Edição 19 Julho/Agosto 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edição 19 Julho/Agosto 2012"

Transcrição

1 Edição 19 Julho/Agosto 2012 Inventário de aves Maçaricosolitário, Curutié, Tiêcaburé e Papagaiogalego, apenas algumas das aves das centenas de espécies encontradas durante as Campanhas para o desenvolvimento de um Inventário de Aves em propriedades registradas no Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS) da Aliança da Terra (AT). Cada uma destas aves conta uma história diferente. Registrado na Fazenda Morumbi, na porção Nordeste do Estado de Mato Grosso, no município de Alto Boa Vista, o Maçaricosolitário (Tringa solitaria) habita locais à beira d'água doce e é normalmente encontrado sozinho, às vezes em dois ou três indivíduos espalhados, mas nunca em grupos. Reproduzse na América do Norte, migrando durante o inverno para a região compreendida entre o México e a Argentina, incluindo todas as regiões do Brasil. Sua presença em nosso País é, portanto, temporária. O exemplar de Curutié (Certhiaxissp. nv.) foi encontrado e registrado no Rancho Jatobá, no Assentamento da Mata Azul, à margem do Rio das Mortes, próximo à desembocadura no Rio Araguaia, no município de Novo Santo Antônio MT. O exemplar encontrado desta ave foi definido pela equipe de pesquisadores, Benedito Freitas e Raphael E. F. Santos e apoio de Analistas Ambientais e Brigadistas da AT como uma espécie nova que ainda será descrita pela ciência, tamanha raridade e diferenciação em relação aos exemplares comuns da espécie. Já o Tiêcaburé (Compsothraupis loricata) teve o seu primeiro registro documentado para o Estado de Mato Grosso nesta expedição do inventário da riqueza de aves silvestres do interflúvio AraguaiaXingu. Diferentemente desta espécie, o Papagaiogalego (Alipiopsitta xanthops) tem sua habitação comum no cerrado, na caatinga e mata de galeria, porém, esta espécie está ameaçada de extinção em todo o Brasil, mas é encontrada em abundância na região do Assentamento da Mata Azul. Vale lembrar que as duas Campanhas já foram finalizadas, ao final do mês de julho, e o primeiro relatório já foi entregue. Ele pode ser acessado através do site da Aliança da Terra: Curutié (Certhiaxissp. nv.) Papagaiogalego ( Alipiopsitta xanthops) Tiêcaburé (Compsothraupis loricata) Maçaricosolitário (Tringa solitaria) APOIO/ PARCERIAS:

2 Vem aí o IV Simpósio Alianças Socioambientais e o III Prêmio Produzindo Certo IV SIMPÓSIO ALIANÇAS SOCIOAMBIENTAIS III PRÊMIO PRODUZINDO CERTO As edições passadas do Simpósio Alianças Socioambientais e do Prêmio Produzindo Certo, realizados anualmente pela Aliança da Terra (AT), representaram um sucesso inegável. Prova disso foi a reunião de um total de mais de 600 pessoas, interessadas em discutir a construção de uma cadeia limpa e transparente de commodities, além de homenagear produtores que melhor desempenharam a adequação socioambiental de suas propriedades. Estes eventos, realizados ao longo dos últimos três anos, reuniram públicos variados e interessados, entre produtores rurais, palestrantes de renome internacional, empresas do agronegócio de atuação global, pesquisadores conceituados, federações, associações, organizações não governamentais, sindicatos e autoridades públicas. Neste ano, a Aliança da Terra busca inovar de novo. Assim como tiramos os produtores da rotina, realizando a última cerimônia do Prêmio Produzindo Certo em um cinema, a edição deste ano, que será integrada ao Simpósio, trará atrações que prometem movimentar o município de SorrisoMT. No dia 06 de dezembro de 2012, data do evento, o público poderá prestigiar uma palestra global e um espetáculo célebre de Stand Up Comedy, todo contextualizado à vida do homem do campo. Exibições audiovisuais inéditas também estão incluídas no pacote, que tem por objetivo aproximar produtores rurais e pessoas do segmento que se preocupam com a máxima da AT: Produzindo Certo! As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pela internet, através do ou pelo telefone (62) As inscrições são gratuitas, mas as vagas limitadas! Para mais informações, ligue (62) Bárbara. Registros do III Simpósio Alianças Socioambientais e II Prêmio Produzindo Certo O III Simpósio aconteceu no auditório da SGPA (Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura) em Goiânia e reuniu participantes de vários estados. A terceira edição do Simpósio Alianças Socioambientais reuniu grandes nomes do agronegócio e da ciência para discutir produção e conservação ambiental nas propriedades rurais. Samanta Pineda, ministrou uma palestra sobre o Novo Código Florestal. O que: IV Simpósio Alianças Socioambientais e III Prêmio Produzindo Certo A Aliança da Terra realizou no dia 10 de novembro de 2011, no Cinema Lumière, em Goiânia, o II Prêmio Produzindo Certo. Coquetel realizado no final do evento. 1º Lugar: Fazenda Morena, proprietário: Romeu José Ciocheta, de Campo Novo do Parecis/MT. Quando: 06 de dezembro de 2012 Onde: Sorriso Mato Grosso / Local a definir

3 Projeto RTRSGoiás: para abrir mercados e superar barreiras Com o aumento das demandas socioambientais ligadas à produção agropecuária, inúmeras companhias nacionais e internacionais têm exigido do produtor rural comprovação de responsabilidade e aumento da transparência na sua produção. Grande parte dessas novas exigências é resultado de processos conhecidos por mesas redondas, onde representantes de todos os elos da cadeia produtiva têm buscado definir o que é produção sustentável e meios para alcançála. O problema é a distância destas discussões com a realidade do campo. Pensando nisso, a Aliança da Terra tem fornecido, através do seu Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS), o serviço de Précertificação, que ajuda a elevar o produtor ao nível exigido pelo esquema de certificação desejado. Com base neste serviço e na análise da produção e de mercados, a Aliança da Terra tem visualizado demandas que podem ser positivas para o produtor rural, a RTRS (Round Table on Responsible Soy) é uma de suas apostas. Apesar de estar no mercado desde 2010, algumas dificuldades ainda não permitiram à RTRS ganhar a escala imaginada. Além do rigoroso protocolo, seus custos de implantação decorrentes das adequações exigidas, da contratação de certificadora e pagamento de taxa sobre o produto certificado, juntamente com as incertezas do mercado e a falta de prêmio satisfatório, criam barreiras para a oferta de grãos certificados. Produtores permanecem cautelosos com a certificação. Em vista disso, a Aliança da Terra, em parceria com a Fundação Solidaridad e a Cooperativa Biobrasil, irá apoiar a certificação RTRS em um grupo de produtores de soja no Estado de Goiás. O novo projeto tem como objetivos principais suprir a lacuna entre as práticas atuais de produção e as requeridas pela RTRS, usando como principal ferramenta o CCS, além de criar as condições para a futura adoção da certificação RTRS depois que os subsídios atuais estiverem eliminados. A Aliança da Terra possui mais de 30 propriedades rurais cadastradas no CCS no Estado de Goiás. Do trabalho com alguns destes produtores, esperase viabilizar a produção de soja RTRS ao mercado, facilitando a adoção contínua de produção certificada e demonstrando que é viável produzir soja responsável nos padrões socioambientais desejados pelo consumidor. Brigada de Incêndio realiza os primeiros combates do ano Os primeiros combates da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra a focos de incêndio florestal ocorreram nos dias 02, 03, 04 e 05 de julho, no Parque Estadual do Araguaia, localizado no município de Novo Santo Antônio (1.063 km ao Nordeste de Cuiabá), Estado de Mato Grosso. Ao todo, foram 36 horas de combate que envolveu uma equipe de cinco brigadistas. A área total do parque é de 230 mil hectares, o que faz dele sete vezes maior que o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Desse montante, estimase que mais de 600 hectares foram queimados. Vale lembrar que o Parque Estadual do Araguaia está localizado em uma região líder em queimadas no Estado, além do próprio município de Novo Santo Antônio, onde se localiza uma das bases da Brigada de Incêndio da Aliança da Terra. Outros combates também foram realizados ao longo dos meses de julho e agosto, como na região do Assentamento Bordolândia, em Bom Jesus do Araguaia (MT), local onde está instalada a outra unidade da Brigada de Incêndio da OSCIP. Precisando de apoio da nossa Brigada de Incêndio? Entre em contato pelos telefones: (66) / (66)

4 CCS em campo Temple Grandin, uma pessoa que por um caminho improvável deu voz às suas diferenças. Grandin é norte americana, natural de Boston, Massachusetts, doutora em Ciência Animal e professora na Universidade do Colorado, além de autora de bestsellers e consultora sobre o comportamento animal para a indústria de bovinos. Diagnosticada com Autismo de Alta Funcionalidade (AAF) aos dois anos de idade ou seja, uma pessoa com alto grau de funcionamento em relação a outras pessoas autistas, e com QI impreterivelmente maior que 70, Temple Grandin revolucionou o manejo pecuário em âmbito universal. Aproveitandose de sua habilidade de ver a realidade de forma diferente para desenvolver um entendimento mais profundo sobre o comportamento animal, Grandin influenciou os pecuaristas pelo mundo, ajudandoos a entender mais sobre os animais e como lidar com eles de forma cuidadosa e humana. Aliás, a percepção de Temple sobre o comportamento animal e técnicas de baixo estresse é atualmente a base da avaliação do programa Garantia de Qualidade da Carne Bovina (BQA, da sigla em inglês), uma ferramenta importante para a melhoria da qualidade e da segurança da carne bovina produzida nos Estados Unidos. Eduardo Mancebo Gonçalves, zootecnista e um dos proprietários da Fazenda Macaé, é um exemplo próximo da influência de Temple Grandin no modo de ver e fazer pecuária no Brasil. Movido pela divulgação abrangente dos projetos e métodos de Grandin, Eduardo adotou um sistema de currais antiestresse para melhorar o cuidado com os animais na produção de alimentos. Depois desta ampla divulgação do trabalho da Grandin, as empresas começaram a oferecer este tipo de produto. A gente começou a ver que dentro do sistema de produção de gado de corte o nosso caso estas instalações são muito importantes, porque, apesar de você ter que demandar investimento, mas haveria um retorno considerável. Então, com certeza o custobenefício é favorável, explica Eduardo. A Fazenda Macaé, na qual Eduardo é responsável pela produção animal, está localizada no município de Luziânia (GO) e faz parte do Cadastro de Compromisso Socioambiental (CCS) da Aliança da Terra desde 2008, registro efetuado alguns anos depois da instalação do Sistema de Currais Antiestresse na propriedade, que se deu no ano de Ele afirma que, desde que foi implantado na propriedade, o Sistema tem gerado resultados cada vez mais positivos, apresentando uma produção mais eficiente, de melhor qualidade e com rendimentos mais altos.

5 Com certeza, o pecuarista tem ganhos com estas instalações. A questão é a seguinte, sempre que você tira o animal de seu ambiente natural no caso a pastagem, aonde ele tem um espaço próprio e ideal aí você o leva para um lugar em que ele terá limitação de espaço, onde terá que ser transportado para manejo, tudo isso gera estresse. E estresse atinge a qualidade da carne, o que resulta em perdas econômicas. Então, quanto mais você puder minimizar este estresse, mais terá resultados positivos e eficiência produtiva, como por exemplo no fortalecimento ou enfraquecimento do sistema imunológico do animal. Quanto ao manejo realizado neste sistema, o produtor explica que todo o processamento efetuado no confinamento ou em uma fazenda de pecuária de corte é feito neste curral. Sendo, teoricamente, um ambiente em que os animais se estressam muito devido a todas as práticas de manejo necessárias vacinações, marcações, embarque, desembarque ao mesmo tempo, o curral antiestresse diminui o fardo do trabalho para o animal, aumentando a segurança e conforto tanto para o rebanho quanto para os funcionários da propriedade. Isso por que uma das principais vantagens do curral antiestresse em relação ao convencional é o tronco coletivo fechado e em curva. Isso evita a visão do gado para a parte externa, o que elimina o agitamento e a distração. O conceito de curvas dá a sensação ao animal de estar sempre voltando de onde veio. Estes e outros conceitos de manejo sustentável é que, em conjunto, compõem o curral antiestresse. Além de o curral estar adaptado ao estilo de visão do animal, são lugares que ficam fechados, que não apresentam diferença de claridade, luz, fatores importantes devido à maneira que o animal enxerga, no ângulo que ele enxerga. O ambiente é construído em curvas e os funcionários trabalham com bandeiras, permitindo que a certa distância guiem os animais com uma simples bandeirada. De maneira geral, você trabalha sem chegar perto do animal e é muito mais seguro e rápido. Então, sem sombra de dúvidas, minimizando o estresse dos animais, você minimiza perdas de qualidade da carne, traumatismos, e uma série de fatores que determinam a eficiência do sistema, ressalta Eduardo. As percepções e empatia de Temple Grandin sobre o comportamento animal revolucionou a indústria pecuária e continua garantindo que os animais sejam manejados de forma mais humana. Enquanto que, do outro lado do hemisfério, o compromisso e a vontade de produtores do CCS em garantir a produção de alimentos de uma forma mais limpa, digna e com responsabilidade socioambiental está mudando a cara do agronegócio brasileiro.

6 Aliança da Terra e ABCZ levam Pró Genética a pequenos produtores A necessidade crescente de fluxo genético entre os dois extremos da pirâmide de bovinos (rebanho ''elite'' no topo e '' comercial '' na base) faz os rebanhos multiplicadores incorporarem parte dos ganhos genéticos acumulados no extrato de elite e disponibilizam boa parte desses ganhos para a base da pirâmide, reduzindo a distância entre os extremos. Este foi um dos temas da reunião realizada no mês de julho entre o Diretor Administrativo da Aliança da Terra, Marcos Reis, o Superintendente de Marketing e Comercial da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), João Gilberto Bento, e o Superintende Adjunto do Departamento de Melhoramento Genético da ABCZ, Carlos Henrique. O encontro, realizado em Uberaba (MG), serviu para consolidar a parceria entre a ABCZ e a Aliança da Terra no desenvolvimento do Programa da Pró Genética (Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético) a pequenos produtores, além de definir as ações iniciais da primeira fase do Projeto. Nesta fase inicial, os pequenos produtores do Assentamento Mata Azul e Assentamento Mãe Maria, na região do Médio Araguaia, no município de Novo Santo Antônio MT, serão os primeiros contemplados. Esta parceria oferece um pacote onde atende à demanda ambiental, social e genética para estes produtores. A ABCZ, através do PróGenética, irá agregar valor ao rebanho comercial, atuando desde os rebanhos elite, passando pelos multiplicadores, além de organizar a demanda e oferta de tourinhos de alto valor genético, e apoiar a sua comercialização, seja através de financiamentos bancários ou mesmo financiamentos diretos entre pecuaristas, durante as feiras de tourinhos''. Cabe à Aliança da Terra, através de seu CCS Cadastro de Compromisso Socioambiental atender à demanda ambiental e social dos produtores contemplados. Vale lembrar que esta é a primeira vez que o PróGenética será desenvolvido no Estado de Mato Grosso. Os objetivos do PRÓGENÉTICA consistem basicamente em: = Promover a transferência de genética superior dos plantéis de bovinos de seleção para os estratos básicos de produção comercial em gado de corte e de leite; =Viabilizar a compra de touros melhoradores, com registro genealógico, especialmente aos pecuaristas (leite e corte) com rebanho de até 160 cabeças (até 100 vacas); e =Melhorar a qualidade do rebanho bovino comercial e contribuir para a criação de mecanismos que aumentem a produção e a renda do pequeno e médio produtor rural (geração de emprego e renda no campo). Usualmente, o mecanismo biológico mais eficaz na transferência dos ganhos genéticos tem sido através do uso de touros melhoradores. De fato, em melhoramento, atribuise ao uso destes touros uma contribuição ao redor de 75% das mudanças genéticas. Isso se explica pelos seguintes fatores: = Do total de machos nascidos, no máximo 10% são necessários para manter a população reprodutivamente ativa; =Isto implica que até 90% dos machos nascidos em uma safra podem ser descartados, o que, por sua vez, permite que a pressão de seleção aplicada seja muito superior àquela aplicada sobre as fêmeas; =Um touro pode deixar muito mais descendentes do que uma matriz em uma mesma unidade de tempo, pelo simples fato biológico de como ele contribui para a formação de um novo bezerro; =Um touro cobre 30 vagas em monta natural. Coloque na agenda Para a viabilização da iniciativa em prol dos pequenos produtores em torno do programa da PróGenética, será realizado um ciclo de palestras entre os dias 10 e 15 de setembro, na região do Assentamento Mata Azul e Assentamento Mãe Maria, em Novo Santo Antônio MT, para a apresentação do projeto aos produtores da região. ESCRITÓRIOS DA ALIANÇA DA TERRA CUIABÁ CUIABÁ AV. AV. DAS DAS INDÚSTRIAS, INDÚSTRIAS, N. N QD. QD. 151, 151, LT. LT. 47, 47, SALA SALAS 203, 301 e 302, AV. MIGUEL SUTIL, 8000 EDIFÍCIO COMERCIAL SANTA ROSA TOWER, AV. MIGUEL SUTIL, 8000 EDIFÍCIO COMERCIAL SANTA ROSA TOWER, SETOR SETOR SANTA SANTA GENOVEVA GENOVEVA CEP: CEP: GO GO SALA 1805 JARDIM MARIANA CEP: CUIABÁ MT SALA 1805, JARDIM MARIANA CEP: CUIABÁ MT FONE/ FONE/ FAX: FAX: 62 (62) FONE/ FAX: FONE/ FAX: (65) Facebook /aliancadaterra

Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS

Guerreiros do Fogo. Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS Edição 22 23 Janeiro/Fevereiro Março / Abril 2013 Guerreiros do Fogo Guardiões da Floresta APOIO/PARCERIAS Mais de 2.000 horas de suor e heroísmo O fogo é o inimigo comum do produtor, do ambientalista

Leia mais

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Edição 22 24 Janeiro/Fevereiro Maio / Junho 2013 1º Feira de Touros do PróGenética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Mais de 250 pessoas compareceram à Feira 100% dos animais

Leia mais

Resumo... 1. 1. Contexto... 2. Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4. 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6. 3. Performance...

Resumo... 1. 1. Contexto... 2. Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4. 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6. 3. Performance... Conteúdo Resumo... 1 1. Contexto... 2 Abril... 2 Maio... 3 Junho... 4 2. Resultados, Produtos e Avanços Significativos... 6 Componente 01 Reforço na produção responsável... 6 Componente 02 Divulgação de

Leia mais

INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ

INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ Edição 17 Março/Abril 2012 INCÊNDIO NA TRIBO KAMAYURÁ No dia 09 de março, a Aldeia Mawutsini, localizada no alto Xingu, sofreu grandes perdas devido ao incêndio provocado durante uma brincadeira de um

Leia mais

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES Rafael Herrera Alvarez Médico Veterinário, Doutor, Pesquisador Científico do Pólo Centro Sul/APTA

Leia mais

QUALIDADE VERDANA 2014

QUALIDADE VERDANA 2014 ano 2 MAIO 2014 EDIÇão 02 www.verdanaagropecuaria.com.br camapuã/ms INFORMATIVO Mais valor para você Editorial QUALIDADE VERDANA 2014 1 1 A QUALIDADE QUE FEZ A DIFERENÇA em 2013 ENCONTRO 2013 Vinte e seis

Leia mais

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia

The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia The Nature Conservancy, Walmart, Marfrig e produtores do sudeste do Pará trabalharão juntos pela pecuária sustentável na Amazônia Cadeia irá trabalhar unida na implementação das melhores práticas socioambientais

Leia mais

TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014

TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014 TRABALHOS REALIZADOS PARA A CERTIFICAÇÃO DE SOJA RTRS EM 2014 Não existem regiões de fronteiras agrícolas consolidadas plenamente desenvolvidas, sem que haja uma agricultura forte impulsionando o redor.

Leia mais

Pecuária Orgânica Certificada

Pecuária Orgânica Certificada Pecuária Orgânica Certificada O Pantanal Planície de inundação periódica, reconhecida internacionalmente como de relevante importância para a biodiversidade, o Pantanal está inserido na bacia hidrográfica

Leia mais

José Ferreira Pankowski

José Ferreira Pankowski José Ferreira Pankowski O conselheiro técnico da Associação dos Criadores de Nelore de Mato Grosso, José Ferreira Pankowski, é o entrevistado da semana do site da Nelore MT. Ele fala sobre o desenvolvimento

Leia mais

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda

1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda 1º Prêmio Produzindo Certo Fazenda Caranda Proprietário: José Antônio de Ávila Gimenes Município: Canarana / MT Apresentação Como forma de reconhecimento e incentivo aos produtores comprometidos e empenhados

Leia mais

PROGRAMA REFERENCIAL DE QUALIDADE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA PECUÁRIA BOVINA DE MINAS GERAIS. Hélio Machado. Introdução

PROGRAMA REFERENCIAL DE QUALIDADE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA PECUÁRIA BOVINA DE MINAS GERAIS. Hélio Machado. Introdução Capítulo 34 Gestão da pecuária bovina de Minas Gerais PROGRAMA REFERENCIAL DE QUALIDADE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA PECUÁRIA BOVINA DE MINAS GERAIS Hélio Machado Introdução Minas Gerais tem uma área de 58

Leia mais

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Conceito de Tecnologia Social aplicada a Municípios Sustentáveis: "Compreende técnicas, metodologias e experiências

Leia mais

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de d e b e z e r r o d e c o r t e INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de produção. As técnicas utilizadas

Leia mais

ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV

ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV Autor: Jorge Dias da Silva (SILVA, J. D.) E-mail: jorge@simaoedias.com Tel: 34 9202 1195 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

Circuito Feicorte NFT

Circuito Feicorte NFT Circuito Feicorte NFT 2012 Perfil da Carne Bovina Brasileira (2010) Rebanho Bovino Brasileiro por Estado (mi cab.) Rebanho Bovino (mi cab.) Var. % Var. % % do Total Estado 1999 (a) 2008 (b) 2009 (c) (b)/(a)

Leia mais

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL Empresa Júnior de Nutrição de Ruminantes NUTRIR FCA-UNESP-FMVZ INTRODUÇÃO CONCEITOS BÁSICOS CENÁRIO DADOS MERCADO DO BOI CONSIDERAÇÕES FINAIS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

Cadeia Produtiva do Leite. Médio Integrado em Agroindústria

Cadeia Produtiva do Leite. Médio Integrado em Agroindústria Médio Integrado em Agroindústria A importância da cadeia do leite A cadeia do leite e de seus derivados desempenha papel relevante no suprimento de alimentos e na geração de emprego e renda, se igualando

Leia mais

estação de monta Escolha do Leitor

estação de monta Escolha do Leitor estação de monta Realmente existe importância na gestão da fazenda e benefício para o produtor que se utiliza do período reprodutivo? Luís Adriano Teixeira* 32 - ABRIL 2015 A Estação de monta (EM) período

Leia mais

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014 Leite relatório de inteligência Abril 2014 A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades A rotina em uma propriedade leiteira exige acompanhamento e atenção em todos os

Leia mais

Mauro Savi. 8º presidente da Nelore MT 2013 a 2014

Mauro Savi. 8º presidente da Nelore MT 2013 a 2014 Mauro Savi 8º presidente da Nelore MT 2013 a 2014 Mauro Savi veio de Medianeira, Paraná, e chegou a Mato Grosso há 31 anos. A primeira parada foi em Rondonópolis, depois seguiu para Coxim, Mato Grosso

Leia mais

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO.

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO. SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO. Valmir L. Rodrigues Médico Veterinário/Biorastro Hoje, mais que antigamente, o consumidor busca serviços de

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC)

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Descrição do contexto

Leia mais

Organizadores do Programa: Ezequiel R. do Valle e Urbano Gomes P. e Abreu

Organizadores do Programa: Ezequiel R. do Valle e Urbano Gomes P. e Abreu Produção Sustentável na Pecuária no Mato Grosso do Sul Visita de Campo GTPS Paralelo a 2014 GCSB do GRSB Campo Grande, de 28 de outubro a 01 de novembro de 2014 Organizadores do Programa: Ezequiel R. do

Leia mais

Agenda Confira a programação do X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal.

Agenda Confira a programação do X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal. X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal A ExpoGenética sediará este ano a décima edição do Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal. O evento abordará os avanços genéticos em diversas espécies,

Leia mais

INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO

INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO INSTRUÇÔES PARA PREENCHIMENTO PROGRAMA GESTÃO DE PROPRIEDADES DE SUCESSO DE MA T O GROSSO Qual a finalidade da planilha? Hoje em dia, e no futuro cada vez mais, a realidade econômica irá exigir uma maior

Leia mais

EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR.

EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR. EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR. Gelson Hein Médico Veterinário Unidade Local de Toledo NOVEMBRO

Leia mais

Programa Estadual de Controle e Erradicação da Tuberculose e Brucelose Bovídea - PROCETUBE

Programa Estadual de Controle e Erradicação da Tuberculose e Brucelose Bovídea - PROCETUBE Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio Departamento de Defesa Agropecuária Divisão de Defesa Sanitária Animal Programa Estadual de Controle e Erradicação da Tuberculose

Leia mais

WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR

WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR SISTEMA WORKSHOP PARA ORIENTAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO SETOR Associação Brasileira de Criadores de Zebu Uberaba/MG, 02 de maio de 2012 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS DO ENCONTRO:... 4 PROGRAMAÇÃO DO

Leia mais

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca.

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca. CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM GUARAPUAVA/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil

Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil Logística e infraestrutura para o escoamento da produção de grãos no Brasil Denise Deckers do Amaral 1 - Economista - Assessora Técnica - Empresa de Planejamento e Logística - EPL, Vice Presidente da Associação

Leia mais

MANUAL DE RASTREABILIDADE

MANUAL DE RASTREABILIDADE MANUAL DE RASTREABILIDADE A.P.C.B.R.H/RASTRECERT CNPJ: 76.607.597/0001-07 Inscrição Estadual: 101.15739-39 Endereço: Rua Professor Francisco Dranka, nº 608 Bairro Orleans - CEP: 81200-560 Curitiba-Paraná

Leia mais

Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda

Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda São Paulo, 12 março de 2014 Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda Suprir a demanda de mercado com produtos de qualidade e sustentáveis. Este é

Leia mais

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Parceria entre Alta Genetics, Pfizer e Sérgio Nadal promete acelerar os rebanhos comerciais do país. A carne

Leia mais

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico II Congreso Ganadero Nacional CORFOGA 2008 Prof. Dr. Raysildo B. Lôbo ANCP, USP Crescimento da Pecuária de Corte Brasileira: produção de carne e abate 71,0%

Leia mais

O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado

O MATOPIBA e o desenvolvimento destrutivista do Cerrado O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado Paulo Rogerio Gonçalves* No dia seis de maio de 2015 o decreto n. 8447 cria o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba e seu comitê gestor.

Leia mais

Palestras Scot Consultoria

Palestras Scot Consultoria Palestras Scot Consultoria índice palestras scot consultoria As melhores e mais fiéis informações de mercado vão até você temas 3 pecuária de corte e seus derivados temas 5 pecuária de leite e derivados

Leia mais

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 1. Apresentação Este documento tem por finalidade apresentar a 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore a ser realizada

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia

Universidade Federal de Uberlândia Universidade Federal de Uberlândia Relatório Visita técnica Embrapa Gado de Corte-MS Grupo de estudos e pesquisa em forragicultra UFU GEPFOR Guilherme Amorim Soares da Silva Zootecnia Uberlândia 2014 I

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Conceito de Agronegócio e a atuação do Imea 2 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 2.1 Agronegócio Soja 2.2 Agronegócio Milho 2.3 Agronegócio Algodão

Leia mais

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO E SUSTENTABILIDADE DEPROS Contribuições do

Leia mais

Manual. do Produtor. de bezerro de corte

Manual. do Produtor. de bezerro de corte Manual do Produtor de bezerro de corte INTRODUÇÃO 02 A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracterizase como um período fundamental no processo de produção. As técnicas

Leia mais

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012 GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY Oficina de Planejamento 2010-2012 Paraty, agosto de 2010 Objetivo da oficina Elaborar o Direcionamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty para os próximos

Leia mais

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50 ASSOCIAÇÃO 1 DORPER BRASIL SEM FRONTEIRAS NEWS ANO IV N o 04 R$ 19,50 9 771414 620009 0 2 ORGÃO OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO ABC & DORPER B R A S I L BRASILEIRA DOS CRIADORES DE DORPER BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS

Leia mais

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO

Termo de Referência INTRODUÇÃO E CONTEXTO Termo de Referência CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO DOS FINANCIAMENTOS DO BANCO DA AMAZÔNIA BASA, PARA FORTALECIMENTO DA AGENDA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, COM DESTAQUE PARA

Leia mais

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL Senepol SL Programa SLde Melhoramento Estância Santa Luzia SENEPOL Benefícios dos Touros Senepol Santa Luzia Venda permanente Reprodutores & Doadoras Qualidade diferenciada a preço justo Na condução, Pedro

Leia mais

REQUERIMENTO. (Do Sr. Carlos Bezerra) Senhor Presidente:

REQUERIMENTO. (Do Sr. Carlos Bezerra) Senhor Presidente: REQUERIMENTO (Do Sr. Carlos Bezerra) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo, sugerindo a criação de unidade de pesquisa agropecuária da EMBRAPA na região do Vale do Araguaia, em Mato Grosso. Senhor

Leia mais

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Alta ministra cursos em vários Estados Brasileiros. São Paulo, 18 de agosto de 2015 De acordo com informações da FAO -

Leia mais

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV

SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV SÍNTESE BARRA DO GARÇAS RP IV Realizar projetos para destinação de resíduos sólidos * Meio Ambiente Desenvolver programas de educação ambiental Apresentar pequenos e médios projetos de recuperação (seqüestro

Leia mais

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Dezoito anos à frente da maior empresa de inseminação Artificial Bovina do Brasil, Heverardo Rezende Carvalho conta o que teve que aprender para se

Leia mais

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.

Café Sustentável. Riqueza do Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CAPA. MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO. 12 MA-0005-Cafe_sustentavel_200x200_NOVO.indd 12-1 CAPA 1 30.10.09 16:08:10 Data (M/D/A): 10/30/09 Contato: (61) 3344-8502 Formato (F): 200x200 mm Formato (A): 400x200 mm Data (M/D/A): 10/30/09 Ministério

Leia mais

AGRÍCOLA NO BRASIL. Prefácio. resultados do biotecnologia: Benefícios econômicos da. Considerações finais... 7 L: 1996/97 2011/12 2021/22...

AGRÍCOLA NO BRASIL. Prefácio. resultados do biotecnologia: Benefícios econômicos da. Considerações finais... 7 L: 1996/97 2011/12 2021/22... O OS BENEFÍCIOS ECONÔMICOS DA BIOTECNOLOGIA AGRÍCOLA NO BRASIL L: 1996/97 2011/12 O caso do algodão geneticamente modificado O caso do milho geneticamente modificado O caso da soja tolerante a herbicida

Leia mais

Local: Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo Campo Grande/MS Data: 4 e 5 de Maio de 2015

Local: Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo Campo Grande/MS Data: 4 e 5 de Maio de 2015 Local: Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo Campo Grande/MS Data: 4 e 5 de Maio de 2015 Realizadores A empresa é localizada em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul e tem seu foco na prestação

Leia mais

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo?

O que é o Fundo? Que diferença ele fará para SFX? Qual é o objetivo do Fundo? O que é o Fundo? O Fundo Terra Verde é uma fonte de financiamento para o desenvolvimento sustentável de São Félix do Xingu (SFX), no sudeste do Pará. Ele é um mecanismo privado e tem como objetivo captar,

Leia mais

Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 1996/97 a 2010/11

Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 1996/97 a 2010/11 Céleres Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 199/97 a 2010/11 O CASO DO ALGODÃO GENETICAMENTE MODIFICADO O CASO DO MILHO GENETICAMENTE MODIFICADO O CASO DA SOJA TOLERANTE A HERBICIDA

Leia mais

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL 1. A RAÇA ABERDEEN ANGUS Originária da Escócia, a raça foi selecionada em função de suas características superiores de precocidade, fertilidade, rusticidade,

Leia mais

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório:

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório: Guia de sustentabilidade na produção de soja na Agricultura Familiar Relatório individual NOME: Prezado senhor (a), Em primeiro lugar, no nome dacoopafi, da Gebana e da Fundação Solidaridad,gostaríamos

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Cenário positivo para a pecuária Paranaense. Com pequena participação nas exportações brasileiras de carne bovina, o Paraná vem registrando aumento nas vendas externas acima do crescimento médio nacional,

Leia mais

Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio. Software de Gestão Rural ADM Rural 4G

Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio. Software de Gestão Rural ADM Rural 4G Planejar Soluções em TI e Serviços para Agronegócio Software de Gestão Rural ADM Rural 4G 2011 ADM Rural 4G Agenda de Apresentação E Empresa Planejar O Software ADM Rural 4G Diferenciais Benefícios em

Leia mais

Árvore da informação do agronegócio do leite. identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite

Árvore da informação do agronegócio do leite. identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite Árvore da informação do agronegócio do leite identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite 1. Introdução Claudio Nápolis Costa 1 A exposição dos mercados dos diversos países às pressões

Leia mais

Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena

Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena Área total: 354 ha Área pastoril: 330 ha Sistema de produção: Cria de Bovinos Histórico 1982 Início da propriedade

Leia mais

A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações. Visão do Campo

A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações. Visão do Campo A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações Visão do Campo METROALIMENTOS 2008 24/09/2008 José Luiz Viana de Carvalho OBJETIVOS Barreiras não-tarifárias Boas

Leia mais

2013-2013 Curso de curta duração em Inseminação Artificial em Bovinocultura. Fazenda Paraíso, FAZENDA PARAÍSO, Brasil

2013-2013 Curso de curta duração em Inseminação Artificial em Bovinocultura. Fazenda Paraíso, FAZENDA PARAÍSO, Brasil CURRICULUM VITAE JULIO RAMOS REIS Endereço: Rua Iraci, 712, Boa Esperança Patrocínio - MG CEP: 38740-000 Telefones: (34) 9178-4616 / (34) 9903-1156 E-mail: julioramosreis@gmail.com Dados pessoais Filiação

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br QUEM SOMOS Localizada em Montes Claros, norte de Minas Gerais, a BIOCAMPO Assistência Veterinária foi fundada em 2010 e atua na área de Reprodução Bovina.

Leia mais

Manejo Racional e Manejo Pré-abate de Bovinos

Manejo Racional e Manejo Pré-abate de Bovinos Manejo Racional e Manejo Pré-abate de Bovinos Dr. Adriano Gomes Páscoa Zootecnista ETCO / FCAV http://estudiopratiqueyoga.blogspot.com/2009_11_01_archive.html OS CUSTOS DA FALTA DE CONHECIMENTO (problemas

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

A importância do Cerrado

A importância do Cerrado A importância do Cerrado Quem vive no Cerrado mora em uma das regiões mais ricas em espécies de plantas e animais do mundo, muitas delas ainda desconhecidas pela ciência e que só existem ali. É ainda nas

Leia mais

Nascemos na era digital. Mas somos muito mais que isso.

Nascemos na era digital. Mas somos muito mais que isso. Nascemos na era digital. Mas somos muito mais que isso. Uma agência digital? Sim, porém vamos além, formamos uma equipe que aplica experiência e inteligência em todos os nossos trabalhos. Com conhecimento

Leia mais

Rastreabilidade bovina: do campo ao prato - uma ferramenta a serviço da segurança alimentar Taulni Francisco Santos da Rosa (Chico)

Rastreabilidade bovina: do campo ao prato - uma ferramenta a serviço da segurança alimentar Taulni Francisco Santos da Rosa (Chico) Rastreabilidade bovina: do campo ao prato - uma ferramenta a serviço da segurança alimentar Taulni Francisco Santos da Rosa (Chico) Coordenador Agricultural Services SGS do Brasil Ltda. O que é Rastreabilidade?

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro

Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro Nota: Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro Informamos, de uma forma sintética e resumida, os recentes avanços e novas ferramentas ligados ao setor agropecuário,

Leia mais

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ Acordo de Doação Nº TF016192 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL DE LONGO

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PÚBLICO ALVO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PÚBLICO ALVO SUMÁRIO 4 APRESENTAÇÃO DO PROJETO 6 JUSTIFICATIVA 7 OBJETIVOS 7 PÚBLICO ALVO 8 HISTÓRICO DO EVENTO 12 EMPRESAS E INSTITUIÇÕES PARCEIRAS APRESENTAÇÃO DO PROJETO Foto 1: Vista aérea do evento A Expoarroz

Leia mais

04 a 06 de Novembro de 2015 Cuiabá - MT

04 a 06 de Novembro de 2015 Cuiabá - MT 04 a 06 de Novembro de 2015 Cuiabá - MT Padrões de evolução de atividades agropecuárias em regiões adjacentes ao Pantanal: o caso da série histórica da agricultura e da produção animal na bacia do Rio

Leia mais

Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste

Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste O que é FCO? O Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) é um fundo de crédito criado pela Constituição Federal de 1988 com o objetivo de promover

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias Departamento de Zootecnia Código da Disciplina: ZOO 05453 Disciplina: Bovinocultura de Leite PROGRAMA DA DISCIPLINA CAMPUS: Alegre CURSO:

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Com o mercado aquecido, agosto tem pouca variação O custo da produção na pecuária de corte aumentou no primeiro semestre deste ano, mais que em todo o ano de 2012. Com a alta do dólar, o cenário da exportação

Leia mais

Um projeto de curral para o manejo de bovinos de corte: reduzindo os custos e melhorando o bem estar animal e a eficiência do trabalho.

Um projeto de curral para o manejo de bovinos de corte: reduzindo os custos e melhorando o bem estar animal e a eficiência do trabalho. Um projeto de curral para o manejo de bovinos de corte: reduzindo os custos e melhorando o bem estar animal e a eficiência do trabalho. Mateus J.R. Paranhos da Costa (Grupo ETCO, Departamento de Zootecnia,

Leia mais

PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013.

PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013. ANO II / Nº56 PROGRAMA FITOSSANITÁRIO DO MS BALANÇO GERAL SAFRA 2012/2013 RELATÓRIO SEMANAL DE 23 A 30 DE SETEMBRO DE 2013. Uma safra inteira se passou desde o início dos trabalhos do Programa Fitossanitário

Leia mais

PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A. Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade

PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A. Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade PRODUÇÃO RESPONSAVEL X INCENTIVOS AMBIENTAIS BERTIN S/A Daniel Furquim Badim Machado Zootecnista Departamento de Sustentabilidade Bertin S.A. Fundação: 1977 / Sede: Lins/SP Empresa de capital 100% nacional

Leia mais

Milho Período: 11 a 15/05/2015

Milho Período: 11 a 15/05/2015 Milho Período: 11 a 15/05/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0203 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Produzir Leite é Bom Negócio? Alto Paranaíba. Sebastião Teixeira Gomes

Produzir Leite é Bom Negócio? Alto Paranaíba. Sebastião Teixeira Gomes Produzir Leite é Bom Negócio? Alto Paranaíba Sebastião Teixeira Gomes Viçosa Novembro 1996 1 Índice Especificação Página 1. Introdução... 2 2. Notas Metodológicas... 2 3. Recursos Disponíveis... 3 4. Raça

Leia mais

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Meta brasileira de redução das emissões até 2020 36,1% a 38,9% das 3.236 MM de tonco2eq de emissões projetadas

Leia mais

A PRODUCAO LEITEIRA NOS

A PRODUCAO LEITEIRA NOS A PRODUCAO LEITEIRA NOS ESTADOS UNIDOS Estatisticas A produção leiteira durante Janeiro de 2012 superou os 7 bilhões de kg, 3.7% acima de Janeiro de 2011. A produção por vaca foi em media 842 kg em Janeiro,

Leia mais

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade.

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade. OUTUBRO 2006 Para chegar ao novo animal, os criadores contaram com a ajuda do superintendente do laboratório de inseminação artificial Sersia Brasil, Adriano Rúbio, idealizador da composição genética

Leia mais

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO

APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO APÊNDICE C DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS PARA A INTEGRAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NAS POLÍTICAS, PROGRAMAS E PLANOS DE AÇÃO NACIONAIS E REGIONAIS DE NUTRIÇÃO Objetivo O objetivo das Diretrizes é apoiar os países a

Leia mais

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 21 de Dezembro de 2015 InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 Nesta Edição Destaque Guia para o Exportador é lançado na FIEMG / apoio do Sinduscarne A FORÇA DA INDÚSTRIA

Leia mais

O lema do grupo é sugestivo: Campo e Cidade se dando as mãos, que é também o título de um excelente documentário de autoria do cineasta

O lema do grupo é sugestivo: Campo e Cidade se dando as mãos, que é também o título de um excelente documentário de autoria do cineasta 13/12/2015 - Copyleft Ameaçado o primeiro Assentamento Agroecológico do Rio de Janeiro O mais grave é que o laudo do MPF nega a possibilidade de permanência das famílias e ignora a potencialidade ambiental

Leia mais

O impacto do touro no rebanho de cria

O impacto do touro no rebanho de cria Algumas contas simples podem constatar que o touro de cria é um fator de produção de extrema relevância A realidade de mercado atual exige do pecuarista competência para se manter no negócio, e visão estratégica

Leia mais

CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA

CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA PLANO DE TRABALHO JBS CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA OPERAÇÕES COM GADO E PRODUTOS BOVINOS EM ESCALA INDUSTRIAL NO BIOMA AMAZÔNIA Sistema de Monitoramento Socioambiental das Fazendas Fornecedoras de Gado da JBS

Leia mais

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios Você é nosso convidado para participar

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 15 de julho de 2015.

Clipping de notícias. Recife, 15 de julho de 2015. Clipping de notícias Recife, 15 de julho de 2015. Cepe Recife, 15 de julho de 2015. 14/07/2015 ATÉ QUE ENFIM: 'Secretaria de Agricultura de Tabira instala balança no Curral do Gado' O prefeito de Tabira,

Leia mais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Nº 60/2013 novembro Informativo digital sobre temas da cadeia produtiva da soja Produtor rural muda conceito de trabalho na fazenda com o Soja Plus

Leia mais

O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE

O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE 1 O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE Prof. Dr. Antonio Ferriani Branco PhD em Nutrição e Produção de Ruminantes afbranco@uem.br O SISTEMA VACA-BEZERRO Os fatores que afetam mais significativamente

Leia mais

Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira

Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira Programa de Gestão Ambiental, Social e Econômica da Soja Brasileira Câmara Setorial de Oleaginosas e Biodiesel do Ministério da Agricultura Daniel Furlan Amaral Economista Brasília DF 02 de setembro de

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

MÓDULO: QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Relatório das Oficinas de Campo sobre Rotinas Trabalhistas e Segurança do Trabalho (NR 31)

MÓDULO: QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Relatório das Oficinas de Campo sobre Rotinas Trabalhistas e Segurança do Trabalho (NR 31) PROGRAMA DE GESTÃO ECONÔMICA, SOCIAL E AMBIENTAL DA SOJA BRASILEIRA. MÓDULO: QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO Relatório das Oficinas de Campo sobre Rotinas Trabalhistas e Segurança do Trabalho (NR 31) 2011

Leia mais

Gestão na Suinocultura Com Foco na Produtividade

Gestão na Suinocultura Com Foco na Produtividade Gestão na Suinocultura Com Foco na Produtividade Marco Lubas Cuiabá 05-05-2010 Produtividade 1. Quanto está produzindo? 2. Quanto é o potencial de sua produção? 3. Quais os Limitantes? PRODUTIVIDADE X

Leia mais