Processo de Restauração Santo Antônio imagem sacra integrante do acervo da IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO da cidade de Grão Mogol

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Processo de Restauração Santo Antônio imagem sacra integrante do acervo da IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO da cidade de Grão Mogol"

Transcrição

1 Processo de Restauração Santo Antônio imagem sacra integrante do acervo da IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO da cidade de Grão Mogol Santo Antônio em seu Altar

2 Fundação de Arte de Ouro Preto Escola de Arte Rodrigo Melo Franco de Andrade Ouro Preto/ Dezembro de 2005 a Janeiro de 2006 Atelier de Escultura Policromada Técnica de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis- Luzia Alcântara Arquivo Fotográfico Luzia Alcântara IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO/Grão Mogol, MG Fotografia: Rosinha PROJETO DE RESTAURAÇÃO DE BENS MÓVEIS INTEGRADOS DA IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO - GRÃO MOGOL - MG Praça Ezequiel Pereira, s/nº Dados técnicos: Tombamento: Lei Municipal nº 347/97 de 09 de Abril de 1997 Tombamento da Matriz de Santo Antônio, nº 011/97 de 27 de Maio de A Matriz foi edificada toda em pedra e a imagem de Santo Antônio padroeiro da localidade, ocupa o nicho principal da igreja no altar-mor.

3 PROPOSTA DE TRATAMENTO: Fixação da policromia; Desinfestação preventiva; Limpeza mecânica; Limpeza química; Testes de prospecção para analisar estado da camada subjacente; Testes de estratigrafia para analisar tipos de pigmentos e descobrir quantas camadas; Reposição de suporte; Nivelamento; Reintegração cromática; Verniz de proteção; Relatório Final; Fotografia do processo de restauração; Limpeza e solda da prata.

4 IMAGEM DE SANTO ANTÔNIO DIMENSÕES: 89cm x 37cm x 21,5 cm TÉCNICA CONSTRUTIVA: madeira, esculpida, encarnada e policromada. DESCRIÇÃO: Figura masculina, jovem, posição em pé, fisionomia serena, cabelos estriados tonsurado,sobrancelhas arqueadas, nariz afilado,olhos de vidro, braço esquerdo flexionado segura um livro sobre o qual fica o Menino Jesus de pé, nu, braço direito flexionado em posição a segurar a cruz. Veste túnica com pregas leves, cordão nodal e capa com capuz, cores que não corresponde ao da ordem de Santo Antônio, calça sandália com dedos à mostra, base sextavada e recortada.

5 CARACTERÍSTICAS ESTILÍSTICAS Imagem de madeira esculpida, olhos de vidro, punção formando figuras fitomorfas, de gosto popular, mais, tem porte elegante, provavelmente do século XIX. A túnica com pregas verticais com bastante leveza, como se batesse um vento em sua lateral e elas se voltam em direção da perna esquerda, a capa mais rígida com um capuz, de cor preta que não é o da ordem dos franciscanos trás na cintura o cordão nodal, sandálias nos pés com dedos à mostra. Menino com olhos de vidro e o mesmo tipo de carnação do Santo. (A repintura e oxidação prejudicam bastante a leitura da peça.) CARACTERÍSTICAS ICONOGRÁFICAS Santo Antônio de Pádua, , franciscano, português, taumaturgo e pregador. É representado com hábito marrom de sua ordem, na cintura trás o cordão nodal. Sempre jovem, imberbe, com tonsura. Na mão esquerda trás um livro sobre o qual está o Menino Jesus e na direita trás um de seus atributos: uma cruz ou um lírio. ESTADO DE CONSERVAÇÃO Sujidades aderidas, repintura em estado bastante complicado, parece que a mesma sofreu ação do fogo, pois encontra-se enrugada e com muito craquelê típicos desta ação,rachaduras, perda de suporte, perda de policromia, e desprendimento de policromia em estado bem grave.

6

7

8

9 RESTAURAÇÃO Restaurar: do Lat. Restaurare; reintegrar. reconquistar; recuperar e dar função estética e histórica ao que está perdido. Diagnóstico: estabelece os problemas e as patologias que a obra apresenta. Exame: simultaneamente ao exame processa-se uma análise química, histórica e iconográfica da peça, além dos registros fotográficos (o registro fotográfico da restauração geralmente é feito passo a passo até o fim do trabalho) SANTO ANTÔNIO Exame de Luz Ultra Violeta - As perdas da policromia são visíveis com a emissão de luz UV. (dez/2005)

10 Prospecção de pintura lado esquerdo das costas foi feita uma pesquisa de tons cromáticos originais, das cores e dos desenhos que protegem e decoram a superfície da obra. Esta análise pode ser feita por um processo químico ou mecânico, conforme a situação e localização dos elementos prospectados. (dez/2005) Prospecção da base 1º camada - cor preta 2º camada - cor cinza escuro 3º camada - cor cinza claro 4º camada - cor marmorizado Nesta etapa investiga-se as camadas pictóricas existentes da peça até chegar à recuperação da pintura original (dez/2005) Limpeza parcial: mecânica e química - lado esquerdo da gola (dez/2005)

11 Limpeza mecânica parcial do lado direito da túnica (dez/2005) Limpeza da carnação face (dez/2005-jan/2006) Perdas da camada pictórica - face

12 Limpeza de carnação cabeça e face (dez/2005-jan/2006) Nivelamento No processo de nivelamento preenche-se com uma massa especial as lacunas presentes na peça. (jan/2006) Perda de suporte - manga e dedos Complementação do suporte manga e dedos (dez/2005) Restaurador: Antônio Carlos da Silva Soares

13 Percebe-se aqui a reconstituição das mangas e dos dedos da escultura talhadas em cedro que foram fixadas através de pinos de madeira. Perda de policromia e sujidades mão e atributo (livro) Limpeza completa observa-se a complementação do suporte da lombada do livro. (dez/2005) Com a limpeza mecânica e química da peça eliminou-se as sujidades aderidas e fuligens, recuperando o estado original da camada pictórica. Sujidades e perda de suporte os pregos que sustentam o Menino Jesus estavam oxidados; foram retirados e substituídos por pinos de aço inox.

14 Reposição dos pinos em aço inox. (dez/2005) Limpeza mecânica e química da mão esquerda e reposição do suporte - lombada do livro (dez/2005)

15 Limpeza da policromia - mão e Livro (dez/2005) Perda de policromia cordão nodal

16 Início da limpeza mecânica e química. Nota-se as inúmeras camadas pictóricas existentes. (jan/2006)

17 Processo de limpeza mecânica e química da base.

18 MENINO JESUS DIMENSÕES: 24cm x 12,5 x 8cm TÉCNICA CONSTRUTIVA: madeira, esculpida e encarnada. PESO: 200 gramas. DESCRIÇÃO: Figura de criança, em posição de pé, olhos de vidro, braços abertos e perna esquerda à frente, pé direito atrás formando anglo. ESTADO DE CONSERVAÇÃO Sujidades aderidas, desprendimento da policromia em estado bem grave, rachadura, perda de suporte.

19 Perda de policromia (virar 90º) Limpeza mecânica e química.(virar 90º) (dez/ jan/2006) Verifica-se a metade superior com sujidades já removidas.

20 Nivelamento de suporte (jan/2006) No processo de nivelamento preenche-se com uma massa especial as lacunas presentes na peça para posterior reintegração cromática. ACESSÓRIOS E ATRIBUTOS ATRIBUTO: Cruz em prata, trabalhada com guarda relíquia ao centro. ACESSÓRIO: Resplendor de prata trabalhada.

21 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS - ATRIBUTO: CRUZ De prata trabalhada, suas partes são arredondadas e parafusadas uma a uma, o centro é formado por uma caixinha oval onde se pode guardar uma relíquia, é formado por nove partes. CARACTERÍSTICAS ESTILÍSTICAS: Peça de fatura única, produzida artesanalmente, prata cinzelada e repuxada. CARACTERÍSTICAS ICONOGRÁFICAS: Peça que simboliza o Cristianismo e a Paixão de Cristo. Objeto onde Jesus foi sacrificado e morto pela humanidade. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS - ACESSÓRIO: RESPLENDOR Peça de prata, repuxada e cinzelada, formam-se 18 raios na parte superior, bisotados. Parte central ornada com acantos, frisos em c e contra curvas, elementos fitomorfos e pino de encaixar na imagem. CARACTERÍSTICAS ESTILÍSTICAS: Peça em prata, repuxada e cinzelada, fatura única, feita artesanalmente. CARACTERÍSTICAS ICONOGRÁFICAS: O resplendor tem seu significado ao do halo, nimbo e auréola. A auréola simboliza a irradiação da luz sobrenatural, assim como a roda representa os raios do sol. Marca a difusão, a expansão para fora de si desse centro de energia espiritual: a alma ou a cabeça do santo que a auréola envolve. Indica essa irradiação a origem sagrada, o divino, materializa a aura sob a forma específica. O nimbo designa a luz da áurea. ESTADO DE CONSERVAÇÃO Atributo Cruz: Sujidades aderidas todo suporte desmantelado e todo colado com durepox e solda indevida para a prata. Acessório - Resplendor: Sujidades aderidas, suporte quebrado em vários lugares e solda inadequada para prata.

22

23 Cruz: suporte fixado inadequadamente com fita adesiva, cola durepox, solda indevida e oxidação da prata. (dez/2005) A cruz e o resplendor foram restaurados por um artífice especializado em prata. Prateiro: Abílio Felipe Ferreira RESULTADO ATÉ JANEIRO DE 2006 Estágio atual do processo de restauração Atelier de Escultura Policromada (fev/2006) Estágio anterior - Santo Antônio no no interior da Matriz

Relatório Técnico Laboratório de Conservação e Restauro de Pintura e Escultura

Relatório Técnico Laboratório de Conservação e Restauro de Pintura e Escultura Escultura em madeira policromada Processo nº 23/23/2013 IDENTIFICAÇÃO Entrada no Laboratório 21/10/2013 Maio 2015 Responsável pela intervenção - Carla Rego Título da Obra Proveniência Proprietário Dimensões

Leia mais

PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA O CONJUNTO DE OBRAS DE ARTE SOB A GUARDA DO INSTITUTO HISTÓRICO DA CIDADE DE PITANGUI/MG. Belo Horizonte, Agosto de 2013

PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA O CONJUNTO DE OBRAS DE ARTE SOB A GUARDA DO INSTITUTO HISTÓRICO DA CIDADE DE PITANGUI/MG. Belo Horizonte, Agosto de 2013 PROPOSTA DE RESTAURAÇÃO PARA O CONJUNTO DE OBRAS DE ARTE SOB A GUARDA DO INSTITUTO HISTÓRICO DA CIDADE DE PITANGUI/MG Belo Horizonte, Agosto de 2013 Obra nº 01 Designação: Menino Época: Século XVIII Atribuição:

Leia mais

Intervenções Posteriores: Detectaram-se várias repolicromias totais e parciais ocorridas em datas não determinadas.

Intervenções Posteriores: Detectaram-se várias repolicromias totais e parciais ocorridas em datas não determinadas. MENINO JESUS Identificação Categoria: Escultura Sub-categoria: Escultura de vulto perfeito Denominação/Título: Menino Jesus Autoria/Produção: Autor desconhecido/ Portugal Datação: Séc. XVIII? (justificação

Leia mais

Relatório Restauração da Imagem de Nossa Senhora dos Prazeres Padroeira de Maceió Pertencente à Catedral Metropolitana de Maceió

Relatório Restauração da Imagem de Nossa Senhora dos Prazeres Padroeira de Maceió Pertencente à Catedral Metropolitana de Maceió Relatório Restauração da Imagem de Nossa Senhora dos Prazeres Padroeira de Maceió Pertencente à Catedral Metropolitana de Maceió 1 Introdução e considerações Ao primeiro contato físico com a obra realizamos

Leia mais

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DAS IMAGENS DOS TRÊS REIS MAGOS

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DAS IMAGENS DOS TRÊS REIS MAGOS DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DAS IMAGENS DOS TRÊS REIS MAGOS PORTEIRINHA - MG MARÇO DE 2002 INTRODUÇÃO Este dossiê contém as informações sobre as três imagens dos Santos Reis, que pertencem a Igreja de Santos

Leia mais

Relatório Técnico Laboratório de Conservação e Restauro de Pintura e Escultura

Relatório Técnico Laboratório de Conservação e Restauro de Pintura e Escultura Conjunto de 5 pinturas Processo nº 27/27/2013 IDENTIFICAÇÃO Entrada no Laboratório Título da Obra Proveniência Proprietário Dimensões Técnicas e materiais de execução Autor / Produção Datação / Época 08/11/2013

Leia mais

Imagem em Madeira Policromada da década de 30

Imagem em Madeira Policromada da década de 30 Imagem em Madeira Policromada da década de 30 Patologias: Sujidades superficiais Repinturas sucessivas nas mãos, pés e façe. Pequena movimentação nas mãos. Perda acentuada de policromia na parte superior

Leia mais

1 de 16 ICMS CULTURAL LAUDOS

1 de 16 ICMS CULTURAL LAUDOS QUADRO III LAUDO Laudo de estado de conservação EERCÍCIO 2012 MUNICÍPIO DE UNIÃO DE MINAS / MG 1 de 16 ICMS CULTURAL LAUDOS 2 de 16 ICMS CULTURAL LAUDOS SUMÁRIO 01. Ficha de Análise... 05 02. Imagem de

Leia mais

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES Técnicos Superiores de Conservação e Restauro: Isabel dos Santos Filipe Pereira (2013/2014)

Leia mais

FASE 3 (1998-2003) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998)

FASE 3 (1998-2003) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998) 3.2 O restauro de murais artísticos realizado pelo programa Identificação, Consolidação e Restauração de Pinturas Murais (Canteiro Escola) do CPC

Leia mais

RESTAURAÇÃO DAS PINTURAS MURAIS DA CASA DE RUI BARBOSA

RESTAURAÇÃO DAS PINTURAS MURAIS DA CASA DE RUI BARBOSA RESTAURAÇÃO DAS PINTURAS MURAIS DA CASA DE RUI BARBOSA Arquitetos Responsáveis: Márcia Braga e Delfim Carvalho RELATÓRIO TÉCNICO 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1- PINTURAS DECORATIVAS E ARTÍSTICAS DA VARANDA...

Leia mais

MENINO JESUS DE BARRO COZIDO E POLICROMADO

MENINO JESUS DE BARRO COZIDO E POLICROMADO MENINO JESUS DE BARRO COZIDO E POLICROMADO Identificação Categoria: Escultura Sub-categoria: Escultura de vulto perfeito Denominação/Título: Menino Jesus em pé sobre peanha poligonal Autoria/Produção:

Leia mais

Vidro comun ou vidro Float

Vidro comun ou vidro Float Vidros Vidro comun ou vidro Float O vidro comum é a composição básica do vidro, antes de receber qualquer tipo de tratamento. Ele é feito a partir da mistura de sílica (areia), potássio, alumina, sódio

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Nr.: - PR Folha: 1/6 1 540,000 UN MEDALHA, MATERIAL FUNDIDO COMPOSTO DE 6,3000 3.402,0000 ZINCO, MAGNÉSIO E COBRE. DESENHO DAS BORDAS EM ALTO RELEVO 3D (2MM EXTRAS), INCLUINDO O DESENHO DOS LOUROS, ANO,

Leia mais

OBRAS DE RESTAURO E CONSERVAÇÃO DO ED. RAMOS DE AZEVEDO E ANEXO. - RELATÓRIO DE PROSPECÇÃO (ED. ANEXO)

OBRAS DE RESTAURO E CONSERVAÇÃO DO ED. RAMOS DE AZEVEDO E ANEXO. - RELATÓRIO DE PROSPECÇÃO (ED. ANEXO) OBRAS DE RESTAURO E CONSERVAÇÃO DO ED. RAMOS DE AZEVEDO E ANEXO. - RELATÓRIO DE PROSPECÇÃO (ED. ANEXO) Fichas de Prospecções No. 01 Ambiente: fachada do anexo Andar: térreo Data: Fevereiro de 2007 Elemento:

Leia mais

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013

A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 A INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES Fone:(31)2513-5198 Fax: (31) 2513-5203 PREGÃO ELETRÔNICO 175/2013 1 1. DADOS DO FORNECEDOR 1.1 Dados Cadastrais da Empresa Razão Social:

Leia mais

POLICARBONATO COMPACTO

POLICARBONATO COMPACTO POLICARBONATO COMPACTO Chapa em policarbonato compacto, com tratamento em um dos lados contra o ataque dos raios ultravioleta (garantia de 10 anos contra amarelamento). Por sua alta transparência, a chapa

Leia mais

Peças sacras centenárias são corroídas pelo tempo e atacadas por insetos em Minas

Peças sacras centenárias são corroídas pelo tempo e atacadas por insetos em Minas Peças sacras centenárias são corroídas pelo tempo e atacadas por insetos em Minas Especialista sugere medidas seguras para proteção de acervo corroído pelo tempo. O que os olhos não veem, o patrimônio

Leia mais

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação Shaping a lighter future Manual de Montagem e Instalação Índice Geral Características Componentes Montagem 4 7 10 Características Perfis extrudados de alumínio Parafusos, porcas, arruelas e rebites Comprimento

Leia mais

Bens roubados no Peru

Bens roubados no Peru Bens roubados no Peru Total: 21 peças Data do desaparecimento: 28 de agosto de 2015 Tipo de bem: Artefatos arqueológicos Acervo ao qual pertence: Museu Arqueológico José Maria Morante Maldonado, Universidade

Leia mais

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta O guia de tamanho será desenvolvido para auxiliar os e-consumidores, no momento da compra. O e-consumidor terá disponível um guia de auxilio a medidas, de forma que permitirá que o mesmo obtenha informações

Leia mais

E-book. Passo-a-Passos Pintura em Madeira

E-book. Passo-a-Passos Pintura em Madeira E-book Passo-a-Passos Pintura em Madeira 1 Pintura em Madeira CAIXA COM ROSA Material necessário Pincel ref. 427 nº 8 e 18 Rolo de espuma 988 5 cm Esponja Abrasiva Duplla Ref. 860 Carbono Verniz acrílico

Leia mais

Técnica: Boneca de tecido ( Cisne Shok/ Cisne Super Bebê)

Técnica: Boneca de tecido ( Cisne Shok/ Cisne Super Bebê) 1 Criação e execução: Vilma Maurer Material 1 nov. de Cisne Shok (nov. de 100g) na cor 24 (lilás) e 1117 (marrom mescla). 1 nov. de Cisne Super Bebê (nov. de 100g) na cor 5030 (lilás). Tecido de algodão

Leia mais

C-EC/U. Porta Comercial de Encosto em caixilho "U

C-EC/U. Porta Comercial de Encosto em caixilho U C-EC/U Porta Comercial de Encosto em caixilho "U A Dânica Doors recomenda que as instruções de montagem contidas neste manual sejam seguidas rigorosamente para que as portas atendam em sua plena funcionalidade.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MADEIRA LATERAL. ø3,5m MADEIRA LATERAL - WUPA - 09/09/2015-1/11 - REV.0

MANUAL DE INSTRUÇÕES MADEIRA LATERAL. ø3,5m MADEIRA LATERAL - WUPA - 09/09/2015-1/11 - REV.0 MANUAL DE INSTRUÇÕES MADEIRA LATERAL ø3,5m MADEIRA LATERAL - WUPA - 09/09/2015-1/11 - REV.0 - Os ombrellones devem ser fechados e recolhidos em caso de vento forte ou tempestade, bem como em presença de

Leia mais

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120 Colégio Jesus Adolescente Ensino Médio 1º Bimestre Disciplina Física Setor B Turma 1º ANO Professor Gnomo Lista de Exercício Bimestral Aulas 6 a 8 1) A figura a seguir representa um raio de luz incidindo

Leia mais

Verelux envidr env açamento açame de sacada www.verelux.com.br

Verelux envidr env açamento açame de sacada www.verelux.com.br Verelux envidraçamento de sacadas A EMPRESA A Verelux oferece sistema europeu de envidraçamento de sacadas, com o objetivo de satisfazer a necessidade e o desejo de seus clientes. Nossa atuação é voltada

Leia mais

USO E APLICAÇÕES. Módulo 4 Conhecendo o Vidro

USO E APLICAÇÕES. Módulo 4 Conhecendo o Vidro USO E APLICAÇÕES Módulo 4 Conhecendo o Vidro SEGMENTAÇÃO DO MERCADO ESQUADRIAS FACHADAS BOX ESPELHOS DIVISÓRIAS MÓVEIS COBERTURA GUARDA CORPOS REVESTIMENTOS MOLDURAS DECORAÇÃO OUTROS... COMO ESCOLHER O

Leia mais

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR ANEXO V 1600,00 mm 200,00 mm 490,00 mm 400,00 mm 725,00 mm VISTA FRONTAL 580,00 mm VISTA LATERAL MÓDULOS AUDITÓRIO 700,00 mm 03 - Mesas em MDF texturizado estrutura em MDF Cinza Cristal 2 faces de 15mm

Leia mais

RELATÓRIO DE VISTORIA DE REFORMA Programa de Ação Cooperativa - Estado Município

RELATÓRIO DE VISTORIA DE REFORMA Programa de Ação Cooperativa - Estado Município RELATÓRIO DE VISTORIA DE REFORMA Programa de Ação Cooperativa - Estado Município EE JARDIM XXXXX XXXXXXXXXXX - XXXXXXX MUNICÍPIO CÓDIGO 00.00.000 OBJETO DO CONVÊNIO: Xxxxxxx DATA: 00.00.2008 Profissional

Leia mais

A parte externa do manto (figura 221) possui ramagens na borda e estrelas, conforme podemos observar na imagem de Nossa Senhora da Fé (figura 222).

A parte externa do manto (figura 221) possui ramagens na borda e estrelas, conforme podemos observar na imagem de Nossa Senhora da Fé (figura 222). 201 Utilizou na túnica reservas de ouro para a construção dos florões e ramagens (figura 216). Há uma grande similaridade com a decoração utilizada nas imagens de Nossa Senhora da Fé (figura 217) e Santa

Leia mais

Boneca Alice Lista de Materiais:

Boneca Alice Lista de Materiais: Lista de Materiais: Feltro nas cores: Azul turquesa, preto, amarelo, branco, pele, vermelho e rosa Linha pesponto nas cores: Azul turquesa, preto, branco, pele e amarela Fibra siliconada para enchimento

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

Grupo escultórico; Ornatos menores; Esquadrias; Alvenarias externas;

Grupo escultórico; Ornatos menores; Esquadrias; Alvenarias externas; Como metodologia do projeto de restauro, a fim de identificar as camadas pictóricas das fachadas do edifício, foram executadas diversas prospecções estratigráficas, distribuídas entre os seguintes elementos:

Leia mais

O melhor perfil para azulejo ao seu alcance

O melhor perfil para azulejo ao seu alcance 05 PERFIS PARA AZULEJO O melhor perfil para azulejo ao seu alcance VANTAGENS Utilização de matéria-prima rigorosamente virgem. Baixo teor de carga, modificador de impacto e estabilizantes de elevada qualidade

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LINHA PROFISSIONAL FIBRAS PRODUTOS Super-British Fibra Limpeza Macia Super British Edição: 4 Fibra Limpeza Macia Super-British Composta de manta não tecida de fibras sintéticas,

Leia mais

Oratórios Mineiros D. José I: O tema cristológico nos objetos de devoção familiar produzidos entre o fim do século XVIII e início do XIX

Oratórios Mineiros D. José I: O tema cristológico nos objetos de devoção familiar produzidos entre o fim do século XVIII e início do XIX Oratórios Mineiros D. José I: O tema cristológico nos objetos de devoção familiar produzidos entre o fim do século XVIII e início do XIX Maria Alice Honório Sanna Castello Branco Mestranda Universidade

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para eventual fornecimento, montagem e instalação de mobiliário, para a Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região

Leia mais

Todas as ações de formação terão lugar na sede da empresa.

Todas as ações de formação terão lugar na sede da empresa. Luis Pavão Limitada Rua Rafael Andrade, 29-1150-274 Lisboa Telefone e Fax 21 812 68 45 Site: www.lupa.com.pt Correio eletrónico para inscrições: mariamm@lupa.com.pt Plano de Ações de Formação Todas as

Leia mais

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia Intervenção em Bens Culturais Edificados Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia O QUE É UM PROJETO DE INTERVENÇÃO NO PATRIMÔNIO EDIFICADO? Compreende-se por Projeto de Intervenção

Leia mais

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1

Guia Prático de Instalação SONEX illtec Skin e Pb / Bloc. Revisão: 1 Revisão: 1 Cuidados iniciais: Atenção às bocas de saída de ar condicionado instaladas no teto, pois são grandes dispersores de ar. Assim como as luminárias, as grelhas de ar condicionado devem ser rebaixadas

Leia mais

SOLUÇÕES EM ALUMÍNIO 2015 PERFILO Localizada em Veranópolis, na Serra Gaúcha, próximo ao maior pólo moveleiro do país, a Perfilo é a mais nova empresa do Grupo Rometal. A empresa possui 12.000 m 2 de

Leia mais

Instruções de montagem de painel luminoso SMD da Kymco

Instruções de montagem de painel luminoso SMD da Kymco Instruções de montagem de painel luminoso SMD da Kymco Português Lista de Peças 1 X 1 Papel de registo 2 X 2 Painel principal 3 X 1 Painel luminoso 4 X 1 Suporte luminoso SMD 5 X 2 Faixas SMD, vermelha

Leia mais

&216758d 2&,9,/ 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR

&216758d 2&,9,/ 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR 81,9(56,'$'()('(5$/'2&($5È '(3$57$0(172'((1*(1+$5,$(6758785$/( &216758d 2&,9,/ 127$6'($8/$6 &216758d 2'((',)Ë&,26, 5(9(67,0(1726'(7(726 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR &RQVWUXomRGH(GLItFLRV, 5HYHVWLPHQWRVGH7HWRV

Leia mais

arte & restauro cel. (11) 99214-4395

arte & restauro cel. (11) 99214-4395 www.juarezoliveira.com.br e-mail: ateliearterestauro@gmail.com Juarez.oliveira.art@gmail.com arte & restauro cel. (11) 99214-4395 PROPOSTA (PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MÃO-DE-OBRA) LOCAL DA OBRA: Igreja Matriz

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1 MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1 1. Identificação dos elementos da prensa 8X1: JTSD72 Antes de ligar a prensa e iniciar seu trabalho é indispensável verificar se a

Leia mais

Prezados Senhores, Agradeço sua gentileza e atenção. Atenciosamente, Eneida Verri Bucco Oliveira. Fone: (19) 3836 3723 (11) 99471-6201 (61) 9104 2626

Prezados Senhores, Agradeço sua gentileza e atenção. Atenciosamente, Eneida Verri Bucco Oliveira. Fone: (19) 3836 3723 (11) 99471-6201 (61) 9104 2626 Prezados Senhores, Venho através desta, apresentar meu Curriculum Vitae contendo minha formação educacional e experiência profissional. Em caso de interesse favor entrar em contato com os telefones abaixo

Leia mais

Enkefloor Pavimento Modular resistente às intempéries, a riscos e a fortes cargas

Enkefloor Pavimento Modular resistente às intempéries, a riscos e a fortes cargas Pavimento Modular resistente às intempéries, a riscos e a fortes cargas com superfície fechada e aberta para o interior e o exterior www.enke-werk.de Pavimento Modular Um pavimento resistente para todas

Leia mais

Cores. Cristal Opal Bronze Cinza. 0,98 Opal. 0,66 Bronze Cinza. 2100 x 5800 Não Consta. Azul. Reflexivo Hot Climate. Reflexivo.

Cores. Cristal Opal Bronze Cinza. 0,98 Opal. 0,66 Bronze Cinza. 2100 x 5800 Não Consta. Azul. Reflexivo Hot Climate. Reflexivo. POLICARBONATO AVEOLAR Chapas em policarbonato alveolar, com tratamento em um dos lados contra ataque dos raios ultra violeta (garantia de 10 anos contra amarelamento). Por possuir cavidades internas (alvéolos),

Leia mais

Eletroduto de PVC Rígido Roscável

Eletroduto de PVC Rígido Roscável Eletroduto de PVC Rígido Roscável Localização no Website TIGRE: Obra Predial Eletricidade Eletroduto roscável Função: Proteção mecânica para instalações elétricas embutidas. Aplicação: instalações elétricas

Leia mais

Instruções de Uso e Segurança

Instruções de Uso e Segurança Instruções de Uso e Segurança Alicates Nunca utilize os alicates como martelo para não criar folga. Não martele os isolamentos, pois eles se danificarão; Utilizar alicates para apertar ou desapertar porcas

Leia mais

Aconchego, design, charme e sofisticação. É fácil saber quando tem Alegro num ambiente.

Aconchego, design, charme e sofisticação. É fácil saber quando tem Alegro num ambiente. catálogo 2013 Aconchego, design, charme e sofisticação. É fácil saber quando tem Alegro num ambiente. Alegro Móveis Alegro traz para o ambiente externo todo o bom gosto e a riqueza no acabamento que você

Leia mais

Refª 2201.03.15010. Banco corrido, assento contraplacado e régua de cabides coloridos Ligue Grátis 210 461 786

Refª 2201.03.15010. Banco corrido, assento contraplacado e régua de cabides coloridos Ligue Grátis 210 461 786 Assentos em Sociedade de Equipamentos Escolares, Lda. geral Refª 2201.03.1668SB Refª 2201.03.1633 Refª 2201.03.15010 Cadeira 1ª série, contraplacado Refª 2201.03.1667PDC Cadeira Faia s/braços existe com

Leia mais

Workshops de Conservação. e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte

Workshops de Conservação. e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte Workshops de Conservação e Restauro: a Colecção de Joshua Benoliel Margarida Duarte Margarida Duarte, técnica de conservação e restauro do Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa, coordenou, em finais

Leia mais

ALARME MARCH / VERSA. Manual de Acessórios. Execute a operação descrita utilizando os seguintes itens: Tempo aproximado de instalação: 2h.

ALARME MARCH / VERSA. Manual de Acessórios. Execute a operação descrita utilizando os seguintes itens: Tempo aproximado de instalação: 2h. Manual de Acessórios ALARME MARCH / VERSA Part Number: BRPRT07 Execute a operação descrita utilizando os seguintes itens: DESCRIÇÃO QT RF DESCRIÇÃO QT RF Módulo do alarme A Sirene G Chicote B Coifa H Sensor

Leia mais

MÁSCARA DE SOLDA CR-02

MÁSCARA DE SOLDA CR-02 *Imagens meramente ilustrativas MÁSCARA DE SOLDA CR-02 Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS MÁSCARA DE SOLDA SR-02 Modelo: Área de visão: Dimensões do filtro: V8-MS-CR2 92 x 42 mm

Leia mais

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto Fotos necessárias para a confecção da estatueta Todo o trabalho é referenciado em fotos, ou seja, não nos responsabilizamos por material fotográfico que confecção, para isto criamos este guia, para atender

Leia mais

pro-part Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes

pro-part Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes Ficha técnica pro-part Perfil decorativo para revestimentos cerâmicos; alternativa à tradicional faixa cerâmica decorativa. Adequados para o remate de esquinas e transições entre ladrilhos cerâmicos. pro-part

Leia mais

Comprovação dos índices de refração

Comprovação dos índices de refração Comprovação dos índices de refração 1 recipiente de vidro; 1 bastão de vidro, e Glicerina. 1. Encha até a metade o recipiente com glicerina, depois basta afundar o bastão de vidro na glicerina e pronto!

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM (17958) AEROFÓLIO VW MAN TGX

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM (17958) AEROFÓLIO VW MAN TGX FOTO DO PRODUTO FOTO DO PRODUTO INSTALADO Importante: Apresentamos neste manual os passos que devem ser seguidos para a correta instalação de nosso produto. Antes de começar a instalação, confira se os

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO CAIXAS PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO E PROTEÇÃO DE UNIDADES CONSUMIDORAS INDIVIDUAIS OU AGRUPADAS EMISSÃO: JANEIRO /02 REVISÃO: MARÇO /06 FOLHA : 1 / 23 A P R E S E N

Leia mais

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo

Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Cultura Departamento do Patrimônio Histórico Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São

Leia mais

LOCAL: RUA MANOEL JOSÉ PIRES, S.N. AMÉRICO BRASILIENSE S.P. PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE AMÉRICO BRASILIENSE S.P.

LOCAL: RUA MANOEL JOSÉ PIRES, S.N. AMÉRICO BRASILIENSE S.P. PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE AMÉRICO BRASILIENSE S.P. OBJETO: LAUDO TÉCNICO DE VISTORIA DAS CONDIÇÕES FÍSICAS DA ESTRUTURA DE COBERTURA DE ÁREA IDENTIFICADA COMO REFEITÓRIO DA C.E.R. LEILA L. D. T. PIZZA DURANTE LOCAL: RUA MANOEL JOSÉ PIRES, S.N. AMÉRICO

Leia mais

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA

Parecer Técnico de Conformidade NR 17 e NBR 13966 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 MESA REUNIÃO REDONDA Parecer Técnico de Conformidade NR 17 A SEFIT Serviços Especializados de Fisioterapia do Trabalho Ltda, inscrita no CNPJ n.º 04.207.225/0001-74,

Leia mais

Gramofone Majestrola

Gramofone Majestrola Gramofone Majestrola A restauração de um aparelho teimoso No ano de 2013, o Museu do Rádio recebeu uma importante doação da Sra. Maria Gerta Stock Rovea: um gramofone modelo Majestrola, fabricado em Viena

Leia mais

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá APÊNDICE V Modelos de Uniforme e Crachá MARÇO DE 2016 1 23 ÍNDICE 1.1. Apresentação...3 1.2. Tecidos...3 2.1. Gerente Feminino...5 2.2. Atendente Feminino...7 2.3. Gestante...9 2.4. Orientador Feminino...

Leia mais

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 2.1 A MESA 2.1.1 A parte superior da mesa, chamada superfície de jogo, deve ser retangular, com 2,74 m de comprimento por 1,525 m de largura, e situar-se em um plano

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 / Copa das Confederações FIFA Brasil 2013

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 / Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 / Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 MATERIAL CÓDIGO CERCA MÓVEL BAIXA FE 01 CERCA MÓVEL BAIXA FE 01 Descrição de Equivalência Técnica Exigida Guarda corpo movel

Leia mais

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA 156/3 (150 X 60 mm) - 3 seções 0% BRASILEIRA Características das canaletas de alumínio Blindagem eletromagnética devido à liga 6060 - T5, eliminando

Leia mais

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Corrediça Oculta TN Slowmotion Corrediça Telescópica TN H45 Corrediça Telescópica TN H45 Slowmotion Corrediça Telescópica TN MINI H35 Capa TN Corrediça

Leia mais

A Preservação do Patrimônio Cultural na Esfera Municipal

A Preservação do Patrimônio Cultural na Esfera Municipal A Preservação do Patrimônio Cultural na Esfera Municipal 1. Introdução O patrimônio cultural de cada comunidade pode ser considerado a sua cédula de identidade. Por isso, cada vez mais os municípios necessitam

Leia mais

MINI KIT MARTELINHO DE OURO

MINI KIT MARTELINHO DE OURO MINI KIT MARTELINHO DE OURO *Imagens meramente ilustrativas Manual de Instruções Prezado Cliente Este Manual tem como objetivo orientá-lo na instalação, operação e informações gerais de seu Mini Kit Martelinho

Leia mais

Banner elétrico de uma face para colocar imagens. É ideal para cartão compacto. Medida: 140 cm (altura) WARTA

Banner elétrico de uma face para colocar imagens. É ideal para cartão compacto. Medida: 140 cm (altura) WARTA O Elistand é uma empresa jovem que iniciou a sua actividade em 1999, na área de congressos, feiras, merchandising, ect. com uma vasta gama de sistemas portáteis de exposição, stand s modulares de pequena

Leia mais

I - Relógio de parede

I - Relógio de parede I - Relógio de parede 1. Identificação Designação: Relógio de parede Categoria: Mobiliário Tipologia: Relógio Proprietário: Igreja. Proveniência: Igreja de S. Miguel, Matriz de Ferreira do Zêzere Dimensões:

Leia mais

PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO

PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO É dito no ditado popular que os olhos de uma pessoa são as janelas de sua alma, trazendo este pensamento para uma residência, podemos entender que as janelas

Leia mais

INTERVENÇÕES METÁLICAS EM EDIFICAÇÕES DE VALOR HISTÓRICO E CULTURAL: ESTUDOS DE CASO DE INTERFACES

INTERVENÇÕES METÁLICAS EM EDIFICAÇÕES DE VALOR HISTÓRICO E CULTURAL: ESTUDOS DE CASO DE INTERFACES INTERVENÇÕES METÁLICAS EM EDIFICAÇÕES DE VALOR HISTÓRICO E CULTURAL: ESTUDOS DE CASO DE INTERFACES Profª. Msc. Carolina Albuquerque de Moraes Prof. Dr. Luiz Fernando Loureiro Ribeiro São Paulo, Brasil

Leia mais

Cobertura com telhas asfálticas. Cobertura com telhas asfálticas

Cobertura com telhas asfálticas. Cobertura com telhas asfálticas Cobertura com telhas asfálticas Cobertura com telhas asfálticas A cobertura conhecida como shingle é uma manta asfáltica composta por elementos descontínuos. A telha possui, na composição, camadas à base

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES. Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof.

COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES. Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. COMPUTAÇÃO GRÁFICA CORES Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CORES EM COMPUTAÇÃO GRÁFICA O uso de cores permite melhorar

Leia mais

Questão 2: O principal fato histórico que modifica o conhecimento do ser humano é:

Questão 2: O principal fato histórico que modifica o conhecimento do ser humano é: Questão 1: Cesare Brandi, no livro intitulado Teoria da Restauração, afirma que: a) em geral, entende-se por restauração qualquer intervenção voltada a dar novamente eficiência a um produto da atividade

Leia mais

Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido

Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido Adaptação do para-brisa inteiriço por bipartido A instalação dos pára-brisas, só deve ser feita por profissionais experientes, em caso de dúvida durante a instalação, favor contatar a assistência disponível

Leia mais

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 2014_Física_2 ano FÍSICA Prof. Bruno ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 1. (Uftm 2012) Uma câmara escura de orifício reproduz uma imagem de 10 cm de altura de uma árvore observada. Se reduzirmos em 15 m a distância

Leia mais

Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis

Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis Janeiro de 2013 Este documento tem como objectivo ajudar as pessoas mais próximas do GB a complementar o trabalho executado ao longo das sessões de Reabilitação

Leia mais

AL - Obras restauram convento franciscano de Penedo

AL - Obras restauram convento franciscano de Penedo AL - Obras restauram convento franciscano de Penedo Pintura original de Virgem Imaculada revela gestação do Cristo As obras em curso na Igreja de Nossa Senhora dos Anjos estão restaurando cores originais

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 bandeja de metal que fica na 1ª prateleira. Os Móveis Make-up estão passando por uma atualização. Ganharam um novo display e uma nova iluminação.

Leia mais

Laudos técnicos de estado de conservação

Laudos técnicos de estado de conservação PREFEITURA MUNICIPAL DE DELFIM MOREIRA/MG Laudos técnicos de estado de conservação Antiga Estação Ferroviária Nossa Senhora da Soledade QUADRO III JANEIRO DE 2012 EXERCÍCIO 2013 SUMÁRIO 1. CÓPIA DA ÚLTIMA

Leia mais

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções.

Esquadrias Metálicas Ltda. Manual de instruções. Manual de instruções. PORTA DE ABRIR A Atimaky utiliza, na fabricação das janelas, aço galvanizado adquirido diretamente da Usina com tratamento de superfície de ultima geração nanotecnologia (Oxsilan)

Leia mais

Caixa de Inspeção e Interligação

Caixa de Inspeção e Interligação Caixa de Inspeção e Interligação Localização no website Tigre: Obra predial Esgoto CAIXA DE INSPEÇÃO e/ou Obra predial Águas Pluviais CAIXA DE INTERLIGAÇÃO Função/Aplicação: Caixa de Inspeção: destinada

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02. Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02. Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02 Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial 1. ARMÁRIO ALTO Armário com duas portas, revestido com laminado melamínico

Leia mais

A BELEZA E O CONFORTO DA MADEIRA

A BELEZA E O CONFORTO DA MADEIRA Arquiteta: Karine Espirito Santo - Produto: Ripado Castanho A BELEZA E O CONFORTO DA MADEIRA LINHA DECOMADEIRA Os revestimentos da linha Decomadeira são produzidos em madeira maciça, com entalhes e cores

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

Arquiteta: Karine Espirito Santo - Produto: Ripado Castanho A BELEZA E O CONF LINHA DECOMADEIRA

Arquiteta: Karine Espirito Santo - Produto: Ripado Castanho A BELEZA E O CONF LINHA DECOMADEIRA Arquiteta: Karine Espirito Santo - Produto: Ripado Castanho A BELEZA E O CONF LINHA DECOMADEIRA NFORTO DA MADEIRA Os revestimentos da linha Decomadeira são produzidos em madeira maciça, com entalhes e

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DOS ESPAÇOS DE ATENDIMENTO VERSÃO SIMPLIFICADA

NORMALIZAÇÃO DOS ESPAÇOS DE ATENDIMENTO VERSÃO SIMPLIFICADA NORMALIZAÇÃO DOS ESPAÇOS DE ATENDIMENTO VERSÃO SIMPLIFICADA A identidade da Loja do Cidadão reflete uma nova filosofia na relação entre a Administração Pública e o Cidadão: A Proximidade é um dos fatores

Leia mais

Serviços Administrativos

Serviços Administrativos Sociedade de Equipamentos Escolares, Lda. Serviços Administrativos Diferentes modelos de; Cadeiras Secretárias Mesas simples ou de reunião, com ou sem gavetas, Armários de Arquivo, Balcões de atendimento,

Leia mais

Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações.

Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações. Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações. Tinta permanente para marcar todos os tipos de metais, plásticos,

Leia mais

Boneca de Papel Elsa. Braço direito. Braço esquerdo. Peito. Tronco. Costas. Saia. Flocos de neve. Cortar Cortar. Cortar. Cortar.

Boneca de Papel Elsa. Braço direito. Braço esquerdo. Peito. Tronco. Costas. Saia. Flocos de neve. Cortar Cortar. Cortar. Cortar. Boneca de Papel lsa Braço direito F G Braço esquerdo Tronco Costas Peito M N B C Flocos de neve Saia disneybabble.com.br 1/5 Boneca de Papel lsa 1 mprima o modelo em papel sulfite e cole-o em cartolina,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO O UNIVERSO DA RESTAURAÇÃO NO RIO DE JANEIRO O estado do Rio de Janeiro apresenta um enorme acervo de imóveis de valor cultural, histórico, artístico, arquitetônico

Leia mais

ANEXO IV ESPECIFICAÇÃO DE PINTURA PARA TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA

ANEXO IV ESPECIFICAÇÃO DE PINTURA PARA TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA Celesc Di Celesc Distribuição S.A. ANEXO IV ESPECIFICAÇÃO DE PINTURA PARA TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA PINTURA SISTEMAS DE PROTEÇÃO ANTICORROSIVA PARA APLICAÇÃO EM : TRANSFORMADORES

Leia mais

Óptica é a parte da física que estuda a luz: energia radiante (ondas eletromagnéticas) capaz de causar, em nós, a sensação da visão.

Óptica é a parte da física que estuda a luz: energia radiante (ondas eletromagnéticas) capaz de causar, em nós, a sensação da visão. Professor : DUDU Disciplina : Física Óptica (FO) Introdução Óptica é a parte da física que estuda a luz: energia radiante (ondas eletromagnéticas) capaz de causar, em nós, a sensação da visão. Fontes de

Leia mais

Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia

Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia Recomendações do Ministério das Relações Exteriores da República da Eslovênia para as fotos biométricas: o o tamanho da foto: 3,5 x 4,5 cm o o

Leia mais