Enredo Carnaval 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Enredo Carnaval 2015"

Transcrição

1 Enredo Carnaval 2015 PRESIDENTE: ANTÔNIO MARCOS TELES (TÊ) FUNDAÇÃO: 02/12/1940 CORES: VERDE E BRANCO CARNAVALESCO: JÚNIOR PERNAMBUCANO PESQUISADOR DE ENREDOS: MARCOS ROZA 1

2 G.R.E.S.E. IMPÉRIO DA TIJUCA SINOPSE DO ENREDO Império nas águas de Oxum! Carnavalesco: Júnior Pernambucano Pesquisa e texto: Marcos Roza Brilha a nossa coroa! Em comunhão: Olorum, através do Sol, aquece a água dos oceanos; Oxumarê, com seu arco-íris, leva a água em forma de vapor para as nuvens; Iansã as agrupa com o vento que sopra do balanço de suas saias; Xangô lança a pedra de raio sobre a terra e Odudúa prepara seu ventre para receber a chuva o líquido maravilhoso da vida 1. O momento sublime acontece. A chuva cai e com ela toda força do céu. Odudúa absorve todo líquido, em seu ventre, no interior da terra e a água acumulada se enche de força mineral - axé 2. Ouvimos os murmúrios das águas... Odudúa abre seu ventre e dá vida à majestosa Oxum, que brota do solo e desliza sobre seu leito a essência da magia e beleza. Como imaginávamos que fosse, Com fertilidade a terra se formou. Vinda da sabedoria à procriação, A poesia do tempo nos trouxe: Oxum, a mãe da água doce. No caminho sagrado à mitologia iorubá, na terra onde nasceram os orixás, Oxum é rainha das águas. Vive no caudaloso rio que leva o seu nome. Lá, benditas são suas águas, suaves ou corredeiras, dos rios e das cachoeiras ao sentimento incomum de purificação, que banham a cidade de Oxogbô território que compreende o sudoeste nigeriano e um pequeno trecho do leste do Benin hoje, um dos principais locais de culto a Oxum, na África. É no curso das águas Que sua essência resplandece. Assim, como diz a lenda do rei Larô sobre a criação do Templo de Oxogbô: Fez, das margens do rio, a sua morada, Pelas águas de Oxum, sua filha foi levada... Não sei se por encanto ou magia, A menina é iluminada, E reaparece, na beira do rio, toda enfeitada. 1 ANDRADE, Ricardo. O Segredo de Oxum; Idem. 2

3 Larô agradece no ato. Entre cânticos e orações, funda seu Templo E celebra um pacto: Na comemoração do Reino de Oxum, Serei eu, o rei Ataojá, À frente do cortejo, em homenagem A Oxum no país de Iorubá. Sua docilidade nos transforma, vai além de suas águas puras e calmas. Seus mitos resignificam o nosso sentimento no corpo e na alma. É dada a Oxum a missão de salvar a aiê (terra), personificada numa ave encantada, que voa em direção ao sol para suplicar a benção de Olorum. Compadecido da pobre ave, ele devolve a chuva à terra. Renascem do solo os alimentos, tudo ganha vida. Percebemos o quanto é querida... Sempre discreta, mesmo em seus aspectos mais aguerridos, Seu comportamento doce e sedutor predomina. Assim, Oxum conquista poder e sabedoria. Aprende no reino de Exu os segredos da magia. Sábia, Oxum o desafia: Não é a você que pertence o poder da adivinhação? Então, descubra o que trago em minha mão. Exu, sem perceber, entra numa embaraçosa situação. Dengosa e de mansinho, Sem demonstrar sua ambição, Oxum descobre os mistérios dos búzios E toda a sua tradição. Outro destino lhe é dado. Os amores de Oxum vão dando conta do recado. Tudo lhe parecia fácil... Até quando, de repente, seu coração é fisgado. E disputa com Obá, O amor de Xangô, Por ela tão desejado. Ogum, Oxossi e Orunmilá Apaixonaram-se pelos encantos dessa doce iabá. Ao ponto em que os maus tratos de Xangô Levaram até Exu a lhe cortejar. Conta-nos a lenda que da torre do castelo de Oió, Transformou-se numa pomba dourada E de lá voou para com Exu se casar. 3

4 Mas, diante dos dados reais da vida, Oxum é rainha de fé. Recebe atributos e poderes no rito do candomblé. Sua origem é iorubá e sua nação Ijexá: é deusa-mulher que renasce do ventre de Iemanjá, é deusa-menina filha preferida de Oxalá. Exaltando vaidade e beleza, Oxum é pássaro, é peixe, é a força da natureza e o poder feminino na sua mais profunda realeza. Ela, quando manifestada, apresenta-se vistosa, perfumada, enfeitada, admirando-se em seu abebê (leque-espelho). Seu gesto, sua dança, assim como a inocência de uma criança, reforçam nosso elo... Ora ieiê ô! Saudamo-la banhando-se, num ato singelo, vestida de branco e amarelo. É num sábado de lua crescente o melhor dia para lhe oferecer presentes. No balaio de Oxum vão pulseiras, perfumes, espelhos e até pentes... Mas não nos esqueçamos de bebidas, mel, flores, doces, frutas e do omolocum um tipo de iguaria, também do agrado de Oxum. Associada a elementos de aspectos maternos e angelicais, Oxum é a divindade mãe de muitos filhos e ligada miticamente à cabeça, símbolo do útero e do poder feminino de gestação 3. Rege o ventre, o parto e cuida das crianças recém-nascidas nos primeiros passos de sua evolução. No culto de origem africana, Oxum é mãe de Logunedé rei das matas e das águas doces. No âmbito dos terreiros, seus filhos e filhas alcançam destaques em vários cargos (funções rituais). São Odu Oxê, ialorixás, ogãs, iabassê, iátebexê... São muitas as ialorixás de Oxum e numerosas as que se destacaram no panorama das religiões afro-brasileiras. Suas ialorixás São sua memória, Preservam seu fundamento e sua história. Mãe Menininha do Gantois, É uma que, no culto aos orixás, Seguiu sua trajetória. Aqui, o sincretismo religioso enreda-se pela maternidade e mistérios como seu tema. Oxum fertiliza-o e apresenta-nos como um poema: Sou Oxum! Mãe, deusa da boa hora. Façam de um samba, A minha oração. Como a doçura de uma aurora Dou-lhes minha benção: Sou Oxum! Vossa Padroeira, Sou Oxum! Nossa Senhora da Conceição. Carnavalesco: Júnior Pernambucano Pesquisa e texto: Marcos Roza 3 LIMA, Luís Felipe de. Oxum: a mãe da água doce; Pallas,

5 Glossário: Olorum é o Senhor Supremo. Oxumarê é deus do arco-íris. Iansã é a deusa do vento. Xangô é o senhor da justiça e dono dos raios. Oxum é a nossa homenageada: a mãe da água doce. Odudúa significa o nascimento dos iorubás. Axé representa a força e a energia do orixá. Iorubá representa a origem dos orixás. Orixás são deuses africanos que correspondem a pontos de força da Natureza. Oxogbô é o nome da cidade, na Nigéria, onde fica o Templo de Oxum e onde, anualmente, acontece o Festival de Òsún nas margens do rio do mesmo nome. Larô é o nome do rei que protagoniza a lenda de criação do Templo de Oxum em Oxogbô. Ataojá é nome recebido pelo rei Larô após o pacto com o rio. Ele conduz o cortejo em homenagem Òsún no país de Iorubá durante as comemorações à mãe d água. Aiê significa Terra. Exu é deus-orixá do caminho e mensageiro dos orixás. Jogo de búzios é uma das artes divinatórias das religiões de tradição africana. Obá é uma das esposas de Xangô. Ogum é deus da guerra e do ferro. Oxossi é rei das matas. Orunmilá é o deus da adivinhação. Iabá representa os orixás femininos. Oió é o reino de Xangô. Ijexá é o nome da nação e do ritmo preferido de Oxum. Abebê é o leque-espelho de Oxum. Ora ieiê ô é uma saudação a Oxum. Significa ore (bondade), ieiê (mãe ou mamãe) e ô interjeição exclamativa. Balaio de Oxum é uma cesta de presente destinada a Oxum. Omolocum é comida de Oxum. Feito com feijão fradinho bem cozido, mexido até ficar com consistência pastosa, ao qual se acrescenta um refogado de azeite de dendê, cebola ralada, camarão seco moído e sal. 5

6 Logunedé é filho de Oxum com Oxossi, é rei das matas e das águas doces. Odu Oxê é o zelador da casa de santo. Ialorixá é a zeladora espiritual. Ogãs têm a função de tocar os atabaques e demais instrumentos da orquestra ritual. Iabassê é responsável pela cozinha da casa de santo. Iátebexê é quem tira as cantigas dos orixás no momento das festas. Mãe Menininha do Gantois era filha de Oxum e uma das sacerdotisas mais respeitadas do culto afro-brasileiro da Bahia. Sincretismo religioso é um fenômeno que consiste na absorção de influências de um sistema de crenças por outro. Isto ocorreu no Brasil, por exemplo, quando os escravos africanos cultuavam seus orixás associando-os aos santos católicos. 6

01- NA CACHOEIRA. Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis)

01- NA CACHOEIRA. Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis) 01- NA CACHOEIRA Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis) Colhendo lírio, lírio ê... Colhendo lírio, lírio a... Colhendo lírios, P'ra enfeitar nosso congá. (bis) 02- BRADO DE MAMÃE

Leia mais

IANSÃ PONTOS DE LINHA. 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro

IANSÃ PONTOS DE LINHA. 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro IANSÃ PONTOS DE LINHA 1. Oh, Iansã menina é do cabelo loiro Sua espada é de prata Sua coroa é de ouro 2. Iansã mãe virgem Do cabelo louro Ela desceu do céu Num cordel de ouro 3. Ventou nas matas Ventou

Leia mais

YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS)

YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS) YEMANJA 01 MÃE DÁGUÁ RAIMHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR MÃE DÁGUA SEU CANTO É BONITO QUANDO FAZ LUAR..(.BIS) YEMANJA, YEMANJA...(BIS) RAINHA DAS ONDAS SEREIA DO MAR...BIS É BONITO O CANTO DE YEMANJA SEMPRE

Leia mais

Cultura Afro-Indígena Brasileira. Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho

Cultura Afro-Indígena Brasileira. Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho Cultura Afro-Indígena Brasileira Prof. Ms. Celso Ramos Figueiredo Filho Religiões Afro-Brasileiras Introdução - Escravidão miscigenação e sincretismo (Angola, Moçambique, Congo) - 3 a 5 milhões de africanos

Leia mais

OCASIÕES ESPECIAIS. Batismo 1. Composição: Bitty/ Gilda Máximo

OCASIÕES ESPECIAIS. Batismo 1. Composição: Bitty/ Gilda Máximo OCASIÕES ESPECIAIS Amaci Composição: Leonardo Guimarães A todos que olham > A todos que estão aqui > Muita atenção, hoje é noite de Amaci >2x Filhos de fé respeitem o pano branco Babalaô preparou seu banho

Leia mais

Mensageiros da Cura (1 a 34)

Mensageiros da Cura (1 a 34) Mensageiros da Cura (1 a 34) 1 2 1 Mensageiro (Mestre,95) Te levanta, te levanta Levanta quem está sentado Para receber o Mensageiro Dentro do Jardim Dourado. Vai seguindo, vai seguindo Dentro do jardim

Leia mais

Curso de Umbanda EWÁ

Curso de Umbanda EWÁ Curso de Umbanda EWÁ Também conhecida como Ìyá Wa. Assim como Iemanjá e Oxum, também é uma divindade feminina das águas e, às vezes, associada à fecundidade. É reverenciada como a dona do mundo e dona

Leia mais

Alabê Ketujazz: espiritualidade, jazz e referências africanas sobre o palco

Alabê Ketujazz: espiritualidade, jazz e referências africanas sobre o palco Alabê Ketujazz: espiritualidade, jazz e referências africanas sobre o palco por Por Dentro da África - terça-feira, novembro 24, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/alabe-ketujazz-espiritualidade-jazz-e-referencias-africanassobre-o-palco

Leia mais

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com

Revista África e Africanidades Ano 2 - n. 5 - Maio. 2009 - ISSN 1983-2354 www.africaeafricanidades.com Homenagem Maria Stella de Azevedo Santos Mãe Stella de Oxossi Por Juliana Faria Escritora, Psicóloga e Presidente do Centro de Referência e Estudos da Tradição e Cultura Afro- Brasileira do Ilê-Axé Pilão

Leia mais

Musica de Capoeira Geração africana volume 2

Musica de Capoeira Geração africana volume 2 Musica de Capoeira Geração africana volume 2 1 - Filho d'ogum Vale me Deus do céu Vale me Deus do céu Colega velho, vale me nossa senhora Vou jogar a Capoeira, jogo de dentro e de fora Sou filho de Ogûm,

Leia mais

ABERTURA. Hino da Umbanda

ABERTURA. Hino da Umbanda ABERTURA Hino da Umbanda Refletiu a Luz Divina Com todo seu esplendor Vem do reino de Oxalá Onde há paz e amor Luz que refletiu na terra Luz que refletiu no mar Luz que veio de Aruanda Para tudo iluminar

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

A água poderá concentrar uma vibração positiva ou negativa, dependendo do seu emprego.

A água poderá concentrar uma vibração positiva ou negativa, dependendo do seu emprego. Sua utilidade é variada. Serve para os banhos de amacis, para cozinhar, para lavar as guias, para descarregar os maus fluídos, para o batismo. Dependendo de sua procedência (mares, rios, chuvas e poços),

Leia mais

A CROMOTERAPIA NA UMBANDA

A CROMOTERAPIA NA UMBANDA A CROMOTERAPIA NA UMBANDA I. INTRODUÇÃO A utilização da cor em qualquer religião, ou melhor, em qualquer processo mágico remonta aos tempos mais antigos. A luz é uma vibração energética, da mesma forma

Leia mais

1. A ESTRELA E A LUA

1. A ESTRELA E A LUA 1. A ESTRELA E A LUA A ESTRELA E A LUA ERAM DUAS IRMÃS COSME E DAMIÃO TAMBÉM SÃO DOIS IRMÃOS OXALÁ E OGUM GUIA NOSSOS PASSOS SOMOS FILHOS DE UMBANDA QUE BALANÇA MAIS NÃO C 2. CADE DOUM COSME E DAMIÃO,

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE

NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE NÚCLEO DE ESTUDOS ESPIRITUAIS MATA VERDE Desenvolvimento mediúnico março/2014 ATENÇÃO Dia 19 de abril não teremos aula. Voltaremos dia 26 de Abril. Doutrina dos Sete Reinos Sagrados Conceituação de Orixá

Leia mais

Tenda de Umbanda Caboclo Ubirajara e Vovó Tereza PONTOS CANTADOS DE YORI COSME E DAMIÃO

Tenda de Umbanda Caboclo Ubirajara e Vovó Tereza PONTOS CANTADOS DE YORI COSME E DAMIÃO PONTOS CANTADOS DE YORI COSME E DAMIÃO 2012 Saravá Cosme, Damião e Doum! Amibejá PONTOS CANTADOS DE YORI Têm festa na rua e no coração; Crianças correndo com balas na mão; Daí me sua graça e devoção; É

Leia mais

HINÁRIO NOVA DIMENSÃO

HINÁRIO NOVA DIMENSÃO HINÁRIO NOVA DIMENSÃO Tema 2012: Flora Brasileira Rabo de Galo (Worsleya rayneri) Padrinho Alfredo Alfredo Gregório de Melo 1 www.hinarios.org 2 01 BRILHANTES PEDRAS FINAS Marcha - Valsa Ao pai eterno

Leia mais

Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma

Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma Cultura Negra Cultura Negra Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma enormidade de aspectos: dança, música, religião, culinária e idioma. Essa influência se faz notar em grande parte

Leia mais

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa)

HINÁRIO. Chico Corrente O SIGNO DO TEU ESTUDO. Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) HINÁRIO O SIGNO DO TEU ESTUDO Tema 2012: Flora Brasileira Esponjinha (Stifftia fruticosa) Chico Corrente 1 www.hinarios.org 2 01 O SIGNO DO TEU ESTUDO Marcha O signo do teu estudo Estou aqui para te dizer

Leia mais

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme

Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Hinário SOIS BALIZA De Germano Guilherme Edição oficial do CICLUMIG Flor do Céu De acordo com revisão feita pelo Sr. Luiz Mendes do Nascimento, zelador do hinário. www.mestreirineu.org 1 01 - DIVINO PAI

Leia mais

AS RELAÇÕES DE GÊNERO NA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA DE AUTORIA FEMININA: MÃE BEATA DE YEMONJÁ

AS RELAÇÕES DE GÊNERO NA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA DE AUTORIA FEMININA: MÃE BEATA DE YEMONJÁ AS RELAÇÕES DE GÊNERO NA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA DE AUTORIA FEMININA: MÃE BEATA DE YEMONJÁ Sávio Roberto Fonseca de Freitas (UFRPE/ PNPD-CAPES-PPGL/UFPB) Resumo O objetivo de nosso estudo é analisar

Leia mais

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto Rita de Sá Freire Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto No dia 4 de agosto, a Igreja comemora São João Maria Vianney, Padroeiro dos Padres. Gostaria de prestar

Leia mais

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. F159u

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. F159u CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ F159u Falasco, Alexandre Cesar Umbanda de barracão / Alexandre Cesar Falasco ; coordenação Diamantino Fernandes Trindade.

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

Religiões Afro-Brasileiras

Religiões Afro-Brasileiras Religiões Afro-Brasileiras Apresentação Em continuidade ao Estudo Multidisciplinar Baía de Todos os Santos (Projeto BTS), estão sendo realizadas investigações com foco nas baías da Bahia, com envolvimento

Leia mais

CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES

CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES Ambiente em Ação CUIDAR DA NATUREZA RESPEITANDO OS ORIXÁS E ENTIDADES Orientações para práticas culturais/religiosas em unidades de conservação e áreas naturais protegidas por lei. Bem vindo(a)! componente

Leia mais

SABEDORIA E MAGIA DOS CELTAS PRINCÍPIOS DO DRUIDISMO

SABEDORIA E MAGIA DOS CELTAS PRINCÍPIOS DO DRUIDISMO SABEDORIA E MAGIA DOS CELTAS PRINCÍPIOS DO DRUIDISMO SABEDORIA E MAGIA DOS CELTAS PRINCÍPIOS DO DRUIDISMO ANA ELIZABETH CAVALCANTI DA COSTA 3 ÍNDICE Introdução... 13 1ª Parte - O Universo Mágico Os Ciclos

Leia mais

Acarajé. Comida de Santo, Tradição e Fonte de Sustento.

Acarajé. Comida de Santo, Tradição e Fonte de Sustento. Acarajé Comida de Santo, Tradição e Fonte de Sustento. 1 2 Acarajé Comida de Santo, Tradição e Fonte de Sustento. David J. Santos 3 Copyright 2014 by David José dos Santos Foto: Acarajé da Baiana Autoria

Leia mais

UMA BREVE SOBRE A PINCESA EMÍLIA DE OYA LAJA E A FORMAÇÃO DA NAÇÃO OYO-JEJE NO RIO GRANDE DO SUL

UMA BREVE SOBRE A PINCESA EMÍLIA DE OYA LAJA E A FORMAÇÃO DA NAÇÃO OYO-JEJE NO RIO GRANDE DO SUL UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE PÓS-RS SOCIEDADE, POLÍTICA E CULTURA Polo de Santo Antônio da Padrulha Disciplina: História e gênero ALEXANDRE SILVEIRA DOS REIS RONIE ANDERSON PEREIRA UMA BREVE SOBRE A PINCESA

Leia mais

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA Cultura afro-brasileira é o resultado do desenvolvimento da cultura africana no Brasil, incluindo as influências recebidas das culturas portuguesa e indígena que se manifestam

Leia mais

HINÁRIO. Madrinha Maria Alice Maria Alice Campos Freire 1. www.hinarios.org O ROSÁRIO 01 O ROSÁRIO

HINÁRIO. Madrinha Maria Alice Maria Alice Campos Freire 1. www.hinarios.org O ROSÁRIO 01 O ROSÁRIO HINÁRIO O ROSÁRIO Tema 2012: Flora Brasileira Três Marias (Bougainvillea spectabilis) Madrinha Maria Alice Maria Alice Campos Freire 1 www.hinarios.org 2 01 O ROSÁRIO Oh! Minha mãe Vós limpai meu pensamento

Leia mais

MOVIMENTOS RITUALÍSTICOS NO CANDOMBLÉ:

MOVIMENTOS RITUALÍSTICOS NO CANDOMBLÉ: UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS VIII PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA HUMANA E GESTÃO SOCIOAMBIENTAL ANTÔNIO

Leia mais

Expo Religião: Rio de Janeiro recebe o maior evento religioso da América Latina

Expo Religião: Rio de Janeiro recebe o maior evento religioso da América Latina Expo Religião: Rio de Janeiro recebe o maior evento religioso da América Latina por Por Dentro da África - terça-feira, novembro 24, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/expo-religiao-rio-de-janeiro-recebe-o-maior-evento-religiosoda-america-latina

Leia mais

SAUDAÇÃO À BANDEIRA NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL

SAUDAÇÃO À BANDEIRA NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2008 NOVEMBRO/2008 A BANDEIRA DO BRASIL Quando Dom Pedro I ergueu a espada E independência pediu O povo gritou com força E liberdade conseguiu. Foram feitas outras bandeiras Para o

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel 1.º Prémio A vida é uma folha de papel A vida pode ser Escura como a noite, Ou clara como as águas cristalinas Que brilham ao calor do sol. A vida pode ser Doce como o mel Ou amarga como o fel. A vida

Leia mais

HINÁRIO Transformação

HINÁRIO Transformação HINÁRIO Transformação Tema 2012: Flora Brasileira Pau-de-rosas (Physocalymma scaberrimum) www.hinarios.org Apolo 2 1 ORAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO Oh! Meu pai, livrai-me da autocomiseração e da preguiça. Dême

Leia mais

EXPOSIÇÃO IYÁS: UM OLHAR DA PRESENÇA E O PODER FEMININO NO CANDOBLÉ NO BRASIL

EXPOSIÇÃO IYÁS: UM OLHAR DA PRESENÇA E O PODER FEMININO NO CANDOBLÉ NO BRASIL EXPOSIÇÃO IYÁS: UM OLHAR DA PRESENÇA E O PODER FEMININO NO CANDOBLÉ NO BRASIL Thayane Caroline de Moura caroline.thayane@yahoo.com.br (021) 3659-1313 / 8022-3016 / 3344-0869 Tulani Pereira da Silva tulani.ufrj@hotmail.com

Leia mais

1. Com base na leitura do texto, escreva Certo (C) ou Errado (E) para as afirmações a seguir.

1. Com base na leitura do texto, escreva Certo (C) ou Errado (E) para as afirmações a seguir. Salvador da Bahia Leitura: atividades A festa é do povo 1. Com base na leitura do texto, escreva Certo (C) ou Errado (E) para as afirmações a seguir. A) O casamento na roça faz parte dos festejos juninos

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

Curso de Umbanda ANJO DA GUARDA

Curso de Umbanda ANJO DA GUARDA Curso de Umbanda ANJO DA GUARDA Você sabe a importância dos anjos da guarda na Umbanda? Bem, os anjos de guarda nos protegem e acompanham a cada dia. E esse acompanhamento também está nas horas de trabalho

Leia mais

LIÇÕES DE VIDA. Minha mãe Uma mulher fascinante Guerreira incessante Gerou sete filhos Em tentativa pujante De vencer as dificuldades com amor!

LIÇÕES DE VIDA. Minha mãe Uma mulher fascinante Guerreira incessante Gerou sete filhos Em tentativa pujante De vencer as dificuldades com amor! LIÇÕES DE VIDA Regilene Rodrigues Fui uma menina sem riquezas materiais Filha de pai alcoólatra e mãe guerreira. Do meu pai não sei quase nada, Algumas tristezas pela ignorância e covardia Que o venciam

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

UMA OFERENDA A YEMANJÁ: A RELIGIOSIDADE PRESENTE NA FESTA DE 1º DE JANEIRO NAS PRAIAS CARIOCAS. PALITOT, Fernanda Souto Maior (UERJ/NEPEC)

UMA OFERENDA A YEMANJÁ: A RELIGIOSIDADE PRESENTE NA FESTA DE 1º DE JANEIRO NAS PRAIAS CARIOCAS. PALITOT, Fernanda Souto Maior (UERJ/NEPEC) UMA OFERENDA A YEMANJÁ: A RELIGIOSIDADE PRESENTE NA FESTA DE 1º DE JANEIRO NAS PRAIAS CARIOCAS. PALITOT, Fernanda Souto Maior (UERJ/NEPEC) A pesquisa, em fase inicial, faz parte de um estudo maior sobre

Leia mais

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 27ºDOMINGO DO TEMPO COMUM (02/10/11) Parábola dos Vinhateiros Poderia ser feito um mural específico para esta celebração com uma das frases: Construir a Igreja

Leia mais

Ogum Guerreiro no canto da Guerreira Clara Nunes. 1

Ogum Guerreiro no canto da Guerreira Clara Nunes. 1 Ogum Guerreiro no canto da Guerreira Clara Nunes. 1 Como quem por talento, para cantar às heranças africanas a cultura brasileira, Clara Nunes (1942-1983), fez do seu canto louvação e saudação aos Orixás

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO

ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO O MEIO AMBIENTE É SAGRADO Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira." Leão Tolstoi SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 2012 ESTE PROJETO

Leia mais

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2009 NOVEMBRO/2009 BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA Assim como nós, cidadãos, temos documentos para sermos identificados onde quer que estejamos, como brasileiros temos nossa

Leia mais

Salvador da Bahia Leitura: atividades RESPOSTAS. A festa é do povo

Salvador da Bahia Leitura: atividades RESPOSTAS. A festa é do povo Salvador da Bahia Leitura: atividades RESPOSTAS A festa é do povo 1. 2. A) O casamento na roça faz parte dos festejos juninos e antigamente era considerado um sacramento, já que em muitos locais isolados

Leia mais

1º Lugar CONCURSO JOGOS FLORAIS 2009. Poesia Subordinada a Mote

1º Lugar CONCURSO JOGOS FLORAIS 2009. Poesia Subordinada a Mote CORTEJO DIVINO I As ruas são um jardim E na festa mais singela, Ao abrir duma janela, Um perfume de alecrim. Gentes que mostram assim, Que o Mundo tem mais valor E, em traços de pintor, Há quem pinte bem

Leia mais

Maria: Mãe obediente à Palavra de Jesus!

Maria: Mãe obediente à Palavra de Jesus! 4º Dia Maria: Mãe obediente à Palavra de Jesus! Bodas de Caná A obediência de Maria é obediência a seu Filho e, por meio dele, ao Pai. A fé é dinâmica em nossa vida e nos desacomoda. Ser cristão é escutar

Leia mais

CANTOS À SANTA BEATRIZ

CANTOS À SANTA BEATRIZ (MÚSICA:DOCE É SENTIR) Santa Beatriz, com imenso amor Humildemente corre ao Senhor Entra no céu com grande alegria Acompanhada da Virgem Maria. Que maravilha vê-la exaltada assim, Na glória eterna de Deus

Leia mais

EU VEJO O SANTO PADRE ANDRÉ BORTOLAMEOTTI Homenagem póstuma

EU VEJO O SANTO PADRE ANDRÉ BORTOLAMEOTTI Homenagem póstuma EU VEJO O SANTO PADRE ANDRÉ BORTOLAMEOTTI Homenagem póstuma * 22/12/1919 Vigolo Vattaro Itália + 28/10/2010 Barretos/SP Um belo dia recebo um e-mail do Padre André Bortolameotti, com quem tive a felicidade

Leia mais

Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre. A Morada do Samba. Carnaval 2012

Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre. A Morada do Samba. Carnaval 2012 Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre A Morada do Samba Carnaval 2012 Administração Solange Cruz Bichara Rezende Maio de 2011 Ficha Técnica Enredo 2012 Presidente Solange Cruz Bichara

Leia mais

Xirê: uma performance corporal de restauração da energia vital

Xirê: uma performance corporal de restauração da energia vital Xirê: uma performance corporal de restauração da energia vital Tatiana Maria Damasceno Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora assistente do Departamento de Arte Corporal Resumo: Axé, energia

Leia mais

(3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor!

(3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor! 1º Dia (3 de outubro quinta-feira) Maria: Mulher consagrada ao serviço do Senhor! Batismo de Jesus Jesus foi batizado por João no rio Jordão. A partir desse momento assumiu o anúncio público do Reino de

Leia mais

CURRÍCULO DE LETRAMENTO LITERÁRIO (ENSINO FUNDAMENTAL) MODO COMPOSICIONAL: CONTOS POPULARES (NACIONAIS OU ESTRANGEIROS)

CURRÍCULO DE LETRAMENTO LITERÁRIO (ENSINO FUNDAMENTAL) MODO COMPOSICIONAL: CONTOS POPULARES (NACIONAIS OU ESTRANGEIROS) CURRÍCULO DE LETRAMENTO LITERÁRIO (ENSINO FUNDAMENTAL) MODO COMPOSICIONAL: CONTOS POPULARES (NACIONAIS OU ESTRANGEIROS) Coordenação: Luciane Possebom 26 de março de 2014. Segundo Câmara Cascudo, pode-se

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

Diálogo. a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso

Diálogo. a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso Diálogo inter-religioso a diversidade um espaço privilegiado no Ensino Religioso Arte de calar Calar sobre sua própria pessoa é Humildade... Calar sobre os defeitos dos outros é Caridade... Calar quando

Leia mais

Catálogos DVD S de Candomblé

Catálogos DVD S de Candomblé APOSTILAS QUE FUNDAMENTAM CASA DE ORIXÁ. Apostila Adoração ao Orixá Orí Cabeça. Cerimônia de Bori. Apostila Comida de Orixá. Como elaborar passo a passo as comidas de Exu a Oxala. Apostila: De Exu a Oxala

Leia mais

AUTO DE NATAL OUTRO NATAL

AUTO DE NATAL OUTRO NATAL AUTO DE NATAL OUTRO NATAL Escrito em conjunto com Cristina Papa para montagem pelo curso Técnico Ator 2007/2008 do SENAC Araraquara-SP, sob supervisão do professor Carlos Fonseca. PERSONAGENS: CORO / NARRADORES

Leia mais

XANGO MEU PAI O ORIXA REI PDF

XANGO MEU PAI O ORIXA REI PDF XANGO MEU PAI O ORIXA REI PDF ==> Download: XANGO MEU PAI O ORIXA REI PDF XANGO MEU PAI O ORIXA REI PDF - Are you searching for Xango Meu Pai O Orixa Rei Books? Now, you will be happy that at this time

Leia mais

CADÊ MEU AJEUM? A COMIDA E SEUS VÁRIOS SIGNIFICADOS NOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ DE ARACAJU

CADÊ MEU AJEUM? A COMIDA E SEUS VÁRIOS SIGNIFICADOS NOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ DE ARACAJU CADÊ MEU AJEUM? A COMIDA E SEUS VÁRIOS SIGNIFICADOS NOS TERREIROS DE CANDOMBLÉ DE ARACAJU Janaina Couvo Teixeira Maia de Aguiar Universidade Federal da Bahia janainacouvo@gmail.com GT 04 - O Alimento como

Leia mais

Caminhando em branco: fotoetnografia da festa de Yemanjá em João Pessoa, PB. Walking on White: photoethnography of Yemanjá Feast in João Pessoa, PB

Caminhando em branco: fotoetnografia da festa de Yemanjá em João Pessoa, PB. Walking on White: photoethnography of Yemanjá Feast in João Pessoa, PB Caminhando em branco: fotoetnografia da festa de Yemanjá em João Pessoa, PB Walking on White: photoethnography of Yemanjá Feast in João Pessoa, PB Thiago de Lima Oliveira 1 Vamos, meu povo... temos que

Leia mais

Introdução. 1 P ágina

Introdução. 1 P ágina Introdução O estudo do batimento de cabeça é fonte de revelação espiritual profunda, duradoura, de transformação. Todas as coisas que estão sob a terra possuem maior profundidade do que aparentam. Basta

Leia mais

PROJETO IFÁ AYÁ www.projetoifaaya.transiente.org

PROJETO IFÁ AYÁ www.projetoifaaya.transiente.org PROJETO IFÁ AYÁ www.projetoifaaya.transiente.org Conversa com Maria Lúcia, Ekedi na Comunidade do Ilé Axé Yjexá Orixá Olufon, sobre compartilhamento dos saberes e educação. Sara: Tia Lúcia, pode se apresentar?

Leia mais

Palestra: Cambono CENTRO ESPÍRITA DE UMBANDA CABOCLA JUREMA ARIANA VARELA & RICARDO BERTONI MARÇO DE 2014

Palestra: Cambono CENTRO ESPÍRITA DE UMBANDA CABOCLA JUREMA ARIANA VARELA & RICARDO BERTONI MARÇO DE 2014 Palestra: Cambono CENTRO ESPÍRITA DE UMBANDA CABOCLA JUREMA ARIANA VARELA & RICARDO BERTONI MARÇO DE 2014 Origem e definição A palavra Cambono é originada do termo Kamdondo, Kambono, Kambundu e nada mais

Leia mais

SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1

SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1 SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1 Antônio da Silva PINTO Netto 2 Joabson Bruno de Araújo COSTA 3 Giovana Alves ARQUELINO 4 Sebastião Faustino PEREIRA Filho 5 Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

HINÁRIO A ARTE DE AMAR

HINÁRIO A ARTE DE AMAR HINÁRIO A ARTE DE AMAR Tema 2012: Flora Brasileira Algodão do Cerrado (Cochlospermum vitifolium) CARLOS STRAZZER Carlos Augusto Strazzer 1 www.hinarios.org 2 I FÉ NA VIRGEM MARIA Oferecido por Isabela

Leia mais

Lindo e Triste Brasil

Lindo e Triste Brasil SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 07 / / 0 II AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA:

Leia mais

CONTEÚDOS. Candomblé Umbanda Xamanismo

CONTEÚDOS. Candomblé Umbanda Xamanismo CONTEÚDOS Candomblé Umbanda Xamanismo HABILIDADES Conhecer as religiões afrodescendentes e anímicas PAUTA DO DIA Acolhida Problematização Entrevista Exibição do Vídeo Leitura de Imagem Aprofundando o tema-

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL SUGESTÃO DE CELEBRAÇÃO DE NATAL 2013 ADORAÇÃO Prelúdio HE 21 Dirigente: Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou

Leia mais

HINÁRIO CAMINHO DO PERDÃO

HINÁRIO CAMINHO DO PERDÃO HINÁRIO CAMINHO DO PERDÃO Hinário Franciscano recebido por Ângelo Saraiva PRINCESA SOLOÍNA Mestre Irineu Eu peço a Jesus Cristo Que abra este caminho Para mim seguir meus passos Com amor, com alegria Com

Leia mais

AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹. NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4

AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹. NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4 AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS DA UMBANDA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA RS¹ NASCIMENTO, Taiane Flores do²; SACCOL, Paloma Tavares³; BEZZI, Meri Lourdes 4 1 Trabalho de Pesquisa NERA/CCNE/UFSM 2 Acadêmica do

Leia mais

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40.

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Como no dia de ontem, o grupo reuniu-se às 19h30 para iniciar a tarefa de

Leia mais

ROSÁRIO ANGLICANO. contemplativa nos diversos níveis da tradição cristã.

ROSÁRIO ANGLICANO. contemplativa nos diversos níveis da tradição cristã. ROSÁRIO ANGLICANO contemplativa nos diversos níveis da tradição cristã. O Círculo do Rosário Anglicano simboliza a roda do tempo; na tradição cristã o número 4 representa os quatro braços da cruz: quando

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL I

Conteúdo Programático INFANTIL I Conteúdo Programático INFANTIL I Composição oral Identificação Cor: vermelha Forma: círculo Posições: Dentro e fora Natureza e Sociedade Carnaval Páscoa Dia do Índio Estação do Ano: Outono Experiências

Leia mais

Hino Oficial da Linha de Yemanjá Yemanjá: Anchieta pela médium Maria de Lourdes Poyares Labuto

Hino Oficial da Linha de Yemanjá Yemanjá: Anchieta pela médium Maria de Lourdes Poyares Labuto Hino Oficial da Linha de Yemanjá Yemanjá: Anchieta pela médium Maria de Lourdes Poyares Labuto Quando eu sinto o Grito de Umbanda, Eu deixo o mar, ai, ai, ai, ai, eu deixo o mar, Eu deixo as águas, eu

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

Nº 8 - Mar/15. PRESTA atenção RELIGIÃO BÍBLIA SAGRADA

Nº 8 - Mar/15. PRESTA atenção RELIGIÃO BÍBLIA SAGRADA SAGRADA Nº 8 - Mar/15 PRESTA atenção RELIGIÃO! BÍBLIA Apresentação Esta nova edição da Coleção Presta Atenção! vai tratar de um assunto muito importante: Religião. A fé é uma questão muito pessoal e cada

Leia mais

Os Quatros Elementos Ter, 02 de Dezembro de 2008 09:12

Os Quatros Elementos Ter, 02 de Dezembro de 2008 09:12 O estudo das forças ocultas da natureza presente nos quatro elementos e seus elementais, são comuns a todas as culturas por tratar-se de uma necessidade latente do ser humano. A Iniciação Hermética quase

Leia mais

1Capítulo A SAUDADE DE DEUS

1Capítulo A SAUDADE DE DEUS 1Capítulo A SAUDADE DE DEUS Por intermédio de Jeremias, Deus traz uma palavra carregada de emoção. Em primeiro lugar, Deus sente saudade dos tempos áureos de afeição do seu povo por ele (Jr 2.2). Nos versículos

Leia mais

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11)

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) Vivendo a Liturgia Julho/2011 SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) É Importante lembrar que o Sagrado Coração de Jesus é o Padroeiro de nossa Diocese,

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

George Washington 1 HINÁRIO O PASSARINHO. www.hinarios.org I HOMENAGEM A SÃO JOÃO 01 NO CORAÇÃO

George Washington 1 HINÁRIO O PASSARINHO. www.hinarios.org I HOMENAGEM A SÃO JOÃO 01 NO CORAÇÃO HINÁRIO O PASSARINHO Tema 2012: Flora Brasileira Stifftia chrysantha George Washington 1 www.hinarios.org 2 I HOMENAGEM A SÃO JOÃO Neucilene 14/09/2001 Marcha 01 NO CORAÇÃO Marina Marcha Eu estou perante

Leia mais

CORDEIS PELA CANONIZAÇÃO DE EMILIE DE VILLENUEVE

CORDEIS PELA CANONIZAÇÃO DE EMILIE DE VILLENUEVE CORDEIS PELA CANONIZAÇÃO DE EMILIE DE VILLENUEVE A Santa e Madre Emilie já foi Beatificada. Agora com um novo milagre reconhecido, Será em maio canonizada. Neta de um conde francês abandona a vida de princesa.

Leia mais

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Produção executiva: MK Music / Masterização: Max Motta no MK Studio /

Leia mais

HINÁRIO ZÉ MOTA. O Justiceirinho. Tema 2012: Flora Brasileira Flor Marcela (Achyrocline satureoides)

HINÁRIO ZÉ MOTA. O Justiceirinho. Tema 2012: Flora Brasileira Flor Marcela (Achyrocline satureoides) HINÁRIO ZÉ MOTA Tema 2012: Flora Brasileira Flor Marcela (Achyrocline satureoides) O Justiceirinho 1 www.hinarios.org 2 01 AGORA MESMO Padrinho Alfredo - Marcha Agora mesmo Estou dizendo e vou dizer Para

Leia mais

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM

SOU NOVO AQUI! COMO FAÇO PARTE DE UM PEQUENO GRUPO? CONTRIBUIÇÃO NOSSA PROGRAMAÇÃO ROGRAM A Igreja Batista Central de Fortaleza é uma comunidade comprometida em amar a Deus, amar uns aos outros e proclamar Jesus. Vivemos relacionamentos em pequenos grupos, de casa em casa, e também nos grandes

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

ArteFolk Pontos Cantados

ArteFolk Pontos Cantados ArteFolk Pontos Cantados 1 2 Amigos, Fizemos uma pequena compilação com todos os pontos cantados que temos em nosso site, mandados por nós ou pelos nossos leitores, e os disponibilizamos aqui para vocês.

Leia mais

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE HINÁRIO O CHAVEIRÃO Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii Glauco Glauco Villas Boas 1 www.hinarios.org 2 01 HÓSPEDE Padrinho Eduardo - Marcha Eu convidei no meu sonho Meu mestre vamos passear

Leia mais

Prezados pais de: a desenvolver o hábito da oração. Lembre-se: é chegado o momento de buscarmos, ainda mais, a presença de Deus através da oração

Prezados pais de: a desenvolver o hábito da oração. Lembre-se: é chegado o momento de buscarmos, ainda mais, a presença de Deus através da oração Prezados pais de: O tema deste trimestre trata sobre a oração, enfatizando às crianças que Deus sempre ouve e responde as nossas súplicas. Você está orando por alguma coisa? Deus responderá. Ele pode dizer

Leia mais

Entre a mensagem e a comunicação: A oralitura de Mãe Beata de Yemonjá

Entre a mensagem e a comunicação: A oralitura de Mãe Beata de Yemonjá Entre a mensagem e a comunicação: A oralitura de Mãe Beata de Yemonjá Pedro Henrique Souza da Silva * Nascida na Bahia, descendente direta de africanos oriundos da cidade de Ketu, Beatriz Moreira Costa

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

ORDEM ESPIRITUALISTA CRISTÃ VALE DO AMANHECER

ORDEM ESPIRITUALISTA CRISTÃ VALE DO AMANHECER ORDEM ESPIRITUALISTA CRISTÃ VALE DO AMANHECER AULA DE TIA NEIVA PARA DOUTRINADORES Pág. 1 / 7 Você meu filho, vai se esquecendo dos seus, e com a mesma disposição vai atender aquele irmãozinho menos esclarecido.

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais