Webnotícia: realinhamentos da produção jornalística na web

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Webnotícia: realinhamentos da produção jornalística na web"

Transcrição

1 Webnotícia: realinhamentos da produção jornalística na web Camila Cristina Santos Gonzaga 1 (CEFET- MG) Resumo: Com base em diversos autores das teorias do jornalismo, discutem-se, neste trabalho, as transformações pelas quais passa a notícia na web. Adere-se à concepção de webjornalismo, deslocando-a em relação à produção impressa. Propõe-se uma análise comparativa de jornal em suas versões on-line e impressa quanto à construção de uma mesma notícia. Tomando-se a categoria informatividade, reflete-se sobre a ascendência do novo modo de circulação sobre a forma e a construção da notícia. Resulta dessa análise a proposição de um novo fluxo para a produção jornalística na web, construindo-se uma comparação com modelos tais como a pirâmide invertida, a pirâmide deitada e o news diamond. Palavras-chave: webjornalismo, agilidade e informação, produção jornalística Abstract: Based on several authors of the theories of journalism, are discussed in this work, the transformations undergone by the news on the web. Cling to the conception of web journalism, shifting it in relation to print production. Proposes to a comparative analysis of newspaper in their versions online and printed on the construction of the same news. Taking the category of "informativeness", reflects on the ascendancy of the new mode of movement on the shape and construction news. Results of this analysis to propose a new stream to produce news on the web, building up a comparison with models such as the inverted pyramid, pyramid lying and news diamond. Keywords: web journalism, agility and information, news production Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 1 -

2 Introdução Para alcançar a comunicação, de modo geral, os discursos devem conter enunciados que sejam capazes de transmitir a informação. (Fiorini in Darlete Cardoso, 2001). O jornalismo é uma prática que depende desse sucesso comunicativo para existir. Estudos da área (LAGE, 1986 e KARAM, 1997) o apontam como uma atividade social, materializada no interesse público, que apesar dos aspectos econômicos, políticos, institucionais que envolve, deve ser considerado um representante do cidadão. O advento da Internet, associado à sua multiplicidade de possibilidades, desencadeia o desafio de entender um novo jornalismo - o webjornalismo - que mantenha a essência dessa atividade. Quais características assumem a produção jornalística e como se estruturam as webnotícias são alguns dos aspectos que ganham o foco dos pesquisadores. O que já era uma incógnita abrandada, o gênero jornalístico, se reascende em prol de uma familiarização textual, ou uma retextualização que contemple os subsídios de uma comunicação e a diversidade tecnológica. Os modelos - pirâmide invertida, deitada e news diamond - dados a nortear a redação dos jornais, ficam entre o que é consolidado e o que seria ideal. E a informação, fundamental aos produtos jornalísticos, precisa permanecer, como uma herança ao webjornalismo. Para identificar esse movimento que reconfigura as bases da produção jornalística, este artigo propôs uma comparação entre jornais online e impresso, objetivando caracterizar a construção de uma (web)notícia factual. Jornalismo, Webjornalismo e notícia Antes de uma prática passar por realinhamentos, logicamente, ela já está inserida em um determinado contexto, com suas regras, organizações, condução. Com o jornalismo não é diferente. Para discutir hoje o webjornalismo, já se passou por jornalismo impresso, radiojornalismo, telejornalismo. E independente do Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 2 -

3 suporte que o habilita, ou do modo como o jornalismo se apropria desse, entender sua essência, suas bases práticas é fundamental para um estudo de pesquisa como este. Tomando-o como uma prática social e cotidiana, os autores Bill Kovach e Tom Rosenstiel (2004) consideram que o jornalismo pode e deve ser uma atividade em que o cidadão encontre elementos para entender a sociedade. Trata-se de um processo que permite publicar informações, em função de interesses e expectativas sociais (Luiz Beltrão, 1992), configurando, para Luiz Silva (2002), um poder auxiliar do cidadão, uma atividade de enorme responsabilidade. O trabalho jornalístico segundo os estudos de comunicação acerca da produção de informação, a sociologia dos emissores, o newsmaking pode ser sistematizado a partir de rotinas produtivas, com divisão de tarefas e aplicação dos valores-notícia, segundo critérios de importância e noticiabilidade (Mauro Wolf, 1995). Essa noticiabilidade, conforme Wolf (1995), é constituída pelo conjunto de requisitos que se atribui a um acontecimento para que ele adquira existência pública e seja uma notícia. Sistematizando sua produção Tuchman, citado por Wolf (1995) - designa três exigências mínimas: a) tornar possível o reconhecimento de um fato desconhecido; b) elaborar formas de relatar os acontecimentos; c) organizar o trabalho, temporal e espacialmente, de modo que os acontecimentos noticiáveis possam afluir e ser trabalhados de forma planificada. Ainda sobre o jornalismo, é importante sublinhar que, de acordo com Nelson Traquina (1993), o conceito de atualidade constitui o coração e a alma dessa prática, sendo suposto de dar a conhecer o que há de novo, o que acaba de acontecer. O webjornalismo surge 2 e, como muitas novidades, traz mais desafios do que certezas. Ainda, em 2010, procura-se uma linguagem, um modelo, uma produção característica. No contexto, uma lógica própria do capitalismo, afirma Sylvia Moretzsohn (2002), acelera o tempo, desencadeando uma nova concepção de Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 3 -

4 informação e, consequentemente, de jornalismo, que anseia pela velocidade. A internet potencializa a agilidade na divulgação das notícias. Ela resgata e realça a caracterização de Walter Benjamin (1993) para informação: [...] só tem valor no momento em que é nova. Ela só vive nesse momento, precisa entregar-se inteiramente a ele e sem perda de tempo tem que se explicar nele. (p.204). Ciente de que o jornalismo praticado na web está ainda em definição, para o presente artigo, adota-se a nomenclatura proposta por João Canavilhas (2001), que relaciona nome a suporte, sendo, portanto, o jornalismo desenvolvido na web o webjornalismo. Considerando ainda a complexidade dessa emergência, o autor alerta que, infelizmente, o que se tem visto é uma redução da apropriação da web em simples distribuidora de conteúdos que já existem em outros meios. A fim de mudar essa realidade, propondo um jornalismo que apresente inovações na web, que configure o webjornalismo, Luciana Moherdaui (2008),PALÁCIOS, designa o que considera tendências e soluções, pelas seguintes características: hipertextualidade (a possibilidade de interconectar textos através de links), interatividade (notícia com a capacidade de fazer com que o leitor/usuário sinta-se parte do processo), multimidialidade (convergência dos formatos das mídias tradicionais), personalização (produtos jornalísticos configurados de acordo com os interesses individuais do usuário), memória (acúmulo das informações, mais viável técnica e economicamente) e atualização contínua. Aparecem ainda como diferenciais para o webjornalismo, o espaço ilimitado, a não periodicidade e o baixo custo de produção. Gêneros, modelos e informatividade no jornalismo As incertezas sobre o jornalismo na web se ampliam quando há a tentativa de delimitar seu gênero 3 textual. Adair Bonini (2003) contribui para a reflexão alertando que essa não é uma exclusividade desse suporte. Ele entende que os Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 4 -

5 jornais não têm uma linguagem característica, sendo compostos a partir de outros gêneros, intercalando enunciados. Se um gênero é também um subsídio, uma orientação para o leitor e deve se adequar às demandas sociais palavras do estudo de Thais Jorge (2007) - então a sua identificação é essencial para um contexto, como o estudado, em que se buscam parâmetros de uso e prática de um novo jornalismo. Esse contexto a emergência do webjornalismo é marcado por uma peculiar diversidade na linguagem, contemplando texto, som, imagem, imagem em movimento, que, segundo Lia Seixas (2004), dificulta o registro de uma identidade que norteie esse jornalismo. Citando Gradim, Seixas (2004) sugere a possibilidade de uma linguagem que priorize o caráter instantâneo - proporcionado pela web - com um texto ágil, curto, direto, colorido, de potencial interativo e hipertextual (os nós, a escrita não-linear). Para Seixas (2004), esse é um destaque na busca pelo gênero do webjornalismo. É a hipertextualidade digital, a organização a partir de links, hierarquias, blocos associados eletronicamente, que vai ditar a narrativa 4 do jornal. Ainda no campo das potencialidades influentes da web, a autora ressalta as hard news. A agilidade valorizada pela sociedade, a atualização tecnicamente possível, em períodos indefinidos, feita de qualquer lugar, a qualquer momento. Um novo ritmo jornalístico, onde o acontecimento é realçado e (re)construído mediaticamente, segundo Seixas (2005), pela notícia, o produto mais factual do jornalismo. A notícia tem por finalidade relatar ações, explicá-las; uma interpretação do jornalista, sendo assim potencialmente narrativa. Exemplificando, a autora usa a morte como um fato naturalmente narrativo, onde se tem os elementos próprios de um modo de dizer: agente, ação, motivos, fins, meios, circunstâncias. A webnotícia, assim como a notícia, explica Seixas (2005), é a síntese de uma situação diversa, de várias faces, trazendo uma intriga que se configura no título e logo no primeiro parágrafo. Em uma investida que resulte no texto enxuto de interpretações. Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 5 -

6 Canavilhas (2006) estende a questão para o campo dos modelos, técnicas de redação, apontando que o modo de organização de uma notícia rompe essa lógica sintética e se realinha de acordo com o que proporciona os suportes. Portanto, acredita que a busca de uma linguagem para o webjornalismo passa pela apropriação das características da web. A descrição acima para a webnotícia, apresentada de forma simplificada por Seixas (2005), assemelha-se à conhecida técnica da pirâmide invertida, no jornalismo escrito. Uma prática que se resume em priorizar os dados por importância, respondendo as perguntas do lead: o quê, quem, onde, como, quando, por quê; seguidas dos demais dados, hierarquicamente, pela relevância. Para Canavilhas (2006), esse modelo atende ao jornalismo de outra época, que venceu seus desafios a partir do desenvolvimento dessa técnica de organização textual. O autor acredita que aplicá-la ao webjornalismo é desconsiderar o potencial da web e indica o que considera uma solução, a pirâmide deitada. Uma proposta em camadas, com quatro níveis de leitura: base (o essencial: o quê, quando, quem, onde), explicação (por quê e como), textualização (mais informações, mas de forma complementar, um vídeo, infográfico), exploração (ligação entre interno e externo a notícia), com foco na liberdade de navegação dentro da notícia. Outra proposta nesse sentindo é o modelo news diamond, desenvolvido por Paul Bradshaw (2007), também em busca de nortear uma redação própria da web. Antes de apresentar o modelo, o autor faz uma consideração vital para se entender a técnica, aponta velocidade e profundidade - características contraditórias - como os pontos fortes do espaço online. Valorizando o aspecto acima e um ciclo de vida das notícias, na figura de um diamante de informação, Bradshaw (2007) propõe as seguintes etapas: alerta (de um acontecimento noticiável Twitter), projeto (primeiras apurações - blog), artigo/pacote (do provisório para o definitivo jornal online), contexto (resgate contextual jornal on-line), análise/reflexão (reações jornal online), Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 6 -

7 interatividade (envolvimento fórum), personalização (à necessidade do usuário - RSS). Reconhecendo todas essas propostas e recursos apontados, Carla Schwingel (2008), em estudo sobre os processos de produção no webjornalismo, observa possíveis falhas. Para a autora tantos aparatos tiraram, em um primeiro momento, o controle dos jornalistas sobre suas atividades. Uma possível falha na produção estaria, justamente, no fato de os jornalistas não dominarem as técnicas que o meio disponibiliza. A produção de uma notícia, afirma Schwingel (2008), continua passando pelos mesmos desafios, apuração dos fatos (na web, beneficiada por recursos de busca), valores notícias, entre outros; o que muda é o modo como se trabalha com o conteúdo. Segundo a autora, não se pode pensar apenas em uma hierarquização de informações, a produção deve contar com vínculos, já associando vídeos, fotos, links, propondo níveis. Está claro o esforço de teóricos em entender e interpretar os novos desafios postos pela relação web e jornalismo. Porém há um caráter, fundamental ao jornalismo, que não pode faltar às bases dessa discussão: a informatividade, o discurso jornalístico é suposto de produzir informação (Cardoso, 2001). A partir da teoria da enunciação, em Bakhtin, Cardoso (2001) destaca a relação de sentido que deve ser construída, o produto do jornalismo precisa alcançar a comunicação. Os enunciados trazem também a questão da verdade, num comprometimento com o que afirmam. (Guimarães in Cardoso, 2001). A informatividade, afirma a autora, passa pelo desconhecido a alguém, ou seja, precisa ser suficientemente competente para chegar aos objetivos da comunicação proposta. Por mais que o jornalismo ganhe uma nova dinâmica, segundo Cardoso (2001), ele continua sendo uma ação social, ele usa a língua para esse fim. O texto jornalístico pressupõe um interesse coletivo, portanto, deve alcançar a compreensão coletiva. Procurando a objetividade, em uma redação bem estruturada, clara, contextualizadora, informativa. Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 7 -

8 A construção da (web)notícia Os exemplos práticos podem ajudar no reconhecimento de novos fluxos produtivos e característicos quanto ao webjornalismo. Para este trabalho eles foram escolhidos segundo os seguintes recortes e metodologia: assunto - eleições brasileiras de 2010, focando o factual nessa cobertura. O método, qualitativo, consiste em comparar os conteúdos publicados nos jornais online, com as suas versões impressas 5 veiculadas no dia seguinte. Objetivando contrastar os traços produtivos na construção de uma mesma notícia, em meios diferentes. Na tarde do domingo de eleições, dia 10 de outubro de 2010, um factual rompeu com a rotina de notícias dos sites mineiros, configurando o objeto deste estudo. A morte do advogado Aécio Ferreira da Cunha, um homem com notoriedade pública, pai do ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, desencadeia um engajamento de cobertura instantânea dos sites jornalísticos. Foram selecionados três jornais mineiros (O Tempo, Hoje em Dia e Estado de Minas) e um site nacional (G1). Com a ajuda de um site 6 que disponibiliza serviços de monitoramento de conteúdos e operações mecânicas, foram recortadas as atualizações dessa notícia. Nos quadros abaixo estão em destaque alguns dados para reflexão. Quadro 1: Dados sobre a publicação no jornal O Tempo Características Conteúdo Evolução Erro(s) Alto da página, na capa, com a indicação de urgente, em preto e vermelho, com link para a notícia. O texto, de 5 linhas, não respondeu ao lead, estava sem o Como e Por quê. E deixa claro Ainda há poucas informações disponíveis a respeito do caso. Não tem a assinatura de um jornalista. 1 Acrescentou as causas e o por quê da morte 2 Divulgou a assessoria como fonte das informações 3 - Consertou uma informação 4 A contextualização, pela trajetória política 5 Informações sobre o enterro. Velório será realizado na noite do domingo (Foi na manhã de segunda, informação que é consertada, citando então, a fonte da notícia, a assessoria do Governo) Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 8 -

9 Desdobramentos Dados de atualização Observações Jornal Impresso Luto decretado pelo Estado Declaração de Aécio Neves 5 atualizações das 16h59 às 17h39 (40 min) 4 deslocamentos de página (1º às 18h04) 2 desdobramentos em outros títulos (1º às 18h17) No final da notícia, o site pedia ao leitor que aguardasse as atualizações da informação. No 2º deslocamento da notícia, ela aparece debaixo de uma foto com Aécio Neves sorrindo, em outro contexto. Divulgou uma nota, em formato de santinho, com os sentimentos da família e local do velório. Fonte: Jornal O Tempo e site: Quadro 2: Dados sobre a publicação no jornal Estado de Minas Características Conteúdo Evolução Erro(s) Alto da página, na capa, com a indicação de urgente, em vermelho e azul, com link para a notícia. O texto, de 2 linhas, não respondeu ao lead, contemplava apenas quem e o que. Afirmava que a informação tinha sido confirmada pela assessoria do exgovernador. 1 Divulgou local, o por quê e como se deu a morte 2 Acrescentou informações sobre o velório 3 - Consertou uma informação 4 Disponibilizou a trajetória da vida política 5 Informação sobre o luto oficial 6 Acrescentou dados sobre horário e local do enterro 7 Adicionou galeria de fotos. Horário do velório divulgado: 19 horas. Era às 7 horas da manhã. Desdobramentos Não houve. Dados de atualização 7 atualizações das 17h12 às 19h44 (2h 32 min) 3 deslocamentos de página (1º às 18h04) Observações Jornal Impresso No final da notícia o site pedia ao leitor que aguardasse mais informações. Matéria com chamada de capa. Segue o lead, trajetória política, declarações com os sentimentos de pessoas públicas, fotos. Uso da pirâmide invertida na redação. Fonte: Jornal Estado de Minas e site: Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação - 9 -

10 Quadro 3: Dados sobre a publicação no jornal Hoje em Dia Características Conteúdo Alto da página, na capa, em vermelho, uma frase, sem link para a notícia. Texto com lead completo, foto, assinatura da redação, trajetória política. Evolução 1 Consertou erro de conteúdo 2 Acrescentou informação sobre luto oficial. Erro(s) Faltou uma palavra:... ainda não foi informações sobre horário e local do enterro. Desdobramentos Não há. Dados de atualização 2 atualizações das 17h20 às 17h54 (34 min) 4 deslocamentos de página (1º às 17h46) Observações Jornal Impresso A notícia que ocupa o lugar da morte do pai de Aécio é a do início da apuração dos votos. Matéria com chamada de capa. Segue o lead publicado no jornal online, trajetória política, além de declarações com os sentimentos de pessoas públicas. Fica evidente o uso da pirâmide invertida. Fonte: Jornal Hoje em Dia e site: Quadro 4: Dados sobre a publicação no jornal O Globo / G1 Características Conteúdo Aparece na parte superior, à direita da página, com link para a notícia Texto apenas com o Lead completo. Evolução Não atualizou. Erro(s) Sem erros aparentes. Desdobramentos Não publicou. Dados de atualização Publicou a notícia às 17h43 e não atualizou o conteúdo posteriormente. Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação

11 Observações Abaixo da notícia foi publicada nota oficial do luto, divulgada pela assessoria de Aécio Neves Jornal Impresso Publicou uma nota, mesclando o assunto com a não comemoração de Aécio Neves, eleito ao Senado. Fonte: Jornal O Globo e site G1: Destaque para a situação de disputa entre os sites mineiros e a diferença de cobertura do site nacional. Observa-se ainda a ausência do uso de recursos da web, as notícias não remetiam a outros links, não tinham vídeo, áudio, em alguns jornais, nem fotografia. Considerações finais Com base na teoria articulada e nos dados apresentados, fica em evidência que a produção da notícia na web não faz parte da mesma linha que compõe o jornalismo impresso - nem das linhas dos demais veículos de comunicação - mas que também não encontrou uma identidade de construção. A comparação entre os três jornais mineiros, local em que o acontecimento atende aos critérios de noticiabilidade - foi justamente para identificar por onde andam os ruídos da produção das webnotícias. Essa demanda pelo atual parece ir além do aproveitamento e das necessidades impostas pela web, a concorrência entre os jornais tem assumido um papel mais importante do que deveria. Observe que o site nacional publicou a notícia às 17h43, 44 minutos depois do primeiro jornal mineiro, sem precisar atualizá-la por erros de conteúdo. Já os jornais impressos, seguiram suas consolidadas linhas de produção, desenvolvendo redações pelo modelo da pirâmide invertida. Com exceção do jornal O Tempo, que deixa obscuros quais parâmetros norteiam seus critérios de noticiabilidade, a relevância da notícia desaparece no dia seguinte, no impresso. Muitas pesquisas, como mostrado aqui, têm revelado preocupações quanto à identificação de uma linguagem própria do webjornalismo; textos, gênero, rotinas Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação

12 e profissionais que possam dinamizar e caracterizar essa nova prática, que continua social. Mas, por enquanto, genericamente, o que se tem visto são notícias fragmentadas, textos manchetados, onde se pública os passos de apuração como novidade. Caminha-se à superficialidade em prol da agilidade, no que se configura apenas uma derivação de modelos já praticados em outros meios. Observa-se que não há tempo, nessa dinâmica de concorrência, para fazer possíveis os aspectos que caracterizariam o webjornalismo: hipertextualidade, multimodalidade, interatividade, entre outros. Modelos como a pirâmide deitada ou o news diamond não são identificados. A pirâmide invertida continua sendo usual e os erros de conteúdo aparecem indiscriminadamente. Ou seja, o esforço de agilidade aplicado no webjornalismo, além de não apresentar um novo jornalismo, pode desconstruir a credibilidade dos jornais, já consolidada pelos outros meios, em prol de uma suposta instantaneidade. A notícia passa ser a atualização e não a informação. O recurso usa o jornalismo e não o contrário. A proposta desenvolvida aqui é um convite para futuras pesquisas, que reflitam a ascendência de um novo modo de circulação sobre a forma e a construção da notícia. Estudos que priorizem a viabilidade de informar, apropriando-se da diversidade de recursos das novas tecnologias, mesmo porque, já não seria possível pensar em ascensão jornalística sem a web. Referências Bibliográficas BELTRÃO, Luiz. Iniciação à filosofia do jornalismo. 2. ed. São Paulo: Edusp, BENJAMIN, Walter. O Narrador. Considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: Magia e Técnica, Arte e Política. Obras Escolhidas. São Paulo: Brasiliense,1993. p BONINI, Adair. Os gêneros do jornal: o que aponta a literatura da área de comunicação no Brasil? Linguagem em (Dis)curso, Tubarão/SC, v. 4, n. 1, p , jul./dez Disponível em: < Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação

13 df>. Acesso em: 27 set BRADSHAW, Paul. A Model for the 21st Century Newsroom: the news diamond. Online Journalism Blog, Disponível em: < >. Acesso em: 02 out CANAVILHAS, João. Webjornalismo: considerações gerais sobre o jornalismo na web, Disponível em: < Acesso em: 10 set Webjornalismo: Da pirâmide invertida à pirâmide deitada, Disponível em: < Acesso em: 10 set CARDOSO, Darlete. O Jornalismo como (re)produtor de enunciados. Revista Linguagem em (Dis)curso. Florianópolis, v.1, n.2, jan/jun Disponível em: < >. Acesso em: 03 set JORGE, Thais Mendonça. A notícia em mutação. Estudo sobre o relato noticioso no jornalismo digital f. Tese (Doutorado em Comunicação), Universidade de Brasília, Disponível em: < >. Acesso em: 02 out KARAM, Francisco José Castilhos. Jornalismo, Ética e Liberdade. São Paulo. Summus, KOVACH, Bill; ROSENSTIEL, Tom. Os elementos do jornalismo. São Paulo: Editorial, LAGE, Nilson. Linguagem jornalística. 2ª ed. São Paulo: Ática, MIELNICZUK, Luciana. Sistematizando alguns conhecimentos sobre jornalismo na web. In: PALACIOS, Marcos, MACHADO, Elias (orgs.). Modelos de Jornalismo Digital. Salvador: Calandra, Disponível em: < >. Acesso em: 07 set MOHERDAUI, Luciana. Em busca de um modelo de composição para os jornais digitais. In: Anais do II Simpósio Nacional da ABCiber (Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura). São Paulo - SP, Disponível em: Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação

14 <http://www.cencib.org/simposioabciber/pdfs/cc/luciana%20moherdaui.pdf >. Acesso em: 05 set MORETZSOHN, Sylvia. Jornalismo em tempo real : O fetiche da velocidade. Rio de Janeiro: Revan, SCHWINGEL, Carla. Publicações Generalistas X Ciberjornalísticas: a livre publicação de conteúdos e o processo de produção ciberjornalísico. In: II Simpósio Nacional da ABCiber, São Paulo, Disponível em: < >. Acesso em: 01 out SEIXAS, Lia. Gêneros jornalísticos digitais. Um estudo das práticas discursivas no ambiente digital. In: XIII Encontro Anual da COMPÓS, 2004, São Bernardo do Campo - SP. GT Estudos do Jornalismo, Disponível em: < >. Acesso em: 20 set O lugar da narrativa no hipertexto jornalístico. In: III Encontro Nacional de Pesquisadores de Jornalismo, 2005, Florianópolis. Anais do III Encontro, Disponível em: < >. Acesso em: 20 set SILVA, Luiz Martins da. Imprensa e cidadania: possibilidades e contradições. In: MOTTA, Luiz Gonzaga (org.). Imprensa e poder. Brasília: Editora Unb, TRAQUINA, Nelson. Jornalismo: questões, teorias e 'estórias'. 2. ed, Lisboa: Vega, WOLF, Mauro. Teorias da comunicação. 4. ed. Lisboa: Presença, Camila GONZAGA, Mestranda Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) 2 A web - world wide web ganhou destaque no início dos anos de 1990, anunciada pelo engenheiro britânico Tim Bernes Lee. 3 Gêneros (grupos de textos característicos), esclarece Bonini (2003), no contexto, é entendido como representação característica do texto que ocorre como enunciado pleno ou recorte. 4 Especificamente no webjornalismo, segundo Seixas (2004) o conceito de narrativa é trabalhado para qualquer estrutura hipertextual. 5 Os meios foram escolhidos por terem - supostamente - predomínio textual para divulgação das notícias. Para este artigo, um não é modelo para o outro, não substitui o outro, eles coexistem. 6 Site disponível pelo endereço: Universidade Federal de Pernambuco - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologias na Educação

Jornalismo Interativo

Jornalismo Interativo Jornalismo Interativo Antes da invenção da WWW, a rede era utilizada para divulgação de informações direcionados a públicos muito específicos e funcionavam através da distribuição de e-mails e boletins.

Leia mais

A DIVULGAÇÃO DO CURSO DE JORNALISMO ATRAVÉS DO SITE E DAS REDES SOCIAIS

A DIVULGAÇÃO DO CURSO DE JORNALISMO ATRAVÉS DO SITE E DAS REDES SOCIAIS 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo

WEBJORNALISMO. Aula 04: Características do Webjornalismo. Características do webjornalismo WEBJORNALISMO Aula 04: Características do Webjornalismo Prof. Breno Brito Características do webjornalismo O webjornalismo apresenta algumas características específicas em relação a aspectos que quase

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo saber como é desenvolvido o trabalho de Assessoria de Imprensa, sendo um meio dentro da comunicação que através

Leia mais

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA O PAPEL DA

Leia mais

A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1. Thais CASELLI 2. Iluska COUTINHO 3

A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1. Thais CASELLI 2. Iluska COUTINHO 3 A Rotina de Atualização na TV Uol: Produção, Participação e Colaboração 1 RESUMO Thais CASELLI 2 Iluska COUTINHO 3 Universidade Federal de Juiz De Fora, Juiz de Fora, MG Este trabalho verifica como é a

Leia mais

TVVILAEMBRATEL.WEBS.COM 1 Uma experiência com sistemas de CMS

TVVILAEMBRATEL.WEBS.COM 1 Uma experiência com sistemas de CMS TVVILAEMBRATEL.WEBS.COM 1 Uma experiência com sistemas de CMS Anissa CAVALCANTE 2 Jessica WERNZ 3 Márcio CARNEIRO 4, São Luís, MA PALAVRAS-CHAVE: CMS, webjornalismo, TV Vila Embratel, comunicação 1 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

JORNALISMO NA INTERNET

JORNALISMO NA INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO JORNALISMO NA INTERNET Coord. Prof. Dr. Marcos Palacios Equipe: Susana Barbosa Carla Schwingel Salvador, 2002 1. Definição

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE PORTAIS DE NOTÍCIAS E HIPERTEXTUALIDADE*

A RELAÇÃO ENTRE PORTAIS DE NOTÍCIAS E HIPERTEXTUALIDADE* A RELAÇÃO ENTRE PORTAIS DE NOTÍCIAS E HIPERTEXTUALIDADE* Maria Lourdilene Vieira Barbosa UFMA Emanoel Barbosa de Sousa UFPI Resumo: O valor social do hipertexto na sociedade digital tem despertado bastantes

Leia mais

ROTINAS DE PRODUÇÃO JORNALÍSTICA NO SITE PORTAL COMUNITÁRIO

ROTINAS DE PRODUÇÃO JORNALÍSTICA NO SITE PORTAL COMUNITÁRIO 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) (X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

WEBJORNALISMO. Aula 03: Contextualizando o webjornalismo. Conceitos e Nomenclaturas

WEBJORNALISMO. Aula 03: Contextualizando o webjornalismo. Conceitos e Nomenclaturas WEBJORNALISMO Aula 03: Contextualizando o webjornalismo Prof. Breno Brito Conceitos e Nomenclaturas Jornalismo digital Jornalismo eletrônico Ciberjornalismo Jornalismo on-line Webjornalismo 2 Prof. Breno

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1

Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Apresentação do Website Diário Manezinho: Notícias sobre a Ilha e a região 1 Ana Carolina Fernandes MAXIMIANO 2 Bruno da SILVA 3 Rita de Cássia Romeiro PAULINO 4 Universidade Federal de Santa Catarina,

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1

CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 CentralSul de Notícias: A Rotina Produtiva de uma Agência Experimental Online 1 COSTA 2 Daiane dos Santos; FONSECA 3 Aurea Evelise dos Santos; ZUCOLO 4 Rosana Cabral 1 Trabalho submetido ao SEPE 2011 Simpósio

Leia mais

I Jornada de Pesquisa e Extensão Trabalhos Científicos

I Jornada de Pesquisa e Extensão Trabalhos Científicos I Jornada de Pesquisa e Extensão Trabalhos Científicos LABORATÓRIO DE CONVERGÊNCIA DE MÍDIAS PROJETO DE CRIAÇÃO DE UM NOVO AMBIENTE DE APRENDIZADO COM BASE EM REDES DIGITAIS. 1 Palavras-chave: Convergência,

Leia mais

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio OAB-GO de Jornalismo é um concurso jornalístico instituído pela Seção de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil para premiar matérias

Leia mais

Cronograma Encontro I aula 2: Webjornalismo

Cronograma Encontro I aula 2: Webjornalismo Cronograma Encontro I aula 1: Agência de No6cias Imprensa Jovem ü Encontro I aula 2: Webjornalismo Encontro II Fotojornalismo Encontro III - Radiojornalismo I Encontro IV - Radiojornalismo II Encontro

Leia mais

COMUNICAUFMA Um experimento em jornalismo digital baseado em sistemas de gerenciamento de conteúdo e cloud computing. 1

COMUNICAUFMA Um experimento em jornalismo digital baseado em sistemas de gerenciamento de conteúdo e cloud computing. 1 I Jornada de Pesquisa e Extensão Projeto Experimental COMUNICAUFMA Um experimento em jornalismo digital baseado em sistemas de gerenciamento de conteúdo e cloud computing. 1 Leonardo Ferreira COSTA 2 Pablo

Leia mais

Participação política na internet: o caso do website Vote na web

Participação política na internet: o caso do website Vote na web Participação política na internet: o caso do website Vote na web Lívia Cadete da Silva 1 Lucas Arantes Zanetti 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP RESUMO

Leia mais

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda Diretrizes Curriculares ENADE 2012 Curso de: Publicidade e Propaganda MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA MEC Nº207 DE 22 DE JUNHO DE

Leia mais

ANÁLISE DA CONVERGÊNCIA NA RÁDIO SÃO FRANCISCO FM

ANÁLISE DA CONVERGÊNCIA NA RÁDIO SÃO FRANCISCO FM ANÁLISE DA CONVERGÊNCIA NA RÁDIO SÃO FRANCISCO FM INTRODUÇÃO/DESENVOLVIMENTO Bruna Vieira de Oliveira Ricardo Rigaud Salmito 1 Esta pesquisa pretende analisar se a criação do site da rádio São Francisco

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

Internet, ensino de jornalismo e comunidade

Internet, ensino de jornalismo e comunidade Internet, ensino de jornalismo e comunidade Paulo Roberto Botão Mestre em Comunicação Social pela Umesp Instituto Superior de Ciências Aplicadas (Isca Faculdades) Limeira/SP Universidade Metodista de Piracicaba

Leia mais

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Apresentação 1.Identificação do órgão:tribunal do Trabalho da Paraíba/ Assessoria de Comunicação Social 2.E-mail para contato:rdaguiar@trt13.jus.br, rosa.jp@terra.com.br

Leia mais

NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL

NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL RESUMO Caroline Ferreira 1 O objetivo deste artigo é falar sobre Noticia institucional e o interesse cada vez maior das empresas em cuidar da sua imagem institucional.

Leia mais

PORTAL COMUNITÁRIO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DAS COMUNIDADES E MOVIMENTOS SOCIAIS DE PONTA GROSSA

PORTAL COMUNITÁRIO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DAS COMUNIDADES E MOVIMENTOS SOCIAIS DE PONTA GROSSA PORTAL COMUNITÁRIO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DAS COMUNIDADES E MOVIMENTOS SOCIAIS DE PONTA GROSSA Área Temática - Comunicação Autoras: Cintia Xavier 1 Maria Lúcia Becker 2, Hebe Maria Gonçalves de Oliveira

Leia mais

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Letícia BARROSO 2 Thaís PEIXOTO 3 Centro Universitário Fluminense Campus II- Campos/RJ RESUMO: A falta de espaço nos veículos convencionais

Leia mais

O uso de blogs no ensino de Matemática 2

O uso de blogs no ensino de Matemática 2 Claudinei Flavia Batista Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil bs_flavia@hotmail.com Sirlândia Souza Santana sirlandiasantana@hotmail.com Resumo Este trabalho tem como principal objetivo

Leia mais

LEITURAS DO MEDO: As notícias sobre violência e sua relação com o aumento do sentimento de insegurança.

LEITURAS DO MEDO: As notícias sobre violência e sua relação com o aumento do sentimento de insegurança. LEITURAS DO MEDO: As notícias sobre violência e sua relação com o aumento do sentimento de insegurança. Jaquelaine SOUSA 1 Dalva Borges de SOUZA 2 Programa de Pós-Graduação em Sociologia/Faculdade de Ciências

Leia mais

Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1

Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1 Cadernos de Reportagem: Incentivo ao Senso Crítico no Jornalismo 1 Vinícius DAMAZIO 2 Luciana PACHECO 3 Gabriel SAMPAIO 4 Sylvia MORETZSOHN 5 Ildo NASCIMENTO 6 Universidade Federal Fluminense, Niterói,

Leia mais

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos.

b) vantagens e desvantagens para o usuário que acessa Internet grátis comparadas aos serviços oferecidos pelos provedores pagos. Questão nº 1 I. Seleção de dados relevantes para o assunto em pauta, comparação, hierarquização. Devem aparecer nos textos: a) a Internet grátis desafia os provedores estabelecidos. Ressaltar as posições

Leia mais

MAIS NOTÍCIAS, MELHORES NOTÍCIAS? UMA REFLEXÃO SOBRE AS PECULIARIDADES DO JORNALISMO ON-LINE* 1

MAIS NOTÍCIAS, MELHORES NOTÍCIAS? UMA REFLEXÃO SOBRE AS PECULIARIDADES DO JORNALISMO ON-LINE* 1 MAIS NOTÍCIAS, MELHORES NOTÍCIAS? UMA REFLEXÃO SOBRE AS PECULIARIDADES DO JORNALISMO ON-LINE* 1 Milena Ferreira Hygino Nunes Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) Carlos Henrique

Leia mais

Pacote Multimídia: A Luta Popular¹. Alan Regis DANTAS² Faculdade 7 de Setembro (FA7), Fortaleza, CE

Pacote Multimídia: A Luta Popular¹. Alan Regis DANTAS² Faculdade 7 de Setembro (FA7), Fortaleza, CE Pacote Multimídia: A Luta Popular¹ Alan Regis DANTAS² Faculdade 7 de Setembro (FA7), Fortaleza, CE RESUMO Este trabalho procura expor de maneira sucinta, a ideia da produção de um pacote multimídia, sua

Leia mais

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Serena Veloso GOMES² Thamara Rocha Ribeiro FAGURY³ Kalyne Menezes SOUZA4 Silvana Coleta Santos PEREIRA5 Universidade Federal

Leia mais

Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente.

Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente. Programa Permanente de Autorregulamentação da ANJ. Para tornar a relação entre o jornal e seus leitores ainda mais transparente. Introdução. Jornal é o meio de comunicação de maior credibilidade. Por isso,

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

APOLO NEWS: um novo meio de aproveitar tudo o que a internet oferece 1

APOLO NEWS: um novo meio de aproveitar tudo o que a internet oferece 1 APOLO NEWS: um novo meio de aproveitar tudo o que a internet oferece 1 Igor Samuel de Oliveira PRADO 2 Juscelino Ribeiro de OLIVEIRA Júnior 3 Shaianna da Costa ARAÚJO 4 Orlando Maurício de Carvalho BERTI

Leia mais

Jornal Marco Zero 1. Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5

Jornal Marco Zero 1. Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5 1 Jornal Marco Zero 1 Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5 Faculdade internacional de Curitiba (Facinter) RESUMO O jornal-laboratório Marco Zero 6 é

Leia mais

TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET

TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET ATAS - Seminário Ensinar com Pesquisa (Ensinar, Pesquisar e Aprender) - ANO V 1 TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET Ana C. B. da Silva 1, Natália F. da Silva², Maria R. D. Kawamura 3 1 Instituto de Física/Ensino/USP,

Leia mais

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima.

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima. Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público Alexia Melo Clebin Quirino Michel Brasil Gracielle Fonseca Rafaela Lima Satiro Saone O projeto Rede Jovem de Cidadania é uma iniciativa da Associação

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC

FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC FACULDADE SATC CURSO DE JORNALISMO PROJETO EDITORIAL PORTAL SATC 1. Contexto A transmissão e o acesso às informações é uma preocupação constante do ser humano. Ser bem informado e informar bem são, portanto,

Leia mais

Jornalismo digital: as características do portal Extra Online 1

Jornalismo digital: as características do portal Extra Online 1 Jornalismo digital: as características do portal Extra Online 1 Naine Carvalho da SILVA 2 Felipe Gil FERNANDES 3 Guilherme Augusto de Souza PINHEIRO 4 Luciane Guiomar BARBOSA 5 Susy Elaine da Costa FREITAS

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo Ênfase Identificação Disciplina 0003015A - Jornalismo Impresso I Docente(s) Angelo Sottovia Aranha Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas Julie Caroline de Alcântara Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP E-mail: juliealcantara.31@gmail.com

Leia mais

Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa www.migre.com.br Assessoria de Imprensa "Uma notícia em um jornal respeitado vale mais que dez apresentações feitas pelo melhor vendedor da empresa Assessoria de Imprensa A mídia espontânea, mais do que

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

CAPÍTULO 4. AG8 Informática

CAPÍTULO 4. AG8 Informática 2ª PARTE CAPÍTULO 4 Este capítulo têm como objetivo: 1. Tratar das etapas do projeto de um Website 2. Quais os profissionais envolvidos 3. Administração do site 4. Dicas para não cometer erros graves na

Leia mais

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL PACOTE DE NOTÍCIAS no dreamweaver O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL União das principais características das mídias "anteriores : - Agilidade (rádio) - rapidez na atualização de conteúdo e na formatação do layout

Leia mais

V Prêmio AMRIGS de Jornalismo

V Prêmio AMRIGS de Jornalismo 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1 Conceitos V Prêmio AMRIGS de Jornalismo REGULAMENTO O Prêmio AMRIGS de Jornalismo, quinta edição, é uma iniciativa da Associação Médica do Rio Grande do Sul, com o apoio do

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Manual com normas para solicitação de produção e publicação de material informativo jornalístico no site, lista de

Leia mais

PROGRAMA FALANDO EM POLÍTICA 1

PROGRAMA FALANDO EM POLÍTICA 1 PROGRAMA FALANDO EM POLÍTICA 1 Juliane Cintra de Oliveira 2 Antônio Francisco Magnoni 2 RESUMO Criado em 2007, o Programa Falando de Política é um projeto de experimentação e extensão cultural em radiojornalismo,

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico. Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2

Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico. Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2 Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2 Maicon Ferreira de SOUZA 3 Faculdade Assis Gurgacz, Cascavel, PR. RESUMO O presente

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Disciplina: Comunicação Pública Professores: Ellis e Asdrubal Aluno: João Paulo Apolinário Passos Universidade de Brasília Assessoria de Imprensa em Comunicação Pública e Governamental Prefeitura de Curitiba

Leia mais

#pulafogueira: aprofundamento do modelo News Diamond na cobertura das manifestações de junho/2014 em Belo Horizonte.1

#pulafogueira: aprofundamento do modelo News Diamond na cobertura das manifestações de junho/2014 em Belo Horizonte.1 #pulafogueira: aprofundamento do modelo News Diamond na cobertura das manifestações de junho/2014 em Belo Horizonte.1 Jorge Rocha2 Resumo: As manifestações populares iniciadas em 2013, partindo do mote

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

Análise de Estratégias e Plano de Comunicação Digital para a Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte 1

Análise de Estratégias e Plano de Comunicação Digital para a Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte 1 Análise de Estratégias e Plano de Comunicação Digital para a Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte 1 Aline Silveira SANTOS 2 Lorena PADRINI 3 Maria Claudia COSTA 4 João de CASTRO 5 Centro Universitário

Leia mais

RESENHA CONSIDERAÇÕES SOBRE A ÉTICA NO JORNALISMO ON-LINE

RESENHA CONSIDERAÇÕES SOBRE A ÉTICA NO JORNALISMO ON-LINE RESENHA CONSIDERAÇÕES SOBRE A ÉTICA NO JORNALISMO ON-LINE LOPEZ, Débora Cristina Doutoranda da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora da Universidade Federal de Santa

Leia mais

Plano Editorial Julho 2006

Plano Editorial Julho 2006 Plano Editorial Julho 2006 Missão Uma agência que noticia processos ocorridos no espaço público político (governo, Estado e cidadania), com foco nos interesses do cidadão brasileiro. Público-Alvo Cidadãos

Leia mais

Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1

Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1 Jornalismo Cidadão: o voluntariado no aprendizado com a AIDS 1 Juliana Paul MOSTARDEIRO 2 Rondon Martim Souza de CASTRO 3 Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. RESUMO O Projeto Jornalismo

Leia mais

Relatório de Visibilidade

Relatório de Visibilidade Relatório de Visibilidade Projeto URB-AL R10-A17-04 Políticas e Ações Municipais de Segurança Alimentar: realidade, limites e possibilidades da intersetorialidade Todo material elaborado para garantir

Leia mais

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom Entrevista esclarece dúvidas sobre acúmulo de bolsas e atividadess remuneradas Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes Quinta, 22 de Julho de 2010 19:16 No dia 16 de julho de 2010, foi publicada

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES Lançamento e Abertura das Inscrições Encerramento das Inscrições Anúncio Oficial dos Finalistas Cerimônia de Premiação dos Vencedores

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 27

PROVA ESPECÍFICA Cargo 27 29 PROVA ESPECÍFICA Cargo 27 QUESTÃO 41 A importância e o interesse de uma notícia são avaliados pelos órgãos informativos de acordo com os seguintes critérios, EXCETO: a) Capacidade de despertar o interesse

Leia mais

Divisão de Divulgação

Divisão de Divulgação PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 52 Divisão de Divulgação Elaborado por: Mário Adolfo Aryce

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches A presença de tecnologias digitais no campo educacional já é facilmente percebida, seja pela introdução de equipamentos diversos,

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1 Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis Resumo Descreve a implantação da Biblioteca Virtual

Leia mais

Humsol e a luta contra o câncer de mama 1. Vinicius Arthur SANTOS 2 Luiz WITIUK 3 Universidade Positivo, Curitiba, PR

Humsol e a luta contra o câncer de mama 1. Vinicius Arthur SANTOS 2 Luiz WITIUK 3 Universidade Positivo, Curitiba, PR Humsol e a luta contra o câncer de mama 1 Vinicius Arthur SANTOS 2 Luiz WITIUK 3 Universidade Positivo, Curitiba, PR RESUMO A reportagem foi realizada para a disciplina de Rádiojornalismo ainda no quarto

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

8 Conclusões, recomendações e desdobramentos

8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 136 8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 8.1. Introdução Finalmente inicia-se a etapa conclusiva deste trabalho. Com base nos resultados da pesquisa

Leia mais

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito PROAC / COSEAC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2008 e 1 o semestre letivo de 2009 CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique

Leia mais

INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com.

INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com. INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com.br 1. Introdução A rede mundial tem permitido novas práticas

Leia mais

Os tempos mudaram. Campanha de valorização

Os tempos mudaram. Campanha de valorização Campanha de valorização Os tempos mudaram Terceira fase da Campanha de Valorização do Marketing Direto enfatiza a revolução nas formas de conquistar o público e a proximidade da disciplina com as novas

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios 97 Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: Associar os instrumentos de divulgação utilizados nos Correios às suas respectivas características.

Leia mais

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios R$ 90 mil em prêmios Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. UM GRANDE PRÊMIO PARA GRANDES PROFISSIONAIS SUMÁRIO 1.

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Nº 01 /2013

CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Nº 01 /2013 CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Nº 01 /2013 A Coordenação do Curso de Enfermagem da Faculdade São Salvador, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Configurações de Campanha

Configurações de Campanha Guia rápido sobre... Configurações de Campanha Neste guia... Aprenda a criar campanhas e a ajustar as configurações para otimizar os resultados. Índice 1. Criar Nova Campanha! 4 1.1 Dar um nome à campanha!

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Gestão do Conhecimento hoje tem se materializado muitas vezes na memória organizacional da empresa. O conteúdo

Leia mais

cris Relatório de gerenciamento de mídias sociais Maio e Junho/2015

cris Relatório de gerenciamento de mídias sociais Maio e Junho/2015 cris Relatório de gerenciamento de mídias sociais Maio e Junho/2015 Facebook A página do Facebook foi atualizada com um post por dia, no começo dos trabalhos, depois dois posts por dia, e próximo ao dia

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais

Tema Geral: Liberdade de Imprensa Público Alvo: 3 ao 5 ano do ensino fundamental Componentes: 01 professor orientador + 01 estudante

Tema Geral: Liberdade de Imprensa Público Alvo: 3 ao 5 ano do ensino fundamental Componentes: 01 professor orientador + 01 estudante Maratona do Conhecimento 2015 Estudante Repórter O Programa Lendo e Relendo com o Correio Lageano realiza a 9ª edição do concurso Maratona do Conhecimento Estudante Repórter. O objetivo é incentivar a

Leia mais

IPAHN Novo Portal 4 ª Revisão e Análise do CMS e Novo Portal Dezembro 2014

IPAHN Novo Portal 4 ª Revisão e Análise do CMS e Novo Portal Dezembro 2014 IPAHN Novo Portal 4 ª Revisão e Análise do CMS e Novo Portal Dezembro 2014 Relação de itens verificados e propostas de alteração que consideramos fundamental para a continuidade dos trabalhos de transição

Leia mais

Mídia Brasil Online Manual do Usuário

Mídia Brasil Online Manual do Usuário 1) Menu Principal O Menu Principal se estende no topo da tela do MBO, apresentando as seguintes opções: Clicar sobre cada uma dessas opções permite o acesso às diferentes seções do site. 2) Funções do

Leia mais

Elaboração de pauta para telejornal

Elaboração de pauta para telejornal Elaboração de pauta para telejornal Pauta é a orientação transmitida aos repórteres pelo pauteiro, profissional responsável por pensar de que forma a matéria será abordada no telejornal. No telejornalismo,

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Sistema de Gerenciamento da Informação. Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional.

Sistema de Gerenciamento da Informação. Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional. Sistema de Gerenciamento da Informação Mais informação, mais conteúdo, em menos tempo. Mais negócios, mais sucesso profissional. O tempo sumiu-1 8 horas dormir; 8 horas trabalhar; 1,5 hora no trânsito;

Leia mais

Um estudo de caso sobre as características hipertextuais do site Jornal do Brasil

Um estudo de caso sobre as características hipertextuais do site Jornal do Brasil Um estudo de caso sobre as características hipertextuais do site Jornal do Brasil Francisco de Assis Fernandes CÂNDIDO 1 Manassés Morais XAVIER 2 Resumo O avanço das tecnologias digitais da informação

Leia mais

O Jornal. A Contagem TV. Distribuição. Estatísticas. Por quê? Público Alvo. Publicidade. Contatos

O Jornal. A Contagem TV. Distribuição. Estatísticas. Por quê? Público Alvo. Publicidade. Contatos w w w. d i a r i o d e c o n t a g e m. c o m. b r w w w. c o n t a g e m t v. c o m. b r O JORNAL DIÁRIO DE CONTAGEM ONLINE é um site de notícias atualizado diariamente e é o primeiro jornal da região

Leia mais