Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo"

Transcrição

1 PERFIL PROFISSIONAL Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo É o profissional que atua em agências de viagens, em meios de hospedagem, em empresas de transportes e de eventos; promove e vende produtos e serviços turísticos, bem como desenvolve atividades administrativas, elabora projetos e roteiros turísticos, e presta orientação técnica. O Tecnólogo em Gestão do Turismo deverá ter construído, ao concluir o curso, as seguintes competências gerais: conceber, organizar e viabilizar produtos e serviços turísticos adequados aos interesses, hábitos, atitudes e expectativas da clientela; organizar eventos, programas, roteiros, itinerários turísticos, atividades de lazer, articulando os meios para sua realização com prestadores de serviços e provedores de infraestrutura e apoio; operacionalizar política comercial, realizando prospecção mercadológica, identificação e captação de clientes e adequação dos produtos e serviços; operar a comercialização de produtos e serviços turísticos, com direcionamento de ações de venda para suas clientelas; avaliar a qualidade dos produtos, serviços e atendimentos realizados; executar atividades de gerenciamento do pessoal envolvido na oferta dos produtos e na prestação dos serviços; realizar a manutenção do empreendimento, dos produtos e dos serviços adequando-os às variações da demanda; comunicar-se efetivamente com o cliente, expressando-se em idioma de comum entendimento. Fazer reservas de cruzeiros marítimos e fluviais, hotéis, restaurantes, casas de show, locadoras de automóveis e espaços culturais. Informar sobre cotações cambiais. Informar sobre destinos e lugares diversos. Informar sobre documentações para viagens. Fornecer informações sobre o setor turístico (hotéis, restaurantes, etc). Emitir documentos de viagem (bilhete aéreo, ferroviário, voucher, seguro de viagem, rooming list, carteira de albergue, carteira de estudante internacional, contratos e etc). A. AUXILIAR NO PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES DO TURISMO Organizar dados para avaliar impacto econômico, social, cultural e ambiental nos locais de Turismo. B. MONTAR PACOTES DE TURISMO Elaborar roteiros personalizados e para grupos.

2 C. CONTRATAR SERVIÇOS TURÍSTICOS Preparar documentos para formalização de contratos. Contratar serviços de transportes. Contratar hospedagem. Contratar fornecedores de serviços receptivos e de apoio. Contratar serviços de apoio de eventos. Liberar ordem de pagamento do serviço prestado. Verificar qualidade do serviço turístico prestado. D. RESERVAR SERVIÇOS TURÍSTICOS Programar o pré-pagamento para datas especiais. E. PROMOVER SERVIÇOS TURÍSTICOS Divulgar produtos turísticos através de visitas, mala direta e multimídia. F. VENDER SERVIÇOS TURÍSTICOS Vender passagens aéreas, hidroviárias e terrestres. Emitir vouchers. G. PRESTAR ORIENTAÇÃO TÉCNICA Oferecer consultorias ao setor turístico. H. DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Intermediar interesses. Demonstrar capacidade de resolver situações imprevistas. Guia de Turismo Regional Ao concluir o Módulo de Guia de Turismo Regional o aluno terá construído as competências para desenvolver atividades inerentes a qualificação, podendo organizar e acompanhar grupos de turistas por roteiros históricos, naturais, culturais e educativos no Estado de São Paulo, prestando-lhes informações e assistência nesses deslocamentos, atendendo sempre as necessidades do cliente. Guia de Turismo de Excursão Nacional e América do Sul Ao concluir o Módulo de Guia de Turismo de Excursão Nacional e América do Sul o aluno terá construído as competências para desenvolver atividades inerentes a qualificação, podendo organizar e acompanhar grupos de turistas por roteiros históricos, naturais, culturais e educativos no Brasil e nos Países da América do Sul, prestando-lhes informações e assistência nesses deslocamentos, atendendo sempre as necessidades do cliente. do Guia de Turismo Regional e do Guia de Excursão Nacional e América do Sul

3 Acompanhar turistas conforme roteiros e itinerários já estabelecidos. Assessorar a saída para o passeio, a chegada ao destino, seus atrativos e o retorno para o local de origem. Entreter os turistas em suas paradas e orientá-los nas melhores opções de lazer e compras. Organizar e executar roteiros considerando a infra-estrutura: transporte, guias especializados, restaurantes e outros. Pesquisar regiões, cidades, lugares, hotéis, parques temáticos e ecológicos, costumes e fatos folclóricos, históricos, geográficos e artísticos, objetivando a elaboração de roteiros turísticos. Planejar e executar viagens de lazer, de incentivo educacional ou empresarial. Prestar socorro imediato através de procedimentos adequados. Assessorar o embarque e desembarque nos meios de transportes: aéreo, marítimo, fluviais e rodoviários. Assistente de Serviços Turísticos É o profissional que orienta clientes sobre produtos turísticos, serviços de transportes, de hospedagem, seguros de viagem e assistência, providencia reservas e controla respectivos prazos, assim como realiza atividades de lazer e animação sociocultural. Providenciar reserva de serviços. Controlar prazos de reservas. Programar pagamentos para datas especiais. Fornecer informações sobre o setor turístico. Intermediar interesses. Desenvolver Atividades de lazer e animação sociocultural. A. Auxiliar no Planejamento das Atividades de Turismo Auxiliar na organização de informações e dados para o Turismo. B. Reservar Serviços Turísticos Providenciar reserva de serviços. Controlar prazos de reservas. Encaminhar relação de clientes aos prestadores de serviços contratados. Programar pagamentos para datas especiais. C. Promover Serviços Turísticos Participar de workshop e encontros técnicos. Participar de viagens de familiarização de produtos turísticos.

4 Participar de treinamentos para venda de pacotes turísticos. D. Serviços Turísticos Orientar os clientes sobre documentos de viagem. E. Fiscalizar Serviços Turísticos Cadastrar empresas prestadoras de serviços turísticos e guias de Turismo. F. Prestar Orientação Técnica Fornecer informações sobre o setor turístico. G. Demonstrar Competências Pessoais Intermediar interesses. Demonstrar iniciativa. Transmitir segurança e confiança. Assistente de Eventos em Serviços Turísticos Perfil Profissional É o profissional que faz levantamento de programas de eventos turísticos e respectivos orçamentos; identifica as necessidades do cliente, escolhendo adequadamente roteiros, itinerários, meios de transporte, serviços de apoio, guias de Turismo, datas, locais, equipamentos, assim como realiza atividades de lazer e de animação sociocultural e elabora material de divulgação de eventos. Divulgar os pacotes e os roteiros nas agências de viagens, órgãos emissores ou receptivos. Elaborar pacotes turísticos regionais. Elaborar projetos cujo principal enfoque seja o atrativo turístico regional. Orientar e transmitir informações gerais sobre os lugares (localização geográfica, atividades desenvolvidas). Promover e organizar eventos em Turismo. Contatar clientes (pessoa física ou jurídica) para divulgar os serviços oferecidos. Organizar atividades sociais para os participantes do evento e seus acompanhantes. Vender pacotes turísticos. A. AUXILIAR NO PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES DE TURISMO Levantar dados primários e secundários para projetos de pesquisas em Turismo.

5 Subsidiar análises de viabilidade técnico econômica de produtos turísticos. Sugerir nichos de mercado. Auxiliar na organização de informações e dados para o Turismo. B. MONTAR PACOTES DE TURISMO Contatar prestadores de serviços turísticos e de apoio. Identificar atrativos para o desenvolvimento de pacotes turísticos. Realizar visitas prévias de avaliação dos serviços turísticos. Definir cronogramas e atividades de pacotes turísticos. Calcular custo de pacotes. C. PROMOVER SERVIÇOS TURÍSTICOS Elaborar material promocional. Divulgar produtos turísticos por mala direta e multimídia. D. ASSESSORAR A ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Propor local e data do evento. Selecionar empresas prestadoras de serviços de apoio a eventos. Propor equipamentos para os eventos. Elaborar orçamento. Organizar atividades sociais para os participantes do evento e seus acompanhantes. E. PRESTAR ORIENTAÇÃO TÉCNICA Participar da elaboração do material de divulgação. F. VENDER SERVIÇOS TURÍSTICOS Vender ingressos e seguros de viagem e assistência. Vender pacotes turísticos e excursões. Vender roteiros personalizados. Vender hospedagem. Vender opcionais. Alugar carro. G. DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Demonstrar persuasão.

A verdadeira arte de viajar

A verdadeira arte de viajar A verdadeira arte de viajar A Ducato Turismo é uma agência especializada na prestação de serviços de gestão de viagens corporativas, com proposta e objetivo de personalização no atendimento diferenciado

Leia mais

Projeto de Norma Operador de Receptivo Texto para discussão.

Projeto de Norma Operador de Receptivo Texto para discussão. Projeto de Norma Operador de Receptivo Texto para discussão. Prefácio A ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade

Leia mais

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra.

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra. Quem Somos? Atua há 22 anos firmada no mercado como agência especializada na negociação, planejamento, divulgação e execução das atividades turísticas. Empresa esta, devidamente cadastrada pelos órgãos

Leia mais

Coordenação-geral de Competitividade e Inovação

Coordenação-geral de Competitividade e Inovação Coordenação-geral de Competitividade e Inovação Legislação Turística LEI N º 11.771/2008 DECRETO N 7.381/2010 PORTARIA N 197/20103 PORTARIA Nº 311/2013 Legislação Turística Lei Geral do Turismo 11.771/2008

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.974, DE 15 MAIO DE 2014. Dispõe sobre as atividades das Agências de Turismo. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso

Leia mais

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 ESPAÇO DJ BRASIL MARKETING ARTÍSTICO LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROAGÊNCIA II CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA 1. NOME DO CURSO: GESTÃO DE EMPRESAS DE AGENCIAMENTO E OPERAÇÕES TURÍSTICAS 2. OBJETIVO: o curso visa envolver os profissionais nos seguintes assuntos: - as

Leia mais

Projeto de Norma Operador de Emissivo Texto para discussão.

Projeto de Norma Operador de Emissivo Texto para discussão. Projeto de Norma Operador de Emissivo Texto para discussão. Prefácio A ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Página 1 de 5 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 1. CONTRATADA: L C DA SILVA AGÊNCIA DE VIAGENS ME Web Viagens, CNPJ/MF 11.692.987/0001-79, Av. Ipiranga, 104, 9 andar, Consolação, CEP 01046-010, São Paulo/SP,

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL. PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES EM VIAGENS PARTICULARES ou LAZER. SETOR RESPONSÁVEL: LAZER

DOCUMENTO OPERACIONAL. PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES EM VIAGENS PARTICULARES ou LAZER. SETOR RESPONSÁVEL: LAZER PÁGINA: 1 de 6 1.0 OBJETIVO: Atender aos clientes passageiros em suas solicitações de serviços de viagens particulares ou a lazer, identificar suas necessidades, analisar criticamente as solicitações (seleção

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001. O CONGRESSO NACIONAL decreta: COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 5.120-C, DE 2001 Dispõe sobre as atividades das Agências de Turismo. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei dispõe

Leia mais

Projeto de Norma Emissor de Consolidadora Texto para discussão.

Projeto de Norma Emissor de Consolidadora Texto para discussão. Projeto de Norma Emissor de Consolidadora Texto para discussão. Prefácio A ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade

Leia mais

PROJETO DE LEI /2015

PROJETO DE LEI /2015 PROJETO DE LEI /2015 Dispõe sobre a atividade do Guia de Turismo no Município de Laguna. Art. 1º. Entende-se por Guia de Turismo Regional, o profissional devidamente cadastrado nesta categoria no Ministério

Leia mais

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens.

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens. O passageiro Sr.(a) está adquirindo neste momento o pacote turístico da OK OPERADORA DE TURISMO, denominado, com saída prevista para / /, através da agência, de acordo com roteiro anexo que fica fazendo

Leia mais

2.2 A operadora elabora, organiza e executa o roteiro da viagem contratada.

2.2 A operadora elabora, organiza e executa o roteiro da viagem contratada. CONDIÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS NACIONAIS E INTERNACIONAIS A aquisição de pacotes e programas de viagens nacionais e internacionais adquiridas da ARA TRAVEL TURISMO E VIAGENS LTDA.

Leia mais

EM AGENCIAMENTO DE VIAGENS

EM AGENCIAMENTO DE VIAGENS Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 05-01-2009 Número do Plano 51 Centro Estadual de Educação Tecnológica PAULA SOUZA Eixo Tecnológico HOSPITALIDADE E LAZER Plano de Curso para: 01. Habilitação

Leia mais

Eixo Tecnológico: Turismo, Hospitalidade e Lazer PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Eixo Tecnológico: Turismo, Hospitalidade e Lazer PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: Turismo, Hospitalidade e Lazer CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO

Leia mais

PACOTES CRUZEIROS. e Turismo www.faypassagens.com.br A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

PACOTES CRUZEIROS. e Turismo www.faypassagens.com.br A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI! CORPORATE FRETAMENTOS CRUZEIROS PACOTES A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI! QUEM SOMOS QUEM SOMOS A Fay Passagens é uma agência que atua há mais de 10 anos, o nosso principal objetivo é prestar atendimento personalizado

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL Mapa de oportunidades para Agências de Viagens O que é ABAV? Entidade empresarial, sem fins lucrativos, que representa as Agências de Viagens espalhadas

Leia mais

Projeto de Norma Atendente que atua em Agências de Viagens Texto para discussão.

Projeto de Norma Atendente que atua em Agências de Viagens Texto para discussão. Projeto de Norma Atendente que atua em Agências de Viagens Texto para discussão. Prefácio A ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo

Leia mais

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Imagens para explicar que às vezes o turista quer um lugar simples, no meio da natureza para descansar, basta estar limpo, asseado e arejado, nem todos querem luxo, existe vários perfis de clientes.(grifo

Leia mais

II - acompanhar ao exterior pessoas ou grupos organizados no Brasil;

II - acompanhar ao exterior pessoas ou grupos organizados no Brasil; EMBRATUR - LEGISLAÇÃO BRASILEIRA DE TURISMO DECRETO 946/93 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO EMBRATUR - INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO DECRETO Nº946 DE 1º DE OUTUBRO DE 1993 Regulamenta

Leia mais

LEI Nº 8.623, DE 28 DE JANEIRO DE 1993

LEI Nº 8.623, DE 28 DE JANEIRO DE 1993 LEI Nº 8.623, DE 28 DE JANEIRO DE 1993 DISPÕE SOBRE A PROFISSÃO DE GUIA DE TURISMO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte

Leia mais

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS E SERVIÇOS CORRELATOS Ementa: 1) O AGENCIADO está adquirindo serviços de intermediação para aquisição de pacote de viagem que em caso de desistência

Leia mais

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

INFORMAÇÃO IMPORTANTE INFORMAÇÃO IMPORTANTE RECOMENDAÇÕES: Revisar sua documentação: Passaporte e/ou documento nacional de identificação (D.N.I) vigentes. Verifique que no seu passaporte se encontrem os vistos exigidos por

Leia mais

MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO. Rosana Bignami Outubro_2015

MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO. Rosana Bignami Outubro_2015 MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO Rosana Bignami Outubro_2015 ATRATIVOS CIDADES PESSOAS TRANSPORTES SISTEMA DE TRANSPORTE VEÍCULO ATENDE LOCAIS E ATENDE A MINHA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA O MARKETING? OUÇA

Leia mais

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br Aqui você encontra dicas para viajar sem problemas. Afinal, uma viagem legal é aquela que traz boas recordações. Palavra do Ministro Prezado leitor, O turismo é uma atividade que envolve expectativas e

Leia mais

Prêmio Espírito Santo é Seu Roteiro!

Prêmio Espírito Santo é Seu Roteiro! Objetivo O Prêmio Espírito Santo Seu Roteiro! faz parte da campanha de incentivo de comercialização do produto turístico com Destino Espírito Santo, desenvolvido pela Secretaria de Estado do Turismo em

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGENCIAMENTO PARA A FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGEM INTERNACIONAL E SERVIÇOS CORRELATOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGENCIAMENTO PARA A FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGEM INTERNACIONAL E SERVIÇOS CORRELATOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGENCIAMENTO PARA A FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGEM INTERNACIONAL E SERVIÇOS CORRELATOS I - QUALIFICAÇÃO E RESPONSABILIDADE DA AGENCIADORA 1.1 A BRITO E BOUDA TURISMO

Leia mais

CONTRATO DE VIAGEM. Passageiros:

CONTRATO DE VIAGEM. Passageiros: CONTRATO DE VIAGEM O (a) Sr. (a)..., portador do CPF... RG / RNE..., residente a...,..., na cidade..., estado... país..., esta (ão) adquirindo neste momento um produto da COTTA TOUR Representações, Agência

Leia mais

NORMAS E CONDIÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE VIAGENS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

NORMAS E CONDIÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE VIAGENS NACIONAIS E INTERNACIONAIS Pessoa Física Agência Intermediário SUNCOASTUSA OPERADORA DE TURISMO LTDA. CNPJ: 04.471.426/0001-84 Embratur: 26.004905.10.0001-2 Rua Das Smpre Vivas, 257 CEP 04704-030 Jardim das Acacias SP/SP. Telefone:

Leia mais

Francisco M.J.Leme da Silva

Francisco M.J.Leme da Silva Oportunidades e Desafios do Setor de Viagens Corporativas Breve perfil do palestrante Francisco M.J.Leme da Silva é diretor da Jet Stream Turismo - Agência de Viagens Corporativas, onde atua há quase 20

Leia mais

APL DE TURISMO E ARTESANATO DE BONITO SERRA DA BODOQUENA

APL DE TURISMO E ARTESANATO DE BONITO SERRA DA BODOQUENA APL DE TURISMO E ARTESANATO DE BONITO SERRA DA BODOQUENA CONTEXTUALIZAÇÃO Contempla os municípios de Bodoquena, Bonito e Jardim; O Turismo e a Pecuária são as principais eixos de desenvolvimento; Possui

Leia mais

5 Proposta pedagógica da escola

5 Proposta pedagógica da escola 5 Proposta pedagógica da escola A escola onde este estudo se realizou localiza-se na periferia da cidade do Rio de Janeiro, e passou a integrar a rede FAETEC (Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio

Leia mais

AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO!

AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO! AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO! Serviço de Psicologia e Orientação ESTOU A TERMINAR O 9º ANO E AGORA? Cursos Científico- Humanísticos Cursos Profissionais CURSOS CIENTÍFICO- HUMANÍSTICOS Condições de Acesso:

Leia mais

Acalento Viagens Cor por ativas

Acalento Viagens Cor por ativas www.acalento.com.br/empresas A atua no mercado corporativo como uma TMC (Travel Management Company). Oferecemos soluções para empresas na gestão dos recursos destinados a viagens corporativas. Somos responsáveis

Leia mais

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa.

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Você cuida dos negócios e a Flytour, das viagens. Quando uma empresa depende de um constante fluxo de executivos

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS OPERAÇÕES DE VENDA DA AGÊNCIA DE VIAGEM

ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS OPERAÇÕES DE VENDA DA AGÊNCIA DE VIAGEM REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA TURISMO PERIODICIDADE SEMESTRAL ANO III EDIÇÃO NÚMERO 5 JUNHO DE 2006 ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS OPERAÇÕES DE VENDA DA AGÊNCIA DE VIAGEM BARROS, Darci K. Y. de Curso de Turismo

Leia mais

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO MTUR/DEAOT/CGQT Campinas, 20 de março de 2010 ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO POLÍTICAS DE INCENTIVO AO TURISMO NORMATIZAÇÃO DE CAMPINGS COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS REGISTRO

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE

Leia mais

Contrato de Viagens. Nome Completo do Viajante (s) Carteira de Identidade CPF

Contrato de Viagens. Nome Completo do Viajante (s) Carteira de Identidade CPF Contrato de Viagens Nome Completo do Viajante (s) Carteira de Identidade CPF ENDEREÇO (...),Nº(...) BAIRRO(...),CIDADE (...),TELEFONE: ( )... CEP (...),UF(...) OBSERVAÇÃO:...... 1. CONDIÇOES GERAIS A formulou

Leia mais

Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil;

Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil; 10ª edição / 2014 Apresentação Entrevistas pessoais com as 80 maiores empresas de turismo no Brasil; Série histórica iniciada em 2004 Pesquisa complementar ao BDET (Boletim de Desempenho Econômico do Turismo),

Leia mais

Projeto de REVISÃO de Norma Diretor/ Gerente de Agência de Viagens Texto para discussão.

Projeto de REVISÃO de Norma Diretor/ Gerente de Agência de Viagens Texto para discussão. Projeto de REVISÃO de Norma Diretor/ Gerente de Agência de Viagens Texto para discussão. Prefácio A ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras,

Leia mais

Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos:

Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos: Quem somos? A Geração Y Viagens Corporativas é uma empresa jovem e moderna que oferece serviços diversos: Sistema inteiramente on-line para reservas de passagens aéreas nacionais e hotéis; Facilidade para

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: OPERACIONAL

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: OPERACIONAL PÁGINA: 1 de 6 1.0 OBJETIVO: Atender os clientes corporativos em suas solicitações de serviços de viagens a negócios, identificar suas necessidades, analisar criticamente as solicitações (seleção de fornecedores

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL SOBRE NÓS Fundada em 2003, a Navega Viagens e Turismo atua no mercado de turismo comprometida com a qualidade de atendimento aos clientes e sua consequente satisfação. Nosso

Leia mais

LEI N.º 6.531 DE 10 DE JUNHO DE 2015. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE NATAL, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI N.º 6.531 DE 10 DE JUNHO DE 2015. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE NATAL, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N.º 6.531 DE 10 DE JUNHO DE 2015 Regulamenta a atividade de Guia de Turismo no Município do Natal, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE NATAL, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou

Leia mais

Ministério da Indústria e do Comércio EMPRESA BRASILEIRA DE TURISMO DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 09 DE AGOSTO DE 1985

Ministério da Indústria e do Comércio EMPRESA BRASILEIRA DE TURISMO DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 09 DE AGOSTO DE 1985 EMBRATUR - LEGISLAÇÃO BRASILEIRA DE TURISMO - DN 161/85 1 Ministério da Indústria e do Comércio EMPRESA BRASILEIRA DE TURISMO DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 161, DE 09 DE AGOSTO DE 1985 A Diretoria da Empresa

Leia mais

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Legislação para Operações Turísticas Análise do quadro legal aplicável no contexto da atividade das agências de viagens. Caracterização dos organismos Institucionais

Leia mais

Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET

Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET 1º Período Instituição Carga-horária Introdução a Informática UFF 75 Seminários de Educação à Distancia em Turismo CEFET/RJ

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Taxa de Serviço do Consumidor pelos Serviços Prestados de Agência de Viagens

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Taxa de Serviço do Consumidor pelos Serviços Prestados de Agência de Viagens Parecer Consultoria Tributária Segmentos Taxa de Serviço do Consumidor pelos Serviços Prestados de Agência de Viagens 28/09/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo

Leia mais

LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4)

LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4) LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4) CONDIÇÕES GERAIS/CONTRATO DE ADESÃO VIAGENS INTERNACIONAIS MERCOSUL CONCORDÂNCIA E ADESÃO DO USUÁRIO Ao participar de quaisquer

Leia mais

Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos

Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos M&M Soluções Web www.mmsolucoesweb.com.br Página 2 de 18 Apresentação Criada oficialmente em 2009, a M&M iniciou suas atividades através

Leia mais

CDD - 338.4791 CDU - 379.85

CDD - 338.4791 CDU - 379.85 D536 Diagnóstico dos fatores críticos da competitividade setorial: agenciamento e operações turísticas / Associação Brasileira de Agências de Viagens, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas;

Leia mais

Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios

Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios Objetivos do Projeto Geral Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios da atividade turística, como forma de fortalecimento do setor de turismo

Leia mais

Arquivos DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001

Arquivos DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 Arquivos DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO EMBRATUR - Instituto Brasileiro de Turismo DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 427, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 A Diretoria

Leia mais

CLUBE DE VANTAGENS ASSECOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO

CLUBE DE VANTAGENS ASSECOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO CLUBE DE VANTAGENS ASSECOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO Este manual foi criado especialmente para você e sua família conhecerem a ampla rede de vantagens oferecidas pela ASSECOR. Convênios diretos com as fábricas,

Leia mais

O Direito ao Turismo para a Pessoa Idosa no Brasil. Gloria Maria Widmer e Ana Julia de Souza Melo

O Direito ao Turismo para a Pessoa Idosa no Brasil. Gloria Maria Widmer e Ana Julia de Souza Melo O Direito ao Turismo para a Pessoa Idosa no Brasil Gloria Maria Widmer e Ana Julia de Souza Melo Objetivo: identificar a presença do turismo como atividade integrante de programas de lazer criados pelo

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS 1 CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES O(a)Sr(a)., RG n.º, CPF, telefone(s),e-mail, endereço, Bairro,Cidade, Cep, de ora em diante denominado(a) simplesmente

Leia mais

Condições Gerais PREÇOS

Condições Gerais PREÇOS Condições Gerais É de responsabilidade exclusiva e integral da agência de viagens informar o cliente sobre todas as condições operacionais aqui indicadas e dele obter ciência e aceitação das mesmas, sem

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TURISMO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TURISMO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TURISMO 1. CONDIÇÕES GERAIS A TOURINN OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS E TURISMO LTDA ME formulou este contrato à luz do Código de Defesa do Consumidor, da Deliberação

Leia mais

1. Qual é a melhor época para viajar para Orlando ou Orlando e NY? São duas cidades muito bem preparadas para receber seus visitantes durante todo o

1. Qual é a melhor época para viajar para Orlando ou Orlando e NY? São duas cidades muito bem preparadas para receber seus visitantes durante todo o 1. Qual é a melhor época para viajar para Orlando ou Orlando e NY? São duas cidades muito bem preparadas para receber seus visitantes durante todo o ano. O Greentours oferece suas excursões com acompanhamento

Leia mais

Guia de cursos ifma2012

Guia de cursos ifma2012 20 12 a ifm sos cur Guia de Prezado(a) candidato(a), O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) preparou um guia dos cursos técnicos que serão oferecidos pela instituição em 2012. A escolha da carreira profissional

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.406 DE 30 DE MARÇO DE 2005. Regulamenta o cadastro obrigatório para fins de fiscalização das sociedades empresárias, das

Leia mais

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens Contrato de Aquisição de Programas de Viagens O ATO DE INSCRIÇÃO para participante no programa de viagem ou excursão implica automaticamente na adesão do participante às CONDIÇÕES GERAIS e às CONDIÇÕES

Leia mais

Ministério do Turismo. Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos

Ministério do Turismo. Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos Ministério do Turismo Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos Sumário Executivo Em 2005, do total previsto para o Ministério do Turismo,

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMA DE VIAGENS INTERNACIONAIS

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMA DE VIAGENS INTERNACIONAIS CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMA DE VIAGENS INTERNACIONAIS O(s) adquirente(s) do pacote turístico ou produto de turismo, pessoa física, doravante denominado(s) passageiro(s), por intermédio da agência

Leia mais

O(s)Sr(s) estão adquirindo neste momento um produto de viagem para o destino,

O(s)Sr(s) estão adquirindo neste momento um produto de viagem para o destino, CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS INTERNACIONAIS O(s)Sr(s) estão adquirindo neste momento um produto de viagem para o destino, saída em / / através da agência BE HAPPY VIAGENS E TURISMO EIRELI

Leia mais

Agência de Desenvolvimento Turístico e Cultural da Rota dos Tropeiros do Paraná

Agência de Desenvolvimento Turístico e Cultural da Rota dos Tropeiros do Paraná COTAÇÃO PRÉVIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2010 TIPO: MENOR PREÇO A Agência de Desenvolvimento Turístico e Cultural da Rota dos Tropeiros do Paraná, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica

Leia mais

Parecer Coletivo Município. Transporte de Pacientes e Passageiros. RECEFITUR. DAER. Lista Prévia. Exigência. Multas. Descabimento.

Parecer Coletivo Município. Transporte de Pacientes e Passageiros. RECEFITUR. DAER. Lista Prévia. Exigência. Multas. Descabimento. Parecer Coletivo Município. Transporte de Pacientes e Passageiros. RECEFITUR. DAER. Lista Prévia. Exigência. Multas. Descabimento. Decisão Judicial Trata o presente parecer acerca da imposição do DAER/RS

Leia mais

Âmbito da rubrica Viagens e Turismo. Definição de conceitos

Âmbito da rubrica Viagens e Turismo. Definição de conceitos Questões específicas da rubrica Viagens e Turismo Âmbito da rubrica Viagens e Turismo Definição de conceitos Indicações específicas de reporte para a atividade das agências de viagens Indicações específicas

Leia mais

Portfolio de Consultoria O Portfólio Apresentação Quem Sou Serviços Roteiro Personalizado Site Contato Apresentação Pensando em viajar? Férias, lua de mel, viagem corporativa, viagem em família, ou com

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Notas no valor total da prestação dos serviços emitida por agência de viagens na tributação do ISS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Notas no valor total da prestação dos serviços emitida por agência de viagens na tributação do ISS Parecer Consultoria Tributária Segmentos Notas no valor total da prestação dos serviços emitida por agência de 06/10/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente...

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO (este contrato deve ser impresso e preenchido de próprio punho e enviado para o endereço de contato em até 5 dias úteis após a confirmação da compra do

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS História da Cultura CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Repassar ao alunado a compreensão do fenômeno da cultura e sua relevância para

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Solicitante de Passagem Novembro - 2014 1 Sumário Introdução...3 Etapa de Reserva de Passagem...4 1 Reserva de Passagem...4

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE VIAGENS

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE VIAGENS Pacote Aéreo e Terrestre - FILE Nº Dados pessoais e comerciais do CLIENTE (Responsável pelo pagamento): O(a) Sr(a)., portador(a) do RG nº, data de nascimento / /, inscrito no CPF sob o nº, residente na,

Leia mais

INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012

INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012 1 FUNDAÇÃO DE TURISMO DE MATO GROSSO DO SUL FUNDTUR/MS INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012 A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul para acompanhar o andamento da atividade e sua contribuição

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO CVC FAMÍLIA DEFINIÇÃO DA AUDIÊNCIA (PRINTSCREENS DOS PRINCIPAIS ATORES/INFLUENCIADORES)

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO CVC FAMÍLIA DEFINIÇÃO DA AUDIÊNCIA (PRINTSCREENS DOS PRINCIPAIS ATORES/INFLUENCIADORES) IBMEC FORTALEZA - TRABALHO FINAL PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÕNICO CURSO: MBA EM MARKETING TURMA II DISCIPLINA: MARKETING ELETRÕNICO PROFESSOR: RENAN BARROSO ALUNOS: LANA OLIVEIRA - LUCIANA JUNQUEIRA

Leia mais

CNPJ/62823257/0001-06 Página nº 1

CNPJ/62823257/0001-06 Página nº 1 Nome da Instituição Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza CNPJ 62823257/0001-09 Data 06/01/2009 Número do Plano 06 Eixo Tecnológico Hospitalidade e Lazer Plano de Curso para: 01 Habilitação

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO PARA VIAGENS NACIONAIS, INTERNACIONAIS E HOTELARIA. CONTRATANTE

CONTRATO DE ADESÃO PARA VIAGENS NACIONAIS, INTERNACIONAIS E HOTELARIA. CONTRATANTE CONTRATO DE ADESÃO PARA VIAGENS NACIONAIS, INTERNACIONAIS E HOTELARIA. CONTRATANTE Nome do responsável Contratante: Nacionalidade: CPF: RG: Telefone (*): Celular (*): E-mail: ( ) (DDD) + Número DADOS DOS

Leia mais

2.9. QUALIDADE E OFERTA DE ALOJAMENTO E OUTROS EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS

2.9. QUALIDADE E OFERTA DE ALOJAMENTO E OUTROS EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS 2.9. QUALIDADE E OFERTA DE ALOJAMENTO E OUTROS EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS Este tópico apresenta uma avaliação da capacidade e da qualidade atual dos equipamentos turísticos disponíveis na Área de Planejamento,

Leia mais

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o sistema... 3 2.1 Endereços de acesso:... 3 2.2 Primeiro Acesso:... 3

Leia mais

Transporte em ônibus, em caso de não haver número suficiente de participantes, transporte será feito em micro-ônibus ou minivan;

Transporte em ônibus, em caso de não haver número suficiente de participantes, transporte será feito em micro-ônibus ou minivan; Nome do Passageiro, Contratada: ADMIRAL TOURS VIAGENS E TURISMO LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob o nº 31.195.563/0001-06, com sede na Rua Gavião Peixoto nº 70, Sala 1407 - Icaraí - Niterói - RJ, doravante

Leia mais

Contrato de Viagem/Condições Gerais

Contrato de Viagem/Condições Gerais Contrato de Viagem/Condições Gerais Nome completo dos viajante (s): RG: CPF: Data de nascimento: Endereço: Cidade: UF: CEP: Telefone: Estão adquirindo neste momento um produto SPECIAL WORLD VIAGENS E TURISMO

Leia mais

ANEXO - I PROJETO BÁSICO

ANEXO - I PROJETO BÁSICO ANEXO - I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços relativos à emissão de passagens aéreas nacionais e internacionais compreendendo a reserva, emissão,

Leia mais

www.idestur.org.br - info@idestur.org.br

www.idestur.org.br - info@idestur.org.br ROTEIROS PAULISTAS DE TURISMO EQUESTRE O Turismo Eqüestre que tem nos eqüídeos o principal atrativo ou, pelo menos, uma das principais motivações, já é reconhecido em diferentes países como um importante

Leia mais

FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO

FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO Luiz Paulo Pereira Corrêa Luiz Rodrigues Mendes Pâmela Souza Soares Vanessa Saraiva Sena RESUMO: O trabalho analisa as agências de viagens para apresentar como elas dispõem

Leia mais

Competências e Funções Profissionais nas Agências de Viagens

Competências e Funções Profissionais nas Agências de Viagens Competências e Funções Profissionais nas Agências de Viagens OUTUBRO 2007 O PROAGÊNCIA agradece a todos profissionais que com o seu conhecimento e dedicação tornaram possivel este trabalho Apresentação

Leia mais

Guia resumido de seguros e assistências de viagens.

Guia resumido de seguros e assistências de viagens. agosto 2013 Guia resumido de seguros e assistências de viagens. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD PLATINUM E VISA PLATINUM. Serviço de concierge Especialistas

Leia mais

Âmbito da rubrica Viagens e Turismo. Indicações específicas de reporte para hotéis e outros empreendimentos turísticos

Âmbito da rubrica Viagens e Turismo. Indicações específicas de reporte para hotéis e outros empreendimentos turísticos Questões específicas da rubrica Viagens e Turismo Âmbito da rubrica Viagens e Turismo Indicações específicas de reporte para hotéis e outros empreendimentos turísticos Âmbito da rubrica Viagens e Turismo

Leia mais

Condições gerais de aquisição de viagem

Condições gerais de aquisição de viagem Condições gerais de aquisição de viagem Como contratada, a empresa SanJor Tour Viagens e Turismo, declara abaixo as condições gerais para aquisição de viagem, as quais todo passageiro inscrito e agentes

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR Projeto Básico da Contratação de Serviços: Contratação de empresa para prestação de serviços de consultoria, análise e mapeamento em gestão comercial para a Gramadotur. Dos Fatos:

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO 1. DAS PARTES a) CONTRATADA: West Central Viagens e Turismo Ltda., sociedade empresária limitada inscrita no CNPJ sob nº 06.878.718/0001-61, com sede na Rua

Leia mais