A ASSISTÊNCIA JURÍDICA COMO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: ANALISANDO O EMAJ/UNEMAT RESUMO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A ASSISTÊNCIA JURÍDICA COMO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: ANALISANDO O EMAJ/UNEMAT RESUMO"

Transcrição

1 A ASSISTÊNCIA JURÍDICA COMO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: ANALISANDO O EMAJ/UNEMAT Guilherme Angerames Rodrigues Vargas - UNEMAT Silvia Noronha Muniz - UFMT RESUMO O Escritório Modelo de Assistência Jurídica EMAJ, vinculado ao Departamento de Ciências Jurídicas do Campus Jane Vanini em Cáceres/MT da UNEMAT, funciona como laboratório do Curso de Direito. Oferece serviços jurídicos gratuitos a pessoas de baixa renda e residentes no município de Cáceres. Após identificar as características da clientela e estudar a estrutura física e humana oferecidas, identificou-se a estrutura assistencial disponível de acordo com a demanda. Constatou-se que a clientela do EMAJ se compõe de 72% de mulheres sendo que destas 51% representam menores. A Ação de Alimentos representa 39% das ações que as mulheres propõe em desfavor do pai de seus filhos. A discussão da paternidade também é levada à intervenção do judiciário sendo 11% das ações de investigação de paternidade, todas promovidas pela mãe. Ações em que se evidencia o difícil relacionamento entre filhos e pais. Os dados obtidos através da coleta subsidiam várias análises, como o problema familiar gerado das relações de conflitos entre os pais de menores, os motivos da predominância de mulheres na clientela e os alimentos como complementação da renda familiar. Além de deficiência como a necessidade de assistência social e em determinadas situações, acompanhamento psicológico. Permitem o EMAJ atender à extensão universitária e garantir o estagia no ensino de graduação. Palavras-chave: Extensão universitária, Assistência jurídica. A formação do CEPRAJU e o Estágio O Escritório Modelo de Assistência Jurídica EMAJ - surgiu com a criação do CEPRAJU (Centro de Prática Jurídica) da Faculdade de Direito da Unemat.. O CEPRAJU foi criado em 1998, para atender o Estágio Supervisionado no Curso de Direito da instituição. A Universidade do Estado de Mato Grosso foi gerada a partir do Instituto de Ensino Superior de Cáceres IESC - criado em Cáceres em A partir de estadualização a instituição passa a atender o interior do estado. Em seus primeiro anos objetivava a formação de professores ofertando apenas licenciaturas. Com a criação dos cursos de bacharelado em Ciências Contábeis e Direito no Campus de Cáceres 1 em 1995 passa a ser designada Unemat. 1 A partir de 2002 o Campus Universitário de Cáceres para a se chamar Jane Vanini.

2 O projeto de criação do CEPRAJU objetiva coordenar as práticas do estágio atendendo a Portaria Ministerial nº 1886 de 1994, que dispunha sobre o estágio para os cursos de Direito. Percebe-se que por mais que se trate de bacharelado, a prática através de estágio era novidade para os cursos de Direito. O projeto disciplina sobre uma estrutura de estágio voltado para instituições jurídicas, sendo estruturado para as instituições presentes em Cáceres, como a justiça estadual, a do trabalho, o Ministério Público, a Ordem dos Advogados do Brasil. Assim justifica a criação do Centro: O Centro de Prática Jurídica desenvolverá atividades predominantemente práticas, buscando a participação do estudante em situação concreta de vida e trabalho, relacionadas ao campo jurídico e a articulação entre ensino, prática e extensão. Sendo certo seu desenvolvimento dentro do mais absoluto espírito da ética profissional. (SOUZA & MALDONADO, 1998). Os Estágios Práticos Civil I, Civil II, Pena I, Penal II e do Trabalho estão na matriz curricular do curso de Direito. Esses estágios ocorrem juntamente com as demais disciplinas do curso e por esse motivo em muitas vezes são confundidos como aulas teóricas. Não há ligação direita entre as disciplinas de estágio e o estágio prático do EMAJ. O CEPRAJU, em seu projeto, previa a realização desses estágios práticos em conexão com todas as disciplinas de Estágio Supervisionado. O CEPRAJU propunha, além atuação do estagiário no EMAJ, a prática através de outras instituições, inclusive o cadastramento de escritórios de advocacia, porém esses definições não chegaram a serem praticadas. A EMAJ na prática só presta atendimento nas esferas civil e penal. A pesar menção de atendimentos éticos no escritório, o CEPRAJ não menciona uma das partes mais valorosas resultantes das atividades do EMAJ: a atividade de extensão. O EMAJ não buscava conhecer sua clientela nem sua função na sociedade cacerense. Os dados produzidos pelo EMAJ seriam fundamentais para tomar diretrizes na estrutura da Faculdade de Direito da UNEMAT, pois através da práxis, se formaria o arcabouço teórico para ações de pesquisa e ensino e se otimizaria a formação do jurista local. As atividades de pesquisa, através da criação de um núcleo no EMAJ propiciaria o desenvolvimento de pós-graduação, principalmente no desenvolvimento de programa voltado as realidades locais. Os dados produzidos pelo EMAJ formariam os mais ricos elementos para uma melhor formação acadêmico-científica.

3 A Rotina do EMAJ A prática do EMAJ consiste primeiramente na seleção da clientela. Às quintasfeiras são realizadas as triagens. A inscrição das triagens tem início às 7:30 h, porém é comum que uma fila de candidatos à vaga de assistido forme-se desde as 4 h da madrugada. São 06 (seis) assistidos por semana com a propositura de ações, mais inúmeros atendimento de orientação jurídica durante o expediente dos estagiários. Os estagiários são distribuídos em 03 (três) grupos de aproximadamente 10 (dez). Cada grupo atuará em um dia da semana: um às segundas-feiras, outro às terçasfeiras e o terceiro às quartas-feiras. São distribuídos 02 (dois) dos 06 (seis) clientes selecionados por cada dia de atendimento. Os estagiários atendem os assistidos em rodízio, ou seja: a cada semana (02) estagiários do grupo de aproximadamente 10 (dez) atendem um assistido. O início e finalização de cada turma de estágio são feitos através das transferências das pastas. Cada atendimento com propositura de ação resulta uma pasta. As pastas a serem transferidas são resultado do número de pastas recebidas do estágio anterior, somados ao número de pastas adquiridas durante o estágio (pelo atendimento dos novos assistidos) e deduzido o número de pastas arquivadas durante o estágio. O horário de atendimento aos assistidos é das 14 h às 18 h, período este controlado por livro ponto na secretaria do EMAJ. Cada grupo de estagiários é atendido por um orientador. A figura do orientado consiste em ser advogado, ou seja, possuir registro na Ordem dos Advogados do Brasil OAB. Por questões administrativas da Unemat, o orientador consta no quadro de professores do Curso. A função de cada orientador é de instruir o estagiário quanto ao acompanhamento do assistido. Passa pela analise do orientador todo material produzido pelos estagiários. O orientador é o defensor (advogado) do assistido, no âmbito do poder judiciário. O EMAJ tem sede na rua São Pedro, aos fundos do antigo Juizado Especial de Cáceres, o Escritório possui uma estrutura física e de pessoal insuficientes à demanda. O prédio possui uma ampla sala para atendimento aos assistidos, dividida em pequenos boxes. Há a sala da secretaria que também é utilizada pelo coordenador do dia.

4 Uma assistente universitário atua no EMAJ. Uma bolsa de extensão é dedicada ao projeto. Cabe a estes a parte administrativa do Escritório Resultados No período de 2004 a 2006 foi realizada coleta de dados objetivando caracterizar a clientela do EMAJ em aspectos diversos. Através da técnica de amostragem randômica constitui-se uma população de cem assistidos, totalizando 11% do universo de 912 (novecentos e doze) clientes em atendimento. Feito o sorteio das pastas individuais e levantamento de dados passou a conjugar demais dados para formar um perfil da clientela e sua figuração perante sociedade loca. Dentre esse total de pastas, a grande maioria são ações de alimentos e de divórcio. Porém há de se observar que algumas ações não são tão comuns ao cotidiano do EMAJ, como ação de reintegração de posse e indenização por ato ilícito. Segue o gráfico: Ações por pastas 3% 3% 3% 3% 3% 6% 6% 39% 11% 23% Alimentos - 14 Divórcios - 8 Investigações de Paternidade c/c Alimentos - 4 Indenizações - 2 Inventários - 2 Reconhecimento de União Estável - 1 Reintegração de Posse - 1 Revisão de Guarda c/c Alimentos - 1 Separação Judicial Litigiosa - 1 Conversão de Separação Judicial em Divorcio - 1 O grande número de ações é em Direito de Família. Na grande maioria os assistidos atuam como proponentes da ação, mas há de se observar que as contestações correspondem a mais de um quarto das pastas:

5 Ações por triagem 26% 74% Contestações - 9 Proposições - 25 Das 09 (nove) contestações, 06 (seis) dos assistidos são homens. Das 25 (vinte e cinco) proposições 22 (vinte e duas) são mulheres e 04 (quatro) são homens. Essa soma ultrapassa as 25 (vinte e cinco) proposições, pois numa ação de inventário figuram o inventariante (homem) e a mãe do filho menor do de cujo como assistidos. O gráfico a seguir evidencia melhor a divisão pro sexo dos assistidos: Assistidos por sexo 28% 72% Mulheres - 26 Homens - 10 Um dos fatores que demonstram o maior número de mulheres assistidas se evidencia porque o maior número de assistências é para proposição de alimentos. As mães, em ampla maioria, possuem a guarda dos filhos. Mais da metade das ações envolvem menores, com a totalidade de mães representarem seus filhos menores: Menores representados 49% 51% Com Menores Representados - 18 Sem Menores Representados - 17 Conclusões e discussão

6 Conjugando os três últimos gráficos poderá chegar a um perfil da maioria dos assistidos do EMAJ: são mulheres representando os filhos menores, propondo ação de alimentos em desfavor do pai de seus filhos. A discussão da paternidade também é levada à intervenção do judiciário, e considerando que a maioria dessas mulheres foi mãe solteira ou mantiveram curto relacionamento formal (Casamento ou União Estável) com o parceiro, revela um retrato da sociedade atual local: menores sob a guarda da mãe e com pouco contato ou de difícil relacionamento com o pai. Supõe-se de que se o relacionamento entre os pais fosse estável ou adequado, para melhor desenvolvimento do menor, não haveria discussão judicial sobre a guarda, paternidade ou alimentos. Denota-se que as famílias atendidas pelo EMAJ são chefiadas por mulheres que detém a guarda dos filhos, buscando complementação da renda familiar através da ação de alimentos. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DINIZ, Maria Helena. Compendio de introdução à ciência do Direito edi. - São Paulo: Saraiva, FRAGALE FILHO, Roberto, VERONESE, Alexandre. A pesquisa em Direito: diagnóstico e perspectivas. in R.. P. G. v. 1 nº 2, p nov, 2004 SOUZA, Expedito F. MALDONADO, João Mário S. Centro de prática jurídica da Faculdade de Direito da Unemat. Projeto de Ensino. Cáceres: Unemat, 1998

NPJ - Núcleo de Prática Jurídica

NPJ - Núcleo de Prática Jurídica NPJ - Núcleo de Prática Jurídica O Núcleo de Prática Jurídica - NPJ da FSG constitui-se como o espaço que promove a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão e é voltado para a formação prática

Leia mais

IESB / PREVE. CURSO DE DIREITO Núcleo de Prática Jurídica Escritório de Assistência Jurídica ORIENTAÇÕES GERAIS

IESB / PREVE. CURSO DE DIREITO Núcleo de Prática Jurídica Escritório de Assistência Jurídica ORIENTAÇÕES GERAIS IESB / PREVE CURSO DE DIREITO Núcleo de Prática Jurídica Escritório de Assistência Jurídica ORIENTAÇÕES GERAIS MISSÃO / IESB Proporcionar um espaço de contínua aprendizagem onde alunos, professores e colaboradores

Leia mais

EDITAL PÚBLICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO FORMAÇÃO PRÉ-ACADÊMICA: EQUIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO TURMA - 2013

EDITAL PÚBLICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO FORMAÇÃO PRÉ-ACADÊMICA: EQUIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO TURMA - 2013 EDITAL PÚBLICO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO FORMAÇÃO PRÉ-ACADÊMICA: EQUIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO TURMA - 2013 O Núcleo de Estudos sobre Educação, Gênero, Raça e Alteridade, vinculado a Pró-reitoria de Extensão

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio II Código:DIR- 480 Pré-requisito:

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio I Código: DIR-480 Pré-requisito:

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIO 2013

PROGRAMA DE ESTÁGIO 2013 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2013 Estamos em busca de jovens talentos! Cavalcante Ramos Advogados através do seu programa de estágio tem como objetivo proporcionar ao estagiário o conhecimento das rotinas forenses

Leia mais

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE 1 REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Núcleo de Prática Jurídica é órgão destinado a coordenar, executar

Leia mais

1. Apresentação Curso de Serviço Social

1. Apresentação Curso de Serviço Social PROJETO NÚCLEO DE PRÁTICAS DE JURIDICAS E DE SERVIÇO SOCIAL Responsável Técnica As. Social Tatiane Ferreira CRESS/SC 3207 CRESS/PR 6425 Prof. Ms. As. Social Josiane Bortoluzzi 1. Apresentação O Curso de

Leia mais

profissional, de ensino médio, da educação especial e nos anos finais do ensino

profissional, de ensino médio, da educação especial e nos anos finais do ensino Edital de abertura de inscrições para estágios na Prefeitura do Município de Carlos Barbosa/RS, nas áreas de Direito, Arquitetura, Serviço Social, Psicologia Administração, Secretário Executivo e Computação/Informática,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ABERTURA DE TURMA PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PROFOP DA UTFPR

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ABERTURA DE TURMA PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PROFOP DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Graduação e Educação Profissional - DIRGRAD Departamento de Educação Campus XXXXXXX ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA E INOVAÇÃO Coordenadoria de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA E INOVAÇÃO Coordenadoria de Pós-Graduação Lato Sensu UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA E INOVAÇÃO Coordenadoria de Pós-Graduação Lato Sensu EDITAL 2015 Especialização em Advocacia (Niterói) O Colegiado do Curso de Pós-graduação

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL 01/2013

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL 01/2013 COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONCURSO PARA INGRESSO NA FUNÇÃO DE MONITOR DO EDITAL 01/2013 A Coordenadora do Curso de Direito e o Coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Dispõe sobre normas para realização do estágio de prática jurídica, componente curricular obrigatório dos Cursos de Direito. Do Núcleo de Prática Jurídica Art.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social O Projeto pedagógico do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras sua direção social, seus objetivos, suas diretrizes, princípios,

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

Diretrizes para Implementação dos Serviços de Responsabilização e Educação dos Agressores

Diretrizes para Implementação dos Serviços de Responsabilização e Educação dos Agressores PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA MULHERES SECRETRIA DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES Diretrizes para Implementação dos Serviços de Responsabilização e Educação dos Agressores

Leia mais

PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES

PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES A Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, por meio da Escola de Saúde Pública, em parceira

Leia mais

Direito de familia. Separação judicial (?) e divórcio. Arts. 1.571 a 1.582, CC. Art. 226, 6º, CF (nova redação).

Direito de familia. Separação judicial (?) e divórcio. Arts. 1.571 a 1.582, CC. Art. 226, 6º, CF (nova redação). Direito de familia Separação judicial (?) e divórcio. Arts. 1.571 a 1.582, CC. Art. 226, 6º, CF (nova redação). 1 EC nº 66/2010: Nova redação do art. 226, 6º da CF: O casamento civil pode ser dissolvido

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº: 002/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº: 002/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº: 002/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 - SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 005/2015 OBJETO: Contratação de 01(um) Advogado, 01(um) Assistente Social e 01(um) Psicólogo

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA TÍTULO I Dos Princípios gerais Art. 1. Este regimento Interno disciplina

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE COORDENADORIA DE ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS ORIENTAÇÕES AOS ACADÊMICOS Compete à Coordenadoria de Estágios Supervisionados: promover, coordenar, supervisionar e avaliar o Estágio de Prática Forense. O Estágio

Leia mais

Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível

Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível Relatório de Atividades desenvolvidas pela DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE ALAGOAS de Janeiro a Dezembro de 2002. Capital Área Cível Atendimentos 11874 Ações ajuizadas 1770 Acordos 1135 Contestações 307

Leia mais

RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº 001/2007 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. EDITAL DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA

RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº 001/2007 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. EDITAL DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº 001/007 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. EDITAL DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA A Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT, através do Departamento de Ciências

Leia mais

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 03/2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

Re s p o n s a b i l i z a ç ã o e

Re s p o n s a b i l i z a ç ã o e Anexo II Di r e t r i z e s Ge r a i s d o s Se rv i ç o s d e Re s p o n s a b i l i z a ç ã o e Educação do Agressor SERVIÇO DE RESPONSABILIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DO AGRESSOR Ap r e s e n ta ç ã o A presente

Leia mais

(Publicado em 02/02/2015)

(Publicado em 02/02/2015) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO EDITAL N 01 / 2015 - PROCESSO SELETIVO (Publicado em 02/02/2015) EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

EDITAL PROEX Nº 094/2015

EDITAL PROEX Nº 094/2015 EDITAL PROEX Nº 094/2015 (Edital NEDDIJ nº 001/2015) A PRO REITORA DE EXTENSÃO e a COORDENADORA DO NEDDIJ - NÚCLEO DE ESTUDOS E DEFESA DE DIREITOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE da UNIVERSIDADE ESTADUAL DE

Leia mais

EDITAL No. 01/ 2014- NEDDIJ Programa UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS Subprograma INCUBADORA DOS DIREITOS SOCIAIS

EDITAL No. 01/ 2014- NEDDIJ Programa UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS Subprograma INCUBADORA DOS DIREITOS SOCIAIS EDITAL No. 01/ 2014- NEDDIJ Programa UNIVERSIDADE SEM FRONTEIRAS Subprograma INCUBADORA DOS DIREITOS SOCIAIS A Coordenadora do NÚCLEO DE ESTUDOS E DEFESA DE DIREITOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE vinculado

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 O REITOR da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, no uso de suas atribuições legais, torna pública as alterações no Edital n. 001/2014

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SETOR JURÍDICO DA ASSEMP

REGIMENTO INTERNO DO SETOR JURÍDICO DA ASSEMP REGIMENTO INTERNO DO DA ASSEMP O Setor Jurídico da ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE, doravante denominado Jurídico-ASSEMP, será regido de acordo com este regimento e

Leia mais

Faculdade do Noroeste de Minas FINOM Núcleo de Prática Jurídica PROJETO DA ESTRUTURA DE ESTÁGIO NO NPJ FINOM

Faculdade do Noroeste de Minas FINOM Núcleo de Prática Jurídica PROJETO DA ESTRUTURA DE ESTÁGIO NO NPJ FINOM Faculdade do Noroeste de Minas FINOM Núcleo de Prática Jurídica PROJETO DA ESTRUTURA DE ESTÁGIO NO NPJ FINOM Paracatu, Minas Gerais 2009 I - Objeto: Este projeto tem como objeto a definição da estrutura

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES DE TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E SEUS IMPACTOS NA ADVOCACIA CONTENCIOSA 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS)

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO TÍTULO I DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

Leia mais

Escritório Escola Jurídico Social Desembargador Ranulfo de Melo Freire

Escritório Escola Jurídico Social Desembargador Ranulfo de Melo Freire Escritório Escola Jurídico Social Desembargador Ranulfo de Melo Freire Integrantes: Volneida Costa - Coordenadora Doutorado em Direito Constitucional (UFMG, 2008), Mestre em Direito Constitucional pela

Leia mais

Programa de Atendimento Itinerante Jurídico Social - PAIJUS

Programa de Atendimento Itinerante Jurídico Social - PAIJUS Programa de Atendimento Itinerante Jurídico Social - PAIJUS Integrantes: Liliane Cristina de Oliveira Hespanhol coordenadora Possui graduação em Direito pela Universidade do Estado de Minas Gerais - Campus

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO EDITAL nº 01/ 2013 - PROCESSO SELETIVO (Publicado em11/11/2013) EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

Faculdades FIP/Magsul Ponta Porã /MS

Faculdades FIP/Magsul Ponta Porã /MS Faculdades FIP/Magsul Ponta Porã /MS Projeto de Ensino 2014 ( ) ENSINO ( X ) PESQUISA (X ) EXTENSÃO 1. Título: A Experiência da Assistência Jurídica Gratuita da Fip/Magsul numa Perspectiva transdisciplinar.

Leia mais

RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) RELAÇÕES DE TRABALHO: EFEITOS TRIBUTÁRIOS E PREVIDENCIÁRIOS 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 1

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 1 Edital 1 Seleção de Bolsa de Estudos conforme Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009 A Universidade Castelo Branco mantida pelo Centro Educacional de Realengo, no uso de suas competências e

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE:

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE: RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO O CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DE RONDÔNIA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, no uso de suas atribuições estatutárias, com base no que dispõe o art. 10, 1º da Lei

Leia mais

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 3

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 3 Edital 3 Seleção de Bolsa de Estudos conforme Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009 A Universidade Castelo Branco mantida pelo Centro Educacional de Realengo, no uso de suas competências e

Leia mais

EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá.

EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá. EDITAL Nº. 020/2015 Processo seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da 5ª Defensoria Pública da comarca de Paranaguá. A 5ª. DEFENSORIA PÚBLICA DA COMARCA DE PARANAGUÁ RESOLVE TORNAR PÚBLICO O

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: A FACULDADE ESTÁCIO DA AMAZÔNIA ESTÁCIO ATUAL, campus Boa Vista divulga processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação e/ou graduação tecnológica.

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DO NUCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS Este Regulamento se aplica ao curso de Direito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés TÍTULO I DOS

Leia mais

Circular NPJ nº 01/2008:

Circular NPJ nº 01/2008: Rio de Janeiro, 14 de março de 2008. Circular NPJ nº 01/2008: Apresenta o funcionamento do Núcleo de Prática Jurídica e do Escritório Modelo. Estimados Alunos, Essa circular visa ao esclarecimento do funcionamento

Leia mais

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO MESTRADO SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO Justificativa A equipe do mestrado em Direito do UniCEUB articula-se com a graduação, notadamente, no âmbito dos cursos de

Leia mais

Dispõe sobre a regulamentação do Núcleo de Prática Jurídica do Curso de Direito FAESF

Dispõe sobre a regulamentação do Núcleo de Prática Jurídica do Curso de Direito FAESF RESOLUÇÃO DIR. N. 002/08 CENTRO INTEGRADO DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO - FAESF RUA FÉLIX PACHÊCO, 1206 BAIRRO: MANGUINHA FONE: (89) 3521-6512 ou 3521-2956 CNPJ:

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Núcleo de Prática Jurídica Faculdade de Direito FAAP SUMÁRIO 1. O que é Estágio... 3 2. O Estágio Supervisionado na Faculdade de Direito... 3 3. Planejamento e desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA Regula o funcionamento do Núcleo de Prática Jurídica NPJ do curso de Direito Bacharelado da Fibra. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2 DA FINALIDADE E DO OBJETIVO Art. 1º. As Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade Unida de Suzano serão regidas por este Regulamento.

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL A REITORA do Centro Universitário de João Pessoa UNIPÊ faz saber, pelo presente EDITAL, que estão sendo abertas durante o período, de 15 de setembro de 2015 a 11 de março

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE. Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE Curso: Licenciatura em Educação Física Projeto Pedagógico Ingressantes em 2007 Dados: Sigla: Licenciatura em Educação Física Área: Biológicas

Leia mais

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: O Centro Universitário Estácio de Brasília Estácio Brasília divulga processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação e/ou graduação tecnológica.

Leia mais

PDI 2012-2016 Implementação da Instituição e Organização Acadêmica

PDI 2012-2016 Implementação da Instituição e Organização Acadêmica PDI 2012-2016 Implementação da Instituição e Organização Acadêmica Pró-Reitoria de Ensino do IFG Gilda Guimarães Dulcinéia de Castro Santana Goiânia_ 2012/1 1- PARÂMETROS LEGAIS LEI Nº 11.892, DE 29 DE

Leia mais

Nova seleção de bolsistas de extensão preenchimento novas vagas 2014

Nova seleção de bolsistas de extensão preenchimento novas vagas 2014 Nova seleção de bolsistas de extensão preenchimento novas vagas 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS-BOLSISTAS EXTENSIONISTAS PROGRAMA DE EXTENSÃO INCLUSÃO SOCIAL E PROTEÇÃO AOS GRUPOS VULNERÁVEIS Inscrições:

Leia mais

MISSÃO VISÃO VALORES Ética Dedicação Versatilidade Perseverança e Otimismo -

MISSÃO VISÃO VALORES Ética Dedicação Versatilidade Perseverança e Otimismo - Quem Somos O escritório de advocacia GUIMARÃES SANCHES Advogados, estabelecido há mais de 10 anos no mercado, é centenário na soma de experiências, força de trabalho e dedicação de seus sócios e colaboradores.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) EM ASSISTÊNCIA INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE

Leia mais

Estágio Curricular Supervisionado

Estágio Curricular Supervisionado Estágio Curricular Supervisionado CURSO DE ENFERMAGEM O curso de bacharelado em Enfermagem do IPTAN apresenta duas disciplinas em seu plano curricular pleno relativas ao estágio: Estágio Supervisionado

Leia mais

ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 ANEXO 2. NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1. A partir das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Serviço Social o planejamento acadêmico do deve assegurar, em termos

Leia mais

EDITAL SELEÇÃO DE ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA ALUNOS DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIAS

EDITAL SELEÇÃO DE ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA ALUNOS DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIAS EDITAL SELEÇÃO DE ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA ALUNOS DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FACULDADE ASCES CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS APLICADAS E ENGENHARIAS O Diretor da Faculdade Asces, no uso de suas atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 183/2009 AD REFERENDUM DO CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 183/2009 AD REFERENDUM DO CONEPE RESOLUÇÃO Nº 183/2009 AD REFERENDUM DO CONEPE Aprova o Edital 001/2009 para Seleção no Programa de Pósgraduação Stricto Sensu em Educação - Mestrado Acadêmico, da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS - OPE 03 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria para promover estudos, formular proposições e apoiar as Unidades

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CAMPUS SÃO LUÍS CENTRO HISTÓRICO SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - O Diretor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO EDITAL 001/ 2014 - PROCESSO SELETIVO (Publicado em 13/02/2014) EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE Conselho Universitário - CONSUNI REGULAMENTO DA CLÍNICA ESCOLA E SERVIÇOS DE PSICOLOGIA - CESP Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 11/15 de 08/04/15. CAPÍTULO I DO OBJETIVO DO REGULAMENTO Art. 1º A Clínica Escola de Psicologia é o ambiente

Leia mais

Projeto Novos Horizontes: Grupo Reflexivo Para Homens Autores de Violência de Gênero

Projeto Novos Horizontes: Grupo Reflexivo Para Homens Autores de Violência de Gênero Projeto Novos Horizontes: Grupo Reflexivo Para Homens Autores de Violência de Gênero Mostra Local de: Apucarana (Municípios do Vale do Ivaí) Categoria do projeto: II Projetos em implantação (projetos que

Leia mais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS : ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EXPERIÊNCIA PSICANALÍTICA. Periodicidade: Anual. Coordenação: Clarice Gatto. Objetivos do Curso

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EXPERIÊNCIA PSICANALÍTICA. Periodicidade: Anual. Coordenação: Clarice Gatto. Objetivos do Curso CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EXPERIÊNCIA PSICANALÍTICA Periodicidade: Anual Coordenação: Clarice Gatto Objetivos do Curso Contribuir para uma perspectiva crítica ante a práxis que se exerce nos

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2011/2015. ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2011/2015. ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período Art.41 O programa de Estágio Supervisionado compreende as atividades de prática jurídica simulada e real: (Regulamento do Curso). 1- O discente deverá comparecer em todos os encontros agendados, sábados,

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDOS DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER NA CIDADE DE PONTA GROSSA

NÚCLEO DE ESTUDOS DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER NA CIDADE DE PONTA GROSSA 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( X ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

MINUTA DE RESOLUÇÃO PARA REGULAMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO REGIME DE TRABALHO EM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DA UNEMAT RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE

MINUTA DE RESOLUÇÃO PARA REGULAMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO REGIME DE TRABALHO EM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DA UNEMAT RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE MINUTA DE RESOLUÇÃO PARA REGULAMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO REGIME DE TRABALHO EM DEDICAÇÃO EXCLUSIVA DA UNEMAT RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE Regulamenta o regime de trabalho de Tempo Integral, em Dedicação Exclusiva

Leia mais

Edital nº 05/2010. Seleção de Professores

Edital nº 05/2010. Seleção de Professores Edital nº 05/2010 Seleção de Professores O Diretor da Faculdade de Direito de Sorocaba, no uso de suas atribuições, FAZ Saber que estão abertas as inscrições para o PROCESSO SELETIVO para preenchimento

Leia mais

O ACESSO À JUSTIÇA COMO DIREITO DA PERSONALIDADE NAS RELAÇÕES FAMILIARES

O ACESSO À JUSTIÇA COMO DIREITO DA PERSONALIDADE NAS RELAÇÕES FAMILIARES V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 O ACESSO À JUSTIÇA COMO DIREITO DA PERSONALIDADE NAS RELAÇÕES FAMILIARES Claudia Beatriz de Lima Ribeiro 1 ; Graziella

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 015/2008 CONSUNI Aprova a Estrutura Organizacional da Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT. O Presidente do Conselho Universitário CONSUNI, da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Artigo 1º Objeto O Regulamento do 2º Ciclo de Estudos Conducentes ao Grau de Mestre em Psicologia Clínica

Leia mais

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO MODELO DE ADVOCACIA DA UNISUL (REMA/UNISUL)

REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO MODELO DE ADVOCACIA DA UNISUL (REMA/UNISUL) UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA ESCRITÓRIO MODELO DE ADVOCACIA DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO ESCRITÓRIO MODELO DE ADVOCACIA DA UNISUL (REMA/UNISUL) Tubarão, SC, fevereiro de 2004. 2 Regulamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014

ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 ASSOCIAÇÃO E CULTURAL E EDUCACIONAL DO PARÁ ACEPA CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA EDITAL Nº 031/2014 1. O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA, no uso de suas atribuições

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº JFRJ-EDT-2013/00195 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ESTAGIÁRIOS

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº JFRJ-EDT-2013/00195 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ESTAGIÁRIOS EDITAL Nº JFRJ-EDT-2013/00195 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ESTAGIÁRIOS A EXCELENTÍSSIMA JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA NO EXERCÍCIO DA TITULARIDADE DA 6ª VARA FEDERAL DE SÃO JOÃO DE MERITI, DA

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE Nº 10/2015

FACULDADE DE DIREITO SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE Nº 10/2015 FACULDADE DE DIREITO SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTE Nº 10/2015 Ref.: Seleção Externa de Docente em Regime de Tempo Integral (TI-40) nas disciplinas de Prática Jurídica Judicial e Extrajudicial I e II, na área

Leia mais

EDITAL nº01/2012 CONVÊNIO UERGS/CAPES PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES Edição em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Cruz Alta 2012/02

EDITAL nº01/2012 CONVÊNIO UERGS/CAPES PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES Edição em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Cruz Alta 2012/02 EDITAL nº01/2012 CONVÊNIO UERGS/CAPES PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES Edição em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Cruz Alta 2012/02 A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Estadual do

Leia mais

CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS

CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS - SEPesq CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS Voltaire de Freitas Michel Doutor em Direito Uniritter voltairemichel@hotmail.com Resumo: O projeto de extensão Conversando sobre as Carreiras Jurídicas

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E GERENCIAIS 2012 GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS

Leia mais

FACULDADE CASA DO ESTUDANTE CURSO DE DIREITO PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE CASA DO ESTUDANTE CURSO DE DIREITO PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CASA DO ESTUDANTE CURSO DE DIREITO PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA ARACRUZ 2005 1 INTRODUÇÃO Com o intuito de contextualizar práticas educativas no Curso de Direito,

Leia mais

CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES No Curso de Direito as Atividades Complementares são obrigatórias e obedecem às Diretrizes Nacionais de Curso, Resolução CES/CNE

Leia mais

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 O Instituto de Ensino Superior João Alfredo de Andrade, por sua Comissão Organizadora do Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA

FACULDADE DE ARARAQUARA 1 Conteúdo SUMÁRIO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E INSTITUCIONAIS... 2 II DO OBJETIVO E DOS REQUISITOS... 2 III DA COMPOSIÇÃO E INSTALAÇÕES DO NPJ... 3 IV DAS FINALIDADES DO NPJ... 4 V DA COORDENAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO DE CAPA (NOME DO ALUNO SEM ABREVIAÇÕES E EM MAIÚSCULAS) INTRODUZIR O TÍTULO DO PROJETO DE PESUISA PROJETO DE PESQUISA: DIREITO FAFICH - GOIATUBA CURSO DE DIREITO GOIATUBA

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014. Seleção Pública de Profissional de Educação Física para Academia de Ginástica do Centro Administrativo Fernando Ferrari

EDITAL Nº 01/2014. Seleção Pública de Profissional de Educação Física para Academia de Ginástica do Centro Administrativo Fernando Ferrari ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE EDITAL Nº 01/2014 Seleção Pública de Profissional de Educação Física para Academia de Ginástica do Centro Administrativo Fernando Ferrari 1.DA NATUREZA DAS

Leia mais

REGIMENTO DA COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA PROFISSIONAL E EMPREENDEDORISMO (NUPPE)

REGIMENTO DA COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA PROFISSIONAL E EMPREENDEDORISMO (NUPPE) APROVADO Alterações aprovadas na 27ª reunião do Conselho Superior realizada em 18/12/2013. REGIMENTO DA COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA PROFISSIONAL E EMPREENDEDORISMO (NUPPE) DA ESTRUTURA Art. 1º - A

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015 O Instituto Euvaldo Lodi - IEL/ES, pelo presente Edital, faz saber que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE EDITAL DE DIVULGAÇÃO DE PROCESSO SELETIVO PARA SUPERVISORES DA FASE DE PESQUISA DA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROGRAMA NACIONAL DE

Leia mais

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Com a finalidade de otimizar o processo de elaboração e avaliação dos Projetos Pedagógicos do Cursos (PPC), sugere-se que os itens a seguir sejam

Leia mais

3. SERVIÇOS ATENDIMENTO JURISDICIONAL

3. SERVIÇOS ATENDIMENTO JURISDICIONAL ATENDIMENTO JURISDICIONAL DOCUMENTOS PARA O ATENDIMENTO Documento de identificação pessoal (identidade ou certidão de nascimento) Certidão de casamento (se for casado) CPF Comprovante de renda de até 3

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CAPÍTULO I DA FINALIDADE ART. 1º - O Núcleo de Prática Jurídica, subordinado à Faculdade de Direito

Leia mais