Resumo Contexto Abril... 2 Maio... 3 Junho Resultados, Produtos e Avanços Significativos Performance...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resumo... 1. 1. Contexto... 2. Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4. 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6. 3. Performance..."

Transcrição

1

2

3 Conteúdo Resumo Contexto... 2 Abril... 2 Maio... 3 Junho Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6 Componente 01 Reforço na produção responsável... 6 Componente 02 Divulgação de iniciativas socioambientais em propriedades cadastradas... 9 Componente 03 Brigada de Incêndios do Xingu Performance Atividades planejadas para o próximo trimestre... 20

4 Resumo Disponibilização do Relatório Anual de 2012 da Aliança da Terra no site (http://aliancadaterra.org.br/noticias/ja-esta-disponivel-para-download-o-relatorio-anual da-alianca-da-terra/). Visita e pré-certificação em padrão internacional à 33 propriedades rurais para a inserção no Cadastro de Compromisso Socioambiental. Re-visitas, auditorias internas e preparação para a certificação de soja responsável (RTRS, por sua sigla em inglês) de sete propriedades rurais. Visita aos Estados Unidos, sob coordenação e supervisão d o Serviço Florestal Norte Americano (USFS), para capacitação da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra. Realização de treinamento em São Miguel do Araguaia, Goiás, com a formação de 43 brigadistas. Divulgação da Brigada de Incêndio e conscientização da população sobre queimadas em visitas a duas escolas em Novo Santo Antônio e participação em reunião em São Felix do Araguaia, Mato Grosso. Início do desenvolvimento do banco de dados da Aliança da Terra sob desenvolvimento da Gestão Agropecuária. Participação da Aliança da Terra em eventos como 8ª Conferência Internacional sobre Soja Responsável (RT8), realizado em Pequim, na China, e ExpoSustentat, realizado no Rio de Janeiro. Realização com sucesso da1ª Feira de Touros do Pró-Genética - Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu - do estado de Mato Grosso. Lançamento de documentário sobre a produção agropecuária em propriedades do Cadastro de Compromisso Socioambiental no site da Aliança da Terra (http://aliancadaterra.org.br/imprensa/videos/documentario-com-produtores-do-ccs-da-alia nca-da-terra/).

5 1. Contexto Os principais acontecimentos neste trimestre foram: Abril A Brigada de Incêndio da Aliança da Terra realizou treinamento em São Miguel do Araguaia, Goiás, entre os dias 1ª e 4 de abril. Participaram 43 pessoas, entre funcionários de fazendas, membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município e acadêmicos do curso de Gestão Ambiental e Técnico de Segurança do Trabalho. Início do desenvolvimento do banco de dados da Aliança da Terra pela Gestão Agropecuária. Realização de inseminação artificial no Projeto de Pecuária do Assentamento Santo Antônio da Mata Azul em Novo Santo Antônio, Mato Grosso. O Ministério do Meio Ambiente decretou estado de emergência ambiental em Mato Grosso para o período de abril até novembro de 2013, conforme portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). Outros 18 Estados brasileiros mais o Distrito Federal entraram na lista do Governo Federal, já levando em consideração o período de secas, quando são mais comuns os focos de incêndio nas florestas brasileiras. Reunião com a Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja) e com a empresa ADM para a realização de trabalho em conjunto, promovendo maior disseminação do Cadastro de Compromisso Socioambiental da Aliança da Terra e aumentando os benefícios para os produtores rurais.

6 Maio Disponibilização do Relatório Anual de Este é o 1º relatório anual confeccionado pela Aliança da Terra. Nele estão os principais destaques da OSCIP. O relatório pode ser obtido em: 012-da-alianca-da-terra/. O Gerente de Projetos da Aliança da Terra, Charton Jahn Locks, participou da 8ª Conferência Internacional sobre Soja Responsável (RT8) entre os dias 28 e 29 de maio em Pequim, China. Charton, além de participar dos debates, apresentou uma palestra sobre as experiências de Produção Responsável no campo. Definição do grupo de sete propriedades rurais que irão certificar na Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS, por sua sigla em inglês) a safra de soja 2012/2013. A Aliança da Terra será a gestora deste grupo. Aliança da Terra realizou a 1ª Feira de Touros do Pró-Genética - Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu - do Estado de Mato Grosso. Foram vendidos 92% dos touros ofertados (35 touros). A feira foi realizada no Projeto de Assentamento Santo Antônio da Mata Azul em Novo Santo Antônio, nordeste do MT. O Ibama divulgou que o desmatamento e a degradação florestal na Amazônia caíram em março e abril de 2013, sendo a quarta queda consecutiva na taxa mensal do desmatamento. Entretanto, o total desmatado no acumulado do ano (agosto2012/abril2013) é 15% maior do que o mesmo período do ano passado (agosto2011/abril2012).

7 Junho O Chefe da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra, Edimar dos Santos Abreu, juntamente com os brigadistas da Aliança da Terra Luzival Farias e Osmano Melquíades dos Santos foram para os Estados Unidos para um treinamento e uma visita técnica sobre gerência e combate à incêndios florestais com supervisão do Serviço Florestal Norte Americano (USFS, por sua sigla em inglês), na cidade de Boise no Estado de Idaho, entre os dias 19 e 29 de junho. Lançado no site da Aliança da Terra documentário que relata a produção agropecuária de vários produtores do Cadastro de Compromisso Socioambiental. O documentário pode ser acessado em: A Aliança da Terra esteve presente, através de seu Diretor Administrativo, Marcos Reis, na primeira edição da ExpoSustentat, que ocorreu nos dias 13 e 14 de junho. Este evento tratou dos desafios de uma economia sustentável. Marcos Reis apresentou a palestra Inclusão social através da sustentabilidade econômica e ambiental A experiência do assentamento Mata Azul. A Aliança da Terra recebeu em seu escritório de Goiânia a turma de Ecologia e Análise Ambiental da Universidade Federal de Goiás. Esta visita fez parte da disciplina de Bioindicadores e os alunos apresentarão projetos de pesquisa sobre os problemas expostos pela Aliança da Terra, como a avaliação do efeito dos agroquímicos em ambientes aquáticos. Estudo da Universidade da Califórnia com diversos parceiros prevê um aumento da ocorrência de focos de incêndio para o ano de 2013, em comparação com os anos de 2011 e Desta forma, o trabalho realizado pela Brigada de Incêndio da Aliança da Terra continua sendo importante.

8 O Ministério do Meio Ambiente divulgou que entre agosto de 2011 e julho de 2012 o Brasil obteve o menor índice de área desmatada na Amazônia Legal desde que foram iniciadas as medições, em 1988 (4.571 km² de desmatamento). O número, proveniente do sistema Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), é consolidado e foi corrigido em cerca de 2% para baixo em relação ao índice divulgado em novembro do ano passado, quando o governo anunciou um desmatamento de km².

9 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos Componente 01 Reforço na produção responsável Objetivo: Contribuir com o aumento da responsabilidade socioambiental na produção agropecuária através da identificação de propriedades privadas comprometidas interessadas em participar de uma cadeia de produção responsável. Método: Conduzir revisita de verificação para acompanhar a evolução socioambiental das fazendas participantes do Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS). Avanços: O Cadastro de Compromisso Socioambiental da Aliança da Terra visa promover a melhoria da gestão dos recursos naturais e dos aspectos sociais das propriedades rurais. Para isso a Aliança da Terra visita as propriedades e realiza extensivo trabalho de campo. A Aliança da Terra valoriza a conversa com o produtor e com os funcionários, construindo uma relação de confiança mútua e parceria explícita. É elaborado um documento que descreve as condições da propriedade e uma lista de pontos a serem resolvidos com sugestões de ações corretivas. O produtor voluntariamente se compromete com um plano de adequação. A Aliança da Terra capacita e auxilia os produtores, não aceitando desmatamento ilegal, trabalho escravo e propriedades embargadas pelo Ibama. Entre abril e junho de 2013 a Aliança da Terra visitou 33 propriedades rurais, sendo duas em Goiás e 31 no Mato Grosso, analisando minuciosamente todos os pontos das áreas (Figuras 01 e 02). Foram feitas entrevistas com os produtores rurais e coletados os dados em campo. Destas propriedades, 14 tiveram finalizados seus Diagnósticos Socioambientais ainda em junho. Todas as outras terão seus diagnósticos finalizados no trimestre seguinte (julho a setembro de 2013).

10 Figura 01: Propriedades que foram visitadas pela Aliança da Terra entre abril e junho de 2013 e todas as propriedades do Cadastro de Compromisso Socioambiental. Figura 02: Propriedade rural visitada pela Aliança da Terra em abril de 2013, na qual foi feito o levantamento de campo para o Cadastro de Compromisso Socioambiental e a pré-certificação RTRS (Associação Internacional de Soja Responsável).

11 As propriedades visitadas, além do trabalho do Cadastro de Compromisso Socioambiental, também foram analisadas pela Aliança da Terra sob os critérios da certificação da Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS, por sua sigla em inglês). A RTRS é uma iniciativa formada por múltiplas partes e visa facilitar um diálogo global sobre uma produção de soja que seja economicamente viável, socialmente eqüitativa e ambientalmente sólida. Foi criada uma certificação para a soja que segue o padrão RTRS (saiba mais em Este padrão assegura boas práticas de gestão, condições de trabalho justas e respeito ao meio ambiente. A Aliança da Terra, por meio desta pré-certificação para RTRS, visa deixar os produtores rurais preparados para serem certificados caso queiram, faltando apenas contratar alguma certificadora. Um ponto chave para o sucesso deste projeto de produção responsável é a continuidade. Assim, apoiados pela US Agency for International Development, a Aliança da Terra realiza a verificação da evolução socioambiental das propriedades rurais. Entre abril e junho de 2013 sete propriedades rurais foram re-visitadas. Analisamos todos os passivos ambientais diagnosticados previamente e também verificamos se surgiu algum novo passivo. Esta auditoria é fundamental tanto para o controle da Aliança da Terra das melhorias realizadas sob sua supervisão quanto para fornecer assistência personalizada para os produtores. O sentido de continuidade no trabalho fortalece a confiança entre ambas as partes. Na re-visita às sete propriedades também foi realizada a pré-certificação RTRS. Entretanto, diferentemente das propriedades visitadas pela primeira vez, a Aliança da Terra constituiu um grupo destas sete propriedades e irá promover a certificação RTRS. Nestas re-visitas foram feitos todos os ajustes para que as propriedades estivessem no padrão de uma certificação internacional. Em junho foi contratada a Control Union para certificar as propriedades. O processo de certificação acontecerá entre julho e agosto de 2013

12 Componente 02 Divulgação de iniciativas socioambientais em propriedades cadastradas Objetivo: Promover eventos para apresentação de boas práticas socioambientais desenvolvidas em fazendas do CCS, criando um espaço para troca de informações entre os produtores, palestrantes e demais participantes. Método: Organização de workshops envolvendo produtores rurais no debate de boas práticas socioambientais de produção. Avanços: A Aliança da Terra divulgou as iniciativas socioambientais das propriedades cadastradas de diferentes formas entre abril e junho de 2013, atingindo extenso público. A principal divulgação foi a disponibilização do Relatório Anual de 2012 da Aliança da Terra no website (http://aliancadaterra.org.br/noticias/ja-esta-disponivel-para-download-o-relatorio-anual da-alianca-da-terra/). Este é o 1º relatório anual confeccionado pela Aliança. Nele estão os principais destaques obtidos pela Aliança da Terra, como o grande crescimento do Cadastro de Compromisso Socioambiental, a atuação intensiva da Brigada de Incêndio e o início do Projeto de Pecuária Responsável no Assentamento Santo Antônio da Mata Azul, Mato Grosso (Figura 03). A realização da 1ª Feira de Touros do Pró-Genética - Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu - do Estado de Mato Grosso foi um sucesso em todas as áreas. Realizada no Projeto de Assentamento Santo Antônio da Mata Azul em Novo Santo Antônio, foram comercializados 92% dos touros ofertados (35 touros). Este touros, por possuírem alta qualidade genética, irão melhorar a qualidade do rebanho da região. Outro ponto de sucesso foi a ampla divulgação obtida pela feira. Um vídeo pode ser assistido em Dentre as diversas reportagens vinculadas sobre o tema, podemos destacar:

13 ionar_pequeno_produtor_no_mercado&id=6309 e Outra divulgação abrangente foi o lançamento no site da Aliança da Terra (www.aliancadaterra.org.br) do documentário que relata a produção agropecuária em vários produtores do Cadastro de Compromisso Socioambiental. O documentário pode ser acessado em: nca-da-terra/. Figura 03: Capa do Relatório Anual de 2012 da Aliança da Terra. O relatório está disponível no site da Aliança da Terra (http://aliancadaterra.org.br/noticias/ja-esta-disponivel-para-download-o-relatorio-anua l-2012-da-alianca-da-terra/) e possui versão em português e em inglês. A divulgação de iniciativas socioambientais também é realizada com a impressão e divulgação dos Boletins Produzindo Certo. Todos os produtores do Cadastro de Compromisso Socioambiental da Aliança da Terra, além de outros parceiros como sindicatos e empresas agropecuárias, recebem por correspondência o Boletim. São publicadas notícias sobre o trabalho desenvolvido pela Aliança da Terra. Cada edição tem tiragem de exemplares. Para o período que está sendo reportado neste relatório (abril a junho de 2013) foram publicadas 2 edições do Boletim Produzindo Certo (Figura 04). Os Boletins podem ser obtidos em

14 Figura 04: Capas dos Boletins Produzindo Certo elaborados e divulgados entre abril e junho de Os Boletins podem ser obtidos no site da Aliança da Terra (http://aliancadaterra.org.br/imprensa/downloads/). Visando a ampliação da adoção de boas práticas agrícolas, a Aliança da Terra ajudou a criar e é membro do grupo de trabalho Força Tarefa Brasil (FT-Brasil) da Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS). A FT-Brasil foi criada no início de 2013 para desenvolver, implementar e estruturar as atividades da RTRS no Brasil, visando que a longo prazo o padrão de soja RTRS seja adotado pela maior parte dos produtores rurais. São realizadas periodicamente reuniões entre os membros da FT-Brasil, na qual se busca a definição de estratégias de divulgação da RTRS. A Aliança da Terra divulgou entre abril e junho de 2013 as iniciativas socioambientais de seus cadastrados por meio de palestras em dois grandes eventos. Na ExpoSustentat, realizada nos dias 13 e 14 de junho, no Centro de Convenções Sulamerica, no Rio de Janeiro (RJ), o Diretor Administrativo da Aliança da Terra, Marcos Reis, falou sobre a Inclusão social através da sustentabilidade econômica e ambiental A experiência do assentamento Mata Azul. O Projeto de Pecuária da Mata Azul visa aumentar a produtividade e a qualidade do rebanho dos pequenos produtores assentados, mantendo-se o equilíbrio com a conservação ambiental. Este evento reuniu profissionais e empresas que apresentaram e discutiram os tópicos mais importantes referentes à sustentabilidade,

15 aos impactos na economia e à manutenção dos serviços ambientais Outro importante evento que a Aliança da Terra expôs as iniciativas socioambientais das propriedades cadastradas foi na 8ª Conferência Internacional sobre Soja Responsável (RT8 - Figura 05). Este evento, promovido pela Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS, por sua sigla em inglês), ocorreu em Pequim, na China, nos dias 28 e 29 de maio de 2013 (mais detalhes em O local foi escolhido para aproximar a certificação com o mercado asiático e, mais especificamente, o mercado chinês, um importante parceiro econômico do Brasil no comércio de commodities agrícolas. O Gerente de Projetos da Aliança da Terra, Charton Jahn Locks, apresentou no primeiro dia do evento uma palestra sobre as experiências de produção responsável no campo (Figura 06). Na RT8 foi possível conhecer mais sobre a China e compreender os desenvolvimentos relacionados com a importação e produção de soja nesse país e no resto do continente. Fizeram também parte do programa as políticas sobre desmatamento e sua relação com a RTRS, e uma visão sobre o papel da sustentabilidade e da segurança alimentar na Ásia. Figura 05: Folder de divulgação da 8ª Conferência Internacional sobre Soja Responsável (RT8).Maiores detalhes podem ser obtidos em

16 Figura 06: Gerente de Projetos da Aliança da Terra, Charton Jahn Locks, apresentou as experiências das propriedades rurais brasileiras para obter a certificação RTRS na 8ª Conferência Internacional sobre Soja Responsável (RT8) em maio de 2013.

17 Componente 03 Brigada de Incêndios do Xingu Objetivo: Prevenir o desmatamento e a degradação florestal e contribuir para o bom gerenciamento dos recursos naturais na região do Xingu. Método: Estruturação de uma brigada de incêndios e realização de cursos de formação de brigadistas na região. Avanços: Entre abril e junho de 2013 não foi solicitada à Brigada de Incêndios da Aliança da Terra combater nenhum incêndio. O período chuvoso acabou um pouco mais tarde do que é o esperado naturalmente. Desta forma, os combates se iniciarão em julho e devem prosseguir até setembro ou outubro, quando voltará a chover com maior intensidade na região do Xingu, nordeste do Mato Grosso. Assim, no 2º trimestre de 2013 a Brigada de Incêndios da Aliança da Terra forneceu treinamentos e palestras de conscientização e bom gerenciamento dos recursos naturais e realizou cursos para o próprio aprimoramento. Entre 1º e 4 de abril, a Brigada de Incêndios da Aliança da Terra, em parceria com o Serviço Florestal Norte Americano (USFS, por sua sigla em inglês), ministrou o curso de formação de brigadistas em São Miguel do Araguaia,. Goiás (Figura 07). O curso foi ministrado na Escola Técnica de São Miguel do Araguaia e contou com 43 participantes, entre funcionários de fazendas da região, membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Miguel do Araguaia e acadêmicos do curso de Gestão ambiental e Técnico de Segurança do Trabalho.

18 Figura 07: Curso oferecido pela Brigada de Incêndios da Aliança da Terra em parceria com o Serviço Florestal Norte Americano (USFS) em São Miguel do Araguaia, Goiás. Realizado em abril de 2013, participaram 41 pessoas. Com o propósito de disseminar informação e conscientização na região de atuação para minimizar os problemas por fogo, a Brigada de Incêndios da Aliança da Terra visitou duas escolas em Novo Santo Antônio. Em 27 de maio os brigadistas foram à Escola Municipal Nair Barbosa de Sousa (Figura 08). Em 4 de junho os brigadistas foram à Escola de Extensão Rural Antônio Pereira de Freitas (Figura 09). No total, aproximadamente 90 alunos e 15 professores ouviram e discutiram com os brigadistas sobre o efeito das queimadas na natureza e para a sociedade e como prevenir incêndios Figura 08: Edimar dos Santos Abreu, chefe da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra, palestrando para alunos e professores da Escola Municipal Nair Barbosa de Sousa em Novo Santo Antônio, Mato Grosso. Este evento foi realizado no dia 27 de maio de 2013.

19 Figura 09: Alunos da Escola de Extensão Rural Antônio Pereira de Freitas em Novo Santo Antônio, Mato Grosso. Os brigadistas da Aliança da Terra apresentaram em 4 de junho de 2013 os perigos das queimadas e como preveni-las. A divulgação de boas práticas e de prevenção à incêndios também foi realizada no município de São Felix do Araguaia. Em 3 de junho os brigadistas da Aliança da Terra participaram de uma reunião com o Sindicato Rural, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e produtores rurais. Os brigadistas aproveitaram para divulgar o trabalho realizado e deixar os contatos, oferecendo ajuda no combate de incêndios caso seja necessário. A Brigada de Incêndios da Aliança da Terra, no 2º trimestre de 2013, não apenas divulgou e treinou outras pessoas da região, como também foi capacitada. A convite e sob supervisão do Serviço Florestal Norte Americano (USFS), o chefe da Brigada Edimar dos Santos Abreu, e os brigadistas Luzival Farias e Osmano Melquíades dos Santos foram para os Estados Unidos serem treinados (Figuras 10, 11 e 12). Os três brigadistas ficaram em Boise, estado de Idaho, participando de treinamentos de combates por terra, combate aéreo e de parte operacional com equipamentos específicos. O treinamento aconteceu entre os dias 19 e 29 de junho. Dentre as atividades realizadas, os brigadistas puderam conhecer a base nacional do USFS, que funciona como centro de inteligência da organização. Desta grandiosa experiência, os brigadistas trouxeram diversos planos e projetos. Por exemplo, concluiu-se que a instalação de caminhões pipas pode ampliar muito a área de cobertura, auxiliar na rapidez dos combates e facilitar o transporte de ferramentas. Outro plano é a adoção de um sistema de comando mais rigoroso, que monitora por conferências diárias todas as bases de dados.

20 Mais detalhes da viagem podem ser obtidos em cia-e-grandes-ideias/. As fotos da viagem podem ser visualizadas em ados-unidos-/. Figura 10: Brigadistas Osmano Melquíades dos Santos, Luzival Farias e Edimar dos Santos Abreu (da esquerda para a direita) nas montanhas no Estado de Idaho durante o treinamento oferecido pelo Serviço Florestal Norte Americano (USFS). Figura 11: Participantes do treinamento oferecido pelo Serviço Florestal Norte Americano (USFS). Os brigadistas da Aliança da Terra (de uniforme cinza) puderam participar de atividades em campo.

21 Figura 12: Brigadistas e o Diretor Geral da Aliança da Terra, John Cain Carter, na frente do Centro Nacional Interagências de Fogo em Boise, Idaho, durante o treinamento realizado entre 19 e 29 de junho de 2013

22 3. Performance Indicadores aplicáveis

23 4. Atividades planejadas para o próximo trimestre Expansão do Cadastro de Compromisso Socioambiental da Aliança da Terra, principalmente em propriedades no Mato Grosso; Conduzir re-visitas em propriedades do Cadastro de Compromisso Socioambiental, monitorando as melhorias realizadas e fornecendo assistência técnica personalizada; Combates a incêndios na região do Xingu, nordeste do Mato Grosso, pela Brigada de Incêndio da Aliança da Terra; Treinamento e formação de brigadistas indígenas na Reserva do Suruí, estado de Rondônia; Treinamento e formação de brigadistas na Fazenda Califórnia, de propriedade do Grupo Leopoldino, em Água Boa, estado do Mato Grosso; Treinamento e formação de brigadistas de quatro etnias indígenas no Parque Indígena do Xingu, nordeste do Mato Grosso; Conduzir a certificação RTRS, da Associação Internacional de Soja Responsável, para sete propriedades rurais do Cadastro de Compromisso Socioambiental; Desenvolvimento do banco de dados da Aliança da Terra com a Gestão Agropecuária; Realização do V Simpósio Alianças Socioambientais e do IV Prêmio Produzindo Certo da Aliança da Terra; Desenvolvimento do banco de dados da Aliança da Terra.

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Edição 22 24 Janeiro/Fevereiro Maio / Junho 2013 1º Feira de Touros do PróGenética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Mais de 250 pessoas compareceram à Feira 100% dos animais

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 007 Consultoria especializada (pessoa física) para elaborar e implantar novas metodologias

Leia mais

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos - Criação e Estruturação da Moratória da Soja - Realizações da Moratória da Soja - A Prorrogação da Moratória - Ações Prioritárias Relatório Apresentado pelo

Leia mais

PMS-MT Cartilha. Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes. Governança Funcionamento do Programa

PMS-MT Cartilha. Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes. Governança Funcionamento do Programa PMS-MT Cartilha Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes Fortalecimento da gestão ambiental municipal Contexto e benefícios Tarefas Regularização ambiental e fundiária

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará.

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. TERMO DE REFERÊNCIA Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. 1. Título: Diagnóstico de oportunidades para

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos

PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos PROGRAMA PETROBRAS SOCIOAMBIENTAL: Desenvolvimento Sustentável e Promoção de Direitos Pra começo de conversa, um video... NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 3 ELABORAÇÃO DO NOVO

Leia mais

Meio Ambiente propõe mutirão nacional para regularização ambiental de propriedades rurais brasileiras

Meio Ambiente propõe mutirão nacional para regularização ambiental de propriedades rurais brasileiras Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Nº 39/2013 maio Informativo digital sobre temas da cadeia produtiva da soja Meio Ambiente propõe mutirão nacional para regularização ambiental de

Leia mais

Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS

Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS Edição 22 23 Janeiro/Fevereiro Março / Abril 2013 Guerreiros do Fogo Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS Mais de 2.000 horas de suor e heroísmo O fogo é o inimigo comum do produtor, do ambientalista

Leia mais

O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado

O MATOPIBA e o desenvolvimento destrutivista do Cerrado O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado Paulo Rogerio Gonçalves* No dia seis de maio de 2015 o decreto n. 8447 cria o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba e seu comitê gestor.

Leia mais

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo?

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo? O que é o Fundo? O Fundo Terra Verde é uma fonte de financiamento para o desenvolvimento sustentável de São Félix do Xingu (SFX), no sudeste do Pará. Ele é um mecanismo privado e tem como objetivo captar,

Leia mais

Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira

Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira Câmara Setorial de Oleaginosas e Biodiesel do Ministério da Agricultura Daniel Furlan Amaral Economista Brasília DF 02 de setembro de

Leia mais

A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil

A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil A Floresta Amazônica, as mudanças climáticas e a agricultura no Brasil Quem somos? A TNC é a maior organização de conservação ambiental do mundo. Seus mais de um milhão de membros ajudam a proteger 130

Leia mais

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia Cadeia irá trabalhar unida na implementação das melhores práticas socioambientais

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 O QUE É O CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito

Leia mais

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA Declaração de trabalho, serviços e especificações A Contratada deverá executar o trabalho e realizar os serviços a seguir, indicados de acordo com as especificações e normas

Leia mais

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV. PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015 AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.: CK AX0003/00-Q5-RL-1001-15 2 ÍNDICE PÁG. 1 - INTRODUÇÃO...

Leia mais

Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor

Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Ações Estratégicas do Agronegócio Soja Responsabilidade Ambiental do Setor Carlo Lovatelli Presidente da São Paulo - SP 8 de novembro de 2011 1 A

Leia mais

O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável O Papel do Serviço Florestal Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável José Humberto Chaves Gerência de Planejamento Florestal Setembro, 2010-1 - Sumário 1. As florestas no Brasil. 2. O Setor Florestal

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA CRIAÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO DOS CONTEÚDOS TEXTUAIS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature Conservancy

Leia mais

COMO SE ASSOCIAR 2014

COMO SE ASSOCIAR 2014 2014 QUEM SOMOS FUNDADO EM 2004, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA, QUE SE DEDICA À PROMOÇÃO

Leia mais

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ Acordo de Doação Nº TF016192 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL DE LONGO

Leia mais

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO I. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROJETO BRA/11/021 - PROGRAMA DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COM INCLUSÃO SOCIAL (PSA)

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

Moratória da Soja no Bioma Amazônia Brasileiro

Moratória da Soja no Bioma Amazônia Brasileiro Moratória da Soja no Bioma Amazônia Brasileiro Uma iniciativa multistakeholder de sucesso no combate ao desflorestamento Conferência da Convenção-Quadro sobre Mudança do Clima Copenhague, Dinamarca Dezembro

Leia mais

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira. Florianópolis - SC 23 de junho de 2015

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira. Florianópolis - SC 23 de junho de 2015 Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira Florianópolis - SC 23 de junho de 2015 Qual a missão do Programa Soja Plus? 1. Promover e fomentar a melhoria contínua da gestão das

Leia mais

CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA

CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA PLANO DE TRABALHO JBS CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA Sistema de Monitoramento Socioambiental das Fazendas Fornecedoras de Gado da JBS

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica

Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica Política Estadual de Governança Climática e Gestão da Produção Ecossistêmica R E A L I Z A Ç Ã O : A P O I O : A Razão Diversos estados e municípios também estão avançando com suas políticas de mudanças

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Conceito de Tecnologia Social aplicada a Municípios Sustentáveis: "Compreende técnicas, metodologias e experiências

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento

MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Politicas de Combate ao Desmatamento Ações de Prevenção e Controle do Desmatamento no Brasil: Amazônia, Cerrado e Caatinga Brasília, setembro

Leia mais

Mobilização - construir parcerias e articulações integradas às dimensões ambientais: social, cultural e econômica.

Mobilização - construir parcerias e articulações integradas às dimensões ambientais: social, cultural e econômica. MISSÃO Desenvolver e implantar projetos que tenham como foco a geração de benefícios para o Planeta, provocando modificações conscientes, tanto no campo das ciências, quanto das atividades humanas. PRINCÍPIOS

Leia mais

Planos de Ação para a Proteção de Florestas da Cargill

Planos de Ação para a Proteção de Florestas da Cargill Planos de Ação para a Proteção de Florestas da Cargill ESTAMOS AGINDO Ao endossar a Declaração de Nova York sobre Florestas em 2014, a Cargill comprometeu-se a fazer a sua parte e promover medidas práticas

Leia mais

Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia

Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Belém, Setembro de 2015 Desafios e iniciativas do Pará na agenda de clima da Amazônia Agenda global: o desafio do nosso tempo Agenda regional:

Leia mais

ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG

ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIXOS, PROG EIXOS E PROGRAMAS EIXO 1 - Uso sustentável dos recursos naturais Programa de fortalecimento do sistema de gestão ambiental Programa de formação e manutenção

Leia mais

Edição 19 Julho/Agosto 2012

Edição 19 Julho/Agosto 2012 Edição 19 Julho/Agosto 2012 Inventário de aves Maçaricosolitário, Curutié, Tiêcaburé e Papagaiogalego, apenas algumas das aves das centenas de espécies encontradas durante as Campanhas para o desenvolvimento

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui

Leia mais

Moratória da Soja no. Bioma Amazônia. RELATÓRIO - 1º ANO 24 de julho de 2007. GTS - Grupo de Trabalho da Soja

Moratória da Soja no. Bioma Amazônia. RELATÓRIO - 1º ANO 24 de julho de 2007. GTS - Grupo de Trabalho da Soja Moratória da Soja no Bioma Amazônia RELATÓRIO - 1º ANO 24 de julho de 2007 GTS - Grupo de Trabalho da Soja 02 Moratória da Soja no PRODUÇÃO RESPONSÁVEL: MORATÓRIA DA SOJA NO ABIOVE (Associação Brasileira

Leia mais

COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO

COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO MlROVPOO E 1051 COMISSÃO TEMPORÁRIA - RISCO AMBIENTAL EM MUNIcíPIOS RELACIONADOS PELO INPE PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO Presidente: Vice-Presidente: Relator: SENADOR JAYME CAMPOS (DEM-MT) SENADOR JOÃO

Leia mais

Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD

Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-SEMAD Diretoria de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Eventos Críticos DPIFE Palestrante: JARBAS JORGE DE ALCÂNTARA Téc.

Leia mais

Pecuária Sustentável Walmart Brasil. Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade

Pecuária Sustentável Walmart Brasil. Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade Pecuária Sustentável Walmart Brasil Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade Walmart no mundo Presente em 27 países 10.800 lojas 2,2 milhões de funcionários Faturamento global: US$ 466,7 bi (2012)

Leia mais

REDD+ EM MATO GROSSO: RUMO À IMPLEMENTAÇÃO (Lei 9.878/2013)

REDD+ EM MATO GROSSO: RUMO À IMPLEMENTAÇÃO (Lei 9.878/2013) REDD+ EM MATO GROSSO: RUMO À IMPLEMENTAÇÃO (Lei 9.878/2013) Mato Grosso - Produção Soja 18,81 Milhões de toneladas Milho 2 Safra 8,41 Milhões de toneladas Algodão 1,44 Milhões de toneladas Rebanho 28,7

Leia mais

TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014

TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014 TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014 Não existem regiões de fronteiras agrícolas consolidadas plenamente desenvolvidas, sem que haja uma agricultura forte impulsionando o redor.

Leia mais

Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro

Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro Informamos, de uma forma sintética e resumida, os recentes avanços e novas ferramentas ligados ao setor agropecuário,

Leia mais

Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação

Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Corporação Financeira Internacional 26 de agosto de 2009 SUMÁRIO PÁGINA Resumo executivo...

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno.

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno. TERMO DE REFERÊNCIA nº 030/2012 Responsável: Fábio Leite Setor: Unidade de Gestão de Programas Rio de Janeiro, 10 de julho de 2012. Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar

Leia mais

A Floresta Amazônica. A maior floresta tropical do planeta. São 7 milhões de km2 espalhados ao longo de nove países:

A Floresta Amazônica. A maior floresta tropical do planeta. São 7 milhões de km2 espalhados ao longo de nove países: A Floresta Amazônica A maior floresta tropical do planeta São 7 milhões de km2 espalhados ao longo de nove países: Bolivia Equador Venezuela Colombia Peru Suriname Guiana Guiana Francesa Brasil A Floresta

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Edital nº 001/2015 EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Contratação de pessoa física ou jurídica para prestar serviços no contexto do Projeto Noroeste: Território Sustentável, conforme descrito abaixo. O Instituto

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

São Paulo, 17 de julho, de 2011. Prezados,

São Paulo, 17 de julho, de 2011. Prezados, São Paulo, 17 de julho, de 2011. Prezados, Em resposta ao processo administrativo 02/2011, recebido no dia 27/06/2011, tendo como proponente o Grupo de Trabalho da Amazônia, a Suzano Papel e Celulose vem,

Leia mais

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO

PANORAMA GERAL DO PROGRAMA NO ESTADO GOVERNO DO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO À PRODUÇÃO-SEDIP PROGRAMA DE REDUÇÃO DA POBREZA E GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS DO PARÁ Incentivo Apoio Técnico Fortalecimento

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Perfil - 2-1. Fatos sobre Brasil 2. Contexto Florestal 3. Estratégias para

Leia mais

F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO

F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO F o r e s t C o m u n i c a ç ã o PORTFÓLIO A FOREST COMUNICAÇÃO nasceu para atender organizações que atuam na área socioambiental. Nossos serviços incluem assessoria e planejamento de comunicação, produção

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda 1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda Proprietário: José Antônio de Ávila Gimenes Município: Canarana / MT Apresentação Como forma de reconhecimento e incentivo aos produtores comprometidos e empenhados

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

Já sabe como funciona hoje a governança ambiental pública e privada?

Já sabe como funciona hoje a governança ambiental pública e privada? CONVITE Caro (a) jornalista, Você conhece a fundo o novo Código Florestal, uma das leis mais importantes do Brasil, visto que o País é uma das principais potências agrícolas do mundo e preserva 63% da

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA Função no Projeto: Contratação de consultoria especializada para desenvolver e implementar estratégias de impacto e sustentabilidade da Campanha Coração Azul no

Leia mais

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014 Leite relatório de inteligência Abril 2014 A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades A rotina em uma propriedade leiteira exige acompanhamento e atenção em todos os

Leia mais

Feiras livres da agricultura familiar

Feiras livres da agricultura familiar Feiras livres da agricultura familiar FEIRAS LIVRES DA AGRICULTURA FAMILIAR Tradicionalmente, a Emater MG tem participação efetiva na organização e implantação dessas feiras no Estado, desenvolvendo ações,

Leia mais

Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC

Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC Elisabeth Gomes elisabeth.gomes@sbgc.org.br Diretora de relações com o governo - SBGC 2º Fórum de Gestão

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

ESTADO DO ACRE. Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais

ESTADO DO ACRE. Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais Estado do Acre estabelece processos de inclusão social e econômica visando ao uso sustentável dos recursos naturais Através da Política de Valorização do Ativo Ambiental Florestal e do Zoneamento Ecológico

Leia mais

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Programa de Fortalecimento e Barro Alto -

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

Projeto Nacional de Ações Integradas Público Privadas para Biodiversidade PROBIO II. Missão de Supervisão do Banco Mundial Junho de 2010

Projeto Nacional de Ações Integradas Público Privadas para Biodiversidade PROBIO II. Missão de Supervisão do Banco Mundial Junho de 2010 Projeto Nacional de Ações Integradas Público Privadas para Biodiversidade PROBIO II Missão de Supervisão do Banco Mundial Junho de 2010 COMPONENTE 1 Integração da biodiversidade em setores públicos e econômicos

Leia mais

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal MINISTÉRIO DO MEIO AMBENTE SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA PILOTO PARA A PROTEÇÃO DAS FLORESTAS TROPICAIS BRASILEIRAS PROJETO CORREDORES ECOLÓGICOS SUB PROJETO CONSOLIDAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DOS ÓLEOS

Leia mais

Renda agropecuária dos Estados Unidos deve cair 13,8% em 2014, di... Página 1 de 10

Renda agropecuária dos Estados Unidos deve cair 13,8% em 2014, di... Página 1 de 10 Renda agropecuária dos Estados Unidos deve cair 13,8% em 2014, di... Página 1 de 10 RuralBR Agricultura Pecuária Canal Rural Tempo Cotação Blogs Especiais Últimas Notícias C2Rural Lance Rural Agricultura

Leia mais

A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas?

A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas? A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas? * Juliano Assunção, Clarissa Gandour e Rudi Rocha Primeira versão: Março, 2012 Esta versão: Março, 2015 Introdução O desmatamento e

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR O QUE ÉO CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade

Leia mais

20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014

20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014 20º Edital PPP-ECOS/Fundo Amazônia/2014 Prazo para envio das propostas 08 de agosto de 2014 O Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS) concede doações de até 90 mil reais a associações sem

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau

I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau I Fórum Sustentabilidade da Cadeia do Cacau Produção e Mercado de Cacau com Responsabilidade Socioambiental: Criação de Capacidades em Boas Práticas e Certificação na Cadeia do Cacau do Brasil. Missão:

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Meta brasileira de redução das emissões até 2020 36,1% a 38,9% das 3.236 MM de tonco2eq de emissões projetadas

Leia mais

OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE

OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE OUVIDORIA PÚBLICA Canal de escuta que tem como foco a aproximação do cidadão com o poder público visando a garantia de direitos e promoção da cidadania.

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS PARA O COMBATE AO DESMATAMENTO Resposta ao Observatório do Clima sobre suas considerações ao Sumário de informações sobre como

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 075-MA

FICHA PROJETO - nº 075-MA FICHA PROJETO - nº 075-MA Mata Atlântica Grande Projeto 1) TÍTULO: CENTRO DE REFERÊNCIA EM BIODIVERSIDADE DA SERRA DOS ÓRGÃOS: UMA ALIANÇA ENTRE EDUCAÇÃO, TURISMO E CONSERVAÇÃO. 2) MUNICÍPIOS DE ATUAÇÃO

Leia mais

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Eu, ( ) (sigla do partido) me comprometo a promover os itens selecionados abaixo

Leia mais

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 PERFIL DA EMPRESA A Premier Ambiental é uma empresa de Consultoria em Gerenciamento de Requisitos Legais, implantação e manutenção

Leia mais

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira SÃO PAULO SP 22 / 05 / 2013

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira SÃO PAULO SP 22 / 05 / 2013 Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira SÃO PAULO SP 22 / 05 / 2013 SOJA BRASILEIRA A soja é a principal cultura agrícola do Brasil - 28 milhões de ha (25% da área mundial plantada)

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto Gestar

Mostra de Projetos 2011. Projeto Gestar Mostra de Projetos 2011 Projeto Gestar Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Instituto Ser-Vir Cidade:

Leia mais

Políticas públicas e Projetos privados de REDD+ no Brasil. Marina Piatto Iniciativa de Clima e Agricultura

Políticas públicas e Projetos privados de REDD+ no Brasil. Marina Piatto Iniciativa de Clima e Agricultura Políticas públicas e Projetos privados de REDD+ no Brasil Marina Piatto Iniciativa de Clima e Agricultura REDD+ no Brasil INICIATIVAS NACIONAIS PNMC Estratégia Nacional de REDD+ (em desenvolvimento) Projeto

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013.

2. A proposta será avaliada pelo Subcomitê Virtual de Revisão (SVR) e examinada pelo Comitê de Projetos em março de 2013. PJ 45/13 9 janeiro 2013 Original: inglês Disponível em inglês e português P Comitê de Projetos 5. a reunião 7 março 2013 Londres, Reino Unido Empoderamento das mulheres nas cooperativas de café brasileiras

Leia mais

Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização

Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Corporação Financeira Internacional 26 de agosto

Leia mais

Estratégias para a implantação do T&V

Estratégias para a implantação do T&V 64 Embrapa Soja, Documentos, 288 Estratégias para a implantação do T&V Lineu Alberto Domit 1 A estratégia de ação proposta está baseada na experiência acumulada na implantação do sistema T&V no estado

Leia mais

PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A. Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade

PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A. Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade Bertin S.A. Fundação: 1977 / Sede: Lins/SP Empresa de capital 100% nacional

Leia mais

20V9 - Monitoramento da Cobertura da Terra e do Risco de Queimadas e Incêndios Florestais (INPE)

20V9 - Monitoramento da Cobertura da Terra e do Risco de Queimadas e Incêndios Florestais (INPE) Programa 2036 - Florestas, Prevenção e Controle do Desmatamento e dos Incêndios 20M4 - Promoção de Modelos Produtivos Rurais Sustentáveis Número de Ações 18 UO: 44101 - Ministério do Meio Ambiente Unidade

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais