SESSÃO DE DINAMIZAÇÃO DOS ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SESSÃO DE DINAMIZAÇÃO DOS ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL"

Transcrição

1 SESSÃO DE DINAMIZAÇÃO DOS ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL BATALHA 2 DE FEVEREIRO DE 2010

2 ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL ALCOBAÇA BATALHA TOMAR

3 TURISMO CULTURAL Um produto estratégico do PENT

4 TURISMO CULTURAL Um produto estratégico do PENT ORGANIZAÇÃO DA OFERTA EM EIXOS TEMÁTICOS ESTRUTURANTES DE ÂMBITO REGIONAL, NACIONAL E INTERNACIONAL (ROTAS) CRIAÇÃO DE PRODUTOS QUE MULTIPLIQUEM AS VIAGENS E FIDELIZEM A PROCURA SENSIBILIZAÇÃO DOS AGENTES ECONÓMICOS PARA NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO ENVOLVIMENTO DAS ENTIDADES LOCAIS E COMUNIDADES PROMOÇÃO DE PORTUGAL COMO DESTINO CULTURAL

5 OBJECTIVOS DO PROJECTO

6 OBJECTIVOS DO PROJECTO UM PRODUTO QUE POTENCIE O VALOR CULTURAL DE CADA MONUMENTO E DA REGIÃO ENVOLVENTE E MOTIVE A VIAGEM UMA ORGANIZAÇÃO DA OFERTA TURÍSTICA QUE PERMITA TRAZER MAIS VISITANTES E MELHOR REPARTIDOS NO TEMPO E NO ESPAÇO UMA METODOLOGIA NA ABORDAGEM TURÍSTICA AO PATRIMÓNIO MUNDIAL REPLICÁVEL NOUTROS CONTEXTOS UM CONTRIBUTO PARA A PROMOÇÃO TURÍSTICA, INTERNA E EXTERNA, DO PATRIMÓNIO MUNDIAL LOCALIZADO EM PORTUGAL

7 A OFERTA

8 A OFERTA 3 MONUMENTOS PATRIMÓNIO MUNDIAL PRÓXIMOS E À DISTÂNCIA DE 100 KM DE LISBOA, 150 KM DO PORTO E 375 KM DO ALGARVE EXISTÊNCIA DE MAIS DE 250 SÍTIOS E RECURSOS PATRIMONIAIS NOS 17 CONCELHOS ENVOLVIDOS EXISTÊNCIA DE ALOJAMENTOS PARA ACOLHER OS TURISTAS (269 UNIDADES, CAMAS TURÍSTICAS NOS 17 CONCELHOS)

9 PRINCIPAIS FASES DO PROJECTO

10 PRINCIPAIS FASES DO PROJECTO PARCERIA COM IGESPAR E CENTRO NACIONAL CULTURA REUNIÃO COM MUNICÍPIOS ELABORAÇÃO DE CONTEÚDOS PELO CENTRO NACIONAL CULTU PLANO DE VALORIZAÇÃO TURÍSTICA DOS MONUMENTOS COM IGESPAR APRESENTAÇÃO PÚBLICA DO PROJECTO NO SEMINÁRIO INTERNACIONAL TOURING E PATRIMÓNIO (OUTUBRO, TOMAR

11 PRINCIPAIS FASES DO PROJECTO ARTICULAÇÃO COM ENTIDADES REGIONAIS DE TURISMO E AGÊNCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA FINALIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS PELO CENTRO NACIONAL DE CULTURA LANÇAMENTO DA PUBLICAÇÃO ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL (JULHO, ALCOBAÇA) DIVULGAÇÃO INTERNA E EXTERNA

12 DIVULGAÇÃO DO PROJECTO

13 DIVULGAÇÃO DO PROJECTO DIFUSÃO NOS PORTAIS EM 9 IDIOMAS DINAMIZAÇÃO JUNTO DOS OPERADORES TURÍSTICOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, GUIAS INTÉRPRETES E EMPRESAS DE ANIMAÇÃO

14 ESTRUTURA DA EDIÇÃO

15 ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em portug tuguês em inglês em espanh 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES

16 ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em português em inglês em esp 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES + O TESOURO DOS O TESOURO DOS TEMPLÁRIOS

17 O TESOURO DOS TEMPLÁRIOS como enfoque os monumento templários, dos quais o nvento de Cristo é o central. ares e sítios: Alcobaça, Alviobeira, Areias, Atalaia, Beselga stelo do Bode, Dornes, Golegã, Nazaré, Olalhas, Paialvo, ar, Vila Nova Barquinha. +

18 ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em português em inglês em esp 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES + CAMINHOS DA FÉ

19 svenda histórias e lendas de milagres e uma prática religios aizada nas terras templárias que tem o seu expoente máxim Fátima. ares e sítios: Alcobaça, Aljuba ubarrota, Aljustrel, Areias, Ataíja, uguia da Baleia, Batalha, Benedita, Caldas da Rainha, Cov, Cós, Fátima, Nazaré, Óbidos, Ortiga, Ourém, Pederneira, niche, Reguengo do Fetal, Serra d El-Rei, Sítio da Nazaré, ar. +

20 ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em português em inglês em esp 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES + OS 4 ELEMENTOS

21 tra-se na riqueza do património natural das serras d Aire e deeiros que se exprime nas veigas férteis contrastando com za das formas geológicas, bem como na fauna e na flora. res e sítios: Alcanena, Alcaria, Alcobaça, Alcobertas, Aljubarrota, Alqueirão d, Alvados, Arrival, Ataíja, Bárrio, Balea leal, Benedita, Berlengas, Castelo do Bo ueda, Évora de Alcobaça, Golegã, Juncal, Leiria, Lourinhã, Maiorga, Mendig e, Mira d Aire, Nazaré, Ourém, Peniche, Pereiro, Porto de Mós, Riachos, Rio r, Serra de Santo António, Tomar, Torres Novas, Turquel, Valado dos Frades aria. +

22 A DEMANDA DO GRA ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em português em inglês em esp 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES +

23 opõe um exercício de transposição do campo da mitologia d i Artur para o património da região, convidando a um olhar scoberta. gares e sítios: Agroal, Alcobaç baça, Aljubarrota, Batalha, Ferre Zêzere, Golegã, Nazaré, Paialvo, Pederneira, Pereiro, Tom la Nova Barquinha. +

24 ESTRUTURA DA EDIÇÃO DESDOBRÁVEL EM PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL EXEMPLARES em português em inglês em esp 5 ROTEIROS, EM PORTUGUÊS EXEMPLARES + NO CORAÇÃO DE NO CORAÇÃO DE PORTUGAL DE A a Z são apresentados os temas anteriores e mais d 250 valores turísticos dos

25 700 PÁGINAS 500 FOTOGRAFIAS

26 MANDA DO GRAAL 75 LUGARES E SÍTIOS 0 TROS ENSÃO PIOS

27

28

29 A PARTIR DE 2010

30 A PARTIR DE 2010 APLICAR A RECEITA DE VENDAS NA VALORIZAÇÃO DOS MONUMENTOS REALIZAR A EDIÇÃO DA VERSÃO INGLESA IMPLEMENTAR O PROJECTO: ITINERÁRIOS ACESSÍVEIS ARTICULAR COM AS ENTIDADES REGIONAIS DE TURISMO PROGRAMAS DE DIVULGAÇÃO ARTICULAR COM OS MUNICÍPIOS PROJECTOS DE ANIMAÇÃO ARTICULAR COM O IGESPAR E ICNB A REALIZAÇÃO DE PROJECTOS DE VALORIZAÇÃO TURÍSTICA DOS MONUMENTOS E SÍTIOS POTENCIAR COM OS OPERADORES TURÍSTICOS A DINAMIZAÇÃO COMERCIAL DOS ROTEIROS PERSPECTIVAR NOVOS ROTEIROS DOS SÍTIOS

31 NO CORAÇÃO DE PORTUGAL O TESOURO DOS TEMPLÁRIOS CAMINHOS DA FÉ OS 4 ELEMENTOS A DEMANDA DO GRAAL

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011 TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal Abrantes, 2011 O TURISMO CULTURAL HOJE 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural motiva a viagem e, por isso, aproxima

Leia mais

TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal

TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal TOURING CULTURAL produto estratégico para Portugal O TURISMO CULTURAL HOJE 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural aproxima civilizações e motiva a viagem A preservação

Leia mais

ALCOBAÇA 31 DE JULHO DE 2009

ALCOBAÇA 31 DE JULHO DE 2009 SESSÃO DE LANÇAMENTO DOS ROTEIROS TURÍSTICOS DO PATRIMÓNI O MUNDIAL ALCOBAÇA 31 DE JULHO DE 2009 ROTEIR ROS TURÍSTI ICOS DO PATRIMÓNIO MUNDIA AL ALCOBAÇA BA ATALHA TOMAR TURISMO CULTURAL Um produto estratégico

Leia mais

Enquadramento. Turismo de Portugal considera importante promover condições de visita para públicos com necessidades especiais.

Enquadramento. Turismo de Portugal considera importante promover condições de visita para públicos com necessidades especiais. Caldas da Rainha, 22 de Novembro 2010 Enquadramento Projecto Roteiros do Património Mundial - visa enriquecer as condições de visita dos monumentos classificados pela Unesco como Património da Humanidade;

Leia mais

Turismo de Natureza - Birdwatching

Turismo de Natureza - Birdwatching Turismo de Natureza - Birdwatching Organização e promoção da Oferta / Balanço da atividade Departamento de Desenvolvimento e Inovação 2013 Birdwatching O Birdwatching é uma atividade de lazer baseada na

Leia mais

O PATRIMÓNIO NATURAL E O DO ALGARVE. Conversas sobre a Ria Formosa 3 de Março de 2011

O PATRIMÓNIO NATURAL E O DO ALGARVE. Conversas sobre a Ria Formosa 3 de Março de 2011 O PATRIMÓNIO NATURAL E O DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO DO ALGARVE Conversas sobre a Ria Formosa 3 de Março de 2011 1. PENT - estratégia para o desenvolvimento do Turismo em Portugal RCM 53/2007, de 04 de Abril

Leia mais

ITINERÁRIOS DE TURISMO EQUESTRE METODOLOGIA DE IMPLEMENTAÇÃO

ITINERÁRIOS DE TURISMO EQUESTRE METODOLOGIA DE IMPLEMENTAÇÃO METODOLOGIA DE IMPLEMENTAÇÃO estudo de caso minho - lima Fevereiro 2012 O Turismo Equestre representa um importante segmento do produto Touring Cultural e Paisagístico, de Turismo de Natureza e de valorização

Leia mais

Centro Hípico de Alcaria

Centro Hípico de Alcaria Bem-vindo ao Centro Hípico de Alcaria A natureza encarregou-se de esculpir o Parque Natural da Serra de Aire, e o Centro Hípico de Alcaria oferece-lhe o dorso de um cavalo para viajar entre os maravilhosos

Leia mais

Marketing e Branding Regional - uma oportunidade de cooperação e projeção do território e da economia regional

Marketing e Branding Regional - uma oportunidade de cooperação e projeção do território e da economia regional As dinâmicas regionais e os seus atores - Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo Marketing e Branding Regional - uma oportunidade de cooperação e projeção do território e da economia regional

Leia mais

CULTURA, HISTÓRIA E PATRIMÓNIO PILARES DO TURISMO NA REGIÃO CENTRO PORTUGAL

CULTURA, HISTÓRIA E PATRIMÓNIO PILARES DO TURISMO NA REGIÃO CENTRO PORTUGAL Colóquio PRAXIS III Relação Umbilical entre Turismo e Cultura Oportunidades e Desafios CULTURA, HISTÓRIA E PATRIMÓNIO PILARES DO TURISMO NA REGIÃO CENTRO PORTUGAL Pedro Machado ER Turismo Centro de Portugal

Leia mais

Roteiros Turísticos do Património Mundial. Alcobaça~Batalha ~Tomar

Roteiros Turísticos do Património Mundial. Alcobaça~Batalha ~Tomar Roteiros Turísticos do Património Mundial Alcobaça~Batalha ~Tomar O Turismo Cultural hoje 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural aproxima civilizações e motiva

Leia mais

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo.

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. As Dinâmicas Regionais e os seus atores Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. I.P.L. 26.10.2011 Praia do Osso da Baleia Trilhos de Interpretação da Natureza - Projecto Ecomatur I - Trilho

Leia mais

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO CRITÉRIOS DE INSERÇÃO DE PROJECTOS NO PÓLO DE COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA TURISMO 2015 TIPOLOGIAS DE INVESTIMENTO ELEGÍVEIS 1. No âmbito dos

Leia mais

Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal

Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal Debate Regional "Crescimento Inclusivo/ Oeste Inclusivo - A Região Oeste Portugal e as Metas 2020 Apresentação da reflexão do subgrupo Crescimento Inclusivo sobre

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE APOIO AS PESSOAS E A BICICLETA

SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE APOIO AS PESSOAS E A BICICLETA A BICICLETA NA MOBILIDADE URBANA E NA FRUIÇÃO DA NATUREZA MURTOSA, 23 DE SETEMBRO DE 2011 SUMÁRIO O TERRITÓRIO, A BICICLETA E A GÉNESE DO PROJECTO MURTOSA CICLÁVEL REDE DE CICLOVIAS E INFRAESTRUTURAS DE

Leia mais

VISÃO ESTRATÉGICA PARA PENICHE

VISÃO ESTRATÉGICA PARA PENICHE VISÃO ESTRATÉGICA PARA PENICHE II Convenção Sou de Peniche A. Oliveira das Neves 13 de Junho de 2008 ÍNDICE A. OBJECTIVOS DA MAGNA CARTA PENICHE 2025 B. DOCUMENTOS DE TRABALHO C. INTEGRAÇÃO REGIONAL A

Leia mais

A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade

A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade A Estratégia Nacional para o Turismo em Espaços de Baixa Densidade Maria José Catarino Vogal do Conselho Directivo Trancoso, 28 de Outubro de 2009 TURISMO - Contributo para o desenvolvimento sustentado

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 0 9 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2009, desenvolverá as suas acções em três vertentes fundamentais: a Internacionalização através do

Leia mais

INMOTION CARACTERIZAÇÃO:

INMOTION CARACTERIZAÇÃO: INMOTION CARACTERIZAÇÃO: O PROVERE INMotion identifica como recursos endógenos a natureza e Biodiversidade assentes nos patrimónios natural e cultural com características únicas e diferenciadoras desta

Leia mais

Lisboa Clássica Meio-dia

Lisboa Clássica Meio-dia Lisboa Clássica Meio-dia Atrações Principais: Mosteiro dos Jerónimos*, Torre de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Museu dos Coches*, Alfama e Rossio. *Ambos encerrados à 2ª feira e substituídos pelo Palácio

Leia mais

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores Informação Pessoal Nome Nuno Miguel Fernandes Aires Data de Nascimento 24 de Julho de 1971 Morada Avenida 5 Outubro, 25 6º andar 8000 Faro Nacionalidade Portuguesa Telemóvel 915 333 112 E-mail naires@msn.com

Leia mais

Leiria Região Digital

Leiria Região Digital U M A R E G I Ã O ONLINE COM A VIDA Leiria Região Digital Resultados 15 de Julho de 2008 Nerlei 1 Agenda Parceiros do Leiria Região Digital (LRD) Zona de abrangência Objectivos do LRD Resultados do projecto

Leia mais

No extremo sudoeste europeu encontra-se uma região a que podemos chamar o Coração de Portugal. Muitos dos acontecimentos que estiveram na origem de

No extremo sudoeste europeu encontra-se uma região a que podemos chamar o Coração de Portugal. Muitos dos acontecimentos que estiveram na origem de 2 No extremo sudoeste europeu encontra-se uma região a que podemos chamar o Coração de Portugal. Muitos dos acontecimentos que estiveram na origem de Portugal - o reino com as fronteiras mais antigas da

Leia mais

Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur

Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur Exmos. Membros da mesa, Exmo. Sr. Professor Adão Flores, Exmo. Sr. Eng. João Ministro, Srenhores empresários, Minhas senhoras, Meus Senhores, Se

Leia mais

centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade

centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade 2 Sphera Castris centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade O projeto procura responder à necessidade de criar uma infraestrutura de cultura e património, produção

Leia mais

ESTRATÉGIA DE MARKETING TERRITORIAL DESAFIOS DA REGIÃO DO PINHAL LITORAL

ESTRATÉGIA DE MARKETING TERRITORIAL DESAFIOS DA REGIÃO DO PINHAL LITORAL Comunidade Intermunicipal do Pinhal Litoral ESTRATÉGIA DE MARKETING TERRITORIAL DESAFIOS DA REGIÃO DO PINHAL LITORAL Sociedade Portuguesa de Inovação Seminário Marketing e Branding Regional - uma oportunidade

Leia mais

PROJECTO TER TOTAL ENERGY ROCKS

PROJECTO TER TOTAL ENERGY ROCKS PROJECTO TER 15 DE DEZEMBRO DE 2009 Projecto desenvolvido por: Professora Ana Mafalda Henriques Alunos Adriano Félix Ana Filipa Gonçalves Ana Rita Castelão André Gomes Lady Burrell Lauro Espanhol Marta

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora ECO XXI Acção de formação 11 de fevereiro de 2014 Amadora Júri Sérgio Guerreiro Director do Departamento de Estudos e Planeamento António Fontes Director, Área Institucional Ana Isabel Fonseca Moiteiro

Leia mais

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Relatório de Estágio Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Rui Neves Lisboa, 21 de Junho de 2011 Índice Introdução... 3 Caracterização da Base de Dados... 4 Recolha e validação

Leia mais

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana A Associação Odiana Esta Associação, sem fins lucrativos, fundada pelos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António em Dezembro

Leia mais

SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO

SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO INSIDE E REDE DE COOPERAÇÃO EMPRESARIAL DO ALENTEJO Vendas Novas, 29 outubro 2014 1 I. Serviços do Balcão do Empresário a. Enquadramento b. Questionário às necessidades

Leia mais

Estratégia de Eficiência Colectiva PROVERE. Criação de uma Região de Excelência para o Ecoturismo no Interior do Algarve e Costa Vicentina

Estratégia de Eficiência Colectiva PROVERE. Criação de uma Região de Excelência para o Ecoturismo no Interior do Algarve e Costa Vicentina Estratégia de Eficiência Colectiva PROVERE Criação de uma Região de Excelência para o Ecoturismo no Interior do Algarve e Costa Vicentina Acerca do... Turismo de Natureza Ecoturismo, Turismo Ambiental,

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA A SENSIBILIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO GEOLÓGICO E AMBIENTAL E PARA PROMOVER O TURISMO NA REGIÃO

PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA A SENSIBILIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO GEOLÓGICO E AMBIENTAL E PARA PROMOVER O TURISMO NA REGIÃO PARQUE NATURAL DAS SERRAS DE AIRE E CANDEEIROS 2014-2020 PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA A SENSIBILIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO GEOLÓGICO E AMBIENTAL E PARA PROMOVER O TURISMO NA REGIÃO Sistema de Apoio

Leia mais

AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo

AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo Situa-se junto ao IC2, e entre as duas principais metrópoles do país, Lisboa e Porto. De destacar a sua

Leia mais

O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados

O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados 26 de novembro 2014 Teresa Ferreira DPE/Departamento de Desenvolvimento e Inovação 1.Enquadramento 2. Caraterização

Leia mais

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO (RETIFICADA)

SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO (RETIFICADA) SI INOVAÇÃO INOVAÇÃO PRODUTIVA E EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO CRITÉRIOS DE INSERÇÃO DE PROJETOS NO PÓLO DE COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA TURISMO 2015 TIPOLOGIAS DE INVESTIMENTO ELEGÍVEIS (RETIFICADA) 1.

Leia mais

Oficinas EcoSol Promoção da Economia Solidária

Oficinas EcoSol Promoção da Economia Solidária Entidade Promotora Entidade Financiadora Oficinas EcoSol Promoção da Economia Solidária RELATÓRIO DE ACTIVIDADE Oficinas descentralizadas Vila Verde * Covilhã * Constância * Castro Verde Outubro 2011 Carlos

Leia mais

Destino Turístico Porto e Norte de Portugal

Destino Turístico Porto e Norte de Portugal O Caminho Português de Santiago Novas Perspetivas `14 -`20 Destino Turístico Porto e Norte de Portugal Ponte de Lima, 30 setembro`14 Importância económica do Turismo. das indústrias mais importantes do

Leia mais

Territórios e atividades turísticas o Roteiro do Tejo

Territórios e atividades turísticas o Roteiro do Tejo Newsletter do Centro de Estudos Politécnicos da Golegã // setembro 2012 Territórios e atividades turísticas o Roteiro do Tejo O mapeamento turístico dos territórios tem sido, desde sempre, uma preocupação

Leia mais

Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em Portugal: o Núcleo da Mundet do Ecomuseu Municipal do Seixal

Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em Portugal: o Núcleo da Mundet do Ecomuseu Municipal do Seixal Encontro internacional PATRIMÓNIO CULTURAL, A CORTIÇA E OS MUSEUS Auditório Municipal Fórum Cultural do Seixal 2-3 Julho 2010 Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em

Leia mais

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Legislação para Operações Turísticas Análise do quadro legal aplicável no contexto da atividade das agências de viagens. Caracterização dos organismos Institucionais

Leia mais

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) 2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) Azucena de la Cruz Martin Gabinete CETS Terra do Priolo 01-01-2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Leia mais

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA)

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Definições O Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades irá conter um programa das intenções necessárias para assegurar a acessibilidade física

Leia mais

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF)

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF) Leiria Alcobaça Alcobaça Agregação União das freguesias de Alcobaça e Vestiaria Leiria Alcobaça Alfeizerão Sem alteração Leiria Alcobaça Aljubarrota (Prazeres) Agregação Aljubarrota Leiria Alcobaça Aljubarrota

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT 1001415 Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de D. Inês de Castro de Alcobaça Alcobaça Leiria 1001811 Escola Básica do 2º e 3º Ciclos com Secundária de D. Pedro I Escolas D. Pedro I Alcobaça

Leia mais

Projectos de Educação Ambiental para a Sustentabilidade. 2010/11 Hélia Jacob Associação PATO

Projectos de Educação Ambiental para a Sustentabilidade. 2010/11 Hélia Jacob Associação PATO Projectos de Educação Ambiental para a Sustentabilidade 2010/11 Hélia Jacob Associação PATO Associação de Defesa do Paul de Tornada PATO Foi fundada, legalmente, em Outubro de 1988 A sua sede é em Tornada,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DO TURISMO. Para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal. Síntese

PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DO TURISMO. Para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal. Síntese PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DO TURISMO Para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal Síntese 1 O PENT - Plano Estratégico Nacional do Turismo é uma iniciativa governamental, da responsabilidade do Ministério

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2012

PLANO DE ATIVIDADES 2012 PROMOÇÃO DA CIDADANIA SÉNIOR Grupo de trabalho pessoas idosas, envelhecimento e intergeracionalidade PLANO DE ATIVIDADES 2012 Peniche Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século

Leia mais

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE Mosteiro - Sala do Capítulo Palestra a cargo do Eng. Pedro Tavares: A importância da água e o Sistema Hidráulico Cisterciense, que incidirá sobre a importância da água no geral, e em particular no "funcionamento"

Leia mais

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES Celebrou-se na cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, entre os dias 03 e 04 do mês

Leia mais

Berlengensis. LIFE + project proposal

Berlengensis. LIFE + project proposal Berlengensis LIFE + project proposal Berlengensis LIFE + Project Proposal Berlengas 2010: Conservação e Gestão para Implementação da Rede Natura Marinha 2000 (PTCON0006) Centro de Ciências do Mar O LIFE

Leia mais

Projeto de Cooperação PRODER Um outro Algarve

Projeto de Cooperação PRODER Um outro Algarve Projeto de Cooperação PRODER Um outro Algarve As três Associações de Desenvolvimento Local do Algarve, no âmbito do PRODER, estão a cooperar para criar uma marca regional para o Turismo de Natureza, uma

Leia mais

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural I Seminário sobre Turismo Rural e Natureza Diferenciar o Produto, Qualificar a Oferta, Internacionalizar o Sector MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural TÂNIA

Leia mais

SEMINÁRIO: DESAFIOS AO TURISMO EM MEIO RURAL

SEMINÁRIO: DESAFIOS AO TURISMO EM MEIO RURAL SEMINÁRIO: DESAFIOS AO TURISMO EM MEIO RURAL Turismo Rural e Territórios Estratégias de Desenvolvimento: Desenvolvimento de Clusters de turismo rural Palmela, 7 novembro 2012 Nuno Fazenda Agenda 1. Breves

Leia mais

Instituto Internacional de Gestão Galilee

Instituto Internacional de Gestão Galilee Instituto Internacional de Gestão Galilee O Instituto Galilee é uma instituição de ensino superior e de capacitação localizado em Israel. Anualmente o Instituto Galilee organiza mais de 25 programas lecionados

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014 PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2014 O ano de 2014 inicia um novo ciclo de trabalho marcado por um novo mandato autárquico que trouxe uma renovação, essencialmente, no grupo de políticos que representam

Leia mais

DOSSIER DO EXPOSITOR

DOSSIER DO EXPOSITOR DOSSIER DO EXPOSITOR DATAS E HORÁRIOS 26, 27 E 28 DE SETEMBRO 2014 ESPAÇO MULTIUSOS DE ALJEZUR SEXTA 26 17H00-23H00 SÁBADO 27 11H00-23H00 DOMINGO 28 09H30-12H00 (Profissional) 12H00-22H00 (Público em

Leia mais

Apresentação do Projecto RETOMAR A CENTRALIDADE

Apresentação do Projecto RETOMAR A CENTRALIDADE ACICB Castelo Branco 23 Novembro 2011 Apresentação do Projecto Apoio à execução do projecto Enquadramento Projecto financiado pelo QREN, no âmbito do Mais Centro - Programa Operacional Regional do Centro

Leia mais

Tertúlia Algarvia. Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve

Tertúlia Algarvia. Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve Tertúlia Algarvia Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve Dossier de Apresentação do Projecto Janeiro de 2008 A génese do Projecto INEXISTÊNCIA NA REGIÃO Local que permita

Leia mais

SEMINÁRIO FINAL VALOR GERÊS-XURÉS Turismo de Natureza: Balanço e Perspetivas 2014-2020. Melgaço, Porta de Lamas de Mouro 16 de dezembro de 2014

SEMINÁRIO FINAL VALOR GERÊS-XURÉS Turismo de Natureza: Balanço e Perspetivas 2014-2020. Melgaço, Porta de Lamas de Mouro 16 de dezembro de 2014 SEMINÁRIO FINAL VALOR GERÊS-XURÉS Turismo de Natureza: Balanço e Perspetivas 2014-2020 Melgaço, Porta de Lamas de Mouro 16 de dezembro de 2014 O TURISMO SUSTENTÁVEL Qual o caminho? A iniciativa CETS e

Leia mais

ATIVIDADE CONSULTORIA ESTRATÉGICA MARKETING E COMUNICAÇÃO ESTUDOS EVENTOS PUBLICAÇÕES FORMAÇÃO

ATIVIDADE CONSULTORIA ESTRATÉGICA MARKETING E COMUNICAÇÃO ESTUDOS EVENTOS PUBLICAÇÕES FORMAÇÃO 1 ATIVIDADE 6 ATIVIDADE CONSULTORIA ESTRATÉGICA MARKETING E COMUNICAÇÃO ESTUDOS EVENTOS PUBLICAÇÕES FORMAÇÃO 7 CONSULTORIA ESTRATÉGICA CONSULTORIA ESTRATÉGICA A vasta experiência internacional no estudo

Leia mais

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo www.pwc.pt Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo 16 Cláudia Coelho Diretora Sustainable Business Solutions da Turismo é um setor estratégico para a economia e sociedade nacional o que se reflete

Leia mais

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA TURISMO REGIÃO CENTRO 2014 PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA Enoturismo Sabores da Rolha ROTEIRO TURÍSTICO Z. CENTRO Sabores da Rolha propõe uma visita a uma região rica em diversidade cultural e paisagística

Leia mais

Várzea de Mesiões - Apartado 177 2354-909 Torres Novas Tel.:249839500-249839509 e-mail:geral@nersant.pt - site:www.nersant.pt

Várzea de Mesiões - Apartado 177 2354-909 Torres Novas Tel.:249839500-249839509 e-mail:geral@nersant.pt - site:www.nersant.pt Várzea de Mesiões - Apartado 177 2354-909 Torres Novas Tel.:249839500-249839509 e-mail:geral@nersant.pt - site:www.nersant.pt Projectos a Desenvolver pela Nersant 2007-2013 Prioridades Estratégicas Nersant

Leia mais

Dinamização da parceria territorial Arraiolos, 11 de março de 2014

Dinamização da parceria territorial Arraiolos, 11 de março de 2014 Dinamização da parceria territorial Arraiolos, 11 de março de 2014 Dinamização da parceria territorial Alentejo Central [2014-2020] Sector agrícola diversificado; Recursos turísticos singulares; Empresas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 6 - mobilidade humana e OBJECTIVO: Identifica sistemas de administração territorial e respectivos funcionamentos integrados. O Turismo Guião de Exploração Indicadores sobre o turismo em Portugal 27

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

MEDIDAS DE REFORÇO DO APOIO AO TECIDO EMPRESARIAL

MEDIDAS DE REFORÇO DO APOIO AO TECIDO EMPRESARIAL Pág. 1 de 12 MEDIDAS DE REFORÇO DO APOIO AO TECIDO EMPRESARIAL Conferência de Imprensa Dezembro / 2011 Pág. 2 de 12 MEDIDAS DE REFORÇO DO APOIO AO TECIDO EMPRESARIAL MUNICIPIO DE OURÉM / ACISO ASSOCIAÇÃO

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 1 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2011, desenvolverá o seu plano de actividades em três vertentes fundamentais: Associativismo e Cooperação

Leia mais

Palmela - Experiências com Sabor

Palmela - Experiências com Sabor Promover a notoriedade da marca turística Palmela, como território associado à gastronomia, aos produtos locais de qualidade e às boas experiências que proporciona a quem o visita. Objectivo global Incentivar

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 4 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2014, desenvolverá o seu plano de actividades em três vertentes fundamentais: - Inovação e Desenvolvimento

Leia mais

CURRICULUM VITAE HÉLDER PESTANA

CURRICULUM VITAE HÉLDER PESTANA CURRICULUM VITAE HÉLDER PESTANA Julho de 11 ELEMENTOS BIOGRÁFICOS Nome: Hélder da Corte Pestana Filiação: José Armindo Pereira Pestana, Lúcia Faria da Corte Pestana Data de nascimento: 06/08/1978 Naturalidade:

Leia mais

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 Aposta Municipal nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 http://www.surfline.com/surf-news/best-bet-february-portugal_66478 As Ondas como recurso endógeno, diferenciador e catalisador

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

P l a n o d e A c t i v i d a d e s

P l a n o d e A c t i v i d a d e s P l a n o d e A c t i v i d a d e s A n o d e 2 0 1 0 A TURIHAB Associação do Turismo de Habitação, em 2010, desenvolverá as suas acções em quatro vertentes fundamentais: Organização do Turismo de Habitação

Leia mais

Ciência Viva no Verão

Ciência Viva no Verão Ciência Viva no Verão Participação da Agência Portuguesa do Ambiente 1/10 1. Ciência Viva no Verão A Ciência Viva no Verão é uma iniciativa da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica que

Leia mais

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR À convite do NERGA Associação Empresarial da Região da Guarda e NERCAB Associação Empresarial de Castelo

Leia mais

Turismo Sustentável no Espaço Rural Experiências de sucesso em Portugal e na Europa LPN Castro Verde

Turismo Sustentável no Espaço Rural Experiências de sucesso em Portugal e na Europa LPN Castro Verde DARK SKY ALQUEVA STARLIGHT TOURISM DESTINATION Turismo Sustentável no Espaço Rural Experiências de sucesso em Portugal e na Europa LPN Castro Verde Apolónia Rodrigues Genuineland 6 de Março de 2013 DESAFIOS

Leia mais

A sustentabilidade da paisagem em Tomar

A sustentabilidade da paisagem em Tomar A sustentabilidade da paisagem em Tomar A Cerca e a Mata Nacional dos Sete Montes como espaço verde, urbano, que enquadra, protege e valoriza o património único do Castelo e do Convento de Cristo Fernando

Leia mais

AS VIAGENS DO ZAMBUJINHO

AS VIAGENS DO ZAMBUJINHO AS VIAGENS DO ZAMBUJINHO Necessidade: crianças/jovens desconhecem o Concelho que é extenso geograficamente e atípico em termos de identidade cultural Conselho Municipal de Educação; representante Juntas

Leia mais

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com Co-financiamento DIA 1 - LISBOA Chegada ao Aeroporto de Lisboa e translado para o hotel. Tempo livre para os primeiros contatos com esta maravilhosa Capital Europeia, conhecida pela sua luminosidade única

Leia mais

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia 2011 Ano Europeu das Atividades de Voluntariado que Promovam uma Cidadania Ativa O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia Anti - Pobreza José Machado 22 Outubro 2011 Estrutura da Comunicação Pobreza

Leia mais

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7

ANEXO I. FICHAS DE CARACTERIZAÇÃO DAS MEDIDAS 3.1. e 3.2. - EIXO 3 DO PRORURAL versão 7 3.1.1. Diversificação de Actividades Não-Agrícolas na Exploração Descrição Apoio a iniciativas empresariais promotoras do saber fazer tradicional Apoio a actividades lúdicas de carácter inovador nas explorações

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net

Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net Amigas das Pessoas Idosas Teresa Almeida Pinto http://cidades.projectotio.net Associação Valorização Intergeracional e Desenvolvimento Activo Amigas das Pessoas Idosas cidades I Estudo nacional sobre amigabilidade

Leia mais

PORTUGAL AUTÊNTICO (12 dias)

PORTUGAL AUTÊNTICO (12 dias) Um roteiro exclusivo, para conhecer o autêntico Portugal, o seu povo, sua cultura e sua maravilhosa gastronomia. Viva uma experiência inesquecível em uma vinícola, pisando uvas e degustando de um vinho

Leia mais

M.E.I. Portugal'14. M.E.I. Portugal'14. Missão Empresarial Internacional 02 11 Maio 2014

M.E.I. Portugal'14. M.E.I. Portugal'14. Missão Empresarial Internacional 02 11 Maio 2014 M.E.I. Portugal'14 SABIA QUE PORTUGAL... possui Conceitos de Negócio únicos e inovadores? tem Indústrias avançadas e altamente competitivas? possui os melhores Shoppings do mundo? tem as melhores Marcas

Leia mais

Concurso Fotográfico Património e Paisagem Urbana do Concelho

Concurso Fotográfico Património e Paisagem Urbana do Concelho JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2011 PATRIMONIO E PAISAGEM URBANA As Jornadas Europeias do Património, promovidas em Portugal pelo IGESPAR a 23/24/25 de Setembro, são uma iniciativa anual do Conselho

Leia mais

VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho

VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho VII Jornadas Técnicas de Segurança no Trabalho Sensibilizar as Pequenas e Médias Empresas para a Segurança no Trabalho A colaboração entre a rede Enterprise Europe Network e a Agência Europeia para a Segurança

Leia mais

Agrupamento de escolas de Coruche. CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural

Agrupamento de escolas de Coruche. CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural Agrupamento de escolas de Coruche CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural Componente de formação: Sócio-cultural: Total de horas (a) (ciclo de formação) Português Língua

Leia mais

Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal

Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal Programa Estratégico 2020 Oeste Portugal Debate Regional Especialização Económica da Região Oeste Apresentação da reflexão do subgrupo Crescimento Inteligente sobre as apostas da Região Oeste no horizonte

Leia mais

VIII Turismo. Rede Social de Pombal. 1. Alojamento. Pré-Diagnóstico Social do Concelho de Pombal 152/194

VIII Turismo. Rede Social de Pombal. 1. Alojamento. Pré-Diagnóstico Social do Concelho de Pombal 152/194 VIII Turismo O Concelho de Pombal integra-se na Região de Turismo Leiria-Fátima que abrange 8 concelhos, respectivamente: Alcobaça, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Nazaré, Pombal, Porto de Mós e Ourém.

Leia mais

O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA

O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA O NOVO ENQUADRAMENTO JURIDICO DAS EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA 10 de Fevereiro de 2010 Elsa Correia Gavinho 1 Novo enquadramento jurídico das EAT 2 1 - As razões para a mudança 2 - As principais alterações

Leia mais

I WORKSHOP. Algarve Nature Tourism Network

I WORKSHOP. Algarve Nature Tourism Network FAST-LAIN: Further Action on Sustainable Tourism - Learning Area Innovation Network I WORKSHOP Algarve Nature Tourism Network Relatório Vila do Bispo, 2 de Março de 2012 Fotografia: Forte de São João do

Leia mais

- Propriedade da ATA ASSOCIAÇÃO DO TURISMO DE ALDEIA

- Propriedade da ATA ASSOCIAÇÃO DO TURISMO DE ALDEIA ALDEIAS DE PORTUGAL - Referencial de Certificação - Propriedade da ATA ASSOCIAÇÃO DO TURISMO DE ALDEIA - Marca criada pelas Associações de Desenvolvimento Local que fundaram esta instituição e que hoje

Leia mais

Desenvolvimento do Âmbito e Alcance

Desenvolvimento do Âmbito e Alcance Revisão do PDM de Vila Real de Santo António Avaliação ação Ambiental be Estratégica: Desenvolvimento do Âmbito e Alcance Pedro Bettencourt 1, Pedro Afonso Fernandes 2 1 Geólogo, Director-Geral; 2 Economista

Leia mais

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha MADRID é a capital e a maior cidade de Espanha, tal como o município de Madrid e a Comunidade autónoma de Madrid. A cidade foi edificada junto às margens do rio Manzanares, no centro do país. Devido à

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO PRIMEIRO SEMESTRE DE EXISTÊNCIA DO CIGC. Introdução: JULHO. Actividades:

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO PRIMEIRO SEMESTRE DE EXISTÊNCIA DO CIGC. Introdução: JULHO. Actividades: RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO PRIMEIRO SEMESTRE DE EXISTÊNCIA DO CIGC Centro de Interpretação Geológica de Canelas Lugar de Cima 4540-252 Canelas Arouca Introdução: O presente relatório descreve as actividades

Leia mais