP, foi muito usado pela rede ARPANET, e atualmente usado pela sua sucessora, a Internet Mundial. A ARPANET é de grande

Leia mais

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO:

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3.1 MANUTENÇÃO CORRETIVA A manutençã crretiva é a frma mais óbvia e mais primária de manutençã; pde sintetizar-se pel cicl "quebra-repara", u seja, repar ds equipaments após a avaria.

Leia mais

Redes e Serviços Internet

Redes e Serviços Internet Universidade da Beira Interior Departamento de Informática 2009/2010 Redes e Serviços Internet Joel J. P. C. Rodrigues (joel@ubi.pt) Licenciatura em: - Engenharia Informática Conteúdo Programático Aspectos

Leia mais

1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur

1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur 1 Redes de Computadores - TCP/IP Luiz Arthur TCP/IP O protocolo TCP/IP atualmente é o protocolo mais usado no mundo. Isso se deve a popularização da Internet, a rede mundial de computadores, já que esse

Leia mais

Aplicações Clinicas. Patologia Clínica. Luís Lito

Aplicações Clinicas. Patologia Clínica. Luís Lito 0 Aplicações Clinicas Patlgia Clínica Luís Lit 1 Evluçã 1. 1993 - Infrmatizaçã parcial d Lab. de Química Clinica 2. 1996 - Inici da infrmatizaçã d Serviç de Patlgia Clínica Clinidata (sistema UNIX/COBOL

Leia mais

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing Docente (Teóricas): Eng.º Vitor M. N. Fernandes E-mail: vmnf@yahoo.com Web: http://www.vmnf.net/ipam Aula 13 Sumário Comunicação de Dados,

Leia mais

Estrutura do tema ISC

Estrutura do tema ISC Introdução aos Sistemas de Computação (5) 6. Da comunicação de dados às redes de computadores Uma Rede de Computadores é constituida por: Estrutura do tema ISC 1. Representação de informação num computador

Leia mais

P L A N O D E D I S C I P L I N A

P L A N O D E D I S C I P L I N A INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS SÃO JOSÉ SC CURSO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES / REDES DE COMPUTADORES P L A N O D E D I S C I P L I N A DISCIPLINA: Redes de Computadores Carga Horária: 95 HA

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: ENFERMAGEM NO CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR Códig: ENF-219 Pré-requisit: Nenhum

Leia mais

Secção II. ƒ Alternativas para redes de telecomunicações

Secção II. ƒ Alternativas para redes de telecomunicações 1 Secção II ƒ Alternativas para redes de telecomunicações 2 Alternativas para redes de telecomunicações Alternativa de rede Redes Suportes Processadores Software Canais Topologia/arquitectura Exemplos

Leia mais

Visão por Computador. WWW: gec.di.uminho.pt/lesi/vpc, gec.di.uminho.pt/mcc/vpc. LESI/LMCC - 5º Ano. Introdução

Visão por Computador. WWW: gec.di.uminho.pt/lesi/vpc, gec.di.uminho.pt/mcc/vpc. LESI/LMCC - 5º Ano. Introdução Visã pr Cmputadr WWW: gec.di.uminh.pt/lesi/vpc, gec.di.uminh.pt/mcc/vpc LESI/LMCC - 5º An Intrduçã Jã Luís Ferreira Sbral Departament d Infrmática Universidade d Minh Outubr 2002 Prgrama Intrduçã e bjectivs

Leia mais

Glossário de Redes de Computadores

Glossário de Redes de Computadores Glossário de Redes de Computadores 10Base-2 Ethernet - uma implementação da tecnologia Ethernet, com velocidades até 10Mbps e transmissão através de cabo coaxial com comprimento máximo de 185 metros por

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

Comunicando através da rede

Comunicando através da rede Comunicando através da rede Fundamentos de Rede Capítulo 2 1 Estrutura de Rede Elementos de comunicação Três elementos comuns de comunicação origem da mensagem o canal destino da mensagem Podemos definir

Leia mais

Curso de Redes de Computadores

Curso de Redes de Computadores Curso de Redes de Computadores EMENTA Objetivo do curso: abordar conceitos básicos das principais tecnologias de rede e seus princípios de funcionamento. Instrutor: Emanuel Peixoto Conteúdo CAPÍTULO 1

Leia mais

Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais

Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais Rede de Computadores Modulo I Conceitos Iniciais http://www.waltercunha.com Bibliografia* Redes de Computadores - Andrew S. Tanenbaum Editora: Campus. Ano: 2003 Edição: 4 ou 5 http://www.submarino.com.br/produto/1/56122?franq=271796

Leia mais

Modelo em Camadas Arquitetura TCP/IP/Ethernet. Edgard Jamhour

Modelo em Camadas Arquitetura TCP/IP/Ethernet. Edgard Jamhour Modelo em Camadas Arquitetura TCP/IP/Ethernet Edgard Jamhour Ethernet não-comutada (CSMA-CD) A Ethernet não-comutada baseia-se no princípio de comunicação com broadcast físico. a b TIPO DADOS (até 1500

Leia mais

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE 1/5 PROTOCOLOS DE O Modelo OSI O OSI é um modelo usado para entender como os protocolos de rede funcionam. Para facilitar a interconexão de sistemas de computadores, a ISO (International Standards Organization)

Leia mais

Formação em Redes de Computadores, composta pelos seguintes módulos:

Formação em Redes de Computadores, composta pelos seguintes módulos: O grande crescimento da Internet e das tecnologias e serviços a ela associados, bem como a liberalização do mercado das telecomunicações, está a originar uma procura de profissionais na área das Tecnologias

Leia mais