Editorial. A arte de saber aproveitar o momento. Zeca Rodriguez. Acesse nosso site

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Editorial. A arte de saber aproveitar o momento. Zeca Rodriguez. Acesse nosso site www.newgolf.com.br"

Transcrição

1

2

3 Editorial Ano 4 - nº Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido Diretora de Redação Kelly Lubiato - MTB Diretor Executivo Francisco Pantoja Diretora Financeira Elaine Barreto Editor Zeca Rodriguez Diretor Comercial Ricardo Cury Diagramação e Arte Paloma Bessa Foto de Capa Zeca Resendes Tiragem: exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Bimestral CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: / Rua Loefgreen, cj V. Clementino Cep São Paulo/SP Telefones (11) / Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. A arte de saber aproveitar o momento Tão ou mais difícil do que criar oportunidades e proporcionar condições para se alcançar um determinado objetivo, é colocar o plano a, b ou c em prática e tirar proveito do momento favorável que ora se apresenta. O golfe brasileiro encontra-se justamente no ínterim entre uma etapa e outra deste processo composto. O esporte está atravessando um excepcional momento de evidência por aqui e essa é a hora de alavancar o crescimento da modalidade. Estamos vendo uma importante fase de transição, que pode e deve representar um verdadeiro divisor de águas para a história do esporte no País. Em meio a esse momento, coincidentemente ou não, a New Golf chega à sua 17ª edição com muito entusiasmo, vivendo uma situação parecida, cada vez mais consolidada e sentindo a responsabilidade de ter a sabedoria para colher os frutos do respeito obtido em função de um trabalho bem executado. Com base nesse tema, a revista traz em sua primeira capa do ano um evento exclusivo realizado no final de 2011, mas extremamente atual para este início de temporada, que trata justamente de discussões acerca do futuro do esporte no País. No início de dezembro, presidentes de clubes, federações e entidades reuniram-se na Bahia, quando o campo do Iberostar Praia do Forte recebeu a 7ª Taça Presidentes e a Retrospectiva ABGS A edição também chega destacando uma matéria especial sobre o turismo de golfe em Lisboa, um dos destinos mais procurados da Europa. Visitando a capital portuguesa é fácil entender o porquê. A talentosa Nathalie Silva também ganhou seu espaço nesta primeira revista do ano. Em uma entrevista exclusiva, ela fala de seu sucesso nos Estados Unidos e das dificuldades pelas quais teve que passar no esporte, muito em função de sua origem mais simples. A cobertura completa do título brasileiro da Copa Los Andes e uma reportagem sobre a reconstrução do Teresópolis Golf Club (RJ) um ano após a tragédia causada pelas chuvas são outros destaques da New Golf 17, que chega mais uma vez com 128 páginas recheadas de colunas de especialistas e de coberturas especiais. Boa leitura e um grande 2012, com muito golfe. Acesse nosso site Zeca Rodriguez Editor

4

5

6 Sumário Taça Presidentes Dirigentes se reúnem na Bahia no mesmo evento que marcou a Retrospectiva ABGS Copa Los Andes Time masculino do Brasil brilha e conquista o título sul-americano no Gávea (RJ) 52 World Golfers Championship Na África do Sul, brasileiros participam de um dos maiores torneios do golfe amador mundial Entrevista Nathalie Silva fala sobre sua grande fase nos EUA e dos desafios pelos quais passou Caminhos de Lisboa A charmosa capital portuguesa revela os segredos de seus belos campos Torneios Caipirinhas & Caipirões Brasileiros agitam Doral, em Miami Ribeirão Sobe Torneio chega à sua 14ª edição Amigos da Riviera Dia de muito golfe no litoral paulista Torneio Integração Combate ao câncer em Poços de Caldas Aberto do Guarapiranga Lyn Ahn e Lúcia Guilger vencem Albert Einstein Solidariedade no Fazenda da Grama CEG 2011 Duas etapas encerram o circuito Taça Cerrado Goiânia recebe 1ª edição do torneio Encontro dos Amigos Confraternização no Guarapiranga Aberto da Paraíba Tudo pronto no Águas da Serra Ação Comunitária Show de responsabilidade social L Occitane Terravista Um evento exclusivo na Bahia Destaques Adilson no The Open Gaúcho garante vaga no Major Mercado de seguros Lapenta & Silva cresce no golfe

7 Incentivo ao Golfe Uma década de sucesso No São Fernando Brasileiros são homenageados Retratos da Alma Exposição de Marco Antonio Rodrigues Craques do Golf Quadro comemora o sucesso de 2011 Equipamentos Confira as novidades do mercado New Golf / Sarayu Os patrocinadores nas alturas Mitsubishi Motorsports Começa o desafio 4x4 em Teresópolis GC Um ano após ser destruído pelas chuvas, clube da região serrana do Rio se recupera 70 Brasil Golf Show Hotel Transamérica, em São Paulo, recebe a 4ª edição do evento de 15 a 17 de março Colunas Coluna do Amador Por Humberto Monte Neto Por trás dos campos Por Mark Diedrich New Golf Internacional Por Francisco Paco Alemán Golfe Universitário Por Pedro da Costa Lima Associação Pta. de Golfe Por Antonio Padula Golfe Nota 10 Por David Oka Tacada Cidadã Por Rafael Jun Mabe Muito além do jogo Por Henrique Fruet Golfe Empresarial Por Paulo Pimentel Análise de campos Por Claudio Golombek Design de interiores Por Enzo Sobocinski Momento do golfe Por Zeca Resendes Confederação Brasileira de Golfe O presidente da CBG, Rachid Orra, estreia sua coluna na New Golf falando da temporada 2011 e das perspectivas para 2012 Preparação Física Africa Alarcón dá orientações para o correto aquecimento no putting green Apoio New Golf Cervejas Das ruas de Praga, na Rep. Tcheca, Gustavo Sanches conta a origem do estilo Pilsner

8

9

10 coluna do amador v Os caprichos do jogo por Humberto Monte Neto * Olá, amigos golfistas e iniciantes no esporte. O golfe continua me surpreendendo e, quando penso que já ouvi tudo sobre ele, surgem novas e deliciosas histórias. Há algumas semanas estava no Damha Golf Club participando de uma das etapas da ABGS - Associação Brasileira de Golfe Sênior, quando conheci Peter Peng, jogador local. Ele gentilmente aceitou a minha companhia e fomos jogar uma partida de 18 buracos. Peter é o personagem da história que narrarei para vocês. Começamos a conversar sobre lances improváveis e Peter lembrou o que aconteceu com ele há alguns anos, mais precisamente no dia 4 de dezembro de Em um torneio de executivos, ele estava como capitão de uma das equipes do Damha. Ainda chovia e ventava muito às 11h00, horário estabelecido para o início do jogo na modalidade Shotgun. O grupo deles começou no buraco 13. Tudo corria normalmente, mas quando chegaram no buraco 8 - um par 4 de 365 jardas do tee azul - algo muito raro ocorreu. A chuva havia dado uma trégua, mas o vento continuava forte. Peter chegou ao green com a segunda tacada, ficando a 10 metros da bandeira, com um putt em declive. Havia muitas folhas grossas no green. Peter limpou o caminho da sua bola - umas duas ou três folhas nas cercanias do buraco - e bateu. Quando a bola estava a mais ou menos três metros da bandeira, conta ele que dava para ver que a linha estava errada, que ela passaria a aproximados 10 cm à esquerda do buraco e que, pela velocidade, passaria do buraco em 1 metro. Nesse momento uma folha grande, seca e dura, de cerca de 15cm de comprimento, 10cm de largura e 3cm de altura, enrugada, entrou voando, rolando no green e parou bem na trajetória da tacada. A cerca de 1 metro do buraco, a folha ao mesmo tempo amorteceu a bola e a desviou levemente, modificando o seu trajeto. Com isso, a bola caiu exatamente no meio do buraco. Birdie que valeu como eagle no formato Stableford. Incrível! O capricho da jogada fez com que Peter consultasse o professor de estatística da Universidade Federal de São Carlos, Jorge Oishi, para ajudá-lo a compreender a probabilidade de um fato como este acontecer. Acontecimentos como esse são aqueles eventos raríssimos que costumam ocorrer uma vez na vida e quando surgem geram muita curiosidade, comentou o professor. Em problemas dessa natureza é muito difícil, para não dizer impossível, calcular a probabilidade exata, pois o número de fatores que estão associados é muito grande e o levantamento de informações para a realização do cálculo pode ser complexa e nem sempre é disponível. Por isso, na busca por fornecer uma resposta, ainda que aproximada, fiz o cálculo levando-se em consideração apenas os seis fatores descritos: dia chuvoso com muito vento, tacada no green, folha levada pelo vento para o green, bola batendo na folha, folha desviando a bola e bola entra no buraco, explicou. Após muitos cálculos, equações e diversas variáveis, o professor chegou à conclusão de que a probabilidade aproximada de uma jogada como a de Peter ocorrer é de uma chance em (3 quatrilhões, 650 milhões). Peter sabia que seu feito havia sido raro, mas se chocou com os números astronômicos e incontáveis. Ilustrando no contexto do golfe, é possível comparar o evento tomando como unidade de medida uma jogada muito conhecida; o hole in one. Com base em um estudo realizado pelo U.S. Hole in One (www.holeinoneinsurance.com), o profes- 10

11 sor encontrou a seguinte tabela de probabilidades, que contém dados referentes a buracos par 3: Golfista mediano fazer um hole in one em um buraco específico: 1 em Golfista profissional fazer um hole in one em um buraco específico: 1 em Golfista mediano fazer um hole in one em uma rodada simples: 1 em Golfista mediano fazer dois holes in one em uma volta simples: 1 em Golfista mediano fazer três holes in one em uma rodada simples: 1 em 488 bilhões Golfista mediano fazer quatro holes in one em um volta simples: 1 em 24 quatrilhões Observe que por essa tabela o único evento que supera o de nosso exemplo é o de um golfista médio fazer quatro holes in one na mesma rodada, o que dá a dimensão da raridade do lance em estudo. Para se ter uma ideia, é mais fácil um golfista mediano fazer três holes in one em uma única volta simples do que acontecer a façanha protagonizada por Peter. Espero que tenham gostado desta incrível história e o levantamento do professor Jorge, que por ter tomado conhecimento deste evento, tornou-se um dos golfistas mais aplicados do Damha Golf Club, hoje jogando com handicap 15. Obrigado, Peter, pela oportunidade de poder contar mais este incrível acontecimento em uma partida de golfe. Até breve, amigos! Comecem a jogar e sintam a paixão deste esporte. Sucesso e um grande abraço, sempre com muito golfe! * Humberto Monte Neto Empresário Golfista - Hcap Index 13,8 11

12 destaque Passaporte carimbado Adilson no Major para o The Open Adilson da Silva confirma sua grande fase e assegura vaga para a disputa do cobiçado Aberto Britânico, terceiro major da temporada Foto: Tour de Las Americas O Brasil estará representado The British Open, um dos quatro torneios majors, que integram o circuito Grand Slam do golfe mundial. O profissional gaúcho Adilson da Silva terminou empatado em segundo lugar na seletiva sul-africana para a competição, que terminou no dia 19 de janeiro, e garantiu sua participação no torneio britânico, um dos mais importantes e tradicionais da história do golfe, disputado desde O The Open 2012 acontece de 19 a 22 de julho, no Royal Lytham & St Annes, na Inglaterra, e reunirá os principais nomes do esporte no mundo. Para chegar à façanha, Silva somou 139 tacadas no Royal JHB & Kens e terminou atrás apenas do sul-africano Grant Veenstra, que somou 138 para vencer o torneio. O brasileiro ainda terminou empatado com o também sul-africano Andrew Georgiou. Os três garantiram suas vagas para o The Open. Adilson havia terminado a primeira rodada, disputada no dia anterior, na terceira colocação. Ele foi o único dos três jogadores que estavam na zona de classificação na primeira volta a garantir a vaga para o major - o holandês Tim Sluiter, que havia jogado 66, jogou 78 na volta final para terminar em 18º, e o espanhol Jordi Garcia, que estava em segundo com 67, jogou 73 na última rodada, caindo para quarto lugar e também dando adeus à vaga. Participaram da seletiva sul-africana 51 jogadores de 12 países. 12

13

14 entrevista Foto: Zeca Resendes A pequena notável Entrevista com Nathalie Silva do golfe brasileiro Em tese o golfe nunca faria parte da vida de Nathalie Silva, mas por um desses caprichos do destino seu pai virou caddie, se apaixonou pelo esporte e não sossegou enquanto não viu a filha ao menos tentar bater na bola. O desafio a inspirou e o talento a fez triunfar Por Zeca Rodriguez 14

15 Graças a um raro dom para o esporte, ela pôde se dar ao luxo de começar a se familiarizar com os tacos e bolinhas quando já tinha seus 15 anos de idade e ainda assim se destacar rapidamente como uma das melhores jogadoras do Brasil. Aos 22 anos e no golfe há apenas sete, Nathalie Silva já acumula uma experiência de dois anos e meio morando nos Estados Unidos. Desde 2009 ela estuda na California Baptist University, em Riverside, e se destaca jogando por lá. Antes disso, ainda no Brasil, foi diversas vezes campeã paulista e brasileira juvenil e três vezes vicecampeã brasileira adulta. Mas sua trajetória no esporte não foi nada fácil. Ao contrário da maioria dos jovens jogadores amadores no Brasil, a atleta é de família simples e teve como sua maior fonte inspiradora o pai, Sr. Adailzo da Silva Jr., um ex-caddie que se apaixonou pelo esporte e sempre foi seu maior incentivador. Neste cenário, obstáculos não faltaram, principalmente no início, quando ela precisou de muita coragem para se infiltrar em um mundo que não era dela, tendo a obrigação de demonstrar seu potencial para conquistar a confiança de todos. Os problemas não ganharam tanto peso porque, do alto de seu 1.60m, a pequena notável sempre esbanjou disciplina e dedicação, tanto nos treinos como nas aulas de inglês, tentando superar o choque cultural da língua quando foi morar no exterior, sua maior dificuldade na adaptação. Conheça um pouco mais sobre a bonita história de Nathalie Rodrigues da Silva, uma golfista obstinada, que não esconde seus medos, mas jamais deixa de enfrentá-los. Quando e onde você começou a jogar golfe? Comecei quando tinha 15 anos. Minhas primeiras tacadas foram em Mogi das Cruzes, mas o primeiro campo em que tive a oportunidade de jogar foi em São José dos Campos. Chamava-se Santa Rita Golfe Clube. Como surgiu o seu envolvimento com o esporte? É uma longa história (risos). Meu pai trabalhou como caddie em São Vicente e quando podia arriscava umas tacadas. Os anos passaram e ele teve oportunidade de estudar e trabalhar em São Paulo, mas ainda tinha muita vontade de jogar golfe. Então foi inaugurado um driving range em Mogi das Cruzes e ele começou a treinar. Tentou me levar várias vezes, mas eu nunca fiquei interessada. Achava um esporte de velhos e muito chato. Um dia ele ficou sabendo que haveria uma clínica para jovens aonde ele treinava. Naquele dia resolvi ir. Achei que seria melhor se tivesse mais gente da minha idade. Em que momento você começou a gostar do jogo? Nesta clínica que fui, o instrutor era o Luís Martins. Ele me deu umas dicas básicas e eu fiquei tentando acertar a bola. Errei várias vezes e foi aí que surgiu minha paixão pelo esporte. Adoro desafios e naquele momento acertar uma tacada era um dos mais difíceis (risos). Percebi que o instrutor ficava me analisan- Foto: Zeca Resendes 15

16 do de longe. Assim que meu pai chegou para conversar ele disse que era para investir em mim porque eu levava jeito. Ouvir de alguém que sabe me deu muita vontade de tentar e acabei me interessando mais. Conte um pouco sobre como foi o seu início. Encontrei muitos obstáculos. Quem iria me treinar? Meu pai pegou essa vaga e ficou por anos. Não tínhamos dinheiro para pagar um professor, então essa era a única opção. Me dedicava bastante e, graças a Deus, aprendi rápido. Sabia que as meninas na minha categoria tinham começado a jogar muito cedo e que, se eu não treinasse mais, não conseguiria alcançar o nível delas. Fale um pouco sobre suas origens e das da sua família. Ao contrário da maioria dos jogadores de golfe do Brasil, não sou de família rica. No início foi um esforço danado para me manter no esporte; torneios, treinos e equipamentos eram caros e minha família estava fazendo mágica para poder pagar. No começo eu ainda não estava ranqueada e não tinha benefícios. Tive muita ajuda de amigos e do meu clube. Meus primeiros tacos eram bem antigos. Um amigo nosso, Roberto Rudney, me deu um. Sua filha não se interessou pelo golfe e ele achou que funcionaria melhor comigo. Agradeço muito a ele por ter dado esse importante empurrão na minha carreira. Quais as consequências dessas diferenças e como você lidou com isso? Antes de mostrar pra que eu vim, tive que passar por muitas situações que, normalmente, se eu viesse de família rica, não passaria. Deixei de participar de muitas competições importantes porque não tinha como pagar. Quando ia para os torneios, ficava em hotéis bem baratos para economizar, fazia bate e volta muitas vezes quando os eventos eram em São Paulo, comprava bolas de baixa qualidade porque as caras não dava para comprar. Enfim, tudo era muito limitado. Chegou a sofrer algum tipo de preconceito em algum momento? Antes de mostrar resultado foi difícil. Eu não era daquele mundo, então algumas pessoas não me aceitavam muito bem, mas não quero generalizar porque também conheci muita gente bacana. O que sempre me impressionou no esporte é esse poder de igualar as pessoas em termos sociais. A partir do momento em que você pisa no primeiro tee não tem dinheiro no mundo que faça você bater reto; é só talento e dedicação. Não me sentia bem em volta das pessoas snobs, mas de uma coisa eu tinha certeza; assim que começasse a jogar bem todos me respeitariam e eu também teria a oportunidade de mostrar que não importa o quanto se tem no banco e sim o seu caráter e disciplina. Conte como foi seu início nas competições? Depois de ter treinado por um bom tempo, meu pai e eu achávamos que estava na hora de competir. Fiquei muito nervosa, mas concordei. Era um Aberto Juvenil de São Paulo no Clube de Campo. Teria que dar meu máximo para tentar terminar pelo menos no Top 10. Foram três dias de torneio; no primeiro joguei bem, mas fiquei em oitavo. No segundo dia melhorei e terminei em terceiro. Fiquei muito nervosa, pois sairia no último dia com as meninas que eu via jogar e que me inspiravam. O nível era mais alto que o meu, mas não desanimei. Estava seis tacadas atrás do primeiro lugar e sabia que se eu desse 100% de mim terminaria bem. Indo para o último buraco, percebi que estava ganhando por duas tacadas. Eu, liderando o torneio? Comecei a tremer, mas era só mais um buraco para erguer a taça. Aquilo ficou na minha cabeça até a última tacada. Foi emocionante e via o orgulho nos olhos do meu pai. Naquele momento meu esforço nos treinos havia sido reconhecido. Foi aí que muita gente me conheceu. Depois comecei a jogar o Tour Paulista e Nacional. Como surgiu a possibilidade de você estudar e jogar nos EUA? Estava conseguindo bons resultados no Brasil quando uma empresa chamada Daquiprafora entrou em contato comigo dizendo que algumas universidades nos Estados Unidos estavam interessadas no meu golfe. Fiquei surpresa, mas gostei da ideia. Não falava inglês e teria que fazer umas provas para que as escolas pudessem me aprovar. Fiz um curso na PBF, que me deu uma bolsa de estudos. Foi quando o coach da escola onde hoje eu estudo entrou em contato; foi uma surpresa quando recebi a notícia. Estava jogando um torneio e fiquei emocionada, pois eles me queriam independentemente do teste de inglês. Minha mãe ficou com aquele sentimento de querer a filha por perto, mas meu pai ficou super empolgado e querendo que eu fosse o mais rápido possível. 16

17 Meu clube, o Paradise Golf & Lake Resort, foi importante na decisão. Eles me ajudaram financeiramente para que esse meu sonho se tornasse real. Tive que largar o curso de Educação Física que fazia e tentar um mundo novo. Não foi fácil. Não vou negar que fiquei com medo, mas fui mesmo assim. Foto: Zeca Rodriguez Como está sendo sua experiência internacional? Fantástica. Estou tento oportunidade de treinar e estudar ao mesmo tempo, o que era difícil no Brasil. Jogo nos melhores campos, tendo aulas com os melhores técnicos e aprendendo coisas que no Brasil levaria mais tempo. Estudo na California Baptist University. Fica em Riverside, Califórnia. Estou cursando Kenesiology (um mix com fisioterapia também). Estou muito feliz! Como foi sua adaptação a essa nova cultura? A língua foi a maior dificuldade. Cheguei em 2009 e achava que sabia inglês, mas percebi que não sabia nada. Tirar notas boas era difícil, tinha que estudar e ter ajuda extra depois das aulas. Sentia muita saudade de casa, mas tinha meus planos traçados e fiz importantes amizades que me faziam sentir melhor. Com o tempo aprendi a lidar com a saudade e com o choque cultural. Como é seu dia-a-dia dentro e fora do golfe? Pela manhã eu estudo - tenho por volta de três aulas por dia - almoço e depois vou para o campo de golfe. Duas vezes por semana tenho preparação física e aos finais de semana só golfe e descanso. Fale de seus principais resultados atuando fora do País. Fui campeã do National Championship individual em 2010 e por equipes em 2011, quando terminei em terceiro no individual. Essa competição é um Nacional, do qual participam as melhores universidades. São cerca de 20 escolas e 120 jogadores. Em 2010 ganhei dois torneios e fiquei em segundo em quatro, terminando como Top 10 nos outros. No ano passado joguei oito torneios e fui campeã de dois, tive três segundos lugares e fui Top 10 em três. Quais seus pontos fortes em campo e no que acha que precisa melhorar? Gosto bastante de correr riscos. Tenho medo, mas prefiro errar arriscando do que me arrepender por jogar na defensiva. Acredito que meu ponto forte seja a facilidade de aguentar pressão quando preciso. Meu ponto fraco é meu físico. Preciso me preparar melhor porque o nível está alto e muitas meninas se destacam justamente pelo fato de estarem mais bem preparadas fisicamente. Como é a Nathalie pessoa, fora do golfe? Fale um pouco de você, de sua personalidade, das coisas que gosta de fazer. Acho que me conheço melhor em campo (risos). Sou paciente (acho que aprendi com o golfe), uma pessoa que dificilmente fica triste. Gosto de fazer as pessoas ao meu lado felizes. Não tenho uma multidão de amigos, mas amo os que tenho. Acho que sou fácil de lidar. Gosto de passear e conhecer lugares, mas também gosto de ficar em casa relaxando. Adoro assistir filmes e ler. 17

18 Pensa em se profissionalizar em breve? Assim que terminar a escola vou tentar nos Estados Unidos. Pretendo chegar aonde nenhuma brasileira chegou até hoje; ganhar torneios do LPGA Tour. Atualmente a Olimpíada também tem feito parte dos meus planos. Seria mais que um sonho poder jogar um evento desse nível representando o Brasil. Possibilidades eu tenho, mas preciso me esforçar e treinar o máximo e é isso que vou fazer. Se surgir a oportunidade agarrarei forte e darei mais que 100% para que o Brasil consiga um bom resultado, quem sabe até uma medalha. Qual sua opinião sobre o atual estágio do golfe amador e profissional brasileiro e o que deveria ser feito para melhorar as condições? Daqui dos Estados Unidos vejo que o Brasil está longe dos níveis internacionais. Com certeza tem melhorado, mas ainda estamos progredindo vagarosamente. Temos ótimos jogadores, tanto no nível profissional como amador, mas faltam oportunidades, torneios e reconhecimento. Acho que uma forma de melhorar é investindo nos juvenis, talvez criar algum programa no qual se junte o maior número de crianças possível. O Brasil tem condições e atravessa um bom momento para novas apostas. A hora é essa! Perfil Nome: Nathalie Rodrigues da Silva Data de nascimento: 22/07/89 Foto: Zeca Resendes Onde nasceu: Mogi das Cruzes / São Paulo Onde vive: Califórnia (Estados Unidos) Signo: Leão Ídolo (s): Meus pais Filme: Menina de Ouro Livro: Transformando Suor em Ouro, de Bernardinho Comida: Arroz e Feijão (simples, mas sinto falta nos EUA) Ator: Brad Pitt Atriz: Heloísa Périssé e Claudia Raia Sua melhor qualidade: Bom humor Seu pior defeito: Altura (1.60m) Um programa de TV: Sai de Baixo e Criminal Minds Estilo musical: Eclética Banda / cantor (a): Ivete Sangalo Hobby: Atualmente, assistir futebol americano Perfume: Flower By Kenzo Uma mania: Tomar café após as refeições Viagem inesquecível: China Lugar que gostaria de conhecer: Cataratas de Foz do Iguaçu Sonho: Ganhar torneios do LPGA 18

19

20 tacadas pelo mundo Os belos campos Portugal da charmosa Lisboa Troia Golf Praia Del Rey Bom Sucesso Campo Real Montado

21 Um dos destinos de golfe mais procurados pelos próprios europeus, Lisboa traz inúmeras opções de campos desafiadores, que aliam as belezas naturais com um clima ameno, perfeito para a prática do esporte. O charme e os encantos da cidade completam o sedutor pacote região de Lisboa vem se firmando como um dos mais A charmosos e procurados destinos de golfe da Europa. Em um lugar acolhedor, que combina belezas naturais com um incontestável ar histórico - sobretudo para os brasileiros - os campos da capital da Terrinha são cada vez mais numerosos e proporcionalmente exuberantes. Não por acaso, em 2007 a chamada Costa do Golfe de Lisboa foi escolhida como Destino de Golfe Europeu do Ano. Além do ambiente agradável e das suntuosas paisagens, muito bem aproveitadas para o esporte, o clima também ajuda muito, com temperaturas quase sempre amenas, propícias para as tacadas em qualquer época do ano. Nos períodos de frio e neve, quando os campos estão fechados na Europa, é para Portugal que os mais de golfistas se deslocam anualmente. Opções de qualidade não faltam. Só em Lisboa e região são 25 campos atualmente, com destaques para o Praia D el Rey, Campo Real, Bom Sucesso, Belas Club de Campo, Clube de Golfe do Montado, Golden Eagle, Golf do Estoril, Tróia Golf Championship, Lisbon Sports Club, entre muitos outros. Em termos de representatividade na Europa, o golfe português ainda pode ser considerado essencialmente amador. Poucos jogadores se arriscam tentando algum sucesso no exterior e o País ainda busca um ídolo que possa impulsionar gerações de pequenos lusitanos no esporte. Dois dos profissionais portugueses de destaque atualmente são Ricardo Santos e Filipe Lima que, em 2005, tornou-se o primeiro português a qualificar-se para o U.S. Open, um dos quatro torneios que compõem o Grand Slam do golfe mundial. Hoje Portugal recebe alguns grandes torneios durante sua temporada regular, entre eles se destacam o Algarve Open, o Open da Madeira e o Open de Estoril, eventos que sempre movimentam o esporte no País atraindo os melhores jogadores locais e muitos destaques europeus. Praia Del Rey Alguns campos Praia D el Rey Golf & Beach Resort Inaugurado em junho de 1997, o campo do empreendimento Praia D el Rey Golf and Country Club localiza-se no coração da Costa da Prata, a poucos quilômetros da histórica Vila Medieval de Óbidos e da Lagoa de Óbidos, numa zona de rara beleza ambiental, em frente ao Atlântico e à Reserva Natural da Ilha das Berlengas e a menos de uma hora do centro de Lisboa. O arquiteto americano Cabell Robinson, utilizando a combinação de magníficas vistas de mar, espetaculares falésias, dunas e belos pinhais, criou um exci- 21

22 Campo Real tante e majestoso campo de 18 buracos, par 72, com metros, um autêntico links, que proporciona momentos de raro prazer a todos os verdadeiros amantes do golfe e um desafio à precisão dos jogadores de baixo handicap. O campo ainda dispõe de um clubhouse, com restaurante, bar e zona privada para membros. Recebeu durante três anos o European Cup, popularmente conhecido por Guerra dos Sexos, opondo a equipe da European Ladies Tour a um time do Senior European Tour. Campo Real Golfe & Natureza Desenhado por Donald Steel e construído no coração de um empreendimento de qualidade que ocupa 80 hectares entre vinhedos, hortas e quintas históricas às portas de Torres Vedras, o Campo Real é um par 72 que representa um verdadeiro desafio, tanto para profissionais como para amadores. São metros das marcas brancas. O campo é bonito pelo seu desenho e paisagem envolvente, embora a sugestão seja jogar com um carrinho. O arquiteto implantou o desenho em duas colinas e os buracos 1 e 2 são praticamente os únicos planos. A maior parte dos fairways é estreita e exige tiros precisos. Os greens são excelentes, mas também estreitos e compridos. Aberto ao público desde 2005, ele está situado nos arredores da bela Costa Oeste e percorre os montes deste terreno naturalmente acidentado. Encostas inclinadas e vales arborizados são alguns dos desafios pensados para proporcionar prazer e entretenimento aos jogadores. Os primeiros nove buracos são os mais desafiantes. O 17 é o mais pitoresco, pois oferece uma Bom Sucesso bela vista do resort e das vinhas enquanto o final do seu jogo se aproxima. Bom Sucesso Golf Course O campo de Golfe de Bom Sucesso localiza-se em Óbidos, próximo ao mar com uma extensa área de mais de 60 hectares. Assim como o Campo Real, aqui o desenho também é do arquiteto Donald Steel, que associou o rigor e a qualidade a este percurso. O campo tira o máximo proveito das paisagens exuberantes, algumas de tirar o fôlego e outras sutilmente atraentes. O cenário das casas assi- 22

23 nadas por renomados arquitetos europeus que compõem o Bom Sucesso Holiday Design Villas se mistura na paisagem do jogo. Muitas vezes, barreiras de vegetação são as únicas divisões entre o golfe e os terrenos, mas os limites do campo estão muito bem definidos. Bom Sucesso é uma experiência agradável, que todos devem conhecer quando forem a Lisboa. Tróia Golf Championship Tróia é uma península situada a apenas 40 quilômetros de Lisboa, junto à belíssima cidade de Setúbal, de onde o ferry boat conclui a viagem em cerca de 30 minutos de travessia sobre o Rio Sado. O destaque é o campo desenhado pelo famoso Robert Trent Jones Senior. Está longe de ser considerado fácil, mas é provavelmente um dos melhores campos menos conhecidos de toda a Europa. Trata-se de um links numa região de uma rara beleza entre o oceano e o estuário do Sado, tendo uma magnífica vista sobre a Serra da Arrábida. Cercado por pinhais, praias e mar, o campo usufrui do relevo das dunas. Trent Jones soube Clube de Golfe do Montado utilizar os elementos naturais como principais obstáculos. Segundo o próprio arquiteto, o buraco 3 é um dos melhores Par 4 que ele já desenhou. A areia branca marca presença não somente nas bancas que protegem os greens pequenos e estreitos, mas também na maior parte das zonas de rough. As dificuldades surgem naturalmente, até para os melhores profissionais. Sam Torrance venceu o Open de Portugal de 1983 com apenas duas tacadas abaixo do par. Clube de Golfe do Montado Com uma flora característica desta região situada a sul do Tejo, este campo está localizado numa paisagem salpicada por sobreiros, olivais, castanheiros e pinheiros, sendo atravessado por riachos e lagos naturais. Alguns buracos são inesquecíveis. Cercado por famosas vinhas de Moscatel plantadas a mais de um século, o campo já recebeu competições internacionais, como a Axa Challenge Tour e o European Challenge Tour. Depois de uma profunda remodelação, reabriu suas portas em setembro de 2006, apresentando-se como um dos mais belos e competitivos campos de Portugal, na linha dos excelentes Quinta da Ria e Quinta de Cima, propriedades dos mesmos empreendedores. Com 18 buracos, par 72 e metros tem um desenho que oferece greens grandes e buracos com características particulares, como o 18, no qual o green está situado numa ilha. O clubhouse também se destaca com spa, ginásio, sauna, banho turco e piscina climatizada interior, entre outras facilidades. 23

24 Praça do Comércio Os encantos da cidade Capital de Portugal e porta de entrada na Europa para milhares de brasileiros, Lisboa é encantadora, por vezes com ares de cidade pequena, mas é uma metrópole com mais de três milhões de habitantes. De casarões antigos e ruas espremidas às largas avenidas e prédios modernos, este é o retrato da capital portuguesa que é banhada pelo Rio Tejo e tem como uma de suas principais atrações a Torre de Belém (1515), símbolo da era expansionista do país. Depois de ver a Torre e seguindo pela margem pode-se avistar o Monumento aos Descobrimentos (1960), já do outro lado o Mosteiro dos Jerônimos. A alguns metros de lá, fica a famosa confeitaria Pastéis de Belém. Lisboa é repleta de pontos turísticos e históricos, como o Castelo de São Jorge, de onde se tem uma vista panorâmica da cidade. No caminho, a passagem pelo charmoso e tradicionalíssimo bairro da Alfama é obrigatória. Os bairros do Chiado e Alto são outros locais que devem ser visitados. Por lá, o turista pode conhecer, por exemplo, o Miradouro de São Pedro de Alcântara e descansar curtindo a paisagem. Não se pode deixar de passear Ponte 25 de Abril também pela parte nova da cidade, o Parque das Nações, local de atrações imperdíveis como o Oceanário de Lisboa e o passeio de teleférico. E para quem quer um pouco mais de agito o bairro Alto é a indicação. Ruelas repletas de pessoas, várias nacionalidades, muito bate-papo, deliciosos drinks e gente bonita. Esse é o cenário da noite da capital portuguesa, que vem cada vez mais se destacando como destino turístico europeu. Parque das Nações Vista do Castelo de São Jorge Torre de Belém

25 25

26 Algumas tacadas acompanhadas de muitas amigas. Essa é a fórmula da Taça Caipirinha de Golfe, mais do que uma confraternização só para mulheres, um torneio feminino anual, idealizada pela golfista Nice Terni, sócia do Damha Golf Club e diretora do departamento feminino da Federação Paulista de Golfe. Ao contrário do que muitos pensam o torneio não foi batizado com esse nome por causa da bebida tipicamente brasileira e quase que indispensável durantorneios internacionais Fotos: Divulgação Os caipiras Caipirinhas & Caipirões agitam Miami Ipê Golf Club e Damha Golf Club se inspiram em sucesso da Taça Caipirinhas e criam a Taça Caipirinhas & Caipirões. Temporada 2011 é coroada com etapa internacional no Doral Golf Resort, nos Estados Unidos te as partidas, mas sim pelo fato de todas as participantes serem do interior do Estado de São Paulo. A Taça Caipirinha teve sua estreia em A ideia de reunir as amigas golfistas foi uma alternativa para poderem disputar um torneio com todas as regras e etiquetas do esporte, já que representavam um número pequeno de jogadoras do interior para participarem dos Torneios Interclubes da Federação. Até hoje mais de 70 jogadoras participaram das Taças Caipirinhas e da versão de final de ano; a Taça Champanhe. Virando internacional Em 2010 as Caipirinhas se reuniram para disputar sua primeira etapa internacional, que foi um verdadeiro sucesso de golfe, amizade, compras e, claro, caipirinhas. Fruto deste sucesso e da repercussão desta etapa internacional, o Ipê Golf Club e o Damha Golf Club resolveram abraçar a causa e juntamente com as Caipirinhas criaram a Taça Internacional Caipirinhas & Caipirões. 26

27 A Taça Caipirinhas & Caipirões contou com sete etapas, sendo duas nacionais, que ocorreram no Ipê Golf Club e no Damha Golf Club, respectivamente. Em função das fortes chuvas de verão, os golfistas não conseguiram finalizar os 18 buracos do Ipê. Desta forma, a etapa foi descartada da competição. Já no Damha, com o tee time antecipado para fugir do horário da chuva, todos os golfistas puderam desfrutar do belo campo de golfe pelos 18 buracos. Nos Estados Unidos As etapas internacionais da Taça Caipirinhas & Caipirões aconteceram entre os dias Luiz Olavo Costa e Eduardo Meirelles 12 e 19 de novembro, no Doral Golf Resort, a casa do temido TPC Blue Monster, onde acontece atualmente o Cadillac Championship, torneio da WGC - World Golf Championship. Foram cinco etapas, sendo uma em cada campo do resort, porém com o TPC Blue Monster reservado para a grande final. Cada golfista teve direito a descartar os três piores resultados (incluindo o do Ipê) e o melhor resultado. Assim a emoção da disputa acompanhou a todos até a grande final. A La Penta & Silva Corretora de Seguros ofereceu bolsas Callaway para os melhores resultados no TPC Blue Monster. Os ganhadores foram Eduardo Antonio Gomes Junqueira Meirelles, Fernando Pascoal, Nice Terni e Maria Isabel Gomes. A Taça Caipirinhas & Caipirões teve o apoio dos Seguros Volkswagen e organização da Nascimento Turismo. Os campeões Feminino Stroke Play Gross Nice Terni Feminino Stableford Net Maria Olimpia Maistro Masculino Stroke Play Gross Eduardo Junqueira Meirelles Masculino Stableford Net Fernando Pascoal Alexandre Lima Só os homens André Reis Denise Prehn e João Carlos Mynarski Zulimar Marrara, Denise Prehn, Nice Terni, Dalila Costa Heloisa Silva, Maria Isabel Gomes e Maria Maistro Luiz O. Costa, Fernando Pascoal, Tom Zé, João Mynarski, André Reis, Eduardo Maistro e Luiz Carlos Silva Maria Olimpia Maistro, Dalete Spinelli e Dalila Costa

28 torneios nacionais Presidentes reunidos Taça Presidentes / Retrospectiva ABGS na festa sênior O belo campo do Iberostate Praia do Forte, na Bahia, foi palco para o principal evento do final da temporada 2011 do golfe brasileiro. Em uma só tacada, a 7ª Taça Presidentes e a Retrospectiva ABGS Por Zeca Rodriguez / Henrique Fruet Fotos: Zeca Resendes 28

29 Foi um final de semana que conseguiu propiciar discussões acerca de temas de alta relevância para o golfe brasileiro em um clima de confraternização e descontração, tendo como cenário uma das mais paradisíacas paisagens do esporte no País. Presidentes das federações estaduais da modalidade, além de Rachid Orra, presidente da Confederação Brasileira de Golfe, e de Paulo Pacheco, vice-presidente de marketing da entidade e presidente da Associação Brasileira de Golf Senior, estiveram reunidos no complexo Iberostar, na Bahia, no evento realizado de 1º a 4 de dezembro e que marcou o encerramento oficial da temporada 2011, com a realização da 7ª Taça Presidentes e da Retrospectiva ABGS. União e soma de esforços foram algumas das palavras mais ouvidas durante os quatro dias de programação. Reuniões formais de trabalho, jantares de confraternização, coquetéis, gol- Rachid Orra fe e cultura, com apresentação do grupo MPB4, foram algumas das pedidas. O resultado foi fabuloso. Acredito que tenha sido muito produtivo, pois todos tiveram oportunidades para troca de experiências na convivência que tivemos. Quanto mais a gente trabalha junto, mais as soluções surgem com facilidade e atingimos nossos objetivos com mais rapidez, comentou Rachid Orra, presidente da CBG. Estiveram presentes Alexandre Macedo, presidente da Federação Centro-Oeste Nordeste de Golfe, Bruno Tariant, presidente da Federação Baiana de Golfe, Manuel Gama, presidente da Federação Paulista de Golfe, Mario Rios, presidente da Federação Pernambucana de Golfe, Mauro Leitner Guimarães Filho, presidente da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe, e Norton Fernandes, presidente da Federação Riograndense de Golfe, além dos vice-presidentes da CBG Arata Hara (institucional) e Marcio Galvão (desenvolvimento). A filosofia da ABGS sempre foi a de construir relações e aproximar as pessoas. A união da Retrospectiva com a Taça dos Presidentes foi um momento único, pois pudemos mostrar para os associados da ABGS, para os presidentes de federações e dirigentes de clubes que a união é vital. Temos que nos unir para fazer o golfe crescer, disse Paulo Pacheco. Futuro do esporte em pauta Na noite de quinta-feira, primeiro dia de evento, foi realizada uma reunião entre os presidentes das federações, que discutiram questões do esporte no País juntamente com Rachid Orra e Paulo Pacheco. Rachid reafirmou a necessidade da união de todos. Só com a união e a profissionalização continuaremos a crescer de forma consistente, afirmou. Paulo Pacheco apresentou aos dirigentes os objetivos estratégicos da CBG e seu plano de ações. 29

30 A missão ficou clara: desenvolvimento e suporte aos atletas e treinadores de alto rendimento, formação de novos talentos e fomentação da maturidade técnica e gestão esportiva. Precisamos do envolvimento das federações e dos clubes para que possamos crescer na base. Outro ponto chave é a profissionalização da gestão do golfe no Brasil em todos os níveis. O dirigente citou várias ações da CBG, como a inclusão do golfe nas Olimpíadas Escolares na Paraíba e no Paraná, formação de árbitros e juízes credenciados internacionalmente e aprimoramento da gestão profissional da entidade. Pacheco detalhou também ações de sucesso recentes, como o CBG Pro Tour, o Aberto do Brasil, a criação do PGA Tour Latinoamérica, a realização da Faldo Series South America Championship, no Clube de Golfe de Brasília, entre outras. Bruno Tariant, presidente da Federação Baiana, falou sobre as ações da entidade e planos para 2012, entre eles a realização do torneio profissional e amador no Terravista Golf Course, no sul da Bahia. Apresentação do grupo MPB 4 Paulo Pacheco Presidente da Federação Paulista, Manuel Gama comentou sobre os projetos e realizações da entidade, como o Golfe Nota 10 e Golfe Nota 11 - que já atenderam mais de 16 mil jovens - cursos e treinamentos oferecidos pela entidade, além dos planos para lançar um sistema eletrônico integrado de administração de eventos. Norton Fernandes, da Federação Riograndense de Golfe, falou sobre a inauguração de mais um campo em Pelotas (RS), o Dunas, e anunciou o lançamento do Portal do Golfe da FRGG, iniciativa que visa facilitar a comunicação entre os jogadores. Golfe e cultura A quinta-feira foi dedicada à 7ª edição da Taça Presidentes, que reuniu dirigentes de federações e de clubes. O torneio contou com cerca de 60 participantes de várias regiões do País e foi um sucesso. O grupo campeão foi formado por Maria Helena Vian, Walter Taurisano, Alexandre Macedo e Rodolfo Santos. Os vice-campeões foram Durval Pedroso, Edison Azuma, Clau- 30

31 dio Guimarães e Elton Almeida, seguidos pelos terceiros colocados, João Loyo Lins, Francisco Carrer, Florinda Barreto e Kunikazu Oiwa. Na sexta-feira foi disputado o primeiro dia do Torneio Retrospectiva ABGS e à noite, após jantar exclusivo para a ABGS e CBG no restaurante Maresias, todos os convidados assistiram ao show do grupo MPB4 no anfiteatro do hotel Iberostar Praia do Forte. A atração, levada à Bahia pela ABGS, dá sequência a uma série de eventos que misturam golfe, networking, turismo e cultura. Nos últimos anos, a ABGS já promoveu para seus associados shows de Jorge Benjor, Toquinho e Ivan Lins. A programação do evento foi fechada na noite de sábado com um coquetel e entrega de prêmios do Torneio Retrospectiva e do Ranking ABGS Na ocasião, Paulo Pacheco, presidente da ABGS, agradeceu a presença de todos e anunciou algumas Campeões Iberostar Praia do Forte novidades para 2012, entre elas a realização do primeiro torneio da recém-criada Confederação Latino-Americana de Golfe Sênior, iniciativa que teve participação ativa da ABGS. Esse torneio deve acontecer em Miami ou no México, em data ainda a ser anunciada. do Torneio Retrospectiva e do Ranking ABGS 2011 são premiados O evento teve o patrocínio sênior de Banco BVA e Mapfre, patrocínio da Toro Greenext, Iberostate, Iberostar e foi uma realização da Confederação Brasileira de Golfe e da Associação Brasileira de Golfe Sênior, com apoio da Federação Baiana de Golfe e coordenação da Golf Travel. 31

32

33

34 torneios internacionais Para lavar Copa Los Andes a alma Após nove anos de jejum, seleção masculina brilha no Gávea Golf & Country Club e conquista o título sul-americano de forma invicta. Colômbia vence no feminino e brasileiras ficam em quarto lugar Por Zeca Rodriguez Quem esteve no Gávea Golf & Country Club (RJ) no dia 26 de novembro de 2011 pôde presenciar uma festa que não se via no golfe brasileiro desde O time masculino formado pelo paranaense Daniel Stapff, pelos cariocas Felipe Navarro e Guy de Orleans e Bragança e pelos paulistas Pedro da Costa Lima e Rafael Becker conquistou o título da Copa Los Andes invicto, sagrando-se campeão do 66º Campeonato Sul- Americano de Golfe. A última vitória brasileira havia sido há nove anos, quando o torneio também aconteceu no Gávea. Para chegar ao título, o Brasil venceu Peru, Argentina, Chile, Uruguai, Bolívia, Venezuela e Equador e empatou com a Colômbia, fechando como único País sem jogos perdidos ao longo do torneio. Os vice-campeões foram os chilenos, que nos quatro dias de competição só perderam para o Brasil. A comemoração do título começou quando a rodada final ainda não havia terminado. No momento em que os brasileiros souberam que Chile e Venezuela tinham empatado, já não havia mais chances de serem al- 34

35 Foto: Zeca Rodriguez Foto: Zeca Resendes Pedro da Costa Lima Felipe Navarro Daniel Stapff Foto: Zeca Resendes 35 Foto: Zeca Rodriguez

36 Foto: Zeca Rodriguez Colombianas campeãs cançados na liderança. Mesmo assim, em clima de festa, ainda venceram os rivais argentinos, o que deu um sabor mais especial ao triunfo. O capitão do time brasileiro foi Octavio Villar e o técnico foi o profissional Nico Barcellos. Representar o seu País dentro de casa contra todos os seus adversários da América do Sul é emocionante. O torneio foi todo bastante intenso. Nos preparamos muito para a competição e todos jogaram bem. Estamos muito felizes por termos conseguido trazer esse título de volta para o Brasil, comentou Pedro da Costa Lima, o Pepê. Meninas da Colômbia vencem. Brasil é quarto No feminino a Copa Los Andes teve o time da Colômbia comemorando o título. As belas Laura Blanco, Daniela Ordoñez, Luz Cangrejo Pedraza, Maribel López e Natalia Nicholls foram campeãs, também de forma invicta, com vitórias sobre Chile, Argentina, Paraguai, Venezuela, Uruguai e Equador e empate com as brasileiras e as peruanas, que foram as vice-campeãs do torneio. Com o time formado pela gaúcha Adriana Niclotti, pelas cariocas Clara Teixeira e Mariana de Biase e pelas paulistas Daniela Murray e Nathalie Silva, o Brasil terminou na quarta colocação. O capitão da equipe foi Eudes de Bragança Filho e a técnica foi Maria Alice Gonzalez. O resultado das meninas também foi considerado uma conquista para o Brasil. A equipe fechou com uma excelente campanha, com vitórias sobre Chile, Venezuela, Uruguai e Equador e empates com as campeãs da Colômbia e com o Peru. As donas da casa só perderam para Argentina e Paraguai, e ainda assim por apenas um ponto. No ano anterior o Brasil havia termina- 36

37 do em oitavo lugar no feminino. Neste ano, apesar do quarto posto, o time lutou pela vitória até o último dia. A Copa Los Andes - 66º Campeonato Sul-Americano de Golfe teve o patrocínio máster do HSBC e sênior da Localiza Aluguel de Carros, além dos apoios da PriceWaterhouseCoopers e da HKL Interactive Media. O evento contou com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte. Foto: Zeca Resendes Resultados finais Masculino 1º Brasil - 15 pontos 2º Chile - 13 pontos 3º Venezuela - 11 pontos 4º Colômbia - 10 pontos 5º Argentina - 9 pontos 6º Peru - 6 pontos 7º Equador - 4 pontos 8º Uruguai - 2 pontos 9º Bolívia - 2 pontos Feminino 1º Colômbia - 14 pontos 2º Peru - 13 pontos 3º Argentina - 12 pontos 4º Brasil - 10 pontos 5º Paraguai - 7 pontos 5º Equador - 7 pontos 7º Venezuela - 4 pontos 8º Uruguai - 3 pontos 9º Chile - 2 pontos Time feminino do Brasil ficou em quarto lugar Gávea Golf & Country Club Foto: Zeca Resendes 37

38 torneios amadores Torneio Ribeirão Sobe chega à sua 14ª edição, mantém clima de amizade, mas cresce a cada ano e ganha status de grande evento Fotos: Divulgação Ribeirão subindo cada vez mais Jair Junqueira premia Bob Coutinho O que começou com uma brincadeira hoje é um dos mais badalados torneios amadores do Brasil, prova disso é que, em sua 14ª edição, que aconteceu no dia 9 de dezembro, no Ipê Golf Club, em Ribeirão Preto (SP), o Ribeirão Sobe contou com 120 participantes e quase 300 pessoas prestigiando, entre elas figuras ilustres como o ator Rodrigo Lombardi, que foi a convite de Álvaro Almeida, outro frequentador assíduo do evento. O torneio é organizado por Jair Junqueira em parceria com seu filho, Adriano Junqueira, e conta com o apoio de vários amigos, que participaram do nascimento dessa iniciativa. O curioso nome surgiu de uma brincadeira feita pelo próprio Jair, que jogava no Clube de Golfe Campinas junto com esse grupo de parceiros. Por lá eles conheceram o Campinas Kai, um evento de muitos anos, criado por japoneses. Kai é uma palavra de origem nipônica que significa taça, evento ou grupo. O inevitável jogo de palavras foi inspiração suficiente para Jair fazer o trocadilho e a ideia acabou sendo abraçada pelos seus companheiros. Se Campinas Kai, Ribeirão Sobe. E não é que pegou? Hoje o evento segue o espírito de confraternização, mas cresce ano a ano e começa a atrair patrocinadores de peso, entre eles Cosan, Banco Itaú, Volkswagen (com as concessionárias Santa Emília e Itacuan), Almeida Budoya Seguros, Proexport Colômbia e Grupo WTB Cipasa Urbanismo, além de apoiadores importantes como Carnes Zurita, Cachaça do Barão, Café Santili, Embrase, Mogiana Investimentos, Charutos Monte Pascoal, Latina, Restaurante Essence, Power Helicópteros, Revista New Golf e Ad Tech. Em campo, foram três categorias em disputa. Na principal, quem levou a melhor foi Jorge Chan. Já Bob Coutinho faturou a categoria B, enquanto na C o título ficou com José Carlos Ferreira de Oliveira. Rodrigo Lombardi 38

39

40 destaque Fotos: Divulgação Fazendo o golfista Lapenta & Silva mais seguro Equipe Lapenta & Silva: Marcelo Tavares, Leonardo Damilano, Camila Costa e Orlando Lorente Presente em importantes torneios do Brasil, a Lapenta & Silva Corretora de Seguros ganha força no mercado do golfe e desperta interesse em parceiras para o desenvolvimento de novos produtos Nos últimos anos tem sido cada vez mais frequente a presença e a atuação da Lapenta & Silva nos eventos de golfe pelo Brasil, seja patrocinando torneios ou prestando uma consultoria completa em seguros aos clubes, federações, empresários e organizadores. Fundada em 2003, a Corretora oferece diversos serviços e produtos, mas vem se especializando cada vez mais no segmento do esporte, proporcionando ao golfista todo o suporte necessário para que ele tenha tranquilidade, não só quando está em campo, mas também em casa, no trabalho ou nas viagens. Em 2011, entre outros eventos, a Lapenta & Silva atuou nas quatro etapas do Circuito Empresarial de Golfe, maior torneio do esporte no País voltado para relacionamento, que completou sua nona temporada consecutiva, sempre contando com a organização da Golf & Cia, de Paulo Pimentel. O grande retorno alcançado com a atuação constante nos eventos e competições pelo Brasil tem despertado o 40

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

por futebol profissional ou amador?

por futebol profissional ou amador? Tabela 3 - Síntese das entrevistas com torcedores I O que é o futebol pra você? Uma paixão. É um esporte que eu pratico, que gosto. O meu time de futebol é a razão do meu viver. Você se interessa mais

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Copa Diarinho tem craques para mostrar

Copa Diarinho tem craques para mostrar DIÁRIO DO VALE 1 Sul-Fluminense, Terça-feira, 4 de agosto de 2015 - Suplemento especial do Diário do Vale - Não pode ser vendido separadamente Copa Diarinho tem craques para mostrar Do goleiro ao atacante,

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Quem mais torce, incentiva, acompanha e

Quem mais torce, incentiva, acompanha e Capa esporte de pai para filho Edgard Rondina, o filho Felipe e uma paixão em comum: velejar no Lago Paranoá Por Leane Ribeiro Quem mais torce, incentiva, acompanha e muitas vezes até sofre com a carreira

Leia mais

paraíso Novo rumo no Inspiração one experience Relatos de quem tem história

paraíso Novo rumo no Inspiração one experience Relatos de quem tem história Novo rumo no paraíso Como uma viagem para a ilha de Saint Barths fez a mercadóloga Jordana Gheler trocar a carreira que tinha no Brasil por outra muito mais ensolarada [ depoimento concedido a Ana Luiza

Leia mais

Há algumas semanas, aconteceu

Há algumas semanas, aconteceu COLUNA Felipe Mojave @FelipeMojave O dia em que DEI UMA DE MESSI Felipe Mojave é um dos principais jogadores brasileiros da atualidade. Faz parte do time de profissionais do Full Tilt. Há algumas semanas,

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

CONRAD ALGARVE. DÊ-SE AO LUXO DE SER AUTÊNTICO.

CONRAD ALGARVE. DÊ-SE AO LUXO DE SER AUTÊNTICO. CONRAD ALGARVE. DÊ-SE AO LUXO DE SER AUTÊNTICO. Em breve vai existir um lugar onde poderá sentir-se único. Um lugar onde o luxo, o estilo e o prazer estão acima de tudo. Uma experiência memorável que vai

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Erros e Dicas para Vender seus Serviços MElina Kunifas 2010 WWW. M E L I N A K U N I F A S. C O M Caro leitor, este livreto tem o propósito de educar e

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19

1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 1. Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim não 4 19 Você conhecia a história do bairro de Pinheiros? sim 17% não 83% 2. O que achou da transformação do Largo de Pinheiros? Diferente, muito

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

PROJETO DE PATROCÍNIO

PROJETO DE PATROCÍNIO PROJETO DE PATROCÍNIO Temos a honra de convidá-lo para incrementar sua participação no maravilhoso mundo do golfe no COSTÃO GOLF CLUB, o único campo de golfe na Ilha de Santa Catarina. Afiliado à Federação

Leia mais

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal:

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: 1) Arena Futsal: Conte um pouco da sua trajetória no futebol, desde

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Inglaterra Mini Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho

Leia mais

PROJETO REAÇÃO OLÍMPICO VI

PROJETO REAÇÃO OLÍMPICO VI PROJETO REAÇÃO OLÍMPICO VI Temporada 2016/2017 Breve Histórico Criado pelo medalhista olímpico Flávio Canto em 2003, o Instituto Reação é uma organização não governamental que promove o desenvolvimento

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO

ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO Disciplina : Língua Portuguesa Professora: Nilceli Barueri, / 08 / 2010 2ª postagem Nome: n.º 4º ano ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA-4º ANO Queridos alunos, aqui está a segunda postagem de Língua Portuguesa.

Leia mais

ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO

ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO PORTUGAL Vou Listar as Cidades de Norte a Sul. Porto Tem que comer um prato típico chamado Francesinha. É uma delícia. Não vou colocar foto do prato aqui,

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

?- Período em que participavam das aulas.

?- Período em que participavam das aulas. Iniciativa Apoio como foi a campanha HISTÓRIAS EX ALUNOS 1997 2013 as perguntas eram relacionadas ao:?- Período em que participavam das aulas. - Impacto que o esporte teve na vida deles. - Que têm feito

Leia mais

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que Resistência, coordenação, força e equilíbrio são alguns dos requisitos físicos necessários para a prática do Street Workout. Ainda pouco divulgada no nosso país, é uma modalidade desportiva que atrai cada

Leia mais

EXPEDIENTE RELIZAÇÃO: PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ PREFEITO: JOÃO AVAMILENO VICE-PREFEITA: IVETE GARCIA

EXPEDIENTE RELIZAÇÃO: PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ PREFEITO: JOÃO AVAMILENO VICE-PREFEITA: IVETE GARCIA EXPEDIENTE RELIZAÇÃO: PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ PREFEITO: JOÃO AVAMILENO VICE-PREFEITA: IVETE GARCIA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL: CLEUZA REPULHO APOIO: Instituto Castanheira de Ação

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS SAMARA DA SILVA VIEIRA (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto:

Leia mais

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital 8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital Empreender em negócios de marketing digital seguramente foi uma das melhores decisões que tomei em minha vida. Além de eu hoje poder ter minha

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS RAFAEL VIEIRA (Depoimento) 2013 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

1. Em busca do sonho olímpico

1. Em busca do sonho olímpico 1. Em busca do sonho olímpico O Globo Jornal 22/05/2011 Vale (Sustentabilidade) 6 e 7 Página 1 Página 2 Página 3 Página 4 Adolescentes da seleção brasileira de judô sub-17 abrem mão de programas da idade,

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

- Sinal de transito agora só em Angra comentou Sandrinha, minha esposa.

- Sinal de transito agora só em Angra comentou Sandrinha, minha esposa. Angra dos Reis Agosto 2013 Depois da viagem a Londres, Lisboa, Praga e Genebra, esta seria a primeira travessia marítima que eu iria participar. Como o pessoal do grupo Maratonas Aquáticas tinha conseguido

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

Lista de Diálogo - Cine Camelô

Lista de Diálogo - Cine Camelô Lista de Diálogo - Cine Camelô Oi amor... tudo bem? Você falou que vinha. É, eu tô aqui esperando. Ah tá, mas você vai vir? Então tá bom vou esperar aqui. Tá bom? Que surpresa boa. Oh mano. Aguá! Bolha!

Leia mais

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso 6D Estúdio promessa de ir além das 3 dimensões Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso ao design em movimento, em vídeo ou internet. Eles unem diferentes conhecimentos técnicos

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

Rio de Janeiro-RJ, 07 de março de 2007

Rio de Janeiro-RJ, 07 de março de 2007 Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração dos condomínios do Programa de Arrendamento Residencial em Santa Cruz Rio de Janeiro-RJ, 07 de março de 2007

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin Fotos: Luís Antônio Rodrigues No Perfil & Perfil Em meio às gravações no estúdio Brothers da Lua do músico, juntamente com o gravamos uma entrevista, onde eles nos contam como começou essa amizade e parceria,

Leia mais

FOTO-AVENTURA. Nikon D600. 85mm. f/16. 10. ISO 100. 10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA

FOTO-AVENTURA. Nikon D600. 85mm. f/16. 10. ISO 100. 10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA FOTO-AVENTURA Nikon D600. 85mm. f/16. 10. ISO 100 10 zoom - FOTOGRAFIA PRÁTICA Nova Zelândia CADA QUILÓMETRO É UMA POTENCIAL FOTOGRAFIA IR AO OUTRO LADO DO MUNDO APENAS PARA FOTOGRAFAR NÃO É PARA QUALQUER

Leia mais

Aberto do Brasil reunirá atletas de onze países na Arena Santos

Aberto do Brasil reunirá atletas de onze países na Arena Santos Aberto do Brasil reunirá atletas de onze países na Arena Santos Com a participação de 72 atletas de 11 países, será disputado entre os dias 08 e 11 desse mês o Aberto do Brasil, etapa do Circuito Mundial

Leia mais

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS

PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS 1 PROGRAMA INTERAÇÕES IMPROVÁVEIS COORDENAÇÃO ANA AMÉLIA NOBRE FORTIN SÃO PAULO, NOVEMBRO DE 2014 RESULTADO AVALIAÇÕES Abril 2013 PARTICIPAÇÃO 12 CRECHES Bela Vista, Jd. Guarapiranga I, Jd. Guarapiranga

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets s O 6 s o i cíp Prin Bá s o sic o d o ét M o D r o n s i t u e G B Escrito por Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método Índice Quem

Leia mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Restaurante Top 5 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Mensagem do Restaurante Olá, Sabemos que é momento de comemorar. E se não fosse uma data ou momento especial,

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Quem será o campeão? Dinâmica 2. Professor. 9º Ano 4º Bimestre. DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO DINÂMICA. Tratamento da Informação.

Quem será o campeão? Dinâmica 2. Professor. 9º Ano 4º Bimestre. DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO DINÂMICA. Tratamento da Informação. Reforço escolar M ate mática Quem será o campeão? Dinâmica 2 9º Ano 4º Bimestre DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Professor Matemática Ensino Fundamental 9º DINÂMICA Quem será o campeão? Tratamento da Informação.

Leia mais

o espírito dos andes

o espírito dos andes o espírito dos andes Ski Portillo Chile Renato Sánchez 4270, Las Condes. Santiago, Chile. Tel.: Escritório Santiago (56-2) 263 0606 Hotel (56-2) 361 7000 Fax: (56-2) 263 0595 reservas@skiportillo.com www.skiportillo.com

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

APRESENTAÇÃO JORGE HACHIYA SAEKI (11) 3016-8450 / 9.9996-1546

APRESENTAÇÃO JORGE HACHIYA SAEKI (11) 3016-8450 / 9.9996-1546 APRESENTAÇÃO Jorge Hachiya Saeki é advogado, sócio do Clube de Campo de São Paulo onde já atuou na diretoria do departamento de golfe, atualmente faz parte da diretoria da Federação Paulista de Golfe no

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 4º SIMULADO/2014-2ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (09) deste Simulado. Ele contém 20 (vinte)

Leia mais

A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil DESTAQUES. Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro

A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil DESTAQUES. Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro DESTAQUES A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil Fifa indica estádios de futebol, mas seleções da Copa poderão escolher seus

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Realização: Fundação Educar DPaschoal www.educardpaschoal.org.br Fone: (19) 3728-8129

Realização: Fundação Educar DPaschoal www.educardpaschoal.org.br Fone: (19) 3728-8129 venda proibida Autor: Luís Norberto Pascoal Coordenação editorial: Sílnia N. Martins Prado e Tania Rios Ilustração: Linea Creativa Diagramação: BJ Colaboradores: Fernando G. de Moraes; Maria Eugenia Sosa;

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva EXPEDIENTE Ano 3 - Dezembro - Edição 29 NURAP em revista é uma publicação do NURAP ( Núcleo de Aprendizagem Profissional) Destinada aos seus parceiros e aprendizes. Colaboração: Aprendizes Raquel André

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

O Grande Dia. Patrícia Engel Secco. Ilustrado por Daniel Kondo. "O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las.

O Grande Dia. Patrícia Engel Secco. Ilustrado por Daniel Kondo. O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las. Patrícia Engel Secco "O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las." Francis Bacon O Grande Dia Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 85-7694-007-8 Ilustrado por

Leia mais