Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica"

Transcrição

1 Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica 1. Introdução Bruno Barcarollo Gauer 1 1 Universidade Federal do Paraná (UFPR) Curitiba PR Brazil A computação científica vem evoluindo constantemente, desde seu início com a introdução dos supercomputadores até clusters e Grids. Atualmente a computação nas nuvens (cloud computing) está surgindo como o paradigma que pretende ser a próxima geração em computação de grande escala. Cientistas podem manter suas grids e realizar a extensão para cloud visto que ela pode lhes conceder várias vantagens [1]: infraestrutura como um serviço (IaaS) eliminando a necessidade de adquirir hardware e consequentemente os custos de manutenção gerados e a deprecação conforme a lei de Moore; possibilidade de adaptação da infraestrutura conforme as necessidades pontuais; o conceito de virtualização de hardware pode representar um avanço no desenvolvimento de softwares científicos automatizados e escaláveis, além de melhorar a utilização de recursos; e por fim o fornecimento de recursos como uma forma de negócio praticamente obriga companhias a oferecerem serviços altamente confiáveis. No entanto esta extensão gera novos desafios de como realizar esta integração com os ambientes e aplicações atualmente utilizados, e também gera dúvidas quanto ao desempenho e o custo benefício deste novo modelo. Neste trabalho é demonstrada a extensão de uma aplicação de workflow em Grid para que se utilize dos recursos alugados de provedores Cloud, visto que, os vários middlewares para computação em Grid não fornecem esta possibilidade [2]. O objetivo é fornecer uma infraestrutura para que, durante a execução dos workflows na Grid, caso necessário, seja suplementada com os recursos da Cloud sob demanda. 2. ASKALON Desenvolvido na universidade de Innsbruck, é um ambiente de desenvolvimento de aplicações e computação em Grids [3]. Foi criado com o objetivo de simplificar o desenvolvimento e execução de aplicações workflow em Grids, para isto, os usuários criam as aplicações utilizando um alto nível de abstração através da linguagem AGWL (baseada em XML) que é então repassada aos serviços de middleware que faz seu agendamento e execução. A arquitetura do ambiente é composta pelos seguintes componentes/serviços [3]:

2 - Resource Manager: responsável pela negociação, reserva e alocação dos recursos, além de fornecer os serviços necessários para a execução das aplicações. É composto por dois componentes principais GridARM: descobre recursos de hardware e faz interface com a Grid information service [8] (arquitetura que provê informações da grid) GLARE: faz o registro e provisionamento de recursos de software, neste contexto temos o conceito de activity deployment (serviços e softwares necessários para execução de uma atividade). - Enactment Engine: fornece execução dos workflows de maneira confiável e tolerante a falhas através de técnicas de checkpointing, migração, reinício, replicação. - Performance Analysis: detecta gargalos (sincronização excessiva, comunicação, desbalanceamento das tarefas, etc.) - Performance Prediction: foca em estimar tempo de execução de atividades workflow através de métodos estatísticos baseados no serviço de análise de performance. - Scheduler: determina mapeamentos efetivos de uma ou múltiplas aplicações workflow na Grid através de heurísticas em grafos e algoritmos de otimização em cima dos serviços de predição de performance e de gerência de recursos. 3. Arquitetura de Gerência de Recursos O serviço de gerência de recursos (resource manager) do ASKALON foi estendido para usufruir dos serviços de Cloud, para isto foram adicionados três novos componentes [1]: Gerência de Cloud (Cloud Management), Catálogo de Imagens (Image Catalogue) e Mecanismos de Segurança (Security Mechanisms). Ao caso dos recursos da Grid serem exauridos, o Scheduler possui a opção de utilizar os da Cloud sendo limitado pelas propriedades das credenciais de cada provedor do serviço, isto evita que seja gasto um valor além do planejado e mantenha o provedor dentro dos seus limites de recurso.

3 3.1. Gerência de Cloud (Cloud Management) Estende o Resource Manager com 2 novas funcionalidades: provisionamento de recursos para uma atividade específica e a sua liberação, além disso este componente é responsável por verificar o estado de uma instância na Cloud. Os estados possíveis foram generalizados da seguinte forma [3][4][5]: Ao receber a requisição por recursos adicionais é selecionado o recurso com melhor relação preço/performance para onde é transferida a imagem contendo as atividades necessárias a serem realizadas (starting). No estado running a imagem é inicializada, enquanto no estado accessible a instância está pronta para ser usada. Quando o hardware precisa ser reconfigurado (adicionar mais cores, memória, etc.) o estado é resizing e ao reiniciar restarting. Temos ainda o estado shutting down quando a imagem está sendo desligada que ao concluir fica terminated.

4 Este componente também mantém uma tabela de registros com as classes de recursos (instâncias) oferecidas pelos diferentes provedores de Cloud. Foram apresentados os serviços que oferecem APIs para locação, o que permite a integração no sistema automático Catálogo de Imagens (Image Catalogue) Tem o objetivo de manter organizadas as imagens oferecidas pelos provedores de Cloud para que possam ser utilizadas de maneira eficaz. Algumas APIs de serviços (como o EC2 da Amazon) fornecem funcionalidades para obter a lista de imagens disponíveis, enquanto outras apenas possuem páginas HTML com estas informações. Além disso, podem faltar informações sobre arquitetura suportada, tipo de sistema operacional, etc. que podem então ser adicionadas manualmente pelo administrador da gerência de recursos ao catálogo Mecanismos de Segurança (Security Mechanisms) A segurança é um ponto crítico das Clouds, pois temos de tratar o tráfego de dados confidenciais (números de cartão de crédito, etc.) e também a autenticação ao serviço de Cloud e as instâncias específicas. A autenticação suportada pelos servidores é realizada através do mecanismo de chave e certificado ou login e senha. Em ambientes cloud temos dois tipos de credenciais: - Usuário: credencial persistente associada a um cartão de crédito usado na provisão liberação dos recursos. - Instância: credencial temporária utilizada para manipular uma instância pelo protocolo SSH. Como cada provedor de Cloud terá credenciais diferentes, em adição aos seus certificados Grid Security Infrastructure (GSI), o Resource Manager é responsável por gerencia-las e garantir acesso a Cloud para outros serviços e aplicações de maneira segura. O mecanismo utilizado é baseado em certificados proxy GSI [7] e foi extendido com dois

5 repositórios: MyCloud (armazena cópias das credenciais dos usuários e só podem ser acessadas após autenticação da credencial GSI associada a ela) e MyInstance (armazena credenciais temporárias geradas para cada instância). O funcionamento do esquema de segurança segue a imagem abaixo: 1 Uma requisição autenticada GSI por uma nova imagem é recebida 2 O componente de segurança verifica no repositório MyCloud para quais provedores o usuários possui credenciais válidas 3 Uma nova credencial é gerada para a nova instância a ser criada 4 As novas credenciais da instância são armazenadas no repositório MyImage e só estarão disponíveis para o serviço de Enactment Engine após uma correta autenticação GSI 5 Uma requisição para iniciar a instância gerada é enviada para a Cloud 6 Ao concluir a utilização da instância a credencial correspondente é removida do repositório MyInstance

6 4. Funcionamento da Arquitetura A nova arquitetura do Resource Manager funciona da seguinte maneira [1]: 1 Recebe uma requisição por certo número de atividades do workflow 2 O componente de segurança verifica as credenciais do requisitante e quais Clouds estão disponíveis para ele 3 O catálogo de imagens obtém as imagens registradas das Cloud acessíveis 4 As imagens são verificadas se possuem o recursos para execução das atividades (activity deployments) 5- As instâncias são iniciadas usando o componente de Gerência de Cloud e o boot da imagem é monitorado até ser possível realizar uma conexão SSH a ela, caso a instância não possua os activity deployments, um processo opcional de auto deployment utilizando o GLARE pode ser iniciado. 6 Todas atividades contidas na imagem inicializada são registradas no GLARE 7 O Resource Manager responde ao scheduler os resultados das atividades requisitadas

7 Referências [1] Ostermann, S.; Prodan, R.; Fahringer, T.;, "Extending Grids with cloud resource management for scientific computing," Grid Computing, th IEEE/ACM International Conference on, vol., no., pp.42-49, Oct [2] J. Yu and R. Buyya, A taxonomy of scientific workflow systems for grid computing, ACM SIGMOD Rec., vol. 34, no. 3, pp , [3] T. Fahringer, R. Prodan, R. Duan, F. Nerieri, S. Podlipnig, J. Qin, M. Siddiqui, H. L. Truong, A. Villaz on, and M. Wieczorek, Askalon: a grid application development and computing environment, in 6th IEEE/ACM International Conference on Grid Computing (GRID 2005), November 13-14, 2005, Seattle, Washington, USA, Proceedings. IEEE, 2005, pp [4] Amazon, Elastic compute cloud (EC2), January [5] AppNexus, January [6] GoGrid, Cloud hosting: Instant windows and linux cloud server, January [7] Globus Documentation Project, Chapter 10. GSI: Grid Security Infrastructure Delegation and single sign-on (proxy certificates), tutorial/multiplehtml/ch10s05.html, November 2011 [8] K. Czajkowski, S. Fitzgerald, I. Foster, and C. Kesselman., Grid information services for distributed resource sharing, in 10th International Symposium on High Performance Distributed Computing. IEEE Computer Society Press, 2001.

Computação em Grid e em Nuvem

Computação em Grid e em Nuvem Computação em Grid e em Nuvem Computação em Nuvem Molos 1 Definição Um grid computacional é uma coleção recursos computacionais e comunicação utilizados para execução aplicações Usuário vê o grid como

Leia mais

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES Agenda Quem usa? Conceito Ilustração Vantagens Tipologia Topologia Como fazer? O que é preciso? Infraestrutura Sistema Operacional Software Eucalyptus

Leia mais

Levantamento sobre Computação em Nuvens

Levantamento sobre Computação em Nuvens Levantamento sobre Computação em Nuvens Mozart Lemos de Siqueira Doutor em Ciência da Computação Centro Universitário Ritter dos Reis Sistemas de Informação: Ciência e Tecnologia Aplicadas mozarts@uniritter.edu.br

Leia mais

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes EN-3610 Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes Computação em Nuvem Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente Computadores

Leia mais

EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA

EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA EUCALYPTUS: UMA PLATAFORMA CLOUD COMPUTING PARA QUALQUER TIPO DE USUÁRIO Gustavo Henrique Rodrigues Pinto Tomas 317624 AGENDA Introdução: Cloud Computing Modelos de Implementação Modelos de Serviço Eucalyptus

Leia mais

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Fernando Seabra Chirigati Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Introdução Grid x Nuvem Componentes Arquitetura Vantagens

Leia mais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais Computação em Nuvem Computação em nuvem: gerenciamento de dados Computação em nuvem (Cloud Computing) é uma tendência recente de tecnologia cujo objetivo é proporcionar serviços de Tecnologia da Informação

Leia mais

CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL. MAC0412 - Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de 2010

CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL. MAC0412 - Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de 2010 CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL MAC0412 - Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de 2010 0 CLOUD COMPUTING 1 1. Introdução Com o grande avanço da tecnologia de processadores,

Leia mais

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com Cloud Computing Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com 1 Definição de Computação em Nuvem Computação em Nuvem é um novo modelo de aquisição

Leia mais

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com Cloud Computing Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing O

Leia mais

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Um Modelo de em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Apresentado por: Josiney de Souza e Rubens Massayuki Suguimoto CI853 - Tópicos em Redes de Computadores III Prof. Aldri Luiz dos

Leia mais

Características Básicas de Sistemas Distribuídos

Características Básicas de Sistemas Distribuídos Motivação Crescente dependência dos usuários aos sistemas: necessidade de partilhar dados e recursos entre utilizadores; porque os recursos estão naturalmente em máquinas diferentes. Demanda computacional

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código)

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Roteiro Processos Threads Virtualização Migração de Código O que é um processo?! Processos são programas em execução. Processo Processo Processo tem

Leia mais

Classificação::Modelo de implantação

Classificação::Modelo de implantação Classificação::Modelo de implantação Modelo de implantação::privado Operada unicamente por uma organização; A infra-estrutura de nuvem é utilizada exclusivamente por uma organização: Nuvem local ou remota;

Leia mais

SISTEMA DISTRIBUÍDO DE MONITORAMENTO/DETERMINAÇÃO DE SERVIÇOS E RECURSOS DIPONÍVEIS DE UM AMBIENTE DE GRID COMPUTACIONAL

SISTEMA DISTRIBUÍDO DE MONITORAMENTO/DETERMINAÇÃO DE SERVIÇOS E RECURSOS DIPONÍVEIS DE UM AMBIENTE DE GRID COMPUTACIONAL SISTEMA DISTRIBUÍDO DE MONITORAMENTO/DETERMINAÇÃO DE SERVIÇOS E RECURSOS DIPONÍVEIS DE UM AMBIENTE DE GRID COMPUTACIONAL Thais Cabral de Mello, Bruno Schulze, Luis Rodrigo de Oliveira Gonçalves 1 Laboratório

Leia mais

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Ederson dos Santos Cordeiro de Oliveira 1, Tiago Piperno Bonetti 1, Ricardo Germano 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edersonlikers@gmail.com,

Leia mais

Proposta para Grupo de Trabalho. GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados. Roberto Samarone dos Santos Araujo

Proposta para Grupo de Trabalho. GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados. Roberto Samarone dos Santos Araujo Proposta para Grupo de Trabalho GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados Roberto Samarone dos Santos Araujo Agosto/2011 1 Título GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de

Leia mais

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br CLOUD COMPUTING Andrêza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF 108 Segurança da Informação Computação em Nuvem Prof. João Henrique Kleinschmidt Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente

Leia mais

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Rogério Schueroff Vandresen¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense(UNIPAR) Paranavaí-PR-Brasil rogeriovandresen@gmail.com, wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Cluster, Grid e computação em nuvem Slide 8 Nielsen C. Damasceno Introdução Inicialmente, os ambientes distribuídos eram formados através de um cluster. Com o avanço das tecnologias

Leia mais

Minicurso Computação em Nuvem Prática: Openstack

Minicurso Computação em Nuvem Prática: Openstack Grupo de Pesquisa em Software e Hardware Livre André Rover de Campos Membro Colméia andreroverc@gmail.com Joinville Minicurso Computação em Nuvem Prática: Openstack Roteiro Definições Virtualização Data

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

The Eucalyptus Open-source Cloud-computing System

The Eucalyptus Open-source Cloud-computing System The Eucalyptus Open-source Cloud-computing System O sistema Open Source de nuvens computacionais Eucalyptus Daniel Nurmi, Rich Wolski, Chris Grzegorczyk, Graziano Obertelli, Sunil Soman, Lamia Youseff,

Leia mais

7 Utilização do Mobile Social Gateway

7 Utilização do Mobile Social Gateway 7 Utilização do Mobile Social Gateway Existem três atores envolvidos na arquitetura do Mobile Social Gateway: desenvolvedor do framework MoSoGw: é o responsável pelo desenvolvimento de novas features,

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER Sobre a AbsamHost A AbsamHost atua no mercado de hosting desde 2008, fornecendo infraestrutura de data center a diversas empresas no Brasil e no mundo. Focada em servidores

Leia mais

Xen Cloud Platform Xen descomplicado

Xen Cloud Platform Xen descomplicado Xen Cloud Platform Xen descomplicado CAPA A Xen Cloud Platform facilita muito a criação e o gerenciamento de máquinas virtuais sobre o hypervisor Xen. por Boris Quiroz e Stephen Spector A revolução da

Leia mais

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Josiney de Souza e Rubens Massayuki Suguimoto Mestrado em Informática - Grid Computing Grid Computing, computação em

Leia mais

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Visão Geral Há três etapas usadas pela maioria dos computadores para proteger o acesso a operações, aplicativos e dados sensíveis: A identificação

Leia mais

NanoDataCenters. Aline Kaori Takechi 317055

NanoDataCenters. Aline Kaori Takechi 317055 NanoDataCenters Aline Kaori Takechi 317055 INTRODUÇÃO Introdução Projeto Europeu: NICTA National ICT Australia FP7 7th Framework Program Rede formada por Home Gateways Objetivo: distribuir conteúdo Dispositivos

Leia mais

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial Aluno: André Faria Ruaro Professores: Jomi F. Hubner e Ricardo J. Rabelo 29/11/2013 1. Introdução e Motivação 2.

Leia mais

O que é Cloud Computing?

O que é Cloud Computing? O que é Cloud Computing? Referência The Economics Of The Cloud, Microsoft, Nov. 2010 Virtualização, Brasport, Manoel Veras, Fev. 2011. 2 Arquitetura de TI A arquitetura de TI é um mapa ou plano de alto

Leia mais

Arquitetura e Sistema de Monitoramento para

Arquitetura e Sistema de Monitoramento para Arquitetura e Sistema de Monitoramento para 1 Computação em Nuvem Privada Mestranda: Shirlei A. de Chaves Orientador: Prof. Dr. Carlos Becker Westphall Colaborador: Rafael B. Uriarte Introdução Computação

Leia mais

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid)

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência

Leia mais

Serviço de Segurança de Middlewares

Serviço de Segurança de Middlewares Serviço de Segurança de Middlewares Autor: Célio Domingues Gonçalves 1, Orientador: Prof. Dr. Luis Fernando Faina 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade Federal do Uberlândia

Leia mais

Desafios na implantação de nuvens públicas

Desafios na implantação de nuvens públicas INFORME TÉCNICO Garantia de serviços de rede de nível empresarial para AWS O Infoblox DDI for AWS aumenta a agilidade na nuvem, oferece suporte a políticas de rede consistentes em implantações híbridas

Leia mais

Resumo. Introdução Cluster Cluster Beowulf Curiosidades Conclução

Resumo. Introdução Cluster Cluster Beowulf Curiosidades Conclução Cluster Resumo Introdução Cluster Cluster Beowulf Curiosidades Conclução Introdução Sua empresa esta precisando fazer um grande processamento; As Nuvens existentes não são suficientes para sua empresa;

Leia mais

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS João Antônio Bezerra Rodrigues¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí

Leia mais

O que é Grid Computing

O que é Grid Computing Grid Computing Agenda O que é Grid Computing Grid vs Cluster Benefícios Tipos de Grid Aplicações Ferramentas e padrões Exemplos no mundo Exemplos no Brasil Grid no mundo dos negócios Futuro O que é Grid

Leia mais

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS Cleverson Nascimento de Mello¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

Heurísticas para Controle de Execução de Atividades de Workflows Científicos na Nuvem 1

Heurísticas para Controle de Execução de Atividades de Workflows Científicos na Nuvem 1 Heurísticas para Controle de Execução de Atividades de Workflows Científicos na Nuvem 1 Flavio da Silva Costa Orientadora: Marta Mattoso Colaborador: Daniel de Oliveira Nível: Mestrado Programa de Engenharia

Leia mais

...de forma confiável, consistente, económica. Permite- nos acesso a grandes capacidades. Infra-estrutura de hardware e software

...de forma confiável, consistente, económica. Permite- nos acesso a grandes capacidades. Infra-estrutura de hardware e software Grid computing: O futuro ou a reinvenção da roda? Paulo Trezentos (Paulo.Trezentos@iscte.pt) Algos / INESC-ID 17/12/2002 Agenda Necessidade Enquadramento Grids Standards Implementações Características

Leia mais

Grades Computacionais: Uma Introdução Prática

Grades Computacionais: Uma Introdução Prática Grades Computacionais: Uma Introdução Prática Raphael Y. de Camargo Ricardo Andrade Departamento de Ciência da Computação Instituto de Matemática e Estatística Universidade de São Paulo, Brasil São Paulo,

Leia mais

Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove

Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove Daniel Ricardo dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina 10 de novembro de 2011 Agenda 1 Introdução 2 Identidade

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g Daniel Murara Barcia Especialista em Sistemas de Informação Universidade Federal do Rio Grande do Sul daniel@guaiba.ulbra.tche.br Resumo. Esse artigo aborda

Leia mais

Automatic virtual machine configuration for database workloads (SIGMOD Journal)

Automatic virtual machine configuration for database workloads (SIGMOD Journal) Automatic virtual machine configuration for database workloads (SIGMOD Journal) [Soror et al. 2010] Adriano Lange Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Por que os administradores de sistema devem estar atentos ao desempenho de virtualização e armazenamento

Por que os administradores de sistema devem estar atentos ao desempenho de virtualização e armazenamento Por que os administradores de sistema devem estar atentos ao desempenho de virtualização e armazenamento 2013, SolarWinds Worldwide, LLC. Todos os direitos reservados. É importante que os administradores

Leia mais

Segurança em computação nas nuvens

Segurança em computação nas nuvens Segurança em computação nas nuvens Aluno: Ricardo Dobelin Barros RA: 160105 Prof.: Marco Aurélio Amaral Henriques Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação

Leia mais

Relatório de Piloto Tecnológico Plataforma de Cloud Privada baseada em OpenStack Março 2015

Relatório de Piloto Tecnológico Plataforma de Cloud Privada baseada em OpenStack Março 2015 Relatório de Piloto Tecnológico Plataforma de Cloud Privada baseada em OpenStack Março 2015 Resumo Executivo: A Inok realizou uma instalação piloto para analisar as funcionalidades, características técnicas,

Leia mais

The Eucalyptus Open- source Cloud-computing System. Janaina Siqueira Lara Wilpert Marcelo Scheidt Renata Silva

The Eucalyptus Open- source Cloud-computing System. Janaina Siqueira Lara Wilpert Marcelo Scheidt Renata Silva The Eucalyptus Open- source Cloud-computing System Janaina Siqueira Lara Wilpert Marcelo Scheidt Renata Silva Sumário Introdução Trabalhos Correlatos Eucalyptus Design Conclusões Visão Geral Introdução:

Leia mais

CIBM. IBM SmartCloud Entry. Guia do Usuário - Versão 2.2

CIBM. IBM SmartCloud Entry. Guia do Usuário - Versão 2.2 CIBM Guia do Usuário - Versão 2.2 Esta edição aplica-se à versão 2, release 2, modificação 0 do (número do produto 5765-SKC) e a todos os releases e modificações subsequentes, até que seja indicado de

Leia mais

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM INTRODUÇÃO, INFRA-ESTRUTURA E MAPEAMENTO DE ESQUEMAS AGENDA Data Management System Peer Data Management System P2P Infra-estrutura Funcionamento do PDMS Mapeamento de Esquemas

Leia mais

Planejamento para Implantação do GridUnesp. II Workshop GridUnesp Outubro de 2006

Planejamento para Implantação do GridUnesp. II Workshop GridUnesp Outubro de 2006 Planejamento para Implantação do GridUnesp II Workshop GridUnesp Outubro de 2006 2 Roteiro O que é Grid Porque Grid? Conceitos gerais. Componentes de um Grid. Exemplo: o SPRACE (São Paulo Regional Analysis

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE Andressa T.R. Fenilli 1, Késsia R.C.Marchi 1 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil andressa.trf@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo. Computação em

Leia mais

Comparativo entre DBSE e DBEE

<Insert Picture Here> Comparativo entre DBSE e DBEE Comparativo entre DBSE e DBEE Oracle Database Oracle Database Standard Edition Disponível para ambientes com até 4 processadores, possui features limitadas e não oferece possibilidade

Leia mais

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MC714. Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2013

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MC714. Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2013 MC714 Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2013 Virtualização - motivação Consolidação de servidores. Consolidação de aplicações. Sandboxing. Múltiplos ambientes de execução. Hardware virtual. Executar múltiplos

Leia mais

Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 O trajeto do data center virtualizado Desafios de gerenciamento Exigências essenciais Gerenciar entre domínios Adotar a

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

Computação em Nuvem. (Cloud Computing) Pesquisa & Desenvolvimento

Computação em Nuvem. (Cloud Computing) Pesquisa & Desenvolvimento Computação em Nuvem (Cloud Computing) Pesquisa & Desenvolvimento Santo André: 20 de fevereiro de 2013 Características de um bom Data Center Bom Desempenho Escalabilidade Alta Disponibilidade Economia Gerência

Leia mais

Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2

Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2 Manual de Usuário da Plataforma de compras do Grupo José de Mello - Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Visão Geral... 3 3. Instalação e Atualização...

Leia mais

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_4: OpenStack

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_4: OpenStack OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_4: OpenStack Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br OpenStack OpenStack é um projeto de computação em nuvem criado em julho de 2010, fruto de

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO

ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2015.2 ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO Aluna: Marcela Pereira de Oliveira Orientador:

Leia mais

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP Estratégia de Implantação do GridUNESP II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP O que é Grid? Grid é um sistema que coordena recursos computacionais geograficamente distribuídos. Usa protocolos

Leia mais

Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments

Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments Fábio R. L. Cicerre 1, Edmundo R. M. Madeira 1, Luiz E. Buzato 1 1 Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Leia mais

Arquitetura de Sistemas Distribuídos. Introdução a Sistemas Distribuídos

Arquitetura de Sistemas Distribuídos. Introdução a Sistemas Distribuídos Introdução a Sistemas Distribuídos Definição: "Um sistema distribuído é uma coleção de computadores autônomos conectados por uma rede e equipados com um sistema de software distribuído." "Um sistema distribuído

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Cloud Computing (arquitetura) From: Mastering Cloud Computing Foundations and Applications Programming Rajkumar Buyya, Christian Vecchiola, Thamarai Selvi Morgan Kaufmann Publishers 2 A Arquitetura da

Leia mais

Kaspersky Security for Virtualization. Overview

Kaspersky Security for Virtualization. Overview Kaspersky Security for Virtualization Overview Idéia da Virtualização Executar um sistema operacional como um programa dentro de outro sistema operacional Executar vários sistemas operacionais no mesmo

Leia mais

SciCumulus-ECM: Um Serviço de Custos para a Execução de Workflows Científicos em Nuvens Computacionais 1

SciCumulus-ECM: Um Serviço de Custos para a Execução de Workflows Científicos em Nuvens Computacionais 1 SciCumulus-ECM: Um Serviço de Custos para a Execução de Workflows Científicos em Nuvens Computacionais 1 Vitor Viana 1, Daniel de Oliveira 1, Eduardo Ogasawara 1,2, Marta Mattoso 1 1 Universidade Federal

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

Nova solução da VMware: vsphere with Operations Management (vsom)

Nova solução da VMware: vsphere with Operations Management (vsom) Nova solução da VMware: with Operations Management (vsom) Tiago Baeta System Manager Brazil 2013 VMware Inc. All rights reserved Objetivos desta sessão Conhecer a oferta mais recente da VMware, o VMware

Leia mais

Relatório de Progresso

Relatório de Progresso Luís Filipe Félix Martins Relatório de Progresso Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Preparação para a Dissertação Índice Introdução... 2 Motivação... 2 Cloud Computing (Computação

Leia mais

Convergência por Design

Convergência por Design Convergência por Design Ronaldo Aloise Diretor de Vendas ESSN 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. 1 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso. A Transformação

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

Para construção dos modelos físicos, será estudado o modelo Relacional como originalmente proposto por Codd.

Para construção dos modelos físicos, será estudado o modelo Relacional como originalmente proposto por Codd. Apresentação Este curso tem como objetivo, oferecer uma noção geral sobre a construção de sistemas de banco de dados. Para isto, é necessário estudar modelos para a construção de projetos lógicos de bancos

Leia mais

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Éverton Didoné Foscarini, Rui de Quadros Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Rua Ramiro Barcelos, 2574

Leia mais

Grid e Gerenciamento Multi-Grid

Grid e Gerenciamento Multi-Grid Principais Benefícios Alta disponibilidade, Escalabilidade Massiva Infoblox Oferece serviços de rede sempre ligados através de uma arquitetura escalável, redundante, confiável e tolerante a falhas Garante

Leia mais

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni

Material 5 Administração de Recursos de HW e SW. Prof. Edson Ceroni Material 5 Administração de Recursos de HW e SW Prof. Edson Ceroni Desafios para a Administração Centralização X Descentralização Operação interna x Outsourcing Hardware Hardware de um Computador Armazenamento

Leia mais

14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7

14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7 14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Gabinete de Segurança Institucional Departamento de Segurança da Informação ORIGEM e Comunicações Departamento de Segurança da Informação e

Leia mais

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina - Sistemas Distribuídos Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 12 Computação em Nuvem Sumário Introdução Arquitetura Provedores

Leia mais

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Institucional OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Apresentar as vantagens de se trabalhar com Thin Clients Apresentar como funciona a tecnologia Server Based Computing, Virtualização de Desktop e Aplicativos EVOLUÇÃO

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Modelo Cliente-Servidor: Introdução aos tipos de servidores e clientes Prof. MSc. Hugo Souza Iniciando o módulo 03 da primeira unidade, iremos abordar sobre o Modelo Cliente-Servidor

Leia mais

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível Versão 1.0 Janeiro de 2011 Xerox Phaser 3635MFP 2011 Xerox Corporation. XEROX e XEROX e Design são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. São feitas alterações periodicamente

Leia mais

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud.

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud. A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

SciCumulus 2.0: Um Sistema de Gerência de Workflows Científicos para Nuvens Orientado a Fluxo de Dados *

SciCumulus 2.0: Um Sistema de Gerência de Workflows Científicos para Nuvens Orientado a Fluxo de Dados * paper:6 SciCumulus 2.0: Um Sistema de Gerência de Workflows Científicos para Nuvens Orientado a Fluxo de Dados * Vítor Silva 1, Daniel de Oliveira 2 e Marta Mattoso 1 1 COPPE Universidade Federal do Rio

Leia mais

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de:

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: Soluções Completas Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: - Conexões compartilhada (.IP) e dedicada (.LINK); - Data Center com servidores virtuais

Leia mais

Mandriva Pulse - Especificações e recursos

Mandriva Pulse - Especificações e recursos Mandriva Pulse - Especificações e recursos Mandriva Brasil 2 de abril de 2015 Lista de Tabelas 1 Tabela resumo dos diferenciais do Pulse....................... 9 Lista de Figuras 1 Interface web do Mandriva

Leia mais

2 Computação na Nuvem

2 Computação na Nuvem 18 2 Computação na Nuvem 2.1 Definição A ideia essencial da computação na nuvem é permitir um novo modelo onde o consumo de recursos computacionais, e.g., armazenamento, processamento, banda entrada e

Leia mais

Gerência de Redes. Introdução. filipe.raulino@ifrn.edu.br

Gerência de Redes. Introdução. filipe.raulino@ifrn.edu.br Gerência de Redes Introdução filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução Sistemas complexos com muitos componentes em interação devem ser monitorados e controlados. 2 Introdução A de gerência de redes surgiu

Leia mais

Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC

Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC Baltazar Tavares Vanderlei Laboratório de Computação Científica e Visualização - LCCV/UFAL 22 de Maio de 2009 Sumário 1 Hardware 2 3 4 Sumário 1 Hardware

Leia mais

Contabilidade & MOBILIDADE. CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016

Contabilidade & MOBILIDADE. CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016 Contabilidade & MOBILIDADE CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016 Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS Élysson Mendes Rezende Bacharelando em Sistemas de Informação Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

Impactos do Envelhecimento de Software no Desempenho dos Sistemas. Jean Carlos Teixeira de Araujo jcta@cin.ufpe.br

Impactos do Envelhecimento de Software no Desempenho dos Sistemas. Jean Carlos Teixeira de Araujo jcta@cin.ufpe.br Impactos do Envelhecimento de Software no Desempenho dos Sistemas Jean Carlos Teixeira de Araujo jcta@cin.ufpe.br 1 Agenda Introdução; Software Aging; Software Rejuvenation; Laboratório MoDCS Cloud; Dúvidas?

Leia mais

Lista de Erros Discador Dial-Up

Lista de Erros Discador Dial-Up Lista de Erros Discador Dial-Up Erro Código Descrição Ok 1 Usuário autenticado com sucesso e conexão encerrada pelo usuário OK 11 Usuário autenticado com sucesso e discador terminado pelo usuário OK 21

Leia mais