Wanda Terezinha Pacheco dos Santos (Coordenadora da Ação de Extensão)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Wanda Terezinha Pacheco dos Santos (Coordenadora da Ação de Extensão)"

Transcrição

1 TRABALHANDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA GUARDA MIRIM DE IRATI PR: EXPERIÊNCIA COM A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NO CURSO DE GEOGRAFIA DA UNICENTRO CAMPUS DE IRATI Área Temática: Comunicação Wanda Terezinha Pacheco dos Santos (Coordenadora da Ação de Extensão) Wanda Terezinha Pacheco dos Santos 1 Zaqueu Luiz Bobato 2 Antonio Roberto Roza 3 Palavras-chave: extensão, educação, ensino, cidadania. Resumo: O projeto de extensão Trabalhando a Educação Ambiental na Guarda Mirim de Irati - PR da Unicentro é desenvolvido no município de Irati PR em parceria com a Prefeitura Municipal. O projeto congrega crianças e adolescentes em período de contra-turno escolar com a finalidade de contribuir para a formação intelectual, moral, civil e física, assim como a sua adequada inserção no meio familiar e social. O projeto conta com o desenvolvimento de trabalhos práticos de professores e alunos dos departamentos pedagógicos dos cursos de Geografia, Matemática, Pedagogia, Engenharia Florestal e Engenharia Ambiental. Destaca-se que o trabalho em questão apresenta a inserção do curso de Geografia no projeto, dado o fato que no ano de 2012 e 2013 acadêmicos e professores do Departamento de Geografia (DEGEO/I) desenvolveram na Guarda Mirim atividades relativas a Educação Ambiental, tratando em especial da problemática do lixo e da poluição do meio ambiente. Introdução A Associação de Moradores do Bairro Rio Bonito (AMBRB) de Irati criou a Guarda Mirim no ano de Desde sua criação mais de 600 adolecentes participaram recebendo uma formação cívica, patriótica e também voltada para acessar o primeiro emprego. Na área de atuação abrangente da Guarda Mirim, estendida por vários bairros onde predominam famílias de baixa-renda, o risco social é agravado por problemas de desemprego, evasão escolar, falta de estrutura adequada para atividades físicas, recreativas e a proliferação do consumo de drogas. Em 2010 com recursos do Banco do Brasil via o Fundo da Infância e Adolecência FIA, a Guarda Mirim passou a desenvolver suas atividades sob um 1 Doutora. Docente do Departamento de Geografia da UNICENTRO, campus de Irati. 2 Mestre. Docente do Departamento de Geografia da UNICENTRO, campus de Irati. 3 Acadêmico do Curso de Geografia da UNICENTRO, campus de Irati.

2 novo formato. Destaca-se que os objetivos do projeto Guarda Mirim são os seguintes: manter um contra-turno escolar, onde as atividades práticas e as reflexões desenvolvidas complementam e ampliam os conhecimentos dos currículos escolares. Através desse exercício contínuo de convivência e orientação integrada busca-se formar uma base de qualificação instrumental (intelectual, física, afetiva e cooperativa) que potencialize alternativas para uma atuação consciente e transformadora dos adolecentes participantes no seu contexto social; promover o desenvolvimento pessoal, profissional e sócio-cultural de adolecentes de comunidades populares para que possam acessar sua primeira experiência de trabalho formal via Lei de Aprendizagem; mobilizar e orientar a sociedade e as empresas para que incorporem novas práticas de contratação e formação de jovens para o mundo do trabalho; orientar iniciativas públicas, comunitárias e privadas para que prestigiem e incorporem práticas e estratégias produtivas localmente sustentáveis, com fundamento na economia solidária; educar, orientar, zelar pela saúde e elevação da auto-estima das crianças e adolescentes incluídas no projeto e seu contexto de origem; colaborar para um melhor ajustamento do adolescente na família, na escola e na comunidade preparando-o para suas futuras funções de agente de transformação social; promover, conjuntamente, educação ambiental e tecnológica - através de atividades teóricas e práticas - dando condições aos integrantes do projeto de atuar como multiplicadores junto às comunidades. Evidencia-se que o Banco do Brasil, em 2014, pelo 4º ano consecutivo aportou recursos para execução do Projeto Guarda Mirim, levando em consideração os resultados alcançados. São recursos de renúncia fiscal (imposto de renda), repassados à Guarda Mirim através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Irati-CMDCA, cuja aplicação é fiscalizada pela Prefeitura Municipal e Tribunal de Contas do Estado do Paraná TCE. Aponta-se que a Guarda Mirim por estar vinculada a uma associação de moradores de bairro foi, muitas vezes, prejudicada no sentido de se habilitar a receber ajuda de órgãos públicos, tanto municipais, estaduais ou federais. Dessa forma, sensibilizando a sociedade, em junho de 2012, um movimento popular constituiu a Guarda Mirim de Irati- GMIRIM, como personalidade jurídica própria. Em seguida, elegeu a sua primeira diretoria no dia 21/06/2012, quando foi também aprovado o seu estatuto. Na mesma ocasião, para garantir o futuro da nova entidade, foi proposta a criação de um Conselho Municipal da Guarda Mirim, a ser constituído por representantes de todas as secretarias municipais e pessoas interessadas em promover a inclusão social de adolescentes, com a missão de auxiliar, prover e fiscalizar a nova Guarda Mirim. O mesmo projeto, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo Prefeito, criou também o Fundo Municipal da Guarda Mirim, que passou a receber recursos de subvenções públicas e de outras fontes para garantir a continuidade das ações sociais da instituição GMIRIM. Esclarece-se que a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) desenvolve projetos pedagógicos dando auxílio à coordenação da Guarda Mirim. No

3 caso do curso de Geografia da Unicentro de Irati, este desenvolveu trabalhos pedagógicos relacionados a educação ambiental. Portanto, com o objetivo de sensibilizar os alunos da importância da educação ambiental, através de ações que inspirem atitudes práticas que possam se transformar em modelos a serem seguidos socialmente, o projeto de educação ambiental desenvolvido junto aos alunos da Guarda Mirim de Irati PR intencionou desenvolver atividades pedagógicas com crianças e adolescentes no contra turno do horário escolar. A proposta de professores e acadêmicos do curso de Geografia (2012/2013) foi trabalhar através de oficinas, com as temáticas do lixo e da poluição. Elucida-se que foram realizadas nesses anos palestras, saídas de campo, gincanas para conscientização ambiental, entre outras atividades. No entanto, essas atividades não foram aplicadas como soluções prontas para as deficiências ambientais e sociais do município de Irati, mas como um caminho possível a ser trilhado e construído junto com os saberes dos alunos que participaram dos encontros (oficinas). Metodologia Para o desenvolvimento dos trabalhos de Educação Ambiental foi apresentada a fundamentação teórica dos temas lixo e poluição, utilizando-se de recursos como slides, vídeos e exposição oral. Também foram realizadas saídas de campo, dinâmicas e gincanas com os alunos participantes. No ano de 2012 foram 20 alunos da Guarda Mirim que cursaram a oficina e em 2013 foram 23. A equipe ministrante fora composta por 3 acadêmicos em 2012 e 8 acadêmicos em 2013 que receberam o acompanhamento e orientação dos professores envolvidos com o projeto. Resultados e discussão As temáticas relacionadas às questões ambientais tanto em pesquisas na universidade ou em Organizações Não Governamentais-ONG s, empresas, associações de bairros, meios de comunicação, entre outros, fazem com que as discussões, práticas e concepções sejam bastante diversificadas. Assim, não podemos dizer que a educação ambiental não acontece, ela acontece de diversas maneiras, por diferentes sujeitos numa pluralidade de concepções teóricas e práticas e se configura num campo aberto de produção e saberes. Diante da necessidade de ser realizado um trabalho reflexivo e prático envolvendo a educação ambiental, os professores do curso de Geografia da Unicentro, campus de Irati, envolvidos no projeto da Guarda Mirim estabeleceram como proposta criar por meio de oficinas estratégias que permitissem aos alunos a compreensão da importância da educação ambiental no dia-dia dos mesmos. Ao abordar a importância da educação ambiental no contexto escolar Dal Pont (2003, p. 553) destaca que um trabalho de educação e meio ambiente precisa apontar temas/problemas do dia-a-dia que tenham algum significado para aquele que está envolvido no processo da oficina. No caso das oficinas desenvolvidas nos anos de 2012/2013, estas foram trabalhadas a partir do contexto ambiental do município.

4 Para tanto, ocorreram da seguinte forma: criou-se uma equipe de três alunos (acadêmicos do curso), logo, a equipe preparou uma oficina de 12 horas para ser aplicada com os alunos de contraturno do projeto Guarda Mirim de Irati. Destaca-se que a equipe preparou e executou a oficina nos anos de 2012 e 2013 sob a supervisão e acompanhamento dos professores do curso de Geografia envolvidos com o projeto. No ano de 2012 a oficina de 12 horas fora aplicada no mês de setembro, já no ano de 2013 a oficina foi trabalhada no mês de outubro. No ano de 2012 um número de 20 alunos em contraturno (alunos que estudavam em colégios do município no turno vespertino e que, portanto, participavam do projeto Guarda Mirim no turno matutino) cursaram a oficina de educação ambiental. No ano de 2013 foram 23 alunos de contraturno que participaram da oficina no turno matutino. Elucida-se que a oficina teve os seguintes objetivos: sensibilizar os alunos da importância da educação ambiental no dia-a-dia; mostrar aos alunos como o lixo pode ser transformado e reaproveitado; e ensinar aos alunos qual a forma correta de separar os diferentes tipos de lixo. A preparação e execução da oficina levou em consideração o seguinte pensamento: os alunos da Guarda Mirim, ao participarem da oficina, estarão formando seu caráter e se sociabilizando; nesse contexto teremos a inserção da consciência ambiental, com ações práticas que inspirem atitudes práticas de forma ambientalmente corretas, que se transformem em modelos a serem seguidos em sociedade. Visando despertar a consciência ambiental ministrou-se num primeiro momento uma palestra informativa aos alunos, abordando temas como a coleta e separação do lixo, e a importância de dar o destino correto ao lixo, com apresentação de slides a respeito do tema, fotos e vídeos. Foram dedicadas sete horas de reflexões em sala (textos, desenhos, imagens, vídeos) que abordaram questões ambientais no âmbito do município no qual os alunos residiam. Foto 01. Alunos da Guarda Mirim refletindo a Educação Ambiental. Fonte. BOBATO, Zaqueu Luiz (2012).

5 Para encerrar a oficina fez-se uma saída de campo com os alunos até a Flona de Irati (Floresta Nacional de Irati). Tal saída de campo fora realizada objetivando despertar nos alunos a percepção do ambiente em sua forma mais natural, sempre enfocando a importância da inter-relação homem natureza. A saída de campo instigou os alunos a refletirem a importância da educação ambiental para a preservação e manutenção dos recursos naturais tanto para o presente, assim como para as gerações futuras. Considerações finais O projeto com a Guarda Mirim tem dado importantes contribuições para o processo de formação dos alunos que o frequentam em contra-turno. Em reunião com os pais dos alunos participantes do projeto, estes destacaram que os filhos têm mostrado melhorias no desempenho escolar, assim como na vivência do dia-dia em casa. O curso de Geografia contribuiu para com o projeto nos anos de 2012 e 2013 direcionando trabalhos de educação ambiental. Constatou-se que ao serem trabalhados temas levando em consideração a realidade do município onde os participantes residem, estes foram bem aceitos pelos alunos. Para Dal Pont (2003, p. 553) um trabalho de educação e meio ambiente precisa apontar temas/problemas do dia-a-dia que tenham algum significado para aquele que está envolvido no processo da oficina. Dessa maneira, foi com esse pensamento que planejaram-se e desenvolveram-se as atividades com o público alvo da Guarda Mirim de Irati. Foram realizadas diversas atividades para apresentar aos alunos a importância da reciclagem de lixo, da preservação ambiental. Destaca-se que ao ser percebida a importância que o projeto tem para com os alunos participantes, o curso de Geografia tem dado continuidade aos trabalhos. Para tanto, no ano de 2014 ampliaram-se os temas para serem trabalhados. Por fim, aponta-se que o projeto também contribui para o processo de formação dos acadêmicos do curso, pois a inserção dos grupos de acadêmicos no contexto de ensino/aprendizagem permite que os mesmos reflitam e lancem estratégias didáticas, processos estes que são indispensáveis para sua formação como professores de Geografia. Referências Guarda Mirim. Estatuto da Guarda Mirim de Irati Pr, DAL PONT, Karina Rousseng. A cidade não pára a cidade só cresce : relato de uma oficina de educação e meio ambiente. Anais do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará

Uma destas importantes parcerias é com o INSTITUTO AOCP.

Uma destas importantes parcerias é com o INSTITUTO AOCP. A Fundação de Apoio à FAFIPA é uma entidade sem fins lucrativos que atua na área da Educação Superior, em cursos de pós-graduação em diversas áreas do conhecimento, cursos de formação e capacitação de

Leia mais

Mostra de Projetos "UMA CHANCE PARA O FUTURO - Guarda Mirim de Irati"

Mostra de Projetos UMA CHANCE PARA O FUTURO - Guarda Mirim de Irati Mostra de Projetos 2011 "UMA CHANCE PARA O FUTURO - Guarda Mirim de Irati" Mostra Local de: Guarapuava Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Cidade: Irati Contato: (42)

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Futuro Integral Mostra Local de: Apucarana (Municípios do Vale do Ivaí) Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Cidade:

Leia mais

Pró-reitoria da Extensão da UFABC. Extensão Universitária Conceitos, Benefícios e Integração

Pró-reitoria da Extensão da UFABC. Extensão Universitária Conceitos, Benefícios e Integração Pró-reitoria da Extensão da UFABC Extensão Universitária Conceitos, Benefícios e Integração Maio de 2008 2 Universidade Federal do ABC Criada em 26/07/2005 - Lei Nº 11.145 Campus Santo André início do

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL- PEAV

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL- PEAV PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL- PEAV Objetivo do PEAV: Educação Ambiental voltada para a cidadania e resgate do sentimento de pertencimento da Terra. Educação Ambiental nas comunidades Visitas

Leia mais

APRESENTAÇÃO Faculdades Integradas IPEP IPEP de Portas Abertas

APRESENTAÇÃO Faculdades Integradas IPEP IPEP de Portas Abertas 08 2 APRESENTAÇÃO As Faculdades Integradas IPEP, instituição de Ensino sem fins lucrativos, tem como missão desenvolver, orientar e estimular as competências pessoais e profissionais dos nossos alunos,

Leia mais

TREVISAN ESCOLA SUPERIOR DE NEGÓCIOS REGULAMENTO. Núcleo de Apoio Psicopedagógico - NAP

TREVISAN ESCOLA SUPERIOR DE NEGÓCIOS REGULAMENTO. Núcleo de Apoio Psicopedagógico - NAP TREVISAN ESCOLA SUPERIOR DE NEGÓCIOS REGULAMENTO Núcleo de Apoio Psicopedagógico - NAP SÃO PAULO 2015 4 Sumário 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 5 2. FINALIDADE E OBJETIVOS DO NAP... 5 3. ATUAÇÃO DO NAP...

Leia mais

Programas de Atendimento aos Estudantes

Programas de Atendimento aos Estudantes Programas de Atendimento aos Estudantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Câmpus Guarulhos 1. Integração dos Ingressantes O atendimento ao estudante no IFSP Guarulhos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL

APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO E RADICAL Ipezal/Angélica MS Abril 2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA- MS APRENDENDO COM O LUDO AÇÃO

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DO NATAL, no uso de suas atribuições legais. Faço saber que a Câmara Municipal de Natal aprovou e eu sanciono a seguinte lei.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DO NATAL, no uso de suas atribuições legais. Faço saber que a Câmara Municipal de Natal aprovou e eu sanciono a seguinte lei. Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal do Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA PROFESSORA ELEIKA BEZERRA GUERREIRO Projeto de Lei Nº 093 /2016 Autoriza a criação do Programa PAZ

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO Orientações para organização das turmas do Programa Mais Educação e informação das turmas

Leia mais

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2)

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) MUNICIPIOS CURSO / OFICINA / CH OBJETIVO PÚBLICO ALVO DATAS Água Branca Amarante Anísio de Abreu Estatística Básica aplicada a Educação 30h Computação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Pedagogia Missão O Curso de Pedagogia tem por missão a formação de profissionais de educação autônomos e cooperativos, capazes de pensar, investigar, decidir, planejar,

Leia mais

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições:

2.1. Subcoordenador Técnico Operacional (Código STO) 1 vaga Atribuições: PRORROGAÇÃO DO EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS PROJETO CVDS Manaus, 24 de Novembro de 2014. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO O Centro Vocacional para o Desenvolvimento Sustentável (CVDS), trata-se de um projeto piloto

Leia mais

Programa Germinar Desenvolvimento de Líderes Facilitadores

Programa Germinar Desenvolvimento de Líderes Facilitadores Programa Germinar Desenvolvimento de Líderes Facilitadores O que é o Programa Germinar É um processo de desenvolvimento individual que visa a transformação social. Seu principal objetivo é formar agentes

Leia mais

Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira

Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira T U R I S M O Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira Assessora Secretaria Geral da CNC Ações

Leia mais

Lugar coletivo de avaliar e de tomar decisão sobre o processo ensinoaprendizagem. IFRN CAMPUS NATAL CENTRAL

Lugar coletivo de avaliar e de tomar decisão sobre o processo ensinoaprendizagem. IFRN CAMPUS NATAL CENTRAL Lugar coletivo de avaliar e de tomar decisão sobre o processo ensinoaprendizagem. IFRN CAMPUS NATAL CENTRAL MODELO DO CONSELHO DE CLASSE 1º ANOS DOS CURSOS TÉCNICOS INTEGRADOS Composição do Conselho de

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE FRANCISCA EDJANÁRIA PEREIRA SIMONE COSMA GALDINO DE OLIVEIRA VANIA GOMES VIEIRA RESUMO O presente trabalho é requisito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação

Leia mais

[1] O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Faculdade 7.56% 3.57% 32.67% 35.81% 20.40%

[1] O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Faculdade 7.56% 3.57% 32.67% 35.81% 20.40% GERAL Save as PDF Dimensão 1.1 - MISSÃO E PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL (PDI) [1] O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Faculdade 7.56% 3.57% 32.67% 35.81% 20.40% [2] A missão da Instituição

Leia mais

A RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA

A RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA A RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA FERNANDES 1, Angelica; INGRYD 1, Suênia; LIMA 1, Tamires; SILVA 1, Cleidiane; SOUZA 1, Thais; LIMA 2, Micheline; MELO

Leia mais

O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL

O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL O USO DE VÍDEOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA NA SEGUNDA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL Silvani Gomes Messias¹. Wânia Chagas Faria Cunha². 1 Graduanda do Curso de Geografia do Campus Anápolis de CCSEH/UEG. E-mail:

Leia mais

No entanto, não podemos esquecer que estes são espaços pedagógicos, onde o processo de ensino e aprendizagem é desenvolvido de uma forma mais lúdica,

No entanto, não podemos esquecer que estes são espaços pedagógicos, onde o processo de ensino e aprendizagem é desenvolvido de uma forma mais lúdica, PROJETO TECENDO CIDADANIA: PROJETO DE APOIO AO ESTUDO DOS TEMAS TRANSVERSAIS Autores: Leonardo Cristovam de JESUS, aluno do IFC Campus Avançado Sombrio e bolsista do projeto. Ana Maria de MORAES, Pedagoga

Leia mais

NOVIDADES E PARCERIAS

NOVIDADES E PARCERIAS ......... Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-1712 / 3371-2265 / 98837-0282 Site: www.escolafazendinhafeliz.com.br / Email: contato@escolafazendinhafeliz.com.br

Leia mais

PLANO DE COORDENAÇÃO DE ÁREA 2014

PLANO DE COORDENAÇÃO DE ÁREA 2014 PLANO DE COORDENAÇÃO DE ÁREA 2014 Área/Habilitação: Enfermagem/ Agente Comunitário de Saúde/ Ensino Técnico Nº de HAE: 12 ETEC: Prof. Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital/SP Nome do Coordenador(a):

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE

NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO DISCENTE REGULAMENTO DO NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico aos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 034/ CEPE DE 23 de Agosto de 2006.

RESOLUÇÃO Nº 034/ CEPE DE 23 de Agosto de 2006. RESOLUÇÃO Nº 034/2006 - CEPE DE 23 de Agosto de 2006. APROVA A ALTERAÇÃO DA RESOLUÇÃO CEPE N.º 003- A/2003 NORMAS DE ESTÁGIO. O Reitor da Universidade Castelo Branco, usando de suas atribuições legais

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN)

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN) RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN) Dispõe sobre a adequação do Programa Nacional de Incentivo à Leitura PROLER-UnC. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN da Universidade

Leia mais

Projeto Ambienta Rio: A escola faz a diferença.

Projeto Ambienta Rio: A escola faz a diferença. Projeto Ambienta Rio: A escola faz a diferença. E/SUBE/CED/GPEC Semana de Meio Ambiente Mostra de Trabalhos de Educação Ambiental das Escolas da Rede Pública Municipal de Ensino Justificativa A Secretaria

Leia mais

Projeto Educação na Interdisciplinaridade. Sustentabilidade na Escola. Oficina de Garagem

Projeto Educação na Interdisciplinaridade. Sustentabilidade na Escola. Oficina de Garagem Projeto Educação na Interdisciplinaridade Sustentabilidade na Escola Oficina de Garagem São Paulo 2016 Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas mudam o mundo Paulo Freire Apresentação

Leia mais

PARTE I - IDENTIFICAÇÃO

PARTE I - IDENTIFICAÇÃO Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo FORMULÁRIO-SÍNTESE DA PROPOSTA - SIGProj

Leia mais

ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO

ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO ESPORTE PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO O esporte é uma via privilegiada para o desenvolvimento humano. Por meio do esporte, as crianças e jovens têm oportunidade de desenvolver valores, atitudes e competências

Leia mais

PRIMEIRA OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA REGIÃO DO SERTÃO

PRIMEIRA OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA REGIÃO DO SERTÃO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS PRIMEIRA OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA REGIÃO DO SERTÃO SUMÁRIO INFORMAÇÃOES

Leia mais

PERMACULTURA NA ESCOLA

PERMACULTURA NA ESCOLA Proposta de Trabalho PERMACULTURA NA ESCOLA 1. CLIENTELA a quem se destina a proposta Escolas de educação infantil e ensino fundamental. 2. OBJETIVO o que queremos com o projeto Gerar um processo de formação

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Cooperativismo Social no Brasil: Conceitos, Desafios e Propostas

Cooperativismo Social no Brasil: Conceitos, Desafios e Propostas Cooperativismo Social no Brasil: Conceitos, Desafios e Propostas LEONARDO PINHO COORDENADOR COOPERATIVISMO SOCIAL UNISOL BRASIL DIRETOR DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SAÚDE MENTAL (ABRASME) EXECUTIVA DA REDE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SÃO ROQUE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SÃO ROQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SÃO ROQUE Rodovia Prefeito Quintino de Lima, 2100, Paisagem Colonial - CEP 18136-540 São Roque SP Fone (11)

Leia mais

PROJETO Servir com Proteção Social

PROJETO Servir com Proteção Social 2012 Coordenador do Projeto: CARLOS HENRIQUE SILVA SANTOS TEL.: 7376-1274 / (019) 7828-5604 (ID 957*31090) e-mail: henriquefaixapreta@yahoo.com.br ou pservircomprotecaosocial@yahoo.com.br PROJETO Servir

Leia mais

Projeto Natal Solidário 2013 Colégio La Salle Esteio e Sapucaia. Cuidar é sinal de amor e de solidariedade.

Projeto Natal Solidário 2013 Colégio La Salle Esteio e Sapucaia. Cuidar é sinal de amor e de solidariedade. Projeto Natal Solidário 2013 Colégio La Salle Esteio e Sapucaia Titulo do Projeto: Cuidar é sinal de amor e de solidariedade. Equipe Organizadora Ir. Junior Schnorrenberger Coordenador de Pastoral de Esteio

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Anais IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva Propostas e ações inclusivas: impasses e avanços Belo Horizonte 17 a 20 de outubro de 2006 Sessões

Leia mais

Prof. Jefferson Monteiro

Prof. Jefferson Monteiro Prof. Jefferson Monteiro Histórico O Programa Segundo Tempo é uma política pública de esporte educacional idealizado e criado em 2003 pelo Ministério do Esporte, destinado a democratizar o acesso à prática

Leia mais

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Batatais Estado de São Paulo

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Batatais Estado de São Paulo PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 01/2016 ANEXO II PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES RETIFICAÇÃO Nomenclatura Professor de Educação Básica I - Ensino Fundamental e Educação Infantil Fundamental (Arte) PRINCIPAIS

Leia mais

PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS

PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS X CONFERÊNCIA DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS Objetivos do encontro Esclarecer sobre

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE: O ANO TODO E AGORA EM ESPECIAL NO FINAL DO ANO LETIVO

CONSELHO DE CLASSE: O ANO TODO E AGORA EM ESPECIAL NO FINAL DO ANO LETIVO TEXTO 2 http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/2310-6.pdf acesso em http://pt.wikipedia.org/wiki/conselho_de_classe 09 de outubro de 2014 CONSELHO DE CLASSE: O ANO TODO E AGORA EM ESPECIAL

Leia mais

ENGENHARIA DE ALIMENTOS: COMPETÊNCIAS E DESAFIOS

ENGENHARIA DE ALIMENTOS: COMPETÊNCIAS E DESAFIOS 8. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO ENGENHARIA DE ALIMENTOS: COMPETÊNCIAS E DESAFIOS GILGEN, Ana Carolina 1 OLIVEIRA, João Guilherme B. de 2 CHIQUETTO, Nelci Catarina

Leia mais

PLANO DE AÇÃO- EXTENSÃO E CULTURA. ETAPA 1 de 7. Período do Projeto: data inicial: / / data final: / /

PLANO DE AÇÃO- EXTENSÃO E CULTURA. ETAPA 1 de 7. Período do Projeto: data inicial: / / data final: / / ANEXO 2- Este arquivo contém as orientações referentes à elaboração do Plano de ação e orientações sobre o preenchimento do SIE. Essas informações encontram-se em cor vermelha e poderão ser apagadas na

Leia mais

Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO

Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO O Espaço Criança Esperança de Jaboatão (ECEJ) abre a seleção 2017 para Oficineiros habilitados a desenvolverem atividades de: Pedagogia

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MATO GROSSO DO SUL (Neabi)

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MATO GROSSO DO SUL (Neabi) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MATO GROSSO DO SUL (Neabi) CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente

Leia mais

Programa de Extensão do Curso de Licenciatura em Matemática do PARFOR

Programa de Extensão do Curso de Licenciatura em Matemática do PARFOR Programa de Extensão do Curso de Licenciatura em Matemática do PARFOR Profª. Msc. Iza Helena Travassos ICED/AEDI/UFPA Prof. Dr. José Maria Rodrigues ICED/UFPA (Supervisores de Extensão) Bolsista: Mauro

Leia mais

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR Cargo: Professor Classe: A,B,C,D, ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR Orientar a aprendizagem dos alunos; Participar das atividades da escola: Organizar as operações inerentes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE JANEIRO DE 2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE JANEIRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.478, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA O PROEXT A SERVIÇO DA EJA Thamiriz Martins Teixeira, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba Paula Reis de Miranda, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba RESUMO O presente trabalho apresenta atividades desenvolvidas

Leia mais

REGULAMENTO DA BRINQUETOTECA

REGULAMENTO DA BRINQUETOTECA REGULAMENTO DA BRINQUETOTECA Governador Valadares 2015 REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA Regulamenta o funcionamento da Brinquedoteca no âmbito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Governador Valadares

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE ACADEMICOS PARA COMPOSIÇÃO DA LIGA ACADEMICA DE ESTUDOS AMBIENTAIS LAEAmb DO CEULP/ULBRA EDITAL Nº. 01/2016

PROCESSO DE SELEÇÃO DE ACADEMICOS PARA COMPOSIÇÃO DA LIGA ACADEMICA DE ESTUDOS AMBIENTAIS LAEAmb DO CEULP/ULBRA EDITAL Nº. 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ACADEMICOS PARA COMPOSIÇÃO DA LIGA ACADEMICA DE ESTUDOS AMBIENTAIS LAEAmb DO CEULP/ULBRA EDITAL Nº. 01/2016 A coordenação do projeto de extensão intitulado LIGA ACADÊMICA DE ESTUDOS

Leia mais

Manual do Professor. Orientação e Supervisão : M. Ligia C. Carvalhal, *Projeto Microtodos, a microbiologia a serviço da cidadania.

Manual do Professor. Orientação e Supervisão : M. Ligia C. Carvalhal, *Projeto Microtodos, a microbiologia a serviço da cidadania. MicroLigue - o jogo das associações - Manual do Professor Autores: Roseane de Souza, M. Marta Carvalhal e M. Ligia C. Carvalhal. Ilustração: Daniela C. Velázquez. Orientação e Supervisão : M. Ligia C.

Leia mais

A DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL COMO FOCO DE EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS NA IMPLEMENTAÇÃO DO PIBID

A DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL COMO FOCO DE EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS NA IMPLEMENTAÇÃO DO PIBID A DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL COMO FOCO DE EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS NA IMPLEMENTAÇÃO DO PIBID Graziela Escandiel de Lima Professora Doutora - Departamento de Metodologia do Ensino/UFSM Coordenadora de

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017.

RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017. RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017. Dispõe sobre a criação do Núcleo de Informática em Ciências da Saúde, bem como aprova seu Regimento Interno. O CONSELHO DO INSTITUTO LATINO-AMERICANO

Leia mais

INVESTIMENTOS SOCIAIS

INVESTIMENTOS SOCIAIS BARÃO DE COCAIS 2015 INVESTIMENTOS SOCIAIS Fotos: arquivo AGA Associação dos Apicultores de Barão de Cocais, iniciativa apoiada pelo Chamada Pública de Projetos Voluntários do Programa de Mãos Dadas em

Leia mais

Marisa Vidovix. Superintendente

Marisa Vidovix. Superintendente Marisa Vidovix Superintendente Contribuir para a promoção humana e a inclusão socioeconômica, a partir da assistência e da qualificação profissional e cultural de pessoas com e sem deficiência. Ser referência

Leia mais

Currículo do Curso de Pedagogia

Currículo do Curso de Pedagogia Currículo do Curso de Pedagogia Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo Conselho Nacional de (CNE) e homologadas pelo Ministério da (MEC),

Leia mais

Apontar uma estratégia de comunicação ambiental de um projeto escolar de EAS

Apontar uma estratégia de comunicação ambiental de um projeto escolar de EAS Apontar uma estratégia de comunicação ambiental de um projeto escolar de EAS Seminário Agentes de educação ambiental, contributos de participação e cidadania Lisboa 9 de Maio de 2014 Associação Nacional

Leia mais

POLÍTICA DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DO UNIBAVE

POLÍTICA DE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DO UNIBAVE CENTRO UNIVERSITÁRIO BARRIGA VERDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO - PROGRAD PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROADM PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - PROPPEX POLÍTICA DE ACESSIBILIDADE

Leia mais

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA Guarantã do Norte 2013 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO IES: Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte PARCERIA: Prefeitura Municipal de

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE PIRAJU Dirigente: Maria Ignez Carlin Furlan Supervisor: Mauro Mortean Neto PCNP: Rose Helen R. R. Garcia Unidade Escolar: E.E. Prof.ª ORIZENA DE SOUZA ELENA PMEC: Renata Flávia

Leia mais

1º BOLETIM DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DO ISECENSA // 2017 PROJETO SÓCIO-ACADÊMICO UNIVERSIDADE BAIRRO VILA TAMARINDO

1º BOLETIM DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DO ISECENSA // 2017 PROJETO SÓCIO-ACADÊMICO UNIVERSIDADE BAIRRO VILA TAMARINDO PROJETO SÓCIO-ACADÊMICO UNIVERSIDADE BAIRRO VILA TAMARINDO 8 Elizabeth Landim Gomes Siqueira 1, 2 * (1) Institutos Superiores de Ensino do CENSA (ISECENSA / RJ) (2) Vice-Diretora * ise-censa@censanet.com.br

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PRAIA GRANDE PROJETOS FINANCIADOS EM CMDCA PRAIA GRANDE

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PRAIA GRANDE PROJETOS FINANCIADOS EM CMDCA PRAIA GRANDE PROJETOS FINANCIADOS EM 2007 - CMDCA PRAIA GRANDE Pedagogo Comunitário Objetivo: O projeto de Pedagogia Comunitária consiste em trazer da escola uma extensão da comunidade e vice-versa, oportunizando o

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 086/2005-CEPE/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 086/2005-CEPE/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 086/2005-CEPE/UNICENTRO Cria o Núcleo de Educação a Distância da Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO e aprova o seu Regulamento. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE,

Leia mais

II - CADASTRO DA ORGANIZAÇÃO

II - CADASTRO DA ORGANIZAÇÃO PRÊMIO ITAÚ-UNICEF 2017 Parceria OSC e Escola Pública FICHA DE INSCRIÇÃO I Dados de Acesso Nº CNPJ da organização Nome da organização E-mail da organização Telefone da organização Nome do responsável pela

Leia mais

Escola Estadual Luis Vaz de Camões Ipezal/Angélica - MS PLANO DE AÇÃO (PSTE) 2010

Escola Estadual Luis Vaz de Camões Ipezal/Angélica - MS PLANO DE AÇÃO (PSTE) 2010 Escola Estadual Luis Vaz de Camões Ipezal/Angélica - MS PLANO DE AÇÃO (PSTE) 2010 Angélica/Ipezal MS Março de 2010 Escola Estadual Luis Vaz de Camões Ipezal/Angélica - MS PLANO DE AÇÃO (PSTE) 2010 Plano

Leia mais

Unidade Rubiataba Curso de Direito

Unidade Rubiataba Curso de Direito REGULAMENTO DA COORDENAÇÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACER FACULDADES RUBIATABA I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. A Coordenação de Iniciação Científica da Facer Faculdades é um setor de estudos

Leia mais

OS OBJETIVOS TORNAR A EDUCAÇÃO A GRANDE PAUTA NACIONAL

OS OBJETIVOS TORNAR A EDUCAÇÃO A GRANDE PAUTA NACIONAL OS OBJETIVOS TORNAR A EDUCAÇÃO A GRANDE PAUTA NACIONAL Aumentar a consciência da sociedade de que Educação é a chave para o crescimento pessoal e do país Ampliar o conhecimento da população sobre as principais

Leia mais

RESUMO DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Semestre 2016/2º

RESUMO DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Semestre 2016/2º ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Curso de Serviço Social RESUMO DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Semestre 2016/2º Manaus Amazonas 2016/2º IDENTIFICAÇÃO Diretor Geral Marcelo José Frutuoso

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA Carla de Araújo Universidade Estadual da Paraíba tapcarla@gmail.com Profª. Dra. Abigail Fregni Lins Universidade Estadual

Leia mais

Respeito ao Meio Ambiente Programa de Educação Ambiental Eco-Social

Respeito ao Meio Ambiente Programa de Educação Ambiental Eco-Social Respeito ao Meio Ambiente Programa de Educação Ambiental Eco-Social Objetivos Objetivos Cognitivos sobre meio ambiente Levar os indivíduos e os grupos sociais a adquirirem largas experiências, contatos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CÂMPUS PASSO FUNDO CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA CIVIL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CÂMPUS PASSO FUNDO CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA CIVIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CÂMPUS PASSO FUNDO CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Dispõe sobre o regramento operacional das atividades

Leia mais

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO TÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1 - À coordenação de eixo-tecnológico compete: I - Convocar e presidir as reuniões do Colegiado de Curso; II - Submeter à Coordenação

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA - PERÍODO: 5º - 1º semestre 2016 DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DO ENSINO DE GEOGRAFIA

CURSO: PEDAGOGIA - PERÍODO: 5º - 1º semestre 2016 DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DO ENSINO DE GEOGRAFIA CURSO: PEDAGOGIA - PERÍODO: 5º - 1º semestre 2016 DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DO ENSINO DE GEOGRAFIA PROJETO DE EXTENSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA Estágio Observação e Regência nas Séries Iniciais

Leia mais

EDUCAÇÃO FISCAL. Portaria Interministerial nº 413, de 31 de dezembro de 2002

EDUCAÇÃO FISCAL. Portaria Interministerial nº 413, de 31 de dezembro de 2002 EDUCAÇÃO FISCAL Portaria Interministerial nº 413, de 31 de dezembro de 2002 DOU de 2.1.2003 Define competências dos órgãos responsáveis pela implementação do Programa Nacional de Educação Fiscal - PNEF.

Leia mais

Colégio Anglo-Brasileiro

Colégio Anglo-Brasileiro Colégio Anglo-Brasileiro Rua Mangalô, n 156 Colina A Patamares, Salvador/Bahia CEP: 41680-380 Tels: 33672173 / 33674510 Projeto Social Do 6 ao 9 ano EFII 2014 Colégio Anglo-Brasileiro/Projeto Social 2014/Cristina

Leia mais

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009)

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA Av. Bento Gonçalves 9500 - Agronomia - 91509-900 Porto Alegre - RS - BRASIL Tel: (051) 3308-6189/3308-6225 FAX: (051) 3308-7301 e-mail:

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta

Aprovação do curso e Autorização da oferta MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE CARTILHA COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

UTILIZAÇÃO DE CARTILHA COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL UTILIZAÇÃO DE CARTILHA COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Vanessa Ribeiro dos Reis i ; Aline Santos dos Santos¹; Poliana Brandão Machado ii2 ; Girlene Santos de Souza iii3 RESUMO A Educação Ambiental

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DO CÂMPUS APUCARANA DA UTFPR

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DO CÂMPUS APUCARANA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DO

Leia mais

A OFB acredita que o aprendizado por meio das artes muda para melhor a vida das pessoas, sendo um poderoso instrumento para integração social

A OFB acredita que o aprendizado por meio das artes muda para melhor a vida das pessoas, sendo um poderoso instrumento para integração social O Viva Arte Viva - é um projeto de inclusão social que oferece oficinas gratuitas e permanentes de teatro, música e dança à comunidade do Distrito Federal e cidades do entorno. É o projeto mais atuante

Leia mais

PLANO DE AÇÃO- EXTENSÃO E CULTURA. ETAPA 1 de 7

PLANO DE AÇÃO- EXTENSÃO E CULTURA. ETAPA 1 de 7 ANEXO 4 Edital 2016-2 PLANO DE AÇÃO- EXTENSÃO E CULTURA Aba Projetos SIE: ETAPA 1 de 7 Classificação principal: 3- Extensão Período do Projeto: data inicial: / / data final: _30/_12/2016 Acesso aos dados

Leia mais

Atividades Curso de Psicologia ) Palestra sobre o autismo é realizada no curso de Psicologia

Atividades Curso de Psicologia ) Palestra sobre o autismo é realizada no curso de Psicologia Atividades Curso de Psicologia 2016 NOTÍCIAS DE ABRIL 1) Palestra sobre o autismo é realizada no curso de Psicologia Na sexta-feira, dia 1º de abril, o curso de Psicologia organizou palestra sobre o Dia

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG)

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG) 1-6 CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO FACULDADE DO NORTE GOIANO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG) Porangatu/GO 2015 2-6 SUMÁRIO

Leia mais

APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais

APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais APÊNDICE A Plano Político Pedagógico da Escola de Pais Apresentação e Justificativa A exclusão é parte do convencional na coletividade humana. A discriminação tem origem em preconceitos antigos gerados

Leia mais

III Projeto Político Pedagógico. 3.1 Princípios. 3.2 Valores. Valorização da educação pela oferta de um ensino de qualidade.

III Projeto Político Pedagógico. 3.1 Princípios. 3.2 Valores. Valorização da educação pela oferta de um ensino de qualidade. Quatro pilares do conhecimento. Pedagogia da Presença. Educação Interdimensional. Protagonismo Juvenil. III Projeto Político Pedagógico 3.1 Princípios 3.2 Valores Valorização da educação pela oferta de

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

PROJETO: CURSO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS (180H)

PROJETO: CURSO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS (180H) PROJETO: CURSO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS (180H) FUNDO: INSTITUTO CYRELA INSTITUTO TIBAGI Fone: (41) 3024-9848 E-mail: projetos@institutotibagi.org.br Curitiba, 25/01/2016 Sumário 1. Apresentação do

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO A FEEES e o Movimento Espírita do Estado do Espírito Santo A Federação Espírita do Espírito Santo, fundada em 1921, é constituída pelo Conselho Estadual e

Leia mais

INVESTIMENTOS SOCIAIS

INVESTIMENTOS SOCIAIS NOVA LIMA 2015 INVESTIMENTOS SOCIAIS Fotos: arquivo AGA Artesão da Associação dos Artesãos de Nova Lima, Artes da Terra, iniciativa apoiada pelo Chamada Pública de Projetos Artesã da Associação dos Artesãos

Leia mais

Documento Base (Formulação Preliminar) Comissão SEB/MEC - Fev/2016

Documento Base (Formulação Preliminar) Comissão SEB/MEC - Fev/2016 Documento Base (Formulação Preliminar) Comissão SEB/MEC - Fev/2016 Orientações para cursos de Formação de Professores, nas áreas de Didática, Metodologias e Práticas de Ensino Estrutura do documento I.

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSOS DE LICENCIATURAS PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 2017.2 5º. PERÍODO Diálogos com a Escola-Campo I / Prática Pedagógica V Observação do Campo de Estágio (com

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I INSTRUÇÃO NORMATIVA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUIMICA SECÃO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Art. 1º - A Coordenação do Curso de Licenciatura em Química da UTFPR Campus

Leia mais

TRABALHANDO O TEMA FAUNA E FLORA PARANAENSE NA GUARDA MIRIM DO MUNICÍPIO DE IRATI PR: EXPERIÊNCIA COM A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNICENTRO

TRABALHANDO O TEMA FAUNA E FLORA PARANAENSE NA GUARDA MIRIM DO MUNICÍPIO DE IRATI PR: EXPERIÊNCIA COM A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNICENTRO TRABALHANDO O TEMA FAUNA E FLORA PARANAENSE NA GUARDA MIRIM DO MUNICÍPIO DE IRATI PR: EXPERIÊNCIA COM A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNICENTRO Zaqueu Luiz Bobato * Wanda Terezinha Pacheco dos Santos** Resumo

Leia mais

EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA

EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA EXPERIÊNCIAS PIBIDIANAS O JORNAL COMO FONTE NA CONSTRUÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA Alesandra da Silva (PIBID/CAPES UNICENTRO) Marcelo Douglas Nascimento Ribas Filho (PIBID/CAPES

Leia mais