Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS"

Transcrição

1 Edição Janeiro/Fevereiro Março / Abril 2013 Guerreiros do Fogo Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS

2 Mais de horas de suor e heroísmo O fogo é o inimigo comum do produtor, do ambientalista e dos povos indígenas. É possível observar a cada ano o agravamento das estiagens à medida que as florestas desaparecem e as mudanças climáticas se tornam ainda mais profundas. Fortalecida pelo conhecimento e pelo apoio de cientistas e dos homens da fronteira, a Aliança da Terra (AT) está levando a luta para o campo. Neste contexto nasceu, em 2009, a Brigada de Incêndio da AT. A equipe atualmente conta com oito brigadistas e duas bases uma em Novo Santo Antônio e a outra em Bom Jesus do Araguaia, ambos municípios do Estado de Mato Grosso. A Brigada também tem o suporte do Corpo de Bombeiros do Estado do Mato Grosso, do Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS) "Smokejumpers" e o apoio fundamental dos proprietários de terras locais e dos povos indígenas. SUCESSO COMPROVADO ATRAVÉS DOS NÚMEROS Até 2012, a Aliança da Terra e as equipes mencionadas acima apagaram 114 focos de incêndio, com um número combinado de mais de horas de combate a incêndio. Foram formados 380 brigadistas para combater incêndios florestais, sendo destes cerca de 65 indígenas. Estimase que o trabalho da Brigada de Incêndio da AT já ajudou a proteger cerca de 2,740 milhões de hectares de florestas, representando mais de 300 milhões de toneladas (MgC) de CO2. O LUGAR MAIS DIFÍCIL PARA SER UM BRIGADISTA Em sua quarta edição da série de documentários Toughest Place to be a.. (O lugar mais difícil de ser um...), o foco da atenção e das filmagens da rede de TV britânica BBC Two foi o movimentado, cansativo e heroico diaadia dos brigadistas que fazem parte da Brigada de Incêndio florestal da Aliança da Terra. O documentário que foi ao ar na Inglaterra no dia 24 de março disponível ao público no site oficial do programa na BBC Two pode comprovar a batalha incansável por uma paisagem segura e produtiva na Amazônia e no Cerrado brasileiros. Durante a estação seca no Estado de Mato Grosso, a Brigada de Incêndio da Aliança da Terra chega a trabalhar por quatro dias seguidos, tentando salvar a floresta do fogo, em uma batalha descrita pela BBC como interminável.

3 CHAME A BRIGADA DE INCÊNDIO! Junho, julho, agosto e setembro chegando, os meses de seca mais intensa no Estado de Mato Grosso, particularmente na porção Nordeste da região. Você, produtor rural, que precisa dos serviços da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra, entre em contato através dos telefones: (66) / (66) Edimar Santos Chefe da Brigada Atuação em 15 municípios: Alto Boa Vista, CanaBrava do Norte, Confresa, Luciára, Porto Alegre do Norte, Querência, Ribeirão Cascalheira, São José do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, Vila Rica, Bom Jesus do Araguaia, Novo Santo Antônio, Santa Cruz do Xingu e Serra Nova Dourada. Cursos para Formação de Brigadistas Foram realizados entre os dias 26 a 29 de março no Parque Indígena do Xingu Mato Grosso treinamentos de Combate a Incêndios florestais para nove tribos indígenas da Reserva. A Brigada de Incêndio da Aliança da Terra e o Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS) ministraram as aulas para as tribos: Kamayurá, Kuikuro, Uaurás, Aldeia Velha, Awetí, Yawalapiti, Nafukuá, Kalapálo e Matipú. A iniciativa também contou com o apoio da Superintendência de Assuntos Indígenas do Estado de Mato Grosso. No total, 41 indígenas foram treinados e equipados para combater incêndios florestais na região. Abafadores, enxadas, enxadões, foices, facões e coturnos foram alguns dos equipamentos distribuídos para os novos Brigadistas. Outro treinamento realizado foi em São Miguel do AraguaiaGO, entre os dias 01 a 04 de abril, onde participaram 43 pessoas, entre funcionários de fazendas, membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, acadêmicos do curso de Gestão Ambiental e Técnico de Segurança do Trabalho, entre outros. Não deixe sua fazenda queimar! Treine seus funcionários com a Brigada de Incêndio da Aliança da Terra! Entre em contato pelo telefone (62) e solicite um orçamento.

4 Plataforma de Produção Responsável Uma revolução na maneira de se produzir e consumir alimentos A alimentação é sem dúvida uma das atividades humanas mais importantes e prazerosas. São várias as razões: as biológicas evidentes, e também por incorporar aspectos econômicos, sociais, científicos, políticos, psicológicos e culturais. Os recursos econômicos envolvidos em alimentação, em termos de mercado, são consideráveis. O último Censo Agropecuário, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2006 publicado em 2009, mostra que já são mais de 5,2 milhões de propriedades rurais no Brasil produzindo alimentos, em uma área que ultrapassa os 250 milhões de hectares. Uma das questões históricas mais evidentes sobre a alimentação é o processo de distanciamento da sociedade em relação à produção dos alimentos. Ao passo que nos consolidamos como uma sociedade urbana, a forma de adquirir alimentos passou a se resumir em buscálos na prateleira do supermercado. Isso, no entanto, já começa a incomodar uma parcela crescente da população. Dúvidas sobre a origem, a forma de produção e a responsabilidade socioambiental têm surgido e a cobrança por estas respostas aumentado. Pensando nisso, a Aliança da Terra (AT) se movimenta para lançar no mercado a Plataforma de Produção Responsável, preocupada com a origem dos alimentos e que trará transparência a uma cadeia limpa de produção. Os produtores que fazem parte do Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS) da AT irão automaticamente migrar para esta nova Plataforma, que, dessa maneira, já nascerá grande, com um considerável volume de produtos socioambientalmente responsáveis à disposição do mercado. A expansão do CCS nos últimos anos apoiou a adequação socioambiental de centenas de fazendas por todo o Brasil e tornouse uma valiosa ferramenta de mercado, uma ferramenta de "due diligence". Isso porque a abordagem diferenciada da Aliança da Terra vai além do uso simplificado de mapas e números, pois coloca sua equipe para sujar as botas percorrendo cada canto das propriedades e conquistando a confiança dos produtores rurais. Ao unir o detalhado diagnóstico socioambiental de cada uma das propriedades ligadas à Aliança da Terra com a transparência proporcionada pelo uso de ferramentas geográficas da Google, temse a base para a Plataforma de Produção Responsável, onde cada produtor rural tem condição de mostrar ao mundo sua capacidade produtiva lado a lado com seu compromisso socioambiental! Em breve mais informações!

5 Destaque da Web! 1ª Feira de Touros do PróGenética de Mato Grosso Com o objetivo de atender à demanda crescente de fluxo genético entre os dois extremos da população bovina rebanho ''elite'' no topo da pirâmide e comercial na base, a APEPASA (Associação dos Pequenos Produtores Agrícolas de Santo Antônio do Rio das Mortes), em parceria com a OSCIP Aliança da Terra e a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), irá promover no dia 18 de maio de 2013 a primeira Feira do PróGenética (Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético) do Estado de Mato Grosso, beneficiando os pequenos produtores dos Assentamentos Mata Azul, Massif, Roncador, Mãe Maria e outros. Esta parceria oferece um pacote que atende à demanda ambiental, social e produtiva destes pequenos produtores. A APEPASA, como representante dos pequenos produtores, está promovendo a feira e buscando apoio junto aos agentes financeiros locais para a liberação de linhas de crédito e financiamento. A ABCZ, através do PróGenética, irá ofertar tourinhos de alto valor genético a preços competitivos, capazes de agregar valor e aumentar a produtividade do rebanho local. Cabe à Aliança da Terra oferecer suporte técnico para a adequação socioambiental dos lotes e orientação sobre o manejo do rebanho para estes assentados. INFORMAÇÕES DATA: 18 DE MAIO DE 2013 HORÁRIO: DAS 08h ÀS 18h LOCAL: RANCHO JATOBÁ NOVO SANTO ANTÔNIO MT BRASIL ESTIMATIVA: 150 PARTICIPANTES REALIZAÇÃO: APEPASA (Associação dos Pequenos Produtores Agrícolas de Santo Antônio do Rio das Mortes) APOIO: ALIANÇA DA TERRA ABCZ FUNDACIÓN SOLIDARIDAD LATINOAMERICANA NORAD MAIORES INFORMAÇÕES: Vivaldo Coutinho (66)

6 A Avifauna do Interflúvio AraguaiaXingu O Relatório Final do Inventário de Aves realizado em fazendas que fazem parte do Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS) da Aliança da Terra foi entregue no mês de abril. Somandose a riqueza encontrada nas três áreas avaliadas (Fazenda Morumbi, Fazenda Potrillo e Rancho Jatobá), durante os 42 dias de levantamento realizados na campanha I e campanha II, foram registradas, pelos pesquisadores Benedito Freitas e Raphael Fernandes, um total de 405 espécies de aves. Das aves registradas, seis integram o grupo que tem alta prioridade para estudos e conservação, estas aves estão inseridas na lista da fauna brasileira ameaçada de extinção (MMA 2008). São elas: Coryphaspiza melanotis (ticoticodemáscaranegra) e Anodorhynchus hyacinthinus (araraazulgrande) na Fazenda Potrillo; e Penelope ochrogaster (jacudebarrigacastanha), Urubitinga coronata (águiacinzenta), Synallaxis simoni (joãodoaraguaia) e Cercomacra ferdinandi (chororódegoiás) no Rancho Jatobá e Assentamento da Mata Azul. A participação e o interesse dessas três propriedades devem ser exaltados e servir como exemplo de contribuição para o levantamento da imensa riqueza da Avifauna brasileira em propriedades que, além de produzir alimentos para o mundo, também estão comprometidas com a conservação ambiental. Documentário dos produtores do CCS Lançado o documentário com entrevistas de produtores que fazem parte do Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS) da Aliança da Terra. As cinco propriedades participantes estão localizadas em biomas diferentes, cobrindo três Estados brasileiros: Goiás, Mato Grosso e Bahia. Assista ao documentário no canal do youtube da AT ou através do link: Relatório Anual Tendo a transparência como um de seus valores, a Aliança da Terra lançou no mês de abril o seu Relatório Anual do ano de O documento já está disponível para download no site da OSCIP, através do link: ESCRITÓRIOS DA ALIANÇA DA TERRA CUIABÁ CUIABÁ AV. AV. DAS DAS INDÚSTRIAS, INDÚSTRIAS, N. N QD. QD. 151, 151, LT. LT. 47, 47, SALA SALAS 203, 301 e 302, AV. MIGUEL SUTIL, 8000 EDIFÍCIO COMERCIAL SANTA ROSA TOWER, AV. MIGUEL SUTIL, 8000 EDIFÍCIO COMERCIAL SANTA ROSA TOWER, SETOR SETOR SANTA SANTA GENOVEVA GENOVEVA CEP: CEP: GO GO SALA 1805 JARDIM MARIANA CEP: CUIABÁ MT SALA 1805, JARDIM MARIANA CEP: CUIABÁ MT FONE/ FONE/ FAX: FAX: 62 (62) FONE/ FAX: FONE/ FAX: (65) Facebook /aliancadaterra

Edição 19 Julho/Agosto 2012

Edição 19 Julho/Agosto 2012 Edição 19 Julho/Agosto 2012 Inventário de aves Maçaricosolitário, Curutié, Tiêcaburé e Papagaiogalego, apenas algumas das aves das centenas de espécies encontradas durante as Campanhas para o desenvolvimento

Leia mais

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Edição 22 24 Janeiro/Fevereiro Maio / Junho 2013 1º Feira de Touros do PróGenética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Mais de 250 pessoas compareceram à Feira 100% dos animais

Leia mais

Resumo... 1. 1. Contexto... 2. Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4. 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6. 3. Performance...

Resumo... 1. 1. Contexto... 2. Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4. 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6. 3. Performance... Conteúdo Resumo... 1 1. Contexto... 2 Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6 Componente 01 Reforço na produção responsável... 6 Componente 02 Divulgação de

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC)

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Descrição do contexto

Leia mais

O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado

O MATOPIBA e o desenvolvimento destrutivista do Cerrado O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado Paulo Rogerio Gonçalves* No dia seis de maio de 2015 o decreto n. 8447 cria o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba e seu comitê gestor.

Leia mais

INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ

INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ Edição 17 Março/Abril 2012 INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ No dia 09 de março, a Aldeia Mawutsini, localizada no alto Xingu, sofreu grandes perdas devido ao incêndio provocado durante uma brincadeira de um

Leia mais

A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil

A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil Quem somos? A TNC é a maior organização de conservação ambiental do mundo. Seus mais de um milhão de membros ajudam a proteger 130

Leia mais

A importância do Cerrado

A importância do Cerrado A importância do Cerrado Quem vive no Cerrado mora em uma das regiões mais ricas em espécies de plantas e animais do mundo, muitas delas ainda desconhecidas pela ciência e que só existem ali. É ainda nas

Leia mais

Manejo de recursos naturais e desenvolvimento de alternativas econômicas sustentáveis.

Manejo de recursos naturais e desenvolvimento de alternativas econômicas sustentáveis. Manejo de recursos naturais e desenvolvimento de alternativas econômicas sustentáveis. O projeto de manejo de recursos naturais desenvolve conceitos e técnicas que permitem a identificação e o manejo dos

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia Cadeia irá trabalhar unida na implementação das melhores práticas socioambientais

Leia mais

F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO

F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO A FOREST COMUNICAÇÃO nasceu para atender organizações que atuam na área socioambiental. Nossos serviços incluem assessoria e planejamento de comunicação, produção

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 Consultoria especializada (pessoa física) para elaborar e implantar novas metodologias

Leia mais

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Perfil - 2-1. Fatos sobre Brasil 2. Contexto Florestal 3. Estratégias para

Leia mais

Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global

Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global II Congresso de Mineração da Amazônia Mineração e Biodiversidade: lições aprendidas por uma mineradora global Vânia Somavilla Vale - Diretora de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Novembro de

Leia mais

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal 1 MARCO LEGAL MARCO LEGAL O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal Cadastro Ambiental Rural CAR: Âmbito Nacional Natureza declaratória Obrigatório para todas as propriedades e posses Base de

Leia mais

O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável José Humberto Chaves Gerência de Planejamento Florestal Setembro, 2010-1 - Sumário 1. As florestas no Brasil. 2. O Setor Florestal

Leia mais

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Meta brasileira de redução das emissões até 2020 36,1% a 38,9% das 3.236 MM de tonco2eq de emissões projetadas

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 172 MA

FICHA PROJETO - nº 172 MA FICHA PROJETO - nº 172 MA Mata Atlântica Pequeno Projeto 1) TÍTULO: Morro do Caçador Uma Proposta de Unidade de Conservação. 2) MUNICÍPIOS DE ATUAÇÃO DO PROJETO: Florianópolis, Ilha de Santa Catarina.

Leia mais

O programa brasileiro de unidades de conservação

O programa brasileiro de unidades de conservação O programa brasileiro de unidades de conservação MARINA SILVA Ministério do Meio Ambiente, Esplanada dos Ministérios, Brasília, Distrito Federal, Brasil. e-mail: marina.silva@mma.gov.br INTRODUÇÃO A Convenção

Leia mais

Diálogo com a Comunidade. Um balanço das ações sustentáveis

Diálogo com a Comunidade. Um balanço das ações sustentáveis Diálogo com a Comunidade Um balanço das ações sustentáveis Veracel Celulose É uma empresa 100% baiana, presente em dez municípios do Extremo Sul do estado: Eunápolis, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália,

Leia mais

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal

O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal 1 MARCO LEGAL MARCO LEGAL O QUE É O CAR? Lei 12.651/2012 Novo Código Florestal Cadastro Ambiental Rural CAR: Âmbito Nacional Natureza declaratória Obrigatório para todas as propriedades e posses Base de

Leia mais

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo?

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo? O que é o Fundo? O Fundo Terra Verde é uma fonte de financiamento para o desenvolvimento sustentável de São Félix do Xingu (SFX), no sudeste do Pará. Ele é um mecanismo privado e tem como objetivo captar,

Leia mais

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos - Criação e Estruturação da Moratória da Soja - Realizações da Moratória da Soja - A Prorrogação da Moratória - Ações Prioritárias Relatório Apresentado pelo

Leia mais

Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias. para a conservação e uso sustentável do Cerrado

Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias. para a conservação e uso sustentável do Cerrado Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs Instituto Sociedade, População e Natureza... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias para a conservação e uso sustentável do Cerrado (Mapas elaborados pelo

Leia mais

EXPANSÃO DA SOJA PARA A PORÇÃO NORTE DO BIOMA CERRADO NO ESTADO DO PIAUÍ

EXPANSÃO DA SOJA PARA A PORÇÃO NORTE DO BIOMA CERRADO NO ESTADO DO PIAUÍ EXPANSÃO DA SOJA PARA A PORÇÃO NORTE DO BIOMA CERRADO NO ESTADO DO PIAUÍ Resumo Patrícia Ladeira Pinheiro¹ Gabriel Pereira² (patricia.ladeira@gmail.com; pereira@ufsj.edu.br) Graduanda em Geografia - UFSJ

Leia mais

Plano Anual de Aplicação Regionalizada

Plano Anual de Aplicação Regionalizada Plano Anual de Aplicação Regionalizada PAAR - 2015 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO FLORESTAL Introdução PLANO ANUAL DE APLICAÇÃO REGIONALIZADA

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 O QUE É O CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito

Leia mais

Legislação Anterior Novo Código Florestal Avanços

Legislação Anterior Novo Código Florestal Avanços A APP era computada a partir das margens de rio ou cursos d água, pelo nível mais alto do período de cheia. Várzeas eram consideradas parte dos rios ou cursos d água, porque são inundadas durante o período

Leia mais

ENTREVISTA COLETIVA. Senadora Kátia Abreu Presidente da CNA. 10 de julho de 2013. Compromisso com o Brasil

ENTREVISTA COLETIVA. Senadora Kátia Abreu Presidente da CNA. 10 de julho de 2013. Compromisso com o Brasil ENTREVISTA COLETIVA Senadora Kátia Abreu Presidente da CNA 10 de julho de 2013 Compromisso com o Brasil 1 Uso do Solo no Brasil Cidades e Infraestrutura 0,2% Terras Devolutas do Incra 17,6% Outros Usos:

Leia mais

Centro de Conhecimento em Biodiversidade Tropical - Ecotropical

Centro de Conhecimento em Biodiversidade Tropical - Ecotropical Centro de Conhecimento em Biodiversidade Tropical - Ecotropical Realização: Instituto Energias do Brasil Endereço: Rua Bandeira Paulista, 530 11º andar CEP: 04532-001 São Paulo São Paulo, Brasil. Responsável:

Leia mais

A Implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e do Programa de Regularização Ambiental (PRA) nos estados brasileiros

A Implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e do Programa de Regularização Ambiental (PRA) nos estados brasileiros A Implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e do Programa de Regularização Ambiental (PRA) nos estados brasileiros Sumário Executivo Maio de 2015 Este sumário executivo apresenta um panorama nacional

Leia mais

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda 1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda Proprietário: José Antônio de Ávila Gimenes Município: Canarana / MT Apresentação Como forma de reconhecimento e incentivo aos produtores comprometidos e empenhados

Leia mais

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento Ações de Prevenção e Controle do Desmatamento no Brasil: Amazônia, Cerrado e Caatinga Brasília, setembro

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 075-MA

FICHA PROJETO - nº 075-MA FICHA PROJETO - nº 075-MA Mata Atlântica Grande Projeto 1) TÍTULO: CENTRO DE REFERÊNCIA EM BIODIVERSIDADE DA SERRA DOS ÓRGÃOS: UMA ALIANÇA ENTRE EDUCAÇÃO, TURISMO E CONSERVAÇÃO. 2) MUNICÍPIOS DE ATUAÇÃO

Leia mais

Carlos Souza Jr. & Adalberto Veríssimo (Imazon) Laurent Micol & Sérgio Guimarães (ICV) Resumo

Carlos Souza Jr. & Adalberto Veríssimo (Imazon) Laurent Micol & Sérgio Guimarães (ICV) Resumo Setembro e Outubro de 2007 Carlos Souza Jr. & Adalberto Veríssimo (Imazon) Laurent Micol & Sérgio Guimarães (ICV) Estado de Mato Grosso Resumo O desmatamento em setembro e outubro de 2007 em Mato grosso

Leia mais

Envolva-se! Venha ser um membro do FSC!

Envolva-se! Venha ser um membro do FSC! Envolva-se! Venha ser um membro do FSC! O seu apoio é fundamental para continuarmos a trabalhar pelo futuro de nossas florestas, da fauna, da flora e dos povos que nela habitam. Um planeta com qualidade

Leia mais

DESAFIOS À EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

DESAFIOS À EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA DESAFIOS À EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA Restrições Ambientais à Expansão Sustentável da Agropecuária Brasileira Assuero Doca Veronez Presidente da Comissão Nacional do Meio Ambiente da CNA assuero@mdnet.com.br

Leia mais

O lugar mais difícil para ser um Brigadista

O lugar mais difícil para ser um Brigadista Edição 22 Janeiro/Fevereiro 2013 O lugar mais difícil para ser um Brigadista Definitivamente, o lugar mais difícil para se fazer parte de uma Brigada de Incêndio é na Floresta Amazônica brasileira, especialmente

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO E SUSTENTABILIDADE DEPROS Contribuições do

Leia mais

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA. Banco Mundial PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DO ESTADO DA BAHIA POR QUE O PROJETO Decisão Estratégica do Governo do Estado da Bahia Necessidade de avançar na erradicação da pobreza rural Existência de

Leia mais

IMPACTO VIRTUOSO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS SOBRE A PROTEÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA SUFRAMA JUNHO DE 2007

IMPACTO VIRTUOSO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS SOBRE A PROTEÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA SUFRAMA JUNHO DE 2007 IMPACTO VIRTUOSO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS SOBRE A PROTEÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA SUFRAMA JUNHO DE 2007 IMPACTO VIRTUOSO DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS SOBRE A PROTEÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 Nome do Projeto Região País Setor(es) Tema(s) Instrumento de Empréstimo ID do Projeto Mutuário(s) Agência Implementadora

Leia mais

Membros. Financiadores

Membros. Financiadores Projeto de Pesquisa: CARACTERIZAÇÃO FITOGEOGRÁFICA, DISTRIBUIÇÃO DAS ESPECIES LENHOSAS E DETERMINANTES VEGETACIONAIS NA TRANSIÇÃO CERRADO/AMAZÔNIA Descrição: Serão feitos levantamentos de solos e vegetação

Leia mais

1º Seminário Catarinense sobre a Biodiversidade Vegetal

1º Seminário Catarinense sobre a Biodiversidade Vegetal 1º Seminário Catarinense sobre a Biodiversidade Vegetal Ações do Governo Federal Visando à Valorização e Conservação da Biodiversidade Vegetal João de Deus Medeiros joao.medeiros@mma.gov.br Departamento

Leia mais

CONCEPÇÕES SOBRE CERRADO 1 LEICHTWEIS, Kamila Souto 2 TIRADENTES, Cibele Pimenta 3 INTRODUÇÃO

CONCEPÇÕES SOBRE CERRADO 1 LEICHTWEIS, Kamila Souto 2 TIRADENTES, Cibele Pimenta 3 INTRODUÇÃO CONCEPÇÕES SOBRE CERRADO 1 LEICHTWEIS, Kamila Souto 2 TIRADENTES, Cibele Pimenta 3 INTRODUÇÃO A educação ambiental envolve atividades educativas que visam informar sobre o meio ambiente e suas relações.

Leia mais

www.assentamentosustentavel.org.br

www.assentamentosustentavel.org.br INFORMATIVO DO PROJETO ASSENTAMENTOS SUSTENTÁVEIS NA AMAZÔNIA (PAS) NÚMERO 2 SETEMBRO DE 2013 O QUE MUDOU PARA O PEQUENO PRODUTOR RURAL NA AMAZÔNIA? RESERVA LEGAL: são áreas de floresta que devem ser mantidas.

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

A importância das Áreas Protegidas Propostas no ZSEE-MT

A importância das Áreas Protegidas Propostas no ZSEE-MT O Instituto Centro de Vida (ICV) é uma OSCIP fundada em 1991, em Cuiabá, que vem trabalhando dentre outras atividades no monitoramento do desmatamento e da gestão florestal como também em estudos sobre

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Belém, 03 de setembro de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO CONHECIMENTO

Leia mais

Análise de Viabilidade

Análise de Viabilidade Análise de Viabilidade 1. Identificação Município: Itaúna Localização: Região de Tabuões Bacia Hidrográfica: Rio São Francisco 2. Resultados: Considerando as especulações que estão sendo levantadas com

Leia mais

Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor

Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor Carlo Lovatelli Presidente da São Paulo - SP 8 de novembro de 2011 1 A

Leia mais

Descrição de Posição

Descrição de Posição Descrição de Posição NOME DA POSIÇÃO: Economista Rural Coordenador de Projeto NOME DA FUNÇÃO: CONSERVATION INFORMATION MANAGER V GRUPO DA FUNÇÃO: Conservação NÚMERO DA FUNÇÃO: 200059 GRADE SALARIAL: 7

Leia mais

OBSERVADOR. Empresa Equipamentos de qualidade garantiram bons resultados no Leilão de Ativos p.04

OBSERVADOR. Empresa Equipamentos de qualidade garantiram bons resultados no Leilão de Ativos p.04 OBSERVADOR ano 43 n 505 outubro de 2014 Empresa Equipamentos de qualidade garantiram bons resultados no Leilão de Ativos p.04 Carpa Touros da Carpa são destaque no cenário nacional p.06 Empresa Conheça

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR O QUE ÉO CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade

Leia mais

Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo

Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo Conectando pessoas e florestas Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica ti Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo Objetivos PCE 1. Objetivo Geral: Demonstrar a viabilidade

Leia mais

ESTADO DO ACRE. Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais

ESTADO DO ACRE. Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais Através da Política de Valorização do Ativo Ambiental Florestal e do Zoneamento Ecológico

Leia mais

Cuiabá 23 de Setembro de 2012 REDD+ em Mato Grosso: Rumo à implementação. Panorama de REDD+ no Mundo e no Brasil

Cuiabá 23 de Setembro de 2012 REDD+ em Mato Grosso: Rumo à implementação. Panorama de REDD+ no Mundo e no Brasil Cuiabá 23 de Setembro de 2012 REDD+ em Mato Grosso: Rumo à implementação Panorama de REDD+ no Mundo e no Brasil Apresentação: Paulo Moutinho Diretor Executivo IPAM moutinho@ipam.org.br www.ipam.org.br

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos Pra começo de conversa, um video... NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 3 ELABORAÇÃO DO NOVO

Leia mais

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015

CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 Programa Áreas Protegidas da Amazônia Departamento de Áreas Protegidas Secretaria de Biodiversidade e Florestas Ministério do Meio Ambiente CHAMADA DE PROPOSTAS Nº 1/2015 APOIO FINANCEIRO AO PROCESSO DE

Leia mais

I Curso sobre Pagamentos por Serviços Ambientais Porto Seguro, 1 de junho de 2010. Chris Holvorcem Instituto BioAtlântica

I Curso sobre Pagamentos por Serviços Ambientais Porto Seguro, 1 de junho de 2010. Chris Holvorcem Instituto BioAtlântica I Curso sobre Pagamentos por Serviços Ambientais Porto Seguro, 1 de junho de 2010 Chris Holvorcem Instituto BioAtlântica Localização Corredor Central da Mata Atlântica Sítio do Patrimônio Mundial Natural

Leia mais

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Conceito de Tecnologia Social aplicada a Municípios Sustentáveis: "Compreende técnicas, metodologias e experiências

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Relatório com as principais notícias divulgadas pela mídia

Leia mais

RG: Órgão expedidor: Data de expedição: / / Tipo de pessoa: física jurídica CPF/CNPJ: CEP: Logradouro: Nº: Complemento: Telefone celular: ( )

RG: Órgão expedidor: Data de expedição: / / Tipo de pessoa: física jurídica CPF/CNPJ: CEP: Logradouro: Nº: Complemento: Telefone celular: ( ) Corretor: Seguro novo Nº apólice anterior: Possui outros seguros da mesma área? Recursos para a condução de floresta: Próprio Financiado Especificação do financiamento para condução da floresta? DADOS

Leia mais

WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR

WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR SISTEMA WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR Associação Brasileira de Criadores de Zebu Uberaba/MG, 02 de maio de 2012 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS DO ENCONTRO:... 4 PROGRAMAÇÃO DO

Leia mais

Organização da Aula. Política de Desenvolvimento Econômico. Aula 2. Contextualização

Organização da Aula. Política de Desenvolvimento Econômico. Aula 2. Contextualização Política de Desenvolvimento Econômico Aula 2 Prof. Nivaldo Vieira Lourenço Organização da Aula Aspectos conceituais do desenvolvimento regional Mudanças no conceito de região Regionalização brasileira

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 Institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da

Leia mais

PLANEJANDO A CONSERVAÇÃO DO CERRADO. Conciliando Biodiversidade e Agricultura

PLANEJANDO A CONSERVAÇÃO DO CERRADO. Conciliando Biodiversidade e Agricultura PLANEJANDO A CONSERVAÇÃO DO CERRADO Conciliando Biodiversidade e Agricultura DESAFIO Compatibilizar a Conservação e a Agricultura O crescimento da população global e a melhoria dos padrões de vida aumentaram

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 010/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: MUDANÇAS CLIMÁTICAS -MT O Projeto BRA/06/032

Leia mais

EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável

EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável EXO ANEXO TEMÁTICO 2: Tema Prioritário II Manejo de Paisagem Linha de Ação Temática 2.1 Manejo Florestal Sustentável 1. Objetivos da Chamada de Projetos para esta Linha de Ação Temática O objetivo da chamada

Leia mais

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012 GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY Oficina de Planejamento 2010-2012 Paraty, agosto de 2010 Objetivo da oficina Elaborar o Direcionamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty para os próximos

Leia mais

Projeto Assentamentos Sustentáveis na Amazônia. Projeto Assentamentos Sustentáveis na Amazônia

Projeto Assentamentos Sustentáveis na Amazônia. Projeto Assentamentos Sustentáveis na Amazônia INFORMATIVO DO PROJETO ASSENTAMENTOS SUSTENTÁVEIS NA AMAZÔNIA (PAS) NÚMERO 1 ANO 1 Paiol rústio de secagem e armazenamento de arroz no lote do Sr. Paulo Ferreira dos Santos, PA Cristalino II, BR-163 (PA).

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA PARA COMPILAÇÃO E MAPEAMENTO DE IMOVEIS RURAIS

TERMO DE REFERENCIA PARA COMPILAÇÃO E MAPEAMENTO DE IMOVEIS RURAIS SERVIÇOS DE GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS PARA FINS DE ELABORAÇÃO DE CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR NO MUNICÍPIO DE RIO CLARO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1. Contextualização A The Nature Conservancy

Leia mais

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO GOVERNO DO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO À PRODUÇÃO-SEDIP PROGRAMA DE REDUÇÃO DA POBREZA E GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS DO PARÁ Incentivo Apoio Técnico Fortalecimento

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 1129 1 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Certificação

Leia mais

Capítulo 10 ABORDAGEM INTEGRADA DO PLANEJAMENTO E DO GERENCIAMENTO DOS RECURSOS TERRESTRES

Capítulo 10 ABORDAGEM INTEGRADA DO PLANEJAMENTO E DO GERENCIAMENTO DOS RECURSOS TERRESTRES Capítulo 10 ABORDAGEM INTEGRADA DO PLANEJAMENTO E DO GERENCIAMENTO DOS RECURSOS TERRESTRES Introdução 10.1. A terra costuma ser definida como uma entidade física, em termos de sua topografia e sua natureza

Leia mais

Reserva da Biosfera da Amazônia Central

Reserva da Biosfera da Amazônia Central Reserva da Biosfera da Amazônia Central Estudo de caso da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã Seminário Internacional sobre Mineração e Sustentabilidade Socioambiental em Reservas da Biosfera

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL

PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA CUIABÁ-SANTAR SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL GRUPO DE TRABALHO INTERMINISTERIAL Decreto de 15 de março de 2004

Leia mais

COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO

COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO MlROVPOO E 1051 COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO Presidente: Vice-Presidente: Relator: SENADOR JAYME CAMPOS (DEM-MT) SENADOR JOÃO

Leia mais

Florestas Energéticas: realidade, visão estratégica e demanda de ações

Florestas Energéticas: realidade, visão estratégica e demanda de ações 4º Congresso Internacional de Bioenergia Florestas Energéticas: realidade, visão estratégica e demanda de ações Curitiba, 20 de agosto de 2009 Alexandre Uhlig, PhD. uhlig@uol.com.br Roteiro 2 Introdução

Leia mais

Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia

Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Belém, Setembro de 2015 Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Agenda global: o desafio do nosso tempo Agenda regional:

Leia mais

Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr.

Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr. Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr. O governo do estado do Pará lançou o Programa Municípios Verdes

Leia mais

SERRA DO AMOLAR. A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal

SERRA DO AMOLAR. A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal SERRA DO AMOLAR A vida que bate no lado esquerdo do Pantanal 2015 O CAMINHO DAS ÁGUAS Quando adentram a planície, as águas diminuem de velocidade por conta da baixa declividade e dão origem a grandes

Leia mais

Sustentabilidade socioambiental: qual é o papel da governança pública?

Sustentabilidade socioambiental: qual é o papel da governança pública? Sustentabilidade socioambiental: qual é o papel da governança pública? São Paulo, 22 de fevereiro de 2011 Nos últimos 5 anos, o complexo soja brasileiro vem experimentando mudanças estruturais na gestão

Leia mais

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT Flávia Cristina Solidade Nogueira Débora Fabiana Aparecida Tenutes Silva Sandro Ribeiro da Costa Universidade

Leia mais

LEITE: Ameaças e Oportunidades

LEITE: Ameaças e Oportunidades Campo Grande-MS, 14 de maio de 2012. LEITE: Ameaças e Oportunidades Rodrigo Sant Anna Alvim Presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA 1 AGENDA: 1. MERCADO LÁCTEO; 2. AMEAÇAS AO SETOR

Leia mais

5 Objetivos Principais

5 Objetivos Principais A Rainforest Business School Escola de Negócios Sustentáveis de Floresta Tropical Instituto de Estudos Avançados Universidade de São Paulo (USP) Programa de Pesquisa Amazônia em Transformação (AmazonIEA)

Leia mais

Caatinga: exclusivamente brasileira

Caatinga: exclusivamente brasileira Caatinga: exclusivamente brasileira Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Biodiversidade e Florestas Departamento de Conservação da Biodiversidade Parque Nacional da Serra da Capivara - PI Caatinga:

Leia mais

sobre cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade

sobre cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade a sobre s a d de dúvi eps e ar suas p e o r i d T o cip ntaçã par ti impla cê pode vo nte como ositivame p cartilha N 1 abrindo os caminhos... critérios plano de MaNeJo Área de amortecimento comunidade

Leia mais

Observatório de Políticas Públicas de Mudanças Climáticas

Observatório de Políticas Públicas de Mudanças Climáticas Observatório de Políticas Públicas de Mudanças Climáticas Avaliação da Legislação e das Políticas Brasileiras sobre Mudanças Climáticas, Senado Federal- Brasília 17/10/2013 FORUM CLIMA: Ação empresarial

Leia mais

MATO GROSSO TERRA DO PANTANAL

MATO GROSSO TERRA DO PANTANAL MATO GROSSO TERRA DO PANTANAL MATO GROSSO NO CORAÇÃO DA AMÉRICA DO SUL MATO GROSSO O Estado de Mato Grosso é o Estado mais central da América do Sul, em extensão territorial é terceiro maior, representa

Leia mais

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau Produção e Mercado de Cacau com Responsabilidade Socioambiental: Criação de Capacidades em Boas Práticas e Certificação na Cadeia do Cacau do Brasil. Missão:

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO Resposta ao Observatório do Clima sobre suas considerações ao Sumário de informações sobre como

Leia mais

O Cerrado brasileiro: geopolítica e economia

O Cerrado brasileiro: geopolítica e economia O Cerrado brasileiro: geopolítica e economia Bernardo Campolina Universidade Federal do Tocantins Seminário Crise Mundial e Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades para o Brasil BNDES Rio de

Leia mais

ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS

ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS ANEXO CHAMADA III DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA GESTÃO E AVALIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO ESTADUAIS OBJETIVO Esta chamada tem por objetivo financiar projetos relacionados a ações de gestão e avaliação

Leia mais

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL IMPORTÂNCIA ECONOMICA 1- Exportações em 2014: Mais de US$ 100 bilhões de dólares; 2- Contribui com aproximadamente 23% do PIB brasileiro; 3- São mais de 1 trilhão de Reais e

Leia mais

Cristiana Saddy Martins Coordenadora da Pós-Graduação cristi@ipe.org.br - 11 4597-1327

Cristiana Saddy Martins Coordenadora da Pós-Graduação cristi@ipe.org.br - 11 4597-1327 PROPOSTA DE UMA TURMA DE MESTRADO PROFISSIONAL, PARA UMA FORMAÇÃO STRICTO SENSU DOS SERVIDORES DO INSTITUTO BRASÍLIA AMBIENTAL IBRAM (FORMATO MODULAR PRESENCIAL) Cristiana Saddy Martins Coordenadora da

Leia mais

Manual do REVENDEDOR

Manual do REVENDEDOR Manual do REVENDEDOR O que é o Programa Revenda Estrela? É um pacote de serviços que a SODRAMAR criou para investir nos pontos de venda (revendedores especializados em produtos de lazer), ampliando a relação

Leia mais