ERRATA 5. DO CUMPRIMENTO DA SENTENÇA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ERRATA 5. DO CUMPRIMENTO DA SENTENÇA"

Transcrição

1 EDITORA JUSPODIVM ERRATA Doutrina» Volume Único Escrevente Técnico Judiciário TJSP (todas as disciplinas) 1ª edição Autores: Flávia Cristina, Lucas Pavione e Júlio Cesar Franceschet Na parte de Direito Processual Civil, no capítulo IV, deve ser considerado o item 5 abaixo (referente aos arts. 513 a 538 do Código de Processo Civil) 5. DO CUMPRIMENTO DA SENTENÇA Finda a fase de liquidação ou, se desnecessária, após a prolação da sentença sem pendência de efeito suspensivo de recurso (execução provisória) ou com o seu trânsito em julgado (execução definitiva), passa-se à sua fase de cumprimento segundo as regras deste Título, observando-se, no que couber e conforme a natureza da obrigação, o disposto no Livro II da Parte Especial desde Código (do processo de execução) (art. 513), sempre a requerimento do exequente ( 1º). Já o 2º determina a intimação do devedor, pelas seguintes modalidades: i) Diário da Justiça, na pessoa de seu advogado constituído nos autos; ii) carta com aviso de recebimento, quando representado pela Defensoria Pública ou quando não tiver procurador constituído nos autos, ressalvada a hipótese do inciso IV; iii) meio eletrônico, quando, no caso do 1º do art. 246 (cadastro eletrônico), não tiver procurador constituído nos autos; iv) edital, quando, citado na forma do art. 256, tiver sido revel na fase de conhecimento. Regras especiais do Novo CPC/15 (art. 513): i) caso o requerimento de cumprimento da sentença seja formulado após 1 (um) ano do seu trânsito em julgado, a intimação será feita na pessoa do devedor, por meio de carta com aviso de recebimento encaminhada ao endereço constante dos autos, considerando-se efetivada a intimação no caso de mudança de endereço não informada nos autos ( 4º); ii) o cumprimento da sentença não poderá ser promovido em face do fiador, do coobrigado ou do corresponsável que não tiver participado da fase de conhecimento ( 5º). O executado terá o prazo de 15 (quinze) dias para pagar o débito, acrescido de custas, se houver (art. 523), sendo que o não pagamento voluntário, no prazo, implicará no acréscimo de multa de dez por cento e, também, de honorários de advogado de dez por cento ( 1º), incidentes apenas sobre a parcela remanescente no caso de pagamento parcial ( 2º), bem como na expedição, desde logo, do mandado de penhora e avaliação, seguindo-se os atos de expropriação ( 3º).

2 A petição na qual se pede o cumprimento definitivo da sentença deve vir instruída com demonstrativo discriminado e atualizado do crédito (art. 524), devendo conter os seguintes itens (incs. I a VII): i) nome completo e CPF ou CNPJ do exequente e executado, ii) índice de correção monetária adotado; iii) juros aplicados e respectivas taxas; iv) termo inicial e final dos juros e da correção monetária utilizados; v) periodicidade da capitalização dos juros, se for o caso; vi) especificação dos eventuais descontos obrigatórios realizados; vii) indicação dos bens passíveis de penhora, sempre que possível. Quando o valor apontado no demonstrativo aparentemente exceder os limites da condenação, a execução será iniciada pelo valor pretendido, mas a penhora terá por base a importância que o juiz entender adequada (art. 524, 1º), podendo o juiz: i) valer-se de contabilista do juízo para a verificação dos cálculos ( 2º); ii) requisitar dados em poder do executado ou de terceiros, quando necessários à elaboração do demonstrativo, sob cominação do crime de desobediência ( 3º); iii) requisitar dados adicionais em poder do executado, necessários à complementação do demonstrativo, sendo que, no caso de não apresentação, reputar-se-ão corretos os cálculos apresentados pelo exequente apenas com base nos dados de que dispõe ( 4º e 5º). Quando o juiz decidir relação jurídica sujeita a condição ou termo, o cumprimento da sentença dependerá de demonstração de que se realizou a condição ou de que ocorreu o termo (art. 514). O cumprimento da sentença se dará perante (art. 516): i) os tribunais, nas causas de sua competência originária; ii) o juízo que decidiu a causa no primeiro grau de jurisdição; iii) o juízo cível competente, quando se tratar de sentença penal condenatória, arbitral, estrangeira ou acórdão proferido pelo Tribunal Marítimo. No caso dos itens i e ii, o exequente poderá optar pelo juízo do atual domicílio do executado, pelo juízo do local onde se encontrem os bens sujeitos à execução ou pelo juízo do local onde deva ser executada a obrigação de fazer ou de não fazer, casos em que a remessa dos autos do processo será solicitada ao juízo de origem ( único). Em importante novidade trazida pelo Novo CPC/15, a decisão judicial transitada em julgado poderá ser levada a protesto, nos termos da lei, depois de transcorrido o prazo para pagamento voluntário (art. 517), cabendo ao exequente apresentar certidão de teor da decisão ( 1º), cabendo o cancelamento via requerimento do executado, mediante prova da satisfação integral da obrigação, perante o juízo, que expedirá ofício ao cartório ( 4º). Outra novidade trazida pelo Novo CPC/15 é a garantia de que todas as questões relativas à validade do procedimento de cumprimento da sentença e dos atos executivos subsequentes poderão ser arguidas pelo executado nos próprios autos e nestes serão decididas pelo juiz (art. 518). O Novo CPC/15 também inova no tocante à impugnação ao cumprimento da sentença, que deverá ser apresentada no prazo de 15 (quinze) dias, a contar a partir do transcurso do prazo fixado para pagamento voluntário (art. 523; 15 dias), independentemente de penhora ou nova intimação, (...) nos próprios autos (art. 525), aplicando-se em seu favor a regra do prazo em dobro no caso de litisconsortes com procuradores de escritórios de advocacia diferentes (art. 525, 3º). A impugnação somente poderá versar sobre os seguintes temas (art. 525, 1º): i) falta ou nulidade da citação se, na fase de conhecimento, o processo correu à revelia; ii)

3 inexequibilidade do título ou inexigibilidade da obrigação, inclusive, se fundado em lei ou ato normativo considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, ou fundado em aplicação ou interpretação da lei ou do ato normativo tido pelo Supremo Tribunal Federal como incompatível com a Constituição Federal, em controle de constitucionalidade concentrado ou difuso ( 12), desde que anterior ao trânsito em julgado da decisão exequenda ( 14), cabendo ação rescisória se a decisão do STF for posterior, cujo prazo será contado do trânsito em julgado da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal ( 15); decisão esta que poderá ter seus efeitos modulados no tempo, em atenção à segurança jurídica ( 13); iii) penhora incorreta ou avaliação errônea; iv) ilegitimidade de parte; v) excesso de execução ou cumulação indevida de execuções, sendo que, nesta hipótese, cumprirá ao executado declarar de imediato o valor que entende correto, apresentando demonstrativo discriminado e atualizado de seu cálculo ( 4º), sob pena de, não apontado o valor correto ou não apresentado o demonstrativo, a impugnação será liminarmente rejeitada, se o excesso de execução for o seu único fundamento, ou, se houver outro, a impugnação será processada, mas o juiz não examinará a alegação de excesso de execução ( 5º); vi) incompetência absoluta ou relativa do juízo da execução; vii) qualquer causa modificativa ou extintiva da obrigação, como pagamento, novação, compensação, transação ou prescrição, desde que supervenientes à sentença. A apresentação de impugnação não impede a prática dos atos executivos, inclusive os de expropriação, podendo o juiz, a requerimento do executado e desde que garantido o juízo com penhora, caução ou depósito suficientes, atribuir-lhe efeito suspensivo, se seus fundamentos forem relevantes e se o prosseguimento da execução for manifestamente suscetível de causar ao executado grave dano de difícil ou incerta reparação (Art. 525, 6º). Não obstante, a atribuição de efeito suspensivo ao cumprimento da sentença (art. 525): i) não impedirá a efetivação dos atos de substituição, de reforço ou de redução da penhora e de avaliação dos bens ( 7º); ii) quando disser respeito apenas a parte do objeto da execução, esta prosseguirá quanto à parte restante ( 8º); iii) deduzida por um dos executados não suspenderá a execução contra os que não impugnaram, quando o respectivo fundamento disser respeito exclusivamente apo impugnante ( 9º); iv) é lícito ao exequente requerer o prosseguimento da execução, oferecendo e prestando, nos próprios autos, caução suficiente e idônea a ser arbitrada pelo juiz ( 10). As questões relativas a fato superveniente ao término do prazo para apresentação da impugnação, assim como aquelas relativas à validade e à adequação da penhora, da avaliação e dos atos executivos subsequentes, podem ser arguidas por simples petição, tendo o executado, em qualquer dos casos, o prazo de 15 (quinze) dias para formular esta arguição, contado da comprovada ciência do fato ou da intimação do ato (art. 525, 11). O réu poderá comparecer em juízo e oferecer em pagamento o valor que entender devido, apresentando memória discriminada do cálculo antes de ser intimado para o cumprimento da sentença (art. 526), caso em que o autor será ouvido, podendo impugnar o valor depositado, sem prejuízo do levantamento do depósito a título de parcela incontroversa ( 1º). Em caso de não impugnação pelo autor, o juiz declarará satisfeita a obrigação e extinguirá o processo ( 3º). Já no caso de o juiz concluir pela insuficiência do valor depositado pelo réu, sobre a diferença incidirão multa de dez por cento e honorários advocatícios, também fixados em dez por cento, seguindo-se a execução com penhora e atos subsequentes ( 2º).

4 Mas, quais são os títulos executivos judiciais? A resposta é dada pelo rol do art. 515, do Novo CPC/15, a saber: i) as decisões proferidas no processo civil que reconheçam a exigibilidade de obrigação de pagar quantia, de fazer, de não fazer ou de entregar coisa ; ii) a sentença penal condenatória transitada em julgado ; iii) a decisão homologatória de autocomposição judicial ; iv) a decisão homologatória de autocomposição extrajudicial de qualquer natureza ; v) a sentença arbitral ; vi) a sentença estrangeira homologada pelo Superior Tribunal de Justiça ; vii) o formal e a certidão de partilha, exclusivamente em relação ao inventariante, aos herdeiros e aos sucessores a título singular ou universal ; viii) o crédito de auxiliar da justiça, quando as custas, emolumentos ou honorários tiverem sido aprovados por decisão judicial ; ix) a decisão interlocutória estrangeira, após a concessão do exequatur à carta rogatória pelo Superior Tribunal de Justiça. Os arts. 520 a 522 tratam da execução provisória, que corre por iniciativa e responsabilidade do exequente (art. 520, inc. I), ficando sem efeito, sobrevindo decisão que modifique ou anule a sentença objeto da execução (...), liquidando-se eventuais prejuízos nos mesmos autos (inc. II), e condicionando a prática dos atos expropriatórios (levantamento de dinheiro e transferência de posse ou alienação de bens) à efetiva caução suficiente e idônea, arbitrada de plano pelo juiz e prestada (pelo credor) nos próprios autos (inc. IV), salvo (art. 521): i) se o crédito for de natureza alimentar, independentemente de sua origem (inc. I); ii) se o exequente demonstrar situação de necessidade (inc. II); iii) nos casos de execução provisória em que penda agravo perante o Supremo Tribunal Federal ou o Superior Tribunal de Justiça (inc. III); iv) se a sentença a ser provisoriamente cumprida estiver em consonância com súmula da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal ou do Superior Tribunal de Justiça ou em conformidade com acórdão proferido no julgamento de casos repetitivos (inc. IV). Já os arts. 528 a 533 tratam do cumprimento da sentença que reconheça a exigibilidade de obrigação de prestar alimentos, caso em que o juiz, a requerimento do exequente, mandará intimar o executado pessoalmente para, em 3 (três) dias, pagar o débito, provar que o fez ou justificar a impossibilidade de efetuá-lo (art. 528), sob pena de: i) protesto do pronunciamento judicial ( 1º); ii) decretação da prisão pelo prazo de 1 (um) a 3 (três) meses ( 3º), a ser cumprida em regime fechado, devendo o preso ficar separado dos presos comuns ( 4º), sendo que o cumprimento da pena não exime o executado do pagamento das prestações vencidas e vincendas ( 5º). Somente a comprovação de fato que gere a impossibilidade absoluta de pagar justificará o inadimplemento ( 2º), sendo que paga a prestação alimentícia, o juiz suspenderá o cumprimento da ordem de prisão ( 6º). O Novo CPC/15 deixa claro, em seu art. 528, 7º, que o débito alimentar que autoriza a prisão civil do alimentante é o que compreende até as 3 (três) prestações anteriores ao ajuizamento da execução e as que se vencerem no curso do processo. Quando o executado for funcionário público, militar, diretor ou gerente de empresa ou empregado sujeito à legislação do trabalho, o exequente poderá requerer o desconto em folha de pagamento da importância da prestação alimentícia (art. 529), oficiando a autoridade, empresa ou empregador para que efetive o desconto, sob pena de crime de desobediência ( 1º). Também o art. 531, do Novo CPC/15 deixa claro que as regras atinentes à execução de alimentos aplica-se aos alimentos definitivos ou provisórios.

5 Por fim, o art. 533 prescreve que quando a indenização por ato ilícito incluir prestação de alimentos, caberá ao executado, a requerimento do exequente, constituir capital cuja renda assegure o pagamento do valor mensal da pensão, capital este inalienável e impenhorável enquanto durar a obrigação do executado, além de constituir-se em patrimônio de afetação ( 1º), sendo possível sua fixação tomando por base o salário mínimo ( 4º), bem como a redução ou o aumento da prestação em caso de modificação nas condições econômicas, a requerimento da parte interessada ( 3º). Por seu turno, os arts. 534 e 535, em relevantíssima inovação pelo Novo CPC/15, estabelecem a modalidade de cumprimento de sentença que reconheça a exigibilidade de obrigação de pagar quantia certa pela Fazenda Pública, caso em que não cabe mais se falar em sua citação, mas em mera intimação, na pessoa de seu representante judicial, por carga, remessa ou meio eletrônico, para, querendo, no prazo de 30 (trinta) dias e nos próprios autos, impugnar a execução, podendo arguir (art. 535): i) falta ou nulidade da citação se, na fase de conhecimento, o processo correu à revelia; ii) inexequibilidade do título ou inexigibilidade da obrigação, inclusive, se fundado em lei ou ato normativo considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, ou fundado em aplicação ou interpretação da lei ou do ato normativo tido pelo Supremo Tribunal Federal como incompatível com a Constituição Federal, em controle de constitucionalidade concentrado ou difuso ( 5º), desde que anterior ao trânsito em julgado da decisão exequenda ( 7º), cabendo ação rescisória se a decisão do STF for posterior, cujo prazo será contado do trânsito em julgado da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal ( 8º); decisão esta que poderá ter seus efeitos modulados no tempo, em atenção à segurança jurídica ( 6º); iii) ilegitimidade de parte; iv) excesso de execução ou cumulação indevida de execuções, sendo que, nesta hipótese, cumprirá ao executado declarar de imediato o valor que entende correto, sob pena de não conhecimento da arguição ( 2º); v) incompetência absoluta ou relativa do juízo da execução; vi) qualquer causa modificativa ou extintiva da obrigação, como pagamento, novação, compensação, transação ou prescrição, desde que supervenientes ao trânsito em julgado da sentença. O art. 534 traz os requisitos necessários à apresentação do demonstrativo discriminado e atualizado do crédito : i) nome completo e CPF ou CNPJ do exequente; ii) índice de correção monetária adotado; iii) juros aplicados e respectivas taxas; iv) termo inicial e final dos juros e correção monetária utilizados; v) periodicidade da capitalização dos juros, se o caso; vi) especificação dos eventuais descontos obrigatórios realizados. Não impugnada a execução ou rejeitas as alegações da executada (art. 535, 3º): i) expedir-se-á, por intermédio do presidente do tribunal competente, precatório em favor do exequente; ii) a determinação de pagamento de obrigação de pequeno valor, por ordem do juiz, com prazo de 2 (dois) meses contados da entrega da requisição, mediante depósito na agência de banco oficial mais próxima da residência do exequente. Por fim, os arts. 536 a 538 do Novo CPC/15 disciplinam o cumprimento de sentença que reconheça a exigibilidade de obrigação de fazer, de não fazer ou de entregar coisa, casos em que o juiz poderá, de ofício ou a requerimento, para a efetivação da tutela específica ou a obtenção de tutela pelo resultado prático equivalente, determinar as medidas necessárias à satisfação do exequente (art. 536), podendo determinar, entre outras medidas, a imposição de multa, a busca e apreensão, a remoção de pessoas e coisas, o desfazimento de obras e o impedimento de atividade nociva, podendo, caos necessário, requisitar o auxílio de força policial ( 1º), sendo que o executado incidirá nas penas de litigância de má-fé quando injustificadamente descumprir a ordem judicial, sem

6 prejuízo de sua responsabilização por crime de desobediência ( 3º). A multa independe de requerimento da parte e poderá ser aplicada na fase conhecimento, em tutela provisória ou na sentença, ou na fase de execução, desde que seja suficiente e compatível com a obrigação e que se determine prazo razoável para cumprimento do preceito (art. 537), será revertida em favor do exequente ( 2 º) e será devida desde o dia em que se configurar o descumprimento da decisão e incidirá enquanto não for cumprida a decisão que a tiver cominado ( 4º), podendo o juiz, de ofício ou a requerimento, modificar o valor ou a periodicidade da multa vincenda ou excluí-la, caso verifique que ( 1º): i) se tornou insuficiente ou excessiva; ii) o obrigado demonstrou cumprimento parcial superveniente da obrigação ou justa causa para o descumprimento. Não cumprida a obrigação de entregar coisa no prazo estabelecido na sentença, será expedido mandado de busca e apreensão, ou de imissão na posse em favor do credor, conforme se tratar de coisa móvel ou imóvel (art. 538), sendo que: i) a existência de benfeitorias deve ser alegada na fase de conhecimento, em contestação, de forma discriminada e com atribuição, sempre que possível e justificadamente, do respectivo valor; ii) o direito de retenção por benfeitorias deve ser exercido na fase de conhecimento, em contestação. MUITA ATENÇÃO! 1. Enquanto a liquidação provisória da sentença independe dos efeitos em que recebido o recurso interposto para seu cabimento (art. 512), a execução provisória da sentença somente poderá se dar na pendência de recurso recebido sem efeito suspensivo (art. 520). QUESTÃO: Qual o termo inicial da contagem do prazo para impugnação no caso de depósito judicial da quantia devida em sede de cumprimento de sentença? RESPOSTA: O caso de depósito judicial da quantia devida não denota omissão do devedor, mas sim prática de ato inequívoco de questionamento do montante cobrado, o que pressupõe o seu conhecimento prévio da cobrança judicial levada a efeito. Assim, o termo inicial do prazo para a apresentação de impugnação pelo devedor é a data do depósito, conforme precedentes do STJ (AgRg no Ag /RS e AgRg no Resp /RS). EM RESUMO: Do Cumprimento de sentença Caráter de novidade Fruto da reforma processual levada a efeito pela edição da Lei /05, acabou com a necessidade de processo autônomo para execução dos títulos executivos judiciais decorrentes de sentença condenatória, unificando o regime de execução destes mediante mero requerimento formulado em fase de execução, portanto, sem necessidade de petição inicial e de citação do devedor, bastando sua intimação na pessoa do advogado constituído. Mantida pelo Novo CPC/15, que ampliou suas hipóteses, abarcando, como novidade, o cumprimento de sentença que reconheça a exigibilidade de obrigação de pagar quantia certa pela Fazenda Pública. Liquidação da sentença Apresenta duas modalidades: i) por arbitramento, quando necessária a nomeação de perito; ii) pelo procedimento comum.

7 EM RESUMO: Do Cumprimento de sentença Cumprimento da sentença Características: i) intimação do devedor para pagamento, via de regra na pessoa de seu advogado constituído nos autos, no prazo de 15 (quinze) dias, sob pena de incidência de multa de 10% (dez por cento) sobre o valor da condenação, de honorários advocatícios de 10% (dez por cento) e expedição de mandado de penhora e avaliação; ii) possibilidade de apresentação de impugnação pelo devedor, com rol taxativo de matérias passíveis de alegação, sem efeito suspensivo, salvo casos específicos, devidamente fundamentados; iii) julgamento por decisão interlocutória, salvo no caso de extinção da execução, quando se fará por sentença; iv) possibilidade de execução provisória, dependente de caução para a efetivação dos atos expropriatórios, salvo exceções legais.

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA Prof. Luis Fernando CPC, 475-L Art. 475-I. O cumprimento da sentença far-se-á conforme os arts. 461 e 461-A desta Lei ou, tratando-se de obrigação por quantia

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo. No módulo 10, tratamos dos recursos. Agora veremos algumas questões sobre a fase executiva.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo. No módulo 10, tratamos dos recursos. Agora veremos algumas questões sobre a fase executiva. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 11 EXECUÇÃO Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo.

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts A, 1102-B e 1102-C no CPC/73.

Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts A, 1102-B e 1102-C no CPC/73. AÇÃO MONITÓRIA Observações iniciais Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts. 1102-A, 1102-B e 1102-C no CPC/73. No NCPC tal matéria é tratada nos

Leia mais

REFLEXOS DO NOVO CPC NO DIREITO DE FAMÍLIA

REFLEXOS DO NOVO CPC NO DIREITO DE FAMÍLIA REFLEXOS DO NOVO CPC NO DIREITO DE FAMÍLIA Luiz Fernando Valladão Nogueira Advogado; Procurador do Município de Belo Horizonte; Diretor do Departamento de Processo Civil no Instituto dos Advogados de Minas

Leia mais

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória Turma e Ano: Master A (2015) 06/07/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 23 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol CONTEÚDO DA AULA: Tutela provisória : AULA 23 12.7) Competência

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Posição legal Momento processual Necessidade, finalidade, objeto e limites Natureza jurídica Liquidação na pendência de recurso Liquidação concomitante com execução Modalidades Liquidação de sentença Sumário

Leia mais

Processo de Execução no Direito Previdenciário

Processo de Execução no Direito Previdenciário Processo de Execução no Direito Previdenciário Introdução ao Processo de Execução. A Execução contra a Fazenda Pública Previdenciária - Noções Gerais: objeto, partes, requisitos, prazos, procedimento Execução

Leia mais

Cumprimento provisório da sentença e competência do Juizado Especial Fazendário

Cumprimento provisório da sentença e competência do Juizado Especial Fazendário Cumprimento provisório da sentença e competência do Juizado Especial Fazendário A Lei n 12.153/09, ao disciplinar os Juizados Especiais Fazendários, omitiu-se quanto ao cumprimento da sentença, porém,

Leia mais

LEI Nº , DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005.

LEI Nº , DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. LEI Nº 11.232, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Altera a Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 Código de Processo Civil, para estabelecer a fase de cumprimento das sentenças no processo

Leia mais

OPOSIÇÕES DO EXECUTADO. Murillo Sapia Gutier 1

OPOSIÇÕES DO EXECUTADO. Murillo Sapia Gutier 1 OPOSIÇÕES DO EXECUTADO Murillo Sapia Gutier 1 1. Considerações iniciais Como salientado em outras aulas, a Tutela jurisdicional executiva visa satisfazer obrigação inadimplida em que é fundada em título

Leia mais

Cumprimento de Sentença e Execução. Ricardo de Carvalho Aprigliano

Cumprimento de Sentença e Execução. Ricardo de Carvalho Aprigliano Cumprimento de Sentença e Execução Ricardo de Carvalho Aprigliano Considerações iniciais Antes da execução Cumprimento de sentença Intimação do devedor pelo DJE na pessoa do seu advogado (art. 513, 2º,I).

Leia mais

Aula 1. Prof Vanna Coelho Cabral

Aula 1. Prof Vanna Coelho Cabral Aula 1 Prof Vanna Coelho Cabral TEORIA GERAL DA EXECUÇÃO Princípios Informadores Da Execução Princípio da Tipicidade/Atipicidade dos atos executivos CPC 2015 Art. 139. O juiz dirigirá o processo conforme

Leia mais

IMPACTOS CORPORATIVOS SOBRE AS ALTERAÇÕES DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Carolina Sayuri Nagai Calaf

IMPACTOS CORPORATIVOS SOBRE AS ALTERAÇÕES DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Carolina Sayuri Nagai Calaf IMPACTOS CORPORATIVOS SOBRE AS ALTERAÇÕES DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Carolina Sayuri Nagai Calaf O QUE MUDOU EM LINHAS GERAIS Parágrafo 5º, no art. 46: Execução Fiscal sempre será proposta no domicílio

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/2015

PROVIMENTO Nº 12/2015 PROVIMENTO Nº 12/2015 Dispõe sobre o protesto de Certidões de Dívidas Judiciais e dá outras providências. A Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Regina Ferrari, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

Aula 03. Execução. Título executivo judicial (art. 475-N, CPC) e título executivo extrajudicial (art. 585, CPC)

Aula 03. Execução. Título executivo judicial (art. 475-N, CPC) e título executivo extrajudicial (art. 585, CPC) Turma e Ano: Magistratura Estadual 2015/2016 Matéria / Aula: Processo Civil 03 Professor: Raphael Corrêa Monitor: Yasmin Aula 03 Execução Panorama Histórico da Execução A Execução teve relevantes mudanças

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil...

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... sumário Parte i execução Fiscal Art. 1 o... 3 1.1. Legitimidade Ativa... 3 1.2. Execução Fiscal contra a Fazenda Pública... 6 1.3. Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... 7 Art. 2 o... 8 2.1.

Leia mais

XVII EXAME UNIFICADO 2ª Fase Civil #ProfessorAoVivo em 12/1/2016 PROFESSOR AO VIVO. Revisão Prof. Darlan Barroso Estudo Dirigido Execução GABARITO

XVII EXAME UNIFICADO 2ª Fase Civil #ProfessorAoVivo em 12/1/2016 PROFESSOR AO VIVO. Revisão Prof. Darlan Barroso Estudo Dirigido Execução GABARITO PROFESSOR AO VIVO Revisão Prof. Darlan Barroso Estudo Dirigido Execução GABARITO 1) Após tramitar perante juízo criminal competente, Maria foi condenada pela prática de crime de dano. A sentença penal

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Sumário Capítulo 1 A Situação Concreta... 1 1.1. Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Capítulo 2 Petições Cíveis: Procedimento Comum... 7 2.1. Petição Inicial...7

Leia mais

EXECUÇÃO PARA A ENTREGA DE COISA CERTA E INCERTA (Art. 621 ao 631, CPC):

EXECUÇÃO PARA A ENTREGA DE COISA CERTA E INCERTA (Art. 621 ao 631, CPC): - A petição inicial do processo de execução, além dos requisitos do art. 282, CPC, deve obedecer aos requisitos dos arts. 614 e 615, CPC: - I conter pedido expresso de citação do devedor; - II ser instruída

Leia mais

O protesto como forma de desafogo do poder judiciário à luz do novo código de processo civil SERGIO LUIZ JOSÉ BUENO

O protesto como forma de desafogo do poder judiciário à luz do novo código de processo civil SERGIO LUIZ JOSÉ BUENO O protesto como forma de desafogo do poder judiciário à luz do novo código de processo civil SERGIO LUIZ JOSÉ BUENO O Alcance decorrente dos novos fins do procedimento para protesto: Desafogo do Poder

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1. APRESENTAÇÃO A Pós-Graduação em Direito Processual Civil da FAACZ visa à conjugação das referidas áreas em meio à atualização da legislação em vigor,

Leia mais

Juizados Especiais. Aula 11 ( ) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor)

Juizados Especiais. Aula 11 ( ) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) Juizados Especiais Aula 11 (07.05.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br Ementa da aula Execução e embargos fundados em título judicial Execução e embargos

Leia mais

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65 ARTIGO 65 LEI Nº 12.249, DE 11 DE JUNHO DE 2010 Art. 65. Poderão ser pagos ou parcelados, em até 180 (cento e oitenta) meses, nas condições desta Lei, os débitos administrados pelas autarquias e fundações

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

Prof. Anselmo Prieto Alvarez

Prof. Anselmo Prieto Alvarez Prof. Anselmo Prieto Alvarez apalvarez@pucsp.br Histórico 1-65 leis foram editadas reformando o CPC- Lei Federal de 11 de janeiro de 1973 2- Até 1994 foram 24 alterações. Histórico 3- A partir de 1994

Leia mais

Escola Superior da Advocacia-Geral da União (ESAGU) DEFESA DO EXECUTADO. Prof. Glauco Gumerato Ramos. jun/2008

Escola Superior da Advocacia-Geral da União (ESAGU) DEFESA DO EXECUTADO. Prof. Glauco Gumerato Ramos. jun/2008 Escola Superior da Advocacia-Geral da União (ESAGU) DEFESA DO EXECUTADO Prof. Glauco Gumerato Ramos jun/2008 1 Conceito de executado Executado: Devedor (=executado) na etapa de cumprimento da sentença

Leia mais

Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Jr. Doutorando pela PUC-SP e Mestre em Direito Processual Civil pela Universidade Católica de Pernambuco UNICAP

Jaldemiro Rodrigues de Ataíde Jr. Doutorando pela PUC-SP e Mestre em Direito Processual Civil pela Universidade Católica de Pernambuco UNICAP 1) A aplicabilidade subsidiária do CPC ao processo do trabalho requer a omissão da CLT + a compatibilidade entre os sistemas e também quanto ao princípio da proteção. Art. 769. Nos casos omissos, o direito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA. Ofício circular n. 0234/2011-CGJ Aracaju, 27 de janeiro de 2011,

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SERGIPE CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA. Ofício circular n. 0234/2011-CGJ Aracaju, 27 de janeiro de 2011, Ofício circular n. 0234/2011-CGJ Aracaju, 27 de janeiro de 2011, Senhor(es) Notário(s), Com o intuito de uniformizar e divulgar o procedimento para PROTESTOS DE TÍTULOS JUDICIAIS, a Corregedoria-Geral

Leia mais

ARBITRAGEM NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2015 (LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015)

ARBITRAGEM NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2015 (LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015) ARBITRAGEM NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2015 (LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015) PARTE GERAL LIVRO I DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 Código de Processo Civil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PARTE GERAL LIVRO V DA TUTELA PROVISÓRIA

Leia mais

Lei n /14 Desistência de Ações Judiciais

Lei n /14 Desistência de Ações Judiciais Desistência de Ações Judiciais O pagamento à vista e o parcelamento dependem da desistência de ações judiciais incidentes sobre o débito em questão, que deve ser realizada com renúncia ao direito sobre

Leia mais

Preparo efetuado. 1. Data e assinatura.

Preparo efetuado. 1. Data e assinatura. 1. RECEBIMENTO DE PETIÇÃO INICIAL (Rito ordinário) Autos n. Comarca de Preparo efetuado. 1 282). Recebo a petição inicial, por ser a mesma apta (CPC, art. Cite-se o requerido para que, caso queira, apresente

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal

Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal Rafhael Frattari Professor de Direito Tributário da FUMEC/MG Vilas Boas, Lopes e Frattari Advogados Aplicação do NCPC à Execução Fiscal»

Leia mais

Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal

Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal AACRIMESC - Ordem dos Advogados do Brasil e IBCCRIM Impactos do novo Código de Processo Civil na Advocacia Criminal Gustavo Badaró Florianópolis 11.04.2016 PLANO DA EXPOSIÇÃO 1. Simples mudanças de remissão

Leia mais

O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL

O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL O NOVO MODELO DE EXECUÇÃO FISCAL EXECUÇÃO FISCAL Legislação aplicável: Lei 6.830/80 e aplicação subsidiária do CPC. OBJETIVOS DA LEI 6.830/80: Regular a execução judicial para a cobrança da dívida ativa

Leia mais

Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda

Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda Comunicações Processuais Prof. Gladson Miranda CITAÇÃO, INTIMAÇÃO E NOTIFICAÇÃO (Arts. 351 ao 372) CITAÇÃO Conceito Finalidade da Citação art. 396 do CPP FORMAS DE CITAÇÃO 1) Citação real realizada por

Leia mais

ALIMENTOS IMPACTOS DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL.

ALIMENTOS IMPACTOS DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. ALIMENTOS IMPACTOS DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Hamilton Teixeira 1 O Códex Processual de 2015 trouxe nova roupagem às relações jurídicas, buscando afastar certa cultura enraizada do litígio e longas

Leia mais

PROCESSO DE EXECUÇÃO x FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

PROCESSO DE EXECUÇÃO x FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA PROCESSO DE EXECUÇÃO x FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA A partir das reformas processuais implementadas pela Lei 11.232/2005 e Lei 11.382/2006, há que se distinguir os dois procedimentos existentes para

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO Previsão legal e conceito! No CPC/73 art. 890/900! No NCPC art. 539/549 Tivemos pequenas e pontuais mudanças sobre o tema.! E citado no CC no art. 334 Trata-se do depósito

Leia mais

XXI Encontro Institucional de Magistrados do TRT 14 Região. Porto Velho, 24 de junho de 2016.

XXI Encontro Institucional de Magistrados do TRT 14 Região. Porto Velho, 24 de junho de 2016. XXI Encontro Institucional de Magistrados do TRT 14 Região. Porto Velho, 24 de junho de 2016. Enunciado 01 NATUREZA JURÍDICA DA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 39/2016 DO TST. A instrução normativa consiste em

Leia mais

3º AULA: CUMPRIMENTO DE SENTENÇA E EXECUÇÃO

3º AULA: CUMPRIMENTO DE SENTENÇA E EXECUÇÃO Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 3º AULA: CUMPRIMENTO DE SENTENÇA E EXECUÇÃO Prof. MSc Marcus Vinícius Motter Borges Plano de apresentação 1. Questões gerais do CPC/2015; 2. Estrutura do

Leia mais

1) do termo final do período de apuração;

1) do termo final do período de apuração; RESOLUÇÃO NO 2.554, DE 17 DE AGOSTO DE 1994 (MG de 18 e ret. em 25) REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 2.880/97 Trata da atualização monetária dos créditos tributários do Estado, da cobrança de juros de mora,

Leia mais

ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO

ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 8ª VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO SP. Processo n.º 1013014-06.2014.8.26.0564 CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AMÁLIA, por seu advogado,

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS OFICINA DO NOVO CPC RECURSOS RECURSO DE APELAÇÃO Artigos 1.009 a 1.014 do Código de Processo Civil 1. Recurso de Apelação Conceito Cabe recurso de apelação contra a sentença do juiz que põe fim à fase

Leia mais

DO CUMPRIMENTO SENTENÇA DA INTIMAÇÃO: O art Devedor o prazo de 15 (quinze) dias para cumprimento voluntário da obrigação.

DO CUMPRIMENTO SENTENÇA DA INTIMAÇÃO: O art Devedor o prazo de 15 (quinze) dias para cumprimento voluntário da obrigação. DO CUMPRIMENTO DA SENTENÇA DA INTIMAÇÃO: O art. 475 - Devedor o prazo de 15 (quinze) dias para cumprimento voluntário da obrigação. Prazo sentença ou acórdão. DA MULTA: - Multa pecuniária - 10% (dez por

Leia mais

Perde a característica de impenhorabilidade o bem oferecido como garantia pelo devedor.

Perde a característica de impenhorabilidade o bem oferecido como garantia pelo devedor. BENS NÃO SUJEITOS À EXECUÇÃO Hipóteses: art. 649, CPC. Lei 8.009/90 Lei do Bem de Família Bem de família legal Bem de família convencional art. 1.711, CC Residência em vários imóveis Bem de família = menor

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM PROVIMENTO Nº 002/2009 Estabelece normas para a distribuição de títulos de crédito apresentados

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA: 1 DECRETO Nº 11.333, DE 30 DE JUNHO DE 2011. Dispõe sobre a regulamentação da emissão de certidões e declarações no âmbito da Fazenda Pública Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí,

Leia mais

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 -

Ato TRT GP nº 120/2012 Seg, 04 de junho de :51 - TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 13ª REGIÃO PARAÍBA DOC: ATO NUM: 120 ANO: 2012 DATA: 07-05-2012 DEJT DATA: 08-05-2012 ATO TRT GP Nº 120/2012 João Pessoa, 07 de maio de 2012 Modifica o Projeto Negócio Legal,

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA 1 Respostas do Réu - Contestação INTRODUÇÃO - Princípio da bilateralidade: AÇÃO E REAÇÃO - juiz só pode decidir nos autos após ter ouvido as duas partes, a

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Citação e Intimação Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal CITAÇÃO E INTIMAÇÃO TÍTULO X Das Citações e Intimações CAPÍTULO I DAS CITAÇÕES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC)

DECISÃO. (Fundamentação legal: artigo 557, caput, do CPC) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0048175-69.2013.8.19.0000 Agravante: DIBENS LEASING S/A ARRENDAMENTO MERCANTIL (autora) Agravado: JOSÉ LUIS DA SILVA (réu) Relatora: Desembargadora

Leia mais

DECISÃO da Diretoria Executiva em sua 8ª reunião realizada no dia 11 de novembro de 2015, ad-referendum do Plenário,

DECISÃO da Diretoria Executiva em sua 8ª reunião realizada no dia 11 de novembro de 2015, ad-referendum do Plenário, Publicado no D.O.U. nº 223 de 23/11/2015, Seção 1 pag. 138 e 139 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 472, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2015, (Alterada pela RN 482,09/06/2016) Dispõe sobre os valores das anuidades, taxas

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial.

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial. Direito Processual Civil I EXERCÍCIOS - 2º BIMESTRE Professor: Francisco Henrique J. M. Bomfim 1. a) Explique como ocorre a formação da relação jurídica processual: R. Início do Processo: Por iniciativa

Leia mais

Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL. Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza

Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL. Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza Coordenação: Prof. Dr. Pedro Miranda de Oliveira 1º AULA: PARTE GERAL Prof. Esp. Eduardo de Mello e Souza PROCESSO CIVIL CLÁSSICO NULLA EXECUTIO SINE TITULO Apenas o Processo de Conhecimento tem mérito

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 Dispõe sobre a substituição processual pelo sindicato da categoria profissional. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O sindicato da categoria profissional,

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário RECURSO ORDINÁRIO Conceito: Os recursos ordinários são os recursos cabíveis para impugnar decisões havidas nos casos previstos no art. 1.027 do CPC. Apesar de serem julgados pelo Supremo Tribunal Federal

Leia mais

O PRECATÓRIO JUDICIAL E O PEDIDO DE SEQÜESTRO - EC n. 30/2.000

O PRECATÓRIO JUDICIAL E O PEDIDO DE SEQÜESTRO - EC n. 30/2.000 O PRECATÓRIO JUDICIAL E O PEDIDO DE SEQÜESTRO - EC n. 30/2.000 Fabiano Cordeiro Cozzi O precatório judicial nada mais é que o instrumento utilizado para procederse à satisfação dos débitos das fazendas

Leia mais

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA Denis Domingues Hermida - Locadora Carro Bom Ltda. foi autuada pela Receita Federal por ter deixado de recolher a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA

CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA RESOLUÇÃO CONFE N.º 311 de 14 de OUTUBRO de 2015. DISPÕE SOBRE O VALOR DA ANUIDADE, TAXAS E MULTAS DEVIDAS AOS CONSELHOS REGIONAIS DE ESTATÍSTICA PARA O EXERCÍCIO DE 2016. O CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA,

Leia mais

Gabaritando Execução Trabalhista OAB

Gabaritando Execução Trabalhista OAB Gabaritando Execução Trabalhista OAB 1) (FGV OAB/2012) De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho, assinale a afirmativa correta. a) não há citação para a execução, uma vez que a fase executiva

Leia mais

Janeiro-Dezembro/2014

Janeiro-Dezembro/2014 IRRF - Décimo terceiro salário 2014 - Roteiro Aqui serão analisados os aspectos gerais relacionados à retenção do Imposto de Renda incidente no pagamento do décimo terceiro salário. Introdução Os rendimentos

Leia mais

TEMA: PROCESSO DE EXECUÇÃO - EXTRAFISCAL PROFESSOR: HAROLDO LOURENÇO

TEMA: PROCESSO DE EXECUÇÃO - EXTRAFISCAL PROFESSOR: HAROLDO LOURENÇO CURSO: OAB X EXAME - NOITE DISCIPLINA: PROCESSO CIVIL PROFESSOR: HAROLDO LOURENÇO AULA 04 BLOCO: 01-04 MATÉRIA: PROCESSO DE EXECUÇÃO - EXTRAFISCAL Indicações de bibliográficas: Código de Processo Civil

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE O Congresso Nacional Decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE O Congresso Nacional Decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 Estabelece normas gerais para a cobrança de custas dos serviços forenses no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e Territórios, e o controle de sua arrecadação.

Leia mais

Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº , de 2002.

Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº , de 2002. Portaria Conjunta SRF/PGFN nº 07, de 8 de janeiro de 2003 DOU de 10.1.2003 Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº 10.637, de

Leia mais

(3) - 10ª Câmara Cível AI nº /2014 decisão - fl. 1

(3) - 10ª Câmara Cível AI nº /2014 decisão - fl. 1 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento n.º 0011871-37.2014.8.19.0000 Agravante: VITTORIO E EMANUELLE BAR RESTAURANTE E PIZZARIA LTDA (executado) Agravados: NANCY CLEA KNUPP CASTRO

Leia mais

CONCEITO. (Rocha Azevedo)

CONCEITO. (Rocha Azevedo) FALÊNCIA CONCEITO "é o processo de execução específico, contra empresário ou sociedade empresária insolvente, instaurador de comunhão incidental organizada entre todos os credores, por direitos e obrigações

Leia mais

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Leia mais

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS -CNDT E BANCO NACIONAL DE DEVEDORES TRABALHISTAS BNDT Elizabeth Homsi 10-02-2012 CNDT E BNDT I DA BASE LEGAL - CNDT E BNDT 1.1 CNDT LEI 12.440, DE 07.07.2011 (ENTROU

Leia mais

1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que :

1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que : 1 1) Com relação aos Atos do Escrivão ou do Chefe de Secretaria é INCORRETO afirmar que : a) Os atos e termos do processo serão datilografados ou escritos com tinta escura indelével, assinado-os as pessoas

Leia mais

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE

Leia mais

DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO

DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO Formação do processo ETAPAS DA ESTABILIZAÇÃO DO PROCESSO DA FORMAÇÃO DO PROCESSO Art. 262. O processo civil começa por

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

REFLEXÕES ACERCA DAS PROPOSTAS DE MUDANÇA NO PROCESSO DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE

REFLEXÕES ACERCA DAS PROPOSTAS DE MUDANÇA NO PROCESSO DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE REFLEXÕES ACERCA DAS PROPOSTAS DE MUDANÇA NO PROCESSO DE EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE 1 INTRODUÇÃO MÁRIO FERNANDO CARVALHO RIBEIRO * Encontra-se em fase de tramitação no Congresso

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR ( Agravo de Instrumento no. 041.2007.002068-4/001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Município de Conde, representado por seu Prefeito Adv. Marcos Antônio Leite Ramalho Junior e outros Agravado:

Leia mais

PARTE I DA TEORIA GERAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS

PARTE I DA TEORIA GERAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS PARTE I DA TEORIA GERAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS 1 Introdução: a contextualização histórica da gênese da Lei nº 9.099/95 2 As características básicas dos Juizados Especiais Cíveis 2.1 A estrutura

Leia mais

O NOVO CPC E O DIREITO CIVIL: DESAFIOS INICIAIS

O NOVO CPC E O DIREITO CIVIL: DESAFIOS INICIAIS O NOVO CPC E O DIREITO CIVIL: DESAFIOS INICIAIS MARCELO TRUZZI OTERO marcelotruzzi@uol.com.br marcelotruzzi@aasp.org.br Advogado militante; Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP; Professor da Escola Paulista

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 00096/2016

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 00096/2016 Dispõe sobre critérios para elaboração da relação dos chefes de governo, gestores municipais, e demais responsáveis pela administração de dinheiros, bens e valores públicos, a ser encaminhada pelo TCM

Leia mais

VII Congresso de Direito Tributário em Questão

VII Congresso de Direito Tributário em Questão VII Congresso de Direito Tributário em Questão As alterações do processo de civil e a execução fiscal PGFN, junho de 2008 Novo sistema da Lei 11.386, de 2006 Confere maior prerrogativa ao credor Favorece

Leia mais

Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3

Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3 Sumário Parte I Introdução... 1 Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3 Parte II Petição inicial e contestação... 7 Capítulo 1. Introdução... 9 Capítulo 2. Estrutura da petição inicial...

Leia mais

Administrador Judicial na Falência e na Recuperação de Empresas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Administrador Judicial na Falência e na Recuperação de Empresas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Administrador Judicial na Falência e na Recuperação de Empresas Administrador Judicial O administrador judicial será profissional idôneo, preferencialmente advogado, economista, administrador de empresas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

Gabriel Lopes Coutinho Filho Juiz do Trabalho da 1ª Vara de Cotia-SP 10/02/2012

Gabriel Lopes Coutinho Filho Juiz do Trabalho da 1ª Vara de Cotia-SP 10/02/2012 Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas CNDT: Implicações Jurídicas e Aspectos Polêmicos Coordenação: Nelson Mannrich PAINEL 1 CNDT NA VISÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Gabriel Lopes Coutinho Filho Juiz do

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 07 PROVAS 34 QUESTÕES (2012 2010) A apostila contém provas de Direito Processual Civil de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC),

Leia mais

A Execução Fiscal e o novo CPC. < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes

A Execução Fiscal e o novo CPC. < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes A Execução Fiscal e o novo CPC < competência > Prof. Mauro Luís Rocha Lopes LEF, art. 5º A competência para processar e julgar a execução da Dívida Ativa da Fazenda Pública exclui a de qualquer outro juízo,

Leia mais

Defesa do réu. Espécies de defesa. 1. Matéria. I. Defesa contra o processo

Defesa do réu. Espécies de defesa. 1. Matéria. I. Defesa contra o processo Defesa do réu O réu ao ser citado é levado a assumir o ônus de defender-se. Bilateralidade da ação/do processo. Ao direito de ação do autor (pretensão deduzida em juízo), equivale o direito de defesa do

Leia mais

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC).

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC). DA RESPOSTA DO RÉU DISPOSIÇÕES GERAIS Uma vez efetuada a citação válida, a relação jurídica processual está completa, surgindo o ônus do réu de oferecer a defesa contra fatos e direitos sustentados pelo

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Quatro de Caxias do Sul (REFIS IV Caxias), para pessoas físicas e jurídicas, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

É preciso diferenciar a natureza jurídica da antecipação de tutela da decisão de antecipação de tutela, não sendo expressões sinônimas.

É preciso diferenciar a natureza jurídica da antecipação de tutela da decisão de antecipação de tutela, não sendo expressões sinônimas. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Processo Civil / Aula 24 Professor: Edward Carlyle Conteúdo: Antecipação de Tutela: Efetividade, Momento do Requerimento; Revogação e Modificação; Fungibilidade;

Leia mais