Jean Monnet. Citações. Objectives. ância. Jean Monnet Action - Understanding European Integration. ança. *Módulo Europeu Jean Monnet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jean Monnet. Citações. Objectives. ância. Jean Monnet Action - Understanding European Integration. ança. *Módulo Europeu Jean Monnet"

Transcrição

1 Govern ância ança Europeia* Jean Monnet Action - Understanding European Integration *Módulo Europeu Jean Monnet Jean Monnet Propõe a criação e é Secretário geral Adjunto da SDN Comissário do plano Marshal Propõe a criação da CECA e é o primeiro presidente da Alta Autoridade Propõe a Comunidade Europeia de Defesa Cria o Comité de Acção para os Estados Unidos da Europa Trabalha nos projectos de CEE e Euratom Citações «Nousnecoalisons pas des États, nous unissons des hommes.» «La modernisation n'est pas un état de choses, mais un état d'esprit.» «Nousn avons que lechoix entre les changements dans lesquels nous serons entraînés etceux que nous aurons suvouloir et accomplir.» «Si je suis convaincu, alors jefais de mon mieux pour convaincreles autres, mais pas à lalégère. Je me concentre, et je pense que si je n étais pas moi-même convaincu, je n agirais pas.» «Lagrande révolution européenne de notre époque, larévolution qui vise à remplacer les rivalités nationales par une unionde peuples dans laliberté et la diversité, larévolution qui veut permettre un nouvel épanouissement de notrecivilisation, et une nouvellerenaissance, cette révolutiona commencé avec lacommunauté européenne du charbon et de l acier.» «Lorsqu uneidée correspondà lanécessité de l époque, ellecesse d appartenir aux hommes qui l ont inventée et elle est plus forte que ceux qui en ontlacharge.» Objectives The objective of the Jean Monnet Actionisto promote knowledge on European integration. The Jean Monnet Action isa European Commission initiative. It has three main components: 1. stimulating academicexcellencein the field of European integration studies through the support for new teaching, research and debate activities at university level; 2. fostering academic reflection on current policy priorities in the field of European integration via centralised high-level conferences and thematicgroups (bringing together Jean Monnet professors, policy-makers and civil societyin Brussels) and support for decentralised reflection activities all overthe world. 3. supporting major institutions active in the study of European integration. The European Commission's support measures for European integration studies are open to the world. They provide a response to the need for knowledge about European integration and aim to prepare the newgeneration of European affairs specialists. In universities throughout the world, the goal isto give greater visibility, at both international and national levels, to scientific resources and academic activities in the field of European integration and European Union developments. In the framework of the Jean Monnet Action, the term European integration studies is taken to mean the study of the construction of the European Community which led to the European Union and the institutional, legal, political, economic and social developments related to thisprocess. Currently, the JeanMonnet Action finds itslegal basisin Action 3A of Decision No 791/2004/ECof the European Parliament and of the Council of 21 April 2004 establishing a Community action programme to promote bodies active at European level and support specificactivities in the field of education and training (Official Journal of the European Union L 138/31 of ). 1

2 Type of activities The JeanMonnetAction organises thefollowing types of activities: Jean Monnetconferences organised bythe European Commission in Brussels on current policy priorities in thefieldofeuropeanintegration; Support for teaching activities at universities throughthecreationofjean Monnet Chairs and JeanMonnet Chairs ad personam; Jean Monnet teaching Modules andjean MonnetCentres of Excellence; Support for research activities inthe formoftransnational JeanMonnet research groups and academic reflection activities organised by universities and researchcentres; Grants for young researchers; Support for the national associations and networks of lecturers inthe field of Europeanintegration; and Support major institutions active inthe studyof Europeanintegration Between its launchin 1990 and 2004, thejean Monnet Action has funded some 2500 projects inthe field of European integration studies, including 100 Jean Monnet European Centres ofexcellence, 650 Jean Monnet Chairs and 1700 PermanentCourses andeuropeanmodules. The JeanMonnetAction now covers 55 countries throughout the world and nearly750 universities offer Jean Monnet courses as part of their curricula. The JeanMonnetAction also involves a networkof1800 professors, reaching an audience of students every year. Govern ância ança Europeia* *Módulo Europeu Jean Monnet Índice I. Enquadramento sociológico II. Enquadramento normativo III. Enquadramento principial I. Enquadramento sociológico 1. Diagnóstico sociológico da crise 1.1. Métodos qualitativos 1.2. Governância e democracia 1.3. Métodos quantitativos 1.4. Será a ingovernabilidade natural? 1.5. Fontes de ingovernabilidade 1.6. Indicadores de ingovernabilidade 2. A promoção da governância 2.1. Governância e governação 3. O que é a governância? O diagnóstico sociológico da crise* social *Crise: (do grego krísis, pelo latim crise) fase decisiva da doença Sociologia, porquê? Sociologia é a ciência que estuda as sociedades humanas e os processos que interligam os indivíduos em associações, grupos e instituições. Enquanto o indivíduo isolado é estudado pela Psicologia, a Sociologia estuda os fenómenos que ocorrem quando vários indiv íduos se encontram em grupos de tamanhos diversos, e interagem no interior desses grupos. A Sociologia interessa-se pelo comportamento das pessoas enquanto seres sociais; a vida social dos humanos. Os sociólogos querem entender o que une os grupos sociais, mas tamb ém desenvolver um "antídoto" para a desintegração social. 2

3 Sociologia política A sociologia política é o estudo da base social da política. Há quatro grandes temas de investigação na sociologia política contemporânea: 1. a formação social do estado moderno, 2. quem manda"? ou seja como é que as iniquidades entre grupos (classes, raças, géneros, etc.) afectam a política, 3. como é que os movimentos sociais e tendências fora das instituições formais de poder político afectam a política, e 4. poder em grupos pequenos (ex. famílias, locais de trabalho, etc.). O diagnóstico através de métodos qualitativos Este domínio da sociologia também analisa como é que as principais tendências sociais podem afectar o processo político, assim como explora como é que as várias forças sociais trabalham em conjunto para mudar as orientações políticas. Métodos sociológicos A sociologia usa frequentemente métodos quantitativos de pesquisa social (como a estatística) para descrever padrões generalizados nas relações sociais, e para desenvolver modelos que possam ajudar a predizer mudanças sociais e respostas sociais a essas mudanças. Mas em algumas áreas da Sociologia os métodos qualitativos como entrevistas dirigidas, discussões em grupo e métodos etnográficos permitam um melhor entendimento dos processos sociais. Ambos os métodos são complementares. Por exemplo, os métodos quantitativos podem descrever os padrões gerais, enquanto as aproximações qualitativas podem ajudar entender como os indivíduos entendem ou respondem a essas mudanças. Panorama de uma relação conturbada Relação dos destinatários do Direito (actores sociais) com os aplicadores do Direito (servidores do estado) Actores sociais Direito Servidores do estado Remendos Provedor de justiça Livro de reclamações Comissão de acesso aos documentos da administração Recurso hierárquico Recurso contencioso Participação pública Provedor municipal Provedor do cliente desacordo vigoroso (incompetência) empenhamento unilateral (ingratidão) Actores sociais Direito Servidores do estado > desconfiança > desencanto (suspeita de má fé) 3

4 Democracia representativa Que relação há entre governância e democracia? Os sistemas democráticos atravessam uma crise. As democracias modernas já não são puras. A democracia representativa parece exigir que todos os cidadãos sejam tratados por igual, independentemente das suas circunstâncias individuais. No entanto, se pretendemos realizar políticas justas, é precisamente a essas diferenças que devemos atender. (representação de grupos de interesse) (protecção das minorias) Democracia representativa A democracia representativa parece exigir que todas as orientações políticas com expressão social sejam admitidas. No entanto, parece aceitável estabelecer restrições a partidos, associações ou grupos antidemocráticos (fascistas, racistas, sexistas, anti-europeus). (Limites ao pluralismo das democracias) pluralismo Democracia elite do poder A conciliação das exigências contrapostas exige inovações institucionais e mutações na compreensão da democracia. Democracia pluralista A afirmação da diversidade de interesses e crenças da cidadania é uma das mais importantes características da democracias modernas. Nas democracias, o pluralismo é um princ ípio orientador que permite uma coexistência pac ífica de diferentes interesses, convicções e estilos de vida. Diferentemente do totalitarismo e do particularismo, o pluralismo reconhece a diversidade de interesses e considera legítimo que os membros da sociedade se esforcem para a sua realização, que os representem e que os articulem num processo de conflito e diálogo. Democracia da elite do poder A participação democrática não se exerce só através do voto. A sociedade já não é completamente democrática porque o poder está concentrado na mão dos mais poderosos e dos mais ricos. O voto do simples cidadão é irrelevante para mudar o status quo. A democracia já não é o poder da maioria do povo, mas o poder de minorias organizadas. 4

5 O diagnóstico através de métodos quantitativos Métodos sociológicos A sociologia usa frequentemente métodos quantitativos de pesquisa social (como a estatística) para descrever padrões generalizados nas relações sociais, e para desenvolver modelos que possam ajudar a predizer mudanças sociais e respostas sociais a essas mudanças. Mas em algumas áreas da Sociologia os métodos qualitativos como entrevistas dirigidas, discussões em grupo e métodos etnográficos permitam um melhor entendimento dos processos sociais. Ambos os métodos são complementares. Por exemplo, os métodos quantitativos podem descrever os padrões gerais, enquanto as aproximações qualitativas podem ajudar entender como os indivíduos entendem ou respondem a essas mudanças. Level of citizen's confidence in EU institutions The Level of citizen's confidencein each EU institution (European Parliament, European Commission and Council of ministers of the European Union) is expressed as the share of positive opinions (people who declare that they 'tend to trust') about thisinstitution. The remaining categories, not shown in the table, include the percentage of negative opinions (people who declare thatthey 'tend notto trust'), as well as 'don't know' and/or 'no answer'. The data are based on the bi-yearly EuroBarometer, a survey which has been used, since 1973, to monitor the evolution of publicopinion in the Member States. 5

6 New infringement cases brought before the Court of Justice New actions for failure of a Member State to fulfil its obligations brought before the Court of Justice cover actions under Articles 169, 170, 171 and 225 of the EC Treaty (now Articles 226 EC, 227 EC, 228 EC and 298 EC), Articles 141 EA, 142 EA and 143 EA and Article 88 CS. Proceedings for failure to fulfil an obligation enable the Court of Justice to determine whether a Member State has fulfilled its obligations under Community law. An action may be brought by the Commission - as is practically always the case - or by another Member State. TranspositionofCommunity law, by policyarea Theindicatorlooks at the situation of the notification by Member States of the total numberof national measures implementing Directives. The percentage of implemented directives isthe ratio: directives for which measures of implementation have been notified by Member States, divided by directives applicable on the reference date by Member States. Applicable directives are all directives in force (not repealed) that require implementationin the MemberStates' internallegal order (within a deadline orprior to the reference date) irrespective of the fact that they have been implemented by one ormore MemberStates. Voter turnout in national parliamentary elections The number of those who cast a vote or 'turn out' at an election includes those who cast blank or invalid votes. In Belgium, Luxembourg and Greece, voting is compulsory. In Italy, voting is a civic obligation (no penalty). The EU average was estimated by Eurostat on the basis of the trends observed in eachof the Member States. 6

7 Voter turnout in EU parliamentary elections The indicator measures the percentage of the population who cast a vote or turn out at an election in the total population which has got the right to vote.the turnout includes those who cast blank or invalid votes. In Belgium, Luxembourg and Greece, voting is compulsory. In Italy, voting is a civic obligation (no penalty). E-government on-line availability The indicator shows the percentage of the 20 basic services which are fully available online, i.e. for which it is possible to carry out full electronic case handling. For example if in a country 13 of the 20 services were measured as being 100% available on-line and one service was not relevant (e.g. does not exist), the indicator is 13/19 which is 68.4%. Measurement is based on a sample of URLs of public web sites agreed with Member States as relevant for each service. The Data: Coverage, Periodicity and Timeliness Coverage (data characteristics) a) Percentage of individuals (aged 16-74) using the Internet to interact with public authorities (i.e. having used the Internet for one or more of the following activities; obtaining information from public authorities web sites, downloading official forms, sending filled in forms ). The Community Survey on ICT Usage in Households and by Individua ls carried out once a year is currently used as a source. Data for countries other than EU Member States is provided directly by National Statistical Institutes. Data for the United States and Japan have been supplied via the OECD in ratio format with no validation by Eurostat. b) Percentage of enterprises using the Internet to interact with public authorities (obtaini ng information, downloading forms, filling -in web- forms, full electronic case handling).only enterprises with 10 or more persons employed are included. NACE sections D, F, G, H, I, K, O are covered. Data is collected by National Statistical Institutes based on Eurostat s annual model survey on ICT usage and e-commerce in enterprises. For some countries data was provided directly from the respective National Statistic Institutes. c) This indicator measures the on-line availabilityof 20 basic public services. Measurement is based on a sample of URLs agreed withmemberstates as relevant for each service. Native speakers in each language then carry out a web survey to measure the degree ofsophistication of online availability usinga 4 stage classification: (1. Basic Information; 2. One-way Interaction; 3. Two -way Interaction; 4. Full electronic case handling). Around 8,000 URLs are tested, the work undertaken the consultancy company Capgemini Time coverage Data available from 2002 onwards for individual (demand side) data and on -line availability (supply side) and from 2003 for enterprise-based (demand-side) data. Periodicity Timeliness Annual Data are generally delivered to Eurostat in the fourth quarter of the reference year. Access by the Public Advance dissemination of release calendar Simultaneous release to all interested parties Not applicable The data are disseminated simultaneously to all interested parties through a database update and on Eurostat's Structural Indicators website (see above). Integrity 7

8 Dissemination of terms and conditions under which official statistics are produced, including those relating to the confidentiality of individually identifiable information Identification of internal access to data before release Identification of commentary on the occasion of statistical releases Provision of information about revision and advance notice of major changes in methodology Dissemination of documentation on methodology and types of data sources used in preparing statistics update and on Eurostat's Structural Indicators website (see above). Integrity (transparency of practices and procedures) Rules on statistical compilation Not applicable Regulation on statistical confidentiality Council Regulation (CE) No 322/97 of 17 February 1997 (OJ No L 52/1) and Council Regulation (EURATOM, EEC) no 1588/90 of 11 June 1990 on the transmission of the data subject to statistical confidentiality to the Statistical Office of the European Communities (OJ No L 151/ 1) stipulates the detailed rules used for receiving, processing and disseminating the confidential data. Regulation 5197/03, where a defined set of benchmarking indicators using statistical information is to be provided through the ESS. This survey also supplies a number of Structura l Indicators. DG INFSO and DG ENTR receive the data for internal use only, prior to their release to the public. No official comments are made on the occasion of data releases. Data are preliminary when first released and are then subject to revision. For methodological information please see below. Quality (information the user needs to assess data quality) a) The reference methodology used for the survey ICT usage in households and by individuals is being compiled by Eurostat. b) The reference methodology used for the ICT usage in enterpris es sector survey is being compiled by Eurostat. The methodology is also available under the domain Information S ociety/policy Indicators. See also Summary methodology. c) A report from the consultant company is available. E-government usage by individuals Percentage of individuals aged 16 to 74 who have used the Internet, in the last 3 months, for interaction with public authorities (i.e. having used the Internet for one or more of the following activities: obtaining information from public authorities web sites, downloading official forms, sending filled in forms). Dissemination of component detail, reconciliations with related data, and statistical frameworks that support crosschecks and provide assurance of reasonableness See separate collections on ICT usage in households and ICT usage in enterprises in the Information Society collections. Será a (in)governabilidade uma questão natural e inerente ao funcionamento das democracias representativas? A instauração dos regimes democráticos, um avanço civilizacional - fim da arbitrariedade - fim da violação sistemática dos direitos humanos - esperança da construção de uma sociedade justa, próspera e sustentável. o risco de voltar ao passado, como consequência possível de um mau governo, adquire uma dimensão dramática (Alcantara Saez) Fontes da propensão para a (in)governabilidade 1. desfasamento temporal entre a obtenção de um mandato por via eleitoral e a sua transformação em políticas praticáveis (Alcantara Saez) 2. aumento das interdependências, leva a uma fragmentação do poder e consequente desagregação da autoridade (James Rosneau) 3. transições políticas de consolidação democrática, associadas a factores ambientais ou históricos (como uma crise económica e uma tradição de défice democrático) (Alcantara Saez) 8

9 Indicadores da (in)governabilidade Indicadores objectivos: baixos índices de eficácia e de eficiência das decisões políticas Capacidade de alcançar os objectivos propostos Parcimoniosa utiliza ção de recursos Indicadores subjectivos: défice de legitimidade do sistema político Rectroalimentação da crise de (in)governabilidade Aquisição e aplicação do poder de acordo com princípios reconhecidos ou aceites Sinergias negativas Ilegitimidade Ineficácia Ineficiência 9

Legislar melhor : os Estados -membros devem empenhar-se em aplicar efectivamente o direito comunitário

Legislar melhor : os Estados -membros devem empenhar-se em aplicar efectivamente o direito comunitário IP/97/133 Bruxelas, 26 de Novembro de 1997 Legislar melhor : os Estados -membros devem empenhar-se em aplicar efectivamente o direito comunitário A Comissão Europeia adoptou o seu relatório anual sobre

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA?

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? 29.Nov.2013 Financiamento Sector público é a principal fonte de financiamento de cuidados de saúde. Apenas EUA e México apresentam menos de 50% de financiamento

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form 澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 文 化 局 Instituto Cultural 學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表 ( 根 據 學 術 研 究 獎 學 金 規 章 第 九 條 第 一 款 ) Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura

Leia mais

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D.

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. Pró-Reitora de Pós-Graduação / Graduate

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Consultoria em Direito do Trabalho

Consultoria em Direito do Trabalho Consultoria em Direito do Trabalho A Consultoria em Direito do Trabalho desenvolvida pelo Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados compreende dois serviços distintos: consultoria preventiva (o

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

WP8 Quality and Management/Governance National study Portuguese version 2012

WP8 Quality and Management/Governance National study Portuguese version 2012 With the support of the Lifelong Learning Programme of the European Union Identifying Barriers in Promoting the European Standards and Guidelines for Quality Assurance at Institutional Level IBAR Agreement

Leia mais

REGULAMENTO REGULATION

REGULAMENTO REGULATION REGULAMENTO REGULATION Estatuto Editorial Editorial Statement 1. A Revista Portuguesa de Marketing (RPM) é uma revista de cariz científico e académico publicada pelo Instituto Português de Administração

Leia mais

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Catarina Isabel Fonseca Paulos Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses 2005 Esta dissertação

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET 2015 1 e-mail:mario@labma.ufrj.br Tables BR-EMS, mortality experience of the Brazilian Insurance Market, were constructed,

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015)

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015) IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Study Permit (disponible en Portuguese) Study Permit São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This application is made

Leia mais

Mais de 250 milhões de europeus utilizam regularmente a Internet, diz relatório de progresso da Comissão relativo às TIC

Mais de 250 milhões de europeus utilizam regularmente a Internet, diz relatório de progresso da Comissão relativo às TIC IP/08/605 Bruxelas, 18 de Abril de 2008 Mais de 250 milhões de europeus utilizam regularmente a Internet, diz relatório de progresso da Comissão relativo às TIC Mais de metade dos europeus são neste momento

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO UniversityofMinho 1974 (39 years) 2 Campi Campus de Gualtar (380.000 m 2 ) Braga Campus de Azurém (270.000 m 2 ) Guimarães Teaching 53 graduate courses 130 masters courses 22 PhD courses 18.500 students

Leia mais

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores Departamento de Alterações Climáticas, Ar e Ruído (DACAR) Divisão de Poluição Atmosférica e Alterações Climáticas

Leia mais

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Applies to: Any business user who uses the transactions FBL1N and FBL5N to display line item reports for vendors and customers.

Leia mais

Segurança de Documentos na Governação Electrónica

Segurança de Documentos na Governação Electrónica Segurança de Documentos na Governação Electrónica Alexandre Caldas 26th of November 2010 Sumário Modelo de Política Segurança da Informação Segurança e Infra Estruturas Críticas Comunicações Integradas

Leia mais

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica Normalização e interoperabilidade da informação geográfica perspetivas para a formação em Engenharia Geográfica João Catalão Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia Faculdade de Ciências

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional:

Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional: Vantagem de Adesão AMERICAN SOCIETY OF PLASTIC SURGEONS Como se Tornar um Membro Internacional: Se você está ativamente envolvido na prática da Cirurgia Plástica ou Reconstrutiva por menos de três (3)

Leia mais

Implementing and monitoring an. Open Access mandate: the Minho Experience

Implementing and monitoring an. Open Access mandate: the Minho Experience Implementing and monitoring an Open Access mandate: the Minho Experience Eloy Rodrigues eloy@sdum.uminho.pt Agenda Introduction University of Minho Open Access @UMinho Open Access Policy @UMinho: incentive

Leia mais

"Evolução da performance Scoreboard"

Evolução da performance Scoreboard Digital Agenda Going Local, Portugal Lisboa 12.12.2013 "Evolução da performance Scoreboard" Miguel Gonzalez-Sancho European Commission DG Communications Networks, Content and Technology Digital Agenda

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Engenharia de Requisitos Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br O Documento de Requisitos Introdução The requirements for a system are the descriptions

Leia mais

ERASMUS STAFF TRAINING AGREEMENT ACORDO DE FORMAÇÃO DO NÃO DOCENTE ERASMUS

ERASMUS STAFF TRAINING AGREEMENT ACORDO DE FORMAÇÃO DO NÃO DOCENTE ERASMUS Page 1 of 5 Página 1 de 5 ERASMUS TRAINING IN HIGHER EDUCATION INSTITUTIONS FORMAÇÃO EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR ERASMUS TRAINING IN ENTREPRISES FORMAÇÃO EM EMPRESA Academic Year/ Ano Académico /

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Cláudia Sofia da Costa Duarte As Novas Tecnologias como componente da Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Dissertação de Mestrado em

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Prof. Dr. Igor Renato Bertoni Olivares Top 02 in analytical chemistry Impact Factor - 6,6

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!!

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!! Universidade de Aveiro 2012 Departamento de Comunicação e Arte RENATO MIGUEL SILVA COSTA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA Universidade de

Leia mais

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

Leia mais

2012 State of the Industry Survey

2012 State of the Industry Survey 2012 State of the Industry Survey Contact Information Por favor, preencha suas informações de contato (* indicates required information) Nome * Título * Title Razão Social completa da Empresa/Organização

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

ANNUAL REPORT 2011-12-13

ANNUAL REPORT 2011-12-13 ANNUAL REPORT 2011-12-13 Member organizationʼs name: Beraca Sabará Quimicos e Ingredientes - Divisão HPC Main address: Rua Emilia Marengo, 682 segundo andar Jardim Analia Franco, São Paulo SP Brasil CEP

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

WORLD CUP BRAZIL 2014

WORLD CUP BRAZIL 2014 WORLD CUP BRAZIL 2014 Match Date Match Stadium City Cat 1 Cat 2 Cat 3/4 VIP 1 12 jun Brazil vs. Croatia Arena De São Paulo Sao Paulo $2,900 $2,500 $1,800 2 13 jun Mexico vs. Cameroon Estadio Das Dunas

Leia mais

INCLUSÃO DE UMA ALUNA COM AUTISMO PERTENCENTE À COMUNIDADE CIGANA NO ENSINO REGULAR ESTUDO DE CASO NUMA ESCOLA DE VIANA DO CASTELO

INCLUSÃO DE UMA ALUNA COM AUTISMO PERTENCENTE À COMUNIDADE CIGANA NO ENSINO REGULAR ESTUDO DE CASO NUMA ESCOLA DE VIANA DO CASTELO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS CENTRO REGIONAL DE BRAGA INCLUSÃO DE UMA ALUNA COM AUTISMO PERTENCENTE À COMUNIDADE CIGANA NO ENSINO REGULAR ESTUDO DE CASO NUMA ESCOLA DE

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

The Indigenous Population of Brazil 1991 Population Census

The Indigenous Population of Brazil 1991 Population Census The Indigenous Population of Brazil 1991 Population Census Authors: Nilza Oliveira Martins Pereira (principal author), Tereza Cristina Nascimento Araujo, Valéria Beiriz, Antonio Florido- IBGE The definition

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector

SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector Brussels, 12 December 2012 Session 1: Attitudes to Design and Raising Awareness of Design Raising Awareness of a Region s Design Sector Paredes Centre

Leia mais

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES RECURSOS HUMANOS HUMAN RESOURCES . RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO E SELECÇÃO. HUMAN RESOURCES RECRUITMENT AND SELECTION O recrutamento e a situação contratual, no ano em análise, e face ao anterior, caracterizaram-se

Leia mais

RELATÓRIO FINAL (Bolseiros) FINAL REPORT FORM (Fellowships)

RELATÓRIO FINAL (Bolseiros) FINAL REPORT FORM (Fellowships) UNIVERSIDADE DE évora Largo dos Colegiais, N.º 2 Apartado 94 7002-554 ÉVORA PORTUGAL Telefone (telephone): ++351.266.740872/3 Fax: ++351.266.740804 Mail: gia@uevora.pt Internet: http://www.uevora.pt RELATÓRIO

Leia mais

Technical Information

Technical Information Subject Ballast Water Management Plan To whom it may concern Technical Information No. TEC-0648 Date 14 February 2006 In relation to ballast water management plans, we would advise you that according to

Leia mais

Ontology Building Process: The Wine Domain

Ontology Building Process: The Wine Domain Ontology Building Process: The Wine Domain João Graça, Márcio Mourão, Orlando Anunciação, Pedro Monteiro, H. Sofia Pinto, and Virgílio Loureiro Summary Context Ontology Wine Domain Existing Wine Ontologies

Leia mais

Vânia Finholdt Ângelo Leite

Vânia Finholdt Ângelo Leite Vânia Finholdt Ângelo Leite A atuação da coordenação pedagógica em conjunto com os professores no processo de recontextualização da política oficial no 1º ano do Ensino Fundamental no Município do Rio

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE INTERCÂMBIO da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS 1. Favor preencher com letra de forma ou digitar todos os campos em português / inglês. Please complete with block letters or

Leia mais

Modelagem e Simulação de Incêndios. Fire dynamics. Carlos André Vaz Junior

Modelagem e Simulação de Incêndios. Fire dynamics. Carlos André Vaz Junior Modelagem e Simulação de Incêndios Fire dynamics Carlos André Vaz Junior INTRODUÇÃO Fire dynamics is a very quantitative and mathematically complex subject. The term fire dynamics came into common use

Leia mais

Pedro Príncipe. OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Access

Pedro Príncipe. OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Access Pedro Príncipe OpenAIRE e o cumprimento do Projecto Piloto Open Universidade de Coimbra, de 2011 Access do 29 7ºde Junho Programa Tópicos 1.O que é o OpenAIRE 2.Projectos do 7º PQ e a Cláusula Especial

Leia mais

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Introdução Durante as duas últimas semanas de Fevereiro de 21, foi realizado nas instalações do ISMAI um inquérito aos diplomados

Leia mais

Perspectivas nacionais e internacionais sobre as. TIC na escola. Carla Morais e João Paiva

Perspectivas nacionais e internacionais sobre as. TIC na escola. Carla Morais e João Paiva Perspectivas nacionais e internacionais sobre as TIC na escola Carla Morais e João Paiva O que sabemos? Nem dados, nem estatísticas, nem decretos-lei, nem tecnologias mudam verdadeiramente a educação.

Leia mais

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E TECNOLÓGICAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM BANCO DE DADOS JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web ALGUNS EVENTOS E DADOS IMPORTANTES DA INTERNET NO BRASIL E NO MUNDO NO BRASIL Primeira conexão à redes (Bitnet) => Outubro 88 Domínio.br foi registrado

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements: ST. PAUL S SCHOOL CHARITY OF THE YEAR APPLICATION FORM How to apply for funding 1. Application - Requirements and Conditions To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA).

MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA). MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE DE REPROCESSO NO SETOR DE PRODUÇÃO DE CALDOS ALIMENTÍCIOS NA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO (ERA). Poços de Caldas / MG 2014 MARCELO DE LIMA BRAZ REDUÇÃO DA QUANTIDADE

Leia mais

Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015

Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015 Abordagem modular e projectos horizontais Infoday Lisboa, Setembro 2015 um Eixo Prioritário territorial EIXO PRIORITÁRIO 1: Promover as capacidades de inovação no Mediterrâneo para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE

IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE IN THE CIRCUIT COURT FOR ORANGE COUNTY, FLORIDA PROBATE DIVISION IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE Case No / N o do Caso: ANNUAL GUARDIAN ADVOCATE REPORT ANNUAL GUARDIAN ADVOCATE PLAN

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

Young Talent for Sciences Program

Young Talent for Sciences Program 1 Young Talent for Sciences Program J. B. M. Maria, Oliveira P. R. M., Oliveira P. A. W, M. S. Dahmouche, V. Cascon (presenter), V. F. Guimarães and P.C. B. Arantes Fundação CECIERJ Rua Visconde de Niterói,

Leia mais

Isa Silveira Financial Solutions Manager

Isa Silveira Financial Solutions Manager Isa Silveira Financial Solutions Manager Agenda Cisco Capital: New way to do business easylease Low Rate Financing Let s Start Working Together Cisco Confidential 2 Locação Operacional - Financiamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS SECRETARIADO DE CIÊNCIAS DOCUMENTAIS

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS SECRETARIADO DE CIÊNCIAS DOCUMENTAIS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS SECRETARIADO DE CIÊNCIAS DOCUMENTAIS A WEB 2.0 NAS BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS PORTUGUESAS: UM ESTUDO DA IMPLEMENTAÇÃO DO PARADIGMA DA BIBLIOTECA 2.0 Helena Sofia

Leia mais

European Institute of Lisbon Law University/ Instituto Europeu da Faculdade de Direito de Lisboa

European Institute of Lisbon Law University/ Instituto Europeu da Faculdade de Direito de Lisboa European Institute of Lisbon Law University/ Instituto Europeu da Faculdade de Direito de Lisboa Economic Financial and Tax Law Institute of Lisbon Law University/Instituto de Direito Económico Financeiro

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais