OSTEOLOGIA. Osteon osso Logus estudo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OSTEOLOGIA. Osteon osso Logus estudo"

Transcrição

1

2 OSTEOLOGIA Osteon osso Logus estudo

3 Osso Estruturas rígidas e esbranquiçadas que participam da formação do esqueleto Esqueleto Conjunto de ossos e tecido cartilaginoso unidos entre si que dão conformação ao corpo, o protegem e o sustentam.

4 Composição Ossos Cartilagem Funções Sustentação Proteção Movimento Suprimento de células sanguíneas

5 Esqueleto axial Cabeça Pescoço Tronco Esqueleto apendicular MMSS MMII * Cíngulo do MMSS e MMII

6 Segundo a sua disposição topográfica Segundo a forma dos ossos

7 Segundo a sua disposição topográfica Ossos axiais Esqueleto axial Ossos apendiculares Esqueleto apendicular

8 Segundo sua forma Longos Comprimento > largura Geralmente nos membros Epífises, metáfises, diáfise Canal medular

9 Segundo sua forma Alongados Comprimento > largura Não apresentam canal medular Costelas e clavícula

10 Segundo sua forma Curtos Comprimento = largura = espessura Ossos do carpo e do tarso

11 Segundo sua forma Planos Comprimento e largura > espessura Calota craniana e raízes dos membros

12 Segundo sua forma Irregulares Forma irregular Coluna vertebral

13 Segundo sua forma Pneumáticos Apresentam cavidade que contem ar Calota craniana

14 Segundo sua forma Sesamóides Ossos curtos que se desenvolvem no interior dos tendões e que servem para aumentar a função muscular Patela, articulações metacarpo falangeanas e metatarso falangeanas

15 Periósteo Endósteo Medula óssea

16 Coluna vertebral Constituição Cervical - 7 Torácica - 12 Lombar - 5 Sacral - 5 Coccígea 3 ou 4

17 Coluna vertebral Curvaturas Cifoses Lordoses Acidentes

18 Esterno Constituição Corpo Manubrio Processo xifóide

19 Costelas Classificação Verdadeiras - 7 Falsas - 3 Flutuantes - 2

20 Divisão Cíngulo do MI Ilíaco MI demais ossos

21 Ilíaco Ílio Ísquio Pubis Acetábulo

22 intercondilar Femur Epífise proximal: cabeça, colos, trocanteres, fossa intertrocantericas Diáfise: Linha áspera, tuberosidade glútea Epífise distal: condilos, epicôndilos, Fossa

23 Patela Ápice Base Faceta lateral Faceta medial

24 Tíbia Epífise proximal: Condilos, eminencia intercondiliana, TAT Diáfise: Linha do musculo soleo, regiao poplitea Epífise distal: Maleolo

25 Fíbula Epífise proximal: cabeça e colo Diáfise: margem interossea Epífise distal: Maleolo leteral

26 Ossos do tarso Fileira proximal: tálus e calcaneo fileira distal: Navicular, cuboide, cuneiformes Antepé, mediopé, retropé

27 Ossos do metatarso Falanges

28

29

30 ARTROLOGIA Arthros articulação Logus estudo Articulação Local de união entre dois ou mais ossos Articulação simples Articulação composta

31 Função Principal Permitir o movimento e absorver choques Articulação permite o movimento Músculos criam o movimento Ligamentos/cápsulas articular limitam o movimento

32 Articulações fibrosas (sinartroses) Articulações cartilaginosas (anfiartroses) Articulações sinoviais (diartroses) *espécie de material que une os ossos envolvidos na articulação

33 Suturas União extremamente forte Pouco movimento entre si Cranio Ossos sinostosados

34 Sindesmose Ligados por uma membrana interóssea Movimento discreto ou amplo Sindesmose tibio-fibular Sindesmose rádio-ulnar

35 Gonfose Entre o dente e a mandíbula Sem movimentação

36 Suturas Sindesmoses Gonfose

37 Sincondrose Ossos unidos por cartilagem hialina Muitas delas são temporárias subst. por osso Algumas são permanentes - Costelas

38 Sínfises Ossos unidos por cartilagem hialina, mas entre os ossos há um disco fibrocartilaginoso, o que o diferencia das sincondroses Discos absorção de impacto

39 Maior mobilidade Subdivisão: Enartrose Ombro Condilianas Joelho Em sela Calcâneo-cubóide Trocleartroses Umero-ulnar

40 Constituintes Superfícies articulares Cartilagem articular Cápsula Ligamentos Membrana e líq sinovial

41 Dão infromações ao SNC de dor e posicionamento da articulação Classificação Proprioceptores Localizam-se nas cápsula e ligamentos Informações do movimento Ruffini, Paccini, OTG Nociceptores Localizam-se na cápsula, ligamentos e membrana sinovial Informações de dor TNL

42 Localização Informações Ruffini Paccini OTG TNL Cápsula superficial Pressão e direção dos movimentos Capsula profunda Aceleração dos movimentos Ligamentos Posição da articulação Cápsula, Ligamentos, gordura e vasos sanguineos Dor

43

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE NITERÓI CURSO TÉCNICO ALMIR MADEIRA Estrada Caetano Monteiro, 857 Pendotiba. Niterói- RJ Tel: 21994400/21.26202173 (Centro) CURSO: DISCIPLINA: Anatomia e Fisiologia Humana DOCENTE:

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni ANATOMIA HUMANA I Sistema Esquelético Prof. Me. Fabio Milioni FUNÇÕES Sustentação Proteção Auxílio ao movimento Armazenamento de minerais Formação de células sanguíneas 1 CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS Longos

Leia mais

Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária

Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária Unic - Universidade de Cuiabá Faculdade de medicina veterinária - 1 - Disciplina de Ciências Morfofuncionais Aplicadas a Medicina Veterinária I Exercícios Práticos de Anatomia Veterinária SUMÁRIO - 2 -

Leia mais

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO 1. Quais as funções do esqueleto? 2. Explique que tipo de tecido forma os ossos e como eles são ao mesmo tempo rígidos e flexíveis. 3. Quais são as células ósseas e como

Leia mais

Constituição do Esqueleto

Constituição do Esqueleto O ESQUELETO HUMANO Funções do Esqueleto O esqueleto humano constitui a estrutura que dá apoio ao corpo, protege os órgãos internos e assegura a realização dos movimentos, juntamente com o sistema muscular.

Leia mais

Esqueleto apendicular

Esqueleto apendicular 2010 Esqueleto apendicular http://www.imagingonline.com.br/ Esse capítulo enfoca os ossos que formam os esqueletos apendiculares superiores, inferiores e seus respectivos cíngulos.. No final do capítulo,

Leia mais

ARTICULAÇÕES por Dra. Kaori Nakano

ARTICULAÇÕES por Dra. Kaori Nakano ARTICULAÇÕES por Dra. Kaori Nakano A articulação é formada pela coaptação de dois ossos com o auxílio de músculos esqueléticos, ligamentos e cápsula articular. Para uma melhor compreensão é necessário

Leia mais

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Osteologia Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Ossos Ossos são orgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros por meio de junturas ou articulações, constituem o esqueleto.

Leia mais

Hermann Blumenau Técnico em Saúde Bucal Anatomia e Fisiologia Geral SISTEMA ESQUELÉTICO. Professor: Bruno Aleixo Venturi

Hermann Blumenau Técnico em Saúde Bucal Anatomia e Fisiologia Geral SISTEMA ESQUELÉTICO. Professor: Bruno Aleixo Venturi Hermann Blumenau Técnico em Saúde Bucal Anatomia e Fisiologia Geral SISTEMA ESQUELÉTICO Professor: Bruno Aleixo Venturi CONCEITOS Esqueleto: conjunto de ossos, cartilagens e articulações que se interligam

Leia mais

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado.

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado. Aulas 2 e 3 Tema: Sistema esquelético Objetivos Mediar os conhecimentos científicos dos conteúdos propostos para que o aluno seja capaz de: Identificar a estrutura geral do Esqueleto Humano; Identificar

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano Anatomia Geral 1 Filogênese e Ontogênese Humanas 1.1 Filogênese Humana 2 1.2 Ontogênese Humana: Visão Geral, Fecundação e Estágios Iniciais do Desenvolvimento 4 1.3 Gastrulação, Neurulação e Formação dos

Leia mais

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA Prof. Rodrigo Aguiar O sistema músculo-esquelético é formado por ossos, articulações, músculos, tendões, nervos periféricos e partes moles adjacentes. Em grande

Leia mais

BIOMECÂNICA ARTICULAR

BIOMECÂNICA ARTICULAR Biomecânica das Articulações Humanas As articulações efectuam a junção entre dois ou mais ossos do esqueleto humano. As suas principais funções incluem: Permitir ou inibir o movimento numa dada direcção.

Leia mais

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Composto de ossos, músculos, cartilagem, ligamentos e fáscia, proporcionando ao corpo, com sua armação estrutural uma caixa

Leia mais

Prof André Montillo www.montillo.com.br

Prof André Montillo www.montillo.com.br Prof André Montillo www.montillo.com.br Qual é a Menor Unidade Viva? Célula Qual é a Menor Unidade Viva? Tecidos Órgãos Aparelhos Sistemas Célula Células Tecidos Órgãos Sistemas ou Aparelhos Sistemas ou

Leia mais

Artrologia. Articulação é a junção de dois ossos. Podem ser classificadas em:

Artrologia. Articulação é a junção de dois ossos. Podem ser classificadas em: 58 Artrologia Articulação é a junção de dois ossos. Podem ser classificadas em: Fibrosas (Sinartrose) As articulações fibrosas incluem todas as articulações nas quais os ossos são mantidos por tecido conjuntivo

Leia mais

Adutores da Coxa. Provas de função muscular MMII. Adutor Longo. Adutor Curto. Graduação de força muscular

Adutores da Coxa. Provas de função muscular MMII. Adutor Longo. Adutor Curto. Graduação de força muscular Provas de função muscular MMII Graduação de força muscular Grau 0:Consiste me palpar o músculo avaliado e encontrar como resposta ausência de contração muscular. Grau 1:Ao palpar o músculo a ser avaliado

Leia mais

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Questão Qual é a melhor atividade física para o aumento da densidade óssea em todo o corpo? Natação? Corrida? Tênis?

Leia mais

METADE CAUDAL DA BASE DO CRÂNIO. Vista Ventral

METADE CAUDAL DA BASE DO CRÂNIO. Vista Ventral METADE CAUDAL DA BASE DO CRÂNIO Vista Ventral 7 0 9 8 7. Côndilo do occipital;. Forame Magno;. Processo Paracondilar;. Temporal;. Forame Supraorbital;. Bula Timpânica; 7. Vômer; 8. Zigomático; 9. Asa do

Leia mais

OSTEOLOGIA. Prof. MSc. Cristiano Rosa de Moura Médico Veterinário

OSTEOLOGIA. Prof. MSc. Cristiano Rosa de Moura Médico Veterinário UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I OSTEOLOGIA Prof. MSc. Cristiano Rosa

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA EB 23S DE CAMINHA CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO GESTÃO DESPORTIVA ESTUDO DO MOVIMENTO HISTOLOGIA 2011/12 PROFESSOR PEDRO CÂMARA FUNÇÕES FUNÇÕES DOS S MECÂNICA SUPORTE DUREZA ARQUITECTURA INTERNA MOVIMENTO

Leia mais

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol A locomoção depende da ação conjunta e integrada dos ossos e dos músculos; Os seres humanos tem coluna vertebral, que é o eixo do nosso esqueleto interno; O esqueleto

Leia mais

CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira

CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira CAPÍTULO 02- ERGONOMIA Prof. Mauro Ferreira NOÇÕES BÁSICAS DE ANATOMIA E FISIOLOGIA Identificação das Limitações do Organismo Humano Sabendo-se que a Ergonomia tem por objetivo adequar o trabalho às características

Leia mais

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano O esqueleto FOTOS: ROGER HARRIS / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Como saber se um esqueleto é de homem ou de mulher? Que funções

Leia mais

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano.

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano. Anatomia Humana Sistema Esquelético Ed. Física Prof. Cláudio Costa Osteologia: É o estudo dos ossos. Composição do Sistema Ósseo: 206 peças duras, resistentes e flexíveis chamadas ossos, pelas cartilagens

Leia mais

SISTEMA OSTEOARTICULAR II ESQUELETO AXIAL: COLUNA VERTEBRAL E CAIXA TORÁCICA SUMÁRIO

SISTEMA OSTEOARTICULAR II ESQUELETO AXIAL: COLUNA VERTEBRAL E CAIXA TORÁCICA SUMÁRIO SISTEMA OSTEOARTICULAR II ESQUELETO AXIAL: COLUNA VERTEBRAL E CAIXA TORÁCICA SUMÁRIO I COLUNA VERTEBRAL 1 Os constituintes da coluna vertebral: 7 vértebras cervicais, 12 vértebras torácicas, 5 vértebras

Leia mais

Anatomia Humana. Prof. Adriano

Anatomia Humana. Prof. Adriano ANATOMIA HUMANA 2 Caro(a) Aluno (a), este material serve apenas como roteiro de aula e material de apoio, não substitui os livros didáticos relacionados no plano de ensino da disciplina. Portanto, para

Leia mais

Sistema Esquelético CAPÍTULO OBJETIVOS

Sistema Esquelético CAPÍTULO OBJETIVOS CAPÍTULO 2 Sistema Esquelético OBJETIVOS Conceituar osso do ponto de vista de sua constituição, discriminando os elementos formadores Conceituar osso desde o ponto de vista biomecânico, sem deixar de se

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES TERMOS DIRECCIONAIS EB 23S DE CAMINHA CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO GESTÃO DESPORTIVA ESTUDO DO MOVIMENTO TÓRAX POSIÇÃO DESCRITIVA ANATÓMICA PLANOS DESCRITIVOS PLANO SAGITAL PLANO HORIZONTAL INFERIOR ANTERIOR

Leia mais

Os membros superiores são formados por quatro segmentos ósseos, que apresentamos a seguir. Todos os ossos desses segmentos são pares.

Os membros superiores são formados por quatro segmentos ósseos, que apresentamos a seguir. Todos os ossos desses segmentos são pares. ESQUELETO APENDICULAR O Esqueleto Apendicular corresponde às regiões dos membros superiores e inferiores. Estudaremos inicialmente a osteologia, artrologia e miologia dos membros superiores e, posteriormente,

Leia mais

ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I

ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I ROTEIRO DE AULAS PRÁTICAS DEPARTAMENTO DE ANATOMIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - 1 - AUTORES José Otávio Guedes Junqueira Professor

Leia mais

Sistema ósseo. Funções

Sistema ósseo. Funções Anatomia comparada INTRODUÇÃO Conceito:Anatomia é o ramo da ciência que trata da forma e estrutura dos organismos. Etmologicamente,, Anatomia significa cortar separando ou dissociando as partes do corpo.

Leia mais

www.josegoe s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1

www.josegoe s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1 Página 1 01. Ossos da coluna vertebral A coluna vertebral é formada por um número de 33 ossos chamados vértebras. Estas se diferenciam pela sua forma e função. Vértebras semelhantes se agrupam em regiões

Leia mais

Osteologia. http://www.imagingonline.com.br/

Osteologia. http://www.imagingonline.com.br/ 2010 Osteologia http://www.imagingonline.com.br/ Esse capítulo desenvolve os conceitos gerais em osteologia. O estudo das partes do esqueleto será realizado em capítulos a parte (capítulo 3 esqueleto axial;

Leia mais

Anatomia do joelho. Introdução

Anatomia do joelho. Introdução Introdução Didaticamente o joelho é dividido em duas articulações distintas: uma entre o fêmur e a tíbia chamada de fêmoro-tibial (AFT) e outra entre o F6emur e a patela denominada fêmoro-patelar. É a

Leia mais

21/08/2013 *INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS *OSTEOLOGIA. Conceito. Tipos de Anatomia. Tipos de Anatomia

21/08/2013 *INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS *OSTEOLOGIA. Conceito. Tipos de Anatomia. Tipos de Anatomia *INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS *OSTEOLOGIA Valdirene Zabot valdirene@unochapeco.edu.br Conceito Anatomia é o ramo da ciência que trata da forma e estrutura dos organismos. Etmologicamente,

Leia mais

Osteologia. denominam cervicais; a primeira se chama atlas e a segunda áxis.

Osteologia. denominam cervicais; a primeira se chama atlas e a segunda áxis. 23 Osteologia denominam cervicais; a primeira se chama atlas e a segunda áxis. O Esqueleto A função mais importante do esqueleto é sustentar a totalidade do corpo e dar-lhe forma. Torna possível a locomoção

Leia mais

ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR

ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR Profa. Elen H. Miyabara elenm@usp.br OSSOS DO MEMBRO INFERIOR OSSOS DO QUADRIL FÊMUR

Leia mais

NOME. Fichas de Estudo

NOME. Fichas de Estudo NOME Fichas de Estudo O ESQUELETO OS OSSOS Conhecer a constituição dos ossos, como se formam As partes duras que o homem tem no interior do seu corpo chama-se ossos. O conjunto de todos os ossos forma

Leia mais

É responsável pelo movimento do corpo

É responsável pelo movimento do corpo É responsável pelo movimento do corpo O sistema locomotor é formado pelos ossos, músculos e articulações. O sistema esquelético sustenta, protege os órgãos internos, armazena minerais e íons e produz células

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 14 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP ACREDITE EM VOCÊ Profª Elaine Terroso Esse material foi elaborado

Leia mais

Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para :

Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para : JOELHO JOELHO RM do Joelho Possibilita excelente avaliação e análise morfológica, com diferenciação espontânea para : ligamentos, meniscos e tendões músculos, vasos e tecido adiposo osso cortical ( hipointenso

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Ossos Resumo da aula Classificação Estrutura óssea Funções Remodelagem Cargas Torque/ Momento Stress em função da Geometria Óssea Resumo da aula Esqueleto axial

Leia mais

Afecções Ósseas. Faculdade de Medicina Veterinária Diagnóstico por Imagens. Profª Anna Paula Balesdent Prof. Rodrigo Cruz

Afecções Ósseas. Faculdade de Medicina Veterinária Diagnóstico por Imagens. Profª Anna Paula Balesdent Prof. Rodrigo Cruz Afecções Ósseas Faculdade de Medicina Veterinária Diagnóstico por Imagens Profª Anna Paula Balesdent Prof. Rodrigo Cruz Definição estados patológicos que se manifestam sobre o esqueleto apendicular e axial

Leia mais

ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS. Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada.

ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS. Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada. ANATOMIA I Profª Ingrid Frederico Barreto ICA 1 ESTUDO DIRIGIDO: OSSOS Objetivo: Ajudar o estudante a rever os conteúdos de forma aplicada. 1. Liste todos os ossos do esqueleto axial. 2. Liste todos os

Leia mais

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos Sugestões de atividades Unidade 6 Locomoção ossos e músculos 8 CIÊNCIAS 1 Esqueleto humano 1. Observe a ilustração do esqueleto humano. Dê exemplos dos seguintes tipos de ossos que existem no corpo humano

Leia mais

ARTICULAÇÕES DO TORNOZELO E PÉ ARTICULAÇÃO DO TORNOZELO E PÉ

ARTICULAÇÕES DO TORNOZELO E PÉ ARTICULAÇÃO DO TORNOZELO E PÉ ARTICULAÇÕES DO TORNOZELO E PÉ ARTICULAÇÃO DO TORNOZELO E PÉ TORNOZELO-PÉ Ajuste à superfícies irregulares; Estabilização do membro inferior; Absorver impactos; Impulsionar o corpo. Composto por : 34 articulações;

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (CORE) Educador Silvio Pecoraro

CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (CORE) Educador Silvio Pecoraro CERTIFICAÇÃO EM TREINAMENTO FUNCIONAL (CORE) Educador Silvio Pecoraro Quais as características do Treinamento Funcional? Desenvolver e melhorar as capacidades físicas através de estímulos que proporcionam

Leia mais

APOSTILA DE ANATOMIA I

APOSTILA DE ANATOMIA I FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE MEDICINA VETERINÁRIA APOSTILA DE ANATOMIA I PROF. DANIEL HERBERT DE MENEZES ALVES MEDICO VETERINÁRIO MONTES CLAROS/MG Oração do Cadáver Ao curvar-se sobre

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior

ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior Forma a porção ventral da cintura escapular. Osso longo com formato de S itálico alongado, situado quase que horizontalmente logo acima da primeira costela.

Leia mais

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETÁRIA DE GESTÃO E ORÇAMENTO Visando a aquisição de equipamentos para laboratório - Pregão 56/2010 Processo nº 23402.001770/2010-22 Empenho Entrega

Leia mais

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano Verificamos um exemplo, da operária, de como é importante para o profissional de Segurança e Higiene do Trabalho conhecer as limitações do corpo humano e como este pode se sobrecarregar, com o intuito

Leia mais

ANATOMIA DO JOELHO. ESTRUTURAS IMPORTANTES - Ossos e articulações - Ligamentos e tendões

ANATOMIA DO JOELHO. ESTRUTURAS IMPORTANTES - Ossos e articulações - Ligamentos e tendões ANATOMIA DO JOELHO INTRODUÇÃO Para uma melhor compreensão de como os problemas ocorrem é importante algum conhecimento da anatomia da articulação do joelho e como as partes se relacionam para manter uma

Leia mais

Artrologia Introdução

Artrologia Introdução Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Artrologia Introdução Prof. Adj. Dr. Yuri Karaccas de Carvalho Anatomia Descritiva Animal I Objetivos da Aula Definição de Articulação Importância

Leia mais

OSTEOLOGIA. É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma

OSTEOLOGIA. É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma OSTEOLOGIA Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional I juliana.pinheiro@kroton.com.br Osso É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma Ele cresce e está sujeito à doença Torna-se

Leia mais

Apostila de Anatomia do Pé Biomecânica Básica

Apostila de Anatomia do Pé Biomecânica Básica Apostila de Anatomia do Pé Biomecânica Básica Anatomia e Biomecânica de MMII 4 Curso de Especialização em Podologia SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA...7 1.1 Introdução...7 1.2 Nomenclatura

Leia mais

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE)

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) DESCRIÇÃO: Aulas interativas ao vivo pela internet. Participe ao vivo, respondendo as enquetes e enviando suas perguntas. Vale pontos para a Revalidação

Leia mais

ANATOMIA ANA = EM PARTES TOMEIN = CORTAR

ANATOMIA ANA = EM PARTES TOMEIN = CORTAR ANATOMIA HUMANA ANATOMIA ANA = EM PARTES TOMEIN = CORTAR VARIAÇÃO ANATÔMICA Variação anatômica são variações que existem externamente e internamente de indivíduo para indivíduo sem causar prejuízo funcional

Leia mais

Tabela Fundamental de indenizações. Portaria nº 4-11/06/59. CABEÇA. a) Crânio e face.

Tabela Fundamental de indenizações. Portaria nº 4-11/06/59. CABEÇA. a) Crânio e face. Tabela Fundamental de indenizações. Portaria nº 4-11/06/59. CABEÇA a) Crânio e face. A classificação será feita aplicando-se os critérios relativos ao prejuízo estético alterações psíquicas e neurológicas

Leia mais

Anatomia - Coluna Cervical

Anatomia - Coluna Cervical Anatomia - Coluna Cervical C1 e C2 diferem das demais vértebras da coluna por particularidades anatômicas. Massas laterais. Dente do áxis. Coluna Cervical Alta Ligamento do ápice do dente Ligamento alar

Leia mais

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V 1 Pronação A pronação corresponde ao movimento que coloca a face palmar da mão virada para trás, colocando o 1º dedo (polegar) da mão mais próximo do plano sagital. Supinação A supinação corresponde ao

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Nutrição (04) Ano: 2013 Semestre: 1 Período: 1 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE FRAIBURGO 4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS OBJETO: Credenciamento de empresas do ramo interessadas na prestação de serviços de consultas

Leia mais

DIÂMETRO ÓSSEO. Prof.Moisés Mendes

DIÂMETRO ÓSSEO. Prof.Moisés Mendes DIÂMETRO ÓSSEO INTRODUÇÃO CONCEITO: É definido pela menor distância entre duas extremidades ósseas. FINALIDADES: São usadas para determinar a constituição física,para fins ergonômicos,para fins de assimetria

Leia mais

COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL

COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 8 Padrão FCI 5 28/10/2009 Padrão Oficial da Raça COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE

Leia mais

AVALIAÇÃO POSTURAL. Figura 1 - Alterações Posturais com a idade. 1. Desenvolvimento Postural

AVALIAÇÃO POSTURAL. Figura 1 - Alterações Posturais com a idade. 1. Desenvolvimento Postural AVALIAÇÃO POSTURAL 1. Desenvolvimento Postural Vantagens e desvantagens da postura ereta; Curvas primárias da coluna vertebral; Curvas Secundárias da coluna vertebral; Alterações posturais com a idade.

Leia mais

LOCAL Coordenação - sala 2001 ÁREA 16m 2

LOCAL Coordenação - sala 2001 ÁREA 16m 2 LABORATÓRIO Anatomia Humana - Saguão ÁREA 40,5m 2 4 luminárias espelhadas, com 2 lâmpadas fluorescentes em cada. Entrada envidraçada com esquadrias (3x2,95m), a qual permite entrada de luz solar e ar exterior.

Leia mais

4. Estimativa do número de indivíduos

4. Estimativa do número de indivíduos 4. Estimativa do número de indivíduos 4.1. Número mínimo de indivíduos Num enterramento secundário, no qual frequentemente os ossos estão desarticulados, o esqueleto perde a sua individualidade misturando-se

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA. Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA. Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO: 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA QUESTÃO 21 Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO: a) O politrauma é a uma das principais causas

Leia mais

COCKER SPANIEL INGLÊS

COCKER SPANIEL INGLÊS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 8 Padrão FCI 5 28/11/2003 Padrão Oficial da Raça COCKER SPANIEL INGLÊS ENGLISH COCKER SPANIEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE

Leia mais

Anatomia óssea do pé. http://www.imagingonline.com.br/

Anatomia óssea do pé. http://www.imagingonline.com.br/ 2010 Anatomia óssea do pé http://www.imagingonline.com.br/ A estrutura óssea do pé é composta de diversos ossos e articulações, facilitando sua adaptação aos diferentes tipos de terrenos. Sua construção

Leia mais

Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação)

Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação) Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação) Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Júnior TORNOZELO Dorsiflexão: Tibial Anterior O = côndilo lateral da tíbia I =

Leia mais

3.2 A coluna vertebral

3.2 A coluna vertebral 73 3.2 A coluna vertebral De acordo com COUTO (1995), o corpo é dividido em cabeça, tronco e membros; unindo porção superior e a porção inferior do corpo temos o tronco, e no tronco, a única estrutura

Leia mais

Conteúdo do curso de massagem sueca na Bergqvist Massagem e Treinamento

Conteúdo do curso de massagem sueca na Bergqvist Massagem e Treinamento Conteúdo do curso de massagem sueca na Bergqvist Massagem e Treinamento Prática Massagem sueca Per Henrik Ling fundou a massagem sueca no século 19 depois de estudar as massagens antigas da Grécia e do

Leia mais

Prp. Palmilhas para Reprogramação Postural. Pés. A Base da Boa Postura. João Elias Saad

Prp. Palmilhas para Reprogramação Postural. Pés. A Base da Boa Postura. João Elias Saad Prp. Palmilhas para Reprogramação Postural Pés A Base da Boa Postura João Elias Saad A influência dos pés na estruturação da postura corporal e utilização da palmilha proprioceptiva na prevenção e reprogramação

Leia mais

BIOMECÂNICA DO IMPACTO

BIOMECÂNICA DO IMPACTO Biomecânica da Lesão na Coluna Vertebral: A coluna vertebral é formada por um conjunto de 24 vértebras das quais: 7 são designadas por vértebras cervicais (C1-C7) e localizam-se na região superior da coluna.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Biomedicina (17) Ano: 2013 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

AVALIAÇÃO POSTURAL. Rodacki

AVALIAÇÃO POSTURAL. Rodacki AVALIAÇÃO POSTURAL Rodacki POSTURA IDEAL Estado de equilíbrio osteo-mio-articular o qual protege as estruturas de suporte contra lesões ou deformidades progressivas independente da posição fisica. Academy

Leia mais

Banco de imagens Aparelho locomotor Semiologia Médica II. Espondilite Anquilosante

Banco de imagens Aparelho locomotor Semiologia Médica II. Espondilite Anquilosante Banco de imagens Aparelho locomotor Semiologia Médica II Espondilite Anquilosante Espondilite Anquilosante É uma doença de caráter inflamatório, crônico e progressivo que afeta primariamente as articulações

Leia mais

JOELHO. Introdução. Carla Cristina Douglas Pereira Edna Moreira Eduarda Biondi Josiara Leticia Juliana Motta Marcella Pelógia Thiago Alvarenga

JOELHO. Introdução. Carla Cristina Douglas Pereira Edna Moreira Eduarda Biondi Josiara Leticia Juliana Motta Marcella Pelógia Thiago Alvarenga JOELHO Carla Cristina Douglas Pereira Edna Moreira Eduarda Biondi Josiara Leticia Juliana Motta Marcella Pelógia Thiago Alvarenga Introdução Articulação muito frágil do ponto de vista mecânico e está propensa

Leia mais

rofissionalização de A E Cadernos do Aluno INSTRUMENTALIZANDO A AÇÃO PROFISSIONAL

rofissionalização de A E Cadernos do Aluno INSTRUMENTALIZANDO A AÇÃO PROFISSIONAL P rofissionalização de A E uxiliares de nfermagem Cadernos do Aluno INSTRUMENTALIZANDO A AÇÃO PROFISSIONAL 1 Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de

Leia mais

Jorge Storniolo. Henrique Bianchi. Reunião Locomotion 18/03/2013

Jorge Storniolo. Henrique Bianchi. Reunião Locomotion 18/03/2013 Jorge Storniolo Henrique Bianchi Reunião Locomotion 18/03/2013 Histórico Conceito Cuidados Protocolos Prática Antiguidade: Gregos e egípcios estudavam e observavam as relações de medidas entre diversas

Leia mais

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 2. (Ossos, Articulações,Musculos) Conhecendo os ossos e o sistema esquelético

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 2. (Ossos, Articulações,Musculos) Conhecendo os ossos e o sistema esquelético Anatomia- Prof: Renato de Oliveira Capitulo 2 (Ossos, Articulações,Musculos) Conhecendo os ossos e o sistema esquelético Apesar de seu aspecto simples, o osso possui funções bastante complexas e vitais

Leia mais

O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS

O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS...é um conjunto de conhecimentos relativos ao homem e necessários à concepção de instrumentos, máquinas e dispositivos

Leia mais

ANATOMIA HUMANA UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA

ANATOMIA HUMANA UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA ANATOMIA HUMANA UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA 1.1. GENERALIDADES No seu conceito mais amplo, a Anatomia é a ciência que estuda, macro e microscopicamente, a constituição e o desenvolvimento

Leia mais

CURVA DE VELOCIDADE DE CRESCIMENTO E ESTÁGIOS DE OSSIFICAÇÃO

CURVA DE VELOCIDADE DE CRESCIMENTO E ESTÁGIOS DE OSSIFICAÇÃO CURVA DE VELOCIDADE DE CRESCIMENTO E ESTÁGIOS DE OSSIFICAÇÃO Estimativa do crescimento normal A previsão da direção, do período, e da quantidade de crescimento residual na face de uma criança é importante

Leia mais

Articulações OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL 1º SEGMENTO CINTURA PÉLVICA OSSO DO QUADRIL. Membro Inferior.

Articulações OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL 1º SEGMENTO CINTURA PÉLVICA OSSO DO QUADRIL. Membro Inferior. Membro Inferior Marcelo Marques Soares Prof. Didi Articulações Membro Inferior 1 Segmento - Cintura Pélvica 2 Segmento - Coxa e PATELA 3 Segmento - Perna (Medial) e FÍBULA (Lateral) 4 Segmento - Pé TARSO,

Leia mais

Residência em Ortopedia e Traumatologia

Residência em Ortopedia e Traumatologia Residência em Ortopedia e Traumatologia FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG NOVO COLEGA DR. ARTUR CRUZ 05 MAIO - 2008 CURSO AO RIO GRANDE 27º NÚMERO UNIDADE DO TRAUMA TELEFONES DA URGENCIA

Leia mais

ANATOMIA DAS AVES PROF. MARCOS FABIO. www.centrodepesquisasavicolas.com.br. marcosfabiovet@uol.com.br. www.centrodepesquisasavicolas.com.

ANATOMIA DAS AVES PROF. MARCOS FABIO. www.centrodepesquisasavicolas.com.br. marcosfabiovet@uol.com.br. www.centrodepesquisasavicolas.com. ANATOMIA DAS AVES PROF. MARCOS FABIO marcosfabiovet@uol.com.br Introdução 8.500 espécies de aves da Terra Archaeopteryx (asa antiga) Adaptação a todos os tipos de habitat Excelentes planadores / nadadores

Leia mais

PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1. convexidade e seio sagital superior

PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1. convexidade e seio sagital superior 1 de 37 PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1 1. RM Crânio Isquemia Aguda Sequências Mínimas Obrigatórias Contraste da imagem Cobertura anatômica Resolução espacial Sagital T1

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO DEFINIÇÃO:

SISTEMA DIGESTÓRIO DEFINIÇÃO: SISTEMA DIGESTÓRIO DEFINIÇÃO: CONJUNTO DE ÓRGÃOS FORMANDO UM CANAL ALIMENTAR COM A FINALIDADE DE NUTRIÇÃO DO ORGANISMO. FUNÇÕES: Sistema Digestório INSERÇÃO MASTIGAÇÃO DEGLUTIÇÃO DIGESTÃO ABSORÇÃO EXCREÇÃO

Leia mais

2. ANATOMIA. Fig.2.1 Coluna Vertebral (SOBOTTA, 1999, p.2).

2. ANATOMIA. Fig.2.1 Coluna Vertebral (SOBOTTA, 1999, p.2). 1. INTRODUÇÃO A hérnia discal lombar afeta episodicamente cerca de 75% da população na maioria dos países industrializados (TOSCANO, 2001). As doenças que afetam o sistema músculo esquelético, nos Estados

Leia mais

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR Os ossos dos membros superiores podem ser divididos em quatro segmentos: Cintura Escapular - Clavícula e Escápula Braço - Úmero Antebraço - Rádio e Ulna Mão - Ossos da Mão CLAVÍCULA

Leia mais

TR-PROCAD Nº TR ESPECIFICAÇÃO QTDE CAMA DE FAWLER ELÉTRICA C/ GRADE ESMALTADA E RODÍZIOS

TR-PROCAD Nº TR ESPECIFICAÇÃO QTDE CAMA DE FAWLER ELÉTRICA C/ GRADE ESMALTADA E RODÍZIOS TR-PROCAD Nº TR ESPECIFICAÇÃO QTDE CAMA DE FAWLER ELÉTRICA C/ GRADE ESMALTADA E RODÍZIOS Possua movimentos de elevação do leito, elevação da cabeceira (posição de Fawler), elevação da parte dos pés da

Leia mais

Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim

Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim Cabeça do fêmur com o acetábulo Articulação sinovial, esferóide e triaxial. Semelhante a articulação do ombro, porém com menor ADM e mais estável. Cápsula articular

Leia mais

EDITAL Nº 12/2014 PROVA DE TÉCNICO EM IMOBILIZAÇÃO

EDITAL Nº 12/2014 PROVA DE TÉCNICO EM IMOBILIZAÇÃO SELEÇÃO PÚBLICA PARA A CONTRATAÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE EDITAL Nº 12/2014 PROVA DE TÉCNICO EM IMOBILIZAÇÃO PROVA OBJETIVA DATA: 13 DE ABRIL DE 2014 DURAÇÃO: 03 horas

Leia mais

Imagem da Semana: Radiografia e Ressonância Magnética (RM)

Imagem da Semana: Radiografia e Ressonância Magnética (RM) Imagem da Semana: Radiografia e Ressonância Magnética (RM) Imagem 01. Radiografia anteroposterior do terço proximal da perna esquerda. Imagem 02. Ressonância magnética do mesmo paciente, no plano coronal

Leia mais

Sistema Esquelético. Fisiologia Humana Prof. Msd. Sandro de Souza

Sistema Esquelético. Fisiologia Humana Prof. Msd. Sandro de Souza Sistema Esquelético Fisiologia Humana Prof. Msd. Sandro de Souza Funções do Sistema Esquelético Alavanca para os Movimentos Humanos Sustentação para os Movimentos Humanos Proteção dos Órgãos e tecidos

Leia mais