A qualquer momento durante a instalação, certifique se o motor está desligado é muito importante que não esteja quente. O Sistema Gerador HHO não

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A qualquer momento durante a instalação, certifique se o motor está desligado é muito importante que não esteja quente. O Sistema Gerador HHO não"

Transcrição

1 1 Coloque o encaixe no tubo de ar próximo da entrada do coletor. 2 Passe a mangueira até o reator de hidrogênio. 3 Faça a ligação elétrica do rele junto a bomba de combustível. 4 Instale o suporte e fixe o reator na parte traseira do veiculo. 5 Ligue os fios na placa do reator + e na placa traseira no reator. 6 Coloque os líquidos químicos reagentes, 100ml em cada um dos reatores que tem as molas na parte de dentro e complete até em cima deixando 3 dedos vazios. 7 Complete com água destilada os reatores com molas, deixando 3 dedos abaixo do máximo tipo 70%. 8 Complete 50% até a metade somente com água destilada o tubo do meio. Atenção: verificar que a válvula ante retorno esta na posição certa conforme a seta mostrada na mesma, se ligar errado perigo de explodir o reator, pois ele ficará entupido e vai acumular a pressão do gás. Verificar também se a mangueira não esta dobrada, fazer isso tudo com muita atenção mesmo! Gerador de hidrogênio, sistema de dupla alimentação de combustível. Precauções de segurança Informação importante Leia e siga estas instruções de segurança para evitar perigos. Se não entender as instruções ou se não gostam de trabalhar em veículos, por favor, procure um mecânico ou eletricista qualificado para fazer a instalação. A instalação e o uso incorreto do sistema gerador de hidrogénio de dois reatores pode causar sérios problemas. Deve demorar cerca de 4 horas para instalar o kit. Certifique que trabalha num local bem arejado e não fumar.

2 A qualquer momento durante a instalação, certifique se o motor está desligado é muito importante que não esteja quente. O Sistema Gerador HHO não armazena o hidrogênio, não há risco de incêndio quando instalado corretamente. No entanto eletrólise da água gera hidrogênio, um gás explosivo, o que significa..., Nunca acender um fósforo ou fumar perto da saída de geradores o gerador pode explodir! Tenha cuidado com o gerador a funcionar quando o carro não está em movimento. Uma pequena quantidade de hidrogênio pode se acumular na entrada de ar do motor e pode explodir se você fumar ou usar uma chama perto. Equipamento de segurança Certifique se de usar óculos e luvas de borracha e só usar ferramentas profissionais, use o bom senso e os procedimentos gerais de segurança utilizados para qualquer trabalho realizado numa oficina de manutenção automóvel certificada. Desfrute do seu novo sistema esteja seguro e desfrutem do Gerador de hidrogênio. Ler e compreender as instruções antes e durante a instalação do sistema de dupla alimentação de combustível, para ter bons resultados e durabilidade, nos próximos anos.

3 Posicionando o Gerador Terá que encontrar um bom lugar no compartimento do porta malas ou na cabine do motorista Pode ser montado numa posição vertical (ter em atenção que os acessórios de tubos entrada e saída estão na vertical e perpendicular em relação ao chão. E orientados para cima.) ou em vertical. na área do motor, evitar a área do aquecimento do motor, exemplo escape. Colocar furado no duto de ar conforme a foto o encaixe rápido da mangueira, usar um macho para fazer a rosca e ter certeza que não a fugas de ar. Colocar a válvula anti chama com a seta indicando para onde vai o gás pro motor no caso, não colocar ao contrario senão o gerador vai explodir o acrílico com a pressão do gás. Verificar que a mangueira do gás não esta dobrada senão iria acarretar a explosão e quebra do mesmo aparelho.

4 HHO injeção O sistema é operado por vácuo, criado a partir do motor do seu veículo, e a sucção de ar é que leva o HHO diretamente para a câmara de combustão, misturando o com o ar/combustível. O ponto de injeção deve ser feito logo após a caixa de filtro de ar e em automóveis modernos após o sensor MAF, que mede o fluxo de ar (sensor massa de ar) que vai para dentro da câmara do motor. Precisará retirar o tubo de ar, para garantir que não deixa qualquer resíduo da perfuração. Fazer um furo 8 milímetros perto do coletor de admissão. Limpe todas as aparas de perfuração, inserir a instalação de alta pressão utilizando cola ou fita teflon e aperte. Ligar a mangueira de alta pressão proveniente do depósito de água do kit. Não se esqueça de instalar a válvula de segurança na mangueira de alta pressão e na posição correta para a proteção do fluxo de hidrogénio (sentido do fluxo é depósito de água para tubo de ar de admissão).

5

6 Identificar a fonte de ignição Identificar um ponto no sistema eléctrico do seu veículo, que tem 12 Volts (vermelho positivo) presente somente quando o motor está funcionando circuito controlado pela chave de ignição (posição 2) ou sinal de alternador. A ligação mais segura é sinal (12V) do alternador que vai ativar o relé. Se não souber como fazer esta ligação por favor, peça a um mecânico ou eletricista usual. Ligue esta fonte de energia para a posição de interruptor do relé nº 85. Este circuito irá controlar a produção de HHO. Concentração de eletrólise A concentração de eletrólitos para usar no sistema depende do tipo de eletrólito e a pureza do produto. O

7 s melhores eletrólitos são KOH (hidróxido de potássio) e Na OH (soda cáustica hidróxido de sódio). Usando KOH como eletrólito, com uma pureza de 90%, devemos utilizar uma concentração de cerca de 0,03% na solução de água (3 g / litro). Adicione em cada lateral traseira do equipamento 100 ML de cada lado do nosso preparo químico eletrolítico de algas. Quando começar a acabar e só acrescentar mais químico eletrolítico nosso e mais agua destilada para acrescentar. IMPORTANTE Se a água ficar com uma cor castanha depois de trabalhar em apenas algumas horas, tem um eletrólito muito alto no sistema que está "corroendo" as placas do gerador rápido demais. Retire a água imediatamente e comece tudo de novo. Por isso somente use nossa solução eletrolítica de algas marinhas. Atenção: Não caia na tentação de não medir a corrente ou aumentar a concentração de eletrólitos mais do que aconselhado, porque, a longo prazo, o gerador não irá funcionara corretamente e não irá poupar qualquer tipo de combustível. Também é falso supor que uma

8 maior produção de gás HHO, significa uma poupança maior de combustível. Há um ponto ideal para todos os motores internos combustão. O sistema deve fornecer cerca de 0,3 litros / min de HHO por cada 1000 cm3 de cilindrada do motor (exemplo: um motor de 2800 cm3 precisarão de cerca de 0,84 litros / minuto). Vai encontrar este padrão com o gerador a funcionar 7A a 10A. Outra coisa que deve considerar é o vapor. Alguns dos geradores iniciais consumiam muita corrente elétrica, aqueciam e produziam mais vapor que propriamente hidrogénio. Se o aparelho estiver muito quente ao toque, deve suspeitar de que pelo menos parte de sua saída é vapor. Uma maneira de testar o vapor é direcionar o gás sobre o gelo. Se criar uma quantidade significativa de nevoeiros (gotas de água), você sabe que pelo menos parte de saída é vapor e não hidrogénio. Os níveis de água no tanque Depois de ter a mistura pronta, despeje na parte superior do tanque de água, até á linha de nível de água indicado na imagem em baixo.

9 Tente apenas preencher a sua unidade cerca de 70%. Isto é imperativo para permitir que o HHO produzido, tenha espaço, deixado no tanque, para evitar os riscos de entrada de água no motor. O cilindro do meio coloque apenas 50% de agua destilada pura sem o químico eletrólito de algas. Variação da amperagem no sistema Quando operar o sistema da molécula de água será separada em gás HHO e usado pelo motor. O nível da água no tanque vai lentamente baixando, mas o eletrólito continuará no sistema e aumentará a concentração e, por conseguinte, a amperagem aumentará também no gerador. Isto significa que quando você começar a usar o sistema, com o tanque cheio (nível máximo), tem 8A e depois de algum tempo quando o tanque baixar o nível (nível Min) terá 11A. Se colocar demasiado eletrólito, há uma combinação de fatores de aquecimento no local de trabalho e pode provocar uma situação chamada fuga térmica, onde um aumento de temperatura do ambiente combinado com uma mistura de eletrólito em excesso conduz a um sobreaquecimento no gerador.

10 ExGlobal Hidrogenio 3.6ção de teste e verificar o seu desempenho Comece por verificar todas as suas ligações. Verifique se o fusível esta em boas condições, a válvula de segurança de retenção na posição correta. Ligue o veículo, enquanto o motor trabalha. Verifique se o depósito de água está a borbulhar, e se dentro do tubo de PVC cristal, vindo da Global Hidrogênio 3.6, volta para o reservatório de água em condições. Agora é hora de verificar quantos amperes o Gerador está a consumir. Este gerador foi feito para trabalhar com 8 amperes sem superaquecimento. Se tiver maior amperagem e o tanque cheio, deve remover um pouco de água + eletrólitos e adicionar água apenas para a concentração baixar e consequentemente a amperagem também. Veículos a diesel tendo em conta que está tudo de acordo com as instruções, dentro de um curto período de tempo, vai notar que o motor começa a soar diferente. Vai ficar mais suave e silencioso. O sensor RPM pode ficar instável por alguns segundos. Isto é normal, porque o HHO está a começar a alterar o ciclo de combustão e o motor está a ajustar se para a adição da mistura. O sensor RPM deve normalizar depois de alguns minutos.

11 Manutenção Todas as semanas deve verificar o fusível de proteção (deve verificar com frequência na primeira semana após a instalação!). Verifique o nível da água dentro da unidade de reservatório de água e gerador. Encha o apenas e de preferência com água destilada. A cada 3 meses deve limpar a unidade gerador HHO e remover todos os depósitos.

12 Check list para a depuração do sistema HHO Informações importantes HHO irá melhorar a eficiência de combustão. Este é um facto científico. Quando introduzido no motor, juntamente com o combustível à base de petróleo, faz com que a velocidade da chama aumente. Isto permite que a gasolina queime durante o curso de potência. Isso vai acontecer. E será um aumento dramático de potência sobre a combustão com o HHO. A Global Hidrogênio 3.6 é muitas vezes enganada pela redução da quantidade de hidrocarbonetos não queimados e maior volume de oxigénio, muitas vezes irá adicionar combustível para compensar. Isso pode prejudicar nos ganhos em combustível. Para ter uma instalação bem sucedida do kit de hidrogénio, o que temos que fazer é simplesmente enviar algum gás HHO para o motor e ajustar os dados dos sensores necessários para que a Global Hidrogênio 3.6 não esteja a bloquear os ganhos. É só isso. Se pudermos fazer essas duas coisas, teremos melhor economia de combustível e melhor (diminuição) das emissões. Usuários de HHO, são aplicável em qualquer tecnologia e melhora a eficiência de combustão. Vai descobrir que pode adaptar muitos destes passos para aplicar em qualquer tecnologia que possa usar para concretizar o projeto. Tecnologias de combustão incluem (mas

13 não estão limitados a): água de injeção de vapor, pré aquecimento do combustível, vaporizadores de combustível / atomizadores, tecnologias de combustíveis (uso de aditivos para quebrar o combustível), entre outros Deve verificar esses itens de trabalho mencionados. Eles foram ordenados desta forma propositadamente para que se resolva os problemas mais comuns, hierarquicamente. Além disso, os problemas que são mais fáceis de testar, aparecem ao principio da lista, do que aqueles que são mais difíceis e / ou mais dispendiosos para testar. Tem que perceber que esta tecnologia funciona. Como tal todos os veículos tem uma solução para que a poupança resulte. Se tem dificuldade em obter os resultados positivos, deve recapitular todos os passos e compreender onde está a dificuldade do resultado final. Todos os veículos podem ser adaptados a gás HHO. Alguns são mais difíceis do que outros, devido à forma como a Global Hidrogênio 3.6 estiver programada. Mas todos eles podem ser resolvidos. A tecnologia funciona. Se chegar a este ponto e o seu veículo ainda não estiver eficiente, será porque algo acima referido não foi efetuado. Precisa descobrir e corrigir. Verá que os resultados serão muito bons.

14 Perguntas frequentes Gerador de Hidrogênio da Global Versão 3.6 Instalação e utilização É seguro? Sim, desde que se tenha bom senso e sejam seguidas as precauções mínimas descritas no manual. Os nossos sistemas utilizam hidrogênio sob demanda para que não exista nenhum armazenamento de gás. Este sistema vai funcionar no meu carro? Sim. Os três objetivos são: Selecionar o gerador apropriado e possível sistema eletrônico Instalar SEM fugas de ar Ligar corretamente os cabos Funciona em conjunto com o diesel? Sim, e em muitos casos é ainda melhor! Geralmente os veículos a diesel têm os melhores resultados. Têm menos sensores elétricos e uma menor intervenção de computadores para ser gerida. Vai melhorar a minha quilometragem? Há muitos estudos feitos por terceiros que provam a eficácia desta tecnologia. Todos eles documentam redução de emissões, aumento da potência e aumento da economia de combustível entre 10 60%. O nosso principal veículo de teste, um Honda Accord, atingiu uma economia de combustível de 53%. Os resultados individuais variam dependendo da qualidade da instalação, da quantia de HHO injetado e de sua escolha em ajustar os sensores do seu veículo com um aparelho de manipulação do sinal EFIE Preciso de quanto HHO? 0,25 a 0,5 litros/minuto POR litro do motor é suficiente. Por exemplo, se você tem um motor de 3 L, precisa de aproximadamente 1 litro/minuto. Os sistemas de hidrogênio estão sujeitos às leis da diminuição de retorno. Adicionar HHO ao motor melhora a eficácia, mas apenas até certo ponto. Testes laboratoriais de alta

15 qualidade mostram a diminuição de ganhos no desempenho e na eficácia dos motores quando injetado mais de 1 litro por minuto. Na realidade, durante os testes laboratoriais, Global Hidrogênio foi capaz de DIMINUIR a eficácia de um motor em 26% ao ocorrer um excesso de HHO. Estão incluídas instruções? Sim, após a compra você receberá um link para download da última versão do manual. As nossas instruções fornecem orientações básicas e fáceis de entender, além de informações técnicas mais detalhadas para quem esteja interessado. Posso fazer a instalação por conta própria? Sim, se tiver o mínimo de experiência com ferramentas e tiver tempo de seguir o nosso detalhado manual de instruções. O HHO pode danificar o motor? Não. Na realidade o HHO protege o motor pois fornece baixas temperaturas de combustão e óleo mais limpo, o que resulta num menor depósito de carbono no motor. Qual é o melhor local para instalar o gerador? O gerador deve ser montado longe do calor do motor para permitir que este funcione a uma temperatura baixa. A colocação dele próximo da frente do motor acarretará maior circulação de ar e arrefecimento. O local mais comum para a instalação fica entre a grelha dianteira e o radiador. Manutenção Com que frequência tenho de adicionar água ao sistema? Cada veículo é diferente. Em média é necessário cerca de 500 ml de água destilada para cada 1000 km de condução. Eletrólitos Recomendados É necessário um eletrólito para melhorar a condutividade da água de forma a produzir uma quantidade suficiente de HHO. Nos fornecemos e a cada 2000km custa R$45,00 Utilização no Inverno O gerador contém água que se for deixada sem tratamento congelará a baixas temperaturas, potencialmente danificando o seu equipamento.

16 Fatos Sobre o HHO Como funciona o HHO A eletricidade gerada pelo alternador do veículo é utilizada para dividir a água (a molécula H2O) nos seus elementos fundamentais, o hidrogênio e o oxigênio. O gás resultante da eletrólise tem o nome de hidrogênio. O hidrogênio produzido é introduzido no fluxo de ar do veículo e melhora a eficácia da combustão do combustível existente, queimando o de forma mais rápida e completa. O HHO auxilia o processo de combustão. Não produz combustível a partir da água. A ciência por detrás da injeção de HHO está bem documentada e percebida. Sabe se há mais de 30 anos que a adição de hidrogênio aos combustíveis fósseis, queimados em motores de combustão interna, aumenta a eficácia do motor. Este conceito foi validado por vários estudos publicados pela Sociedade de Engenheiros Automotivos (Society of Automotive Engineers SAE). O conceito é válido para qualquer combustível fóssil, incluindo diesel e GLP. Quantos litros de HHO podem ser produzidos a partir de 1 litro de água? Um litro de água pode produzir litros de gás HHO calorias são produzidas para cada grama de hidrogênio queimado. Quanta eletricidade é necessária para produzir HHO? 5 a 15 A produzem HHO suficiente para o motor médio de um veículo (3 L). Este consumo de corrente é semelhante ao que se gasta quando você liga o rádio do seu carro. Links potencialmente úteis

Kit DC4000. Manual de instalação

Kit DC4000. Manual de instalação 20-11-2010 Kit DC4000. Manual de instalação Hydrogen on Demand Dual Fuel Generator Systems HHO Plus, Alternative Energies, Lda Kit DC4000. Manual de instalação Hydrogen on Demand Dual Fuel Generator Systems

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS!

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS! MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO Página 1- Indicações de uso AVISOS! *Não é permitido para pessoas que não entenderam o manual de instruções, dirigirem a mini-moto. *Deve ser utilizado a mistura de gasolina

Leia mais

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA Motor vertical 2 tempos LER O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. TRABALHE SEMPRE COM ROTAÇÃO CONSTANTE, NO MÁXIMO 3.600 RPM EVITE ACELERAR E DESACELERAR O EQUIPAMENTO. NÃO TRABALHE

Leia mais

Manual Do Usuário. Monogás Tester. MonoGás Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda Certificado de Garantia.

Manual Do Usuário. Monogás Tester. MonoGás Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda Certificado de Garantia. Certificado de Garantia. Modelo Controle MonoGás Nº A Planatc Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação pelo período de 6 meses, a partir

Leia mais

COMO MEDIR A PRESSÃO DO ÓLEO

COMO MEDIR A PRESSÃO DO ÓLEO Página 1 de 6 COMO MEDIR A PRESSÃO DO ÓLEO MOTOR WILLYS 6 CILINDROS BF-161 Com uma simples medição da pressão do óleo você pode avaliar o estado geral do seu motor Willys seja ele novo ou usado e evitar

Leia mais

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por:

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por: Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES Desenvolvido por: Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. FUNÇÕES BÁSICAS... 4 3. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 5 4. CONDIÇÕES DE SEGURANÇA... 7 5. COMPONENTES

Leia mais

Para garantir o perfeito funcionamento do seu gerador TC 950S e a garantia do produto, leia atentamente este manual antes de ligar o gerador.

Para garantir o perfeito funcionamento do seu gerador TC 950S e a garantia do produto, leia atentamente este manual antes de ligar o gerador. INTRODUÇÃO Parabéns e muito obrigado por adquirir um equipamento TOYAMA. Nosso objetivo é fornecer um conjunto gerador de alta qualidade que satisfaça as expectativas dos nossos clientes, e temos certeza

Leia mais

Reparação e Manutenção de Tubos

Reparação e Manutenção de Tubos Reparação e Manutenção de Tubos Vasta selecção a partir de uma fonte única. Concepções duradouras exclusivas. Desempenho rápido e fiável. Tipo de modelos Página Bombas de Teste de Pressão 2 9.2 Congeladores

Leia mais

Manual do Usuário. Exsto Tecnologia Ltda.

Manual do Usuário. Exsto Tecnologia Ltda. Manual do Usuário Ltda. R. Vereador José Eduardo da Costa, 169 Santa Rita do Sapucaí MG CEP: 37540 000 +55 35 3471 6898 www.exsto.com.br 2 1 Introdução Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de alta

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

DESEMPENHO E EMISSÕES DE UM MOTOR DIESEL OPERANDO COM BAIXAS VAZÕES DE HIDROGÊNIO

DESEMPENHO E EMISSÕES DE UM MOTOR DIESEL OPERANDO COM BAIXAS VAZÕES DE HIDROGÊNIO DESEMPENHO E EMISSÕES DE UM MOTOR DIESEL OPERANDO COM BAIXAS VAZÕES DE HIDROGÊNIO Responsável pelo Projeto Luiz Augusto de Noronha Mendes FPT Industrial RESUMO Este trabalho apresenta um estudo sobre o

Leia mais

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas...

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas... Índice Operação e Regras de segurança...01 Manutenção Geral...02 Lubrificação de motores...03 Limpeza...04 Armazenamento...05 Identificando falhas...06 Certificado de Garantia...07 Operando seu gerador

Leia mais

Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem.

Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem. Aqui você encontrará dicas para manutenção preventiva de seu carro, para que este esteja sempre em ordem. É importante ressaltar a realização da manutenção preventiva, além prevenir reparos inesperados,

Leia mais

M a n u a l d o M e c â n i c o

M a n u a l d o M e c â n i c o M a n u a l d o M e c â n i c o folder2.indd 1 20/11/2009 14 12 35 Manual do Mecânico GNV GÁS NATURAL VEICULAR Entenda o GNV e saiba quais os cuidados necessários para a manutenção de veículos que utilizam

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA GERADOR DE HIDROGÊNIO GASOSO PARA UTILIZAÇÃO COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO EM VEÍCULOS AUTOMOTORES

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA GERADOR DE HIDROGÊNIO GASOSO PARA UTILIZAÇÃO COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO EM VEÍCULOS AUTOMOTORES DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA GERADOR DE HIDROGÊNIO GASOSO PARA UTILIZAÇÃO COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO EM VEÍCULOS AUTOMOTORES Luis Thiago Panage Conelheiro 1, Arquimedes Luciano 2 RESUMO: Uma grande

Leia mais

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056 Certificado de Garantia. Modelo Controle Kitest Equipamentos Automotivos KA-056 Nº Manual do Usuário A Kitest Equipamentos Automotivos garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação

Leia mais

BOSCH MOTRONIC M2.8-16V

BOSCH MOTRONIC M2.8-16V CAPITULO 56 BOSCH MOTRONIC M2.8-16V APLICATIVOS GM VECTRA GSI CALIBRA 2.0 16V COMO FUNCIONA O SISTEMA MOTRONIC 2.8 DO VECTRA GSI 2.0 E CALIBRA 2.0 16V Como funciona injeção eletrónica de combustível MOTRONIC

Leia mais

Controle do regulador de volume de combustível - faixa/funcionamento do circuito

Controle do regulador de volume de combustível - faixa/funcionamento do circuito Todos os códigos EOBD que começam por P seguidos de zero possuem um significado padrão independentemente da marca ou modelo de veículo. Para obter o significado dos códigos EOBD que não começam por P seguidos

Leia mais

Material de Apoio INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH. Programa Especial - Injeção Eletrônica LE-Jetronic

Material de Apoio INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH. Programa Especial - Injeção Eletrônica LE-Jetronic INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH A necessidade de se reduzir o consumo de combustível dos automóveis, bem como de se manter a emissão de poluentes pelos gases de escape dentro de limites, colocou

Leia mais

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um Algumas noções sobre a umidade relativa do ar Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um ambiente. A capacidade do ar de reter vapor de água é tanto maior

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

Manual de instalação

Manual de instalação Manual de instalação Índice Condições do motor...2 Retirada do chicote original...2 Colocação do chicote novo...2 Identificação do chicote novo...3 Ligação do chicote na parte do motor...4 Fixação dos

Leia mais

ADVERTÊNCIA! Somente para ser utilizado

ADVERTÊNCIA! Somente para ser utilizado P ROFI FUEL CELL KIT INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO P ADVERTÊNCIA! Somente para ser utilizado por crianças com mais de 10 anos. O uso somente deve ocorrer com a vigilância exata de adultos, que tenham compreendido

Leia mais

Lava-Jato de Alta Pressão

Lava-Jato de Alta Pressão Lava-Jato de Alta Pressão Manual de operação LT 18/20M LT 8.7/19M LT 8.7/18M LT 8.7/16M Aviso: Este manual deve ser lido antes de manusear o equipamento. Este manual é considerado uma parte importante

Leia mais

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor.

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Objetivos Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Descrição Neste módulo são abordados os princípios de funcionamento do motor Ciclo Otto,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Linha de Fornos a gás Modelos: S651/S652/S653/S656/S657/S658/S660/S661/S662/ S665/S666/S667/S670/S671/S672/S675/S676/S677 ATENÇÃO! - Leia e siga rigorosamente as instruções deste manual

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL TEL/FAX (11) 5535-7200 / 5531-5945 / 5531-8784 / 5535-0038 Visite nosso site: http://www.wcv.com.br e-mail:

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO INTRODUÇÃO. DIGIPULSE ELETRÔNICA LTDA. (11) 4534-2665 Rua João Albino Gonçalves, 183 Jd. De Lucca Itatiba SP - CEP 13255-191

MANUAL DO USUÁRIO INTRODUÇÃO. DIGIPULSE ELETRÔNICA LTDA. (11) 4534-2665 Rua João Albino Gonçalves, 183 Jd. De Lucca Itatiba SP - CEP 13255-191 MANUAL DO USUÁRIO DIGIPULSE ELETRÔNICA LTDA. (11) 454-2665 Rua João Albino Gonçalves, 18 Jd. De Lucca Itatiba SP - CEP 1255-191 INTRODUÇÃO O DIGIPULSE é um gerenciador de bico suplementar. A estratégia

Leia mais

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Desumidificador Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Obrigado por escolher esse produto. Por favor, leia esse manual de instrução antes de usar o aparelho. Índice: Introdução do Produto... 1 Instrução de Uso...

Leia mais

Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor.

Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor. COMBATE A INCÊNDIO 116 1 Combate a incêndio Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor. Os três elementos

Leia mais

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro Dicas de Prevenção e Preservação Tenha em conta Nunca comece uma reparação, por muito pequena que seja, sem antes desligara tomada do equipamento;

Leia mais

Motores de Combustão Interna MCI

Motores de Combustão Interna MCI Motores de Combustão Interna MCI Aula 3 - Estudo da Combustão Componentes Básicos dos MCI Combustão Combustão ou queima é uma reação química exotérmica entre um substância (combustível) e um gás (comburente),

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA Manual de Operação e Manutenção LG958L/LG959 ADVERTÊNCIA Os operadores e o pessoal de manutenção devem ler este manual com cuidado e entender as instruções antes de usar a carregadeira de rodas, para evitar

Leia mais

SÓ PARA USO DOMÉSTICO!

SÓ PARA USO DOMÉSTICO! - Não o utilize num espaço fechado e cheio de vapores que advenham de óleos, dissolventes, produtos anticaruncho, pó inflamável ou outros vapores explosivos ou tóxicos. - Extraia sempre a ficha do aparelho

Leia mais

Albicalor, Lda. Rua Comendador Martins Pereira 3850-089 Albergaria-a-Velha

Albicalor, Lda. Rua Comendador Martins Pereira 3850-089 Albergaria-a-Velha Para produzir a cerâmica Majolica são necessárias duas semanas. O resultado é um produto exclusivo que não desgasta e tem propriedades termo condutoras. As imperfeições minusculas, tais como as micro pepitas,

Leia mais

nova geração de motores a gasolina Guia de produtos

nova geração de motores a gasolina Guia de produtos nova geração de motores a gasolina Guia de produtos VOLVO PENTA MOTORES MARÍTIMOS A GASOLINA O futuro está aqui. A Volvo Penta, líder absoluta em inovações náuticas, estabelece o novo padrão em tecnologia

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br BEBEDOUROS TROPICAL LEIA E SIGA TODAS AS REGRAS DE SEGURANÇA E INSTRUÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE USAR. sac@bebedourostropical.com.br

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES WWW.ELGIN.COM.BR UMIDIFICADOR DE AR FGUA-03AZ-0 SAC: 0800 7035446 GDE. SÃO PAULO (11) 3383-5555

MANUAL DE INSTRUÇÕES WWW.ELGIN.COM.BR UMIDIFICADOR DE AR FGUA-03AZ-0 SAC: 0800 7035446 GDE. SÃO PAULO (11) 3383-5555 WWW.ELGIN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES UMIDIFICADOR DE AR FGUA-03AZ-0 Atenção: antes de usar o produto leia cuidadosamente as instruções deste manual. SAC: 0800 7035446 GDE. SÃO PAULO (11) 3383-5555 VANTAGENS

Leia mais

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL

E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL E-BOOK 15 DICAS PARA ECONOMIZAR COMBUSTÍVEL Veja 15 dicas para economizar combustível no carro Da maneira de dirigir à escolha da gasolina, saiba o que pode trazer economia de consumo. Não existe mágica.

Leia mais

Prevenção de Acidentes com GLP.

Prevenção de Acidentes com GLP. Prevenção de Acidentes com GLP. Data de Publicação: 06/03/2008 Convidamos o nosso visitante, a ler e responder as perguntas abaixo. Ao término desta visita temos a certeza que um dia estas informações

Leia mais

APLICATIVOS RENAULT. Siemens/Fênix 5

APLICATIVOS RENAULT. Siemens/Fênix 5 CAPÍTULO 13 APLICATIVOS RENAULT Siemens/Fênix 5 MEGANE 1.6 K7M 702/703/720 1995 em diante COMO FUNCIONA ESTE SISTEMA Este sistema é multiponto seqüencial, com 4 válvulas injetoras que possui autodiagnose

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA A quilometragem percorrida pelo veículo é indicada pelo: 1 velocímetro. 2 hodômetro. 3 manômetro. 4 conta-giros. O termômetro é utilizado para indicar a temperatura: 1 do motor. 2 do combustível. 3 no

Leia mais

Advertência Para evitar ferimentos pessoais, leia Informações de Segurança e Regras para Operação Segura cuidadosamente antes de usar o instrumento.

Advertência Para evitar ferimentos pessoais, leia Informações de Segurança e Regras para Operação Segura cuidadosamente antes de usar o instrumento. ÍNDICE VISÃO GERAL...02 ACESSÓRIOS...02 INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA...02 REGRAS PARA OPERAÇÃO SEGURA...03 ESTRUTURA DO INSTRUMENTO...04 OPERAÇÃO...05 ESPECIFICAÇÕES GERAIS...06 MANUTENÇÃO...07 A. Serviço

Leia mais

dicas volvo Fluído de Arrefecimento VM* você SABE PARA QUE SERVE O FLUÍDO DE ARREFECIMENTO? VAMOS CONHECÊ-LO MELHOR?!

dicas volvo Fluído de Arrefecimento VM* você SABE PARA QUE SERVE O FLUÍDO DE ARREFECIMENTO? VAMOS CONHECÊ-LO MELHOR?! 20 dicas volvo Fluído de Arrefecimento VM* você SABE PARA QUE SERVE O FLUÍDO DE ARREFECIMENTO? VAMOS CONHECÊ-LO MELHOR?! * Válido para veículos a partir do chassi 107000 É ISSO AÍ! MANTENHA A MANUTENÇÃO

Leia mais

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-250

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-250 *Imagens meramente ilustrativas MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-250 Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-250 Modelo Tensão nominal Frequência Corrente nominal Tensão

Leia mais

GNV. Combustível de baixo impacto ambiental para frotas de Táxis.

GNV. Combustível de baixo impacto ambiental para frotas de Táxis. GNV Combustível de baixo impacto ambiental para frotas de Táxis. REUNIÃO DE ESPECIALISTAS SOBRE TRANSPORTE URBANO SUSTENTÁVEL MODERNIZAR E TORNAR ECOLÓGICA A FROTA DE TÁXIS NAS CIDADES LATINO AMERICANAS

Leia mais

Abastecimento do líquido de arrefecimento

Abastecimento do líquido de arrefecimento Condições para abastecer líquido de arrefecimento Condições para abastecer líquido de arrefecimento Trabalho no sistema de arrefecimento do veículo ADVERTÊNCIA! Use equipamento de proteção ao trabalhar

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO VAPORIZADOR INDUSTRIAL STEAMER PARA ROUPAS MODELO SS-5000

MANUAL DE INSTRUÇÃO VAPORIZADOR INDUSTRIAL STEAMER PARA ROUPAS MODELO SS-5000 MANUAL DE INSTRUÇÃO VAPORIZADOR INDUSTRIAL STEAMER PARA ROUPAS MODELO SS-5000 Instrução de Segurança Se o cordão de alimentação estiver danificado, ele deverá ser substituído pelo fabricante ou agente

Leia mais

Índice 1. Introdução...03. 2. Características técnicas...03. 3. Instalação...03. 4. Medidas externas...04. 5. Painel de controle...04. 6.

Índice 1. Introdução...03. 2. Características técnicas...03. 3. Instalação...03. 4. Medidas externas...04. 5. Painel de controle...04. 6. Índice 1. Introdução...03. 2. Características técnicas...03. 3. Instalação...03. 4. Medidas externas...04. 5. Painel de controle...04. 6. Operação...05. 6.1 Resumo do ensaio...05. 6.2 Aparelhagem...05.

Leia mais

ANEXO IV PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO DE MOTOCICLOS E ASSELMELHADOS DO CICLO OTTO NO PROGRAMA I/M-SP

ANEXO IV PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO DE MOTOCICLOS E ASSELMELHADOS DO CICLO OTTO NO PROGRAMA I/M-SP ANEXO IV PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO DE MOTOCICLOS E ASSELMELHADOS DO CICLO OTTO NO PROGRAMA I/M-SP 1. Previamente à inspeção, o veículo depois de recepcionado no Centro de Inspeção, deve ser direcionado

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total ANEXO III 1 ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013 Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total 1 CAMINHÃO TOCO COM CAPACIDADE DE CARGA ÚTIL VARIANDO DE 10.000 A 12.000KG. DEVERÁ COMPOR

Leia mais

APLICATIVOS GM BOSCH MOTRONIC M1.5.4 P

APLICATIVOS GM BOSCH MOTRONIC M1.5.4 P CAPITULO 64 APLICATIVOS GM BOSCH MOTRONIC M1.5.4 P VECTRA 2.0-8V - 97 VECTRA 2.0-16V - 97 KADETT 2.0-97 S10 2.2 VECTRA 2.2 COMO FUNCIONA O SISTEMA. Este sistema de injeção eletrônica é um sistema digital

Leia mais

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL Página 1 FIAT CHRYSLER AUTOMOBILES 13/08/2015 DESCRIÇÃO DO SISTEMA GNV COMPONENTES DO SISTEMA GNV 1. Cilindro GNV 2. Suporte do Cilindro de GNV 3. Linha de Alta Pressão: Tubo

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA MANUAL DE MONTAGEM Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua

Leia mais

Manual Do Usuário BVM - 8000. Certificado de Garantia. Modelo Controle BVM-8000 Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda

Manual Do Usuário BVM - 8000. Certificado de Garantia. Modelo Controle BVM-8000 Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda Certificado de Garantia. Modelo Controle BVM-8000 Nº Manual Do Usuário A Planatc Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação pelo período

Leia mais

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 *Imagens meramente ilustrativas MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 Modelo Tensão nominal Frequência Corrente nominal Diâmetro

Leia mais

AQUECEDOR A GÁS DE CHAMA AZUL ESTUFA A BLU FLAME SBF

AQUECEDOR A GÁS DE CHAMA AZUL ESTUFA A BLU FLAME SBF AQUECEDOR A GÁS DE CHAMA AZUL ESTUFA A BLU FLAME SBF 02 PT ES Dados Técnicos AQUECEDOR A GÁS DE CHAMA AZUL Tipo Categoria Potência Potência Potência Pressão máxima média mínima do gás G30 I3B KW g/h KW

Leia mais

Condicionador de Ar Portátil

Condicionador de Ar Portátil Condicionador de Ar Portátil Manual do Usuário GP8-12L GP8-22L GP10-12L GP10-22L 1 Untitled-5 1 2 Untitled-5 2 Índice Resumo...4 Príncipio de funcionamento...5 Especificação técnica...7 Estrutura...8 Esquema

Leia mais

BOSCH MOTRONIC 1.5.1 E 1.5.2

BOSCH MOTRONIC 1.5.1 E 1.5.2 CAPÍTULO 52 BOSCH MOTRONIC 1.5.1 E 1.5.2 APLICATIVO DA GM OMEGA 2.0 SUPREMA 2.0 OMEGA 3.0 SUPREMA 3.0 VECTRA 2.0 COMO FUNCIONA O SISTEMA MOTRONIC 1.5 Omega 2.0 e 3.0 Vectra 2.0 Como funciona injeção eletrónica

Leia mais

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo.

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Manual de instalação Ultrasolar Tel: (11) 3361 3328 Fax: (11) 3361 5810 www.ultrasolar.com.br Aquecedor Solar de Agua. Os aquecedores solares de água a vácuo Ultrasolar,

Leia mais

Bomba injetora: todo cuidado é pouco

Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Veja como identificar os problemas da bomba injetora e retirá-la corretamente em casos de manutenção Carolina Vilanova A bomba

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 2 Suporte para Veículo CRD-TC7X-CVCD1-01 A Zebra reserva o direito de fazer alterações em qualquer produto para melhorar a confiabilidade, as

Leia mais

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5- TESM5P Manual de Operação Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P . DADOS TÉCNICOS LIXADEIRA ORBITAL Modelo: Velocidade sem carga: Pressão de ar: Entrada de ar: Disco de lixa: Consumo de ar: TESM5P

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. Parabéns pela escolha. Este manual explica como operar e manter

Leia mais

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7 Página Referência do modelo 3 Especificações 4 Antes de usar 5, 6 Peças e acessórios 7 Instalação 8, 9 Modo de operação para modelos mecânicos Modo de operação para modelos electrónicos 10, 11 12, 13 Drenagem

Leia mais

TERMODINÂMICA EXERCÍCIOS RESOLVIDOS E TABELAS DE VAPOR

TERMODINÂMICA EXERCÍCIOS RESOLVIDOS E TABELAS DE VAPOR TERMODINÂMICA EXERCÍCIOS RESOLVIDOS E TABELAS DE VAPOR Prof. Humberto A. Machado Departamento de Mecânica e Energia DME Faculdade de Tecnologia de Resende - FAT Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

Filtro de partículas diesel

Filtro de partículas diesel Filtro de partículas diesel 12.07 - anual de instruções P 51145778 DFG 316-320 08.10 DFG 316s-320s DFG 425-435 DFG 425s-435s Prefácio Para obter o melhor e mais seguro rendimento do veículo industrial,

Leia mais

BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500

BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500 BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500 VERSÃO 08/12 Índice Motogerador BFD/BFDE 2500, BFD 4000 e BFDE 6500 Indicador de Componentes 1. Funcionamento do Motor Diesel 1.1 Abastecimento (Óleo

Leia mais

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano Motores Térmicos 9º Semestre 5º ano Aula 20. Sistema de Lubrificação Introdução Tipos de Sistemas de Lubrificação O percurso do óleo lubrificante Componentes do Sistema de lubrificação Óleo lubrificante

Leia mais

Patio Heater. Aquecedor de Ambiente Externo.

Patio Heater. Aquecedor de Ambiente Externo. Patio Heater Aquecedor de Ambiente Externo. Rua João Álvares Soares, 1530 Campo Belo, São Paulo SP, Cep 04609-004, Brasil. Site: www.generalheater.com.br / E-mail: aquecedor@generalheater.com.br / Telefax:

Leia mais

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro!

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! A cada 10 mil km: Trocar o fluido do freio;* Trocar os filtros de ar, de combustível, do ar condicionado;* Trocar o óleo do motor (sintético) e filtro do óleo;* A cada 15 mil km Verificar as velas de ignição

Leia mais

CSR/Instruções de inspeção para técnicos

CSR/Instruções de inspeção para técnicos INSTRUÇÕES DE INSPEÇÃO Escavadeiras CSR/Instruções de inspeção para técnicos Esta instrução é um recurso técnico informal. Para obter especificações e procedimentos corretos, refira-se sempre às instruções

Leia mais

Sistema de Gerenciamento do Motor EA111 1.6 GOLF 1.6 2009

Sistema de Gerenciamento do Motor EA111 1.6 GOLF 1.6 2009 Sistema de Gerenciamento do Motor EA111 1.6 GOLF 1.6 2009 Golf 1.6-2009 Apresentador Professor SCOPINO Técnico e Administrador da Auto Mecânica Scopino. Professor do Universo do Mecânico (UMEC). Consultor

Leia mais

SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO DOS MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA 1993

SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO DOS MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA 1993 SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO DOS MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA 1993 ÍNDICE 2 1- Introdução... 3 2- Sistemas de refrigeração... 3 2.1- Sistemas de refrigeração indireta por água... 3 2.2- Sistema de refrigeração

Leia mais

Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230

Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230 Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230 Nãoaquecido Aquecido OU Tampa da abertura e Montagem (peça nº. 3944440 S) Inclui a Tampa da abertura e o Lacre da tampa Conjunto

Leia mais

Conheça o Sistema Flex da Peugeot, interessante - por HUGOMELO

Conheça o Sistema Flex da Peugeot, interessante - por HUGOMELO Conheça o Sistema Flex da Peugeot, interessante - por HUGOMELO Conheça as características e os procedimentos para manutenção e diagnóstico do sistema de injeção eletrônica dos motores 1.4 e 1.6 bicombustíveis

Leia mais

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA A partir do nº de Série 5688 ANTES Antes DE UTILIZAR Agradecemos a sua preferência pela unidade HYCON. Por favor note que a unidade foi vendida sem óleo hidráulico, o qual deverá

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO USO DE IMÓVEL - CONTRU () - 1 - PROCEDIMENTOS E CUIDADOS 1. Verifique no lacre, no rótulo

Leia mais

SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO

SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO SENSOR DE ESTACIONAMENTO MANUAL DO PROPRIETÁRIO Obrigado por adquirir este acessório Honda. Por favor, leia o manual do proprietário cuidadosamente antes de usar o sensor de estacionamento e mantenha-o

Leia mais

Não abasteça combustível adulterado

Não abasteça combustível adulterado Não abasteça combustível adulterado A maioria das pessoas acha que uma vez que o posto de gasolina tem bandeira (BR, Shell, Texaco, Esso, Ipiranga, etc) a qualidade do combustível está garantida. Não é

Leia mais

C90 Manual de instruções

C90 Manual de instruções C90 Manual de instruções Leia este Manual do Utilizador e as instruções de segurança antes de utilizar este aparelho! PRECAUÇÕES IMPORTANTES Ao usar electrodomésticos, precauções de segurança básicas devem

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS ALAMEDA DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS ALAMEDA DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL MANUAL NA - 4 MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS ALAMEDA DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL TEL/FAX (11) 5535-7200 / 5531-5945 / 5531-8784 / 5535-0038 Visite nosso site: http://www.wcv.com.br

Leia mais

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer A DIFERENÇA ENTRE GASOLINA E DIESEL HISTÓRICO Gasolina e diesel são produtos do refino de petróleo cru, achado no seu estado natural no subsolo em várias partes do mundo. Já o petróleo cru é um fluído

Leia mais

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm;

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm; MANUAL DE INSTRUÇÕES Por favor, leia as instruções de operação meticulosamente, prestar especial atenção às instruções de segurança. Guarde as instruções de operações junto com o equipamento CUIDADO O

Leia mais

BFG 260 2T BFG 260R 2T BFG 600 2T (costal)

BFG 260 2T BFG 260R 2T BFG 600 2T (costal) BFG 260 2T BFG 260R 2T BFG 600 2T (costal) (recolhedor) Índice 1. Indicador de Componentes... 03 2. Instruções de Segurança... 04 3. Características Técnicas... 04 4. Transporte... 05 5. Antes de Ligar

Leia mais

Leia atentamente antes de usar

Leia atentamente antes de usar Leia atentamente antes de usar MANUAL DE INSTRUÇÕES www.btcmail.com.br PURIFICADOR DE ÁGUA Obrigado por adquirir produtos POLAR. O PURIFICADOR DE ÁGUA POLAR reúne design, qualidade, praticidade e garantia

Leia mais

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro!

Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! Guia Como conhecer e cuidar melhor do seu carro! Segurança e Bem-estar! Você acaba de assistir a uma palestra sobre como conhecer e cuidar melhor do seu carro. Para que não se esqueça de alguns itens importantes,

Leia mais

Lavadora - GONG. Ver.-1.0

Lavadora - GONG. Ver.-1.0 Manual do Operador Lavadora - GONG Ver.-1.0 I NSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Este manual contém importantes informações para operar com segurança sua lavadora de alta pressão Interpump. Antes de colocá-la em funcionamento,

Leia mais

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação.

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR INTRODUÇÃO O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. Se o Grupo Gerador for instalado dentro dos parâmetros recomendados e se

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SCANNER DE INJEÇÃO ELETRÔNICA LINHA HONDA E YAMAHA

MANUAL DO USUÁRIO SCANNER DE INJEÇÃO ELETRÔNICA LINHA HONDA E YAMAHA MANUAL DO USUÁRIO SCANNER DE INJEÇÃO ELETRÔNICA LINHA HONDA E YAMAHA MANUAL DE INSTRUÇÕES SCANNER DE INJEÇÃO ELETRÔNICA LINHA HONDA E YAMAHA O EQUIPAMENTO Com a entrada da Injeção Eletrônica de Combustível

Leia mais

PRINCIPAIS PARTES COMPONENTES DOS GERADORES DE VAPOR

PRINCIPAIS PARTES COMPONENTES DOS GERADORES DE VAPOR Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira MÁQUINAS TÉRMICAS AT-056 M.Sc. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br 1 INTRODUÇÃO: Apesar de existir um grande número de tipos

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Central de Iluminação de Emergência 12 V(cc), 20 A, com Capacidade de 240 W. Código AFB240 A central de iluminação de emergência é alimentada pela rede elétrica predial (110 ou 220 volts) e também possui

Leia mais

Experimento. Técnicas de medição de volumes em Laboratório. Prof. Honda Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Página 1

Experimento. Técnicas de medição de volumes em Laboratório. Prof. Honda Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Página 1 Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Objetivo: Conhecer os materiais volumétricos e as técnicas de utilização desses materiais. I. Introdução teórica: Medir volumes de líquidos faz

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO COLHEITA NA AUSTRALIA Hoje nós temos que preocupar não só em aprimorar as MÁQUINAS, mas também os OPERADORES que com elas trabalham. PARTES CONSTITUINTES

Leia mais

MANUAL Aquecedor Solar de Baixo Custo Didático

MANUAL Aquecedor Solar de Baixo Custo Didático Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2010 Conteúdo 1. Objetivo...2 2. O Modelo...2 3. Montagem e desmontagem...3 3.1 Cuidados gerais - IMPORTANTE... 3 3.2 Montagem... 3 3.3 Desmontagem... 4 4. Experiências...6

Leia mais