o anglo resolve a prova de Conhecimentos Gerais da UNIFESP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "o anglo resolve a prova de Conhecimentos Gerais da UNIFESP"

Transcrição

1 o anglo resolve a prova de Conhecimentos Gerais da UNIFESP Código: É trabalho pioneiro. Prestação de serviços com tradição de confiabilidade. Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em sua tarefa de não cometer injustiças. Didático, mais do que um simples gabarito, auxilia o estudante no processo de aprendizagem, graças a seu formato: reprodução de cada questão, seguida da resolução elaborada pelos professores do Anglo. No final, um comentário sobre as disciplinas. A Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) é uma instituição pública voltada exclusivamente para a área da Saúde. Oferece os seguintes cursos (todos em período integral): Tecnologia Oftálmica 20 vagas Ciências Biológicas (modalidade médica) 30 vagas Enfermagem 80 vagas Fonoaudiologia 33 vagas Medicina 110 vagas Seu vestibular é realizado numa única fase, em três dias consecutivos, com provas de quatro horas de duração, assim distribuídas: 1º dia: Prova de Conhecimentos Gerais (peso 1) 90 testes de múltipla escolha, de Matemática, Física, Química, Biologia, História e Geografia (15 testes de cada disciplina). 2º dia: Prova de Língua Portuguesa (35 testes), Língua Inglesa (15 testes) e uma Redação dissertativa (valendo 50 pontos). Essa prova tem peso 1. 3º dia: Prova de Conhecimentos Específicos (peso 2) 25 questões discursivas, sendo 7 de Biologia, 6 de Química, 6 de Física e 6 de Matemática. A classificação final é a média ponderada das notas das 3 provas. Observação: a Unifesp utiliza a nota dos testes do ENEM, aplicando-a de acordo com a seguinte fórmula: 9,5 CG+ 0,5 E 10 em que CG é a nota da prova de Conhecimentos Gerais e E é a nota da parte objetiva do ENEM. O resultado só é levado em conta se favorece o candidato.

2 MA E T T M Á I CA Questão n O valor de log2 n! é: A) n 2. C) n. E) log 2 n. B) 2n. D) 2log 2 n. Sendo n IN*, temos: n n 2! log2 = log n 2 log22 n!! = n n = n Resposta: C Questão 2 Num determinado local, o litro de combustível, composto de 75% de gasolina e 25% de álcool, é comercializado ao preço de R$2,05, sendo o litro de álcool comercializado ao preço de R$1,00. Se os preços são mantidos proporcionais, o preço do litro de gasolina é: A) R$ 2,15. C) R$ 2,30. E) R$ 3,05. B) R$ 2,20. D) R$ 2,40. Sendo x o preço, em R$, de um litro de gasolina, temos: 0,75x + 0,25 1 = 2,05 75x + 25 = x = 180 x = 2,40 Resposta: D Questão 3 Quando se diz que numa determinada região a precipitação pluviométrica foi de 10mm, significa que a precipitação naquela região foi de 10 litros de água por metro quadrado, em média. Se numa região de 10km 2 de área ocorreu uma precipitação de 5cm, quantos litros de água foram precipitados? A) D) B) E) C) mm 1 m Volume: 10 litros 1 m Como 10mm correspondem a 10L/m 2, então 5cm = 50mm correspondem a 50L/m 2, em média. Temos ainda: 10km 2 = m 2 = 10 7 m 2. Sendo V o volume pedido: 50L 1m 2 V 10 7 m 2 V = L Resposta: B 3

3 Questão 4 Para ser aprovado num curso, um estudante precisa submeter-se a três provas parciais durante o período letivo e a uma prova final, com pesos 1, 1, 2 e 3, respectivamente, e obter média no mínimo igual a 7. Se um estudante obteve nas provas parciais as notas 5, 7 e 5, respectivamente, a nota mínima que necessita obter na prova final para ser aprovado é A) 9. C) 7. E) 5. B) 8. D) 6. Sendo x a nota da prova final, temos, na condição de ser aprovado, que: x x x 49 3x 27 x 9 Portanto a nota mínima que esse estudante necessita obter na prova final é 9. Resposta: A Questão 5 Se a figura representa o gráfico de um polinômio real, p(x), podemos afirmar: A) p(x) tem uma raiz a, tal que 3 a 5. B) p(x) é divisível por x 1. C) p(x) tem apenas 4 raízes reais. D) p(x) não tem raiz real. E) o grau de p(x) é maior ou igual a 5. y x Do gráfico, podemos concluir que a equação p(x) = 0 admite, pelo menos, cinco raízes. Portanto o grau de p(x) é maior ou igual a 5. Resposta: E Questão 6 A primeira figura representa um retângulo de 100cm por 50cm, com uma escada E 1 contendo 50 degraus de 1cm de largura por 1cm de altura. O ponto A indica a extremidade inferior da escada E 1. Pretende-se ampliar a largura dos degraus de E 1, de forma a obter uma nova escada, E 2, contendo também 50 degraus, todos de mesma largura e tendo como extremidade inferior o ponto B, conforme figura. Na nova escada, E 2, a altura dos degraus será mantida, igual a 1cm A área da região sombreada, sob a escada E 2, conforme a segunda figura, será: A) 2.050cm 2. B) 2.500cm 2. C) 2.550cm 2. D) 2.750cm 2. E) 5.000cm 2. 1cm 1cm 1cm E 1 E 2 50cm 50cm A E 2 B 50cm 50cm 100cm B 4

4 Considere a figura, na qual l representa a largura, em centímetros, de cada um dos 50 degraus da escada E 2 : Devemos ter: 50 l = 100 l = 2 A área S pedida pode ser obtida somando-se a área do triângulo CDB com as áreas dos cinqüenta triângulos retângulos congruentes entre si e com catetos medindo 1cm e 2cm. 1 Logo, S = Portanto S = 2550cm 2 Resposta: C C 1cm D l 100cm E 2 B 50cm Questão 7 Considere, no plano complexo, conforme a figura, o triângulo de vértices z 1 = 2, z 2 = 5 e z 3 = 6 + 2i. A área do triângulo de vértices w 1 = iz 1,w 2 = iz 2 e w 3 = 2iz 3 é: A) 8. B) 6. C) 4. D) 3. E) 2. w 1 = i 2 w 1 = 0 + 2i w 2 = i 5 w 2 = 0 + 5i w 3 = 2i (6 + 2i) w 3 = i Sejam A, B e C os afixos de w 1,w 2 e w 3. O triângulo ABC tem base 3 e altura 4. Portanto sua área é Resposta: B C y x y 12 B 5 A 2 0 x Questão 8 A área sombreada na figura, limitada pela elipse e pela reta indicadas, é: A) π. B) 2π. C) 3π. D) 4π. E) 6π. y y = 2x x y2 4 = 1 x 2 2 x y Da equação da elipse, temos: + = a = 9 a = 3 e 2 b = 4 b = 2 Do formulário, a área A da região plana limitada pela elipse é: A = π a b Logo, A = π 3 2 A = 6π 1 Portanto a área sombreada é igual a A, ou seja, 3π. 2 Resposta: C 5

5 Questão 9 Imagine uma fila de 50 portas fechadas e outra de 50 estudantes, portas e estudantes numerados conforme a posição em sua fila. Do primeiro ao qüinquagésimo e em ordem crescente, o estudante que ocupa a n-ésima posição na fila deverá fechar ou abrir as portas de números n, 2n, 3n,... (ou seja, múltiplos de n) conforme estejam abertas ou fechadas, respectivamente, não tocando nas demais. Assim, como todas as portas estão inicialmente fechadas, o primeiro estudante tocará em todas, abrindo-as. O segundo estudante tocará apenas nas portas de números 2, 4, 6,..., fechando-as, pois vai encontrá-las abertas. O terceiro estudante tocará apenas nas portas de números 3 (fechando-a), 6 (abrindo-a), 9 (fechando-a) e assim por diante. Se A significa aberta e F fechada, após o qüinquagésimo estudante ter realizado sua tarefa, as portas de números 4, 17 e 39 ficarão, respectivamente, A) F, A e A. C) F, F e A. E) A, F e F. B) F, A e F. D) A, F e A. Divisores positivos de 4: (1, 2, 4) Divisores positivos de 17: (1, 17) Divisores positivos de 39: (1, 3, 13, 39) Assim, 3 pessoas tocam na porta 4, 2 pessoas na 17 e 4 pessoas na 39. Portanto a 4 fica aberta; a 17, fechada; e a 39, fechada. Resposta: E Questão 10 Um inseto vai se deslocar sobre uma superfície esférica de raio 50cm, desde um ponto A até um ponto B, diametralmente opostos, conforme a figura. O menor trajeto possível que o inseto pode percorrer tem comprimento igual a: A O B π 3π A) C) m. E) 3π m. 2 m. 2 B) π m. D) 2π m. O comprimento C pedido é igual à metade do comprimento de um círculo máximo da esfera. Logo: 1 C = cm 2 2 π 50 1 C = m C = m π π Resposta: A Questão 11 Na figura, estão representados, no plano cartesiano xoy, a reta de equação y = 2kx, 0 k 3/2, a parábola de equação y = x 2 + 3x e os pontos O, P e Q de intersecções da parábola com o eixo Ox e da reta com a parábola. Nestas condições, o valor de k para que a área do triângulo OPQ seja a maior possível é: y y = x 2 + 3x Q y = 2kx A) B) C) D) E) O P x 6

6 Intersecções da parábola com o eixo Ox: x 2 + 3x = 0 x = 0 ou x = 3. Logo, O(0,0), P(3,0) e OP = 3. Considere a figura: y y Q Q = V O x Q P x A área S do triângulo OPQ é S = 1 2 OP y Q e, portanto, é a maior possível, quando y Q é máximo, ou seja, quando Q coincide com o vértice V da parábola. Daí: 3 xv = xq = xq = 2 ( 1) yv = yq = yq = Como Q pertence à reta, devemos ter: = 2 k, ou seja, k = Resposta: B 3 2 Questão 12 Se A denota o determinante da matriz A, e se A A = 1 2 A, então, A) A = B) A = 2 1 se A , C) A = 1 1 se A 0., 2 1 D) A = 2 1 ou A = E) A = 2 1 ou A = Do enunciado, temos: A = A 2 2 A 2 A 2 = 0 Assim: A = 2 1 ou = 1 1 A A = 2 ou A = 1. Resposta: D 7

7 Questão 13 y Considere a reta de equação 4x 3y + 15 = 0, a senóide de equação y = sen(x) e o ponto P = π, conforme a figura. 2, 3 A soma das distâncias de P à reta e de P à senóide é: π π π A). C). E) π π B). D) P π 2 π x Do enunciado: a distância do ponto P à senóide é d 1 = 2; a distância do ponto P à reta é: 6 + 2π π Assim: d1 + d2 = 2 + = 5 5 Resposta: E π ( ) + 2 d 2 = π = 5 Questão 14 Os alunos quartanistas do curso diurno e do curso noturno de uma CURSO NOTA faculdade se submeteram a uma prova de seleção, visando à participação DIURNO NOTURNO numa olimpíada internacional. Dentre os que tiraram nota 9,5 ou 10,0 será escolhido um aluno, por sorteio. Com base na tabela, a probabilidade de que o aluno sorteado tenha tirado nota 10,0 e seja do curso noturno é: 9,5 10, A) C) E) B) 6 12 D) Do enunciado: Resposta: C 8 P = = Questão 15 Numa determinada livraria, a soma dos preços de aquisição de dois lápis e um estojo é R$10,00. O preço do estojo é R$5,00 mais barato que o preço de três lápis. A soma dos preços de aquisição de um estojo e de um lápis é A) R$3,00. C) R$6,00. E) R$12,00. B) R$4,00. D) R$7,00. Sendo x e y, nessa ordem, os preços, em reais, de um lápis e de um estojo, temos: 123 2x + y = 10 y = 3x 5 Resolvendo esse sistema, obtemos x = 3 e y = 4. Portanto, a soma dos preços de aquisição de um estojo e de um lápis é R$7,00. Resposta: D 8

8 B O I O IA L G Questão 16 No grão de arroz que ingerimos, o amido contido em seu interior encontra-se armazenado, inicialmente, A) dentro do vacúolo da célula vegetal. B) em grânulos dispersos pelo citoplasma. C) no estroma dentro dos cloroplastos. D) nos espaços intercelulares da semente. E) nas vesículas do complexo de Golgi. Os grãos de amido existentes no endosperma das sementes de arroz que ingerimos encontram-se, inicialmente, no interior de cloroplastos. Observação: Imaginamos que o autor da questão, ao utilizar o termo inicialmente, estivesse se referindo à produção de carboidratos e seu conseqüente armazenamento no interior de cloroplastos de tecidos clorofilados. Resposta: C Questão 17 O tratamento da leucemia por meio dos transplantes de medula óssea tem por princípio a transferência de células-tronco da medula de um indivíduo sadio para o indivíduo afetado. Tal procedimento fundamenta-se no fato de que essas células-tronco A) podem ser usadas para a clonagem de células sadias do paciente. B) não serão afetadas pela doença, já que foram diferenciadas em outra pessoa. C) secretam substâncias que inibem o crescimento celular. D) podem dar origem a linfócitos T que, por sua vez, ingerem os leucócitos em excesso. E) podem dar origem a todos os diferentes tipos de células sangüíneas. Células-tronco da medula óssea são células indiferenciadas, ditas totipotentes, já que podem originar todos os diferentes tipos de células sangüíneas. Resposta: E Questão 18 Leia as quatro afirmações seguintes sobre a divisão de uma célula somática em um animal adulto. I. Após a citocinese, o núcleo de uma das células resultantes apresenta sobrecarga de atividade, pois deve produzir novamente todas as organelas citoplasmáticas, uma vez que elas ficaram no citoplasma da outra célula formada. II. Caso não haja formação de actina e de miosina pela célula, tanto a mitose quanto a citocinese serão comprometidas. III. Não apenas o DNA nuclear é replicado na interfase. O mesmo acontece com o DNA das mitocôndrias, que sofrerão um processo de divisão muito semelhante ao que ocorre nas bactérias. IV. As membranas nucleares das duas células resultantes provêm de partes da membrana plasmática que se rompem durante a citocinese e envolvem os dois conjuntos de cromossomos. Estão corretas somente A) I e II. B) I e IV. C) II e III. D) II e IV. E) III e IV. As proteínas actina e miosina estão envolvidas nos processos de motilidade celular. São, portanto, indispensáveis para a migração dos cromossomos e para os fenômenos que levam à divisão do citoplasma, ou citocinese. Resposta: C 9

9 Questão 19 As bananeiras, em geral, são polinizadas por morcegos. Entretanto, as bananas que comemos são produzidas por partenocarpia, que consiste na formação de frutos sem que antes tenha havido a fecundação. Isso significa que: A) essas bananas não são derivadas de um ovário desenvolvido. B) se as flores fossem fecundadas, comeríamos bananas com sementes. C) bananeiras partenocárpicas não produzem flores, apenas frutos. D) podemos identificar as bananas como exemplos de pseudofruto. E) mesmo sem polinizadores, ocorre a polinização das flores de bananeira. Se as flores da bananeira fossem polinizadas (e não, como diz o texto, fecundadas ), e em seguida ocorressem as fecundações no interior dos óvulos, então as bananas (frutos) teriam sementes. Resposta: B Questão 20 Um pesquisador pretende comparar o número de estômatos abertos nas folhas de plantas do Cerrado em diferentes épocas do ano. Nessa região, o inverno corresponde ao período de menor pluviosidade e menor temperatura. Pode-se afirmar corretamente que ele encontrará maior número de plantas com estômatos abertos A) no inverno, pois os dias mais curtos induzem a abertura estomática para que haja maior captação de luz. B) no inverno, pois as altas temperaturas do verão induzem o fechamento dos estômatos, evitando a perda d água. C) no inverno, pois a menor quantidade de água disponível no solo induz a abertura dos estômatos para captação da umidade atmosférica. D) no verão, pois temperaturas mais altas e maior quantidade de água disponível aumentam a eficiência fotossintética. E) no verão, pois a planta absorve água em excesso e todo o excedente deve ser perdido, para evitar acúmulo de água no parênquima. No verão, a maior pluviosidade faz com que as plantas fiquem bem hidratadas (maior absorção de água pelas raízes), o que se reflete na abertura de seus estômatos. Em conseqüência, haverá também uma maior captação de CO 2,o que, junto com as altas temperaturas, eleva a taxa de fotossíntese. Resposta: D Questão 21 No ambiente terrestre, uma aranha, uma abelha e uma alface estão sujeitas às mesmas condições ambientais. Qual das afirmações sobre as adaptações que evitam a perda de água e que permitem as trocas gasosas nesses organismos está correta? A) Enquanto as traquéias da abelha e da aranha levam o oxigênio do ar diretamente às células, na alface o ar é absorvido pelos estômatos e transportado com a água pelos feixes vasculares antes de tornar o oxigênio disponível para a planta. B) Na abelha e na aranha, a perda de água é evitada pelo exoesqueleto, na alface, pela cutícula da epiderme. Tanto o exoesqueleto quanto a cutícula fornecem também sustentação a esses organismos. C) Na alface, a perda de água é controlada exclusivamente pelos estômatos. Na abelha, a menor atividade de vôo também controla a perda de água e a aranha, por sua vez, vive apenas em ambientes com alta umidade. D) Na aranha e na abelha, os inúmeros pêlos que revestem o corpo somente evitam a perda de água. Os pêlos da raiz de uma alface, ao contrário, permitem a absorção de água. E) Tanto na abelha quanto na aranha, e também na alface, o ar absorvido já entra em contato diretamente com as células, o que permite que as trocas gasosas sejam muito rápidas. Na abelha, isso é importante para o vôo. A alternativa E, considerada correta pela Banca, afirma que nas aranhas, à semelhança das abelhas, o ar absorvido entra diretamente em contato com as células. O autor da questão está se referindo, evidentemente, a traquéias, que levam oxigênio diretamente aos tecidos. Isso não corresponde ao padrão encontrado nos aracnídeos. Esse grupo pode apresentar tanto pulmões foliáceos (filotraquéias) quanto traquéias distintas, filogeneticamente, das dos insetos. Citando uma tradução de um trecho do livro Invertebrate Zoology, de Ruppert, Fox e Barnes (Brooks/Cole Thomson Learning; 7ª edição, 2004; Belmont, CA, USA, página 561): Nos aracnídeos, as traquéias estão circundadas por sangue e não fazem contato direto com as células metabolizantes, de forma que a transferência de oxigênio para os tecidos é realizada pelo sangue. Isso difere das traquéias dos insetos, que se estendem e penetram nas células-alvo, de forma que o sangue não tem papel no transporte de oxigênio. Sem resposta 10

10 Questão 22 HIV e HPV são vírus responsáveis por duas das principais doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) da atualidade, a AIDS e o condiloma (ou crista-de-galo), respectivamente. Em julho de 2003, os meios de comunicação divulgaram que foi liberado, apenas para testes, o uso de um gel que impediria o contágio pelo vírus da AIDS por meio do ato sexual. Esse gel, usado na vagina ou no ânus, possui substâncias que reconhecem e destroem a cápsula protéica do vírus. Considerando tal mecanismo de ação, pode-se afirmar corretamente que: A) princípio de ação semelhante poderia ser usado para a produção de medicamentos contra o HPV, causador do condiloma ou crista-de-galo, mas não seria eficiente contra a sífilis. B) a prevenção da gonorréia, doença para a qual também não há vacina, poderia ser feita por um gel que apresentasse o mesmo mecanismo de ação. C) embora a cápsula protéica seja destruída, se o material genético do vírus continuar íntegro, isso é suficiente para que ele infecte novas células naquele meio. D) se os resultados forem completamente positivos, esse medicamento liberará a população do uso definitivo da camisinha como preservativo das DSTs de uma forma geral, mas não como método contraceptivo. E) o uso do gel, se der resultados, será mais eficiente que o uso de uma possível vacina na diminuição da incidência da doença, já que não incorre na inoculação de vírus mortos ou atenuados no corpo humano. O gel, por destruir a cápsula protéica viral (fundamental para o mecanismo de invasão da célula pelo vírus) será eficaz contra o HIV e o HPV, mas não contra os causadores de DSTs bacterianas, como a sífilis e a gonorréia. Resposta: A Questão 23 Veja a tirinha seguinte, a respeito do processo febril. A temperatura de nosso corpo é considerada normal entre 36,0 e 37,3 C. Durante a febre, essa temperatura pode se elevar, chegando até mesmo a ultrapassar os 40 C. Sobre esse processo, é correto afirmar que A) a elevação da temperatura corpórea se dá como resposta a um processo infeccioso e é produzida pela energia liberada na migração intensa de leucócitos e macrófagos para a área da infecção. B) a elevação da temperatura corpórea se dá por aumento da atividade das mitocôndrias e, caso essa elevação ultrapasse os 40 C, processos bioquímicos vitais serão comprometidos irreversivelmente. C) é um importante mecanismo de defesa, pois a elevação da temperatura aumenta a taxa de divisão celular e são produzidas mais células de defesa para combater a infecção. D) imediatamente antes de a temperatura se elevar, o corpo se resfria até alguns graus abaixo de 36,0 C, o que causa calafrios. A morte do agente infeccioso se dá pelo choque térmico. E) nem sempre a febre representa aumento de temperatura. Isso ocorre nas infecções por vírus (gripes e febre amarela, por exemplo), mas não ocorre nas infecções por microorganismos (malária, por exemplo). O aumento do metabolismo durante uma doença, devido a um acréscimo na atividade mitocondrial, resulta na elevação da temperatura do corpo (febre). Acima dos 40 C, poderá haver o comprometimento de enzimas envolvidas nos processos bioquímicos vitais. Observação: no caso dessa questão, a tirinha (quadrinhos) é totalmente dispensável, não oferecendo nenhum suporte para a resolução. Resposta: B 11

11 Questão 24 Cobras, em geral, ingerem uma grande quantidade de alimento, mas apenas de tempos em tempos. Gaviões, comparativamente, ingerem alimento em pequenas quantidades, porém diariamente e várias vezes ao dia. Conhecendo as principais características dos grupos a que esses animais pertencem, pode-se afirmar corretamente que isso ocorre porque: A) a digestão nas cobras é mais lenta e isso fornece energia aos poucos para seu corpo. Nos gaviões, a necessidade de fornecimento maior e mais rápido de energia condicionou o comportamento de tomada mais freqüente de alimento. B) as cobras, por ingerirem as presas inteiras, demoram mais tempo digerindo pêlos e penas. Os gaviões, por ingerirem as presas aos pedaços, já começam a digestão a partir do tecido muscular da presa. C) os órgãos sensoriais das cobras são bem menos desenvolvidos que os dos gaviões. Por isso, ao conseguirem alimento, ingerem a maior quantidade possível como forma de otimizar o recurso energético. D) sendo ectotérmicas (pecilotérmicas), as cobras possuem um período de busca de alimento restrito aos horários mais quentes do dia e, por isso, ingerem tudo o que encontram. Já os gaviões, que são endotérmicos (homeotérmicos), são ativos tanto de dia quanto à noite. E) as escamas e placas epidérmicas do corpo das cobras dificultam sua locomoção rápida, o que influencia o comportamento de caça e tomada de alimento. Os gaviões, nesse sentido, são mais ágeis e eficientes, por isso caçam e comem mais. Animais heterotermos (ectotermos ou pecilotermos), como os répteis, apresentam taxas metabólicas inferiores às das aves, que são homeotermos (endotermos). Sendo a demanda energética das cobras mais reduzida, sua digestão e seu aproveitamento alimentar mais lentos produzirão uma quantidade menor de energia. Resposta: A Questão 25 Com a conquista do ambiente terrestre, surgiram novos mecanismos de excreção nos vertebrados, diferentes daqueles até então presentes nos organismos marinhos. Sobre tal processo de excreção, foram feitas as cinco afirmações seguintes. I. Nos mamíferos, a epiderme com poros representa um importante órgão acessório na excreção, já que, além dos rins, parte significativa da uréia é eliminada pelo suor. II. A uréia é um composto menos tóxico que a amônia, porém, sua síntese requer maior gasto energético. A excreção de amônia pelos peixes e de uréia pelos mamíferos encontra-se diretamente relacionada aos ambientes em que vivem. III. A maior parte dos compostos nitrogenados que sai do corpo de um mamífero encontra-se sob a forma de urina. A outra parte encontra-se nas fezes, que constituem parte importante do mecanismo de excreção nesses animais. IV. A excreção de ácido úrico pelas aves é a mais econômica em termos da quantidade de água eliminada com as excretas. Isso explica porque, nesses animais, a alça de Henle dos rins é bem menos desenvolvida que nos mamíferos. V. O metabolismo dos carboidratos e lipídeos produz essencialmente CO 2 e água. Assim, os sistemas de excreção desenvolveram-se nos animais como adaptação basicamente para a eliminação do metabolismo de proteínas e ácidos nucléicos. Estão corretas apenas A) I, II e III. D) I, III e V. B) II, III e IV. E) II, IV e V. C) I, IV e V. A afirmativa I está duplamente errada. A epiderme não é um órgão, e sim um tecido epitelial. Além disso, a quantidade de uréia excretada pela pele dos mamíferos que transpiram não é significativa. A afirmativa III também está incorreta, pois as fezes, nos mamíferos, não constituem via de excreção de compostos nitrogenados. Resposta: E Questão 26 Suponha que você queira inventar uma pomada que elimine, ao mesmo tempo, as bactérias saprófitas e os fungos que existem na sola do pé e tenha, para combinar nessa pomada, os princípios ativos e seus modos de ação discriminados no quadro. PRINCÍPIO M N O P Q MODO DE AÇÃO Destrói polissacarídeos compostos (como do exoesqueleto dos artrópodes). Fragmenta moléculas circulares de DNA. Impede a formação de membranas tilacóides. Impede a síntese de celulose na parede celular. Degrada o glicogênio presente na célula. 12

12 Das combinações relacionadas, aquela que contém somente princípios ativos eficientes para você atingir seu objetivo é A) M, N e P. D) M, N e Q. B) N, O e P. E) M, O e Q. C) O, P e Q. A destruição dos polissacarídeos compostos (princípio M) permite o combate aos fungos, devido à composição de sua parede celular. A fragmentação de moléculas circulares de DNA (princípio N) ataca as bactérias, que apresentam um cromossomo com essa forma. Por fim, degradar o glicogênio (princípio Q) terá por efeito a eliminação dos fungos, que possuem esse polissacarídeo de reserva. Resposta: D Questão 27 Em abril de 2003, a finalização do Projeto Genoma Humano foi noticiada por vários meios de comunicação como sendo a decifração do código genético humano. A informação, da maneira como foi veiculada, está A) correta, porque agora se sabe toda a seqüência de nucleotídeos dos cromossomos humanos. B) correta, porque agora se sabe toda a seqüência de genes dos cromossomos humanos. C) errada, porque o código genético diz respeito à correspondência entre os códons do DNA e os aminoácidos nas proteínas. D) errada, porque o Projeto decifrou os genes dos cromossomos humanos, não as proteínas que eles codificam. E) errada, porque não é possível decifrar todo o código genético, existem regiões cromossômicas com alta taxa de mutação. A finalização do Projeto Genoma Humano resultou no conhecimento da seqüência dos nucleotídeos do DNA humano. Por outro lado, o código genético é universal, ou seja, é o mesmo para todos os seres vivos, e se define como a correspondência entre os códons do DNA e os aminoácidos nas proteínas. Resposta: C Questão 28 Leia os trechos seguintes, extraídos de um texto sobre cor de pele na espécie humana. A pele de povos que habitaram certas áreas durante milênios adaptou-se para permitir a produção de vitamina D. À medida que os seres humanos começaram a se movimentar pelo Velho Mundo há cerca de 100 mil anos, sua pele foi se adaptando às condições ambientais das diferentes regiões. A cor da pele das populações nativas da África foi a que teve mais tempo para se adaptar porque os primeiros seres humanos surgiram ali. Nesses dois trechos, encontram-se subjacentes idéias A) da Teoria Sintética da Evolução. D) lamarckistas. B) darwinistas. E) sobre especiação. C) neodarwinistas. (Scientific American Brasil, vol. 6, novembro de 2002.) No primeiro trecho, afirma-se que a pele se adapta em resposta à necessidade de produzir vitamina D. No segundo, a adaptação da pele ocorreria em resposta a condições ambientais de diferentes regiões. Em ambos os casos, caracterizam-se afirmações de cunho lamarckista. Resposta: D Questão 29 Observe a figura, que se refere ao ciclo da água em escala global. (Valores entre parênteses expressos em bilhões de bilhões de gramas [10 18 ] e bilhões de bilhões de gramas por ano. Modificado de R. G. Barry & R. J. Chorley. Atmosphere, Weather and Climate, 1970.) 13

13 Pela análise da figura, pode-se concluir que a quantidade de água que evapora por ano da superfície da Terra para a atmosfera a quantidade precipitada. A energia pela água promove sua evaporação. Posteriormente, a condensação do vapor formado a energia potencial da água na forma de calor. A e não a determina o fluxo de água através do ecossistema. Nesse texto, as lacunas devem ser preenchidas, respectivamente, por A)... supera... absorvida... absorve... precipitação... evaporação B)... supera... liberada... libera... evaporação... precipitação C)... iguala... liberada... absorve... precipitação... evaporação D)... iguala... liberada... libera... precipitação... evaporação E)... iguala... absorvida... libera... evaporação... precipitação O esquema nos revela que a quantidade de água perdida para a atmosfera equivale à quantidade de água precipitada. Por sua vez, a evaporação depende de absorção de energia térmica pela água. Resposta: E Questão 30 Considere as definições seguintes. I. Pirâmide de números: expressa o número de indivíduos por nível trófico. II. Pirâmide de biomassa: expressa a massa seca ( peso seco ) de matéria orgânica por nível trófico (g/m 2 ). III. Pirâmide de energia: expressa a energia acumulada por nível trófico (kj/m 2 ). Se o fluxo de energia no Cerrado brasileiro for representado por esses três tipos de pirâmides, o resultado obtido quanto à forma de cada uma será: A) I II III B) I II III C) I II III D) I II III E) I II III De um modo geral, nos ecossistemas do Cerrado brasileiro, as pirâmides de números, de biomassa e de energia podem ser expressas, todas elas, pelas formas indicadas na alternativa correta. Resposta: A 14

14 GE A O R AI G F Questão 31 Observe o gráfico. Segundo o gráfico, a população infectada com o vírus HIV A) é de 30 milhões no mundo, distribuídos de maneira desigual pelo planeta. B) da América Latina e Caribe corresponde a 1/3 do total dos infectados do mundo. C) da África Subsaariana ultrapassa em duas vezes os infectados com HIV do mundo. D) dos países desenvolvidos é maior que 1/10 dos infectados do mundo. E) da Ásia equivale à soma do total infectado nos países desenvolvidos e na América Latina e Caribe. Em 2001, havia cerca de 45 milhões de infectados com o vírus HIV no mundo, sendo que cerca de 31 milhões deles viviam na África Subsaariana. Assim, podemos afirmar que os infectados africanos ultrapassam em duas vezes os infectados do resto do mundo. Comentário:O conjunto dos outros países e regiões representados tem cerca de 14 milhões de infectados com HIV. Na alternativa apontada como correta, falta esse dado, o que torna a frase absurda, já que uma parte do planeta (África Subsaariana) não poderia ultrapassar em duas vezes o total de infectados do mundo. Resposta: C Milhões POPULAÇÃO COM VÍRUS HIV/AIDS. África Subsaariana Ásia Países desenvolvidos América Latina e Caribe total de casos, até novos casos em (Programa das Nações Unidas para o combate à Aids, 2002.) Questão 32 Apesar das restrições à imigração, balseros e braceros penetram no território dos Estados Unidos, muitas vezes ilegalmente. Eles são identificados, respectivamente, como A) cubanos que abandonaram seu país e trabalhadores mexicanos. B) chineses perseguidos pelo governo chinês e talibãs que resistem à ocupação do Afeganistão. C) pescadores e contrabandistas mexicanos. D) líderes religiosos islâmicos e terroristas fundamentalistas. E) trabalhadores latino-americanos e dos países europeus que abandonaram o socialismo real. Atualmente, notamos um grande fluxo de imigrantes para os Estados Unidos, principalmente oriundos da América Latina. Podem-se destacar dois grupos, que aproveitam a proximidade geográfica para entrar naquele país: os balseros, cubanos que tentam chegar ao litoral da Flórida a bordo de embarcações precárias, e os braceros, mexicanos que atravessam o rio Grande para trabalhar, sobretudo, no campo. Resposta: A Questão 33 De acordo com a capacidade de intervenção militar, o sistema internacional contemporâneo pode ser definido como A) assimétrico, graças à presença das tropas de paz das Nações Unidas nos conflitos internacionais. B) assimétrico, devido à existência de uma superpotência, os Estados Unidos, que atua segundo seus interesses estratégicos. C) simétrico, baseado na correlação de forças entre países árabes e a OTAN, que perdeu poder depois da Guerra no Golfo. D) assimétrico, por causa da situação da Rússia, que ainda detém milhares de ogivas nucleares dispersas pela Europa. E) simétrico, dado o equilíbrio das forças militares da União Européia e dos Estados Unidos. Nos estudos geopolíticos, a capacidade de intervenção militar é considerada assimétrica quando a relação de forças entre os países que atuam no cenário internacional se apresenta muito desequilibrada. Esse é o caso da situação atual, em que os Estados Unidos não encontram oponentes, no campo bélico, com força equivalente à sua, o que lhes permite agir segundo os seus próprios interesses estratégicos e econômicos. Resposta: B 15

15 Questão 34 Analise o mapa. Na perspectiva dos Estados Unidos da América, os países assinalados no mapa A) formam o conjunto de novos países industrializados que receberam investimentos do país para se desenvolverem. B) pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP, que estabelece o valor do óleo bruto no mercado internacional. C) participam da Liga Árabe, que difunde pelo mundo o islamismo como doutrina política e religiosa. D) integram o Eixo do Mal e promovem ações terroristas para diminuir a influência do Ocidente no mundo. E) constituem o principal bloco econômico do mundo árabe e comandam o diálogo com o país e o desenvolvimento da região. Segundo os argumentos norte-americanos, com base na doutrina Bush, há uma suposta divisão do mundo em dois blocos: o Eixo do Bem, formado por sociedades livres e abertas e liderado pelos Estados Unidos, e o Eixo do Mal, integrado principalmente por Irã, Coréia do Norte e Iraque. Segundo o governo norte-americano, esses Estados dão apoio a organizações terroristas e/ou possuem armas de destruição em massa. As nações consideradas secundárias pelos Estados Unidos, têm, na verdade, grande importância estratégica, principalmente por estarem ligadas ao petróleo fato que poderá atrair o interesse do Estado norte-americano, sob o pretexto de livrar esses países dos governos absolutistas islâmicos. Resposta: D Questão 35 Observe a pirâmide populacional do México. Leia as frases seguintes. I. A base mais larga indica a necessidade de investimentos em educação. II. A população masculina é menor que a feminina na faixa até 10 anos. III. A maioria da população mexicana tem menos de 20 anos. IV. O topo estreito indica a prioridade em programas de previdência social. 16

16 Está correto o que se afirma em A) I e II. D) II e IV. B) I e III. E) III e IV. C) II e III. A pirâmide populacional do México é típica de um país subdesenvolvido: a base larga demonstra que há uma elevada taxa de natalidade, fazendo com que a maioria da população seja jovem (0-20 anos). Esse ato indica a necessidade de grandes investimentos na área social, em especial na educação. Resposta: B Questão 36 Observe o mapa. Identifique corretamente as zonas I, II e III. A) I, vale do Elba, indústria tradicional; II, vale do Danúbio, indústria de base em crise; III, vale do Reno, indústria de alta tecnologia. B) I, vale do Reno, indústria tradicional; II, vale do Danúbio, indústria de alta tecnologia; III, vale do Elba, indústria de base em crise. C) I, vale do Danúbio, indústria de alta tecnologia; II, vale do Elba, indústria de base em crise; III, vale do Reno, indústria de alta tecnologia. D) I, vale do Reno, indústria tradicional; II, vale do Elba, indústria de base em crise; III, vale do Danúbio, indústria de alta tecnologia. E) I, vale do Elba, indústria de alta tecnologia; II, vale do Reno, indústria tradicional; III, vale do Danúbio, indústria de base em crise. Os vales do Reno e do Rhur (zona I) estão entre as mais antigas zonas industriais da Alemanha, que se desenvolveram com base na presença de carvão e no seu uso na siderurgia, desde o século XIX. O vale do Elba (zona II) encontra-se dentro do território da antiga Alemanha Oriental, com uma indústria predominantemente pesada e de baixo desenvolvimento tecnológico, que na atualidade vem sendo modernizada graças a grandes investimentos. O vale do Danúbio (zona III) é a região onde se concentram as mais modernas indústrias do país. Resposta: D Questão 37 A foto e a figura representam um mesmo fenômeno. Trata-se de: A) intrusão magmática. B) dobra tectônica. C) sinclinal ascendente. D) falha geológica. E) anticlinal descendente. 17

17 A foto e o bloco diagrama apresentados retratam um fenômeno geológico conhecido como falha geológica. Resultado da ação de forças endógenas ou internas que promovem o deslocamento de blocos da crosta no sentido vertical, tal fenômeno destaca-se por ter uma grande participação na formação de muitas paisagens terrestres. Resposta: D Questão 38 Observe a tabela. PARTICIPAÇÃO RELATIVA DOS INVESTIMENTOS DIRETOS EXTERNOS NA ECONOMIA BRASILEIRA, POR SETOR. Setor 1995 (%) 1999 (%) Agricultura e indústria extrativa 1,6 1,5 Indústria 55 18,4 Serviços 43,4 80,1 As alterações da participação dos investimentos externos na economia brasileira estão relacionadas A) à privatização de serviços, como os de telefonia e de distribuição de energia. B) à participação do Brasil no Mercosul, que dinamizou a economia de todo o Cone Sul. C) à perda de competitividade das indústrias do Brasil, que abandonaram o mercado interno para exportar. D) à abertura econômica promovida na última década, que permitiu implementar programas sociais. E) ao fim do monopólio estatal na economia brasileira, liberando a presença de capital internacional no país. (G. Arbix et al, Brasil, México, África do Sul, Índia e China ) Ao longo dos anos de 1990, no contexto do avanço do neoliberalismo no Brasil, verificou-se a privatização de várias empresas de controle acionário estatal vinculadas ao setor de serviços, como os de telefonia e de distribuição de energia elétrica. Esse processo contribuiu para a elevação dos investimentos diretos externos na economia brasileira, posto que a maior parte dessas empresas foi adquirida por grupos econômicos estrangeiros. Resposta: A Questão 39 No Brasil, a fronteira agrícola está localizada A) no Pontal do Paranapanema, gerando tensão social e a presença do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra. B) na faixa litorânea, resultando na devastação dos mangues e na ocupação de sua área pela população de baixa renda. C) na Amazônia, onde as áreas agrícolas surgiram por iniciativa governamental, desde o último quartil do século passado. D) no extremo sul, devido à presença de população de origem européia, que dividiu a terra em minifúndios produtivos. E) nas bordas fronteiriças, para evitar o ingresso e a ocupação da população de países vizinhos no território do país. A definição de fronteira agrícola está relacionada com o processo de ocupação e incorporação de novos espaços rurais ao contexto econômico do país. Tal ocupação ocorre geralmente por meio da implantação de lavouras em áreas até então desabitadas, aspecto que facilita a presença de vegetação densa, arbórea e/ou arbustiva. No interior brasileiro, a região em que ainda há espaço disponível para esse modo de ocupação é a Amazônia. Nas décadas de 1970 e 1980, o governo militar desenvolveu uma intensa política de ocupação estimulada pela prática da doação de lotes de terra para quem se dispusesse a migrar para lá. Resposta: C Questão 40 A urbanização brasileira, que se acelerou na segunda metade do século XX, permitiu o aparecimento de A) megalópoles em regiões onde ocorre concentração industrial, como São Paulo, Campinas e Fortaleza. B) cadeias produtivas interligadas por ferrovias, sendo as metrópoles o destino final da produção industrial. C) metrópoles resultantes da ocupação litorânea no Nordeste, que mantêm a influência em escala nacional. D) conurbação entre centros importantes como Brasília e Goiânia, constituindo uma megacidade. E) metrópoles nacionais, como Rio de Janeiro, metrópoles regionais, como Belém e centros regionais. 18

18 O processo de urbanização nacional, que se deu de forma rápida, desigual e sem planejamento, transformou algumas cidades em metrópoles polarizadoras, que influenciam as relações sociais, econômicas e culturais em todo o país. Nesse grupo, estão as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. Outros sítios urbanos, como Belém, Belo Horizonte e Curitiba, estabelecem relações funcionais restritas ao estado e à região em que se localizam. É dessa forma que o IBGE delimita a hierarquia urbana brasileira. Resposta: E Questão 41 Observe a tabela. A tabela permite afirmar que, entre as mulheres unidas, A) o uso da pílula é menor entre as que têm até 29 anos. B) a esterilização predomina a partir dos 30 anos de idade. C) o emprego de preservativos aumenta de acordo com a idade. D) a maioria da faixa de 15 a 19 anos não usa método contraceptivo. E) as da faixa de 20 a 24 anos são as que mais usam métodos contraceptivos. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS DE MULHERES UNIDAS, POR TIPO DE MÉTODO, SEGUNDO GRUPOS DE IDADE. Grupos de Total* Pílula Esterilização Preservativos Outros Idade (anos) (%) (%) Feminina (%) (%) (%) 15 a 19 54,1 36,1 0,4 6,4 11,2 20 a 24 66,0 39,5 11,4 5,0 10,1 25 a 29 77,6 32,9 26,9 5,4 12,4 30 a 34 84,3 23,2 42,7 5,0 13,4 35 a 39 83,2 12,4 55,1 3,3 12,4 40 a 44 79,1 7,8 58,3 3,6 9,4 45 a 49 68,6 3,8 51,5 3,2 10,1 (Brasil: Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde, 1997.) * Participação relativa de mulheres unidas que usam métodos contraceptivos, frente à população total de mulheres unidas no Brasil. A tabela mostra que: nas faixas etárias abaixo de 30 anos (15 a 19, 20 a 24, 25 a 29), o método contraceptivo predominante é a pílula; nas faixas etárias acima de 30 anos (30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 a 49), o método contraceptivo predominante é a esterilização. Resposta: B Questão 42 Observe o mapa. A seqüência correta de vegetação natural indicada pelo perfil AB é: A) Floresta Equatorial, Caatinga, Cerrado e Mangue. B) Mata Atlântica, Mata dos Cocais, Caatinga e Campo. C) Floresta Amazônica, Mata dos Cocais, Caatinga e Mata Atlântica. D) Mata dos Cocais, Cerrado, Mata Atlântica e Campo. E) Floresta Amazônica, Cerrado, Mata dos Cocais e Mata Atlântica. A questão exigia do candidato apenas a localização de algumas das formações botânicas distribuídas nas regiões Norte e Nordeste. A seqüência correta das vegetações contidas no perfil A-B são: Floresta Amazônica, Mata dos Cocais, Caatinga e Mata Atlântica. Resposta: C 19

19 Questão 43 O uso intensivo da terra, combinado a fatores climáticos, entre outros, provoca..., que pode ser encontrada na região... do Brasil. Esse processo dificulta a prática agrícola e desperta a atenção das autoridades em diversos níveis de governo. Assinale a alternativa que completa corretamente a frase. A) pediplanação... Centro-Oeste B) sedimentação... Nordeste C) orogênese... Norte D) ablação... Sudeste E) desertificação... Sul O texto apresentado destaca um grave problema ambiental que ocorre na Região Sul do Brasil: o processo de desertificação. Em conseqüência do uso indevido do solo associado à existência de camadas de arenito no local, a paisagem acaba ganhando áreas de um deserto climático. Todavia, trata-se de uma desertificação ecológica, já que as alterações climáticas locais são praticamente inexistentes. Resposta: E Questão 44 Durante os meses de inverno, aumenta a ocorrência de doenças respiratórias, principalmente em idosos e crianças até 5 anos de idade, em metrópoles como São Paulo. Um dos fatores que agrava esse quadro é A) a inversão térmica, que consiste na retenção de camada de ar quente por uma camada de ar fria, impedindo a diluição de poluentes. B) o efeito-estufa, que resulta do lançamento de poeira em larga escala resultante da construção civil, poluindo o ar. C) o ponto de orvalho, que passa a ocorrer mais tarde devido à chegada de massas de ar aquecidas oriundas do oceano, diminuindo as chuvas. D) a insolação mais curta, em função da mudança do movimento aparente do Sol, que aumenta o sombreamento e diminui a temperatura. E) a maritimidade, responsável pela alteração na direção dos ventos, que trazem poluentes da Baixada Santista em maior quantidade que no verão. Nos meses de outono e inverno, cidades como São Paulo (circundada por montanhas) passam a apresentar um aumento de incidência de doenças respiratórias que está relacionada a um fenômeno natural denominado inversão térmica. Esse fenômeno, na realidade, só deve ser tratado como um problema ambiental quando a dispersão dos poluentes é dificultada pela alteração da circulação normal das camadas de ar próximas da superfície: devido à ascensão da camada de ar quente, as camadas de ar frio descem rapidamente e se alojam nas partes mais baixas, ocorrendo, assim, uma estagnação atmosférica, que impede a circulação das camadas frias e quentes. Resposta: A Questão 45 O uso intensivo de defensivos agrícolas contribui para a A) porosidade do solo, retirando microorganismos do horizonte B. B) descontaminação de aqüíferos, eliminando bactérias que vivem na água. C) secagem do solo hidromórfico, ampliando a área agricultável. D) lixiviação do solo em terrenos íngremes, permitindo o cultivo em terraços. E) degradação do solo, devido à concentração de poluentes. O uso excessivo de defensivos agrícolas pode poluir o solo, contaminar os lençóis freáticos do subsolo e os rios que passam pelas proximidades dos campos cultivados. Tal procedimento pode colocar em risco a vida animal e a saúde da população que vive na região. Resposta: E 20

20 F C ÍSI A Questão 46 Na medida de temperatura de uma pessoa por meio de um termômetro clínico, observou-se que o nível de mercúrio estacionou na região entre 38 C e 39 C da escala, como está ilustrado na figura Após a leitura da temperatura, o médico necessita do valor transformado para uma nova escala, definida por t x = 2t c /3 e em unidades X, onde t c é a temperatura na escala Celsius. Lembrando de seus conhecimentos sobre algarismos significativos, ele conclui que o valor mais apropriado para a temperatura t x é A) 25,7 X. D) 25,77 X. B) 25,7667 X. E) 26 X. C) 25,766 X. A leitura do termômetro é 38,65ºC. Utilizando a transformação t x = 2t c /3, encontramos o valor: t x = 25, Como a leitura apresenta 4 algarismos significativos, o valor mais apropriado é 25,77ºX. Resposta: D Questão 47 Em um teste, um automóvel é colocado em movimento retilíneo uniformemente acelerado a partir do repouso até atingir a velocidade máxima. Um técnico constrói o gráfico x (m) 9 onde se registra a posição x do veículo em função de sua velocidade v. Através desse gráfico, pode-se afirmar que a aceleração do veículo é A) 1,5m/s 2. D)3,0m/s 2. B) 2,0m/s 2. E) 3,5m/s 2. C) 2,5m/s 2. Escrevendo a equação de Torricelli para o movimento do automóvel: 0 0 v 2 = v a(x x 0 ) (6) 2 = 2 a (9) a = 2m/s 2 Resposta: B v (m/s)

Questão 16. Questão 17. Questão 19. Questão 18. alternativa C. alternativa C. alternativa E

Questão 16. Questão 17. Questão 19. Questão 18. alternativa C. alternativa C. alternativa E Questão 16 No grão de arroz que ingerimos, o amido contido em seu interior encontra-se armazenado, inicialmente, a) dentro do vacúolo da célula vegetal. b) em grânulos dispersos pelo citoplasma. c) no

Leia mais

Questão 31. Questão 33. Questão 32. alternativa A. alternativa C. alternativa B. a) cubanos que abandonaram seu país e trabalhadores

Questão 31. Questão 33. Questão 32. alternativa A. alternativa C. alternativa B. a) cubanos que abandonaram seu país e trabalhadores Questão 31 Observe o gráfico. a) cubanos que abandonaram seu país e trabalhadores mexicanos. b) chineses perseguidos pelo governo chinês e talibãs que resistem à ocupação do Afeganistão. c) pescadores

Leia mais

GEOGRAFIA 31 c Resolução OBJETIVO 2003

GEOGRAFIA 31 c Resolução OBJETIVO 2003 GEOGRAFIA 31 c Observe o gráfico. Segundo o gráfico, a população infectada com o vírus HIV a) é de 30 milhões no mundo, distribuídos de maneira desigual pelo planeta. b) da América Latina e Caribe corresponde

Leia mais

n. Resolução 2 n. n! = log 2 = n!

n. Resolução 2 n. n! = log 2 = n! MATEMÁTICA 1 c 2.4.6. 2n O valor de log 2 é: n! a) n 2. b) 2n. c) n. d) 2 log 2 n. e) log 2 n. ( 2. 4. 6.... 2n ) ( 2 n. n! ) log 2 = log 2 = n! n! = log 2 n = n 2 2 d Num determinado local, o litro de

Leia mais

UNIFESP 2004 CONHECIMENTOS GERAIS. Você na elite das universidades! ELITE

UNIFESP 2004 CONHECIMENTOS GERAIS. Você na elite das universidades! ELITE www.elitecampinas.com.br Fone: (9) 33-73 O ELITE RESOLVE IME 004 PORTUGUÊS/INGLÊS Você na elite das universidades! UNIFESP 004 CONHECIMENTOS GERAIS www.elitecampinas.com.br Fone: (9) 33-73 O ELITE RESOLVE

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

Resolução Resolução OBJETIVO 2004

Resolução Resolução OBJETIVO 2004 1 Nas bactérias, a cadeia respiratória encontra-se associada à membrana plasmática e os ácidos nucléicos estão associados ao citoplasma. a) É assim também em um protista, em um animal e em um vegetal?

Leia mais

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B.

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B. 04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A e m B, sendo m A < m B, afirma-se que 01. Um patrulheiro, viajando em um carro dotado de radar a uma

Leia mais

Clima e Formação Vegetal. O clima e seus fatores interferentes

Clima e Formação Vegetal. O clima e seus fatores interferentes Clima e Formação Vegetal O clima e seus fatores interferentes O aquecimento desigual da Terra A Circulação atmosférica global (transferência de calor, por ventos, entre as diferentes zonas térmicas do

Leia mais

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s ; para a massa específica

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS A correção de cada questão será restrita somente ao que estiver registrado no espaço

Leia mais

Questão 37. Questão 39. Questão 38. alternativa D. alternativa D

Questão 37. Questão 39. Questão 38. alternativa D. alternativa D Questão 37 Os movimentos de dois veículos, e, estão registrados nos gráficos da figura. s(m) 37 3 22 1 7 t(s) 1 1 2 Sendo os movimentos retilíneos, a velocidade do veículo no instante em que alcança é

Leia mais

32. Um sistema termodinâmico realiza um ciclo conforme representado na figura abaixo:

32. Um sistema termodinâmico realiza um ciclo conforme representado na figura abaixo: 0 GABARITO O DIA o PROCESSO SELETIVO/005 FÍSICA QUESTÕES DE 3 A 45 3. Uma fonte de luz monocromática está imersa em um meio líquido de índice de refração igual a,0. Os raios de luz atingem a superfície

Leia mais

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27 1 FÍSICA Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 01. Considere que cerca de 70% da massa do corpo humano é constituída de água. Seja 10 N, a ordem de grandeza do número de moléculas de água no corpo de um

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

Exercícios Refração Dudu Física

Exercícios Refração Dudu Física Exercícios Refração Dudu Física 1.(UFPR-10) Descartes desenvolveu uma teoria para explicar a formação do arco-íris com base nos conceitos da óptica geométrica. Ele supôs uma gota de água com forma esférica

Leia mais

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos 0. (Unifor-998. CE) Um objeto luminoso está inicialmente parado a uma distância d de um espelho plano fixo. O objeto inicia um movimento

Leia mais

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2

γ = 5,0m/s 2 2) Cálculo da distância percorrida para a velocidade escalar reduzir-se de 30m/s para 10m/s. V 2 2 OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» 1 mais intensa que F» 2

são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» 1 mais intensa que F» 2 Física Unidade Movimentos na Terra e no spaço QUSTÕS PROPOSTS 4. Duas forças F» e F» 2 são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» mais intensa que F» 2. s forças podem atuar na mesma direção

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA Atividade de Ciências 5º ano Nome: ATIVIDADES DE ESTUDO Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA FLORESTA AMAZÔNICA FLORESTA ARAUCÁRIA MANGUEZAL PANTANAL CAATINGA CERRADO

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Unesp 2014) Uma pessoa está parada numa calçada plana e horizontal diante de um espelho plano vertical E pendurado na fachada de uma loja. A figura representa a visão de cima da região. Olhando para

Leia mais

Física. Setor B. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 9 (pág. 102) AD TM TC. Aula 10 (pág. 102) AD TM TC. Aula 11 (pág.

Física. Setor B. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 9 (pág. 102) AD TM TC. Aula 10 (pág. 102) AD TM TC. Aula 11 (pág. Física Setor B Prof.: Índice-controle de Estudo Aula 9 (pág. 102) AD TM TC Aula 10 (pág. 102) AD TM TC Aula 11 (pág. 104) AD TM TC Aula 12 (pág. 106) AD TM TC Aula 13 (pág. 107) AD TM TC Aula 14 (pág.

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( ) I Unidade ( ) II Unidade ( x ) III Unidade FÍSICA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental Ano: 1.º Turma: ABCDEFG Data: / / 11 009 Física Profs. 1. Resolução I

Leia mais

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem:

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem: 46 c FÍSICA Um corpo de 250 g de massa encontra-se em equilíbrio, preso a uma mola helicoidal de massa desprezível e constante elástica k igual a 100 N/m, como mostra a figura abaixo. O atrito entre as

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física Vestibular URGS 2015 Resolução da Prova de ísica 1. Alternativa (C) O módulo da velocidade relativa de móveis em movimentos retilíneos de sentidos opostos pode ser obtido pela expressão matemática: v r

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo

GEOGRAFIA. Professores: Marcus, Ronaldo GEOGRAFIA Professores: Marcus, Ronaldo Questão que trabalha conceitos de cálculo de escala, um tema comum nas provas da UFPR. O tema foi trabalhado no Módulo 05 da apostila II de Geografia I. Para melhor

Leia mais

Lista de refração e reflexão Ondulatória - Prof. Flávio

Lista de refração e reflexão Ondulatória - Prof. Flávio 1. (Ufu 2006) João corre assoviando em direção a uma parede feita de tijolos, conforme figura a seguir. A frequência do assovio de João é igual a f(inicial). A frequência da onda refletida na parede chamaremos

Leia mais

Fuvest 2005 2ª fase FÍSICA

Fuvest 2005 2ª fase FÍSICA Fuvest 2005 2ª fase FÍSICA 1. Procedimento de segurança, em auto-estradas, recomenda que o motorista mantenha uma distância de 2 segundos do carro que está à sua frente, para que, se necessário, tenha

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G CADERNO DE EXERCÍCIOS 1G Ensino Fundamental Ciências da Natureza Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1 Movimentos dos continentes H7 2 Origem dos seres vivos na Terra H17 3 Relações ecológicas

Leia mais

Revisão de Física Vestibular ITA 2011

Revisão de Física Vestibular ITA 2011 Vestibular ITA 011 Questão 1 Um cilindro oco, feito de material isolante, é fechado em uma das extremidades por uma placa metálica fixa e na outra por um pistão metálico bem ajustado livre para se mover.

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO

GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO 1ª série Ens. Médio EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO JULHO GEOGRAFIA - RECUPERAÇÃO 1. Associe os tipos de chuva às suas respectivas características. ( ) Resulta do deslocamento horizontal do ar que,

Leia mais

FÍSICA. Prof. Luis Campos AULA 1

FÍSICA. Prof. Luis Campos AULA 1 FÍSICA Prof. Luis Campos AULA 1 1. Do fundo de um poço, um observador de altura desprezível contempla um avião, que está 500 m acima de seus olhos. No instante em que a aeronave passa sobre a abertura

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representada por g. Quando necessário adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

CAPÍTULO 11 O FENÔMENO EL NINO

CAPÍTULO 11 O FENÔMENO EL NINO CAPÍTULO 11 O FENÔMENO EL NINO 1.0. O que é o El Nino? É o aquecimento anômalo das águas superficiais na porção leste e central do oceano Pacífico equatorial, ou seja, desde a costa da América do Sul até

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 A L 0 H mola apoio sem atrito B A figura acima mostra um sistema composto por uma parede vertical

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR. No vácuo, todas as ondas eletromagnéticas. independentemente de sua frequência.

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR. No vácuo, todas as ondas eletromagnéticas. independentemente de sua frequência. PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: ONDAS Física Dudu 01. F.M. Triângulo Mineiro MG. III) No vácuo, todas as ondas eletromagnéticas caminham com uma mesma velocidade, independentemente

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD )tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD Óptica Geométrica ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD Exercício 1: Um feixe de luz cujo comprimento de onda é 650 nm propaga-se no vazio. a) Qual é a velocidade da luz desse feixe ao propagar-se num

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com 1-O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. Com relação a esse ambiente: a) Indique os consumidores primários. b) Dentre

Leia mais

Material Extra de Física

Material Extra de Física Material Extra de Física ONDAS 01. (F. M. Triângulo Mineiro MG) ENTÃO MAFALDA, O QUE ESTÁ ACHANDO DO MAR? ATÉ AGORA, UM INDECISO f (10 14 m) λ (10-7 m) 6,7 Violeta Azul 4,8 5,6 Verde x Amarelo 5,8 5,0

Leia mais

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos F.02 Espelhos Planos e Esféricos 2º Série do Ensino Médio Turma: Turno: Vespertino Lista 03 Lista 04 Questão 01) Obedecendo às condições de Gauss, um espelho esférico fornece, de um objeto retilíneo de

Leia mais

10. Não raro, a temperatura no Rio de Janeiro cai bruscamente em função da chegada de "frentes" frias.

10. Não raro, a temperatura no Rio de Janeiro cai bruscamente em função da chegada de frentes frias. Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Apoio Didático - Exercícios Silvia Jun/09 10. Não raro, a temperatura no Rio de Janeiro cai bruscamente em função da chegada de "frentes" frias. a) O que são "frentes"?

Leia mais

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02

QUESTÃO 01. a) Qual a temperatura do forno? b) Qual a variação de energia interna do bloco do latão. QUESTÃO 02 Quando necessário considere: g = 10 m/s 2, densidade da água = 1 g/cm 3, 1 atm = 10 5 N/m 2, c água = 1 cal/g. 0 C, R = 8,31 J/mol.K, velocidade do som no ar = 340 m/s e na água = 1500 m/s, calor específico

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2011 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 Um varal de roupas foi construído utilizando uma haste rígida DB de massa desprezível, com

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FÍSICA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Provas contém seis questões, constituídas de itens e subitens,

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE.

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. Atividade didático-experimental ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. O objetivo desta atividade é proporcionar contato com alguns fenômenos e conceitos físicos e químicos que permitem avançar

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984)

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) 1 - Um corpo humano está a 69 0 numa escala X. Nessa mesma escala o ponto do gelo corresponde a 50 graus e o ponto a vapor 100 0. Este corpo:

Leia mais

Primeira lista de física para o segundo ano 1)

Primeira lista de física para o segundo ano 1) Primeira lista de física para o segundo ano 1) Dois espelhos planos verticais formam um ângulo de 120º, conforme a figura. Um observador está no ponto A. Quantas imagens de si mesmo ele verá? a) 4 b) 2

Leia mais

Curso Wellington - Física Óptica Espelhos Planos Prof Hilton Franco

Curso Wellington - Física Óptica Espelhos Planos Prof Hilton Franco 1. Considere um objeto luminoso pontual, fixo no ponto P, inicialmente alinhado com o centro de um espelho plano E. O espelho gira, da posição E 1 para a posição E 2, em torno da aresta cujo eixo passa

Leia mais

TC 6 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo

TC 6 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo 1. (IFSP 2011) Os fenômenos luminosos são estudados há muito tempo. A luz, como qualquer onda eletromagnética, tem grandes aplicações na engenharia e na medicina, entre outras áreas. Quando a luz atinge

Leia mais

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d)

Questão 46. o diagrama horário da velocidade escalar, cuja ilustração correta para esse movimento. a) d) Questão 46 b) Sobre um trilho reto, uma pequena esfera descreve um movimento uniformemente variado. Um estudante resolveu analisar esse movimento e construiu o gráfico do espaço percorrido (S) em função

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

FÍSICA Questões de 1 a 20

FÍSICA Questões de 1 a 20 2ªSérieLISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA FÍSICA Questões de 1 a 20 1) (UFRN) Os carros modernos usam diferentes tipos de espelhos retrovisores, de modo que o motorista possa melhor observar os veículos que

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

a) Estime o intervalo de tempo t 1 , em segundos, que a bola levou para ir do ponto A ao ponto B. b) Estime o intervalo de tempo t 2

a) Estime o intervalo de tempo t 1 , em segundos, que a bola levou para ir do ponto A ao ponto B. b) Estime o intervalo de tempo t 2 1 FÍSICA Durante um jogo de futebol, um chute forte, a partir do chão, lança a bola contra uma parede próxima. Com auxílio de uma câmera digital, foi possível reconstituir a trajetória da bola, desde o

Leia mais

PROVA ESCRITA NACIONAL SELEÇÃO PARA A TURMA 2014

PROVA ESCRITA NACIONAL SELEÇÃO PARA A TURMA 2014 PROVA ESCRITA NACIONAL SELEÇÃO PARA A TURMA 2014 Caro professor, cara professora Esta prova é composta por 25 questões de escolha múltipla, com quatro alternativas, e resposta única. Cada questão respondida

Leia mais

Física 3 Professor: Rodolfo DATA: / /

Física 3 Professor: Rodolfo DATA: / / Física 3 Professor: Rodolfo DATA: / / 1. A condição para que ocorra um Eclipse é que haja um alinhamento total ou parcial entre Sol, Terra e Lua. A inclinação da órbita da Lua com relação ao equador da

Leia mais

Questão 46. Questão 47. Questão 48. Questão 49. alternativa C. alternativa A. alternativa B

Questão 46. Questão 47. Questão 48. Questão 49. alternativa C. alternativa A. alternativa B Questão 46 Um ferreiro golpeia, com a marreta, uma lâmina de ferro, em ritmo uniforme, a cada 0,9 s. Um observador afastado desse ferreiro vê, com um binóculo, a marreta atingir o ferro e ouve o som das

Leia mais

Células procarióticas

Células procarióticas Pró Madá 1º ano Células procarióticas Citosol - composto por 80% de água e milhares de tipos de proteínas, glicídios, lipídios, aminoácidos, bases nitrogenadas, vitaminas, íons. Moléculas de DNA e ribossomos

Leia mais

IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Um pequeno refrigerador para estocar vacinas está inicialmente desconectado da rede elétrica e o ar em seu interior encontra-se

Leia mais

Lista de Óptica - Wladimir

Lista de Óptica - Wladimir 1. (Ufg 2014) A figura a seguir representa um dispositivo óptico constituído por um laser, um espelho fixo, um espelho giratório e um detector. A distância entre o laser e o detector é d = 1,0 m, entre

Leia mais

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A 1. (UFRGS-2) Ao resolver um problema de Física, um estudante encontra sua resposta expressa nas seguintes unidades: kg.m 2 /s 3. Estas unidades representam (A) força. (B) energia. (C) potência. (D) pressão.

Leia mais

SANTOS, M. Técnica, espaço e tempo: Meio técnico-científico-informacional. São Paulo: Hucitec, 1994. p. 28.

SANTOS, M. Técnica, espaço e tempo: Meio técnico-científico-informacional. São Paulo: Hucitec, 1994. p. 28. 2 a EM 1. Leia o texto a seguir. O processo de unificação se faz por intermédio do que se chama de redes. Seria, portanto, pela unificação que adviria o fracionamento. As redes são vetores de modernidade

Leia mais

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO

GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO GABARITO DO SIMULADO DISCURSIVO 1. (Unifesp 013) O atleta húngaro Krisztian Pars conquistou medalha de ouro na olimpíada de Londres no lançamento de martelo. Após girar sobre si próprio, o atleta lança

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº09 Prof. Paulo Henrique

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº09 Prof. Paulo Henrique Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 3º Ano do Ensino Médio Aula nº09 Prof. Paulo Henrique Assunto: Interpretação e Análise de gráficos 1. O que é importante na hora de analisar um gráfico? Atenção

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B Questão 46 Na figura, são dados os vetores a, bec. Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor d = = a b + c tem módulo a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima.

Leia mais

Por que os peixes não se afogam?

Por que os peixes não se afogam? Por que os peixes não se afogam? A UU L AL A Dia de pescaria! Juntar os amigos para pescar num rio limpinho é bom demais! Você já reparou quanto tempo a gente demora para fisgar um peixe? Como eles conseguem

Leia mais

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear.

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Tipos de Energia Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Primaria fontes que quando empregadas diretamente num trabalho ou geração de calor. Lenha, para produzir

Leia mais

CURSO APOIO BIOLOGIA RESOLUÇÃO

CURSO APOIO BIOLOGIA RESOLUÇÃO BIOLOGIA CURSO APOIO 01. As florestas vêm retardando o processo de aquecimento global, pelo fato de utilizarem uma das substâncias responsáveis por esse fenômeno. As árvores absorvem parte dos gases liberados

Leia mais

IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2006 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 O ciclo Diesel, representado na figura seguinte, corresponde ao que ocorre num motor Diesel de quatro tempos: o trecho AB representa

Leia mais

www.soumaisenem.com.br

www.soumaisenem.com.br 1. (Enem 2011) Uma das modalidades presentes nas olimpíadas é o salto com vara. As etapas de um dos saltos de um atleta estão representadas na figura: Desprezando-se as forças dissipativas (resistência

Leia mais

3) A figura representa o comprimento de uma barra metálica em função de sua temperatura.

3) A figura representa o comprimento de uma barra metálica em função de sua temperatura. LISTA 04 ONDAS E CALOR 1) A 10 C, 100 gotas idênticas de um líquido ocupam um volume de 1,0cm 3. A 60 C, o volume ocupado pelo líquido é de 1,01cm 3. Calcule: (Adote: calor específico da água: 1 cal/g.

Leia mais

Exercícios de Monera e Principais Bacterioses

Exercícios de Monera e Principais Bacterioses Exercícios de Monera e Principais Bacterioses 1. (Fuvest) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula protéica que envolve a molécula de ácido nucléico. O organismo B tem uma membrana

Leia mais

Centro de Massa. Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia

Centro de Massa. Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia Centro de Massa O centro de massa de um sistema de partículas é o ponto que se move

Leia mais

ENEM 2014/2015 Física (Prova Amarela) Prof. Douglas Almeida

ENEM 2014/2015 Física (Prova Amarela) Prof. Douglas Almeida Questão 46 Nesta questão, o candidato precisa saber que um filtro de luz realiza a refração seletiva, deixando passar as cores que o compõe e absorvendo substancialmente as outras cores. Assim, para absorver

Leia mais

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento

Leia mais

Universidade Federal do Ceará 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. Data: 14.12.2009 Duração: 04 horas CORRETOR 1

Universidade Federal do Ceará 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. Data: 14.12.2009 Duração: 04 horas CORRETOR 1 1ª AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO FINAL CORRETOR 1 01 02 03 04 05 06 07 08 Reservado à CCV Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV Comissão do Vestibular Reservado à CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Ciências

PROVA BIMESTRAL Ciências 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Ciências Escola: Nome: Turma: n o : 1. Os animais apresentam diferentes formas de locomoção, alimentação e revestimento do corpo, características estas que os organizam

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

Pelo princípio da independência dos movimentos, na horizontal, temos: V. = 0, o corpo se comporta como em queda livre, por isso: F g.

Pelo princípio da independência dos movimentos, na horizontal, temos: V. = 0, o corpo se comporta como em queda livre, por isso: F g. Questão 01 008 Um astronauta, de pé sobre a superfície da Lua, arremessa uma pedra, horizontalmente, a partir de uma altura de 1,5 m, e verifica que ela atinge o solo a uma distância de 15 m. Considere

Leia mais

A Ecologia e sua Importância. Componentes Estruturais. Estudo das Relações dos Seres Vivos entre si e com o meio onde vivem

A Ecologia e sua Importância. Componentes Estruturais. Estudo das Relações dos Seres Vivos entre si e com o meio onde vivem Link para acessar o conteúdo, calendário, notas, etc. www.e-conhecimento.com.br Ensino Médio Primeiros Anos Ecologia oikos casa ; logos - estudo A Ecologia e sua Importância Estudo das Relações dos Seres

Leia mais

Simulado ENEM. a) 75 C b) 65 C c) 55 C d) 45 C e) 35 C

Simulado ENEM. a) 75 C b) 65 C c) 55 C d) 45 C e) 35 C 1. Um trocador de calor consiste em uma serpentina, pela qual circulam 18 litros de água por minuto. A água entra na serpentina à temperatura ambiente (20 C) e sai mais quente. Com isso, resfria-se o líquido

Leia mais

a) O tempo total que o paraquedista permaneceu no ar, desde o salto até atingir o solo.

a) O tempo total que o paraquedista permaneceu no ar, desde o salto até atingir o solo. (MECÂNICA, ÓPTICA, ONDULATÓRIA E MECÂNICA DOS FLUIDOS) 01) Um paraquedista salta de um avião e cai livremente por uma distância vertical de 80 m, antes de abrir o paraquedas. Quando este se abre, ele passa

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas

COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011. Correntes marítimas COLÉGIO SÃO JOSÉ PROF. JOÃO PAULO PACHECO GEOGRAFIA 1 EM 2011 Correntes marítimas Correntes marítimas Nas aulas anteriores aprendemos sobre a importância do Sol em nossas vidas. Revimos os movimentos da

Leia mais

Resolução de Provas 2009

Resolução de Provas 2009 Resolução de Provas 2009 01.No bebedouro doméstico representado na figura, a água do garrafão virado para baixo, de boca aberta, não vaza para o recipiente onde ele se apóia, devido à pressão atmosférica.

Leia mais

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO DISCIPLINA Física II 2º ANO ENSINO MÉDIO MÓDULO DE RECUPERAÇÃO ALUNO(A) Nº TURMA TURNO Manhã 1º SEMESTRE DATA / / 01- A figura representa um feixe de raios paralelos incidentes numa superfície S e os correspondentes

Leia mais